Institucional. Nossa História

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Institucional. Nossa História"

Transcrição

1 Institucional Nossa história Proposta Pedagógica Horário Nosso Espaço Fotos Localização Manual do aluno Calendário Anual Lista de material Informação de renovação de matrícula para 2014 Circulares Eventos (Fotos) Trabalhe Conosco (currículo para preencher) Fale Conosco Nossa O Colégio Elza Campos foi a realização de um sonho da professora que em 1947, com um único aluno, o fundou, dando a ele o seu próprio nome. Sua premissa educacional já era baseada na potencialização da autonomia do aluno, ou seja, o desenvolvimento da sua capacidade geradora de aprendizagem a fim de aumentar o potencial de absorção do conhecimento, mostrando que os seus limites individuais são referências sempre superáveis. Valores como responsabilidade, respeito, censo crítico, justiça e ética, são indispensáveis e, por isso, são constantemente cultivados em nosso cotidiano. Aliando-os aos valores disciplinares e programáticos, os quisitos de excelente preparação, ministrados por uma equipe treinada e especializada, visam o que há de mais importante para a nossa exitência: o aluno. Unimos, também, a parceria entre família e escola com laços solidificados no respeito, dedicação, e o amor pelo aluno. Hoje, contamos com a parceria do Sistema Pec de Ensino, que, assim como nós, vitorioso na formação de seus alunos, faz-nos crescer cada vez mais, permitindo a utilização de um material didático bem planejado e de fácil execução, assim como mantém nossa equipe docente, graças às constante trocas e reciclagens, em perfeita atualização com a Educação do País e do mundo. As exigências do mundo atual e conseqüentemente, seu enfrentamento, ousamos dizer que já nos tornamos uma escola trilingue, pois o Espanhol e já fazem parte do nosso cotidiano. Além disso, entendendo que nem mundo repleto de jovens em busca, de oportunidade, não se deve fechar as portas aquele que, por um motivo ou outro, não obteve o sucesso esperado, oferecemos o sistema de dependência de forma consciente e responsável, pretendendo que o aluno resgate, com qualidade, os conteúdos não adquiridos, tendo aula durante todo o ano.

2 A partir do jardim até o pré-vestibular seu filho fará parte do melhor e mais competente sistema de educação do Rio de Janeiro. Utilizamos também, a partir do 6º ano aulas de monitoria no horário da tarde, com o objetivo de que o aluno aprenda e tire dúvidas no colégio. Proposta Pedagógica O Colégio Elza Campos tem a sua proposta baseada na pedagogia sócio-interacionalista segundo o qual o aluno é sujeito d conhecimento. A nossa metodologia considera a contextualização, o desenvolvimento de habilidades e competências para o marcado de trabalho. Buscamos traduzir conhecimentos sobre a pessoa, a sociedade, a economia, as práticas sociais e culturais em condutas de indagação, análise, problematização e protagonismo perante as situações novas, problemas ou questões da vida pessoal, social, política, econômica e social. Nossos alunos tornam-se cidadãos pensantes preparados para a vida. Horário Segmentos Manhã Tarde Educação Infantil Fundamental I Fundamental II Ensino Médio 13h às 17h 13h às 17h30min 7h às 12h20min 7h às 13h10min É na 1ª infância que se alicerça a formação do homem. Portanto, é a fase em que os valores e princípios construirão os padrões morais e sociais para o resto da vida. Sabemos também, que a criança possui em impulso para a descoberta, para explorar o mundo que a rodeia, estando em um processo de permanente construção. Desenvolver o potencial individual de cada um, tanto na área cognitiva quanto na afetiva, aumentar o círculo de informações, conhecimentos e experiências são objetivos presentes no nosso dia-a-dia. Através de atividades lúdicas, através de informações sistematizadas em um ambiente educativo que estimule a inteligência, a iniciativa, a autonomia e a criatividade, possibilitando à nossa criança oportunidades para se tornar um ser pensante e questionador. Turno da tarde: 13h às 17h Ensino Fundamental I (1º ano ao 5º ano)

3 Acreditamos que a Educação vá além do conhecimento e da aquisição de habilidades, e que deve estar comprometida com a formação do aluno para o exercício da cidadania. Oferecemos um ensino de qualidade compromissado em dar continuidade ao processo de aquisição de conhecimentos, proporcionando o aprimoramento da linguagem, aperfeiçoando o domínio das técnicas de leitura e da escrita, com produção de textos individuais e em grupo. Através das técnicas de numeração e cálculo desenvolvemos com grande sucesso o raciocínio lógico e matemático. Nosso trabalho é planejado de forma bem interessante e dinâmica para que, a cada ano de escolaridade, nosso aluno fique mais preparado no seu conhecimento para o futuro. Turno da tarde: 13h às 17h30min Ou Turno da manhã: 7h30min às 12h (só 5º ano) Português Educação artística Música Ciências Ensino fundamental II (6º ano ao 9º) Com um currículo organizado por disciplinas, nossos alunos fortalecem os conhecimentos adquiridos ao longo do processo escolar, tendo condições de buscar informações e conhecimentos que complementem aqueles recebidos no exercício diário. É a fase de solidificação dos traços cognitivos, afetivos, sociais e éticos. É muito importante, nessa fase de transição que se valorize o aprender contínuo, a troca de exemplos e experiências para que formemos alunos capazes de tomar decisões e superar desafios. Em clima de amor, respeito, compreensão e segurança, o Colégio Elza Campos, torna se a continuação da casa de cada um deles. São objetivos do Colégio Elza Campos Oferecer condições a aluno de, através da consciência crítica adquirida, construir um mundo mais justo. Dar-lhe condições de atuar, na maioria das vezes, como agente de mudanças, preparando-o para o mundo competitivo e para necessária adaptação.

