A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD"

Transcrição

1 A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD Conferência Estadual de Emprego e Trabalho Decente do Estado do Rio de Janeiro Rio de Janeiro, 14 de dezembro de 2011

2 ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO 1. O conceito de Trabalho Decente 2. O compromisso do Brasil com a Agenda do Trabalho Decente 3. Avanços e desafios para a conquista do TD no Brasil e no Rio de Janeiro 4. A I Conferência Nacional de Emprego e Trabalho Decente- CNETD 2

3 O Conceito de Trabalho Decente

4 O conceito de TRABALHO DECENTE Formalizado pela OIT em 1999 Sintetiza sua missão histórica de: Promover oportunidades para que homens e mulheres possam conseguir um trabalho produtivo e de qualidade em condições de liberdade, equidade, segurança a e dignidade humana 4

5 Ponto de convergência de 4 objetivos estratégicos A geração de mais e melhores EMPREGOS A promoção dos DIREITOS no trabalho TRABALHO DECENTE Ponto de convergência de 4 objetivos estratégicos A extensão da PROTEÇÃO SOCIAL O fortalecimento do DIÁLOGO SOCIAL EQUIDADE: eixo transversal

6 Um conceito multidimensional Dimensão quantitativa: oportunidades de empregos para homens e mulheres Dimensão qualitativa: salários, condições de trabalho, saúde e segurança Noção correlata: trabalho inaceitável (a ser abolido) trabalho infantil, trabalho escravo ou forçado, trabalho degradante, tráfico de pessoas 6

7 Origens do conceito de Trabalho Decente: o contexto internacional dos anos 80 e 90 baixas taxas de crescimento econômico aumento do desemprego e do emprego informal e precário debilitamento da organização sindical e dos processos de negociação coletiva persistência e expansão de formas degradantes e inaceitáveis de trabalho Além disso, predominava uma visão de que seria quase impossível que voltassem a crescer e a predominar em nossas sociedades as formas estáveis e protegidas de trabalho 7

8 A Crise Mundial de Emprego Anterior à crise financeira internacional de 2008 e uma das suas causas (desvalorização do trabalho e supervalorização do mercado financeiro) 195 milhões de desempregados (2007) a metade de todos os ocupados (cerca de 1,4 bilhão de pessoas) vivia com menos de US$ 2 por dia (situação de pobreza) 20% deles vivia com menos de US$ 1 por dia (situação de extrema pobreza) grande obstáculo para a redução da pobreza, e portanto para o cumprimento dos ODMs ameaça à credibilidade das democracias no mundo 8

9 A Agenda do TrabalhoDecente A Agenda Global do Trabalho Decente foi proposta como uma estratégia de ação contra essa situação Seu objetivo fundamental: afirmar o direito ao trabalho e a sua importância central nas estratégias de o o o redução da pobreza e da desigualdade social crescimento econômico e desenvolvimento sustentável fortalecimento da governabilidade democrática A difusão do conceito no plano internacional: Cúpula das Américas (2004) Assembléia Geral da ONU (2005) Reunião de Alto Nível N da ONU sobre a crise (2008) Reunião do G-20 G de Pittsburgh (2009) 9

10 A ATD como instrumento de combate àcrise econômica internacional Declaração do Conselho de Administração (Nov/2008: Políticas anti-cíclicas: investimentos produtivos em setores geradores de emprego Manutenção da demanda agregada Reafirmação dos direitos fundamentais no trabalho Fortalecimento dos sistemas de proteção social Politicas ativas de mercado de trabalho Geração de empregos verdes Pacto Mundial pelo Emprego (CIT 2009) Piso Mínimo de Proteção Social (2011/12) 10

11 O compromisso do Brasil com a Agenda do Trabalho Decente

12 A Agenda Hemisférica de Trabalho Decente Aprovada na XVI RRA (Brasília, maio de 2006) Desafios para geração do trabalho decente: o Crescimento econômico promotor do emprego o Respeito efetivo aos Direitos e Princípios Fundamentais no Trabalho o Maior eficiência e cobertura da proteção social o Diálogo social efetivo Década do TD nas Américas ( ) Recomendação: elaboração de PNTDs 12

13 A Agenda Nacional do Trabalho Decente Compromisso assumido entre o presidente Lula e o Diretor Geral da OIT Lançada em maio de 2006 durante XVI RRA com o objetivo de: gerar trabalho decente para combater a pobreza e as desigualdades sociais Prioridades: 1. Gerar Mais e Melhores Empregos, com Igualdade de Oportunidades e de Tratamento 2. Erradicar o Trabalho Escravo e o Trabalho Infantil, em especial nas suas piores formas 3. Fortalecer os Atores Tripartites e o Diálogo Social como um instrumento de governabilidade democrática

