Direito Tributário. Aula 14. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Direito Tributário. Aula 14. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho"

Transcrição

1 Direito Tributário Aula 14 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

2 Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia e interativo, encontros virtuais, fóruns de discussão e a comunicação com o professor devem ser feitos diretamente no ambiente virtual de aprendizagem UNINOVE. Uso consciente do papel. Cause boa impressão, imprima menos.

3 Aula 14: Garantias e privilégios do crédito tributário Objetivo: Compreender quais as garantias e privilégios que o crédito tributário tem na administração tributária. As garantais e privilégios do crédito tributário O Código Tributário Nacional dispõe nos artigos 183 a 193 sobre normas jurídicas dirigidas a dar proteção, direta ou indireta, ao Fisco no sentido de que ele tenha reais possibilidades de receber seu crédito. Garantias são os meios jurídicos que asseguram ao sujeito ativo da relação jurídica o direito, a fim de que o seu crédito seja satisfeito. Assim, podemos definir garantia como o direito assegurado ao credor, por lei ou contrato, sobre crédito a receber do devedor. Já privilégio é o direito que a lei confere ao credor para ser pago com preferência em relação a outros credores. No entanto, é preciso salientar que o crédito tributário prefere os demais com exceção dos créditos trabalhistas, conforme disposição na Consolidação das Leis do Trabalho, que dispõe que os salários e indenizações têm privilégio em caso de falência, sobrepondo-se aos créditos tributários federais, estaduais ou municipais, entre outros. O Código Tributário Nacional busca proteger o crédito tributário, evitando a frustração de sua cobrança em caso de execução fiscal e, para tanto, outorga ao crédito tributário privilégios em relação a outros créditos. Tais vantagens não podem ser dispensadas pelas autoridades administrativas. Responsabilidade patrimonial pelo crédito tributário A responsabilidade pelo crédito atinge até mesmo os bens gravados com cláusula, inalienabilidade e impenhorabilidade, desde que decorram por disposição de vontade. No entanto, não atinge os bens considerados impenhoráveis por disposição legal, tal como o da Lei 8.009/90.

4 Fraude na alienação de bens A alienação (venda) de bens pelo sujeito passivo, quando está em trâmite a execução fiscal, presume-se fraudulenta. No entanto, não caracterizará fraudulência se o contribuinte reservar bens suficientes à satisfação do crédito em execução. Esta presunção é absoluta e não admite prova em contrário. Preferências do crédito tributário Os únicos créditos que preferem aos tributários são os decorrentes da legislação do trabalho. Geralmente, a preferência realiza-se por meio de concurso de credores, processo pelo qual os credores de um devedor comum promovem contra o mesmo uma execução coletiva. Possuindo o devedor diversos débitos, deverá quitar em primeiro lugar os trabalhistas, seguindo-se os tributários. O crédito tributário não está sujeito a concurso de credores, mas, se concorrerem em uma execução diversos entes públicos, deverá ser observada uma sequência no pagamento. Depois de pagos todos os empregados, ao pagar os tributos, se houver débitos junto à União, aos Estados e ao Município será observada a seguinte regra: a) Primeiramente a União Federal. b) Depois os Estados e havendo mais de um Estado credor e o saldo não sendo o bastante para quitar os débitos junto a todos eles, será feito rateio entre os eles na proporção dos respectivos créditos. c) O Distrito Federal d) Os Municípios. Mesmo no processo falimentar, como em qualquer outro, os créditos tributários somente serão quitados após pagamento daqueles relativos às obrigações trabalhistas. Observa-se que, entre os créditos tributários, os previdenciários têm preferência sobre os demais, por determinação de lei especial.

5 Importante salientar que não há a necessidade de habilitação prévia para recebimento do crédito tributário, ou seja, ele não está sujeito à habilitação em inventário, arrolamento, partilha ou falência, devendo ser liquidados em primeiro lugar, ressalvados os trabalhistas. O crédito tributário não está sujeito, também, a concurso de credores ou habilitação. Entretanto, só haverá concurso de credores entre as pessoas políticas de direito público (União, Estado, Distrito Federal e Município). Isso significa que os créditos da União deverão ser pagos antes mesmo dos créditos estaduais e municipais. Vale a pena conferir 1. STJ. Concurso de credores. Crédito trabalhista. Disponível em: <http://www.professorallan.com.br/userfiles/arquivo/concurso_de_credores_credito _trabalhista_privilegio.pdf> 2. LEI 8.009/90, de 29 de março de Disponível em: <http://www.pge.sp.gov.br/centrodeestudos/bibliotecavirtual/dh/volume%20i/falei800 9.htm>. 3. Concurso de credores. Crédito trabalhista. Disponível em: <http://www.professorallan.com.br/userfiles/arquivo/concurso_de_credores_credito _trabalhista_privilegio.pdf>. Acesso em: 18 abr Chegamos ao fim de mais uma aula. Agora, acesse o AVA e faça os exercícios propostos. Caso fique alguma dúvida, leve a questão ao Fórum e divida-a com seus colegas e professor.

