P E I X E S. Quanto ao esqueleto:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "P E I X E S. Quanto ao esqueleto:"

Transcrição

1

2 P E I X E S Quanto ao esqueleto: OSTEÍCTES Esqueleto ósseo EX.: Sardinha, Dourado, Cioba etc. CONDRÍCTES Esqueleto Cartilaginoso EX.: Tubarão, Raia etc.

3 O Peixe por fora

4

5 CIÊNCIAS NO DIA-A-DIA SITUAÇÃO 1 Ao participar de uma pescaria, você observou que os peixes são lisos e escorregadios. Como você explica tal fato. SITUAÇÃO 2 Que parte do peixe ele movimenta com força ao ser retirado da água? E por que ele faz isso?

6 O Peixe por dentro

7 CIÊNCIAS NO DIA-A-DIA Você já deve ter visto que o peixe costuma ficar abrindo a boca dentro da água e que, paralelamente, ele abre uma tampinha (o opérculo) na lateral da cabeça. a) Estaria ele cantando para passar o tempo. b) Estaria ele conversando com outro peixe. c) Estaria ele respirando.

8 A Respiração dos Peixes Água com O 2 que entrou pela boca OPÉRCULO Brânquias Água com O 2 Brânquias Água com CO 2 saindo do opérculo Água com CO 2 saindo do opérculo

9 CIÊNCIAS NO DIA-A-DIA Você já deve ter visto que o peixe costuma ir até a superfície da água, coloca a boca para fora da água e desce. a) Estaria ele gritando: estou com fome. b) Estaria ele cuspindo para fora para não sujar a água. c) Estaria ele enchendo a bexiga natatória de ar.

10 CIÊNCIAS NO DIA-A-DIA Ao comprar peixes para seu aquário, você observou que o dono da loja colocou os peixes em um saco com água do aquário e amarrou. Em seguida, ele disse para você colocar o saco na água do seu aquário por 20 minutos e só depois soltar os peixes do saco em seu aquário. Explique por que ele fez essa recomendação.

11 A Temperatura dos Peixes Os peixes são PECILOTÉRMICOS, isto é, a temperatura corporal desses animais acompanha mais ou menos a temperatura do ambiente, ou seja, a temperatura desses animais varia com o ambiente. Anfíbios e répteis também apresentam essa mesma capacidade, por isso também são pecilotérmicos.

12 A Reprodução dos Peixes Os peixes apresentam reprodução sexuada com sexos separados, isto é, macho e fêmea, mas algumas espécies são hermafroditas. Os OSTEÍCTES apresentam fecundação externa. A fêmea solta os óvulos na água, o macho solta os espermatozóides, estes nadam até os óvulos fecundando-os. Do ovo fecundado sai um ALEVINO.

13 Os CONDRÍCTES apresentam fecundação interna. A fêmea copula com o macho, que deposita os espermatozóides dentro de seu corpo. Os peixes podem ser: OVÍPAROS Quando soltam o ovo na água com uma reserva nutritiva para o desenvolvimento do embrião.

14 OVOVIVÍPAROS Quando o embrião permanece no corpo da mãe, alimentando-se da reserva nutritiva do ovo e sai já formado. VIVÍPAROS Quando o embrião se desenvolve no útero da mãe, recebendo alimento através da placenta.

15 CURIOSIDADES: O cavalo-marinho é um peixe. O macho é que fica grávido. Ele pode ter até 700 filhotes, mas sobrevivem de 1% a 5% apenas. Ele pode mudar de cor com o ambiente.

16 Os Peixes e as Relações Ecológicas Mutualismo entre o peixe palhaço e a anêmona. Comensalismo entre a rêmora e o tubarão.

17 Diferenças entre Peixes Ósseos e Cartilaginosos Peixes Ósseos Boca terminal (p/frente) Possui opérculo Com bexiga natatória Sistema digestivo terminado em ânus Esqueleto ósseo Peixes Cartilaginosos Boca ventral (p/baixo) Possui fenda branquial Sem bexiga natatória Sistema digestivo terminado em cloaca Esqueleto Cartilaginoso

18 O Ser Humano e os Peixes Pesca Piscicultura A Evolução dos Peixes

19

20 A N F Í B I O S EXEMPLOS.: Sapos, rãs, pererecas, salamandra, cobra-cega etc. Como se tornaram terrestres? Fortalecimento da coluna vertebral. Surgimento de patas para viver na terra. Respiração fora da água.

21 Respiração dos Anfíbios Os anfíbios apresentam três tipos de respiração. BRANQUIAL Quando larva, na água.

22 CUTÂNEA E PULMONAR Quando adulto. A Circulação dos Anfíbios O coração desses animais possui 3 cavidades: 2 átrios e 1 ventrículo.

23 CIÊNCIAS NO DIA-A-DIA Você já deve ter ouvido falar que, se jogarmos sal em um sapo, ele incha, solta o veneno e morre. Parte dessa situação é verdadeira, quando jogamos sal em um sapo ele incha e pula agitadamente. Explique por quê.

24 Nutrição e Temperatura Os anfíbios são carnívoros. Alimentam-se de caracóis, lesmas, minhocas, insetos e outros invertebrados. Quanto à temperatura corporal, os anfíbios, como os peixes, são animais PECILOTÉRMICOS, isto é, a temperatura corporal desses animais acompanha mais ou menos a temperatura do ambiente.

25 Órgãos dos Sentidos Os anfíbios possuem os cinco órgãos dos sentidos. Reprodução dos Anfíbios Os anfíbios apresentam reprodução sexuada com sexos separados, isto é, macho e fêmea. A reprodução ocorre na água e, na maioria das espécies, a fecundação é externa.