14 Agendas estaduaise municipais de trabalho decente Ineditismo da experiência brasileira de desenvolvimento de Agendas Sub-Nacionais de Trabalho Decente Agenda Bahia de Trabalho Decente (2007) Agenda Mato Grosso pelo Trabalho Decente (2009) Agenda Regional de Trabalho Decente da Região do Grande ABC paulista (2010) (7 municípios) Agenda do Trabalho Decente de Curitiba (2011) Várias outras iniciativas no processo da I CNETD 14

15 Plano Nacional de Emprego e Trabalho Decente -PNETD Comitê Executivo Interministerial (CEI) (junho de 2009) formado por 18 Ministérios/Secretarias Plano Nacional de Emprego e Trabalho Decente: Lançado em maio de 2010 Dentro das 3 prioridades da ANTD, estabelece 12 resultados esperados com metas e indicadores (2011 e 2015) DESAFIO: Garantir que o emprego seja tratado como elemento central das políticas públicas

16 Agenda Nacional de Trabalho Decente para a Juventude (2010) Subcomitê de Juventude (no âmbito da CEI) e Grupo Técnico Tripartite 4 prioridades: 1. Mais e melhor educação 2. Conciliação estudos, trabalho e vida familiar 3. Inserção digna e ativa no mundo do trabalho 4. Diálogo Social: juventude, trabalho e educação 16

17 Avanços e desafios para a conquista do Trabalho Decente no Brasil e no Rio de Janeiro

18 Monitoramento dos avanços e desafios: Dimensões do Trabalho Decente 1. Oportunidades de emprego 2. Rendimentos adequados e trabalho produtivo 3. Jornada de trabalho decente 4. Combinação trabalho, vida pessoal e familiar 5. Trabalho a ser abolido 6. Estabilidade e segurança no trabalho 7. Igualdade de oportunidades e de tratamento no emprego 8. Ambiente de trabalho seguro 9. Seguridade social 10. Diálogo social e representação de trabalhadores e de empregadores Contexto Socioeconômico (que condiciona o TD)

19 Indicadores de trabalho decente no Brasil: Avanços ( ) Valorização do salário mínimo: 53,7% ( ) Aumento do rendimento médio real: 25% Redução significativa do trabalho infantil Aumento do número de trabalhadores liberados da condição análoga à escravidão 19

20 Indicadores de trabalho decente no Brasil: Avanços ( ) Redução da pobreza: 29,7 milhões de pessoas Redução da desigualdade social Diminuição da taxa de desemprego: 12,3% para 6,2% entre Aumento da formalidade: 46,3% para 54,3% (+17%) 15,4 milhões de novos empregos formais até 2010 Aumento da cobertura da previdência social: 46,3% para 54,1% entre 2003 e 2009 (+ 17%) 20

21 Indicadores de trabalho decente no Brasil: Desafios Alta rotatividade no mercado de trabalho Taxa de informalidade ainda bastante elevada Desemprego juvenil é muito superior à taxa média de desemprego Alta porcentagem de jovens que não estudam e não estão no mercado de trabalho Persistência de desigualdades de gênero e raça (taxas de desemprego, informalidade, remuneração): Desigualdades regionais e setoriais bastante acentudas 21

22 Indicadores de trabalho decente do RJ em comparação com outros estados Alguns avanços: Segunda maior taxa de trabalhadores ocupados com ensino médio ou superior (53% - Brasil: 43,2%) Quarta maior taxa de formalização do mercado de trabalho (64,3% - Brasil: 54,3%) Quinta maior proporção de trabalhadores domésticos que contribuem para a Previdência Social (40,2%- Brasil: 32,3%) Desafio a ser enfrentado: Quinta maior taxa de desocupação de jovens entre 15 e 24 anos (21,9% - Brasil: 17,8%)

23 Estratificação do desemprego juvenil no Estado do Rio de Janeiro Tab 9 - Taxa de desocupação de jovens de 15 a 24 anos de idade, por sexo e cor, segundo as Unidade da Federação Taxa de desocupação de jovens de 15 a 24 anos de idade Unidade da Federação Total (1) Brancos Pretos Total Homens Mulheres Total Homens Mulheres Total Homens Mulheres Brasil Amapá Distrito Federal Sergipe Pernambuco Rio de Janeiro

24 A I Conferência Nacional de Emprego e Trabalho Decente

25 I Conferência Nacional de Emprego e Trabalho Decente Lema: Gerar emprego e trabalho decente para combater a pobreza e as desigualdades sociais Parte de uma dinâmica que se fortalece no país a partir de 2003: amplos processos de consulta e participação cidadã nas mais diversas áreas das políticas públicas É a primeira no âmbito do emprego e trabalho: abordagem geral e integrada - coerente com o conceito de trabalho decente Peculiaridade: tripartismo

