7. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPRESSOS... 3

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "7. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPRESSOS... 3"

Transcrição

1 1 7. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPRESSOS Guia de Recolhimento Gare/ICMS a Campo Data de Vencimento b Campo Código Receita c Campos: Contribuinte, Endereço, Inscrição Estadual, Município, UF, Telefone, CNAEF e CNPJ d Campo Inscrição na Dívida Ativa e Campo Referência (Mês/Ano) f Campo Nº AIM ou Nº DEICMEME g Campo Valor da Receita h Campos: Juros de Mora, Multa de Mora, Acréscimo Financeiro e Honorário Advocat i Webmatic j Guia de Recolhimento Simples Paulista a Campo Data de Vencimento b Campo Código Receita c Campos: Contribuinte, Endereço, Inscrição Estadual, Município, UF, Telefone, CNAEF e d Campo Inscrição na Dívida Ativa e Campo Referência (Mês/Ano) f Campo Nº AIM ou Nº DEICMEME g Campo Valor da Receita h Campos: Juros de Mora, Multa de Mora, Acréscimo Financeiro e Honorário Advocat Guia de Recolhimento de ICMS Paraná (Gare-PR) a Campos: (Contribuinte) Razão Social, Endereço, Município\UF e Telefone b Campo Código da Receita c Campo Data Vencimento d Campo Inscr. No Cad.ICMS/PR e Inscr. CGC/MF ou CPF/MF e Campo Período de Referência f Campo No.Documento g Campo Cód. Município h Campo Cód. Produto i Campo Vr. Receita j Campo Vr. Multa k Campo Vr. Acréscimo Financeiro l Campo Vr. Dos Juros mCampo Total a Recolher n Destinatário o Informações Complementares p Opções: Guia de Recolhimento ICMS (RS) Emissão de Darfs Configurações: Mostrar Impostos da a Empresa Ativa b Empresas da Fila Opções a Campo Impostos pago pela matriz b Campo Imprimir Darf Desenhado c Campo Número de Vias d Campo Imprimir Cálculos em Branco e Campo Imprimir Darfs Simples Condensado

2 Vencimentos: a Campo Vencimentos Simples a Campo Período de Apuração b Campo Número do CGC c Campo Código da Receita d Campo Valor Receita Bruta Acumulada e Campo Nome da Empresa/Telefone f Campo Percentual g Campo Valor do Principal h Campo Valor da Multa i Campo Valor dos Juros j Campo Valor Total k Campo Vencimento l Campo Base de Cálculo do Mês mCampo Cálculo Para Pagamento até_/_/_ o Botões: Outros Darfs a Campo Período de Apuração b Campo Número do CPF/CNPJ c Campo Código da Receita d Campo Número de Referência e Campo Data de Vencimento f Campo Valor do Principal g Campo Valor da Multa h Campo Valor dos Juros e/ou Encargos i Campo Valor Total j Campo Nome/Telefone Emissão de Guia de ISS a Campo Data Vencimento b Campo Mês Referência c Campo Base de Cálculo d Campo Valor do Tributo e Campo Multa f Campo Juros g Campo Total a Recolher h Campo Observação i Opções para impressão da Guia: j Imprimir Quais Guias? k Vias l Botões: Emissão de Recibos Pro Labore Lucro Tributado Lucro Isento

3 3 7. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPRESSOS Neste menu pode-se imprimir, visualizar e enviar as guias de Impostos Federais, Estaduais, Municipais (ISS) e Recibos de Pró-labore, Lucro Isento e Tributado por e pela via Webmatic. 7.1 Guia de Recolhimento Gare/ICMS Nesta opção o sistema traz o valor do ICMS a pagar caso a apuração seja saldo devedor. Esta guia é composta pelos seguintes campos: 7.1.a Campo Data de Vencimento Informe manualmente. 7.1.b Campo Código Receita O sistema traz a informação do cadastro da empresa, do Menu Arquivo - Empresas Usuárias - Efiscal no campo (Gare/GR-PR). 7.1.c Campos: Contribuinte, Endereço, Inscrição Estadual, Município, UF, Telefone, CNAEF e CNPJ ou CPF, O sistema traz automaticamente do cadastro da empresa, Menu Arquivos -Empresas Usuárias - Básico. 7.1.d Campo Inscrição na Dívida Ativa O sistema habilita este campo para informação manual, caso necessite informar este número. 7.1.e Campo Referência (Mês/Ano) O sistema traz automaticamente de acordo com mês e ano ativo da empresa. 7.1.f Campo Nº AIM ou Nº DEICMEME...O sistema habilita este campo para informação manual, caso necessite informar valor referente (AIM = Multa p/ Infração e imposição de multa) ou; (nº DEICMEME= Declaração de Exoneração do ICMS na Entrada da Mercadoria Estrangeira). 7.1.g Campo Valor da Receita O sistema traz automaticamente do relatório de apuração do ICMS este valor quando o saldo de ICMS for devedor. 7.1.h Campos: Juros de Mora, Multa de Mora, Acréscimo Financeiro e Honorário Advocat. O sistema habilita estes campos para que sejam digitados os valores manualmente, que serão somados automaticamente ao valor total da guia. Esta guia pode ser impressa de duas formas: 1) No formulário pré-impresso onde o sistema preenche apenas os campos. 2) Guia desenhada, o sistema desenha todos os campos da guia. Caso deseje enviar esta Guia/ICMS pela Webmatic ou por , deve selecionar o item: (Guia Desenhada) para que o sistema habilite o botão conforme figura: 3

4 i Webmatic Ao selecionar este item o sistema gera a guia Gare/ICMS em arquivo PDF e apresenta seguinte mensagem conforme figura: O cliente do cliente Folhamatic pode imprimir e visualizar esta guia Gare/ICMS pela página Webmatic. Obs: (Ver explicação do procedimento da Webmatic no tópico Menu Arquivos ). 7.1.j Ao selecionar este botão o sistema gera um arquivo Guia/Icms.PDF para que possa ser enviado por , desde que já tenha feito o procedimento do cadastro de s destinatário e remetente. (Ver explicação do procedimento do cadastro de s no Tópico z Menu Arquivos ). Ex: Gare-ICMS mês 10/2003 conforme figura: O cliente do Cliente Folhamatic receberá esta guia Gare/ICMS por pelo Outlook de seu computador. Importante: O sistema não calcula automaticamente o valor de multa e Juros, somente habilita o campo para que seja informado manualmente. Esta Guia será impressa empresa por empresa, não tem opção para imprimir em fila. 7.2 Guia de Recolhimento Simples Paulista Esta opção habilita para visualizar ou imprimir a guia Gare/ICMS para empresas optantes pelo Simples Paulista (Estadual) faixa A ou B e diferencial de alíquota para empresa (ME Estadual). O sistema traz o valor do ICMS a pagar caso a apuração do diferencial de alíquota seja saldo devedor. Esta guia consiste nos seguintes campos: Obs: O sistema traz para esta guia o valor apurado do ICMS, quando empresa EPP-A ou EPP-B, dos lançamentos de saídas, lançado nota a nota e informado a alíquota de ICMS, somando o valor do ICMS ref. diferencial de alíquotas, quando existe valor referente compra interestadual, menos as deduções, no qual poderá ser feito a conferência deste valores através do Menu Relatórios Diversos Diferencial de Alíquotas. Para empresa (ME Estadual) traz o valor referente diferencial de alíquotas. 4