26 CIÊNCIAS NO DIA-A-DIA Quem já passou um final de semana em um sítio que tenha uma lagoa ou açude deve ter escutado a sinfonia dos sapos coaxando: Bu, bu, bu, bu, bu, bu... Explique por que os sapos fazem isso e por que tem que ser perto da água.

27 Metamorfose dos Anfíbios Metamorfose do Sapo

28 As Ordens dos Anfíbios ANUROS URODELOS Sapos, Rãs e Pererecas Salamandra ÁPODES Cobra-cega ou Cecília

29 As Defesas dos Anfíbios Camuflagem Substâncias Tóxicas Glândula Paratóide nos Sapos

30 O Ser Humano e os Anfíbios Alimentação Controle de pragas e participação nas Cadeias Alimentares A Evolução dos Anfíbios Os anfíbios ainda dependem da água, pois apresentam fecundação externa, ovo sem casca, pele úmida e respiração branquial, quando larva.

31 Para Vocês com Carinho

Cordados I. Peixes, Anfíbios e Répteis. Cursinho Popular de Ensino Pré-Vestibular TRIU Pela popularização da universidade pública

Cordados I. Peixes, Anfíbios e Répteis. Cursinho Popular de Ensino Pré-Vestibular TRIU Pela popularização da universidade pública Cursinho Popular de Ensino Pré-Vestibular TRIU Pela popularização da universidade pública Cordados I Peixes, Anfíbios e Répteis Prof. Rafael Rosolen T. Zafred Revisão Peixes ; Anfíbios; Répteis; Aves;

Leia mais

Evolução dos vertebrados

Evolução dos vertebrados PEIXES Evolução dos vertebrados PEIXES PULMONADOS AVES ÓSSEOS ANFÍBIOS RÉPTEIS CICLÓSTOMO PEIXES MAMÍFEROS CARTILAGINOSOS Peixe Primitivo (Lampreias e Feiticeiras) Características gerais Exclusivamente

Leia mais

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos. Prof. José Roberto

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos. Prof. José Roberto Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos Prof. José Roberto VERTEBRADOS CARACTERÍSTICAS GERAIS Animais vertebrados são todos aqueles que possuem como caracteristica principal, uma coluna vertebral. Animais

Leia mais

Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas.

Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas. ANFÍBIOS QUEM SÃO? INTRODUÇÃO Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas. Pernas sustentam e deslocam

Leia mais

PEIXES, ANFÍBIOS E RÉPTEIS

PEIXES, ANFÍBIOS E RÉPTEIS PEIXES, ANFÍBIOS E RÉPTEIS Prof. Biól. Ms. Leila Lucia Fritz Porto Alegre, Agosto de 2017. PEIXES Corpo Esqueleto interno com uma coluna vertebral esqueleto formado por ossos classe dos osteíctes. Exemplo:

Leia mais

Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas.

Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas. ANFÍBIOS QUEM SÃO? INTRODUÇÃO Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas. Pernas sustentam e deslocam

Leia mais

Filo extremamente diversificado quanto ao tamanho e ao aspecto geral de seus representantes O agrupamento baseia-se no desenvolvimento embrionário,

Filo extremamente diversificado quanto ao tamanho e ao aspecto geral de seus representantes O agrupamento baseia-se no desenvolvimento embrionário, Filo extremamente diversificado quanto ao tamanho e ao aspecto geral de seus representantes O agrupamento baseia-se no desenvolvimento embrionário, principalmente, na nêurula, quando é possível identificar

Leia mais

Anfíbios Fisiologia Exercícios Curiosidades CLASSE AMPHIBIA. Biologia. C4 H14, 15, 16 Professor João

Anfíbios Fisiologia Exercícios Curiosidades CLASSE AMPHIBIA. Biologia. C4 H14, 15, 16 Professor João CLASSE AMPHIBIA Biologia C4 H14, 15, 16 Professor João Características gerais Classificação Características gerais Anfíbio = anfi + bio Dupla vida (desenvolvimento indireto: fase larval aquática e adulto

Leia mais

EUCORDADOS (Vertebrados): possuem coluna vertebral e têm crânio com encéfalo.

EUCORDADOS (Vertebrados): possuem coluna vertebral e têm crânio com encéfalo. Cordados compreende animais adaptados para a vida aquática e terrestre. Dividem-se em: PROTOCORDADOS: destituídos de coluna vertebral e de caixa craniana EUCORDADOS (Vertebrados): possuem coluna vertebral

Leia mais

ANIMAIS VERTEBRADOS PEIXES ANFÍBIOS RÉPTEIS AVES MAMÍFEROS

ANIMAIS VERTEBRADOS PEIXES ANFÍBIOS RÉPTEIS AVES MAMÍFEROS ANIMAIS VERTEBRADOS PEIXES ANFÍBIOS RÉPTEIS AVES MAMÍFEROS Os Cordados O Filo Chordata (ou Cordados) reúne uma grande diversidade de seres de formas e tamanhos variados, adaptados aos mais diversos ambientes.

