Influencia da Crochetagem na Amplitude de Movimento em paciente com. Influence of Crochetagem on the movement in Temporomandibular Joint

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Influencia da Crochetagem na Amplitude de Movimento em paciente com. Influence of Crochetagem on the movement in Temporomandibular Joint"

Transcrição

1 Influencia da Crochetagem na Amplitude de Movimento em paciente com Disfunção Temporomandibular: Relato de caso Influence of Crochetagem on the movement in Temporomandibular Joint Dysfunction with patient: Case Report Matheus Marchiori de Oliveira Barbosa ¹, Eduardo Tavares Lima Trajano ². 1- Acadêmico do curso de fisioterapia da Universidade Severino Sombra (USS), Vassouras, Rio de Janeiro, Brasil. 2- Professor do curso de fisioterapia da Universidade Severino Sombra (USS), Vassouras, Rio de Janeiro, Brasil. Autor correspondente: Eduardo Tavares Lima Trajano. Universidade Severino Sombra. Endereço: Av. Expedicionário Oswaldo de Almeida Ramos, nº 280, Centro Vassouras, RJ. CEP: : 1

2 RESUMO Objetivo: Descrever a intervenção da técnica de Crochetagem em uma paciente com diagnóstico de disfunção temporomandibular (DTM). Casuística: Paciente do sexo feminino com diagnóstico odontológico de DTM apresentando sintomas como crepitação, desconforto ao mastigar alimentos rígidos e dor ocasionalmente. Após 3 anos do diagnóstico e com o aumento do quadro sintomático a paciente procurou a fisioterapia para tratamento. Foram verificados os graus de amplitude de movimento (ADM) antes da intervenção, assim como o quadro álgico. Em seguida, foi aplicado a técnica de Crochetagem nas estruturas envolvidas na DTM e os graus de ADM e quadro álgico foram reavaliados. Resultados: Abertura na vista anterior: (antes: 45,4 mm/ depois: 53,4 mm) aumento de 17,5%, Didução para Direita: (antes: 22,2 mm/ depois: 24,4 mm) aumento de 10%, Didução para Esquerda: (antes: 21,4 mm/ depois: 22,9 mm) aumento de 7%, Abertura na vista lateral (antes: 24,8 graus/ depois: 31,4 graus) aumento de 26,3%. Segundo informações colidas houve diminuição de dor em 50%. Conclusão: A técnica de Crochetagem aplicada sobre esta DTM resultou em ganho de ADM de todos os movimentos avaliados, além da diminuição da sensação dolorosa em 50%, segundo a paciente. Palavras Chave: Crochetagem; Disfunção Temporomandibular; Amplitude de Movimento. ABSTRACT Objective: To describe the technique of intervention of crochetagem in a patient with temporomandibular disorder (TMD). Methods: Female patient with dental diagnosis of 2

3 TMD presenting symptoms as crackles, discomfort when chewing hard food and occasionally pain. After three years of diagnosis with increased symptom picture the patient sought physical therapy. Degrees of amplitude motion (ROM) before the intervention were checked as well as the pain symptoms, then crochetagem technique was applied to the structures involved in the DTM and the degrees of ADM and pain symptoms were reassessed. Results: Opening in anterior view: (before: 45,4 mm / after: 53,4 mm) - an increase of 17.5%, Didução to Right: (before: 22,2 mm / after: 24,4 mm) - an increase of 10%, Didução to Left : (before: 21,4 mm / after: 22,9 mm) - an increase of 7%, opening on the lateral view (before: 24,8 degrees / after: 31,4 degrees) - an increase of 26.3%, were reported less pain in 50%. Conclusion: The technique of crochetagem applied on this DTM resulted in gaining of ROM of all movements measured and decreasing of pain in 50%. Key words: crochetagem; temporomandibular dysfunction; range of motion. INTRODUÇÃO A articulação temporomandibular (ATM) é tida como uma articulação sinovial entre a fossa mandibular do osso temporal acima e o processo condilar da mandíbula 1. Os movimentos realizados por esta articulação se baseiam em elevação (fechar a boca), depressão (abrir a boca), protrusão (protrair o mento), retrusão (retrair o mento) e movimentos laterais (mastigar e ranger os dentes) 2. Uma alteração na integridade e/ou no movimento dessa articulação pode resultar em um comprometimento com relação à alimentação e inadequada higienização bucal 3. A disfunção temporomandibular (DTM) se baseia em alterações funcionais e parafuncionais relativas à ATM e estruturas mastigatórias relacionadas com a função articular, é um conjunto de sinais e sintomas que promovem alterações na ATM, 3

4 músculos da mastigação e estruturas associadas, podendo ser caracterizada por sons na articulação e função mandibular irregular ou limitada 4, 5, 6. A Crochetagem é definida como um método instrumental de tratamento das algias de origem mecânica do aparelho locomotor para a destruição das aderências e dos corpúsculos irritativos interaponeuróticos ou mioaponeuróticos por meio de um instrumento metálico aplicado e mobilizado contra a pele situados em profundidade e inacessíveis à palpação digital 7. O tratamento de algias e aderências articulares da ATM são de grande relevância por esta ser a responsável pela depressão da boca permitindo adequada higienização e a entrada do alimento. Portanto, o objetivo desse trabalho foi relatar um caso clinico e os resultados obtidos frente ao tratamento da DTM por meio da Crochetagem. RELATO DE CASO ANAMNESE - Paciente do sexo feminino, 22 anos, após se queixar de crepitação e dor na ATM ao mastigar alimentos mais rígidos procurou atendimento odontológico onde, após avaliação foi diagnosticada com DTM em ambas as articulações, sendo orientada à utilização de aparelho ortodôntico para correção da mastigação. Devido ao quadro sintomatológico naquele momento não limitar suas atividades de vida diária (AVDs), a paciente não seguiu as orientações. Após 3 anos do diagnóstico a paciente procurou atendimento fisioterapeutico devido ao aumento do quadro álgico. Durante a anamnese além da confirmação do quadro sintomatológico relatado pela paciente foram obtidas informações quanto a sua história patológica pregressa como sendo portadora de bronquite, rinite, sinusite. EXAME FÍSICO - No exame físico a paciente relatou dor na região da ATM durante a abertura da boca e na palpação, principalmente do lado direito. Com objetivo 4

5 de avaliar a ADM antes e depois da intervenção, foi utilizado um software Image J. A paciente foi posicionada sentada em uma cadeira e fotografada na vista anterior, sendo solicitado que realizasse a depressão (abertura), lateralização da mandíbula (didução) e novamente a depressão na vista lateral. Foi utilizada uma câmera digital de 10.2 megapixels (SAMSUNG ES15) a uma distância de 50 cm. TRATAMENTO Foi realizada uma única sessão, com o paciente posicionado em uma maca, a decúbito dorsal, com a cabeça em rotação lateral de 45, terapeuta posicionado posteriormente a região de cabeça, do lado oposto da rotação do paciente. Com uma das mãos o terapeuta estabiliza região superior da cabeça do paciente e com a outra mão segura o gancho realizando os seguintes procedimentos: Procedimento 1: 60 movimentos de deslizamento sobre todo o músculo temporal com a curvatura maior do gancho no sentido das fibras musculares. Procedimento 2: 60 movimentos de deslizamento sobre todo o músculo masseter com a curvatura maior do gancho, no sentido das fibras musculares. Procedimento 3: 21 movimentos de raspagem sobre a inserção do músculo masseter no ângulo inferior da mandíbula, com a espátula menor do gancho, na direção anteroposterior, divididos em 3 pontos; de distal para proximal, sendo realizados 7 movimentos em cada um dos 3 pontos. Realizando três séries de 21 movimentos, totalizando 63 movimentos. Procedimento 4: 21 movimentos de raspagem logo acima da articulação temporomandibular com a espátula menor do gancho, no sentido podo-cranial, divididos em 3 pontos diferentes da região superior da ATM; de distal para proximal, sendo realizados 7 movimentos em cada um dos 3 pontos. Realizando 3 séries, totalizando 63 movimentos. Procedimento 5: 21 movimentos de raspagem logo abaixo da articulação temporomandibular com a espátula menor do gancho, no sentido crânio-podálico, divididos em 3 pontos diferentes da região inferior da ATM; de distal para proximal, sendo realizados 7 movimentos em cada um dos 3 5

