COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. LAUDO DE AVALIAÇÃO CONTÁBIL DATA-BASE EM 31 DE OUTUBRO DE 2008

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. LAUDO DE AVALIAÇÃO CONTÁBIL DATA-BASE EM 31 DE OUTUBRO DE 2008"

Transcrição

1 COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. DATA-BASE EM 31 DE OUTUBRO DE 2008 A BDO International é uma rede mundial de empresas de auditoria, denominada firmas-membro BDO, com presença em 111 países e 626 escritórios. Cada firma membro é uma entidade juridicamente independente em seu próprio país. A BDO Trevisan é firma membro da rede BDO International desde 2004.

2 Aos acionistas e administradores da: Copel Participações S.A. Companhia Paranaense de Energia - Copel Copel Geração e Transmissão S.A. Copel Distribuição S.A. Copel Telecomunicações S.A. Curitiba - Paraná BDO TREVISAN Auditores, sociedade civil estabelecida na cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, Rua Bela Cintra, n.º 952 3º andar, registrada no Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo sob o Nº 2SP /O-5, com código de registro na Comissão de Valores Mobiliários - CVM sob o Nº , com Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas sob Nº / , contrato social registrado no 4º cartório de registro de títulos e documentos de São Paulo, Estado de São Paulo em 4 de agosto de 1983 sob o Nº , e alterações posteriores registradas no mesmo cartório, sendo a última delas registrada em 20 de outubro de 2008 sob o Nº , representada pelo sócio-contador infra-assinado Sr. Marcello Palamartchuk, CRC 1PR049038/O-9, nomeada pelos representantes legais da COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A., COPEL GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A., COPEL TELECOMUNICAÇÕES S.A., COPEL PARTICIPAÇÕES S.A., através do Contrato de Prestação de Serviços Nº 36324/2007, firmado em 21 de outubro de 2007, e 1º e 2º aditivos datados de 12 de dezembro de 2007 e 23 de setembro de 2008, respectivamente, na qualidade de perito para proceder a avaliação contábil dos ativos e passivos da COPEL PARTICIPAÇÕES S.A., com o propósito de cisão do respectivo patrimônio, e incorporação pelas empresas, COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA COPEL e COPEL GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. subsidiária integral da COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA COPEL, conforme previsto no Instrumento de Justificação e Protocolo de Cisão e de Extinção de Sociedade da COPEL PARTICIPAÇÕES S.A.. As sociedades que incorporarão o Patrimônio Líquido da COPEL PARTICIPAÇÕES S.A., doravante denominadas simplesmente INCORPORADORAS, assim se qualificam: COPEL GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A., subsidiária integral da Companhia Paranaense de Energia Copel, com sede na cidade de Curitiba, Estado do Paraná, na Rua José Izidoro Biazetto, 158 bloco A bairro Mossunguê, inscrita no CNPJ/MF sob o número / e com seus atos constitutivos arquivados perante a Junta Comercial do Estado do Paraná sob o NIRE , neste ato representada na forma de seu Estatuto Social, doravante denominada simplesmente COPEL- GER TRA, e a COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA COPEL, com sede na cidade de Curitiba, Estado do Paraná, na rua Coronel Dulcídio, 800, inscrita no CNPJ/MF sob o número / e com seus atos constitutivos arquivados perante a Junta Comercial do Estado do Paraná sob o NIRE , neste ato representada na forma de seu Estatuto Social, doravante denominada simplesmente COPEL.

3 1 BASE E CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO A COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. COPEL PAR, mantém registros contábeis permanentes, em obediência aos preceitos da legislação comercial e fiscal, adotando as práticas de avaliação de ativos e passivos, emanadas da Lei das Sociedades Por Ações (Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976 e alterações promovidas pela Lei Nº /2007) que possibilitam a segregação dos ativos e passivos, objeto deste laudo. A avaliação foi procedida tomando-se por base o balanço patrimonial da COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. COPEL-PAR, levantado na data-base de 31 de outubro de 2008, bem como sua respectiva demonstração do resultado do período de 1º de janeiro a 31 de outubro de 2008, cujos elementos patrimoniais foram avaliados em conformidade ao disposto na Lei Nº 6.404/76 (Lei das S.A.), Artigos 183, 184 e 248 e alterações promovidas pela Lei Nº / EXTENSÃO DOS TRABALHOS Nosso trabalho compreendeu a revisão especial do balanço patrimonial da COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. COPEL- PAR, especificamente no que tange aos registros contábeis correspondentes aos ativos e passivos da COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. COPEL- PAR, na data-base de 31 de outubro de 2008, elaborado sob a responsabilidade da Administração da COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. COPEL PAR. Nossos exames foram efetuados adotando-se procedimentos usuais de auditoria de demonstrações contábeis, conforme normas aprovadas pelo Conselho Federal de Contabilidade. Nesse sentido, os exames compreenderam: (a) a determinação da extensão dos procedimentos de auditoria, considerando a relevância dos saldos de ativos e passivos que compõe o acervo líquido da Companhia; (b) constatação, com base em testes, das evidências e dos registros que suportam os valores e as informações contábeis que foram disponibilizadas; e (c) a avaliação das práticas e das estimativas contábeis mais representativas adotadas pela administração da Companhia. Os principais procedimentos aplicados em nossa revisão foram: a) confronto dos valores dos bens, direitos e obrigações da COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. COPEL- PAR, com os registros contábeis;

4 b) revisão sumária das demonstrações contábeis da COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. COPEL- PAR, na data-base de 31 de outubro de 2008, com relatório de revisão especial, emitido pela Deloitte Touche Tohmatsu Auditores, objetivando a aferição do pleno cumprimento das determinações contábeis adotadas no Brasil (CVM Comissão de Valores Mobiliários, CFC Conselho Federal de Contabilidade e ANEEL Agência Nacional de Energia Elétrica) e a identificação de eventual necessidade ajustes contábeis nos ativos e passivos da Companhia, visando a adequação do critério de avaliação ao disposto nos incisos I a III do artigo 248 da Lei Nº 6.404/76; c) avaliação da revisão das informações trimestrais e análise substantiva das respectivas movimentações das rubricas de 30 de setembro de 2008 para 31 de outubro de d) indagação à administração da COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. COPEL PAR sobre a adequada aplicação dos critérios de avaliação dos elementos do balanço patrimonial, no que tange aos registros contábeis correspondentes aos ativos e passivos, inclusive contingências de toda natureza, da Empresa COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. COPEL PAR, incluindo as estimativas contábeis, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil; e) apuração do acervo líquido contábil no que tange aos registros contábeis correspondentes à totalidade dos ativos e passivos pertencentes à Empresa COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. COPEL PAR, na data-base de 31 de outubro de f) testes de aderência e consistência dos relatórios dos subsistemas financeiros, e outros auxiliares utilizados pela administração, onde estão contidas as composições dos saldos contábeis da COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. COPEL PAR, na data-base de 31 de outubro de 2008; g) revisão do cálculo da depreciação, mediante aplicação de testes globais sobre as apropriações, descrições e classificações das depreciações; h) revisão e recálculo da equivalência patrimonial dos investimentos em coligadas e controladas, bem como exame documental dos contratos sociais e estatutos comprovando a participação da COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. COPEL PAR, na data-base de 31 de outubro de 2008;