5 5 7.2.a Campo Data de Vencimento Informe manualmente. 7.2.b Campo Código Receita O sistema traz a informação do cadastro da empresa, no Menu Arquivo - Empresas Usuárias -Efiscal no campo (Gare/GR-PR). 7.2.c Campos: Contribuinte, Endereço, Inscrição Estadual, Município, UF, Telefone, CNAEF e CNPJ ou CPF, O sistema traz automaticamente do cadastro da empresa, Menu Arquivos -Empresas Usuárias - Básico. 7.2.d Campo Inscrição na Dívida Ativa O sistema habilita este campo para informação manual, caso necessite informar este número. 7.2.e Campo Referência (Mês/Ano) O sistema traz automaticamente de acordo com mês e ano ativo da empresa. 7.2.f Campo Nº AIM ou Nº DEICMEME...O sistema habilita este campo para informação manual, caso necessite informar valor referente (AIM = Multa p/ Infração e imposição de multa) ou; (nº DEICMEME= Declaração de Exoneração do ICMS na Entrada da Mercadoria Estrangeira). 7.2.g Campo Valor da Receita O sistema traz automaticamente do relatório de apuração do ICMS este valor quando o saldo de ICMS for devedor. 7.2.h Campos: Juros de Mora, Multa de Mora, Acréscimo Financeiro e Honorário Advocat. O sistema habilita estes campos para que sejam digitados os valores, que serão somados automaticamente com o valor total da guia. Esta guia de ICMS pode ser impressa de duas formas: 1) No formulário pré-impresso (formulário continuo) onde o sistema preenche apenas os campos. 2) Guia desenhada, o sistema desenha todos os campos da guia. Caso deseje enviar esta Guia/ICMS pela Webmatic ou por , deve selecionar o item: (Guia Desenhada) para que o sistema habilite o botão. Webmatic Ao selecionar este item o sistema gera a guia Gare Simples Paulista em arquivo PDF onde o cliente do cliente Folhamatic pode imprimir e visualizar esta guia pela página Webmatic. Ou por Ao selecionar este botão o sistema gera um arquivo Gare Simples Paulista.PDF, para que possa ser enviado por , desde que já tenho feito o procedimento do cadastro de s destinatário e remetente. (Ver explicação do procedimento do cadastro de s no Tópico z Menu Arquivos página 19). O cliente do cliente Folhamatic receberá esta guia por pelo Outlook de seu computador. Importante: O sistema não faz calculo automaticamente do valor de multa e Juros desta guia. Esta Guia será impressa empresa por empresa, não tem opção para imprimir em fila. 7.3 Guia de Recolhimento de ICMS Paraná (Gare-PR) Esta opção habilita para visualizar ou imprimir a guia Gare/ICMS-PR, somente para empresas do estado do Paraná, o sistema traz o valor do ICMS a pagar caso a apuração de ICMS seja saldo devedor. Esta guia consiste nos seguintes campos: 5

6 6 7.3.a Campos: (Contribuinte) Razão Social, Endereço, Município\UF e Telefone o sistema traz automaticamente do Menu Arquivos -Empresas Usuárias -Básico. 7.3.b Campo Código da Receita O sistema traz esta informação do cadastro da empresa, quando informado no Menu arquivo -Empresas Usuárias -Efiscal no campo (Gare/GR-PR). 7.3.c Campo Data Vencimento Informe a data manualmente. 7.3.d Campo Inscr. No Cad.ICMS/PR e Inscr. CGC/MF ou CPF/MF o sistema traz automaticamente do cadastro da empresa do Menu Arquivos Empresas Usuárias Básico as informações ref. Inscr. Est. e CGC. 7.3.e Campo Período de Referência O sistema traz automaticamente de acordo com mês e ano ativo da empresa. 7.3.f Campo No.Documento Informe o número de identificação do documento, tais como número de: -Nota fiscal da operação, auto de infração, dívida ativa, parcelamento, renavam do veículo e processo. 7.3.g Campo Cód. Município Deve ser preenchido para os seguintes recolhimentos: -ICMS recolhimento antecipado para os códigos de receita ( e1260). -ICMS sobre transporte de mercadorias para os códigos de receita (1317) indicando o Município de origem do serviço de transporte. -IPVA indicando o Município de licenciamento do veículo, para os códigos de receita ( ) e ( ). 7.3.h Campo Cód. Produto Indicar o código do produto, quando se tratar de recolhimento antecipado de ICMS é obrigatório o preenchimento para os códigos de receita ( ). 7.3.i Campo Vr. Receita O sistema traz esta informação do relatório de Apuração de ICMS, quando o saldo do ICMS for <devedor>. 7.3.j Campo Vr. Multa O sistema permite digitar o valor da multa para que seja somado ao total á recolher. 7.3.k Campo Vr. Acréscimo Financeiro O sistema permite digitar o valor do acréscimo financeiro para que seja somado ao total a recolher. 7.3.l Campo Vr. Dos Juros O sistema permite digitar o valor dos juros para que seja somado ao total a recolher. 7.3.m Campo Total a Recolher O sistema totaliza todos os campos acima. 7.3.n Destinatário O sistema habilita estes campos nos casos de recolhimento do Imposto (ICMS) antecipado deve informar: Razão Social, o Município/UF, Inscr.Estadual CGC/MF ou CPF/MF do destinatário. Base Cálculo Informe o valor da base de cálculo do imposto nos códigos de receita: 1031 (Micro empresa faixa B e C), e3026. Alíquota Informe a alíquota do imposto de ICMS. Placa de Veículo/UF Informe a placa do veículo e Estado correspondente nos recolhimentos de IPVA, ou do transportador das mercadorias nos recolhimentos de ICMS. 7.3.o Informações Complementares O sistema habilita este campo caso tenha alguma informação complementar para ser informada tais como: -Número do termo de acordo ou da autorização, em se tratando de regime especial de pagamento de ICMS mensal. -Penalidade, data da ciência e nome do fiscal atuante, em se tratando de recolhimento de auto de infração. -Descrição da origem do recolhimento indicando a natureza da operação, o produto e o número da FACC, quando houver, no recolhimento antecipado do ICMS. -Demonstrativo do débito e do crédito e informações relativas á operação, quando se tratar de venda ambulante, no território Paranaense, de contribuinte não inscrito. -Para o recolhimento de ITCMD deverá constar a identificação fiscal do imóvel ou seu endereço completo e o nome do transmitente. Ex: Gia-ICMS referente ao mês e Ano. -IPVA-Licenciamento Ano-(Quota) -Dívida Ativa número... -Taxa de Saúde Pública -Parcelamento de ICMS número...parcela... 6

7 7 7.3.p Opções: Imprime Em Guia Desenhada Selecione esta opção quando for imprimir guia GR-PR desenhada ou quando for enviar esta guia via Webmatic ou . Webmatic O sistema habilita este campo quando seleciona a opção: Imprime Guia desenhada. Onde pode enviar esta guia GR-PR.PDF para página Webmatic onde o cliente do cliente Folhamatic pode visualizar e imprimir. (Ver explicação do procedimento do cadastro da Webmatic no Tópico 3.19 Menu Arquivos, página ). E por Onde pode enviar esta guia GR-PR.PDF por para o cliente do cliente Folhamatic onde receberá pelo Outlook de seu computador. (Ver explicação do procedimento do cadastro de s no Tópico z Menu Arquivos). Imprime Totais Em Branco Ao selecionar esta opção o sistema imprime somente o campo <valor da receita> o total a recolher virá em branco. 7.4 Guia de Recolhimento ICMS (RS) Esta opção somente habilitará para empresas que no Menu Arquivos Empresas Usuárias Básico estiver selecionado no campo UF como (RS), onde poderá visualisar imprimir, enviar por ou pela Web-matic. O sistema traz automaticamente as informações nos seguintes campos: - Referência, permitindo que seja alterado caso necessário. - Vencimento, permitindo que seja alterado caso necessário. - Nome do Contribuinte Endereço Cep/Município Telefone, traz do Menu Arquivos - Empresas Usuárias Básicos. - Demais campos ficam habilitados para informações manuais. 7

