Desenvolvimento com grandes equipes: desafios e soluções. Charles Marcel de Barros (Lead Game Programmer)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Desenvolvimento com grandes equipes: desafios e soluções. Charles Marcel de Barros (Lead Game Programmer)"

Transcrição

1 Desenvolvimento com grandes equipes: desafios e soluções Charles Marcel de Barros (Lead Game Programmer)

2 O desafio Desenvolver jogos em equipe: Prazo Qualidade para o jogador Qualidade de sistema

3 Por que é um desafio? Processo iterativo Numero de pessoas Variedade de expertise Mercado competitivo Prazo

4 Resultado desejado Crunch Time pequeno e próximo do fim do projeto Ambiente de trabalho agradável Entrega no prazo Atender nível de qualidade $$$

5 Resultado comum Crunch extenso Stress Desanimo Impossibilidade de entregar no prazo Qualidade insatisfatória Sistema insustentável

6 Time de desenvolvimento Producer Level Designer Sound Sound Engineer Musician Game Designers Context Game Mechanics Balance Programmers Gameplay Sound IA UI Tools Backend Artists 2d 3d Técnico/FX Animador User Interface QA (Testers)

7 Time de desenvolvimento Producer Level Designer Sound Sound Engineer Musician Game Designers Context Game Mechanics Balance Programmers Gameplay Sound IA UI Tools Backend Artists 2d 3d Técnico/FX Animador User Interface QA (Testers)

8 Time de desenvolvimento Producer Level Designer Sound Sound Engineer Musician Game Designers Context Game Mechanics Balance Programmers Gameplay Sound IA UI Tools Backend Artists 2d 3d Técnico/FX Animador User Interface QA (Testers)

9 Time de desenvolvimento Producer Level Designer Sound Sound Engineer Musician Game Designers Context Game Mechanics Balance Programmers Gameplay Sound IA UI Tools Backend Artists 2d 3d Técnico/FX Animador User Interface QA (Testers)

10 Time de desenvolvimento Producer Level Designer Sound Sound Engineer Musician Game Designers Context Game Mechanics Balance Programmers Gameplay Sound IA UI Tools Backend Artists 2d 3d Técnico/FX Animador User Interface QA (Testers)

11 Time de desenvolvimento Producer Level Designer Sound Sound Engineer Musician Game Designers Context Game Mechanics Balance Programmers Gameplay Sound IA UI Tools Backend Artists 2d 3d Técnico/FX Animador User Interface QA (Testers)

12 Time de desenvolvimento Producer Level Designer Sound Sound Engineer Musician Game Designers Context Game Mechanics Balance Programmers Gameplay Sound IA UI Tools Backend Artists 2d 3d Técnico/FX Animador User Interface QA (Testers)

13 Solução?! ORGANIZAÇÃO

14 Solução?! ORGANIZAÇÃO

15 Solução?! ORGANIZAÇÃO

16 Organização HTTP Hierarchy Tecnology Team Play Process

17 Hierarchy Product Owner Producer Director Lead Dev (1..8)

18 Qual escolher? Tecnology Tools Engine Flash Unity 3D Unreal CryEngine In-house engine Backend Nodes SQL MongoDB PHP ASP Ruby Maya 3D Studio Z-Brush Topogen Cinema4D Blender Photoshop Gimp Management Jira Bugzilla Confluence Project Wiki TeamBox GreenHopper HipChat Google Docs

19 Escolha baseada em: Tecnology Plataforma Experiência da equipe Prazo Casos de sucesso Preço Estilo de jogo Expectativa de qualidade

20 Paixão pelo o que faz Team Play Não aceitar nada menos que o melhor possível Esforço Intersecção de jornada (4 a 6 horas) Comunicação

21 Comunicação Team Play Sugerir melhorias Reconhecer boas ideias Alertar perigos Ajudar e ensinar Aprender a conviver com diferenças

22 Process Metodologias Guidelines e documentação Cultura

23 Metodologias Process

24 Process Guidelines e documentação Padronização de codigo Documento de design técnico Documento de game design Planilhas de balanceamento Limitações e guias artisticos Cronogramas e planejamento Nomenclatura, estrutura de diretorios e repositórios

25 Padronização de codigo Identação, estilo Nomenclatura Arquitetura Boas praticas Más praticas Resultado Uniformidade Qualidade Performance Leitura Process

26 Padronização artística Estilo Nomenclatura Limitações Boas praticas Más praticas Resultado Uniformidade Qualidade Performance Process

27 Process Padronização gamedesign Descrição Diagramas Imagens Apresentações Planilhas de balanceamento Casos de uso Resultado Tarefas bem definidas Balanceamento adequado

28 Process Planejamento Cronogramas Lista de tarefas Dependências Riscos Resultado Paralelismo de tarefas Divisão otimizada de trabalho Explicitar caminhos críticos Visão de Escopo X Prazo

29 Process - Programação CodeStandard High level architecture Doc Code Review Build Machine (TeamCity, Jenkins) Continuous Integration

30 Process - Arte Art Bible (Estilo, cores, clima, referências) Art Constrain Doc Export Checklist Review

31 Estagios de desenvolvimento Cada estagio deve conter objetivos bem definidos Reavaliar destino do projeto a cada transição de estagio Não pressupunha que uma ideia ruim ficará bom com o andamento do projeto.