5 3 LIMITAÇÕES NO ESCOPO DE TRABALHO As determinações contidas no Instrumento de Justificação e Protocolo de Cisão Total e de Extinção de Sociedade, elaboradas sob a responsabilidade da administração da COPEL PARTICIPAÇÕES S.A., foram por nós revisadas, bem como examinamos a sua aplicabilidade nas demonstrações contábeis da Companhia levantadas em 31 de outubro de 2008, inclusive quanto aos critérios estabelecidos para segregação das rubricas a serem vertidas. Entretanto, considerando que possam existir diferentes interpretações, nosso entendimento não representa garantia plena de que terceiros não venham a ter opiniões diferentes sobre as referidas premissas, bem como sobre os critérios utilizados para sua elaboração. 4 RESULTADO DA AVALIAÇÃO Fundamentados nos trabalhos executados na extensão descrita no item 2, concluímos que o montante correspondente ao valor contábil dos ativos e passivos a serem vertidos pela COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. COPEL PAR, em razão de sua cisão total, para incorporação na COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA COPEL e na COPEL GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. COPEL GER TRA, avaliado segundo os critérios anteriormente descritos (artigos 183, 184 e 248 da Lei Nº 6.404/76 e alterações promovidas pela Lei Nº /2007), de acordo com os registros contábeis em 31 de outubro de Grupo Valor em R$ Ativo circulante Ativo não circulante (-) Passivo circulante ( ) (-) Passivo não circulante ( ) (-) Patrimônio líquido ( ) a. O valor contábil do acervo líquido a ser vertido para a COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA - COPEL, é de R$ (oitocentos e noventa e seis milhões, oitenta e cinco mil, setecentos e oitenta e três reais). Os elementos do ativo, no montante de R$ R$ (oitocentos e noventa e seis milhões, oitenta e cinco mil, setecentos e oitenta e três reais), correspondem aos seguintes elementos; I. Ativo circulante no montante de R$ (dezesseis milhões, duzentos e trinta e dois mil, quatrocentos e dezoito reais);

6 II. Ativo não circulante compreendendo, ativo realizável a longo prazo no montante de R$ (duzentos e cinqüenta e um milhões, setecentos e sessenta e nove mil, seiscentos e noventa e seis reais) e ativo permanente no montante de R$ (seiscentos e vinte e oito milhões, oitenta e três mil, seiscentos e sessenta e nove reais), totalizando o montante de R$ (oitocentos e setenta e nove milhões, oitocentos e cinqüenta e três mil, trezentos e sessenta e cinco reais) Os elementos do passivo, no montante de R$ (oitocentos e noventa e seis milhões, oitenta e cinco mil, setecentos e oitenta e três reais), correspondem aos seguintes elementos; I. Passivo circulante no montante de R$ (quatorze milhões, quatrocentos e cinqüenta mil e vinte e quatro reais); II. Patrimônio líquido correspondente ao montante de R$ (oitocentos e oitenta e um milhões, seiscentos e trinta e cinco mil, setecentos e cinqüenta e nove reais);

7 b. O valor contábil do acervo líquido a ser vertido para a COPEL GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. COPEL GER TRA, é de R$ (quatrocentos e cinqüenta e seis milhões, setecentos e sessenta e seis mil, oitocentos e três reais). Os elementos do ativo, no montante de R$ (quatrocentos e cinqüenta e seis milhões, setecentos e sessenta e seis mil, oitocentos e três reais), correspondem aos seguintes elementos; I. Ativo circulante no montante de R$ (um milhão, cinqüenta e nove mil, quatrocentos e cinqüenta e cinco reais); II. Ativo não circulante compreendendo, ativo realizável a longo prazo no montante de R$ (cento e quatorze mil, quinhentos e cinqüenta e seis reais) e ativo permanente no montante de R$ (quatrocentos e cinqüenta e cinco milhões, quinhentos e noventa e dois mil, setecentos e noventa e dois reais), totalizando R$ (quatrocentos e cinqüenta e cinco milhões, setecentos e sete mil, trezentos e quarenta e oito reais) Os elementos do passivo, no montante R$ (quatrocentos e cinqüenta e seis milhões, setecentos e sessenta e seis mil, oitocentos e três reais), correspondem aos seguintes elementos; I. Passivo circulante no montante de R$ (oitocentos e trinta e sete mil, cento e doze reais); II. Passivo não circulante no montante de R$ (trezentos e trinta e seis mil, novecentos e vinte e nove reais); III. Patrimônio líquido correspondente ao montante de R$ (quatrocentos e cinqüenta e cinco milhões, quinhentos e noventa e dois mil, setecentos e sessenta e dois reais).

8 5 DOCUMENTOS INTEGRANTES DESTE LAUDO Anexo 1 Demonstração do acervo líquido detalhado correspondente às demonstrações contábeis da COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. COPEL PAR, em 31 de outubro de 2008, a ser vertido para a COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA COPEL e COPEL GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. COPEL GER TRA. Anexo 2 Demonstração do acervo líquido correspondente às demonstrações contábeis da COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. COPEL PAR, em 31 de outubro de 2008, a ser vertido para a COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA COPEL. Anexo 3 Demonstração do acervo líquido correspondente às demonstrações contábeis da COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. COPEL PAR, em 31 de outubro de 2008, a ser vertido para a COPEL GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. COPEL GER TRA. Curitiba - PR, 24 de novembro de Marcello Palamartchuk Sócio-contador CRC 1PR049038/O-9 BDO Trevisan Auditores CRC 2SP013439/O-5 S PR

9 ANEXO 1 DEMONSTRAÇÃO DO ACERVO LÍQUIDO CORRESPONDENTE ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DA COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. - "COPEL - PAR" EM 31 DE OUTUBRO DE 2008, A SER VERTIDO PARA COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA- "COPEL" E COPEL GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. COPEL GER TRA (Valores expressos em reais) Copel Par Copel Copel Ger Tra Copel Par Copel Copel Ger Tra ATIVO PASSIVO Disponibilidades Fornecedores Créditos Obrigações trabalhistas Imposto de renda e contribuição social diferidos Impostos e contribuições sociais Impostos e contribuições sociais a compensar Juros sobre capital próprio Outros créditos Benefícios pós-emprego Pagamentos antecipados Total do passivo circulante Total do ativo circulante NÃO NÃO EXIGÍVEL A LONGO PRAZO REALIZÁVEL A LONGO PRAZO Benefícios pós-emprego Imposto de renda e contribuição social diferidos Depósitos judiciais Total do passivo não circulante Outros créditos Créditos com empresas ligadas PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital social Reservas de lucros PERMANENTE Resultado do exercício Investimentos Total do patrimônio líquido Imobilizado Serviço Depreciação ( ) ( ) Intangível Total do ativo não circulante TOTAL DO ATIVO TOTAL DO PASSIVO % 66% 34% 100% 66% 34%

10 ANEXO 2 DEMONSTRAÇÃO DO ACERVO LÍQUIDO CORRESPONDENTE ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DA COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. - "COPEL - PAR" EM 31 DE OUTUBRO DE 2008, A SER VERTIDO PARA COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA - "COPEL" (Valores expressos em reais) Copel Copel ATIVO PASSIVO Disponibilidades Impostos e contribuições sociais 24 Créditos Juros sobre capital próprio Impostos e contribuições sociais a compensar Total do passivo circulante Total do ativo circulante PATRIMÔNIO LÍQUIDO NÃO Capital social REALIZÁVEL A LONGO PRAZO Reservas de lucros Resultado do exercício Imposto de renda e contribuição social diferidos Depósitos judiciais Total do patrimônio líquido Outros créditos Créditos com empresas ligadas PERMANENTE Investimentos Total do ativo não circulante TOTAL DO ATIVO TOTAL DO PASSIVO

