O conceito de Trabalho Decente

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O conceito de Trabalho Decente"

Transcrição

1 O Trabalho Decente

2 O conceito de Trabalho Decente Atualmente a metade dos trabalhadores de todo o mundo (1,4 bilhão de pessoas) vive com menos de 2 dólares ao dia e portanto, é pobre quase 20% é extremamente pobre (vive com menos de US$/dia). O trabalho que é capaz de superar a pobreza, reduzir as desigualdades sociais e contribuir para a ampliação da cidadania e a garantia da governabilidade democrática é o que a OIT convencionou chamar de Trabalho Decente

3 Conseqüências da globalização e da crise mundial de empregos: Altas taxas de desemprego e aumento da pobreza: entre 1995 e 2005, a taxa de desemprego aberto global aumentou 25%; existem atualmente aproximadamente 195 milhões de pessoas desempregadas no mundo, o que equivale a 6,3% de toda a força de trabalho; metade de todos os trabalhadores ocupados do mundo (cerca de 1,4 bilhão de pessoas) vive atualmente com menos de US$ 2 por dia, o que significa que está em uma situação de pobreza; 18% deles encontra-se em uma situação de extrema pobreza (vive com menos de US$ 1 por dia).

4 Consequências da globalização e da crise mundial de empregos Deterioração das relações de trabalho: Precarização do emprego e disseminação de formas degradantes de trabalho, tais como o trabalho infantil, o trabalho escravo ou forçado e o tráfico de pessoas para fins de exploração laboral Intensificação das formas de discriminação no mercado de trabalho por razões de sexo, raça, etnia, idade, nacionalidade, entre outras: 86,3 milhões de jovens entre 15 e 24 anos estão desempregados, o que equivale a quase a metade (44%) do total das pessoas desempregadas; As taxas de desemprego das mulheres são sistematicamente superiores às dos homens em todas as regiões do mundo

5 O conceito de Trabalho Decente Foi formalizado pela OIT em 1999 durante a 87ª Conferência Internacional do Trabalho (CIT) Sintetiza os objetivos e princípios fundamentais do mandato histórico da OIT: direitos do trabalho geração de empregos e sua qualidade proteção de quem depende do trabalho para viver organização, voz e representação dos interesses dos atores do mundo do trabalho

6 O que é Trabalho Decente Um trabalho produtivo, adequadamente remunerado, exercido em condições de liberdade, equidade e segurança, capaz de garantir uma vida digna a todas as pessoas que dependem do trabalho para viver. Mais que um conceito, é um paradigma que aponta para uma estratégia de ação frente aos rumos da globalização e à crise mundial de empregos

7 Do conceito à Agenda do Trabalho Decente Passa a ser assumido em diversas instâncias internacionais: Assembléia Geral da ONU: trabalho decente como parte fundamental das estratégias de erradicação da pobreza e, portanto, das Metas do Milênio (setembro 2005) IV Cúpula das Américas (novembro 2005) reconhece: o direito ao trabalho como elemento central da agenda hemisférica que o crescimento econômico é necessário mas não suficiente para superar a pobreza e a desigualdade social que os governos devem se comprometer com políticas ativas de geração de trabalho decente

8 XVI Reunião Regional Americana da OIT em Brasília: Discute a proposta de uma Agenda Hemisférica de Trabalho Decente apresentada pelo Diretor Geral da OIT Decide inaugurar uma década de promoção do trabalho decente nas Américas Propõe que as políticas contidas na AHTD guiem as estratégias de desenvolvimento dos países da região, e que cada país determine quais metas tem condições de atingir conforme as suas respectivas realidades e prioridades nacionais.

9 A Agenda Hemisférica do Trabalho Decente: políticas gerais Crescimento econômico que seja promotor de maiores oportunidades de emprego Respeito efetivo aos Direitos e Princípios Fundamentais no Trabalho Liberdade sindical e de negociação coletiva Abolição do trabalho forçado ou escravo Erradicação do trabalho infantil Eliminação de todas as formas de discriminação Maior eficiência e cobertura da proteção social Diálogo social efetivo

10 Agenda Nacional do Trabalho Decente Lançada em maio de 2006 pelo Ministro do Trabalho e Emprego Objetivo: Gerar mais e melhores empregos para combater a pobreza e as desigualdades sociais 3 prioridades Gerar mais e melhores empregos com igualdade de oportunidades e tratamento Erradicar o trabalho escravo e o trabalho infantil, em especial nas suas piores formas Fortalecer o tripartismo e o diálogo social como garantia de governabilidade democrática

11 Brasil Memorandum de Entendimento assinado entre o Presidente Lula e o diretor geral da OIT em 2003 Programa de Coperação técnica para a implementação de uma Agenda Nacional de Trabalho Decente, em consulta com organizações de empregadores e trabalhadores Comitê Executivo, coordenado pelo MTE

12 Agendas regionais e setoriais de Trabalho Decente Agenda Estadual de TD da Bahia - lançada em dezembro de 2007 pelo Governador do Estado Agenda Estadual TD de Mato Grosso Comitê Estadual de TD criado em 31/07/08 Outras iniciativas: - Santo André, Diadema e Osasco (SP) - Belo Horizonte (MG) - Agenda de TD para a Juventude (CONJUVE) - Agenda de TD na produção de biocombustíveis

13 Mecanismos de Implementação do TD A Agenda Nacional de Trabalho Decente expressa um compromisso entre o governo brasileiro e a OIT, e deve ser implementada em consulta com as organizações sindicais e empresariais. A partir dessa Agenda, deverá ser elaborado um Programa Nacional de Trabalho Decente, que estabeleça, além das prioridades, resultados esperados e estratégias, metas, prazos, produtos e indicadores de avaliação. Esse Programa deverá ser elaborado e periodicamente avaliado em consulta com organizações de trabalhadores e empregadores

14 D. Mecanismos de Implementação da Agenda Marco Institucional: instância de gestão da ANTD é o Comitê Executivo previsto no Memorando de Entendimentos assinado entre a OIT e o Governo brasileiro, a ser coordenado pelo MTE Monitoramento: reuniões periódicas do Comitê para acompanhar a implementação e revisar a ANTD, em permanente consulta com as organizações de trabalhadores e empregadores

