FILO CORDADOS. *Providos de nortocorda pelo menos na fase embrionária. *providos de fendas branquiais faringeanas pelo menos na fase embrionária.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FILO CORDADOS. *Providos de nortocorda pelo menos na fase embrionária. *providos de fendas branquiais faringeanas pelo menos na fase embrionária."

Transcrição

1 FILO CORDADOS *Providos de nortocorda pelo menos na fase embrionária. *providos de fendas branquiais faringeanas pelo menos na fase embrionária. *Providos de tubo nervoso dorsal.

2 SUB-FILO PROTOCORDADOS Providos de notocorda que persiste ou não no adulto, não sendo substituída pelas vértebras. CLASSE UROCORDADOS - Ascídia e Salpa. CLASSE CEFALOCORDADOS - Anfioxo.

3 ASCÍDIA P

4 ANFIOXO(acraniado)

5 SUB-FILO VERTEBRADOS Providos de caixa craniana cartilaginosa ou óssea (craniados). Notocorda persistente ligada a arcos cartilaginosos. Notocorda substituída pela coluna vertebral cartilaginosa ou óssea.

6 VERTEBRADOS CICLOSTOMADOS - Lampréia e Feiticeira. PEIXES CONDRÍCTIES - Tubarão, Raia, Cação, Quimera. PEIXES OSTEÍCTIES - Pintado, Pacú, Piranha, Carpa. ANFÍBIOS - Sapo, Salamandra, Cobra-cega. RÉPTEIS - Tartaruga, Cobra, Lagarto, Jacaré, Tuatara. AVES - Ema, Casuar, Pinguim, Falcões, Pombos. MAMÍFEROS - Homem, Leão, Elefante, Peixe-boi.

7 CICLÓSTOMOS Boca circular sem mandíbula (agnatos). Notocorda ligada a raios cartilaginosos. Nadadeiras somente impares. Pele lisa e sem escamas. 7 pares de fendas branquiais.

8 LAMPRÉIA

9 PEIXE CONDRÍCTIE Esqueleto cartilagionoso. Boca mandibulada antero-ventral (gnatos). Nadadeiras pares e impares. Nadadeira caudal heterocerca. Escamas placóides dérmicas. Boca e cloaca. 5 a 7 pares de fendas branquiais.

10 PEIXE CONDRÍCTIE DIGESTÓRIO - Completo (boca e cloaca). presença de valvula espiral. RESPIRATÓRIO - Branquial; 5 a 7 pares de fendas branquiais, sem opérculo. CIRCULATÓRIO - Fechado, simples e venoso. coração biclavitário. EXCRETOR - Rins mesonéfricos; ureotélicos.

11 PEIXE CONDRÍCTIE NERVOSO - Encéfalo e medula; 10 pares de nervos cranianos e linha lateral. REPRODUTOR - Dióicos, fecundação interna e cruzada; desenvolvimento direto; clásper nos machos

12 TUBARÃO

13 PEIXE OSTEÍCTIE Esqueleto ósseo. Boca mandibulada anterior (gnatos). Nadadeiras pares e ímpares. Nadadeira caudal homocerca. Escamas mesodérmicas ganóides, ctenóides e ciclóides. Boca e ânus. 4 pares de fendas branquiais recobertas pelo opérculo.

14 PEIXE OSTEÍCTIE DIGESTÓRIO - Completo; Boca e ânus; Cecos pilóricos para aumento da absorção. RESPIRATÓRIO - Branquial; 4 fendas bransquiais recobertas por opérculo. CIRCULATÓRIO - Fechado, completo e venoso. Coração biclavitário. EXCRETOR - Rins mesonéfricos; Amoniotélicos

15 PEIXE OSTEÍCTIE NERVOSO - Encéfalo e medula; 10 pares de nervos cranianos e linha lateral. REPRODUTOR - Dióicos, maioria com fecundação externa e desenvolvimento indireto (alevinos).

16 DOURADO

17 PORQUE OS ANFÍBIOS NÃO CONQUISTARAM O AMBIENTE TERRESTRE? Fecundação externa. Desenvolvimento indireto. Ovos com casca mole ou membranosa. Pele úmida e glandular, sem escamas externas e função respiratória eficiente. Pulmões saculiformes pouco eficientes.

18 ANFÍBIOS DIGESTÓRIO - Completo; boca e cloaca. RESPIRATÓRIO - Branquial (larvas e salamandras adultas) - Cutânea, bucofaringeana e pulmonar. CIRCULATÓRIO - Fechado, duplo e incompleto. Coração triclavitário. EXCRETOR - Rins mesonéfricos; larvas excretam amônia e adultos excretam uréia.

19 ANFÍBIOS NERVOSO - Encéfalo, medula; 10 pares de nervos cranianos e linha lateral nas larvas. REPRODUTOR - Dióicos, maioria com fecundação externa e desenvolvimento indireto (girino e axolotle).

20 SAPOS/SALAMANDRAS/COBRAS CEGAS

21 PORQUE OS RÉPTEIS CONQUISTARAM O AMBIENTE TERRESTRE? Fecundação interna e desenvolvimento direto. Presença de âmnio (amniotas) e alantóide (alantoidianos). Presença de ovo com casca dura e porosa. Pele seca e queratinizada sem função respiratória. Pulmões parenquimatosos adaptados a respiração aérea. Excreção de ácido úrico.

22 RÉPTEIS DIGESTÓRIO - Completo; boca e cloaca. RESPIRATÓRIO - Pulmonar. Pulmões parenquimatosos. CIRCULATÓRIO - Fechado, duplo, sendo incompleto nos não crocodilianos e quase completo nos crocodilianos. EXCRETOR - Rins metanéfricos. Exretam ácido úrico.

23 RÉPTEIS NERVOSO - Encéfalo medula; 12 pares de nervos cranianos. REPRODUTOR - Dióicos, fecundação interna e desenvolvimento direto.

24 TUATARA/CROCODILO/SERPENTE/ TARTARUGA/

25 MODIFICAÇÕES ADAPTATIVAS DAS AVES AO VÔO Corpo recoberto por penas. Osso esterno em forma de quilha. Ossos ocos ou pneumáticos. Boca com bico sem dentes. Ausência de pênis e bexiga urinária. Defecação constante. Pulmões ligados aos sacos aéreos.

26 AVES DIGESTÓRIO - Completo; Boca, papo, moela e cloaca. RESPIRATÓRIO - Pulmonar, sendo os pulmões ligados aos sacos aéreos. CIRCULATÓRIO - Fechado, duplo e completo. Coração tetraclavitário. EXCRETOR - Rins metanéfricos; excretam ácido úrico.

27 AVES NERVOSO - Encéfalo, medula; 12 pares de nervos cranianos. REPRODUTOR - Dióicos, fecundação interna e desenvolvimento direto. Ovíparos. Amniotas e alantoidianos.

28 CASUAR/AVESTRUZ/PINGUIM/FALCÃO

29 CARACTERÍSTICAS EXCLUSIVAS DOS MAMÍFEROS Presença de glândulas mamárias tanto nos machos, quanto nas fêmeas. Presença de pelos. Presença de hemácias discoidais e anucleadas. Presença de músculo diafragma. Presença de dentes heterodontes. Presença de alveolos pulmonares.

30 MAMÍFEROS DIGESTÓRIO - Completo; Boca e ânus ou cloaca. Nos ruminantes o estômago é compartimentalizado para digestão da celulose. RESPIRATÓRIO - Pulmonar, inclusive nos aquáticos, sendo os pulmões alveolares. CIRCULATÓRIO - Fechado, duplo e completo. Coração tetraclavitário. EXCRETOR - Renal. Rins metanéfricos. Excreção primordialmente de uréia. (ureotélicos).

31 MAMÍFEROS NERVOSO - Encéfalo e medula. 12 pares de nervos cranianos. REPRODUTOR - Dióicos, fecundação interna, com desenvolvimento diversificado.

32 CLASSIFICAÇÃO DAS SUB-CLASSES DE MAMÍFEROS PROTOTÉRIOS - Mamíferos com oviparidade. Equidna e ornitorrinco. METATÉRIOS - Mamíferos com marsúpio. Coala, gambá. cuíca, cangurú. EUTÉRIOS (PLACENTÁRIOS) - Mamíferos com placenta desenvolvida. Homem, gatos, cães, baleias...

33 PROTOTÉRIOS

34 METATÉRIOS

35 EUTÉRIOS

REVISÃO DO FILO DOS CORDADOS. Biologia Professora: Maria Lucia Fensterseifer

REVISÃO DO FILO DOS CORDADOS. Biologia Professora: Maria Lucia Fensterseifer REVISÃO DO FILO DOS CORDADOS Biologia Professora: Maria Lucia Fensterseifer PROTOCORDADOS NOTOCORDA TUBO NERVOSO DORSAL FENDAS FARÍNGEAS ASCÍDIA = UROCORDADO (NOTOCORDA NA CAUDA DA FASE LARVAL) ANFIOXO

Leia mais

Cordados I. Peixes, Anfíbios e Répteis. Cursinho Popular de Ensino Pré-Vestibular TRIU Pela popularização da universidade pública

Cordados I. Peixes, Anfíbios e Répteis. Cursinho Popular de Ensino Pré-Vestibular TRIU Pela popularização da universidade pública Cursinho Popular de Ensino Pré-Vestibular TRIU Pela popularização da universidade pública Cordados I Peixes, Anfíbios e Répteis Prof. Rafael Rosolen T. Zafred Revisão Peixes ; Anfíbios; Répteis; Aves;

Leia mais

Filo extremamente diversificado quanto ao tamanho e ao aspecto geral de seus representantes O agrupamento baseia-se no desenvolvimento embrionário,

Filo extremamente diversificado quanto ao tamanho e ao aspecto geral de seus representantes O agrupamento baseia-se no desenvolvimento embrionário, Filo extremamente diversificado quanto ao tamanho e ao aspecto geral de seus representantes O agrupamento baseia-se no desenvolvimento embrionário, principalmente, na nêurula, quando é possível identificar

Leia mais

Filo dos Cordados. Profª Janaina Q. B. Matsuo

Filo dos Cordados. Profª Janaina Q. B. Matsuo Profª Janaina Q. B. Matsuo Os Cordados possuem com exclusividade uma neurocorda dorsal de origem ectodérmica, fendas branquiais pares na faringe do embrião (no Homem originarão as cordas vocais), uma notocorda

Leia mais

Filo Cordado. Apostila VII Unidade 24 a Características Embrionárias: 2- Caracterização Fisiológica: Característica

Filo Cordado. Apostila VII Unidade 24 a Características Embrionárias: 2- Caracterização Fisiológica: Característica 1- Características Embrionárias: Característica Tipo Simetria* Bilateral Tecidos Eumetazoa Tecidos embrionários Triblástico Celoma Celomado Origem do celoma Enterocelomado Blastóporo Deuterostômico Metameria

Leia mais

Cor C da or do da s do Prof. Fernando Belan Prof. Fernand - BIOLOGIA MAIS o Belan

Cor C da or do da s do Prof. Fernando Belan Prof. Fernand - BIOLOGIA MAIS o Belan Cordados Cordados Prof. Fernando Fernando Belan Belan -- BIOLOGIA BIOLOGIA MAIS MAIS Prof. Introdução Protocordados (anfioxo e ascídia); Vertebrados (peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos); Simetria

Leia mais

Filo Chordada (Cordados) Vitor Leite

Filo Chordada (Cordados) Vitor Leite Filo Chordada (Cordados) Vitor Leite Filo Chordata (Cordados) Características gerais: -Triblásticos, celomados, deuterostômios, apresentam metameria (evidente na fase embrionária); Características Exclusivas:

Leia mais

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Chordata. Natália A. Paludetto

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Chordata. Natália A. Paludetto Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Chordata Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/ Reino Animalia Filos: 1) Porifera; 2) Cnidaria; 3) Platyhelminthes; 4) Nematoda;

Leia mais

Biologia Móds. 21/22 Setor 1423 Cordados Prof. Rafa

Biologia Móds. 21/22 Setor 1423 Cordados Prof. Rafa Biologia Móds. 21/22 Setor 1423 Cordados Prof. Rafa Características: Triblásticos Celomados ectoderme intestino mesoderme celoma cavidade corporal na mesoderme endoderme Características: Deuterostômios:

Leia mais

FILO CHORDATA. Cordados

FILO CHORDATA. Cordados FILO CHORDATA Cordados Cordados Notocorda Triblásticos Deuterostômios Simetria Bilateral Epineuro Celomados 2 Características presentes em todos os cordados: Notocorda; Fendas na faringe; Tubo nervoso

Leia mais

EUCORDADOS (Vertebrados): possuem coluna vertebral e têm crânio com encéfalo.

EUCORDADOS (Vertebrados): possuem coluna vertebral e têm crânio com encéfalo. Cordados compreende animais adaptados para a vida aquática e terrestre. Dividem-se em: PROTOCORDADOS: destituídos de coluna vertebral e de caixa craniana EUCORDADOS (Vertebrados): possuem coluna vertebral

Leia mais

Reino Animalia 0 (Metazoa)

Reino Animalia 0 (Metazoa) Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Chordata (Parte II) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/ Chordata Triblásticos, celomados, deuterostômios e possuem simetria bilateral;

Leia mais

Filo extremamente diversificado quanto ao tamanho e ao aspecto geral de seus representantes O agrupamento baseia-se no desenvolvimento embrionário,

Filo extremamente diversificado quanto ao tamanho e ao aspecto geral de seus representantes O agrupamento baseia-se no desenvolvimento embrionário, Filo extremamente diversificado quanto ao tamanho e ao aspecto geral de seus representantes O agrupamento baseia-se no desenvolvimento embrionário, principalmente, na nêurula, quando é possível identificar

Leia mais

SUBFILO dos VERTEBRADOS (VERTEBRATA)

SUBFILO dos VERTEBRADOS (VERTEBRATA) Aluno: Nº: Turma: FILO: CORDADOS (PROTOCORDADOS E VERTEBRADOS) B8 Módulo 2 SUBFILOS dos UROCORDADOS e dos CEFALOCORDADOS = OS PROTOCORDADOS Características Principais: Presença de notocorda que não é substituída

Leia mais

ANIMAIS VERTEBRADOS PEIXES ANFÍBIOS RÉPTEIS AVES MAMÍFEROS

ANIMAIS VERTEBRADOS PEIXES ANFÍBIOS RÉPTEIS AVES MAMÍFEROS ANIMAIS VERTEBRADOS PEIXES ANFÍBIOS RÉPTEIS AVES MAMÍFEROS Os Cordados O Filo Chordata (ou Cordados) reúne uma grande diversidade de seres de formas e tamanhos variados, adaptados aos mais diversos ambientes.

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Conteúdo: Conteúdo Recuperação do 3 Bimestre disciplina: Ciências - Peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos. Diferenças entre esses seres vivos e importâncias

Leia mais

CORDADOS. Professora Lígia Cazarin

CORDADOS. Professora Lígia Cazarin CORDADOS Professora Lígia Cazarin CARACTERÍSTICAS GERAIS Eucariontes Domínio Animais Reino Cordados Filo CARACTERÍSTICAS GERAIS: NOTOCORDA - (ao menos na fase embrionária) sendo que nos euvertebrados,

Leia mais

Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas.

Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas. ANFÍBIOS QUEM SÃO? INTRODUÇÃO Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas. Pernas sustentam e deslocam

Leia mais

Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas.

Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas. ANFÍBIOS QUEM SÃO? INTRODUÇÃO Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas. Pernas sustentam e deslocam

Leia mais

FILO CHORDATA. Anfioxo. Ascídia

FILO CHORDATA. Anfioxo. Ascídia FILOS ANIMAIS FILO CHORDATA O filo apresenta cerca de 50.000 espécies distribuídas entre protocordados e vertebrados. Protocordados cordados mais simples, pequenos e exclusivamente marinhos não são muito

Leia mais

Filo dos Cordados Características gerais presentes pelo menos em uma fase da vida(embrionária):

Filo dos Cordados Características gerais presentes pelo menos em uma fase da vida(embrionária): Filo dos Cordados Características gerais presentes pelo menos em uma fase da vida(embrionária): Presença de notocorda (eixo dorsal de sustentação). Tubo nervoso dorsal. Fendas branquiais na faringe. Cauda

Leia mais

AVES PROF. MARCELO MIRANDA

AVES PROF. MARCELO MIRANDA AVES Características gerais: - penas, membros anteriores modificados em asas, homeotermia(endotermia). Penas: estruturas que revestem e isolam termicamente o corpo, permitindo a manutenção da temperatura.

Leia mais

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos. Prof. José Roberto

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos. Prof. José Roberto Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos Prof. José Roberto VERTEBRADOS CARACTERÍSTICAS GERAIS Animais vertebrados são todos aqueles que possuem como caracteristica principal, uma coluna vertebral. Animais

Leia mais

PEIXES, ANFÍBIOS E RÉPTEIS

PEIXES, ANFÍBIOS E RÉPTEIS PEIXES, ANFÍBIOS E RÉPTEIS Prof. Biól. Ms. Leila Lucia Fritz Porto Alegre, Agosto de 2017. PEIXES Corpo Esqueleto interno com uma coluna vertebral esqueleto formado por ossos classe dos osteíctes. Exemplo:

Leia mais

Equinodermas e Protocordados 2ª parte

Equinodermas e Protocordados 2ª parte COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Equinodermas e Protocordados 2ª parte Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com O que significa o termo Cordados?

Leia mais

Evolução dos vertebrados

Evolução dos vertebrados PEIXES Evolução dos vertebrados PEIXES PULMONADOS AVES ÓSSEOS ANFÍBIOS RÉPTEIS CICLÓSTOMO PEIXES MAMÍFEROS CARTILAGINOSOS Peixe Primitivo (Lampreias e Feiticeiras) Características gerais Exclusivamente

Leia mais

Biologia Alternativa C. 02 Alternativa A 03 V - V - V - F - V. 01 Alternativa A. 02 Alternativa C. 03 Alternativa B.

Biologia Alternativa C. 02 Alternativa A 03 V - V - V - F - V. 01 Alternativa A. 02 Alternativa C. 03 Alternativa B. Biologia 1 Unidade 45 V - V - V - F - V Unidade 46 06 1 Unidade 47 4 + 8 + 64 = 76 Unidade 48 V V V F F a) Vasos liberianos (floema). b) Transporte de seiva orgânica dos órgãos produtores para os órgãos

Leia mais

SUPERCLASSE PEIXES 2) CLASSE CONDRÍCTEIS PEIXES CARTILAGINOSOS

SUPERCLASSE PEIXES 2) CLASSE CONDRÍCTEIS PEIXES CARTILAGINOSOS PEIXES SUPERCLASSE PEIXES 2) CLASSE CONDRÍCTEIS PEIXES CARTILAGINOSOS Endoesqueleto cartilaginoso Espiráculos Boca ventral 5 a 7 pares de fendas branquiais Sem bexiga natatória Presença de cloaca Glândula

Leia mais

Cordados. Cauda pós-anal Notocorda Sistema Nervoso Dorsal Endóstilo Fendas faringianas

Cordados. Cauda pós-anal Notocorda Sistema Nervoso Dorsal Endóstilo Fendas faringianas Filo Chordata Cordados Cauda pós-anal Notocorda Sistema Nervoso Dorsal Endóstilo Fendas faringianas Características Gerais Triblásticos; Celomados; Deuterostômios; Simetria bilateral; Sistema digestório

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 60 CORDADOS

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 60 CORDADOS BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 60 CORDADOS ixação F ) Um aluno esquematizou um anfioxo, indicando, com legendas, os principais caracteres do 2 lo Chordata. p Indique a legenda que aponta o ERRO cometido

Leia mais

Características Gerais dos Cordados (Protocordados e Vertebrados)

Características Gerais dos Cordados (Protocordados e Vertebrados) Características Gerais dos Cordados (Protocordados e Vertebrados) Ocorrência, em pelo menos uma fase da vida de: Tubo Neural Dorsal Notocorda Fendas Branquiais na Faringe Classificação dos Cordados Cordados

Leia mais

Biologia FILO CORDADOS

Biologia FILO CORDADOS CPMG- NADER ALVES DOS SANTOS Biologia FILO CORDADOS Prof. Weber FILO DOS CORDADOS Filo Chordata grandes animais existentes na Terra, dentre eles, o homem. Grande adaptação, diversos hábitos de vida, grande

Leia mais

Alta capacidade de locomoção Deuterostômios com simetria pentarradial. Os equinodermos alimentam-se de pequenos animais e algas.

Alta capacidade de locomoção Deuterostômios com simetria pentarradial. Os equinodermos alimentam-se de pequenos animais e algas. Os equinodermos constituem um grupo exclusivamente marinhos, dotados de um endoesqueleto calcário muitas vezes provido de espinhos salientes. Alta capacidade de locomoção Deuterostômios com simetria pentarradial

Leia mais

AVES: ORIGENS E MORFOLOGIA. Disciplina: Biologia Geral

AVES: ORIGENS E MORFOLOGIA. Disciplina: Biologia Geral AVES: ORIGENS E MORFOLOGIA Disciplina: Biologia Geral 150-160 milhões de anos >10,000 espécies vivas Cladograma dos Amniotas Anfíbios Tartarugas Serpentes Crocodilos Mamíferos Lagartos Aves Dinossauros

Leia mais

AS AVES. Sabiá laranjeira (Turdus rufiventris) Ave símbolo do Brasil Capítulo 6 Sistema Poliedro de Ensino Professora Vanessa Rodrigues Granovski

AS AVES. Sabiá laranjeira (Turdus rufiventris) Ave símbolo do Brasil Capítulo 6 Sistema Poliedro de Ensino Professora Vanessa Rodrigues Granovski AS AVES Sabiá laranjeira (Turdus rufiventris) Ave símbolo do Brasil Capítulo 6 Sistema Poliedro de Ensino Professora Vanessa Rodrigues Granovski ANATOMIA DAS AVES VERTEBRADOS OSSOS PNEUMÁTICOS Ossos longos,

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Pág. 185 Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ PROBLEMATIZAÇÃO O

Leia mais

Tema da aula/lista de exercício: Cordados I: Peixes, Anfíbios e Répteis

Tema da aula/lista de exercício: Cordados I: Peixes, Anfíbios e Répteis Disciplina: Biologia Prof: Rafael Turma: TR 09/09/2016 Tema da aula/lista de exercício: Cordados I: Peixes, Anfíbios e Répteis 1. Qual dos grupos que seguem apresenta somente peixes cartilaginosos? a)

Leia mais

MAMÍFEROS. 15 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti

MAMÍFEROS. 15 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti MAMÍFEROS Capítulo 15 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS MAMÍFEROS Aquáticos: Habitat: Mamíferos podem ser terrestres: Único mamífero que voa: Pelos Estratificada

Leia mais

ASPECTOS EVOLUTIVOS. originaram dos répteis. Escamas móveis semelhantes as penas antes do surgimento da endotermia e no início, sem relação com o vôo.

ASPECTOS EVOLUTIVOS. originaram dos répteis. Escamas móveis semelhantes as penas antes do surgimento da endotermia e no início, sem relação com o vôo. Classe das Aves ASPECTOS EVOLUTIVOS originaram dos répteis. Escamas móveis semelhantes as penas antes do surgimento da endotermia e no início, sem relação com o vôo. redução do peso. o planar vôo nicho

Leia mais

CLASSE REPTILIA SISTEMA TEGUMENTAR. Quem são eles??? Reptare=rastejar 14/02/2014 PRIMEIROS RÉPTEIS SURGIRAM HÁ: FILO CHORDATA

CLASSE REPTILIA SISTEMA TEGUMENTAR. Quem são eles??? Reptare=rastejar 14/02/2014 PRIMEIROS RÉPTEIS SURGIRAM HÁ: FILO CHORDATA FILO CHORDATA SUBFILOS: UROCHORDATA CLASSE REPTILIA CEPHALOCHORDATA VERTEBRATA CYCLOSTOMATA P. CARTILAGINOSOS P. ÓSSEOS AMPHIBIA REPTILIA AVES MAMMALIA PRIMEIROS RÉPTEIS SURGIRAM HÁ: 300 MILHÕES DE ANOS

Leia mais

FILO CHORDATA (Cordados)

FILO CHORDATA (Cordados) FILO CHORDATA (Cordados) Chorda = cordão animais que possuem um cordão dorsal de sustentação Ocupam todos os ecossistemas 1. Características gerais Simetria bilateral Triblásticos Celomados Deuterostômios

Leia mais

BIOLOGIA AULA 12: ZOOLOGIA CORDADOS (Aves e mamíferos)

BIOLOGIA AULA 12: ZOOLOGIA CORDADOS (Aves e mamíferos) BIOLOGIA AULA 12: ZOOLOGIA CORDADOS (Aves e mamíferos) 1. Classe das aves Apresentam um padrão estrutural muito bem adaptado e homogêneo. São dióicos, geralmente com dimorfismo sexual, fecundação interna

Leia mais

BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS - 7º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================

BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS - 7º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================ PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS - 7º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================ ANIMAIS INVERTEBRADOS 01- Conhecemos

Leia mais

2. (1,0) Dadas as funções f(x) = 5x e g(x) = 2x 6, construa o gráfico dessas funções e descubra o ponto de intersecção:

2. (1,0) Dadas as funções f(x) = 5x e g(x) = 2x 6, construa o gráfico dessas funções e descubra o ponto de intersecção: QiD 3 1ª SÉRIE PARTE 4 MATEMÁTICA 1. (1,0) O preço de um carro novo é de R$9.000,00 e, com 4 anos de uso, é de R$4.000,00. Supondo que o preço caia com o tempo, segundo uma linha reta, determine o valor

Leia mais

P E I X E S. Quanto ao esqueleto:

P E I X E S. Quanto ao esqueleto: P E I X E S Quanto ao esqueleto: OSTEÍCTES Esqueleto ósseo EX.: Sardinha, Dourado, Cioba etc. CONDRÍCTES Esqueleto Cartilaginoso EX.: Tubarão, Raia etc. O Peixe por fora CIÊNCIAS NO DIA-A-DIA SITUAÇÃO

Leia mais

FILO CHORDATA. Cordados

FILO CHORDATA. Cordados FILO CHORDATA Cordados Cordados Notocorda Triblásticos Deuterostômios Simetria Bilateral Epineuro Celomados 2 Características presentes em todos Notocorda; Fendas na faringe; Tubo nervoso dorsal; Cauda

Leia mais

Anfíbios Fisiologia Exercícios Curiosidades CLASSE AMPHIBIA. Biologia. C4 H14, 15, 16 Professor João

Anfíbios Fisiologia Exercícios Curiosidades CLASSE AMPHIBIA. Biologia. C4 H14, 15, 16 Professor João CLASSE AMPHIBIA Biologia C4 H14, 15, 16 Professor João Características gerais Classificação Características gerais Anfíbio = anfi + bio Dupla vida (desenvolvimento indireto: fase larval aquática e adulto

Leia mais

Diversidade Animal III

Diversidade Animal III Diversidade Animal III Características gerais dos cordados Características básicas dos cordados Metameria: Repetições de estruturas no corpo. Notocorda: Desempenha um papel essencial para o desenvolvimento

Leia mais

Tetrápodes e a Conquista do Ambiente Terrestre

Tetrápodes e a Conquista do Ambiente Terrestre Tetrápodes e a Conquista do Ambiente Terrestre Formação dos Elementos de Apoio Conquista da Terra A transição da água para a terra é talvez o evento mais dramático da evolução animal. Podemos perceber

Leia mais

Reino Animalia: filos com representantes aquáticos

Reino Animalia: filos com representantes aquáticos Reino Animalia: filos com representantes aquáticos Filos exclusivamente aquáticos Disponível em: .

Leia mais

COLÉGIO CEC CENTRO EDUCACIONAL CIANORTE ED. INFANTIL, ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO - SISTEMA ANGLO DE ENSINO. REVISÃO: AVES E MAMÍFEROS PROFESSOR: NANNI

COLÉGIO CEC CENTRO EDUCACIONAL CIANORTE ED. INFANTIL, ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO - SISTEMA ANGLO DE ENSINO. REVISÃO: AVES E MAMÍFEROS PROFESSOR: NANNI COLÉGIO CEC CENTRO EDUCACIONAL CIANORTE ED. INFANTIL, ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO - SISTEMA ANGLO DE ENSINO. REVISÃO: AVES E MAMÍFEROS PROFESSOR: NANNI 01)(UFPEL-2007) É comum vermos aves de ambientes aquáticos

Leia mais

Diversidade animal IV Répteis Aves Mamíferos

Diversidade animal IV Répteis Aves Mamíferos Diversidade animal IV Répteis Aves Mamíferos Répteis Os répteis ocuparam o ambiente terrestre de forma mais efetiva que os anfíbios. Graças a adaptações significativas que permitiam a exploração sem a

Leia mais

ZOOLOGIA - REINO METAZOA

ZOOLOGIA - REINO METAZOA ZOOLOGIA - REINO METAZOA FILO CORDADO CARACTERÍSTICAS GERAIS O que será que caracteriza um vertebrado? Substituição da Notocorda pela Coluna Vertebral; Presença de uma cabeça definida; Presença de órgãos

Leia mais

Herpetologia Estudo dos répteis. Prof. Pablo Paim Biologia

Herpetologia Estudo dos répteis. Prof. Pablo Paim Biologia Herpetologia Estudo dos répteis Prof. Pablo Paim Biologia Atualmente segundo a SBH são descritas para o Brasil 1026 espécies de anfíbios e 760 espécies de répteis. Anfíbios 988 Anuros; 1 Caudata; 33 Gymnophionas

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA - UNIR NÚCLEO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA - NCT DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA. Carga Horária: 120 horas/aula

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA - UNIR NÚCLEO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA - NCT DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA. Carga Horária: 120 horas/aula FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA - UNIR NÚCLEO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA - NCT DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA Código: CBIACO Créditos: 06 Período: 3 o (terceiro período) Disciplina: Anatomia Comparada

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Pág. 197 Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ PROBLEMATIZAÇÃO Conhece

Leia mais

ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS CURSO: Ciências Biológicas 3º Ano 2º semestre

ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS CURSO: Ciências Biológicas 3º Ano 2º semestre ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS CURSO: Ciências Biológicas 3º Ano 2º semestre 2ª Aula 1ª Parte Diversidade, Evolução e Origem dos vertebrados (Ministrante: Profa. Dra. Virginia S. Uieda) Professores Responsáveis:

Leia mais

1. (UFMG) Todas as alternativas indicam características que podem aparecer nos. a) coração dorsal com quatro cavidades circulação aberta.

1. (UFMG) Todas as alternativas indicam características que podem aparecer nos. a) coração dorsal com quatro cavidades circulação aberta. 12. Cordados 1. (UFMG) Todas as alternativas indicam características que podem aparecer nos vertebrados, exceto: a) coração dorsal com quatro cavidades circulação aberta. b) sistema excretor com néfrons

Leia mais

Os peixes representam a maior classe em número de espécies conhecidas entre os vertebrados. Acredita-se que os peixes tenham surgido por volta de 540

Os peixes representam a maior classe em número de espécies conhecidas entre os vertebrados. Acredita-se que os peixes tenham surgido por volta de 540 PEIXES Os peixes representam a maior classe em número de espécies conhecidas entre os vertebrados. Acredita-se que os peixes tenham surgido por volta de 540 milhões de anos atrás. Provavelmente, foram

Leia mais

V EREBIO NE. ENCONTRO REGIONAL DE ENSINO DE BIOLOGIA Olhares para a Educação em Biologia: escola, vida e cultura.

V EREBIO NE. ENCONTRO REGIONAL DE ENSINO DE BIOLOGIA Olhares para a Educação em Biologia: escola, vida e cultura. V EREBIO NE ENCONTRO REGIONAL DE ENSINO DE BIOLOGIA Olhares para a Educação em Biologia: escola, vida e cultura. 20 a 23 de agosto de 2013 UFRN Natal/RN JOGO DIDÁTICO CLASS FISH COMO PROPOSTA PARA O ESTUDO

Leia mais

Ciclostomados e peixes

Ciclostomados e peixes Ciclostomados e peixes Agnatos ou ciclostomados Disponível em: . Acesso em: 17 jun. 2012. Agnatos ou ciclostomados

Leia mais

Filo Mollusca (Moluscos)

Filo Mollusca (Moluscos) Filo Mollusca (Moluscos) - Segundo maior filo em número de espécies (120 mil) - Habitam principalmente ambientes marinhos, mas existem dulcícolas e terrestres - Caramujos, lesmas, ostras, mariscos, polvos

Leia mais

BIOLOGIA. Prof. Fred CORDADOS. 1) Invertebrados. 1.A) Subfilo Urocordata ou tunicados. Ex: Ascidia. 1.B) Subfilo Cefalocordata. Ex. Anfioxo.

BIOLOGIA. Prof. Fred CORDADOS. 1) Invertebrados. 1.A) Subfilo Urocordata ou tunicados. Ex: Ascidia. 1.B) Subfilo Cefalocordata. Ex. Anfioxo. BIOLOGIA Prof. Fred CORDADOS 1) Invertebrados. 1.A) Subfilo Urocordata ou tunicados. Ex: Ascidia. 1.B) Subfilo Cefalocordata. Ex. Anfioxo. 2) Vertebrados 2) Sibfilo Vertebrata (EUCORDATAS). 2.A) Superclasse

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 62 AVES E MAMÍFEROS

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 62 AVES E MAMÍFEROS BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 62 AVES E MAMÍFEROS omo pode cair no enem? F eia o texto a seguir. 1 Pouca gente se dá conta de que o litoral sul do Brasil, em especial Santa Catarina, é a uma das áreas mais

Leia mais

O nome mamífero veio do latim da palavra mammalis. Mammalis = derivada de mama (seio).

O nome mamífero veio do latim da palavra mammalis. Mammalis = derivada de mama (seio). Mamíferos O nome mamífero veio do latim da palavra mammalis. Mammalis = derivada de mama (seio). Eles receberam este nome em função da característica mais marcante desses animais: a presença de glândulas

Leia mais

Embriogênese. Natália A. Paludetto

Embriogênese. Natália A. Paludetto Embriogênese Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Embriogênese Após fusão dos núcleos durante a fecundação, formase uma célula ovo ou zigoto. Zigoto primeira célula de um novo ser vivo (2n).

Leia mais

tetrápodes endotérmicos ovíparos A principal característica que permitiu essa conquista foi a endotermia,

tetrápodes endotérmicos ovíparos A principal característica que permitiu essa conquista foi a endotermia, AVES Aves As aves constituem uma classe de animais vertebrados, tetrápodes, endotérmicos, ovíparos, caracterizados principalmente por possuírem penas, apêndices locomotores anteriores modificados em asas,

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 3º

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 3º GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: FreD DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 3º ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: - É fundamental

Leia mais

Prof. Rolim. DIGESTÃO, RESPIRAÇÃO, CIRCULAÇÃO e EXCREÇÃO

Prof. Rolim. DIGESTÃO, RESPIRAÇÃO, CIRCULAÇÃO e EXCREÇÃO DIGESTÃO, RESPIRAÇÃO, CIRCULAÇÃO e EXCREÇÃO 2 tipos conhecidos: DIGESTÃO 1. Intracelular: ocorre no interior da célula 2. Extracelular: ocorre no exterior da célula D. Intracelular: Poríferos D. Intra.

Leia mais

ATIVIDADES. BA.11 e 12: Cordados, uma visão geral BIOLOGIA. A partir dessa análise, é CORRETO afirmar que o ancestral desses quatro grupos apresentava

ATIVIDADES. BA.11 e 12: Cordados, uma visão geral BIOLOGIA. A partir dessa análise, é CORRETO afirmar que o ancestral desses quatro grupos apresentava ATIVIDADES 1. (UFPE 2004) Levando-se em conta as características dos cordados, analise as proposições seguintes com verdadeiro ou falso. ( ) Os equinodermos são deuterostômios e apresentam esqueleto interno

Leia mais

ONGEP PRÉ-PROVA BIOLOGIA 2013

ONGEP PRÉ-PROVA BIOLOGIA 2013 ONGEP PRÉ-PROVA BIOLOGIA 2013 ZOOLOGIA DE INVERTEBRADOS PORÍFEROS Provável ancestral: protista flagelado Diploblásticos Sem celoma Sem diferenciação de tecidos Coanócitos Ambiente aquático CELENTERADOS

Leia mais

Sistema Esquelético. Conformação corporal. Características dos répteis: - Crânio ossificado. - Coluna vertebral e costelas.

Sistema Esquelético. Conformação corporal. Características dos répteis: - Crânio ossificado. - Coluna vertebral e costelas. Sistema Esquelético Características dos répteis: - Crânio ossificado - Coluna vertebral e costelas - Membros - Cintura pélvica e escapular Conformação corporal - Quelônios - corpo compacto - sobreposição

Leia mais

Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT

Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT Sorriso Pensante Autor: Ivan Cabral Distribuição dos Vertebrados vs Invertebrados: 4,0% 96,0% Vertebrados Invertebrados Principais características

Leia mais

Embriologia. Prof. César Lima

Embriologia. Prof. César Lima Embriologia A embriologia é a parte da Biologia que estuda o desenvolvimento dos embriões animais. Há grandes variações, visto que os animais invertebrados e vertebrados apresentam muitos diferentes aspectos

Leia mais

FILO: CORDADOS SUB-FILO: VERTEBRADOS TABELA DE ZOOLOGIA COMPARADA

FILO: CORDADOS SUB-FILO: VERTEBRADOS TABELA DE ZOOLOGIA COMPARADA Classes Peixes Cartilaginosos (Condrictes) Temperatura ectotérmicos do corpo Tegumento pele coberta por escamas placóides, de origem dermoepidérmi ca Sustentação e locomoção Nutrição digestão Circulação

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 61 ANFÍBIOS E RÉPTEIS

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 61 ANFÍBIOS E RÉPTEIS BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 61 ANFÍBIOS E RÉPTEIS C ( p s a b c d e omo pode cair no enem? ENEM) Os primeiros socorros protegem a vítima contra maiores danos, até a chegada de um rofissional de saúde especializado.

Leia mais

Que tal estudarmos os animais jogando um jogo bem legal? Vamos lá!!!! Siga as instruções abaixo e bons estudos!!!! INSTRUÇÕES

Que tal estudarmos os animais jogando um jogo bem legal? Vamos lá!!!! Siga as instruções abaixo e bons estudos!!!! INSTRUÇÕES Atividade de Estudo - Ciências 4º ano Nome: Que tal estudarmos os animais jogando um jogo bem legal? Vamos lá!!!! Siga as instruções abaixo e bons estudos!!!! INSTRUÇÕES Durante o jogo você terá que fazer

Leia mais

Prof.: Carolina Bossle

Prof.: Carolina Bossle Prof.: Carolina Bossle EVOLUÇÃO Acredita-se que o grupo mais primitivo, seja o das esponjas cujos representantes não apresentam tecidos. Os cnidárias são animais diploblástico (diblástico) = apenas 2 folhetos

Leia mais

Os peixes como os demais vertebrados têm um esqueleto interno com coluna vertebral e crânio

Os peixes como os demais vertebrados têm um esqueleto interno com coluna vertebral e crânio Capítulo 12 PEIXES Os peixes como os demais vertebrados têm um esqueleto interno com coluna vertebral e crânio Peixes ósseos classe dos osteíctes- esqueleto ósseo Peixes cartilaginosos- classe dos condrictes-esqueleto

Leia mais

CORDADOS. bilatérias, triblásticos. Radiados, diblásticos

CORDADOS. bilatérias, triblásticos. Radiados, diblásticos CORDADOS bilatérias, triblásticos Radiados, diblásticos FILO CHORDATA (gr. Chorda, cordão) FILO CHORDATA É o maior filo da linha deuterostômia Compreendem dois grupos: Protocordados (cordados inferiores):

Leia mais

ANFÍBIOS Características

ANFÍBIOS Características Filo Cordados - Vertebrados Tetrápodas ANFÍBIOS Características Primeiros Tetrapodas Ichthyostega Primeiro anfíbio com características mais terrestres Viveu na Groelândia, no Devoniano superior Essencialmente

Leia mais

Biologia. Alexandre Bandeira (Julio Junior) Zoologia

Biologia. Alexandre Bandeira (Julio Junior) Zoologia Zoologia Zoologia 1. Os esquemas a seguir mostram os ciclos de vida de dois organismos que apresentam alternância de gerações, um celenterado e uma planta, com a indicação do ponto onde ocorre a fecundação.

Leia mais

Que expressão citada no poema nos remete aos invertebrados?

Que expressão citada no poema nos remete aos invertebrados? Que expressão citada no poema nos remete aos invertebrados? Poeta invertebrado J.J. Leandro Invertebro o Poeta E flexibilizo o verso. Uma conversão necessária Para de agora em diante Todo poeta Ser mais

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 3º

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 3º GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: FreD DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 3º ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: - É fundamental

Leia mais

SISTEMA EXCRETOR. Prof DIOTTO

SISTEMA EXCRETOR. Prof DIOTTO SISTEMA EXCRETOR Prof DIOTTO diotto@liceuasabin.br SISTEMA EXCRETOR Formado por um conjunto de órgãos que filtram o sangue, produzem e excretam a urina - o principal líquido de excreção do organismo. É

Leia mais

Este grupo abriga cerca de 40 mil espécies que ocupam os mais variados habitats.

Este grupo abriga cerca de 40 mil espécies que ocupam os mais variados habitats. FILO CHORDATA Em alguma fase da vida, os cordados apresentam: Presença de NOTOCORDA, que é uma A notocorda é uma estrutura com aspecto similar a uma vareta, de origem mesodérmica, de posição dorsal, com

Leia mais

Revestimento corporal

Revestimento corporal Répteis Répteis Os répteis (do latim reptare, 'rastejar') abrangem cerca de 7 mil espécies conhecidas. Eles surgiram há cerca de 300 milhões de anos, tendo provavelmente evoluído de certos anfíbios. Foram

Leia mais

2012 3ª PROVA SUBSTITUTIVA de BIOLOGIA

2012 3ª PROVA SUBSTITUTIVA de BIOLOGIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 3ª PROVA SUBSTITUTIVA de BIOLOGIA Aluno: Nº Série: 1º Turma: Data: 12/12/2012 Nota: Professor: Regina e Gabriela Valor da Prova: 65 pontos 1) Número de

Leia mais

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 09 PRODUTOS NITROGENADOS E TIPOS DE EXCREÇÃO

BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 09 PRODUTOS NITROGENADOS E TIPOS DE EXCREÇÃO BIOLOGIA - 2 o ANO MÓDULO 09 PRODUTOS NITROGENADOS E TIPOS DE EXCREÇÃO Fixação 1) O tipo de composto nitrogenado (amônia, ureia ou ácido úrico) eliminado por um organismo, depende, entre outros

Leia mais

Vertebrados. Classe dos Peixes

Vertebrados. Classe dos Peixes Vertebrados Os animais vertebrados, pertencentes ao reino animal e ao filo chordata, são animais que possuem vértebras, ou seja, os ossos que compõem a coluna vertebral. Importante salientar que nem todos

Leia mais

ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS CURSO: Ciências Biológicas 3º Ano 2º semestre

ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS CURSO: Ciências Biológicas 3º Ano 2º semestre ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS CURSO: Ciências Biológicas 3º Ano 2º semestre 6ª Aula 2ª Parte Vida no ambiente terrestre (Ministrante: Profa. Dra. Virginia S. Uieda) Professores Responsáveis: Virgínia Sanches

Leia mais

Estudo Dirigido de Ciências 6 as séries Professores: Andréia e Zago

Estudo Dirigido de Ciências 6 as séries Professores: Andréia e Zago Colégio Salesiano São Gonçalo Escola de Educação Básica Estudo Dirigido de Ciências 6 as séries Professores: Andréia e Zago 1. No aniversário de uma cidade a beira-mar, um restaurante promoveu um Festival

Leia mais

Sanguessugas. Poliquetos. Minhocas

Sanguessugas. Poliquetos. Minhocas Sanguessugas Poliquetos Minhocas Representados pelas minhocas, sanguessugas e poliquetos Vivem em solos úmidos, água doce ou marinhos Podem ser parasitas ou vida livre São triblásticos, simetria bilateral

Leia mais

CLASSE AVES DIGESTIVO: COMPLETO

CLASSE AVES DIGESTIVO: COMPLETO CLASSE AVES CARACTERÍSTICAS GERAIS: - CORPO COM PENAS; - CAPACIDADE DE VOAR; - ENDOTÉRMICOS; - RESPIRAÇÃO PULMONAR; - PELE COM HIPODERME; - CORAÇÃO COM 4 CAVIDADES; - OLHOS COM PÁLPEBRAS; - MEMBRANA NICTITANTE;

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Ciências da Natureza SÉRIE: 2º. ALUNO(a): Lista de Exercícios 3º bimestre P2

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Ciências da Natureza SÉRIE: 2º. ALUNO(a): Lista de Exercícios 3º bimestre P2 GOIÂNIA, / / 2016 PROFESSOR: FreD DISCIPLINA: Ciências da Natureza SÉRIE: 2º ALUNO(a): Lista de Exercícios 3º bimestre P2 No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente

Leia mais

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos PARNAMIRIM - RN Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos Prof. José Roberto E Raphaella Madruga. Nematódeo Vermes de corpo cilíndrico, coberto por cutícula. Apresentam sexos separados (dimorfismo sexual

Leia mais

Aves Prof. André R. Senna

Aves Prof. André R. Senna Aves Prof. André R. Senna 9.700 espécies Maior classe de vertebrados terrestres Apareceram apenas a cerca de 150 ma Apenas aves e morcegos podem voar Características 7 características importantes -penas

Leia mais

Animais Parte 2 (9- Cordados)

Animais Parte 2 (9- Cordados) Animais Parte 2 (9- Cordados) Os cordados são animais vertebrados, bilateralmente simétricos e o filo animal mais diverso no mundo. Todos compartilham um grupo de características derivadas, embora muitas

Leia mais

Filogenia e caracterização dos Teleostomi

Filogenia e caracterização dos Teleostomi Devoniano AULA 04: Evolução dos Teleostomi: Acanthodii & Actinopterygii PARTE 1 Filogenia e caracterização dos Teleostomi Por: Marcelo Felgueiras Napoli Universidade Federal da Bahia 2008 by Karen Carr

Leia mais

6.3.5 Digestão nos Moluscos Digestão nos Anelídios Digestão nos Artrópodes Digestão nos Equinodermos

6.3.5 Digestão nos Moluscos Digestão nos Anelídios Digestão nos Artrópodes Digestão nos Equinodermos SUMÁRIO I Sistemas de Nutrição... 01 1 Noções Gerais Sobre Metabolismo... 01 1.1 Conceito... 01 1.2 Generalidades... 01 1.3 Metabolismo e Nutrição... 02 1.4 Divisão do Metabolismo... 02 1.4.1 Anabolismo...

Leia mais