FESTIVAL DE INICIAÇÃO ESPORTIVA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FESTIVAL DE INICIAÇÃO ESPORTIVA"

Transcrição

1

2 FESTIVAL DE INICIAÇÃO ESPORTIVA Projeto: Festival de Iniciação Esportiva Publicação no D.O.U 28/12/2015 Seção 1 Pág 125 Beneficiários Diretos: 300 crianças/adolescentes Valor Total aprovado: R$ ,74 Número de Ações: 4 etapas Valor por ação: R$ ,46 Kit do Atleta: Camiseta, Boné, Suco 200ml, Barra de Cereal e Fruta. Banco do Brasil Agência Conta Corretne Bloqueio: REALIZADO COM BASE NA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE

3 Apresentação O Instituto Valore de Esporte, Saúde, Educação e Cultura é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 14/11/2009. Objeto Social: Promover estudos e pesquisas; Conselho da Administração Promover campeonatos ou torneio desportivo; Promover programas de inclusão social através do esporte; Prestar serviços de consultoria; Criar programas de formação de atletas de talentos categorias de base; Gerenciar projetos e Obras de Construção Civil ligadas a Espaços Esportivos. Conselho Fiscal Assembleia Geral Diretoria Executiva Locação de Mão-de-Obra

4 Apresentação/ Origem Através do Mapa de Vulnerabilidade Social do Município de Campinas que está dividido em 10 (Dez) Regiões, foi possível identificar 33 Escolas Públicas e aproximadamente alunos dentro destas regiões. Usando como exemplo o mapa do município de Campinas, o Projeto segue os mesmos conceitos para os demais municípios.

5 Apresentação Cumprindo as Diretrizes e Políticas do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes de Campinas) e SINASE (Sistema Nacional Sócio Educativo). Busca-se desenvolver habilidades motoras e cognitivas, através de jogos e brincadeiras, conquistando valores como integração, afeto, cooperação e socialização.

6 Objetivo Organizar Festival Esportivo de participação e incentivo as práticas esportivas de crianças entre 10 e 17 anos nas modalidades de Basquetebol, Voleibol, Atletismo, Ginástica Artística e Trampolim Acrobático. Buscar também garantir ao cidadão de forma ampla o direito ao lazer, à saúde, ao esporte e a cidadania, já que o principal foco é a valorização do ser humano como membro da sociedade, através da prática esportiva. Oportunizar experiências esportivas com equipamentos adequados ao processo de iniciação.

7 Manifestação Esportiva Esporte Educacional Praticado nos sistemas de ensino e em outras formas assistemáticas de educação, evitando-se a seletividade, a hipercompetitividade de seus praticantes, com a finalidade de alcançar o desenvolvimento integral do indivíduo e a sua formação para o exercício da cidadania e a prática do lazer (Política Nacional de Esporte, 2005). Público Alvo/Metodologia 300 estudantes por Festival em Escolas Públicas; Faixa Etária entre 10 e 17 anos, de ambos os gêneros; 04 Festivais executados em áreas de vulnerabilidade social. O Festival será realizado com jogos de curta duração em formato de rodízio, nas 05 modalidades: Basquete; Vôlei; Atletismo; Ginástica Artística e Trampolim Acrobático.

8 Modalidades Desenvolvidas Ginástica Artística Voleibol Basquetebol Trampolim Acrobático Atletismo

9 Metas Qualitativas Metas Quantitativas Valorizar a frequência e incentivar o rendimento escolar dos alunos participantes do projeto; Proporcionar outros benefícios peculiares, como: aumento da auto estima e da capacidade de concentração, criatividade, trabalho em equipe, responsabilidade com os equipamentos, conscientização ambiental e respeito mútuo; Despertar o interesse na população a participar e realizar ações de integração social através do esporte, valorizando os atributos de sua localidade, como a preservação e aproveitamento dos recursos naturais. Capacitar 5 professores de Educação Física e 10 estagiários por festival, totalizando 20 professores e 40 estagiários; Atender 300 alunos da rede pública por festival totalizando participantes Executar 04 Festivais esportivos nas modalidades de basquetebol, voleibol, atletismo, ginástica artística e trampolim acrobático.

10 Princípios e Eixos Norteadores De acordo com o SINASE (Sistema Nacional Sócio Educativo) e o Estatuto da Criança e Adolescente é necessário, promover por meio de atividades esportivas: Ensino de valores como liderança; Tolerância, disciplina, confiança; Equidade étnico racial e de gênero. Utilizando-se deste conceito, o esporte educacional é orientado pelos seguintes princípios: Totalidade; Co-educação; Emancipação; Participação; Cooperação e regionalismo.

11 A importância dos Equipamentos Adaptados Os equipamentos são adaptados para que a criança realize os objetivos das práticas esportivas propostas de forma correta e eficiente, trabalhando da melhor forma possível a iniciação esportiva. Dessa forma, realizando todas as atividades com êxito, a criança se sente motivada a continuar praticando a modalidade esportiva

12 Resultados Esperados Impactos diretos: Impactos indiretos: Interação entre os participantes e destes com a sua realidade local; Melhoria da autoestima dos participantes; Melhoria das capacidades e habilidades motoras dos participantes; Melhoria das condições de saúde dos participantes; Aumento do número de praticantes de atividades esportivas educacionais; Melhoria da qualificação de professores e estagiários de educação física pedagogia ou esporte envolvidos. Diminuição no enfrentamento de riscos sociais pelos participantes; Melhoria no rendimento escolar dos alunos envolvidos; Diminuição da evasão escolar nas escolas atendidas; Geração de novos empregos no setor de educação física e esporte nos locais de abrangência do Programa; Melhoria da infra-estrutura esportiva no sistema de ensino público do país e nas comunidades em geral.