6 * O QR Code é um código de barras que armazena links às páginas da web. Utilize o leitor de QR Code de sua preferência para acessar esses links de um celular, tablet ou outro dispositivo com o plugin Flash instalado. REFERÊNCIAS CARVALHO, P. de B. Curso de direito tributário. Rio de Janeiro: Saraiva, CASSONE, V. Direito Tributário. São Paulo: Atlas, COELHO, Fábio Ulhoa. Curso de Direito Comercial. São Paulo: Saraiva, SITES BRASIL, Código Tributário Nacional. Legislação Federal. Disponível em: <http://www2.planalto.gov.br/>. Acesso em: 18 abr Constituição Federal. Legislação Federal. Disponível em: <http://www2.planalto.gov.br/>. Acesso em: 18 abr

Direito Tributário. Aula 02. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Tributário. Aula 02. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Tributário Aula 02 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

Direito Tributário. Aula 09. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Tributário. Aula 09. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Tributário Aula 09 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

Direito Tributário. Aula 16. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Tributário. Aula 16. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Tributário Aula 16 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

Direito Empresarial. Aula 18. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Empresarial. Aula 18. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Empresarial Aula 18 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

Direito Empresarial. Aula 17. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Empresarial. Aula 17. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Empresarial Aula 17 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

CIRCULAR N 14/2005 CÓDIGO TRIBUTÁRIO NACIONAL ALTERÇÃO AJUSTE À LEI DE FALÊNCIA PENHORA ON-LINE

CIRCULAR N 14/2005 CÓDIGO TRIBUTÁRIO NACIONAL ALTERÇÃO AJUSTE À LEI DE FALÊNCIA PENHORA ON-LINE São Paulo, 16 de Fevereiro de 2.005 DE: PARA: ASSESSORIA JURÍDICA ASSOCIADOS CIRCULAR N 14/2005 CÓDIGO TRIBUTÁRIO NACIONAL ALTERÇÃO AJUSTE À LEI DE FALÊNCIA PENHORA ON-LINE Anexamos, para conhecimento,

Leia mais

Planejamento Tributário Empresarial

Planejamento Tributário Empresarial Planejamento Tributário Empresarial Aula 09 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina, oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades,

Leia mais

Direito Tributário. Aula 20. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Tributário. Aula 20. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Tributário Aula 20 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

2. PREFERÊNCIA DO CRÉDITO FISCAL FRENTE A CRÉDITOS INDIVIDUAIS, SEM DIREITO LEGAL DE PREFERÊNCIA

2. PREFERÊNCIA DO CRÉDITO FISCAL FRENTE A CRÉDITOS INDIVIDUAIS, SEM DIREITO LEGAL DE PREFERÊNCIA DA INEFICÁCIA DA ARREMATAÇÃO OU ADJUDICAÇAO REALIZADA POR CREDOR, SEM DIREITO LEGAL DE PREFERÊNCIA, FRENTE A PROCESSO DE EXECUÇAO FISCAL COM PENHORA SOBRE O MESMO BEM Robson Carlos de Oliveira * SUMÁRIO:

Leia mais

Direito Empresarial. Aula 07. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Empresarial. Aula 07. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Empresarial Aula 07 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

Planejamento Tributário Empresarial

Planejamento Tributário Empresarial Planejamento Tributário Empresarial Aula 02 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina, oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades,

Leia mais

Direito Tributário para o Exame de Ordem

Direito Tributário para o Exame de Ordem Direito Tributário para o Exame de Ordem 7 Garantias e Privilégios do Crédito Tributário. 8 Administração Tributária CTN. 9. Espécies Tributárias. (1a. Parte) Garantias do Crédito Tributário: Bens e rendas

Leia mais

Constituição formal de empresa

Constituição formal de empresa Constituição formal de empresa Aula 08 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos

Leia mais

Direito Empresarial. Aula 20. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Empresarial. Aula 20. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Empresarial Aula 20 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

Planejamento Tributário Empresarial

Planejamento Tributário Empresarial Planejamento Tributário Empresarial Aula 13 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina, oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades,

Leia mais

Direito Empresarial. Aula 13. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Empresarial. Aula 13. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Empresarial Aula 13 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

Planejamento Tributário Empresarial

Planejamento Tributário Empresarial Planejamento Tributário Empresarial Aula 06 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina, oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades,

Leia mais

Planejamento Tributário Empresarial

Planejamento Tributário Empresarial Planejamento Tributário Empresarial Aula 17 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina, oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades,

Leia mais

Direito Tributário. Aula 05. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Tributário. Aula 05. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Tributário Aula 05 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

Constituição formal de empresa

Constituição formal de empresa Constituição formal de empresa Aula 02 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos

Leia mais

Direito Empresarial. Aula 06. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Empresarial. Aula 06. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Empresarial Aula 06 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

Direito Empresarial. Aula 14. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Empresarial. Aula 14. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Empresarial Aula 14 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

