Atividade 1. Construindo um prisma

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Atividade 1. Construindo um prisma"

Transcrição

1 Atividade 1. Construindo um prisma 1- Clique em Unidades = Poliedro = Prisma (ver Figura 3). Abre-se uma janela na qual você pode escolher o número de lados do polígono (regular), o comprimento de cada aresta da base e a altura do prisma (ver Figura 4). A construção efetua um prisma reto. Construa um prisma cuja base é um octógono. 2- Use as setas do teclado para mover o prisma (rotação). As teclas PageUp e PageDown aproximam ou afastam o prisma. 3- Observe que cada vértice do Prisma já vem nomeado. 4- Caso queira alterar a cor do fundo clique em Outros = Cores = Fundo e escolha a cor desejada (ver Figura 9). Você pode escolher também Faces Transparentes ou Faces Brancas (que é o padrão inicial). 5- Caso queira mudar aspectos de cores você pode clicar em Editar = Elementos lineares(ver Figura 5). Na caixa que se abre você pode escolher o elemento que desejar. Por exemplo para colorir a região poligonal da base ABCDEFGH basta escollher a cor e clicar em transparente. 6- Vamos calcular a área da base. Clique em Medida(ver Figura 6). Na caixa que se abre digite a seqüência dos vértices do polígono da base ABCDEFGH e aperte a tecla Enter. 7- Para calcular a área da face ABJI, proceda do mesmo modo. Lembre-se que no início escolhemos as medidas das arestas da base e da altura. 8- Para determinar a área lateral basta multiplicar o valor da área da face ABJI por 8. Fazemos isso do seguinte modo: Dentro da caixa digite 8 ABJI e tecle enter. 9- Podemos calcular a área total do seguinte modo: 2 ABCDEFGH + 8 ABJI. Sempre que você precisar usar uma expressão que já digitou, basta selecioná-la e clicar em Copiar. Você pode arrastar os resultados para qualquer lugar na tela de desenho. 10- Calcule o volume desse prisma. Lembre-se que ele é um prisma reto, portanto sua altura é igual ao comprimento de qualquer das arestas laterais. Por exemplo: Vol = ABCDEFGH AI 11- Se você clicar com o botão direito do mouse na tela, aparece um diálogo que lhe permite fazer a edição de um texto. Por exemplo escrevendo Volume= na frente do último resultado.

2 Atividade Construa um paralelepípedo de comprimento 3, largura 6 e altura 4. Torne as faces transparentes. 2- Vamos construir o segmento que liga os vértices opostos A e G. Clique em Linear = Segmento ou face. Na caixa que se abre digite AG e tecle enter. AG é uma das diagonais do paralelepípedo. 3- Meça o comprimento dessa diagonal. Use o menu Medidas. 4- Construa a diagonal AC da base e efetue sua medida. Meça também o comprimento de CG. 5- Vamos destacar o triângulo ACG. Clique em Editar = Elementos Lineares. Na caixa de diálogo escreva ACG e clique em adicionar. Que tipo de triângulo é ACG? 6- Vamos medir o ângulo ACG (vértice em C). Clique em Medidas. Dentro da caixa de diálogo escreva ACG e tecle enter. 7- Verifique que (AG) 2 = (AC) 2 + (CG) 2 (sugestão: digite [SQR](AC^2+CG^2)). Se precisar de mais informações, clique no botão ajuda. 8- Qual é a medida do ângulo CAG? 9- Calcule a área total e o volume do paralelepípedo. Atividade 3. CONSTRUINDO SEÇÕES DE UM PRISMA 1- Construa um prisma cuja base é um pentágono de lado medindo 2 e de altura 5. Torne suas faces transparentes. 2- Vamos agora marcar um ponto qualquer na aresta AF. Clique em Ponto = 1-Coordenadas Relativas. Na caixa que se abre, digite AF na primeira (relativo ao segmento) na segunda (coordenada). Clique em marcar. Agora digite BG na primeira e na segunda e clique em marcar. Finalmente, digite CH na primeira e na segunda e clique em marcar. Feche a caixa. 3- Vamos construir a seção do prisma que passa pelos pontos K, L e M obtidos no ítem anterior. Clique em Linear = Cortar plano. Marque a seleção (já deve estar marcada) por plano def por 3 pontos e escreva na caixa KLM. Clique em Fazer e depois fechar.

3 4- Agora vamos explicar por que e não um valor numérico. Clique em Anim = Variação Usando o mouse, mova o controle deslizante e observe o que ocorre. 5- Experimente ver o que os outros botões podem fazer. 6- Pense em um modo de ilustrar o Princípio de Cavalieri. Atividade Construa um cubo, porém na caixa que indica o comprimento da aresta digite #. 2- Construa a diagonal BH 3- Vamos construir o segmento perpendicular a BH passando pelo vértice A. Clique em Linear = altitudes = às Retas. Na caixa escreva BH (perpendicular à reta) na primeira e A (pelo ponto) na segunda. Clique em desenhar e depois em fechar. 4- Clique em Ver= espessura do segmento e na caixa que se abre escreva AI e escolha uma cor. Clique em Adicionar e depois em fechar. 5- Usando o menu Medidas calcule a relação HI/BI. 6- Vá em Anim= Variação de # e mova o controle deslizante. O que ocorre com o valor HI/BI? 7- Como determinar o comprimento AI? Qual o valor do ângulo HAB? O que AI representa no triângulo HAB? Atividade Construa um cubo da 2- Construa agora um paralelepípedo de comprimento igual a aresta do cubo (AB), largura igual à diagonal da face (AF) e altura igual a diagonal do cubo (AG). 3- Clique em Editar = coordenadas e altere as coodenadas do ponto P do paralelepípedo de modo a descolá-lo do cubo. 4- Use o Menu Anim para fazer 5- Qual é a relação que existe entre o volume dos dois sólidos?