13 Peças de Divulgação Cartazes de Divulgação (Cartaz em papel couché 180gr. Formato 660X960 mm). 100 unidades Banner e Painéis de Orientação (Formato 110X90 com informações sobre a saúde e qualidade de vida, esporte, educação). 05 Unidades. Fichas de inscrição (Papel A4, 5 Páginas 75 gr) 300 unidades Flyer de Divulgação (Formato A5) unidades

14 Kit Pré e Pós Atividade 300 Unidades Kit Pós Atividade: 300 Sucos, 300 Frutas, 300 Barras de Cereal distribuídos para todos os participantes. 300 Unidades

15 Infraestrutura 03 Banheiros químicos ( 1 masculino, 1 feminino e 1 PCD) 01 Ambulância Sonorização 15 Gradis 03 Tendas para distribuição dos Kits

16 Fábio Stefani Rua Siqueira Campos, 17 Sala 10 Sousas Campinas São Paulo (19)

PLANO DE VISIBILIDADE

PLANO DE VISIBILIDADE PLANO DE VISIBILIDADE Projeto: Jogos Estudantis Municipais 2017 Número de Beneficiários: 2.000 Participantes Valor Aprovado: R$ 149.628,40 LPIE nº 406/2016 Aprovação Publicada no D.O.E de 01/06/2016 Lei

Leia mais

PROJETO FESTIVAL DE INICIAÇÃO ESPORTIVA

PROJETO FESTIVAL DE INICIAÇÃO ESPORTIVA PROJETO FESTIVAL DE INICIAÇÃO ESPORTIVA Apresentação O projeto Festival de Iniciação Esportiva aprovado pela Lei de Incentivo ao Esporte sob Processo nº 58701001627/2011 tem publicação no D.O.E de 01 de

Leia mais

PROJETO FESTIVAL DE INICIAÇÃO ESPORTIVA

PROJETO FESTIVAL DE INICIAÇÃO ESPORTIVA PROJETO FESTIVAL DE INICIAÇÃO ESPORTIVA Apresentação O projeto Festival de Iniciação Esportiva aprovado pela Lei Paulista de Incentivo ao Esporte (ICMS) tem publicação no D.O.E de 30 Novembro 2011 Poder

Leia mais

Prof. Jefferson Monteiro

Prof. Jefferson Monteiro Prof. Jefferson Monteiro Histórico O Programa Segundo Tempo é uma política pública de esporte educacional idealizado e criado em 2003 pelo Ministério do Esporte, destinado a democratizar o acesso à prática

Leia mais

PROJETOS INCENTIVADOS Minas Tênis Clube. Projeto Formação e Desenvolvimento de Atletas por meio da Integração das Ciências do Esporte

PROJETOS INCENTIVADOS Minas Tênis Clube. Projeto Formação e Desenvolvimento de Atletas por meio da Integração das Ciências do Esporte PROJETOS INCENTIVADOS Minas Tênis Clube Projeto Formação e Desenvolvimento de Atletas por meio da Integração das Ciências do Esporte Lei de Incentivo ao Esporte PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS TRIBUTADAS PELO

Leia mais

EDITAL Nº 04 /2016 DIGER/CAMPUS MACAPÁ NORMAS PARA OS JOGOS INTERNOS DO INSTITUTO FEDERAL DO AMAPÁ - CAMPUS MACAPÁ, 1ª EDIÇÃO/2016.

EDITAL Nº 04 /2016 DIGER/CAMPUS MACAPÁ NORMAS PARA OS JOGOS INTERNOS DO INSTITUTO FEDERAL DO AMAPÁ - CAMPUS MACAPÁ, 1ª EDIÇÃO/2016. campus MACAPÁ O DIRETOR GERAL DO CAMPUS MACAPÁ DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ IFAP, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS QUE LHE CONFERE A PORTARIA IFAP Nº 1.321/2015, CONFORME

Leia mais

Edson Luciano Ribeiro

Edson Luciano Ribeiro Edson Luciano Ribeiro Paranaense de Bandeirantes, filho de Oswaldo Ramiro Ribeiro e Sebastiana Alves Ribeiro, nasceu em 8 de dezembro de 1972. Trabalhou como lavador de carros, mecânico, marceneiro e frentista

Leia mais

DEFICIÊNCIA INTELECTUAL

DEFICIÊNCIA INTELECTUAL DEFICIÊNCIA INTELECTUAL A Deficiência Intelectual caracteriza-se por um funcionamento intelectual inferior à média, associado a limitações adaptativas, que ocorrem antes dos 18 anos de idade. No dia a

Leia mais

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM 1. Curso: Missão do Colégio: Promover o desenvolvimento do cidadão e, na sua ação educativa,

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 44/09

PROJETO DE LEI N.º 44/09 PROJETO DE LEI N.º 44/09 Dispõe sobre a Política Municipal de Esporte e Lazer de Santa Bárbara d Oeste". A Câmara Municipal Santa Bárbara d Oeste decreta: CAPÍTULO I Da Finalidade Art. 1º. - A Política

Leia mais

KARTISMO. Único monoposto que se aproxima de um F-1 é o Kart Ayrton Senna

KARTISMO. Único monoposto que se aproxima de um F-1 é o Kart Ayrton Senna KARTISMO O KART é a modalidade do automobilismo que muitos chamam de categoria de BASE, sendo que muitos atletas iniciaram nessa categoria como: Nelson Piquet, Emerson Fittipaldi, Ayrton Senna, Rubens

Leia mais

Centros de Iniciação ao Esporte

Centros de Iniciação ao Esporte MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE DE ALTO RENDIMENTO DEPARTAMENTO DE INFRAESTRUTURA DE ESPORTE Centros de Iniciação ao Esporte Alexandre Fernandes Ono Coordenador Geral do Departamento

Leia mais

APRESENTAÇÃO E PLANO DE VISIBILIDADE

APRESENTAÇÃO E PLANO DE VISIBILIDADE APRESENTAÇÃO E PLANO DE VISIBILIDADE Projeto: Circuito RMC de Corrida e Caminhada 2013 5ª Etapa Número de Beneficiários: 1.100 Participantes Valor do Projeto: R$ 252.481,53 Processo: 58701.001725/2013-21

Leia mais

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM 1. Curso: Missão do Colégio: Promover o desenvolvimento do cidadão e, na sua ação educativa,

Leia mais

LINHAS GERAIS DE AÇÕES Núcleo de Esportes Social

LINHAS GERAIS DE AÇÕES Núcleo de Esportes Social LINHAS GERAIS DE AÇÕES Núcleo de Esportes Social Manifestações Esportivas Sócio Educativo Rendimento Participação Projeto Proposto O Programa Segundo Tempo constitui-se numa iniciativa do Ministério do