Direito Tributário. Aula 03. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Tributário. Aula 03. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Tributário Aula 03 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO EMPRESARIAL

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO EMPRESARIAL P á g i n a 1 PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO EMPRESARIAL QUESTÃO 1 - Sobre a disciplina do direito empresarial no Brasil: 1. O adquirente de um estabelecimento comercial jamais responderá pelo

Leia mais

Direito Constitucional

Direito Constitucional Direito Constitucional Aula 03 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA Subsecretaria da Receita Estadual PROGRAMA DE PARCELAMENTO ESPECIAL II

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA Subsecretaria da Receita Estadual PROGRAMA DE PARCELAMENTO ESPECIAL II SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA Subsecretaria da Receita Estadual PROGRAMA DE PARCELAMENTO ESPECIAL II PPE II CONDIÇÕES DO DÉBITOD O débito pode estar: Formalizado ou não; Inscrito ou não em dívida ativa;

Leia mais

E S T A D O D O M A T O G R O S S O Prefeitura Municipal de Jaciara

E S T A D O D O M A T O G R O S S O Prefeitura Municipal de Jaciara INSTRUÇÃO NORMATIVA STB SISTEMA DE TRIBUTOS / DIVIDA ATIVA Nº. 002/2010 Versão: 01 Aprovação em: 23/12/2010 Ato de aprovação: Decreto n.º 2895/2010 Unidade Responsável: Secretaria Municipal de Finanças/

Leia mais

ALVARÁ DE LICENÇA E FUNCIONAMENTO FINALIDADE: FUNCIONAMENTO DE ESTABELECIMENTO

ALVARÁ DE LICENÇA E FUNCIONAMENTO FINALIDADE: FUNCIONAMENTO DE ESTABELECIMENTO PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA 2016 ALVARÁ DE LICENÇA E FUNCIONAMENTO FINALIDADE: FUNCIONAMENTO DE ESTABELECIMENTO INSCRIÇÃO MUNICIPAL CPF/CNPJ 54125003 06.042.030/0001-47 RAZÃO

Leia mais

ALVARÁ DE LICENÇA E FUNCIONAMENTO FINALIDADE: FUNCIONAMENTO DE ESTABELECIMENTO

ALVARÁ DE LICENÇA E FUNCIONAMENTO FINALIDADE: FUNCIONAMENTO DE ESTABELECIMENTO PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA 2015 ALVARÁ DE LICENÇA E FUNCIONAMENTO FINALIDADE: FUNCIONAMENTO DE ESTABELECIMENTO ATIVIDADE: 020128 - Taxa TLVLF Outras Atividades - Pequeno Porte

Leia mais

Planejamento Tributário Empresarial

Planejamento Tributário Empresarial Planejamento Tributário Empresarial Aula 11 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina, oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades,

Leia mais

Direito Tributário. Aula 19. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Tributário. Aula 19. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Tributário Aula 19 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

Aula 14: Garantias e privilégios do crédito tributário

Aula 14: Garantias e privilégios do crédito tributário Aula 14: Garantias e privilégios do crédito tributário Na aula de hoje, encerraremos o extenso título III do CTN Crédito Tributário. Veremos quais são as garantias e privilégios do crédito tributário,

Leia mais

Aula 01. No presente curso será trabalhado o Processo Judicial Tributário 1, sob os seguintes aspectos:

Aula 01. No presente curso será trabalhado o Processo Judicial Tributário 1, sob os seguintes aspectos: Turma e Ano: Processo Judicial Tributário (2015) Matéria / Aula: Garantias e Privilégios do Crédito Tributário / 01 Professor: Mauro Lopes Monitora: Laryssa Marques Aula 01 1. Introdução No presente curso

Leia mais

Crédito e lançamento tributário

Crédito e lançamento tributário Crédito e lançamento tributário Levar o entendimento ao aluno sobre o que é, como se processa o crédito e as formas do lançamento do crédito tributário. Vamos lá, pessoal, na aula passada vimos a integração

Leia mais

Direito Constitucional

Direito Constitucional Direito Constitucional Aula 02 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos

Leia mais

2 CONTABILIZAÇÃO DAS TRANSFERÊNCIAS RELACIONADAS A CONTRATO DE RATEIO

2 CONTABILIZAÇÃO DAS TRANSFERÊNCIAS RELACIONADAS A CONTRATO DE RATEIO CONTABILIZAÇÃO DE CONSÓRCIOS PÚBLICOS REFERÊNCIA: IPC 10 STN (MINUTA) 1 INFORMAÇÕES GERAIS O reconhecimento do ativo patrimonial no consórcio público e do passivo patrimonial no ente consorciado ocorre

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE INFORMAÇÕES SOBRE BOLETOS

GUIA RÁPIDO DE INFORMAÇÕES SOBRE BOLETOS GUIA RÁPIDO DE INFORMAÇÕES SOBRE BOLETOS 1 Índice 1 PERGUNTAS FREQUENTES... 5 O que é Boleto Bancário?...5 O que é código de barras?...5 O que é linha digitável?...5 A linha digitável e o código de barras