4 Menus do WinGeom Figura 1: Menu Ponto Figura 2: Menu Linear Figura 3: Menu Unidades

5 Figura 4: Selecionando prisma escolha Figura 5: Menu Editar Figura 6: Medidas

6 Figura 7: Calculando Figura 8: Menu Anim Figura 9: Menu Outros

7 Figura 10: Menu Ver Figura 11: Selecionando faces transparentes

Sumário. Educação Matemática: Oficinas Didáticas com GeoGebra 2012

Sumário. Educação Matemática: Oficinas Didáticas com GeoGebra 2012 Sumário A Interface do GeoGebra...2 O menu do GeoGebra...3 Ferramentas de construção...4 LIÇÃO 1: Polígonos e ângulos...7 LIÇÃO 2: Retas perpendiculares e paralelas...11 LIÇÃO 3: Construindo gráficos...18

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA APROPRIAÇÃO DE TECNOLOGIAS DIGITAIS: Um Estudo de Caso sobre Formação Continuada com Professores de Matemática PRODUTO DA DISSERTAÇÃO SEQUÊNCIA DIDÁTICA EVELIZE MARTINS KRÜGER PERES Porto Alegre 2015 A

Leia mais

Seções de Prismas Julho/ 2009

Seções de Prismas Julho/ 2009 Seções de Prismas Heloiza Rangel da Silva Josie Pacheco de Vasconcellos Souza Paula Eveline da Silva dos Santos Orientadora: Gilmara Teixeira Barcelos Julho/ 2009 Apostila de atividades disponível em http://www.es.iff.edu.br/softmat/projeto_tic/prismas

Leia mais

3º TRIMESTRE DE 2016

3º TRIMESTRE DE 2016 COLÉGIO MILITAR DO RIO E JANEIRO LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES GEOMETRIA ESPACIAL º ANO DO ENSINO MÉDIO Equipe: Prof. Cap Boente, Prof Magda, Prof Fernando e Prof Zamboti 3º TRIMESTRE DE 06 PRISMAS

Leia mais

Geometria Espacial PRISMA RETO DE BASE TRIANGULAR (OU PRISMA TRIANGULAR)

Geometria Espacial PRISMA RETO DE BASE TRIANGULAR (OU PRISMA TRIANGULAR) Espacial 1 PRISMAS Os prismas são sólidos geométricos bastante recorrentes em Espacial. Podemos definir o prisma da seguinte forma: PRISMA RETO DE BASE TRIANGULAR (OU PRISMA TRIANGULAR) Prisma é um sólido

Leia mais

Algumas Possibilidades do Uso do GeoGebra nas Aulas de Matemática

Algumas Possibilidades do Uso do GeoGebra nas Aulas de Matemática UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA III Semana Acadêmica de Matemática Algumas Possibilidades do Uso do GeoGebra nas Aulas de Matemática Profª Lahis Braga Souza Profª Thais Sena de Lanna Profª Cristiane Neves

Leia mais

Geometria Espacial: Sólidos Geométricos

Geometria Espacial: Sólidos Geométricos Aluno(a): POLIEDROS E PRISMA (1º BIM) Noções Sobre Poliedros Denominam-se sólidos geométricos as figuras geométricas do espaço. Entre os sólidos geométricos, destacamos os poliedros e os corpos redondos.

Leia mais

Manual de operação do sistema Desenhador Geográfico. 05/2017 Versão 1.0

Manual de operação do sistema Desenhador Geográfico. 05/2017 Versão 1.0 05/2017 Versão 1.0 Conteúdo Ferramentas de Edição... 3 1) Barra de ferramentas de edição... 3 2) Inserir uma geometria... 4 3) Ferramenta Snap... 5 4) Selecionar geometrias... 6 5) Editar uma geometria...

Leia mais

Desenho Computacional. Parte III

Desenho Computacional. Parte III FACULDADE FUCAPI Desenho Computacional Parte III, M.Sc. Doutorando em Informática (UFAM) Mestre em Engenharia Elétrica (UFAM) Engenheiro de Telecomunicações (FUCAPI) Referências SILVA, Arlindo; RIBEIRO,

Leia mais

USANDO O PAINT NOÇÕES BÁSICAS

USANDO O PAINT NOÇÕES BÁSICAS USANDO O PAINT NOÇÕES BÁSICAS Professor: WELSING MOREIRA PEREIRA Sumário Usando o Paint... 3 Desenhando linhas... 3 Ferramenta Lápis... 4 Pincéis... 4 Ferramenta Linha... 4 Ferramenta Curva... 5 Desenhando

Leia mais

CURSO DE CAPACITAÇÃO O USO DE FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS E AS POSSIBILIDADES PEDAGÓGICAS NA FORMAÇÃO DOS DOCENTES NA REDE MUNICIPAL DE GURUPI TO

CURSO DE CAPACITAÇÃO O USO DE FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS E AS POSSIBILIDADES PEDAGÓGICAS NA FORMAÇÃO DOS DOCENTES NA REDE MUNICIPAL DE GURUPI TO CURSO DE CAPACITAÇÃO O USO DE FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS E AS POSSIBILIDADES PEDAGÓGICAS NA FORMAÇÃO DOS DOCENTES NA REDE MUNICIPAL DE GURUPI TO A UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE GEOGEBRA COMO FERRAMENTA DE ENSINO

Leia mais

Construção dos Poliedros: Cubo e Tetraedro e suas Aplicações

Construção dos Poliedros: Cubo e Tetraedro e suas Aplicações Construção dos Poliedros: Cubo e Tetraedro e suas Aplicações Rita de Cássia Pavani Lamas, Departamento de Matemática, IBILCE-UNESP rita@ibilce.unesp.br Uma aplicação da congruência de triângulos e polígonos

Leia mais

Introdução ao software GeoGebra Por Meio de Atividades de Geometria

Introdução ao software GeoGebra Por Meio de Atividades de Geometria Adriano Lima Teixeira Introdução ao software GeoGebra Por Meio de Atividades de Geometria O objetivo deste trabalho é de iniciar o uso do software GeoGebra por meio de atividades de Geometria, possibilitando

Leia mais

Sugestão: Use papel transparente para copiar as figuras e comparar os lados e os ângulos.