26 Objetivos: I Conferência Nacional de Emprego e Trabalho Decente definir diretrizes para uma Política Nacional de Emprego e Trabalho Decente como política de Estado Elaborada e monitorada por um amplo processo de consulta tripartite rever e atualizar o PNETD (PPA e novas prioridades nacionais como a erradicação da extrema pobreza)

27 SIGNIFICADO da I CNETD Mudança a de escala no compromisso do país com a promoção do trabalho decente Mais amplo exercício cio de diálogo social já ocorrido no país (fortalecimento do tripartismo) Oportunidade ímpar de incorporar à agenda do trabalho decente a diversidade de temas e situações que caracterizam o país Possibilidade de surgimento de outras agendas estaduais e municipais de trabalho decente Experiência única no mundo - referência para outros países e para a cooperação Sul-Sul 27

28 Processo Estadual Conferência estadual é parte integrante da CNETD Municipais/regionais: facultativas Prioridade: temário nacional, podendo contemplar em sua agenda questões de interesse local Conferências Estaduais podem contribuir para a elaboração de uma Agenda Estadual de Trabalho Decente como resultado do processo será possível identificar: o diagnóstico estadual do trabalho decente: déficits/oportunidades/avanços a identificação das prioridades (eixos/áreas temáticas)

29 Muito Obrigado Paulo Sergio Muçouçah Cordenador dos Programas de Trabalho Decente e Empregos Verdes 29

A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD

A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD Conferência Estadual de Emprego e Trabalho Decente do Estado de Santa Catarina Camboriú, 31 de outubro de 2011 ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO 1. O conceito de

Leia mais

A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD

A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Salvador, 22 de setembro de 2011 ESQUEMA DA APRESENTAÇÃO 1. O Conceito de Trabalho Decente 2. O compromisso

Leia mais

A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD

A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD A Agenda do Trabalho Decente no Brasil e a I CNETD Ana Lúcia Monteiro Organização Internacional do Trabalho 28 de outubro de 2011 ESQUEMA DA APRESENTAÇÃO 1. O Conceito de Trabalho Decente 2. O compromisso

Leia mais

IGUALDADE DE GÊNERO E RAÇA NA AGENDA DO TRABALHO DECENTE. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Outubro 2011

IGUALDADE DE GÊNERO E RAÇA NA AGENDA DO TRABALHO DECENTE. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Outubro 2011 IGUALDADE DE GÊNERO E RAÇA NA AGENDA DO TRABALHO DECENTE Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Outubro 2011 O conceito de TRABALHO DECENTE Formalizado pela OIT em 1999 Sintetiza sua missão

Leia mais

A Trajetória ria da Agenda de Trabalho Decente no Brasil

A Trajetória ria da Agenda de Trabalho Decente no Brasil A Trajetória ria da Agenda de Trabalho Decente no Brasil Andrea Rivero de Araújo Oficial de Projeto Programas de Trabalho Decente em Países do Mercosul Organização Internacional do Trabalho Boa Vista,

Leia mais

Trabalho Decente no Brasil. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil

Trabalho Decente no Brasil. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Trabalho Decente no Brasil Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Porto Alegre, 31 de outubro de 2011 ESQUEMA DA APRESENTAÇÃO 1. O Conceito de Trabalho Decente 2. O compromisso do Brasil com

Leia mais

O conceito de Trabalho Decente

O conceito de Trabalho Decente O Trabalho Decente O conceito de Trabalho Decente Atualmente a metade dos trabalhadores de todo o mundo (1,4 bilhão de pessoas) vive com menos de 2 dólares ao dia e portanto, é pobre quase 20% é extremamente

Leia mais

A OIT e as Agendas de Trabalho Decente Oficina de Troca de Experiências para a Construção de Agendas Subnacionais de Trabalho Decente

A OIT e as Agendas de Trabalho Decente Oficina de Troca de Experiências para a Construção de Agendas Subnacionais de Trabalho Decente A OIT e as Agendas de Trabalho Decente Oficina de Troca de Experiências para a Construção de Agendas Subnacionais de Trabalho Decente Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Brasília, 26 de

Leia mais

Desenvolvimento, Trabalho Decente e Igualdade Racial

Desenvolvimento, Trabalho Decente e Igualdade Racial Desenvolvimento, Trabalho Decente e Igualdade Racial Lais Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Brasília, julho de 2012 Esquema da Apresentação 1. Trabalho decente e estratégia de desenvolvimento