32 Estagios de desenvolvimento Prototipagem Encontrar a diversão Medir esforço Diminuir riscos Validar ideias Identificar necessidades e obstáculos cedo Melhora qualidade do produto final Possibilita estimativas mais precisas

33 Estagios de desenvolvimento Cenário ideal Crunch Time Pitch Conceito Pré-produção Produção Pós-Produção Pesquisa Audiência Tema Estilo Design Prototype Prototipo First playable Alpha Beta Code-Freeze Final Atualizações Vendas Comunidade

34 Estagios de desenvolvimento Cenário comum Crunch Time Pitch Conceito Pré-produção Produção Pós-Produção Pesquisa Audiência Tema Estilo Design Prototype Prototipo First playable Alpha Beta Code-Freeze Final Atualizações Vendas Comunidade

35 Contato Charles Marcel de Barros

36

37

38

39

40

41

42

AULA 2. Aspectos Técnicos. Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com. MBA em Marketing Digital SOCIAL GAMES

AULA 2. Aspectos Técnicos. Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com. MBA em Marketing Digital SOCIAL GAMES MBA em Marketing Digital SOCIAL GAMES AULA 2 Luciano Roberto Rocha Aspectos Técnicos Ponta Grossa, 31 de agosto de 2013 ROTEIRO Papéis Processos Plataformas Ferramentas 2 PAPÉIS O desenvolvimento de um

Leia mais

MDMS-ANAC. Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da ANAC. Superintendência de Tecnologia da Informação - STI

MDMS-ANAC. Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da ANAC. Superintendência de Tecnologia da Informação - STI MDMS- Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da Superintendência de Tecnologia da Informação - STI Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da Histórico de Alterações Versão

Leia mais

Metodologias de desenvolvimento de jogos

Metodologias de desenvolvimento de jogos Metodologias de desenvolvimento de jogos Truesoft? A Truesoft é um grupo independente de desenvolvedores de jogos digitais. Nossos objetivos: Criar experiências divertidas e criativas em jogos digitais.

Leia mais

Desenvolvimento de um jogo interativo para plataforma web integrado à rede social Facebook

Desenvolvimento de um jogo interativo para plataforma web integrado à rede social Facebook Desenvolvimento de um jogo interativo para plataforma web integrado à rede social Facebook MAC0499 Trabalho de Formatura Supervisionado Orientador: Professor Marco Dimas Gubitoso novembro de 2013 Instituto

Leia mais

ESCRITÓRIO RIO DE PROJETOS

ESCRITÓRIO RIO DE PROJETOS PMO PROJETOS PROCESSOS MELHORIA CONTÍNUA PMI SCRUM COBIT ITIL LEAN SIX SIGMA BSC ESCRITÓRIO RIO DE PROJETOS DESAFIOS CULTURAIS PARA IMPLANTAÇÃO DANIEL AQUERE DE OLIVEIRA, PMP, MBA daniel.aquere@pmpartner.com.br

Leia mais

- Aula 03_2012 - Profa. Ms. Karen Reis

- Aula 03_2012 - Profa. Ms. Karen Reis Protótipos de Jogos Digitais - Aula 03_2012-1 Design de Games Só temos GAMES quando há: contexto interessante, direcionados a um objetivo e limitado por regras. Os games da era pós-digital se apoiam em

Leia mais

Dados do Projeto. Nome do Projeto. Fingerprint Access Users. Data de Inicialização 14/04/2012

Dados do Projeto. Nome do Projeto. Fingerprint Access Users. Data de Inicialização 14/04/2012 Fábrica de Software Dados do Projeto Nome do Projeto Data de Inicialização Responsáveis Autores Fingerprint Access Users 14/04/2012 Adriana Lima de Almeida, Espedito Alves Leal, Jaciel Dias de Souza, Samuel

Leia mais

www.plathanus.com.br

www.plathanus.com.br www.plathanus.com.br A Plathanus Somos uma empresa com sede na Pedra Branca Palhoça/SC, especializada em consultoria e assessoria na criação e desenvolvimento de estruturas e ambientes especializados com

Leia mais

Professor: Ronilson Morais Lobo. Salvador / 2015

Professor: Ronilson Morais Lobo. Salvador / 2015 Professor: Ronilson Morais Lobo Salvador / 2015 Introdução Motivação: Criar uma metodologia, Protótipar cenários reais, Proporcionar jogos divertidos, intuitivos e colaborativos. Tecnologia, Conceitos

Leia mais

Game Development. Apresentação de Expressão e Comunicação, 2012. Universidade Nova de Lisboa, FCT. Pré-Produção Development Testing & Shipping Sumário

Game Development. Apresentação de Expressão e Comunicação, 2012. Universidade Nova de Lisboa, FCT. Pré-Produção Development Testing & Shipping Sumário José Carneiro Miguel Cabrita 1 Departmento de Informática Universidade Nova de Lisboa, FCT Apresentação de Expressão e Comunicação, 2012 Outline 1 Pré-Produção Brainstorming 2 3 Basic Problem Outline 1

Leia mais

O mercado de games independentes e o perfil do profissional de desenvolvimento. Delimitação

O mercado de games independentes e o perfil do profissional de desenvolvimento. Delimitação SIMCAP Simpósio de Computação Aplicada O mercado do desenvolvimento de SW para games O mercado de games independentes e o perfil do profissional de desenvolvimento. Guarulhos 2012 Arthur Gomes Faria RA

Leia mais

Tecnologia, Negócio e Educação ( Startup )

Tecnologia, Negócio e Educação ( Startup ) Tecnologia, Negócio e Educação ( Startup ) Palestra: Desafios do Analista de Negócio na Era do Digital Business Agenda Apresentação Trends Analista de Negócio Digital transformation A & Q Apresentação

Leia mais

8.1 Planejar o Gerenciamento da Qualidade SAÍDAS

8.1 Planejar o Gerenciamento da Qualidade SAÍDAS Plano de Gerenciamento da Qualidade Descreve como as políticas de qualidade de uma organização serão implementadas. Como a equipe de gerenciamento do projeto planeja cumprir os requisitos de qualidade