Sugestão: Use papel transparente para copiar as figuras e comparar os lados e os ângulos. Você se lembra dos triângulos e quadriláteros do final da Aula 28? Eles estão reproduzidos na figura abaixo. Observe que a forma de cada triângulo, por exemplo, varia conforme aumentamos ou diminuímos

Leia mais

UNIVERSIDADE REGIONAL DO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL DEPARTAMENTO DE FÍSICA, ESTATÍSTICA E MATEMÁTICA

UNIVERSIDADE REGIONAL DO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL DEPARTAMENTO DE FÍSICA, ESTATÍSTICA E MATEMÁTICA UNIVERSIDADE REGIONAL DO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL DEPARTAMENTO DE FÍSICA, ESTATÍSTICA E MATEMÁTICA GEOGEBRA Tânia Michel Pereira Juliane Sbaraine Costa Ijuí, setembro de 2009. Para acessar

Leia mais

Revisional 1º Bim - MARCELO

Revisional 1º Bim - MARCELO 6º Ano Revisional 1º Bim - MARCELO 1) O que você te lembra (ponto, reta e plano) quando obrserva: a) uma cabeça de alfinete; b) um poste; c) um grão de areia; d) o encontro entre duas paredes; e) a capa

Leia mais

Rosely Ouais Pestana Bervian José Benício dos Anjos França

Rosely Ouais Pestana Bervian José Benício dos Anjos França UNEB UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA NEAD NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CAMPUS I CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA A DISTÂNCIA DISCIPLINA: GEOMETRIA PLANA PROFESSORA FORMADORA:

Leia mais

Informática no Ensino de Matemática Prof. José Carlos de Souza Junior jc

Informática no Ensino de Matemática Prof. José Carlos de Souza Junior  jc Informática no Ensino de Matemática Prof. José Carlos de Souza Junior http://www.unifal-mg.edu.br/matematica/?q=disc jc Aula 10 Reproduza as seguintes figuras no SuperLogo: ATIVIDADE 01 ATIVIDADE 02 Reproduza

Leia mais

GEOMETRIA MÉTRICA. As bases são polígonos congruentes. Os prismas são designados de acordo com o número de lados dos polígonos das bases.

GEOMETRIA MÉTRICA. As bases são polígonos congruentes. Os prismas são designados de acordo com o número de lados dos polígonos das bases. GEOMETRIA MÉTRICA 1- I- PRISMA 1- ELEMENTOS E CLASSIFICAÇÃO Considere o prisma: As bases são polígonos congruentes. Os prismas são designados de acordo com o número de lados dos polígonos das bases. BASES

Leia mais

1.- Escrevendo como uma potência de base 2 cada um dos números : A= ( 2 3 ) 7 ; B = e C = escreva-os em ordem decrescente:

1.- Escrevendo como uma potência de base 2 cada um dos números : A= ( 2 3 ) 7 ; B = e C = escreva-os em ordem decrescente: EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO 4º. BIMESTRE 2014 1ª. SÉRIE 1.- Escrevendo como uma potência de base 2 cada um dos números : A= ( 2 3 ) 7 ; B = e C = escreva-os em ordem decrescente: 2.-Ao fazer uma

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS NATURAIS E EXATAS DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PET MATEMÁTICA.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS NATURAIS E EXATAS DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PET MATEMÁTICA. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS NATURAIS E EXATAS DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PET MATEMÁTICA Tutorial: Wingeom Antonio Carlos Lyrio Bidel Alisson Darós Santos Fabrício Fernando Halberstadt

Leia mais

Explorando alguns conteúdos de Geometria Espacial com o GeoGebra 3D

Explorando alguns conteúdos de Geometria Espacial com o GeoGebra 3D Explorando alguns conteúdos de Geometria Espacial com o GeoGebra 3D Profa. Dra. Flávia Souza Machado da Silva Profa. Dra. Ermínia de Lourdes Campello Fanti Profa. Dra. Évelin Meneguesso Barbaresco Departamento

Leia mais

DESENHO GEOMÉTRICO 9º ANO Prof. Danilo A. L. Pereira. Atividades básicas no GEOGEBRA. Polígonos Regulares

DESENHO GEOMÉTRICO 9º ANO Prof. Danilo A. L. Pereira. Atividades básicas no GEOGEBRA. Polígonos Regulares Exercícios Polígonos Regulares 1 - Calcular a área de um triângulo. Para construção da figura você irá clicar no ícone que tem um triângulo, para fazer um polígono clique no ícone indicado por polígono,

Leia mais

Geometria Espacial Profº Driko

Geometria Espacial Profº Driko Geometria Espacial Profº Driko PRISMAS Sejam α e β dois planos paralelos distintos, uma reta r secante a esses planos e uma região poligonal convexa A1A2A3...An contida em α. Consideremos todos os segmentos

Leia mais

Poliedross. ANOTAÇÕES EM AULA Capítulo 23 Poliedros 1.5 CONEXÕES COM A MATEMÁTICA

Poliedross. ANOTAÇÕES EM AULA Capítulo 23 Poliedros 1.5 CONEXÕES COM A MATEMÁTICA Poliedross 1.5 Superfície poliédrica fechada Uma superfície poliédrica fechada é composta de um número finito (quatro ou mais) de superfícies poligonais planas, de modo que cada lado de uma dessas superfícies

Leia mais

Neste texto abordamos como construir um dado com a possibilidade de ser planificado e, além disso, ser lançado em um sorteio aleatório.

Neste texto abordamos como construir um dado com a possibilidade de ser planificado e, além disso, ser lançado em um sorteio aleatório. 72 Neste texto abordamos como construir um dado com a possibilidade de ser planificado e, além disso, ser lançado em um sorteio aleatório. Seguem os passos dessa construção. Construa um controle deslizante

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CENTRO DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA JOSÉ WELLINGTON SANTOS SILVA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CENTRO DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA JOSÉ WELLINGTON SANTOS SILVA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CENTRO DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA JOSÉ WELLINGTON SANTOS SILVA SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA O ESTUDO DE SÓLIDOS GEOMÉTRICOS COM

Leia mais

GeoGebra Quickstart Um rápido guia de referência sobre o GeoGebra

GeoGebra Quickstart Um rápido guia de referência sobre o GeoGebra GeoGebra Quickstart Um rápido guia de referência sobre o GeoGebra Geometria dinâmica, álgebra e cálculo formam juntos o GeoGebra, um software educativo premiado freqüentemente, que combina geometria e

Leia mais

Cap. 2: Executando o Cálculo de Volumes

Cap. 2: Executando o Cálculo de Volumes Cap. 2: Executando o Cálculo de Volumes Na área de trabalho do Windows, procure o ícone do Bentley topograph. Existem duas formas de calcular volumes no Bentley topograph: por seções transversais e por

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA A Visualização No Ensino De Geometria Espacial: Possibilidades Com O Software Calques

Leia mais

Neste texto abordamos como construir um dado com a possibilidade de ser planificado e, além disso, ser lançado em um sorteio aleatório.

