MANUAL DO SISTEMA DE BANCO DE TALENTOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DO SISTEMA DE BANCO DE TALENTOS"

Transcrição

1 4 MANUAL DO SISTEMA DE BANCO DE TALENTOS Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará 1

2

3 Secretária do Planejamento e Gestão Desirée Custódio Mota Gondim Secretário Adjunto Reno Ximenes Ponte Secretária Executiva Lúcia Carvalho Cidrão Equipe de elaboração Coodernadoria de Gestão de Pessoas Ângela Márcia Fernandes Araújo Gláucia Uiaba Valberg Barbosa Cavalcante Coordenadoria de Infra-estrutura de Tecnologia da Informação e Comunicação Ana Katarina Lopes Maia Diego Chaves de Oliveira Illana Pinheiro Bezerra Rômulo Santos IMPULSIONARH Desenvolvimento Humano Ana Cláudia Milério Aguiar Samara Moraes DIAGRAMAÇÃO Manoel Vital da Silva Júnior ORGANIZAÇÃO Rejane Cavalcante 3

4 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO DEFINIÇÕES BÁSICAS Competências Conhecimentos Habilidades Atitudes O QUE É BANCO DE TALENTOS? OBJETIVOS DO BANCO DE TALENTOS IMPORTÂNCIA DO BANCO DE TALENTOS RESULTADOS ESPERADOS FLUXO DO SISTEMA SERVIDORES Como Podem Utilizar o Banco de Talentos Como participar de seleções (exemplo) Como fazer a Inscrição Como Solicitar um Recurso GESTOR Como Acessar o Banco de Talentos Como Solicitar Acesso Como Pesquisar um Talento Como Criar uma Demanda para uma Seleção Como Gerenciar uma Seleção Como Publicar uma Seleção Como Validar Fichas dos Candidatos Como Validar Recursos Como Sair do Sistema

5 1. Introdução O Banco de Talentos apresentou-se como necessidade do atual Governo nos processos de reestruturação e/ou extinção de órgãos, fato que fez ressaltar a carência de profissionais em algumas Secretarias e a possibilidade de outras Unidades disponibilizarem parte de seus Servidores. Constitui-se, portanto, num instrumento de Gestão Estratégica de Pessoas à medida em que auxilia na adequada ocupação de cargos técnicos e/ou gerenciais disponíveis, possibilita a realização de cruzamentos do perfil dos servidores com o perfil demandado pelos diversos Órgãos/ Entidades, facilita processos de recolocação de Servidores, internamente no seu próprio Órgão de Origem, compatibilizando o perfil profissional e pessoal com as atividades a serem desenvolvidas, facilitando o recrutamento interno quando necessário e possível. Dessa forma, a Secretaria do Planejamento do Estado do Ceará, por meio da Coordenadoria de Gestão de Pessoas COGEP e com o apoio da Coordenadoria de Infra-estrutura de Tecnologia de Informação e Comunicação COTEC, decidiu implantar o Banco de Talentos, no âmbito da Administração Pública Estadual, cujos resultados esperados visa o melhor gerenciamento e desenvolvimento das pessoas, compatibilizando as competências institucionais com as competências humanas e técnicas dos Servidores, de forma a proporcionar-lhes maior satisfação no trabalho e contribuir para a excelência de resultados da Administração Pública Estadual. 5

6 2. DEFINIÇÕES BÁSICAS 2.1. Competências Constituem-se em um conjunto de comportamentos que implicam no desempenho adequado de uma pessoa em relação às suas atividades em uma organização. Tais comportamentos, por sua vez, dependem dos conhecimentos, habilidades e atitudes que as pessoas possuem e apresentam no desenvolvimento de suas atividades, como também de sua motivação e dos meios disponíveis para realizar as tarefas. Logo, é importante avaliar não apenas a capacidade potencial da pessoa, mas também a sua capacidade de transformar este potencial no desempenho esperado pela organização Conhecimentos Correspondem ao saber teórico que as pessoas precisam possuir para desempenhar suas funções. Incluem tanto a formação escolar, como em cursos específicos, treinamentos no trabalho Habilidades Correspondem à capacidade que as pessoas possuem para aproveitar o seu conhecimento em prol da realização de suas atividades de forma mais eficiente. Em outras palavras, não basta à pessoa saber, ela precisa ter a capacidade de transformar este conhecimento em resultados concretos Atitudes Refletem a forma como a pessoa age nas relações com seus colegas de trabalho, chefia a equipe subordinada. Estas atitudes devem estar adaptadas aos valores, ao padrão cultural e às normas da organização. 6

7 3. O QUE É O BANCO DE TALENTOS? O Banco de Talentos constitui-se numa ferramenta de gestão estratégica de pessoas que possibilitará conhecer as competências dos servidores e realizar cruzamentos desses perfis com o perfil demandado pelos diversos Órgãos/Entidades. 4. OBJETIVOS DO BANCO DE TALENTOS Permitir a busca e seleção de pessoas para atender as necessidades dos Órgãos/Entidades do Poder Executivo Estadual*, no que se refere: Cessão e remoção de servidor; Indicação para cargo comissionado; Formação de grupos de trabalho ou equipe de projeto; Estruturação de novas unidades de trabalho; Identificação de servidor para prestar serviços de cooperação técnica; Movimentação de servidores no próprio Órgão. Identificar servidores com perfil para atuar como facilitador de processos educacionais; Possibilitar a seleção de pessoas para o preenchimento de vagas para cargos técnicos e/ou gerenciais, de forma que os aspectos de mérito, competência, formação e experiência sejam os principais focos; Identificar e utilizar os saberes e os talentos dos servidores estaduais permitindo o reconhecimento, a valorização pessoal e o desenvolvimento institucional; Subsidiar a gestão de pessoas com informações e estatísticas sobre o perfil do servidor público estadual de forma dinâmica e acessível, para apoio à tomada de decisões. Possibilitar ao Servidor Público pleitear sua movimentação nas situações previstas * Obs: Ressalvados os critérios estabelecidos em legislação específica para a mobilidade do servidor 7