Leia mais

3 Estudo de Ferramentas

3 Estudo de Ferramentas 3 Estudo de Ferramentas Existem diferentes abordagens para automatizar um processo de desenvolvimento. Um conjunto de ferramentas pode ser utilizado para aperfeiçoar o trabalho, mantendo os desenvolvedores

Leia mais

DESENVOVIMENTO DE GAMES APRESENTAÇÃO. MARCELO HENRIQUE DOS SANTOS http://www.marcelohsantos.com marcelosantos@outlook.com

DESENVOVIMENTO DE GAMES APRESENTAÇÃO. MARCELO HENRIQUE DOS SANTOS http://www.marcelohsantos.com marcelosantos@outlook.com JOGOS DIGITAIS DESENVOVIMENTO DE GAMES APRESENTAÇÃO MARCELO HENRIQUE DOS SANTOS http://www.marcelohsantos.com marcelosantos@outlook.com Bacharel em Sistema de Informação Pós Graduado em Games : Produção

Leia mais

Gerenciamento de custos do projeto

Gerenciamento de custos do projeto PMBOK Visão Geral O PMBOK (Project Management Body of Knowledge) é um guia do Conjunto de Conhecimentos em de Projetos, o qual inclui práticas comprovadas que são amplamente aplicadas na gestão de s, além

Leia mais

Trabalhar com Jogos Digitais

Trabalhar com Jogos Digitais Trabalhar com Jogos Digitais Prof. João Paulo Domingos Silva Instituto de Ciências Exatas e Informática PUC Minas, 2014 Prazer em conhecer! Como foi no Québec? Como foi no Québec? Era realmente frio? Processo

Leia mais

Processo de Criação de Cronogramas Prazo

Processo de Criação de Cronogramas Prazo Nome do de Criação de Cronogramas Número do Prazo - Informações sobre o Documento Nome do Projeto: Centro de Custo: 05.10..02.XX Gerente do Projeto: Versão do Documento: 0.0 Método de Revisão de Qualidade:

Leia mais

Aluna: Vanessa de Mello Orientador: Everaldo Artur Grahl

Aluna: Vanessa de Mello Orientador: Everaldo Artur Grahl Ferramenta web para gerenciamento de projetos de software baseado no Scrum Aluna: Vanessa de Mello Orientador: Everaldo Artur Grahl Introdução Roteiro da apresentação Objetivos do trabalho Fundamentação

Leia mais

Plano de Projeto G Stock. G Stock. Plano de Projeto. Versão 1.0

Plano de Projeto G Stock. G Stock. Plano de Projeto. Versão 1.0 Plano de Projeto G Stock Plano de Projeto G Stock Versão 1.0 Histórico das Revisões Data Versão Descrição Autores 10/09/2010 1.0 Descrição inicial do plano de projeto Denyson José Ellís Carvalho Isadora

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

Software Open Source e Integração Contínua no Instituto de Informática Ferramentas de Integração Contínua

Software Open Source e Integração Contínua no Instituto de Informática Ferramentas de Integração Contínua Software Open Source e Integração Contínua no Instituto de Informática Ferramentas de Integração Contínua Janeiro 2015 Área de Desenvolvimento Departamento de Arquitetura e Desenvolvimento Agenda Processo

Leia mais

Empresa de Informática Infinity LTDA. Gerenciamento de Configuração. Sistema de Gerenciamento de Plano Corporativo de Celulares

Empresa de Informática Infinity LTDA. Gerenciamento de Configuração. Sistema de Gerenciamento de Plano Corporativo de Celulares Empresa de Informática Infinity LTDA Gerenciamento de Configuração Sistema de Gerenciamento de Plano Corporativo de Celulares 22/05/2012 Índice Analítico 1. Introdução 1.1 Finalidade 1.2 Escopo 1.3 Definições,

Leia mais

ANEXO I - Proposta. 1. Apresentação. 2. Tecnologia. 3. Metodologia

ANEXO I - Proposta. 1. Apresentação. 2. Tecnologia. 3. Metodologia ANEXO I - Proposta 1. Apresentação A empresa Join desenvolve projetos que oferecem soluções através da tecnologia, oferecendo aos clientes e usuários ferramentas para a realização de tarefas, de maneira

Leia mais

2. Projecto Multimédia

2. Projecto Multimédia Multimédia 2. Projecto Multimédia Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt O que torna um produto multimédia apelativo? A sintaxe de comunicação deve ser adequada Mensagem passada de forma eficaz

Leia mais

Alexandre Lima Guilherme Melo Joeldson Costa Marcelo Guedes

Alexandre Lima Guilherme Melo Joeldson Costa Marcelo Guedes Instituto Federal do Rio Grande do Norte IFRN Graduação Tecnologia em Analise e Desenvolvimento de Sistema Disciplina: Processo de Desenvolvimento de Software Scrum Alexandre Lima Guilherme Melo Joeldson

Leia mais

Wesley Torres Galindo

Wesley Torres Galindo Qualidade, Processos e Gestão de Software Professores: Alexandre Vasconcelos e Hermano Moura Wesley Torres Galindo wesleygalindo@gmail.com User Story To Do Doing Done O que é? Como Surgiu? Estrutura Apresentar

Leia mais

LAG. Laboratório de Aplicações Gráficas e Desenvolvimento de Jogos. Professor responsável M. Sc. Will Ricardo dos Santos Machado

LAG. Laboratório de Aplicações Gráficas e Desenvolvimento de Jogos. Professor responsável M. Sc. Will Ricardo dos Santos Machado LAG Laboratório de Aplicações Gráficas e Desenvolvimento de Jogos Professor responsável M. Sc. Will Ricardo dos Santos Machado Linhas de Atuação Computação Gráfica Interação homem-máquina Modelagem Animação

Leia mais

Jogos Eletrônicos. Aula 01 Jogos Eletrônicos e Game Design. Edirlei Soares de Lima