6 pontos, acompanhando a superfície articular da cabeça da mandíbula. Realizando 3 séries, totalizando 63 movimentos. Estes movimentos devem ser realizados tanto do lado direito quanto do lado esquerdo caso a queixa seja bilateral. O terapeuta canhoto deve usar a mão direita para estabilizar a cabeça do paciente e a mão esquerda para usar o gancho. Já o terapeuta destro deve usar a mão esquerda para estabilizar a cabeça do paciente e a mão direita para usar o gancho. O paciente assinou um termo de consentimento livre e esclarecido. RESULTADOS De modo geral a Crochetagem induziu um ganho de ADM na articulação temporomandibular, correspondendo a 17,5% no movimento de abertura da boca (vista anterior), aumento de 10% no movimento de didução para direita, aumento de 7% no movimento de didução para esquerda e aumento de 26,3% na ADM no movimento de abertura (vista lateral). Os resultados apresentados estão descritos na tabela 1. Além disso, a paciente relatou uma diminuição do quadro álgico de 50% após o tratamento. AMPLITUDE DE MOVIMENTO DA ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIULAR PLANO MOVIMENTO ANTES DEPOIS GANHO (%) Anterior Abertura 45,4 mm 53,4 mm 17,5% Anterior Didução direita 22,2 mm 24,4 mm 10% Anterior Didução esquerda 21,4 mm 22,9 mm 7% Lateral Abertura 24,8 31,4 26,3% Tabela 1 - Os dados estão apresentados em milímetros (mm), graus (º) e porcentagem (%). 6

7 DISCUSSÃO O número de casos de DTM vem aumento de forma importante, atualmente estima-se que 50 a 75% da população apresentam pelo menos um sintoma característico da DTM e 25% tem sintomas associados a essa disfunção. Conforme esses sintomas se apresentam de maneira mais intensa, como a dor, a funcionalidade da articulação é comprometida na forma de diminuição de ADM 8. A dor da DTM é musculoesquelética 8. A técnica de Crochetagem tem tido êxito em ganho de ADM, devido a destruição das aderências e dos corpúsculos irritativos interaponeuróticos ou mioaponeuróticos, causados, nesse caso, devido a função inadequada do uso contínuo dessa articulação agravando ainda mais o caso 7. Segundo BARBOSA 2012, a crochetagem aplicada para flexibilidade toracolombar promoveu aumento significativo da ADM, imediatamente após a sessão, em um grupo de mulheres jovens e saudáveis, porém, a ADM regrediu após 7 dias 9. O presente estudo avaliou o efeito imediato da Crochetagem na DTM após uma única aplicação. Desta forma faz-se necessário acompanhar esta disfunção por um tempo mais prolongado a fim de avaliar a manutenção ou não do ganho proporcionado pela aplicação da técnica. Alguns estudos têm sugerido que a crochetagem possa reduzir o quadro álgico. Em pacientes com fascite plantar, SANTANA 2004, também observou redução da dor. No presente estudo pode-se observar uma diminuição do quadro álgico 10. Como em alguns casos a redução de ADM está ligada a uma limitação decorrente da dor, é possível que a estimulação do gancho na região afetada possa aumentar o limiar de excitabilidade diminuindo a dor e consequentemente promovendo aumento da ADM. Com base nos resultados concluímos que a técnica de Crochetagem promoveu ganho de ADM e redução da dor no paciente com DTM. 7

8 REFERÊNCIAS 1. Standring, Susan. Gray s Anatomia: A base anatômica da prática clínica. Tradução da 40ª edição. Rio de Janeiro: Elsevier, Moore, Keith L.; Dalley, Arthur F.; Agur, Anne M. R. Anatomia Orientada para a Clínica. 6ª. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, Donnarumma, M.D.C, Muzilli, C.A, Ferreira, C, Nemr, Kátia. Disfunções Temporomandibulares: Sinais e Sintomas e Abordagem Multidisciplinar. Rev. CEFAC Set-Out; 12 (5): Leresch, L. Epidemiology of temporo mandibular disorders: implications for the investigation of etiologic factors. Critical Reviews in Oral Biology & Medicine. 1997; 8, Okeson JP. Dores bucofaciais de Bell. 6ªed. São Paulo: Quintenssence; Carlsson GE, Magnussont, G. AS. Tratamento das disfunções temporomandibulares na clinica odontológica.1º ed. São Paulo: Quintessence; p. 7. Borges, F. S. Dermato-funcional: modalidades terapêuticas nas disfunções estéticas. São Paulo: Phorte, Santos, P. P. de A, Santos, P. R. de A, Souza, L. B. Características gerais da disfunção temporomandibular: conceitos atuais. Revista Naval de Odontologia On Line 2009 Volume 3 - Número Barbosa, K. S, Junior, A. J. C. Efetividade da Crochetagem Fisioterapêutica na flexibilidade Tóraco-lombar e do quadril. Estudos, Goiânia, V. 39, n. 4, p , out./dez Sant.anna, R. B. Tratamento da fascite plantar bilateral pela técnica da crochetagem: um estudo de caso. Monografia (Curso de pós- 8

9 graduação Lato Sensu Fisioterapia em Traumatologia e Ortopedia). Universidade Estácio de Sá. Rio de Janeiro,

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA RELAÇÃO DE RESUMOS DE MONOGRAFIAS E ARTIGOS DE PÓS- GRADUAÇÃO Lato sensu - Daniela Cristina dos Santos Alves O Uso do Spray de Fluorometano no Tratamento Prof. D. Sc.

Leia mais

ANALISE DO ÍNDICE DE DISFUNÇÕES TEMPOROMADIBULARES NOS ALUNOS DO CURSO DE FISIOTERAPIA DA FAP

ANALISE DO ÍNDICE DE DISFUNÇÕES TEMPOROMADIBULARES NOS ALUNOS DO CURSO DE FISIOTERAPIA DA FAP ANALISE DO ÍNDICE DE DISFUNÇÕES TEMPOROMADIBULARES NOS ALUNOS DO CURSO DE FISIOTERAPIA DA FAP ALMEIDA, A.A; FELIPE, D.M. RESUMO A síndrome da disfunção da ATM causada por processos multifatoriais, entre

Leia mais

DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR: UMA ABORDAGEM FISIOTERAPEUTICA RESUMO

DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR: UMA ABORDAGEM FISIOTERAPEUTICA RESUMO DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR: UMA ABORDAGEM FISIOTERAPEUTICA ADRIELE FERNANDA BARBERA BASSI adrielebassi@hotmail.com REGIANE SAYURI MORIMOTO regiane_sayuri@hotmail.com RESUMO ANA CLÁUDIA DE SOUZA COSTA

Leia mais

HIPERMOBILIDADE X DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR: CASO CLÍNICO

HIPERMOBILIDADE X DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR: CASO CLÍNICO HIPERMOBILIDADE X DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR: CASO CLÍNICO Gustavo Dias Gomes da Silva(1); Alieny Cristina Duarte Ferreira (2); Ana Isabella Arruda Meira Ribeiro (3); Alcione Barbosa Lira de Farias (4);