15 Agendas de Trabalho Decente no Brasil Agenda NACIONAL de Trabajo Decente Agenda SECTORIAL Agenda ESTATAL de Trabajo Decente de Trabajo Decente TRABAJO DECENTE Agenda MUNICIPAL de Trabajo Decente

A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD

A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD Conferência Estadual de Emprego e Trabalho Decente do Estado de Santa Catarina Camboriú, 31 de outubro de 2011 ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO 1. O conceito de

Leia mais

A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD

A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD Ana Lúcia Monteiro Organização Internacional do Trabalho 28 de outubro de 2011 ESQUEMA DA APRESENTAÇÃO 1. O Conceito de Trabalho Decente 2. O compromisso

Leia mais

A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD

A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD Conferência Estadual de Emprego e Trabalho Decente do Estado do Rio de Janeiro Rio de Janeiro, 14 de dezembro de 2011 ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO 1. O conceito

Leia mais

A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD

A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Salvador, 22 de setembro de 2011 ESQUEMA DA APRESENTAÇÃO 1. O Conceito de Trabalho Decente 2. O compromisso

Leia mais

NACIONAL DE TRABALHO DECENTE - PNTD

NACIONAL DE TRABALHO DECENTE - PNTD SEMINÁRIO SINDICAL SOBRE O PLANO NACIONAL DE TRABALHO DECENTE - PNTD Paulo Sergio Muçouçah Coordenador dos Programas de Trabalho Decente e Empregos Verdes Escritório da OIT no Brasil Roteiro da apresentação

Leia mais

Plano Nacional de Trabalho Decente -

Plano Nacional de Trabalho Decente - Plano Nacional de Trabalho Decente - PNTD Ministério do Trabalho e Emprego Setembro de 2009 Trabalho Decente Contar com oportunidades de um trabalho produtivo com retribuição digna, segurança no local

Leia mais

IGUALDADE DE GÊNERO E RAÇA NA AGENDA DO TRABALHO DECENTE. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Outubro 2011

IGUALDADE DE GÊNERO E RAÇA NA AGENDA DO TRABALHO DECENTE. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Outubro 2011 IGUALDADE DE GÊNERO E RAÇA NA AGENDA DO TRABALHO DECENTE Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Outubro 2011 O conceito de TRABALHO DECENTE Formalizado pela OIT em 1999 Sintetiza sua missão

Leia mais

A visão da OIT sobre o Trabalho Decente

A visão da OIT sobre o Trabalho Decente Boletim Econômico Edição nº 61 maio de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico A visão da OIT sobre o Trabalho Decente 1 1. CONCEITO DE TRABALHO DECENTE O conceito de Trabalho

Leia mais

A Trajetória ria da Agenda de Trabalho Decente no Brasil

A Trajetória ria da Agenda de Trabalho Decente no Brasil A Trajetória ria da Agenda de Trabalho Decente no Brasil Andrea Rivero de Araújo Oficial de Projeto Programas de Trabalho Decente em Países do Mercosul Organização Internacional do Trabalho Boa Vista,

Leia mais

Agenda Nacional do. Novembro 2008

Agenda Nacional do. Novembro 2008 Agenda Nacional do Trabalho Decente Novembro 2008 Prioridades Gerar mais e melhores empregos, com igualdade de oportunidades e de tratamento Erradicar o trabalho escravo e eliminar o trabalho infantil,

Leia mais

A OIT e as Agendas de Trabalho Decente Oficina de Troca de Experiências para a Construção de Agendas Subnacionais de Trabalho Decente

A OIT e as Agendas de Trabalho Decente Oficina de Troca de Experiências para a Construção de Agendas Subnacionais de Trabalho Decente A OIT e as Agendas de Trabalho Decente Oficina de Troca de Experiências para a Construção de Agendas Subnacionais de Trabalho Decente Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Brasília, 26 de

Leia mais

Trabalho Decente no Brasil. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil

Trabalho Decente no Brasil. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Trabalho Decente no Brasil Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Porto Alegre, 31 de outubro de 2011 ESQUEMA DA APRESENTAÇÃO 1. O Conceito de Trabalho Decente 2. O compromisso do Brasil com

Leia mais

Desenvolvimento, Trabalho Decente e Igualdade Racial

Desenvolvimento, Trabalho Decente e Igualdade Racial Desenvolvimento, Trabalho Decente e Igualdade Racial Lais Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Brasília, julho de 2012 Esquema da Apresentação 1. Trabalho decente e estratégia de desenvolvimento

Leia mais

TRABALHO DECENTE um conceito em disputa. Roni Barbosa Maio 2013

TRABALHO DECENTE um conceito em disputa. Roni Barbosa Maio 2013 TRABALHO DECENTE um conceito em disputa Roni Barbosa Maio 2013 CONTEXTO DO SURGIMENTO DA RECOMENDAÇÃO DE TRABALHO DECENTE Visão flexibilizadora do projeto neoliberal conduziu a mudanças no papel do Estado

Leia mais

AGENDA CURITIBA DE TRABALHO DECENTE - ACTD

AGENDA CURITIBA DE TRABALHO DECENTE - ACTD AGENDA CURITIBA DE TRABALHO DECENTE - ACTD Agenda Curitiba de Secretaria Municipal do Trabalho e Emprego - ACTD Remuneração justa Igualdade Liberdade Segurança Gênero Raça/etnia Pessoa com deficiência

Leia mais

AGENDA NACIONAL DE TRABALHO DECENTE PARA A JUVENTUDE. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Brasília, 27 de junho de 2012

AGENDA NACIONAL DE TRABALHO DECENTE PARA A JUVENTUDE. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Brasília, 27 de junho de 2012 AGENDA NACIONAL DE TRABALHO DECENTE PARA A JUVENTUDE Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Brasília, 27 de junho de 2012 Esquema da apresentação A. Por que uma agenda de trabalho decente

Leia mais

Proteção Social: Um direito e uma necessidade para a promoção do Trabalho Decente. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil

Proteção Social: Um direito e uma necessidade para a promoção do Trabalho Decente. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Proteção Social: Um direito e uma necessidade para a promoção do Trabalho Decente Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Maringá, PR - 30 de maio de 2012 ESQUEMA DA APRESENTAÇÃO 1. Os Conceitos

Leia mais

AGENDA ESTADUAL DO TRABALHO DECENTE

AGENDA ESTADUAL DO TRABALHO DECENTE AGENDA ESTADUAL DO TRABALHO DECENTE Segundo definição da OIT, Trabalho Decente é um trabalho adequadamente remunerado, exercido em condições de liberdade, eqüidade e segurança, capaz de garantir uma vida

Leia mais

A Agenda Nacional de Trabalho Decente para a Juventude. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Porto Alegre 29 de abril de 2014

A Agenda Nacional de Trabalho Decente para a Juventude. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Porto Alegre 29 de abril de 2014 A Agenda Nacional de Trabalho Decente para a Juventude Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Porto Alegre 29 de abril de 2014 ESQUEMA DA APRESENTAÇÃO 1. O conceito de Trabalho Decente 2.

Leia mais

Ações Reunião realizada nos dias 13 a 16 de outubro de 2014

Ações Reunião realizada nos dias 13 a 16 de outubro de 2014 R E L A Ç Õ E S I N T E R N A C I O N A I S Órgão Organização Internacional do Trabalho (OIT) Representação Eventual 18ª Reunião Regional Americana da OIT Representante Lidiane Duarte Nogueira Advogada

Leia mais

Pesquisa Formação e Ação Sindical No Fomento da Agenda de Trabalho Decente no Brasil

Pesquisa Formação e Ação Sindical No Fomento da Agenda de Trabalho Decente no Brasil Pesquisa Formação e Ação Sindical No Fomento da Agenda de Trabalho Decente no Brasil Desafios Disseminar o conceito de Trabalho Decente junto às direções e lideranças sindicais: Emprego, Normas, Proteção

Leia mais

Objetivo Geral. Objetivos Específicos

Objetivo Geral. Objetivos Específicos Apresentação A promoção do trabalho decente é condição para um crescimento econômico inclusivo, redutor da pobreza e das desigualdades sociais e promotor do desenvolvimento humano. O trabalho decente significa

Leia mais

A construção da 1ª Conferência do Trabalho Decente de Osasco

A construção da 1ª Conferência do Trabalho Decente de Osasco A construção da 1ª Conferência do Trabalho Decente de Osasco Fortalecer o nosso compromisso As reuniões e Pré-Conferências, que estamos realizando, são a oportunidade para que coletivamente possamos construir

Leia mais

Contexto do Trabalho Infantil e Trabalho Forçado no Marco da Busca do Trabalho Decente para Todos e Todas

Contexto do Trabalho Infantil e Trabalho Forçado no Marco da Busca do Trabalho Decente para Todos e Todas Contexto do Trabalho Infantil e Trabalho Forçado no Marco da Busca do Trabalho Decente para Todos e Todas Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil 24 de junho de 2013 O conceito de Trabalho

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DA I CONFERENCIA NACIONAL DE EMPREGO E TRABALHO DECENTE

RELATÓRIO FINAL DA I CONFERENCIA NACIONAL DE EMPREGO E TRABALHO DECENTE RELATÓRIO FINAL DA I CONFERENCIA NACIONAL DE EMPREGO E TRABALHO DECENTE Realizada de 08 a 11 de agosto de 2012 MÁRIO DOS SANTOS BARBOSA Assessor Especial para Assuntos Internacionais Coordenador da I CNETD

Leia mais

TRABALHO DECENTE E JUVENTUDE NO BRASIL. Julho de 2009

TRABALHO DECENTE E JUVENTUDE NO BRASIL. Julho de 2009 TRABALHO DECENTE E JUVENTUDE NO BRASIL Brasília, Julho de 2009 Trabalho Decente e Juventude no Brasil 1. Diagnóstico da situação magnitude do déficit de Trabalho Decente para os jovens relação educação

Leia mais

TEMA 3 TRABALHO DESIGUAL? NOVAS FORMAS DE DESIGUALDADE E A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO

TEMA 3 TRABALHO DESIGUAL? NOVAS FORMAS DE DESIGUALDADE E A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO TEMA 3 TRABALHO DESIGUAL? NOVAS FORMAS DE DESIGUALDADE E A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO O TRABALHO DIGNO, A JUSTIÇA SOCIAL E O FUTURO DO TRABALHO OIT: MISSÃO Desenvolve o seu trabalho no âmbito da redução da

Leia mais

Trabalho Decente e Juventude: Principais Desafios e Perspectivas no Contexto da Globalização e Desenvolvimento Hemisférico

Trabalho Decente e Juventude: Principais Desafios e Perspectivas no Contexto da Globalização e Desenvolvimento Hemisférico Trabalho Decente e Juventude: Principais Desafios e Perspectivas no Contexto da Globalização e Desenvolvimento Hemisférico Laís Abramo Diretora da OIT/Brasil Rio de Janeiro, 20 de maio de 2008. A. Jovens

Leia mais

DIÁLOGO SOCIAL E TRIPARTISMO NO BRASIL

DIÁLOGO SOCIAL E TRIPARTISMO NO BRASIL DIÁLOGO SOCIAL E TRIPARTISMO NO BRASIL Diálogo social e Tripartismo no Brasil Conceito de Diálogo Social Diálogo social é o processo no qual atores sociais, econômicos, políticos, ou grupos sociais, legitimamente

Leia mais

Panorama Mundial do Trabalho Infantil e a Experiência Brasileira

Panorama Mundial do Trabalho Infantil e a Experiência Brasileira Panorama Mundial do Trabalho Infantil e a Experiência Brasileira Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Forum Mundial de Direitos Humanos Brasília, 12 dezembro 2013 ESQUEMA DA APRESENTAÇÃO

Leia mais

A decência do trabalho nosso de cada dia

A decência do trabalho nosso de cada dia TRABALHO DECENTE PRA GENTE! A decência do trabalho nosso de cada dia Não faltam leis, índices, indicadores que protegem e direcionam ao identificarem os problemas que afetam os trabalhadores, no Brasil.