4 Língua Portuguesa (Gramática e Interpretação de Texto) Produção Textual Desenho Geométrico Ciências Biologia (9º ano a partir) Espanhol Física Química (9º ano a partir) Filosofia (9º ano a partir) Educação Artística Turno da manhã: 7h às 12h20min ou 13h10min Ensino Médio O ensino é pensado de uma forma dinâmica, com o desenvolvimento de um comportamento autônomo, sempre em acordo com suportes matérias, intelectuais e emocionais. Levamos o aluno a se sentir desafiado pela busca do saber e a adquirir espírito de pesquisa; criar meios para desenvolver habilidades e competências para identificar fontes de informação e a forma de obtê-las e oferecer condições reais ao aluno para participar, com sucesso, do processo. Quanto a 3ª série, particularmente a carga diferenciada de aulas, assim como aulas de aprofundamento a tarde, resolução de provas anteriores dos concursos de vestibular e ENEM. O Colégio Elza Campos utiliza de simulados bimestrais que serão ministrados aos sábados pela manhã, também como as aulas de monitoria que ajudam muito nas dúvidas de resolução de exercícios. Temos como objetivo preparar e ambientalizar nosso aluno de forma que enfrente concursos seguros, conscientes e aptos a aprovação. Língua Portuguesa (Gramática e Interpretação de Texto) Literatura Produção de Texto Biologia

5 Química Física Filosofia Sociologia Espanhol Educação artística Turno da manhã: 7h às 13h10min

Da Educação Infantil ao Simulados Pré-vestibular, o Sistema de Ensino Poliedro oferece coleções de livros didáticos elaborados por autores

Da Educação Infantil ao Simulados Pré-vestibular, o Sistema de Ensino Poliedro oferece coleções de livros didáticos elaborados por autores Da Educação Infantil ao Pré-vestibular, o Sistema de Ensino Poliedro oferece coleções de livros didáticos elaborados por autores especialistas e com experiência em sala de aula, o que possibilita o desenvolvimento

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Pedagogia Missão O Curso de Pedagogia tem por missão a formação de profissionais de educação autônomos e cooperativos, capazes de pensar, investigar, decidir, planejar,

Leia mais

ATIVIDADES PARCIAIS I 16 A 27 DE MARÇO/2015. Manhã Atividade Parcial I Literatura 8,0 4,8. Manhã Atividade Parcial I Química 8,0 4,8

ATIVIDADES PARCIAIS I 16 A 27 DE MARÇO/2015. Manhã Atividade Parcial I Literatura 8,0 4,8. Manhã Atividade Parcial I Química 8,0 4,8 Prezado(a) aluno(a), Você está recebendo o Calendário de Provas da 1ª Etapa. Este instrumento será um guia para VOCÊ e sua família acompanharem seu desempenho escolar. ESTUDO, DISCIPLINA E ORGANIZAÇÃO

Leia mais

161-1 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 DISCIPLINA CARGA HORÁRIA TIPO

161-1 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 DISCIPLINA CARGA HORÁRIA TIPO PÁGINA: 1 INGRESSOS DE 20041 161-1 LICENCIATURA PLENA EM PEDAGOGIA Regime Regular NÚMERO MÍNIMO DE PERÍODOS 1 NÚMERO MÁXIMO DE PERÍODOS 9 CARGA HORÁRIA 3640 1 132 FUNDAMENTOS ÉTICOS DE EDUCAÇÃO 30 OBRIGATORIA

Leia mais

Educação Pré-Escolar

Educação Pré-Escolar Educação Pré-Escolar Sendo a primeira etapa na educação básica, as competências gerais para a Educação Pré Escolar constituem um conjunto de princípios para apoiar o Educador de Infância na sua prática,

Leia mais

Escola Virgem de Lourdes Anos de Educação e Inovação para a Vida

Escola Virgem de Lourdes Anos de Educação e Inovação para a Vida Escola Virgem de Lourdes 2016 63 Anos de Educação e Inovação para a Vida DESEMPENHO DAS 3ª SÉRIES DO ENSINO MÉDIO NO 1º SEMESTRE PLANTÃO PEDAGÓGICO 29 DE AGOSTO DE 2016 Comparações dos resultados entre

Leia mais

NOVIDADES E PARCERIAS

NOVIDADES E PARCERIAS ......... Rua Professor Jones, 1513 - Centro - Linhares / ES - CEP. 29.900-131 - Telefone: (27) 3371-1712 / 3371-2265 / 98837-0282 Site: www.escolafazendinhafeliz.com.br / Email: contato@escolafazendinhafeliz.com.br

Leia mais

Pedagogia Licenciatura S-20 - Educação e Diversidade S-20 - Filosofia Geral

Pedagogia Licenciatura S-20 - Educação e Diversidade S-20 - Filosofia Geral Página 0001 de 0004 1º Período 6387-02S-20 - Educação e Diversidade 0 40-040 0491-02S-20 - Filosofia Geral 0 40-040 PED 0845-02S-20 - História da Educação I 0 40-040 PED 0752-02S-20 - Introdução à 0 40-040

Leia mais

Resolução CEB nº 3, de 26 de junho de Apresentado por: Luciane Pinto, Paulo Henrique Silva e Vanessa Ferreira Backes.

Resolução CEB nº 3, de 26 de junho de Apresentado por: Luciane Pinto, Paulo Henrique Silva e Vanessa Ferreira Backes. Resolução CEB nº 3, de 26 de junho de 1998 Apresentado por: Luciane Pinto, Paulo Henrique Silva e Vanessa Ferreira Backes. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. O Presidente

Leia mais

Currículo do Curso de Pedagogia

Currículo do Curso de Pedagogia Currículo do Curso de Pedagogia Licenciatura ATUAÇÃO Em atendimento às Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN), aprovadas em 2006 pelo Conselho Nacional de (CNE) e homologadas pelo Ministério da (MEC),

Leia mais

ÍNDICE GERAL CONCURSOS 2017/ ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO SISTEMA DE ADAPTAÇÃO

ÍNDICE GERAL CONCURSOS 2017/ ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO SISTEMA DE ADAPTAÇÃO Nº 02 - MAIO DE 2017 ÍNDICE GERAL 1 - CONCURSOS 2017/2018 - ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO...pág. 01 2 - SISTEMA DE ADAPTAÇÃO...pág. 01 3 - MONITORIA/2017-6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL A 1ª SÉRIE DO

Leia mais

Lei de Diretrizes e Bases

Lei de Diretrizes e Bases Lei de Diretrizes e Bases 01. Segundo a Lei de Diretrizes e Bases, a avaliação do desempenho do aluno deverá ser contínua e cumulativa, considerando-se a: a) prevalência dos aspectos quantitativos sobre

