UMA PROPOSTA DE FORMAÇÃO INTEGRAL ATRAVÉS DO ESPORTE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UMA PROPOSTA DE FORMAÇÃO INTEGRAL ATRAVÉS DO ESPORTE"

Transcrição

1 UMA PROPOSTA DE FORMAÇÃO INTEGRAL ATRAVÉS DO ESPORTE

2 UMA DAS PRIMEIRAS ESCOLAS DE ESPORTES DE SÃO PAULO A MedSport oferece, desde 1981, Iniciação Poliesportiva para crianças e jovens de 4 a 15 anos. Por aqui consideramos o esporte como um processo essencialmente educativo que pode e deve contribuir para que crianças e adolescentes produzam conhecimentos do seu próprio corpo, compreendam o sentido e significado das práticas esportivas, desenvolvam formas diversificadas de expressão corporal e sejam cidadãos conscientes e participativos na sociedade.

3 ESTRUTURA FÍSICA DA ESCOLA Utiliza o espaço físico da AAAOC (Atlética da Medicina da USP) 2 ginásios e 1 quadra poliesportiva descoberta 1 quadra de tênis campo de futebol e pista de atletismo sala para ginástica artística dojô bosque

4 Curso de iniciação poliesportiva

5 A D U L T O S Cursos específicos

6 POR QUE PROPOR UMA FORMAÇÃO ESPORTIVA E EDUCACIONAL PARA CRIANÇAS? POR ACREDITAR QUE O ESPORTE É UM PODEROSO INSTRUMENTO DE FORMAÇÃO FÍSICA, SOCIAL, AFETIVA E INTELECTUAL.

7 COMO O ESPORTE PODE SER UM PODEROSO INSTRUMENTO DE FORMAÇÃO FÍSICA, SOCIAL, AFETIVA E INTELECTUAL? SENDO AO MESMO TEMPO CONTEÚDO E ESTRATÉGIA!

8 COMO CONTEÚDO As crianças vão aprender as regras das modalidades,

9 COMO CONTEÚDO como se joga ou se pratica cada modalidade, suas características e a lógica de jogo,

10 COMO CONTEÚDO vão conhecer e experimentar os equipamentos em seus diferentes tipos e tamanhos e

11 COMO CONTEÚDO principalmente, jogar, praticar, correr, saltar, arremessar e muito mais.

12 COMO ESTRATÉGIA Serão estimulados a construir e manter laços de amizade, companheirismo, espírito de equipe,

13 COMO ESTRATÉGIA independente da idade, raça, crença, gênero, classe social e escola em que estudam.

14 COMO ESTRATÉGIA Aprendem a valorizar a participação, com amor e empenho, sem foco no resultado.

15 COMO ESTRATÉGIA Entendem que seus adversários na verdade são seus parceiros, pois sem eles não há com quem jogar.

16 COMO ESTRATÉGIA No final do jogo, independente do resultado, cumprimentam e agradecem os parceiros pela oportunidade.

17 COMO ESTRATÉGIA Convivendo em grupo vão aprender a colaborar, ajudar e pedir ajuda, descobrir o prazer de fazer coisas juntos

18 COMO ESTRATÉGIA e desenvolver o espírito de equipe!

19 COMO ESTRATÉGIA Vão aprender sobre seu corpo einteragir com a natureza.

20 Enfim, oferecemos uma proposta pedagógica de EDUCAÇÃO ATRAVÉS DO ESPORTE para FORMAÇÃO de crianças autônomas, saudáveis, autoconfiantes e felizes.

21 A proposta pedagógica contempla Desenvolvimento das capacidades e habilidades físicas de forma democrática e não seletiva Conhecimento das modalidades esportivas Respeito às diferenças e à individualidade Integração e Socialização Autoconhecimento Autoestima positiva e estável Autonomia Espírito de equipe Orientação à vida saudável

22 Na prática: estratégias de abordagem Considerar o conhecimento anterior trazido pelo aluno. Proporcionar aos alunos condições para fazerem amigos e aprenderem as modalidades esportivas. Alunos em movimento o maior tempo possível. Execução consciente dos movimentos e não por repetição da ordem do professor. Formação do vínculo entre os alunos e entre eles e os professores. Desenvolver o conhecimento dos próprios limites e a vontade de superá los. Formação continuada de professores. Mediação de conflitos.

23 No dia a dia as crianças têm diferentes experiências e estímulos. Iniciação poliesportiva Prática diversificada de várias modalidades ao longo do ano. Exploração de diferentes espaços Quadra coberta, descoberta, campo de futebol, pista de corrida, salas. Aulas com diferentes professores Homens ou mulheres, cada um com seu estilo de ensino.

24 Venha ver o que o esporte é capaz de fazer pela educação de seu filho!

25 Onde o esporte e a diversão são levados a sério! Rua Arthur de Azevedo, 1 Cerqueira César São Paulo/SP Fones: (11) / Cel/mensagens: (11) Visite nosso site: Curta nossa página: Entre em contato:

DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO EDUCAÇÃO FÍSICA

DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO EDUCAÇÃO FÍSICA CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO FUNDAMENTAL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO EDUCAÇÃO FÍSICA OBJETIVO GERAL Favorecer o desenvolvimento corporal e mental harmônicos, consolidar hábitos

Leia mais

PREVENÇÃO NAS ESCOLAS

PREVENÇÃO NAS ESCOLAS PREVENÇÃO NAS ESCOLAS PREVENÇÃO NAS ESCOLAS Diga Sim à Vida a Turma da Mônica na Prevenção do Uso de Drogas Parceria: SENAD/MEC/FIOCRUZ 2º ao 5º ano Ensino Fundamental Escolas da Rede Pública Público-Alvo:

Leia mais

CENTRO DE CONVIVÊNCIA ESCOLA BAIRRO

CENTRO DE CONVIVÊNCIA ESCOLA BAIRRO CENTRO DE CONVIVÊNCIA ESCOLA BAIRRO ESTRUTURA DE TRABALHO Os CCEB atendem a comunidade escolar no contra turno com oficinas diversificadas que atendem os alunos da faixa etária de 6 à 12 anos que estudam