11 ANEXO 3 DEMONSTRAÇÃO DO ACERVO LÍQUIDO CORRESPONDENTE ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DA COPEL PARTICIPAÇÕES S.A. - "COPEL - PAR" EM 31 DE OUTUBRO DE 2008, A SER VERTIDO PARA COPEL GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. COPEL GER TRA (Valores expressos em reais) Copel Ger Tra Copel Ger Tra ATIVO PASSIVO Disponibilidades Fornecedores Imposto de renda e contribuição social diferidos Obrigações trabalhistas Outros créditos Benefícios pós-emprego Pagamentos antecipados Total do passivo circulante Total do ativo circulante NÃO NÃO EXIGÍVEL A LONGO PRAZO REALIZÁVEL A LONGO PRAZO Benefícios pós-emprego Imposto de renda e contribuição social diferidos Total do passivo não circulante PATRIMÔNIO LÍQUIDO PERMANENTE Capital social Investimentos Imobilizado Total do patrimônio líquido Serviço Depreciação ( ) Intangível Total do ativo não circulante TOTAL DO ATIVO TOTAL DO PASSIVO * * *

LAUDO DE AVALIAÇÃO DO ACERVO LÍQUIDO DA CRUZ ALTA PARTICIPAÇÕES LTDA. A SER INCORPORADO PELA AÇÚCAR GUARANI S.A. BALANÇO BASE: 31 DE JANEIRO DE 2008

LAUDO DE AVALIAÇÃO DO ACERVO LÍQUIDO DA CRUZ ALTA PARTICIPAÇÕES LTDA. A SER INCORPORADO PELA AÇÚCAR GUARANI S.A. BALANÇO BASE: 31 DE JANEIRO DE 2008 LAUDO DE AVALIAÇÃO DO ACERVO LÍQUIDO DA CRUZ ALTA PARTICIPAÇÕES LTDA. A SER INCORPORADO PELA AÇÚCAR GUARANI S.A. BALANÇO BASE: 31 DE JANEIRO DE 2008 DADOS DA EMPRESA AVALIADORA 1. AMKS CONTADORES E CONSULTORES

Leia mais

ABCD. LFG Business, Edições e Participações Ltda. Laudo de avaliação a valor contábil

ABCD. LFG Business, Edições e Participações Ltda. Laudo de avaliação a valor contábil LFG Business, Edições e Participações Ltda. Laudo de avaliação a valor contábil KPMG Auditores Independentes R. Dr. Renato Paes de Barros, 33 04530-904 - São Paulo, SP - Brasil Caixa Postal 2467 01060-970

Leia mais

INSTITUTO COMUNITÁRIO GRANDE FLORIANÓPOLIS - ICOM

INSTITUTO COMUNITÁRIO GRANDE FLORIANÓPOLIS - ICOM INSTITUTO COMUNITÁRIO GRANDE FLORIANÓPOLIS - ICOM DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS REFERENTES AO EXERCÍCIO FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2007 E PARECER DOS AUDITORES INDEPENDENTES A BDO International é uma rede mundial

Leia mais

MAGNESITA REFRATÁRIOS S.A.

MAGNESITA REFRATÁRIOS S.A. Aos Senhores Acionistas da MAGNESITA REFRATÁRIOS S.A. Praça Louis Ensch, 240 Contagem, MG I INTRODUÇÃO Romilda Diniz Matosinhos, brasileira, casada, contadora, portadora da cédula de identidade nº. M-3.266.160

Leia mais

Randon Brantech Implementos para o Transporte Ltda. Laudo de avaliação a valor contábil do Patrimônio Líquido em 31 de março de 2014

Randon Brantech Implementos para o Transporte Ltda. Laudo de avaliação a valor contábil do Patrimônio Líquido em 31 de março de 2014 Randon Brantech Implementos para o Transporte Ltda. Laudo de avaliação a valor contábil do Patrimônio Líquido em 31 de março de 2014 KPMG Auditores Independentes Av. Borges de Medeiros, 2.233-8º andar

Leia mais

Laudo de Avaliação do Acervo Líquido da

Laudo de Avaliação do Acervo Líquido da Laudo de Avaliação do Acervo Líquido da Companhia Patrimonial de imóveis comerciais - CPIC a ser incorporado pela JHSF Participações S.A. Balanço Base: 31 de março de 2010 Laudo de avaliação do acervo

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO Pelo presente instrumento particular, Os administradores da Companhia de Tecidos Norte de Minas COTEMINAS, companhia aberta com sede na cidade de Montes Claros, Estado de Minas Gerais, na Av. Magalhães

Leia mais

Empresa Energética de Mato Grosso do Sul S.A. - ENERSUL Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil 31 de dezembro de 2004

Empresa Energética de Mato Grosso do Sul S.A. - ENERSUL Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil 31 de dezembro de 2004 Empresa Energética de Mato Grosso do Sul S.A. - ENERSUL Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil 31 de dezembro de 2004 Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil Empresa Energética de

Leia mais

ENERGIA AMÉRICA DO SUL LTDA. LAUDO DE AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO CONTÁBIL 30 DE NOVEMBRO DE 2010

ENERGIA AMÉRICA DO SUL LTDA. LAUDO DE AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO CONTÁBIL 30 DE NOVEMBRO DE 2010 ENERGIA AMÉRICA DO SUL LTDA. LAUDO DE AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO CONTÁBIL 30 DE NOVEMBRO DE 2010 BDO Auditores Independentes, uma empresa brasileira de sociedade simples, é membro da BDO International

Leia mais

CENTRAL GERADORA EÓLICA ICARAÍ II S.A.

CENTRAL GERADORA EÓLICA ICARAÍ II S.A. DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 Demonstrações Financeiras Em 31 de Dezembro de 2011 Conteúdo Relatório dos Auditores Independentes sobre as Demonstrações Financeiras Balanço Patrimonial

Leia mais

CENTRAL GERADORA EÓLICA ICARAÍ I S.A.

CENTRAL GERADORA EÓLICA ICARAÍ I S.A. DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 Demonstrações Financeiras Em 31 de Dezembro de 2011 Conteúdo Relatório dos Auditores Independentes sobre as Demonstrações Financeiras Balanço Patrimonial

Leia mais

GP Andaimes Sul Locadora Ltda.

GP Andaimes Sul Locadora Ltda. GP Andaimes Sul Locadora Ltda. Laudo de avaliação Patrimônio Líquido Contábil na data base de 31 de maio de 2011 para fins de incorporação de seu acervo líquido pela Mills Estruturas e Serviços de Engenharia

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MAFRA CONTRATO N. 12/2015 REFORÇO DO ESPORÃO DA PRAIA DO SUL - ERICEIRA

CÂMARA MUNICIPAL DE MAFRA CONTRATO N. 12/2015 REFORÇO DO ESPORÃO DA PRAIA DO SUL - ERICEIRA Aos dez dias do mês de Março do ano dois mil e quinze, no edifício dos Paços do Município de Mafra, perante mim, Ana Maria Ferreira Loureiro Pereira Viana Taborda Barata, Licenciada em Direito, Directora

Leia mais

Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, os administradores das companhias abaixo qualificadas,

Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, os administradores das companhias abaixo qualificadas, INSTRUMENTO PARTICULAR DE PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DO BANCO ABN AMRO REAL S.A. PELO BANCO SANTANDER (BRASIL) S.A. (NOVA DENOMINAÇÃO SOCIAL DO BANCO SANTANDER S.A., EM FASE DE HOMOLOGAÇÃO

Leia mais

NORTEV TRANSPORTE DE VEÍCULOS LTDA. LAUDO DE AVALIAÇÃO DO ACERVO LÍQUIDO

NORTEV TRANSPORTE DE VEÍCULOS LTDA. LAUDO DE AVALIAÇÃO DO ACERVO LÍQUIDO NORTEV TRANSPORTE DE VEÍCULOS LTDA. LAUDO DE AVALIAÇÃO DO ACERVO LÍQUIDO LAUDO DE AVALIAÇÃO DO ACERVO LÍQUIDO NORTEV TRANSPORTE DE VEÍCULOS LTDA. ELABORADO EM 30 DE NOVEMBRO DE 2009 BAKER TILLY BRASIL

Leia mais

REDE ENERGIA S.A. CNPJ/MF nº 61.584.140/0001-49 NIRE 35.300.029.780 Companhia Aberta PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO

REDE ENERGIA S.A. CNPJ/MF nº 61.584.140/0001-49 NIRE 35.300.029.780 Companhia Aberta PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO REDE ENERGIA S.A. CNPJ/MF nº 61.584.140/0001-49 NIRE 35.300.029.780 Companhia Aberta São Paulo, 15 de junho de 2011. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO Assembléia Geral Extraordinária a realizar-se em 30/06/2011

Leia mais

LAUDO DE AVALIAÇÃO ELABORADO POR EMPRESA ESPECIALIZADA ABAIXO QUALIFICADA NA FORMA DO DISPOSTO NA LEI Nº 6.404/76, DE 15 DE DEZEMBRO DE 1976.

