Manual Básico do Usuário. Monitoramento de Iniciativas Estratégicas. Planejamento Estratégico - ANVISA

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual Básico do Usuário. Monitoramento de Iniciativas Estratégicas. Planejamento Estratégico - ANVISA 2010-2020"

Transcrição

1 Manual Básico do Usuário Monitoramento de Iniciativas Estratégicas Planejamento Estratégico - ANVISA Brasília DF, Maio de

2 Sumário Planejamento Estratégico Anvisa 2010 a 2020:... 4 Supervisão das Iniciativas Estratégicas:... 6 Monitoramento das Iniciativas Estratégicas:... 7 O que é o GPWeb?... 7 Acesso ao sistema GPWeb... 7 Acessar o Projeto de Monitoramento da Iniciativa Estratégica:... 8 Registrar o monitoramento da Iniciativa Estratégica:... 9 Registrar o valor ou marcar checklist do(s) indicador(es) estratégico(s): Atualizar o valor do(s) indicador(es) estratégico(s): Atualizar o checklist do(s) indicador(es) estratégico(s): Alterar o valor do(s) indicador(es) estratégico(s): Atualizar Checklist do(s) indicador(es) estratégicos: Verificar a evolução do Indicador Estratégico: Lista de Figuras Figura 1: Mapa Estratégico Figura 2: Distribuição das Iniciativas Estratégicas Figura 3: Tela de Login Figura 4: Tela inicial do GPWeb - Lista de Projetos Figura 5: Lista de Projetos do Planejamento Estratégico Figura 6: Tela Detalhes do Projeto Figura 7: Lista de tarefas de monitoramento Figura 8: Detalhes da Tarefa Figura 9: Acesso a lista de indicadores Figura 10: Lista de indicadores Figura 12: Indicadores da Composição Figura 13: Valor do Indicador Figura 14: Checklist do Indicador

3 Figura 15: Valor do Indicador Figura 16: Registros do Checklist Figura 17: Detalhes do Indicador Aba Gráfico

4 Planejamento Estratégico Anvisa 2010 a 2020: A Anvisa, quando de sua criação, delineou sua estrutura visando atender tanto as demandas da antiga Secretaria Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS) do Ministério da Saúde (MS), quanto para enfrentar os desafios característicos de uma Agência Reguladora que, ao mesmo tempo, é responsável pela coordenação do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária. Com base nestes propósitos, ao realizar seu Planejamento Estratégico em , A Anvisa redefiniu a sua missão, visão e valores, e formulou seus objetivos e metas globais para o período de 2010 a O Plano Estratégico da Anvisa tem por objetivo promover o aperfeiçoamento da gestão da Anvisa, por meio da implantação de um processo de gestão estratégica baseado nos princípios da gestão pública contemporânea da produtividade, qualidade e efetividade de suas ações - visando o cumprimento de sua missão institucional e o desenvolvimento de mecanismos que permitam planejar o seu futuro e estruturar-se para respostas efetivas aos seus diversos públicos e à sociedade em geral. Todo o processo de desenvolvimento do Plano Estratégico foi coordenado pela Assessoria de Planejamento e acompanhado pela Gerência-Geral de Gestão Administrativa e Financeira e pela Diretoria Colegiada. O envolvimento de todo o corpo de servidores da Anvisa foi fundamental para o sucesso do Planejamento Estratégico e é essencial e para a construção de uma instituição sólida, eficiente e de reconhecimento interno e externo. O Mapa Estratégico da Anvisa (Figura 1) é composto por cinco objetos de cognição: Diretrizes Estratégicas ou Estratégias: representam o caminho escolhido pela instituição para orientar seus esforços de forma a cumprir sua Missão e alcançar a Visão de Futuro; Temas Estratégicos: representam as principais estratégias que devem ser consideradas em todo o processo do Planejamento Estratégico. Cada tema representa um conjunto de diretrizes e resume o direcionamento dos esforços estratégicos da instituição; Objetivos Estratégicos: são estados futuros (alvos) que a organização se propõe a alcançar para atingir o sucesso estratégico em termos de cumprimento de sua Missão e alcance de sua Visão de Futuro., Perspectivas 4

5 Estratégicas: São representações, em formato de camadas, do Mapa Estratégico e tem como finalidade agrupar um conjunto de objetivos estratégicos dentro de uma abordagem específica. Relações de Causa e Efeito: No Mapa Estratégico, essas relações são demonstradas por meio de setas que fazem a ligação entre os objetivos estratégicos. Essas relações representam a lógica esperada de relação de causa e efeito entre os objetivos. Para a efetiva realização do Planejamento Estratégico, foram definidas 12 (doze) Iniciativas Estratégicas, que agregam um conjunto de planos de ação, e são vinculadas a indicadores estratégicos que permitem o acompanhamento de sua execução. No monitoramento realizado entre agosto e outubro de 2014, foi evidenciado que as Iniciativas Estratégicas têm gerado produtos e ações que deixam claro que a instituição tem avançado na sua estratégia, obtendo ganhos referentes à sua gestão interna, no relacionamento com a sociedade e com o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária SNVS e direcionados à segurança sanitária. Figura 1: Mapa Estratégico. 5

6 Supervisão das Iniciativas Estratégicas: Em reunião da Diretoria Colegiada, ocorrida em 23 de julho de 2014, foi definido que a responsabilidade pelas Iniciativas Estratégicas passaria a ser das Superintendências e Assessorias. Assim a responsabilidade por estas Iniciativas Estratégicas passou a ser configurada conforme demonstrado na Figura 2. APLAN I1 - EXCELÊNCIA EM GESTÃO E OPERAÇÕES ASREL I11 - PROGRAMA DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL ASCEC AINTE I5 - COMUNICAÇÃO PARA MODELO ORGANIZACIONAL TRANSFORMADOR DA SOCIEDADE I7 - FORTALECIMENTO INTERNACIONAL DA IMAGEM INSTITUCIONAL DA ANVISA SUREG I9 - PROGRAMA DE MELHORIA DA REGULAMENTAÇÃO SSNVS I6 FORTALECIMENTO DO SNVS SUCOM I8 FORTALECIMENTO DA REDE NACIONAL DE LABORATÓRIOS DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA I12 - IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA DE GESTÃO DE RISCO SANITÁRIO SUGES I2 - IMPLEMENTAÇÃO DE MODELO DE GESTÃO POR COMPETÊNCIAS I3 - PROGRAMA DE ATENÇÃO PERMANENTE DA SATISFAÇÃO DAS PESSOAS DA INSTITUIÇÃO I4 - GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SUALI I10 - AMPLIAÇÃO DO ACESSO SEGURO A PRODUTOS E SERVIÇOS SUJEITOS À VISA, POR MEIO DA INTENSIFICAÇÃO DAS AÇÕES DE PRÉ E PÓS USO Figura 2: Distribuição das Iniciativas Estratégicas. 6