Leia mais

Apresentação da Disciplina

Apresentação da Disciplina ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA, EMENTA E INFORMAÇÕES CORRELATAS Prof. Thiago Gomes Apresentação da Disciplina 1. IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Estágio Supervisionado

Leia mais

Fundamentos da Matemática

Fundamentos da Matemática Fundamentos da Matemática Aula 09 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos

Leia mais

ARTIGO 65 DA LEI Nº , DE 11 DE JUNHO DE Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial ARTIGO 65

ARTIGO 65 DA LEI Nº , DE 11 DE JUNHO DE Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial ARTIGO 65 ARTIGO 65 LEI Nº 12.249, DE 11 DE JUNHO DE 2010 Art. 65. Poderão ser pagos ou parcelados, em até 180 (cento e oitenta) meses, nas condições desta Lei, os débitos administrados pelas autarquias e fundações

Leia mais

Direito Empresarial. Aula 12. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Empresarial. Aula 12. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Empresarial Aula 12 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

Planejamento Tributário Empresarial

Planejamento Tributário Empresarial Planejamento Tributário Empresarial Aula 07 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina, oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades,

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO BENS PÚBLICOS

DIREITO ADMINISTRATIVO BENS PÚBLICOS DIREITO ADMINISTRATIVO BENS PÚBLICOS Atualizado em 16/10/2015 BENS PÚBLICOS São públicos os bens do domínio nacional pertencentes às pessoas jurídicas de direito público interno; todos os outros são particulares,

Leia mais

Programa Especial de Regularização Tributária (Pert)

Programa Especial de Regularização Tributária (Pert) Programa Especial de Regularização Tributária (Pert) Uma oportunidade para pessoas físicas e jurídicas refinanciarem suas dívidas com o Governo Federal Programa Es pec i al de Regul ari zaç ão Tri butári

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TANGARA DA SERRA

PREFEITURA MUNICIPAL DE TANGARA DA SERRA Página: 1 de 9 000001 1 0 0 0 0 00 00 00 ATIVO 69.855.136,11 D 18.737.242,74 20.259.144,48 000002 1 1 0 0 0 00 00 00 ATIVO CIRCULANTE 57.737.284,92 D 18.734.365,74 20.259.144,48 000003 1 1 1 0 0 00 00

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Fontes e princípios do Direito do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Fontes e princípios do Direito do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Fontes e princípios do Direito do Trabalho Prof. Hermes Cramacon 1. Fontes materiais - norma ainda não positivada. Momento pré-jurídico. Correntes de pensamento econômico, jurídico,

Leia mais

Revisão OAB. Gabriel Rabelo

Revisão OAB. Gabriel Rabelo Revisão OAB Gabriel Rabelo Tópico 1) Empresário Art. 966. Considera-se empresário quem exerce profissionalmente atividade econômica organizada para a produção ou a circulação de bens ou de serviços. Parágrafo

Leia mais

CRÉDITO TRIBUTÁRIO. Conceito

CRÉDITO TRIBUTÁRIO. Conceito Conceito CRÉDITO TRIBUTÁRIO O crédito tributário corresponde ao direito do Estado de exigir o tributo, ou melhor, de exigir o objeto da obrigação tributária principal do sujeito. Contribuição do crédito

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO Definição... 21

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO Definição... 21 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 11 Capítulo I Direito Tributário... 13 1. Definição... 13 2. Relação com outros ramos do direito... 13 3. Fontes do direito tributário... 14 4. Legislação tributária... 20 Capítulo

Leia mais

MEDIDA PROVISÓRIA nº 783, de 31/05/2017. Instrução Normativa RFB nº 1711, de 16/06/2017.

MEDIDA PROVISÓRIA nº 783, de 31/05/2017. Instrução Normativa RFB nº 1711, de 16/06/2017. MEDIDA PROVISÓRIA nº 783, de 31/05/2017. Instrução Normativa RFB nº 1711, de 16/06/2017. MAPA ETÉCNICO FISCAL - www.etecnico.com.br - facebook/mapaetecnicofiscal 1 INTRODUÇÃO A MP 783/2017, institui o

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARANA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Novembro / 2016.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE - PARANA Sistema de Contabilidade BALANCETE DE VERIFICAÇÃO - PATRIMONIAL ATIVO Novembro / 2016. ATIVO Pág. : 1 Anterior... Débito...... Crédito... 1 ATIVO 43.958.761,78 1.844.249,50 2.782.292,85 43.020.718,43 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 19.160.546,58 1.449.176,24 2.354.991,47 18.254.731,35 D 1.1.1 CAIXA

Leia mais

ARMINDO DE CASTRO JÚNIOR

ARMINDO DE CASTRO JÚNIOR Conceito de falência DIREITO FALIMENTAR Falência (do latim fallere e do grego sphallein ): falha, defeito, carência, engano ou omissão ARMINDO DE CASTRO JÚNIOR E-mail: armindocastro@uol.com.br Homepage:

Leia mais

MUNICIPIO DE JUINA RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL

MUNICIPIO DE JUINA RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL DEMONSTRATIVO DA DISPONIBILIDADE DE CAIXA JANEIRO A ABRIL DE 2015 LRF, art. 55, Inciso III, alínea "a" - Anexo V R$ 1,00 ATIVO VALOR PASSIVO VALOR DISPONIBILIDADE FINANCEIRA

Leia mais

QUESTÕES PARA A PROVA DE DIREITO COMERCIAL IV

QUESTÕES PARA A PROVA DE DIREITO COMERCIAL IV QUESTÕES PARA A PROVA DE DIREITO COMERCIAL IV Prof. José Carlos Vaz e Dias 1º. Semestre de 2009 1) O que é falência e qual é a etimologia deste vocábulo? Explique a falência sobre o ponto de vista jurídico,

Leia mais

4- Garantias e privilégios do crédito tributário (CTN, arts. 183 / 193).

4- Garantias e privilégios do crédito tributário (CTN, arts. 183 / 193). CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ Curso: Direito 8º DIV (Unid. V) e 8º DIN (Unid. IV) Disciplina: Direito Financeiro e Tributário II Profª. Ilza Maria da Silva Facundes UNIDADE IV Garantias e privilégios

Leia mais

1. VIDA FINANCEIRA 1.1 PAGAMENTO DE TRIBUTOS. Documento Prazo de Guarda Prazo de Precaução Observações

1. VIDA FINANCEIRA 1.1 PAGAMENTO DE TRIBUTOS. Documento Prazo de Guarda Prazo de Precaução Observações 1. VIDA FINANCEIRA 1.1 PAGAMENTO DE TRIBUTOS 1.1.1 Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) e seu respectivo DARF. 5 anos, contados a partir do exercício seguinte àquele em que o lançamento poderia ter

Leia mais

Parcelamento Especial

Parcelamento Especial Parcelamento Especial Lei nº 11.941/2009 (conversão da MP 449/2008) Portaria Conjunta PGFN/RFB nº 6/ 2009 HISTÓRICO DOS PARCELAMENTOS ESPECIAIS REFIS - Lei 9.964/2000 Débitos de pessoas jurídicas Todos

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 388, DE 26 DE AGOSTO DE 2011.

LEI COMPLEMENTAR Nº 388, DE 26 DE AGOSTO DE 2011. LEI COMPLEMENTAR Nº 388, DE 26 DE AGOSTO DE 2011. Institui o Programa de Recuperação Fiscal Quatro de Caxias do Sul (REFIS IV Caxias), para pessoas físicas e jurídicas, e dá outras providências. O PREFEITO

Leia mais

Tabela de Temporalidade de Documentos de Pessoa Física

Tabela de Temporalidade de Documentos de Pessoa Física Tabela de Temporalidade de Documentos de Pessoa Física 1. VIDA FINANCEIRA 1.1 PAGAMENTOS DE TRIBUTOS 1.1.1 Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) e seu respectivo DARF 1.1.2 Imposto Predial e Territorial

Leia mais

1.1. Legitimidade Ativa Execução Fiscal contra a Fazenda Pública Aplicação Subsidiária do Código de Processo Civil...

1.1. Legitimidade Ativa Execução Fiscal contra a Fazenda Pública Aplicação Subsidiária do Código de Processo Civil... sumário Parte i execução Fiscal Art. 1 o... 3 1.1. Legitimidade Ativa... 3 1.2. Execução Fiscal contra a Fazenda Pública... 6 1.3. Aplicação Subsidiária do Código de Processo Civil... 7 Art. 2 o... 8 2.1.

Leia mais

DECRETO N.º 24/XIII. Regime aplicável ao património da Casa do Douro

DECRETO N.º 24/XIII. Regime aplicável ao património da Casa do Douro DECRETO N.º 24/XIII Regime aplicável ao património da Casa do Douro A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea c) do artigo 161.º da Constituição, o seguinte: Secção I Disposições gerais Artigo

Leia mais

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO DE JANEIRO - CAU / RJ BALANCETE DE JANEIRO DE 2013

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO DE JANEIRO - CAU / RJ BALANCETE DE JANEIRO DE 2013 BALANCETE DE JANEIRO DE 2013 ATIVO 9.854.457,63 ATIVO CIRCULANTE 9.658.703,72 Disponível Vinculado C/C Bancária 4.989.235,75 Créditos a Receber do Exercício 4.635.067,97 Demais Créditos e Valores a Curto

Leia mais

Programa Regularize. Novo prazo para utilização de crédito acumulado

Programa Regularize. Novo prazo para utilização de crédito acumulado Programa Regularize Novo prazo para utilização de crédito acumulado Decreto 47.020/2016 O que é o Programa Regularize? O estado de Minas Gerais publicou o Decreto n.º 46.817/2015, instituindo o Programa