8 5. IMPORTÂNCIA DO BANCO DE TALENTOS PARA O SERVIDOR Elevação da satisfação interna PARA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Identificar talentos humanos existentes para preencher vagas internas gerando mais assertividade na recolocação. Maior integração à função Melhoria do potencial humano Remanejar servidores de diversos setores tomando como base o contexto e o real potencial do servidor. Otimização da utilização dos recursos para Treinamento e Desenvolvimento focado nos gap s existentes entre o esperado e o real. Ampliação das competências Realocar servidores em setores, funções e projetos em que possam aplicar seus conhecimentos e habilidades. Ampliar horizontes profissionais, dos servidores, compatíveis com a capacidade de desenvolvimento das pessoas, promovendo maior transparência,qualidade e produtividade; Acomodar os servidores nas unidades, segundo a relação necessidade/competências. 6. RESULTADOS ESPERADOS Melhoria no gerenciamento e desenvolvimento das pessoas Compatibilização das competências institucionais com competências humanas e técnicas dos Servidores Maior satisfação no trabalho interno Excelência de resultados para a Administração Direta do Poder Executivo do Estado 8

9 7. FLUXO Do SISTEMA 8. SERVIDORES 8.1. Como Podem Utilizar o Banco de Talentos Todos os servidores terão acesso à visualizar as demandas e seleções internas existentes no Banco de Talentos e se cadastrarem, caso queiram participar de tais processos. 9

10 8.2. Como Participar de Seleções 10

11 8.3. Como Fazer a Inscrição 11

12 (PNE) - Portadora de necessidade especiais 12

13 8.4. Como Solicitar um Recurso 13

14 9. GESTOR 9.1. Como Acessar o Banco de Talentos 14

15 9.2. Como Solicitar Acesso O acesso ao Banco de Talentos será fornecido mediante solicitação encaminhada à área responsável pela gestão do sistema em formato a ser definido pela mesma (ofício, ou telefone), onde o usuário deverá informar: Nome completo, CPF, corporativo, telefone corporativo, entidade, unidade/coordenadoria e perfil. Tela de Abertura 15

16 9.3. Como Pesquisar um Talento Dados funcionais do servidor 16

17 Dados de desenvolvimento do servidor Dados relativos as experiências profissionais do servidor 17

18 Filtros selecionados como exemplo Resultado baseado nos filtros selecionados Pesquisa direta por CPF e/ou Órgão 18

19 Exemplo por Órgão: Seplag 9.4. Como Criar uma Demanda para uma Seleção O gestor do órgão pode cadastrar uma demanda para seleção interna, caso ele não encontre um candidato dentro do perfil desejado. 19

20 9.5. Como Gerenciar uma Seleção Após a demanda para uma seleção interna ter sido validada pela Seplag, o gestor pode criar e gerenciar a seleção. 20

21 Você pode criar um cargo ou importar uma demanda que você cadastrou anteriormente 9.6. Como Publicar uma Seleção 21

22 9.7. Como Validar Fichas dos Candidatos 22

23 9.8. Como Validar Recursos 9.9. Como Sair do Sistema 23

24 Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado do Ceará

Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará

Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará 23 MANUAL DO Sistema de Gestão de Bens Imóveis SGBI Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará 2 manual do Sistema de Gestão de Bens Imóveis - SGBI Secretária do Planejamento e Gestão Desirée

Leia mais

MANUAL DE CARGOS E FUNÇÕES EM COMISSÃO

MANUAL DE CARGOS E FUNÇÕES EM COMISSÃO 6 MANUAL DE CARGOS E FUNÇÕES EM COMISSÃO Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará MANUAL DE CARGOS E FUNÇÕES EM COMISSÃO 1 Secretária do Planejamento e Gestão Desirée Custódio Mota Gondim

Leia mais

MANUAL DE CERTIDÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO

MANUAL DE CERTIDÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO 11 MANUAL DE CERTIDÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará MANUAL DE CERTIDÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO 1 Secretária do Planejamento e Gestão Desirée Custódio

Leia mais

Sistema Gestão de Gente

Sistema Gestão de Gente Sistema Gestão de Gente Uma organização moderna requer ferramentas de gestão modernas, que incorpore as melhores práticas de mercado em gestão de recursos humanos, que seja fácil de usar e que permita

Leia mais

MANUAL DA APOSENTADORIA E ABONO DE PERMANÊNCIA

MANUAL DA APOSENTADORIA E ABONO DE PERMANÊNCIA 9 MANUAL DA APOSENTADORIA E ABONO DE PERMANÊNCIA Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará Manual da Aposentadoria e Abono de Permanência 1 Secretária do Planejamento e Gestão Desirée Custódio

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 Versão 1.0 1 APRESENTAÇÃO O Planejamento

Leia mais

Gestão Por Competências nas IFES

Gestão Por Competências nas IFES Goiânia 22 de Novembro de 2012 Gestão Por Competências nas IFES Anielson Barbosa da Silva anielson@uol.com.br A G E N D A 1 Desafios da Gestão de Pessoas nas IFES. 2 3 Bases Legais da Gestão de Pessoas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Campina Grande Secretaria de Recursos Humanos Coordenação de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Campina Grande Secretaria de Recursos Humanos Coordenação de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Campina Grande Secretaria de Recursos Humanos Coordenação de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas EDITAL CGDP/SRH Nº 12/2011 ABERTURA E DISPOSIÇÕES GERAIS

Leia mais

NORMA DE INSTRUTORIA INTERNA NOR 351

NORMA DE INSTRUTORIA INTERNA NOR 351 MANUAL DE GESTÃO DE PESSOAS COD. 300 ASSUNTO: INSTRUTORIA INTERNA APROVAÇÃO: Resolução DIREX nº 463, de 10/09/2012 VIGÊNCIA: 10/09/2012 NORMA DE INSTRUTORIA INTERNA NOR 351 01/07 ÍNDICE 1. FINALIDADE...