Jogos Eletrônicos. Aula 01 Jogos Eletrônicos e Game Design. Edirlei Soares de Lima <edirlei.lima@uniriotec.br> Jogos Eletrônicos Aula 01 Jogos Eletrônicos e Game Design Edirlei Soares de Lima Introdução O que é um jogo? Jogar uma bola contra uma parede pode ser considerado um jogo? Introdução

Leia mais

R.A. MKT. Soluções em Mídias Sociais, E-Marketing, Branding e Design

R.A. MKT. Soluções em Mídias Sociais, E-Marketing, Branding e Design R.A. MKT Soluções em Mídias Sociais, E-Marketing, Branding e Design Soluções em Mídias Sociais, E-Marketing, Branding e Design Principais serviços que realizamos: Criação da Identidade Visual, desde Logo

Leia mais

ux & ui design curso

ux & ui design curso ux & ui design Porto ux & ui design O QUE É? A evolução da media digital veio evidenciar o fator central do design de produto: O Utilizador. Ao centrar o foco de desenvolvimento na criação de conteúdo

Leia mais

A Aplicação da Linguagem de Modelagem Unificada (U.M.L.): Novas Perspectivas para o Desenvolvimento de Games Educacionais

A Aplicação da Linguagem de Modelagem Unificada (U.M.L.): Novas Perspectivas para o Desenvolvimento de Games Educacionais A Aplicação da Linguagem de Modelagem Unificada (U.M.L.): Novas Perspectivas para o Desenvolvimento de Games Educacionais William Santos Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional Faculdade de

Leia mais

VINICIUS DE SOUZA VALENTIM ANDRADE

VINICIUS DE SOUZA VALENTIM ANDRADE VINICIUS DE SOUZA VALENTIM ANDRADE Brasileiro, separado, 1 Filho, nascido em 21/01/1974 Rua Dr. Sardinha, 119 / ap 401 Santa Rosa - Niterói RJ CEP: 24240-660 Tel: 21 98853-4584 Email: viniciusvalentim@gmail.com

Leia mais

Wesley Torres Galindo. wesleygalindo@gmail.com

Wesley Torres Galindo. wesleygalindo@gmail.com Wesley Torres Galindo wesleygalindo@gmail.com Wesley Galindo Graduação em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Mestrado em Engenharia de Software Engenheiro de Software Professor Faculdade Escritor Osman

Leia mais

ANEXO IA ÁREA COMPARTILHADA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ACTI

ANEXO IA ÁREA COMPARTILHADA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ACTI ANEXO IA ÁREA COMPARTILHADA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ACTI Metodologia e Acompanhamento dos Projetos ACTI MAPA Versão 5.1 Histórico da Revisão Data Versão Autor 06/11/2008 5.1.0 Versão inicial do documento.

Leia mais

Seleção de Livros sobre Desenvolvimento de Jogos. Por Marcos Romero Dezembro / 2008

Seleção de Livros sobre Desenvolvimento de Jogos. Por Marcos Romero Dezembro / 2008 Seleção de Livros sobre Desenvolvimento de Jogos Por Marcos Romero Dezembro / 2008 Categoria: Essencial Desenvolvimento de jogos 3d e aplicações em tempo real Programação de jogos com C++ e Directx Modelagem

Leia mais

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Profa. Celia Corigliano Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Agenda da disciplina Unidade I Gestão de Projetos Unidade II Ferramentas para Gestão de Projetos Unidade III Gestão de Riscos em TI Unidade

Leia mais

Sumário. Arquitetura de Software com VSTS...1 Emerson Facunte. Gerenciando Projetos no VSTS com Práticas do PMI... 33 Alércio Bressano

Sumário. Arquitetura de Software com VSTS...1 Emerson Facunte. Gerenciando Projetos no VSTS com Práticas do PMI... 33 Alércio Bressano Sumário Arquitetura de Software com VSTS...1 Emerson Facunte 1 Arquitetura de Software... 3 1.1 Overview... 3 1.2 O Papel do Arquiteto... 6 1.2.1 Atribuições... 6 1.2.2 Análise Estrutural para Arquitetura

Leia mais

Jogos Eletrônicos. Apresentação da Disciplina. Edirlei Soares de Lima

Jogos Eletrônicos. Apresentação da Disciplina. Edirlei Soares de Lima <edirlei.lima@uniriotec.br> Jogos Eletrônicos Apresentação da Disciplina Edirlei Soares de Lima Objetivos da Disciplina Apresentar os fundamentos de jogos eletrônicos, game design e as técnicas para o

Leia mais

Metodologias Ágeis. Aécio Costa

Metodologias Ágeis. Aécio Costa Metodologias Ágeis Aécio Costa Metodologias Ágeis Problema: Processo de desenvolvimento de Software Imprevisível e complicado. Empírico: Aceita imprevisibilidade, porém tem mecanismos de ação corretiva.