7 Monitoramento das Iniciativas Estratégicas: O monitoramento das Iniciativas Estratégicas é uma atividade trimestral, na qual o responsável pela iniciativa deve informar o valor mensurado para o(s) indicador(es) estratégico(s) associado(s) à Iniciativa Estratégica. A partir deste ciclo de avaliação, esta atividade será realizada mediante a utilização do software GPWeb, e para isso, o responsável pela iniciativa deverá seguir as orientações deste manual. Cada responsável está associado a um projeto de monitoramento da Iniciativa Estratégica e ao(s) indicador(es) estratégico(s) que devem ser mensurados. O que é o GPWeb? O GPWeb é um sistema de gerenciamento de projetos e gestão. Por ser um software livre, o sistema GPWeb não funciona corretamente no navegador MS - Internet Explorer. Recomenda-se a utilização dos navegadores Chrome ou Firefox. Acesso ao sistema GPWeb O sistema GPWeb deve ser acessado pelo link: www20.anvisa.gov.br/gpweb. O sistema abrirá a tela de login indicada a seguir: Figura 3: Tela de Login. 7

8 Observação: Caso o responsável pelo monitoramento da Iniciativa Estratégica não possua login de acesso ao sistema GPWeb, ele deve solicitar sua inclusão por meio do informando o Nome Completo, Login da Rede Anvisa e o CPF. Após o login realizado, a tela inicial do sistema será aberta (Figura 4). Nesta tela são listados todos os projetos aos quais o responsável está associado. Figura 4: Tela inicial do GPWeb - Lista de Projetos. Acessar o Projeto de Monitoramento da Iniciativa Estratégica: Na tela Projetos, o responsável deverá utilizar o filtro Categoria e selecionar a opção: PE Planejamento Estratégico. Para listar os projetos deve selecionar a opção e clicar no botão Filtrar. Figura 5: Lista de Projetos do Planejamento Estratégico. 8

9 Na tela Projetos serão apresentados dois projetos do Planejamento Estratégico - um referente aos Planos de Ação da Iniciativa Estratégica e o outro referente ao Monitoramento da Iniciativa Estratégica. Após localizar o projeto de Monitoramento da Iniciativa Estratégica, deve-se clicar sobre o nome do projeto para visualizar os detalhes do projeto e as tarefas associadas (Figura 6). Registrar o monitoramento da Iniciativa Estratégica: Figura 6: Tela Detalhes do Projeto. Os projetos de monitoramento da Iniciativa Estratégica possuem quatro tarefas (Figura 7), sendo cada tarefa correspondente a um trimestre de monitoramento. Veja o quadro a seguir: Figura 7: Lista de tarefas de monitoramento. Clique no nome da tarefa para registrar o status de sua execução. Será aberta a tela Detalhes da Tarefa (Figura 8). 9

10 Figura 8: Detalhes da Tarefa. Na tela de Detalhes da Tarefa, execute os seguintes procedimentos: 1. Acesse a aba Registrar para realizar registro da execução da tarefa. Altere o valor do campo Progresso para 100%, o que indica que a tarefa de monitoramento está sendo realizada. Altere o campo Status para opção Concluída. Clique no botão Salvar para gravar as informações. 2. Acesse a aba Arquivos e faça a inclusão dos arquivos que correspondem às evidências de alcance da Iniciativa Estratégica. Registrar o valor ou marcar checklist do(s) indicador(es) estratégico(s): Para registrar o valor ou atualizar o checklist de um indicador estratégico, acesse a Lista de Indicadores, por meio do Menu > Gestão > Indicadores > Lista de Indicadores, conforme apresentado na Figura 9. 10

11 Figura 9: Acesso a lista de indicadores. Na lista de indicadores (Figura 10), selecione o Indicador Estratégico e clique no nome do indicador para abrir a tela Detalhes do Indicador (Figura 11). Figura 10: Lista de indicadores. 11

12 Figura 11: Detalhes do Indicador. Na tela de Detalhes do Indicador são apresentadas as informações sobre o indicador estratégico. Importante: Se o indicador for um índice (composição formada de mais de um indicador) é apresentada esta figura: no lado direito do nome do indicador. Clique na figura para visualizar os indicadores da composição (Figura 12). Figura 12: Indicadores da Composição. 12

13 Clique no nome do indicador para sua seleção e feche a janela. O sistema carrega os dados do indicador selecionado na tela Detalhes do Indicador (Figura 11). Na tela Detalhes do Indicador, clique na opção Inserir valor para acessar a tela Valor do Indicador (Figura 13), ou clique na opção Preencher Checklist para acessar a tela Preencher Checklist (Figura 14). Atualizar o valor do(s) indicador(es) estratégico(s): Preencha o campo Valor e clique na opção Incluir o Valor do Indicador. para registrar Figura 13: Valor do Indicador. Atualizar o checklist do(s) indicador(es) estratégico(s): Marque os itens do checklist correspondentes às etapas já realizadas da meta (Figura 14), e clique na opção Salvar para registrar os itens do Checklist realizados. 13

14 Figura 14: Checklist do Indicador. Alterar o valor do(s) indicador(es) estratégico(s): Caso seja necessário atualizar algum o Valor de um Indicador Estratégico, devem ser realizados os seguintes passos: 1. Acesse o indicador estratégico desejado. Veja o item: Registrar o valor ou marcar checklist do(s) indicador(es) estratégico(s); 2. Acesse a Tela Detalhes do Indicador clique na opção Inserir Valor. Será apresentada a Tela Valor do Indicador, contendo a lista de valores já registrados. (Figura 15). A lista de valores registrados fica na parte inferior da tela. 14