8 8 7.5 Emissão de Darfs Nesta opção pode visualizar ou imprimir os Darfs: Simples -Pis - Cofins -IPI (Mensal- Decendial-Quinzenal) - IRPJ - Contr.Social - Adicional do I.R. - Lucro Inflacionário -Renda Variável -Sócio Lucro e Sócio Pro-Labore. Podendo imprimir somente da empresa ativa ou em fila, enviar por e pela Webmatic Configurações: Mostrar Impostos da (S) a Empresa Ativa Serão visualizados ou impressos os Darf s somente da empresa ativa b Empresas da Fila Serão visualizados ou impressos os Darf s das empresas que estiverem na fila selecionada Opções: a Campo Impostos pago pela matriz Caso selecionado o sistema permite unificar os impostos da <matriz e filial>, quando estão cadastradas no sistema, onde será feito a validação pelo CNPJ b Campo Imprimir Darf Desenhado Selecione esta opção quando desejar imprimir Darf desenhado, e também para que o sistema habilite os botões: Webmatic e c Campo Número de Vias O sistema habilita esta opção quando selecionar a opção imprimir Darf desenhado, onde deve informar a quantidade de vias a ser impressa. 8

9 d Campo Imprimir Cálculos em Branco Ao selecionar esta opção o sistema imprime o Darf somente com o valor no campo <valor principal>, o campo <valor total> virá sem a informação do valor e Campo Imprimir Darfs Simples Condensado Selecione esta opção quando for imprimir Darf em <formulário pré-impresso> em tamanho menor que o padrão, neste caso a letra será impressa condensada. Obs: O sistema utiliza como padrão os Darf s das marcas (Tiliform e Tecnoform) Vencimentos: a Campo Vencimentos Nesta opção o sistema traz a descrição de todos os impostos com a data de vencimento de cada um deles, se informados no Menu Arquivos -Dados dos Impostos. Caso não tenha feito a informação no menu arquivos-dados do impostos, pode cadastrar a data de vencimento no momento da impressão dos darf s nesta mesma tela. Obs: Esta informação será utilizada para todas as empresas Simples Selecione esta opção para empresas enquadradas como Simples ou EPP Simples Federal, pode ser impresso, visualizado, enviado pela Webmatic ou por , somente da empresa ativa ou em fila, e consistem nos seguintes campos: Obs: No mês em que a empresa ultrapassa o limite federal de ,00 ou ,00 o sistema desmenbra em dois darfs, após visualizar o primeiro deve clicar no botão <próximo> para poder visualizar o segundo darfs. 9

10 a Campo Período de Apuração O sistema traz automaticamente o último dia do mês e ano que a empresa esta ativa b Campo Número do CGC O sistema traz automaticamente esta informação do Menu Arquivos - Empresas Usuárias -Básico c Campo Código da Receita Quando for impresso em formulário continuo, pré-impresso este campo vem preenchido. E quando pede impressão selecionada a opção <Darf desenhado> o sistema traz automaticamente d Campo Valor Receita Bruta Acumulada O sistema traz automaticamente este valor do relatório <evolução do simples> e Campo Nome da Empresa/Telefone O sistema traz automaticamente do Menu Arquivos Empresas Usuárias -Básico f Campo Percentual O sistema traz automaticamente esta informação do relatório <evolução do simples> g Campo Valor do Principal O sistema traz automaticamente este valor do Imposto a ser pago do relatório <evolução do simples> h Campo Valor da Multa O sistema habilita este campo para que seja digitado manualmente o valor da multa, que será somado ao valor total do Darf i Campo Valor dos Juros O sistema habilita este campo para que seja digitado manualmente o valor dos juros, que serão somados ao valor total do Darf j Campo Valor Total O sistema soma o valor principal, valor da multa, valor dos juros e totaliza neste campo k Campo Vencimento O sistema traz esta informação do Menu Arquivos -Dados dos Impostos, ou da própria tela de configurações-vencimentos dos Darfs l Campo Base de Cálculo do Mês O sistema traz este valor do relatório <evolução do simples> do campo receita bruta m Campo Cálculo Para Pagamento até_/_/_ O sistema habilita este campo para que seja informada a data de pagamento, quando o imposto for pago fora da data do vencimento. Paraque o sistema habilite as opções Webmatic e deve selecionar em configurações a opção: imprimir Darf desenhado. Obs: O sistema não faz calculo automático do valor de multas e juros, deve ser informado manualmente para que seja somado no valor total o Botões: Webmatic O sistema habilita este campo quando seleciona a opção: Imprime Guia desenhada. Onde pode enviar esta guia GR-PR.PDF para página Webmatic onde o cliente do cliente Folhamatic pode visualizar e imprimir. (Ver explicação do procedimento do cadastro da Webmatic no Tópico 3.19 Menu Arquivos, página ). E por Onde pode enviar esta guia GR-PR.PDF por para o cliente do cliente Folhamatic onde receberá pelo Outlook de seu computador. (Ver explicação do procedimento do cadastro de s no Tópico z Menu Arquivos). 10

11 Outros Darfs Selecione esta opção para empresas enquadradas como Estimativa ou Lucro Presumido, onde o sistema permite imprimir, visualizar, enviar pela Webmatic e por , todos os impostos federais da empresa conforme figura: Ao selecionar Outros Darfs o sistema habilita a opção < tipo de impostos> para que seja selecionados os Impostos Federais como conforme figura, Pis - Cofins - IRPJ - Contribuição Social - IPI - Adicional do IRPJ - Lucro Inflacionário - Renda Variável - Sócio Lucro e Sócio Pro - Labore. Os Darfs consistem nos seguintes campos: a Campo Período de Apuração O sistema traz automaticamente o último dia do mês e ano que a empresa esta ativa para todos os Darfs b Campo Número do CPF/CNPJ O sistema traz esta informação do Menu Arquivos -Empresas Usuárias -Básico c Campo Código da Receita O sistema traz o código da receita automaticamente do Menu Arquivos - Dados dos Impostos -Código dos Darf, de acordo com o enquadramento da empresa no Federal d Campo Número de Referência Este campo será utilizado para o pagamento de outros impostos, porém o sistema gera somente os impostos apurados sobre o faturamento, então este campo não será utilizado pelo sistema e Campo Data de Vencimento O sistema traz automaticamente esta informação do Menu Arquivos - Dados dos Impostos, ou da própria tela configurações-vencimentos, na emissão do Darfs f Campo Valor do Principal O sistema traz este valor do relatório Demonstrativo Mensal de I.R. da Empresa, caso o valor seja inferior a 10,00 o sistema mostra o valor, porém transporta para mês seguinte como Resíduo. 11

12 g Campo Valor da Multa O sistema habilita este campo para que seja digitado manualmente o valor da multa que será somado ao valor total do imposto h Campo Valor dos Juros e/ou Encargos O sistema habilita este campo que seja digitado o valor dos juros ou outros encargos que serão somados juntos ao valor total do imposto i Campo Valor Total O sistema faz a somatória e apresenta neste campo o valor total j Campo Nome/Telefone O sistema traz automaticamente esta informação do Menu Arquivos - Empresa Usuárias -Básico. Obs: O sistema não faz calculo automaticamente do valor de multa e juros dos Impostos, os valores devem ser digitados manualmente. 7.6 Emissão de Guia de ISS Para utilizar a guia de ISS emitida pelo sistema é necessário que haja permissão da Prefeitura. Ao selecionar esta opção o sistema mostra a seguinte mensagem: Para acessar a guia de ISS padrão no sistema basta clicar em OK. Esta guia padrão contem seguintes informações conforme figura: 7.6.a Campo Data Vencimento O sistema traz esta informação automaticamente do Menu Arquivos -Dados dos Impostos, ou pode digitar manualmente antes da impressão da guia. 7.6.b Campo Mês Referência O sistema traz automaticamente de acordo com mês e ano da empresa ativa no sistema. 12