Neste texto abordamos como construir um dado com a possibilidade de ser planificado e, além disso, ser lançado em um sorteio aleatório. 59 Neste texto abordamos como construir um dado com a possibilidade de ser planificado e, além disso, ser lançado em um sorteio aleatório. Seguem os passos dessa construção. Construa um controle deslizante

Leia mais

Sólidos Geométricos, Poliedros e Volume Prof. Lhaylla Crissaff

Sólidos Geométricos, Poliedros e Volume Prof. Lhaylla Crissaff Sólidos Geométricos, Poliedros e Volume 2017.1 Prof. Lhaylla Crissaff www.professores.uff.br/lhaylla Sólidos Geométricos Prisma Pirâmide Cilindro Cone Esfera Prisma Ex.: P é um pentágono. Prisma Prisma

Leia mais

Tutorial 2 Fireworks CS3. ..: Técnicas básicas para a ferramenta Caneta (Pen-tool) - Parte 1:..

Tutorial 2 Fireworks CS3. ..: Técnicas básicas para a ferramenta Caneta (Pen-tool) - Parte 1:.. Tutorial 2 Fireworks CS3..: Técnicas básicas para a ferramenta Caneta (Pen-tool) - Parte 1:.. ::Objetivo:: Mostrar algumas técnicas básicas de uso da ferramenta Caneta (Pen-Tool). Nesta primeira parte

Leia mais

V = 12 A = 18 F = = 2 V=8 A=12 F= = 2

V = 12 A = 18 F = = 2 V=8 A=12 F= = 2 Por: Belchior, Ismaigna e Jannine Relação de Euler Em todo poliedro convexo é válida a relação seguinte: V - A + F = 2 em que V é o número de vértices, A é o número de arestas e F, o número de faces. Observe

Leia mais

Módulo Geometria Espacial II - volumes e áreas de prismas e pirâmides. Volumes e o Princípio de Cavalieri. 3 ano/e.m.

Módulo Geometria Espacial II - volumes e áreas de prismas e pirâmides. Volumes e o Princípio de Cavalieri. 3 ano/e.m. Módulo Geometria Espacial II - volumes e áreas de prismas e pirâmides Volumes e o Princípio de Cavalieri. 3 ano/e.m. Volumes e o Princípio de Cavalieri. Geometria Espacial II - volumes e áreas de prismas

Leia mais

GEOMETRIA ESPACIAL TETRAEDRO HEXAEDRO OCTAEDRO DODECAEDRO ICOSAEDRO REGULARES RETO POLIEDROS OBLÍQUO PRISMA REGULAR IRREGULARES RETA OBLÍQUA PIRÂMIDE

GEOMETRIA ESPACIAL TETRAEDRO HEXAEDRO OCTAEDRO DODECAEDRO ICOSAEDRO REGULARES RETO POLIEDROS OBLÍQUO PRISMA REGULAR IRREGULARES RETA OBLÍQUA PIRÂMIDE GEOMETRIA ESPACIAL SÓLIDOS GEOMÉTRICOS POLIEDROS REGULARES SÓLIDOS DE REVOLUÇÃO IRREGULARES CONE TETRAEDRO HEXAEDRO OCTAEDRO DODECAEDRO ICOSAEDRO ESFERA CILINDRO PRISMA PIRÂMIDE RETO OBLÍQUO RETO RETO

Leia mais

2.- Escrevendo como uma potência de base 2 cada um dos números : A= ( 2 3 ) 7 ; B = e C = escreva-os em ordem decrescente:

2.- Escrevendo como uma potência de base 2 cada um dos números : A= ( 2 3 ) 7 ; B = e C = escreva-os em ordem decrescente: EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO 4º. BIMESTRE 2012 1ª. SÉRIE 1.- A média das notas dos 21 alunos do 1º Ano do Ensino Médio, em Matemática é 5,80. Se a nota de Álvaro que é 1,80 for excluída, então qual

Leia mais

DISCIPLINA SÉRIE CAMPO CONCEITO

DISCIPLINA SÉRIE CAMPO CONCEITO Reforço escolar M ate mática Invadindo o espaço Dinâmica 5 2ª Série 1º Bimestre DISCIPLINA SÉRIE CAMPO CONCEITO Matemática Ensino Médio 2ª Campo Algébrico Simbólico Introdução à geometria espacial Aluno

Leia mais

Exercícios de Revisão 1º Ano Ensino Médio Prof. Osmar

Exercícios de Revisão 1º Ano Ensino Médio Prof. Osmar Exercícios de Revisão 1º no Ensino Médio Prof. Osmar 1.- Sendo = { x Z / 0 x 2 } e = { y Z / 0 x 5}. esboce o gráfico da função f : tal que y = 2 x + 1 e dê seu conjunto imagem. 2.- No gráfico abaixo de

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA Matemática 7 MA07A TURMA T51 Prof. Luiz Antonio Kretzschmar

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA Matemática 7 MA07A TURMA T51 Prof. Luiz Antonio Kretzschmar DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA Matemática 7 MA07A TURMA T51 Prof. Luiz Antonio Kretzschmar PARTE 2 PONTO, RETA, PLANO Def. : Uma reta é paralela a um plano se, e somente se, eles não têm ponto comum Uma reta

Leia mais

Projeto Jovem Nota 10

Projeto Jovem Nota 10 1. (Fuvest 99) Considere uma caixa sem tampa com a forma de um paralelepípedo reto de altura 8 m e base quadrada de lado 6 m. Apoiada na base, encontra-se uma pirâmide sólida reta de altura 8m e base quadrada

Leia mais

Unidade 9 Geometria Espacial. Poliedros Volume de sólidos geométricos Princípio de Cavalieri