Leia mais

Meritocracia na Gestão Pública

Meritocracia na Gestão Pública Meritocracia na Gestão Pública A experiência do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MPRN) no processo seletivo para cargos de provimento em comissão Adriana Nóbrega Silva Azevedo Motivação

Leia mais

SELETIVO DE INSTRUTORES INTERNOS PARA O BANCO DE TALENTOS DA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS

SELETIVO DE INSTRUTORES INTERNOS PARA O BANCO DE TALENTOS DA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS EDITAL DE CONVOCAÇ ÃO Nº 001/2016/Progep PROCESSO SELETIVO DE INSTRUTORES INTERNOS PARA O BANCO DE TALENTOS DA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas/Progep, por meio da

Leia mais

Formação Analista DISC

Formação Analista DISC Formação Analista DISC Metodologia DISC Os Fatores DISC representam reações comportamentais a partir da percepção que o indivíduo tem do ambiente. Marston precisava medir de algum modo os estilos de comportamento.

Leia mais

4. BANCO DE COMPETÊNCIAS PROPOSTA DE UMA FERRAMENTA DE APOIO À DECISÃO DE CAPACITAÇÃO DE RH

4. BANCO DE COMPETÊNCIAS PROPOSTA DE UMA FERRAMENTA DE APOIO À DECISÃO DE CAPACITAÇÃO DE RH 4. BANCO DE COMPETÊNCIAS PROPOSTA DE UMA FERRAMENTA DE APOIO À DECISÃO DE CAPACITAÇÃO DE RH 1. INTRODUÇÃO Gilson da Silva Cardoso Antonio Carlos Francisco Luciano Scandelari O mundo está experimentando

Leia mais

2 Previdência com Qualidade criando um estado de excelência.

2 Previdência com Qualidade criando um estado de excelência. 2 Previdência com Qualidade criando um estado de excelência. GOVERNADOR Cid Ferreira Gomes VICE-GOVERNADOR Francisco José Pinheiro SECRETÁRIA DO PLANEJAMENTO E GESTÃO Silvana Maria Parente Neiva Santos

Leia mais

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS GESTÃO POR COMPETÊNCIAS STM ANALISTA/2010 ( C ) Conforme legislação específica aplicada à administração pública federal, gestão por competência e gestão da capacitação são equivalentes. Lei 5.707/2006

Leia mais

1. DOTPROJECT. 1.2. Tela Inicial

1. DOTPROJECT. 1.2. Tela Inicial 1 1. DOTPROJECT O dotproject é um software livre de gerenciamento de projetos, que com um conjunto simples de funcionalidades e características, o tornam um software indicado para implementação da Gestão

Leia mais

Universidade Federal de São Carlos

Universidade Federal de São Carlos Universidade Federal de São Carlos CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA Apresentação O Curso de Especialização em Saúde da Família deverá contribuir para o desenvolvimento de capacidades (cognitivas,

Leia mais

O NOVO MODELO DE AVALIAÇÃO

O NOVO MODELO DE AVALIAÇÃO III Congresso Consad de Gestão Pública O NOVO MODELO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DA SEPLAG Norma Maria Cavalcanti Alcoforado Painel 02/007 Avaliação de desempenho e remuneração variável O NOVO MODELO DE

Leia mais

Recrutamento e Seleção. Orientações aos Candidatos

Recrutamento e Seleção. Orientações aos Candidatos Recrutamento e Seleção Orientações aos Candidatos COPACOL - COOPERATIVA AGROINDUSTRIAL CONSOLATA DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE PESSOAS Recrutamento e Seleção Orientações aos Candidatos Índice 1. Objetivo...

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO - PROEX COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD EDITAL Nº 01/2013

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO - PROEX COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD EDITAL Nº 01/2013 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO - PROEX COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD EDITAL Nº 01/2013 A Universidade Federal Fluminense (UFF), por meio da Pró-Reitoria de Extensão

Leia mais

GESPÚBLICA Rede Nacional de Consultores. Apresentação SERVIÇO PÚBLICO RELEVANTE

GESPÚBLICA Rede Nacional de Consultores. Apresentação SERVIÇO PÚBLICO RELEVANTE GESPÚBLICA Rede Nacional de Consultores Apresentação A Rede de Nacional de Consultores "ad hoc" do Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização GesPública se constitui elemento de suma importância

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR 1. Como são os cursos ofertados pela plataforma freire e quais os benefícios para os professores que forem selecionados? O professor sem formação poderá estudar nos

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 4031 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL Nº

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 4031 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL Nº Impresso por: RAFAEL DE SOUZA RODRIGUES DOS SANTOS Data da impressão: 10/08/015-14:4:5 SIGOEI - Sistema de Informações Gerenciais da OEI TERMO DE REFERÊNCIA Nº 401 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO

Leia mais

MÓDULO 1 Conhecendo o HÓRUS

MÓDULO 1 Conhecendo o HÓRUS MÓDULO 1 Conhecendo o HÓRUS Bem-vindo(a) ao primeiro módulo do curso! A partir de agora você conhecerá as principais características do sistema HÓRUS. Para iniciar, você saberia dizer por que este sistema

Leia mais

2 Processo de Pré-Inscrição

2 Processo de Pré-Inscrição Prefeitura de Guarulhos Secretaria de Administração e Modernização Departamento de Modernização Administrativa Escola de Administração Pública de Guarulhos 2 Processo de Pré-Inscrição Divisão de Desenvolvimento

Leia mais

LinkedIn - Tendências globais em recrutamento para 2013 1

LinkedIn - Tendências globais em recrutamento para 2013 1 LinkedIn - Tendências globais em recrutamento para 2013 Visão Brasil As cinco principais tendências em atração de talentos que você precisa saber 2013 LinkedIn Corporation. Todos os direitos reservados.

Leia mais

OUVIDORIA GERAL DO ESTADO DE MATO GROSSO OPERAÇÃO EM REDE

OUVIDORIA GERAL DO ESTADO DE MATO GROSSO OPERAÇÃO EM REDE OUVIDORIA GERAL DO ESTADO DE MATO GROSSO OPERAÇÃO EM REDE OUVIDORIA PÚBLICA Canal de escuta que tem como foco a aproximação do cidadão com o poder público visando a garantia de direitos e promoção da cidadania.

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE COLABORADORES VOLUNTÁRIOS PARA I EDIÇÃO DOS JOGOS MUNDIAIS DOS POVOS INDÍGENAS

EDITAL DE SELEÇÃO DE COLABORADORES VOLUNTÁRIOS PARA I EDIÇÃO DOS JOGOS MUNDIAIS DOS POVOS INDÍGENAS EDITAL DE SELEÇÃO DE COLABORADORES VOLUNTÁRIOS PARA I EDIÇÃO DOS JOGOS MUNDIAIS DOS POVOS INDÍGENAS O Centro Universitário Luterano de Palmas (CEULP/ULBRA), por meio da Coordenação de Extensão e Assuntos

Leia mais

Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará

Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará 25 Manual de FINANCIAMENTO DE SERVIDOR PÚBLICO / EMPREGADO PARA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará Secretária do Planejamento e Gestão Desirée Custódio Mota

Leia mais

POLÍTICA DE GESTÃO DE CARGOS E SALÁRIOS

POLÍTICA DE GESTÃO DE CARGOS E SALÁRIOS POLÍTICA DE GESTÃO DE CARGOS E SALÁRIOS I. Introdução Este Manual de Gestão de Cargos e Salários contempla todas as Áreas e Equipamentos da POIESIS e visa a orientar todos os níveis de gestão, quanto às

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL CGDP/SRH Nº 12/2013 ABERTURA E DISPOSIÇÕES GERAIS DOS CURSOS DE CAPACITAÇÃO

Leia mais

Funções. Usuários. Servidores públicos.

Funções. Usuários. Servidores públicos. Manual Versão 1.0 O sistema de Recursos Humanos é utilizado para coletar, registrar, armazenar, analisar e recuperar dados dos recursos humanos da administração direta do Governo do Estado de Rondônia

Leia mais

Formação em Gestão Acadêmica

Formação em Gestão Acadêmica PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAL COORDENAÇÃO DE ENSINO E INTEGRAÇÃO ACADÊMICA NÚCLEO DE FORMAÇÃO PARA DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR Formação em Gestão Acadêmica Cruz das Almas-BA

Leia mais

Boletim Técnico. Empresa. Vagas. Central de Estágio. Desenvolvimento/Procedimento. Acesse Atividades Acadêmicas Estágio Empresa

Boletim Técnico. Empresa. Vagas. Central de Estágio. Desenvolvimento/Procedimento. Acesse Atividades Acadêmicas Estágio Empresa Boletim Técnico Central de Estágio Produto : TOTVS Educacional 11.83.52 Processo : Central de Estágio Subprocesso : Não se aplica Data da publicação : 12/11/2013 A funcionalidade de Central de Estágio

Leia mais

ESTATUTO DAS COMUNIDADES DE PRÁTICA - COPs NO PODER EXECUTIVO ESTADUAL

ESTATUTO DAS COMUNIDADES DE PRÁTICA - COPs NO PODER EXECUTIVO ESTADUAL ESTATUTO DAS COMUNIDADES DE PRÁTICA - COPs NO PODER EXECUTIVO ESTADUAL RESOLUÇÃO SEPLAG no. xx/xxxx Disciplina o funcionamento das Comunidades de Prática CoPs no âmbito do Poder Executivo Estadual, vinculadas

Leia mais

Roteiro. Secretaria Estadual. Ministério da Educação

Roteiro. Secretaria Estadual. Ministério da Educação 04 Roteiro Secretaria Estadual Ministério da Educação O Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica é resultado da ação conjunta do Ministério da Educação (MEC), de Instituições Públicas

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS PARA GESTAO DE PESSOAS E DE PROCESSOS. Empresa XPTO 1

SISTEMAS INTEGRADOS PARA GESTAO DE PESSOAS E DE PROCESSOS. Empresa XPTO 1 Empresa XPTO 1 Desenvolvimento de Sistema Integrado de Informação para a área de Recrutamento e Seleção - Recursos Humanos Empresa XPTO Alunos: -------- -------- -------- -------- -------- Descrição da

Leia mais

Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará

Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará 14 MANUAL DA Rede de Planejamento Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará Secretária do Planejamento e Gestão Desirée Custódio Mota Gondim Secretário Adjunto Reno Ximenes Ponte Secretária