Leia mais

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM 1. Curso: Missão do Colégio: Promover o desenvolvimento do cidadão e, na sua ação educativa,

Leia mais

1ª pesquisa SoBrE A CoRrIdA UrBaNa no BrAsIl. TeMa de InTeReSsE SoCiAl discussão sobre mobilidade UrBaNa, o esporte e a vida NaS grandes metrópoles

1ª pesquisa SoBrE A CoRrIdA UrBaNa no BrAsIl. TeMa de InTeReSsE SoCiAl discussão sobre mobilidade UrBaNa, o esporte e a vida NaS grandes metrópoles 1ª pesquisa SoBrE A CoRrIdA UrBaNa no BrAsIl TeMa de InTeReSsE SoCiAl discussão sobre mobilidade UrBaNa, o esporte e a vida NaS grandes metrópoles por quê? Queremos descobrir como os corredores se relacionam

Leia mais

CARTA DE COMPORTAMENTOS

CARTA DE COMPORTAMENTOS STOP BULLYING! Uma abordagem baseada nos direitos humanos para combater o bullying e a discriminação CARTA DE COMPORTAMENTOS Projeto Co- Projeto Stop Bullying: Uma abordagem baseada nos direitos humanos

Leia mais

BERÇARISTA. CURSO 180h: CURSO 260h:

BERÇARISTA. CURSO 180h: CURSO 260h: ARTES ENSINO FUNDAMENTAL Histórico do ensino da arte no brasil. Educação por meio da arte. Histórico do ensino da arte no brasil. Educação por meio da arte. Artes e educação, concepções teóricas. Histórico

Leia mais

MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO:

MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO: UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PIBID- Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO: Ensino Fundamental I- TURMA: 3º

Leia mais

C O L É G I O L A S A L L E

C O L É G I O L A S A L L E C O L É G I O L A S A L L E Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Guarani, 2000 - Fone (045) 3252-1336 - Fax (045) 3379-5822 http://www.lasalle.edu.br/toledo/ DISCIPLINA: PROFESSOR(A): E-MAIL:

Leia mais

Análise dos Regulamentos das Competições infanto-juvenis em diferentes contextos

Análise dos Regulamentos das Competições infanto-juvenis em diferentes contextos UMA TEORIA DA COMPETIÇÃO PARA CRIANÇAS E JOVENS Análise dos Regulamentos das Competições infanto-juvenis em diferentes contextos Autoras: Amanda Busch Priscila Lourenço Regina Helena São Paulo 2012 INTRODUÇÃO

Leia mais

COMUNICADO SME nº 73/2015

COMUNICADO SME nº 73/2015 1 COMUNICADO SME nº 73/2015 PROCESSO SELETIVO DE PROJETOS PARA DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES EDUCATIVAS COMPLEMENTARES ANEXO I FICHA DE INSCRIÇÃO 1. Nome: 2. RG: Telefone: 3. E-Mail: 4. Unidade Escolar

Leia mais

PLANO DE CURSO. 2. Identificar os conteúdos socioeducativos do ensino/aprendizagem do voleibol e do Handebol;

PLANO DE CURSO. 2. Identificar os conteúdos socioeducativos do ensino/aprendizagem do voleibol e do Handebol; PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Licenciatura em Educação Física Disciplina: Teoria e Metodologia das Modalidades Esportivas Coletivas I Professor: Israel Caboclo de Lima Neto E-mail: israel.educfisico@hotmail.com

Leia mais

EB1/PE DE ÁGUA DE PENA

EB1/PE DE ÁGUA DE PENA EB1/PE DE ÁGUA DE PENA 2010 2014 1.Introdução 2.Enquadramento legal 3.Diagnóstico avaliação do projecto anterior 4.Identificação de prioridades de intervenção 5.Disposições finais 6.Avaliação 1.Introdução

Leia mais

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PROCESSO SELETIVO PARA ADMISSÂO DE PROFESSORES EM CARÁTER TEMPORÁRIO 2017

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PROCESSO SELETIVO PARA ADMISSÂO DE PROFESSORES EM CARÁTER TEMPORÁRIO 2017 Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PROCESSO SELETIVO PARA ADMISSÂO DE PROFESSORES EM CARÁTER TEMPORÁRIO 2017 PARECER RECURSOS PROVA 2 EDUCAÇÃO FÍSICA 11) Conforme a Proposta Curricular

Leia mais

A GINÁSTICA RÍTMICA ENQUANTO PRÁTICA ESPORTIVA EDUCACIONAL INCLUSIVA NA VILA OLÍMPICA DA MANGUEIRA (2002/2013)

A GINÁSTICA RÍTMICA ENQUANTO PRÁTICA ESPORTIVA EDUCACIONAL INCLUSIVA NA VILA OLÍMPICA DA MANGUEIRA (2002/2013) 980 A GINÁSTICA RÍTMICA ENQUANTO PRÁTICA ESPORTIVA EDUCACIONAL INCLUSIVA NA VILA OLÍMPICA DA MANGUEIRA (2002/2013) Maria Augusta A. G. Buarque Maciel - Lapeade / FE- UFRJ José Jairo Vieira Lapeade- PPGE-

Leia mais

ROBÓTICA EDUCACIONAL

ROBÓTICA EDUCACIONAL Qualidade do Ensino e Gestão de Sala de Aula Objetivo -Relacionar estudos de conceitos multidisciplinares, como física, matemática, geografia entre outros; -Desenvolver o Protagonismo Juvenil (jovem sujeito

Leia mais

A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL CONGÊNITA E ADQUIRIDA ATRAVÉS DE JOGOS PEDAGÓGICOS.