Leia mais

Pontos importantes da metodologia - EI e EF I

Pontos importantes da metodologia - EI e EF I Pontos importantes da metodologia - EI e EF I Cada segmento tem sua característica Educação Infantil: - desenvolvimento dos padrões de aprendizagem. Ensino Fundamental: - domínio de conceitos essenciais

Leia mais

- estabelecer um ambiente de relações interpessoais que possibilitem e potencializem

- estabelecer um ambiente de relações interpessoais que possibilitem e potencializem O desenvolvimento social e cognitivo do estudante pressupõe que ele tenha condições, contando com o apoio dos educadores, de criar uma cultura inovadora no colégio, a qual promova o desenvolvimento pessoal

Leia mais

INFORMATIVO CURSO PRÉ-VESTIBULAR

INFORMATIVO CURSO PRÉ-VESTIBULAR 2016 INFORMATIVO CURSO PRÉ-VESTIBULAR Prezado(a) aluno (a) Nosso objetivo, em qualquer curso que oferecemos, é que você aproveite o melhor do nosso trabalho: experiência, professores competentes, atendimento

Leia mais

REGULAMENTO BOLSÃO PRE-ENEM/VEST COLÉGIO CRISTO REI REGULAMENTO N 03, DE 04 DE NOVEMBRO DE 2016

REGULAMENTO BOLSÃO PRE-ENEM/VEST COLÉGIO CRISTO REI REGULAMENTO N 03, DE 04 DE NOVEMBRO DE 2016 COLÉGIO CRISTO REI REGULAMENTO BOLSÃO PRE-ENEM/VEST COLÉGIO CRISTO REI - 2017 REGULAMENTO N 03, DE 04 DE NOVEMBRO DE 2016 Estabelece as normas e diretrizes que regulamentam o Bolsão 2017 para estudantes

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação PEDAGOGIA. COORDENADORA Cristiane Aparecida Baquim

UFV Catálogo de Graduação PEDAGOGIA. COORDENADORA Cristiane Aparecida Baquim UFV Catálogo de Graduação 2014 477 PEDAGOGIA COORDENADORA Cristiane Aparecida Baquim cbaquim@hotmail.br 478 Currículos dos Cursos do CCH UFV Licenciatura ATUAÇÃO Em atendimento às Diretrizes Curriculares

Leia mais

guia de Matrículas Irmã Veronice Weber - Diretora Geral

guia de Matrículas Irmã Veronice Weber - Diretora Geral guia de Matrículas 2017 As Instituições Escolares da Associação Congregação de Santa Catarina têm como missão promover e consolidar educação como processo de crescimento humano-cristão e profissional,

Leia mais

Pedagogia. 1º PERÍODO Carga Horária e Creditação

Pedagogia. 1º PERÍODO Carga Horária e Creditação Cep: 37200000 Pedagogia Matriz Curricular 1 (entrada no mês de Fevereiro) Nivelamentos Leitura e Produção de textos 60 Gramática 60 Carga Horária Total 120 Educação a Distância: Primeiras Aproximações

Leia mais

CURSOS / OFICINAS DE ENSINO 1º SEMESTRE 2017 (2016.2)

CURSOS / OFICINAS DE ENSINO 1º SEMESTRE 2017 (2016.2) CURSOS / OFICINAS DE ENSINO 1º SEMESTRE 2017 (2016.2) MUNICIPIOS CURSO / OFICINA / CH OBJETIVO PÚBLICO ALVO DATAS Água Branca Amarante Anísio de Abreu Estatística Básica aplicada a Educação 30h Computação

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2014 MATRÍCULAS: DE 27 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO

COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2014 MATRÍCULAS: DE 27 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2014 MATRÍCULAS: DE 27 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO LÍNGUA ESTRANGEIRA ALEMÃO Profª Lourdes Sufredini Profª Luciane Probst Unidade de Ensino I Prédio João

Leia mais

Atividades Extraclasse

Atividades Extraclasse Atividades Extraclasse No Marista Ipanema, o estudante também aprende e desenvolve habilidades além da sala de aula. As turmas das Atividades Extraclasse, para cada modalidade, são divididas de acordo

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR - LICENCIATURA EM PEDAGOGIA

MATRIZ CURRICULAR - LICENCIATURA EM PEDAGOGIA MATRIZ CURRICULAR - LICENCIATURA EM PEDAGOGIA 1 a FASE CÓD DISCIPLINAS EIXO C/H Créditos Filosofia da I Epistemologia Introdução à Ciência Epistemologia Científica educativa Português Comunicação e expressão

Leia mais

A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL CONGÊNITA E ADQUIRIDA ATRAVÉS DE JOGOS PEDAGÓGICOS.

A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL CONGÊNITA E ADQUIRIDA ATRAVÉS DE JOGOS PEDAGÓGICOS. A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL CONGÊNITA E ADQUIRIDA ATRAVÉS DE JOGOS PEDAGÓGICOS. Luciana Barros Farias Lima Instituto Benjamin Constant Práticas Pedagógicas Inclusivas

Leia mais

Direção Geral de Estabelecimentos Escolares - DSRN AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO

Direção Geral de Estabelecimentos Escolares - DSRN AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO ATITUDES E VALORES (5%) CONHECIMENTOS E CAPACIDADES (95%) Direção Geral de Estabelecimentos Escolares - DSRN 2016/2017 Português Leitura/ Educação Literária Componente escrita: Compreensão de textos escritos

Leia mais

EXTENSÃO DE ESPANHOL

EXTENSÃO DE ESPANHOL 110. ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA EXTENSÃO DE ESPANHOL Ivana Cristina Ribas Abrão 1 Sebastião

Leia mais

CADERNO IV ÁREAS DE CONHECIMENTO E INTEGRAÇÃO CURRICULAR

CADERNO IV ÁREAS DE CONHECIMENTO E INTEGRAÇÃO CURRICULAR CADERNO IV ÁREAS DE CONHECIMENTO E INTEGRAÇÃO CURRICULAR CURRÍCULO PROJETO DE FORMAÇÃO CULTURAL PARA A NAÇÃO. QUEM DOMINA O CURRÍCULO ESCOLAR, DOMINA A NAÇÃO (FOUCAULT) PROCESSO DE CONTRUÇÃO E SISTEMATIZAÇÃO

