GESTÃO DE TÍTULOS E TAXAS NÁUTICO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GESTÃO DE TÍTULOS E TAXAS NÁUTICO"

Transcrição

1 1 / 6 1. OBJETIVO Estabelecer padronização para os processos desde o cadastro de títulos até a cobrança de cheques devolvidos bem como a transferência de titularidade, a fim de que todas as etapas do processo sejam seguidas corretamente. 2. ALCANCE Náutico Praia Clube. 3. DEFINIÇÕES E ABREVIATURAS Sócio: Pessoa que adquiriu um título do parque ou clube. Dependente: Pessoa familiar ou não que usufrui das dependências do parque com uma carteirinha de dependente. Cessionário: Pessoa que recebe o título, seja um terceiro ou um filho. Título: Documento que dá direitos ao sócio de uso das dependências do parque. Título Friends: Documento que dá direito a inserir dependentes sem grau de parentesco. 4. CONTEXTO Uma das formas de acessar o Náutico Praia Clube é se tornando um sócio a partir de uma aquisição de Título. Toda a negociação do título é feita pela Sala de Vendas e a Secretaria tem a responsabilidade de cadastrar o título no sistema do parque. A fim de melhor atender o sócio e seus dependentes, quando necessário são realizadas melhorias na estrutura do parque, como consequência contratos Taxas de Melhoria são criadas para auxiliar a cobrir os gastos das reformas, e estes também devem ser cadastrados no sistema do parque. A Secretaria também deve realizar a transferência de titularidade, seja ela para terceiros ou para o filho do titular, além de efetuar a inclusão ou exclusão de dependentes dos títulos Friends. Com o respaldo da Tesouraria, a Secretaria é responsável por realizar o bloqueio de acesso do sócio no sistema nos casos de inadimplência, bem como a liberação e controle dessas pendências. 4.1 Cadastro de Títulos Ao realizar a venda de um título, a Sala de Vendas deve encaminhar todo o processo de venda do título à Secretaria para que seja efetuado o cadastro no sistema do parque. O processo de venda do título é composto pelo contrato assinado em 2 vias (uma via deve ser entregue ao cliente a outra deve ficar em posse

2 2 / 6 da Secretaria), os documentos pessoais de identificação com foto do titular e seus dependentes, comprovante de endereço e os comprovantes de pagamentos (dinheiro, cartão de débito/crédito ou cheque). Ao receber o processo de venda do título, a Secretaria deve verificar se todos os documentos estão corretos e se há alguma divergência. Caso haja o processo deve ser devolvido a Sala de Vendas para que efetue as devidas correções. Com o processo de venda do título em mãos, a Secretaria deve assinar e carimbar as duas vias do contrato, devolver uma via à Sala de Vendas e reter a segunda via para realizar o cadastro do contrato no sistema. Caso haja dependentes a serem cadastrados, deve-se efetuar o cadastro no título e emitir a carteirinha tanto do sócio quanto dos dependentes. Semanalmente, a Supervisão deve preencher o Borderô de Recebimento de Títulos-FO-71 que deve conter as assinaturas do Gerente Geral do Parque, do Gerente da Sala de Vendas e da própria Supervisão e anexar o contrato assinado e os comprovantes de pagamentos devem ser enviados via malote ao Subgerente, que deve encaminhá-lo ao Financeiro de Goiânia para que seja efetuada a baixa dos pagamentos, do contrato e do Borderô de Recebimento de Títulos-FO-71. Ao receber o malote, o Financeiro de Goiânia deve fazer a conferência de todos os documentos e caso haja alguma divergência, deve-se devolver o contrato específico à Secretaria para as devidas correções. Estando todos os contratos corretos, deve-se depositar o dinheiro, arquivar os comprovantes de pagamentos junto com o Borderô de Recebimento de Títulos-FO-71 e devolver o contrato original à Secretaria para que seja arquivado de forma numérica e sequencial. 4.2 Cadastro de Pagamento de Taxa de Melhoria Ao realizar a venda das Taxas de Melhoria, a Sala de Vendas deve enviar à Secretaria o borderô com o contrato original assinado e os comprovantes de pagamentos. Ao receber o processo de cadastro da taxa, a Secretaria deve conferir se todas as taxas discriminadas no contrato e os comprovantes de pagamentos estão coretos de acordo como descrito no borderô. Havendo divergência, a Sala de Vendas deve efetuar as devidas correções. A Secretaria deve também conferir se houve o lançamento de renegociação de taxas em aberto. Caso não haja, deve-se efetuar o lançamento de todas as parcelas de acordo com a negociação pela Sala de Vendas no sistema do parque. Posteriormente, a Supervisão deve assinar o borderô e anexá-lo junto ao contrato da taxa assinado e comprovantes de recebimento para enviar ao Financeiro de Goiânia via malote para as devidas tratativas.

3 3 / 6 Havendo lançamento de renegociação, a Secretaria deve efetuar o lançamento no sistema do parque da renegociação conforme descrito no contrato, cancelar/excluir todos os débitos anteriores e realizar o lançamento da cobrança atualizada. 4.3 Emissão de Cortesias para convidados (Cartão Convidado) O cartão cortesia é confeccionado pela Controladoria e entregue à Secretaria do clube sempre quando necessário. O cartão cortesia é uma autorização de acesso ao parque que deve ser entregue mediante a solicitação do sócio. A solicitação sendo pelo próprio sócio, a Secretaria deve solicitar a carteirinha de sócio e os documentos de identificação pessoal. Caso a solicitação seja por um terceiro, deve ser apresentado além dos documentos de identificação pessoal o Autorização para Terceiros-FO-35, assinado e reconhecido em cartório. Com toda a documentação em mãos, o Atendente da Secretaria deve fazer a consulta pelo nome do sócio no sistema do parque para verificar se a carteirinha está dentro do prazo de validade. Caso a carteirinha esteja vencida, deve-se informar ao sócio que a carteirinha deve ser renovada como descrito no Gestão de Acesso de Sócio-POP-91. A carteirinha não estando vencida ou o sócio a renovando, o Atendente da Secretaria deve verificar no sistema do parque se existe saldo suficiente no benefício para a entrega do cartão cortesia. Caso não haja, deve-se informar ao sócio da não entrega do cartão cortesia. Caso contrário, o Atendente da Secretaria deve entregar o cartão cortesia, registrando a ocorrência no sistema. Após emissão do cartão cortesia, o Atendente da Secretaria deve entregá-lo juntamente com os documentos pessoais de identificação ao sócio, colocar a pulseira no braço do solicitante e direcioná-lo à catraca para efetuar a entrada no parque. A catraca deve reter a cortesia e depositá-la no cofre coletor da catraca. 4.4 Troca de Dependentes Títulos Friends Ao receber do sócio a solicitação para a troca de dependentes do título Friends, a Secretaria deve solicitar os documentos de identificação pessoal com foto dos dependentes a serem incluídos no título, preencher o Atualização de Dependentes-FO-72 que deve ser assinado pelo titular, carimbado e assinado pela Secretaria. Após o preenchimento do Atualização de Dependentes-FO-72 deve-se efetuar o recebimento da taxa de troca de dependentes (dinheiro ou cartão de débito/crédito).