15 Figura 15: Valor do Indicador. Para alterar um valor já cadastrado, deve-se clicar no botão Editar Valor, que fica no lado direito da tela, na lista de valores registrados. Ao clicar no botão Editar Valor o sistema GPWeb preenche os campos: Data da Aferição, Valor e Descrição, permitindo sua alteração. Altere os campos necessários e clique no botão Confirmar para gravar a alteração realizada. Caso deseje cancelar a operação, clique no botão Cancelar a Edição. Se for necessário excluir um valor registrado, clique no botão Excluir Valor e confirme a operação. Observação: Cuidado com o uso destes recursos para não comprometer as atividades de monitoramento. 15

16 Atualizar Checklist do(s) indicador(es) estratégicos: Caso seja necessário atualizar algum item do Checklist de um indicador estratégico, devem ser realizados os seguintes passos: 1. Acesse o indicador estratégico desejado. Veja o item: Registrar o valor ou marcar checklist do(s) indicador(es) estratégico(s); 2. Acesse a Tela Detalhes do Indicador e clique na opção Preencher Checklist. Será apresentada a Tela Preencher Checklist contendo os registros já realizados. (Figura 16). A lista de registros fica na parte inferior da tela. Figura 16: Registros do Checklist. Para alterar um registro já cadastrado, deve-se clicar no botão Editar, que fica no lado direito da tela, na lista de registros. Ao clicar no botão Editar o sistema GPWeb preenche os itens do checklist com as marcações já registradas e os campos: Evidências/Justificativa e Data da Aferição, permitindo sua alteração. Altere os campos necessários e clique no botão Salvar para gravar a alteração realizada. Caso deseje cancelar a operação, clique no botão Cancelar. 16

17 Se for necessário excluir um registro, clique no botão Excluir confirme a operação. e Observação: Cuidado com o uso destes recursos para não comprometer as atividades de monitoramento. Verificar a evolução do Indicador Estratégico: Para verificar a evolução do indicador estratégico execute os seguintes passos: 1. Acesse o indicador estratégico desejado, por meio do menu Gestão > Indicadores > Lista de Indicadores. Na lista apresentada, clique no nome do indicador desejado; 2. Na Tela Detalhes do Indicador clique na Aba Gráfico conforme apresentado na Figura 17. Selecione as opções que desejar: Gráfico, Agrupador, Valores, Pontuação, Título Max. e Min., Nr. Pontos e Data Final. Após a seleção clique no botão Exibir predefinidas.. Geralmente as opções de apresentação já estão Figura 17: Detalhes do Indicador Aba Gráfico. 17

Manual Básico do Usuário. Monitoramento das Metas do Ciclo de Avaliação. de Desempenho Institucional - ADI

Manual Básico do Usuário. Monitoramento das Metas do Ciclo de Avaliação. de Desempenho Institucional - ADI Manual Básico do Usuário Monitoramento das Metas do Ciclo de Avaliação de Desempenho Institucional - ADI CICLO 2015/2016 Brasília DF, Maio de 2015 1 Sumário Pressupostos Legais da ADI:... 3 Monitoramento

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: ADMINISTRATIVO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 08/01/2013 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

SERVICE DESK MANAGER SDM. Manual do Sistema - DPOI

SERVICE DESK MANAGER SDM. Manual do Sistema - DPOI SERVICE DESK MANAGER SDM Manual do Sistema - DPOI Conteúdo SERVICE DESK MANAGER SDM... 1 Manual do Sistema - DPOI... 1 INTRODUÇÃO... 4 ACESSO AO SISTEMA... 5 OPÇÕES DO SISTEMA... 6 SISTEMA... 7 Pesquisar

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE SUPORTE Versão 1.0 24/01/2012 1

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE SUPORTE DA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI PERFIL TÉCNICO Versão 2.0 DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E TELECOMUNICAÇÕES PREFEITURA DE GUARULHOS SP 1 Objetivo: Esse manual tem como objetivo principal instruir os

Leia mais

Anote aqui as informações necessárias:

Anote aqui as informações necessárias: banco de mídias Anote aqui as informações necessárias: URL E-mail Senha Sumário Instruções de uso Cadastro Login Página principal Abrir arquivos Área de trabalho Refine sua pesquisa Menu superior Fazer

Leia mais

TUTORIAL COLEGIADOS EM REDE

TUTORIAL COLEGIADOS EM REDE TUTORIAL COLEGIADOS EM REDE Brasília/DF Agosto/2015 Sumário Introdução... 2 1 Sistema de Gestão Estratégica... 3 2 Colegiados Em Rede... 5 2.1 Menu Cadastro... 6 2.1.1 Dados do Colegiado... 7 2.1.2 Composição

Leia mais

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 1. Login no sistema... 2 2. Tela Inicial... 2 3. Abrindo uma nova Solicitação... 3 4. Acompanhando as solicitações abertas... 4 5. Exibindo Detalhes da Solicitação... 6 6.

Leia mais

Tutorial Módulo Frequência

Tutorial Módulo Frequência Tutorial Módulo Frequência Sumário 1. Módulo Frequência... 2 1.1. Perfis Envolvidos... 2 2. Operações realizadas pelo Servidor... 2 2.1 Solicitar Afastamento... 2 2.2 Consultar Afastamentos... 4 2.3. Enviar

Leia mais

MODELO DE ORIENTAÇÃO PARA OPERAÇÃO DO SOFTWARE Autoria: InfoQuality Informática e Qualidade Ltda.