13 c Campo Base de Cálculo O sistema traz o valor total da base de cálculo do serviço prestado no mês. 7.6.d Campo Valor do Tributo O sistema traz o valor total do imposto ISS do mês. 7.6.e Campo Multa O sistema habilita este campo para que seja digitado manualmente o valor da multa que será somado ao valor total a recolher. 7.6.f Campo Juros O sistema habilita este campo para que seja digitado manualmente o valor dos juros que serão somados ao valor total a recolher. 7.6.g Campo Total a Recolher O sistema totaliza todo os valores dos campos acima e mostra neste campo. Os dados cadastrais como Razão Social -Endereço Cidade -UF CNPJ -Inscr.Estadual -Inscr.Municipal Fone Atividade, o sistema traz do Menu Arquivos -Empresas Usuárias -Básico. 7.6.h Campo Observação O sistema habilita a linha Cálculo para Pagamento até _/_/_ para que seja informada a data prevista de pagamento quando o imposto for pago fora da data do vencimento. 7.6.i Opções para impressão da Guia: -Guias Separadas por Serviço Selecione quando houver lançamentos com códigos de serviços diferentes e deseja imprimi-las separadamente. -Guias Separadas por Alíquota Selecione quando houver lançamentos com alíquotas diferentes e deseja imprimi-las separadamente. Ao selecionar as opções acima a sistema habilita os itens conforme figura para que possa visualizar todas as guias. -Imprimir Cálculos em Branco Selecione quando desejar imprimir a guia sem a informação no campo total a recolher. 7.6.j Imprimir Quais Guias? -Todas Selecione quando for imprimir todas as guias independente do código de serviço ou alíquota. -Selecionadas Ao selecionar este item o sistema habilita outro item: Imprimir esta Guia, onde pode selecionar a guia específica que deseja imprimir. 7.6.k Vias Selecione neste campo a quantidade de vias a serem impressa. Obs: O sistema não faz cálculo automaticamente do valor de multa e juros dos Impostos, os valores devem ser digitados manualmente. 7.6.l Botões: Webmatic O sistema habilita este campo para que possa enviar esta guia de ISS.PDF para página Webmatic onde o cliente do cliente Folhamatic pode visualizar e imprimir. (Ver explicação do procedimento do cadastro da Webmatic no Tópico 3.19 Menu Arquivos, página). E por Onde pode enviar esta guia ISS.PDF por para o cliente do cliente Folhamatic onde receberá pelo Outlook de seu computador. (Ver explicação do procedimento do cadastro de s no Tópico z Menu Arquivos).. 13

14 Emissão de Recibos Nesta opção pode visualizar, imprimir enviar pela Webmatic ou por , os recibos para os sócios. O sistema traz o valor para estes recibos quando há cadastros dos sócios no Menu Arquivos Cadastros Sócios, onde é informado o valor do pró-labore dos sócios, e no Menu Impostos Digitações dos Sócios quando é feita a distribuição do lucro dos sócios Pro Labore O sistema traz as informações do relatório Demonstrativo Mensal de I.R. dos Sócios, selecione o sócio, o sistema traz automaticamente o CPF -Valor Bruto -I.R.R.F. -Valor Líquido, recebido juntamente com a declaração de recebimento de acordo com a figura: Lucro Tributado O sistema traz as informações do relatório Demonstrativo Mensal de I.R. dos Sócios, selecione o sócio, o sistema traz automaticamente o CPF -Valor Bruto -I.R.R.F. -Valor Líquido recebido juntamente com a declaração de recebimento de acordo com a figura: O sistema traz o valor para este recibo quando foi efetuada a distribuição de lucro dos sócios no Menu Impostos Digitações dos Sócios, e informado o valor manualmente no campo: Tributado. 14

15 Lucro Isento O sistema traz as informações do relatório Demonstrativo Mensal de I.R. dos Sócios, selecione o sócio, o sistema traz automaticamente o CPF -Valor Bruto -I.R.R.F. -Valor Líquido, recebido juntamente com a declaração de recebimento de acordo com a figura: O sistema traz o valor para este recibo quando foi efetuada a distribuição de lucro dos sócios no Menu Impostos Digitações dos Sócios, e quando no Menu Arquivos empresas Usuárias Efiscal no campo Distr. LP (distribuição do lucro) está selecionado a opção: Automático. 15

Manual do Usuário 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2

Manual do Usuário 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2 1 5. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU IMPOSTO...2 5.1 Digitações dos Sócios...2 5.1.1 Campo CPF...2 5.1.1.a Campo Saldo Anterior...3 5.1.1.b Campo Saldo...3 5.1.1.c Campo Isento...3 5.1.1.d Campo Tributado...3

Leia mais

6. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU RELATÓRIOS... 3

6. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU RELATÓRIOS... 3 1 6. EXECUTANDO OPERAÇÕES NO MENU RELATÓRIOS... 3 6.1 Descrição dos ítens da tela...4 6.1.a Ao selecionar ,...4 6.1.b Ao selecionar ,...4 6.1.c Gerar Relatório Selecionado em Arquivo

Leia mais

MANUAL DECRETO 52.665/2008 - SP SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA.

MANUAL DECRETO 52.665/2008 - SP SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. MANUAL DECRETO 52.665/2008 - SP SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. Neste manual serão demonstradas as alterações efetuadas no Sistema E-Fiscal para atender ao decreto 52.665/2008 - SP. Foi inserida a opção Apuração

Leia mais

Manual de Integração - E-Fiscal X Telecont

Manual de Integração - E-Fiscal X Telecont Atualizado em Maio/2008 Pág 1/36 Para integrar os dados do sistema Efiscal com o sistema Telecont, efetue os procedimentos abaixo: CADASTRO DE EMPRESAS ABA BÁSICO Acesse menu Arquivos Empresas Usuárias

Leia mais

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido)

Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Fluxograma - Configuração EFD Contribuições (Lucro Presumido) Parametrizar a empresa como Lucro Presumido. 1 - Regime de Competência Qual o Regime de apuração adotado? 2 - Regime de Caixa Qual será a forma

Leia mais

APOSTILA PARA O CURSO WCOBRANÇA COBRANÇA FÁCIL ALTERDATA

APOSTILA PARA O CURSO WCOBRANÇA COBRANÇA FÁCIL ALTERDATA Visão Estar posicionada entre as maiores e melhores provedoras de solução de gestão empresarial do Brasil. Missão Desenvolvimento e fornecimento de soluções e serviços através de softwares para tornar

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Sumário 1 CONCEITO... 4 2 REQUISITOS... 4 3 CONFIGURAÇÕES... 4 3.1 Permissões de Acesso... 4 3.2 Plano de Contas... 5 3.2.1 Parcelado... 6 3.2.2 Parcelamento Notas a Prazo...

Leia mais

PARTE 2. Para iniciar a digitação dos dados da nota, o emitente deve clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NFe.

PARTE 2. Para iniciar a digitação dos dados da nota, o emitente deve clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NFe. PARTE 2. Para iniciar a digitação dos dados da nota, o emitente deve clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NFe. Após clicar no menu Nota Fiscal / Emitir nova NF-e, o sistema irá exibir uma série de

Leia mais

MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS

MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS SUMÁRIO SUMÁRIO...2 1. APRESENTAÇÃO...4 1 2. ACESSO AO APLICATIVO...5 3. GERAÇÃO DE NFS-e...6 3.1. Preenchimento dos dados para emissão da NFS-e...6

Leia mais

Manual. Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual DASN - SIMEI

Manual. Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual DASN - SIMEI Manual Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual DASN - SIMEI Sumário DASN-SIMEI 1. Definições...2 2. Acesso à Declaração...3 3. Apresentação do Programa...3 4. Requisitos Tecnológicos...4

Leia mais

APOSTILA PARA O CURSO WFISCAL

APOSTILA PARA O CURSO WFISCAL TREINAMENTO Visão Estar posicionada entre as maiores e melhores provedoras de solução de gestão empresarial do Brasil Missão Desenvolvimento e fornecimento de soluções e serviços através de softwares para

Leia mais

OBS: Para auxílo na configuração de impostos e quais CFOPs(operações fiscais) usar, sempre consultar informações com o contador da empresa.