Leia mais

NACIONAL DE TRABALHO DECENTE - PNTD

NACIONAL DE TRABALHO DECENTE - PNTD SEMINÁRIO SINDICAL SOBRE O PLANO NACIONAL DE TRABALHO DECENTE - PNTD Paulo Sergio Muçouçah Coordenador dos Programas de Trabalho Decente e Empregos Verdes Escritório da OIT no Brasil Roteiro da apresentação

Leia mais

Proteção Social: Um direito e uma necessidade para a promoção do Trabalho Decente. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil

Proteção Social: Um direito e uma necessidade para a promoção do Trabalho Decente. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Proteção Social: Um direito e uma necessidade para a promoção do Trabalho Decente Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Maringá, PR - 30 de maio de 2012 ESQUEMA DA APRESENTAÇÃO 1. Os Conceitos

Leia mais

Plano Nacional de Trabalho Decente -

Plano Nacional de Trabalho Decente - Plano Nacional de Trabalho Decente - PNTD Ministério do Trabalho e Emprego Setembro de 2009 Trabalho Decente Contar com oportunidades de um trabalho produtivo com retribuição digna, segurança no local

Leia mais

A visão da OIT sobre o Trabalho Decente

A visão da OIT sobre o Trabalho Decente Boletim Econômico Edição nº 61 maio de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico A visão da OIT sobre o Trabalho Decente 1 1. CONCEITO DE TRABALHO DECENTE O conceito de Trabalho

Leia mais

Agenda Nacional do. Novembro 2008

Agenda Nacional do. Novembro 2008 Agenda Nacional do Trabalho Decente Novembro 2008 Prioridades Gerar mais e melhores empregos, com igualdade de oportunidades e de tratamento Erradicar o trabalho escravo e eliminar o trabalho infantil,

Leia mais

AGENDA NACIONAL DE TRABALHO DECENTE PARA A JUVENTUDE. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Brasília, 27 de junho de 2012

AGENDA NACIONAL DE TRABALHO DECENTE PARA A JUVENTUDE. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Brasília, 27 de junho de 2012 AGENDA NACIONAL DE TRABALHO DECENTE PARA A JUVENTUDE Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Brasília, 27 de junho de 2012 Esquema da apresentação A. Por que uma agenda de trabalho decente

Leia mais

TRABALHO DECENTE E JUVENTUDE NO BRASIL. Julho de 2009

TRABALHO DECENTE E JUVENTUDE NO BRASIL. Julho de 2009 TRABALHO DECENTE E JUVENTUDE NO BRASIL Brasília, Julho de 2009 Trabalho Decente e Juventude no Brasil 1. Diagnóstico da situação magnitude do déficit de Trabalho Decente para os jovens relação educação

Leia mais

Ações Reunião realizada nos dias 13 a 16 de outubro de 2014

Ações Reunião realizada nos dias 13 a 16 de outubro de 2014 R E L A Ç Õ E S I N T E R N A C I O N A I S Órgão Organização Internacional do Trabalho (OIT) Representação Eventual 18ª Reunião Regional Americana da OIT Representante Lidiane Duarte Nogueira Advogada

Leia mais

TRABALHO DECENTE um conceito em disputa. Roni Barbosa Maio 2013

TRABALHO DECENTE um conceito em disputa. Roni Barbosa Maio 2013 TRABALHO DECENTE um conceito em disputa Roni Barbosa Maio 2013 CONTEXTO DO SURGIMENTO DA RECOMENDAÇÃO DE TRABALHO DECENTE Visão flexibilizadora do projeto neoliberal conduziu a mudanças no papel do Estado

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DA I CONFERENCIA NACIONAL DE EMPREGO E TRABALHO DECENTE

RELATÓRIO FINAL DA I CONFERENCIA NACIONAL DE EMPREGO E TRABALHO DECENTE RELATÓRIO FINAL DA I CONFERENCIA NACIONAL DE EMPREGO E TRABALHO DECENTE Realizada de 08 a 11 de agosto de 2012 MÁRIO DOS SANTOS BARBOSA Assessor Especial para Assuntos Internacionais Coordenador da I CNETD

Leia mais

A Agenda Nacional de Trabalho Decente para a Juventude. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Porto Alegre 29 de abril de 2014

A Agenda Nacional de Trabalho Decente para a Juventude. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Porto Alegre 29 de abril de 2014 A Agenda Nacional de Trabalho Decente para a Juventude Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Porto Alegre 29 de abril de 2014 ESQUEMA DA APRESENTAÇÃO 1. O conceito de Trabalho Decente 2.