Leia mais

Tributário Junho de 2017

Tributário Junho de 2017 Tributário Junho de 2017 CIRCULAR PROGRAMA DE REGULARIZAÇÃO TRIBUTÁRIA (PERT) No dia 31 de maio de 2017, foi publicada a Medida Provisória nº 783/2017, que instituiu o Programa de Regularização Tributária

Leia mais

DIREITOS REAIS DE GARANTIA Aula 11

DIREITOS REAIS DE GARANTIA Aula 11 DIREITOS REAIS DE GARANTIA Aula 11 PREÂMBULO 1 QUADRO GERAL Titularidade Coisa própria Coisa alheia Propriedade Fruição Garantia Aquisição Penhor Hipoteca Anticrese GARANTIAS Geral Patrimônio Espécies

Leia mais

SISTEMA DE INDENIZAÇÃO DO TEMPO DE SERVIÇO (FGTS) DIREITO DO TRABALHO II. Aula 9 Indenização do tempo de serviço. Conteúdo Programático desta aula

SISTEMA DE INDENIZAÇÃO DO TEMPO DE SERVIÇO (FGTS) DIREITO DO TRABALHO II. Aula 9 Indenização do tempo de serviço. Conteúdo Programático desta aula Aula 9 Indenização do tempo de serviço Conteúdo Programático desta aula Indenização por tempo de serviço: conceito, fundamentos jurídicos e evolução histórica. O sistema do FGTS: evolução histórica; natureza

Leia mais

Fundamentos e Práticas de Braille II

Fundamentos e Práticas de Braille II Fundamentos e Práticas de Braille II Aula 13 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades,

Leia mais

CRIMINALIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR. 23 de junho de 2016 Por: Mariana Nogueira Michelotto - OAB/PR

CRIMINALIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR. 23 de junho de 2016 Por: Mariana Nogueira Michelotto - OAB/PR CRIMINALIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR 23 de junho de 2016 Por: Mariana Nogueira Michelotto - OAB/PR 65.829 APROPRIAÇÃO INDÉBITA PREVIDENCIÁRIA Art. 168-A. Deixar de repassar à previdência social as contribuições

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL GRUPO E SUBGRUPOS

BALANÇO PATRIMONIAL GRUPO E SUBGRUPOS U N I V E R S I D A D E E S T A D U A L D E G O I Á S (Criada pela Lei n.º 13.456 de 16 de abril de 1999, publicada no DOE - GO de 20 de abril de 1999) UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS

Leia mais

Sumário. Nota Preliminar, xvii. Introdução, 1

Sumário. Nota Preliminar, xvii. Introdução, 1 Nota Preliminar, xvii Introdução, 1 1 Comentários gerais, 3 1.1 Finalidade, 3 1.2 Do patrimônio, 4 1.3 Dos fatos, 5 1.3.1 Do fato administrativo permutativo, 5 1.3.2 Do fato administrativo modificativo,

Leia mais

CURSOS ON-LINE DIREITO TRIBUTÁRIO CURSO REGULAR PROFESSOR RICARDO ALEXANDRE

CURSOS ON-LINE DIREITO TRIBUTÁRIO CURSO REGULAR PROFESSOR RICARDO ALEXANDRE Aula 13 Garantias e Privilégios do Crédito Tributário & Administração Tributária Prezados colegas concurseiros, Esta é a última aula do nosso curso. No início da próxima semana, encaminharei os gabaritos

Leia mais

Certificados de Crédito Cooperativo (CCC)

Certificados de Crédito Cooperativo (CCC) Certificados de Crédito Cooperativo (CCC) Conceito: título de crédito nominativo, transferível e de livre negociação, que representa promessa de pagamento em dinheiro e constitui título executivo extrajudicial.

Leia mais

Simulado TRT Direito do Trabalho Simulado Konrad Mota

Simulado TRT Direito do Trabalho Simulado Konrad Mota Simulado TRT Direito do Trabalho Simulado Konrad Mota 2013 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. 01. (Analista/TRT-24/2011-FCC) Maria, estudante de direito, está discutindo

Leia mais

Auditoria Contábil. Mapeamento e Apontamento na Matriz de Riscos e Oportunidades

Auditoria Contábil. Mapeamento e Apontamento na Matriz de Riscos e Oportunidades Auditoria Contábil Mapeamento e Apontamento na Matriz de Riscos e Oportunidades Financeiro A auditoria desta área tem como objetivo geral verificar se os controles financeiros adotados pela empresa são

Leia mais

É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas de Resultado).