OBS: Para auxílo na configuração de impostos e quais CFOPs(operações fiscais) usar, sempre consultar informações com o contador da empresa. Como fazer uma NFe de Importação? A NFe de importação tem algumas particularidades. Resumidamente O fornecedor final precisa estar localizado em uma cidade do Exterior; Tem algumas diferenciações nos impostos

Leia mais

CADASTROS 2013 AOB SOFTWARE

CADASTROS 2013 AOB SOFTWARE CADASTROS 2 CADASTROS Tabela de Conteúdo Cadastro de Clientes 4 Cadastro de Produtos 5 1 Cadastro... de Produtos Básico 5 2 Cadastro... de Produtos Básico + Grade de Produtos 7 3 Cadastro... de Produtos

Leia mais

Configuração de Acumuladores

Configuração de Acumuladores Configuração de Acumuladores Os acumuladores são cadastro usados pelo Módulo Domínio Sistemas Fiscal para permitir a totalização dos valores lançados nos movimentos de entradas, saídas, serviços, outras

Leia mais

1. Cadastro de Empresas

1. Cadastro de Empresas Religioso 1. Cadastro de Empresas... 2 1.1. Tela Básico... 2 1.2. Tela Folhamatic... 3 2. Eventos... 3 3. Cadastro de Funcionários... 4 3.1. Tela Dados... 5 3.2. Tela Ident. Adm.... 6 3.3. Tela Outros...

Leia mais

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE Guia do Usuário ÍNDICE ÍNDICE Setembro /2009 www.4rsistemas.com.br 15 3262 8444 IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 3 Sou localizado no município... 4 Não sou localizado no município... 4 ACESSO AO SISTEMA... 5 Tela

Leia mais

Menu Relatórios. Folha Pagto ( Prov / Desctos.) Emissão da Folha de Pagamento. Folha Pagto (Meio Magnético)

Menu Relatórios. Folha Pagto ( Prov / Desctos.) Emissão da Folha de Pagamento. Folha Pagto (Meio Magnético) Folha Pagto ( Prov / Desctos.) Emissão da Folha de Pagamento Esta opção é responsável pela emissão da Folha de Pagamento dos funcionários com movimentação. A impressão poderá ser configurada com separações

Leia mais

NOVO EMISSOR DE DOCUMENTOS DE ARRECADAÇÃO

NOVO EMISSOR DE DOCUMENTOS DE ARRECADAÇÃO NOVO EMISSOR DE DOCUMENTOS DE ARRECADAÇÃO MANUAL DE ORIENTAÇÃO OUTUBRO 2014 (VERSÃO 1.2) Av. Vereador José Monteiro, nº. 2233, Setor Nova Vila - Bloco A, térreo - CEP: 74.650-900 Goiânia Goiás 1 MANUAL

Leia mais

NeXT ERP Manual do usuário. Resumo das principais funcionalidades. Dezembro/2009. NeXT Software

NeXT ERP Manual do usuário. Resumo das principais funcionalidades. Dezembro/2009. NeXT Software NeXT ERP Manual do usuário Resumo das principais funcionalidades Dezembro/2009 NeXT Software Página 1 de 33 Índice Iniciando NeXT ERP...3 Tela inicial...3 Interface padrão do NeXT ERP...3 Interface - Cadastro

Leia mais

Manual Ciaf NFC-e Gratuito. Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17

Manual Ciaf NFC-e Gratuito. Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17 Manual Ciaf NFC-e Gratuito Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17 1 Cadastro de Clientes Nesta opção iremos armazenar no sistema

Leia mais

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br PARÂMETROS DE LANÇAMENTOS PARAMETRIZAÅÇO PARA O MÉDULO LANÅAMENTOS NO SISTEMA ARQUIVO > LANÅAMENTOS > PARÑMETROS E CONFIGURAÅÖES PREENCHIMENTO DAS GUIAS: 1. GUIA IMPOSTOS: a) Contas relacionadas à apuração

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Módulo Calculo de Imposto em Atraso. Versão: Windows

MANUAL DO USUÁRIO. Módulo Calculo de Imposto em Atraso. Versão: Windows MANUAL DO USUÁRIO Módulo Calculo de Imposto em Atraso Versão: Windows Sumário Menu Arquivos Empresas... 05 Tipo de Empresa... 07 Ramo de Atividade... 08 Sócios... 08 Sindicato Patronal... 09 Dados do Escritório...

Leia mais

Gerar EFD Contribuições Lucro Presumido

Gerar EFD Contribuições Lucro Presumido Gerar EFD Contribuições Lucro Presumido 1º Acesse o menu Controle, opção Parâmetros, clique na guia Impostos, e certifique-se de que estão incluídos os impostos do regime 4- Pis e 5 Cofins. Na guia Federal,

Leia mais

Versão 8.2C-03. Versão da Apostila de Novidades: 2

Versão 8.2C-03. Versão da Apostila de Novidades: 2 Versão 8.2C-03 Versão da Apostila de Novidades: 2 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda.

Leia mais

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município Após receber a confirmação de aceite do Credenciamento via e-mail já é possível efetuar o login no sistema

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. NF-e

MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. NF-e MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e SELECIONE A EMPRESA EMISSORA DA NFE CLIQUE EM INICIAR TELA DE AVISOS FAÇA A LEITURA DOS AVISOS E CLIQUE EM FECHAR EMISSÃO DA NOTA FISCAL

Leia mais

Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e. Introdução. Apresentação

Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e. Introdução. Apresentação Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e Manual do Usuário Prestador Introdução Este manual tem como objetivo apresentar a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) que será utilizado pelos contribuintes

Leia mais

Ambiente de Pagamentos

Ambiente de Pagamentos GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA COORDENADORIA DA ADMINISTRAÇÃOTRIBUTÁRIA DIRETORIA DE INFORMAÇÕES Ambiente de Pagamentos Manual do Contribuinte Versão 26/09/2011 Índice Analítico 1.

Leia mais

Nota Salvador - NFS-e Acesso ao Sistema - Pessoa Física

Nota Salvador - NFS-e Acesso ao Sistema - Pessoa Física Nota Salvador - NFS-e Acesso ao Sistema - Pessoa Física Versão 1.0 Nota Salvador NFS-e Versão do Manual: 1.0 pág. 2 Manual do Sistema Nota Salvador NFS-e Acesso ao Sistema para Pessoa Física ÍNDICE 1.

Leia mais

NOVO EMISSOR DE DOCUMENTOS DE ARRECADAÇÃO

NOVO EMISSOR DE DOCUMENTOS DE ARRECADAÇÃO NOVO EMISSOR DE DOCUMENTOS DE ARRECADAÇÃO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DEZEMBRO 2014 (VERSÃO 1.3) Av. Vereador José Monteiro, nº. 2233, Setor Nova Vila - Bloco A, térreo - CEP: 74.650-900 Goiânia Goiás 1 MANUAL

Leia mais

1. Cadastro de Empresas

1. Cadastro de Empresas Empregado Doméstico 1. Cadastro de Empresas... 2 1.1. Tela Básico... 2 1.2. Tela Folhamatic... 3 2. Cadastro de Funcionários... 3 2.1. Tela Dados... 4 2.2. Tela Ident. Adm.... 5 2.3. Tela Documentos...