MODELO DE ORIENTAÇÃO PARA OPERAÇÃO DO SOFTWARE Autoria: InfoQuality Informática e Qualidade Ltda. MODELO DE ORIENTAÇÃO PARA OPERAÇÃO DO SOFTWARE Autoria: InfoQuality Informática e Qualidade Ltda. 1. A ORGANIZAÇÃO Para realizar cadastros e consultas referentes às Diretrizes Organizacionais: Manutenção/Organização/Registro

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Subcomissão de Patrimônio - GEFIM REITORIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO COMPATRIM/GEFIM SISTEMA PATRIMÔNIO WEB Manual do usuário v.1.1 Sumário Introdução... 4 Fluxo das Principais

Leia mais

Manual Operacional SIGA

Manual Operacional SIGA SMS - ATTI Maio -2013 Conteúdo Sumário... 2 PPD -IPD... 3 Adicionar Paciente... 4 Laudo Médico... 6 Avaliação do Enfermeiro... 11 Visita Domiciliar... 14 Dados do Paciente no Programa... 16 Histórico do

Leia mais

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Manual do Usuário Página1 Sumário 1 Configurações Recomendadas... 4 2 Objetivos... 4 3 Acesso ao Sistema... 5 3.1. Acessar 6 3.2. Primeiro

Leia mais

SIPESQ Sistema de Pesquisas da PUCRS

SIPESQ Sistema de Pesquisas da PUCRS SIPESQ Sistema de Pesquisas da PUCRS Abril de 2014 Versão 1 Página 1 de 17 Apresentação O Sistema de Pesquisas da PUCRS (SIPESQ) tem por objetivo fazer o mapeamento das estruturas e projetos de pesquisa

Leia mais

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E USUÁRIOS - NOTIVISA PERGUNTAS FREQUENTES

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E USUÁRIOS - NOTIVISA PERGUNTAS FREQUENTES CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E USUÁRIOS - NOTIVISA PERGUNTAS FREQUENTES 01. Como cadastrar uma... 2 02. Quem é o Responsável Legal de uma... 2 03. Como associar o Responsável Legal a uma... 2 04. Como Desassociar

Leia mais

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais

Manual do usuário. v1.0

Manual do usuário. v1.0 Manual do usuário v1.0 1 Iniciando com o Vivo Gestão 1. como fazer login a. 1º acesso b. como recuperar a senha c. escolher uma conta ou grupo (hierarquia de contas) 2. como consultar... de uma linha a.

Leia mais

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 Atendente... 3

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 Atendente... 3 SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 1. Login no sistema... 2 Atendente... 3 1. Abrindo uma nova Solicitação... 3 1. Consultando Solicitações... 5 2. Fazendo uma Consulta Avançada... 6 3. Alterando dados da

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DE DOCUMENTOS PARA CERTAMES SIGEDCERT - MODO USUÁRIO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DE DOCUMENTOS PARA CERTAMES SIGEDCERT - MODO USUÁRIO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DE DOCUMENTOS PARA CERTAMES SIGEDCERT - MODO USUÁRIO 1. Acesse através do navegador (preferencialmente Mozilla Firefox ou Google Chrome) o endereço web do sistema:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual de Avaliação de Desempenho Cadastro

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual de Avaliação de Desempenho Cadastro UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Manual de Avaliação de Desempenho Cadastro UNIFAP MACAPÁ-AP 2013 S U M Á R I O 1 Tela de Login...2 2 Acessando ao submenu cadastro de avaliação

Leia mais

GERENCIADOR DE CONTEÚDO

GERENCIADOR DE CONTEÚDO 1/1313 MANUAL DO USUÁRIO GERENCIADOR DE CONTEÚDO CRISTAL 2/13 ÍNDICE 1. OBJETIVO......3 2. OPERAÇÃO DOS MÓDULOS......3 2.1 GERENCIADOR DE CONTEÚDO......3 2.2 ADMINISTRAÇÃO......4 Perfil de Acesso:... 4

Leia mais

Manual do Almoxarifado SIGA-ADM

Manual do Almoxarifado SIGA-ADM Manual do Almoxarifado SIGA-ADM DIRETORIA DE GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO(DGTI) MARÇO/2012 Requisição de Almoxarifado Requisições O sistema retornará a tela do menu de Administração. Nela selecione

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Versão 1.0. Visão Transportador

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Versão 1.0. Visão Transportador MANUAL DE INSTRUÇÕES Versão 1.0 Visão Transportador 2 Sumário Introdução... 3 Requisitos mínimos... 3 Acesso... 3 Primeiro acesso... 5 Navegando pelo sistema... 6 Menu Perfil... 7 Dados do Fornecedor...

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MANUAL DE UTILIZAÇÃO Módulo de operação Ativo Bem vindo à Vorage CRM! Nas próximas paginas apresentaremos o funcionamento da plataforma e ensinaremos como iniciar uma operação básica através do nosso sistema,

Leia mais

Portal de Internet ABDI

Portal de Internet ABDI Portal de Internet ABDI 1 Histórico de Revisões Data Versão Autor Descrição 26/10/11 1.0 Jucelio Araújo Criação do documento 25/10/13 2.0 Públia Pires Atualização do documento 04/11/2013 3.0 Ana Carolina

Leia mais

MANUAL DO PVP SUMÁRIO

MANUAL DO PVP SUMÁRIO Manual PVP - Professores SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 6 2 ACESSANDO O PVP... 8 3 TELA PRINCIPAL... 10 3.1 USUÁRIO... 10 3.2 INICIAL/PARAR... 10 3.3 RELATÓRIO... 10 3.4 INSTITUIÇÕES... 11 3.5 CONFIGURAR... 11

Leia mais

e-ouv Passo-a-passo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal Junho, 2015 Controladoria-Geral da União

e-ouv Passo-a-passo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal Junho, 2015 Controladoria-Geral da União e-ouv Passo-a-passo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal Junho, 2015 Sumário 1. Acesso ao sistema... 3 2. Funcionalidades do sistema... 5 3. Como tratar manifestações... 14 3.1 Detalhar...