Leia mais

TRATAMENTO DE BRUXISMO COM A CORRENTE INTERFERENCIAL UM ESTUDO DE CASO Daniela Ramos Bulzing 1 Mara Inês Baptistella Ferão 2

TRATAMENTO DE BRUXISMO COM A CORRENTE INTERFERENCIAL UM ESTUDO DE CASO Daniela Ramos Bulzing 1 Mara Inês Baptistella Ferão 2 TRATAMENTO DE BRUXISMO COM A CORRENTE INTERFERENCIAL UM ESTUDO DE CASO Daniela Ramos Bulzing 1 Mara Inês Baptistella Ferão 2 RESUMO A presente pesquisa trata-se de um estudo de caso (RUDIO, 1998, p. 57)

Leia mais

Avaliação Fisioterapêutica da Coluna Cervical Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional

Avaliação Fisioterapêutica da Coluna Cervical Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Avaliação Fisioterapêutica da Coluna Cervical Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João 1. Anatomia Aplicada A coluna cervical consiste em diversas

Leia mais

BRUXISMO EXCÊNTRICO COMO FATOR ETIOLÓGICO DE DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR

BRUXISMO EXCÊNTRICO COMO FATOR ETIOLÓGICO DE DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR BRUXISMO EXCÊNTRICO COMO FATOR ETIOLÓGICO DE DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR Gustavo Dias Gomes da Silva(1); Anna Kássia Tavares Alves Chaves Santiago Ana Isabella Arruda Meira Ribeiro (3); Alcione Barbosa

Leia mais

TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO NA DISFUNÇÃO DA ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR (ATM) -UM ESTUDO DE CASO

TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO NA DISFUNÇÃO DA ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR (ATM) -UM ESTUDO DE CASO TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO NA DISFUNÇÃO DA ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR (ATM) -UM ESTUDO DE CASO Aline Spillere 1 Ralph Fernando Rosas 2 RESUMO A presente pesquisa trata-se de um estudo de caso experimental,

Leia mais

Trabalho de Conclusão de Curso

Trabalho de Conclusão de Curso Trabalho de Conclusão de Curso Conhecimento dos cirurgiões-dentistas da Grande Florianópolis sobre a Disfunção Temporomandibular em crianças. Ana Carolina Teixeira Fonseca Ferreira Universidade Federal

Leia mais

VERIFICAÇÃO DA AMPLITUDE DOS MOVIMENTOS MANDIBULARES EM CRIANÇAS* RANGE OF MOTION ANALISES IN CHILDREN

VERIFICAÇÃO DA AMPLITUDE DOS MOVIMENTOS MANDIBULARES EM CRIANÇAS* RANGE OF MOTION ANALISES IN CHILDREN 35 VERIFICAÇÃO DA AMPLITUDE DOS MOVIMENTOS MANDIBULARES EM CRIANÇAS* RANGE OF MOTION ANALISES IN CHILDREN Célia Miyuki Hamazaki 1 Raquel Kawaura 1 Esther Mandelbaum Gonçalves Bianchini 2 Vicente José Assencio-Ferreira

Leia mais

FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PIRACICABA CETASE

FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PIRACICABA CETASE FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PIRACICABA CETASE CENTRO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DAS ALTERAÇÕES FUNCIONAIS DO SISTEMA ESTOMATOGNÁTICO Área de Prótese Fixa e Escultura Dental FICHA CLÍNICA 1 - Dados Pessoais

Leia mais

Caso clínico: DTM articular

Caso clínico: DTM articular Caso clínico: DTM articular Profa. Ana Cristina Lotaif. São Paulo, SP http://www.clinicaacl.com Descrição: Paciente BXM, sexo feminino, 25 anos, advogada, apresentou-se para exame com queixa de dificuldade

Leia mais

Relato de um Caso Clínico atendido no Projeto ATM

Relato de um Caso Clínico atendido no Projeto ATM Relato de um Caso Clínico atendido no Projeto ATM Paciente: J. B. L. Idade: 27anos Sexo: feminino Profissão: desempregada Tipo Facial : Braquifacial Classificação de Angle: classe I Leucoderma Queixa Principal

Leia mais

DTM - Aspectos Clínicos: Odontologia e Fisioterapia

DTM - Aspectos Clínicos: Odontologia e Fisioterapia DTM - Aspectos Clínicos: Odontologia e Fisioterapia Uma parcela da população sempre procura os serviços odontológicos pela presença de dores, porém muitas dessas dores não são de origem dentária, mas sim

Leia mais

- ADITEME - Atendimento Especial de Pacientes com Disfunção da Articulação Temporomandibular. Conceitos Restauradores de Oclusão: - Relação Cêntrica;

- ADITEME - Atendimento Especial de Pacientes com Disfunção da Articulação Temporomandibular. Conceitos Restauradores de Oclusão: - Relação Cêntrica; Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Odontologia Extensão Universitária - ADITEME - Atendimento Especial de Pacientes com Disfunção da Articulação Temporomandibular Conceitos Restauradores de Oclusão:

Leia mais

Avaliação Goniométrica no contexto do Exame Fisioterapêutico

Avaliação Goniométrica no contexto do Exame Fisioterapêutico Avaliação Goniométrica no contexto do Exame Fisioterapêutico Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João 1. Visão Global de uma Avaliação Musculoesquelética

Leia mais

AVALIAÇÃO PREVENTIVA DA DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR

AVALIAÇÃO PREVENTIVA DA DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR 11 AVALIAÇÃO PREVENTIVA DA DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR Letícia Stadela da Silva¹, Lisyara Helena Tori Barra 1, Célia Aparecida Stellutti Pachioni 1, Dalva Minonroze Albuquerque

Leia mais

Disfunção temporomandibular: Estudo de sinais, sintomas e diagnóstico clínico em pacientes de DTM na consulta de Estomatologia do Hospital de S.

Disfunção temporomandibular: Estudo de sinais, sintomas e diagnóstico clínico em pacientes de DTM na consulta de Estomatologia do Hospital de S. 2010/2011 Victor Osório Milet Disfunção temporomandibular: Estudo de sinais, sintomas e diagnóstico clínico em pacientes de DTM na consulta de Estomatologia do Hospital de S. João Abril, 2011 Victor Osório

Leia mais

Avaliação Fisioterapêutica do Joelho Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional

Avaliação Fisioterapêutica do Joelho Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Avaliação Fisioterapêutica do Joelho Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João 1. Anatomia Aplicada Articulação Tibiofemoral: É uma articulação

Leia mais

Semiologia Ortopédica Pericial

Semiologia Ortopédica Pericial Semiologia Ortopédica Pericial Prof. Dr. José Heitor Machado Fernandes 2ª V E R S Ã O DO H I P E R T E X T O Para acessar os módulos do hipertexto Para acessar cada módulo do hipertexto clique no link

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DE PLACAS MIORRELAXANTE NO TRATAMENTO DAS DISFUNÇÕES TEMPOROMANDIBULARES

A UTILIZAÇÃO DE PLACAS MIORRELAXANTE NO TRATAMENTO DAS DISFUNÇÕES TEMPOROMANDIBULARES 5 A UTILIZAÇÃO DE PLACAS MIORRELAXANTE NO TRATAMENTO DAS DISFUNÇÕES TEMPOROMANDIBULARES USE OF MYORELAXANT PLATES ON TREATMENT OF TEMPOROMANDIBULAR DISORDENS VIANA SILVA, Jéssika Pereira 1 ; MIGUITA, Fernanda