Leia mais

Cadastro de Tabelas de Preços

Cadastro de Tabelas de Preços Cadastro de Tabelas de Preços Para incluir uma nova tabela de preço de produtos, proceda da seguinte forma: Acesse o módulo Administrativo. Clique no menu Cadastros em seguida clique na opção Tabelas de

Leia mais

Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Tributos no Sistema TOTVS RM. Índice

Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Tributos no Sistema TOTVS RM. Índice Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Tributos no Sistema TOTVS RM. Índice I. Acesso ao Cadastro... 2 II. Seleção de Filtros... 3 III. Cadastro...

Leia mais

Lucro Presumido. Compensação da Cofins com a CSL

Lucro Presumido. Compensação da Cofins com a CSL Lucro Presumido Manifesto pelo Lucro Presumido: Esta opção é formalizada no decorrer do ano- calendário, se manifesta com o recolhimento no mês de abril, correspondente ao primeiro trimestre. A opção do

Leia mais

Índice. Grupo IOB Folhamatic EBS > Sage Sistema Folhamatic Fiscal 2

Índice. Grupo IOB Folhamatic EBS > Sage Sistema Folhamatic Fiscal 2 Índice Central Folhamatic...06 Menu Arquivos...07 Cadastro de Empresas... 07 Aba Básico... 07 Aba Escrita Fiscal... 08 Responsável... 09 Responsável pela Contabilidade... 10 Saldos... 11 ICMS e IPI...

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO DE NFS-e

MANUAL DE EMISSÃO DE NFS-e MANUAL DE EMISSÃO DE NFS-e 130729 SUMÁRIO EMISSÃO DE NFS-E... 2 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA... 2 ACESSANDO O SISTEMA... 2 ACESSO AO SISTEMA... 3 SELEÇÃO DA EMPRESA... 4 CONFERÊNCIA DOS DADOS E EMISSÃO

Leia mais

Versão 06/2012. Substituição Tributária

Versão 06/2012. Substituição Tributária Substituição Tributária 1 ÍNDICE 1. O que é a Substituição Tributária?... 3 1.1 Tipos de Substituição Tributária;... 3 1.2 Como é feito o Recolhimento da ST?... 3 1.3 Convênio e Aplicação... 3 1.4 Base

Leia mais

Indice. O que é NFSe?... 5

Indice. O que é NFSe?... 5 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

Gestor Empresarial - Financeiro. Release Versão 1.076

Gestor Empresarial - Financeiro. Release Versão 1.076 Gestor Empresarial - Financeiro Release Versão 1.076 Maio/2013 Produto : AeroSoft Gestor Empresarial - Financeiro Versão : v1.076 Data Liberação : 21/04/2013 A seguir são apresentadas as novas funções

Leia mais

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1 1 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

Copyright 2004/2014 - VLC

Copyright 2004/2014 - VLC Escrituração Fiscal Manual do Usuário Versão 7.2 Copyright 2004/2014 - VLC As informações contidas neste manual são de propriedade da VLC Soluções Empresariais Ltda., e não poderão ser usadas, reproduzidas

Leia mais

Protocolo de Arrecadação do DARF. Regras de Negócios para Preenchimento dos Campos da Mensagem TES0017 (Catálogo de Mensagens versão 3.

Protocolo de Arrecadação do DARF. Regras de Negócios para Preenchimento dos Campos da Mensagem TES0017 (Catálogo de Mensagens versão 3. Regras de Negócios para Preenchimento dos Campos da Mensagem TES0017 (Catálogo de Mensagens versão 3.00) ÍNDICE I - INTRODUÇÃO... 3 II ASPECTOS GERAIS... 4 III DESCRIÇÃO DOS CAMPOS - DARF NORMAL (PRETO)...

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Acesso ao Sistema - Pessoa Física

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Acesso ao Sistema - Pessoa Física Acesso ao Sistema - Pessoa Física Página 2 de 37 Índice ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS... 4 1.1. DEFINIÇÃO... 4 1.2. OBRIGATORIEDADE DE EMISSÃO DA NFS-E... 4 1.3. CONTRIBUINTES IMPEDIDOS DA EMISSÃO

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Sistema Nota Fiscal Eletrônica. Sil Tecnologia LTDA

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Sistema Nota Fiscal Eletrônica. Sil Tecnologia LTDA Sistema Nota Fiscal Eletrônica Sil Tecnologia LTDA SUMÁRIO INTRODUÇÃO 4 1. CONHECENDO OS COMANDOS DO SISTEMA 5 1.1 Tela Inicial do Sistema 5 1.2 Navegador de registros 6 1.3 Filtro de Registros 6 2. TELA

Leia mais

O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA EMISSÃO DA PRIMEIRA. NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e UTILIZANDO O SISTEMA GRATUÍTO DA SEFAZ-SP

O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA EMISSÃO DA PRIMEIRA. NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e UTILIZANDO O SISTEMA GRATUÍTO DA SEFAZ-SP O QUE VOCÊ PRECISA SABER NA EMISSÃO DA PRIMEIRA NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-e UTILIZANDO O SISTEMA GRATUÍTO DA SEFAZ-SP 1. Certificado Digital - Antes de mais nada você precisa possuir um certificado digital

Leia mais

Manual do Usuário SUMÁRIO

Manual do Usuário SUMÁRIO 1 VISUAL EFISCAL SUMÁRIO 1.1 OBJETIVO...6 1.2 SISTEMA COM FUNDAMENTO LEGAL E ATUALIZÁVEL...6 1.3 PROCESSAMENTO DOS LIVROS FISCAIS...6 1.4 ASSISTÊNCIA TÉCNICA...6 1.4.1 Suporte Técnico...6 1.4.2 Office

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA Efetuadas diversas alterações no Cordilheira Escrita Fiscal com o objetivo de tratar a apuração do ICMS-ST, emissão de GNRE e geração da GIA-ST, bem

Leia mais

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012)

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012) NFE Nota Fiscal eletrônica Versão 2.0 (07/2012) Sumário INTRODUÇÃO... 2 COMO OBTER AUTORIZAÇÃO PARA EMISSÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA... 3 2º VIA DE SOLICITAÇÃO/AUTORIZAÇÃO DE IMPRESSÃO DE DOCUMENTOS FISCAIS...

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Notas Fiscais Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Permissões... 3 3.2 Configurar NF-e... 4 3.2.1 Aba Geral... 5 3.2.2 Opções... 6 3.3 Processador

Leia mais

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 1 ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 5. CADASTRO OPERAÇÕES FISCAIS (CFOP)...7 6. GERAR SINTEGRA...8 7. CONTROLE DE

Leia mais

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E)

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E) Conteúdo Solicitação de Autorização...2 Numeração da NF-E...3 Emissão de NF-E...3 Pesquisa de NF-E emitida...5 Cancelamento de NF-E emitida...5 Carta de Correção...6 Envio de Arquivo de RPS...6 Número

Leia mais

SISTEMA ADM-SOFT VERSÃO WINDOWS DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO COM CONTROLE DE CONTAS A PAGAR FOLHAMATIC SISTEMAS

SISTEMA ADM-SOFT VERSÃO WINDOWS DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO COM CONTROLE DE CONTAS A PAGAR FOLHAMATIC SISTEMAS SISTEMA ADM-SOFT VERSÃO WINDOWS DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO COM CONTROLE DE CONTAS A PAGAR FOLHAMATIC SISTEMAS Visual Adm - Soft Administrador de Escritório Contábil. Pág : 1 Sumário Menu Arquivos Empresas...

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO ANTECIPACÃO DE ICMS MANUAL DO USUÁRIO - CONTRIBUINTE

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO ANTECIPACÃO DE ICMS MANUAL DO USUÁRIO - CONTRIBUINTE SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO ANTECIPACÃO DE ICMS MANUAL DO USUÁRIO - CONTRIBUINTE Versão 1.0 Belém PA - Maio 2014 Sumário 1. Introdução...