Leia mais

Contexto do Trabalho Infantil e Trabalho Forçado no Marco da Busca do Trabalho Decente para Todos e Todas

Contexto do Trabalho Infantil e Trabalho Forçado no Marco da Busca do Trabalho Decente para Todos e Todas Contexto do Trabalho Infantil e Trabalho Forçado no Marco da Busca do Trabalho Decente para Todos e Todas Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil 24 de junho de 2013 O conceito de Trabalho

Leia mais

AGENDA CURITIBA DE TRABALHO DECENTE - ACTD

AGENDA CURITIBA DE TRABALHO DECENTE - ACTD AGENDA CURITIBA DE TRABALHO DECENTE - ACTD Agenda Curitiba de Secretaria Municipal do Trabalho e Emprego - ACTD Remuneração justa Igualdade Liberdade Segurança Gênero Raça/etnia Pessoa com deficiência

Leia mais

AGENDA ESTADUAL DO TRABALHO DECENTE

AGENDA ESTADUAL DO TRABALHO DECENTE AGENDA ESTADUAL DO TRABALHO DECENTE Segundo definição da OIT, Trabalho Decente é um trabalho adequadamente remunerado, exercido em condições de liberdade, eqüidade e segurança, capaz de garantir uma vida

Leia mais

Suplente Roberto Luis Lopes Nogueira Advogado Divisão Sindical da CNC. Ações Reunião Ordinária realizada nos dias 5 e 6 de abril de 2016.

Suplente Roberto Luis Lopes Nogueira Advogado Divisão Sindical da CNC. Ações Reunião Ordinária realizada nos dias 5 e 6 de abril de 2016. RELAÇÕES DO TRABALHO Órgão Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS) Representação Efetiva Comissão Tripartite de Revisão do Plano Nacional de Emprego e Trabalho Decente (PNETD) Representantes

Leia mais

A construção da 1ª Conferência do Trabalho Decente de Osasco

A construção da 1ª Conferência do Trabalho Decente de Osasco A construção da 1ª Conferência do Trabalho Decente de Osasco Fortalecer o nosso compromisso As reuniões e Pré-Conferências, que estamos realizando, são a oportunidade para que coletivamente possamos construir

Leia mais

TEMA 3 TRABALHO DESIGUAL? NOVAS FORMAS DE DESIGUALDADE E A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO

TEMA 3 TRABALHO DESIGUAL? NOVAS FORMAS DE DESIGUALDADE E A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO TEMA 3 TRABALHO DESIGUAL? NOVAS FORMAS DE DESIGUALDADE E A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO O TRABALHO DIGNO, A JUSTIÇA SOCIAL E O FUTURO DO TRABALHO OIT: MISSÃO Desenvolve o seu trabalho no âmbito da redução da

Leia mais

Pesquisa Formação e Ação Sindical No Fomento da Agenda de Trabalho Decente no Brasil

Pesquisa Formação e Ação Sindical No Fomento da Agenda de Trabalho Decente no Brasil Pesquisa Formação e Ação Sindical No Fomento da Agenda de Trabalho Decente no Brasil Desafios Disseminar o conceito de Trabalho Decente junto às direções e lideranças sindicais: Emprego, Normas, Proteção

Leia mais

Ações Reunião Ordinária realizada no dia 18 de julho de 2014

Ações Reunião Ordinária realizada no dia 18 de julho de 2014 R E L A Ç Õ E S D O T R A B A L H O Órgão Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) Representação Efetiva Grupo de Trabalho Tripartite para Implementação da Agenda Nacional de Trabalho Decente Representante

Leia mais

Laís Ab A ram a o Diret e o t ra r do Escrit i ó t rio i da O IT n o Brasil Cuiab a á b, 06 d e Fe F v e e v r e ei e r i o r de

Laís Ab A ram a o Diret e o t ra r do Escrit i ó t rio i da O IT n o Brasil Cuiab a á b, 06 d e Fe F v e e v r e ei e r i o r de Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Cuiabá,, 06 de Fevereiro de 2014 Evento de grande relevância econômica, social e cultural 12 cidades sedes: Cuiabá, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba,

Leia mais

Índice do diário. De Emprego e Trabalho Decente. A PREFEITA MUNICIPAL DE ANTONIO CARDOSO, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições,

Índice do diário. De Emprego e Trabalho Decente. A PREFEITA MUNICIPAL DE ANTONIO CARDOSO, ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, Diário Oficial Ano: 1 Páginas: 6 Atos Oficiais Decreto - Decreto 421 de 2011 Índice do diário Atos Oficiais Decreto Decreto 421 de 2011 DECRETO Nº 421/2011 DE 27 DE MAIO DE 2011. Convoca a I Conferência