Leia mais

Informações da Organização

Informações da Organização Informações da Organização Nome: ASSOCIACAO DE MULHERES DE NEGOCIOS E PROFISSIONAIS DA GRANDE FLORIANOPOLIS? BPW FLORIANOPOLIS CNPJ: 00.885.218/0001-70 Endereço: Rua Irmã Bonavita Endereço Complemento:

Leia mais

Processo Nº / São Carlos Clube do Atletismo

Processo Nº / São Carlos Clube do Atletismo Processo Nº 58701001573/2009-80 SÃO CARLOS CLUBE O São Carlos Clube é um dos clubes mais tradicionais do interior do estado de São Paulo fundado em 1944. A história do clube e da cidade é bastante conhecida

Leia mais

SUGESTÃO DE ITENS PARA PROPOSTA DE EVENTO. Disciplina: Organização e Administração Desportiva Professor: Edson Farret

SUGESTÃO DE ITENS PARA PROPOSTA DE EVENTO. Disciplina: Organização e Administração Desportiva Professor: Edson Farret SUGESTÃO DE ITENS PARA PROPOSTA DE EVENTO Disciplina: Organização e Administração Desportiva Professor: Edson Farret EVENTOS Por categoria Institucional ou promocional; Por área de interesse: esportivo,

Leia mais

13ª Corrida Rústica e Caminhada. de Alcântara 27/03/ de Março de Realização: Magayver Eventos e Consultoria Ltda.

13ª Corrida Rústica e Caminhada. de Alcântara 27/03/ de Março de Realização: Magayver Eventos e Consultoria Ltda. 13ª Corrida Rústica e Caminhada de Alcântara 27/03/2016 27 de Março de 2016 Realização: Magayver Eventos e Consultoria Ltda 1- Identificação A Corrida Rústica será de pedestres de Alcântara/São Gonçalo,

Leia mais

SECRETARIA DE ESPORTES E LAZER

SECRETARIA DE ESPORTES E LAZER BOLETIM 01 1 SEMESTRE MENSAGEM O grande professor Manoel Gomes Tubino, em um de seus inúmeros trabalhos sobre a Educação Física, conceitua o fenômeno Esporte em três dimensões, sendo que, no Campeonato

Leia mais

MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DE ESPORTE E DE LAZER. Programa Esporte e Lazer da Cidade - PELC

MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DE ESPORTE E DE LAZER. Programa Esporte e Lazer da Cidade - PELC MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DE ESPORTE E DE LAZER Programa Esporte e Lazer da Cidade - PELC 2010 Estrutura Ministério do Esporte Secretaria Executiva Secretaria Nacional

Leia mais

REGULAMENTO GERAL JOGOS DE INTEGRAÇÃO IFRS 2016

REGULAMENTO GERAL JOGOS DE INTEGRAÇÃO IFRS 2016 REGULAMENTO GERAL JOGOS DE INTEGRAÇÃO IFRS 2016 REGULAMENTO GERAL 3 JOGOS DO IFRS JOGOS DE INTEGRAÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E FINALIDADES Art.1º Os 3º Jogos do IFRS JOGOS DE INTEGRAÇÃO

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO EDUCAÇÃO FÍSICA

DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO EDUCAÇÃO FÍSICA CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO FUNDAMENTAL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO EDUCAÇÃO FÍSICA OBJETIVO GERAL Favorecer o desenvolvimento corporal e mental harmônicos, consolidar hábitos

Leia mais

CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA - BACHARELADO EMENTAS º PERÍODO

CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA - BACHARELADO EMENTAS º PERÍODO CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA - BACHARELADO EMENTAS - 2016.2 2º PERÍODO DISCIPLINA: BIOQUÍMICA CELULAR Componentes responsáveis pelo funcionamento bioquímico dos seres vivos, em especial o ser humano, manifestos

Leia mais

Futuro Integral. Categoria do projeto: III Projetos finalizados (projetos encerrados) Nome da Instituição/Empresa: SESC Parana Unidade Apucarana

Futuro Integral. Categoria do projeto: III Projetos finalizados (projetos encerrados) Nome da Instituição/Empresa: SESC Parana Unidade Apucarana Futuro Integral Mostra Local de: Apucarana (Municípios do Vale do Ivaí) Categoria do projeto: III Projetos finalizados (projetos encerrados) Nome da Instituição/Empresa: SESC Parana Unidade Apucarana Cidade:

Leia mais

3ª Corrida Rústica e Caminhada Da Fazenda Colubandê 11/09/2016

3ª Corrida Rústica e Caminhada Da Fazenda Colubandê 11/09/2016 3ª Corrida Rústica e Caminhada Da Fazenda Colubandê 11/09/2016 11 de Setembro de 2016 Realização: Magayver Eventos e Consultoria Ltda 1- Identificação A Corrida Rústica será de pedestres de Alcântara/São

Leia mais

DESCRIÇÃO DO PROJETO

DESCRIÇÃO DO PROJETO DESCRIÇÃO DO PROJETO I. NÚMERO DE CADASTRO DO PROPONENTE (login) 02SP008402007 Proponente: LIGA ESPORTIVA UNIVERSITÁRIA PAULISTA CNPJ: 07.263.223/0001-90 Endereço: AV. GOIÁS, 3400 Telefone(DDD): (11)4226-8317

Leia mais

Passe Rápido. Projeto Multiesportivo Educacional. Proposta de Patrocínio Esportivo via Lei de Incentivo ao Esporte (IR)

Passe Rápido. Projeto Multiesportivo Educacional. Proposta de Patrocínio Esportivo via Lei de Incentivo ao Esporte (IR) Proposta de Patrocínio Esportivo via Lei de Incentivo ao Esporte (IR) Passe Rápido Projeto Multiesportivo Educacional Nº SLIE 1408014-13 - Aprovado com nº do processo 58701.001725/2014-10 Campinas, 18