Unidade 9 Geometria Espacial. Poliedros Volume de sólidos geométricos Princípio de Cavalieri Unidade 9 Geometria Espacial Poliedros Volume de sólidos geométricos Princípio de Cavalieri Poliedros palavra poliedro tem sua origem no idioma grego (poly significa, muitos, e hedra, faces). Poliedro

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA - UNIPAMPA - BAGÉ PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA SUBPROJETO DE MATEMÁTICA PIBID

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA - UNIPAMPA - BAGÉ PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA SUBPROJETO DE MATEMÁTICA PIBID MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA - UNIPAMPA - BAGÉ PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA SUBPROJETO DE MATEMÁTICA PIBID Atividade nº 2 Oficina de Geometria Analítica com uso

Leia mais

POTENCIALIDADES DO SOFTWARE GEOGEBRA NO ENSINO E APRENDIZAGM DE TRIGONOMETRIA

POTENCIALIDADES DO SOFTWARE GEOGEBRA NO ENSINO E APRENDIZAGM DE TRIGONOMETRIA 1 UNIVERSIDADE FERDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE UFRN CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO SERIDÓ CERES Departamento de Ciências Exatas e Aplicadas DCEA Programa Institucional de Iniciação à Docência PIBID/UERN

Leia mais

GEOMETRIA MÉTRICA ESPACIAL

GEOMETRIA MÉTRICA ESPACIAL GEOMETRIA MÉTRICA ESPACIAL .. PARALELEPÍPEDOS RETÂNGULOS Um paralelepípedo retângulo é um prisma reto cujas bases são retângulos. AB CD A' B' C' D' a BC AD B' C' A' D' b COMPRIMENTO LARGURA AA' BB' CC'

Leia mais

Figura 1 - Interface do GeoGebra

Figura 1 - Interface do GeoGebra O GeoGebra é um software de matemática dinâmica livre. Foi desenvolvido por Markus Hohenwarter e, posteriormente, modificado devido às contribuições de colaboradores do mundo todo. Já foi traduzido para

Leia mais

Lista 11. Geometria, Coleção Profmat, SBM. Problemas selecionados das seções 7.2 (pág. 311) e 7.3 (pág. 329).

Lista 11. Geometria, Coleção Profmat, SBM. Problemas selecionados das seções 7.2 (pág. 311) e 7.3 (pág. 329). MA13 Exercícios das Unidades 17 e 18 2014 Lista 11 Geometria, Coleção Profmat, SBM. Problemas selecionados das seções 7.2 (pág. 311) e 7.3 (pág. 329). 1) Sejam dados um ponto A e um plano α com A α. Prove

Leia mais

Oficina: Planilha Eletrônica

Oficina: Planilha Eletrônica Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado de Educação Secretaria Adjunta de Ensino Diretoria de Educação para Diversidade, Inclusão e Cidadania Coordenação de Tecnologia Aplicada à Educação Núcleo

Leia mais

Obrigado por utilizar o Sistema GeoOffice! Com certeza seus trabalhos ganharão maior agilidade e eficiência.

Obrigado por utilizar o Sistema GeoOffice! Com certeza seus trabalhos ganharão maior agilidade e eficiência. Obrigado por utilizar o Sistema GeoOffice! Com certeza seus trabalhos ganharão maior agilidade e eficiência. 1 Como cadastrar um equipamento Na barra de menus clicar em Arquivo,Opções,Equipamentos,Novo.

Leia mais

REPRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE ARQUITETURA COM AUTOCAD 2D

REPRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE ARQUITETURA COM AUTOCAD 2D REPRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE ARQUITETURA COM AUTOCAD 2D AULA 04 COMANDOS INICIAIS Faculdade de Tecnologia e Ciências - FTC Unidade Vitória da Conquista BA Colegiado de Engenharia Civil CIRCLE Permite desenhar

Leia mais

PASSOS PARA CONFECCIONAR UMA PRANCHA

PASSOS PARA CONFECCIONAR UMA PRANCHA 1 PASSOS PARA CONFECCIONAR UMA PRANCHA - Elencar as falas que a prancha deve ter, listando vocabulário e quantidade de teclas. - Observar as categorias: rosa: expressão social; amarelo: pessoas, sujeitos;

Leia mais

Assessores: Celço Luiz de Araújo Rubens Junior Schwalemberg. Tangram no GeoGebra

Assessores: Celço Luiz de Araújo Rubens Junior Schwalemberg. Tangram no GeoGebra NÚCLEO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DE CASCAVEL CRTE COORDENAÇÃO REGIONAL DE TECNOLOGIA NA EDUCAÇÃO Av. Brasil, 2040. Bairro São Cristóvão. CEP:85816-290. Fone:(45) 3218-7895. Assessores: Celço Luiz de Araújo

Leia mais

PLANO DE AULA Autora: Descritor: Série: Número de aulas previstas: Conteúdos: Objetivos:

PLANO DE AULA Autora: Descritor: Série: Número de aulas previstas: Conteúdos: Objetivos: PLANO DE AULA Autora: Professora Rosa Descritor: Identificar propriedades de triângulos pela comparação de medidas de lados e ângulos Série: 8º ano Número de aulas previstas: 15 aulas Conteúdos: Elementos

Leia mais

POLÍGONOS REGULARES CAD

POLÍGONOS REGULARES CAD 1 1. INTRODUÇÃO. POLÍGONOS REGULARES CAD Nesta aula você aprenderá a construir polígonos regulares e a medir o valor de seu ângulo interno. Além disso, aprenderá a traçar polígonos estrelados utilizando

Leia mais

INICIANDO O POWERPOINT 2000

INICIANDO O POWERPOINT 2000 INICIANDO O POWERPOINT 2000 Para iniciar o PowerPoint 2000. A partir da Barra de tarefas, clique sobre o botão Iniciar/Programas/Microsoft PowerPoint. Você terá a sua disposição algumas opções, que lhe

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS NATURAIS E EXATAS DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PET MATEMÁTICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS NATURAIS E EXATAS DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PET MATEMÁTICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE CIÊNCIAS NATURAIS E EXATAS DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PET MATEMÁTICA CADERNO DE EXERCÍCIOS ELABORADOS PELOS PARTICIPANTES DOS MINICURSOS SOBRE OS SOFTWARES

Leia mais

JANELA DE VISUALIZAÇÃO 3D

JANELA DE VISUALIZAÇÃO 3D 31 Neste texto abordamos como exibir e explorar a Janela de Visualização 3D do GeoGebra. Abordamos como construir objetos como prismas e pirâmides. Em seguida, exploramos alguns comandos de 3D disponível

Leia mais

Módulo de Geometria Espacial I - Fundamentos. Pontos, Retas e Planos. 3 ano/e.m.