Leia mais

A inserção do negro no mercado de trabalho no Distrito Federal

A inserção do negro no mercado de trabalho no Distrito Federal PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NO DISTRITO FEDERAL A inserção do negro no mercado de trabalho no Novembro de 2011 A discussão sobre trabalho decente, capitaneada pela Organização Internacional do Trabalho

Leia mais

Suplente Roberto Luis Lopes Nogueira. Ações Reunião Ordinária realizada no dia 2 de dezembro de 2014

Suplente Roberto Luis Lopes Nogueira. Ações Reunião Ordinária realizada no dia 2 de dezembro de 2014 R E L A Ç Õ E S D O T R A B A L H O Órgão Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) Representação Efetiva Comissão Tripartite de Revisão (CTR) do Plano Nacional de Emprego e Trabalho Decente (PNETD) Representantes:

Leia mais

DIÁLOGO SOCIAL E TRIPARTISMO NO BRASIL

DIÁLOGO SOCIAL E TRIPARTISMO NO BRASIL DIÁLOGO SOCIAL E TRIPARTISMO NO BRASIL Diálogo social e Tripartismo no Brasil Conceito de Diálogo Social Diálogo social é o processo no qual atores sociais, econômicos, políticos, ou grupos sociais, legitimamente

Leia mais

O Pacto Mundial para o Emprego:

O Pacto Mundial para o Emprego: O Pacto Mundial para o Emprego: Uma resposta à crise Escritório da OIT no Brasil Seminário sobre a Elaboração do PNTD e a Participação dos Trabalhadores São Paulo, 29 de setembro de 2009 Objetivo estratégico

Leia mais

Panorama Mundial do Trabalho Infantil e a Experiência Brasileira

Panorama Mundial do Trabalho Infantil e a Experiência Brasileira Panorama Mundial do Trabalho Infantil e a Experiência Brasileira Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Forum Mundial de Direitos Humanos Brasília, 12 dezembro 2013 ESQUEMA DA APRESENTAÇÃO

Leia mais

A inserção da população negra no mercado de trabalho da Região Metropolitana de Belo Horizonte

A inserção da população negra no mercado de trabalho da Região Metropolitana de Belo Horizonte PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE A inserção da população negra no mercado de trabalho da Novembro de 2011 A discussão sobre trabalho decente, capitaneada pela

Leia mais

Trabalho Decente e Juventude: Principais Desafios e Perspectivas no Contexto da Globalização e Desenvolvimento Hemisférico

Trabalho Decente e Juventude: Principais Desafios e Perspectivas no Contexto da Globalização e Desenvolvimento Hemisférico Trabalho Decente e Juventude: Principais Desafios e Perspectivas no Contexto da Globalização e Desenvolvimento Hemisférico Laís Abramo Diretora da OIT/Brasil Rio de Janeiro, 20 de maio de 2008. A. Jovens

Leia mais

Suplente Lidiane Duarte Nogueira. Ações Reunião Ordinária realizada no dia 3 de dezembro de 2014

Suplente Lidiane Duarte Nogueira. Ações Reunião Ordinária realizada no dia 3 de dezembro de 2014 R E L A Ç Õ E S D O T R A B A L H O Órgão Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) Representação Efetiva Grupo de Trabalho Tripartite (GTT) para Implementação da Agenda Nacional de Trabalho Decente (ANTD)

Leia mais

Objetivo Geral. Objetivos Específicos

Objetivo Geral. Objetivos Específicos Apresentação A promoção do trabalho decente é condição para um crescimento econômico inclusivo, redutor da pobreza e das desigualdades sociais e promotor do desenvolvimento humano. O trabalho decente significa

Leia mais

TRABALHO DECENTE E DIREITOS HUMANOS NA PERSPECTIVA DA PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO LOCAL SOLIDÁRIO E SUSTENTÁVEL

TRABALHO DECENTE E DIREITOS HUMANOS NA PERSPECTIVA DA PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO LOCAL SOLIDÁRIO E SUSTENTÁVEL TRABALHO DECENTE E DIREITOS HUMANOS NA PERSPECTIVA DA PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO LOCAL SOLIDÁRIO E SUSTENTÁVEL José Ribeiro - Escritório da OIT no Brasil Brasília-DF, 09 de abril de 2015 ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL

Leia mais

Relatório da atividade: Igualdade de oportunidade e não discriminação nas relações de trabalho DIEESE, OIT e INSPIR 01 e 02 de outubro de 2009

Relatório da atividade: Igualdade de oportunidade e não discriminação nas relações de trabalho DIEESE, OIT e INSPIR 01 e 02 de outubro de 2009 Relatório da atividade: Igualdade de oportunidade e não discriminação nas relações de trabalho DIEESE, OIT e INSPIR 01 e 02 de outubro de 2009 Acordo DIEESE/ OIT Apresentação A atividade teve como objetivos