É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas de Resultado). Olá, meus amigos! Tudo bem? É com uma grande satisfação que apresentamos para vocês um Plano de Contas Atualizado para Provas de Contabilidade Geral (Contas de Resultado). O plano foi elaborado pelo nosso

Leia mais

FECHAMENTO DE CONCESSIONÁRIAS

FECHAMENTO DE CONCESSIONÁRIAS ANEXO PRE 145.16 FECHAMENTO DE CONCESSIONÁRIAS ROTEIRO ILUSTRATIVO DE ASSUNTOS QUE MERECEM ATENÇÃO NA DESCONTINUIDADE DE NEGÓCIOS I ASPECTOS FISCAIS 1. Verificação de Passivos e Ativos Federais: 1.1. Secretaria

Leia mais

03. Para Ativo (A), Passivo (P) e Patrimônio Líquido (PL), observe as sequências lógicas:

03. Para Ativo (A), Passivo (P) e Patrimônio Líquido (PL), observe as sequências lógicas: TÉCNICO EM CONTABILIDADE 1 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS QUESTÕES DE 01 A 20 01. A Contabilidade é uma ciência: a) exata, pois tem como pressuposto a precisão e veracidade apresentada em seus relatórios financeiros

Leia mais

BIBLIOGRAFIA: Fábio Ulhoa Coelho. Saraiva. André Luiz Santa Cruz Ramos. Juspodivm. 1. DIREITO DE EMPRESA ART. 966 do CC

BIBLIOGRAFIA: Fábio Ulhoa Coelho. Saraiva. André Luiz Santa Cruz Ramos. Juspodivm. 1. DIREITO DE EMPRESA ART. 966 do CC 1 DIREITO EMPRESARIAL DIREITO EMPRESARIAL PONTO 1: Direito de Empresa PONTO 2: Conceito de Empresário PONTO 3: Estabelecimento PONTO 4: Registro BIBLIOGRAFIA: Fábio Ulhoa Coelho. Saraiva. André Luiz Santa

Leia mais

Ricardo Abreu & Advogados Associados

Ricardo Abreu & Advogados Associados I. DA TRANSFERÊNCIA 1. A transferência se caracteriza pelo deslocamento do empregado, de um estabelecimento ou empresa, para outro (a) do mesmo grupo, com mudança de seu domicílio (art. 469, da Consolidação

Leia mais

JUIZO UNIVERSAL FALIMENTAR COM ENFOQUE NOS CREDÍTOS TRABALHISTAS Carolina Staut Pires BAITELO 1 Edson Freitas de OLIVEIRA 2

JUIZO UNIVERSAL FALIMENTAR COM ENFOQUE NOS CREDÍTOS TRABALHISTAS Carolina Staut Pires BAITELO 1 Edson Freitas de OLIVEIRA 2 JUIZO UNIVERSAL FALIMENTAR COM ENFOQUE NOS CREDÍTOS TRABALHISTAS Carolina Staut Pires BAITELO 1 Edson Freitas de OLIVEIRA 2 RESUMO: O presente trabalho está associado à área de Direito Comercial e Trabalhista,

Leia mais

Administração Financeira e Orçamentária

Administração Financeira e Orçamentária Administração Financeira e Orçamentária Professor Fábio Furtado www.acasadoconcurseiro.com.br Administração Financeira e Orçamentária BALANÇO PATRIMONIAL Segundo a Lei nº 4.320/64 O demonstrará: o Ativo

Leia mais

A FAZENDA PÚBLICA X PROCESSO FALIMENTAR: Pode a Fazenda Pública. Resumo: Surge com a Lei nº 11.101/2005 novos institutos, como o da Recuperação

A FAZENDA PÚBLICA X PROCESSO FALIMENTAR: Pode a Fazenda Pública. Resumo: Surge com a Lei nº 11.101/2005 novos institutos, como o da Recuperação A FAZENDA PÚBLICA X PROCESSO FALIMENTAR: Pode a Fazenda Pública requerer a falência do contribuinte empresário? Emerson Luiz Xavier Pereira 1 Resumo: Surge com a Lei nº 11.101/2005 novos institutos, como

Leia mais

PARCELAMENTO REFIS V

PARCELAMENTO REFIS V PARCELAMENTO REFIS V Lei n. 12.996, de 18 de junho de 2014 Medida Provisória n. 651, de 9 de julho de 2014 Portaria Conjunta PGFN/RFB n. 13, de 30 de julho de 2014 1 PRAZO: ATÉ 25 DE AGOSTO DE 2014 ADESÃO

Leia mais

Sistema Fiscal Moçambicano GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE PAGAMENTO DE DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS A PRESTAÇÕES COMPENSAÇÃO DAS DÍVIDAS

Sistema Fiscal Moçambicano GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE PAGAMENTO DE DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS A PRESTAÇÕES COMPENSAÇÃO DAS DÍVIDAS Sistema Fiscal Moçambicano GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE PAGAMENTO DE DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS A PRESTAÇÕES COMPENSAÇÃO DAS DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE

Leia mais

Setor de Tributário. Direito Tributário I

Setor de Tributário. Direito Tributário I Setor de Tributário Direito Tributário I conceito de tributo e suas espécies; hipóteses de incidência dos tributos; competência tributária; fontes do direito tributário; princípios constitucionais do direito

Leia mais

1 O que é leilão? 2 Como se fica sabendo sobre as datas e os locais dos leilões? 3 Quais são os tipos de leilão:

1 O que é leilão? 2 Como se fica sabendo sobre as datas e os locais dos leilões? 3 Quais são os tipos de leilão: 1 O que é leilão? Nada mais é do que uma maneira de se adquirir bens. A opção é diferente da compra e venda normal ou da que é praticada no mercado porque a aquisição por leilão não é feita entre as partes.