Leia mais

1ª fase: 27/08 6ª feira

1ª fase: 27/08 6ª feira COLÉGIO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Congregação das Missionárias Servas do Espírito Santo Rua Aristides Caire, 141 Méier Rio de Janeiro / RJ CEP: 20.775-090 Tel: 2281-5088 Fax: 2501-0811 E-mail: ssps@cicm.com.br

Leia mais

Início da aprendizagem bilíngue 2 professoras em sala - línguas alemã e portuguesa

Início da aprendizagem bilíngue 2 professoras em sala - línguas alemã e portuguesa 2014-2027 Nós preparamos os alunos para a vida em uma sociedade globalizada, caracterizada pela competitividade. O ensino de línguas e o encontro com outras culturas, principalmente a divulgação da língua

Leia mais

MODELO DE PARECER DE UMA CRIANÇA COM NECESSIDADES ESPECIAIS. Autora : Simone Helen Drumond (92) /

MODELO DE PARECER DE UMA CRIANÇA COM NECESSIDADES ESPECIAIS. Autora : Simone Helen Drumond (92) / MODELO DE PARECER DE UMA CRIANÇA COM NECESSIDADES ESPECIAIS. Autora : Simone Helen Drumond simone_drumond@hotmail.com (92) 8808-2372 / 8813-9525 MODELO DE PARECER DE UMA CRIANÇA COM NECESSIDADES ESPECIAIS.

Leia mais

A CONTEXTUALIZAÇÃO COMO AGENTE FACILITADOR NO PROCESSO ENSINO E APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA

A CONTEXTUALIZAÇÃO COMO AGENTE FACILITADOR NO PROCESSO ENSINO E APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA 27 a 30 de Agosto de 2014 A CONTEXTUALIZAÇÃO COMO AGENTE FACILITADOR NO PROCESSO ENSINO E APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA BARROSO, Poliana Polinabarroso@saocamilo-es.br BICALHO, Alessandro Erick alessandrobicalho@saocamilo-es.br

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA (currículo em implantação progressiva a parir de )

CURSO DE PEDAGOGIA (currículo em implantação progressiva a parir de ) CURSO DE PEDAGOGIA (currículo em implantação progressiva a parir de 2009.1) CRIAÇÃO DO CURSO DECRETO 476/60, DE 19/01/60 PARECER 579/CNE/59, 02/12/59 RECONHECIMENTO DO CURSO DECRETO 75590/75, DE 10/04/75

Leia mais

FARINA. anos. Fazendo sucesso em aprovações! SISTEMA DE ENSINO SISTEMA ARI DE SÁ

FARINA. anos. Fazendo sucesso em aprovações! SISTEMA DE ENSINO SISTEMA ARI DE SÁ FARINA SISTEMA DE ENSINO SISTEMA ARI DE SÁ anos Fazendo sucesso em aprovações! Parceria FARINA SISTEMA DE ENSINO ENEM 1 PENTACAMPEÃ LUGAR Em Mato Grosso anos Fazendo sucesso em aprovações! Parceria SISTEMA

Leia mais

BERÇARISTA. CURSO 180h: CURSO 260h:

BERÇARISTA. CURSO 180h: CURSO 260h: ARTES ENSINO FUNDAMENTAL Histórico do ensino da arte no brasil. Educação por meio da arte. Histórico do ensino da arte no brasil. Educação por meio da arte. Artes e educação, concepções teóricas. Histórico

Leia mais

Curso: PEDAGOGIA Curriculo: 0004-L DISCIPLINAS EM OFERTA 2º Semestre de NOT

Curso: PEDAGOGIA Curriculo: 0004-L DISCIPLINAS EM OFERTA 2º Semestre de NOT GR02734 GR02105 GR02160 GR02735 GR02736 SEMESTRE 1 Carga Horária Docentes Escola e Contexto 72.00 Não ofertada no 2º semestre de 2016 Estudo da Formação da Sociedade Contemporânea 72.00 Não ofertada no

Leia mais

LDB Lei de Diretrizes e Bases

LDB Lei de Diretrizes e Bases PEDAGOGIA LDB Lei de Diretrizes e Bases Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional O pedagogo estuda as teorias da ciência da educação e do ensino É

Leia mais

Colégio Valsassina. Modelo pedagógico do jardim de infância

Colégio Valsassina. Modelo pedagógico do jardim de infância Colégio Valsassina Modelo pedagógico do jardim de infância Educação emocional Aprendizagem pela experimentação Educação para a ciência Fatores múltiplos da inteligência Plano anual de expressão plástica

Leia mais

AVISO SEMANAL AVISO SEMANAL PRÉ-VESTIBULAR E PRÉ-PAS 22 A 28 DE ABRIL ATENÇÃO AO CALENDÁRIO DE PROVAS DO VESTIBULAR DA UNB

AVISO SEMANAL AVISO SEMANAL PRÉ-VESTIBULAR E PRÉ-PAS 22 A 28 DE ABRIL ATENÇÃO AO CALENDÁRIO DE PROVAS DO VESTIBULAR DA UNB AVISO SEMANAL PRÉ-VESTIBULAR E PRÉ-PAS 22 A 28 DE ABRIL ATENÇÃO AO CALENDÁRIO DE PROVAS DO VESTIBULAR DA UNB Alunos Pré Vestibular, lembramos que as provas do 1º Vestibular/2015 da UnB serão realizadas

Leia mais

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO 1º CICLO

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO 1º CICLO CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO 1º CICLO DOMÍNIOS SUBDOMÍNIOS CAPACIDADES INDICADORES INSTRUMENTOS Domínio Cognitivo (Saber) Componentes do Currículo Conceitos Identifica/Reconhece/Adquire conceitos; Domina

Leia mais

Universidade de São Paulo Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Enf. Psiquiátrica e Ciências Humanas. Profa. Karina de M. Conte

Universidade de São Paulo Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Enf. Psiquiátrica e Ciências Humanas. Profa. Karina de M. Conte Universidade de São Paulo Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Enf. Psiquiátrica e Ciências Humanas Profa. Karina de M. Conte 2017 DIDÁTICA II Favorecer a compreensão do processo de elaboração, gestão,

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BRAGA OESTE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BRAGA OESTE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE BRAGA OESTE PLANO DE MELHORIA EQUIPA DE AVALIAÇÃO INTERNA 2015/2017 EqAI - 2015 Página 1 de 6 1. Resultados Em Português: incentivar a leitura; recontar as Académicos: histórias