Leia mais

TRATAMENTOS UTILIZADOS NO SERVIÇO DE CONTROLE DA DOR OROFACIAL HULW/UFPB, BASEADO EM EVIDÊNCIAS

TRATAMENTOS UTILIZADOS NO SERVIÇO DE CONTROLE DA DOR OROFACIAL HULW/UFPB, BASEADO EM EVIDÊNCIAS TRATAMENTOS UTILIZADOS NO SERVIÇO DE CONTROLE DA DOR OROFACIAL HULW/UFPB, BASEADO EM EVIDÊNCIAS ¹LUCENA, Luciana Barbosa Sousa ; ²DANTAS, Alana Moura Xavier Centro de Ciências da Saúde - CCS, Departamento

Leia mais

INTERVENÇÃO FONOAUDIOLÓGICA NO SERVIÇO DE CONTROLE DA DOR OROFACIAL E DEFORMIDADES DENTOFACIAIS DO HULW/UFPB

INTERVENÇÃO FONOAUDIOLÓGICA NO SERVIÇO DE CONTROLE DA DOR OROFACIAL E DEFORMIDADES DENTOFACIAIS DO HULW/UFPB INTERVENÇÃO FONOAUDIOLÓGICA NO SERVIÇO DE CONTROLE DA DOR OROFACIAL E DEFORMIDADES DENTOFACIAIS DO HULW/UFPB ALVES, Giorvan Ânderson dos santos Alves LOPES SOBRINHO, Paulo Naati LUNA, Anibal Henrique Barbosa

Leia mais

VIII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ

VIII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ VIII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DA UNAERP CAMPUS GUARUJÁ Disfunção da Articulação Temporomandibular: características do indivíduo relacionadas à sua atuação social José Ivan de Lima

Leia mais

NESTE SITE SERÁ DISPONIBILIZADO PARTES DO TRABALHO ACIMA NOMINADO. Acesso à integra deverá ser solicitado ao autor.

NESTE SITE SERÁ DISPONIBILIZADO PARTES DO TRABALHO ACIMA NOMINADO. Acesso à integra deverá ser solicitado ao autor. 7 LEANDRO RAATZ BOTTURA EFEITOS DA DISFUNÇÃO DA ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR SOBRE O SISTEMA NERVOSO CENTRAL Monografia apresentada à Fundação para o Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico da Odontologia

Leia mais

Freqüência da Disfunção Temporomandibular na população do município de Campo Grande-MS, Brasil.

Freqüência da Disfunção Temporomandibular na população do município de Campo Grande-MS, Brasil. Freqüência da Disfunção Temporomandibular na população do município de Campo Grande-MS, Brasil. Túlio Kalife Coelho*, Adélia Delfina da Motta Silva Correia**, Daisilene Baena Castillo***, Gustavo Helder

Leia mais

Princípios de OCLUSÃO

Princípios de OCLUSÃO Aperfeiçoamento em Prótese Convencional e sobre Implantes Bibliografia Recomendada HOBO, S. et al. Osseointegração e Reabilitação Oclusal. 1 ed. São Paulo: Quintessence, 1997. Princípios de OCLUSÃO Princípios

Leia mais

ANÁLISE DOS EFEITOS DA TÉCNICA CROCHETAGEM NA AMPLITUDE DE MOVIMENTO NO TRATAMENTO DE ADERÊNCIAS E CICATRIZES APÓS

ANÁLISE DOS EFEITOS DA TÉCNICA CROCHETAGEM NA AMPLITUDE DE MOVIMENTO NO TRATAMENTO DE ADERÊNCIAS E CICATRIZES APÓS 1 ANÁLISE DOS EFEITOS DA TÉCNICA CROCHETAGEM NA AMPLITUDE DE MOVIMENTO NO TRATAMENTO DE ADERÊNCIAS E CICATRIZES APÓS FRATURA DE FÊMUR COM FIXAÇÃO DE HASTE INTRAMEDULAR UM ESTUDO DE CASO ANALYSIS OF THE

Leia mais

Exame do Sistema Estomatognático usando Análise Oclusal e Índice Epidemiológico para DCMs. Ana Carla Rios

Exame do Sistema Estomatognático usando Análise Oclusal e Índice Epidemiológico para DCMs. Ana Carla Rios Exame do Sistema Estomatognático usando Análise Oclusal e Índice Epidemiológico para DCMs Ana Carla Rios O Exame do Sistema Estomatognático utilizando a análise oclusal é parte importante do processo diagnóstico

Leia mais

Assessoria ao Cirurgião Dentista

Assessoria ao Cirurgião Dentista Assessoria ao Cirurgião Dentista Publicação mensal interna a Papaiz edição V setembro de 2014 Escrito por: Dr. André Simões, radiologista da Papaiz Diagnósticos Odontológicos por Imagem 11 3894 3030 papaizassociados.com.br

Leia mais

ANEXO IV CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

ANEXO IV CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Curso de Especialização em: Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial Disciplina: Diagnóstico por Imagem da Articulação Temporomandibular. : I. Conceituar radiografias da ATM, explicando-as; II. Identificar

Leia mais

Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional. Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João

Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional. Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João Avaliação Fisioterapêutica do Quadril Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João 1. Anatomia Aplicada Articulação do Quadril: É uma articulação

Leia mais

I - Criação das especialidades: 1. ACUPUNTURA Aprovado. 2. HOMEOPATIA Aprovado. 3. HIPNOSE Aprovado. 4. TERAPIA FLORAL Aprovado

I - Criação das especialidades: 1. ACUPUNTURA Aprovado. 2. HOMEOPATIA Aprovado. 3. HIPNOSE Aprovado. 4. TERAPIA FLORAL Aprovado I - Criação das especialidades: 1. ACUPUNTURA Aprovado 2. HOMEOPATIA Aprovado 3. HIPNOSE Aprovado 4. TERAPIA FLORAL Aprovado 5. FITOTERAPIA Aprovado 6. ODONTOLOGIA DO ESPORTE Aprovado II - CRIAÇÃO DE PRÁTICAS

Leia mais

TÉCNICAS EM AVALIAÇÃO E REEDUCAÇÃO POSTURAL

TÉCNICAS EM AVALIAÇÃO E REEDUCAÇÃO POSTURAL 13. CONEX Pôster Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE (X ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA TÉCNICAS

Leia mais

DIAGNÓSTICO COLETA DE DADOS RACIOCÍNIO E DEDICAÇÃO

DIAGNÓSTICO COLETA DE DADOS RACIOCÍNIO E DEDICAÇÃO EXAME CLÍNICO DA DOENÇA PERIODONTAL DIAGNÓSTICO PERIODONTAL CONSISTE O DIAGNÓSTICO NA ANÁLISE DO PERIODONTAL HISTÓRICO DO CASO, NA AVALIAÇÃO DOS SINAIS CLÍNICOS E SINTOMAS, COMO TAMBÉM DOS RESULTADOS DE

Leia mais

LEVANTAMENTO DO PERFIL DO COMPLEXO ESTOMATOGNÁTICO DOS ALUNOS DA 3ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO INOVADOR DA EEEMIDR.