LAUDO DE AVALIAÇÃO ELABORADO POR EMPRESA ESPECIALIZADA ABAIXO QUALIFICADA NA FORMA DO DISPOSTO NA LEI Nº 6.404/76, DE 15 DE DEZEMBRO DE 1976. LAUDO DE AVALIAÇÃO ELABORADO POR EMPRESA ESPECIALIZADA ABAIXO QUALIFICADA NA FORMA DO DISPOSTO NA LEI Nº 6.404/76, DE 15 DE DEZEMBRO DE 1976. Aos acionistas da CISA - CSN INDÚSTRIA DE AÇOS REVESTIDOS S.A.

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO. Pelo presente instrumento particular,

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO. Pelo presente instrumento particular, PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA LOOK INFORMÁTICA S.A. PELA TOTVS S.A. Pelo presente instrumento particular, (A) TOTVS S.A., sociedade por ações de capital aberto, com sede na Cidade de São

Leia mais

Embratel Participações S.A.

Embratel Participações S.A. Embratel Participações S.A. Laudo de avaliação do patrimônio líquido e acervos líquidos formados por determinados ativos e passivos apurados por meio dos livros contábeis Em 30 de setembro de 2014 Índice

Leia mais

ORÇAMENTO 2016 QUADRO COMPARATIVO ENTRE A LEI Nº 10.347/15 E O PROJETO Nº 400/15

ORÇAMENTO 2016 QUADRO COMPARATIVO ENTRE A LEI Nº 10.347/15 E O PROJETO Nº 400/15 1 ORÇAMENTO 2016 QUADRO COMPARATIVO ENTRE A LEI Nº 10.347/15 E O PROJETO Nº 400/15 LEI Nº 10.347 Estima a receita e fixa a despesa do Estado para o exercício financeiro de 2015. PROJETO DE LEI 400/15 Estima

Leia mais

LMPG Auditores e Consultores

LMPG Auditores e Consultores LAUDO DE AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO PARA FINS DE SUPORTAR PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL GALVÃO PARTICIPAÇÕES S.A. Em 29 de maio de 2015 MAIO DE 2015 Rua México, nº 11 13º andar Rio de Janeiro RJ Brasil

Leia mais

6 C ; > OE O ƐƚĂƚƵƐ 6 > 8 2/ 72 - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0

Leia mais

Invest Tur Brasil Desenvolvimento Imobiliário Turístico S.A. CNPJ nº 08.723.106/000125 NIRE 35.300.340.540 Companhia Aberta

Invest Tur Brasil Desenvolvimento Imobiliário Turístico S.A. CNPJ nº 08.723.106/000125 NIRE 35.300.340.540 Companhia Aberta Invest Tur Brasil Desenvolvimento Imobiliário Turístico S.A. CNPJ nº 08.723.106/000125 NIRE 35.300.340.540 Companhia Aberta Ata da Assembléia Geral de Debenturistas da 1ª Emissão de Debêntures da Invest

Leia mais

Safra Fundo Mútuo de Privatização - FGTS Petrobras (C.N.P.J. nº 03.910.929/0001-46) (Administrado pelo Banco J. Safra S.A.) Demonstrações Financeiras

Safra Fundo Mútuo de Privatização - FGTS Petrobras (C.N.P.J. nº 03.910.929/0001-46) (Administrado pelo Banco J. Safra S.A.) Demonstrações Financeiras Safra Fundo Mútuo de Privatização - FGTS Petrobras (Administrado pelo Banco J. Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 30 de setembro de 2015 e relatório dos auditores independentes Relatório dos auditores

Leia mais

LMPG Auditores e Consultores

LMPG Auditores e Consultores LAUDO DE AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO PARA FINS DE SUPORTAR PLANO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL GALVÃO ENGENHARIA S.A. Em 29 de maio de 2015 MAIO DE 2015 Rua México, nº 11 13º andar Rio de Janeiro RJ Brasil

Leia mais

CONTRATO Nº 189/2012

CONTRATO Nº 189/2012 CONTRATO Nº 189/2012 Pelo presente instrumento particular, o MUNICÍPIO DE CANDELÁRIA, Pessoa Jurídica de Direito Público, com sede na Av. Pereira Rego, 1665, representada neste ato por seu, Sr. LAURO MAINARDI,

Leia mais

JHSF PARTICIPAÇÕES S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF nº. 08.294.224/0001-65 - NIRE nº. 35.300.333.578

JHSF PARTICIPAÇÕES S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF nº. 08.294.224/0001-65 - NIRE nº. 35.300.333.578 JHSF PARTICIPAÇÕES S.A. COMPANHIA ABERTA CNPJ/MF nº. 08.294.224/0001-65 - NIRE nº. 35.300.333.578 ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 30 DE DEZEMBRO DE 2009 DATA, HORA E LOCAL: 30 (trinta)

Leia mais

Estado do Pará Governo Municipal de Água Azul do Norte PREFEITURA MUNICIPAL DE ÁGUA AZUL DO NORTE

Estado do Pará Governo Municipal de Água Azul do Norte PREFEITURA MUNICIPAL DE ÁGUA AZUL DO NORTE RESULTADO DE JULGAMENTO DA LICITAÇÃO TERMO DE ADJUDICAÇÃO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 001/2016-000001 Após analisado o resultado do Pregão Presencial nº 001/2016-000001, o Pregoeiro, Sr ROGÉRIO ADRIANO DA

Leia mais

por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, ou outro documento com mesmo valor legal; 3 (três) anos, no mínimo, de experiência

por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, ou outro documento com mesmo valor legal; 3 (três) anos, no mínimo, de experiência AGÊNCIA DE PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES DO BRASIL - APEX-BRASIL EDITAL No- 1, DE 31 DE AGOSTO DE 2006 PROCESSO SELETIVO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRORESERVA EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR

Leia mais

O presente instrumento particular é firmado pelos Diretores das sociedades abaixo:

O presente instrumento particular é firmado pelos Diretores das sociedades abaixo: PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA S.R.J.S.P.E. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA.; CARE PLUS DENTAL LTDA.; e BIODENT ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA S.A. PELA ODONTOPREV S.A. O presente instrumento

Leia mais

Demonstrativo do Fluxo de Caixa Financeiro do Exercício Associação Rede Nacional de Ensino e Pesquisa- RNP

Demonstrativo do Fluxo de Caixa Financeiro do Exercício Associação Rede Nacional de Ensino e Pesquisa- RNP Demonstrativo do Fluxo de Caixa Financeiro do Exercício Associação Rede Nacional de Ensino e Pesquisa- RNP Findo em 31 de dezembro de 2011 Acompanhado do Relatório de Asseguração Limitada dos Auditores