A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL CONGÊNITA E ADQUIRIDA ATRAVÉS DE JOGOS PEDAGÓGICOS. A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL CONGÊNITA E ADQUIRIDA ATRAVÉS DE JOGOS PEDAGÓGICOS. Luciana Barros Farias Lima Instituto Benjamin Constant Práticas Pedagógicas Inclusivas

Leia mais

Projeto Jogos. A importância de conhecer a história dos Jogos

Projeto Jogos. A importância de conhecer a história dos Jogos Projeto Jogos A importância de conhecer a história dos Jogos Introdução Este projeto consiste em um desenvolvimento de comunicação entre jogos e computadores voltado para entretenimento e aprendizagem.

Leia mais

A INSERÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA NA CLASSE ESPECIAL. EIXO TEMÁTICO: Relatos de experiências em oficinas e salas de aula

A INSERÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA NA CLASSE ESPECIAL. EIXO TEMÁTICO: Relatos de experiências em oficinas e salas de aula A INSERÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA NA CLASSE ESPECIAL Roberta Bevilaqua de Quadros Clara Noha Nascimento Dutra Thaine Bonaldo Nascimento Douglas Rossa 1 Rosalvo Sawitzk 2 EIXO TEMÁTICO: Relatos de experiências

Leia mais

Edson Luciano Ribeiro

Edson Luciano Ribeiro Edson Luciano Ribeiro Paranaense de Bandeirantes, filho de Oswaldo Ramiro Ribeiro e Sebastiana Alves Ribeiro, nasceu em 8 de dezembro de 1972. Trabalhou como lavador de carros, mecânico, marceneiro e frentista

Leia mais

O conhecimento é a chave da vida!

O conhecimento é a chave da vida! Porto Alegre, 02 de janeiro de 2017 Sejam Bem Vindos Prezados(as) Educadores(as)! Bom Dia com Alegria! O conhecimento é a chave da vida! Contem sempre conosco e que tenhamos divertidas e abençoadas formações

Leia mais

A RESILIÊNCIA DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA Um diálogo entre a corrida e a docência

A RESILIÊNCIA DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA Um diálogo entre a corrida e a docência Título do artigo: A RESILIÊNCIA DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA Um diálogo entre a corrida e a docência Disciplina: Educação Física Selecionador: Marcos Santos Mourão (Marcola) 16ª Edição do Prêmio Victor

Leia mais

SEMANA ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO FÍSICA

SEMANA ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO FÍSICA SEMANA ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO FÍSICA TÍTULO NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA E ESTÁGIO DE MUDANÇA DE COMPORTAMENTO DE TRABALHADORES PRATICANTES DE GINÁSTICA LABORAL JORNALISMO ESPORTIVO E A COBERTURA DOS MEGAEVENTOS:

Leia mais

Pontos para Concurso Público para Docente do Magistério Superior Edital 01/2009

Pontos para Concurso Público para Docente do Magistério Superior Edital 01/2009 Desporto Coletivo 1. Origem e evolução do Desporto Coletivo no Brasil: histórico e tendências atuais 2. Processos pedagógicos de iniciação do Desporto Coletivo no contexto escolar 3. A utilização de equipamentos

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA 1 ANO

EDUCAÇÃO FÍSICA 1 ANO EDUCAÇÃO FÍSICA 1 ANO PROF. KIM RAONE PROF. MARCUS MELO ENSINO MÉDIO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade IV Esporte e deficiência. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 11.2 Conteúdo Esportes adaptados aula II 3

Leia mais

Projeto Clube Descobrir e Aprender com as brincadeiras

Projeto Clube Descobrir e Aprender com as brincadeiras Projeto Clube Descobrir e Aprender com as brincadeiras Atividade de Enriquecimento Curricular Docente: Carla Sofia Nunes Pote de Oliveira EB1/PE da Nazaré [2015/2016] Índice INTRODUÇÃO... 2 CARATERIZAÇÃO

Leia mais

TEXTO 2 EDUCAÇÃO DE QUALIDADE UM DIREITO SOCIAL

TEXTO 2 EDUCAÇÃO DE QUALIDADE UM DIREITO SOCIAL Curso Gestão para Educação de Qualidade 1 TEXTO 2 EDUCAÇÃO DE QUALIDADE UM DIREITO SOCIAL Sonia Balzano... a escola de qualidade é aquela que tem como valor fundamental a garantia dos direitos de aprendizagem

Leia mais

Plano Anual de Atividades. Mês Atividade/Tarefa Objetivos Intervenientes

Plano Anual de Atividades. Mês Atividade/Tarefa Objetivos Intervenientes Mês Atividade/Tarefa Objetivos Intervenientes Setembro Integração e adaptação das Crianças Reunião de pais - Promover a (re)integração e adaptação das crianças à creche; - Proporcionar um ambiente que

Leia mais

TORNEIO DE FUTSAL JUSTIFICATIVA

TORNEIO DE FUTSAL JUSTIFICATIVA TORNEIO DE FUTSAL JUSTIFICATIVA Visto que o movimento é presente em nossas vidas desde nosso nascimento e, durante sua evolução buscamos cada vez mais subsídios para aperfeiçoá-los, o esporte dentro da

Leia mais

Participação dos jovens nas discussões do desenvolvimento.

Participação dos jovens nas discussões do desenvolvimento. Participação dos jovens nas discussões do desenvolvimento. Pesquisa: Como está a percepção do lazer em Campo Novo do Parecis? Apoio: Assessoria Pedagógica do Estado Instituto Luterano de Educação do Parecis

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2014/2015 CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE SÃO PEDRO DE LOUSA

Plano Anual de Atividades 2014/2015 CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE SÃO PEDRO DE LOUSA CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE SÃO PEDRO DE LOUSA Mês Temas/conteúdos Atividades Objetivos gerais Intervenientes Espaço -Início do Ano Escolar; -Recepção dos Alunos. - Atividades de grupo; -Acolhimento e receção

Leia mais

Palavras-chave: Subprojeto PIBID da Licenciatura em Matemática, Laboratório de Educação Matemática, Formação de professores.