LEVANTAMENTO DO PERFIL DO COMPLEXO ESTOMATOGNÁTICO DOS ALUNOS DA 3ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO INOVADOR DA EEEMIDR. LEVANTAMENTO DO PERFIL DO COMPLEXO ESTOMATOGNÁTICO DOS ALUNOS DA 3ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO INOVADOR DA EEEMIDR. ANTONIO BATISTA SANTIAGO EM ITABAIANA-PB. Napoleão Fernando do Nascimento 1 Ana Karênina de

Leia mais

FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS (FUNORTE) CAIO HENRIQUE FEITOSA DE SOUZA

FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS (FUNORTE) CAIO HENRIQUE FEITOSA DE SOUZA FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS (FUNORTE) CAIO HENRIQUE FEITOSA DE SOUZA DESORDENS TÊMPORO-MANDIBULARES ARACAJU-SE 2009 CAIO HENRIQUE FEITOSA DE SOUZA DESORDENS TÊMPORO-MANDIBULARES Monografia apresentada

Leia mais

IMPORTÂNCIA DA DISSECAÇÃO DA APONEUROSE PLANTAR PARA MELHOR COMPREENÇÃO DA FASCEÍTE PLANTAR E ESTUDO DE NOVAS FORMAS DE TRATAMENTO 1

IMPORTÂNCIA DA DISSECAÇÃO DA APONEUROSE PLANTAR PARA MELHOR COMPREENÇÃO DA FASCEÍTE PLANTAR E ESTUDO DE NOVAS FORMAS DE TRATAMENTO 1 IMPORTÂNCIA DA DISSECAÇÃO DA APONEUROSE PLANTAR PARA MELHOR COMPREENÇÃO DA FASCEÍTE PLANTAR E ESTUDO DE NOVAS FORMAS DE TRATAMENTO 1 SANTOS, Danillo Luiz 1 ; PEREIRA, Thatiany de Castro 2 ; CAMPOS, Adriana

Leia mais

Stomatos ISSN: 1519-4442 ppgpediatria@ulbra.br Universidade Luterana do Brasil Brasil

Stomatos ISSN: 1519-4442 ppgpediatria@ulbra.br Universidade Luterana do Brasil Brasil Stomatos ISSN: 1519-4442 ppgpediatria@ulbra.br Universidade Luterana do Brasil Brasil Pedrotti, Francieli; Mahl, Célia; Mota Freitas, Maria Perpétua; Klein, Gisele Diagnóstico e prevalência das disfunções

Leia mais

TRATAMENTO COM ELETROLIPOFORESE PARA FIBRO EDEMA GELÓIDE EM REGIÃO GLÚTEA

TRATAMENTO COM ELETROLIPOFORESE PARA FIBRO EDEMA GELÓIDE EM REGIÃO GLÚTEA TRATAMENTO COM ELETROLIPOFORESE PARA FIBRO EDEMA GELÓIDE EM REGIÃO GLÚTEA RINALDI, C. L.W.; SPESSATO, L. C. Resumo: O objetivo do presente estudo foi avaliar o benefício da eletrolipoforese no tratamento

Leia mais

AVALIAÇÃO DO QUADRIL

AVALIAÇÃO DO QUADRIL AVALIAÇÃO DO QUADRIL 1. Anatomia Aplicada Articulação do Quadril: É uma articulação sinovial esferóidea com 3 graus de liberdade; Posição de repouso: 30 de flexão, 30 de abdução, ligeira rotação lateral;

Leia mais

1. O TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO NAS DISFUNÇÕES DA ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

1. O TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO NAS DISFUNÇÕES DA ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR: UMA REVISÃO INTEGRATIVA 1. O TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO NAS DISFUNÇÕES DA ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR: UMA REVISÃO INTEGRATIVA THE PHYSIOTHERAPEUTIC TREATMENT IN JOINT DYSFUNCTION TEMPOROMANDIBULAR : AN INTEGRATIVE REVIEW

Leia mais

18º Congresso de Iniciação Científica EFEITO DA MANIPULAÇÃO DA COLUNA CERVICAL ALTA SOBRE A DOR E SEVERIDADE DA DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR

18º Congresso de Iniciação Científica EFEITO DA MANIPULAÇÃO DA COLUNA CERVICAL ALTA SOBRE A DOR E SEVERIDADE DA DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR 18º Congresso de Iniciação Científica EFEITO DA MANIPULAÇÃO DA COLUNA CERVICAL ALTA SOBRE A DOR E SEVERIDADE DA DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR Autor(es) BRUNO MASCELLA RODRIGUES Orientador(es) DELAINE RODRIGUES

Leia mais

CADEIAS MUSCULARES CADEIAS MUSCULARES CADEIAS MUSCULARES CADEIAS MUSCULARES. Dra. Adriana Tessitore. CADEIAS MUSCULARES aplicada à

CADEIAS MUSCULARES CADEIAS MUSCULARES CADEIAS MUSCULARES CADEIAS MUSCULARES. Dra. Adriana Tessitore. CADEIAS MUSCULARES aplicada à aplicada à 1 MOTRICIDADE OROFACIAL 2 MOTRICIDADE OROFACIAL Motricidade Orofacial é o campo da Fonoaudiologia voltado para o estudo/pesquisa, prevenção, avaliação, diagnóstico, desenvolvimento, habilitação,

Leia mais

A investigação da dor no paciente idoso e ardência bucal. Paulo Pimentel

A investigação da dor no paciente idoso e ardência bucal. Paulo Pimentel A investigação da dor no paciente idoso e ardência bucal Paulo Pimentel Sistema Estomatognático Mastigação, fala, digestão e deglutição Paladar, respiração Defesa e reconhecimento imunológico Estética,

Leia mais

Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso

Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso Caso Clínico Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso José Euclides Nascimento* Luciano da Silva

Leia mais

UNAERP - UNIVERSIDADE DE RIBEIRÃO PRETO CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO

UNAERP - UNIVERSIDADE DE RIBEIRÃO PRETO CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO UNAERP - UNIVERSIDADE DE RIBEIRÃO PRETO CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO INCIDÊNCIA DA LOMBALGIA DE ACORDO COM IDADE, SEXO E PROFISSÃO EM UMA CLÍNICA DE ORTOPEDIA DE SÃO PAULO ROBERTO ANTONIO ANICHE Trabalho de

Leia mais

Avaliação Fisioterapêutica do Ombro Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional-FMUSP

Avaliação Fisioterapêutica do Ombro Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional-FMUSP Avaliação Fisioterapêutica do Ombro Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional-FMUSP Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João 1. Anatomia Aplicada Articulação esternoclavicular: É uma

Leia mais

Importância do exame radiográfico

Importância do exame radiográfico Exames e Indicações Importância do exame radiográfico O exame radiográfico de rotina associado ao exame clínico é a maneira mais efetiva de se obter o índice diagnóstico de 100% de cárie (segundo Estevam

Leia mais

25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1

25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 AVALIAÇÃO E CORRELAÇÃO ENTRE SINTOMAS DE DISFUNÇÃO TEMPORO MANDIBULAR E O ÍNDICE DE ANSIEDADE E DEPRESSÃO EM ALUNOS DO CURSO DE ODONTOLOGIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

Avaliação Fisioterapêutica da Coluna Lombar Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional

Avaliação Fisioterapêutica da Coluna Lombar Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Avaliação Fisioterapêutica da Coluna Lombar Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João 1. Anatomia Aplicada Existem 2 tipos de artic. encontradas

Leia mais

Estudo da articulação temporomandibular em portadores de Síndrome de Down

Estudo da articulação temporomandibular em portadores de Síndrome de Down Artigo Original Almeida et al. Estudo da articulação temporomandibular em portadores de Síndrome de Down Investigation of the temporomandibular joints in Down syndrome individuals Resumo Objetivo: O portador

Leia mais

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado plea Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado plea Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado plea Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: ANATOMIA III: DESENHO E ESCULTURA DENTAL Código: ODO-016 Pré-requisito: Anatomia

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DAS TÉCNICAS DE CROCHETAGEM E ALONGAMENTO NO TRATAMENTO DA CONTRATURA DUPUYTREN: UM ESTUDO DE CASO

ASSOCIAÇÃO DAS TÉCNICAS DE CROCHETAGEM E ALONGAMENTO NO TRATAMENTO DA CONTRATURA DUPUYTREN: UM ESTUDO DE CASO 1 ASSOCIAÇÃO DAS TÉCNICAS DE CROCHETAGEM E ALONGAMENTO NO TRATAMENTO DA CONTRATURA DUPUYTREN: UM ESTUDO DE CASO Hélia Ribeiro Anniboleti 1, Mirian Maria Leixas 1, Ana Maria Inocêncio 2, Marcelo de Azevedo

Leia mais

PREVINA AS DEFORMIDADES DA COLUNA VERTEBRAL DO SEU FILHO!