Leia mais

MANUAL SPED(EFD) PIS-COFINS

MANUAL SPED(EFD) PIS-COFINS MANUAL SPED(EFD) PIS-COFINS O que é SPED? É um arquivo de texto que detalha todas as movimentações fiscais da empresa em um determinado período, listando todas as operações de compra (Notas de compra)

Leia mais

Passos para abertura de Micro e Empresa de Pequeno Porte / Simples. (Legalização Jurídica Receita Federal, SEFAZ, JUCEA)

Passos para abertura de Micro e Empresa de Pequeno Porte / Simples. (Legalização Jurídica Receita Federal, SEFAZ, JUCEA) Passos para abertura de Micro e Empresa de Pequeno Porte / Simples (Legalização Jurídica Receita Federal, SEFAZ, JUCEA) Marcus Alexandre Projeto FlorestaViva Outubro 2006 Simples O que é o Simples? O Simples

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO DO CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO CT-e

MANUAL DE EMISSÃO DO CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO CT-e MANUAL DE EMISSÃO DO CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO CT-e INICIANDO O SISTEMA Ao iniciar o sistema, selecione a empresa e clique no botão iniciar. CADASTRO DE CLIENTES O sistema utiliza um cadastro

Leia mais

Versão 8.2A-01. Versão Final da Apostila de Novidades

Versão 8.2A-01. Versão Final da Apostila de Novidades Versão 8.2A-01 Versão Final da Apostila de Novidades Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica do Tomador de Serviços NFTS

Nota Fiscal Eletrônica do Tomador de Serviços NFTS Nota Fiscal Eletrônica do Tomador de Serviços NFTS Versão 1.0 Nota Salvador NFS-e Versão do Manual: 1.0 pág. 2 Manual do Sistema da Nota Fiscal Eletrônica do Tomador de Serviços NFTS ÍNDICE 1. Acessando

Leia mais

Versão 8.2C-07. Versão da Apostila de Novidades: 1

Versão 8.2C-07. Versão da Apostila de Novidades: 1 Versão 8.2C-07 Versão da Apostila de Novidades: 1 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO NOTA FISCAL AVULSA ORIENTAÇÕES PARA EMISSÃO PELA WEB

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO NOTA FISCAL AVULSA ORIENTAÇÕES PARA EMISSÃO PELA WEB PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO NOTA FISCAL AVULSA ORIENTAÇÕES PARA EMISSÃO PELA WEB Página 2 de 11 INFORMAÇÕES GERAIS O Sistema de emissão de Nota Fiscal Avulsa - NFA

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PESSOA FÍSICA

MANUAL DO USUÁRIO PESSOA FÍSICA MANUAL DO USUÁRIO PESSOA FÍSICA 1 Índice DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais,

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo V

Treinamento Sistema Condominium Módulo V Módulo V Prestação de Contas Condomínio> Prestação de Contas Em Prestação de Contas Serão impressos todos os relatórios que irão compor sua Pasta mensal. Estão disponíveis diversos modelos para balancete,

Leia mais

Palestrante: Anderson Aleandro Paviotti

Palestrante: Anderson Aleandro Paviotti Palestrante: Anderson Aleandro Paviotti Perfil do Palestrante: Contador, Consultor e Professor Universitário Colaborador do Escritório Santa Rita desde 1991 Tributação das Médias e Pequenas Empresas Como

Leia mais

Aquisição ou venda feita em 2014 deve ser informada à Receita. Dica é conhecer

Aquisição ou venda feita em 2014 deve ser informada à Receita. Dica é conhecer Informativo Abril/2015 edição 20 Aquisição ou venda feita em 2014 deve ser informada à Receita. Dica é conhecer detalhes para evitar a malha fina. A declaração de imóveis no Imposto de Renda requer uma

Leia mais

MUNICÍPIO DE ESTEIO SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE

MUNICÍPIO DE ESTEIO SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE MUNICÍPIO DE ESTEIO SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-E MANUAL DE ACESSO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO ON-LINE Versão 1.0.5 Março/2014 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO... 6 2.

Leia mais

Sistema Admsoft MANUAL SISTEMA ADMSOFT

Sistema Admsoft MANUAL SISTEMA ADMSOFT MANUAL SISTEMA ADMSOFT APRESENTAÇÃO ADMINISTRADOR DE ESCRITÓRIO CONTÁBIL Muito mais que um administrador de Escritório Contábil. Com o Admsoft, você gerencia a administração financeira do seu escritório.

Leia mais

Secretaria Municipal de Fazenda Diretoria de Receitas Divisão de Tributos. Manual do Site Acesso Geral MONTE CARMELO

Secretaria Municipal de Fazenda Diretoria de Receitas Divisão de Tributos. Manual do Site Acesso Geral MONTE CARMELO Secretaria Municipal de Fazenda Diretoria de Receitas Divisão de Tributos Manual do Site Acesso Geral MONTE CARMELO ÍNDICE Siat Online - Considerações Gerais Consulta Débito de IPTU Emitir Guias de ITPU

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA Coordenadoria da Administração Tributária Diretoria Executiva da Administração Tributária

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA Coordenadoria da Administração Tributária Diretoria Executiva da Administração Tributária GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA Coordenadoria da Administração Tributária Diretoria Executiva da Administração Tributária Manual STDA 2015 Página 1 de 5 ÍNDICE 1 - Acesso 3 2 - Apresentação

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e. Prefeitura Municipal de Tupãssi

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e. Prefeitura Municipal de Tupãssi NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e Prefeitura Municipal de Tupãssi PERGUNTAS E RESPOSTAS O QUE É A NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e? R NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) é um documento

Leia mais

MANUAL DO PGMEI. 1 Introdução. 1.1 Apresentação do Programa

MANUAL DO PGMEI. 1 Introdução. 1.1 Apresentação do Programa PGMEI PGMEI Pág. 1 MANUAL DO PGMEI 1 Introdução 1.1 Apresentação do Programa O Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional para o Microempreendedor Individual (PGMEI) é um sistema

Leia mais

1. Cadastro de Funcionários

1. Cadastro de Funcionários Autônomo 1. Cadastro de Funcionários... 2 1.1. Tela Dados... 2 1.2. Tela Ident. Adm.... 3 1.3. Tela Outros... 4 2. Eventos dos Autônomos... 5 3. Digitação... 6 4. Autônomo Transportador (Carreteiro)...

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento do Imposto sobre

Leia mais

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1 1 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido

Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido Sumário Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido 1. Cadastro de Empresas... 2 2. Cadastro de Participantes...

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DECRETO 32.599/2012 2 ÍNDICE: 1. Quem são os estabelecimentos obrigados a levantar o estoque no dia 30/09/2012?... 3 2. Como calcular o ICMS Substituição Tributária devido sobre

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA GOVERNO DE BIGUAÇU SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA GUIA DE ORIENTAÇÕES. NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS (NFS-e)

ESTADO DE SANTA CATARINA GOVERNO DE BIGUAÇU SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA GUIA DE ORIENTAÇÕES. NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS (NFS-e) ESTADO DE SANTA CATARINA GOVERNO DE BIGUAÇU SECRETARIA MUNICIPAL DA FAZENDA GUIA DE ORIENTAÇÕES NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS (NFS-e) Diretoria Geral de Tributos Biguaçu, Janeiro de 2012 INTRODUÇÃO

Leia mais

Através deste layout, você poderá gerar arquivos para serem importados nos Módulos Contabilidade e Escrita Fiscal do Domínio Contábil.