4 4 / 6 Com o Atualização de Dependentes-FO-72 preenchido e assinado, e com os recebimentos em mãos, deve-se efetuar a troca de dependentes no sistema do parque, excluindo os dependentes antigos e incluindo os novos. A carteirinha dos dependentes somente de ser emitida com o pagamento da Taxa específica. A Secretaria deve preencher o Borderô de Recebimento-FO-71 com os dados da venda, pois, existe comissão a ser paga ao corretor que fez a negociação e posteriormente deve ser enviado para o Financeiro de Goiânia para as devidas tratativas. 4.5 Transferência de Titularidade Quando um titular deseja vender seu título, toda a negociação deve ser feita entre titular e cessionário. A Secretaria do parque deve realizar o recebimento da taxa de transferência no sistema e o registro e arquivamento dos documentos Entre Titular e Terceiro A Secretaria do parque disponibiliza o Cessão de Direitos (documento padrão que registra a transferência de titularidade) para o Titular, para o Cessionário ou para qualquer outra pessoa (pois o documento é público), para que seja preenchido com os dados do titular e terceiro/cessionário, assinado e reconhecido em cartório que deve ser entregue à Secretaria junto com a cópia dos documentos pessoais e comprovante de endereço (atualizado) do cessionário. O titular deve, junto há um cartório, elaborar uma procuração específica que deve ser assinada e reconhecida, outorgando poderes ao terceiro de gerir o contrato a partir da data de transferência no sistema Transferência Entre Pai e Filho A transferência sendo entre pais e filhos, apenas o documento Cessão de Direitos deve ser preenchido e assinado por ambos e para envio a Secretaria, deve-se anexar uma cópia dos documentos de identificação do pai e filho e comprovante de endereço atualizado Transferência pela Secretaria Em posse de toda a documentação necessária, a Secretaria deve verificar se existe divergência na documentação e efetuar o recebimento (dinheiro ou cartão de crédito ou débito) da taxa de transferência, que entre pais e filhos é isenta (esposo (a) não é considerada como parte isenta). Caso haja alguma divergência, a Secretaria deve devolver a documentação ao titular para que seja efetuado as devidas correções.

5 5 / 6 Com a documentação correta e o pagamento em mãos (caso haja), a Secretaria deve assinar e carimbar a via do documento Cessão de Direitos do titular/cessionário como comprovante de recebimento para efetuar a transferência de titularidade (no prazo de 7 dias úteis) e a atualização dos dependentes no sistema do parque, ou seja, fazer a alteração de cadastro no sistema. Para que a transferência aconteça, é obrigatória que todas as taxas de melhoria estejam em dia. O documento Cessão de Direitos e procuração específica devem ser arquivados na Secretaria junto ao título original. 4.6 Cobrança de Cheques Devolvidos de Títulos Ao receber os cheques devolvidos do Financeiro de Goiânia, a Tesouraria deve efetuar o bloqueio de acesso do sócio e de seus dependentes pelo motivo de Pendencia Financeira e inserir as devidas informações referente ao bloqueio no sistema do parque. Posteriormente, deve-se encaminhar os cheques ao departamento de Cobrança que deve preencher o Controle de Cheques Devolvidos - Títulos - Náutico - FO-77 para realizar o contato com o sócio a fim da regularização da pendência. Caso haja êxito no contato, mas o pagamento não seja realizado pelo sócio ou ainda o sócio não atenda as tentativas de contato, a Cobrança deve inserir a informação no Controle de Cheques Devolvidos - Títulos - Náutico - FO-77 e continuar efetuando as tentativas até que a pendência seja regularizada ou o sócio atenda os chamados. Havendo resultado positivo no contato e a pendência tenha sido regularizada, deve-se inserir no Controle de Cheques Devolvidos - Títulos - Náutico - FO-77 a confirmação do pagamento efetuado a dinheiro (que deve ser depositado) ou cartão (débito ou crédito) e emitir o recibo em 5 vias que serão distribuídas da seguinte forma: uma ao cliente, uma ao departamento de Cobrança, uma à Tesouraria, uma à Secretaria do Náutico e a última ao Financeiro de Goiânia, anexados ao comprovante de pagamento. A Cobrança deve colher a assinatura e carimbo da Tesouraria em todas as 5 cópias do recibo para que seja comprovada que o pagamento foi efetuado. A Secretaria ao receber a via do recibo deve arquivá-lo junto ao título original e efetuar a liberação do sócio no sistema do parque. Ao final do mês, deve-se preencher o relatório Relação de Cheques Recebidos- FO-70 de todos as pendências que foram ou não regularizadas para enviar ao Financeiro de Goiânia para as devidas tratativas. Após o sócio efetuar o pagamento da pendência financeira, o Cobrança deve devolver cheque via Correios.

6 6 / 6 5. RELAÇÃO DE ANEXOS / REFERÊNCIA / REGISTROS GERADOS Relacionar anexos e registros gerados bem como referências utilizadas. Borderô de Recebimento de Títulos-FO-71; Gestão de Acesso de Sócio-POP-91; Atualização de Dependentes - FO-72; Controle de Cheques Devolvidos - Títulos - Náutico - FO-77; Relação de Cheques Recebidos-FO APROVAÇÕES

Orientações para transferência de cota Contemplada com bem Bem Imóvel

Orientações para transferência de cota Contemplada com bem Bem Imóvel Orientações para transferência de cota Contemplada com bem Bem Imóvel Nesse documento você encontra todas as orientações para efetuar a transferência de titularidade de sua cota de maneira ágil e fácil.

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL

PROCEDIMENTO OPERACIONAL , recebimentos e retiradas de mercadorias 1 1 OBJETIVO Normatizar os processos de vendas, recebimentos e retirada de mercadorias das Comerciais Agromen e padroniza-los com base no modelo utilizado nas

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL. 1. OBJETIVO Normatizar os processos e rotinas diárias dos funcionários responsáveis pelo caixa.