Palavras-chave: Subprojeto PIBID da Licenciatura em Matemática, Laboratório de Educação Matemática, Formação de professores. 00465 A IMPLANTAÇÃO DE UM LABORATÓRIO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA EM UMA ESCOLA PÚBLICA Regina Helena Munhoz Professora Adjunta Departamento de Matemática UDESC Universidade do Estado de Santa Catarina RESUMO

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO DO PROGRAMA

CARACTERIZAÇÃO DO PROGRAMA CARACTERIZAÇÃO DO PROGRAMA O Academia das Cidades é um programa intersetorial que integra diversas ações visando a construção de cidades saudáveis, através da requalificação de espaços públicos de lazer,

Leia mais

PROFESSORES REFLEXIVOS EM UMA ESCOLA REFLEXIVA. ALARCÃO, ISABEL 4ª ed., São Paulo, Cortez, 2003

PROFESSORES REFLEXIVOS EM UMA ESCOLA REFLEXIVA. ALARCÃO, ISABEL 4ª ed., São Paulo, Cortez, 2003 PROFESSORES REFLEXIVOS EM UMA ESCOLA REFLEXIVA ALARCÃO, ISABEL 4ª ed., São Paulo, Cortez, 2003 CAP. 1 Alunos, professores e escola face à sociedade da informação A sociedade da informação em que vivemos;

Leia mais

Centros de Iniciação ao Esporte

Centros de Iniciação ao Esporte MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE DE ALTO RENDIMENTO DEPARTAMENTO DE INFRAESTRUTURA DE ESPORTE Centros de Iniciação ao Esporte Alexandre Fernandes Ono Coordenador Geral do Departamento

Leia mais

PROJETO EDUCATIVO DAS COLÓNIAS DE FÉRIAS DO CCD DE 2016

PROJETO EDUCATIVO DAS COLÓNIAS DE FÉRIAS DO CCD DE 2016 PROJETO EDUCATIVO DAS COLÓNIAS DE FÉRIAS DO CCD DE 2016 1. Apresentação Este projeto surge da grande necessidade que, nos dias de hoje, se coloca aos Pais e Encarregados de Educação em procurar um local

Leia mais

Colégio São Francisco de Assis Educar para a Paz e o Bem Província do SS. Nome de Jesus do Brasil.

Colégio São Francisco de Assis Educar para a Paz e o Bem Província do SS. Nome de Jesus do Brasil. Colégio São Francisco de Assis Educar para a Paz e o Bem Província do SS. Nome de Jesus do Brasil. Senhores pais ou responsável: Iremos iniciar as matrículas das atividades extracurriculares. INÍCIO DAS

Leia mais

i dos pais O jovem adulto

i dos pais O jovem adulto i dos pais O jovem adulto O desenvolvimento humano é um processo de mudanças emocionais, comportamentais, cognitivas, físicas e psíquicas. Através do processo, cada ser humano desenvolve atitudes e comportamentos

Leia mais

Características Educação SESI

Características Educação SESI EDUCAÇÃO SESI Características Educação SESI Atendimento prioritário ao Trabalhador da indústria e seus dependentes Gratuidade nos cursos EJA Atuação nas 27 Unidades Federativas 32% de evasão na EJA Cenário

Leia mais

Tema do Projeto Educativo: Quero ser grande e feliz

Tema do Projeto Educativo: Quero ser grande e feliz Tema do Projeto Educativo: Quero ser grande e feliz A primeira tarefa da educação é ensinar a ver É através dos olhos que as crianças tomam contacto com a beleza e o fascínio do mundo Os olhos têm de ser

Leia mais

Edição 2015/2016 JARDIM DAS PALMEIRAS. Educação para esta vida e para a. Escola Adventista. eternidade. Educação Infantil Ensino Fundamental

Edição 2015/2016 JARDIM DAS PALMEIRAS. Educação para esta vida e para a. Escola Adventista. eternidade. Educação Infantil Ensino Fundamental JARDIM DAS PALMEIRAS Escola Adventista Edição 2015/2016 Educação Infantil Ensino Fundamental Educação para esta vida e para a eternidade. A Educação Adventista está presente em mais de 165 países e em

Leia mais

Projeto Educativo 2013-2017

Projeto Educativo 2013-2017 Projeto Educativo 2013-2017 A Escola A CONSTRUIR Qualidade dos Recursos Recursos humanos Serviços e equipamentos Instalações Qualidade da Interação com a comunidade Família Comunidade educativa Qualidade

Leia mais

Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos - Escola Básica Zeca Afonso Plano Anual de Atividades 2011/2012 Departamento do Pré escolar

Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos - Escola Básica Zeca Afonso Plano Anual de Atividades 2011/2012 Departamento do Pré escolar Atividades Objetivos Intervenientes Recursos/Custos Calendário Avaliação Receção na sala de aula (cada sala será identificada por uma fruta) Apresentação das equipes de sala às crianças Exploração de materiais

Leia mais

A coleção está organizada em cinco séries temáticas, por faixa etária:

A coleção está organizada em cinco séries temáticas, por faixa etária: Coleção GIRA MUNDO Educação Infantil Na coleção Gira Mundo o brincar, o cantar e o fazer artístico são os eixos que atuam como forma de expressão da cultura da infância. São os grandes articuladores do

Leia mais

Jogos de Alfabetização

Jogos de Alfabetização Jogos de Alfabetização Sistematização: Leila Nascimento Baseado em: LEAL, T. F; ALBUQUERQUE, E. B. C. de e LEITE, T. M. R. Jogos: alternativas didáticas para brincar alfabetizando (ou alfabetizar brincando?).