Leia mais

DR. AUGUSTO POMBAL CENTRO POLIVALENTE DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DO MAPTSS 26 DE JUNHO DE 2015

DR. AUGUSTO POMBAL CENTRO POLIVALENTE DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DO MAPTSS 26 DE JUNHO DE 2015 O REGIME DOS TRABALHADORES DOMÉSTICOS NO ÂMBITO DA CONVENÇÃO E DA RECOMENDAÇÃO SOBRE O TRABALHO DECENTE PARA OS TRBALHADORAS E OS TRABALHADORES DOMÉSTICOS DR. AUGUSTO POMBAL CENTRO POLIVALENTE DE FORMAÇÃO

Leia mais

Suplente Roberto Luis Lopes Nogueira Advogado Divisão Sindical da CNC. Ações Reunião Ordinária realizada nos dias 5 e 6 de abril de 2016.

Suplente Roberto Luis Lopes Nogueira Advogado Divisão Sindical da CNC. Ações Reunião Ordinária realizada nos dias 5 e 6 de abril de 2016. RELAÇÕES DO TRABALHO Órgão Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS) Representação Efetiva Comissão Tripartite de Revisão do Plano Nacional de Emprego e Trabalho Decente (PNETD) Representantes

Leia mais

Relações raciais e educação - leis que sustentaram o racismo e leis de promoção da igualdade racial e étnica 23/06

Relações raciais e educação - leis que sustentaram o racismo e leis de promoção da igualdade racial e étnica 23/06 Relações raciais e educação - leis que sustentaram o racismo e leis de promoção da igualdade racial e étnica 23/06 Bel Santos Mayer Vera Lion Políticas de Promoção da Igualdade de oportunidades e tratamento

Leia mais

Índice do diário. De Emprego e Trabalho Decente. A PREFEITA MUNICIPAL DE ANTONIO CARDOSO, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições,

Índice do diário. De Emprego e Trabalho Decente. A PREFEITA MUNICIPAL DE ANTONIO CARDOSO, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, Diário Oficial Ano: 1 Páginas: 6 Atos Oficiais Decreto - Decreto 421 de 2011 Índice do diário Atos Oficiais Decreto Decreto 421 de 2011 DECRETO Nº 421/2011 DE 27 DE MAIO DE 2011. Convoca a I Conferência

Leia mais

Centro de Direitos Humanos Faculdade de Direito Universidade de Coimbra. Direito ao Trabalho. Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria

Centro de Direitos Humanos Faculdade de Direito Universidade de Coimbra. Direito ao Trabalho. Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria Direito ao Trabalho Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria Direito ao Trabalho (...) só se pode fundar uma paz universal e duradoura com base na justiça social (...) Constituição da Organização

Leia mais

AÇÕES ESTATAIS PARA VIABILIZAÇÃO DO TRABALHO DECENTE : UMA PRIMEIRA APROXIMAÇÃO

AÇÕES ESTATAIS PARA VIABILIZAÇÃO DO TRABALHO DECENTE : UMA PRIMEIRA APROXIMAÇÃO AÇÕES ESTATAIS PARA VIABILIZAÇÃO DO TRABALHO DECENTE : UMA PRIMEIRA APROXIMAÇÃO Leonice Alves Pereira Mourad 1 Rayane de Paula Costa 2 Solange de Moura Trindade 3 Zenicléia Angelita Deggerone 4 Resumo:

Leia mais

Saúde Coletiva - Pactos Pela Vida, em Defesa do SUS e de Gestão.

Saúde Coletiva - Pactos Pela Vida, em Defesa do SUS e de Gestão. Saúde Coletiva - Pactos Pela Vida, em Defesa do SUS e de Gestão. PROFESSOR EDUARDO ARRUDA A OMS: Estatística com mais de 100 indicadores nos 193 estados-membros; O relatório (2011): doenças crônicas (diabetes,

Leia mais

Laís Ab A ram a o Diret e o t ra r do Escrit i ó t rio i da O IT n o Brasil Cuiab a á b, 06 d e Fe F v e e v r e ei e r i o r de

Laís Ab A ram a o Diret e o t ra r do Escrit i ó t rio i da O IT n o Brasil Cuiab a á b, 06 d e Fe F v e e v r e ei e r i o r de Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Cuiabá,, 06 de Fevereiro de 2014 Evento de grande relevância econômica, social e cultural 12 cidades sedes: Cuiabá, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba,

Leia mais

Suplente Lidiane Duarte Nogueira. Ações Reunião Ordinária realizada no dia 3 de dezembro de 2014

Suplente Lidiane Duarte Nogueira. Ações Reunião Ordinária realizada no dia 3 de dezembro de 2014 R E L A Ç Õ E S D O T R A B A L H O Órgão Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) Representação Efetiva Grupo de Trabalho Tripartite (GTT) para Implementação da Agenda Nacional de Trabalho Decente (ANTD)

Leia mais

Documento Preliminar para Consulta Pública Outubro de Atendimento de crianças e adolescentes com direitos violados ou ameaçados:

Documento Preliminar para Consulta Pública Outubro de Atendimento de crianças e adolescentes com direitos violados ou ameaçados: Documento Preliminar para Consulta Pública Outubro de 2010 2.4 Atendimento de crianças e adolescentes com direitos violados ou ameaçados: 2.4.6 Trabalho infantil A exploração do trabalho é uma violação

Leia mais

Princípios e critérios para a produção de carvão vegetal utilizado na produção de ferro gusa para a cadeia produtiva do aço sustentável brasileiro.

Princípios e critérios para a produção de carvão vegetal utilizado na produção de ferro gusa para a cadeia produtiva do aço sustentável brasileiro. Princípios e critérios para a produção de carvão vegetal utilizado na produção de ferro gusa para a cadeia produtiva do aço sustentável brasileiro. Introdução ao documento: Os Princípios e Critérios (P&C)

Leia mais

IX CONFERÊNCIA IBERO-AMERICANA DE MINISTRAS E MINISTROS DO TRABALHO, EMPREGO E PREVIDÊNCIA SOCIAL Cartagena de Indias, Colômbia 2 e 3 de maio de 2016

IX CONFERÊNCIA IBERO-AMERICANA DE MINISTRAS E MINISTROS DO TRABALHO, EMPREGO E PREVIDÊNCIA SOCIAL Cartagena de Indias, Colômbia 2 e 3 de maio de 2016 IX CONFERÊNCIA IBERO-AMERICANA DE MINISTRAS E MINISTROS DO TRABALHO, EMPREGO E PREVIDÊNCIA SOCIAL Cartagena de Indias, Colômbia 2 e 3 de maio de 2016 AS MINISTRAS, OS MINISTROS E REPRESENTANTES DOS PAÍSES

Leia mais

Discurso de inauguración Eleonora Menicucci

Discurso de inauguración Eleonora Menicucci Discurso de inauguración Eleonora Menicucci Ministra de la Secretaría de Políticas para las Mujeres del Brasil XII Conferência Regional sobre a Mulher da América Latina e Caribe São Domingos, República

Leia mais

Ações Reunião Ordinária realizada no dia 18 de julho de 2014

Ações Reunião Ordinária realizada no dia 18 de julho de 2014 R E L A Ç Õ E S D O T R A B A L H O Órgão Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) Representação Efetiva Grupo de Trabalho Tripartite para Implementação da Agenda Nacional de Trabalho Decente Representante

Leia mais

Suplente Roberto Luis Lopes Nogueira. Ações Reunião Ordinária realizada no dia 2 de dezembro de 2014

Suplente Roberto Luis Lopes Nogueira. Ações Reunião Ordinária realizada no dia 2 de dezembro de 2014 R E L A Ç Õ E S D O T R A B A L H O Órgão Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) Representação Efetiva Comissão Tripartite de Revisão (CTR) do Plano Nacional de Emprego e Trabalho Decente (PNETD) Representantes:

Leia mais

O Pacto Mundial para o Emprego:

O Pacto Mundial para o Emprego: O Pacto Mundial para o Emprego: Uma resposta à crise Escritório da OIT no Brasil Seminário sobre a Elaboração do PNTD e a Participação dos Trabalhadores São Paulo, 29 de setembro de 2009 Objetivo estratégico

Leia mais

Participação social é método de governar. Secretaria-Geral da Presidência da República

Participação social é método de governar. Secretaria-Geral da Presidência da República OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO Foram definidos para dar respostas aos principais problemas mundiais levantados nas conferências sociais que a ONU promoveu na década de 90: Criança (NY/90);

Leia mais

Andréa Bolzon Escritório da OIT no Brasil. Salvador, 08 de abril de 2013

Andréa Bolzon Escritório da OIT no Brasil. Salvador, 08 de abril de 2013 Andréa Bolzon Escritório da OIT no Brasil Salvador, 08 de abril de 2013 Fundada em 1919 (Tratado de Versalhes) Mandato: promover a justiça social e o reconhecimento internacional dos direitos humanos e

Leia mais

DÉCADA INTERNACIONAL DE. AFRODESCENDENTES 1º de janeiro de 2015 a 31 de dezembro de 2024 RECONHECIMENTO, JUSTIÇA E DESENVOLVIMENTO

DÉCADA INTERNACIONAL DE. AFRODESCENDENTES 1º de janeiro de 2015 a 31 de dezembro de 2024 RECONHECIMENTO, JUSTIÇA E DESENVOLVIMENTO DÉCADA INTERNACIONAL DE AFRODESCENDENTES 1º de janeiro de 2015 a 31 de dezembro de 2024 RECONHECIMENTO, JUSTIÇA E DESENVOLVIMENTO DÉCADA INTERNACIONAL DOS AFRODESCENDENTES 1º DE JANEIRO DE 2015 A 31 DE

Leia mais

Agenda 2030 ODS: Adequação e gestão integrada das políticas públicas, instrumentos de monitoramento e participação social

Agenda 2030 ODS: Adequação e gestão integrada das políticas públicas, instrumentos de monitoramento e participação social Agenda 2030 ODS: Adequação e gestão integrada das políticas públicas, instrumentos de monitoramento e participação social Grupo de Trabalho da Sociedade Civil para a Agenda 2030 Filomena Siqueira - Ação

Leia mais

Conferência Internacional do Trabalho

Conferência Internacional do Trabalho Conferência Internacional do Trabalho PROTOCOLO À CONVENÇÃO 29 PROTOCOLO À CONVENÇÃO SOBRE TRABALHO FORÇADO, 1930, ADOTADA PELA CONFERÊNCIA EM SUA CENTÉSIMA TERCEIRA SESSÃO, GENEBRA, 11 DE JUNHO DE 2014

Leia mais

Terça-feira 27 de novembro de 2007

Terça-feira 27 de novembro de 2007 Seminário Bipartite - Políticas de Emprego e Igualdade de Oportunidades São Paulo, 26 e 27 de novembro de 2007, Hotel Transamérica Flat Perdizes Segunda feira, 26 de novembro de 2007 9:00 Recepção e inscrição

Leia mais

IV REUNIÃO DE MINISTRAS DA IGUALDADE DE GÉNERO E EMPODERAMENTO DAS MULHERES DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA - CPLP

IV REUNIÃO DE MINISTRAS DA IGUALDADE DE GÉNERO E EMPODERAMENTO DAS MULHERES DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA - CPLP IV REUNIÃO DE MINISTRAS DA IGUALDADE DE GÉNERO E EMPODERAMENTO DAS MULHERES DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA - CPLP "Empoderamento Económico da Mulher, Género e Globalização" Declaração de

Leia mais

Excelentíssimo Senhor Ministro das Relações Exteriores. Excelentíssima Senhora Ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Tereza Campello

Excelentíssimo Senhor Ministro das Relações Exteriores. Excelentíssima Senhora Ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Tereza Campello Excelentíssimo Senhor Ministro das Relações Exteriores Embaixador Antônio de Aguiar Patriota Excelentíssima Senhora Ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Tereza Campello Excelentíssimo Senhor

Leia mais

A OIT E O BRASIL Prós e contras

A OIT E O BRASIL Prós e contras A OIT E O BRASIL Prós e contras Dagoberto Lima Godoy Membro-Empregador Titular Conselho de Administração Organização Internacional do Trabalho Brasil OIT (linha do tempo) 1919 - País-Membro Fundador 1944