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO, POR FIBRIA CELULOSE S.A., DE ARAPAR S.A. E DE SÃO TEÓFILO REPRESENTAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO, POR FIBRIA CELULOSE S.A., DE ARAPAR S.A. E DE SÃO TEÓFILO REPRESENTAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO, POR FIBRIA CELULOSE S.A., DE ARAPAR S.A. E DE SÃO TEÓFILO REPRESENTAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A. FIBRIA CELULOSE S.A. (nova denominação social de Votorantim Celulose

Leia mais

CYRELA COMMERCIAL PROPERTIES S.A. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES. CNPJ nº 08.801.621/0001-86 FATO RELEVANTE

CYRELA COMMERCIAL PROPERTIES S.A. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES. CNPJ nº 08.801.621/0001-86 FATO RELEVANTE CYRELA COMMERCIAL PROPERTIES S.A. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES CNPJ nº 08.801.621/0001-86 FATO RELEVANTE Em cumprimento ao disposto nas Instruções CVM nºs 319/99 e 358/02, a Cyrela Commercial Properties

Leia mais

ESTADO MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE VARZEA GRANDE NOTIFICAÇÃO DE RECEBIMENTO DE RECURSOS FEDERAIS

ESTADO MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE VARZEA GRANDE NOTIFICAÇÃO DE RECEBIMENTO DE RECURSOS FEDERAIS 03.507.548/0001-10 Arrecadação: 661/13 03/01/2013 SUS-MAC-MEDIA ALTA COMPLEX. AMB. HOSP-624.004-1 Fonte de recursos: 0202 - Recurso de Convênio e Programa Saúde Total geral : Fica liquidada a importância

Leia mais

Perdigão Agroindustrial S.A.

Perdigão Agroindustrial S.A. Perdigão Agroindustrial S.A. Laudo de avaliação (Inclui balanço patrimonial) KPMG Auditores Independentes R. Dr. Renato Paes de Barros, 33 04530-904 - São Paulo, SP - Brasil Caixa Postal 2467 01060-970

Leia mais

14/Março/2007 À Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações At.: Sr. Saulo de Tarso Alves de Lara

14/Março/2007 À Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações At.: Sr. Saulo de Tarso Alves de Lara 14/Março/2007 À Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações At.: Sr. Saulo de Tarso Alves de Lara Ref.: Laudo de Avaliação n٥ 965-2007-7 Prezado Senhor, Pela presente, estamos encaminhando

Leia mais

RELATÓRIO DE REVISÃO DOS AUDITORES INDEPENDENTES Aos Acionistas e Administradores da IESA Projetos, Equipamentos e Montagens S.A. Araraquara - SP Introdução Revisamos as informações contábeis intermediárias,

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO EMPRESA INCORPORADA: HFF PARTICIPAÇÕES S.A. EMPRESA INCORPORADORA: BRF BRASIL FOODS S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO EMPRESA INCORPORADA: HFF PARTICIPAÇÕES S.A. EMPRESA INCORPORADORA: BRF BRASIL FOODS S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO EMPRESA INCORPORADA: HFF PARTICIPAÇÕES S.A. EMPRESA INCORPORADORA: BRF BRASIL FOODS S.A. 25 DE FEVEREIRO DE 2010 PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA HFF

Leia mais

MAGAZINE LUIZA S.A. CNPJ/MF N.º 47.960.950/0001-21 NIRE 35.300.104.811 Capital Aberto

MAGAZINE LUIZA S.A. CNPJ/MF N.º 47.960.950/0001-21 NIRE 35.300.104.811 Capital Aberto MAGAZINE LUIZA S.A. CNPJ/MF N.º 47.960.950/0001-21 NIRE 35.300.104.811 Capital Aberto ATA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 4 DE OUTUBRO DE 2012 1. DATA, HORA E LOCAL:

Leia mais

Cyrela Commercial Properties S/A Empreendimentos e Participações Laudo de avaliação contábil

Cyrela Commercial Properties S/A Empreendimentos e Participações Laudo de avaliação contábil Cyrela Commercial Properties S/A Empreendimentos e Participações Laudo de avaliação contábil Valor contábil do patrimônio líquido da Cyrela Comercial Properties Investimentos Imobiliários S/A, a ser incorporado

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA DIREÇÃO PROCESSAMENTO DE DADOS LTDA. PELA LINX SISTEMAS E CONSULTORIA LTDA.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA DIREÇÃO PROCESSAMENTO DE DADOS LTDA. PELA LINX SISTEMAS E CONSULTORIA LTDA. LINX S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ: 06.948.969/0001-75 NIRE: 35.300.316.584 PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA DIREÇÃO PROCESSAMENTO DE DADOS LTDA. PELA LINX SISTEMAS E CONSULTORIA

Leia mais

LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 33.014.556/0001-96. SUBMARINO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 02.930.076/0001-41 FATO RELEVANTE

LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 33.014.556/0001-96. SUBMARINO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 02.930.076/0001-41 FATO RELEVANTE LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 33.014.556/0001-96 SUBMARINO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 02.930.076/0001-41 FATO RELEVANTE LOJAS AMERICANAS S.A. ( Lojas Americanas ) e SUBMARINO

Leia mais

Net São José do Rio Preto Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Setembro de 2009 para fins de incorporação

Net São José do Rio Preto Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Setembro de 2009 para fins de incorporação Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 30 de Setembro de 2009 1. Globalconsulting Assessoria Contábil Ltda., empresa devidamente inscrita no Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo

Leia mais

Banrisul Commodities Fundo de Investimento em Ações

Banrisul Commodities Fundo de Investimento em Ações Banrisul Commodities Fundo de Investimento em Ações CNPJ 10.199.946/0001-82 (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ 92.702.067/0001-96) Demonstrações Financeiras Para o Exercício

Leia mais

Gemini, Primus e Banco doravante também denominados, em conjunto, como Partes e, individualmente como Parte ;

Gemini, Primus e Banco doravante também denominados, em conjunto, como Partes e, individualmente como Parte ; PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DE GEMINI HOLDING S.A. E PRIMUS HOLDING S.A. PELO BANCO INDUSTRIAL E COMERCIAL S.A. Pelo presente instrumento particular: (A) GEMINI HOLDING S.A., sociedade por

Leia mais

Proposta de serviços de auditoria das demonstrações financeiras do exercício a encerrar em 30 de junho e 31 de dezembro de 2016

Proposta de serviços de auditoria das demonstrações financeiras do exercício a encerrar em 30 de junho e 31 de dezembro de 2016 Proposta de serviços de auditoria das demonstrações financeiras do exercício a encerrar em 30 de junho e 31 de dezembro de 2016 Preparado para: Administradora do Fundo de Investimento Imobiliário Panamby

Leia mais

PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO DA PELÁGIO OLIVEIRA S/A PELA M. DIAS BRANCO S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ALIMENTOS

PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO DA PELÁGIO OLIVEIRA S/A PELA M. DIAS BRANCO S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ALIMENTOS PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO DA PELÁGIO OLIVEIRA S/A PELA M. DIAS BRANCO S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ALIMENTOS M. DIAS BRANCO S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ALIMENTOS, sociedade anônima constituída e existente

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO CAFÉ TORRADO E MOÍDO

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO CAFÉ TORRADO E MOÍDO SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA DO CAFÉ TORRADO E MOÍDO Janeiro 2016 Substituição Tributária do Café Torrado e Moído Introdução Em função das modificações promovidas pela Lei Complementar n.º 147/2014 no Estatuto

Leia mais

Net Sorocaba Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 31 de outubro de 2010 para fins de incorporação

Net Sorocaba Ltda. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 31 de outubro de 2010 para fins de incorporação Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil em 31 de outubro de 2010 1. Globalconsulting Assessoria Contábil Ltda., empresa devidamente inscrita no Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo

Leia mais

Banrisul Global Fundo de Investimento Renda Fixa de Longo Prazo

Banrisul Global Fundo de Investimento Renda Fixa de Longo Prazo Banrisul Global Fundo de Investimento Renda Fixa de Longo Prazo CNPJ 08.960.563/0001-33 (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - CNPJ 92.702.067/0001-96) Demonstrações Financeiras