Leia mais

MANUAL DO ADMINISTRADOR LOCAL. Entidade Municipal

MANUAL DO ADMINISTRADOR LOCAL. Entidade Municipal MANUAL DO ADMINISTRADOR LOCAL Entidade Municipal Abril / 2011 ÍNDICE Objetivos do Sistema de Registro de Integrado - REGIN... 3 Principais Módulos do Sistema... 4 Módulo Controle de Acesso... 5 Módulo

Leia mais

INFORMES MANUAL DO APLICATIVO

INFORMES MANUAL DO APLICATIVO INFORMES MANUAL DO APLICATIVO APRESENTAÇÃO Este aplicativo é um dos recursos mais importantes que o Portal disponibiliza, pois é a partir dele que são feitas a publicação de informativos nas seções que

Leia mais

ÍNDICE. Página 2 de 21

ÍNDICE. Página 2 de 21 Página 1 de 21 ÍNDICE 1. OBJETIVO... 3 2. MINHA CONTA... 3 2.1. Introdução... 3 2.2. Telas do Menu Minha Conta... 4 2.2.1. Tela de Dados Cadastrais... 4 2.2.2. Tela Gerenciar Contatos... 5 2.2.3. Tela

Leia mais

Manual de Atualização MATERIAL DE APOIO - KB IMÓVEIS

Manual de Atualização MATERIAL DE APOIO - KB IMÓVEIS 1 2 Manual de Atualização MATERIAL DE APOIO - KB IMÓVEIS Login é a área de autenticação do sistema. Por questões de segurança, é necessário que o usuário se identifique, impedindo a entrada de pessoas

Leia mais

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB CNS LEARNING MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB Versão Online 13 Índice ÍNDICE... 1 VISÃO GERAL... 2 CONCEITO E APRESENTAÇÃO VISUAL... 2 PRINCIPAIS MÓDULOS... 3 ESTRUTURAÇÃO... 3 CURSOS... 4 TURMAS... 4

Leia mais

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E ACESSO AO SISTEMA CANAIS PERGUNTAS FREQUENTES

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E ACESSO AO SISTEMA CANAIS PERGUNTAS FREQUENTES Agência Nacional de Vigilância Sanitária CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E ACESSO AO SISTEMA CANAIS PERGUNTAS FREQUENTES Brasília, 27 de setembro de 2011 www.anvisa.gov.br Página 1 de 8 CADASTRO DE INSTITUIÇÕES

Leia mais

Boletim Informativo da DIPLAN/PRODIN

Boletim Informativo da DIPLAN/PRODIN USANDO O SISTEMA DE GESTÃO DE DEMANDAS (SGD) PARA O REGISTRO DO PDA-2014 A partir de 2014 serão inseridos todos os planos encaminhados pelas unidades administrativas como uma ação que agrupará todas as

Leia mais

Tutorial para inscrição de trabalhos a serem apresentados no Festival de Arte e Cultura

Tutorial para inscrição de trabalhos a serem apresentados no Festival de Arte e Cultura Tutorial para inscrição de trabalhos a serem apresentados no Festival de Arte e Cultura As inscrições de participantes e trabalhos no Festival de Arte e Cultura da Rede Federal de Educação Profissional,

Leia mais

Treinamento. Módulo. Escritório Virtual. Sistema Office. Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office

Treinamento. Módulo. Escritório Virtual. Sistema Office. Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office Treinamento Módulo Escritório Virtual Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office 1. Atualização do sistema Para que este novo módulo seja ativado,

Leia mais

Gestão inteligente de documentos eletrônicos

Gestão inteligente de documentos eletrônicos Gestão inteligente de documentos eletrônicos MANUAL DE UTILIZAÇÃO VISÃO DE EMPRESAS VISÃO EMPRESAS - USUÁRIOS (OVERVIEW) No ELDOC, o perfil de EMPRESA refere-se aos usuários com papel operacional. São

Leia mais

Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas

Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria da Agricultura Familiar Departamento de Financiamento e Proteção da Produção Seguro da Agricultura Familiar Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

Manual Operacional SIGA

Manual Operacional SIGA SMS - ATTI Julho -2012 Conteúdo Sumário... 2... 3 Consultar Registros... 4 Realizar Atendimento... 9 Adicionar Procedimento... 11 Não Atendimento... 15 Novo Atendimento... 16 Relatórios Dados Estatísticos...

Leia mais

SIGECORS. Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais

SIGECORS. Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais SIGECORS Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais Outubro 2008 Índice 1. Registrando Usuários 2. Acesso ao Sistema 3. Logar no Sistema 4. Esquecimento de Senha 5. Alteração de Senha 6.

Leia mais

05. Quem é o Gestor de Segurança de uma Instituição? 08. O que são e como cadastrar usuários de uma Instituição?

05. Quem é o Gestor de Segurança de uma Instituição? 08. O que são e como cadastrar usuários de uma Instituição? CADASTRO DE USUÁRIOS - NOTIVISA PERGUNTAS FREQUENTES 05. Quem é o Gestor de Segurança de uma Instituição? O Gestor de Segurança é a pessoa que será responsável por administrar os usuários relacionados

Leia mais

Manual do sistema SMARsa Web

Manual do sistema SMARsa Web Manual do sistema SMARsa Web Módulo Gestão de atividades RS/OS Requisição de serviço/ordem de serviço 1 Sumário INTRODUÇÃO...3 OBJETIVO...3 Bem-vindo ao sistema SMARsa WEB: Módulo gestão de atividades...4

Leia mais

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1 2 Índice 1. Escritório Virtual... 5 1.1. Atualização do sistema...5 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1.3. Cadastro do Escritório...5 1.4. Logo Marca do Escritório...6...6 1.5. Cadastro

Leia mais

Faturamento Eletrônico - CASSEMS

Faturamento Eletrônico - CASSEMS 1 Conteúdo 1. Informações Iniciais... 3 1.1. Sobre o documento... 3 1.2. Organização deste Documento... 3 2. Orientações Básicas... 3 2.1. Sobre o Faturamento Digital... 3 3. Instalação do Sistema... 4

Leia mais

3 - Tela Principal. Itens importantes da página

3 - Tela Principal. Itens importantes da página SUMÁRIO 1 1 - Conceitos Gerais O CRQ é um sistema de controle de qualidade utilizado na etapa de recrutamento de estudos de natureza qualitativa. Ele é um banco de dados que tem como principal objetivo

Leia mais

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 1 Sumário 1 - Instalação Normal do Despachante Express... 3 2 - Instalação do Despachante Express em Rede... 5 3 - Registrando o Despachante Express...