PROCEDIMENTO OPERACIONAL. 1. OBJETIVO Normatizar os processos e rotinas diárias dos funcionários responsáveis pelo caixa. 1 1. OBJETIVO Normatizar os processos e rotinas diárias dos funcionários responsáveis pelo caixa. 2 ABERTURA DE CAIXA O funcionário responsável pelo caixa deverá todos os dias quando da abertura do caixa

Leia mais

Orientações para transferência de cota Contemplada com bem Bem Móvel

Orientações para transferência de cota Contemplada com bem Bem Móvel Orientações para transferência de cota Contemplada com bem Bem Móvel Nesse documento você encontra todas as orientações para efetuar a transferência de sua cota de maneira ágil e fácil. Esse processo passa

Leia mais

SERVIDOR CORRESPONDENTE

SERVIDOR CORRESPONDENTE CONVÊNIO PREF ITU CNPJ: 46.634.440/0001-00 UF: SP. PÚBLICO ALVO Efetivos/Concursados, Ativos, Inativos e Pensionistas. CÁLCULO DE MARGEM Margem = Assumir a informação de margem fornecida pelo órgão. PERCENTUAL

Leia mais

REQUISITOS PARA TEREM DIREITO AO RECURSO DO PASSE LIVRE ESTUDANTIL:

REQUISITOS PARA TEREM DIREITO AO RECURSO DO PASSE LIVRE ESTUDANTIL: REQUISITOS PARA TEREM DIREITO AO RECURSO DO PASSE LIVRE ESTUDANTIL: - Estar matriculado em instituição de ensino; - Morar no município e estudar em outro; - Ter renda per capita de até 1,5 salários mínimos

Leia mais

BR - PREF ITU ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS CONVÊNIO. PREF ITU CNPJ: / Cód. Empf: UF: SP

BR - PREF ITU ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS CONVÊNIO. PREF ITU CNPJ: / Cód. Empf: UF: SP CONVÊNIO PREF ITU CNPJ: 46.634.440/0001-00 Cód. Empf: 51918 UF: SP PÚBLICO ALVO Efetivos/Concursados, Ativos, Inativos e Pensionistas. CÁLCULO DE MARGEM Margem = (((Verbas fixas descontos obrigatórios)

Leia mais

BR - UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO - USP ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS

BR - UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO - USP ROTEIRO DE CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS PÚBLICO ALVO Estatutários; Celetistas concursados; Aposentados. IMPORTANTE: Os estatutários e aposentados serão identificados através dos nomes estatutário / func apos no campo condição do contracheque

Leia mais

Guia de Implantação Bluesoft ERP Tesouraria Menu Rápido

Guia de Implantação Bluesoft ERP Tesouraria Menu Rápido Guia de Implantação Bluesoft ERP Tesouraria Menu Rápido O objetivo deste guia é fornecer um roteiro para a implantação módulo Menu Rápido do sistema Bluesoft ERP. O que é Tesouraria Menu Rápido? Tesouraria

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA MOVIMENTAÇÃO CADASTRAL. Fevereiro/2011

ORIENTAÇÕES PARA MOVIMENTAÇÃO CADASTRAL. Fevereiro/2011 ORIENTAÇÕES PARA MOVIMENTAÇÃO CADASTRAL Fevereiro/2011 1. DOCUMENTOS EXIGIDOS POR TIPO DE MOVIMENTAÇÃO 1.1 INCLUSÃO DE TITULAR Ficha de movimentação preenchida, assinada, carimbada pela empresa e assinada

Leia mais

Manual de Movimentação Cadastral

Manual de Movimentação Cadastral Manual de Movimentação Cadastral 1. Objetivo; 2. Processo; 3. Datas de vigência e datas de cadastro; 4. Cadastro de novo Subestipulante; 4.1 Filiais; 4.2 Prestador de Serviços; 5. Inclusões de Segurados;

Leia mais

FAQ. 1. Não consigo trocar a senha do autoatendimento, o que devo fazer?

FAQ. 1. Não consigo trocar a senha do autoatendimento, o que devo fazer? FAQ 1. Não consigo trocar a senha do autoatendimento, o que devo fazer? R - A troca de senha deve ser feita na página inicial do autoatendimento em ESQUECI MINHA SENHA, abrirá uma página solicitando o

Leia mais

Com o intuito de orientar e facilitar a adesão do BHBUS, seguem abaixo Instruções de Preenchimento da Documentação Obrigatória:

Com o intuito de orientar e facilitar a adesão do BHBUS, seguem abaixo Instruções de Preenchimento da Documentação Obrigatória: Prezado cliente, Com o intuito de orientar e facilitar a adesão do BHBUS, seguem abaixo Instruções de Preenchimento da Documentação Obrigatória: CONTRATO DE CESSÃO - Deverão ser enviadas duas vias originais

Leia mais

Treinamento CSC Operações de Pessoal

Treinamento CSC Operações de Pessoal Treinamento CSC Operações de Pessoal Admissão Hierarquia de Processos PROCESSO SUBPROCESSO Admissão Cadastrar Novo colaborador Atualizar Cadastro de Colaborador Cadastrar Colab. como Cliente/ Fornecedor

Leia mais

ANÁLISE DE CRÉDITO FINANCIAMENTO CONSÓRCIO COM ENTREGA ANTECIPADA

ANÁLISE DE CRÉDITO FINANCIAMENTO CONSÓRCIO COM ENTREGA ANTECIPADA ANÁLISE DE CRÉDITO FINANCIAMENTO CONSÓRCIO COM ENTREGA ANTECIPADA ANÁLISE Para Efetuar a venda de Financiamento, Entrega antecipada ou venda parcelada deverá ser realizada a Pré- Análise via fone: A revenda

Leia mais

A responsabilidade pela elaboração, revisão e cancelamento desta Norma é da Samel.

A responsabilidade pela elaboração, revisão e cancelamento desta Norma é da Samel. COBRANÇAS DOS PROCESSOS REFERENTES AOS SERVIÇOS PRESTADOS PELA DIMEL NORMA N.º NIE-DIMEL-019 APROVADA EM DEZ/2015 Nº 01/11 SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Campo de Aplicação 3 Responsabilidade 4 Documentos de Referência

Leia mais

PROCEDIMENTO DE CONTRATOS

PROCEDIMENTO DE CONTRATOS PAG.: 1 de 7 1. OBJETIVO: Estabelecer procedimentos para elaboração, análise, validação e controle dos contratos firmados pela Portobello para a aquisição de bens e serviços. 2. RESPONSABILIDADES: Este

Leia mais

INSTRUÇÃO 1. OBJETIVO. Descrever o processo de Serviços no DETRAN/SP. 2. PROCEDIMENTO 2.1 DETALHAMENTO DO PROCESSO 1º REGISTRO

INSTRUÇÃO 1. OBJETIVO. Descrever o processo de Serviços no DETRAN/SP. 2. PROCEDIMENTO 2.1 DETALHAMENTO DO PROCESSO 1º REGISTRO SERVIÇOS DETRAN Página: 1/7 1. OBJETIVO Descrever o processo de Serviços no DETRAN/SP. 2. PROCEDIMENTO 2.1 DETALHAMENTO DO PROCESSO 1º REGISTRO 1. Para iniciar o procedimento de 1º registro de veículos

Leia mais

Guia do. Contemplado. Pessoa jurídica

Guia do. Contemplado. Pessoa jurídica Guia do Contemplado Pessoa jurídica 1 Prezado Consorciado, Você foi contemplado! Agora, o próximo passo para a conquista do seu veículo novo é a aprovação do seu crédito. Para ajudá-lo com essa etapa,

Leia mais

DEPARTAMENTO FINANCEIRO PROCESSO

DEPARTAMENTO FINANCEIRO PROCESSO PAGAMENTO DE EMISSAO DE CHEQUES A FORNECEDORES PR/STE 06 Contabilidade Classifica NF e Recibos para pagamento. GERENCIADOR FINANCEIRO. São alimentados no gerenciador aqueles que tem Boletos ou dados para

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DOS REPRESENTANTES COMERCIAIS NO ESTADO DA BAHIA CORE-BA. Relação de Serviços e Prazos de Atendimento

CONSELHO REGIONAL DOS REPRESENTANTES COMERCIAIS NO ESTADO DA BAHIA CORE-BA. Relação de Serviços e Prazos de Atendimento Relação de Serviços e Prazos de Atendimento Registros Presencial: 02-dias (certidão) e 15 dias (carteirinha ou certificado). Certidões Imediata Alteração contratual 05 dias úteis Cancelamento de Registro

Leia mais

Tutorial para Inscrição, Matrícula e Acompanhamento dos Cursos de Extensão

Tutorial para Inscrição, Matrícula e Acompanhamento dos Cursos de Extensão Tutorial para Inscrição, Matrícula e Acompanhamento dos Cursos de Extensão Este tutorial é destinado às Secretarias de Extensão da Unicamp, descentralizadas, estabelecendo procedimentos de deverão ser

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA do Cartão de CNPJ Inscrição Estadual ou Municipal IMÓVEL URBANO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA Contrato Social e sua última alteração ou Estatuto de Constituição Comprovante de renda

Leia mais

REFORMA OU CONSTRUÇÃO

REFORMA OU CONSTRUÇÃO Ficha Cadastral Cópia simples do Cartão de CNPJ Inscrição Estadual ou Municipal REFORMA OU CONSTRUÇÃO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA JURÍDICA Contrato Social e sua última alteração ou Estatuto

Leia mais

Renovação - ProUni para o 1º semestre de 2017 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO

Renovação - ProUni para o 1º semestre de 2017 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO Renovação - ProUni para o 1º semestre de 2017 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO Renovação - ProUni para o 1º semestre de 2017 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO Renovação ProUni para o 1º semestre de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE AMERICANA ROTEIRO OPERACIONAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE AMERICANA ROTEIRO OPERACIONAL PÚBLICO ALVO Estatutários; Aposentados; Celetistas concursados. Podemos identificar o servidor pelo contracheque e pelo site. QUANTIDADE DE FUNCIONÁRIOS Total 5.113 Estatutários 22 CLT 4.347 Comissionados

Leia mais

Renovação - ProUni - para o 2º semestre de 2016 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO

Renovação - ProUni - para o 2º semestre de 2016 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO Renovação - ProUni - para o 2º semestre de 2016 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO Renovação - ProUni - para o 2º semestre de 2016 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO Renovação - ProUni - para o 2º semestre

Leia mais

POP Nº XII VISTORIA PRÉVIA

POP Nº XII VISTORIA PRÉVIA Procedimentos Operacionais Padronizados: POP Nº XII VISTORIA PRÉVIA Revisão Adrianne Paixão Silvia Liane Versão 2.0 Procedimentos Operacionais Padronizados: POP Nº XII VISTORIA PRÉVIA Elaboração/Revisão:

Leia mais

FINANCEIRO FLYTOUR VIAGENS

FINANCEIRO FLYTOUR VIAGENS FINANCEIRO FLYTOUR VIAGENS Documento atualizado em 01 de Setembro de 2015 Formas de Pagamento As modalidades de Financiamento disponíveis no Portal são: Cartões de Crédito Visa Mastercard Diners Elo Amex

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO RESOLUÇÃO Nº 22/2017 Estabelece as diretrizes para a emissão e registro de Diplomas dos Cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco IFPE.

Leia mais

INTERNA Roteiro de Adesão ao Sistema de Consórcios Webscon

INTERNA Roteiro de Adesão ao Sistema de Consórcios Webscon Roteiro de Adesão ao Sistema de Consórcios Webscon 1 Aos Parceiros Ref.: Orientações para venda de Consórcio para Clientes e Não-clientes da Organização Bradesco e política de adesão. Visando a subsidiar

Leia mais

Prezado cliente, CONTRATO DE CESSÃO

Prezado cliente, CONTRATO DE CESSÃO Prezado cliente, Com o intuito de orientar e facilitar a adesão do CARTÃO ÓTIMO seguem abaixo as instruções de preenchimento da documentação obrigatória exigida pela operadora: CONTRATO DE CESSÃO - Deverão

Leia mais

2 - Quando receberei o carnê para pagamento das parcelas? 3 - Como faço para solicitar uma 2ª via do carnê?

2 - Quando receberei o carnê para pagamento das parcelas? 3 - Como faço para solicitar uma 2ª via do carnê? 1 - Quero quitar o contrato, como faço para saber o saldo devedor? Para saber o saldo devedor do contrato de financiamento, acesse o Portal Cliente e selecione, no menu principal, a opção Quitação do Contrato

Leia mais

Catálogo de Serviços. Atendimento ao corretor

Catálogo de Serviços. Atendimento ao corretor Catálogo de Serviços Atendimento ao corretor 2015 1 Operações Vida Emissão de Proposta Cobrança e Comissões Catálogo de Serviços Atendimento ao Corretor Cadastro de Corretores Um corretor habilitado na

Leia mais

PROCEDIMENTOS INTERNOS PROCEDIMENTO DE AVALIAÇÃO E CADASTRO DE FORNECEDORES

PROCEDIMENTOS INTERNOS PROCEDIMENTO DE AVALIAÇÃO E CADASTRO DE FORNECEDORES Código: PCO-02 PROCEDIMENTOS INTERNOS Área Responsável: Suprimentos Data Elaboração: 17/01/2013 Revisão: 20/01/16 - R03 Elaborado por: Gilson Cesar Gerente de Suprimentos Revisado por: Reinaldo Santos

Leia mais

O beneficiário deve informar seu número da carteira AMS e senha, já previamente cadastrados, e clicar no botão Entrar.

O beneficiário deve informar seu número da carteira AMS e senha, já previamente cadastrados, e clicar no botão Entrar. 01.12345678.00 Marque a opção Demais usuários. O beneficiário deve informar seu número da carteira AMS e senha, já previamente cadastrados, e clicar no botão Entrar. Caso seja seu primeiro acesso, será

Leia mais

Processo de Viagem GENS Manual do Colaborador Versão 1.5

Processo de Viagem GENS Manual do Colaborador Versão 1.5 - 1 - Processo de Viagem GENS Manual do Colaborador Versão 1.5 - 2 - SUMÁRIO 1. Apresentação - 3-1.1 Objetivos - 3-1.1.1 Objetivo da definição do Processo de Viagem - 3-1.1.2 Objetivo deste Manual - 3-2.

Leia mais

FINANCEIRO FLYTOUR VIAGENS

FINANCEIRO FLYTOUR VIAGENS FINANCEIRO FLYTOUR VIAGENS Documento atualizado em 01 de Setembro de 2015 Formas de Pagamento As modalidades de Financiamento disponíveis no Portal são: Cartões de Crédito Visa Mastercard Diners Elo Amex

Leia mais

PROCURAÇÃO ELETRÔNICA TUTORIAL

PROCURAÇÃO ELETRÔNICA TUTORIAL PROCURAÇÃO ELETRÔNICA TUTORIAL PRÉ-REQUISITOS PARA UTILIZAÇÃO O QUE É A SOLUÇÃO? A procuração eletrônica é mais uma novidade do Banco do Brasil, disponibilizada através do Gerenciador Financeiro, para

Leia mais

Manual ecliente. Allianz. Saúde

Manual ecliente. Allianz. Saúde Manual ecliente Allianz Saúde www.allianz.com.br > Saúde Clique na opção Saúde. Conheça o ecliente Clique no ícone para acessar o ecliente. Cadastre-se Clique aqui para o primeiro acesso. Cadastre-se Preencha

Leia mais

Guia de Implantação Bluesoft ERP Tesouraria Cheques

Guia de Implantação Bluesoft ERP Tesouraria Cheques Guia de Implantação Bluesoft ERP Tesouraria Cheques Objetivo O objetivo deste documento é fornecer um roteiro para a implantação do módulo Cheques do sistema Bluesoft ERP. O que é Cheques? O Módulo é utilizado

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/12 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREAS SECON FPB/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: REALIZAR ACERTO DE GRU SIMPLES E COBRANÇA ELABORADO EM:18/06/2014 REVISADO EM:17/07/2014

Leia mais

Dúvidas Frequentes. Procedimentos - Preparo da Documentação.

Dúvidas Frequentes. Procedimentos - Preparo da Documentação. Dúvidas Frequentes Solicitamos atentar-se pra Dúvidas Frequentes sobre como preparar os documentos solicitados na relação dos documentos e outros esclarecimentos sobre financiamentos podem ser esclarecidas

Leia mais

Manual de Folha de Ponto

Manual de Folha de Ponto T Manual de Folha de Ponto Processos e Conformidade Dezembro/2014 Rev.0 1 SUMÁRIO 1 OBJETIVO...3 2 ABRANGÊNCIA...3 3 DESENHO...4 4 PASSO A PASSO...6 5 FUNÇÕES E RESPONSABILIDADES...9 6 BANCO DE HORAS...10

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho ÁREA DE PESSOAL IT. 29 02 1 / 7 1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes para a realização das atividades da Área de Pessoal. 1. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA CLT Consolidação das Leis Trabalhistas. DS. 06 Manual

Leia mais

RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de Goiânia GO Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de Goiânia GO Área responsável: Gerência de Produtos Consignados Prefeitura de Goiânia - GO RO. 05.014 Versão: 24 Exclusivo para Uso Externo RO Roteiro Operacional Prefeitura Municipal de Goiânia GO Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO

Leia mais

CARTÃO BB PESQUISA FAPESP

CARTÃO BB PESQUISA FAPESP MANUAL DE ORIENTAÇÃO CARTÃO BB PESQUISA FAPESP ORIENTAÇÕES PARA USUÁRIOS DO CARTÃO BB PESQUISA Este manual é um guia prático que contém orientações e passo a passo para auxiliar o pesquisador na utilização

Leia mais

Sobre o Cancelamento de Gravames. Cancelamento de Reserva de Gravames - DETRAN/RS

Sobre o Cancelamento de Gravames. Cancelamento de Reserva de Gravames - DETRAN/RS Sobre o Cancelamento de Gravames Cancelamento de Reserva de Gravames - DETRAN/RS Procedimentos para solicitação do desbloqueio de cancelamento de gravame. (Versão Atualizada 2015) De acordo com a portaria

Leia mais

REGRAS DE VENDAS Versão Setembro/2017. (*) Em qualquer situação a Proposta deverá atender ao perfil etário máximo de 37 anos

REGRAS DE VENDAS Versão Setembro/2017. (*) Em qualquer situação a Proposta deverá atender ao perfil etário máximo de 37 anos REGRAS DE VENDAS Versão Setembro/2017 P.M.E. 03 a 99 vidas Formação do Grupo: 03 a 99 vidas Grupo menor de 03 vidas a combinar mediante prévia análise CONDIÇÕES: Mínimo: 01 titular com vínculo formal comprovado.

Leia mais

1. Acesso ao Agilis Elaborar Prestação de contas Inclusão do Material Permanente Inclusão do Material de Consumo...

1. Acesso ao Agilis Elaborar Prestação de contas Inclusão do Material Permanente Inclusão do Material de Consumo... TUTORIAL PRESTAÇÃO DE CONTAS DOCENTES SUMÁRIO 1. Acesso ao Agilis...2 2. Elaborar Prestação de contas...3 3. Inclusão do Material Permanente...5 4. Inclusão do Material de Consumo...7 5. Inclusão de Serviços

Leia mais

7 - Efetuei o pagamento de uma parcela em duplicidade. Como devo proceder?

7 - Efetuei o pagamento de uma parcela em duplicidade. Como devo proceder? 1 - Quero quitar o contrato, como faço para saber o saldo devedor? Para saber o saldo devedor do contrato de financiamento, entre em contato com a nossa Central de Atendimento. Regiões Metropolitanas:

Leia mais

Como Fazer Renegociação de Parcelas (Contas a Receber)? FS136

Como Fazer Renegociação de Parcelas (Contas a Receber)? FS136 Como Fazer Renegociação de Parcelas (Contas a Receber)? FS136 Sistema: Futura Server Caminho: Contas a Receber>Renegociação de Parcelas Referência: FS136 Versão: 2016.02.15 Como Funciona: Esta tela é utilizada

Leia mais

Kit de Faturamento Cota Quitada PF/PJ

Kit de Faturamento Cota Quitada PF/PJ Kit de Faturamento Cota Quitada PF/PJ O Consórcio Fiat tem satisfação em participar da realização do seu projeto. Agora que você foi contemplado, siga as instruções abaixo para concluir o processo de aquisição

Leia mais

Manual do Participante Restricted Siemens AG 20XX All rights reserved.

Manual do Participante Restricted Siemens AG 20XX All rights reserved. Programa Ponto a Ponto Manual do Participante Page 1 BD&IM Procedimento Todos os participantes que tem acesso ao programa devem estar cientes que as informações do cadastro são confidenciais e de responsabilidade

Leia mais

Passo a passo para utilização do Atendimento Expresso

Passo a passo para utilização do Atendimento Expresso Passo a passo para utilização do Atendimento Expresso Atendimento Expresso Para facilitar o seu dia-a-dia na instituição a ETEP Faculdades disponibiliza o ATENDIMENTO EXPRESSO. Para acessar o Atendimento

Leia mais

PORTABILIDADE DE CRÉDITO RESOLUÇÃO BACEN 4292

PORTABILIDADE DE CRÉDITO RESOLUÇÃO BACEN 4292 1. OBJETIVO ESTE ROTEIRO OPERACIONAL TEM COMO OBJETIVO DISCIPLINAR E PADRONIZAR OS PROCEDIMENTOS ESTABELECIDOS PELO DAYCOVAL CONFORME REGRAS DA RESOLUÇÃO 4292/2013 E CARTA CIRCULAR 3650/2014 DO BACEN.

Leia mais

Operadora: ATM. Razão Social: Localidade: PORTO ALEGRE RS Condução: INFORMAÇÕES SOBRE O CARTÃO

Operadora: ATM. Razão Social: Localidade: PORTO ALEGRE RS Condução: INFORMAÇÕES SOBRE O CARTÃO CARTÃO TEU Operadora: ATM PORTO ALEGRE - RS Imagem do Cartão UF: RS Operadora: ATM Razão Social: ASSOCIAÇÃO DOS TRANSPORTADORES METROPOLITANOS DE PORTO ALEGRE Nome do cartão: TEU Localidade: PORTO ALEGRE

Leia mais

ÍNDICE. Devolução no ato da entrega...2. Devolução registrada no SAC (exceto falta de mercadoria)...2. Procedimentos para coleta da devolução...

ÍNDICE. Devolução no ato da entrega...2. Devolução registrada no SAC (exceto falta de mercadoria)...2. Procedimentos para coleta da devolução... Processo de Devolução Drogacenter ÍNDICE Devolução no ato da entrega...2 Devolução registrada no SAC (exceto falta de mercadoria)...2 Procedimentos para coleta da devolução...3 Recebimento da mercadoria...3

Leia mais

ZOOTECNIA Palmeira das Missões

ZOOTECNIA Palmeira das Missões MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 022 de 21 de maio de 2014 RETIFICAÇÃO AO EDITAL 20/05/2014 DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS, NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO

Leia mais

Informação. Praticidade. Resultado CORRETOR EXPRESS. Manual de Orientação - Movimentação Saúde SPG

Informação. Praticidade. Resultado CORRETOR EXPRESS. Manual de Orientação - Movimentação Saúde SPG Informação Praticidade Resultado CORRETOR EXPRESS Manual de Orientação - Movimentação Saúde SPG 1 Item SUMÁRIO Pág. 1. COMO ACESSAR... 3 2. INCLUSÃO DE TITULAR... 4 3. INCLUSÃO DE DEPENDENTES - Após a

Leia mais

estabelecer critérios e procedimentos para se processar o provimento do interessado nos cargos de Doutor ou de Titular.

estabelecer critérios e procedimentos para se processar o provimento do interessado nos cargos de Doutor ou de Titular. fls. 001 1. Jurisdição aplica-se aos candidatos aprovados em concurso de ingresso na carreira docente para os cargos de Doutor ou Titular. 2. Objetivo estabelecer critérios e procedimentos para se processar

Leia mais

Sobre o Cancelamento de Gravames. Cancelamento de Reserva de Gravames - DETRAN/SC

Sobre o Cancelamento de Gravames. Cancelamento de Reserva de Gravames - DETRAN/SC Sobre o Cancelamento de Gravames Cancelamento de Reserva de Gravames - DETRAN/SC Procedimentos para Solicitação do Desbloqueio de Cancelamento de Gravame De acordo com a Portaria Nº 0155/DETRAN/ASJUR/2017

Leia mais

Cópia autenticada do Certificado de Registro do Veículo (CRV) devidamente preenchido, assinado e com firma reconhecida da assinatura do cliente X

Cópia autenticada do Certificado de Registro do Veículo (CRV) devidamente preenchido, assinado e com firma reconhecida da assinatura do cliente X CESSÃO DE DIREITOS E OBRIGAÇÕES PESSOA FÍSICA E JURÍDICA NOME: CONTRATO: DN: ORIENTAÇÕES IMPORTANTES: Informamos que para ceder e transferir a terceiros os direitos e as obrigações do contrato será necessária

Leia mais

PQ /04/

PQ /04/ PQ.06 03 02/04/2013 1-5 1. OBJETIVO Estabelecer sistematica para o processo de solicitação, análise crítica e preparação para a avaliação da conformidade. 2. DEFINIÇÕES Modelo de Avaliação da Conformidade:

Leia mais

1º passo) Acesse o Portal Estrela Guia no caminho: Menu Completo > Consulta > Status do contrato.

1º passo) Acesse o Portal Estrela Guia no caminho: Menu Completo > Consulta > Status do contrato. 1. Como consultar o Status do Contrato 1º passo) Acesse o Portal Estrela Guia no caminho: Menu Completo > Consulta > Status do contrato. 2º passo) Inserir os dados para a pesquisa, podendo utilizar número

Leia mais

Portanto, os pedidos enviados a partir de agora serão atendidos como vale-transporte eletrônico.

Portanto, os pedidos enviados a partir de agora serão atendidos como vale-transporte eletrônico. Prezado Cliente, São Paulo, 19 de Dezembro de 2014. Informamos que as linhas TRAMAND/IMBE e URBTRAMANDAI que eram administradas pela operadora SJOSE (Expresso São José Ltda) migraram para o vale transporte-eletrônico

Leia mais

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MUTUO

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MUTUO COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MUTUO UO DOS EMPREGADOS DO SISTEMA FIERGS- CRESUL Travessa Francisco de Leonardo Truda, 40 sala 143 14 andar Porto Alegre-RS CEP 90010-050 Fone (0**51) 3224-3280 Fax:

Leia mais

1. Lei Estadual nº /2015

1. Lei Estadual nº /2015 1. Lei Estadual nº 15.659/2015 O que diz a Lei 15.659/2015? Artigo 1º - A inclusão do nome dos consumidores em cadastros ou bancos de dados de consumidores, de serviços de proteção ao crédito ou congêneres,

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA ABERTURA, UTILIZAÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE SUPRIMENTOS DE FUNDOS MODALIDADE CARTÃO DE PAGAMENTO DO GOVERNO FEDERAL CPGF

PROCEDIMENTOS PARA ABERTURA, UTILIZAÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE SUPRIMENTOS DE FUNDOS MODALIDADE CARTÃO DE PAGAMENTO DO GOVERNO FEDERAL CPGF SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS Diretoria de Planejamento e Gestão PROCEDIMENTOS PARA ABERTURA, UTILIZAÇÃO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE

Leia mais

Regional Sul 1. sped.rfb.gov.br/) - Esta fiscalização é realizada pelo

Regional Sul 1. sped.rfb.gov.br/) - Esta fiscalização é realizada pelo Encerrando o ano de 2016 e, iniciando 2017, a CNBB Regional Sul 1 em comunhão com a CNBB Nacional apresenta os procedimentos necessários para os processos de Liberação de verba, Devolução e Prestação de

Leia mais

Guia do. Contemplado. Pessoa jurídica

Guia do. Contemplado. Pessoa jurídica Guia do Contemplado Pessoa jurídica 1 Prezado Consorciado, Você foi contemplado! Agora, o próximo passo para a conquista do seu veículo novo é a aprovação do seu crédito. Para ajudá-lo com essa etapa,

Leia mais

Portal CPE - Cartório Postal Eletrônico. Manual de Utilização

Portal CPE - Cartório Postal Eletrônico. Manual de Utilização Manual de Utilização Utilizar o Portal CPE (Cartório Postal Eletrônico) Para utilizar o Portal, acessar o link https://cartoriopostaleletronico.com.br/ Conforme Figura 1, o Portal pode ser acessado através

Leia mais

Procedimento para Empréstimo de Documentos para as Empresas Projetistas. Controle de Revisão P-ER/SE-1. Título do Documento: Folha 1 de 12

Procedimento para Empréstimo de Documentos para as Empresas Projetistas. Controle de Revisão P-ER/SE-1. Título do Documento: Folha 1 de 12 Título do Documento: Procedimento para Empréstimo de Documentos para as Empresas Projetistas Controle de Revisão P-ER/SE-1 Nº Documento Folha 1 de 12 Revisão Data Item Descrição das Alterações a 05/12/2005

Leia mais

APOSENTADORIAS - CONTAGEM DE TEMPO DO TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO E CÁLCULO DE

APOSENTADORIAS - CONTAGEM DE TEMPO DO TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO E CÁLCULO DE Clique no Tipo de Solicitação para saber mais detalhes APOSENTADORIAS - CONTAGEM DE TEMPO DO TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO E CÁLCULO DE RENDA SOLICITAÇÃO - 2a VIA DE CRACHÁ SOLICITAÇÃO - ALTERAÇÃO DO PADRÃO DO

Leia mais

PLANO DE SAÚDE. Tutorial Módulo Plano de Saúde

PLANO DE SAÚDE. Tutorial Módulo Plano de Saúde UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS Pró-Reitoria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenadoria de Registro e Controle Financeiro PLANO DE SAÚDE Tutorial Módulo Plano de

Leia mais

Todos os horários de saída de fretes podem ser consultados

Todos os horários de saída de fretes podem ser consultados Funções As equipes da Expedição executam todos os procedimentos necessários para o envio da mercadoria ao cliente, assim como as transferências entre as lojas e outros serviços como: Conferência da Nota

Leia mais

SIC - Perguntas Freqüentes Como faço para falar em um Ponto de Atendimento?

SIC - Perguntas Freqüentes Como faço para falar em um Ponto de Atendimento? Banco de Brasília - BRB Atualizado em junho/2017 SIC - Perguntas Freqüentes 01 - Como faço para falar em um Ponto de Atendimento? Por meio de contato com o canal Telebanco* na opção Teleagências. A transferência

Leia mais

Procedimento para Desbloqueio de Cancelamento de Reserva de Gravames Financeiros - DETRAN/SP

Procedimento para Desbloqueio de Cancelamento de Reserva de Gravames Financeiros - DETRAN/SP Procedimento para Desbloqueio de Cancelamento de Reserva de Gravames Financeiros - DETRAN/SP De acordo com a portaria 2.762 de 28 de dezembro de 2008, o DETRAN passou a efetuar o bloqueio de cancelamento

Leia mais

PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO 01/2011 DEFESA DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO OU DE TESE DE DOUTORADO

PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO 01/2011 DEFESA DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO OU DE TESE DE DOUTORADO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Universidade Federal do ABC Pró-Reitoria de Pós-Graduação Coordenadoria Acadêmica Avenida dos Estados, 5001 Bairro Bangu Santo André - SP CEP 09210-580 PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO

Leia mais

SUMÁRIO. 1. Conhecendo o sistema Certidões Negativas Cadastros das certidões... 6

SUMÁRIO. 1. Conhecendo o sistema Certidões Negativas Cadastros das certidões... 6 SUMÁRIO 1. Conhecendo o sistema... 3 2. Certidões Negativas... 5 2.1 Cadastros das certidões... 6 2.2 Exclusões de Negativas cadastradas com erro... 7 3. Geração de Anexo de Nota Fiscal... 8 3.1. Como

Leia mais

BRADESCO: SEGURO NOVO CHECK LIST DE OPERAÇÕES: AUTO, RESIDÊNCIA E EMPRESARIAL

BRADESCO: SEGURO NOVO CHECK LIST DE OPERAÇÕES: AUTO, RESIDÊNCIA E EMPRESARIAL BRADESCO: SEGURO NOVO CHECK LIST DE OPERAÇÕES: AUTO, RESIDÊNCIA E EMPRESARIAL A vistoria é obrigatória, e deverá ser solicitada no portal Bradesco (100% corretor). O prazo para realização de vistoria é

Leia mais

Executar todos os passos envolvidos no processo de admissão dos funcionários admitidos a partir de 03/01/2011.

Executar todos os passos envolvidos no processo de admissão dos funcionários admitidos a partir de 03/01/2011. 1/5 A PARTIR DA DATA DE EMISSÃO DESTE (05/01/2011), NÃO SERÃO ACEITAS CONTRATAÇÕES QUE NÃO ESTEJAM DE ACORDO COM O PROCEDIMENTO. 1. OBJETIVO Executar todos os passos envolvidos no processo de admissão

Leia mais

EDITAL IFPR Nº 22/2016 RETIFICAÇÃO DO EDITAL IFPR Nº 019/2016

EDITAL IFPR Nº 22/2016 RETIFICAÇÃO DO EDITAL IFPR Nº 019/2016 EDITAL IFPR Nº 22/2016 RETIFICAÇÃO DO EDITAL IFPR Nº 019/2016 O Reitor em exercício do INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ IFPR, no uso da competência que lhe confere a Portaria nº 976 de 26 de julho de 2016,

Leia mais

SUMÁRIO SIC 1- Acesso 2- Mensagens 3 - Faturas 4 Beneficiários

SUMÁRIO SIC 1- Acesso 2- Mensagens 3 - Faturas 4 Beneficiários SUMÁRIO SIC 1- Acesso 1.1 Senha 1.1.1 - Alterar Senha 1.1.2 Esqueceu sua Senha? 1.2 Meu Cadastro 1.3 Cancelar acesso 2- Mensagens 3 - Faturas 4 Beneficiários 4.1 Incluir / excluir beneficiários 4.1.1 Titular

Leia mais

Passo a Passo para Alterações Cadastrais. 1ª Etapa: Encaminhamento da solicitação de alteração de dados cadastrais

Passo a Passo para Alterações Cadastrais. 1ª Etapa: Encaminhamento da solicitação de alteração de dados cadastrais 1 Passo a Passo para Alterações Cadastrais 1ª Etapa: Encaminhamento da solicitação de alteração de dados cadastrais 1) A solicitação será efetuada pelo funcionário, que a encaminhará via sistema, para

Leia mais

SISTEMA CORPORATIVO DE GESTÃO CÁLCULO DE COMISSÕES/INCENTIVOS ÀS VENDAS A&B

SISTEMA CORPORATIVO DE GESTÃO CÁLCULO DE COMISSÕES/INCENTIVOS ÀS VENDAS A&B 1. OBJETIVO SISTEMA CORPORATIVO DE GESTÃO 1 de 7 Definir padronização nos cálculos e controle das comissões e incentivos às vendas oferecidas pelo Grupo Prive ao A&B nas vendas de produtos existentes nos

Leia mais

O valor atual da bolsa PMG é de R$ 400,00. A carga horária são 12 horas semanais, totalizando 48 horas mensais.

O valor atual da bolsa PMG é de R$ 400,00. A carga horária são 12 horas semanais, totalizando 48 horas mensais. INFORMES PMG - 2017 PROCEDIMENTOS SOBRE AS BOLSAS DO PROGRAMA DE MONITORIA DA GRADUAÇÃO O Programa de Monitoria da Graduação será regido pelas Diretrizes Gerais do Programa de Monitoria da Graduação e

Leia mais

FORMULÁRIO DE INCLUSÃO UNIMED

FORMULÁRIO DE INCLUSÃO UNIMED Curitiba FORMULÁRIO DE INCLUSÃO UNIMED Para solicitar a inclusão no plano UNIMED CURITIBA* preencha e imprima o Formulário para inclusão e a Autorização de débito automático e envie, juntamente com a cópia

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE SERVIÇOS DE ODONTOLOGIA

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE SERVIÇOS DE ODONTOLOGIA MANUAL DE INSTRUÇÕES DE SERVIÇOS DE ODONTOLOGIA 1 NORMAS GERAIS DE ATENDIMENTO OBJETIVO Orientar os recursos credenciados no atendimento prestado aos usuários da Mogidonto e seus dependentes. 1. Cartão

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL REFORMA/ CONSTRUÇÃO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA FÍSICA

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANALISE DE CRÉDITO IMÓVEL REFORMA/ CONSTRUÇÃO 1ª ETAPA - DOCUMENTOS CONSORCIADO PESSOA FÍSICA R.G. e CPF do consorciado e cônjuge Certidão de estado civil Comprovante de residência atualizado Comprovante de renda Ficha Cadastral Declaração Crédito FGTS, preenchida, assinada e reconhecido firma

Leia mais

FEDERAÇÃO CATARINENSE DE Fundada em 31 de Março de 1995 Filiada a Confederação Brasileira de Basketball

FEDERAÇÃO CATARINENSE DE Fundada em 31 de Março de 1995 Filiada a Confederação Brasileira de Basketball RESOLUÇÃO DE DIRETORIA RD 005/2015 RESOLVE: A Diretoria da Federação Catarinense de Basketball, reunida em 05 de Março de 2015, por proposta do Departamento de Registro, Documentação e Estatística, e no

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA COORDENADORIA DE TESOURARIA GERAL - CTG

REGIMENTO INTERNO DA COORDENADORIA DE TESOURARIA GERAL - CTG REGIMENTO INTERNO DA COORDENADORIA DE TESOURARIA GERAL - CTG COORDENADORIA DE TESOURARIA GERAL CTG REGIMENTO INTERNO RI CAPÍTULO I DA FINALIDADE Art. 1 o. Estabelecer normas, critérios e procedimentos

Leia mais

FORMULÁRIO DE INCLUSÃO UNIMED

FORMULÁRIO DE INCLUSÃO UNIMED Curitiba FORMULÁRIO DE INCLUSÃO UNIMED Para solicitar a inclusão no plano UNIMED CURITIBA* preencha e imprima o Formulário para inclusão e a Autorização de débito automático e envie, juntamente com a cópia

Leia mais

Fase. Almoxarife. Entregador. Comprar. material. Verificar se está. estoque. Pedido Negado. Pedido de material recebido

Fase. Almoxarife. Entregador. Comprar. material. Verificar se está. estoque. Pedido Negado. Pedido de material recebido Procedimento: Entregar material requisitado Participantes: Roquemar, De Lourdes, Luciene Líder de processo: Cleide Revisão:00 - As Is - Data: 25/06/2015 Fase Almoxarife Pedido de material recebido Verificar

Leia mais

1. Objetivo Detalhar o processo do comercial envolvendo a identificação, cadastramento de novos clientes e inclusão de pedido de venda.

1. Objetivo Detalhar o processo do comercial envolvendo a identificação, cadastramento de novos clientes e inclusão de pedido de venda. PR-CO.01. COMERCIAL Página: 1/5 1. Objetivo Detalhar o processo do comercial envolvendo a identificação, cadastramento de novos clientes e inclusão de pedido de venda. 2. Histórico de Revisões Revisão

Leia mais

Regras e orientações da prestação de contas

Regras e orientações da prestação de contas Regras e orientações da prestação de contas Veja aqui como apresentar corretamente a prestação de contas dos recursos recebidos do programa Comunidade, presente! Como utilizar os recursos recebidos A organização

Leia mais

POLÍTICA DE ENTREGA. Condições gerais. Situações em que pode ocorrer atraso na entrega. Quando recusar a entrega

POLÍTICA DE ENTREGA. Condições gerais. Situações em que pode ocorrer atraso na entrega. Quando recusar a entrega POLÍTICA DE ENTREGA Condições gerais As entregas feitas pela Black Diamond são realizadas de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 22h. Excepcionalmente entregas podem ocorrer aos sábados, domingos e

Leia mais

DEPOIS DO NASCIMENTO ANTES DO NASCIMENTO RETORNANDO AO TRABALHO

DEPOIS DO NASCIMENTO ANTES DO NASCIMENTO RETORNANDO AO TRABALHO LICENÇA-MATERNIDADE A gestação e o nascimento do bebê são fases muito significativas na vida da mulher, com muitas novidades a cada mês. Para garantir que o seu período de afastamento e retorno ao trabalho

Leia mais

Seguir a ordem de argumentação abaixo para a retenção do cliente na solicitação de cancelamento.

Seguir a ordem de argumentação abaixo para a retenção do cliente na solicitação de cancelamento. Argumentações Cliente entra em contato para cancelamento do pecúlio: Seguir a ordem de argumentação abaixo para a retenção do cliente na solicitação de cancelamento. Sondagem Pergunte o motivo do cancelamento.

Leia mais