Leia mais

TORNEIOS DESPORTIVOS INTER-ESCOLAS SECUNDÁRIAS DO CONCELHO DE MATOSINHOS

TORNEIOS DESPORTIVOS INTER-ESCOLAS SECUNDÁRIAS DO CONCELHO DE MATOSINHOS TORNEIOS DESPORTIVOS INTER-ESCOLAS SECUNDÁRIAS DO CONCELHO DE MATOSINHOS PLANO COMUM DE ACTIVIDADES DESPORTIVAS Escola Secundária Abel Salazar Escola Secundária Augusto Gomes Escola Secundária Boa Nova

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES COMPLEXO ESPORTIVO 9ª COPA UNIVATES/DCE 2016 REGULAMENTO GERAL

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES COMPLEXO ESPORTIVO 9ª COPA UNIVATES/DCE 2016 REGULAMENTO GERAL CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES COMPLEXO ESPORTIVO 9ª COPA UNIVATES/DCE 2016 REGULAMENTO GERAL DA PROMOÇÃO E ORGANIZAÇÃO: A promoção e a organização são do Centro Universitário UNIVATES/Complexo Esportivo

Leia mais

Projeto de Corrida e Caminhada

Projeto de Corrida e Caminhada Projeto de Corrida e Caminhada Apresentação A Liga RMC de Esportes é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 28/07/2005 (6 anos). A entidade é qualificada como OSCIP (Organização da Sociedade Civil

Leia mais

Política de Responsabilidade Social, Doações e Patrocínios

Política de Responsabilidade Social, Doações e Patrocínios Política de Responsabilidade Social, Doações e Patrocínios Política de Responsabilidade Sumário Introdução Objetivo Aprovação Patrocínios 3 4 5 6 1. Categorias de Patrocínios 6 2. Patrocínios via Leis

Leia mais

- REGIMENTO INTERNO. Secretaria de Esportes e Lazer. Leis nº 6.529/05 e nº 6.551/06, Decretos nº /06, nº /06 e nº 16.

- REGIMENTO INTERNO. Secretaria de Esportes e Lazer. Leis nº 6.529/05 e nº 6.551/06, Decretos nº /06, nº /06 e nº 16. - REGIMENTO INTERNO Secretaria de Esportes e Lazer Leis nº 6.529/05 e nº 6.551/06, Decretos nº 12.660/06, nº 12.979/06 e nº 16.385/15 I - Secretaria Executiva: - auxiliar e assessorar o Secretário Municipal

Leia mais

POLÍTICA DE PATROCÍNIOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS. Política de Patrocínios das Empresas Eletrobras

POLÍTICA DE PATROCÍNIOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS. Política de Patrocínios das Empresas Eletrobras Política de Patrocínios das Empresas Eletrobras Versão 2.0 19/05/2014 1 Sumário 1. Objetivo... 3 2. Conceito de Patrocínio... 3 3. Princípios... 3 4. Diretrizes... 4 4.1. Áreas de atuação... 4 4.2. Restrições...

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS E COMUNITÁRIOS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS E COMUNITÁRIOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS E COMUNITÁRIOS Campus Universitário Ministro Petrônio Portela, Bairro Ininga, Teresina, Piauí, Brasil; CEP 64049-550

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO AMAZONAS-UEA PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PÓS-GRADUAÇÃO EM METODOLOGIA DO ENSINO DE EDUCAÇÃO FÍSICA RICARDO ALFREDO MAIA DA SILVA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO AMAZONAS-UEA PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PÓS-GRADUAÇÃO EM METODOLOGIA DO ENSINO DE EDUCAÇÃO FÍSICA RICARDO ALFREDO MAIA DA SILVA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO AMAZONAS-UEA PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PÓS-GRADUAÇÃO EM METODOLOGIA DO ENSINO DE EDUCAÇÃO FÍSICA RICARDO ALFREDO MAIA DA SILVA O FUTSAL FEMININO NA ESCOLA MANAUS AM 2015 UNIVERSIDADE

Leia mais

REGULAMENTO DO CENTRO DE PESQUISA (CEPES) DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB/IDP

REGULAMENTO DO CENTRO DE PESQUISA (CEPES) DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB/IDP REGULAMENTO DO CENTRO DE PESQUISA (CEPES) DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB/IDP TEXTO COMPILADO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III, IV e V EDUCAÇÃO FÍSICA

DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III, IV e V EDUCAÇÃO FÍSICA CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO INFANTIL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III, IV e V EDUCAÇÃO FÍSICA OBJETIVOS GERAIS Favorecer o desenvolvimento corporal e mental harmônicos, a melhoria

Leia mais

Atletismo na escola, uma possibilidade de ensino. E.E. Alfredo Paulino. Professor(es) Apresentador(es): Prof. Eduardo Maia Simões.

Atletismo na escola, uma possibilidade de ensino. E.E. Alfredo Paulino. Professor(es) Apresentador(es): Prof. Eduardo Maia Simões. Atletismo na escola, uma possibilidade de ensino E.E. Alfredo Paulino Professor(es) Apresentador(es): Prof. Eduardo Maia Simões Realização: Foco do Projeto O foco era oferecer aos alunos dos 4ºs. Anos

Leia mais

Bem-vindo à Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional

Bem-vindo à Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional cartilha do CALOURO Bem-vindo à Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional A EEFFTO foi fundada em novembro de 1953. Atualmente, a Escola possui quatro departamentos: de Educação Física,

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Capoeira - menino Pé no Chão

Mostra de Projetos 2011. Capoeira - menino Pé no Chão Mostra Local de: Dois Vizinhos Mostra de Projetos 2011 Capoeira - menino Pé no Chão Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Associação Casa

Leia mais

PROJETO BIRIBOL FUTURO. O projeto

PROJETO BIRIBOL FUTURO. O projeto O projeto O Projeto Biribol Futuro visa apoiar a prática dessa categoria esportiva oferecendo maior contato do público com o esporte, oferecendo atividades para idosos, portadores de necessidades especiais,

Leia mais

2010 / Projecto Nestum Rugby nas Escolas

2010 / Projecto Nestum Rugby nas Escolas 2010 / 2011 Projecto Nestum Rugby nas Escolas Índice Pág. 1. Introdução 3 2. Rugby nas Escolas 4 2.1 Objectivos 3. Formação de Professores (Fase I) 5 3.1 Acção de Formação para Professores 4. Ensino do