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DA CRECHE

PLANO DE ATIVIDADES DA CRECHE 01 Início do Ano Letivo Atividades de escolha livre. Atividades de exploração do espaço exterior. - Promover a integração / (re) adaptação das crianças; - Integração da criança no meio envolvente. Materiais

Leia mais

Universidade dos Açores Campus de angra do Heroísmo Ano Letivo: 2013/2014 Disciplina: Aplicações da Matemática Docente: Ricardo Teixeira 3º Ano de

Universidade dos Açores Campus de angra do Heroísmo Ano Letivo: 2013/2014 Disciplina: Aplicações da Matemática Docente: Ricardo Teixeira 3º Ano de Universidade dos Açores Campus de angra do Heroísmo Ano Letivo: 2013/2014 Disciplina: Aplicações da Matemática Docente: Ricardo Teixeira 3º Ano de Licenciatura em Educação Básica - 1º Semestre O jogo é

Leia mais

Planificações 1º PERÍODO - 3/4 anos Educação Pré-escolar Ano lectivo 2016/2017

Planificações 1º PERÍODO - 3/4 anos Educação Pré-escolar Ano lectivo 2016/2017 Planificações 1º PERÍODO - 3/4 anos Educação Pré-escolar Ano lectivo 2016/2017 ÁREAS COMPONENTES OBJETIVOS ATIVIDADES/ESTRATÉGIAS ÁREA DA FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIA Construção da identidade e da auto estima

Leia mais

CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS º PERÍODO

CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS º PERÍODO CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO Estudo da história geral da Educação e da Pedagogia, enfatizando a educação brasileira. Políticas ao longo da história engendradas

Leia mais

Guia de Carreiras. Cumprindo o destino determinado. de vida

Guia de Carreiras. Cumprindo o destino determinado. de vida Guia de Carreiras Cumprindo o destino determinado por Deus para o trabalho e o propósito de vida 1 Contexto atual A metade dos homens e das mulheres que saíram para trabalhar nesta manhã sentem que estão

Leia mais

PROJETO Servir com Proteção Social

PROJETO Servir com Proteção Social 2012 Coordenador do Projeto: CARLOS HENRIQUE SILVA SANTOS TEL.: 7376-1274 / (019) 7828-5604 (ID 957*31090) e-mail: henriquefaixapreta@yahoo.com.br ou pservircomprotecaosocial@yahoo.com.br PROJETO Servir

Leia mais

Avaliação da Aprendizagem - Práticas de Mudança: por uma praxis transformadora. Celso dos Santos Vasconcellos

Avaliação da Aprendizagem - Práticas de Mudança: por uma praxis transformadora. Celso dos Santos Vasconcellos Celso dos Santos Vasconcellos Trabalhar com: Grupos Seminários Jogos Estudo do Meio Experimentação Problematização Complexos Temáticos Temas Geradores Projetos Rever os Conteúdos Considerar Conhecimento

Leia mais

Justificativa. Centro Educacional Mundo do Saber. Palhoça, 18 de Fevereiro de Professora. Bárbara pereira. Turma. Maternal I.

Justificativa. Centro Educacional Mundo do Saber. Palhoça, 18 de Fevereiro de Professora. Bárbara pereira. Turma. Maternal I. Centro Educacional Mundo do Saber Palhoça, 18 de Fevereiro de 2013 Professora Bárbara pereira Turma Maternal I Projeto anual Justificativa O Projeto tem a importância essencial para a aprendizagem das

Leia mais

e educação de jovens e adultos

e educação de jovens e adultos Formação de neoleitores e educação de jovens e adultos Tancredo Maia Filho III Fórum do Plano Nacional do Livro e Leitura III Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias 20 de agosto

Leia mais

Marta Lima Gerente de Políticas Educacionais de Educação em Direitos Humanos, Diversidade e Cidadania.

Marta Lima Gerente de Políticas Educacionais de Educação em Direitos Humanos, Diversidade e Cidadania. Marta Lima Gerente de Políticas Educacionais de Educação em Direitos Humanos, Diversidade e Cidadania. FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS DEMOCRACIA REGIME PAUTADO NA SOBERANIA POPULAR E NO RESPEITO

Leia mais

Jardim de Infância Professor António José Ganhão

Jardim de Infância Professor António José Ganhão Jardim de Infância Professor António José Ganhão Jardim de Infância da Lezíria Jardim de Infância do Centro Escolar de Samora Correia Jardim de Infância do Centro Escolar de Porto Alto Jardim de Infância

Leia mais

PROJETO ESCOLA DE PAIS E FILHOS

PROJETO ESCOLA DE PAIS E FILHOS PROJETO ESCOLA DE PAIS E FILHOS EMEF-I Prof. Manoel Ignácio de Moraes Professor(es) Apresentador(es): Sônia Maria Romano Rosemary de Almeida Teixeira Oliveira Realização: Foco do Projeto A programação

Leia mais

República Federativa do Brasil Governo Federal. Educação a Distância. e as novas tecnologias

República Federativa do Brasil Governo Federal. Educação a Distância. e as novas tecnologias República Federativa do Brasil Governo Federal Ministério da Educação Educação a Distância e as novas tecnologias Educação Personalizada Vencendo as Barreiras Geográficas e Temporais EAD NO ENSINO PRESENCIAL

Leia mais

Percurso Formativo e Mercado de Trabalho

Percurso Formativo e Mercado de Trabalho Percurso Formativo e Mercado de Trabalho E.E Profº Antonio Alves Cruz Professor(es) Apresentador(es): Raquel Rodrigues Débora Mariana Ribeiro Realização: Foco do Projeto Auxiliar o jovem a desenvolver

Leia mais

O PROGRAMA SEGUNDO TEMPO NA VISÃO DOS GESTORES CONVÊNIO Nº281/2007

O PROGRAMA SEGUNDO TEMPO NA VISÃO DOS GESTORES CONVÊNIO Nº281/2007 O PROGRAMA SEGUNDO TEMPO NA VISÃO DOS GESTORES CONVÊNIO Nº281/2007 Encontro Anual das Equipes Colaboradoras do Programa Segundo Tempo São Paulo Dezembro de 2010 ESTRUTURA NÚCLEOS: 200 MUNICÍPIOS: 192 PÚBLICO:

Leia mais

Missão: Visão: Valores:

Missão: Visão: Valores: A Saúde Esporte Sociedade Esportiva é uma organização não governamental sem fins lucrativos dedicada a integração e socialização através do esporte, proporcionando o bem estar e melhor qualidade de vida

Leia mais

UNIDADE I Rua Wally Vollmann 191, Nova Brasília

UNIDADE I Rua Wally Vollmann 191, Nova Brasília UNIDADE I Rua Wally Vollmann 191, Nova Brasília UNIDADE II RUA ANTONIO CARLOS 95, NOVA BRASÍLIA A história da Comunidade Terapêutica Rosa de Saron nasce em 1982 e parte do princípio da filantropia; da

Leia mais

UNIVERSIDADE INTERNACIONAL IBEROAMERICA. Nome e sobrenome: Samuel Winesse

UNIVERSIDADE INTERNACIONAL IBEROAMERICA. Nome e sobrenome: Samuel Winesse UNIVERSIDADE INTERNACIONAL IBEROAMERICA Nome e sobrenome: Samuel Winesse Usuário: BeiFPMME1710729 Grupo: fp_mme_2015-06_pt_2 Data: 11/07/2016 Concurso de Olimpiadas-FUNIBER Título dotrabalho: O ESPORTE

Leia mais

REGULAMENTO BRINQUEDOTECA

REGULAMENTO BRINQUEDOTECA REGULAMENTO BRINQUEDOTECA O Regulamento da Brinquedoteca foi aprovado pelo CONSUP mediante a CONSUP n 01/2015 data 06 de janeiro de 2015. Pelos professores Joseney Spréa, Eliane Silva dos Santos, David

Leia mais

Parecer sobre Referenciais para a Promoção e Educação para a Saúde (PES)

Parecer sobre Referenciais para a Promoção e Educação para a Saúde (PES) Parecer sobre Referenciais para a Promoção e Educação para a Saúde (PES) Sociedade Portuguesa de Educação Física Conselho Nacional das Associações de Professores e Profissionais de Educação Física O documento

Leia mais

PROJETO SOCIAL DE KARATE 2017

PROJETO SOCIAL DE KARATE 2017 1 PROJETO SOCIAL DE KARATE 2017 Alunos: João da Silva Parcerias: MEDIANEIRA KARATÊ CLUBE MEDIANEIRA - PR 2017 2 PROJETO DE KARATÊ JUSTIFICATIVA Este projeto justifica-se, pela vontade do Medianeira Karatê

Leia mais

NOME DO CURSO: Acessibilidade na Atividade Física Escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância

NOME DO CURSO: Acessibilidade na Atividade Física Escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância NOME DO CURSO: Acessibilidade na Atividade Física Escolar Nível: Aperfeiçoamento Modalidade: A distância Parte 1 Código / Área Temática Código / Nome do Curso Etapa de ensino a que se destina Educação

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR Nº 01, DE 05 DE JUNHO DE 2016 REFERENTE AO EDITAL N 04/2016/ PROEX/IFAC APOIO ÀS ATIVIDADES DO ESPORTE E LAZER

EDITAL COMPLEMENTAR Nº 01, DE 05 DE JUNHO DE 2016 REFERENTE AO EDITAL N 04/2016/ PROEX/IFAC APOIO ÀS ATIVIDADES DO ESPORTE E LAZER EDITAL COMPLEMENTAR Nº 01, DE 05 DE JUNHO DE 2016 REFERENTE AO EDITAL N 04/2016/2017 - PROEX/IFAC APOIO ÀS ATIVIDADES DO ESPORTE E LAZER A Reitora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

A Estratégia Clube, é uma Empresa do Grupo Chebatt & Niklis especializado em Eventos Esportivos, Eventos Corporativos, Atividades Físicas, Lazer e

A Estratégia Clube, é uma Empresa do Grupo Chebatt & Niklis especializado em Eventos Esportivos, Eventos Corporativos, Atividades Físicas, Lazer e A Estratégia Clube, é uma Empresa do Grupo Chebatt & Niklis especializado em Eventos Esportivos, Eventos Corporativos, Atividades Físicas, Lazer e Entretenimento. Sempre buscando a excelência sob todos

Leia mais

Gabarito do Caderno do Aluno para o professor

Gabarito do Caderno do Aluno para o professor Gabarito do Caderno do Aluno para o professor Prezado(a) Professor(a), O Caderno do Aluno é mais um instrumento para servir de apoio ao seu trabalho e ao aprendizado do aluno. Elaborado a partir do Caderno

Leia mais

PLANO DE ENSINO ANO DE 2013

PLANO DE ENSINO ANO DE 2013 PLANO DE ENSINO ANO DE 2013 DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FÌSICA ANO: Número de horas/aula Semanal: Total de horas/aula/ano: 1º 02 80 EMENTA: A Educação Física, tratada como componente da área de Linguagens e Códigos,

Leia mais

1. Princípios orientadores e funções da avaliação Objetivos da avaliação Processos de avaliação Avaliação Diagnóstica 3

1. Princípios orientadores e funções da avaliação Objetivos da avaliação Processos de avaliação Avaliação Diagnóstica 3 Índice 1. Princípios orientadores e funções da avaliação 2 2. Objetivos da avaliação 2 3. Processos de avaliação 3 3.1. Diagnóstica 3 3.2. Formativa 3 3.3. Instrumentos de avaliação 4 3.3. Períodos de

Leia mais

CEI MUNDO PARA TODO MUNDO. Bases pedagógicas e de gestão

CEI MUNDO PARA TODO MUNDO. Bases pedagógicas e de gestão CEI MUNDO PARA TODO MUNDO Bases pedagógicas e de gestão BASES PEDAGÓGICAS Garantir educaçao inclusiva como fundamento de toda açao pedagógica. Garantir o acesso a educação de qualidade como direito de

Leia mais

EDITAL DE RECUPERAÇÃO PARALELA SEMESTRAL 1º SEMESTRE/2016

EDITAL DE RECUPERAÇÃO PARALELA SEMESTRAL 1º SEMESTRE/2016 EDITAL DE RECUPERAÇÃO PARALELA SEMESTRAL 1º SEMESTRE/2016 Aluno: _ Ano: Professora: Disciplina: No Colégio Pentágono trabalhamos com a Recuperação Contínua e Paralela. A Recuperação Contínua ocorre durante

Leia mais

FACULDADE EDUCACIONAL ARAUCÁRIA CURSO DE PEDAGOGIA. PORTARIA NORMATIVA 3, de 18 de fevereiro de 2010.