Leia mais

TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO

TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO Carta de Apresentação Prezados Parceiros, A Maplo traz uma inovação em seu atendimento, com o intuito de facilitar o processo de pré-matrícula em nossos

Leia mais

Módulo: Gestão de Pessoas

Módulo: Gestão de Pessoas O Sistema FIRJAN, por meio do Instituto Euvaldo Lodi (IEL-RJ), apresenta o Programa de Capacitação Empresarial Inovando na Gestão. O objetivo é atualizar e capacitar os empresários e dirigentes empresariais

Leia mais

Como criar uma boa publicação de vaga

Como criar uma boa publicação de vaga Como criar uma boa publicação de vaga Introdução O GerentedeRH.com é um sistema de gerenciamento de processos de Recrutamento & Seleção. Parte das informações processadas a partir do momento da publicação

Leia mais

Planejamento de Recursos Humanos

Planejamento de Recursos Humanos UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Filosofia e Ciências Câmpus de Marília Departamento de Ciência da Informação Planejamento de Recursos Humanos Profa. Marta Valentim Marília 2014 As organizações

Leia mais

Desenvolvendo pessoas e um melhor serviço à sociedade

Desenvolvendo pessoas e um melhor serviço à sociedade Desenvolvendo pessoas e um melhor serviço à sociedade Relatório de atividades 2014 Introdução No quadriênio de 2007 a 2010 a implantação de Modelo de Gestão de Pessoas por Competências na Secretaria da

Leia mais

CONCEITO OBJETIVO 24/9/2014. Indicadores de Saúde. Tipos de indicadores. Definição

CONCEITO OBJETIVO 24/9/2014. Indicadores de Saúde. Tipos de indicadores. Definição Indicadores de Saúde Definição PROFª FLÁVIA NUNES É a quantificação da realidade, que permite avaliar/comparar níveis de saúde entre diferentes populações ao longo do tempo. Tipos de indicadores IMPORTÂNCIA

Leia mais

BPMs Alavanca para a excelência operacional de processos transacionais

BPMs Alavanca para a excelência operacional de processos transacionais BPMs Alavanca para a excelência operacional de processos transacionais ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO A Unimed Londrina; Objetivos do Projeto; Estratégia Adotada; Comunicação; Características da solução; Processos

Leia mais

MANUAL SISTEMA AJG/CJF

MANUAL SISTEMA AJG/CJF MANUAL DO SISTEMA AJG/CJF ÍNDICE 1. SEJA BEM VINDO AO AJG... 3 1.1 Seja Bem-Vindo!... 3 2. SOBRE A AJUDA... 4 2.1 Como navegar no ajuda on-line... 4 3. SOBRE O SISTEMA... 5 3.1 Sobre o sistema... 5 3.2

Leia mais

SEPLAN. Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico MANUAL DO SISTEMA DE METAS DE TREINAMENTO 1. OBJETIVOS

SEPLAN. Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico MANUAL DO SISTEMA DE METAS DE TREINAMENTO 1. OBJETIVOS MANUAL DO SISTEMA DE METAS DE TREINAMENTO 1. OBJETIVOS 1.1. Definir procedimentos necessários para o acompanhamento dos Programas de Treinamento e Capacitação de Recursos Humanos da SEPLAN e dos Órgãos

Leia mais

Roteiro 3. Administrando o Perfil. Secretaria Estadual

Roteiro 3. Administrando o Perfil. Secretaria Estadual Roteiro 3 Administrando o Perfil Secretaria Estadual Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica O Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica é resultado da ação conjunta

Leia mais

Elétrica montagem e manutenção ltda. AVALIAÇÃO DE COLABORADORES

Elétrica montagem e manutenção ltda. AVALIAÇÃO DE COLABORADORES AVALIAÇÃO DE COLABORADORES RESUMO A preocupação com o desempenho dos colaboradores é um dos fatores que faz parte do dia-a-dia da nossa empresas. A avaliação de desempenho está se tornando parte atuante

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ REITORIA DE PLANEJAMENTO DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COORDENAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ REITORIA DE PLANEJAMENTO DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COORDENAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 Perfis Envolvidos SIGAA GRADUAÇÃO Manual do Administrador Perfil Administrador DAE Administrador de Graduação: Administrador de Graduação (Servidor responsável pelo gerenciamento administrativo, cadastro

Leia mais

CADASTRAMENTO DE INSTRUTORES INTERNOS EXERCÍCIO 2011

CADASTRAMENTO DE INSTRUTORES INTERNOS EXERCÍCIO 2011 CADASTRAMENTO DE INSTRUTORES INTERNOS EXERCÍCIO 2011 A, no uso de suas atribuições legais e, tendo em vista o disposto no Programa de Capacitação e Aperfeiçoamento da UNIVASF, aprovado pela Resolução/CONUNI/02/2008,

Leia mais

Sistema de HelpDesk da SESAU Guia do Usuário

Sistema de HelpDesk da SESAU Guia do Usuário Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas SESAU Coordenadoria Setorial de Gestão a Informática - CSGI Sistema de HelpDesk da SESAU Guia do Usuário Maceió 06/02/2012 Técnico Responsável: Bruno Cavalcante

Leia mais

NORMA INTERNA DE TREINAMENTO FAUUSP

NORMA INTERNA DE TREINAMENTO FAUUSP NORMA INTERNA DE TREINAMENTO FAUUSP 1. OBJETIVOS Apresentar as diretrizes básicas e os procedimentos institucionais necessários à realização das atividades de treinamento. 2. DEFINIÇÕES 2.1. Treinamento