Leia mais

Calendário o e 2 o Ensino Médio

Calendário o e 2 o Ensino Médio Calendário 2016-1 o e 2 o Ensino Médio Janeiro 28 - Reunião de formatura 1 E.M. 10h 29 - Reunião de apresentação - 2 e 3 E.M 10h Fevereiro 01 - Início das aulas 01 a 05 - Período de sondagem 05 - Último

Leia mais

82 TCC em Re-vista 2012

82 TCC em Re-vista 2012 82 TCC em Re-vista 2012 MARTINS, Juleide Lopes de Miranda 1. Reflexões sobre a medicalização do transtorno de déficit de atenção e hiperatividade. 2012. 20 f. Trabalho de Conclusão de Curso (graduação

Leia mais

OBJETIVOS DO CURSO DE ENFERMAGEM

OBJETIVOS DO CURSO DE ENFERMAGEM FACULDADE DO NORTE GOIANO OBJETIVOS DO CURSO DE ENFERMAGEM Objetivos do curso O Curso de Graduação em Enfermagem tem por objetivo formar bacharel em enfermagem (enfermeiro) capaz de influenciar na construção

Leia mais

DCN DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS

DCN DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS DCN DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS 01. As Diretrizes Curriculares Nacionais para EJA (CNE,2000) preconizam princípios norteadores da ação pedagógica da escola: (A) éticos, políticos e estéticos; (B)

Leia mais

COMPOSIÇÃO DOS SIMULADOS ENEM

COMPOSIÇÃO DOS SIMULADOS ENEM COMPOSIÇÃO DOS SIMULADOS ENEM Os conteúdos dos simulados são cumulativos. Dessa forma, considere para cada simulado as informações do respectivo conjunto e, também, dos conjuntos anteriores. Matemática,

Leia mais

VMSIMULADOS QUESTÕES DE PROVAS DE CONCURSOS PÚBLICOS CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS CE EA FP PE PP 1

VMSIMULADOS QUESTÕES DE PROVAS DE CONCURSOS PÚBLICOS CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS CE EA FP PE PP  1 CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS CE EA FP PE PP WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 1 CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS CURRÍCULO ESCOLAR ENSINOAPRENDIZAGEM FORMAÇÃO DO PROFESSOR PLANEJAMENTO ESCOLAR PROJETO PEDAGÓGICO CURRÍCULO

Leia mais

UNIVERSIDADE DO MINHO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO CALENDÁRIOS DE EXAMES

UNIVERSIDADE DO MINHO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO CALENDÁRIOS DE EXAMES UNIVERSIDADE DO MINHO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO CALENDÁRIOS DE EXAMES ANO LETIVO 2016/2017 1º Semestre Calendário de Exames do 1º Semestre - Ano Letivo 2016/2017 DATA: De 23 de jan. a 04 de fev. 2017 CURSO:

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO. Licenciatura EM educação básica intercultural TÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO. Licenciatura EM educação básica intercultural TÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO Licenciatura EM educação básica intercultural TÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO Artigo 1º - O Estágio Supervisionado de que trata este regulamento refere-se à formação de

Leia mais

EDITAL 01/2016 DIRETORIA GERAL EDUCACIONAL

EDITAL 01/2016 DIRETORIA GERAL EDUCACIONAL EDITAL 01/2016 DIRETORIA GERAL EDUCACIONAL Dispõe de Processo de Seleção Docente para formação de cadastro de reserva 2017. A Direção Geral do Colégio Dom Bosco, no uso de suas atribuições legais, torna

Leia mais

Processo de Rematrículas para 2017/01. Disciplinas na Modalidade de Educação à Distância

Processo de Rematrículas para 2017/01. Disciplinas na Modalidade de Educação à Distância Processo de Rematrículas para 2017/01 Informativo para os cursos de graduação: Disciplinas na Modalidade de Educação à Distância Com base na Portaria 1134/2016 (DOU nº 196, terça-feira, 11 de outubro de

Leia mais

Curso Técnico Subsequente em Materiais Didáticos Bilíngue (Libras/Português) MATRIZ CURRICULAR. Móduloe 1 Carga horária total: 400h

Curso Técnico Subsequente em Materiais Didáticos Bilíngue (Libras/Português) MATRIZ CURRICULAR. Móduloe 1 Carga horária total: 400h Curso Técnico Subsequente em Materiais Didáticos Bilíngue (Libras/Português) CÂMPUS PALHOÇA BILÍNGUE MATRIZ CURRICULAR Móduloe 1 Carga horária total: 400h Projeto Integrador I 40 Não tem Aprendizagem Infantil

Leia mais

Resolução 032/94 - CONSEPE

Resolução 032/94 - CONSEPE Resolução 032/94 - CONSEPE Altera grade curricular e define ementas de disciplinas do curso de Pedagogia oferecido pelo Centro de Ciências da Educação - FAED. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa

Leia mais

Projeto Volta às aulas

Projeto Volta às aulas Projeto Volta às aulas Educador(a), Este projeto tem como objetivo sugerir diferentes propostas para as primeiras aulas com a sua turma. Esse é um momento especial. Mesmo que você já conheça os alunos,

Leia mais

Sistema Educativo Português 2011/2012

Sistema Educativo Português 2011/2012 Sistema Educativo Português 011/01 Objectivos Promover a auto - exploração (interesses, capacidades e valores profissionais) Auto Conhecimento; Explorar o Mundo das Profissões; Explorar as oportunidades

Leia mais

1º Ciclo. Competências Gerais do Ensino Básico

1º Ciclo. Competências Gerais do Ensino Básico 1º Ciclo Ao longo do 1º ciclo do Ensino Básico, todos os alunos devem desenvolver as competências gerais do Ensino Básico. Competências Gerais do Ensino Básico 1. Mobilizar saberes culturais, científicos

Leia mais

Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS. Uma instituição do grupo

Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS. Uma instituição do grupo Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS F U T U R O T E N D Ê N C I A S I N O V A Ç Ã O Uma instituição do grupo CURSO 2 CURSO OBJETIVOS Oferecer aos alunos e profissionais interessados no assunto, subsídios