Leia mais

AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2011

AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2011 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2011 NATAL/RN MARÇO/2012

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO COLÉGIO NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO PLANEJAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2016 Professores Responsáveis Prof. Ana Paula da Costa Ricart Prof. Danielle Naegele Fernandes Prof. Eduardo Henrique Leal Prof. Idalina

Leia mais

Rede Mobilizadores. Elaboração de Projetos Sociais: aspectos gerais

Rede Mobilizadores. Elaboração de Projetos Sociais: aspectos gerais Atividade Final: Elaboração de Pré-Projeto Aluno: Maurício Francheschis Negri 1 Identificação do Projeto Rede Mobilizadores Elaboração de Projetos Sociais: aspectos gerais Um dia na escola do meu filho:

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA DIRETORIA REGIONAL DE ENSINO DE ARAGUAÍNA COLÉGIO ESTADUAL LEOPOLDO DE BULHÕES EQUIPE DE APOIO

ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA DIRETORIA REGIONAL DE ENSINO DE ARAGUAÍNA COLÉGIO ESTADUAL LEOPOLDO DE BULHÕES EQUIPE DE APOIO FESTIVAL DE ARTES A CULTURA E NÓS DO COLÉGIO ESTADUAL LEOPOLDO DE BULHÕES. APRESENTAÇÃO O festival de artes A Cultura e Nós é uma iniciativa do Colégio Estadual Leopoldo de Bulhões, em parceria com as

Leia mais

Sementes do Amanhã. Proposta de Projeto Esportivo. Proposta de Patrocínio via Lei de Incentivo ao Esporte (100% dedutível de 1% do IR)

Sementes do Amanhã. Proposta de Projeto Esportivo. Proposta de Patrocínio via Lei de Incentivo ao Esporte (100% dedutível de 1% do IR) Proposta de Projeto Esportivo Sementes do Amanhã Proposta de Patrocínio via Lei de Incentivo ao Esporte (100% dedutível de 1% do IR) PROPONENTE: GESTÃO: APOIO: COLABORADOR: PANORAMA Futebol Clube Proposta

Leia mais

PLANO DE DISCIPLINA DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR

PLANO DE DISCIPLINA DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR NOME: EDUCAÇÃO FÍSICA II PLANO DE DISCIPLINA DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR CURSO: TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO ANO: 2º CARGA HORÁRIA: 3 A/S - 120 H/A 100 H/R DOCENTE RESPONSÁVEL: ANA

Leia mais

AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE EXTENSÃO POR ÁREA TEMÁTICA INSTITUCIONAL E POR UNA

AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE EXTENSÃO POR ÁREA TEMÁTICA INSTITUCIONAL E POR UNA UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE EXTENSÃO EDITAL INTERNO CONJUNTO Nº 01/016 AVALIAÇÃO DE PROJETOS DE EXTENSÃO POR E POR A Comissão de Avaliação dos projetos de

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE ATLETISMO CBAt. Investindo no FUTURO do ATLETISMO BRASILEIRO

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE ATLETISMO CBAt. Investindo no FUTURO do ATLETISMO BRASILEIRO CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE ATLETISMO CBAt Investindo no FUTURO do ATLETISMO BRASILEIRO O Atletismo SÓ O ESPORTE É CAPAZ DE UNIR PESSOAS DE DIFERENTES CULTURAS, RAÇAS E CLASSES EM TORNO DE UM OBJETIVO COMUM,

Leia mais

O que são os Núcleos Temáticos?

O que são os Núcleos Temáticos? O que são os Núcleos Temáticos? Dispositivos acadêmicos grupais de natureza multidisciplinar e transdisciplinar voltados para a ampliação e aprofundamento de temas de relevância social, cultural e científica

Leia mais

DIREÇÃO DE SERVIÇOS DO DESPORTO ESCOLAR

DIREÇÃO DE SERVIÇOS DO DESPORTO ESCOLAR DIREÇÃO DE SERVIÇOS DO DESPORTO ESCOLAR 1 INTRODUÇÃO O Desporto Escolar (DE) tem de ser entendido como uma responsabilidade da comunidade escolar e é à escola, que compete criar as condições necessárias

Leia mais

PROGRAMA DE TREINAMENTO DE VOLEIBOL DESTINADO À COMUNIDADE UNIVERSITÁRIA

PROGRAMA DE TREINAMENTO DE VOLEIBOL DESTINADO À COMUNIDADE UNIVERSITÁRIA PROGRAMA DE TREINAMENTO DE VOLEIBOL DESTINADO À COMUNIDADE UNIVERSITÁRIA Vitor Hugo Fernando de Oliveira, Flávio da Rosa Júnior, Fábio Santos Mello Acadêmicos do Curso de Educação Física da UFSC Juarez

Leia mais

Pontos para Concurso Público para Docente do Magistério Superior Edital 01/2009

Pontos para Concurso Público para Docente do Magistério Superior Edital 01/2009 Desporto Coletivo 1. Origem e evolução do Desporto Coletivo no Brasil: histórico e tendências atuais 2. Processos pedagógicos de iniciação do Desporto Coletivo no contexto escolar 3. A utilização de equipamentos

Leia mais

Crianças e adolescentes inscritos no Programa Segundo Tempo.

Crianças e adolescentes inscritos no Programa Segundo Tempo. Manual de Procedimentos APRESENTAÇÃO Oportunizar aos beneficiados do Programa Segundo Tempo eventos e programações diferenciadas ao longo do ano é uma das ações estratégicas desta Secretaria Nacional.