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual do Usuário. Programa de Avaliação de Desempenho PROAD

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual do Usuário. Programa de Avaliação de Desempenho PROAD UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Manual do Usuário Programa de Avaliação de Desempenho PROAD Versão 1.0 02/09/2009 Índice 1. Introdução 2. Plataforma

Leia mais

Manual do. Usuário do Redeca. Para o coordenador da entidade

Manual do. Usuário do Redeca. Para o coordenador da entidade Manual do Usuário do Redeca Para o coordenador da entidade Carta para o coordenador da entidade O Redeca Sistema de Informação das Redes pelo ECA, foi desenvolvido ao longo de dois anos de trabalho colaborativo

Leia mais

Revisão: Introdução. - Integração com o AutoManager; 1 Atualização de versão do banco de dados PostgreSQL

Revisão: Introdução. - Integração com o AutoManager; 1 Atualização de versão do banco de dados PostgreSQL Urano Indústria de Balanças e Equipamentos Eletrônicos Ltda. Rua Irmão Pedro 709 Vila Rosa Canoas RS Fone: (51) 3462.8700 Fax: (51) 3477.4441 Características do Software Urano Integra 2.2 Data: 12/05/2014

Leia mais

Módulo de Extensão SIGAA. Gerenciamento de Participantes

Módulo de Extensão SIGAA. Gerenciamento de Participantes Módulo de Extensão SIGAA Gerenciamento de Participantes ÍNDICE Instruções gerais Pg. 03 Recomendações Pg. 03 Acessibilidade ao sistema Pg. 03 Acesso ao SIGAA Pg. 03 Acesso ao módulo extensão - docente

Leia mais

MANUAL C R M ÍNDICE. Sobre o módulo de CRM... 2. 1 Definindo a Campanha... 3

MANUAL C R M ÍNDICE. Sobre o módulo de CRM... 2. 1 Definindo a Campanha... 3 ÍNDICE Sobre o módulo de CRM... 2 1 Definindo a Campanha... 3 1.1 Incluir uma campanha... 3 1.2 Alterar uma campanha... 4 1.3 Excluir... 4 1.4 Procurar... 4 2 Definindo os clientes para a campanha... 4

Leia mais

INDICADORES ETHOS PARA NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS E RESPONSÁVEIS. Sistema on-line

INDICADORES ETHOS PARA NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS E RESPONSÁVEIS. Sistema on-line Sistema on-line O Instituto Ethos Organização sem fins lucrativos fundada em 1998 por um grupo de empresários, que tem a missão de mobilizar, sensibilizar e ajudar as empresas a gerir seus negócios de

Leia mais

Esse tutorial visa apresentar as principais funcionalidades do Editor de Roteiro de Aprendizagem do Portal Clickideia.

Esse tutorial visa apresentar as principais funcionalidades do Editor de Roteiro de Aprendizagem do Portal Clickideia. Sumário Introdução... 1 Objetivos... 1 Instruções para utilização do Tutorial... 1 Metodologia... 2 Apresentação do Editor de Roteiro de Aprendizagem... 2 Inserir Roteiro de Aprendizagem... 3 Meus Roteiros...

Leia mais

Manual do Usuário Central de Agendamento. Versão 1.1

Manual do Usuário Central de Agendamento. Versão 1.1 Manual do Usuário Central de Agendamento Versão 1.1 Maio, 2014 Central de Agendamento Manual de utilização Tribunal de Justiça do Estado da Bahia Setor: Coordenação de Sistemas - COSIS Histórico de Revisões

Leia mais

DIRETRIZES DE USO DA MATRIZ DE SISTEMATIZAÇÃO DE INFORMAÇÕES

DIRETRIZES DE USO DA MATRIZ DE SISTEMATIZAÇÃO DE INFORMAÇÕES Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico Coordenação Geral de Regionalização PROGRAMA DE REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO Roteiros do Brasil

Leia mais

Gerencie Carteira - PF

Gerencie Carteira - PF Gerencie Carteira - PF Mais negócios para a sua empresa, com melhor resultado e o risco sob controle. Manual do Produto Manual do Produto 1 Índice Produto 02 Meio de acesso 02 Carteira de Clientes Pessoa

Leia mais

Manual do Sistema "Vida Controle de Contatos" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Vida Controle de Contatos Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Vida Controle de Contatos" Editorial Brazil Informatica I Vida Controle de Contatos Conteúdo Part I Introdução 2 1 Vida Controle... de Contatos Pessoais 2 Part II Configuração 2 1 Configuração...

Leia mais

TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL

TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL VERSÃO DO SISTEMA 3.0/2015 VERSÃO DO DOCUMENTO 1.0 Índice 1. OBJETIVO GERAL... 2 2. ACESSO AO SISTEMA AUDITOR FISCAL... 3 3. SISTEMA AUDITOR FISCAL

Leia mais

Sistema de Chamados Protega

Sistema de Chamados Protega SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REALIZANDO ACESSO AO SISTEMA DE CHAMADOS... 4 2.1 DETALHES DA PÁGINA INICIAL... 5 3. ABERTURA DE CHAMADO... 6 3.1 DESTACANDO CAMPOS DO FORMULÁRIO... 6 3.2 CAMPOS OBRIGATÓRIOS:...

Leia mais

índice I. Introdução Procedimentos básicos V. Prontuário Configurações VII. Medicamentos VIII. Tags

índice I. Introdução Procedimentos básicos V. Prontuário Configurações VII. Medicamentos VIII. Tags Manual Versão Web índice I. Introdução II. III. IV. Procedimentos básicos A agenda Clientes V. Prontuário VI. Configurações VII. Medicamentos VIII. Tags IX. Contato I Introdução O que é o JustDoctor? O

Leia mais

Tutorial Administrativo (Backoffice)

Tutorial Administrativo (Backoffice) Manual - Software ENTRANDO NO SISTEMA BACKOFFICE Para entrar no sitema Backoffice, digite no seu navegador de internet o seguinte endereço: http://pesquisa.webbyapp.com/ Entre com o login e senha. Caso

Leia mais

Programa de Capacitação em Gestão do PPA Curso PPA: Elaboração e Gestão Ciclo Básico. Elaboração de Planos Gerenciais dos Programas do PPA

Programa de Capacitação em Gestão do PPA Curso PPA: Elaboração e Gestão Ciclo Básico. Elaboração de Planos Gerenciais dos Programas do PPA Programa de Capacitação em Gestão do PPA Curso PPA: Elaboração e Gestão Ciclo Básico Elaboração de Planos Gerenciais dos Programas do PPA Brasília, abril/2006 APRESENTAÇÃO O presente manual tem por objetivo

Leia mais

Manual de Utilização ZENDESK. Instruções Básicas

Manual de Utilização ZENDESK. Instruções Básicas Manual de Utilização ZENDESK Instruções Básicas Novembro/2013 SUMÁRIO 1 Acesso à ferramenta... 3 2 A Ferramenta... 4 3 Tickets... 8 3.1 Novo Ticket... 8 3.2 Acompanhamentos de Tickets já existentes...