Leia mais

Filo Chordada (Cordados) Vitor Leite

Filo Chordada (Cordados) Vitor Leite Filo Chordada (Cordados) Vitor Leite Filo Chordata (Cordados) Características gerais: -Triblásticos, celomados, deuterostômios, apresentam metameria (evidente na fase embrionária); Características Exclusivas:

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Pág. 197 Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ PROBLEMATIZAÇÃO Conhece

Leia mais

REVISÃO DO FILO DOS CORDADOS. Biologia Professora: Maria Lucia Fensterseifer

REVISÃO DO FILO DOS CORDADOS. Biologia Professora: Maria Lucia Fensterseifer REVISÃO DO FILO DOS CORDADOS Biologia Professora: Maria Lucia Fensterseifer PROTOCORDADOS NOTOCORDA TUBO NERVOSO DORSAL FENDAS FARÍNGEAS ASCÍDIA = UROCORDADO (NOTOCORDA NA CAUDA DA FASE LARVAL) ANFIOXO

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 60 CORDADOS

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 60 CORDADOS BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 60 CORDADOS ixação F ) Um aluno esquematizou um anfioxo, indicando, com legendas, os principais caracteres do 2 lo Chordata. p Indique a legenda que aponta o ERRO cometido

Leia mais

Os peixes representam a maior classe em número de espécies conhecidas entre os vertebrados. Acredita-se que os peixes tenham surgido por volta de 540

Os peixes representam a maior classe em número de espécies conhecidas entre os vertebrados. Acredita-se que os peixes tenham surgido por volta de 540 PEIXES Os peixes representam a maior classe em número de espécies conhecidas entre os vertebrados. Acredita-se que os peixes tenham surgido por volta de 540 milhões de anos atrás. Provavelmente, foram

Leia mais

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE 08 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP 0 Intenção sem ação é ilusão. Ouse fazer e o poder lhe será dado

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Pág. 185 Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ PROBLEMATIZAÇÃO O

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Conteúdo: Conteúdo Recuperação do 3 Bimestre disciplina: Ciências - Peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos. Diferenças entre esses seres vivos e importâncias

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 2º. ALUNO(a): Lista de Exercícios 3º bimestre P1

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 2º. ALUNO(a): Lista de Exercícios 3º bimestre P1 GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: FreD DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 2º ALUNO(a): Lista de Exercícios 3º bimestre P1 No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as

Leia mais

A forma do corpo provavelmente evoluiu a partir de um tipo inicial semelhante ao das salamandras, nadando por ondulações do corpo e cauda.

A forma do corpo provavelmente evoluiu a partir de um tipo inicial semelhante ao das salamandras, nadando por ondulações do corpo e cauda. Silvestre A forma do corpo provavelmente evoluiu a partir de um tipo inicial semelhante ao das salamandras, nadando por ondulações do corpo e cauda. A mudança para um anfíbio saltador pode ser relacionada

Leia mais

Biologia Móds. 21/22 Setor 1423 Cordados Prof. Rafa

Biologia Móds. 21/22 Setor 1423 Cordados Prof. Rafa Biologia Móds. 21/22 Setor 1423 Cordados Prof. Rafa Características: Triblásticos Celomados ectoderme intestino mesoderme celoma cavidade corporal na mesoderme endoderme Características: Deuterostômios:

Leia mais

SUPERCLASSE PEIXES 2) CLASSE CONDRÍCTEIS PEIXES CARTILAGINOSOS

SUPERCLASSE PEIXES 2) CLASSE CONDRÍCTEIS PEIXES CARTILAGINOSOS PEIXES SUPERCLASSE PEIXES 2) CLASSE CONDRÍCTEIS PEIXES CARTILAGINOSOS Endoesqueleto cartilaginoso Espiráculos Boca ventral 5 a 7 pares de fendas branquiais Sem bexiga natatória Presença de cloaca Glândula

Leia mais

ONGEP PRÉ-PROVA BIOLOGIA 2013

ONGEP PRÉ-PROVA BIOLOGIA 2013 ONGEP PRÉ-PROVA BIOLOGIA 2013 ZOOLOGIA DE INVERTEBRADOS PORÍFEROS Provável ancestral: protista flagelado Diploblásticos Sem celoma Sem diferenciação de tecidos Coanócitos Ambiente aquático CELENTERADOS

Leia mais

Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT

Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT Sorriso Pensante Autor: Ivan Cabral Distribuição dos Vertebrados vs Invertebrados: 4,0% 96,0% Vertebrados Invertebrados Principais características

Leia mais

ANFÍBIOS Características

ANFÍBIOS Características Filo Cordados - Vertebrados Tetrápodas ANFÍBIOS Características Primeiros Tetrapodas Ichthyostega Primeiro anfíbio com características mais terrestres Viveu na Groelândia, no Devoniano superior Essencialmente

Leia mais

Cor C da or do da s do Prof. Fernando Belan Prof. Fernand - BIOLOGIA MAIS o Belan

Cor C da or do da s do Prof. Fernando Belan Prof. Fernand - BIOLOGIA MAIS o Belan Cordados Cordados Prof. Fernando Fernando Belan Belan -- BIOLOGIA BIOLOGIA MAIS MAIS Prof. Introdução Protocordados (anfioxo e ascídia); Vertebrados (peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos); Simetria

Leia mais

BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS - 7º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================

BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS - 7º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================ PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS - 7º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================ ANIMAIS INVERTEBRADOS 01- Conhecemos

Leia mais

Que tal estudarmos os animais jogando um jogo bem legal? Vamos lá!!!! Siga as instruções abaixo e bons estudos!!!! INSTRUÇÕES

Que tal estudarmos os animais jogando um jogo bem legal? Vamos lá!!!! Siga as instruções abaixo e bons estudos!!!! INSTRUÇÕES Atividade de Estudo - Ciências 4º ano Nome: Que tal estudarmos os animais jogando um jogo bem legal? Vamos lá!!!! Siga as instruções abaixo e bons estudos!!!! INSTRUÇÕES Durante o jogo você terá que fazer

Leia mais

Aula 4.4 - Os conquistadores do ambiente terrestre

Aula 4.4 - Os conquistadores do ambiente terrestre Aula 4.4 - Os conquistadores do ambiente terrestre Além do vegetais outros organismos habitavam o ambiente terrestre Organismos de corpo mole como moluscos e anelídeos Organismos com cutícula redução da

Leia mais

Filo extremamente diversificado quanto ao tamanho e ao aspecto geral de seus representantes O agrupamento baseia-se no desenvolvimento embrionário,

Filo extremamente diversificado quanto ao tamanho e ao aspecto geral de seus representantes O agrupamento baseia-se no desenvolvimento embrionário, Filo extremamente diversificado quanto ao tamanho e ao aspecto geral de seus representantes O agrupamento baseia-se no desenvolvimento embrionário, principalmente, na nêurula, quando é possível identificar

Leia mais

Tetrápodes e a Conquista do Ambiente Terrestre

Tetrápodes e a Conquista do Ambiente Terrestre Tetrápodes e a Conquista do Ambiente Terrestre Formação dos Elementos de Apoio Conquista da Terra A transição da água para a terra é talvez o evento mais dramático da evolução animal. Podemos perceber

Leia mais

Tema da aula/lista de exercício: Cordados I: Peixes, Anfíbios e Répteis

Tema da aula/lista de exercício: Cordados I: Peixes, Anfíbios e Répteis Disciplina: Biologia Prof: Rafael Turma: TR 09/09/2016 Tema da aula/lista de exercício: Cordados I: Peixes, Anfíbios e Répteis 1. Qual dos grupos que seguem apresenta somente peixes cartilaginosos? a)

Leia mais

Reino Animalia 0 (Metazoa)

Reino Animalia 0 (Metazoa) Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Chordata (Parte II) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/ Chordata Triblásticos, celomados, deuterostômios e possuem simetria bilateral;

Leia mais

Filo Cordado. Apostila VII Unidade 24 a Características Embrionárias: 2- Caracterização Fisiológica: Característica

Filo Cordado. Apostila VII Unidade 24 a Características Embrionárias: 2- Caracterização Fisiológica: Característica 1- Características Embrionárias: Característica Tipo Simetria* Bilateral Tecidos Eumetazoa Tecidos embrionários Triblástico Celoma Celomado Origem do celoma Enterocelomado Blastóporo Deuterostômico Metameria

Leia mais

FILO CORDADOS. *Providos de nortocorda pelo menos na fase embrionária. *providos de fendas branquiais faringeanas pelo menos na fase embrionária.

FILO CORDADOS. *Providos de nortocorda pelo menos na fase embrionária. *providos de fendas branquiais faringeanas pelo menos na fase embrionária. FILO CORDADOS *Providos de nortocorda pelo menos na fase embrionária. *providos de fendas branquiais faringeanas pelo menos na fase embrionária. *Providos de tubo nervoso dorsal. SUB-FILO PROTOCORDADOS

Leia mais

FILO CHORDATA. Anfioxo. Ascídia

FILO CHORDATA. Anfioxo. Ascídia FILOS ANIMAIS FILO CHORDATA O filo apresenta cerca de 50.000 espécies distribuídas entre protocordados e vertebrados. Protocordados cordados mais simples, pequenos e exclusivamente marinhos não são muito

Leia mais

Plano de Recuperação Final EF2

Plano de Recuperação Final EF2 Professor: Cybelle / José Henrique / Sarah Ano: 7º ano Objetivos: Proporcionar ao aluno a oportunidade de resgatar os conteúdos trabalhados em Ciências nos quais apresentou defasagens e os quais lhe servirão

Leia mais

MAMÍFEROS. 15 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti

MAMÍFEROS. 15 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti MAMÍFEROS Capítulo 15 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS MAMÍFEROS Aquáticos: Habitat: Mamíferos podem ser terrestres: Único mamífero que voa: Pelos Estratificada

Leia mais

FILO CHORDATA. Cordados

FILO CHORDATA. Cordados FILO CHORDATA Cordados Cordados Notocorda Triblásticos Deuterostômios Simetria Bilateral Epineuro Celomados 2 Características presentes em todos os cordados: Notocorda; Fendas na faringe; Tubo nervoso

Leia mais

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Chordata. Natália A. Paludetto

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Chordata. Natália A. Paludetto Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Chordata Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/ Reino Animalia Filos: 1) Porifera; 2) Cnidaria; 3) Platyhelminthes; 4) Nematoda;

Leia mais

Filo Chordata REVISÃO

Filo Chordata REVISÃO Filo Chordata REVISÃO Cordados Avanços em aos relação invertebrados Encéfalo altamente diferenciado e protegido por uma caixa craniana Estrutura restrita ao início do desenvolvimento ou presente por toda

Leia mais

Filo dos Cordados. Profª Janaina Q. B. Matsuo

Filo dos Cordados. Profª Janaina Q. B. Matsuo Profª Janaina Q. B. Matsuo Os Cordados possuem com exclusividade uma neurocorda dorsal de origem ectodérmica, fendas branquiais pares na faringe do embrião (no Homem originarão as cordas vocais), uma notocorda

Leia mais

02- Leia a letra de uma canção infantil:

02- Leia a letra de uma canção infantil: PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS - 3º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ================================================================= 01- Os animais vertebrados pertencem a diferentes

Leia mais

Diversidade Animal III

Diversidade Animal III Diversidade Animal III Características gerais dos cordados Características básicas dos cordados Metameria: Repetições de estruturas no corpo. Notocorda: Desempenha um papel essencial para o desenvolvimento

Leia mais

6 ª série Ensino Fundamental Ciências Escola Santa Angélica

6 ª série Ensino Fundamental Ciências Escola Santa Angélica 6 ª série Ensino Fundamental Ciências Escola Santa Angélica Unidade I Descobrindo os seres vivos Níveis de organização biológica Unidade I Descobrindo os seres vivos Hereditariedade: passagem dos genes

Leia mais

Características gerais

Características gerais MOLUSCOS MÓDULO 21 Características gerais São animais de corpo mole, viscoso, não segmentado e sem patas. Predominantemente marinhos, embora existam espécies de água doce e terrestre. Alguns se deslocam

Leia mais

Revestimento corporal

Revestimento corporal Répteis Répteis Os répteis (do latim reptare, 'rastejar') abrangem cerca de 7 mil espécies conhecidas. Eles surgiram há cerca de 300 milhões de anos, tendo provavelmente evoluído de certos anfíbios. Foram

Leia mais

Características Principais dos Poríferos: Apresentam poros na parede de seu corpo;

Características Principais dos Poríferos: Apresentam poros na parede de seu corpo; Características Principais dos Poríferos: Animais Pluricelulares; Apresentam poros na parede de seu corpo; Todos aquáticos; São as Esponjas. Possui uma cavidade central, chamada átrio; Abertura relativamente

Leia mais

PIBID Ciências Biológicas Escola Estadual Padre Balduino Rambo Oficina 8 - Título: PEIXES E ANFÍBIOS

PIBID Ciências Biológicas Escola Estadual Padre Balduino Rambo Oficina 8 - Título: PEIXES E ANFÍBIOS PIBID Ciências Biológicas Escola Estadual Padre Balduino Rambo Oficina 8 - Título: PEIXES E ANFÍBIOS Primeiramente o grande grupo será divido em duas salas. Enquanto uma sala trabalha anfíbios a outra

Leia mais

Prof. Marcelo Langer. Curso de Biologia. Aula 5 Reprodução Animal

Prof. Marcelo Langer. Curso de Biologia. Aula 5 Reprodução Animal Prof. Marcelo Langer Curso de Biologia Aula 5 Reprodução Animal INTRODUÇÃO A REPRODUÇÃO permite a conservação da espécies. Não se relaciona a sobrevivência do indivíduo, mas sim a perpetuação da espécie.

Leia mais

Abril Educação Vertebrados Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota:

Abril Educação Vertebrados Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Abril Educação Vertebrados Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Questão 1 Qual é a principal característica que distingue os mamíferos dos demais seres vivos? Questão 2 Qual é a diferença entre

Leia mais

Núcleo de Tecnologia Municipal NTM Curso: Introdução a Educação Digital. Ativdist 4 Slides MAMÍFEROS

Núcleo de Tecnologia Municipal NTM Curso: Introdução a Educação Digital. Ativdist 4 Slides MAMÍFEROS Núcleo de Tecnologia Municipal NTM Curso: Introdução a Educação Digital Cursista: Ingrid Hansen Meotti Ativdist 4 Slides MAMÍFEROS Mamíferos são todos os vertebrados de sangue quente cujas fêmeas produzem

Leia mais

Que expressão citada no poema nos remete aos invertebrados?

Que expressão citada no poema nos remete aos invertebrados? Que expressão citada no poema nos remete aos invertebrados? Poeta invertebrado J.J. Leandro Invertebro o Poeta E flexibilizo o verso. Uma conversão necessária Para de agora em diante Todo poeta Ser mais

Leia mais

Os moluscos são representados pelos seguintes seres vivos:

Os moluscos são representados pelos seguintes seres vivos: Os moluscos Os moluscos são representados pelos seguintes seres vivos: Ostra Caracol Lula Lesma Polvo Os moluscos Animais de corpo mole, geralmente com concha; Exemplos: Ostras, marisco, lesma e a lula.

Leia mais

EDITAL DE RECUPERAÇÃO PARALELA SEMESTRAL 1º SEMESTRE/2016

EDITAL DE RECUPERAÇÃO PARALELA SEMESTRAL 1º SEMESTRE/2016 EDITAL DE RECUPERAÇÃO PARALELA SEMESTRAL 1º SEMESTRE/2016 Aluno: Ano: Professora: Disciplina: No Colégio Pentágono trabalhamos com a Recuperação Contínua e Paralela. A Recuperação Contínua ocorre durante

Leia mais

Ao passear na areias de uma praia, muitas pessoas gostam de admirar e pegar conchinhas trazidas pelas ondas. Essas conchinhas são de diversos

Ao passear na areias de uma praia, muitas pessoas gostam de admirar e pegar conchinhas trazidas pelas ondas. Essas conchinhas são de diversos Moluscos Ao passear na areias de uma praia, muitas pessoas gostam de admirar e pegar conchinhas trazidas pelas ondas. Essas conchinhas são de diversos tamanhos, formas e cores. Muitas vezes, se tornam

Leia mais

Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT

Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT Níquel Náusea Autor: Fernando Gonsales Distribuição dos Invertebrados: 12,3% 87,7% Como são os artrópodes: O esqueleto destes animais é externo,

Leia mais

MOLUSCOS FILO MOLUSCA

MOLUSCOS FILO MOLUSCA MOLUSCOS FILO MOLUSCA CARACTERIZAÇÃO São animais de corpo mole predominantemente marinhos, embora existam espécies de água doce e terrestre. Alguns se deslocam livremente enquanto outros são sésseis.

Leia mais

Temática: Adaptações fisiológicas nosvertebrados

Temática: Adaptações fisiológicas nosvertebrados Plano de aula Zoo EF: Bolsistas de IC Chaiana Fernandez da Costa e Caroline Resende profª Lavínia Schwantes. Temática: Adaptações fisiológicas nosvertebrados Aula destinada para: Ensino Fundamental 1 Objetivo:

Leia mais

Alta capacidade de locomoção Deuterostômios com simetria pentarradial. Os equinodermos alimentam-se de pequenos animais e algas.

Alta capacidade de locomoção Deuterostômios com simetria pentarradial. Os equinodermos alimentam-se de pequenos animais e algas. Os equinodermos constituem um grupo exclusivamente marinhos, dotados de um endoesqueleto calcário muitas vezes provido de espinhos salientes. Alta capacidade de locomoção Deuterostômios com simetria pentarradial

Leia mais

Gabi, personagem da animação Rio 2, é um anfíbio, que apresenta as chamadas cores de advertência.

Gabi, personagem da animação Rio 2, é um anfíbio, que apresenta as chamadas cores de advertência. PARA A VALIDADE DO QiD, AS RESPOSTAS DEVEM SER APRESENTADAS EM FOLHA PRÓPRIA, FORNECIDA PELO COLÉGIO, COM DESENVOLVIMENTO E SEMPRE A TINTA. TODAS AS QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA DEVEM SER JUSTIFICADAS.

Leia mais

Estudante: Ano/Turma: 7º

Estudante: Ano/Turma: 7º Estudante: Ano/Turma: 7º Educador: Marcela Salgado Ensino Fundamental II ATIVIDADE COMPLEMENTAR C.Curricular: Ciências Data: Questão 1 Sobre o assunto de células responda: a) Indique a função e/ou as características

Leia mais

CLASSE REPTILIA SISTEMA TEGUMENTAR. Quem são eles??? Reptare=rastejar 14/02/2014 PRIMEIROS RÉPTEIS SURGIRAM HÁ: FILO CHORDATA

CLASSE REPTILIA SISTEMA TEGUMENTAR. Quem são eles??? Reptare=rastejar 14/02/2014 PRIMEIROS RÉPTEIS SURGIRAM HÁ: FILO CHORDATA FILO CHORDATA SUBFILOS: UROCHORDATA CLASSE REPTILIA CEPHALOCHORDATA VERTEBRATA CYCLOSTOMATA P. CARTILAGINOSOS P. ÓSSEOS AMPHIBIA REPTILIA AVES MAMMALIA PRIMEIROS RÉPTEIS SURGIRAM HÁ: 300 MILHÕES DE ANOS

Leia mais

Anfíbios. na Tapada Nacional de Mafra

Anfíbios. na Tapada Nacional de Mafra Anfíbios na Tapada Nacional de Mafra CURIOSIDADES Urodelo é o nome dado a um grupo de anfíbios que se caracteriza por ter o corpo alongado, 4 patas de tamanho similar e cauda alongada, como as salamandras

Leia mais

BIOLOGIA AULA 12: ZOOLOGIA CORDADOS (Aves e mamíferos)

BIOLOGIA AULA 12: ZOOLOGIA CORDADOS (Aves e mamíferos) BIOLOGIA AULA 12: ZOOLOGIA CORDADOS (Aves e mamíferos) 1. Classe das aves Apresentam um padrão estrutural muito bem adaptado e homogêneo. São dióicos, geralmente com dimorfismo sexual, fecundação interna

Leia mais

Apesar da diversidade, muitas semelhanças! CAPÍTULO II SISTEMA DE ENSINO POLIEDRO PROFESSORA VANESSA GRANOVSKI

Apesar da diversidade, muitas semelhanças! CAPÍTULO II SISTEMA DE ENSINO POLIEDRO PROFESSORA VANESSA GRANOVSKI Apesar da diversidade, muitas semelhanças! CAPÍTULO II SISTEMA DE ENSINO POLIEDRO PROFESSORA VANESSA GRANOVSKI Características gerais dos seres vivos... Os seres vivos reagem a estímulos. Características

Leia mais

Características gerais

Características gerais Artrópodes Quem são? Muitas vezes, não percebemos a presença daqueles animais com corpos de formas estranhas e cores variadas, que vivem ao nosso redor, voam sobre nossas cabeças ou aqueles que se locomovem

Leia mais

Oi pessoal dos 8 os anos, estão com saudade das atividades escolares? Pois bem, precisamos dar seqüência aos estudos e, na volta às aulas, no dia 17,

Oi pessoal dos 8 os anos, estão com saudade das atividades escolares? Pois bem, precisamos dar seqüência aos estudos e, na volta às aulas, no dia 17, Oi pessoal dos 8 os anos, estão com saudade das atividades escolares? Pois bem, precisamos dar seqüência aos estudos e, na volta às aulas, no dia 17, algumas atividades devem estar prontas. Mas antes de

Leia mais

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos

Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos PARNAMIRIM - RN Revisão de Ciências 3 Trimestre 7 anos Prof. José Roberto E Raphaella Madruga. Nematódeo Vermes de corpo cilíndrico, coberto por cutícula. Apresentam sexos separados (dimorfismo sexual

Leia mais

Filo Annelida Vermes Anelados

Filo Annelida Vermes Anelados Filo Annelida Vermes Anelados CARACTERÍSTICAS GERAIS Anelídeo anelo = anel Metameria Meta = sucessão; meros = partes Externa e Interna Triblástico ( endoderme, mesoderme e ectoderme) Celomados Simetria

Leia mais

Sugestões de atividades para avaliação. Ciências 7 o ano Unidade 8

Sugestões de atividades para avaliação. Ciências 7 o ano Unidade 8 Sugestões de atividades para avaliação Ciências 7 o ano Unidade 8 5 Nome: Data: UniDaDE 8 1 Com relação às suas características gerais, podemos dizer que os vertebrados possuem exclusivamente: I. patas.

Leia mais

Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT

Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT Com muita alegria iremos iniciar nossos estudos sobre os moluscos! O Corpo dos Moluscos ( corpo mole ): Na cabeça há a rádula (uma espécie de

Leia mais

Ficha de trabalho de Ciências Naturais 5º ano

Ficha de trabalho de Ciências Naturais 5º ano Ficha de trabalho de Ciências Naturais 5º ano Questão 1 A reprodução assexuada... implica a formação de gâmetas. ocorre em animais como a planária e a esponja. origina descendentes da mesma espécie. ocorre

Leia mais

tubo digestório completo circulatório fechado, hermafroditas

tubo digestório completo circulatório fechado, hermafroditas Anelídeos Anelídeos O habitat dos anelídeos pode ser a água dos mares e oceanos ou a água doce e a terra úmida. Eles são considerados os mais complexos dos vermes. Além do tubo digestório completo, têm

Leia mais

1. Respiração Orgânica x Respiração Celular

1. Respiração Orgânica x Respiração Celular Respiração 1. Respiração Orgânica x Respiração Celular 2. Respiração Direta x Respiração Indireta O 2 CO 2 O 2 CO 2 superfície respiratória tecidos Problema Limita o tamanho Ex: poríferos, cnidários, platelmintos,

Leia mais

EDITAL DE RECUPERAÇÃO PARALELA SEMESTRAL 1º SEMESTRE/2017

EDITAL DE RECUPERAÇÃO PARALELA SEMESTRAL 1º SEMESTRE/2017 EDITAL DE RECUPERAÇÃO PARALELA SEMESTRAL 1º SEMESTRE/2017 Aluno: Ano: Professora: Disciplina: No Colégio Pentágono trabalhamos com a Recuperação Contínua e Paralela. A Recuperação Contínua ocorre durante

Leia mais

REPRODUÇÃO MECANISMO DE PERPETUAÇÃO DAS ESPÉCIES

REPRODUÇÃO MECANISMO DE PERPETUAÇÃO DAS ESPÉCIES REPRODUÇÃO MECANISMO DE PERPETUAÇÃO DAS ESPÉCIES Reprodução: Mecanismo pelo qual os seres vivos se multiplicam. Duas modalidades de reprodução: SEXUADA ASSEXUADA REPRODUÇÃO SEXUADA Eventos fundamentais:

Leia mais

Metodologia do Ensino de Ciências Aula 08. IMES Fafica Curso de Pedagogia 3º Ano Prof. M.S.c. Fabricio Eduardo Ferreira

Metodologia do Ensino de Ciências Aula 08. IMES Fafica Curso de Pedagogia 3º Ano Prof. M.S.c. Fabricio Eduardo Ferreira Metodologia do Ensino de Ciências Aula 08 IMES Fafica Curso de Pedagogia 3º Ano Prof. M.S.c. Fabricio Eduardo Ferreira fabricio@fafica.br A reprodução dos animais e vegetais Uma das características mais

Leia mais

PROVA SIMULADA DE CIÊNCIAS- Global III Animais

PROVA SIMULADA DE CIÊNCIAS- Global III Animais PROVA SIMULADA DE CIÊNCIAS- Global III Animais *Algumas questões retiradas da prova da PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO e da Provinha Brasil. ** Base Nacional Comum Curricular 2 ano ciências previstas:

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA. Quem me compra um jardim com flores? Borboletas de muitas cores, Lavadeiras e passarinhos, Ovos verdes e azuis nos ninhos?

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA. Quem me compra um jardim com flores? Borboletas de muitas cores, Lavadeiras e passarinhos, Ovos verdes e azuis nos ninhos? 3ºAno 1.3 CIÊNCIAS 1º período 8 de abril de 2016 Cuide da organização da sua prova. Escreva de forma legível. Fique atento à ortografia e elabore respostas claras. Tudo isso será considerado na correção.

Leia mais

5. DIVERSIDADE DOS ANIMAIS II

5. DIVERSIDADE DOS ANIMAIS II CIÊNCIAS 5 DIVERSIDADE DOS ANIMAIS II 1 Fósseis são restos ou vestígios de seres vivos do passado que foram preservados em materiais como rochas ou resinas de plantas a) Analise as fotos de fósseis a seguir

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2º TRIMESTRE

PLANO DE ENSINO 2º TRIMESTRE Componente Curricular: Segmento: Ciências Professor: Carol, Daniela, Eveline, Gloria, Maria, Mariane, Francisca. Juliane,Cleide, Ayanne. Ensino Ano/Série: 4 ano Fundamental 1 Apresentação da disciplina

Leia mais

KÁTIA ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO

KÁTIA ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO Aluno (a): Disciplina CIÊNCIAS Curso Professor ENSINO FUNDAMENTAL KÁTIA ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO Série 7º ANO Número: 1 - Conteúdo: Classificação biológica Taxonomia Reino Animal Vertebrados:

Leia mais

Ano: 7 Turma: 71 e 72

Ano: 7 Turma: 71 e 72 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Final 2ª Etapa 2013 Disciplina: Ciências Professor (a): Felipe Cesar Ano: 7 Turma: 71 e 72 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

FILO MOLUSCO. Professor Cláudio Aguiar

FILO MOLUSCO. Professor Cláudio Aguiar FILO MOLUSCO Professor Cláudio Aguiar Tendências Evolutivas:. Presença do Celoma.Respiracao Pulmonar:Gastrópodes.Macroneurônios: Cefalópodes.Presenca de S. Circulatório.Maior adaptabilidade à vida terrestre

Leia mais

FILO CHORDATA. Cordados

FILO CHORDATA. Cordados FILO CHORDATA Cordados Cordados Notocorda Triblásticos Deuterostômios Simetria Bilateral Epineuro Celomados 2 Características presentes em todos Notocorda; Fendas na faringe; Tubo nervoso dorsal; Cauda

Leia mais

Nematelmintos - Filo Nematoda

Nematelmintos - Filo Nematoda Nematelmintos - Filo Nematoda São vermes de corpo alongado e cilíndrico Apresentam simetria bilateral e são triblásticos, pseudocelomados e protostômios O pseudoceloma promove: espaço para órgãos internos,

Leia mais

Natureza Olímpica. Moedas comemorativas das Olimpíadas de 2016 homenageiam espécies brasileiras

Natureza Olímpica. Moedas comemorativas das Olimpíadas de 2016 homenageiam espécies brasileiras PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS 3º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ================================================================= 01- Leia o texto a seguir e responda as questões:

Leia mais

MOLUSCOS CARACTERÍSTICAS GERAIS

MOLUSCOS CARACTERÍSTICAS GERAIS MOLUSCOS ANELÍDEOS MOLUSCOS CARACTERÍSTICAS GERAIS o Animais de corpo mole, geralmente protegidos por concha calcária ou valva. o Podem ser: univalves ou gastrópodes, bivalves e cefalópodes. o Constituem

Leia mais

Artrópodes. - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em todos os habitats.

Artrópodes. - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em todos os habitats. Artrópodes - O filo Arthropoda (Artrópodes) possui um número muito grande de animais, o maior grupo com espécies diferentes; - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em

Leia mais

EDITAL DE RECUPERAÇÃO PARALELA SEMESTRAL 1º SEMESTRE/2017

EDITAL DE RECUPERAÇÃO PARALELA SEMESTRAL 1º SEMESTRE/2017 EDITAL DE RECUPERAÇÃO PARALELA SEMESTRAL 1º SEMESTRE/2017 Aluno: Ano: 4º ano Professora: Disciplina: Ciências No Colégio Pentágono trabalhamos com a Recuperação Contínua e Paralela. A Recuperação Contínua

Leia mais

BIOLOGIA. Uma flor completa é constituída das seguintes partes:

BIOLOGIA. Uma flor completa é constituída das seguintes partes: Uma flor completa é constituída das seguintes partes: Pedúnculo eixo de sustentação da flor. Receptáculo dilatação cujas peças florais estão inseridas. Cálice folhas modificadas, geralmente verdes, denominadas

Leia mais

b) Seres decompositores. Alguns são comestíveis, outros são venenosos. Também causam o mofo em alguns alimentos.

b) Seres decompositores. Alguns são comestíveis, outros são venenosos. Também causam o mofo em alguns alimentos. Atividade de Estudo Ciências 5º ano Nome: 1- A quantidade de seres vivos no mundo é enorme. Eles estão espalhados pelas diversas regiões do planeta. Os seres vivos são classificados em alguns grupos, de

Leia mais

Filo dos Cordados Características gerais presentes pelo menos em uma fase da vida(embrionária):

Filo dos Cordados Características gerais presentes pelo menos em uma fase da vida(embrionária): Filo dos Cordados Características gerais presentes pelo menos em uma fase da vida(embrionária): Presença de notocorda (eixo dorsal de sustentação). Tubo nervoso dorsal. Fendas branquiais na faringe. Cauda

Leia mais

OS PEIXES. Capítulo 9 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti

OS PEIXES. Capítulo 9 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti OS PEIXES Capítulo 9 Sistema Poliedro de Ensino Professora Giselle Cherutti A EVOLUÇÃO DOS PEIXES Os primeiros peixes surgiram nos oceanos primitivos a cerca de 510 milhões de anos atrás - ''Ostracodermas'

Leia mais

Passa_Palavras_Ed.52_Miolo.indd 1 20/01/2015 09:23:31

Passa_Palavras_Ed.52_Miolo.indd 1 20/01/2015 09:23:31 ANFÍBIOS Constituem uma CLASSE de animais VERTEBRADOS, pecilotérmicos que não possuem BOLSA AMNIÓTICA agrupados na classe AMPHIBIA. A característica mais MARCANTE dos seres vivos da classe é o seu ciclo

Leia mais

Ensino de Ciências e Origami (2008) Museu Escola do IB UNESP/Botucatu Enio Yoshinori Hayasaka e Silvia Mitiko Nishida

Ensino de Ciências e Origami (2008) Museu Escola do IB UNESP/Botucatu Enio Yoshinori Hayasaka e Silvia Mitiko Nishida AULA 4 Comportamento de reprodução de Mamíferos MOBILIZAÇÃO DA ATENÇAO Nessa aula mostrar apenas a maquete com os mamíferos e apresentar o site correspondente a matéria a ser pesquisado na Internet Como

Leia mais

Artrópodes. Filo Arthropoda (arthron = articulações e podos = pés)

Artrópodes. Filo Arthropoda (arthron = articulações e podos = pés) Artrópodes Filo Arthropoda (arthron = articulações e podos = pés) Características gerais Mais numeroso do planeta (1.000.000 espécies) Exemplos: insetos, aranhas, caranguejos Vivem em diversos ambientes

Leia mais

As cecílias são anfíbios, vermiformes, que não têm membros e que vivem enterradas.

As cecílias são anfíbios, vermiformes, que não têm membros e que vivem enterradas. Grupos de Anfíbios Das cerca de 3.500 espécies de sapos, rãs e pererecas catalogadas no mundo, mais de 600 ocorrem no Brasil. De acordo com a forma do corpo, os animais classificados como os anfíbios estão

Leia mais

Biologia FILO CORDADOS

Biologia FILO CORDADOS CPMG- NADER ALVES DOS SANTOS Biologia FILO CORDADOS Prof. Weber FILO DOS CORDADOS Filo Chordata grandes animais existentes na Terra, dentre eles, o homem. Grande adaptação, diversos hábitos de vida, grande

Leia mais