6º FÓRUM FEBRABAN DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO SUSTENTABILIDADE NA GESTÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE OCUPACIONAL DUPONT DO BRASIL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "6º FÓRUM FEBRABAN DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO SUSTENTABILIDADE NA GESTÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE OCUPACIONAL DUPONT DO BRASIL"

Transcrição

1 6º FÓRUM FEBRABAN DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO SUSTENTABILIDADE NA GESTÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE OCUPACIONAL DUPONT DO BRASIL 21 DE OUTUBRO DE 2009 Drª Lorene Marciano - IHS

2 2 DUPONT NO BRASIL Presença desde funcionários Produtos: Tintas automotivas Produtos agrícolas Elastômeros Tecido não tecido Ingredientes para industria alimentícia Sementes

3 3 Traduzimos os milagres da ciência em soluções para melhorar a qualidade de vida das pessoas e dessa forma geramos valor aos nossos acionistas. A Ciência é a fonte que sustenta nossas vantagens competitivas.

4 4 VALORES CORPORATIVOS Segurança, Meio Ambiente e Saúde Ética na condução dos negócios Tratamento justo e respeitoso às pessoas INTERLIGADOS AO CRESCIMENTO SUSTENTÁVEL

5 INTEGRATED HEALTH SERVICE 5 SAÚDE É o estado de completo bem-estar físico, mental e social. Não é apenas a ausência de doença. No ambiente de trabalho temos que levar em conta 2 aspectos: Os efeitos do trabalho na saúde (saúde de ocupacional); Os efeitos da saúde pessoal no trabalho. SAÚDE O foco de nosso trabalho é prevenção : mantendo um ambiente de trabalho saudável; estimulando a manutenção de um estilo de vida saudável; realizando a gestão eficaz das questões de saúde.

6 6 Responsabilidades do IHS Condições de Trabalho Condições socio-econômicas do Funcionário Condições econômicas da Empresa Atividade de Trabalho Características pessoais do Funcionário Gerenciamento dos funcionários Obra resultante do Trabalho Produto Final Comercializável Resultado do Trabalho

7 7 INTEGRATED HEALTH SERVICE GOVERNO Ministério do Trabalho Ministério da Saúde INSS Condições sócio-econômicas Condições de saúde Condições Mental Cognição Status Cultural Condições familiares Medicina Ocupacional Wellness Check-ups Programa Apoio Saúde Ocupacional PCMSO PCA PPR ERGONOMIA Monitoramento Biológico Ginástica Laboral Guidelines DuPont Procedimentos Ética Produtividade Qualidade Negócio FUNCIONÁRIO EMPRESA IHS

8 8 MEDICINA OCUPACIONAL PROGRAMA INTEGRATED HEALTH SERVICE SAÚDE OCUPACIONAL APOIO WELLNESS CHECK-UPs DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

9 9 PERIÓDICOS CHECK-UPS PROGRAMA APOIO SAÚDE OCUPACIONAL WELLNESS

10 10

11 11

12 12

13 13

14 14

15 15

16 16 Number of `At Risk` Factors 8 or more At Risk factors 7 At Risk factors 6 At Risk factors 5 At Risk factors 4 At Risk factors 3 At Risk factors 2 At Risk Factors 1 At Risk Factor No At Risk Factors 0.0% (0 / 498) 0.2% (1 / 498) 1.2% (6 / 498) 6.2% (31 / 498) 12.7% (63 / 498) 25.1% (125 / 498) 31.7% (158 / 498) 15.5% (77 / 498) 7.4% (37 / 498)

17 17 Productivity & Time Loss associated with Lifestyle Risk factors based on 496 individuals who completed the Work Limitations Questionnaire (WLQ) Prevalence% n=499 Productivity Loss by Job Tasks (WLQ scale scores) MentalInterpersonalLoss TimeManagementLoss Loss OutputDemands PhysicalDemandsL oss Impact on ProductivityPresenteeism (P) & Productivity LossP TimeLossA ProductivityImpact ofa and P Financial ImpactAvg. per1000 peremployee employe es REFERENCE GROUP No At Risk factors 7.40% 1.20% 1.40% 1.80% 3.40% 0.40% 0.50% 0.90% $279 $20,659 No At Risks or chronic conditions 4.60% 0.60% 0.50% 0.50% 2.20% 0.20% 0.60% 0.80% $250 $11,541 AT RISK BEHAVIORS Alcohol: At Risk (Mod to Very High) 5.20% 1.50% 5.80% 1.10% 4.40% 0.70% 0.70% $200 $10,421 Eating: At Risk (Mod to Very High) 48.30% 3.30% 4.20% 3.40% 8.30% 1.10% 2.70% 3.80% $1,140 $550,682 Exercise: At Risk (Mod to Very High) 64.70% 2.70% 3.80% 2.60% 7.00% 0.90% 2.30% 3.20% $967 $626,231 Smoking: Smoker 11.00% 1.70% 4.50% 2.80% 7.90% 0.90% 3.10% 4.00% $1,201 $132,332 Stress: At Risk (Mod to Very High) 54.90% 4.00% 4.70% 4.60% 8.90% 1.30% 1.60% 3.00% $887 $487,178 Weight: At Risk (Mod to Very High) 21.40% 2.80% 4.40% 3.80% 9.60% 1.10% 2.20% 3.30% $982 $210,525 NUMBER OF AT RISK FACTORS 1 At Risk factor 15.40% 1.70% 3.20% 1.60% 5.60% 0.50% 0.40% 0.90% $283 $43,604 2 At Risk factors 31.70% 2.70% 3.60% 3.60% 7.50% 1.00% 2.50% 3.40% $1,026 $324,835 3 At Risk factors 25.10% 2.40% 3.00% 3.20% 8.30% 0.90% 2.00% 2.90% $869 $217,655 4 or more At Risk factors 20.20% 4.10% 5.10% 3.40% 8.90% 1.30% 1.90% 3.20% $957 $193,668 5 or more At Risk factors 7.60% 2.90% 6.00% 3.60% 6.10% 1.20% 1.20% $371 $28,221 RISK LEVEL BASED ON NUMBER OF AT RISK FACTORS Low Risk (0,1 or 2) 54.90% 2.20% 3.10% 2.80% 6.30% 0.80% 1.60% 2.40% $712 $391,150 Moderate Risk (3 or 4) 37.70% 3.20% 3.50% 3.20% 9.10% 1.10% 2.30% 3.40% $1,017 $383,296 High Risk (5 or more) 7.60% 2.90% 6.00% 3.60% 6.10% 1.20% 1.20% $371 $28,221

18 18 Alcohol Risk (5%) Eating Risk (48%) Exercise Risk (65%) Smoking Risk (11%) Stress Risk (55%) Weight Risk (21%) 0% 25% 50% 75% 100% At Risk / High Readiness Groups

19 19 EATING WEIGHT 48% have eating habits rated moderate to very high risk. Of these: 29% are overweight 0% have heart disease 13% have high cholesterol 14% have high blood pressure 4% have diabetes or abnormal blood sugar Eating 27% are overweight or obese, with BMI > 27. Of these: 96% are men, 4% are women 2% have diabetes 0% have a high risk for diabetes 0% have heart disease 25% have high blood pressure 25% have high cholesterol Weight CHOLESTEROL BLOOD PRESSURE 25% (124) of all respondents have a history of or current blood pressure 140/90 or higher. Of these, 30% are currently on medication for hypertension 20% control their blood pressure with medication 21% control their blood pressure without medication 49% have never been treated 96% know their blood pressure. Of these: 18% have above normal blood pressure 4% don't know their blood pressure and may be at a similar incidence of hypertension, but are undiagnosed & untreated. Blood Pressure 25% (125) of all respondents have had or now have high total cholesterol. Of these, 4% are currently on cholesterol lowering medication 1% control their total cholesterol through medication 9% are able to control their levels without medication 43% have never been treated 58% know their total cholesterol levels. Of these: 28% have high total, 38% have low HDL 27% with high cholesterol are overweight 29% with high cholesterol have high blood pressure 42% do not know their total and/or HDL cholesterol and may have similar incidence of cholesterol risk. Cholesterol

20 20 EXAMES PERIÓDICOS CHECK-UPS Periódico clínico anual Propomos aos funcionários a realizarem um check-up com conteúdo de acordo com sua faixa etária.

21 21 PROGRAMA CHECK UPS COMPARATIVO RESULTADOS 2006/2008 DPC - Guarulhos Períodicos Realizados Check-up Realizados Glicemias Alteradas > 99 Colesterol Alterados > 200 LDL > 100 IMC >25 Triglicerídes Alterados > 150

22 22 O que é o Programa Apoio É um Programa baseado nas diretrizes do EAP - Employee Assistance Program, oferecido pela empresa aos seus funcionários e familiares diretos, cujo objetivo é apoiá-los na solução de problemas de ordem pessoal que possam estar afetando, o desempenho profissional, produtividade e / ou segurança. Denominado internamente Programa Apoio

23 23 Colaboradores saudáveis = Empresa Saudável Saúde é um bom Negócio

24 Lorene Marciano Coordenadora IHS - DuPont do Brasil S/A

A integração entre saúde ocupacional e assistencial. Dr. Marcos J. C. Baptista, MBA 30.06.2011

A integração entre saúde ocupacional e assistencial. Dr. Marcos J. C. Baptista, MBA 30.06.2011 A integração entre saúde ocupacional e assistencial Dr. Marcos J. C. Baptista, MBA 30.06.2011 Evolução dos modelos de saúde nas empresas Medicina Industrial Medicina do Trabalho Saúde Ocupacional Saúde

Leia mais

INTERFERÊNCIA DO TREINAMENTO EM NATAÇÃO COM DIFERENTES INTENSIDADES NA CARCINOGÊNESE EXPERIMENTAL DO CÓLON

INTERFERÊNCIA DO TREINAMENTO EM NATAÇÃO COM DIFERENTES INTENSIDADES NA CARCINOGÊNESE EXPERIMENTAL DO CÓLON WELLINGTON LUNZ INTERFERÊNCIA DO TREINAMENTO EM NATAÇÃO COM DIFERENTES INTENSIDADES NA CARCINOGÊNESE EXPERIMENTAL DO CÓLON Dissertação apresentada à Universidade Federal de Viçosa, como parte das exigências

Leia mais

O grande desafio é aumentar os níveis de atividade física na população em ambientes comunitários ", mas, como fazê-lo?

O grande desafio é aumentar os níveis de atividade física na população em ambientes comunitários , mas, como fazê-lo? O grande desafio é aumentar os níveis de atividade física na população em ambientes comunitários ", mas, como fazê-lo? The challenger is Increase levels of physical activity in the population in community

Leia mais

SEMINÁRIO BRASILEIRO DE PREVENÇÃO QUATERNÁRIA EM APS

SEMINÁRIO BRASILEIRO DE PREVENÇÃO QUATERNÁRIA EM APS SEMINÁRIO BRASILEIRO DE PREVENÇÃO QUATERNÁRIA EM APS DISLIPIDEMIA E PREVENÇÃO QUATERNÁRIA João Carlos Schneider, MFC Unidade de Saúde Estrela SMS Curitiba jschneider@gmail.com V DIRETRIZ DE DISLIPIDEMIA

Leia mais

Cholesterol. Blood fats are measured by a blood test. Your results will tell you:

Cholesterol. Blood fats are measured by a blood test. Your results will tell you: Cholesterol Cholesterol is a fatty substance that your body needs to work. It is made in the liver and found in food that comes from animals, such as meat, eggs, milk products, butter, and lard. Too much

Leia mais

ATUALIZA ASSOCIAÇÃO CULTURAL ENFERMAGEM EM EMERGÊNCIA ÍRIA CRUZ PIMENTEL

ATUALIZA ASSOCIAÇÃO CULTURAL ENFERMAGEM EM EMERGÊNCIA ÍRIA CRUZ PIMENTEL ATUALIZA ASSOCIAÇÃO CULTURAL ENFERMAGEM EM EMERGÊNCIA ÍRIA CRUZ PIMENTEL RELAÇÃO DA ETNIA COM A HIPERTENSÃO ARTERIAL EM PACIENTES RESGISTRADOS NO PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DE HIPERTENSOS E DIABÉTICOS

Leia mais

P Ú B L I C O I N T E R N O

P Ú B L I C O I N T E R N O Apresentação O Banrisul valoriza seus colaboradores por entender que estes são a essência do negócio. A promoção da qualidade de vida e da segurança dos funcionários é uma prática constante que comprova

Leia mais

Diabetes e Hipogonadismo: estamos dando a devida importância?

Diabetes e Hipogonadismo: estamos dando a devida importância? Diabetes e Hipogonadismo: estamos dando a devida importância? por Manuel Neves-e-Castro,M.D. Clinica de Feminologia Holistica Website: http://neves-e-castro.pt Lisboa/Portugal Evento Cientifico Internacional

Leia mais

Self-reported diabetes: a feasible solution for national surveys in developing countries as Brazil.

Self-reported diabetes: a feasible solution for national surveys in developing countries as Brazil. Self-reported diabetes: a feasible solution for national surveys in developing countries as Brazil. Valéria M. Azeredo Passos, Janaina Caldeira Pereira, Sandhi Maria Barreto INTRODUCTION Type 2 diabetes

Leia mais

P Ú B L I C O I N T E R N O

P Ú B L I C O I N T E R N O Apresentação O Banrisul valoriza seus colaboradores por entender que estes são a essência do negócio. A promoção da qualidade de vida e da segurança dos funcionários é uma prática constante que comprova

Leia mais

PPRDOC PROGRAMA DE PREVENÇÃO E REABILITAÇÃO DE DOENÇAS OCUPACIONAIS E CRÔNICAS

PPRDOC PROGRAMA DE PREVENÇÃO E REABILITAÇÃO DE DOENÇAS OCUPACIONAIS E CRÔNICAS PPRDOC PROGRAMA DE E DE DOENÇAS OCUPACIONAIS E CRÔNICAS APRESENTAÇÃO Prezados, A MCA Saúde e Bem-Estar é uma empresa especializada em planejar, implantar, aperfeiçoar e coordenar programas, projetos e

Leia mais

SABADOR. Apresentadora: Renée Sarmento de Oliveira Membro da equipe de Cardiologia/Coronária HBD. Professora de Clínica Médica da UNIRIO

SABADOR. Apresentadora: Renée Sarmento de Oliveira Membro da equipe de Cardiologia/Coronária HBD. Professora de Clínica Médica da UNIRIO SABADOR Prevenção Primária: em quem devemos usar estatina e aspirina em 2015? Apresentadora: Renée Sarmento de Oliveira Membro da equipe de Cardiologia/Coronária HBD Professora de Clínica Médica da UNIRIO

Leia mais

Especialista em bem-estar no ambiente de trabalho

Especialista em bem-estar no ambiente de trabalho Especialista em bem-estar no ambiente de trabalho NOSSA ESPECIALIDADE É MANTER SUA EMPRESA SAUDÁVEL A Engemed entende Medicina do Trabalho como sendo a análise completa de fatores ambientais, físicos e

Leia mais

Predição da Pré-eclâmpsia no Primeiro Trimestre

Predição da Pré-eclâmpsia no Primeiro Trimestre Predição da Pré-eclâmpsia no Primeiro Trimestre JOSÉ PAULO DA SILVA NETTO 12w Specialist care 12-34w 22w 36w 41w PIRÂMIDE DE CUIDADO PRÉ-NATAL: PASSADO E PRESENTE Prevenção da pré-eclâmpsia Baixa dose

Leia mais

Relação linear inversa entre envelhecimento e renda; Comorbidades e incapacidades baixa renda; Baixa renda está relacionada a cuidados mais precários

Relação linear inversa entre envelhecimento e renda; Comorbidades e incapacidades baixa renda; Baixa renda está relacionada a cuidados mais precários Idiane Rosset-Cruz Doutoranda em Enfermagem Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Universidade de São Paulo Relação linear inversa entre envelhecimento e renda; Comorbidades e incapacidades baixa renda;

Leia mais

7º Congresso Unidas de

7º Congresso Unidas de 7º Congresso Unidas de Gestão o de Assistência à Saúde Dra. Rozana Ciconelli Centro Paulista de Economia da Saúde Escola Paulista de Medicina A epidemia da obesidade Como as doenças crônicas afetam a gestão

Leia mais

PESQUISA DO 1º FORUM INTERNACIONAL DE SAUDE AAPSA

PESQUISA DO 1º FORUM INTERNACIONAL DE SAUDE AAPSA PESQUISA DO 1º FORUM INTERNACIONAL DE SAUDE AAPSA Introdução Introdução A ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE RECURSOS HUMANOS E GESTORES DE PESSOAS - AAPSA, instituição empreendedora, referência em debates de atualidades,

Leia mais

Política de Gestão de Pessoas

Política de Gestão de Pessoas julho 2010 5 1. Política No Sistema Eletrobras, as pessoas são agentes e beneficiárias do fortalecimento organizacional, contribuindo para a competitividade, rentabilidade e sustentabilidade empresarial.

Leia mais

Braskem Máxio. Maio / May 2015

Braskem Máxio. Maio / May 2015 Maio / May 2015 Braskem Máxio Braskem Máxio Braskem Maxio é um selo que identifica resinas de PE, PP ou EVA dentro do portfólio da Braskem com menor impacto ambiental em suas aplicações. Esta exclusiva

Leia mais

Avaliação do Programa de Alimentação do Trabalhador na Região Metropolitana do Recife (1976-2013)

Avaliação do Programa de Alimentação do Trabalhador na Região Metropolitana do Recife (1976-2013) CHAMADA MCTI-CNPq/MDS-SAGI Nº 24/2013 DESENVOLVIMENTO SOCIAL Avaliação do Programa de Alimentação do Trabalhador na Região Metropolitana do Recife (1976-2013) TEMA 4: SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

Leia mais

Modelo de Saúde Vivo/Telefonica. Michel Daud, M.D. Diretoria de Saúde e Qualidade de Vida

Modelo de Saúde Vivo/Telefonica. Michel Daud, M.D. Diretoria de Saúde e Qualidade de Vida Modelo de Saúde Vivo/Telefonica Michel Daud, M.D. Diretoria de Saúde e Qualidade de Vida Porque Investir em Saúde? Para o Colaborador Promove conscientização Aumenta auto estima Proporciona atendimento

Leia mais

Treinamento de Força e Diabetes. Ms. Sandro de Souza

Treinamento de Força e Diabetes. Ms. Sandro de Souza Treinamento de Força e Diabetes Ms. Sandro de Souza Taxa de prevalência de Diabetes Mellitus Período: 2009 Relevância Diagnóstico de DIABETES MELLITUS Diabetes Care. 2007;30:S4 41. Resistência a Insulina

Leia mais

Tensão Arterial e Obesidade na comunidade assídua do mercado municipal de Portalegre

Tensão Arterial e Obesidade na comunidade assídua do mercado municipal de Portalegre Tensão Arterial e Obesidade na comunidade assídua do mercado municipal de Portalegre Blood Pressure and Obesity in the adult population who goes to the municipal market in Portalegre Andreia Costa António

Leia mais

Glaucoma. Types of Glaucoma. Risk Factors

Glaucoma. Types of Glaucoma. Risk Factors Glaucoma Glaucoma is an eye disease that can cause vision loss or blindness. With glaucoma, fluid builds up in the eye, which puts pressure on the back of the eye. This pressure injures the optic nerve

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA, SAÚDE E BEM-ESTAR NO TRABALHO

POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA, SAÚDE E BEM-ESTAR NO TRABALHO POLÍTICA DE SEGURANÇA POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA, SAÚDE E BEM-ESTAR NO TRABALHO Política de SEGURANÇA Política de SEGURANÇA A visão do Grupo Volvo é tornar-se líder

Leia mais

Cholesterol. There are 3 main types of fats in your blood:

Cholesterol. There are 3 main types of fats in your blood: Cholesterol Cholesterol is a fatty substance that your body needs to work. It is made in the liver and found in food that comes from animals, such as meat, eggs, milk products, butter and lard. Too much

Leia mais

5º Fórum Febraban de Segurança e Saúde no Trabalho do Sistema Financeiro. Programa Qualidade de Vida CAIXA. São Paulo - SP Outubro 2008

5º Fórum Febraban de Segurança e Saúde no Trabalho do Sistema Financeiro. Programa Qualidade de Vida CAIXA. São Paulo - SP Outubro 2008 5º Fórum Febraban de Segurança e Saúde no Trabalho do Sistema Financeiro Programa Qualidade de Vida CAIXA São Paulo - SP Outubro 2008 Sistema de Saúde e Segurança no Trabalho 1º NÍVEL 2º NÍVEL 3º NÍVEL

Leia mais

RH Saúde Ocupacional

RH Saúde Ocupacional Programa de Promoção da Saúde no Ambiente de Trabalho RH Saúde Ocupacional Objetivo Tem como principal objetivo propiciar ambiente de Tem como principal objetivo propiciar ambiente de trabalho e clima

Leia mais

POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA, SAÚDE E BEM ESTAR NO TRABALHO

POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA, SAÚDE E BEM ESTAR NO TRABALHO POLÍTICA DA QUALIDADE POLÍTICA AMBIENTAL POLÍTICA DE SEGURANÇA, SAÚDE E BEM ESTAR NO TRABALHO Política da QUALIDADE A satisfação do cliente está na base das operações do Grupo Volvo. A Qualidade é um pré

Leia mais

Lung Cancer. Risk Factors

Lung Cancer. Risk Factors Lung Cancer The lungs are the organs that help us breathe. They help to give oxygen to all the cells in the body. Cancer cells are abnormal cells. Cancer cells grow and divide more quickly than healthy

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Termo de Homologação do Pregão Eletrônico Nº 00033/2014 (SRP)

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. Termo de Homologação do Pregão Eletrônico Nº 00033/2014 (SRP) 14/10/2014 COMPRASNET O SITE DE COMPRAS DO GOVERNO Pregão Eletrônico CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO Termo de Homologação do Pregão Eletrônico Nº 00033/2014 (SRP) Às 16:20 horas do dia 14

Leia mais

FGV GV Saúde. Condições Crônicas Fatores de risco e prevenção. Centro de Medicina Preventiva Hospital Israelita Albert Einstein Março de 2013

FGV GV Saúde. Condições Crônicas Fatores de risco e prevenção. Centro de Medicina Preventiva Hospital Israelita Albert Einstein Março de 2013 FGV GV Saúde Condições Crônicas Fatores de risco e prevenção Centro de Medicina Preventiva Hospital Israelita Albert Einstein Março de 2013 A Revisão Continuada de Saúde Revisão Continuada de Saúde (RCS)

Leia mais

Estratégia Saúde Integrada

Estratégia Saúde Integrada Departamento de Saúde e Segurança Por trás de uma vida existem muitas outras. Estratégia Saúde Integrada Fernando Coelho Neto Gerente de Saúde Corporativa Evolução da estratégia em Saúde Corporativa Cultura

Leia mais

PROGRAMAS (41) 35620280. medicinaocupacional@saudemais.med.br. http://www.saudemais.med.br

PROGRAMAS (41) 35620280. medicinaocupacional@saudemais.med.br. http://www.saudemais.med.br (41) 35620280 medicinaocupacional@saudemais.med.br http://www.saudemais.med.br Temos a satisfação de apresentar nossos serviços de Saúde Ocupacional. Oferecemos assessoria completa em segurança e medicina

Leia mais

Relatório e Proposta de Programa para Grupos Corporativos: Atividade Física na Promoção da Saúde e Qualidade de Vida

Relatório e Proposta de Programa para Grupos Corporativos: Atividade Física na Promoção da Saúde e Qualidade de Vida 27 Relatório e Proposta de Programa para Grupos Corporativos: Atividade Física na Promoção da Saúde e Qualidade de Vida Simone Simões de Almeida Sganzerla Graduada em Educação Física Especialista em Gestão

Leia mais

Segurança e Medicina do Trabalho

Segurança e Medicina do Trabalho Case Segurança e Medicina do Trabalho contribuindo para a gestão de RH Bradesco Cartões Operações Uberlândia 2008 Nosso ponto de vista: Segurança e Medicina do Trabalho além de suportar ao atendimento

Leia mais

Aumento dos custos no sistema de saúde. Saúde Suplementar - Lei nº 9.656/98

Aumento dos custos no sistema de saúde. Saúde Suplementar - Lei nº 9.656/98 IX ENCONTRO NACIONAL DE ECONOMIA DA SAÚDE DA ABRES Utilização de Serviços em uma Operadora de Plano de Saúde que Desenvolve Programas de Promoção da Saúde e Prevenção de Doenças Cardiovasculares Danielle

Leia mais

Derrame. Sinais. Stroke. Brazilian Portuguese. 1

Derrame. Sinais. Stroke. Brazilian Portuguese. 1 Stroke A stroke occurs when the blood flow to the brain is decreased or stopped. The blood flow can be blocked from a blood clot, plaque or a leak in a blood vessel. Sometimes the blood flow to the brain

Leia mais

SESI Apresenta. Atendimento Clínico Nutricional. Um case de sucesso do Programa Alimentação Saudável na Indústria

SESI Apresenta. Atendimento Clínico Nutricional. Um case de sucesso do Programa Alimentação Saudável na Indústria SESI Apresenta Atendimento Clínico Nutricional Um case de sucesso do Programa Alimentação Saudável na Indústria Alimentação Saudável na Indústria Hipertensão, diabetes e obesidade são fatores que interferem

Leia mais

FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO PRÁTICAS DE EXERCÍCIOS FÍSICOS NO LAGO JABOTI

FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO PRÁTICAS DE EXERCÍCIOS FÍSICOS NO LAGO JABOTI FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO PRÁTICAS DE EXERCÍCIOS FÍSICOS NO LAGO JABOTI COELHO, J.C; FONTOURA, R.S; PEREIRA, C.A; DOBICZ, A.F; TORRES, A.A.S. Resumo O presente estudo tende em verificar as principais causas

Leia mais

Saúde Ativa Gestão de Saúde: Bem Estar, Doenças / Alto Risco e Casos Complexos

Saúde Ativa Gestão de Saúde: Bem Estar, Doenças / Alto Risco e Casos Complexos 1 Saúde Ativa Gestão de Saúde: Bem Estar, Doenças / Alto Risco e Casos Complexos Resultados A SulAmérica e o Saúde Ativa Ações para Adesão Nova fase Adesão e Engajamento Experiência da SulAmérica Programas

Leia mais

Estratégia Saúde Integrada

Estratégia Saúde Integrada Departamento de Saúde e Segurança Por trás de uma vida existem muitas outras. Estratégia Saúde Integrada Fernando Coelho Neto Gerente de Saúde Corporativa Evolução da estratégia em Saúde Corporativa Cumprimento

Leia mais

Abordagem comportamental na gestão de Segurança

Abordagem comportamental na gestão de Segurança Abordagem comportamental na gestão de Segurança Experiência DuPont 14 de junho 2012 Palestrante Mário Rabello Objetivo Compartilhar com o plenário a abordagem e algumas técnicas que a DuPont utiliza na

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MESTRADO EM NUTRIÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MESTRADO EM NUTRIÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MESTRADO EM NUTRIÇÃO GORDURA DIETÉTICA E LIPIDÍOS SÉRICOS ALYNE CRISTINE SOUZA DA SILVA Dissertação apresentada ao colegiado do Programa de

Leia mais

Prevalence of risk factors for cardiovascular disease in geriatric outpatients cared for at a public health care unit in Porto Alegre, RS

Prevalence of risk factors for cardiovascular disease in geriatric outpatients cared for at a public health care unit in Porto Alegre, RS PREVALÊNCIA DE FATORES DE RISCO PARA DOENÇAS... Vitor et al. Prevalência de fatores de risco para doenças cardiovasculares em pacientes geriátricos atendidos no ambulatório de um posto de saúde de Porto

Leia mais

EXPERIENCIAS ACTUALES DE SPF EN EL MUNDO PORTUGAL. Henrique Santos Farmacéutico comunitário Instituto Pharmcare

EXPERIENCIAS ACTUALES DE SPF EN EL MUNDO PORTUGAL. Henrique Santos Farmacéutico comunitário Instituto Pharmcare EXPERIENCIAS ACTUALES DE SPF EN EL MUNDO PORTUGAL Henrique Santos Farmacéutico comunitário Instituto Pharmcare Source: CEFAR, Centre for Health Evaluation & Research (ANF Group) / hmr Cambios en 2007 1

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

AS DOENÇAS E AS RELAÇÕES COM OS PROCESSOS TRABALHISTAS

AS DOENÇAS E AS RELAÇÕES COM OS PROCESSOS TRABALHISTAS AS DOENÇAS E AS RELAÇÕES COM OS PROCESSOS TRABALHISTAS Ana Maria Selbach Rodrigues Médica do Trabalho SAÚDE Saúde: do latim, salute salvação, conservação da vida (Dicionário Aurélio) OMS = saúde é um estado

Leia mais

Marcos Damas. www.bethaconsultoria.com.br. Prezados (as) Senhores (as),

Marcos Damas. www.bethaconsultoria.com.br. Prezados (as) Senhores (as), Prezados (as) Senhores (as), A BETHA CONSULTORIA EM SEGURANÇA DO TRABALHO é uma empresa especializada em assessoria e prestação de serviços na área de segurança e medicina do trabalho para os mais diversos

Leia mais

SEJA COMPETITIVO, PROMOVENDO A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO ACÇÕES DE SENSIBILIZAÇÃO

SEJA COMPETITIVO, PROMOVENDO A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO ACÇÕES DE SENSIBILIZAÇÃO www.medialcare.pt SEJA COMPETITIVO, PROMOVENDO A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO ACÇÕES DE SENSIBILIZAÇÃO 1 ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Com a colaboração de uma especialista em Nutrição, propomos apresentar a temática

Leia mais

ESTRESSE OCUPACIONAL E BURNOUT EM PROFISSIONAIS QUE ATUAM NAS EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA NO MUNICÍPIO DE ITAJAÍ

ESTRESSE OCUPACIONAL E BURNOUT EM PROFISSIONAIS QUE ATUAM NAS EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA NO MUNICÍPIO DE ITAJAÍ UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ - FRANCINE MILENE ROMÃO ESTRESSE OCUPACIONAL E BURNOUT EM PROFISSIONAIS QUE ATUAM NAS EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA NO MUNICÍPIO DE ITAJAÍ I t a j a í / SC 2009 FRANCINE MILENE

Leia mais

Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana

Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana Universidade Técnica de Lisboa Faculdade de Motricidade Humana O Método Pilates e os seus Efeitos em Termos de Autoeficácia na Musculatura do Pavimento Pélvico em Mulheres com Incontinência Urinária de

Leia mais

Pesquisa: Cultura de Saúde Marcos J. C. Baptista

Pesquisa: Cultura de Saúde Marcos J. C. Baptista Pesquisa: Cultura de Saúde Marcos J. C. Baptista 26/10/2011 A saúde das pessoas e o negócio Pessoa (bem-estar x doença) Produtividade (custo de oportunidade) Empresa (custo contábil) Stakeholders > 15

Leia mais

POLÍTICA DE GESTÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO E SAÚDE OCUPACIONAL DA ELETROBRAS ELETRONORTE

POLÍTICA DE GESTÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO E SAÚDE OCUPACIONAL DA ELETROBRAS ELETRONORTE POLÍTICA DE GESTÃO DE SEGURANÇA DO TRABALHO E SAÚDE OCUPACIONAL DA ELETROBRAS ELETRONORTE 1 OBJETIVO... 1 2 CONCEITOS... 3 3 DIRETRIZES... 3 4 RESPOSABILIDADES... 5 5 DISPOSIÇÕES GERAIS... 5 2 1 OBJETIVO

Leia mais

A ELABORAÇÃO DE UM PCMSO INTEGRADO AO SÉCULO S

A ELABORAÇÃO DE UM PCMSO INTEGRADO AO SÉCULO S A ELABORAÇÃO DE UM PCMSO INTEGRADO AO SÉCULO S XXI (PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO M DE SAÚDE OCUPACIONAL - NR-7) Dr. José Carlos T. Dias Ferreira CRM 46.101 DEPTO. DE MEDICINA E SEGURANÇA DO TRABALHO - CIESP

Leia mais

Atividade física e saúde: uma relação de sucesso

Atividade física e saúde: uma relação de sucesso Módulo 2 Unidade 7 Atividade física e saúde: uma relação de sucesso Para início de conversa... Desenvolver habilidades de leitura por meio de textos que abordem o tema atividades físicas e saúde, e apresentar

Leia mais

Saúde no Trabalho Contribuindo com a Sustentabilidade. Dra. Marcia Bandini Regional Occupational Health Manager LA&C

Saúde no Trabalho Contribuindo com a Sustentabilidade. Dra. Marcia Bandini Regional Occupational Health Manager LA&C Saúde no Trabalho Contribuindo com a Sustentabilidade Dra. Marcia Bandini Regional Occupational Health Manager LA&C Segurança e Saúde Ocupacional Marcus Evans/Abr 2012 1 Objetivos desta Apresentação Definir

Leia mais

Risco cardiovascular e os índices glicêmicos de idosos atendidos em uma clínica de saúde universitária na cidade de São Paulo

Risco cardiovascular e os índices glicêmicos de idosos atendidos em uma clínica de saúde universitária na cidade de São Paulo Risco cardiovascular e os índices glicêmicos de idosos atendidos em uma clínica de saúde universitária na cidade de São Paulo Cardiovascular risk and glycemic indexes of the elderly patients at a university

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE MEDICINA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MEDICINA TROPICAL. Ana Wieczorek Torrens

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE MEDICINA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MEDICINA TROPICAL. Ana Wieczorek Torrens UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE MEDICINA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MEDICINA TROPICAL Ana Wieczorek Torrens EFETIVIDADE DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA NA CURA DA TUBERCULOSE BRASÍLIA 2015 I EFETIVIDADE

Leia mais

DE SAÚDE PÚBLICA SAÚDE PÚBLICA E A SUSTENTABILIDADE DO SISTEMA DE SAÚDE. Porto, 28 de Outubro de 2010 Alcindo Maciel Barbosa

DE SAÚDE PÚBLICA SAÚDE PÚBLICA E A SUSTENTABILIDADE DO SISTEMA DE SAÚDE. Porto, 28 de Outubro de 2010 Alcindo Maciel Barbosa IICONGRESSO NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA SAÚDE PÚBLICA E A SUSTENTABILIDADE DO SISTEMA DE SAÚDE Porto, 28 de Outubro de 2010 Alcindo Maciel Barbosa Médico de Saúde Pública 1 O DILEMA DOS SISTEMAS DE SAÚDE:

Leia mais

Coronary Artery Disease (CAD)

Coronary Artery Disease (CAD) Coronary Disease (CAD) Coronary artery disease is also called heart disease or atherosclerosis. It is caused by the build up of fatty deposits called plaque in the blood vessels of the heart. The heart

Leia mais

DR. Eduardo Reis de Oliveira CEO

DR. Eduardo Reis de Oliveira CEO DR. Eduardo Reis de Oliveira CEO Percentual dos consumidores por tipo de contratação 19.9% Individual Planos novos 66.9% Coletivo Empresarial 13.2% Coletivo por Adesão 202.455.983 Brasileiros 50.270.398

Leia mais

PERFIL LIPIDÊMICO EM PACIENTES DE UMA COMUNIDADE RURAL ATENDIDOS PELO PROGRAMA CRUTAC NO DISTRITO DE ITAICOCA NO MUNICÍPIO DE PONTA GROSSA - PR

PERFIL LIPIDÊMICO EM PACIENTES DE UMA COMUNIDADE RURAL ATENDIDOS PELO PROGRAMA CRUTAC NO DISTRITO DE ITAICOCA NO MUNICÍPIO DE PONTA GROSSA - PR 110. ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( X ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA PERFIL LIPIDÊMICO EM PACIENTES

Leia mais

Inquérito aos Diplomados Graduate survey CURSOS DE MESTRADO MASTER COURSES ISMAI

Inquérito aos Diplomados Graduate survey CURSOS DE MESTRADO MASTER COURSES ISMAI Inquérito aos Diplomados Graduate survey CURSOS DE MESTRADO MASTER COURSES ISMAI Introdução Durante as duas últimas semanas de Fevereiro de 21, foi realizado nas instalações do ISMAI um inquérito aos diplomados

Leia mais

Promoção da saúde dos trabalhadores

Promoção da saúde dos trabalhadores Promoção da saúde dos trabalhadores Ana Claudia Camaro Gonçalves da Silva Médica colaboradora da disciplina saúde ocupacional Médica do CPS HCFMUSP Vice Presidente da ABPS Doutoranda em Educação em Promoção

Leia mais

CONSUMO ALIMENTAR E ATIVIDADE FÍSICA DE ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS DA ÁREA DE SAÚDE

CONSUMO ALIMENTAR E ATIVIDADE FÍSICA DE ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS DA ÁREA DE SAÚDE 41 Recebido em 11/2011. Aceito para publicação em 05/2012. CONSUMO ALIMENTAR E ATIVIDADE FÍSICA DE ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS DA ÁREA DE SAÚDE FOOD CONSUMPTION AND PHYSICAL ACTIVITIES OF COLLEGE STUDENTS

Leia mais

PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA NA MICRO E PEQUENA EMPRESA. Prof. José Ricardo Tóffoli

PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA NA MICRO E PEQUENA EMPRESA. Prof. José Ricardo Tóffoli PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA NA MICRO E PEQUENA EMPRESA Prof. José Ricardo Tóffoli DEFINIÇÃO Lei Geral da MPE Micro Empresa Faturamento de até R$ 240.000 mil/ano Pequena Empresa De R$ 240.000 mil até

Leia mais

FATORES QUE INTERFEREM NA QUALIDADE DO SERVIÇO NA UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA RENATO AUGUSTO PEDREIRA LEONNI EM SANTO AMARO DA PURIFICAÇÃO-BA.

FATORES QUE INTERFEREM NA QUALIDADE DO SERVIÇO NA UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA RENATO AUGUSTO PEDREIRA LEONNI EM SANTO AMARO DA PURIFICAÇÃO-BA. UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO ATUALIZA ASSOCIAÇÃO CULTURAL CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MBA EXECUTIVO EM SAÚDE- GESTÃO HOSPITALAR KARLA MICHELLINE OLIVEIRA BOAVENTURA FATORES QUE INTERFEREM NA QUALIDADE DO

Leia mais

PERFIL DOS HIPERTENSOS USUÁRIOS DE MEDICAMENTOS DA FARMÁCIA POPULAR DE ALFENAS-MG.

PERFIL DOS HIPERTENSOS USUÁRIOS DE MEDICAMENTOS DA FARMÁCIA POPULAR DE ALFENAS-MG. PERFIL DOS HIPERTENSOS USUÁRIOS DE MEDICAMENTOS DA FARMÁCIA POPULAR DE ALFENAS-MG. PROFILE OF HYPERTENSIVE USERS OF MEDICINES OF PEOPLE PHARMACY ALFENAS-MG. Luci Sanae Shoji, acadêmica de Farmácia, UNIFAL-MG

Leia mais

De: Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) Para: JBS S.A.

De: Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) Para: JBS S.A. São Paulo, 18 de novembro de 2013. De: Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) Para: JBS S.A. Esclarecimento e solicitação de providência a respeito de equívoco em comercial televisivo da campanha publicitária

Leia mais

6 Não será permitido o uso de dicionário.

6 Não será permitido o uso de dicionário. 1 2 3 4 5 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar,

Leia mais

A actividade física e o desporto: um meio para melhorar a saúde e o bem-estar

A actividade física e o desporto: um meio para melhorar a saúde e o bem-estar A actividade física e o desporto: um meio para melhorar a saúde e o bem-estar A actividade física e os desportos saudáveis são essenciais para a nossa saúde e bem-estar. Actividade física adequada e desporto

Leia mais

www.habitusconsulting.com.br

www.habitusconsulting.com.br A Empresa A Habitus Consulting (Habitus Consultoria em Gestão Ambiental e Organizacional Ltda.) é uma empresa sediada em Curitiba PR BRASIL, com atuação nacional concentrada nas questões ambientais e de

Leia mais

Môsiris R. Giovanini Pereira AFT RS Mestre em Epidemiologia UFRGS

Môsiris R. Giovanini Pereira AFT RS Mestre em Epidemiologia UFRGS Môsiris R. Giovanini Pereira AFT RS Mestre em Epidemiologia UFRGS Gestão da Saúde do Trabalhador na Indústria Quais os indicadores de saúde do trabalhador da indústria? Como estabelecer políticas de promoção,

Leia mais

Proposta Programa Saúde Sob Medida Check up diferenciado ABGS

Proposta Programa Saúde Sob Medida Check up diferenciado ABGS Proposta Programa Saúde Sob Medida Check up diferenciado ABGS 1 Informações da proposta Nossa proposta é composta por um Check Up Completo, Check up Feminino e Avaliação Esportiva direcionada aos associados

Leia mais

METALÚRGICA LTDA PROGRAMA DE ERGONOMIA RECIFE (PE) JULHO / 2010

METALÚRGICA LTDA PROGRAMA DE ERGONOMIA RECIFE (PE) JULHO / 2010 METALÚRGICA LTDA PROGRAMA DE ERGONOMIA RECIFE (PE) JULHO / 2010 PROERGO julho/2010 Pág. 1/7. I N D I C E 1. - APRESENTAÇÃO 2. - OBJETIVO 3. - INTRODUÇÃO 4. - EMPRESA BENEFICIADA 5. - CAMPO DE APLICAÇÃO

Leia mais

A responsabilidade social na cadeia de fornecedores. Lucas O. Guerra Gerente de P&D / Assessor da Diretoria

A responsabilidade social na cadeia de fornecedores. Lucas O. Guerra Gerente de P&D / Assessor da Diretoria A responsabilidade social na cadeia de fornecedores Lucas O. Guerra Gerente de P&D / Assessor da Diretoria Allergisa testes clínicos de segurança e eficácia. Clínica atendimento médico dermatológico,

Leia mais

GESTÃO DE SST DESAFIOS E POSSÍVEIS SOLUÇÕES

GESTÃO DE SST DESAFIOS E POSSÍVEIS SOLUÇÕES GESTÃO DE SST DESAFIOS E POSSÍVEIS SOLUÇÕES Nov.2014 Negócio CONTRIBUIR PARA O AUMENTO DA COMPETITIVIDADE Educação Qualidade de Vida Declaração Estratégica Missão Promover a qualidade de vida do trabalhador

Leia mais

Revista CPAQV - Centro de Pesquisas Avançadas em Qualidade de Vida - ISSN: 2178-7514 v.1, n. 2, 2009

Revista CPAQV - Centro de Pesquisas Avançadas em Qualidade de Vida - ISSN: 2178-7514 v.1, n. 2, 2009 Revista CPAQV - Centro de Pesquisas Avançadas em Qualidade de Vida - ISSN: 2178-7514 v.1, n. 2, 2009 QUALIDADE DE VIDA DE COLABORADORES DE UMA EMPRESA DO RAMO SUPERMERCADISTA DA CIDADE DE PONTA GROSSA

Leia mais

Como estimular suas equipes a serem saudáveis, felizes e produtivas. Dr. Marco Cantero

Como estimular suas equipes a serem saudáveis, felizes e produtivas. Dr. Marco Cantero Como estimular suas equipes a serem saudáveis, felizes e produtivas Dr. Marco Cantero Como estimular suas equipes a serem saudáveis, felizes e produtivas Como estimular suas equipes a serem saudáveis,

Leia mais

Determinação do Risco Cardiovascular em População de Check-up Espontâneo através do Escore de Framingham

Determinação do Risco Cardiovascular em População de Check-up Espontâneo através do Escore de Framingham Rev Bras Cardiol. 2013;26(5):356-63 Artigo Original 4 Galvão et al. Determinação do Risco Cardiovascular em População de Check-up Espontâneo através do Escore de Framingham Determination of Cardiovascular

Leia mais

Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres

Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres 2 Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres Ana Paula Bueno de Moraes Oliveira Graduada em Serviço Social Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUC Campinas Especialista

Leia mais

Efeitos da Ampla Modificação no Estilo de Vida como Dieta, Peso, Atividade Física e Controle da Pressão Arterial: Resultado de 18 Meses de Estudo

Efeitos da Ampla Modificação no Estilo de Vida como Dieta, Peso, Atividade Física e Controle da Pressão Arterial: Resultado de 18 Meses de Estudo Efeitos da Ampla Modificação no Estilo de Vida como Dieta, Peso, Atividade Física e Controle da Pressão Arterial: Resultado de 18 Meses de Estudo Randomizado Apresentado por Tatiana Goveia Araujo na reunião

Leia mais

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS. Gestão de Administração e Finanças Gerência de Gestão de Pessoas

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS. Gestão de Administração e Finanças Gerência de Gestão de Pessoas PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS Gestão de Administração e Finanças Gerência de Gestão de Pessoas Desenvolvimento Sustentável Social Econômico Ambiental Lucro Financeiro Resultado Social

Leia mais

Controle e Mapeamento de Doenças Ósteo-musculares. José Waldemir Panachão Médico do Trabalho Health Total - TRF3

Controle e Mapeamento de Doenças Ósteo-musculares. José Waldemir Panachão Médico do Trabalho Health Total - TRF3 Controle e Mapeamento de Doenças José Waldemir Panachão Médico do Trabalho Health Total - TRF3 O porque da realização do controle no TRF da 3ª região : 1. Procura espontânea dos Servidores 2. Processos

Leia mais

Wesley Vaz, MSc., CISA

Wesley Vaz, MSc., CISA Wesley Vaz, MSc., CISA Objetivos Ao final da palestra, os participantes deverão ser capazes de: Identificar e compreender os princípios do Cobit 5; Identificar e conhecer as características dos elementos

Leia mais

Avaliação Psicossocial: conceitos

Avaliação Psicossocial: conceitos Avaliação Psicossocial: conceitos Vera Lucia Zaher Pesquisadora do LIM 01 da FMUSP Programa de pós-graduação de Bioética do Centro Universitário São Camilo Diretora da Associação Paulista de Medicina do

Leia mais

ENCONTROS DE SAUDE CORPORATIVA ESC III

ENCONTROS DE SAUDE CORPORATIVA ESC III ENCONTROS DE SAUDE CORPORATIVA ESC III PESQUISA SOBRE SAÚDE CORPORATIVA EFETUADA POR UM CONSORCIO DE EMPRESAS DA ÁREA DE SAUDE CONSTATAÇÕES E IMPLICAÇÕES Duração: 4 semanas 44 respondentes Respondentes

Leia mais

PROTEUS SERVIÇOS. Certificações

PROTEUS SERVIÇOS. Certificações PROTEUS SERVIÇOS 2015 A Proteus é uma empresa prestadora de serviços e consultoria em medicina do trabalho e engenharia de segurança, criada em 2007, que tem por objetivo suprir uma demanda de mercado,

Leia mais

The epidemiological situation of hepatitis C in Portugal

The epidemiological situation of hepatitis C in Portugal The epidemiological situation of hepatitis C in Portugal Paula Peixe Serviço de Gastrenterologia Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, EPE Hospital Egas Moniz Director: Dr Leopoldo Matos Summary Estimated

Leia mais

IMPACTO DO ÍNDICE GLICÊMICO E DA QUALIDADE DA DIETA INGERIDA NOS MARCADORES INFLAMATÓRIOS ASSOCIADOS AO DIABETES MELLITUS TIPO 2

IMPACTO DO ÍNDICE GLICÊMICO E DA QUALIDADE DA DIETA INGERIDA NOS MARCADORES INFLAMATÓRIOS ASSOCIADOS AO DIABETES MELLITUS TIPO 2 JÚNIA MARIA GERALDO IMPACTO DO ÍNDICE GLICÊMICO E DA QUALIDADE DA DIETA INGERIDA NOS MARCADORES INFLAMATÓRIOS ASSOCIADOS AO DIABETES MELLITUS TIPO 2 Dissertação apresentada à Universidade Federal de Viçosa,

Leia mais

ENGAJAMENTO EM SAÚDE Case Serasa Experian. Andrea Regina / Gustavo Locatelli

ENGAJAMENTO EM SAÚDE Case Serasa Experian. Andrea Regina / Gustavo Locatelli ENGAJAMENTO EM SAÚDE Case Serasa Experian Andrea Regina / Gustavo Locatelli 2014 Serasa Experian A Serasa Experian é parte do grupo Experian, líder mundial em serviços de informação que fornece dados e

Leia mais

Vaccines for Your Children

Vaccines for Your Children Vaccines for Your Children Vaccines help prevent disease. Babies born in the United States may have their first vaccine right after birth. Future vaccines are given at well child check-ups with your child

Leia mais

Diabetes. Risk Factors for Diabetes

Diabetes. Risk Factors for Diabetes Diabetes Diabetes is a disease in which your body cannot properly use the food you eat for energy. Your cells need energy to live and grow. When you eat, food breaks down into a form of energy called glucose.

Leia mais

Áreas de Crescimento 1/3

Áreas de Crescimento 1/3 Grupo Mondial Assistance tem crescimento lucrativo e sustentado e apresenta nova logomarca Crescimento no Brasil é destaque no grupo. Empresa coloca pessoas no centro de sua nova logomarca e reafirma seus

Leia mais

Avaliação do Programa de Alimentação do Trabalhador na Região Metropolitana do Recife (1976-2013) Tema 4: Segurança Alimentar e Nutricional

Avaliação do Programa de Alimentação do Trabalhador na Região Metropolitana do Recife (1976-2013) Tema 4: Segurança Alimentar e Nutricional CHAMADA MCTI-CNPq/MDS-SAGI Nº 24/2013 DESENVOLVIMENTO SOCIAL Avaliação do Programa de Alimentação do Trabalhador na Região Metropolitana do Recife (1976-2013) Tema 4: Segurança Alimentar e Nutricional

Leia mais

Programa de Qualidade de Vida

Programa de Qualidade de Vida Programa de Qualidade de Vida SOBRE O PROJETO OBJETIVO GERAL Padronizar as ações de qualidade de vida em todas as unidades de negócio da IMPSA no Brasil, proporcionando espaço aos colaboradores para que

Leia mais

Você tem um programa de gestão de talento ativo na sua empresa? República. Luxembur Áustria Bélgica Brasil. Dubai França Alemanha Itália Checa

Você tem um programa de gestão de talento ativo na sua empresa? República. Luxembur Áustria Bélgica Brasil. Dubai França Alemanha Itália Checa Gestão de talentos Você tem um programa de gestão de talento ativo na sua empresa? Sim 40% 38% 42% 50% 17% 45% 45% 34% 40% 44% 46% 43% Não 52% 55% 52% 43% 75% 51% 45% 59% 51% 50% 42% 51% Não Sei 8% 7%

Leia mais

ABSENTEÍSMO Maxine Cardozo 04 de setembro de 2013

ABSENTEÍSMO Maxine Cardozo 04 de setembro de 2013 ABSENTEÍSMO Maxine Cardozo 04 de setembro de 2013 (Logo da Empresa) Objetivos (Logo da Empresa) Conhecer os principais indicadores de absenteísmo da empresa (afastamentos com menos e mais de 15 dias, principais

Leia mais