Módulo de Geometria Espacial I - Fundamentos. Pontos, Retas e Planos. 3 ano/e.m. Módulo de Geometria Espacial I - Fundamentos Pontos, Retas e Planos. 3 ano/e.m. Geometria Espacial I - Fundamentos Pontos, Retas e Planos. 1 Exercícios Introdutórios 2 Exercícios de Fixação Exercício 4.

Leia mais

Plano Curricular de Matemática 4.º Ano - Ano Letivo 2016/2017

Plano Curricular de Matemática 4.º Ano - Ano Letivo 2016/2017 4.º Ano - Ano Letivo 2016/2017 1.º Período - Números naturais Números e operações Contar Estender as regras de construção dos numerais decimais para classes de grandeza indefinida; Conhecer os diferentes

Leia mais

GEOGEBRA GUIA RÁPIDO. Na janela inicial temos a barra de ferramentas:

GEOGEBRA GUIA RÁPIDO. Na janela inicial temos a barra de ferramentas: GeoGebra: Guia Rápido GEOGEBRA GUIA RÁPIDO O GeoGebra é um programa educativo de Geometria Dinâmica que permite construir, de modo simples e rápido, pontos, segmentos de reta, retas, polígonos, circunferências,

Leia mais

ESTUDANDO MATEMÁTICA COM O AUXÍLIO DO GEOGEBRA UTILIZANDO AS JANELAS CAS E 3D

ESTUDANDO MATEMÁTICA COM O AUXÍLIO DO GEOGEBRA UTILIZANDO AS JANELAS CAS E 3D ESTUDANDO MATEMÁTICA COM O AUXÍLIO DO GEOGEBRA UTILIZANDO AS JANELAS CAS E 3D Ministrantes: Bruno Santos Pereira, Ellen Cristina Barbosa dos Santos, Marrythiely Rodrigues Oliveira, Lucas Diêgo de Lima,

Leia mais

Dados dinâmicos em um relatório de Tabela Dinâmica ou de Gráfico

Dados dinâmicos em um relatório de Tabela Dinâmica ou de Gráfico Página 1 de 8 Excel > Analisando dados > Relatórios da Tabela Dinâmica > Design e layout Dados dinâmicos em um relatório de Tabela Dinâmica ou de Gráfico Dinâmico Mostrar tudo No Microsoft Excel 2010,

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS POLIEDROS

CLASSIFICAÇÃO DOS POLIEDROS COLÉGIO SHALOM 65 Ensino Fundamental II 6º ANO Profº: Sâmia M. Corrêa Disciplina: Geometria Aluno (a):. No. TRABALHO DE RECUPERAÇÃO 1) Complete os quadros com as respectivas características: TRABALHO DE

Leia mais

Figura Uso de coordenadas polares

Figura Uso de coordenadas polares INTRODUÇÃO AO AUTOCAD O CAD trabalha com dois sistemas de coordenadas. O sistema de coordenadas cartesianas (Figura) e o sistema de coordenadas polares (Figura). No sistema de coordenadas cartesianas,

Leia mais

OS PRISMAS. 1) Conceito :

OS PRISMAS. 1) Conceito : 1 SÍNTESE DE CONTEÚDO MATEMÁTICA SEGUNDA SÉRIE - ENSINO MÉDIO ASSUNTO : OS PRISMAS NOME :...NÚMERO :... TURMA :... ============================================================ OS PRISMAS 1) Conceito :

Leia mais

RELATÓRIO Data: 18/08/2016 e 19/08/2016. Apresentar o software GeoGebra 3D e suas potencialidades aos estudantes do terceiro ano do Ensino Médio

RELATÓRIO Data: 18/08/2016 e 19/08/2016. Apresentar o software GeoGebra 3D e suas potencialidades aos estudantes do terceiro ano do Ensino Médio RELATÓRIO Data: 18/08/2016 e 19/08/2016 Objetivo(s) Objetivo Geral: 1 Apresentar o software GeoGebra 3D e suas potencialidades aos estudantes do terceiro ano do Ensino Médio Objetivos Específicos: Incentivar

Leia mais

Estudo de Geometria. Iniciação ao. » Passeio no Parque» Circunferências

Estudo de Geometria. Iniciação ao. » Passeio no Parque» Circunferências Iniciação ao Estudo de Geometria com TI-Nspire» Passeio no Parque» Circunferências P Estrada Parque CONTEÚDO ELABORADO PELO GRUPO T 3 PORTUGAL, UTILIZADO NAS SESSÕES PRÁTICAS DOS DIAS T 3 2014 I. Passeio

Leia mais

EXERCICIOS - ÁREAS E ÂNGULOS:

EXERCICIOS - ÁREAS E ÂNGULOS: EXERCICIOS - ÁREAS E ÂNGULOS: 32 - Sabendo-se que um ângulo externo de um triângulo retângulo mede 287, quais os valores dos ângulos internos deste? 37 - Assinale qual dos polígonos abaixo possui todos

Leia mais

Prof. Breno Duarte Site:

Prof. Breno Duarte   Site: Prof. Breno Duarte Email: brenoldd@hotmail.com Site: www.fenemi.org.br/ifmec O desenho, para transmitir a ideia de três dimensões (3D - comprimento, largura e altura), precisa recorrer a um modo especial

Leia mais

Resumo. Maria Bernardete Barison apresenta Prisma em Geometria Descritiva. Geométrica vol.2 n PRISMA

Resumo. Maria Bernardete Barison apresenta Prisma em Geometria Descritiva. Geométrica vol.2 n PRISMA 1 PRISMA: DEFINIÇÃO PRISMA O prisma é um poliedro irregular compreendido entre dois polígonos iguais e paralelos, e cujas faces laterais são paralelogramos. Os dois polígonos iguais e paralelos são as