FACULDADE EDUCACIONAL ARAUCÁRIA CURSO DE PEDAGOGIA. PORTARIA NORMATIVA 3, de 18 de fevereiro de 2010. FACULDADE EDUCACIONAL ARAUCÁRIA CURSO DE PEDAGOGIA PORTARIA NORMATIVA 3, de 18 de fevereiro de 2010. Institui as orientações e as atividades aprovadas para a realização da carga horária de Estágio Supervisionado

Leia mais

Técnicas de Animação Pedagógica. gica

Técnicas de Animação Pedagógica. gica Técnicas de Animação Pedagógica gica Educação SéniorS 1 A intervenção educativa com idosos deve incluir-se no quadro da educação de adultos. Idoso Adulto Segregação Categoria abrangente Áreas de Intervenção

Leia mais

851 Tecnologia de Proteção do Ambiente

851 Tecnologia de Proteção do Ambiente 851 Tecnologia de Proteção do Ambiente Educação Ambiental de Adultos Destinatários Público em geral. Requisitos de acesso 9º ano de escolaridade. Modalidade de Formação Formação Continua. Objetivo Geral

Leia mais

Escola Básica Sande S. Martinho Relatório de avaliação de Atividade

Escola Básica Sande S. Martinho Relatório de avaliação de Atividade Escola Básica Sande S. Martinho Relatório de avaliação de Atividade Tema: Histórias tradicionais Data: 23, 26 e 27 de Maio de 2014 Esta atividade foi realizada no âmbito do projeto Todos juntos podemos

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES PLANO DE ATIVIDADES 2016/2017

PLANO DE ATIVIDADES PLANO DE ATIVIDADES 2016/2017 PLANO DE ATIVIDADES 2016/2017 O Plano Anual de Atividades deve ser entendido como o instrumento da planificação das Atividades escolares, para um ano letivo, no qual estão plasmadas as decisões sobre os

Leia mais

Anexo 1 Versão Provisória do Questionário. Questionário Corpo, Dança e Comunidade.

Anexo 1 Versão Provisória do Questionário. Questionário Corpo, Dança e Comunidade. Anexo 1 Versão Provisória do Questionário Questionário Corpo, Dança e Comunidade. Este questionário faz parte de um estudo de Doutorado em Dança associado à Faculdade de Motricidade Humana (Lisboa, Portugal)

Leia mais

PROJETO ROBÓTICA EDUCACIONAL

PROJETO ROBÓTICA EDUCACIONAL PROJETO ROBÓTICA EDUCACIONAL A vida tem mais imaginação do que carregamos dentro dos nossos sonhos. Cristóvão Colombo APRESENTAÇÃO O crescimento atual da robótica tanto educacional como competitiva, nos

Leia mais

MISSÃO DA MIND LAB. Reforçar diversas habilidades cognitivas, sociais, emocionais e éticas.

MISSÃO DA MIND LAB. Reforçar diversas habilidades cognitivas, sociais, emocionais e éticas. MIND LAB MISSÃO DA MIND LAB Reforçar diversas habilidades cognitivas, sociais, emocionais e éticas. Ajudar os alunos se transformarem em indivíduos íntegros e realizados. SOBRE A MIND LAB Fundada em 1994.

Leia mais

EDUCAÇÃO, TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE DOCUMENTO REFERÊNCIA

EDUCAÇÃO, TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE DOCUMENTO REFERÊNCIA EIXO III EDUCAÇÃO, TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE DOCUMENTO REFERÊNCIA SUGESTÃO Desde os anos 1980, observam-se transformações significativas

Leia mais

SALA DE RECURSOS MULTIFUNCIONAIS

SALA DE RECURSOS MULTIFUNCIONAIS INTRODUÇÃO SALA DE RECURSOS MULTIFUNCIONAIS Thialy Thaís da Silva Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) thialy_thais@hotmail.com As Salas de Recursos Multifuncionais (SRMF) foram instituídas pelo Programa

Leia mais

RELATÓRIO FINAL - INDICADORES - ESTUDANTES MEDICINA - SÃO CARLOS. Quadro 1: Resultados dos Indicadores para o curso de Medicina - Campus São Carlos

RELATÓRIO FINAL - INDICADORES - ESTUDANTES MEDICINA - SÃO CARLOS. Quadro 1: Resultados dos Indicadores para o curso de Medicina - Campus São Carlos RELATÓRIO FINAL - INDICADORES - ESTUDANTES MEDICINA - SÃO CARLOS Quadro 1: Resultados dos Indicadores para o curso de Medicina - Campus São Carlos INDICADOR CLASSIFICAÇÃO ÍNDICE DE AVALIAÇÃO GERAL SATISFAÇÃO

Leia mais

Mopi Integrado I REUNIÃO DE PAIS 8º Ano do Ensino Fundamental 07/02

Mopi Integrado I REUNIÃO DE PAIS 8º Ano do Ensino Fundamental 07/02 Mopi Integrado I REUNIÃO DE PAIS 8º Ano do Ensino Fundamental 07/02 MISSÃO Incentivar no aluno atitudes para que aprenda a transformar simples informação em conhecimento e estimulá-lo a construir e a usufruir

Leia mais

ISSN: Mylena Carla Almeida Tenório Deise Juliana Francisco

ISSN: Mylena Carla Almeida Tenório Deise Juliana Francisco BRINCADEIRAS E ATIVIDADES LÚDICAS ENQUANTO ESTRATÉGIA NO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO: RELATANDO VIVÊNCIAS DE UMA CRIANÇA COM TRANSTORNO DO ESPECTRO DO AUTISMO - TEA Mylena Carla Almeida Tenório Mylena_dayvid@hotmail.com