PREVINA AS DEFORMIDADES DA COLUNA VERTEBRAL DO SEU FILHO! Dr. Euclides José Martins Amaral PREVINA AS DEFORMIDADES DA COLUNA VERTEBRAL DO SEU FILHO! : A importância da detecção precoce das deformidades da coluna na infância e adolescência, deve-se principalmente

Leia mais

Lesões Labrais ou Lesão Tipo SLAP

Lesões Labrais ou Lesão Tipo SLAP INTRODUÇÃO Lesões Labrais ou Lesão Tipo SLAP Desde que os cirurgiões ortopédicos começaram a utilizar câmeras de vídeo, chamadas artroscópios, para visualizar, diagnosticar e tratar problemas dentro da

Leia mais

FISIOTERAPIA EM PACIENTE AMPUTADO DE MEMBRO INFERIOR PRÉ E PÓS PROTETIZAÇÃO

FISIOTERAPIA EM PACIENTE AMPUTADO DE MEMBRO INFERIOR PRÉ E PÓS PROTETIZAÇÃO FISIOTERAPIA EM PACIENTE AMPUTADO DE MEMBRO INFERIOR PRÉ E PÓS PROTETIZAÇÃO LARISSA BARRETO 1, NATÁLIA DOS ANJOS MENEZES 1, Profa. Dra. DEISE ELISABETE DE SOUZA 2. 1- Acadêmica do Curso de Fisioterapia

Leia mais

MATERIAL E MÉTODOS. Objetivos:

MATERIAL E MÉTODOS. Objetivos: Rev. FOB V.9, n.3/4, p.139-144, jul./dez. 2001 ALTERAÇÕES OCLUSAIS E A SUA RELAÇÃO COM A DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR OCCLUSAL CHANGES AND THEIR RELATIONSHIP WITH TEMPOROMANDIBULAR DISORDERS Jefferson Ricardo

Leia mais

Fundação Cardeal Cerejeira. Acção de Formação

Fundação Cardeal Cerejeira. Acção de Formação Fundação Cardeal Cerejeira Acção de Formação Formadoras: Fisioterapeuta Andreia Longo, Fisioterapeuta Sara Jara e Fisioterapeuta Tina Narciso 4º Ano de Fisioterapia da ESSCVP Em fases que o utente necessite

Leia mais

Componente Curricular: Fisioterapia nas Disfunções Posturais PLANO DE CURSO

Componente Curricular: Fisioterapia nas Disfunções Posturais PLANO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Fisioterapia nas Disfunções Posturais Código: Fisio 218 Pré-requisito: --------

Leia mais

Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa Curso de Pós-graduação Lato Sensu em Fisioterapia Traumato-ortopédica Trabalho de Conclusão de Curso

Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa Curso de Pós-graduação Lato Sensu em Fisioterapia Traumato-ortopédica Trabalho de Conclusão de Curso Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa Curso de Pós-graduação Lato Sensu em Fisioterapia Traumato-ortopédica Trabalho de Conclusão de Curso USO DO LASER DE BAIXA POTÊNCIA NO TRATAMENTO DA DOR NAS DESORDENS

Leia mais

Avaliação Fisioterapêutica do Tornozelo e Pé Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional

Avaliação Fisioterapêutica do Tornozelo e Pé Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Avaliação Fisioterapêutica do Tornozelo e Pé Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João 1. Anatomia Aplicada Retropé: Articulação Tibiofibular

Leia mais

Mordida Profunda Definição. Trespasse vertical

Mordida Profunda Definição. Trespasse vertical Mordida Profunda Definição Trespasse vertical Mordida Profunda Diagnóstico Os fatores que contribuem variam de acordo com a oclusão: u Em boas oclusões é determinda por fatores dentários: t Comprimento

Leia mais

DOENÇA DE LEGG-CALVÉ- PERTHES EM HAMSTER SÍRIO (MESOCRICETUS AURATUS) - RELATO DE CASO

DOENÇA DE LEGG-CALVÉ- PERTHES EM HAMSTER SÍRIO (MESOCRICETUS AURATUS) - RELATO DE CASO 1 RAPHAEL DE CARVALHO CLÍMACO 1, MAÍRA SANTOS SEVERO CLÍMACO 2, JÉSSICA SOUZA DIAS 3, CAMILA CAROLINE CARLINI 3, WEMERSON DE SANTANA NERES 3, DANIELA DOS SANTOS 3 1 Médico Veterinário Autônomo, Centro

Leia mais

QUEIXAS E SINTOMAS VOCAIS PRÉ FONOTERAPIA EM GRUPO

QUEIXAS E SINTOMAS VOCAIS PRÉ FONOTERAPIA EM GRUPO QUEIXAS E SINTOMAS VOCAIS PRÉ FONOTERAPIA EM GRUPO [ALMEIDA, Anna Alice Figueirêdo de; SILVA, Priscila Oliveira Costa; FERNANDES, Luana Ramos; SOUTO, Moama Araújo; LIMA-SILVA, Maria Fabiana Bonfim] Centro

Leia mais

DISFUNÇÃO TÊMPORO-MANDIBULAR: ESTUDO INTRODUTÓRIO VISANDO ESTRUTURAÇÃO DE PRONTUÁRIO ODONTOLÓGICO

DISFUNÇÃO TÊMPORO-MANDIBULAR: ESTUDO INTRODUTÓRIO VISANDO ESTRUTURAÇÃO DE PRONTUÁRIO ODONTOLÓGICO CDD: 617.522 DISFUNÇÃO TÊMPORO-MANDIBULAR: ESTUDO INTRODUTÓRIO VISANDO ESTRUTURAÇÃO DE PRONTUÁRIO ODONTOLÓGICO TEMPOROMANDIBULAR JOINT DYSFUNCTION: INTRODUCTORY STUDY STRUCTURING DENTISTRY RECORDINGS Denise

Leia mais

HISTÓRIA - QUESTIONÁRIO

HISTÓRIA - QUESTIONÁRIO Ambulatório DTM Neurologia Reumatologia Diagnóstico DTM Neurologia Reumatologia UNIVERSIDADE DO GRANDE RIO PROF. JOSÉ DE SOUZA HERDY ESCOLA DE ODONTOLOGIA POLICLÍNICA ODONTOLÓGICA CLÍNICA DE DOR OROFACIAL

Leia mais

Dr. Felipe Groch CRO 101.353 Especialização em Implantes Dentários

Dr. Felipe Groch CRO 101.353 Especialização em Implantes Dentários Nosso consultório odontológico está equipado para oferecer ao produtor rural todos os tratamentos odontológicos disponíveis na atualidade. Segue abaixo uma discriminação detalhada de cada tratamento oferecido

Leia mais

CAPSULITE ADESIVA DO OMBRO

CAPSULITE ADESIVA DO OMBRO CAPSULITE ADESIVA DO OMBRO Artigo: Dr. Ronaldo Roncetti 1 Introdução A Capsulite Adesiva do Ombro (CAO) foi descrita pela primeira vez em 1872 por DUPLAY, e denominando a Duplay (1) (1872). Descreve a