Leia mais

LISTA EXTRA DE EXERCÍCIOS MAT /I

LISTA EXTRA DE EXERCÍCIOS MAT /I LISTA EXTRA DE EXERCÍCIOS MAT 008/I. Dados os vetores v = (0,, 3), v = (-, 0, 4) e v 3 = (, -, 0), efetuar as operações indicadas: (a) v 3-4v R.: (4,-,-6) (b) v -3v +v 3 R.: (3,0,-6). Determine: (a) x,

Leia mais

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis. 10º Ano de Matemática A. Geometria no Plano e no Espaço I

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis. 10º Ano de Matemática A. Geometria no Plano e no Espaço I Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 10º Ano de Matemática A Geometria no Plano e no Espaço I Trabalho de casa nº 7 GRUPO I 1. Num certo prisma, cada uma das bases tem n vértices. Quantas faces e quantas

Leia mais

Universidade Federal do Rio de Janeiro Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

Universidade Federal do Rio de Janeiro Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Universidade Federal do Rio de Janeiro Faculdade de Arquitetura e Urbanismo ILLUSTRATOR Gráfica_Digital Illustrator_00 Interface e comandos básicos Este tutorial foi elaborado pela equipe de monitores

Leia mais

Mosaicos com o Superlogo

Mosaicos com o Superlogo Mosaicos com o Superlogo Mauri Cunha do Nascimento Depto de Matemática, FC, UNESP 17033-360, Bauru, SP E-mail: mauri@fc.unesp.br Gabriela Baptistella Peres Aluna do Curso de Licenciatura em Matemática,

Leia mais

MATEMÁTICA. O aluno achou interessante e continuou a escrever, até a décima linha. Somando os números dessa linha, ele encontrou:

MATEMÁTICA. O aluno achou interessante e continuou a escrever, até a décima linha. Somando os números dessa linha, ele encontrou: MATEMÁTICA Passando em uma sala de aula, um aluno verificou que, no quadro-negro, o professor havia escrito os números naturais ímpares da seguinte maneira: 1 3 5 7 9 11 13 15 17 19 21 23 25 27 29 O aluno

Leia mais

No desenvolvimento deste guião, procure sempre colocar as denominações referidas em cada ponto.

No desenvolvimento deste guião, procure sempre colocar as denominações referidas em cada ponto. 1 Este 3º guião contém atividades elementares com a finalidade de favorecer o reconhecimento e a consolidação das funções de algumas ferramentas do programa de geometria dinâmica Geogebra. Neste guião,

Leia mais

SolidWorks Tutorial 1 EIXO. Washington Luiz dos Santos Jr Aula: semana 1 de 8. Disciplina: Desenho Técnico II

SolidWorks Tutorial 1 EIXO. Washington Luiz dos Santos Jr Aula: semana 1 de 8. Disciplina: Desenho Técnico II SolidWorks Tutorial 1 EIXO Disciplina: Desenho Técnico II Prof.: Washington Luiz dos Santos Jr Aula: semana 1 de 8 Para ser usado com SolidWorks Educacional Release 2008-2009. Eixo Este primeiro exercício

Leia mais

Projeto Jovem Nota 10

Projeto Jovem Nota 10 1. (Uff 99) Considere o cubo de vértices A, B, C, D, E, F, G e H representando na figura abaixo. Sabendo que a área do triângulo DEC é Ë2/2m, calcule o volume da pirâmide cujos vértices são D, E, G e C.

Leia mais

à situação. à situação.

à situação. à situação. Unidade 1 Números naturais 1. Números naturais 2. Sistemas de numeração 3. Tabela simples Reconhecer os números naturais. Identificar o antecessor e o sucessor numa sequência de números naturais. Identificar

Leia mais

III REPRESENTAÇÃO DO PLANO. 1. Representação do plano Um plano pode ser determinado por: a) três pontos não colineares

III REPRESENTAÇÃO DO PLANO. 1. Representação do plano Um plano pode ser determinado por: a) três pontos não colineares 59 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS - DEPARTAMENTO DE EXPRESSÃO GRÁFICA Professora Deise Maria Bertholdi Costa Disciplina CD020 Geometria Descritiva Curso

Leia mais

ATIVIDADES COM GEOPLANO ISOMÉTRICO

ATIVIDADES COM GEOPLANO ISOMÉTRICO ATIVIDADES COM GEOPLANO ISOMÉTRICO Observações. Os pinos ou pregos do geoplano isométrico são chamados de pontos. A menor distância entre dois pontos consecutivos é estabelecida como a unidade de comprimento

Leia mais

AULA 4. Atividade Complementar 10: Sistemas lineares 2x2 e sua interpretação geométrica 31

AULA 4. Atividade Complementar 10: Sistemas lineares 2x2 e sua interpretação geométrica 31 AULA 4 Atividade Complementar 10: Sistemas lineares 2x2 e sua interpretação geométrica 31 Conteúdos Estruturantes: Números e Álgebra / Geometrias Conteúdo Básico: Sistemas lineares / Geometria espacial

Leia mais

Material do Professor. Tema: Roteiro de construção para a atividade Porcentagem

Material do Professor. Tema: Roteiro de construção para a atividade Porcentagem 1 Material do Professor Tema: Roteiro de construção para a atividade Porcentagem Objetivo: Dar suporte ao professor para fazer as construções necessárias à atividade Porcentagem ATIVIDADE 1: Construção

Leia mais

AULA 3 Atividade 06 Atividade 07 Atividade Complementar 8: Triângulos e seus ângulos internos

AULA 3 Atividade 06 Atividade 07 Atividade Complementar 8: Triângulos e seus ângulos internos AULA 3 Atividade 06 Segmento, ponto médio, mediatriz, paralelas e perpendiculares a) Construa um segmento com uma extremidade em (3, 4) e medida 3,5 (lembre-se: no lugar de vírgula devemos colocar o ponto).