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO ESPECIAL

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO ESPECIAL MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO ESPECIAL Perfil Código Nome da Disciplina Caráter Requisito Departam ento Ofertante Teóricos Práticos Créditos Estágio Campo Total Carga Horária 1º

Leia mais

A TECNOLOGIA COMO PROPULSORA DE APRENDIZAGENS SIGNIFICATIVAS. Aline Reis de Camargo Universidade Federal de Pelotas - UFPEL

A TECNOLOGIA COMO PROPULSORA DE APRENDIZAGENS SIGNIFICATIVAS. Aline Reis de Camargo Universidade Federal de Pelotas - UFPEL A TECNOLOGIA COMO PROPULSORA DE APRENDIZAGENS SIGNIFICATIVAS Aline Reis de Camargo Universidade Federal de Pelotas - UFPEL Município: São Francisco de Paula COOPESERRA - Colégio Expressão INTRODUÇÃO O

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DA RAMADA CRITÉRIOS GERAIS PARA A DISTRIBUIÇÃO DE SERVIÇO E ELABORAÇÃO DE HORÁRIOS

ESCOLA SECUNDÁRIA DA RAMADA CRITÉRIOS GERAIS PARA A DISTRIBUIÇÃO DE SERVIÇO E ELABORAÇÃO DE HORÁRIOS ESCOLA SECUNDÁRIA DA RAMADA CRITÉRIOS GERAIS PARA A DISTRIBUIÇÃO DE SERVIÇO E ELABORAÇÃO DE HORÁRIOS ANO LETIVO 2016/2017 A distribuição do serviço docente da Escola Secundária da Ramada (doravante designada

Leia mais

Seleção para OFICINEIROS/2017 ESPAÇO CRIANÇA ESPERANÇA DE JABOATÃO

Seleção para OFICINEIROS/2017 ESPAÇO CRIANÇA ESPERANÇA DE JABOATÃO Seleção para OFICINEIROS/2017 ESPAÇO CRIANÇA ESPERANÇA DE JABOATÃO O Espaço Criança Esperança de Jaboatão (ECEJ) abre a seleção 2017 para Oficineiros habilitados a desenvolverem atividades de: Pedagogia

Leia mais

NA EDUCAÇÃO INFANTIL, A TAREFA DE ENSINAR É MUITO SÉRIA. entusiasmo pela

NA EDUCAÇÃO INFANTIL, A TAREFA DE ENSINAR É MUITO SÉRIA. entusiasmo pela NA EDUCAÇÃO INFANTIL, A TAREFA DE ENSINAR É MUITO SÉRIA. desco entusiasmo pela berta só o é anglo. ENSINAR É UMA TAREFA MUITO SÉRIA. MAS ISSO NÃO QUER DIZER QUE NÃO POSSA VIR ACOMPANHADA DE AFETO E DE

Leia mais

Contribuições dos Mestrados Profissionais em ensino para a formação de professores em Física

Contribuições dos Mestrados Profissionais em ensino para a formação de professores em Física Contribuições dos Mestrados Profissionais em ensino para a formação de professores em Física Mesa redonda 04 XXI SNEF Uberlândia, 27/01/2015 Profa. Eliane A. Veit, UFRGS Vivemos num país com dimensões

Leia mais

PROJETO: SOU LETRANDO.

PROJETO: SOU LETRANDO. PROJETO: SOU LETRANDO. Acadêmicos: Thainara Lobo e Ailton Ourique Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr Mário Vieira Marques (CIEP) São Luiz Gonzaga, 2016 1.TEMA Projeto de Leitura: Sou Letrando. 2.PROBLEMA

Leia mais

Por que algumas pessoas realizam seus sonhos e outras não?

Por que algumas pessoas realizam seus sonhos e outras não? 2ª Série Militar Segmento: 2º Militar Por que algumas pessoas realizam seus sonhos e outras não? Essa pergunta, aparentemente simples, sempre nos despertou interesse. Passamos boa parte de nossas vidas

Leia mais

PCN - PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS

PCN - PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS PCN - PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS 01. Os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) são referências para o ensino fundamental e médio de todo Brasil, tendo como objetivo: (A) Garantir, preferencialmente,

Leia mais

3 SIMA (1º ao 3ºp) 17 Trabalho 1 Produção Textual 302 e Feira das Profissões PUCRS

3 SIMA (1º ao 3ºp) 17 Trabalho 1 Produção Textual 302 e Feira das Profissões PUCRS Setembro 3º ano EM 7 Feriado: Independência do Brasil Terça- 1 SIMA Início de 2ª Chamada Início da Semana da Pátria 2 SIMA Quinta- Sexta- Sábado Domingo 3 SIMA 8 9 10 Início da Gincana* 4 SIMA (1ºp) Término

Leia mais

Profa. Dra. Daniela Guimarães Professor Adjunto Departamento de Didática Faculdade de Educação da UFRJ Coordenadora de Estágio do Curso de Pedagogia

Profa. Dra. Daniela Guimarães Professor Adjunto Departamento de Didática Faculdade de Educação da UFRJ Coordenadora de Estágio do Curso de Pedagogia Universidade Federal do Rio de Janeiro Centro de Filosofia e Ciências Humanas Faculdade de Educação Central de Estágio Programa de Estágio 1. Dados cadastrais a. Identificação da instituição Universidade

Leia mais

Terminada a última guerra mundial foi encontrada, num campo de concentração nazista, a seguinte mensagem dirigida ao professores:

Terminada a última guerra mundial foi encontrada, num campo de concentração nazista, a seguinte mensagem dirigida ao professores: Terminada a última guerra mundial foi encontrada, num campo de concentração nazista, a seguinte mensagem dirigida ao professores: Prezado Professor, Sou sobrevivente de um campo de concentração. Meus olhos

Leia mais

Bem-vindo(a)s Encarregados de Educação 12 e 13 de outubro 2015

Bem-vindo(a)s Encarregados de Educação 12 e 13 de outubro 2015 Bem-vindo(a)s Encarregados de Educação 12 e 13 de outubro 2015 Agenda Preparação do trabalho a realizar no ano letivo 2015/2016 Regulamento Interno disponível no portal do agrupamento www.esvalongo.org

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 6 semestres. Prof. Dr. Jaimir Conte

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 6 semestres. Prof. Dr. Jaimir Conte Habilitação: Bacharelado e Licenciatura em Filosofia Documentação: jetivo: Titulação: Diplomado em: Renovação Atual de Reconhecimento - Port. nº286/mec de 21/12/12-DOU 27/12/12.Curso reconhecido pelo Decr.

