Ana Paula Peters. Musica - Professor - 1 ano.indd 1 22/08/ :16:53

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ana Paula Peters. Musica - Professor - 1 ano.indd 1 22/08/2013 11:16:53"

Transcrição

1 Ana Paula Peters Musica - Professor - 1 ano.indd 1 22/08/ :16:53

2 Projeto Integrado Ensino Fundamental 1 ọ Ano Autoria Ana Paula Peters Editora Opet Direção Geral Maria Cristina Swiatovski Gerência Editorial Déborah de Araujo Maia Coordenação Editorial Renata Chaguri de Oliveira Assistente Editorial Cristiane Marthendal Revisão Equipe Editorial Opet Coordenação de Editoração Eliana Pereira Quaresma Rafael Pereira dos Santos Editoração Ivan Vilhena Jefferson Schnaider Leonir Bianchini Ilustrações dos personagens Bianca Cristaldi Iconografia Rafael Pereira dos Santos Revisão Comparativa Silvia Andréia Marcelino Projeto Gráfico Expression SGI Capa BLU Design e Comunicação Dados Internacionais para Catalogação na Publicação (CIP) (Mônica Catani M. de Souza, CRB-9/807, PR, Brasil) P481 Peters, Ana Paula. Além das notas : música, 1º ano / Ana Paula Peters. Curitiba : Opet, p. : il. (Fundamental I) ISBN Ensino fundamental. 2. Música. I. Título. II. Série. CDU 780 Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial, em quaisquer meios, sem prévia autorização por escrito da Editora Opet. Editoração, Impressão e Comercialização: Editora Gráfica OPET Rua Des. Hugo Simas, 1220 CEP Curitiba PR Tel.: (41) Fax: (41) Musica - Professor - 1 ano.indd 2 22/08/ :16:54

3 Material do Professor Sumário Coleção Além das Notas Apresentação... 2 Princípios Norteadores da Coleção... 3 Objetivos da Coleção Além das Notas... 4 MÚSICA 1 ọ ano Objetivos Gerais... 4 Objetivos Específicos... 5 Possibilidades Avaliativas... 5 Quadro Geral de Conteúdos Anos Iniciais... 6 Referências... 7 Quadro de Conteúdos e Músicas 1º ano... 8 Orientações Didáticas... 8 Unidade 1 Muitos sons por aí Unidade 2 Sons do nosso corpo...11 Unidade 3 Sons dos animais...14 Unidade 4 Muitas histórias para ouvir...15 Musica - Professor - 1 ano.indd 3 22/08/ :16:55

4 Apresentação Caro Professor, LIVRO DO PROFESSOR A Coleção Além das Notas foi elaborada com o propósito de orientar o trabalho pedagógico, além de auxiliar o professor a aprofundar e aprimorar seus conhecimentos musicais. O material foi produzido com base em pesquisas bibliográficas e em experiências em cursos e oficinas de capacitação de professores sobre ensino de música e história da música, considerando a realidade das salas de aula, o que possibilitou elaborar atividades de musicalização e brincadeiras que contemplam diversos aspectos do desenvolvimento infantil, de forma lúdica e motivadora. Além disso, o material permite que você utilize toda a sua criatividade, adaptando as propostas à realidade de sua turma, a fim de incrementar o trabalho didático com educação musical em sala de aula. A música pode ser expressiva, comunicativa, comovente e inspirada, mas raramente é acidental, mesmo quando recorda os eternos sons do mar ou a espontaneidade da canção dos pássaros. O choro do recém-nascido é o som intrínseco da música, tanto quanto o é o martelar staccato do pica-pau, o estrondo do trovão, o ciciar do vento no trigal, o arrulhar do pombo, o chocalhar das favas, o clangor do metal, o suave arrastar de pés na vegetação rasteira. Pois não é nestes mesmos sons naturais que se encontra, em grande parte, a matéria-prima para a criação da música do homem? MENUHIN, Yehudi. A música do homem. São Paulo: Martins Fontes, p. IX. Esta citação indica um dos aspectos mais importantes desta Coleção, que é perceber a música em diferentes espaços, tempos e culturas e refletir sobre como podemos utilizar diferentes elementos, inclusive os sons da natureza, para fazer uma composição musical. Todos os sons e ruídos que você e seus alunos descobrirem, em cada aula, oferecerão a possibilidade de imaginar, juntos, como utilizá-los para fazer música! 4 Musica - Professor - 1 ano.indd 4 22/08/ :16:55

5 Princípios Norteadores da Coleção Com o objetivo de contribuir para a instrumentalização de professores, em resposta à Lei nº , de 18 de agosto de 2008, que determina a obrigatoriedade do ensino musical nas escolas de ensino básico, a Editora OPET elaborou a Coleção Além das Notas. Considerando que o trabalho com música deve possibilitar o aprendizado contínuo e gradativo, a Coleção tem como proposta ampliar a sensibilidade e o repertório musical, inserir os elementos fundamentais da linguagem musical (som, duração, altura, intensidade, timbre e dinâmica) além de proporcionar atividades envolvendo composição, apreciação e interpretação musical adequada para cada faixa etária. Podemos dizer que a música é a arte de combinar os sons, o silêncio e todos os outros elementos que os compositores queiram integrar à sua criação, dentro de um determinado espaço de tempo. Para trabalhar com música em sala de aula, é preciso ter claros alguns dos principais conceitos dessa área, como: Tempo, pulso e andamento: o tempo determina a duração do som, e o pulso indica se esse tempo, ou seja, o andamento (velocidade) da música será rápido, moderado ou lento. Assim, podemos dizer que o andamento é a velocidade do pulso estabelecido para uma determinada música. Ritmo: é a variação do tempo de cada som, que é indicado pelas figuras rítmicas e pelo tipo de compasso determinado pelo compositor. Altura: determina se o som é agudo (mais fino, como dizemos para as crianças), médio ou grave (mais grosso). Para saber a altura dos sons, é preciso representá-los numa pauta ou pentagrama que são cinco linhas e quatro espaços utilizados para escrever as notas musicais e a clave, que nos indica o posicionamento dessas notas no pentagrama. Assim, as notas musicais são sons determinados pelo lugar que ocupam na pauta: DÓ, RÉ, MI, FÁ, SOL, LÁ e SI. Melodia: é a sucessão de sons com alturas diferentes. A melodia nos dá a ideia de um discurso musical e nos permite reconhecer a música. Harmonia: conjunto de sons que são tocados ao mesmo tempo durante um discurso musical. Existe um conjunto de sons chamado acorde, e a sua sucessão e combinação é o que chamamos de harmonia. Intensidade: determina o volume da música, que pode ser forte ou fraco. Quando temos um volume alto, dizemos que a sua intensidade é forte. E, ao contrário, quando ele é mais baixo, dizemos que o volume é piano ou, mais pedagogicamente, suave ou fraco. Existem várias graduações para a intensidade, que vão do mais fraco ao mais forte. Dinâmica: marca as graduações de intensidade (forte/fraca) que são interpretadas numa composição musical e que trazem uma maior expressividade para a interpretação musical. Timbre: nos permite reconhecer qual instrumento ou pessoa está tocando ou cantando. É pelo timbre que podemos reconhecer, por exemplo, a diferença entre um trompete, uma flauta e um violino. Tanto os instrumentos musicais quanto a voz humana podem produzir as notas musicais, entretanto, as características da emissão do som são inerentes ao timbre. Numa partitura, sua indicação aparece escrita logo no início, mostrando para qual instrumento musical ou voz a música foi composta. 5 MÚSICA 1 ọ ano Musica - Professor - 1 ano.indd 5 22/08/ :16:55

6 LIVRO DO PROFESSOR Esses são os principais conceitos que compõem o discurso musical, e que iremos trabalhar em toda a Coleção. Conhecê-los é essencial para aproximar nossos alunos da música. Trabalharemos, também, a escrita musical, começando com formas bem simples, por meio da escolha de representações dos sons que serão trabalhados, até o conhecimento da escrita tradicional de partitura. Também serão apresentadas formas contemporâneas de representação gráfica da música. Essa parte é importante para mostrar, inclusive, porque conhecemos alguns tipos e formas de música e outros não. Veremos, assim, que a notação musical acabou surgindo da necessidade de preservarmos as composições de cada época, o que nem sempre ocorreu. O material apresenta, ainda, várias propostas de construção de instrumentos musicais e objetos sonoros (ícone mão na massa), atividade que já vem sendo desenvolvida e valorizada no contexto escolar. É o momento de valorizar a curiosidade, a experimentação sonora, estimulando a criatividade dos alunos. Para isso, é preciso ter como meta a busca da melhor sonoridade desses instrumentos e objetos sonoros o que motivou a sugestão de diferentes materiais nas propostas de produção. Tal cuidado é importante para não desestimular ou frustrar as experiências que os alunos irão construir ao longo do ano. Mesmo assim, na medida do possível, é importante que a escola disponibilize alguns instrumentos musicais construídos por profissionais, para que os alunos possam conhecer e, inclusive, comparar os resultados dos sons produzidos por instrumentos profissionais e feitos com material alternativo. Para aproximar nossos alunos da grande diversidade musical mundial que, atualmente, está cada vez mais disponível devido aos grandes avanços tecnológicos, é preciso planejar aulas de música e não apenas com música. Com isso, visamos, também, à preparação de ouvintes mais preparados, atentos e abertos a novas escutas musicais da sua cultura e de outras, do passado e do presente e de diferentes estilos. Assim, será possível estimular o hábito e o prazer de ouvir música, desenvolver a percepção dos elementos musicais e suscitar debates e reflexões sobre como, onde, por que e por quem tal música foi composta de tal maneira pois, quanto mais conhecemos sobre uma obra musical, mais preparados e conscientes seremos para uma escuta ativa desse repertório variado. Além do material didático, o aluno e o professor contarão, também, com o CD de músicas, criado especialmente para esta obra. Esta produção visa contemplar o fazer musical e a escuta sonora, contando com músicas inéditas e de diversos ritmos, acompanhando o material do nível Fundamental I. Objetivos da Coleção Além das Notas Objetivos Gerais Contribuir para a instrumentalização de professores, em resposta à lei que determina a obrigatoriedade do ensino musical nas escolas de ensino básico. Ampliar o universo e o repertório musical e artístico dos alunos. 6 Musica - Professor - 1 ano.indd 6 22/08/ :16:55

7 Objetivos Específicos Explorar cantigas e brincadeiras folclóricas, músicas instrumentais e de diferentes estilos, de forma a oferecer outras possibilidades, para que o gosto musical dos alunos não se baseie apenas em modismos. Apreciar músicas de diferentes produções, épocas e manifestações musicais do nosso país e do mundo. Ouvir, perceber e identificar diferentes eventos e fontes sonoras. Desenvolver atividades lúdicas a fim de despertar a criatividade dos alunos, com jogos de imitação, comparação, classificação, criação e representação das composições musicais desenvolvidas em sala de aula. Explorar e discriminar os elementos da música, para que os alunos consigam se expressar musicalmente, interagir e ampliar o seu conhecimento do mundo por meio da arte. Desenvolver, gradativamente, as atividades de composição, interpretação, improvisação e apreciação musical, para que cada aluno possa ter a oportunidade de participar ativamente dos trabalhos dentro e fora da sala de aula. Aproximar alunos e educadores do ambiente virtual de aprendizagem do Portal Opet Virtual, para que se sintam familiarizados com esse instrumento de formação continuada e absorvam o uso da tecnologia em seu dia a dia. Possibilidades Avaliativas Em todos os anos, as avaliações deverão contemplar: a interpretação, a improvisação e as composições realizadas em sala, em conjunto e individualmente; as análises e reflexões elaboradas pelos alunos a partir da apreciação musical dos trabalhos desenvolvidos pelos colegas, das músicas trabalhadas em sala referentes ao universo sonoro nacional e internacional; erudito, popular e folclórico, de épocas passadas e do nosso momento, sem preconceitos estéticos, artísticos, étnicos ou de gênero; a compreensão da música como uma manifestação cultural e artística em desenvolvimento contínuo, articulada com a sociedade e seus aspectos históricos, políticos, econômicos e sociais, observando que ela teve e tem funções, valores, e finalidades que lhe foram atribuídas dependendo da cultura, do povo e da época em que se realizou; o reconhecimento e a valorização do desenvolvimento pessoal nas atividades propostas pelo professor, sobre a apreciação, composição e interpretação das atividades musicais e dos conhecimentos a respeito da música. MÚSICA 1 ọ ano 7 Musica - Professor - 1 ano.indd 7 22/08/ :16:55

8 Quadro Geral de Conteúdos Anos Iniciais Unidade 1 Unidade 2 Unidade 3 Unidade 4 1.º ANO Sons do cotidiano Reconhecimento de instrumento musical Leitura de obra de arte Diferença entre som e silêncio Conto sonoro Reconhecimento de compositores e sua obra Sons produzidos pelo corpo Composição musical Pulso Reconhecimento do instrumento musical Leitura de obra de arte Sons produzidos pelos animais Leitura de Obra de Arte Reconhecimento de compositores e sua obra Imitação dos sons dos animais Composição musical Conto musical Desenvolvimento da percepção musical a partir de conto sonoro Reconhecimento do instrumento musical Elaboração de teatro de fantoches LIVRO DO PROFESSOR 3.º ANO 2.º ANO Sons do cotidiano Apreciação sonora dos sons do cotidiano Fonte sonora Elementos da música: sons graves e agudos Ciranda das festas juninas e de boi Relação entre música e dança Leitura de obra de arte Mínima e semínima Tempo, velocidade e pulso Metrônomo Circo teatral Reconhecimento de instrumento musical Brincadeira cantada Ritmos e gêneros musicais brasileiros Relação entre música e dança Reconhecimento e diferenciação auditiva das manifestações musicais Identificação de instrumentos musicais Timbre Brincadeira cantada Desenvolvimento da percepção musical Ritmos e gêneros musicais brasileiros Relação entre música e dança Reconhecimento e diferenciação auditiva das manifestações musicais Leitura de obra de arte Notas musicais Desenvolvimento da percepção musical Brincadeira cantada Parlendas Trava-línguas Desenvolvimento da percepção musical Desenvolvimento da percepção musical Desenvolvimento da percepção musical 4.º ANO Definição de música Melodia, harmonia e ritmo, dinâmica Reconhecimento crescente e decrescente da Escala de DÓ Representação gráfica de sons Brincadeira cantada com Escala de DÓ Conhecer e reconhecer uma frase musical Pauta Produção musical Treino de improvisação Conto musical Ritmo Personagem Folclórico: Saci Pererê Conto musical Leitura de obra de arte Reconhecimento da diversidade musical brasileira Brincadeira cantada Instrumentos musicais de percussão 5.º ANO Ritmos musicais de outros países Reconhecimento de instrumento musical A música e a função religiosa em algumas sociedades Reconhecimento das notas musicais na pauta Clave de sol Cânone com Frère Jacques Instrumentos musicais de uma orquestra Reconhecimento dos diferentes timbres Bingo musical Importância do maestro Composição musical Atividades de improvisação e paródia com os ritmos do Brasil e do mundo Jogos rítmicos de imitação 8 Musica - Professor - 1 ano.indd 8 22/08/ :16:55

9 Referências BENNETT, Roy. Elementos básicos da música. Rio de Janeiro: Zahar, BRASIL. Lei nº , de 18 de agosto de Disponível em <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ Ato /2008/lei/L11769.htm>. Acesso em: 23 out BRITO, Teca Alencar de. Quantas músicas tem a música? Ou Algo estranho no museu! São Paulo: Peirópolis, CANDE, Roland de. História Universal da Música. São Paulo: Martins Fontes, Coleção Crianças Famosas. São Paulo: Editora Callis, HENTSCHKE, Liane; DEL BEM, Luciana; CUNHA, Elisa da Silva e; KRUGER, Susana Ester. Em sintonia com a música. São Paulo: Moderna, A orquestra tintim por tintim. São Paulo: Moderna, JEANDOT, Nicole. Explorando o universo da música. São Paulo: Scipione, KATER, Carlos. Erumavez...uma pessoa que ouvia muito bem. São Paulo: Musa Editora, KINDERSLEY, Dorling. Música para crianças. São Paulo: Publifolhinha, MACHADO, Ana Maria (org). O tesouro das cantigas para crianças. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, MARCHAND, Pierre. A música dos instrumentos. São Paulo: Editora Melhoramentos, MARES GUIA, Rosa Lúcia dos; FRANÇA, Cecília Cavalieri. Jogos pedagógicos para educação musical. Belo Horizonte: Editora UFMG, NESTROVSKI, Arthur. O livro da música. São Paulo: Companhia das Letras, PENNA, Maura. Música(s) e seu ensino. Porto Alegre: Sulina, PIETRO, Heloisa; PUCCI, Magda. De todos os cantos do mundo. São Paulo: Companhia das Letrinhas, SCHAFER, R. Muray. Educação sonora. São Paulo: Editora Melhoramentos, SOUZA, Jusamara (org). Aprender e ensinar música no cotidiano. Porto Alegre: Sulina, STURROCK, Susan. Dicionário visual de música. São Paulo: Global, WISNIK, José Miguel. O som e o sentido. São Paulo: Companhia das Letras, MÚSICA 1 ọ ano 9 Musica - Professor - 1 ano.indd 9 22/08/ :16:55

10 Quadro de Conteúdos e Músicas por Unidade 1.º ano LIVRO DO PROFESSOR Unidades Conteúdos CD Sons e Músicas Unidade 1 Muitos sons por aí... Unidade 2 Sons do nosso corpo Unidade 3 Sons dos animais Unidade 4 Muitas histórias para ouvir Descoberta dos sons do cotidiano: sons da rua, da escola e da casa Reconhecimento de instrumento musical: flauta doce e flauta transversal Leitura de Obra de Arte: Flautista, de Candido Portinari Diferença entre som e silêncio Conto Sonoro Reconhecimento do compositor Hermeto Pascoal e sua obra Identificação de sons produzidos pelo corpo Composição musical com sons do corpo e outros do cotidiano Reconhecimento do Grupo Barbatuques Produção de instrumento musical: chocalho Compreensão de PULSO Reconhecimento do instrumento musical: caxixi Leitura de obra de arte: Peixe, de Aldemir Martins Identificação de sons produzidos pelos animais Leitura de obras de arte de Rogério Dias Reconhecimento do compositor Heitor Villa-Lobos e sua obra Reconhecimento do compositor Sérgio Reis e sua obra Imitação dos sons dos animais Composição musical com sons dos animais Conto A Casa dos Bichos, de Guga Cidral Desenvolver a percepção musical a partir de Conto sonoro Elaboração de teatro de fantoches Apreciação sonora: flauta transversal Música de repetição: Tra-lá-lá, Trio Pererê A Cobra Peixe Vivo Apreciação sonora: caxixi Canção Passarinhos, Trio Pererê Apreciação sonora: piano Instrumental para o conto A Casa dos Bichos, Trio Pererê Orientações Didáticas Unidade 1 Muitos sons por aí... Páginas 2 e 3 Na leitura das imagens desta abertura, proporcione aos alunos que deixem a imaginação fluir. A partir de suas percepções, enfoque os conteúdos desta unidade. 10 Musica - Professor - 1 ano.indd 10 22/08/ :16:56

11 Páginas 4 e 5 Leitura Este momento é de envolvimento da criança com os personagens que a acompanharão durante todo o livro. Após a leitura da página de abertura, envolva os alunos a conhecerem cada um dos personagens apresentados. Neste momento, ainda não estamos direcionando para a exploração dos sons dos instrumentos que os personagens estão mostrando (violão e pandeiro). Uma maneira de envolver as crianças nesta apresentação é por meio da brincadeira cantada Olá, amiguinho! Como vai?, cantada no ritmo de Se você está contente, na qual os alunos estarão em círculo, e cada criança substituirá a palavra amiguinho pelo nome de um colega ao seu lado, indo cumprimentá-lo com um aperto de mão. As crianças poderão acompanhar a cantiga com palmas ou estalos de dedos. Olá, amiguinho! Como vai? Olá, (nome do colega)! Como vai? (2x) Faremos o possível, Para sermos bons amigos. Olá, (nome do colega)! Como vai? Páginas 6 a 10 Troca de ideias Retorne à ilustração da abertura desta unidade para descobrir, com os alunos, todos os sons que aparecem nela. Alguns serão descobertos na hora, enquanto outros precisarão de um estímulo. As perguntas que foram colocadas no livro do aluno são básicas para este debate; você pode incluir outras. Que som é esse?/cd Estimule os alunos a ouvirem o som da flauta transversal. Depois, peça que observem as imagens a fim de que percebam as diferenças entre a flauta transversal e a flauta doce. Pergunte aos alunos se já viram ou conhecem outros tipos de flauta, como a zamponha, uma flauta andina, ou o pífano. O Portal Opet Virtual<www.opetvirtual.com.br> também traz o som da flauta para ser ouvido. Acesse: Ensino Fundamental - Anos Iniciais» Estudos Interativos» Música» Música, maestro! Meus registros 1. O objetivo desta atividade é chamar a atenção dos alunos para a percepção dos sons e ruídos que fazem parte do cotidiano deles e que, muitas vezes, por estarem acostumados, já nem prestam mais atenção nesses sons! Esta proposta é uma sensibilização aos sons que nos rodeiam, tão importante para que a criança aguce a sua audição. No Portal Opet Virtual <www.opetvirtual.com.br> há o jogo dos 7 erros. Acesse: Ensino Fundamental - Anos Iniciais» Serviços e Conteúdos» Jogos Educativos» Jogo dos 7 erros: A rua. 2. Nessa atividade, a partir da observação das imagens, o aluno é estimulado a realizar sons compatíveis com o que a figura demonstra. É importante verificar o que cada aluno vai realizar, qual objeto ou parte do corpo terá preferência a usar, e estimular a escolha de outros objetos e outras partes do corpo. Após essa experiência sonora, pergunte aos alunos: Como é o silêncio?. 11 MÚSICA 1 ọ ano Musica - Professor - 1 ano.indd 11 22/08/ :16:56

12 Que som é esse? Professor, como você pode perceber, estamos ampliando a percepção sonora dos alunos. Por isso, a cada vez você vai explorar um espaço conhecido pelos alunos. Agora é a vez de explorar os sons da escola. Fazer as atividades propostas de olhos fechados, irá aprimorar esta percepção dos alunos. Separar os sons de dentro da sala e os de fora dela, facilitará a apreciação musical dos alunos quando forem identificar os instrumentos musicais de uma orquestra ou das músicas que eles estão acostumados a ouvir, por exemplo. Páginas 11 a 13 LIVRO DO PROFESSOR Leitura Chame a atenção dos alunos para a leitura da obra de arte Flautista, de Candido Portinari, artista plástico brasileiro, nascido no interior de São Paulo. Ele procurava retratar, em suas obras, as questões sociais do país. Candido Portinari faleceu em 1962, no Rio de Janeiro. Troca de ideias Estimule a troca de ideias entre os alunos. Esta conversa poderá ser realizada em grupos menores, ou com a turma toda, conforme a sua escolha. Existem muitas obras de arte de vários artistas que trazem a ideia do instrumento musical à tela. Hora do show Essa atividade trabalha com os três grandes pilares da educação musical: apreciar, interpretar e compor! E a escolha dos objetos para os alunos fazerem sons nada mais é do que a escolha e separação de objetos como se eles fossem instrumentos musicais. Posteriormente, a turma irá conversar e escolher a música de preferência de todos. A sua participação é fundamental para que a escolha seja democrática e os alunos percebam as semelhanças e diferenças no gosto musical de cada um. Páginas 14 a 16 Leitura Promova a leitura da imagem de forma dinâmica, onde cada aluno poderá contar o que está percebendo nela. Se quiser, poderá instigá-los a recordarem os sons que descobriram e que estão presentes na rua e na escola, de como foi imitar os sons que descobriram juntos. Após, estimule-os para a produção de uma história coletiva, com os sons que aparecem na imagem. Faça perguntas como: Em que parte desta casa podemos começar a nossa história? Quem são estas pessoas? Troca de ideias A participação dos alunos em atividades como esta é muito importante, pois você começa a ter um feedback sobre a percepção sonora que tiveram. Chame a atenção das crianças sobre a questão do barulho excessivo; você pode questionar quais os objetos que elas conhecem que produzem ruído, tais como: batedeira, liquidificador, secador de cabelo, furadeira, entre outros. 12 Musica - Professor - 1 ano.indd 12 22/08/ :16:56

13 Meus registros 1. Contextualize com os alunos o que vem a ser conto sonoro. Essa atividade tem como objetivo produzir um conto sonoro a partir das imagens da página anterior. 2. Aqui, a proposta é que os alunos retomem a leitura da imagem e registrem, por meio da escrita, quais os sons que identificaram. Auxilie-os no registro dessas palavras, caso estejam em fase de alfabetização. Páginas 17 a 19 Baú de histórias Apresente aos alunos o compositor Hermeto Pascoal, que compõe suas músicas com objetos domésticos, como chaleira, tampas e panelas, colheres etc. Conhecer a maneira como Hermeto Pascoal faz música, aproxima as atividades que os alunos estão realizando com as produções musicais profissionais. Mão na massa O trabalho de Hermeto Pascoal vai servir como fonte de inspiração para a realização desta atividade! Organize previamente os objetos de que vai precisar. Realize a atividade em três etapas: primeiro, cada aluno toca individualmente; depois, aqueles que tiverem objetos iguais ou semelhantes tocam juntos; por fim, toda a turma toca todos os objetos ao mesmo tempo. Se tiver oportunidade, apresente algumas músicas de Hermeto Pascoal aos alunos. CD É importante comentar com os alunos os significados de SOLO e de TUTTI. Após, convide alguns alunos a cantar o TRA-LÁ-LÁ, acompanhando o CD sozinho e, depois, com a turma toda. Aqui você pode aproveitar o TRA-LÁ-LÁ e ampliar para o conceito de intensidade, que determina o volume da música, que pode ser forte ou fraco. MÚSICA 1 ọ ano Unidade 2 Sons do nosso corpo Páginas 20 e 21 A leitura da página de abertura é um convite à unidade. Permita que os alunos comentem sobre as suas observações. Páginas 22 e 23 Troca de ideias A ilustração de abertura desta unidade vai ser comentada nesta troca de ideias. Você pode deixar as crianças falarem sobre suas percepções, além das direcionadas pelas perguntas que aparecem no livro do aluno. 13 Musica - Professor - 1 ano.indd 13 22/08/ :16:56

14 Meus registros Você deve deixar os alunos bem à vontade para falarem como entenderam a ilustração, usando suas palavras. A ideia proposta de fazer batucada, bater no corpo, bater palmas, bater os pés, estalar os dedos, refere-se à percussão corporal. Troca de ideias Professor, depois de apresentar as possibilidades de fazer música com o corpo, agora é a vez dos alunos usarem a criatividade! Primeiro, as sugestões que estão no livro estalo, som do beijo e som do bocejo. Convide os alunos para criarem outras possibilidades. Conforme estiverem se divertindo, você poderá sugerir para que inventem outros sons em grupo, começando em duplas, por exemplo, as palmas podem ser batidas nas mãos dos colegas. Páginas 24 e 25 LIVRO DO PROFESSOR Baú de histórias A escolha do Grupo Barbatuques é devida à qualidade do seu trabalho e o reconhecimento nacional e internacional que ele tem. Se você souber fazer alguns sons com seu corpo, pode começar a fazê-los antes de apresentar a história desse grupo. Mostre que o trabalho de muitos profissionais começou como uma brincadeira de descobertas e criatividade. Vale a pena visitar o site oficial do grupo: <www.barbatuques.com.br>. Quer saber mais? O fato de saber que o Grupo Barbatuques fez um CD especialmente para as crianças, serve para que os alunos percebam que existem diferentes produções musicais, e muitas são voltadas para o público infantil. Para demonstrar este aspecto, você pode perguntar aos alunos se eles conhecem outros trabalhos feitos para um público com a idade deles, ou mesmo comentar algumas músicas e trazer exemplos de outros cantores ou grupos musicais. Hora do show O objetivo desta atividade é permitir que cada aluno experimente a produção de sons em seu corpo. O fato dos outros alunos ficarem de olhos fechados, esperando para ouvirem, ajuda no respeito pela interpretação do colega e na espera da sua vez, colaborando, inclusive, para a formação de uma plateia mais consciente em concertos, shows e apresentações. Meus registros As atividades de representação gráfica dos alunos são importantes para que eles percebam que os sons podem ser desenhados da maneira com que cada um percebeu ou, até mesmo, combinou, por exemplo, quando todos escolhem o mesmo desenho para representar o ato de bater palmas. Páginas 26 e 27 Hora do show As aulas de música sempre estão envolvendo a experimentação, a composição e a interpretação. Mostre às crianças que pode ser uma composição coletiva, onde terão que decidir as ideias em conjunto. 14 Musica - Professor - 1 ano.indd 14 22/08/ :16:56

15 CD A música selecionada para esta atividade possibilita que os alunos, além de conhecerem o repertório de canções infantis, também continuem a descoberta de movimentos e sons corporais. Convide os alunos a se imaginarem como cobras. Eles podem também descrever que cobras estão imitando, qual a cor que eles se imaginam, onde vivem e, principalmente, como se locomovem, imitando os movimentos propostos na cantiga. Páginas 28 a 31 Hora do show Esta atividade pode ser livre, sendo que cada aluno fará os movimentos que quiser, ou você poderá informar alguns padrões. Por exemplo, todos vão se mexer da mesma maneira para ser um coletivo de cobra. O som da cobra também será o mesmo para todos. O importante é variar entre as escolhas realizadas pelos alunos e as direcionadas por você. Mão na massa A construção do chocalho pretende incrementar as atividades de improvisação e interpretação. Lembre-se de solicitar previamente aos alunos os materiais que devem trazer para a construção deste chocalho. A quantidade de pedrinhas em cada instrumento deve ser a mesma, aproximadamente. Depois, é deixar a imaginação livre para utilizar o chocalho! Acesse o Portal Opet Virtual<www.opetvirtual.com. br>: Ensino Fundamental - Anos Iniciais» Estudos Interativos» Música» Os instrumentos musicais. Página 32 Leitura Ao construir o chocalho, você permitiu movimentos mais livres. Agora, para inserir o conceito de pulso musical para os alunos, você deve realizar alguns comandos, tais como: bem rápido, devagar, mais lento, mais rápido, muito rápido, e assim por diante. Para diferenciar os conceitos de PULSO e RITMO, é importante mostrar aos alunos que, a partir do momen to em que se escolheu um andamento, por exemplo, LENTO, o pulso é constante e igual, para que a música come ce e termine com o mesmo pulso. Já o ritmo são as variações de tempo que aparecem na música. Que som é esse? A apresentação do caxixi, chocalho utilizado como instrumento musical em muitas músicas e manifestações populares, fica muito mais interessante depois que os alunos já construíram os seus chocalhos. MÚSICA 1 ọ ano Páginas 33 a 35 CD A importância de conhecer e cantar a música O Peixe Vivo está no resgate das canções infantis. Essa versão foi adaptada pelo Trio Pererê, especialmente para esta obra. Leitura A observação de obras de arte sobre os temas trabalhados possibilita a interação das artes, o que é muito interessante e importante para o conhecimento e aproximação de obras artísticas no cotidiano dos alunos. 15 Musica - Professor - 1 ano.indd 15 22/08/ :16:56

16 Mão na massa A construção do aquário envolve ainda mais os alunos no amplo universo artístico. Certifique-se de ter todos os materiais para que os alunos realizem essa atividade. Hora do show A cada atividade de interpretação das composições musicais dos alunos, você estará aprofundando os conceitos de intensidade e de pulsação. Experimentem juntos, para então escolher a ordem dos sons (palmas, beijo, chocalho, utensílios domésticos). A organização dos sons escolhidos também já está preparando os alunos para a leitura e escrita de uma partitura musical. Unidade 3 Sons dos animais Páginas 38 e 39 LIVRO DO PROFESSOR As páginas de abertura são o primeiro contato dos alunos com o que vai ser trabalhado musicalmente. Por isso, neste primeiro contato, deixe os alunos soltarem sua imaginação, para nas aulas seguintes direcionar para o que vai ser trabalhado. Páginas 40 e 41 Leitura Novamente enfocamos a relação entre as artes visuais, a música e a poesia. Toda esta proposta de reflexão e apresentação dos pássaros nas artes, facilitará as próximas atividades musicais. O poema de Mário Quintana faz relação com o tema da unidade e com a literatura brasileira. Estimule as crianças a interpretarem o poema e a realizar a sua composição visual. Páginas 42 e 43 CD Depois de envolver os alunos nesse universo dos pássaros, você vai apresentar a música Passarinhos. Este momento deve, primeiramente, levar à apreciação musical dos alunos para que eles conheçam a música que depois irão cantar. Pode convidar os alunos a fechar os olhos, a deitar no chão (caso exista espaço para todos), ir a um espaço verde que a escola tenha, ou a outro local disponível. Páginas 44 e 45 Hora do show Esse momento é sempre importante para os alunos aprenderem a tomar decisões, seja individual ou coletivamente, para realizar a criação artística. Estimule-os no desenvolvimento das imitações. Caso queira pesquisar os sons de diferentes pássaros, visite o site <http://www.wikiaves.com.br/ midias.php?tm=s&t=mv>. Acesso em: 22 out Musica - Professor - 1 ano.indd 16 22/08/ :16:56

17 Troca de ideias A partir da leitura da obra de arte, estimule os alunos a comentarem sobre as suas impressões. Se desejar, poderão criar uma composição musical que represente a obra, dividindo a turma em dois grupos, sendo que um vai criar um som para os pássaros amarelos e o outro para os pássaros vermelhos. Cada grupo vai apresentar o som criado individualmente e, depois, irão cantar todos juntos. Páginas 46 a 48 Leitura Conhecer um pouco mais sobre um pássaro específico, como o uirapuru, tem o objetivo de mostrar aos alunos como os compositores, pintores, fotógrafos e atores se inspiram na natureza para criarem a sua arte. Assim, esta inspiração fica concretizada e materializada para os alunos no conhecimento e aproximação de compositores como Heitor Villa-Lobos e Sérgio Reis. Se possível, apresente as duas composições em áudio para os alunos. Meus registros Este momento é para refletir e observar quanto os animais podem servir de inspiração para músicas! Depois que os alunos registrarem os nomes dos animais, estimule-os a lembrar se existe alguma música que fale sobre algum deles. Páginas 49 a 51 Hora do show A sequência dos sons dos animais é uma preparação de leitura de partitura e uma maneira de os alunos organizarem seu pensamento musical para a criação das composições que irão fazer. Você poderá propor que façam o caminho inverso. No Portal Opet Virtual<www.opetvirtual.com.br> você encontra uma atividade correlata. Acesse: Ensino Fundamental - Anos Iniciais» Estudos Interativos» Música» Que som é esse?» Animais. MÚSICA 1 ọ ano Mão na massa Além de possibilitar que cada aluno crie sua música, a atividade também permite a apreciação das composições dos colegas. A escolha de um nome para a composição também reflete o envolvimento e aproximação com a música que cada aluno está construindo. Hora do show Depois de realizada a composição, é hora de apresentá-la aos colegas! Organize a apresentação de forma que se torne um momento especial para cada aluno! Unidade 4 Muitas histórias para ouvir Páginas 52 e 53 Deixe livres a imaginação e a interpretação dos alunos ao observar a ilustração desta unidade! Após a visualização, retome a leitura por meio da expressão das suas impressões. Diga aos alunos que a literatura também inspira os compositores musicais. 17 Musica - Professor - 1 ano.indd 17 22/08/ :16:56

18 Páginas 54 a 57 Leitura A leitura deste conto pode ser feita em uma ou mais aulas, conforme o ritmo dos seus alunos. Procure fazer uma leitura envolvente para a turma. Aqui você pode retomar o conceito de Conto Sonoro e, conforme você estiver contando a história, os alunos fazem os sons dos animais, ou outros, pertinentes à história. No Portal Opet Virtual <www.opetvirtual.com.br>, acesse: Ensino Fundamental - - Anos Iniciais» Serviços e Conteúdos» Surpresa» Categoria Linguagem» O sapo que latia e outras loucuras! Páginas 58 e 59 LIVRO DO PROFESSOR Troca de ideias Com base na leitura do conto, promova uma conversa entre os alunos, permitindo que a imaginação e a criatividade estejam presentes nessa interpretação. Meus registros A ideia é que, a partir da leitura do texto, a criança descubra quais animais estão presentes no conto. Posteriormente, o aluno poderá escolher um dos animais, o que mais gostou, e representá-lo com um desenho. Nessa etapa, se possível, você poderá encaminhar a imitação do bicho escolhido. Que som é esse? Apresentar um novo instrumento musical é um momento importante também, pois estamos ampliando o repertório de conhecimento sobre os instrumentos que existem. Aproveite os comentários que os alunos fizerem para inserir este novo conhecimento! No Portal Opet Virtual <www.opetvirtual. com.br>, acesse: Ensino Fundamental Anos Iniciais» Serviços e Conteúdos» Surpresa» Categoria Arte e Cultura» Você sabe tocar piano? CD Enquanto escutam seu som, os alunos podem observar a imagem do piano. Páginas 60 a Hora do show Esse momento dará um feedback para o professor de tudo o que foi compreendido nas aulas de música. É também o encontro de todas as artes para fazer uma linda apresentação, como num teatro, por isso a importância desta criação ser apresentada para as outras turmas ou para os familiares. Dica: se desejar, cole, no verso dos personagens, papelão ou papel-cartão, o que aumentará a durabilidade. Leitura É o momento onde os personagens se despedem das crianças. Torne esta leitura empolgante e atrativa! Estimule os alunos a continuarem a observar e imitar sons, descobrir novas músicas e instrumentos musicais. Musica - Professor - 1 ano.indd 18 22/08/ :16:56

19 Anotações MÚSICA 1 ọ ano 19 Musica - Professor - 1 ano.indd 19 22/08/ :16:56

20 Anotações LIVRO DO PROFESSOR 20 Musica - Professor - 1 ano.indd 20 22/08/ :16:56

Ana Paula Peters. Música - Professor - 4 ano.indd 1 22/08/2013 11:15:37

Ana Paula Peters. Música - Professor - 4 ano.indd 1 22/08/2013 11:15:37 Ana Paula Peters Música - Professor - 4 ano.indd 1 22/08/2013 11:15:37 Projeto Integrado Ensino Fundamental 4 ọ Ano Autoria Ana Paula Peters Editora Opet Direção Geral Maria Cristina Swiatovski Gerência

Leia mais

Ana Paula Peters. Música - Professor - 3 ano.indd 1 22/08/2013 11:15:57

Ana Paula Peters. Música - Professor - 3 ano.indd 1 22/08/2013 11:15:57 Ana Paula Peters Música - Professor - 3 ano.indd 1 22/08/2013 11:15:57 Projeto Integrado Ensino Fundamental 3 ọ Ano Autoria Ana Paula Peters Editora Opet Direção Geral Maria Cristina Swiatovski Gerência

Leia mais

Maria Yvete Fontoura Lydio Roberto Silva. Musica - 8º ano - professor.indd 1 27/08/2013 10:38:32

Maria Yvete Fontoura Lydio Roberto Silva. Musica - 8º ano - professor.indd 1 27/08/2013 10:38:32 Maria Yvete Fontoura Lydio Roberto Silva Musica - 8º ano - professor.indd 1 27/08/2013 10:38:32 Projeto Integrado Ensino Fundamental 8 ọ Ano Autoria Maria Yvete Fontoura Lydio Roberto Silva Editora Opet

Leia mais

Maria Yvete Fontoura Lydio Roberto Silva. Musica - 6º ano - professor.indd 1 27/08/2013 10:38:08

Maria Yvete Fontoura Lydio Roberto Silva. Musica - 6º ano - professor.indd 1 27/08/2013 10:38:08 Maria Yvete Fontoura Lydio Roberto Silva Musica - 6º ano - professor.indd 1 27/08/2013 10:38:08 Projeto Integrado Ensino Fundamental 6 ọ Ano Autoria Maria Yvete Fontoura Lydio Roberto Silva Editora Opet

Leia mais

Maria Yvete Fontoura Lydio Roberto Silva. Musica - 9º ano - professor.indd 1 27/08/2013 10:38:48

Maria Yvete Fontoura Lydio Roberto Silva. Musica - 9º ano - professor.indd 1 27/08/2013 10:38:48 Maria Yvete Fontoura Lydio Roberto Silva Musica - 9º ano - professor.indd 1 27/08/2013 10:38:48 Projeto Integrado Ensino Fundamental 9 ọ Ano Autoria Maria Yvete Fontoura Lydio Roberto Silva Editora Opet

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 34, Toledo PR Fone: 377-850 PLANEJAMENTO ANUAL DE MÚSICA SÉRIE: PRÉ I PROFESSOR: Carla Iappe

Leia mais

FLADEM 2011. Fundamentação Teórica para a Mostra de Musicalização: Compositores e Intérpretes : a criação na aula de instrumento

FLADEM 2011. Fundamentação Teórica para a Mostra de Musicalização: Compositores e Intérpretes : a criação na aula de instrumento FLADEM 2011 Fundamentação Teórica para a Mostra de Musicalização: Compositores e Intérpretes : a criação na aula de instrumento Sandra Mara da Cunha e Claudia Maradei Freixedas Breve introdução A experiência

Leia mais

Composição musical na educação infantil: uma experiência possível

Composição musical na educação infantil: uma experiência possível Composição musical na educação infantil: uma experiência possível Francine Kemmer Cernev francine@cernev.com.br Universidade Estadual de Londrina/ Colégio Nossa Senhora do Rosário, Cornélio Procópio/PR/

Leia mais

ESCOLA PIRLILIM / ANO 2015 PLANO DE UNIDADE PLANO DA I UNIDADE

ESCOLA PIRLILIM / ANO 2015 PLANO DE UNIDADE PLANO DA I UNIDADE ESCOLA PIRLILIM / ANO 2015 PLANO DE UNIDADE GRUPO: 7 PERÍODO: / à / ÁREA DO CONHECIMENTO: Música CARGA HORÁRIA: COMPETÊNCIAS E HABILIDADES PLANO DA I UNIDADE - Conhecer e criar novas melodias. - Desenvolver

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Expressões e Tecnologias Planificação Anual de Educação Musical 5º ano Ano Letivo 2013/2014

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. DINIS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. DINIS 1 NOTA INTRODUTÓRIA Programa Música - AEC (1º e 2º Ano - 1º CEB) (Adaptação do Programa do 1º Ciclo Plano da Meloteca) No âmbito da Expressão e Educação Musical, ao abrigo do Despacho n.º 9265-B/2013,

Leia mais

EDUCAÇÃO MUSICAL MATERNAL II

EDUCAÇÃO MUSICAL MATERNAL II EDUCAÇÃO MUSICAL MATERNAL II Músicas infantis. Danças, músicas e personagens folclóricos. Conhecer textos e melodias folclóricos; Entoar músicas do folclore brasileiro; Dançar músicas folclóricas; Imitar

Leia mais

O canto coletivo, ensinando a canção Samba lelê

O canto coletivo, ensinando a canção Samba lelê O canto coletivo é a prática musical mais elementar na educação musical, grandes educadores musicais como Dalcroze, Kodaly, Willems, Villa-Lobos e outros, utilizavam a voz e o canto coletivo como ponto

Leia mais

14. As áreas de conhecimento e o desenvolvimento da criança de até 6 anos

14. As áreas de conhecimento e o desenvolvimento da criança de até 6 anos 14. As áreas de conhecimento e o desenvolvimento da criança de até 6 anos Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil Volume III Âmbito de Conhecimento de Mundo Este volume do RCNEI orienta

Leia mais

10 Educação Musical: planejamento e atividades Conteúdo

10 Educação Musical: planejamento e atividades Conteúdo Planejamento de atividades lúdicas em Educação Musical Planejamento de atividades em Educação Musical Criando estratégias de ensino e aprendizagem musical Questões para pensar estratégias de ensino e aprendizagem

Leia mais

Reflexões sobre a percepção sonora no processo de musicalização infantil na Escola de Música Maestro Moisés Araújo em Marabá/PA

Reflexões sobre a percepção sonora no processo de musicalização infantil na Escola de Música Maestro Moisés Araújo em Marabá/PA Reflexões sobre a percepção sonora no processo de musicalização infantil na Escola de Música Maestro Moisés Araújo em Marabá/PA Jane Lino Barbosa de Sousa janeufpa@hotmail.com Resumo: O presente trabalho

Leia mais

Os instrumentos musicais e seus naipes na idade pré-escolar: Um estudo teórico-prático.

Os instrumentos musicais e seus naipes na idade pré-escolar: Um estudo teórico-prático. Os instrumentos musicais e seus naipes na idade pré-escolar: Um estudo teórico-prático. Mírian Regina Braga Misquiatti. Prefeitura Municipal de Bauru. mquiatti@gmail.com Roberto Vergílio Soares. Prefeitura

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO. Concerto encenado em classe de conjunto: estudo sobre perceções e aprendizagens

PROGRAMAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO. Concerto encenado em classe de conjunto: estudo sobre perceções e aprendizagens PROGRAMAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO Concerto encenado em classe de conjunto: estudo sobre perceções e aprendizagens Ana Estevens, nº 120138001 Trabalho realizado na Unidade Curricular de Processos de Experimentação

Leia mais

Educação Musical: Criação, Linguagem e Conhecimento

Educação Musical: Criação, Linguagem e Conhecimento Educação Musical: Criação, Linguagem e Conhecimento INTRODUÇÃO Educadores musicais têm manifestado sua preocupação com a observância da Lei nº 11769, que é a lei de inclusão da música no currículo das

Leia mais

Planificação Anual 1º Ano AEC Expressão Musical 2014/2015

Planificação Anual 1º Ano AEC Expressão Musical 2014/2015 Planificação Anual 1º Ano AEC Expressão Musical 2014/2015 Unidades Conteúdos Competências Actividades Recursos/Materiais Unidade 1 Unidade 2 Primeira Abordagem lúdica de Sensibilização e exploração do

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim I

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim I EDUCAÇÃO INFANTIL Maceió, 12 de março de 2015. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim I Senhores pais ou responsáveis Iniciamos esta semana os projetos pedagógicos do 1 Trimestre letivo. As turmas de Jardim

Leia mais

O QUE O REFERENCIAL CURRICULAR NACIONAL PARA EDUCAÇÃO INFANTIL ESCLARECE SOBRE A EDUCAÇÃO MUSICAL NO CONTEXTO ESCOLAR?

O QUE O REFERENCIAL CURRICULAR NACIONAL PARA EDUCAÇÃO INFANTIL ESCLARECE SOBRE A EDUCAÇÃO MUSICAL NO CONTEXTO ESCOLAR? 1123 O QUE O REFERENCIAL CURRICULAR NACIONAL PARA EDUCAÇÃO INFANTIL ESCLARECE SOBRE A EDUCAÇÃO MUSICAL NO CONTEXTO ESCOLAR? Everton Tomiazzi 1, Luciana Carolina Fernandes de Faria 2, Raquel Rosan Christino

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES ENSINO BÁSICO 2º CICLO PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES ENSINO BÁSICO 2º CICLO PLANIFICAÇÃO ANUAL Domínios e Subdomínios Desenvolvimento da Capacidade de Expressão e Comunicação: Interpretação e Comunicação INDICADORES O aluno canta controlando a emissão vocal em termos de afinação e respiração. O

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1 TÍTULO DO PROGRAMA As letrinhas mágicas. 2 EPISÓDIO TRABALHADO Uma visita ao zoológico. 3 SINOPSE DO EPISÓDIO ESPECÍFICO As Vogais vão ao zoológico e têm contato com

Leia mais

PROGRAMA QUALIDADE NA PRÁTICA PEDAGÓGICA MÚSICA VERA MARIA RODRIGUES ALVES SÃO PAULO ABRIL

PROGRAMA QUALIDADE NA PRÁTICA PEDAGÓGICA MÚSICA VERA MARIA RODRIGUES ALVES SÃO PAULO ABRIL 1 PROGRAMA QUALIDADE NA PRÁTICA PEDAGÓGICA MÚSICA VERA MARIA RODRIGUES ALVES SÃO PAULO ABRIL 2015 ROTEIRO 2 1. O que é Música 2. Para fazer música na creche é preciso: 3. O que devemos evitar 4. Qualidades

Leia mais

Projeto Iniciação Musical no Jardim de Infância

Projeto Iniciação Musical no Jardim de Infância Projeto Iniciação Musical no Jardim de Infância ( ) o movimento, o cantar e o tocar se tornam um todo ( ) Com base na espontaneidade dos jogos musicais e corporais das crianças, que têm, na sua base razões

Leia mais

450 ano da Música no Rio de Janeiro na Sala de Aula

450 ano da Música no Rio de Janeiro na Sala de Aula 450 ano da Música no Rio de Janeiro na Sala de Aula Caderno do professor Criado a partir da Cartilha Piano Brasil VII do maestro Ricardo Prado (gentilmente cedida por Cíntia Pereira-Delphos Produções www.delphosproducoes.com)

Leia mais

PLANEJAMENTO EM EDUCAÇÃO MUSICAL

PLANEJAMENTO EM EDUCAÇÃO MUSICAL UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE ARTES DEPARTAMENTO DE MÚSICA Metodologia da Educação Musical Profª Viviane Beineke PLANEJAMENTO EM EDUCAÇÃO MUSICAL - exemplo de planejamento para a 2ª

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS 1 ano

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS 1 ano EDUCAÇÃO INFANTIL Maceió, 02 de outubro de 2015. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS 1 ano Senhores pais ou responsáveis Seguem abaixo os temas, objetivos, atividades e evento de culminância dos projetos a serem

Leia mais

A LINGUAGEM MUSICAL DO MUSICOTERAPEUTA

A LINGUAGEM MUSICAL DO MUSICOTERAPEUTA A LINGUAGEM MUSICAL DO MUSICOTERAPEUTA Rita Bomfati. UNESPAR- FAP ritabomfati1@gmail.com Resumo: A importância da formação musical do musicoterapeuta (conhecimento de ritmos e instrumentos, história da

Leia mais

A FLAUTA DOCE E A MUSICALIZAÇÃO COMO UM DOS RECURSOS NO PROCESSO DE EDUCAÇÃO MUSICAL NAS ESCOLAS

A FLAUTA DOCE E A MUSICALIZAÇÃO COMO UM DOS RECURSOS NO PROCESSO DE EDUCAÇÃO MUSICAL NAS ESCOLAS A FLAUTA DOCE E A MUSICALIZAÇÃO COMO UM DOS RECURSOS NO PROCESSO DE EDUCAÇÃO MUSICAL NAS ESCOLAS 57 Mirtes Antunes Locatelli Strapazzon CBAJ 1 mirtes@belasartesjoinville.com.br Resumo: A importância da

Leia mais

MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações;

Leia mais

Escola para Formação de Artistas Artes Visuais Dança Música Teatro

Escola para Formação de Artistas Artes Visuais Dança Música Teatro Fundação das Artes Escola para Formação de Artistas Artes Visuais Dança Música Teatro Inscrições Abertas Turmas 2013 Primeiro Semestre Cursos Livres e Técnicos A Fundação das Artes é uma Escola de Artes

Leia mais

AEC ALE EXPRESSÃO MUSICAL. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico

AEC ALE EXPRESSÃO MUSICAL. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO AEC ALE EXPRESSÃO MUSICAL Orientações Pedagógicas 1.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução A atividade de enriquecimento curricular, ALE (atividades lúdico-expressivas)

Leia mais

COMPOSIÇÃO COMO RECURSO NO PROCESSO ENSINO / APRENDIZAGEM MUSICAL

COMPOSIÇÃO COMO RECURSO NO PROCESSO ENSINO / APRENDIZAGEM MUSICAL 389 COMPOSIÇÃO COMO RECURSO NO PROCESSO ENSINO / APRENDIZAGEM MUSICAL Ruth de Sousa Ferreira Silva Mestranda em Artes pela Universidade Federal de Uberlândia Introdução Este relato de experiência tem como

Leia mais

LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS EXPRESSÃO MUSICAL

LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS EXPRESSÃO MUSICAL ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DAS VELAS LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS EXPRESSÃO MUSICAL 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO 1 DO ENSINO BÁSICO CE 1 CE 5 CE 8 CE 12 CE 14 Interpretação e comunicação

Leia mais

SUGESTÕES PARA O PROFESSOR

SUGESTÕES PARA O PROFESSOR SUGESTÕES PARA O PROFESSOR 1º ANO do ENSINO FUNDAMENTAL Elaine Prado Estas sugestões para o professor são parte integrante do livro A arte de brincar com música 1º ano do Ensino Fundamental, de Elaine

Leia mais

PROJETO: OUVIR CANTAR E DANÇAR OUVIR MÚSICA É SEMPRE BOM. Eixos temáticos: Objetivos: Faixa etária: De um a cinco anos (educação Infantil)

PROJETO: OUVIR CANTAR E DANÇAR OUVIR MÚSICA É SEMPRE BOM. Eixos temáticos: Objetivos: Faixa etária: De um a cinco anos (educação Infantil) PROJETO: OUVIR MÚSICA É SEMPRE BOM OUVIR Eixos temáticos: Diferentes linguagens Artes visuais Movimento CANTAR Linguagem Oral; Natureza e Sociedade Objetivos: E DANÇAR Interagir com músicas e movimentos

Leia mais

METAS DE APRENDIZAGEM (3 anos)

METAS DE APRENDIZAGEM (3 anos) METAS DE APRENDIZAGEM (3 anos) 1. CONHECIMENTO DO MUNDO Revelar curiosidade e desejo de saber; Explorar situações de descoberta e exploração do mundo físico; Compreender mundo exterior mais próximo e do

Leia mais

Expressão Musical ACTIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LECTIVO 2011 / 2012. Proposta de planos anuais

Expressão Musical ACTIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LECTIVO 2011 / 2012. Proposta de planos anuais ACTIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LECTIVO 2011 / 2012 Expressão Musical Proposta de planos anuais 1.º, 2.º,3.º e 4.º Ano do 1.º Ciclo do Ensino Básico MÊS Setembro Módulo 1 Outubro Módulo 2

Leia mais

Informativo de Música. Por Isa Uehara

Informativo de Música. Por Isa Uehara Informativo de Música Por Isa Uehara Bosque das Letras Abril 2011 Música nas aulas para as crianças do berçário não se traduz apenas em melodia, ritmo ou harmonia. Os sons do entorno, do ambiente que as

Leia mais

A MÚSICA NA RODINHA: UM RECURSO DIDÁTICO DE SOCIALIZAÇÃO E APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Comunicação Relato de Experiência

A MÚSICA NA RODINHA: UM RECURSO DIDÁTICO DE SOCIALIZAÇÃO E APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Comunicação Relato de Experiência A MÚSICA NA RODINHA: UM RECURSO DIDÁTICO DE SOCIALIZAÇÃO E APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL Amanda Alves Vieira Paloma Felício Monteiro Maria Cristina Lemes de Souza Costa Luciene de Oliveira Dias amandinhaflautadoce@yahoo.com.br

Leia mais

A ARTE DE BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Estudante de Pedagogia pela FECLESC / UECE Resumo

A ARTE DE BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Estudante de Pedagogia pela FECLESC / UECE Resumo A ARTE DE BRINCAR NA EDUCAÇÃO INFANTIL Maria Elany Nogueira da Silva Estudante de Pedagogia pela FECLESC / UECE Resumo Este presente artigo pretende refletir idéias sobre o brincar na Educação Infantil,

Leia mais

Cantando pelo Mundo. II - Disciplinas envolvidas no projeto: Música, Língua Portuguesa, História e Geografia.

Cantando pelo Mundo. II - Disciplinas envolvidas no projeto: Música, Língua Portuguesa, História e Geografia. Cantando pelo Mundo I - Período do projeto: 2º Bimestre de 2015 II - Disciplinas envolvidas no projeto: Música, Língua Portuguesa, História e Geografia. III Problematização Intercâmbio musical e cultural

Leia mais

Com os Sons 3º Ano. Marlei da Silva Novaes

Com os Sons 3º Ano. Marlei da Silva Novaes Com os Sons 3º Ano Marlei da Silva Novaes Olá, querido(a) aluno(a): Você gosta de diversão? Tenho certeza que sim. Tenho algumas brincadeiras para mostrar, com você cantando, tocando, movimentando para

Leia mais

Quatro coordenadas para o andamento da educação musical

Quatro coordenadas para o andamento da educação musical Quatro coordenadas para o andamento da educação musical Léa Pintor Martins de Arruda Maria Angela de Souza Lima Rizzi O trabalho realizado com os educadores, pela equipe da Associação Arte Despertar no

Leia mais

METAS DE APRENDIZAGEM (5 anos)

METAS DE APRENDIZAGEM (5 anos) METAS DE APRENDIZAGEM (5 anos) 1. CONHECIMENTO DO MUNDO Conhecer diferentes termos espaciais (em pé, deitado, em cima, em baixo, à frente, atrás, dentro, fora ) Descrever itinerários diários (exemplos:

Leia mais

2012/13 [PLANO ANUAL - AEC DE EXPRESSÃO MUSICAL]

2012/13 [PLANO ANUAL - AEC DE EXPRESSÃO MUSICAL] 2012/13 [PLANO ANUAL - AEC DE EXPRESSÃO MUSICAL] Plano Anual de Expressão Musical Ano Letivo 2012/2013 Introdução: Esta atividade pretende que os alunos fortaleçam o gosto natural pela expressão musical

Leia mais

Área de Formação Pessoal e Social

Área de Formação Pessoal e Social Área de Formação Pessoal e Social Identidade/ Auto-estima Independência/ Autonomia Convivência democrática/ Cidadania Brincar com o outro (s); Ouvir os outros; Saber identificar-se a si e o outro; Esperar

Leia mais

Composição de pequenas músicas a partir de outras já existentes e de versos; a partir de objetos, da voz, do corpo, do silêncio.

Composição de pequenas músicas a partir de outras já existentes e de versos; a partir de objetos, da voz, do corpo, do silêncio. MÚSICA A música é uma linguagem expressiva importante a ser incentivada desde os primeiros anos de vida. O trabalho com música na escola de Educação Infantil deve respeitar as diferenças regionais e suas

Leia mais

CONSERVATÓRIO MUSICAL BEETHOVEN www.beethoven.art.br beethoven@beethoven.art.br

CONSERVATÓRIO MUSICAL BEETHOVEN www.beethoven.art.br beethoven@beethoven.art.br Curso de Capacitação em Música para Professores do Ensino Médio, Fundamental 03 horas / semanais e Musicalização Infantil ( com base no PCN Artes ) VAGAS LIMITADAS FAÇA SUA PRÉ-RESERVA 10 meses ( inicio

Leia mais

PROPOSTA PEDAGÓGICA DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR CURRICULAR EM CONTRATURNO. MACROCAMPO: Cultura e Artes. ATIVIDADE: Música e Teatro

PROPOSTA PEDAGÓGICA DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR CURRICULAR EM CONTRATURNO. MACROCAMPO: Cultura e Artes. ATIVIDADE: Música e Teatro COLÉGIO ESTADUAL DO CAMPO SÃO ROQUE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO. Rua Érico Veríssimo s/n Cep: 85.892-000 Fone/fax: (45) 3276-1195 E Mail: shasantahelena@seed.pr.gov.br e colestsantahelena@yahoo.com.br Site:

Leia mais

Música é linguagem que organiza, intencionalmente, os sons e o silêncio, no continuum espaço-tempo.

Música é linguagem que organiza, intencionalmente, os sons e o silêncio, no continuum espaço-tempo. CAPACITAÇÃO EM EDUCAÇÃO MUSICAL SESC/SEDU MÓDULO 1: ELEMENTOS DA MÚSICA PROF. DARCY ALCANTARA (UFES) CAPACITAÇÃO EM EDUCAÇÃO MUSICAL SESC/SEDU DOMINGO - MANHÃ REVISÃO DOS CONCEITOS DE MÚSICA, RITMO E MELODIA

Leia mais

Alfabetização na musicalização infantil

Alfabetização na musicalização infantil Alfabetização na musicalização infantil Cristiane Baroni Alleoni, Escola Harmonia,escolaharmonia@terra.com.br Resumo: Este texto apresenta um relato de experiência de um trabalho realizado com alunos do

Leia mais

Lóide Magalhães musiloide@hotmail.com

Lóide Magalhães musiloide@hotmail.com Percussão e flauta doce: a prática musical como meio auxiliar no processo de musicalização dos alunos do Centro de Educação Profissional em Artes Basileu França Lóide Magalhães musiloide@hotmail.com Resumo:

Leia mais

Currículo Referência em Música Ensino Médio

Currículo Referência em Música Ensino Médio Currículo Referência em Música Ensino Médio 1º ANO - ENSINO MÉDIO Objetivos Conteúdos Expectativas - Conhecer a área de abrangência profissional da arte e suas características; - Reconhecer e valorizar

Leia mais

RELATÓRIO FINAL. Modalidades de prática musical na Oficina

RELATÓRIO FINAL. Modalidades de prática musical na Oficina UMA FESTA AGITADA: relato de projeto de composição em Oficina de Música para crianças Viviane Beineke 1, Juliana Sens 2, Rosecler Luisa Reckziegel 3 Palavras-chave: composição musical; oficina de música;

Leia mais

ESCOLA DE ARTES SOM LIVRE

ESCOLA DE ARTES SOM LIVRE CURSOS DE MÚSICA E ARTES PARA ESCOLAS A Som Livre Escola de Artes oferece para as escolas infantis uma proposta inovadora : Cursos de Artes, especialmente voltado para crianças. Através de praticas e vivencias

Leia mais

A AULA DE CANTO EM UM PROJETO SOCIAL: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

A AULA DE CANTO EM UM PROJETO SOCIAL: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA 1 A AULA DE CANTO EM UM PROJETO SOCIAL: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA Ruth de Sousa Ferreira Silva 1 rutssilva@hotmail.com UnB Tutora à distância Curso de Licenciatura em Música Resumo Este relato de experiência

Leia mais

Propiciar a socialização da criança através da participação numa comunidade mais ampla, onde descubra e domine regras próprias do convívio social.

Propiciar a socialização da criança através da participação numa comunidade mais ampla, onde descubra e domine regras próprias do convívio social. EDUCAÇÃO INFANTIL OBJETIVOS GERAIS Conhecimento do Mundo Formação Pessoal e Social Movimento Linguagem Oral e Escrita Identidade e Autonomia Música Natureza e Sociedade Artes Visuais Matemática OBJETIVOS

Leia mais

O SOM E SEUS PARÂMETROS

O SOM E SEUS PARÂMETROS O SOM E SEUS PARÂMETROS Você já percebeu como o mundo está cheio de sons? Mas você já parou para pensar o que é o SOM? Pois bem, som é tudo o que nossos ouvidos podem ouvir, sejam barulhos, pessoas falando

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim II

GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim II EDUCAÇÃO INFANTIL Maceió, 05 de outubro de 2015. GUIA PEDAGÓGICO PARA OS PAIS Jardim II Senhores pais ou responsáveis Seguem abaixo os temas, objetivos, atividades e evento de culminância dos projetos

Leia mais

letra de música e poesia CONSULTORAS Patrícia Corsino e Hélen A. Queiroz

letra de música e poesia CONSULTORAS Patrícia Corsino e Hélen A. Queiroz letra de música e poesia CONSULTORAS Patrícia Corsino e Hélen A. Queiroz SINOPSE geral da série Chico, 6 anos, adora passar as tardes na estamparia de fundo de quintal do seu avô. Nela, Vô Manu construiu

Leia mais

Palavras-chave: escrita musical, histórias infantis, conto sonoro. Seminário do 16 O. COLE vinculado: V Seminário Linguagens em Educação Infantil.

Palavras-chave: escrita musical, histórias infantis, conto sonoro. Seminário do 16 O. COLE vinculado: V Seminário Linguagens em Educação Infantil. O Conto Sonoro, uma forma de explorar a escrita musical. Renata de Oliveira Pavaneli Frederico, Escola de Educação Infantil Casa da Gente Campinas-SP. musicamed@directnet.com.br reoliveirafred@gmail.com

Leia mais

Atividades Musicais. para grupos e empresas. Programa Equipe Afinada

Atividades Musicais. para grupos e empresas. Programa Equipe Afinada Atividades Musicais para grupos e empresas Programa Equipe Afinada Apresentação O Programa Equipe Afinada apoia o desenvolvimento de indivíduos e organizações através de oficinas, atividades musicais,

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. Premissas básicas:

EDUCAÇÃO INFANTIL LINGUAGEM ORAL E ESCRITA. Premissas básicas: EDUCAÇÃO INFANTIL A Educação Infantil, enquanto segmento de ensino que propicia um maior contato formal da criança com o mundo que a cerca, deve favorecer a socialização da criança, permitir a interação

Leia mais

de conteúdos Timbre Alteração tímbrica Realce tímbrico Expressividade Dinâmica Legato e staccato Densidade sonora Altura Intervalos Melódicos e

de conteúdos Timbre Alteração tímbrica Realce tímbrico Expressividade Dinâmica Legato e staccato Densidade sonora Altura Intervalos Melódicos e Planificação 2014/2015 6º ano Educação Musical Núcleos organizadores Interpretação e Comunicação Metas de aprendizagem O aluno decide sobre a aplicação de elementos de dinâmica e agógica na interpretação

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Educação Musical; Formação de Professores; Oficina de Violão; Educação básica.

PALAVRAS-CHAVE: Educação Musical; Formação de Professores; Oficina de Violão; Educação básica. INICIAÇÃO À DOCÊNCIA EM MÚSICA: RESULTADOS DO PIBID EM DUAS ESCOLAS PÚBLICAS DE GOIÂNIA/GO Luna Borges MELO luna.borges.melo@gmail.com Larissa dos Santos MARTINS Escola de Música e Artes Cênicas - UFG

Leia mais

ESCOLA BÁSICA 2º CICLO GASPAR FRUTUOSO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO MUSICAL

ESCOLA BÁSICA 2º CICLO GASPAR FRUTUOSO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO MUSICAL ESCOLA BÁSICA 2º CICLO GASPAR FRUTUOSO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO MUSICAL 2011/2012 5º ANO Timbre: a qualidade do som que permite identificar a sua fonte. Figuras rítmicas: sinais musicais que indicam a duração

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Departamento de Expressões e Tecnologias Planificação Anual de Educação Musical 6º ano Ano Letivo 2015/2016

Leia mais

MARCOS DE APRENDIZAGEM EDUCAÇÃO INFANTIL 0 a 3 Anos

MARCOS DE APRENDIZAGEM EDUCAÇÃO INFANTIL 0 a 3 Anos Prefeitura Municipal do Salvador Secretaria Municipal da Educação e Cultura SMEC Coordenadoria de Ensino e Apoio Pedagógico CENAP MARCOS DE APRENDIZAGEM EDUCAÇÃO INFANTIL 0 a 3 Anos COMPETÊNCIA CONTEÚDO

Leia mais

Contação de Histórias PEF

Contação de Histórias PEF Contação de Histórias PEF Qual a importância da narração oral? -Exerce influência tanto sobre aspectos intelectuais quanto emocionais da criança. -Tem a capacidade de estimular a imaginação, a criatividade

Leia mais

PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO

PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO Rebeca Vieira de Queiroz Almeida Faculdade Saberes Introdução O presente texto é um relato da experiência do desenvolvimento do projeto

Leia mais

Orquestra de flautas doces do Colégio de Aplicação da UFRGS

Orquestra de flautas doces do Colégio de Aplicação da UFRGS Orquestra de flautas doces do Colégio de Aplicação da UFRGS Juliana Rigon Pedrini jupedrini@terra.com.br Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Resumo. O presente trabalho é

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL. DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO MÚSICA

ENSINO FUNDAMENTAL. DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO MÚSICA CHARLES DARWIN ENSINO FUNDAMENTAL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO MÚSICA OBJETIVOS GERAIS Explorar e identificar elementos da música para se expressar e interagir com outros; Interpretar músicas

Leia mais

Período: Matutino. 1º semestre/2013. Professora: Lara Fernandes Moreira. Coordenadora Pedagógica: Júlia Souto Guimarães Araújo

Período: Matutino. 1º semestre/2013. Professora: Lara Fernandes Moreira. Coordenadora Pedagógica: Júlia Souto Guimarães Araújo Memórias de um Grupo 3 Período: Matutino 1º semestre/2013 Professora: Lara Fernandes Moreira Coordenadora Pedagógica: Júlia Souto Guimarães Araújo Baú de guardados (Alice Ruiz) Trago, fechado no peito,

Leia mais

Planificação MÚSICA TIMORENSE NO 2.º CICLO: APRENDIZAGENS ARTÍSTICAS E CULTURAIS

Planificação MÚSICA TIMORENSE NO 2.º CICLO: APRENDIZAGENS ARTÍSTICAS E CULTURAIS MÚSICA TIMORENSE NO 2.º CICLO: APRENDIZAGENS ARTÍSTICAS E CULTURAIS Sessão n.º 1 1- Apresentação do projeto: objectivos e finalidades; 2- Apresentação dos objetivos e finalidades; 3- Música Timorense (He-le-le);

Leia mais

METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos)

METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos) METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos) 1. CONHECIMENTO DO MUNDO Expressar curiosidade e desejo de saber; Reconhecer aspetos do mundo exterior mais próximo; Perceber a utilidade de usar os materiais do seu quotidiano;

Leia mais

EDUCAÇÃO MUSICAL PARA ATORES: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DO CURSO LABORATÓRIO VOCAL

EDUCAÇÃO MUSICAL PARA ATORES: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DO CURSO LABORATÓRIO VOCAL EDUCAÇÃO MUSICAL PARA ATORES: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DO CURSO LABORATÓRIO VOCAL José Leandro Silva Rocha UFRN Resumo: Este relato de experiência tem como objetivo discutir estratégias metodológicas adotadas

Leia mais

O Jogo de Dados de Mozart. Série Matemática na Escola

O Jogo de Dados de Mozart. Série Matemática na Escola O Jogo de Dados de Mozart Série Matemática na Escola Objetivos 1. Relacionar música e matemática; 2. Apresentar os fundamentos de análise combinatória e probabilidade; 3. Exibir uma aplicação prática de

Leia mais

Nome: Maurício Barbosa de Lima Informações da Escola: Nome da Escola: Creche Pequeno Príncipe Cidade: Cabedelo UF: PB Informações do Projeto:

Nome: Maurício Barbosa de Lima Informações da Escola: Nome da Escola: Creche Pequeno Príncipe Cidade: Cabedelo UF: PB Informações do Projeto: Nome: Maurício Barbosa de Lima Informações da Escola: Nome da Escola: Creche Pequeno Príncipe Cidade: Cabedelo UF: PB Informações do Projeto: Categoria: (TEMA LIVRE) Educação Infantil Projeto: Jogos corporais

Leia mais

Na sala de aula com as crianças

Na sala de aula com as crianças O CD Rubem Alves Novas Estórias, volume 3, abre novas janelas de oportunidade para quem gosta da literatura. Através do audiolivro podemos apreciar encantadoras histórias e deixar fluir a imaginação. Rubem

Leia mais

A Linda Rosa Juvenil e as crianças da 3ª série na escola municipal

A Linda Rosa Juvenil e as crianças da 3ª série na escola municipal A Linda Rosa Juvenil e as crianças da 3ª série na escola municipal Bárbara Amábile Benvenutti barbaramabile@hotmail.com Ellen de Albuquerque Boger Stencel ellen.stencel@unasp.edu.br Silvane Pozeti de Campos

Leia mais

Projeto Educ arte 1.º PERÍODO. Planificação Conteúdo Objetivo Semana anual. Jogos de Apresentação Descobrir o teatro 1

Projeto Educ arte 1.º PERÍODO. Planificação Conteúdo Objetivo Semana anual. Jogos de Apresentação Descobrir o teatro 1 Projeto Educ arte Planificação Conteúdo Objetivo Semana anual 1.º PERÍODO Jogos de Apresentação Descobrir o teatro 1 Introdução à música: Saber distinguir ritmo de - Ritmo, melodia; melodia, perceber a

Leia mais

COLÉGIO MAGNUM BURITIS

COLÉGIO MAGNUM BURITIS COLÉGIO MAGNUM BURITIS ENSINO FUNDAMENTAL PROGRAMAÇÃO 3ª ETAPA / 2014 MATERNAL III Srs. pais ou responsáveis, caros alunos, Vocês estão recebendo a programação da 3ª Etapa de 2014. Este material serve

Leia mais

PLANIFICAÇÕES AEC Expressão Musical

PLANIFICAÇÕES AEC Expressão Musical PLANIFICAÇÕES AEC Expressão Musical 1º Ano Sons do meio ambiente e da natureza / silêncio Sons do corpo (níveis corporais) Sons naturais e artificiais Sons fortes e fracos Sons pianos (p), médios (mf)

Leia mais

COLEÇÃO SAE DIGITAL EDUCAÇÃO INFANTIL

COLEÇÃO SAE DIGITAL EDUCAÇÃO INFANTIL COLEÇÃO SAE DIGITAL EDUCAÇÃO INFANTIL A CRIANÇA E O MUNDO A coleção está organizada com base em duas concepções principais: o entendimento sobre o que é a criança e determinada definição de cultura. A

Leia mais

Coordenadoria de Educação. I CADERNO DE APOIO PEDAGÓGICO 2010 Música Professor (a) África do Sul 1º. ao 3º. ano

Coordenadoria de Educação. I CADERNO DE APOIO PEDAGÓGICO 2010 Música Professor (a) África do Sul 1º. ao 3º. ano I CADERNO DE APOIO PEDAGÓGICO 2010 Música Professor (a) África do Sul 1º. ao 3º. ano Eduardo Paes Prefeito da Cidade do Rio de Janeiro Profª Claudia Costin Secretária Municipal de Educação Profª Regina

Leia mais

9º Simposio de Ensino de Graduação EDUCAÇÃO MUSICAL - MÚSICA LICENCIATURA NA UNIMEP

9º Simposio de Ensino de Graduação EDUCAÇÃO MUSICAL - MÚSICA LICENCIATURA NA UNIMEP 9º Simposio de Ensino de Graduação EDUCAÇÃO MUSICAL - MÚSICA LICENCIATURA NA UNIMEP Autor(es) JOANICE VICENTE CASEMIRO Co-Autor(es) DANIELLE DE LIMA MARQUES ANA PAULA MORETTI MARTINS FELIPE VECCHINI FERNANDO

Leia mais

Projeto: Teatro Infantil

Projeto: Teatro Infantil Cooperativa de Ensino e Cultura de Santa Rita Projeto: Teatro Infantil O teatro é a poesia que sai do livro e se faz humana. (Frederico Garcia Lorca) 1 Unidade Executora: Coordenação Pedagógica, Grupo

Leia mais

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2010. Infantil II Segmento I

Colégio Cor Jesu Brasília DF. Plano de Curso 2010. Infantil II Segmento I Colégio Cor Jesu Brasília DF Plano de Curso 2010 Infantil II Segmento I PLANO DE CURSO 2009 INFANTIL II Disciplina: ARTES Série: INFANTIL II Segmento: I COMPETÊNCIAS HABILIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS -

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Madalena. Projeto do Clube de Música. Ano Lectivo 2012-2013 1

Agrupamento de Escolas da Madalena. Projeto do Clube de Música. Ano Lectivo 2012-2013 1 Agrupamento de Escolas da Madalena Projeto do Clube de Música Ano Lectivo 2012-2013 1 Projectos a desenvolver/participar: Projetos Dinamizado por: 1º Concurso de Flauta Prof. Teresa Santos - Participação

Leia mais

GRUPO FRESTAS: FORMAÇÃO E RESSIGNIFICAÇÃO DO EDUCADOR: SABERES, TROCA, ARTE E SENTIDOS

GRUPO FRESTAS: FORMAÇÃO E RESSIGNIFICAÇÃO DO EDUCADOR: SABERES, TROCA, ARTE E SENTIDOS Eixo: Políticas para a Infância e Formação de Professores Contempla as produções acadêmico-científicas que tratam de ações políticas e legislações referentes à Educação Infantil e a infância. Aborda pesquisas

Leia mais

A Arte e as Crianças

A Arte e as Crianças A Arte e as Crianças A criança pequena consegue exteriorizar espontaneamente a sua personalidade e as suas experiências inter-individuais, graças aos diversos meios de expressão que estão à sua disposição.

Leia mais

Valores: R$ 21,00 (comerciário/dependente), R$ 37,00 (conveniado) e R$ 48,00 (usuário).

Valores: R$ 21,00 (comerciário/dependente), R$ 37,00 (conveniado) e R$ 48,00 (usuário). CURSOS DE MÚSICA DO SESC (2º Semestre) MODALIDADE INICIANTE 1) VIOLÃO POPULAR Este curso está direcionado ao estudo da música popular com acompanhamento harmônico. Serão praticadas canções do repertório

Leia mais

CURRÍCULO UNIFICADO PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA BERÇÁRIO e INICIAL 1º BIMESTRE - BERÇÁRIO e INICIAL

CURRÍCULO UNIFICADO PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA BERÇÁRIO e INICIAL 1º BIMESTRE - BERÇÁRIO e INICIAL CUÍCULO UNFCDO P DUCÇÃO BÁC BÇÁO e NCL 1º BM - BÇÁO e NCL Á OND CHG CONÚDO / VDD MMÁC o estabelecimento de aproximações a algumas noções matemáticas presentes no cotidiano. equência numérica por meio da

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA As Histórias do Senhor Urso 2. EPISÓDIO(S) TRABALHADO(S): O piado da coruja 3. SINOPSE DO(S) EPISÓDIO(S) ESPECÍFICO(S) O episódio O piado da Coruja

Leia mais

APONTAMENTOS SOBRE A DISCIPLINA DE PERCEPÇÃO MUSICAL NO ENSINO SUPERIOR DE MÚSICA

APONTAMENTOS SOBRE A DISCIPLINA DE PERCEPÇÃO MUSICAL NO ENSINO SUPERIOR DE MÚSICA APONTAMENTOS SOBRE A DISCIPLINA DE PERCEPÇÃO MUSICAL NO ENSINO SUPERIOR DE MÚSICA Luiz Rafael Moretto Giorgetti Universidade do Sagrado Coração, Bauru/SP (Ex-aluno) e-mail: rafael_giorgetti@hotmail.com

Leia mais

A ATIVIDADE DE MUSICALIZAÇÃO NO ESPAÇO DA EDUCAÇÃO INFANTIL: POSSIBILIDADES DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA

A ATIVIDADE DE MUSICALIZAÇÃO NO ESPAÇO DA EDUCAÇÃO INFANTIL: POSSIBILIDADES DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA A ATIVIDADE DE MUSICALIZAÇÃO NO ESPAÇO DA EDUCAÇÃO INFANTIL: POSSIBILIDADES DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA Resumo VIEGAS, Elis Regina dos Santos 1 - UFGD Grupo de Trabalho - Didática: Teorias, Metodologias

Leia mais

Desenvolvimento Eixo movimento - crianças de 4 a 8 meses. Objetivos Dimensões Atividades Material Indicador. Reconhecimento progressivo de segmentos

Desenvolvimento Eixo movimento - crianças de 4 a 8 meses. Objetivos Dimensões Atividades Material Indicador. Reconhecimento progressivo de segmentos Desenvolvimento Eixo movimento - de 4 a 8 meses. Objetivos Dimensões Atividades Material Indicador. Reconhecimento progressivo de segmentos Papel laminado. Espelho de parede. e elementos do próprio Almofadas.

Leia mais