Leia mais

MATEMÁTICA A - 11.º Ano TRIGONOMETRIA

MATEMÁTICA A - 11.º Ano TRIGONOMETRIA MATEMÁTICA A - 11.º Ano TRIGONOMETRIA NOME: N.º 1. Na figura ao lado [ABCD] é um quadrado de lado 5 cm. O é o ponto de interseção das diagonais. Calcula: 1.1. AB BC 1.2. AB DC 1.3. AB BD 1.4. AO DC 2.

Leia mais

JANELAS. As opções de cada janela mudam de acordo com o programa que a utiliza.

JANELAS. As opções de cada janela mudam de acordo com o programa que a utiliza. Windows 7 JANELAS O sistema operacional Windows ganhou este nome por utilizar o conceito de janelas. Uma janela acessa as informações do arquivo, pasta ou programa e as exibe em um modelo padrão. As opções

Leia mais

Geometria Dinâmica utilizando o Software Geogebra

Geometria Dinâmica utilizando o Software Geogebra Geometria Dinâmica utilizando o Software Geogebra Gilmara Teixeira Barcelos Silvia Cristina Freitas Batista Campos dos Goytacazes 2008 Software GeoGebra 1ª Parte - Conhecendo o Software GeoGebra 1 Trata-se

Leia mais

ATIVIDADES COM GEOTIRAS

ATIVIDADES COM GEOTIRAS ATIVIDADES COM GEOTIRAS 1. Material: Geotiras i. Represente varias retas paralelas. ii. Represente duas retas concorrentes em um ponto. 2. Material: Geotiras Represente as seguintes poligonais: i. Poligonal

Leia mais

13. APRESENTAÇÃO DO PROJETO Criação de folhas mestres

13. APRESENTAÇÃO DO PROJETO Criação de folhas mestres 13. APRESENTAÇÃO DO PROJETO 13.1 Criação de folhas mestres Para a apresentação do projeto, serão criadas folhas mestres, estas ficarão salvas no arquivo deste projeto e poderão ser usadas posteriormente

Leia mais

Adobe Illustrator Material elaborado por Camila de Melo e Rossano Silva 2015

Adobe Illustrator Material elaborado por Camila de Melo e Rossano Silva 2015 Adobe Illustrator Material elaborado por Camila de Melo e Rossano Silva 2015 ÍNDICE 1 - APRESENTAÇÃO 1.1 - Área de Trabalho 1.2 - Teclas de Atalho 2 - COMANDOS DE DESENHO 2.1 - Comando Poligonais e Elipses

Leia mais

Introdução ao Winplot

Introdução ao Winplot Introdução ao Winplot Nosso objetivo é introduzir os conceitos e as ferramentas básicas do programa Winplot, que é um excelente ferramenta computacional para fazer gráficos 2D e 3D de maneira bastante

Leia mais

Excel Tabela Dinâmica - Incrementando seus conhecimentos e Aperfeiçoando a sua prática Excel 2010 Uso inteligente da Tabela Dinâmica

Excel Tabela Dinâmica - Incrementando seus conhecimentos e Aperfeiçoando a sua prática Excel 2010 Uso inteligente da Tabela Dinâmica Excel Tabela Dinâmica - Incrementando seus conhecimentos e Aperfeiçoando a sua prática Excel 2010 Uso inteligente da Tabela Dinâmica Incrementando Seus conhecimentos Aperfeiçoando A sua prática Página

Leia mais

Esta opção é utilizada para desenhar círculos, arcos, elipses, e outros grupos curvilíneos.

Esta opção é utilizada para desenhar círculos, arcos, elipses, e outros grupos curvilíneos. Curvas Esta opção é utilizada para desenhar círculos, arcos, elipses, e outros grupos curvilíneos. Curvas são desenhados normalmente no sentido contra-o-relógio, a menos que o interruptor [Horário] esteja

Leia mais

Manual Criação de Formulário de Avaliação

Manual Criação de Formulário de Avaliação Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER) Manual Criação de Formulário de Avaliação Equipe de Apoio às Publicações Digitais Pró-Reitoria de Pós-Graduação da PUC-SP 2013 Formulário de Avaliação

Leia mais

APRESENTAÇÃO ELETRÔNICA POWER POINT

APRESENTAÇÃO ELETRÔNICA POWER POINT 1 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA APRESENTAÇÃO ELETRÔNICA POWER POINT Nickerson Fonseca Ferreira nickerson.ferreira@ifrn.edu.br Ambiente de

Leia mais

Como criar uma história

Como criar uma história O da Microsoft permite, a partir de um conjunto de imagens, fazer um vídeo, adicionando som (músicas ou narração por voz recorrendo ao microfone) e movimento (transições e efeitos). São estes movimentos

Leia mais

1. Encontre a equação das circunferências abaixo:

1. Encontre a equação das circunferências abaixo: Nome: nº Professor(a): Série: 2ª EM. Turma: Data: / /2013 Nota: Sem limite para crescer Exercícios de Matemática II 2º Ano 2º Trimestre 1. Encontre a equação das circunferências abaixo: 2. Determine o

Leia mais

Se os tubos opostos forem de mesmo comprimento, teremos as várias possibilidades de paralelogramos, incluindo o retângulo.

Se os tubos opostos forem de mesmo comprimento, teremos as várias possibilidades de paralelogramos, incluindo o retângulo. Ernesto Rosa Poliedros de canudinhos rígidos possuem muitas vantagens: são fáceis de se fazer com sucata como tubinhos de canetas, bambus etc. (mas no mercado há tubos plásticos à venda), são ótimos nas

Leia mais

ATIVIDADES COM GEOPLANO QUADRANGULAR

ATIVIDADES COM GEOPLANO QUADRANGULAR ATIVIDADES COM GEOPLANO QUADRANGULAR Observações. Os pinos do geoplano quadrangular são chamados de pontos. A distância horizontal ou vertical entre dois pontos consecutivos é estabelecida como a unidade

Leia mais

Apostila de Geometria Descritiva. Anderson Mayrink da Cunha GGM - IME - UFF

Apostila de Geometria Descritiva. Anderson Mayrink da Cunha GGM - IME - UFF Apostila de Geometria Descritiva Anderson Mayrink da Cunha GGM - IME - UFF Novembro de 2013 Sumário Sumário i 1 Poliedros e sua Representação 1 1.1 Tipos de Poliedros.............................. 1 1.1.1

Leia mais