Leia mais

PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE. Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software

PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE. Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE Introdução Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software Os modelos de processos de desenvolvimento de software surgiram pela necessidade de dar resposta às

Leia mais

Introdução. Escritório de projetos

Introdução. Escritório de projetos Introdução O Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK ) é uma norma reconhecida para a profissão de gerenciamento de projetos. Um padrão é um documento formal que descreve normas,

Leia mais

Processo de Desenvolvimento

Processo de Desenvolvimento Processo de Desenvolvimento Ambientes de Desenvolvimento, QA, Pré-produção e Produção. Versionamento de fontes e procedimento de deploys nos ambientes. Diagrama de Ambientes, Papéis e Responsabilidades

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Conceitos e Metodologias para Desenvolvimento de Software Cascata, Prototipação, Espiral e RUP Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.br

Leia mais

W Projeto. Gerenciamento. Construindo a WBS e gerando o Cronograma. Autor: Antonio Augusto Camargos, PMP 1/12

W Projeto. Gerenciamento. Construindo a WBS e gerando o Cronograma. Autor: Antonio Augusto Camargos, PMP 1/12 W Projeto BS Construindo a WBS e gerando o Cronograma. Gerenciamento Autor: Antonio Augusto Camargos, PMP 1/12 Índice Remissivo Resumo...3 1. Introdução...3 2. Conceituando a WBS (Work Breakdown Structure/Estrutura

Leia mais

Universidade Federal de Pernambuco

Universidade Federal de Pernambuco Universidade Federal de Pernambuco Graduação em Ciência da Computação Centro de Informática 2016.1 Interface de abstração de algoritmos de geração procedural de terrenos para jogos através da parametrização

Leia mais

O uso da Computação Gráfica (CG) para Design e Marketing Automotivo Frederico Laguna PSA Peugeot Citroen América Latina

O uso da Computação Gráfica (CG) para Design e Marketing Automotivo Frederico Laguna PSA Peugeot Citroen América Latina O uso da Computação Gráfica (CG) para Design e Marketing Automotivo Frederico Laguna PSA Peugeot Citroen América Latina A crescente competição entre as principais montadoras mundiais e a incessante expectativa

Leia mais

Princípios da Engenharia de Software aula 05 Gerenciamento de planejamento de projetos. Prof.: Franklin M. Correia

Princípios da Engenharia de Software aula 05 Gerenciamento de planejamento de projetos. Prof.: Franklin M. Correia 1 Princípios da Engenharia de Software aula 05 Gerenciamento de planejamento de projetos Prof.: Franklin M. Correia Na aula anterior... Metodologias ágeis Princípios do Manifesto ágil 12 itens do manifesto

Leia mais

OCEL001 Comércio Eletrônico Módulo 9_3: OpenShift

OCEL001 Comércio Eletrônico Módulo 9_3: OpenShift OCEL001 Comércio Eletrônico Módulo 9_3: OpenShift Prof. Charles Christian Miers e-mail: charles.miers@udesc.br OpenShift Solução livre de PaaS da RedHat Aquisição da Makara em 2010 Principais concorrentes:

Leia mais

Case Promon: uma metodologia de Gerenciamento de Projetos. Setembro de 2012

Case Promon: uma metodologia de Gerenciamento de Projetos. Setembro de 2012 Case Promon: uma metodologia de Gerenciamento de Projetos Setembro de 2012 2011 2010 2009 2008 2007 2006 2004 2000 1997 1990 1979 1965 Hors concours no Top of Mind no Fórum Nacional de Benchmarking em

Leia mais

METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS COORDENAÇÃO DE SISTEMAS (CODES) JUNHO/2011 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71) 3186-0001. Email: codes@ifbaiano.edu.br Site:

Leia mais

UM FRAMEWORK PARA DESENVOLVIMENTO DE

UM FRAMEWORK PARA DESENVOLVIMENTO DE UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA UM FRAMEWORK PARA DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVOS EM WINDOWS MOBILE. PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO Aluno:

Leia mais

PDS - DATASUS. Processo de Desenvolvimento de Software do DATASUS

PDS - DATASUS. Processo de Desenvolvimento de Software do DATASUS PDS - DATASUS Processo de Desenvolvimento de Software do DATASUS Coordenação Geral de Arquitetura e Engenharia Tecnológica Coordenação de Padronização e Qualidade de Software Gerência de Padrões e Software

Leia mais

ENG1000 Introdução à Engenharia

ENG1000 Introdução à Engenharia ENG1000 Introdução à Engenharia Aula 02 Introdução ao Game Design Edirlei Soares de Lima Introdução O que é um jogo? Jogar uma bola contra uma parede pode ser considerado um jogo?

Leia mais

Histórico de Versões. Versão 2.2 05/05/2015 SM: EPG201500117. Fase Gestão de Mudança de Projetos - Manutenção

Histórico de Versões. Versão 2.2 05/05/2015 SM: EPG201500117. Fase Gestão de Mudança de Projetos - Manutenção SM: EPG201500117 Fase Gestão de Mudança de Projetos - Manutenção Diretrizes de Comunicação Interna Portal de Processos Fase de Planejamento de Projetos - Manutenção Atualizado o conteúdo da tarefa Registrar

Leia mais

Somos uma empresa de consultoria desde 2005 especializada em tecnologia e seus processos. Nosso objetivo é prover soluções envolvendo tecnologia,

Somos uma empresa de consultoria desde 2005 especializada em tecnologia e seus processos. Nosso objetivo é prover soluções envolvendo tecnologia, Somos uma empresa de consultoria desde 2005 especializada em tecnologia e seus processos. Nosso objetivo é prover soluções envolvendo tecnologia, metodologia, recursos humanos, conhecimento de processos

Leia mais

MDMS-ANAC. Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da ANAC. Superintendência de Tecnologia da Informação - STI

MDMS-ANAC. Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da ANAC. Superintendência de Tecnologia da Informação - STI MDMS-ANAC Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da ANAC Superintendência de Tecnologia da Informação - STI Histórico de Alterações Versão Data Responsável Descrição 1.0 23/08/2010 Rodrigo

Leia mais

ESTUDO DE CASO: SCRUM E PMBOK UNIDOS NO GERENCIAMENTO DE PROJETOS. contato@alinebrake.com.br. fs_moreira@yahoo.com.br. contato@marcelobrake.com.