Através deste layout, você poderá gerar arquivos para serem importados nos Módulos Contabilidade e Escrita Fiscal do Domínio Contábil. Página 1 de 15 Layout 18 Através deste layout, você poderá gerar arquivos para serem importados nos Módulos Contabilidade e Escrita Fiscal do Domínio Contábil. Faça isto 1. O arquivo está dividido em 3

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEB TRIBUTOS SAATRI

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEB TRIBUTOS SAATRI MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEB TRIBUTOS SAATRI 130325 SUMÁRIO SAATRI (Serviço de Auto Atendimento Tributário)... 3 ECONÔMICO... 4 Acesso ao Sistema... 4 Emissão de Certidão Negativa... 5 Verificar Autenticidade

Leia mais

Novas funcionalidades do Gerenciador Contábil

Novas funcionalidades do Gerenciador Contábil 1 Novas funcionalidades do Gerenciador Contábil Na versão 7.0.2.102, as seguintes opções foram implementadas no sistema: Integração das Contas a Pagar/Receber com a Contabilidade; Integração das Notas

Leia mais

Manual de Utilização. Sistema. Recibo Provisório de Serviço

Manual de Utilização. Sistema. Recibo Provisório de Serviço Manual de Utilização Sistema Recibo Provisório de Serviço Versão 1.0 17/08/2011 Sumário Introdução... 5 1. Primeiro Acesso... 7 2. Funções do e-rps... 8 2.1 Menu Superior... 8 2.1.1 Arquivo......8 2.1.2

Leia mais

SINDCONT-SP SINDCONT-SP

SINDCONT-SP SINDCONT-SP Sindicato dos Contabilistas de São Paulo (Ex-Instituto Paulista de Contabilidade - Fundado em 1919) ÓRGÃO DE PROFISSÃO LIBERAL SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO ICMS DISPOSIÇÕES GERAIS CONCEITOS Lei Complementar

Leia mais

SPED - EFD Escrituração Fiscal Digital.

SPED - EFD Escrituração Fiscal Digital. SPED - EFD Escrituração Fiscal Digital. MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA LANÇAMENTO DE UM DOCUMENTO FISCAL. 1. APRESENTAÇÃO. 2. PREPARAÇÃO PARA A GERAÇÃO DOS REGISTROS. 2.1. Classificação Física dos Documentos

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-E

MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-E MANUAL DE INSTRUÇÃO SISTEMA EMISSOR DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA NF-E SELECIONE A EMPRESA EMISSORA DA NFE CLIQUE EM INICIAR TELA DE AVISOS FAÇA A LEITURA DOS AVISOS E CLIQUE EM FECHAR EMISSÃO DA NOTA FISCAL

Leia mais

Hierárquico Nenhum. Nenhum. 01 - Cabeçalho do Arquivo. Decimais. Domínio. 02 - Corpo da Nota Fiscal de Entrada. Decimais. Fornecedor DIEF DIEF

Hierárquico Nenhum. Nenhum. 01 - Cabeçalho do Arquivo. Decimais. Domínio. 02 - Corpo da Nota Fiscal de Entrada. Decimais. Fornecedor DIEF DIEF Página: /0 do arquivo: 0 - Cabeçalho do Arquivo Código da Empresa CNPJ da Empresa Inicial Final Valor Fixo "N" de Nota (...) Constante "00000" Sistema (...) Valor Fixo "" 9 0 4 4 0 4 4 0 44 44 4 46 4 4

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO WFISCAL SPED PIS COFINS. Lucro Presumido Regime de Competência Escrituração Consolidada por CFOP

MANUAL DO USUÁRIO WFISCAL SPED PIS COFINS. Lucro Presumido Regime de Competência Escrituração Consolidada por CFOP MANUAL DO USUÁRIO WFISCAL SPED PIS COFINS Lucro Presumido Regime de Competência Escrituração Consolidada por CFOP Página: 1 INTRODUÇÃO Este material traz as informações sobre as características do SPED

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Sumário: Tópico: Página: 2 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTO DA ROTINA DA RESCISÃO COMPLEMENTAR

MANUAL DE PROCEDIMENTO DA ROTINA DA RESCISÃO COMPLEMENTAR MANUAL DE PROCEDIMENTO DA ROTINA DA RESCISÃO COMPLEMENTAR INTRODUÇÃO Trata-se de um recurso exclusivo para atender a necessidade de cálculos complementares de verbas rescisórias decorrentes de reajustes

Leia mais

Pág. 5 - GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS

Pág. 5 - GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS Manual prático Pág. 2 - EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Pág. 5 - GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS Pág. 8 - ATRIBUIR UM CONTADOR A UMA EMPRESA Pág. 9 - VERIFICAR REGISTRO DE RPS Pág. 11 - TRANSMISSÃO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAXÁ

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAXÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAXÁ Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão ARAXÁ MINAS GERAIS 2010 Manual do Sistema de Arrecadação Tributária SIAT Online e Nota Fiscal Eletrônica de Serviços NFS-e ÍNDICE

Leia mais

AC FISCAL MANUAL SPED ICMS & IPI

AC FISCAL MANUAL SPED ICMS & IPI AC FISCAL MANUAL SPED ICMS & IPI Esse manual tem por objetivo mostrar os campos que necessariamente devem estar preenchidos no AC Fiscal e os principais erros por conta da falta nas informações. A seguir,

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DO TOTEM

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DO TOTEM MANUAL DE UTILIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DO TOTEM 1 Sumário 1. TOTEM DE AUTOATENDIMENTO - DETRAN... 3 2. ÁREA DE MOTORISTA... 5 2.1. Consultar Envio CNH... 5 2.2. Curso de Reciclagem... 6 2.2.1. Agendamento do

Leia mais

INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO... 3. CONTAS A RECEBER... 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER...

INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO... 3. CONTAS A RECEBER... 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER... 1 2 INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO......6 3. CONTAS A RECEBER......6 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER...6 3.2. LANÇAMENTO MANUAL DE CONTAS A RECEBER...7 3.3. GERAÇÃO

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS MUNICÍPIO DE SÃO PAULO

NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS MUNICÍPIO DE SÃO PAULO NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS MUNICÍPIO DE SÃO PAULO Cortesia: FARO CONTÁBIL (www.farocontabil.com.br) Matéria publicada originalmente no Diário do Comércio Data: 01/08/2006 01 - CONCEITOS? 1.01.

Leia mais

PRINCIPAIS NOVIDADES VERSÃO 8.85/1.1.66

PRINCIPAIS NOVIDADES VERSÃO 8.85/1.1.66 PRINCIPAIS NOVIDADES VERSÃO 8.85/1.1.66 Sumário 1. Nota Fiscal Eletrônica São Paulo... 3 2. Motivo da baixa... 9 3. Contrato Endereço para cobrança... 12 4. Vistoria... 13 5. Contas a pagar Controle de

Leia mais

ROTEIRO WEB AULA CONTROLLER NF-E

ROTEIRO WEB AULA CONTROLLER NF-E ROTEIRO WEB AULA CONTROLLER NF-E Nas páginas seguintes, você terá uma visão geral dos recursos disponíveis e das funções que o Controller Gold possui, facilitando o seu processo de venda e compra. Criando

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Movimentação de Contas Sumário 1 MOVIMENTAÇÃO DE CONTAS...3 2 CONTAS A RECEBER...8 2.1 Lançamento Contas a Receber...9 2.2 Baixa Contas a Receber...11 3 CONTAS A PAGAR...13

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica de Serviço NFS-e

Nota Fiscal Eletrônica de Serviço NFS-e Nota Fiscal Eletrônica de Serviço NFS-e 1. Solicitar a senha Clicar na opção Solicitar Senha. Digitar o CNPJ da empresa, razão social e cadastrar uma senha, digitar novamente a senha para confirmar. Abaixo

Leia mais

Prefeitura Municipal de Barra Mansa

Prefeitura Municipal de Barra Mansa Prefeitura Municipal de Barra Mansa Manual de Envio de RPS em Lote (Arquivo XML / ABRASF Versão 1.0) Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em Sistema de Informação. Todos os direitos reservados. http://www.tiplan.com.br

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais