2. (1,0) Dadas as funções f(x) = 5x e g(x) = 2x 6, construa o gráfico dessas funções e descubra o ponto de intersecção:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2. (1,0) Dadas as funções f(x) = 5x e g(x) = 2x 6, construa o gráfico dessas funções e descubra o ponto de intersecção:"

Transcrição

1 QiD 3 1ª SÉRIE PARTE 4 MATEMÁTICA 1. (1,0) O preço de um carro novo é de R$9.000,00 e, com 4 anos de uso, é de R$4.000,00. Supondo que o preço caia com o tempo, segundo uma linha reta, determine o valor de um carro com 1 ano de uso: 2. (1,0) Dadas as funções f(x) = 5x e g(x) = 2x 6, construa o gráfico dessas funções e descubra o ponto de intersecção: 3. (1,0) Uma fábrica de bolsas tem um custo fixo mensal de R$5000,00. Cada bolsa fabricada custa R$25,00 e é vendida por R$45,00. Para que a fábrica tenha um lucro mensal de R$4000,00, ela deverá fabricar e vender mensalmente x bolsas. Determine o valor de x: 4. (1,0) Um relógio circular está marcando exatamente 10horas e 30 minutos. Calcule o seno, o cosseno e a tangente do menor ângulo formado pelos ponteiros das horas e dos minutos desse relógio. 5. (1,0) Determine a lei que define a função representada no gráfico: 6. (1,0) Uma firma que conserta televisores cobra de visita uma taxa fixa de R$40,00 mais R$10,00 por hora pela mão de obra. Sabendo-se que o preço a ser pago pelo conserto de um televisor é dado em função do número de horas de trabalho, encontre sua lei de formação. Quanto pagará um cliente por um conserto que duraram 3 horas para ser realizado? 7. (1,0) Se x está no terceiro quadrante e tg(x) = 3/4, calcule o valor de cos(x).

2 QiD 3 1ª SÉRIE PARTE 4 MATEMÁTICA 8. (1,0) Na produção de peças, uma indústria tem um custo fixo de R$ 8,00 mais um custo variável de R$ 0,50 por unidade produzida. Sendo x o número de unidades produzidas: a) escreva a lei da função que fornece o custo total de x peças. b) calcule o custo para 100 peças. 9. (1,0) Simplifique a expressão 2 tgx cos x =. cot gx sen x y (1,0) Considerando que senx = 1/4, com 0 < x < 2, determine cos x.

3 QiD 3 1ª SÉRIE PARTE 4 MATEMÁTICA 1. GABARITO O gráfico passa por (0, 9000) e (4, 4000). Encontrando a lei da função e a imagem para t = 1, temos: 9000 = a.(0) + b b = = a.(4) + b 4a = 4000 a = ( )/4 = -5000/4 = F(t) = -1250t f(1) = (1) = = f(x) = 5x g(x) = 2x 6 f(x) = g(x) 5x = 2x 6 3x = -6 x = -2 e y = -10 O ponto (-2, -10) é comum a ambas as retas. Fazendo o gráfico das duas funções, temos: 3. O custo total mensal será a soma do custo fixo com o custo para fabricar x bolsas. Se uma bolsa tem custo de R$25,00 então x bolsas terão um custo de 25x. O custo total será C(x) = 25x O lucro é a diferença entre o valor de venda e o de custo. O total da venda será V(x) = 45x. L = V C 4000 = 45x (25x ) 4000 = 45x 25x x = 9000 X = 9000/20 = Os ponteiros do relógio estão exatamente sobre os números na hora exata. Às 10h30min o ponteiro das horas (pequeno) deslocou-se de x graus além de 120º (distância em graus do número 6 ao número 10). Em 1h ou 60 minutos o ponteiro desloca-se 30º. Logo em 30 minutos, desloca-se 15º. O ângulo x mede então 15º e o ângulo total é de 135º. Temos: Sen135º = 2/2 Cos135º = - 2/2 Tg135º = Solução. A reta passa pelos pontos (0,2) e (3,0). Isto significa que f(0) = 2 e f(0) = 3. f(0) = a(0) + b a(0) + b = 2 b = 2 f(3) = a(3) + b a(3) + b = 0 3a + b = 0 3a + 2 = 0 3a = -2 a = -2/3 f(x) = (-2/3)x + 2

4 QiD 3 1ª SÉRIE PARTE 4 MATEMÁTICA 6. Há a cobrança de uma taxa de visita (R$40,00), valor este que independe do tempo do conserto do televisor. Esta taxa é o termo constante b. A variável x será o tempo do conserto, assim, o valor de a (coeficiente de x) será igual a R$10,00 (valor cobrado por hora de mão de obra). A lei de formação será o valor a ser pago por um conserto. Assim, a lei de formação será dada pela expressão f(x) = 10x + 40 Um cliente gastará por 3 horas de conserto o valor de: f(x) = 10x + 40 f(3) = f(3) = f(3) = 70 R$70,00 7. Se tg(x) = 3/4, então sen(x)/cos(x) = 3/4, logo: sen(x) = (3/4)cos(x) Substituindo este último resultado na relação fundamental da trigonometria: sen²(x)+cos²(x) = 1, temos: (9/16)cos²(x)+cos²(x)=1 Como x pertence ao terceiro quadrante, cos(x) é negativo e resolvendo esta equação do segundo grau, segue que: cos(x)= -4/5. 8. a) C(x) = 0,5x + 8. b) O custo de 100 peças é o valor de C(100) = 0,5(100) + 8 = R$58, Escrevendo a expressão em senos e cossenos, temos: Y = (tgx/cotgx).(cos²x/sen²x) = (senx/cosx)/(cosx/senx).(cos²x/sen²x) = (senx/cosx).(senx/cosx).(cos²x/sen²x) = Sen²x + cos²x = 1 (1/4)² + cos²x = 1 Cos²x = 1-(1/16) Cos²x = 15/16 Cosx = ± ( 15)/4

5 QiD 3 1ª SÉRIE PARTE 4 BIOLOGIA Leia o texto a seguir e responda as questões 1, 2 e 3. Durante o mês de abril de 2003 a imprensa noticiou que na praia da Joatinga, Rio de Janeiro, frequentadores mataram um tubarão mangona a pauladas. A noticia chocou ambientalistas. Sabemos que diversas espécies de animais que de alguma forma causam repulsa, medo ou estão ligadas a superstições acabam sendo assassinadas. Assim, cobras, aranhas, morcegos, escorpiões, raias, marimbondos, sapos,lagartos, gambás e, obviamente, tubarões, morrem, pois a população não possui um nível mínimo deconhecimento sobre o comportamento desses animais nem tampouco sobre a importância ecológica dosmesmos. Fonte: 1. (1,0) Raias e tubarões são animais que pertencem ao mesmo grupo taxonômico. Que grupo taxonômico é esse? 2. (1,0) Apresente uma característica que permita agrupar raias e tubarões. 3. (1,0) Lagartos e sapos são animais que pertencem a classes distintas de vertebrados. Apresente uma característica que permitam diferenciar estas duas classes. 4. (1,0) Explique a vantagem da aquisição de mandíbula pelos peixes. 5. (1,0) Considerando o transporte de O 2 para os tecidos de um animal, estabeleça uma comparação sobre este transporte entre insetos e anfíbios. 6. (0,2) A ilustração a seguir exibe o comportamento de um lagarto em diferentes períodos do dia. (Hickman et al. 2004, Princípios integrados de Zoologia.Modificado.) Este comportamento encontra-se relacionado diretamente com a (A) regulação térmica do animal, uma vez que seu metabolismo celular não é capaz de produzir qualquer tipo de calor. (B) regulação térmica do animal, pois seu corpo necessita manter temperaturas adequadas ao metabolismo. (C) respiração, pois ela ocorre tanto por meio de pulmões como também por meio da pele. (D) respiração, pois o ar que chega aos seus pulmões deve conter certa porcentagem de umidade para as trocas alveolares. (E) regulação térmica e com a respiração, pois o animal não é capaz de produzir seu próprio calor e respira por meio de pulmões e da pele. (0,8) Justifique a sua resposta: 7. (1,0) Os bovinos e os homens pertencem à Classe dos Mamíferos e ao Filo dos Cordados. Apresente duas características exclusivas do Filo dos Cordados

6 QiD 3 1ª SÉRIE PARTE 4 BIOLOGIA 8. (1,0) Em uma determinada experiência realizada com um vertebrado adulto, as funções relativas à aquisição de oxigênio (entre 0 e 120 ml/kg/h) pelo pulmão e pela pele foram observadas em diferentes temperaturas ao longo de um ano, de acordo com o gráfico a seguir: Tendo como referência os dados do gráfico, cite a classificação deste vertebrado quanto à regulação térmica. Podemos afirmar que para as aves, a aquisição evolutiva das penas foi um passo importante para o vôo. Sobre este assunto, responda as questões 9 e (1,0) Apresente duas outras características que permitiram que as aves aprimorassem a sua capacidade de voo. 10. (1,0) Indique outra função das penas, além do voo.

7 GABARITOS 1. Os tubarões e raias pertencem ao grupo dos Condrictes (peixes cartilaginosos). QiD 3 1ª SÉRIE PARTE 4 BIOLOGIA 2. Uma característica que permite agrupar esses animais é o esqueleto totalmente cartilaginoso. 3. Sapos pertencem à classe dos anfíbios e lagartos, à classe dos répteis. Os anfíbios apresentam pele lisa, delgada e com glândulas e os répteis apresentam pele seca, espessa e queratinizada, entre outrasdiferenças. 4. As mandíbulas contribuem para a aquisição de grandes porções de alimento e favorecem a vida livre (os ciclostomados são parasitas). 5. Nos insetos, animais que possuem respiração traqueal, o oxigênio é transportado diretamente até as células, não necessitando do sistema circulatório. Nos anfíbios o oxigênio entra pela pele ou pelos pulmões e cai no sangue, liga-se com a hemoglobina (pigmento respiratório), de onde é levado até as células. 6. Letra B Justificativa- Os répteis são animais ectotérmicos, ou seja, utilizam fontes externas, por exemplo: o sol, para manter uma temperatura do corpo adequada à realização de seu metabolismo, indispensável à vida. 7. Os cordados são animais que apresentam em alguma fase de seu desenvolvimento as seguintes estruturas: tubo nervoso dorsal, notocorda e fendas faringeanas. 8. O animal é ectotérmico (pecilotérmico). 9. Pulmões com prolongamentos (sacos aéreos) que se estendem pelos espaços do pescoço e dos ossos do tronco. - Ossos ocos e porosos, diminuindo a densidade. - Costelas rigidamente ligadas à coluna vertebral e esterno. - Processos uncinados nas costelas. - Músculos peitorais possantes. - Esterno carenado (com quilha). - Ausência de bexiga urinária (excreção de ácido úrico). - Ovário e oviduto desenvolvidos só de um lado. - Temperatura corporal elevada permitindo metabolismo alto. - Alta capacidade de visão. 10. Isolante térmico (impedindo a circulação do ar junto à pele) ou diferenciação sexual externa (relacionado a comportamento de corte)

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 3º EM Biologia B Pedro Verdan Av. Dissertativa 25/05/16 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos.

Leia mais

COLÉGIO TIRADENTES DA PMMG Gameleira. Nome: Introdução ao Reino Animal

COLÉGIO TIRADENTES DA PMMG Gameleira. Nome: Introdução ao Reino Animal 1 COLÉGIO TIRADENTES DA PMMG Gameleira Atividade em sala de aula Disciplina: Ciências Nome: Professora: Andrea Lima Alves Ruislan 7º ano Turma: Ensino Fundamental (II) Turno: Tarde Data: Introdução ao

Leia mais

Filo extremamente diversificado quanto ao tamanho e ao aspecto geral de seus representantes O agrupamento baseia-se no desenvolvimento embrionário,

Filo extremamente diversificado quanto ao tamanho e ao aspecto geral de seus representantes O agrupamento baseia-se no desenvolvimento embrionário, Filo extremamente diversificado quanto ao tamanho e ao aspecto geral de seus representantes O agrupamento baseia-se no desenvolvimento embrionário, principalmente, na nêurula, quando é possível identificar

Leia mais

Professor Bruno Cacique

Professor Bruno Cacique FILO CORDADOS Professor Bruno Cacique CARACTERÍSTICAS GERAIS Triblásticos, Celomados, Deuterostômios com Simetria Bilateral. Presença da Notocorda; Fendas faringianas; Tubo nervoso dorsal. CARACTERÍSTICAS

Leia mais

CORDADOS P R O F. M A R I S T E L A F I S C H E R L U C E N A 2 ª S É R I E D O E N S I N O M É D I O

CORDADOS P R O F. M A R I S T E L A F I S C H E R L U C E N A 2 ª S É R I E D O E N S I N O M É D I O CORDADOS P R O F. M A R I S T E L A F I S C H E R L U C E N A 2 ª S É R I E D O E N S I N O M É D I O CORDADOS - CARACTERÍSTICAS GERAIS E DIVISÃO Cordados dividem-se em: PROTOCORDADOS: Destituidos de coluna

Leia mais

Cordados I. Peixes, Anfíbios e Répteis. Cursinho Popular de Ensino Pré-Vestibular TRIU Pela popularização da universidade pública

Cordados I. Peixes, Anfíbios e Répteis. Cursinho Popular de Ensino Pré-Vestibular TRIU Pela popularização da universidade pública Cursinho Popular de Ensino Pré-Vestibular TRIU Pela popularização da universidade pública Cordados I Peixes, Anfíbios e Répteis Prof. Rafael Rosolen T. Zafred Revisão Peixes ; Anfíbios; Répteis; Aves;

Leia mais

Tema da aula/lista de exercício: Cordados I: Peixes, Anfíbios e Répteis

Tema da aula/lista de exercício: Cordados I: Peixes, Anfíbios e Répteis Disciplina: Biologia Prof: Rafael Turma: TR 09/09/2016 Tema da aula/lista de exercício: Cordados I: Peixes, Anfíbios e Répteis 1. Qual dos grupos que seguem apresenta somente peixes cartilaginosos? a)

Leia mais

FILO CORDADOS. *Providos de nortocorda pelo menos na fase embrionária. *providos de fendas branquiais faringeanas pelo menos na fase embrionária.

FILO CORDADOS. *Providos de nortocorda pelo menos na fase embrionária. *providos de fendas branquiais faringeanas pelo menos na fase embrionária. FILO CORDADOS *Providos de nortocorda pelo menos na fase embrionária. *providos de fendas branquiais faringeanas pelo menos na fase embrionária. *Providos de tubo nervoso dorsal. SUB-FILO PROTOCORDADOS

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 60 CORDADOS

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 60 CORDADOS BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 60 CORDADOS ixação F ) Um aluno esquematizou um anfioxo, indicando, com legendas, os principais caracteres do 2 lo Chordata. p Indique a legenda que aponta o ERRO cometido

Leia mais

Seno e Cosseno de arco trigonométrico

Seno e Cosseno de arco trigonométrico Caderno Unidade II Série Segmento: Pré-vestibular Resoluções Coleção: Alfa, Beta e Gama Disciplina: Matemática Volume: Unidade II: Série Seno e Cosseno de arco trigonométrico. sen90 cos80 sen70 ( ) ( )

Leia mais

AVES PROF. MARCELO MIRANDA

AVES PROF. MARCELO MIRANDA AVES Características gerais: - penas, membros anteriores modificados em asas, homeotermia(endotermia). Penas: estruturas que revestem e isolam termicamente o corpo, permitindo a manutenção da temperatura.

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Conteúdo: Conteúdo Recuperação do 3 Bimestre disciplina: Ciências - Peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos. Diferenças entre esses seres vivos e importâncias

Leia mais

AVES: ORIGENS E MORFOLOGIA. Disciplina: Biologia Geral

AVES: ORIGENS E MORFOLOGIA. Disciplina: Biologia Geral AVES: ORIGENS E MORFOLOGIA Disciplina: Biologia Geral 150-160 milhões de anos >10,000 espécies vivas Cladograma dos Amniotas Anfíbios Tartarugas Serpentes Crocodilos Mamíferos Lagartos Aves Dinossauros

Leia mais

Biologia Móds. 21/22 Setor 1423 Cordados Prof. Rafa

Biologia Móds. 21/22 Setor 1423 Cordados Prof. Rafa Biologia Móds. 21/22 Setor 1423 Cordados Prof. Rafa Características: Triblásticos Celomados ectoderme intestino mesoderme celoma cavidade corporal na mesoderme endoderme Características: Deuterostômios:

Leia mais

RÉPTEIS. Adaptados para ambientes secos

RÉPTEIS. Adaptados para ambientes secos RÉPTEIS Adaptados para ambientes secos Os répteis, possuem maior independência da água no ambiente pois apresentam: pele impermeável, Excreção de ácido úrico fecundação interna, ovos amnióticos com casca

Leia mais

2012 3ª PROVA SUBSTITUTIVA de BIOLOGIA

2012 3ª PROVA SUBSTITUTIVA de BIOLOGIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 3ª PROVA SUBSTITUTIVA de BIOLOGIA Aluno: Nº Série: 1º Turma: Data: 12/12/2012 Nota: Professor: Regina e Gabriela Valor da Prova: 65 pontos 1) Número de

Leia mais

Gabi, personagem da animação Rio 2, é um anfíbio, que apresenta as chamadas cores de advertência.

Gabi, personagem da animação Rio 2, é um anfíbio, que apresenta as chamadas cores de advertência. PARA A VALIDADE DO QiD, AS RESPOSTAS DEVEM SER APRESENTADAS EM FOLHA PRÓPRIA, FORNECIDA PELO COLÉGIO, COM DESENVOLVIMENTO E SEMPRE A TINTA. TODAS AS QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA DEVEM SER JUSTIFICADAS.

Leia mais

LISTA DE EXERCICIOS TRIÂNGULOS QUAISQUER. 1) Na figura ao abaixo calcule o valor da medida x. 2) No triângulo abaixo, determine as medidas x e y.

LISTA DE EXERCICIOS TRIÂNGULOS QUAISQUER. 1) Na figura ao abaixo calcule o valor da medida x. 2) No triângulo abaixo, determine as medidas x e y. LISTA DE EXERCICIOS TRIÂNGULO RETÂNGULO 1) Um caminhão sobe uma rampa inclinada de 10º em relação ao plano horizontal. Se a rampa tem 30 m de comprimento, a quantos metros o caminhão se eleva, verticalmente

Leia mais

AS AVES. Sabiá laranjeira (Turdus rufiventris) Ave símbolo do Brasil Capítulo 6 Sistema Poliedro de Ensino Professora Vanessa Rodrigues Granovski

AS AVES. Sabiá laranjeira (Turdus rufiventris) Ave símbolo do Brasil Capítulo 6 Sistema Poliedro de Ensino Professora Vanessa Rodrigues Granovski AS AVES Sabiá laranjeira (Turdus rufiventris) Ave símbolo do Brasil Capítulo 6 Sistema Poliedro de Ensino Professora Vanessa Rodrigues Granovski ANATOMIA DAS AVES VERTEBRADOS OSSOS PNEUMÁTICOS Ossos longos,

Leia mais

Biologia FILO CORDADOS

Biologia FILO CORDADOS CPMG- NADER ALVES DOS SANTOS Biologia FILO CORDADOS Prof. Weber FILO DOS CORDADOS Filo Chordata grandes animais existentes na Terra, dentre eles, o homem. Grande adaptação, diversos hábitos de vida, grande

Leia mais

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 09 PRODUTOS NITROGENADOS E TIPOS DE EXCREÇÃO

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 09 PRODUTOS NITROGENADOS E TIPOS DE EXCREÇÃO BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 09 PRODUTOS NITROGENADOS E TIPOS DE EXCREÇÃO Fixação 1) O tipo de composto nitrogenado (amônia, ureia ou ácido úrico) eliminado por um organismo, depende, entre outros

Leia mais

Filo Chordada (Cordados) Vitor Leite

Filo Chordada (Cordados) Vitor Leite Filo Chordada (Cordados) Vitor Leite Filo Chordata (Cordados) Características gerais: -Triblásticos, celomados, deuterostômios, apresentam metameria (evidente na fase embrionária); Características Exclusivas:

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Fred. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Fred. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: GOIÂNIA, / / 2016 PROFESSOR: Fred DISCIPLINA: Biologia SÉRIE: 3º ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: - É fundamental

Leia mais

Filo Cordado. Apostila VII Unidade 24 a Características Embrionárias: 2- Caracterização Fisiológica: Característica

Filo Cordado. Apostila VII Unidade 24 a Características Embrionárias: 2- Caracterização Fisiológica: Característica 1- Características Embrionárias: Característica Tipo Simetria* Bilateral Tecidos Eumetazoa Tecidos embrionários Triblástico Celoma Celomado Origem do celoma Enterocelomado Blastóporo Deuterostômico Metameria

Leia mais

Trocas gasosas nos animais

Trocas gasosas nos animais Trocas gasosas nos animais Todos os seres aeróbios necessitam de um fluxo constante de oxigénio para as células e de uma remoção eficiente de dióxido de carbono formado durante a respiração. Os seres vivos

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS CIÊNCIAS

LISTA DE EXERCÍCIOS CIÊNCIAS LISTA DE EXERCÍCIOS CIÊNCIAS P2-1º BIMESTRE 7º ANO FUNDAMENTAL II Aluno (a): Turno: Turma: Unidade Data: / /2016 HABILIDADES E COMPETÊNCIAS Compreender as origens dos vegetais Reconhecer a importância

Leia mais

tetrápodes endotérmicos ovíparos A principal característica que permitiu essa conquista foi a endotermia,

tetrápodes endotérmicos ovíparos A principal característica que permitiu essa conquista foi a endotermia, AVES Aves As aves constituem uma classe de animais vertebrados, tetrápodes, endotérmicos, ovíparos, caracterizados principalmente por possuírem penas, apêndices locomotores anteriores modificados em asas,

Leia mais

Equinodermas e Protocordados 2ª parte

Equinodermas e Protocordados 2ª parte COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Equinodermas e Protocordados 2ª parte Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com O que significa o termo Cordados?

Leia mais

UNIDADE - I. Aparecida de Goiânia, / /2016. Aluno(a): Série: 7º Ano Turno: Matutino Professor (a): Lindinaldo

UNIDADE - I. Aparecida de Goiânia, / /2016. Aluno(a): Série: 7º Ano Turno: Matutino Professor (a): Lindinaldo UNIDADE - I Aparecida de Goiânia, / /2016. Aluno(a): Série: 7º Ano Turno: Matutino Professor (a): Lindinaldo Trabalho de Recuperação - Ciências Valor: 4,0 (Quatro) pontos 1. Leia as frases a seguir e analise-as

Leia mais

(O enunciado a seguir serve às questões 1 e 2).

(O enunciado a seguir serve às questões 1 e 2). QiD 5 7º ANO PARTE 4 CIÊNCIAS (O enunciado a seguir serve às questões 1 e 2). Uma aula prática de Biologia tinha como objetivo conhecer a diversidade dos artrópodes; então, o professor entregou vários

Leia mais

BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS - 7º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================

BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS - 7º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================ PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS - 7º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================ ANIMAIS INVERTEBRADOS 01- Conhecemos

Leia mais

REVISÃO DO FILO DOS CORDADOS. Biologia Professora: Maria Lucia Fensterseifer

REVISÃO DO FILO DOS CORDADOS. Biologia Professora: Maria Lucia Fensterseifer REVISÃO DO FILO DOS CORDADOS Biologia Professora: Maria Lucia Fensterseifer PROTOCORDADOS NOTOCORDA TUBO NERVOSO DORSAL FENDAS FARÍNGEAS ASCÍDIA = UROCORDADO (NOTOCORDA NA CAUDA DA FASE LARVAL) ANFIOXO

Leia mais

Que tal estudarmos os animais jogando um jogo bem legal? Vamos lá!!!! Siga as instruções abaixo e bons estudos!!!! INSTRUÇÕES

Que tal estudarmos os animais jogando um jogo bem legal? Vamos lá!!!! Siga as instruções abaixo e bons estudos!!!! INSTRUÇÕES Atividade de Estudo - Ciências 4º ano Nome: Que tal estudarmos os animais jogando um jogo bem legal? Vamos lá!!!! Siga as instruções abaixo e bons estudos!!!! INSTRUÇÕES Durante o jogo você terá que fazer

Leia mais

Evolução dos vertebrados

Evolução dos vertebrados PEIXES Evolução dos vertebrados PEIXES PULMONADOS AVES ÓSSEOS ANFÍBIOS RÉPTEIS CICLÓSTOMO PEIXES MAMÍFEROS CARTILAGINOSOS Peixe Primitivo (Lampreias e Feiticeiras) Características gerais Exclusivamente

Leia mais

Cor C da or do da s do Prof. Fernando Belan Prof. Fernand - BIOLOGIA MAIS o Belan

Cor C da or do da s do Prof. Fernando Belan Prof. Fernand - BIOLOGIA MAIS o Belan Cordados Cordados Prof. Fernando Fernando Belan Belan -- BIOLOGIA BIOLOGIA MAIS MAIS Prof. Introdução Protocordados (anfioxo e ascídia); Vertebrados (peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos); Simetria

Leia mais

Biologia. Alexandre Bandeira (Julio Junior) Zoologia

Biologia. Alexandre Bandeira (Julio Junior) Zoologia Zoologia Zoologia 1. Os esquemas a seguir mostram os ciclos de vida de dois organismos que apresentam alternância de gerações, um celenterado e uma planta, com a indicação do ponto onde ocorre a fecundação.

Leia mais

Proposta de correcção

Proposta de correcção Ficha de Trabalho Matemática A - ºano Temas: Trigonometria (Triângulo rectângulo e círculo trigonométrico) Proposta de correcção. Relembrar que um radiano é, em qualquer circunferência, a amplitude do

Leia mais

Abril Educação Vertebrados Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota:

Abril Educação Vertebrados Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Abril Educação Vertebrados Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Questão 1 Qual é a principal característica que distingue os mamíferos dos demais seres vivos? Questão 2 Qual é a diferença entre

Leia mais

6. (1,0) Determine os possíveis valores de x para os quais a fração algébrica abaixo não represente um número real.

6. (1,0) Determine os possíveis valores de x para os quais a fração algébrica abaixo não represente um número real. DATA DE ENTREGA: 6 / 10 / 016 QiD 7 8º ANO PARTE 4 MATEMÁTICA 1. (1,0) Determine o valor de x na figura abaixo:. (1,0) Determine o valor de x na figura abaixo:. (1,0) Determine os valores de x e y no sistema

Leia mais

BIOLOGIA AULA 12: ZOOLOGIA CORDADOS (Aves e mamíferos)

BIOLOGIA AULA 12: ZOOLOGIA CORDADOS (Aves e mamíferos) BIOLOGIA AULA 12: ZOOLOGIA CORDADOS (Aves e mamíferos) 1. Classe das aves Apresentam um padrão estrutural muito bem adaptado e homogêneo. São dióicos, geralmente com dimorfismo sexual, fecundação interna

Leia mais

BIOLOGIA SEGUNDA ETAPA

BIOLOGIA SEGUNDA ETAPA BIOLOGIA SEGUNDA ETAPA - 1997 QUESTÃO 01 Conforme reportagem publicada no jornal "Folha de São Paulo" (março de 1996), a Ilha de Lençóis, situada no Maranhão e com uma população de 400 habitantes, apresenta

Leia mais

Aula 5 - Soluções dos Exercícios Propostos

Aula 5 - Soluções dos Exercícios Propostos Aula 5 - Soluções dos Exercícios Propostos Trigonometria I Solução. : (a A cada um minuto completado, o ponteiro dos segundos percorre uma volta completa de π radianos. Isso se o ponteiro dos segundos

Leia mais

O conhecimento é a nossa propaganda.

O conhecimento é a nossa propaganda. Lista de Exercícios 1 Trigonometria Gabaritos Comentados dos Questionários 01) (UFSCAR 2002) O valor de x, 0 x π/2, tal que 4.(1 sen 2 x).(sec 2 x 1) = 3 é: a) π/2. b) π/3. c) π/4. d) π/6. e) 0. 4.(1 sen

Leia mais

MATEMÁTICA MÓDULO 10 EQUAÇÕES E INEQUAÇÕES TRIGONOMÉTRICAS 1. EQUAÇÕES TRIGONOMÉTRICAS BÁSICAS 1.1. EQUAÇÃO EM SENO. sen a arcsena 2k, k arcsena 2k, k

MATEMÁTICA MÓDULO 10 EQUAÇÕES E INEQUAÇÕES TRIGONOMÉTRICAS 1. EQUAÇÕES TRIGONOMÉTRICAS BÁSICAS 1.1. EQUAÇÃO EM SENO. sen a arcsena 2k, k arcsena 2k, k EQUAÇÕES E INEQUAÇÕES TRIGONOMÉTRICAS. EQUAÇÕES TRIGONOMÉTRICAS BÁSICAS Vamos mostrar como resolver equações trigonométricas básicas, onde temos uma linha trigonométrica aplicada sobre uma função e igual

Leia mais

Tetrápodes e a Conquista do Ambiente Terrestre

Tetrápodes e a Conquista do Ambiente Terrestre Tetrápodes e a Conquista do Ambiente Terrestre Formação dos Elementos de Apoio Conquista da Terra A transição da água para a terra é talvez o evento mais dramático da evolução animal. Podemos perceber

Leia mais

Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas.

Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas. ANFÍBIOS QUEM SÃO? INTRODUÇÃO Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas. Pernas sustentam e deslocam

Leia mais

LISTA TRIGONOMETRIA ENSINO MÉDIO

LISTA TRIGONOMETRIA ENSINO MÉDIO LISTA TRIGONOMETRIA ENSINO MÉDIO 1. Um papagaio ou pipa, é preso a um fio esticado que forma um ângulo de 45 com o solo. O comprimento do fio é de 100 m. Determine a altura do papagaio em relação ao solo.

Leia mais

ANIMAIS VERTEBRADOS PEIXES ANFÍBIOS RÉPTEIS AVES MAMÍFEROS

ANIMAIS VERTEBRADOS PEIXES ANFÍBIOS RÉPTEIS AVES MAMÍFEROS ANIMAIS VERTEBRADOS PEIXES ANFÍBIOS RÉPTEIS AVES MAMÍFEROS Os Cordados O Filo Chordata (ou Cordados) reúne uma grande diversidade de seres de formas e tamanhos variados, adaptados aos mais diversos ambientes.

Leia mais

Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas.

Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas. ANFÍBIOS QUEM SÃO? INTRODUÇÃO Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas. Pernas sustentam e deslocam

Leia mais

EUCORDADOS (Vertebrados): possuem coluna vertebral e têm crânio com encéfalo.

EUCORDADOS (Vertebrados): possuem coluna vertebral e têm crânio com encéfalo. Cordados compreende animais adaptados para a vida aquática e terrestre. Dividem-se em: PROTOCORDADOS: destituídos de coluna vertebral e de caixa craniana EUCORDADOS (Vertebrados): possuem coluna vertebral

Leia mais

CLASSE REPTILIA SISTEMA TEGUMENTAR. Quem são eles??? Reptare=rastejar 14/02/2014 PRIMEIROS RÉPTEIS SURGIRAM HÁ: FILO CHORDATA

CLASSE REPTILIA SISTEMA TEGUMENTAR. Quem são eles??? Reptare=rastejar 14/02/2014 PRIMEIROS RÉPTEIS SURGIRAM HÁ: FILO CHORDATA FILO CHORDATA SUBFILOS: UROCHORDATA CLASSE REPTILIA CEPHALOCHORDATA VERTEBRATA CYCLOSTOMATA P. CARTILAGINOSOS P. ÓSSEOS AMPHIBIA REPTILIA AVES MAMMALIA PRIMEIROS RÉPTEIS SURGIRAM HÁ: 300 MILHÕES DE ANOS

Leia mais

Bio. Semana 16. Rubens Oda (Julio Junior)

Bio. Semana 16. Rubens Oda (Julio Junior) Semana 16 Rubens Oda (Julio Junior) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. Respiração comparada

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 2º. ALUNO(a): Lista de Exercícios 3º bimestre P1

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 2º. ALUNO(a): Lista de Exercícios 3º bimestre P1 GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: FreD DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 2º ALUNO(a): Lista de Exercícios 3º bimestre P1 No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as

Leia mais

1. Respiração Orgânica x Respiração Celular

1. Respiração Orgânica x Respiração Celular Respiração 1. Respiração Orgânica x Respiração Celular 2. Respiração Direta x Respiração Indireta O 2 CO 2 O 2 CO 2 superfície respiratória tecidos Problema Limita o tamanho Ex: poríferos, cnidários, platelmintos,

Leia mais

b) a classificação deste vertebrado quanto à regulação térmica. c) o tipo de respiração predominante neste vertebrado na fase larval.

b) a classificação deste vertebrado quanto à regulação térmica. c) o tipo de respiração predominante neste vertebrado na fase larval. PROCESSO SELETIVO/2005 3 O DIA CADERNO 0 1 BIOLOGIA QUESTÕES DE 01 A 05 01. Em um experimento realizado com determinado vertebrado adulto, as funções relativas à tomada de oxigênio (entre 0 e 120 ml/kg/h)

Leia mais

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos. Prof. José Roberto

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos. Prof. José Roberto Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos Prof. José Roberto VERTEBRADOS CARACTERÍSTICAS GERAIS Animais vertebrados são todos aqueles que possuem como caracteristica principal, uma coluna vertebral. Animais

Leia mais

Filo extremamente diversificado quanto ao tamanho e ao aspecto geral de seus representantes O agrupamento baseia-se no desenvolvimento embrionário,

Filo extremamente diversificado quanto ao tamanho e ao aspecto geral de seus representantes O agrupamento baseia-se no desenvolvimento embrionário, Filo extremamente diversificado quanto ao tamanho e ao aspecto geral de seus representantes O agrupamento baseia-se no desenvolvimento embrionário, principalmente, na nêurula, quando é possível identificar

Leia mais

ASPECTOS EVOLUTIVOS. originaram dos répteis. Escamas móveis semelhantes as penas antes do surgimento da endotermia e no início, sem relação com o vôo.

ASPECTOS EVOLUTIVOS. originaram dos répteis. Escamas móveis semelhantes as penas antes do surgimento da endotermia e no início, sem relação com o vôo. Classe das Aves ASPECTOS EVOLUTIVOS originaram dos répteis. Escamas móveis semelhantes as penas antes do surgimento da endotermia e no início, sem relação com o vôo. redução do peso. o planar vôo nicho

Leia mais

1. (1,0) Dada a função, definida pela fórmula f(x)=2x²+1. Determine a sua imagem: a) O Domínio: b) A imagem. c) f(5) d) f(12)

1. (1,0) Dada a função, definida pela fórmula f(x)=2x²+1. Determine a sua imagem: a) O Domínio: b) A imagem. c) f(5) d) f(12) DATA DE ENTREGA: 04 / 05 / 016 QiD 1ª SÉRIE PARTE 4 MATEMÁTICA 1. (1,0) Dada a função, definida pela fórmula f(x)=x²+1. Determine a sua imagem:. (1,0) Dado o esquema abaixo, representando uma função de

Leia mais

COLÉGIO ARQUIDIOCESANO S. CORAÇÃO DE JESUS

COLÉGIO ARQUIDIOCESANO S. CORAÇÃO DE JESUS QUESTÃO 01 Um triângulo ABC está inscrito numa semicircunferência de centro O. Como mostra o desenho abaixo. Sabe-se que a medida do segmento AB é de 12 cm. QUESTÃO 04 Numa cidade a conta de telefone é

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 3º

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 3º GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: FreD DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 3º ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: - É fundamental

Leia mais

MAMÍFEROS. 15 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti

MAMÍFEROS. 15 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti MAMÍFEROS Capítulo 15 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS MAMÍFEROS Aquáticos: Habitat: Mamíferos podem ser terrestres: Único mamífero que voa: Pelos Estratificada

Leia mais

Filo dos Cordados. Profª Janaina Q. B. Matsuo

Filo dos Cordados. Profª Janaina Q. B. Matsuo Profª Janaina Q. B. Matsuo Os Cordados possuem com exclusividade uma neurocorda dorsal de origem ectodérmica, fendas branquiais pares na faringe do embrião (no Homem originarão as cordas vocais), uma notocorda

Leia mais

Trocas Gasosas em Seres Unicelulares

Trocas Gasosas em Seres Unicelulares Trocas Gasosas em Seres Unicelulares Respiração celular Nos seres unicelulares as trocas ocorrem diretamente com o meio. Trocas Gasosas em Seres Multicelulares Trocas gasosas nas plantas Trocas gasosas

Leia mais

APROFUNDAMENTO/REFORÇO

APROFUNDAMENTO/REFORÇO Colégio Adventista Portão EIEFM MATEMÁTICA Trigonometria º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO Professor: Hermes Jardim Disciplina: Matemática Lista º Bimestre Aluno(: Número: Turma: 1) Resolva os problemas: Calcule

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ALBERTO SAMPAIO MATEMÁTICA 11º ANO FICHA DE TRABALHO Nº 2 (Trigonometria)

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ALBERTO SAMPAIO MATEMÁTICA 11º ANO FICHA DE TRABALHO Nº 2 (Trigonometria) ESCOL SECUNDÁRI DE LBERTO SMPIO MTEMÁTIC º NO FICH DE TRBLHO Nº (Trigonometria) ESCOLH MÚLTIPL. De um ângulo α sabe-se que sen( α) é positivo e que cosα é negativo. Então α pertence a: º quadrante B º

Leia mais

6.3.5 Digestão nos Moluscos Digestão nos Anelídios Digestão nos Artrópodes Digestão nos Equinodermos

6.3.5 Digestão nos Moluscos Digestão nos Anelídios Digestão nos Artrópodes Digestão nos Equinodermos SUMÁRIO I Sistemas de Nutrição... 01 1 Noções Gerais Sobre Metabolismo... 01 1.1 Conceito... 01 1.2 Generalidades... 01 1.3 Metabolismo e Nutrição... 02 1.4 Divisão do Metabolismo... 02 1.4.1 Anabolismo...

Leia mais

3. (Ufscar) O gráfico em setores do círculo de centro O representa a distribuição das idades entre os eleitores de uma cidade.

3. (Ufscar) O gráfico em setores do círculo de centro O representa a distribuição das idades entre os eleitores de uma cidade. LISTA DE RECUPERAÇÃO ÁLGEBRA º ANO º TRIMESTRE. (G - ifce) Considere um relógio analógico de doze horas. O ângulo obtuso formado entre os ponteiros que indicam a hora e o minuto, quando o relógio marca

Leia mais

Os peixes representam a maior classe em número de espécies conhecidas entre os vertebrados. Acredita-se que os peixes tenham surgido por volta de 540

Os peixes representam a maior classe em número de espécies conhecidas entre os vertebrados. Acredita-se que os peixes tenham surgido por volta de 540 PEIXES Os peixes representam a maior classe em número de espécies conhecidas entre os vertebrados. Acredita-se que os peixes tenham surgido por volta de 540 milhões de anos atrás. Provavelmente, foram

Leia mais

SIMULADO. Matemática 2 (PUC-RS) 1 (Unimontes-MG)

SIMULADO. Matemática 2 (PUC-RS) 1 (Unimontes-MG) (Unimontes-MG) (PUC-RS) Quando um relógio está marcando horas e minutos, o menor ângulo formado pelos seus ponteiros é de: Considere o relógio localizado na entrada do MCT. a) º0 b) º0 c) 7º d) º Considerando

Leia mais

AVES Biologia Professor João

AVES Biologia Professor João AVES Biologia Professor João Descendentes dos dinossauros Archaeopteryx Penas Dentes Esqueleto pesado Bico córneo Forma variada Duros e resistentes Sem dentes Diversas finalidades: Defesa Alimentação Atração

Leia mais

Diversidade Animal Objetivo Geral 7: Interpretar as caraterísticas dos organismos em função dos ambientes onde vivem.

Diversidade Animal Objetivo Geral 7: Interpretar as caraterísticas dos organismos em função dos ambientes onde vivem. Objetivo Geral 7: Interpretar as caraterísticas dos organismos em função dos ambientes onde vivem. Página 109 (antigo 30) Descritor 7.1. Apresentar exemplos de meios onde vivem os animais, com base em

Leia mais

Ficha de trabalho de Ciências Naturais 5º ano

Ficha de trabalho de Ciências Naturais 5º ano Ficha de trabalho de Ciências Naturais 5º ano Questão 1 A deslocação dos animais pode fazer-se por diferentes processos e em diferentes meios. O canguru e o coelho deslocam-se aos saltos porque têm os

Leia mais

COLÉGIO EQUIPE DE JUIZ DE FORA. Listão de Férias ano

COLÉGIO EQUIPE DE JUIZ DE FORA. Listão de Férias ano Listão de Férias 2016 8 ano 1) Indique a alternativa que não apresenta informações corretas sobre o sistema urinário humano. a) A filtração do sangue ocorre em uma estrutura chamada néfron. b) O sistema

Leia mais

2. O desenvolvimento embrionário dos vertebrados é dividido nas seguintes etapas: segmentação, gastrulação e organogênese.

2. O desenvolvimento embrionário dos vertebrados é dividido nas seguintes etapas: segmentação, gastrulação e organogênese. 1. O estudo da embriologia fornece subsídios para a compreensão dos processos biológicos envolvidos na formação e no desenvolvimento embrionário e fetal humano. Sobre esse assunto, é CORRETO afirmar: a)

Leia mais

ONGEP PRÉ-PROVA BIOLOGIA 2013

ONGEP PRÉ-PROVA BIOLOGIA 2013 ONGEP PRÉ-PROVA BIOLOGIA 2013 ZOOLOGIA DE INVERTEBRADOS PORÍFEROS Provável ancestral: protista flagelado Diploblásticos Sem celoma Sem diferenciação de tecidos Coanócitos Ambiente aquático CELENTERADOS

Leia mais

Embriologia. Prof. César Lima

Embriologia. Prof. César Lima Embriologia A embriologia é a parte da Biologia que estuda o desenvolvimento dos embriões animais. Há grandes variações, visto que os animais invertebrados e vertebrados apresentam muitos diferentes aspectos

Leia mais

EDITAL DE RECUPERAÇÃO PARALELA SEMESTRAL 1º SEMESTRE/2016

EDITAL DE RECUPERAÇÃO PARALELA SEMESTRAL 1º SEMESTRE/2016 EDITAL DE RECUPERAÇÃO PARALELA SEMESTRAL 1º SEMESTRE/2016 Aluno: Ano: Professora: Disciplina: No Colégio Pentágono trabalhamos com a Recuperação Contínua e Paralela. A Recuperação Contínua ocorre durante

Leia mais

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Chordata. Natália A. Paludetto

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Chordata. Natália A. Paludetto Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Chordata Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/ Reino Animalia Filos: 1) Porifera; 2) Cnidaria; 3) Platyhelminthes; 4) Nematoda;

Leia mais

Ano: 7 Turma: 71 e 72

Ano: 7 Turma: 71 e 72 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 2ª Etapa 2013 Disciplina: Ciências Professor (a): Felipe Cesar Ano: 7 Turma: 71 e 72 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

FILO CHORDATA. Cordados

FILO CHORDATA. Cordados FILO CHORDATA Cordados Cordados Notocorda Triblásticos Deuterostômios Simetria Bilateral Epineuro Celomados 2 Características presentes em todos os cordados: Notocorda; Fendas na faringe; Tubo nervoso

Leia mais

P E I X E S. Quanto ao esqueleto:

P E I X E S. Quanto ao esqueleto: P E I X E S Quanto ao esqueleto: OSTEÍCTES Esqueleto ósseo EX.: Sardinha, Dourado, Cioba etc. CONDRÍCTES Esqueleto Cartilaginoso EX.: Tubarão, Raia etc. O Peixe por fora CIÊNCIAS NO DIA-A-DIA SITUAÇÃO

Leia mais

Herpetologia Estudo dos répteis. Prof. Pablo Paim Biologia

Herpetologia Estudo dos répteis. Prof. Pablo Paim Biologia Herpetologia Estudo dos répteis Prof. Pablo Paim Biologia Atualmente segundo a SBH são descritas para o Brasil 1026 espécies de anfíbios e 760 espécies de répteis. Anfíbios 988 Anuros; 1 Caudata; 33 Gymnophionas

Leia mais

Nome: 1- FAÇA um desenho de uma célula, identificando as suas partes. a) DESCREVA a função de cada uma das partes da célula.

Nome: 1- FAÇA um desenho de uma célula, identificando as suas partes. a) DESCREVA a função de cada uma das partes da célula. Atividade de Estudo - Ciências 5º ano Nome: 1- FAÇA um desenho de uma célula, identificando as suas partes. a) DESCREVA a função de cada uma das partes da célula. b) Podemos afirmar que todas as células

Leia mais

COLÉGIO SHALOM Ensino MÉDIO 2º ANO Profº:RONALDO VILAS BOAS COSTA Disciplina: MATEMÁTICA Aluno (a):. No.

COLÉGIO SHALOM Ensino MÉDIO 2º ANO Profº:RONALDO VILAS BOAS COSTA Disciplina: MATEMÁTICA Aluno (a):. No. COLÉGIO SHALOM Ensino MÉDIO º ANO Profº:RONALDO VILAS BOAS COSTA Disciplina: MATEMÁTICA Aluno (a): No TRABALHO DE RECUPERAÇÃO VALOR, INSTRUÇÕES: LEIA com atenção cada questão; PROCURE compreender o que

Leia mais

Trocas Gasosas em Seres Multicelulares

Trocas Gasosas em Seres Multicelulares Trocas Gasosas em Seres Multicelulares -Trocas gasosas nas plantas -Trocas gasosas nos animais Prof. Ana Rita Rainho TROCAS GASOSAS NAS PLANTAS www.biogeolearning.com 1 Trocas gasosas nas plantas Nas plantas,

Leia mais

BIOLOGIA FOLHETOS EMBRIONÁRIOS. a) Hydra. b) Planária. c) Actínea. d) Esponja. e) Obélia.

BIOLOGIA FOLHETOS EMBRIONÁRIOS. a) Hydra. b) Planária. c) Actínea. d) Esponja. e) Obélia. BIOLOGIA Prof. Fred FOLHETOS EMBRIONÁRIOS 1. Observe a figura ao lado, que representa um corte transversal de um cordado. A estrutura apontada pela seta está presente a) na galinha. b) na minhoca c) no

Leia mais

Matemática. Relações Trigonométricas. Professor Dudan.

Matemática. Relações Trigonométricas. Professor Dudan. Matemática Relações Trigonométricas Professor Dudan www.acasadoconcurseiro.com.br Matemática RELAÇÕES TRIGONOMÉTRICAS Definição A Trigonometria (trigono: triângulo e metria: medidas) é o ramo da Matemática

Leia mais

Exercícios de Aprofundamento Biologia Trocas Gasosas

Exercícios de Aprofundamento Biologia Trocas Gasosas 1. (Unesp 2014) Os gráficos representam a concentração de três gases no sangue assim que passam pelos alvéolos pulmonares. É correto afirmar que os gráficos que representam as concentrações dos gases O

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Querido(a) aluno(a), Colégio Santa Dorotéia Tema Transversal: Casa comum, nossa responsabilidade. Disciplina: Ciências / ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS - RECUPERAÇÃO Série: 3ª - Ensino Fundamental Aluno(a): N o

Leia mais

QiD 6 1ª SÉRIE PARTE 4 BIOLOGIA

QiD 6 1ª SÉRIE PARTE 4 BIOLOGIA DATA DE ENTREGA: 8 / 09 / 016 QiD 6 1ª SÉRIE PARTE 4 BIOLOGIA Fábrica produz pele humana na Alemanha Investigadores alemães produzem tecidos a 3D 011-04-7 Fábrica produz cinco mil unidades de pele por

Leia mais

Matemática Trigonometria TRIGONOMETRIA

Matemática Trigonometria TRIGONOMETRIA TRIGONOMETRIA Aula 43 Página 83 1. Calcule o seno, o cosseno e a tangente de 750. Aula 43 Página 83 2. Calcule o seno, o cosseno e a tangente de π/4. Aula 43 Caderno de Exercícios Pág. 47 1. Obtenha a

Leia mais

MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO

MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO FUNÇÕES VALOR NUMÉRICO 1 01) Dada a função f(x) 1 x, o valor f(1,5) é x + 1 igual a a) 1,7 b) 1,8 c) 1,9 d),0 e),1 0) Na função f:r R, com f(x) x² 3x + 1, o 1 valor de f a) b) 11/4 c) 3/3 d) 15/4 FUNÇÕES

Leia mais

Fisiologia: Digestão, Respiração, Circulação, Excreção, Coordenação e Reprodução

Fisiologia: Digestão, Respiração, Circulação, Excreção, Coordenação e Reprodução Fisiologia: Digestão, Respiração, Circulação, Excreção, Coordenação e Reprodução Fisiologia: Digestão, Respiração, Circulação, Excreção, Coordenação e Reprodução 1. A figura representa os sistemas digestivos

Leia mais

Características Gerais dos Seres Vivos, Reino Vegetal, Fungos, Protoctistas e Monera

Características Gerais dos Seres Vivos, Reino Vegetal, Fungos, Protoctistas e Monera Características Gerais dos Seres Vivos, Reino Vegetal, Fungos, Protoctistas e Monera Características Gerais dos Seres Vivos, Reino Vegetal, Fungos, Protoctistas e Monera Biologia 1. Tatuzinhos-de-jardim,

Leia mais

Embriogênese. Natália A. Paludetto

Embriogênese. Natália A. Paludetto Embriogênese Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Embriogênese Após fusão dos núcleos durante a fecundação, formase uma célula ovo ou zigoto. Zigoto primeira célula de um novo ser vivo (2n).

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 62 AVES E MAMÍFEROS

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 62 AVES E MAMÍFEROS BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 62 AVES E MAMÍFEROS omo pode cair no enem? F eia o texto a seguir. 1 Pouca gente se dá conta de que o litoral sul do Brasil, em especial Santa Catarina, é a uma das áreas mais

Leia mais