ESTUDO DE CASO: SCRUM E PMBOK UNIDOS NO GERENCIAMENTO DE PROJETOS. contato@alinebrake.com.br. fs_moreira@yahoo.com.br. contato@marcelobrake.com. ESTUDO DE CASO: SCRUM E PMBOK UNIDOS NO GERENCIAMENTO DE PROJETOS (CASE STUDY: SCRUM AND PMBOK - STATES IN PROJECT MANAGEMENT) Aline Maria Sabião Brake 1, Fabrício Moreira 2, Marcelo Divaldo Brake 3, João

Leia mais

a. A plataforma recomendada é Web, com arquitetura Microsoft.Net; b. A linguagem recomendada para codificação de Sistemas de Informações é C#;

a. A plataforma recomendada é Web, com arquitetura Microsoft.Net; b. A linguagem recomendada para codificação de Sistemas de Informações é C#; 1. OBJETIVO O objetivo deste documento é definir as normas e os padrões que deverão ser adotados pelos desenvolvedores da equipe interna e externa (fornecedores) que venham a desenvolver soluções de software

Leia mais

Projeto de Jogos Parte II Gráficos

Projeto de Jogos Parte II Gráficos Projeto de Jogos Parte II Gráficos Paulo V. W. Radtke pvwradtke@gmail.com http://www.ppgia.pucpr.br/~radtke/jogos Conteúdo Introdução Vídeo Considerações (PC e celular) O Mundo em Blocos de Imagem Sprites

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS Atualizado em 31/12/2015 GESTÃO DE PROJETOS PROJETO Para o PMBOK, projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.

Leia mais

Do Caos ao Scrum: Virando o jogo com gerenciamento de projetos ágeis

Do Caos ao Scrum: Virando o jogo com gerenciamento de projetos ágeis Do Caos ao Scrum: Virando o jogo com gerenciamento de projetos ágeis Lucio Poncioni, Mestrando CIN/UFPE, MBA, CSM, CSPO, MPS.br, FCP Master, MCP Agenda Apresentação SJCC Caos Scrum Projeto: JC Online Resultado

Leia mais

Metodologia de Trabalho

Metodologia de Trabalho FUNDAMENTOS EM ENGENHARIA DE SOFTWARE Projeto Prático de Desenvolvimento de Software Metodologia de Trabalho Teresa Maciel UFRPE/DEINFO FASES DO PROJETO PLANEJAMENTO DESENVOLVIMENTO CONCLUSÃO ATIVIDADES

Leia mais

Introdução ao OpenUP (Open Unified Process)

Introdução ao OpenUP (Open Unified Process) Introdução ao OpenUP (Open Unified Process) Diferentes projetos têm diferentes necessidades de processos. Fatores típicos ditam as necessidades de um processo mais formal ou ágil, como o tamanho da equipe

Leia mais

Método Aldeia de Projetos

Método Aldeia de Projetos MAP Método Aldeia de Projetos Como surgiu o MAP? Em mais de 15 anos de atuação experimentamos distintas linhas de pensamento para inspirar nosso processo e diversas metodologias para organizar nossa forma

Leia mais

Sistema de Automação Comercial de Pedidos

Sistema de Automação Comercial de Pedidos Termo de Abertura Sistema de Automação Comercial de Pedidos Cabana - Versão 1.0 Iteração 1.0- Release 1.0 Versão do Documento: 1.5 Histórico de Revisão Data Versão do Documento Descrição Autor 18/03/2011

Leia mais

Cargo Função Superior CBO. Tarefas / Responsabilidades T/R Como Faz

Cargo Função Superior CBO. Tarefas / Responsabilidades T/R Como Faz Especificação de FUNÇÃO Função: Analista Desenvolvedor Código: Cargo Função Superior CBO Analista de Informática Gerente de Projeto Missão da Função - Levantar e prover soluções para atender as necessidades

Leia mais

"Caminho Crítico é um termo criado para designar um conjunto de tarefas vinculadas a uma ou mais tarefas que não têm margem de atraso.

Caminho Crítico é um termo criado para designar um conjunto de tarefas vinculadas a uma ou mais tarefas que não têm margem de atraso. Conceituação básica: Caminho Crítico x Corrente Crítica Publicado originalmente em 08/2008 em http://www.spiderproject.com.br/exemplos/problemabasico01.htm Caminho crítico Origem: Wikipédia, a enciclopédia

Leia mais

Chega de Unity3D! Alternativas de Software Livre para desenvolvimento de jogos. Vinícius Kiwi Daros Wilson Kazuo Mizutani

Chega de Unity3D! Alternativas de Software Livre para desenvolvimento de jogos. Vinícius Kiwi Daros Wilson Kazuo Mizutani Chega de Unity3D! Alternativas de Software Livre para desenvolvimento de jogos Vinícius Kiwi Daros Wilson Kazuo Mizutani 4 de fevereiro de 2015 Quem somos? Cursando mestrado e graduados em Ciência da Computação

Leia mais

PROJETO DE FÁBRICA DE SOFTWARE

PROJETO DE FÁBRICA DE SOFTWARE FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE Departamento de Sistemas de Informação PROJETO DE FÁBRICA DE SOFTWARE Denise Xavier Fortes Paulo Afonso BA Agosto/2015 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. PERFIS FUNCIONAIS...