Leia mais

REGULAMENTO NÚCLEO DE ACESSIBILIDADE E ATENDIMENTO PSICOPEDAGÓGICO - NAAP INSTITUTO MASTER DE ENSINO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS

REGULAMENTO NÚCLEO DE ACESSIBILIDADE E ATENDIMENTO PSICOPEDAGÓGICO - NAAP INSTITUTO MASTER DE ENSINO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS REGULAMENTO NÚCLEO DE ACESSIBILIDADE E ATENDIMENTO PSICOPEDAGÓGICO - NAAP INSTITUTO MASTER DE ENSINO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS Art. 1º O presente regulamento tem por finalidade normatizar as atividades

Leia mais

RESOLUÇÃO REITORIA Nº 001 DE 26 DE MARÇO DE 2013

RESOLUÇÃO REITORIA Nº 001 DE 26 DE MARÇO DE 2013 RESOLUÇÃO REITORIA Nº 001 DE 26 DE MARÇO DE 2013 Regulamenta a oferta do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em RECURSOS HUMANOS a ser ofertado na Universidade Alto Vale do Rio do Peixe - UNIARP, sede

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL CGDP/PRH Nº 005/2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL CGDP/PRH Nº 005/2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL CGDP/PRH Nº 005/2013 ABERTURA E DISPOSIÇÕES GERAIS DO CURSO DE GESTÃO DE

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO PORTARIA Nº 586/10/GS/SEDUC/MT

ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO PORTARIA Nº 586/10/GS/SEDUC/MT ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO PORTARIA Nº 586/10/GS/SEDUC/MT Dispõe sobre os critérios para atribuição do professor articulador e professor da sala de recursos multifuncionais

Leia mais

Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 2013. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD.

Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 2013. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 203. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. GESTÃO EAD Os currículos deverão ser encaminhados para o endereço eletrônico

Leia mais

RH EM AÇÃO INFORMATIVO Nº 01

RH EM AÇÃO INFORMATIVO Nº 01 RH EM AÇÃO INFORMATIVO Nº 01 A Superintendência de Administração de Recursos Humanos/SEDUC, em consonância com a política de gestão e valorização de pessoas, desenvolvida pela Secretaria de Estado da Educação,

Leia mais

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO COM FOCO EM COMPETÊNCIAS:

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO COM FOCO EM COMPETÊNCIAS: AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO COM FOCO EM COMPETÊNCIAS: Implantação do sistema de Avaliação de Desempenho com Foco em Competências no Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região Belém PA 2013 AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

Leia mais

Política de Recursos Humanos do Grupo Schindler

Política de Recursos Humanos do Grupo Schindler Política de Recursos Humanos do Grupo Schindler 2 Introdução A política corporativa de RH da Schindler define as estratégias relacionadas às ações para com seus colaboradores; baseia-se na Missão e nos

Leia mais

Apresentação Plano de Integridade Institucional da Controladoria-Geral da União (PII)

Apresentação Plano de Integridade Institucional da Controladoria-Geral da União (PII) PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO Secretaria-Executiva Diretoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional Plano de Integridade Institucional (PII) 2012-2015 Apresentação Como

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo

Leia mais

MANUAL DO ALUNO PÓS-GRADUAÇÃO

MANUAL DO ALUNO PÓS-GRADUAÇÃO MANUAL DO ALUNO PÓS-GRADUAÇÃO CARO ALUNO, Seja Bem-Vindo às Escolas e Faculdades QI! Desejamos a você uma excelente jornada de estudos e evolução, tanto no campo profissional, como pessoal. Recomendamos

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 4030 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL Nº

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 4030 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL Nº Impresso por: RAFAEL DE SOUZA RODRIGUES DOS SANTOS Data da impressão: 10/08/2015-14:35:04 SIGOEI - Sistema de Informações Gerenciais da OEI TERMO DE REFERÊNCIA Nº 4030 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

Leia mais

O que sua escola precisa, agora bem aqui na sua mão! Responsabilidade em gestão de instituições de ensino

O que sua escola precisa, agora bem aqui na sua mão! Responsabilidade em gestão de instituições de ensino O que sua escola precisa, agora bem aqui na sua mão! Responsabilidade em gestão de instituições de ensino Escolher o Sponte Educacional é escolher inteligente Sistema web para gerenciamento de instituições

Leia mais

EDITAL Nº 01/FCCE/2015 (6ª Oferta UFRRJ)

EDITAL Nº 01/FCCE/2015 (6ª Oferta UFRRJ) Curso de Extensão a Distância Formação Continuada em Conselhos Escolares EDITAL Nº 01/FCCE/2015 (6ª Oferta UFRRJ) Seleção para 240 vagas do Curso de Extensão a Distância Formação Continuada em Conselhos

Leia mais

Quais são os objetivos dessa Política?

Quais são os objetivos dessa Política? A Conab possui uma Política de Gestão de Desempenho que define procedimentos e regulamenta a prática de avaliação de desempenho dos seus empregados, baseada num Sistema de Gestão de Competências. Esse

Leia mais

CURSO Elaboração de Especificações de Itens para o Catálogo de bens, materiais e serviços.