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR Nº 01, DE 05 DE JUNHO DE 2016 REFERENTE AO EDITAL N 04/2016/ PROEX/IFAC APOIO ÀS ATIVIDADES DO ESPORTE E LAZER

EDITAL COMPLEMENTAR Nº 01, DE 05 DE JUNHO DE 2016 REFERENTE AO EDITAL N 04/2016/ PROEX/IFAC APOIO ÀS ATIVIDADES DO ESPORTE E LAZER EDITAL COMPLEMENTAR Nº 01, DE 05 DE JUNHO DE 2016 REFERENTE AO EDITAL N 04/2016/2017 - PROEX/IFAC APOIO ÀS ATIVIDADES DO ESPORTE E LAZER A Reitora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

PEQUENA CASA DA CRIANÇA

PEQUENA CASA DA CRIANÇA PROJETO REDE EXTENSIVA DE APRENDIZAGEM ENTIDADE BREVE HISTÓRICO DA INSTITUIÇÃO MISSÃO VISÃO VALORES IMPACTO DIAGNÓSTICO DA REGIÃO Pequena Casa da Criança CNPJ: 92.852.953/0001-04 Registrada sob o nº 429

Leia mais

Programas de Atendimento aos Estudantes

Programas de Atendimento aos Estudantes Programas de Atendimento aos Estudantes Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo - IFSP Câmpus Guarulhos 1. Integração dos Ingressantes O atendimento ao estudante no IFSP Guarulhos

Leia mais

Departamento de Promoção Social

Departamento de Promoção Social Departamento de Promoção Social Núcleo de Projetos Esportivos e Responsabilidade Social Gerência - Mario Cesar Ralise Coordenação - Ana Cristina Lana Teixeira Produtos do Núcleo de Esportes e Reponsabilidade

Leia mais

ASSOCIAÇÃO KODOKAN. Projeto Kodokan

ASSOCIAÇÃO KODOKAN. Projeto Kodokan ASSOCIAÇÃO KODOKAN Projeto Kodokan INFORMAÇÕES BÁSICAS NOME DO PROJETO: KODOKAN ORGANIZAÇÃO PROPONENTE: ASSOCIAÇÃO DE JUDÔ KODOKAN ABRANGÊNCIA DO PROJETO: NOVA MUTUM/MT LINHA DE ATUAÇÃO DO PROJETO: ATENDIMENTO

Leia mais

SDE0183 TEORIA E PRÁTICA DA EDUCAÇÃO FÍSICA ADAPTADA Aula 4: Atividade Motora Adaptada as PcD s Visuais. continuação

SDE0183 TEORIA E PRÁTICA DA EDUCAÇÃO FÍSICA ADAPTADA Aula 4: Atividade Motora Adaptada as PcD s Visuais. continuação SDE0183 TEORIA E PRÁTICA DA EDUCAÇÃO FÍSICA ADAPTADA Aula 4: Atividade Motora Adaptada as PcD s Visuais continuação Objetivos desta aula: 1. Conhecer e aplicar a classificação das DV s em relação ao nível

Leia mais

EDITAL N 014 CCENTRO, de 12 de julho de 2016.

EDITAL N 014 CCENTRO, de 12 de julho de 2016. EDITAL N 014 CCENTRO, de 12 de julho de 2016. A Direção Geral do campus Campos Centro IF Fluminense, no uso de suas atribuições, faz saber que, por meio da Diretoria de Educação Básica e Profissional,

Leia mais

XXI OLIMATER ºs aos 5ºs anos É muito importante compromisso Data de Abertura: Horário da Abertura: Dias da Olimater: Local: Traje:

XXI OLIMATER ºs aos 5ºs anos É muito importante compromisso Data de Abertura: Horário da Abertura: Dias da Olimater: Local: Traje: XXI OLIMATER 2016 Srs. Pais, Comunicamos que realizaremos a XXI Olimater, com a participação dos alunos dos 2º s aos 5º s anos do Ensino Fundamental. É muito importante a participação de todos, portanto

Leia mais

CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS º PERÍODO

CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS º PERÍODO CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO Estudo da história geral da Educação e da Pedagogia, enfatizando a educação brasileira. Políticas ao longo da história engendradas

Leia mais

Instituto Equipav viabiliza ação social em municípios atendidos pela Aegea. Carlos Henrique Paganetto Roma Junior

Instituto Equipav viabiliza ação social em municípios atendidos pela Aegea. Carlos Henrique Paganetto Roma Junior Instituto Equipav viabiliza ação social em municípios atendidos pela Aegea Carlos Henrique Paganetto Roma Junior SUSTENTABILIDADE NA SOCIEDADE Problemas centrais Uso insustentável e predatório dos recursos

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS JOGOS INTERNOS DOS SERVIDORES DO IFRN/CNAT 2012

REGULAMENTO GERAL DOS JOGOS INTERNOS DOS SERVIDORES DO IFRN/CNAT 2012 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE - IFRN REGULAMENTO GERAL DOS JOGOS INTERNOS DOS SERVIDORES DO IFRN/CNAT 2012 Art. 1º - Os Jogos Internos

Leia mais

Regulamento do Programa Institucional de Bolsas de Extensão para Discentes PIBED do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais IFNMG

Regulamento do Programa Institucional de Bolsas de Extensão para Discentes PIBED do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais IFNMG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA NORTE DE MINAS GERAIS Regulamento do Programa Institucional de Bolsas de Extensão

Leia mais

Clube do Desporto Escolar

Clube do Desporto Escolar Agrupamento de Escolas das Taipas Clube do Desporto Escolar 1. Estrutura organizacional Coordenador: Maria Elisabete da Silva Martinho Grupo de Recrutamento: 620 Departamento: Expressões Composição do

Leia mais

Início data da assinatura do Convênio. Término , coincidindo com o final do mandato do prefeito municipal.

Início data da assinatura do Convênio. Término , coincidindo com o final do mandato do prefeito municipal. Programa Integração AABB Comunidade Anexo 2 Informações e orientações destinadas à apresentação do Programa às potenciais convenentes prefeituras municipais 1. Apresentação Com 27 anos de existência, o

Leia mais

Informações da Organização

Informações da Organização Informações da Organização Nome: Associação Junior Achievement de Santa Catarina CNPJ: 01.852.526/0001-62 Endereço: Rua Camilo Silveira de Souza Endereço Complemento: Numero: 193 Bairro: Capoeiras Cidade:

Leia mais

Regulamento Específico GINÁSTICA ARTÍSTICA

Regulamento Específico GINÁSTICA ARTÍSTICA ÍNDICE Programa de competição... 3 Escalões etários... 3 Generalidades... 3 Desenrolar da competição... 3 Equipamento... 4 Pontuação... 4 Solo... 4 Barra fixa, Paralelas e Trave... 4 Saltos de Plinto...