Leia mais

TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ: 02.558.154/0001-29 NIRE 3130002551-9 Companhia Aberta

TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ: 02.558.154/0001-29 NIRE 3130002551-9 Companhia Aberta TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ: 02.558.154/0001-29 NIRE 3130002551-9 Companhia Aberta Assembleia Geral Extraordinária Realizada em 9 de março de 2009 1. Data, Hora e Local. Realizada, em primeira

Leia mais

MOORE STEPHENS AUDITORES E CONSULTORES

MOORE STEPHENS AUDITORES E CONSULTORES DURATEX COMERCIAL EXPORTADORA S.A. AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO CONTÁBIL APURADO POR MEIO DOS LIVROS CONTÁBEIS EM 31 DE AGOSTO DE 2015 Escritório Central: Rua Laplace, 96-10 andar - Brooklin - CEP 04622-000

Leia mais

PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO E INSTRUMENTO DE JUSTIFICAÇÃO EPC EMPRESA PARANAENSE COMERCIALIZADORA LTDA. ELEKTRO ELETRICIDADE E SERVIÇOS S.A.

PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO E INSTRUMENTO DE JUSTIFICAÇÃO EPC EMPRESA PARANAENSE COMERCIALIZADORA LTDA. ELEKTRO ELETRICIDADE E SERVIÇOS S.A. PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO E INSTRUMENTO DE JUSTIFICAÇÃO ENTRE EPC EMPRESA PARANAENSE COMERCIALIZADORA LTDA. E ELEKTRO ELETRICIDADE E SERVIÇOS S.A. Pelo presente instrumento particular, as partes abaixo

Leia mais

COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA - COPEL CNPJ nº 76.483.817/0001-20 COMPANHIA ABERTA Registro na CVM nº 1431-1

COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA - COPEL CNPJ nº 76.483.817/0001-20 COMPANHIA ABERTA Registro na CVM nº 1431-1 018 COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA - COPEL CNPJ nº 76.483.817/0001-20 COMPANHIA ABERTA Registro na CVM nº 1431-1 ATA DA CENTÉSIMA QUADRAGÉSIMA OITAVA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA

Leia mais

COMPANHIA ENERGÉTICA DO MARANHÃO - CEMAR CNPJ/MF n 06272793/0001-84 NIRE 21300006869 Companhia Aberta

COMPANHIA ENERGÉTICA DO MARANHÃO - CEMAR CNPJ/MF n 06272793/0001-84 NIRE 21300006869 Companhia Aberta COMPANHIA ENERGÉTICA DO MARANHÃO - CEMAR CNPJ/MF n 06272793/0001-84 NIRE 21300006869 Companhia Aberta ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 21 DE MARÇO DE 2007. DATA, LOCAL E HORA: Aos

Leia mais

LAUDO DE AVALIAÇÃO CONTÁBIL PATRIMÔNIO LÍQUIDO MULTIMODAL PARTICIPAÇÕES LTDA.

LAUDO DE AVALIAÇÃO CONTÁBIL PATRIMÔNIO LÍQUIDO MULTIMODAL PARTICIPAÇÕES LTDA. LAUDO DE AVALIAÇÃO CONTÁBIL PATRIMÔNIO LÍQUIDO MULTIMODAL PARTICIPAÇÕES LTDA. 1 DATA BASE: Demonstrações Financeiras auditadas em 31 de dezembro de 2008, ajustadas com todos os eventos relevantes ocorridos

Leia mais

ORÇAMENTO 2014 QUADRO COMPARATIVO ENTRE A LEI Nº 9.979/13 E O PROJETO Nº 307/13

ORÇAMENTO 2014 QUADRO COMPARATIVO ENTRE A LEI Nº 9.979/13 E O PROJETO Nº 307/13 1 ORÇAMENTO 2014 QUADRO COMPARATIVO ENTRE A LEI Nº 9.979/13 E O PROJETO Nº 307/13 LEI Nº 9.979/13 Estima a receita e fixa a despesa do Estado para o exercício Financeiro de 2013. PROJETO DE LEI Nº 307/13

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA OHL BRASIL PARTICIPAÇÕES EM INFRA-ESTRUTURA LTDA. POR OBRASCON HUARTE LAIN BRASIL S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA OHL BRASIL PARTICIPAÇÕES EM INFRA-ESTRUTURA LTDA. POR OBRASCON HUARTE LAIN BRASIL S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA OHL BRASIL PARTICIPAÇÕES EM INFRA-ESTRUTURA LTDA. POR OBRASCON HUARTE LAIN BRASIL S.A. Por este instrumento, OBRASCON HUARTE LAIN BRASIL S.A., companhia aberta

Leia mais

Pelo presente instrumento particular, e na melhor forma de direito, os administradores das sociedades abaixo nomeadas e qualificadas:

Pelo presente instrumento particular, e na melhor forma de direito, os administradores das sociedades abaixo nomeadas e qualificadas: PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA ANDRADINA EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA. PELA CYRELA COMMERCIAL PROPERTIES S.A. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES Pelo presente instrumento particular, e na

Leia mais

SMILES S.A. (Companhia Aberta) CNPJ nº 15.912.764/0001-20 NIRE 35.300.439.490

SMILES S.A. (Companhia Aberta) CNPJ nº 15.912.764/0001-20 NIRE 35.300.439.490 SMILES S.A. (Companhia Aberta) CNPJ nº 15.912.764/0001-20 NIRE 35.300.439.490 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 05 DE AGOSTO DE 2016 Data, Hora e Local: aos 05 dias do mês de agosto

Leia mais

Sistema de Informações para Auditoria e Prestação de Contas

Sistema de Informações para Auditoria e Prestação de Contas Sistema de Informações para Auditoria e Prestação de Contas Plano de Contas Aplicado ao Setor Público PCASP Aplicável aos Órgãos, Entidades e Consórcios Públicos Municipais regidos pela Lei Federal nº

Leia mais

Governo do Estado do Amazonas

Governo do Estado do Amazonas LEI Nº 3.202, de 20 de dezembro de 2007 ESTIMA a receita e fixa a despesa do Estado para o exercício financeiro de 2.008. A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO AMAZONAS D E C R E T A: CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES

Leia mais

RELATÓRIO DE ANÁLISE DA GESTÃO

RELATÓRIO DE ANÁLISE DA GESTÃO RELATÓRIO DE ANÁLISE DA GESTÃO A Assessoria de Controle Interno do Tribunal de Justiça do Estado do Acre ASCOI, em cumprimento às determinações legais, apresenta o Relatório de Análise da Gestão Orçamentária,

Leia mais

MARFRIG GLOBAL FOODS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF Nº 03.853.896/0001-40 (BM&FBOVESPA: MRFG3)

MARFRIG GLOBAL FOODS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF Nº 03.853.896/0001-40 (BM&FBOVESPA: MRFG3) MARFRIG GLOBAL FOODS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF Nº 03.853.896/0001-40 (BM&FBOVESPA: MRFG3) COMUNICADO SOBRE O AUMENTO DE CAPITAL SOCIAL DA COMPANHIA APROVADO PELO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO EM 25 DE

Leia mais

Batávia S.A. Indústria de Alimentos

Batávia S.A. Indústria de Alimentos Batávia S.A. Indústria de Alimentos Laudo de avaliação (inclui balanço patrimonial) KPMG Auditores Independentes R. Dr. Renato Paes de Barros, 33 04530-904 - São Paulo, SP - Brasil Caixa Postal 2467 01060-970

Leia mais

Hypermarcas S.A. Laudo de Avaliação Contábil de Acervo Patrimonial Líquido da Hypermarcas S.A. em 30 de setembro de 2013 para fins da Cisão Parcial