CURSO Elaboração de Especificações de Itens para o Catálogo de bens, materiais e serviços. CURSO Elaboração de Especificações de Itens para o Catálogo de bens, materiais e serviços. FRANCISCO JOSÉ COELHO BEZERRA Gestor de Registro de Preços Fortaleza 26 a 28/11/2014 SORAYA QUIXADÁ BEZERRA Gestora

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PARA GESTÃO EMPRESARIAL FATEC JUNDIAÍ 2009

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PARA GESTÃO EMPRESARIAL FATEC JUNDIAÍ 2009 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PARA GESTÃO EMPRESARIAL FATEC JUNDIAÍ 2009 Apresentação: O curso de Especialização em Sistemas de Informação para Gestão Empresarial será oferecido em nível

Leia mais

Núcleo de Empregabilidade e Empreendedorismo MANUAL DO ALUNO UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO

Núcleo de Empregabilidade e Empreendedorismo MANUAL DO ALUNO UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO Núcleo de Empregabilidade e Empreendedorismo MANUAL DO ALUNO UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO SUMÁRIO Apresentação...... 2 Considerações Iniciais.... 4 Portal de Empregabilidade.... 7 Requisitos Mínimos... 7

Leia mais

Ana Cláudia Braga Mendonça

Ana Cláudia Braga Mendonça Plano de Cargos e Salários CSJT OCUPAÇÃO DE FUNÇÃO COMISSIONADA E CARGO EM COMISSÃO I - FUNÇÕES COMISSIONADAS (FC-1 - FC-6) 80% > servidores integrantes das Carreiras do Poder Judiciário da União; (Art.3º)

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO USUÁRIO DO SIAPE SAUDE

MANUAL OPERACIONAL DO USUÁRIO DO SIAPE SAUDE 1 de 75 12/06/2012 11:18 MANUAL OPERACIONAL DO USUÁRIO DO SIAPE SAUDE MÓDULO PROMOÇÃO À SAÚDE Departamento de Políticas de Saúde, Previdência e Benefício do Servidor - DESAP/SEGEP/MP Ministério do Planejamento

Leia mais

Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Finanças

Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Finanças Sistema Integrado de Planejamento Orçamento e Índice SIMEC Página 02 de10 Guia Rápido Solicitando Cadastro...4 Alterando a Chave de Acesso...6 Navegação...7 Índice de Figuras Fig. 1 Tela Inicial...4 Fig.

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS E TALENTOS

DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS E TALENTOS DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS E TALENTOS CompetencyCore5 Success Through Competency-based Talent Management DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS E TALENTOS A Gestão do Capital Humano com Foco nas Competências

Leia mais

ESCOLA DE GOVERNO DE ALAGOAS REGIMENTO INTERNO DA ESCOLA DE GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS

ESCOLA DE GOVERNO DE ALAGOAS REGIMENTO INTERNO DA ESCOLA DE GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS ESCOLA DE GOVERNO DE ALAGOAS REGIMENTO INTERNO DA ESCOLA DE GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS ( Decreto nº 24.202, de 07 de janeiro de 2013 Anexo Único Publicado no Diário Oficial do Estado de 08 de janeiro

Leia mais

Faturamento Eletrônico Padrão ANS. Sumário

Faturamento Eletrônico Padrão ANS. Sumário Sumário 1. VISÃO GERAL...2 2. CONFIGURAÇÕES...2 2.1 CADASTRAR CONVÊNIOS...3 2.2 CADASTRAR COMPETÊNCIA...4 2.3 CADASTRAR LOTES...4 3. GUIAS DE CONSULTA...5 4. GUIAS DE SP/SADT...5 4. GUIAS DE OUTRAS DESPESAS...6

Leia mais

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO NOVAS LIDERANÇAS

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO NOVAS LIDERANÇAS Apresentação Atenta aos movimentos do mercado e ao cenário competitivo vivenciado pelas empresas e profissionais, a ADVB/RS atua na área de educação corporativa e oferece conhecimentos alinhado às principais

Leia mais

POLIEDUC - SOLUÇÕES PARA EDUCAÇÃO CAU - GUIA DO ATENDENTE AMBIENTE ESCOLA PERFIL SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO - SMEC ELABORADO: CRISTIANE MOTA

POLIEDUC - SOLUÇÕES PARA EDUCAÇÃO CAU - GUIA DO ATENDENTE AMBIENTE ESCOLA PERFIL SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO - SMEC ELABORADO: CRISTIANE MOTA POLIEDUC - SOLUÇÕES PARA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE PROJETOS DE INTEGRAÇÃO CAU - GUIA DO ATENDENTE AMBIENTE ESCOLA PERFIL SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO - SMEC ELABORADO: CRISTIANE MOTA Brasília - 2011 Ambiente

Leia mais

DECRETO N 6.664 DE 05 DE MARÇO DE 1990

DECRETO N 6.664 DE 05 DE MARÇO DE 1990 DECRETO N 6.664 DE 05 DE MARÇO DE 1990 DISPÕE SOBRE ALTERAÇÃO DO ANEXO III DO DECRETO N 2.456, DE 24.09.1982. O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARÁ, no uso de suas atribuições que lhe confere o art. 135, inciso

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS

REGULAMENTO DO CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS REGULAMENTO DO CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS A Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio do Governo de Alagoas torna público o VI CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS NA GESTÃO DO PODER EXECUTIVO

Leia mais

04/05/2010. Segundo a Rede de Pesquisa e Inovação em Tecnologias Digitais (RENAPI)

04/05/2010. Segundo a Rede de Pesquisa e Inovação em Tecnologias Digitais (RENAPI) Agenda MINISTERIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCACÃO PROFISSIONAL ETECNOLÓGICA IFBAIANO Sistema Integrado de Gestão Acadêmica Administrativo SIGA-ADM ADM Módulo de Protocolo TREINAMENTO (Geral) O Sistema

Leia mais

Fundap. Programa de Estágio. Manual de Utilização do Sistema de Administração de Bolsas de Estágio. Plano de Estágio