Leia mais

Missão: Visão: Valores:

Missão: Visão: Valores: A Saúde Esporte Sociedade Esportiva é uma organização não governamental sem fins lucrativos dedicada a integração e socialização através do esporte, proporcionando o bem estar e melhor qualidade de vida

Leia mais

Critérios de Avaliação Disciplina: Orquestra de Sopros 2º CICLO

Critérios de Avaliação Disciplina: Orquestra de Sopros 2º CICLO 2º CICLO DOMÍNIO DA CRITÉRIOS GERAIS PERFIL DO ALUNO: DESCRITORES GERAIS INSTRUMENTOS INDICADORES DE % Coordenação psico-motora. Sentido de pulsação/ritmo/harmonia/ fraseado. COGNITIVOS: APTIDÕES CAPACIDADES

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Educação Física - Bacharelado Missão A missão do Curso de Bacharelado em Educação Física é formar profissionais para atuar nos diferentes segmentos humanos e sociais,

Leia mais

EDUCAÇÃO, TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE DOCUMENTO REFERÊNCIA

EDUCAÇÃO, TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE DOCUMENTO REFERÊNCIA EIXO III EDUCAÇÃO, TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE DOCUMENTO REFERÊNCIA SUGESTÃO Desde os anos 1980, observam-se transformações significativas

Leia mais

PROJETO INCENTIVADO - ICMS CENTRO DE TREINAMENTO DE REMO ADAPTÁVEL. Este é um Projeto Aprovado pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte KMC

PROJETO INCENTIVADO - ICMS CENTRO DE TREINAMENTO DE REMO ADAPTÁVEL. Este é um Projeto Aprovado pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte KMC PROJETO INCENTIVADO - ICMS CENTRO DE TREINAMENTO Este é um Projeto Aprovado pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte Realização Apoio Sobre a Lei Foi sancionada em dezembro de 2009 a Lei Estadual nº 1.137/2009,

Leia mais

PROJETO SOCIAL DE KARATE 2017

PROJETO SOCIAL DE KARATE 2017 1 PROJETO SOCIAL DE KARATE 2017 Alunos: João da Silva Parcerias: MEDIANEIRA KARATÊ CLUBE MEDIANEIRA - PR 2017 2 PROJETO DE KARATÊ JUSTIFICATIVA Este projeto justifica-se, pela vontade do Medianeira Karatê

Leia mais

II Jogos Abertos 2008

II Jogos Abertos 2008 II Jogos Abertos 2008 CRONOGRAMA 14/07 Início das Inscrições 15/08 Término das Inscrições 20/08 Definição da forma de disputa, Grupos e Tabelas 23/08 Cerimônia de Abertura e Caminhada da Solidariedade

Leia mais

Regras importantes LEIA O REGULAMENTO COMPLETO ABAIXO

Regras importantes LEIA O REGULAMENTO COMPLETO ABAIXO Regras importantes LEIA O REGULAMENTO COMPLETO ABAIXO Cada participante deverá estar inscrito em no mínimo uma e no máximo duas modalidades; As EQUIPES que tiverem representantes em todas as modalidades

Leia mais

DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL

DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL APRESENTAÇÃO A Associação Cristã de Moços de Sorocaba tem como premissa atender à comunidade sorocabana em seus anseios de caráter físico, mental e espiritual, através

Leia mais

JUDÔ - (Certificado ISO 9001/2008)

JUDÔ - (Certificado ISO 9001/2008) JUDÔ - (Certificado ISO 9001/2008) Objetivos: Promover e desenvolver a prática do judô, contribuindo para a formação integral da criança, proporcionando-lhe melhor qualidade de vida. No tatame, o aluno

Leia mais

19/02/ h06- Atualizado em 19/02/ h06. Conheça um pouco sobre Corrida de Orientação, esporte 'novo' na Paraíba

19/02/ h06- Atualizado em 19/02/ h06. Conheça um pouco sobre Corrida de Orientação, esporte 'novo' na Paraíba 19/02/2012 19h06- Atualizado em 19/02/2012 19h06 Conheça um pouco sobre Corrida de Orientação, esporte 'novo' na Paraíba Esporte é praticado em contato direto com a natureza e seus principais equipamentos

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DO GT CAPOEIRA, ESPORTE E LAZER

CONTRIBUIÇÕES DO GT CAPOEIRA, ESPORTE E LAZER CONTRIBUIÇÕES DO GT CAPOEIRA, ESPORTE E LAZER Este documento apresenta os resultados dos debates desenvolvidos pelo Grupo de Trabalho Capoeira, Esporte e Lazer, do 1º Encontro Regional do Programa Nacional

Leia mais

PROJETO Servir com Proteção Social

PROJETO Servir com Proteção Social 2012 Coordenador do Projeto: CARLOS HENRIQUE SILVA SANTOS TEL.: 7376-1274 / (019) 7828-5604 (ID 957*31090) e-mail: henriquefaixapreta@yahoo.com.br ou pservircomprotecaosocial@yahoo.com.br PROJETO Servir

Leia mais

FAMALICÃO INCLUSIVO. 1º Encontro do Grupo de Auto Representantes de Vila Nova de Famalicão

FAMALICÃO INCLUSIVO. 1º Encontro do Grupo de Auto Representantes de Vila Nova de Famalicão FAMALICÃO INCLUSIVO 1º Encontro do Grupo de Auto Representantes de Vila Nova de Famalicão FAMALICÃO INCLUSIVO Reuniões com os Serviços de Psicologia e Orientação FAMALICÃO INCLUSIVO Diagnóstico Local no

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DA ÁREA DE SAÚDE DA ASCES.