Leia mais

Movimento e Cultura da Pop Art: Uma Viagem ao Museu

Movimento e Cultura da Pop Art: Uma Viagem ao Museu Movimento e Cultura da Pop Art: Uma Viagem ao Museu Aline Villela Abbade Débora A. dos Santos Ferreira Julho 2009/01 Apresentação do tema: Começamos a elaborar este projeto levando em consideração que

Leia mais

EDUCAÇÃO FISÍCA PARA O CORPO E FILOSOFIA PARA A ALMA. RESUMO

EDUCAÇÃO FISÍCA PARA O CORPO E FILOSOFIA PARA A ALMA. RESUMO EDUCAÇÃO FISÍCA PARA O CORPO E FILOSOFIA PARA A ALMA. RESUMO Analisarei o ensino relacionado à Educação Física, Filosofia e outras Ciências na história grega no mundo antigo. É sabedor que Platão fundou

Leia mais

A tecnologia vem transformando a vida de muita gente e usá-la a favor da educação é uma ótima maneira de proporcionar experiências incríveis! O ensino de programação tem tudo a ver com isso e pode estar

Leia mais

POPULACAO DO MUNICIPIO DO RIO DE JANEIRO INFORMAÇÕES FINANCEIRAS RECURSOS TESOURO TOTAL

POPULACAO DO MUNICIPIO DO RIO DE JANEIRO INFORMAÇÕES FINANCEIRAS RECURSOS TESOURO TOTAL PROGRAMA: 34 ESPORTE E LAZER NO MUNICIPIO DO RJ OBJETIVO GERAL: DESENVOLVER TODAS AS INICIATIVAS NECESSARIAS A PRATICA DESPORTIVA E AO LAZER COMUNITARIO, UTILIZANDO O ESPORTE COMO INSTRUMENTO DE INCLUSAO

Leia mais

1.1. Creche Objectivos gerais

1.1. Creche Objectivos gerais 1.1. Creche 1.1.1. Objectivos gerais Os processos de ensino e aprendizagem deverão contribuir nesta primeira etapa da Educação para a Infância, para que as crianças alcancem os seguintes objectivos: -

Leia mais

NOVIDADES E PARCERIAS

NOVIDADES E PARCERIAS ......... Rua Professor Jones, 1513 - Centro - Linhares / ES - CEP. 29.900-131 - Telefone: (27) 3371-1712 / 3371-2265 / 98837-0282 Site: www.escolafazendinhafeliz.com.br / Email: contato@escolafazendinhafeliz.com.br

Leia mais

CRISTÃO DO RECIFE 2014

CRISTÃO DO RECIFE 2014 CRISTÃO DO RECIFE 2014 COLÉGIO CRISTÃO DO RECIFE COLÉGIO CRISTÃO Contribuir para a formação do seu filho desde cedo, é prioridade pra gente. A partir de 2013, o Colégio o- ferece o CCR Baby, para crianças

Leia mais

ADEUS PROFESSOR, ADEUS PROFESSORA? NOVAS EXIGÊNCIAS EDUCACIONAIS E PROFISSÃO DOCENTE José Carlos LIBÂNEO. Benilda Silva

ADEUS PROFESSOR, ADEUS PROFESSORA? NOVAS EXIGÊNCIAS EDUCACIONAIS E PROFISSÃO DOCENTE José Carlos LIBÂNEO. Benilda Silva ADEUS PROFESSOR, ADEUS PROFESSORA? NOVAS EXIGÊNCIAS EDUCACIONAIS E PROFISSÃO DOCENTE José Carlos LIBÂNEO Benilda Silva AS NOVAS TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO, A ESCOLA E OS PROFESSORES Texto

Leia mais

O que foi ontem uma utopia, pode ser hoje e amanhã uma realidade e, quando o for, deve-se sonhar novas utopias. João Miranda

O que foi ontem uma utopia, pode ser hoje e amanhã uma realidade e, quando o for, deve-se sonhar novas utopias. João Miranda O que foi ontem uma utopia, pode ser hoje e amanhã uma realidade e, quando o for, deve-se sonhar novas utopias João Miranda Perspectivamos uma escola onde se cultive a paixão de ensinar e o verdadeiro

Leia mais

Clube do Desporto Escolar

Clube do Desporto Escolar Agrupamento de Escolas das Taipas Clube do Desporto Escolar 1. Estrutura organizacional Coordenador: Maria Elisabete da Silva Martinho Grupo de Recrutamento: 620 Departamento: Expressões Composição do

Leia mais

ROBÓTICA PEDAGÓGICA LIVRE E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UMA EXPERIÊNCIA FORMATIVA

ROBÓTICA PEDAGÓGICA LIVRE E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UMA EXPERIÊNCIA FORMATIVA ROBÓTICA PEDAGÓGICA LIVRE E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UMA EXPERIÊNCIA FORMATIVA Lorena Bárbara da R. Ribeiro [UNEB] Mary Valda Souza Sales [UNEB] Tarsis de Carvalho Santos [UNEB] O processo educativo cada

Leia mais

CONFERÊNCIA REGIONAL DE POLÍTICAS PARA MULHERES

CONFERÊNCIA REGIONAL DE POLÍTICAS PARA MULHERES CONFERÊNCIA REGIONAL DE POLÍTICAS PARA MULHERES Um desafio para a igualdade numa perspectiva de gênero Ituporanga 30/04/04 Conferência Espaço de participação popular para: Conferir o que tem sido feito

Leia mais

Mestre em Educação, Professora de Língua Portuguesa SEED-PDE/ UEPG- DEMET

Mestre em Educação, Professora de Língua Portuguesa SEED-PDE/ UEPG- DEMET 110. ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA DESENVOLVENDO HABILIDADES DE

Leia mais