Hypermarcas S.A. Laudo de Avaliação Contábil de Acervo Patrimonial Líquido da Hypermarcas S.A. em 30 de setembro de 2013 para fins da Cisão Parcial Hypermarcas S.A. Laudo de Avaliação Contábil de Acervo Patrimonial Líquido da Hypermarcas S.A. em 30 de setembro de 2013 para fins da Cisão Parcial e Laudo de Avaliação Pró-Forma Contábil do Patrimônio

Leia mais

UNIDAS S.A. CNPJ/MF nº: 04.437.534/0001-30 NIRE: 35.300.186.281. Ata de Assembleia Geral Extraordinária realizada em 30 de maio de 2016

UNIDAS S.A. CNPJ/MF nº: 04.437.534/0001-30 NIRE: 35.300.186.281. Ata de Assembleia Geral Extraordinária realizada em 30 de maio de 2016 UNIDAS S.A. CNPJ/MF nº: 04.437.534/0001-30 NIRE: 35.300.186.281 Ata de Assembleia Geral Extraordinária realizada em 30 de maio de 2016 Data, Hora e Local: No dia 30 de maio de 2016, às 10:00 horas, na

Leia mais

LAUDO DE AVALIAÇÃO. b) Com base no Protocolo e no Balanço Geral encerrado em 12/12/2006, AVALIAMOS:

LAUDO DE AVALIAÇÃO. b) Com base no Protocolo e no Balanço Geral encerrado em 12/12/2006, AVALIAMOS: 1 CONSULT CONSULTORIA EMPRESARIAL, pessoa jurídica de direito privado, com sede e foro em Curitiba, PR, na Rua Mateus Leme, 2004, 1º andar, inscrita no CNPJ (MF) sob nº. 77.371.854/0001-09 e no CRC/PR

Leia mais

CONCESSIONÁRIA LITORAL NORTE S.A. - CLN DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2005 E 2004

CONCESSIONÁRIA LITORAL NORTE S.A. - CLN DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2005 E 2004 CONCESSIONÁRIA LITORAL NORTE S.A. - CLN DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2005 E 2004 A BDO International é uma rede mundial de empresas de auditoria, denominada Firmas Membro BDO, com presença

Leia mais

AREZZO INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. (Companhia Aberta) CNPJ/MF nº 16.590.234/0001-76 NIRE 31.300.025.91-8

AREZZO INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. (Companhia Aberta) CNPJ/MF nº 16.590.234/0001-76 NIRE 31.300.025.91-8 AREZZO INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A. (Companhia Aberta) CNPJ/MF nº 16.590.234/0001-76 NIRE 31.300.025.91-8 AVISO AOS ACIONISTAS RETIFICAÇÃO DOS VALORES DO AUMENTO DE CAPITAL QUE CONSTARAM NA ATA DA REUNIÃO

Leia mais

MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures

MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

COSAN S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO CNPJ nº 50.746.577/0001-15 NIRE 35.300.177.045 Companhia Aberta

COSAN S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO CNPJ nº 50.746.577/0001-15 NIRE 35.300.177.045 Companhia Aberta COSAN S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO CNPJ nº 50.746.577/0001-15 NIRE 35.300.177.045 Companhia Aberta COSAN LOGISTICA S.A. CNPJ/MF 17.346.997/0001-39 NIRE 35.300.447.581 Companhia Aberta FATO RELEVANTE A COSAN

Leia mais

FUNEPU Demonstrações Contábeis 2009. DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS em 31 de dezembro de 2009 acompanhadas do Parecer dos Auditores Independentes

FUNEPU Demonstrações Contábeis 2009. DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS em 31 de dezembro de 2009 acompanhadas do Parecer dos Auditores Independentes DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS em 31 de dezembro de 2009 acompanhadas do Parecer dos Auditores Independentes 1 FUNDAÇÃO DE ENSINO E PESQUISA DE UBERABA - FUNEPU CNPJ 20.054.326/0001-09 BALANÇO PATRIMONIAL PARA

Leia mais

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF nº 00.108.786/0001-65. VIVAX S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF nº 01.402.

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF nº 00.108.786/0001-65. VIVAX S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF nº 01.402. NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF nº 00.108.786/0001-65 VIVAX S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF nº 01.402.946/0001-47 BRASIL TV A CABO PARTICIPAÇÕES S.A. Companhia Fechada CNPJ/MF nº

Leia mais

PREÇOS DOS SERVIÇOS DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO

PREÇOS DOS SERVIÇOS DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO PREÇOS DOS SERVIÇOS DE ACREDITAÇÃO DE ORGANISMOS DE CERTIFICAÇÃO E DE INSPEÇÃO NORMA Nº: NIE-CGCRE-140 APROVADA EM DEZ/2015 Nº 01/07 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Campo de Aplicação 3 Responsabilidade 4 Histórico

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DO BANCO DO ESTADO DE SANTA CATARINA S.A. E DA BESC S.A. CRÉDITO IMOBILIÁRIO PELO BANCO DO BRASIL S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DO BANCO DO ESTADO DE SANTA CATARINA S.A. E DA BESC S.A. CRÉDITO IMOBILIÁRIO PELO BANCO DO BRASIL S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DO BANCO DO ESTADO DE SANTA CATARINA S.A. E DA BESC S.A. CRÉDITO IMOBILIÁRIO PELO BANCO DO BRASIL S.A. Pelo presente instrumento particular, as partes abaixo, BANCO

Leia mais

CRESS/RJ - 7ª Região Conselho Regional de Serviço Social CNPJ: 33.673.237/0001-92

CRESS/RJ - 7ª Região Conselho Regional de Serviço Social CNPJ: 33.673.237/0001-92 Conselho Regional de Serviço Social CNPJ: 33.673.237/0001-92 Balanço Patrimonial ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE Especificação CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA CRÉDITOS A CURTO PRAZO Exercício Atual 1.566.424,19

Leia mais

Encargos Financeiros 2016. Program a de Pó s - Gr adu ação La to Se ns u da FGV DIREIT O SP ( GV law)

Encargos Financeiros 2016. Program a de Pó s - Gr adu ação La to Se ns u da FGV DIREIT O SP ( GV law) Encargos Financeiros 2016 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) Valores dos cursos de 32 horas (para ingressantes no 1º semestre de 2016): R$ 3.045,00 (três mil e quarenta e cinco

Leia mais

Celebrado em [---] de junho de 2008

Celebrado em [---] de junho de 2008 Instrumento de Justificação e Protocolo de Incorporação da Softway Contact Center Serviços de Teleatendimento a Clientes S.A. pela Tivit Atendimentos Telefônicos S.A. Celebrado em [---] de junho de 2008

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO c TRIBUNAL DE JUSTIÇA Auditoria Administrativa de Controle Interno

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO c TRIBUNAL DE JUSTIÇA Auditoria Administrativa de Controle Interno Relatório de Auditoria Prestação de Contas Anual - FERMOJU 2012 página 1 ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO c TRIBUNAL DE JUSTIÇA Objeto: Prestação de Contas Anual Origem: Fundo Especial de Reaparelhamento

Leia mais

BANCO BTG PACTUAL S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n. 30.306.294/0001-45 Código CVM nº 22616 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO

BANCO BTG PACTUAL S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n. 30.306.294/0001-45 Código CVM nº 22616 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO BANCO BTG PACTUAL S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n. 30.306.294/0001-45 Código CVM nº 22616 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO A administração do Banco BTG Pactual S.A. ( Banco ), no contexto da proposta de incorporação

Leia mais

LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF. 33.014.556/0001-96 NIRE 3330002817.0

LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF. 33.014.556/0001-96 NIRE 3330002817.0 LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF. 33.014.556/0001-96 NIRE 3330002817.0 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DE LOJAS AMERICANAS S.A. REALIZADA EM 11 DE MARÇO DE 2014, ÀS 10:00 H. I.