Leia mais

O CONCEITO DE TRABALHO DECENTE E SUA AGENDA. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil

O CONCEITO DE TRABALHO DECENTE E SUA AGENDA. Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil O CONCEITO DE TRABALHO DECENTE E SUA AGENDA Laís Abramo Diretora do Escritório da OIT no Brasil Brasília 3 novembro de 2014 O Conceito de Trabalho Decente O CONCEITO DE TRABALHO DECENTE Formalizado pela

Leia mais

REGIMENTO INTERNO I CONFERÊNCIA NACIONAL DE EMPREGO E TRABALHO DECENTE CAPÍTULO I DA FINALIDADE E DOS OBJETIVOS

REGIMENTO INTERNO I CONFERÊNCIA NACIONAL DE EMPREGO E TRABALHO DECENTE CAPÍTULO I DA FINALIDADE E DOS OBJETIVOS Versão Final 11 de março de 2011 REGIMENTO INTERNO I CONFERÊNCIA NACIONAL DE EMPREGO E TRABALHO DECENTE CAPÍTULO I DA FINALIDADE E DOS OBJETIVOS Art. 1º A I Conferência Nacional de Emprego e Trabalho Decente

Leia mais

O desenvolvimento do Planejamento Estratégico está dividido em 5 fases principais até a sua conclusão: Figura 1 - Fases do Planejamento Estratégico

O desenvolvimento do Planejamento Estratégico está dividido em 5 fases principais até a sua conclusão: Figura 1 - Fases do Planejamento Estratégico O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO A Assessoria de Planejamento (ASPLAN) está se dedicando à elaboração do Planejamento Estratégico da SEDESE. Este projeto surge como uma demanda do Secretário André Quintão para

Leia mais

A Juventude no Centro do Desenvolvimento. Gabriel Medina Secretário Nacional de Juventude

A Juventude no Centro do Desenvolvimento. Gabriel Medina Secretário Nacional de Juventude A Juventude no Centro do Desenvolvimento Gabriel Medina Secretário Nacional de Juventude Quem é a Juventude brasileira? Juventude Brasileira Raça/Cor Jovens (15 a 29 anos) 51.3 milhões 27% da população

Leia mais

1ª Conferência nacional de Vigilância em Saúde. Etapa Nacional - de 21 a 24 de novembro de 2017

1ª Conferência nacional de Vigilância em Saúde. Etapa Nacional - de 21 a 24 de novembro de 2017 1ª Conferência nacional de Vigilância em Saúde Etapa Nacional - de 21 a 24 de novembro de 2017 Motivação Debater na sociedade brasileira: Direito à Promoção e Proteção da Saúde - compreendendo a Vigilância

Leia mais

Diretoria de Pesquisas - DPE Coordenação de População e Indicadores Sociais - COPIS Gerência de Indicadores Sociais - GEISO 17/12/2014

Diretoria de Pesquisas - DPE Coordenação de População e Indicadores Sociais - COPIS Gerência de Indicadores Sociais - GEISO 17/12/2014 2014 Diretoria de Pesquisas - DPE Coordenação de População e Indicadores Sociais - COPIS Gerência de Indicadores Sociais - GEISO 17/12/2014 Indicadores Sociais Construção baseada em observações geralmente

Leia mais

A OIT E O BRASIL Prós e contras

A OIT E O BRASIL Prós e contras A OIT E O BRASIL Prós e contras Dagoberto Lima Godoy Membro-Empregador Titular Conselho de Administração Organização Internacional do Trabalho Brasil OIT (linha do tempo) 1919 - País-Membro Fundador 1944

Leia mais

Congresso de Fundação da Força Sindical do Distrito Federal Mercado de trabalho e negociação coletiva no DF

Congresso de Fundação da Força Sindical do Distrito Federal Mercado de trabalho e negociação coletiva no DF Congresso de Fundação da Força Sindical do Distrito Federal Mercado de trabalho e negociação coletiva no DF 25 Março de 2009 Conjuntura marcada pela crise Produto Interno Bruto do país teve queda de 3,6%

Leia mais

Paulo Jannuzzi ENCE/IBGE

Paulo Jannuzzi ENCE/IBGE Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e as oportunidades para o aprimoramento no monitoramento e avaliação de políticas públicas em nível subnacional: reflexões a partir da experiência da SAGI/MDS Paulo

Leia mais

Plano Nacional de Trabalho Decente - PNTD

Plano Nacional de Trabalho Decente - PNTD Plano Nacional de Trabalho Decente - PNTD Ministério do Trabalho e Emprego Assessoria Internacional Junho de 2009 Trabalho Decente Contar com oportunidades de um trabalho produtivo com retribuição digna,