Fundap. Programa de Estágio. Manual de Utilização do Sistema de Administração de Bolsas de Estágio. Plano de Estágio Fundap Fundação do Desenvolvimento Administrativo Programa de Estágio Programa de Estágio Manual de Utilização do Sistema de Administração de Bolsas de Estágio Plano de Estágio Julho de 2008 SABE - Sistema

Leia mais

Nota Orientadora Pronatec-Tec e Idiomas/RS nº 01/2014

Nota Orientadora Pronatec-Tec e Idiomas/RS nº 01/2014 Nota Orientadora Pronatec-Tec e Idiomas/RS nº 01/2014 Assunto: - Apresentação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego PRONATEC - Coordenação / Gestão / Execução - Processo de Ingresso

Leia mais

EDITAL PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DA UFPE

EDITAL PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DA UFPE EDITAL PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO JOVEM DA UFPE A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) torna pública, através da Diretoria de Inovação e Empreendedorismo (DINE) da Pró-Reitoria para Assuntos de

Leia mais

Manual de Operacionalização do Software Integrado para Gestão Ocupacional SOC Entrega e Controle dos Equipamentos de Proteção Individual E.P.I.

Manual de Operacionalização do Software Integrado para Gestão Ocupacional SOC Entrega e Controle dos Equipamentos de Proteção Individual E.P.I. ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...02 2. OBJETIVO...02 3. ACESSO AO SOFTWARE SOC...02 4. OPERACIONALIZAÇÃO DO SOFTWARE SOC...03 5. ENTREGA DE EQUIPAMANTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL...04 5.1 ALTERAÇÃO OU EXCLUSÃO DE UM

Leia mais

O PROCESSO DE SELEÇÃO NO CONTEXTO DO MODELO DE COMPETÊNCIAS E GESTÃO DOS TALENTOS

O PROCESSO DE SELEÇÃO NO CONTEXTO DO MODELO DE COMPETÊNCIAS E GESTÃO DOS TALENTOS O PROCESSO DE SELEÇÃO NO CONTEXTO DO MODELO DE COMPETÊNCIAS E GESTÃO DOS TALENTOS Autor: Maria Rita Gramigna Como identificar potenciais e competências em um processo seletivo? Como agir com assertividade

Leia mais

Roteiro 2. Administrando o Perfil. Escola

Roteiro 2. Administrando o Perfil. Escola Roteiro 2 Administrando o Perfil Escola Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica O Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica é resultado da ação conjunta do Ministério

Leia mais

1. Objetivo. 2. Público-alvo

1. Objetivo. 2. Público-alvo 1. Objetivo Contribuir para um futuro melhor para todos a partir do investimento em desenvolvimento de jovens com potencial para liderança, atuantes em comunidades e/ou entidades sem fins lucrativos, em

Leia mais

Cartilha Competências Gerenciais

Cartilha Competências Gerenciais Cartilha Competências Gerenciais Documento da Série Gestão de Pessoas por Competências Expediente: Cartilha Competências Gerenciais Documento I da Série Gestão de Pessoas por Competências Presidente do

Leia mais

A Formação de Líderes de Alta Performance

A Formação de Líderes de Alta Performance A Formação de Líderes de Alta Performance O objetivo da Formação de Líder de Alta Performance Nível Self visa o foco nos Resultados com alto valor agregado para ambas as partes, isto é, tanto para o profissional

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 23/2012 Aprova a implantação do Sistema de Gestão de Pessoas por Competências (SGPC) da UFPB. O Conselho Universitário

Leia mais

Introdução ao Recrutamento Online

Introdução ao Recrutamento Online Introdução ao Recrutamento Online Introdução Recrutamento Online oferece aos recrutadores e profissionais de recursos humanos uma das mais poderosas e baratas soluções para captar talentos para uma organização.

Leia mais

e- SIC Manual do SIC

e- SIC Manual do SIC e- SIC Manual do SIC Sumário Introdução.. 3 O e-sic.. 4 Primeiro acesso.. 5 Perfis de usuário.. 6 Cadastro de usuário no e-sic.. 7 Alteração de dados de usuários.. 9 Atualização de dados do SIC.. 11 Registro

Leia mais

TUTORIAL COLEGIADOS EM REDE

TUTORIAL COLEGIADOS EM REDE TUTORIAL COLEGIADOS EM REDE Brasília/DF Agosto/2015 Sumário Introdução... 2 1 Sistema de Gestão Estratégica... 3 2 Colegiados Em Rede... 5 2.1 Menu Cadastro... 6 2.1.1 Dados do Colegiado... 7 2.1.2 Composição

Leia mais

Relatório de Competências

Relatório de Competências ANÁLISE CALIPER DO POTENCIAL DE DESEMPENHO PROFISSIONAL Relatório de Competências LOGO CLIENTE CALIPER Avaliação de: Sr. Márcio Modelo Preparada por: Consultora Especializada Caliper e-mail: nome@caliper.com.br

Leia mais

Ferramenta de Pré-agendamento Online Tutorial de Utilização para Usuários TUTORIAL P R É A G E N D A M E N T O O N L I N E.

Ferramenta de Pré-agendamento Online Tutorial de Utilização para Usuários TUTORIAL P R É A G E N D A M E N T O O N L I N E. TUTORIAL P R É A G E N D A M E N T O O N L I N E. P á g i n a 1 26 Carta de Apresentação Prezados Parceiros, A SEED Business Group traz uma inovação em seu atendimento, com o intuito de facilitar o processo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL CGDP/SRH Nº 006/2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL CGDP/SRH Nº 006/2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DE RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS EDITAL CGDP/SRH Nº 006/2013 ABERTURA E DISPOSIÇÕES GERAIS DO CURSO DE GESTÃO DE

Leia mais