Leia mais

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Atividade 1 Que modelos em gestão de projetos estão sendo adotados como referência nas organizações? Como

Leia mais

Gerenciamento Eletrônico de Documentos de Engenharia. Estudo de Caso (Benefícios do GED) Demonstração Prática de Uso de GED (SAPROD)

Gerenciamento Eletrônico de Documentos de Engenharia. Estudo de Caso (Benefícios do GED) Demonstração Prática de Uso de GED (SAPROD) Gerenciamento Eletrônico de Documentos de Engenharia Estudo de Caso (Benefícios do GED) Demonstração Prática de Uso de GED (SAPROD) Gerenciamento Eletrônico de Documentos de Engenharia Estudo de Caso (Benefícios

Leia mais

Ferramenta para gestão ágil

Ferramenta para gestão ágil Ferramenta para gestão ágil de projetos de software Robson Ricardo Giacomozzi Orientador: Everaldo Artur Grahl Agenda Introdução Objetivos Fundamentação teórica Desenvolvimento Resultados e discussões

Leia mais

Boas Práticas em Gerenciamento de Projetos Material utilizado nas aulas de Pós-graduação do Centro de Informática 2010.2

Boas Práticas em Gerenciamento de Projetos Material utilizado nas aulas de Pós-graduação do Centro de Informática 2010.2 O que é um? s: Tradicional e/ou Ágil? Cristine Gusmão, PhD Tem início e fim bem determinados Things are not always what they seem. Phaedrus, Escritor e fabulista Romano O projeto é uma sequência única,

Leia mais

MSF- MICROSOFT SOLUTIONS FRAMEWORK. Cesar Eduardo Freitas Italo Alves

MSF- MICROSOFT SOLUTIONS FRAMEWORK. Cesar Eduardo Freitas Italo Alves MSF- MICROSOFT SOLUTIONS FRAMEWORK Cesar Eduardo Freitas Italo Alves A ORIGEM DO MSF (MICROSOFT SOLUTIONS FRAMEWORK) Baseado na experiência da empresa na construção de softwares como Office e Windows e

Leia mais

RELATÓRIO DE ENTREGA DO PROJETO DE BPM ADMINISTRATIVO-FINANCEIRO-EMPREL

RELATÓRIO DE ENTREGA DO PROJETO DE BPM ADMINISTRATIVO-FINANCEIRO-EMPREL Diretoria de Soluções em Tecnologia da Informação DSI Departamento Projetos, Processos e Requisitos - DEPR Unidade Operacional de Projetos e Processos UOPP RELATÓRIO DE ENTREGA DO PROJETO DE BPM ADMINISTRATIVO-FINANCEIRO-EMPREL

Leia mais

Oportunidades em SP. Experiência no mercado financeiro / instituições bancárias / produtos de tesouraria.

Oportunidades em SP. Experiência no mercado financeiro / instituições bancárias / produtos de tesouraria. Oportunidades em SP Analista Funcional Júnior CÓDIGO: Funcional Jr. Local: Itaim Bibi/SP Experiência no mercado financeiro / instituições bancárias / produtos de tesouraria. Experiência com documentação

Leia mais

Lucas Nascimento Santos

Lucas Nascimento Santos Lucas Nascimento Santos Mobile Application Developer lucassantoos56@gmail.com Resumo Lucas Nascimento Santos (@ll_ucasn), engenheiro de software. Estudante de Ciência da Computação na Universidade Salvador

Leia mais

Tópicos de Ambiente Web. Modulo 2 Processo de desenvolvimento de um site Professora: Sheila Cáceres

Tópicos de Ambiente Web. Modulo 2 Processo de desenvolvimento de um site Professora: Sheila Cáceres Tópicos de Ambiente Web Modulo 2 Processo de desenvolvimento de um site Professora: Sheila Cáceres Roteiro Motivação Desenvolvimento de um site Etapas no desenvolvimento de software (software:site) Analise

Leia mais

Introdução ao Delphi. Introdução. Edições do Software. Capítulo 1. InforBRás - Informática Brasileira Ltda. O Que é o Delphi.

Introdução ao Delphi. Introdução. Edições do Software. Capítulo 1. InforBRás - Informática Brasileira Ltda. O Que é o Delphi. Capítulo 1 O Que é o Delphi Diferenças entre Delphi Client/Server do Delphi for Windows Características que compõem o Integrated Development Invironment (IDE) Como o Delphi se encaixa na família Borland

Leia mais

Integração de Ferramentas de Apoio a Processos Outubro 2010 GUSTAVO VAZ NASCIMENTO

Integração de Ferramentas de Apoio a Processos Outubro 2010 GUSTAVO VAZ NASCIMENTO Integração de Ferramentas de Apoio a Processos Outubro 2010 GUSTAVO VAZ NASCIMENTO AGENDA AGENDA 1. Sobre a Shift 2. Integração de ferramentas de apoio 1. SCMBug Integração entre SCM Tools e ferramentas

Leia mais

Gerenciamento de integração de projeto

Gerenciamento de integração de projeto Objetivos do Conteúdo Gerenciamento de integração de projeto Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos Prover capacitação para: - Identificar os processos de Gerenciamento de Projetos;

Leia mais

GUIA UNITY 3D E SKETCHUP

GUIA UNITY 3D E SKETCHUP GUIA UNITY 3D E SKETCHUP Existe uma demanda pela utilização de modelos tridimensionais estereoscópicos para simular relações presenciais. Os projetos relacionados à esses modelos são conhecidos como CAVES.

Leia mais

VISUAL STUDIO TEAM SYSTEM IMPLANTAÇÃO DA SUITE DE FERRAMENTAS

VISUAL STUDIO TEAM SYSTEM IMPLANTAÇÃO DA SUITE DE FERRAMENTAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA VISUAL STUDIO TEAM SYSTEM IMPLANTAÇÃO DA SUITE DE FERRAMENTAS PARA APOIO AO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desevolvimento de Sistemas CÂMPUS GASPAR

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desevolvimento de Sistemas CÂMPUS GASPAR Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desevolvimento de Sistemas CÂMPUS GASPAR MATRIZ CURRICULAR Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400h Unidade Curricular C/H Semestral Pré-Requisito Matemática