Leia mais

Professor assistente de regência de classe - Professor leigo no Ensino Fundamental Professor da área de meio ambiente

Professor assistente de regência de classe - Professor leigo no Ensino Fundamental Professor da área de meio ambiente Professor assistente de regência de classe - Professor leigo no Ensino Fundamental 3321-05 Professor da área de meio ambiente 2331-05 Professor da educação de jovens e adultos do Ensino Fundamental (primeira

Leia mais

A IMPORTANCIA DA FAMÍLIA NO INGRESSO DA CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

A IMPORTANCIA DA FAMÍLIA NO INGRESSO DA CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL A IMPORTANCIA DA FAMÍLIA NO INGRESSO DA CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL Gislaine Mª K. Dwulatka 1 Profª Rejane Klein 2 RESUMO: O presente artigo tem por finalidade apresentar as atividades de Estágio Supervisionado

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO BÁSICA

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO BÁSICA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO BÁSICA NÍVEIS DE ENSINO - EDUCAÇÃO INFANTIL - ENSINO FUNDAMENTAL - ENSINO MÉDIO ENSINO FUNDAMENTAL 1ª à 4ª série da rede pública estadual

Leia mais

Sistema Anglo de Ensino Aula dada/aula estudada

Sistema Anglo de Ensino Aula dada/aula estudada Sistema Anglo de Ensino Aula dada/aula estudada Coleção de Inglês do Fund. II GOT IT da OXFORD Projeto de Vida Material da OPEE Sistema Anglo de Ensino Material Bienal - 1ºs e 2ºs Anos Revisanglo 3ºs Anos

Leia mais

A CONTEXTUALIZAÇÃO DA MATEMÁTICA E O USO DAS METODOLOGIAS ATIVAS DE APRENDIZAGEM DIRECIONADAS PARA O PREPARO DOS ALUNOS DO ENSINO MÉDIO PARA O ENEM

A CONTEXTUALIZAÇÃO DA MATEMÁTICA E O USO DAS METODOLOGIAS ATIVAS DE APRENDIZAGEM DIRECIONADAS PARA O PREPARO DOS ALUNOS DO ENSINO MÉDIO PARA O ENEM A CONTEXTUALIZAÇÃO DA MATEMÁTICA E O USO DAS METODOLOGIAS ATIVAS DE APRENDIZAGEM DIRECIONADAS PARA O PREPARO DOS ALUNOS DO ENSINO MÉDIO PARA O ENEM Sávia Cristina Vidal saviavidal@yahoo.com.br Orientadora:

Leia mais

O DESPERTAR PARA UM TRÂNSITO MAIS SEGURO

O DESPERTAR PARA UM TRÂNSITO MAIS SEGURO O DESPERTAR PARA UM TRÂNSITO MAIS SEGURO 2016 1. JUSTIFICATIVA O Projeto de Educação no Trânsito O despertar para um trânsito mais seguro, vem conscientizar que é possível ser reduzido o número de acidentes

Leia mais

LDB Lei de Diretrizes e Bases

LDB Lei de Diretrizes e Bases PEDAGOGIA LDB Lei de Diretrizes e Bases Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional O pedagogo estuda as teorias da ciência da educação e do ensino É

Leia mais

ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS ESPECIFICAÇÃO DO CARGO DE PROFESSOR

ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS ESPECIFICAÇÃO DO CARGO DE PROFESSOR Cargo: Professor Classe: A,B,C,D, ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS ESPECIFICAÇÃO DO CARGO DE PROFESSOR Orientar a aprendizagem dos alunos; Participar das atividades da escola: Organizar as operações inerentes

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO 1º CICLO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO 1º CICLO Direção de Serviços da Região Norte AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AMARES ANO LETIVO 2014 / 2015 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO 1º CICLO CRITÉRIOS GERAIS Na avaliação dos alunos intervêm todos os professores envolvidos,

Leia mais

CALENDÁRIO Início das Férias 11 a 22 - Capacitação Pedagógica 25 - Retorno às aulas

CALENDÁRIO Início das Férias 11 a 22 - Capacitação Pedagógica 25 - Retorno às aulas CALENDÁRIO 2016 Janeiro Fevereiro Março Abril 01 - Confraternização Universal 28 e 29 - Capacitação Pedagógica Ed. Infantil e E.F. I 01 - Início das aulas / 1º trimestre 08 e 09 - Carnaval 10 - Feriado

Leia mais

Projeto de Apoio Educativo

Projeto de Apoio Educativo CENTRO CULTURAL E RECREATIVO DAS CRIANÇAS CRUZEIRO E RIO-SECO Projeto de Apoio Educativo Centro de Apoio Escolar 2.º e 3.º Ciclos 15-09-2015 1 Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades

Leia mais

Processos de reestruturação do Ensino Médio: desafios e aprendizados CLAUDIA COSTIN

Processos de reestruturação do Ensino Médio: desafios e aprendizados CLAUDIA COSTIN Processos de reestruturação do Ensino Médio: desafios e aprendizados CLAUDIA COSTIN PROCESSOS DE REESTRUTURAÇÃO DO ENSINO MÉDIO: DESAFIOS E APRENDIZADOS CLAUDIA COSTIN Diretora do Centro de Excelência

Leia mais

DIRETRIZES CURSOS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO UTFPR

DIRETRIZES CURSOS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional DIRETRIZES PARA OS CURSOS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DA UTFPR Resolução

Leia mais

Fundamentos Pedagógicos e Estrutura Geral da BNCC. BNCC: Versão 3 Brasília, 26/01/2017

Fundamentos Pedagógicos e Estrutura Geral da BNCC. BNCC: Versão 3 Brasília, 26/01/2017 Fundamentos Pedagógicos e Estrutura Geral da BNCC BNCC: Versão 3 Brasília, 26/01/2017 1 INTRODUÇÃO 1.3. Os fundamentos pedagógicos da BNCC Compromisso com a formação e o desenvolvimento humano global (dimensões