Leia mais

Estratégias e desafios de implementação dos ODS: o olhar da Comissão Nacional dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Estratégias e desafios de implementação dos ODS: o olhar da Comissão Nacional dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável Presidência da República Secretaria de Governo Secretaria Nacional de Articulação Social Estratégias e desafios de implementação dos ODS: o olhar da Comissão Nacional dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Leia mais

A Experiência do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social CDES

A Experiência do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social CDES A Experiência do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social CDES Construção de Governança para o Projeto Nacional de Desenvolvimento Apresentação : Jaques Wagner Governador da Bahia CDES situação atual

Leia mais

Objetivos de Desenvolvimento do Milénio

Objetivos de Desenvolvimento do Milénio Direito a Não Viver na Objetivos de Desenvolvimento do Milénio Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria 8 Objetivos de Desenvolvimento do Milénio com diversas metas a ser atingidas. Adoptados pela

Leia mais

CLXV Reunião Ordinária do Conselho Pleno da ANDIFES

CLXV Reunião Ordinária do Conselho Pleno da ANDIFES Presidência da República Secretaria de Governo Secretaria Nacional de Articulação Social CLXV Reunião Ordinária do Conselho Pleno da ANDIFES Natal RN, 27 de julho de 2017 Etapas da Agenda 2030 ETAPA DE

Leia mais

CONSIDERANDO: A Declaração sobre VIH/SIDA assinada durante a Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP, em Maputo em 2000;

CONSIDERANDO: A Declaração sobre VIH/SIDA assinada durante a Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP, em Maputo em 2000; MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ENTRE O PROGRAMA CONJUNTO DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE VIH/SIDA (ONUSIDA) E A COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP) RELATIVO A APOIO PARA A REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES DE

Leia mais

REGIMENTO INTERNO I CONFERÊNCIA NACIONAL DE EMPREGO E TRABALHO DECENTE CAPÍTULO I DA FINALIDADE E DOS OBJETIVOS

REGIMENTO INTERNO I CONFERÊNCIA NACIONAL DE EMPREGO E TRABALHO DECENTE CAPÍTULO I DA FINALIDADE E DOS OBJETIVOS Versão Final 11 de março de 2011 REGIMENTO INTERNO I CONFERÊNCIA NACIONAL DE EMPREGO E TRABALHO DECENTE CAPÍTULO I DA FINALIDADE E DOS OBJETIVOS Art. 1º A I Conferência Nacional de Emprego e Trabalho Decente

Leia mais

Resolução adotada pela Assembleia Geral. [sobre o relatório do 3 o Comitê (A/56/572)] 56/117. Políticas e programas envolvendo a juventude

Resolução adotada pela Assembleia Geral. [sobre o relatório do 3 o Comitê (A/56/572)] 56/117. Políticas e programas envolvendo a juventude Nações Unidas A/RES/56/117 Assembleia Geral Distribuição: Geral 18 de janeiro de 2002 56 a sessão Item 108 da pauta Resolução adotada pela Assembleia Geral [sobre o relatório do 3 o Comitê (A/56/572)]

Leia mais

CÚPULA DE ÁGUA DE BUDAPESTE: A CONTRIBUIÇÃO DA IBEROAMÉRICA PARA A CONSTRUÇÃO DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

CÚPULA DE ÁGUA DE BUDAPESTE: A CONTRIBUIÇÃO DA IBEROAMÉRICA PARA A CONSTRUÇÃO DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL CÚPULA DE ÁGUA DE BUDAPESTE: A CONTRIBUIÇÃO DA IBEROAMÉRICA PARA A CONSTRUÇÃO DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL CÚPULA DE ÁGUA DE BUDAPESTE: A CONTRIBUIÇÃO DA IBEROAMÉRICA PARA A CONSTRUÇÃO

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO MESA NACIONAL PERMANENTE PARA O APERFEIÇOAMENTO DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO NO SETOR DE TURISMO E HOSPITALIDADE

TERMO DE COMPROMISSO MESA NACIONAL PERMANENTE PARA O APERFEIÇOAMENTO DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO NO SETOR DE TURISMO E HOSPITALIDADE A MESA NACIONAL PERMANENTE PARA O APERFEIÇOAMENTO DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO NO SETOR DE TURISMO E HOSPITALIDADE, com representação tripartite composta pelo GOVERNO FEDERAL, REPRESENTANTES DOS EMPREGADORES

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA CONSULTORIA PARA A IMPLEMENTAÇÃO DO PLANO DE TRABALHO DA INICIATIVA DIÁLOGO EMPRESAS E POVOS INDIGENAS

TERMO DE REFERÊNCIA CONSULTORIA PARA A IMPLEMENTAÇÃO DO PLANO DE TRABALHO DA INICIATIVA DIÁLOGO EMPRESAS E POVOS INDIGENAS TERMO DE REFERÊNCIA CONSULTORIA PARA A IMPLEMENTAÇÃO DO PLANO DE TRABALHO DA INICIATIVA DIÁLOGO EMPRESAS E POVOS INDIGENAS (JULHO à DEZEMBRO DE 2017) I. Histórico e Contexto Em 2012, associações indígenas

Leia mais

Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006

Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006 Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006 Realização: Ágere Cooperação em Advocacy Apoio: Secretaria Especial dos Direitos Humanos/PR Módulo III: Conselhos dos Direitos no

Leia mais

Paulo Jannuzzi ENCE/IBGE

Paulo Jannuzzi ENCE/IBGE Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e as oportunidades para o aprimoramento no monitoramento e avaliação de políticas públicas em nível subnacional: reflexões a partir da experiência da SAGI/MDS Paulo

Leia mais

Igualdade Racial: Principais Resultados

Igualdade Racial: Principais Resultados Igualdade Racial: 2006 Principais Resultados Copyright Organização Internacional do Trabalho 2006 1ª edição 2006 As publicações da Secretaria Internacional do Trabalho gozam da proteção dos direitos autorais

Leia mais

Promoção do trabalho decente em países produtores de algodão na África e América Latina

Promoção do trabalho decente em países produtores de algodão na África e América Latina Foto: Carlos Rudiney/Abrapa Promoção do trabalho decente em países produtores de algodão na África e América Latina Programa de Parceria Brasil/OIT para a Promoção da Cooperação Sul Sul Como surgiu o projeto?

Leia mais

AGENDA PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

AGENDA PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL AGENDA PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Além de integrar a missão e visão da FACISC, o Desenvolvimento Sustentável passa agora a ser uma de nossas Diretrizes de atuação. Desta forma, propondo a ampliação

Leia mais

O desenvolvimento do Planejamento Estratégico está dividido em 5 fases principais até a sua conclusão: Figura 1 - Fases do Planejamento Estratégico

O desenvolvimento do Planejamento Estratégico está dividido em 5 fases principais até a sua conclusão: Figura 1 - Fases do Planejamento Estratégico O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO A Assessoria de Planejamento (ASPLAN) está se dedicando à elaboração do Planejamento Estratégico da SEDESE. Este projeto surge como uma demanda do Secretário André Quintão para

Leia mais

Plano Nacional de Trabalho Decente - PNTD

Plano Nacional de Trabalho Decente - PNTD Plano Nacional de Trabalho Decente - PNTD Ministério do Trabalho e Emprego Assessoria Internacional Junho de 2009 Trabalho Decente Contar com oportunidades de um trabalho produtivo com retribuição digna,

Leia mais

CONFERÊNCIA REGIONAL DE POLÍTICAS PARA MULHERES

CONFERÊNCIA REGIONAL DE POLÍTICAS PARA MULHERES CONFERÊNCIA REGIONAL DE POLÍTICAS PARA MULHERES Um desafio para a igualdade numa perspectiva de gênero Ituporanga 30/04/04 Conferência Espaço de participação popular para: Conferir o que tem sido feito

Leia mais

Relatório da atividade: Igualdade de oportunidade e não discriminação nas relações de trabalho DIEESE, OIT e INSPIR 01 e 02 de outubro de 2009

Relatório da atividade: Igualdade de oportunidade e não discriminação nas relações de trabalho DIEESE, OIT e INSPIR 01 e 02 de outubro de 2009 Relatório da atividade: Igualdade de oportunidade e não discriminação nas relações de trabalho DIEESE, OIT e INSPIR 01 e 02 de outubro de 2009 Acordo DIEESE/ OIT Apresentação A atividade teve como objetivos

Leia mais

Aprimoramento do Programa diante dos avanços da cobertura e da qualificação da

Aprimoramento do Programa diante dos avanços da cobertura e da qualificação da 1. Redesenho do PETI Fortalecer a Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil por meio de ações estratégicas intersetoriais voltadas ao enfrentamento das novas incidências de atividades identificadas

Leia mais

Secretaria de Políticas para as Mulheres Presidência da República

Secretaria de Políticas para as Mulheres Presidência da República Secretaria de Políticas para as Mulheres Presidência da República Apresentação de propostas e formalização de Convênios com a SPM - PR Vitória, maio de 2011 Secretaria de Políticas para as Mulheres Criada

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES CONSELHO DAS CIDADES RESOLUÇÃO NORMATIVA N XX, DE 27 DE JUNHO DE 2017

MINISTÉRIO DAS CIDADES CONSELHO DAS CIDADES RESOLUÇÃO NORMATIVA N XX, DE 27 DE JUNHO DE 2017 MINISTÉRIO DAS CIDADES CONSELHO DAS CIDADES RESOLUÇÃO NORMATIVA N XX, DE 27 DE JUNHO DE 2017 Define novas datas para as etapas estadual e nacional da 6ª Conferência Nacional das Cidades - CNC e estende

Leia mais

MATRIZ 4: ESTRATÉGIA NACIONAL DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL

MATRIZ 4: ESTRATÉGIA NACIONAL DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS SECRETARIA NACIONAL DE PROMOÇÃO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE MATRIZ 4: ESTRATÉGIA NACIONAL DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL CARTA

Leia mais

DISTANTES MUNDOS. situação da população mundial Saúde e direitos reprodutivos em uma era de desigualdade DESTAQUES

DISTANTES MUNDOS. situação da população mundial Saúde e direitos reprodutivos em uma era de desigualdade DESTAQUES situação da população mundial 2017 DESTAQUES MUNDOS DISTANTES Saúde e direitos reprodutivos em uma era de desigualdade Andrew McConnell/IRC/Panos Pictures O agravamento da desigualdade é um retrocesso

Leia mais

Abertura V Seminário PAEC-OEA-GCUB 17/05/2017

Abertura V Seminário PAEC-OEA-GCUB 17/05/2017 Abertura V Seminário PAEC-OEA-GCUB 17/05/2017 DADOS GERAIS NOME OFICIAL SEDE ORGANIZAÇÃO DOS ESTADOS AMERICANOS Washington, DC FUNDAÇÃO 5/5/1948 PAÍSES MEMBROS IDIOMAS OFICIAIS ÓRGÃOS PRINCIPAIS SECRETÁRIO-GERAL

Leia mais

A inserção da população negra no mercado de trabalho da Região Metropolitana de Belo Horizonte

A inserção da população negra no mercado de trabalho da Região Metropolitana de Belo Horizonte PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE A inserção da população negra no mercado de trabalho da Novembro de 2011 A discussão sobre trabalho decente, capitaneada pela

Leia mais

TENDÊNCIAS GLOBAIS DE EMPREGO JOVEM

TENDÊNCIAS GLOBAIS DE EMPREGO JOVEM TENDÊNCIAS GLOBAIS DE EMPREGO JOVEM UMA GERAÇÃO EM RISCO maio 2013 Estrutura da apresentação O que é a OIT. Origem e importância Emprego jovem Breve descrição. Porquê centrar a atenção nos jovens. Começar

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Programa Interagencial de Promoção da Igualdade de Gênero, Raça e Etnia (F079)

TERMO DE REFERÊNCIA. Programa Interagencial de Promoção da Igualdade de Gênero, Raça e Etnia (F079) TERMO DE REFERÊNCIA Título do Projeto Designação: Unidade executora: Tipo de Contrato: Programa Interagencial de Promoção da Igualdade de Gênero, Raça e Etnia (F079) Consultora/Consultor ONU-HABITAT /ROLAC

Leia mais

APOIO: OFICINA DE ACTIVIDADES PARA LOS TRABAJADORES (ACTRAV) SUMÁRIO EXECUTIVO

APOIO: OFICINA DE ACTIVIDADES PARA LOS TRABAJADORES (ACTRAV) SUMÁRIO EXECUTIVO APOIO: OFICINA DE ACTIVIDADES PARA LOS TRABAJADORES (ACTRAV) SUMÁRIO EXECUTIVO Seminário sobre a elaboração do Plano Nacional do Trabalho Decente e a participação dos Trabalhadores São Paulo, 29 e 30 de

Leia mais

O Brasil e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio

O Brasil e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio O Brasil e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio O Brasil avançou muito em relação ao cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio e pavimentou o caminho para cumprir as metas até 2015.

Leia mais

COPATROCINADOR UNAIDS 2015 OIT ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO

COPATROCINADOR UNAIDS 2015 OIT ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO COPATROCINADOR UNAIDS 2015 OIT ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO COPATROCINADORES UNAIDS 2015 O QUE É A OIT? A ampliação da testagem tem o potencial de preencher a lacuna na continuidade do tratamento.

Leia mais

Boletim Econômico Edição nº 59 abril de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico

Boletim Econômico Edição nº 59 abril de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Boletim Econômico Edição nº 59 abril de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Economia informal e transição para a economia formal e as ferramentas da OIT 1 Perfil da economia

Leia mais

Objetivo Geral: Objetivos Específicos:

Objetivo Geral: Objetivos Específicos: Objetivo Geral: Superação da pobreza e geração de trabalho e renda no meio rural por meio de uma estratégia de desenvolvimento territorial sustentável. Objetivos Específicos: Inclusão produtiva das populações

Leia mais

Direito Constitucional

Direito Constitucional Barbara Rosa Direito Constitucional Princípios Fonte: elfactorhumanoburgos.com Direito Constitucional Princípios PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS - Elementos basilares da Constituição. - Eles nos auxiliam a entender

Leia mais

Dos ODM aos ODS com uma lente de CPD? Mónica Ferro,

Dos ODM aos ODS com uma lente de CPD? Mónica Ferro, Dos ODM aos ODS com uma lente de CPD? Mónica Ferro, mferro@iscsp.ulisboa.pt; mferro@psd.parlamento.pt Dos ODM aos ODS, à Agenda Pós-2015 O que é a Coerência A Coerência e a Agenda Pós-2015 Desafios atuais

Leia mais

Seminário SINTETEL Conversa entre Mulheres

Seminário SINTETEL Conversa entre Mulheres Seminário SINTETEL Conversa entre Mulheres Mercado de trabalho e cláusulas de gênero São Paulo 30 e 31 de janeiro e 01 de fevereiro de 2014 A inserção das mulheres nos mercados de trabalho metropolitanos

Leia mais

Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Piracaia PIRAPREV CNPJ: 10.543.660/0001-72. Política de Responsabilidade Social

Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Piracaia PIRAPREV CNPJ: 10.543.660/0001-72. Política de Responsabilidade Social Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Piracaia PIRAPREV CNPJ: 10.543.660/0001-72 Política de Responsabilidade Social Dezembro de 2011 1 PREÂMBULO O IPSPMP-PIRAPREV, sendo uma

Leia mais

A organização da ECO-92 foi solicitada pela resolução da Assembléia Geral das Nações Unidas (dezembro, 1989);

A organização da ECO-92 foi solicitada pela resolução da Assembléia Geral das Nações Unidas (dezembro, 1989); A organização da ECO-92 foi solicitada pela resolução da Assembléia Geral das Nações Unidas (dezembro, 1989); Essa reunião mundial (CNUMAD - 92) foi organizada para elaborar a estratégia para deter e reverter

Leia mais

Natália de Oliveira Fontoura. Diretoria de Estudos e Políticas Sociais Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Brasília, março de 2014

Natália de Oliveira Fontoura. Diretoria de Estudos e Políticas Sociais Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Brasília, março de 2014 Natália de Oliveira Fontoura Diretoria de Estudos e Políticas Sociais Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada Brasília, março de 2014 Apesar das conquistas das mulheres, são ainda observadas muitas desigualdades

Leia mais

SECRETARIA ESPECIAL DE POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL SEPPIR

SECRETARIA ESPECIAL DE POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL SEPPIR SECRETARIA ESPECIAL DE POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL SEPPIR Nona Conferencia Regional sobre a Mulher da América Latina e do Caribe Cidade do México, 10 a 12 de junho de 2004. Mesa Redonda:

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SOCIAL

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SOCIAL PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SOCIAL 5 Tópicos da apresentação Menu 2 01 02 03 04 05 INTRODUÇÃO METODOLOGIA UTILIZADA DIAGNÓSTICOS PLANO ESTRATÉGICO PRÓXIMOS

Leia mais

MECANISMO DE ACOMPANHAMENTO PARA IMPLEMENTAÇÃO, MONITORIA E AVALIAÇÃO

MECANISMO DE ACOMPANHAMENTO PARA IMPLEMENTAÇÃO, MONITORIA E AVALIAÇÃO AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone 517 700 Cables: OAU, ADDIS ABAB TERCEIRA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA CONFERÊNCIA DOS CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO

Leia mais

Juventude e Trabalho. Profa. Ms. Aline da Silva Freitas São Paulo

Juventude e Trabalho. Profa. Ms. Aline da Silva Freitas São Paulo Juventude e Trabalho Profa. Ms. Aline da Silva Freitas aline.freitas@escoladegoverno.org.br São Paulo 24.11.2015 Roteiro Juventude Que é Juventude? Olhares sobre a Juventude Reflexão Jurídica sobre a Juventude

Leia mais

Direitos humanos Noção e características

Direitos humanos Noção e características Direitos humanos Noção e características Os direitos humanos são os direitos que todas as pessoas têm devido à sua condição humana, de forma a viverem em liberdade e dignidade. Universais Pertencem a todas

Leia mais