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DA ÁREA DE SAÚDE DA ASCES. REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DA ÁREA DE SAÚDE DA ASCES. 1. JUSTIFICATIVA Tomando-se como referência a missão institucional ASCES que visa o favorecimento da qualificação formal,

Leia mais

Regulamento Técnico Jogos Estudantis para Todos 2012 Secretaria Municipal de Educação e Desporto Novo Hamburgo

Regulamento Técnico Jogos Estudantis para Todos 2012 Secretaria Municipal de Educação e Desporto Novo Hamburgo Regulamento Técnico Jogos Estudantis para Todos 2012 Secretaria Municipal de Educação e Desporto Novo Hamburgo CAPÍTULO I Das Disposições Gerais Art. 1º - Este regulamento é o conjunto das disposições

Leia mais

A OFB acredita que o aprendizado por meio das artes muda para melhor a vida das pessoas, sendo um poderoso instrumento para integração social

A OFB acredita que o aprendizado por meio das artes muda para melhor a vida das pessoas, sendo um poderoso instrumento para integração social O Viva Arte Viva - é um projeto de inclusão social que oferece oficinas gratuitas e permanentes de teatro, música e dança à comunidade do Distrito Federal e cidades do entorno. É o projeto mais atuante

Leia mais

I FESTIVAL DE DANÇA DA ESCOLA FRANCISCO PAZ ARAGÃO

I FESTIVAL DE DANÇA DA ESCOLA FRANCISCO PAZ ARAGÃO PROGRAMA MAIS CULTURA NAS ESCOLAS EEF FRANCISCO PAZ ARAGÃO DISTRITO SÃO JOSÉ I FESTIVAL DE DANÇA DA ESCOLA FRANCISCO PAZ ARAGÃO REGULAMENTO 01 - DAS FINALIDADES: O I festival de danças da EEF Francisco

Leia mais

POPULACAO DO MUNICIPIO DO RIO DE JANEIRO INFORMAÇÕES FINANCEIRAS RECURSOS TESOURO TOTAL

POPULACAO DO MUNICIPIO DO RIO DE JANEIRO INFORMAÇÕES FINANCEIRAS RECURSOS TESOURO TOTAL PROGRAMA: 34 ESPORTE E LAZER NO MUNICIPIO DO RJ OBJETIVO GERAL: DESENVOLVER TODAS AS INICIATIVAS NECESSARIAS A PRATICA DESPORTIVA E AO LAZER COMUNITARIO, UTILIZANDO O ESPORTE COMO INSTRUMENTO DE INCLUSAO

Leia mais

TORNEIO DE FUTSAL JUSTIFICATIVA

TORNEIO DE FUTSAL JUSTIFICATIVA TORNEIO DE FUTSAL JUSTIFICATIVA Visto que o movimento é presente em nossas vidas desde nosso nascimento e, durante sua evolução buscamos cada vez mais subsídios para aperfeiçoá-los, o esporte dentro da

Leia mais

ANEXO V REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DO CURSO LICENCIATURA EM PEDAGOGIA À DISTÂNCIA CAPÍTULO I DA REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

ANEXO V REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DO CURSO LICENCIATURA EM PEDAGOGIA À DISTÂNCIA CAPÍTULO I DA REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS ANEXO V REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DO CURSO LICENCIATURA EM PEDAGOGIA À DISTÂNCIA CAPÍTULO I DA REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO

Leia mais

Proposta de Gestão do Prof. Joei Saade Candidato a Diretor Geral do IFSP - Câmpus Guarulhos

Proposta de Gestão do Prof. Joei Saade Candidato a Diretor Geral do IFSP - Câmpus Guarulhos JoelSaade Proposta de Gestão do Prof. Joei Saade Candidato a Diretor Geral do IFSP - Câmpus Guarulhos Guarulhos Agosto/2016 1. introdução Este documento reflete a Proposta de Gestão, conforme exigência

Leia mais

Marta Lima Gerente de Políticas Educacionais de Educação em Direitos Humanos, Diversidade e Cidadania.

Marta Lima Gerente de Políticas Educacionais de Educação em Direitos Humanos, Diversidade e Cidadania. Marta Lima Gerente de Políticas Educacionais de Educação em Direitos Humanos, Diversidade e Cidadania. FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS DEMOCRACIA REGIME PAUTADO NA SOBERANIA POPULAR E NO RESPEITO

Leia mais

PROJETO. 1. Corrida e Caminhada IBGM/IBS

PROJETO. 1. Corrida e Caminhada IBGM/IBS PROJETO 1. Corrida e Caminhada IBGM/IBS Recife, 01 de junho de 2016 RESPONSÁVEIS FACULDADE IBGM/IBS Endereço: Rua Joaquim Felipe, 250 Boa Vista Recife PE. Cnpj: Contato: (81) 3036-0001 Responsáveis: Edvaldo

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE EDUCAÇÃO FÍSICA

PLANO DE TRABALHO DOCENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO DE TRABALHO DOCENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PROF. RAVILSON CAMPINA DO SIMÃO/2012 SÉRIE: 7ª TURMA: A/B/C HORAS/AULA: 03 PERÍODO: 08/02/2012 a 19/12/2011 populares -Elástico, 5 maria bulica, bets,peteca, queimada

Leia mais

EVENTOS ESPORTIVOS ORGANIZAÇÃO E PRODUÇÃO. Pedro Lucas Leite Parolini Mestrando em Gestão e Marketing Esportivo

EVENTOS ESPORTIVOS ORGANIZAÇÃO E PRODUÇÃO. Pedro Lucas Leite Parolini Mestrando em Gestão e Marketing Esportivo EVENTOS ESPORTIVOS ORGANIZAÇÃO E PRODUÇÃO Pedro Lucas Leite Parolini Mestrando em Gestão e Marketing Esportivo O que iremos discutir? Know-how em eventos esportivo Conceito de evento esportivo Eventos

Leia mais

O DESPERTAR PARA UM TRÂNSITO MAIS SEGURO

O DESPERTAR PARA UM TRÂNSITO MAIS SEGURO O DESPERTAR PARA UM TRÂNSITO MAIS SEGURO 2016 1. JUSTIFICATIVA O Projeto de Educação no Trânsito O despertar para um trânsito mais seguro, vem conscientizar que é possível ser reduzido o número de acidentes

Leia mais

Projeto de Financiamento para Aquisição de Transporte

Projeto de Financiamento para Aquisição de Transporte Projeto de Financiamento para Aquisição de Transporte Objetivo Geral:Agilizar e dinamizar ações no atendimento às crianças/adolescentes e familiares, assistidos pela OSCIP/FEAS Fundação Educativa Albert

Leia mais