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO RESULTADO DA 1ª ETAPA DO PROCESSO SELETIVO EDITAL NPGED/POSGRAP Nº 01/2014 VAGAS INSTITUCIONAIS

Leia mais

Bacharelado Interdisciplinar em Ciências Humanas

Bacharelado Interdisciplinar em Ciências Humanas UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE ENSINO COORDENAÇÃO DE CURSO Bacharelado Interdisciplinar em Ciências Humanas 1. Perfil do

Leia mais

NÓS? apaixonado por educação. apaixonado por alto desempenho. apaixonado por matemática e ensino

NÓS? apaixonado por educação. apaixonado por alto desempenho. apaixonado por matemática e ensino QUEM NÓS? SOMOS CO-FUNDADOR DO SISTEMA POLIEDRO, ONDE FOI DIRETOR EXECUTIVO POR 14 ANOS. FUNDADOR E CEO DA AOG CONSULTORIA EDUCACIONAL, SÓCIO DO QMÁGICO TECNOLOGIA EDUCACIONAL E MEMBRO DO GRUPO DE EDUCADORES

Leia mais

Atena Cursos - Curso de Capacitação - AEE PROJETO DEFICIÊNCIA DA LEITURA NA APRENDIZAGEM INFANTIL

Atena Cursos - Curso de Capacitação - AEE PROJETO DEFICIÊNCIA DA LEITURA NA APRENDIZAGEM INFANTIL Atena Cursos - Curso de Capacitação - AEE PROJETO DEFICIÊNCIA DA LEITURA NA APRENDIZAGEM INFANTIL Aluna: Iara Escandiel Colussi Data: 12/06/2015 Introdução Este projeto apresenta algumas situações de dificuldade

Leia mais

O PROEXT A SERVIÇO DA EJA

O PROEXT A SERVIÇO DA EJA O PROEXT A SERVIÇO DA EJA Thamiriz Martins Teixeira, IF Sudeste de MG Campus Rio Pomba Paula Reis de Miranda, IF Sudeste de MG Campus Rio Pomba RESUMO O presente trabalho apresenta atividades desenvolvidas

Leia mais

PLANO NACIONAL DE PROMOÇÃO DO SUCESSO ESCOLAR

PLANO NACIONAL DE PROMOÇÃO DO SUCESSO ESCOLAR MICROREDE DE ESCOLAS DO CFAC AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MOURE E RIBEIRA DO NEIVA - Medida : Pouca autonomia por parte dos alunos nas diversas disciplinas e falta de hábitos de autorregulação das suas aprendizagens

Leia mais

TRABALHOS COMPLETOS APROVADOS (09/06/2015)

TRABALHOS COMPLETOS APROVADOS (09/06/2015) TRABALHOS COMPLETOS APROVADOS (09/06/2015) Devido à grande demanda de trabalhos submetidos, informamos que alguns trabalhos completos encontram-se em processo de avaliação. No dia 16/06/2015 (terça-feira)

Leia mais

Sugestões para a melhoria da formação pedagógica nos cursos de licenciatura da UFSCar, extraidas dos respectivos relatórios de auto-avaliação

Sugestões para a melhoria da formação pedagógica nos cursos de licenciatura da UFSCar, extraidas dos respectivos relatórios de auto-avaliação Sugestões para a melhoria da nos cursos de licenciatura da UFSCar, extraidas dos respectivos relatórios de auto-avaliação Aspecto Valorização da licenciatura e melhor preparo do licenciado Atenção aos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE PROGRAMA Nº- 108

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE PROGRAMA Nº- 108 PROGRAMA Nº- 108 AMPLIAÇÃO DO PROJETO VOLTA REDONDA CIDADE DA MÚSICA SUB-FUNÇÃO: 361 ENSINO FUNDAMENTAL Proporcionar aos alunos da Rede Pública Municipal de Volta Redonda atividades musicais diversas nos

Leia mais

Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS. Uma instituição do grupo

Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS. Uma instituição do grupo Educador A PROFISSÃO DE TODOS OS FUTUROS F U T U R O T E N D Ê N C I A S I N O V A Ç Ã O Uma instituição do grupo CURSO 2 OBJETIVOS Discutir e fomentar conhecimentos sobre a compreensão das potencialidades,

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 6 semestres. Prof. Dr. Jaimir Conte

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 6 semestres. Prof. Dr. Jaimir Conte Habilitação: Bacharelado e Licenciatura em Filosofia Documentação: jetivo: Titulação: Diplomado em: Renovação Atual de Reconhecimento - Port. nº286/mec de 21/12/12-DOU 27/12/12.Curso reconhecido pelo Decreto

Leia mais

Mopi Integrado I REUNIÃO DE PAIS 9º Ano do Ensino Fundamental 03/02

Mopi Integrado I REUNIÃO DE PAIS 9º Ano do Ensino Fundamental 03/02 Mopi Integrado I REUNIÃO DE PAIS 9º Ano do Ensino Fundamental 03/02 MISSÃO Incentivar no aluno atitudes para que aprenda a transformar simples informação em conhecimento e estimulá-lo a construir e a usufruir

Leia mais

Rodas de Histórias como espaços de Interações e Brincadeira A experiência do Projeto Paralapracá em Olinda

Rodas de Histórias como espaços de Interações e Brincadeira A experiência do Projeto Paralapracá em Olinda Rodas de Histórias como espaços de Interações e Brincadeira A experiência do Projeto Paralapracá em Olinda A proposta pedagógica das instituições de Educação Infantil deve ter como objetivo garantir à

Leia mais

Declaro ter recebido o calendário de provas (2ª chamada) referente ao 1º bimestre de 2012, estando ciente das datas e horários de tais avaliações.

Declaro ter recebido o calendário de provas (2ª chamada) referente ao 1º bimestre de 2012, estando ciente das datas e horários de tais avaliações. ENSINO FUNDAMENTAL 1º ANO ENSINO FUNDAMENTAL 1º ANO Literatura Infantil Literatura Infantil Estudos Sociais Estudos Sociais horários horários ENSINO FUNDAMENTAL 2º A 5º ANOS ENSINO FUNDAMENTAL 2º A 5º

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Licenciatura em Matemática Missão O Curso de Licenciatura em Matemática tem por missão a formação de docentes com um novo perfil fundamentado na conexão de dois eixos,

Leia mais