Leia mais

ESTUDO DA PREVALÊNCIA DE SINTOMATOLOGIA TEMPOROMANDIBULAR EM UNIVERSITÁRIOS BRASILEIROS DE ODONTOLOGIA

ESTUDO DA PREVALÊNCIA DE SINTOMATOLOGIA TEMPOROMANDIBULAR EM UNIVERSITÁRIOS BRASILEIROS DE ODONTOLOGIA ESTUDO DA PREVALÊNCIA DE SINTOMATOLOGIA TEMPOROMANDIBULAR EM UNIVERSITÁRIOS BRASILEIROS DE ODONTOLOGIA PREVALENCE STUDY OF TEMPOROMANDIBULAR SINTOMATOLOGY IN BRAZILIAN STUDENTS OF DENTISTRY Maria Cristina

Leia mais

Tomografia Computorizada Dental

Tomografia Computorizada Dental + Universidade do Minho M. I. Engenharia Biomédica Beatriz Gonçalves Sob orientação de: J. Higino Correia Tomografia Computorizada Dental 2011/2012 + Casos Clínicos n Dentes privados do processo de erupção

Leia mais

CURSO DE MUSCULAÇÃO E CARDIOFITNESS. Lucimére Bohn lucimerebohn@gmail.com

CURSO DE MUSCULAÇÃO E CARDIOFITNESS. Lucimére Bohn lucimerebohn@gmail.com CURSO DE MUSCULAÇÃO E CARDIOFITNESS Lucimére Bohn lucimerebohn@gmail.com Estrutura do Curso Bases Morfofisiológicas - 25 hs Princípios fisiológicos aplicados à musculação e ao cardiofitness Aspectos biomecânicos

Leia mais

PLANO DE CURSO. EMENTA: Disciplina específica que visa embasar a avaliação fisioterápica nos aspectos teóricos e práticos.

PLANO DE CURSO. EMENTA: Disciplina específica que visa embasar a avaliação fisioterápica nos aspectos teóricos e práticos. PLANO DE CURSO CURSO: Curso de Fisioterapia DEPARTAMENTO: RECURSOS TERAPÊUTICOS E FÍSICO FUNCIONAIS DISCIPLINA: SEMIOLOGIA CRÉDITOS: 4 (4 0) PROFESSOR: LEANDRO DE MORAES KOHL EMENTA: Disciplina específica

Leia mais

RESUMO EXPANDIDO SENSIBILIDADE E ESPECIFICIDADE DAS PROVAS MONOTERMAIS NO DIAGNÓSTICO OTONEUROLÓGICO

RESUMO EXPANDIDO SENSIBILIDADE E ESPECIFICIDADE DAS PROVAS MONOTERMAIS NO DIAGNÓSTICO OTONEUROLÓGICO RESUMO EXPANDIDO Título SENSIBILIDADE E ESPECIFICIDADE DAS PROVAS MONOTERMAIS NO DIAGNÓSTICO OTONEUROLÓGICO Palavras Chave Eletronistagmografia; Vertigem; Tontura. Autores Mercia Castro Lima 1, Tatiane

Leia mais

Clínica de Lesões nos Esportes e Atividade Física Prevenção e Reabilitação. Alexandre Carlos Rosa alexandre@portalnef.com.br 2015

Clínica de Lesões nos Esportes e Atividade Física Prevenção e Reabilitação. Alexandre Carlos Rosa alexandre@portalnef.com.br 2015 Clínica de Lesões nos Esportes e Atividade Física Prevenção e Reabilitação Alexandre Carlos Rosa alexandre@portalnef.com.br 2015 O que iremos discutir.. Definições sobre o atleta e suas lesões Análise

Leia mais

INCIDÊNCIA DAS DISFUNÇÕES CRÂNIOMANDIBULARES EM ACADÊMICOS DO CURSO DE FISIOTERAPIA DE UMA INSTITUIÇÃO PARTICULAR DA CIDADE DO RECIFE PE.

INCIDÊNCIA DAS DISFUNÇÕES CRÂNIOMANDIBULARES EM ACADÊMICOS DO CURSO DE FISIOTERAPIA DE UMA INSTITUIÇÃO PARTICULAR DA CIDADE DO RECIFE PE. 4 INCIDÊNCIA DAS DISFUNÇÕES CRÂNIOMANDIBULARES EM ACADÊMICOS DO CURSO DE FISIOTERAPIA DE UMA INSTITUIÇÃO PARTICULAR DA CIDADE DO RECIFE PE. Jackeline Araújo Moura Josemir Rodrigues e Dutra Junior Saulo

Leia mais

Diretrizes Assistenciais

Diretrizes Assistenciais Diretrizes Assistenciais Protocolo de Tratamento Odontológico Versão eletrônica atualizada em Janeiro 2009 A EQUIPE DE SAÚDE BUCAL NA UTMO Fernanda de Paula Eduardo Letícia Mello Bezinelli Pacientes que

Leia mais

CARACTERÍSTICAS POSTURAIS DE IDOSOS

CARACTERÍSTICAS POSTURAIS DE IDOSOS CARACTERÍSTICAS POSTURAIS DE IDOSOS 1INTRODUÇÃO A partir dos 40 anos, a estatura começa a se reduzir em torno de um centímetro por década¹.a capacidade de manter o equilíbrio corporal é um prérequisito

Leia mais

AMANDA GERALDINE GUTIÉRREZ FERNÁNDEZ ANA LUISA PEREIRA PACIENTES COM DOR DE CABEÇA CRÔNICA: COMO RESPONDEM À DESPROGRAMAÇÃO NEUROMUSCULAR?

AMANDA GERALDINE GUTIÉRREZ FERNÁNDEZ ANA LUISA PEREIRA PACIENTES COM DOR DE CABEÇA CRÔNICA: COMO RESPONDEM À DESPROGRAMAÇÃO NEUROMUSCULAR? 1 UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE ODONTOLOGIA AMANDA GERALDINE GUTIÉRREZ FERNÁNDEZ ANA LUISA PEREIRA PACIENTES COM DOR DE CABEÇA CRÔNICA: COMO RESPONDEM À DESPROGRAMAÇÃO

Leia mais

Estudo comparativo entre duas täcnicas de avaliaåço da amplitude de movimento

Estudo comparativo entre duas täcnicas de avaliaåço da amplitude de movimento 1 Estudo comparativo entre duas täcnicas de avaliaåço da amplitude de movimento Joyce Ribeiro Caetano 1 Orientador: Ademir Schmidt ** Resumo Trata-se de uma revisåo de literatura feita por um grupo de

Leia mais

TÍTULO: ANÁLISE DA ESPESSURA DOS MÚSCULOS MASTIGATÓRIOS POR MEIO DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA HELICOIDAL

TÍTULO: ANÁLISE DA ESPESSURA DOS MÚSCULOS MASTIGATÓRIOS POR MEIO DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA HELICOIDAL Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: ANÁLISE DA ESPESSURA DOS MÚSCULOS MASTIGATÓRIOS POR MEIO DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA HELICOIDAL

Leia mais

AVISO: O conteúdo do Caso Clínico a seguir foi cedido gentilmente pelo Prof. Douglas Benedecti, para a publicação no website www.bioart.com.