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2016/2 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

Os Impactos do Novo Código de Processo Civil e a Execução Fiscal

Os Impactos do Novo Código de Processo Civil e a Execução Fiscal Os Impactos do Novo Código de Processo Civil e a Execução Fiscal Rafhael Frattari Professor de Direito Tributário da FUMEC/MG Vilas Boas, Lopes e Frattari Advogados Aplicação do NCPC à Execução Fiscal»

Leia mais

Resumo Aula-tema 03: Receita Pública

Resumo Aula-tema 03: Receita Pública Resumo Aula-tema 03: Receita Pública A fim de fazer face às próprias necessidades de manutenção e investimentos, o Estado dispõe de recursos ou rendas que lhe são entregues pela contribuição da coletividade.

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º, DE 2004 (DA SRA. LAURA CARNEIRO)

PROJETO DE LEI N.º, DE 2004 (DA SRA. LAURA CARNEIRO) Página 1 de 5 PROJETO DE LEI N.º, DE 2004 (DA SRA. LAURA CARNEIRO) Dispões sobre a dação de imóveis, bens e serviços passivem de utilização em programas habitacionais como forma de extinção de créditos

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: DIREITO TRIBUTÁRIO I Código da Disciplina: JUR 258 Curso: Direito Semestre de oferta da disciplina: 8º Faculdade responsável: DIREITO Programa em vigência a partir de:

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

A Arrecadação Tributária Estimulada e as Exigências de CND

A Arrecadação Tributária Estimulada e as Exigências de CND A Arrecadação Tributária Estimulada e as Exigências de CND José Carlos da Silva * Fonte principal do financiamento do Estado, a arrecadação tributária guarda naturalmente correspondência com as ações empreendidas

Leia mais

Brasília - DF, quarta-feira, 20 de agosto de 2014 página 26 MINISTÉRIO DA FAZENDA

Brasília - DF, quarta-feira, 20 de agosto de 2014 página 26 MINISTÉRIO DA FAZENDA Brasília - DF, quarta-feira, 20 de agosto de 2014 página 26 MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1.491, DE 19 DE AGOSTO DE 2014 Dispõe sobre os débitos a

Leia mais

Estado de Alagoas FUNPREV - Fundo de Previdência Social do Município de Mar Vermelho Balancete Financeiro Exercício : 01/2016

Estado de Alagoas FUNPREV - Fundo de Previdência Social do Município de Mar Vermelho Balancete Financeiro Exercício : 01/2016 Pág. 1 Balancete Financeiro R E C E I T A D E S P E S A Conta Descrição Valor Conta Descrição Valor R E C E I T A S O R Ç A M E N T Á R I A S 97.490,76 D E S P E S A S O R Ç A M E N T Á R I A S 27.765,63

Leia mais

Referência: Decreto Estadual-RJ nº /14 - ICM e ICMS - Parcelamento - Redução de multas e acréscimos legais Disposições.

Referência: Decreto Estadual-RJ nº /14 - ICM e ICMS - Parcelamento - Redução de multas e acréscimos legais Disposições. Rio de Janeiro, 08 de maio de 2014 Of. Circ. Nº 134/14 Referência: Decreto Estadual-RJ nº 44.780/14 - ICM e ICMS - Parcelamento - Redução de multas e acréscimos legais Disposições. Senhor Presidente, Fazendo

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Caio era empregado da pessoa jurídica X há mais de 10 anos. No entanto, seu chefe o demitiu de forma vexatória, diante de outros empregados, sem o devido pagamento

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 30 de Abril de 2016 Folha: 1 Prefeitura Municipal Demonstracao. Unidade Gestora: CONSÓRCIO - CISGA

Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 30 de Abril de 2016 Folha: 1 Prefeitura Municipal Demonstracao. Unidade Gestora: CONSÓRCIO - CISGA Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 30 de Abril de 2016 Folha: 1 1.0.0.0.0.00.00.00.00.00 ATIVO 994.183,15 D 181.380,01 162.761,34 1.012.801,82 D 1.1.0.0.0.00.00.00.00.00 ATIVO CIRCULANTE

Leia mais

VII Congresso de Direito Tributário em Questão

VII Congresso de Direito Tributário em Questão VII Congresso de Direito Tributário em Questão As alterações do processo de civil e a execução fiscal PGFN, junho de 2008 Novo sistema da Lei 11.386, de 2006 Confere maior prerrogativa ao credor Favorece

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina DIR323 Direito Empresarial IV - Recuperações e Falência

Programa Analítico de Disciplina DIR323 Direito Empresarial IV - Recuperações e Falência Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina DIR33 Direito Empresarial IV - Recuperações e Falência Departamento de Direito - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de

Leia mais