Leia mais

ROTEIRO PARA TREINAMENTO DO SAGRES DIÁRIO Guia do Docente

ROTEIRO PARA TREINAMENTO DO SAGRES DIÁRIO Guia do Docente Conceito ROTEIRO PARA TREINAMENTO DO SAGRES DIÁRIO Guia do Docente O Sagres Diário é uma ferramenta que disponibiliza rotinas que facilitam a comunicação entre a comunidade Docente e Discente de uma instituição,

Leia mais

Sistema de Gerenciamento Missionário SENAMI. Secretaria Nacional de Missões

Sistema de Gerenciamento Missionário SENAMI. Secretaria Nacional de Missões Sistema de Gerenciamento Missionário SENAMI Secretaria Nacional de Missões Manual do Usuário Apresentamos a seguir um guia básico contendo informações gerais para utilização do Sistema de Gerenciamento

Leia mais

INDICADORES ETHOS PARA NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS E RESPONSÁVEIS. Sistema on-line

INDICADORES ETHOS PARA NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS E RESPONSÁVEIS. Sistema on-line Sistema on-line O Instituto Ethos Organização sem fins lucrativos fundada em 1998 por um grupo de empresários, que tem a missão de mobilizar, sensibilizar e ajudar as empresas a gerir seus negócios de

Leia mais

imprimir (http://pje.csjt.jus.br/manual/index.php?title=impressao_oficial_de_justiça&printable=yes)

imprimir (http://pje.csjt.jus.br/manual/index.php?title=impressao_oficial_de_justiça&printable=yes) Page 1 of 30 Impressao Oficial de justiça De PJe - Manual imprimir (http://pje.csjt.jus.br/manual/index.php?title=impressao_oficial_de_justiça&printable=yes) Tabela de conteúdo 1 Manual do Oficial de Justiça

Leia mais

Questionários MT-611-00004 Última Atualização 25/04/2012

Questionários MT-611-00004 Última Atualização 25/04/2012 Questionários MT-611-00004 Última Atualização 25/04/2012 I. Objetivos Após completar este módulo de capacitação você será capaz de: 1. Entender os conceitos envolvidos no processo de avaliação realizado

Leia mais

PASSO A PASSO Cadastramento de Empresa Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Equipe de Cadastro

PASSO A PASSO Cadastramento de Empresa Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Equipe de Cadastro ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária PASSO A PASSO Cadastramento de Empresa Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Equipe de Cadastro www.anvisa.gov.br Para acessar o cadastro

Leia mais

Manual de Operação do CADSUS WEB Modo Consulta

Manual de Operação do CADSUS WEB Modo Consulta Manual de Operação do CADSUS WEB Modo Consulta Agosto/2014 Sumário Sistema CADSUS WEB... 3 Orientações para Navegadores... 4 Acesso ao Sistema... 4 Página para Consulta... 5 Alteração de senha... 7 Perda

Leia mais

GUIA INTEGRA SERVICES E STATUS MONITOR

GUIA INTEGRA SERVICES E STATUS MONITOR GUIA INTEGRA SERVICES E STATUS MONITOR 1 - Integra Services Atenção: o Integra Services está disponível a partir da versão 2.0 do software Urano Integra. O Integra Services é um aplicativo que faz parte

Leia mais

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário Sistema de Protocolo Manual do Usuário Atualizado em 05/06/2010 2 Apresentação Módulo Protocolo Está disponível de forma integrada com todos os órgãos para registrar e acompanhar, de modo atualizado e

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO SERVIDOR 1ºGRAU MÓDULO 3 Sumário 1 Cadastros Básicos3 11 Documento3 111 Modelo3 112 Tipo6 12 Pessoa10 121 Conciliador10

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÂO E OPERAÇÃO DO SOFTWARE

MANUAL DE INSTALAÇÂO E OPERAÇÃO DO SOFTWARE MANUAL DE INSTALAÇÂO E OPERAÇÃO DO SOFTWARE SPEED Instalação e configuração Belo Horizonte Agosto - 2007 INTRODUÇÃO Bem vindo ao sistema de consultas SPEED! O software SPEED é um sistema indispensável

Leia mais

SAC Sistema de Acompanhamento de Concessões Manual do Usuário

SAC Sistema de Acompanhamento de Concessões Manual do Usuário 70040-020 Brasília - DF SAC Manual do Usuário Sumário Assunto PÁGINA 1. Objetivos do Manual 3 2. Perfil do Usuário 3 2.1 Coordenador Institucional 3 3. Acesso ao Sistema SAC 3 3.1 Endereço de acesso 3

Leia mais

WorkFlow WEB Caberj v20150127.docx. Manual Atendimento Caberj

WorkFlow WEB Caberj v20150127.docx. Manual Atendimento Caberj Manual Atendimento Caberj ÍNDICE CARO CREDENCIADO, LEIA COM ATENÇÃO.... 3 ATENDIMENTO... 3 FATURAMENTO... 3 ACESSANDO O MEDLINK WEB... 4 ADMINISTRAÇÃO DE USUÁRIOS... 5 CRIANDO UM NOVO USUÁRIO... 5 EDITANDO

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema GLPI

Manual de Utilização do Sistema GLPI Manual de Utilização do Sistema GLPI Perfil Guest Apresentação Esse manual, baseado no manual GLPI foi elaborado pela Coordenação de Tecnologia de Informação CTI do câmpus e tem como objetivo instruir

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado de Roraima. AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado de Roraima. AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos 1 SUMÁRIO 1. Definições 3 1.1 Apresentação 3 1.2 Disposição do Sistema 3 2. Acessando o Sistema 4 2.1 Procedimento para regularizar o primeiro acesso 4 2.2 Procedimento

Leia mais

EMPRESAS RANDON MANUAL DE ACESSO PORTAL DE FORNECEDOR QUALIDADE

EMPRESAS RANDON MANUAL DE ACESSO PORTAL DE FORNECEDOR QUALIDADE EMPRESAS RANDON MANUAL DE ACESSO PORTAL DE FORNECEDOR QUALIDADE 1 Índice 1. Solicitando acesso ao Portal de Fornecedor...3 2. Configurando o acesso ao Portal de Fornecedor...4 3. Acessando o Portal de

Leia mais

Este manual tem por objetivo orientar os usuários do Sistema da Secretaria de Desempenho no cadastramento e atualização de dados de Laboratórios.