Leia mais

ALGORHYTHM, UM JOGO PROGRAMADO PARA ENSINAR A PROGRAMAR

ALGORHYTHM, UM JOGO PROGRAMADO PARA ENSINAR A PROGRAMAR ALGORHYTHM, UM JOGO PROGRAMADO PARA ENSINAR A PROGRAMAR Alan Antonio Pereira alan.pereira@inf.aedb.br Tatyanne Freire Duarte de Oliveira tatyanne.oliveira@inf.aedb.br Wilson de Oliveira Junior wilson.junior@inf.aedb.br

Leia mais

development Teresa Maciel DEINFO/UFRPE

development Teresa Maciel DEINFO/UFRPE development Teresa Maciel DEINFO/UFRPE Prazos curtos Baixo custo Agregação ao negócio Fidelidade do cliente Competitividade Sobrevivência Cenário 2000 35% dos projetos apresentam sucesso 31% dos projetos

Leia mais

Tendências em Business Process Management

Tendências em Business Process Management Tendências em Business Process Management BPM Global Trends São Paulo, Novembro 2013 Sandy Kemsley www.column2.com @skemsley Agenda Mudando a forma como trabalhamos: BPM Social Gerenciamento de casos dinâmicos/adaptáveis

Leia mais

RESULTADOS PRÁTICOS DO USO DE INTEGRAÇÃO CONTÍNUA COM O JENKINS. Emerson Cordeiro Vieira. emerson@7comm.com.br

RESULTADOS PRÁTICOS DO USO DE INTEGRAÇÃO CONTÍNUA COM O JENKINS. Emerson Cordeiro Vieira. emerson@7comm.com.br RESULTADOS PRÁTICOS DO USO DE INTEGRAÇÃO CONTÍNUA COM O JENKINS Emerson Cordeiro Vieira emerson@7comm.com.br PAUTA Caracterização da empresa Motivação Arquitetura da solução Resultados Lições aprendidas

Leia mais

Qualidade de Software. Anderson Belgamo

Qualidade de Software. Anderson Belgamo Qualidade de Software Anderson Belgamo Qualidade de Software Software Processo Produto Processo de Software Pessoas com habilidades, treinamento e motivação Processo de Desenvolvimento Ferramentas e Equipamentos

Leia mais

Relato de uma Implantação de uma Ferramenta de Integração Contínua em um Núcleo de Práticas em Informática de uma Universidade

Relato de uma Implantação de uma Ferramenta de Integração Contínua em um Núcleo de Práticas em Informática de uma Universidade Relato de uma Implantação de uma Ferramenta de Integração Contínua em um Núcleo de Práticas em Informática de uma Universidade Guylherme Tabosa Cabral 1, Carlos Diego Andrade de Almeida 1 1 Universidade

Leia mais

Um relato dos desafios encontrados e dos benefícios conseguidos com a implantação das práticas propostas pelo nível F do modelo de referência de

Um relato dos desafios encontrados e dos benefícios conseguidos com a implantação das práticas propostas pelo nível F do modelo de referência de Um relato dos desafios encontrados e dos benefícios conseguidos com a implantação das práticas propostas pelo nível F do modelo de referência de processo MPS.BR OUTUBRO 2009 FELÍCIO NASSIF / GUSTAVO NASCIMENTO

Leia mais

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br Corporativo Transformar dados em informações claras e objetivas que possibilitem às empresas tomarem decisões em direção ao sucesso. Com essa filosofia a Star Soft Indústria de Software e Soluções vem

Leia mais

CONFECÇÃO DE SITE, PARA ABRIGO DE PORTIFÓLIO PESSOAL, INTEIRAMENTE EM FLASH Tales Garcia Fernandes Universidade Estadual de Campinas

CONFECÇÃO DE SITE, PARA ABRIGO DE PORTIFÓLIO PESSOAL, INTEIRAMENTE EM FLASH Tales Garcia Fernandes Universidade Estadual de Campinas CONFECÇÃO DE SITE, PARA ABRIGO DE PORTIFÓLIO PESSOAL, INTEIRAMENTE EM FLASH Tales Garcia Fernandes Universidade Estadual de Campinas Introdução A proposta inicial desse projeto era a de confeccionar um

Leia mais

Oportunidades 05/05/2015

Oportunidades 05/05/2015 Oportunidades 05/05/2015 Sobre a Daitan: A Daitan é uma empresa brasileira, localizada em Campinas. Seu foco é a exportação de Serviços de Outsourcing em P&D e Serviços Profissionais em Telecomunicações,

Leia mais

METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Versão 1 MDS Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas 1 Presidente INCRA Rolf Hackbart Diretor de Gestão Estratégica DE - INCRA Roberto Kiel Coordenador Geral

Leia mais

LEAS ONLINE: PROTÓTIPO DE UM JOGO DE MMORPG

LEAS ONLINE: PROTÓTIPO DE UM JOGO DE MMORPG LEAS ONLINE: PROTÓTIPO DE UM JOGO DE MMORPG Wesllen de Oliveira Delfino, Larissa Pavarini da Luz wesllendelfino@hotmail.com,larissa.luz01@fatec.sp.gov.br Projeto de Iniciação Científica Larissa Pavarini

Leia mais

Engenharia de Software. Parte I. Introdução. Metodologias para o Desenvolvimento de Sistemas DAS 5312 1

Engenharia de Software. Parte I. Introdução. Metodologias para o Desenvolvimento de Sistemas DAS 5312 1 Engenharia de Software Parte I Introdução Metodologias para o Desenvolvimento de Sistemas DAS 5312 1 Mitos do Desenvolvimento de Software A declaração de objetivos é suficiente para se construir um software.

Leia mais

Proposta para criação de site para

Proposta para criação de site para Proposta para criação de site para Portal de Negócios Sorriso, 04 de Fevereiro de 2011 1 I. Análise...3 II. Projeto...3 III. Desenvolvimento do projeto...3 IV. Âmbito de intervenção da equipe do Portal...3

Leia mais