AVISO: O conteúdo do Caso Clínico a seguir foi cedido gentilmente pelo Prof. Douglas Benedecti, para a publicação no website www.bioart.com. AVISO: O conteúdo do Caso Clínico a seguir foi cedido gentilmente pelo Prof. Douglas Benedecti, para a publicação no website www.bioart.com.br, sendo o mesmo autor e detentor dos Direitos Autorais do conteúdo

Leia mais

Epidemiological profile of subjects with temporomandibular dysfunction in a Faculdade de Odontologia de Caruaru Pernambuco

Epidemiological profile of subjects with temporomandibular dysfunction in a Faculdade de Odontologia de Caruaru Pernambuco PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DE SUJEITOS COM DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR TRATADOS NA FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE CARUARU PERNAMBUCO Epidemiological profile of subjects with temporomandibular dysfunction in a

Leia mais

INTERVENÇÕES FISIOTERAPÊUTIAS NAS DISFUNÇÕES TEMPOROMANDIBULARES: UMA REVISÃO DE LITERATURA

INTERVENÇÕES FISIOTERAPÊUTIAS NAS DISFUNÇÕES TEMPOROMANDIBULARES: UMA REVISÃO DE LITERATURA artigo - article INTERVENÇÕES FISIOTERAPÊUTIAS NAS DISFUNÇÕES TEMPOROMANDIBULARES: UMA REVISÃO DE LITERATURA PHYSIOTHERAPEUTICS INTERVENTIONS IN TEMPOROMANDIBULAR DYSFUNCTION: A LITERATURE REVIEW Alana

Leia mais

ANÁLISE DO PROGNÓSTICO DE PACIENTES INFECTADOS COM HIV DE LONDRINA E REGIÃO DE ACORDO COM PERFIL NUTRICIONAL

ANÁLISE DO PROGNÓSTICO DE PACIENTES INFECTADOS COM HIV DE LONDRINA E REGIÃO DE ACORDO COM PERFIL NUTRICIONAL 1 ANÁLISE DO PROGNÓSTICO DE PACIENTES INFECTADOS COM HIV DE LONDRINA E REGIÃO DE ACORDO COM PERFIL NUTRICIONAL Ana Carolina Borghesi Marques Branco Mariah Martins da Silva Josiane Correia Juliana Ferreira

Leia mais

Diretrizes Clínicas Protocolos Clínicos

Diretrizes Clínicas Protocolos Clínicos Diretrizes Clínicas Protocolos Clínicos 043 Avaliação e Monitoramento Fonoaudiológico em Pacientes com Fratura de Côndilo Mandibular Não Cirúrgica Última revisão: 13/08/2013 Estabelecido em: 05/08/2011

Leia mais

Por favor, leia cada pergunta e marque com um X somente a resposta que achar mais correta. Ótima Boa Regular Ruim Péssima

Por favor, leia cada pergunta e marque com um X somente a resposta que achar mais correta. Ótima Boa Regular Ruim Péssima Figura - Versão em português do questionário Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders (RDC/TMD): Axis II (Dworkin; LeResche, ). Nome do Investiga Prontuário do Paciente Data: / / dia

Leia mais

CIADE Centro Integrado de Atendimento a Portadores de Disfunção do Aparelho Estomatognático

CIADE Centro Integrado de Atendimento a Portadores de Disfunção do Aparelho Estomatognático CIADE Centro Integrado de Atendimento a Portadores de Disfunção do Aparelho Estomatognático RELATO DE EXPERIÊNCIA GUSTAVO AUGUSTO SEABRA BARBOSA Departamento de Odontologia - UFRN ARTHUR CÉSAR DE MEDEIROS

Leia mais

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada?

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? A avaliação da estética facial, bem como sua relação com a comunicação e expressão da emoção, é parte importante no

Leia mais

ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO DA DEMANDA DE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO NO MUNICÍPIO DE EMBU DAS ARTES

ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO DA DEMANDA DE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO NO MUNICÍPIO DE EMBU DAS ARTES ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO DA DEMANDA DE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO NO MUNICÍPIO DE EMBU DAS ARTES Ligia de Jesus Martins de Oliveira 1 ; Luis Carlos Pires Baptista 2 Estudante do Curso de Odontologia; lih.odonto@gmail.com

Leia mais

Leia estas instruções:

Leia estas instruções: Leia estas instruções: 1 2 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Caso se identifique em qualquer outro local deste

Leia mais

Considerada como elemento essencial para a funcionalidade

Considerada como elemento essencial para a funcionalidade 13 Epidemiologia e Flexibilidade: Aptidão Física Relacionada à Promoção da Saúde Gláucia Regina Falsarella Graduada em Educação Física na Unicamp Considerada como elemento essencial para a funcionalidade

Leia mais

Dados Pessoais: História social e familiar. Body Chart. Questões especiais Exames Complementares Rx (23/08/2012) placa de fixação interna a nível da

Dados Pessoais: História social e familiar. Body Chart. Questões especiais Exames Complementares Rx (23/08/2012) placa de fixação interna a nível da Dados Pessoais: Nome: M. Idade: 29 Morada: Contacto: Médico: Fisioterapeuta: Profissão: Técnica de comunicação Diagnóstico Médico: Síndrome de Kienbock História Clínica: 2009-1 mês após uma mudança de

Leia mais

Gripe A (H1N1) de origem suína

Gripe A (H1N1) de origem suína Gripe A (H1N1) de origem suína A gripe é caracterizada como uma doença infecciosa com alto potencial de contagio causado pelo vírus Influenza. Este vírus apresenta três tipos, sendo eles o A, B e C. Observam-se

Leia mais

PUCPR - O.R.T.O.D.O.N.T.I.A - GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO F I C H A C L Í N I C A Nome do/a Paciente: Número: 1.0 IDENTIFICAÇÃO DO PACIENTE 1.1 Nome: 1.2 Data de Nascimento: Sexo: F M Idade: 1.3 Peso: Kg

Leia mais

Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional-FMUSP. Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João

Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional-FMUSP. Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João Avaliação Fisioterapêutica do Cotovelo Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional-FMUSP Profa. Dra. Sílvia Maria Amado João 1. Anatomia Aplicada Articulação ulnoumeral ou troclear:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÃNDIA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE CURSO TÉCNICO PRÓTESE DENTÁRIA FICHA DA SUBFUNÇÃO/COMPONENTE CURRICULAR

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÃNDIA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE CURSO TÉCNICO PRÓTESE DENTÁRIA FICHA DA SUBFUNÇÃO/COMPONENTE CURRICULAR UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÃNDIA ESCOLA TÉCNICA DE SAÚDE CURSO TÉCNICO PRÓTESE DENTÁRIA FICHA DA SUBFUNÇÃO/COMPONENTE CURRICULAR FUNÇÃO: Educação para Saúde SUBFUNÇÃO OU COMPONENTE CURRICULAR: ANATOMIA

Leia mais

Impacto Fêmoro Acetabular e Lesões do Labrum

Impacto Fêmoro Acetabular e Lesões do Labrum Impacto Fêmoro Acetabular e Lesões do Labrum O termo Impacto Fêmoro Acetabular (I.F.A.) refere-se a uma alteração do formato e do funcionamento biomecânico do quadril. Nesta situação, ocorre contato ou

Leia mais

Disfunções Temporomandibulares Temporomandibular Disorders

Disfunções Temporomandibulares Temporomandibular Disorders Disfunções Temporomandibulares Temporomandibular Disorders Introdução As disfunções temporomandibulares (DTM) abrangem um grupo de condições musculoesqueléticas e neuromusculares que envolvem a articulação

Leia mais

DEFORMIDADES DA COLUNA VERTEBRAL: avaliação postural em adolescentes da faixa etária entre 11 a 16 anos

DEFORMIDADES DA COLUNA VERTEBRAL: avaliação postural em adolescentes da faixa etária entre 11 a 16 anos DEFORMIDADES DA COLUNA VERTEBRAL: avaliação postural em adolescentes da faixa etária entre 11 a 16 anos CAROLINE GONSALEZ FLAVIO PILOTO CIRILLO JULIANA THIEMI IMANO KAMILLA FERNANDES LINS SP 2009 DEFORMIDADES

Leia mais