Este manual tem por objetivo orientar os usuários do Sistema da Secretaria de Desempenho no cadastramento e atualização de dados de Laboratórios. 1. Introdução Este manual tem por objetivo orientar os usuários do Sistema da Secretaria de Desempenho no cadastramento e atualização de dados de Laboratórios. 2. Cadastramento de usuários O usuário que

Leia mais

VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios

VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios Atrelada ao processo: Validação de layout dos arquivos de convênios/cobrança de um novo convênio/cedente Classificação da informação: uso interno

Leia mais

MANUAL DE SISTEMA. SisFies FIES Pós-graduação. Página1. Manual de Adesão

MANUAL DE SISTEMA. SisFies FIES Pós-graduação. Página1. Manual de Adesão SisFies FIES Pós-graduação Manual de Adesão Página1 Sumário 1 Configurações recomendadas... 3 2 Objetivos... 3 3 Acesso ao sistema... 4 3.1. Acessar com certificado digital 5 3.2. Acessar com CPF/CNPJ

Leia mais

Consumidor.gov.br. Usuário: Consumidor

Consumidor.gov.br. Usuário: Consumidor Consumidor.gov.br Usuário: Consumidor O Consumidor.gov.br permite ao consumidor registrar reclamações direcionadas às empresas cadastradas. Para conhecê-las, clique em Empresas Participantes. Para iniciar

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

Manual de Utilização Autorizador

Manual de Utilização Autorizador 1) Acessando: 1-1) Antes de iniciar a Implantação do GSS, lembre-se de verificar os componentes de software instalados no computador do prestador de serviço: a) Sistema Operacional: nosso treinamento está

Leia mais

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP 1. Quem pode obter o acesso ao SEI-MP? O SEI-MP está disponível apenas para usuários e colaboradores internos do MP. Usuários externos não estão autorizados

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA SISAU

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA SISAU MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA SISAU SISTEMA DE ATENDIMENTO AO USUÁRIO MANUAL DO USUÁRIO

Leia mais

GUIA DE USUÁRIO - GU-

GUIA DE USUÁRIO - GU- 1/22 Revisão 00 de 20//12 1. OBJETIVO Orientar o usuário para a pesquisa e visualização detalhada de todas as ordens de compra emitidas, emitir confirmações de aceite, submeter solicitação de alteração,

Leia mais

BEM-VINDO AO dhl PROVIEW

BEM-VINDO AO dhl PROVIEW BEM-VINDO AO dhl PROVIEW Guia de Usuário O DHL PROVIEW COLOCA VOCÊ NO CONTROLE DE SEUS ENVIOS. PROVIEW O DHL ProView é uma ferramenta de rastreamento on-line que permite o gerenciamento dos envios, a programação

Leia mais

Manual de Utilização do GLPI

Manual de Utilização do GLPI Manual de Utilização do GLPI Perfil Usuário Versão 1.0 NTI Campus Muzambinho 1 Introdução Prezado servidor, o GLPI é um sistema de Service Desk composto por um conjunto de serviços para a administração

Leia mais

Manual Geral do OASIS

Manual Geral do OASIS Manual Geral do OASIS SISTEMA DE GESTÃO DE DEMANDA, PROJETO E SERVIÇO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO OASIS Introdução Esse manual tem como objetivo auxiliar aos usuários nos procedimentos de execução do sistema

Leia mais

ÍNDICE MANUAL SITE ADMINISTRÁVEL TV. 1. Introdução 2. Acessando o site administrável/webtv SITE ADMINISTRÁVEL 3. CONFIGURAÇÕES

ÍNDICE MANUAL SITE ADMINISTRÁVEL TV. 1. Introdução 2. Acessando o site administrável/webtv SITE ADMINISTRÁVEL 3. CONFIGURAÇÕES MANUAL SITE ADMINISTRÁVEL TV ÍNDICE 1. Introdução 2. Acessando o site administrável/webtv SITE ADMINISTRÁVEL 3. CONFIGURAÇÕES 3.1 - Dados Cadastrais 3.2 - Noticias 3.3 Redes Sociais 3.4 - Player 4. DESIGN

Leia mais

1 Acesso (www.intra.goias.gov.br)

1 Acesso (www.intra.goias.gov.br) 1 1 Acesso (www.intra.goias.gov.br) 2 2 Tela inicial 3 Cadastro do Programa 3 3.1 Cadastro do Programa (menu Programas de Governo) Tela de Pesquisa Pesquisar: Consulta os programas já cadastrados permitindo

Leia mais

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização WebEDI - Tumelero Manual de Utilização Pedidos de Compra Notas Fiscais Relação de Produtos 1. INTRODUÇÃO Esse documento descreve o novo processo de comunicação e troca de arquivos entre a TUMELERO e seus

Leia mais

Sistema para Avaliação de Desempenho Guia de Referência para o Validador

Sistema para Avaliação de Desempenho Guia de Referência para o Validador GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DOS RECURSOS HUMANOS SEARH COORDENADORIA DE OPERAÇÕES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO COTIC Sistema para Avaliação

Leia mais

Manual de configuração do sistema

Manual de configuração do sistema Manual de configuração do sistema (v.1.5.x Beta) Rua México, 119 Sala 2004 Centro Rio de Janeiro, RJ www.doctors-solution.com.br www.simdoctor.com.br contato@simdoctor.com.br Sumário 1. Fazendo seu primeiro

Leia mais