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL JANEIRO A DEZEMBRO/2004

RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL JANEIRO A DEZEMBRO/2004 O Tribunal de Contas do Estado de Roraima, conforme determina a Lei de Responsabilidade Fiscal elaborou o Relatório de Gestão Fiscal - RGF relativo ao 3.º quadrimestre do exercício de 2004, nos termos

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL DE CONTAS DOC, 06.11.2012 EXTRATOS DE CONTRATOS

DIÁRIO OFICIAL DE CONTAS DOC, 06.11.2012 EXTRATOS DE CONTRATOS DIÁRIO OFICIAL DE CONTAS DOC, 06.11.2012 EXTRATOS DE CONTRATOS Contrato nº 038/2012, celebrado entre o Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais e a Synos Consultoria e Informática Ltda. Objeto: prestação

Leia mais

INSTITUTO DE TECNOLOGIA PARA O DESENVOLVIMENTO - LACTEC

INSTITUTO DE TECNOLOGIA PARA O DESENVOLVIMENTO - LACTEC INSTITUTO DE TECNOLOGIA PARA O DESENVOLVIMENTO - LACTEC DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS REFERENTES AOS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2006 E DE 2005, E PARECER DOS AUDITORES INDEPENDENTES A BDO International

Leia mais

BRASKEM S.A. POLIALDEN PETROQUÍMICA S.A. FATO RELEVANTE

BRASKEM S.A. POLIALDEN PETROQUÍMICA S.A. FATO RELEVANTE BRASKEM S.A. POLIALDEN PETROQUÍMICA S.A. FATO RELEVANTE BRASKEM S.A. ( Braskem ) e POLIALDEN PETROQUÍMICA S.A. ( Polialden ), em atendimento ao disposto nas Instruções CVM nºs 319/99 e 358/02, vêm informar

Leia mais

Embratel Participações S.A. CNPJ/MF 02.558.124/0001-12 N.I.R.E. 3330026237-7 Companhia Aberta

Embratel Participações S.A. CNPJ/MF 02.558.124/0001-12 N.I.R.E. 3330026237-7 Companhia Aberta Embratel Participações S.A. CNPJ/MF 02.558.124/0001-12 N.I.R.E. 3330026237-7 Companhia Aberta NET Serviços de Comunicação S.A. CNPJ/MF nº 00.108.786/0001-65 N.I.RE nº 35.300.177.240 Companhia Aberta FATO

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA COMPANHIA ALAGOAS INDUSTRIAL CINAL PELA BRASKEM S.A. Que entre si celebram

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA COMPANHIA ALAGOAS INDUSTRIAL CINAL PELA BRASKEM S.A. Que entre si celebram PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA COMPANHIA ALAGOAS INDUSTRIAL CINAL PELA BRASKEM S.A. Que entre si celebram COMPANHIA ALAGOAS INDUSTRIAL - CINAL, sociedade por ações de capital fechado,

Leia mais

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2004 E DE 2003

NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2004 E DE 2003 1 - CONTEXTO OPERACIONAL A Sociedade tem como objetivo principal a prestação de serviços de segurança e vigilância de estabelecimentos industriais, comerciais, bancários e residenciais, tecnologia de segurança,

Leia mais

Lei de Criação 372 13/02/1992

Lei de Criação 372 13/02/1992 CONTRATO N. º 002/CMM/2014 Estado de Rondônia Câmara Municipal de Ministro Andreazza Lei de Criação 372 13/02/1992 CONTRATO QUE ENTRE SI FAZEM, DE UM LADO A CÂMARA MUNICIPAL DE MINISTRO ANDREAZZA RO, E

Leia mais

GOVERNO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA

GOVERNO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA GOVERNO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA DECRETO Nº 43, de 23 de fevereiro de 2001 DOE 01.03.2001 Altera o Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto nº 35.245, de 26 de dezembro de 1991, implementando

Leia mais

Prestação de Contas Exercício 2013. Sisma/MT

Prestação de Contas Exercício 2013. Sisma/MT Prestação de Contas Exercício 2013 Sisma/MT SINDICATO DOS SERV. DA SAÚDE E MEIO AMB. ESTADO DE MATO GROSSO CNPJ: 03.094.349/0001-28 SINDICATO DOS SERV. DA SAÚDE E MEIO AMB. ESTADO DE MATO GROSSO CNPJ:

Leia mais

Que entre si celebram

Que entre si celebram PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO PARA CISÃO PARCIAL DA ODEBRECHT TRANSPORT PARTICIPAÇÕES S.A. SEGUIDA DE INCORPORAÇÕES REVERSAS DAS PARCELAS CINDIDAS PELA EMBRAPORT EMPRESA BRASILEIRA DE TERMINAIS PORTUÁRIOS S.A.,

Leia mais

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Itanhangá CNPJ: 07.209.225/0001-00 Gestão 2009/2012 LEI Nº 222/2010 de 31 de Agosto de 2010

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Itanhangá CNPJ: 07.209.225/0001-00 Gestão 2009/2012 LEI Nº 222/2010 de 31 de Agosto de 2010 LEI Nº 222/2010 de 31 de Agosto de 2010 Autoriza a abertura de credito adicional suplementar por anulação parcial ou total de dotações orçamentárias, e dá outras providências O Prefeito Municipal de Itanhangá,

Leia mais

Invitel, Solpart, Copart 1 e BrT Part, conjuntamente, denominadas simplesmente como Partes ;

Invitel, Solpart, Copart 1 e BrT Part, conjuntamente, denominadas simplesmente como Partes ; PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÕES DA INVITEL S.A. PELA SOLPART PARTICIPAÇÕES S.A., DA SOLPART PARTICIPAÇÕES S.A. PELA COPART 1 PARTICIPAÇÕES S.A., E DA COPART 1 PARTICIPAÇÕES S.A. PELA BRASIL TELECOM

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA MAKIRA DO BRASIL S.A. PELA TOTVS S.A. ENTRE OS ADMINISTRADORES DE MAKIRA DO BRASIL S.A. TOTVS S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA MAKIRA DO BRASIL S.A. PELA TOTVS S.A. ENTRE OS ADMINISTRADORES DE MAKIRA DO BRASIL S.A. TOTVS S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA MAKIRA DO BRASIL S.A. PELA TOTVS S.A. ENTRE OS ADMINISTRADORES DE MAKIRA DO BRASIL S.A. E TOTVS S.A. DATADO DE 23 DE JULHO DE 2008 PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE

Leia mais

EÓLICA FAÍSA III GERAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013

EÓLICA FAÍSA III GERAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 EÓLICA FAÍSA III GERAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2014. Prezados Senhores

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 4.223, DE 12 DE JUNHO DE 2013

RESOLUÇÃO Nº 4.223, DE 12 DE JUNHO DE 2013 RESOLUÇÃO Nº 4.223, DE 12 DE JUNHO DE 2013 Estabelece os termos e as condições de financiamento para a aquisição de móveis e eletrodomésticos pelo público do Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV). O

Leia mais

ABCD. Banco Nossa Caixa S.A. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil

ABCD. Banco Nossa Caixa S.A. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil ABCD Banco Nossa Caixa S.A. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil ABCD KPMG Auditores Independentes R. Dr. Renato Paes de Barros, 33 04530-904 - São Paulo, SP - Brasil Caixa Postal 2467 01060-970

Leia mais

Presidência da República

Presidência da República Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 12.913, DE 18 DEZEMBRO DE 2013 (publicada no DOU de 19/12/13, Seção 1, página 19) Abre ao Orçamento Fiscal da União, em favor

Leia mais