Leia mais

Desenvolvimentos do Trabalho Decente (TD): do conceito a agenda

Desenvolvimentos do Trabalho Decente (TD): do conceito a agenda União Geral dos Trabalhadores UGT II MÓDULO CURSO DE TRABALHO DECENTE, Rio de Janeiro De 14 a 17 de janeiro de 2015 Falas dos conferencistas convidados da OIT e do MTE 1 Desenvolvimentos do Trabalho Decente

Leia mais

CONFERÊNCIA REGIONAL DE POLÍTICAS PARA MULHERES

CONFERÊNCIA REGIONAL DE POLÍTICAS PARA MULHERES CONFERÊNCIA REGIONAL DE POLÍTICAS PARA MULHERES Um desafio para a igualdade numa perspectiva de gênero Ituporanga 30/04/04 Conferência Espaço de participação popular para: Conferir o que tem sido feito

Leia mais

A OIT e a Igualdade de Oportunidades e Tratamento no Mundo do Trabalho

A OIT e a Igualdade de Oportunidades e Tratamento no Mundo do Trabalho A OIT e a Igualdade de Oportunidades e Tratamento no Mundo do Trabalho Escritório da OIT no Brasil Apoio: Secretarias Especiais de Políticas para as Mulheres (SPM), Políticas de Promoção da Igualdade Racial

Leia mais

Centro de Direitos Humanos Faculdade de Direito Universidade de Coimbra. Direito ao Trabalho. Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria

Centro de Direitos Humanos Faculdade de Direito Universidade de Coimbra. Direito ao Trabalho. Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria Direito ao Trabalho Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria Direito ao Trabalho (...) só se pode fundar uma paz universal e duradoura com base na justiça social (...) Constituição da Organização

Leia mais

Plano Decenal da Assistência Social: Desafios para os Entes Federados

Plano Decenal da Assistência Social: Desafios para os Entes Federados Plano Decenal da Assistência Social: Desafios para os Entes Federados Proteção Social para todos/as os/as brasileiros/as II Plano Decenal - 2016/2026 CARACTERÍSTICAS DOS PLANOS São técnicos e políticos;

Leia mais

MATRIZ 4: ESTRATÉGIA NACIONAL DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL

MATRIZ 4: ESTRATÉGIA NACIONAL DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS SECRETARIA NACIONAL DE PROMOÇÃO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE MATRIZ 4: ESTRATÉGIA NACIONAL DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL CARTA

Leia mais

AÇÕES ESTATAIS PARA VIABILIZAÇÃO DO TRABALHO DECENTE : UMA PRIMEIRA APROXIMAÇÃO

AÇÕES ESTATAIS PARA VIABILIZAÇÃO DO TRABALHO DECENTE : UMA PRIMEIRA APROXIMAÇÃO AÇÕES ESTATAIS PARA VIABILIZAÇÃO DO TRABALHO DECENTE : UMA PRIMEIRA APROXIMAÇÃO Leonice Alves Pereira Mourad 1 Rayane de Paula Costa 2 Solange de Moura Trindade 3 Zenicléia Angelita Deggerone 4 Resumo:

Leia mais

IX CONFERÊNCIA IBERO-AMERICANA DE MINISTRAS E MINISTROS DO TRABALHO, EMPREGO E PREVIDÊNCIA SOCIAL Cartagena de Indias, Colômbia 2 e 3 de maio de 2016

IX CONFERÊNCIA IBERO-AMERICANA DE MINISTRAS E MINISTROS DO TRABALHO, EMPREGO E PREVIDÊNCIA SOCIAL Cartagena de Indias, Colômbia 2 e 3 de maio de 2016 IX CONFERÊNCIA IBERO-AMERICANA DE MINISTRAS E MINISTROS DO TRABALHO, EMPREGO E PREVIDÊNCIA SOCIAL Cartagena de Indias, Colômbia 2 e 3 de maio de 2016 AS MINISTRAS, OS MINISTROS E REPRESENTANTES DOS PAÍSES

Leia mais

A Experiência do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social CDES

A Experiência do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social CDES A Experiência do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social CDES Construção de Governança para o Projeto Nacional de Desenvolvimento Apresentação : Jaques Wagner Governador da Bahia CDES situação atual

Leia mais

Andréa Bolzon Escritório da OIT no Brasil. Salvador, 08 de abril de 2013

Andréa Bolzon Escritório da OIT no Brasil. Salvador, 08 de abril de 2013 Andréa Bolzon Escritório da OIT no Brasil Salvador, 08 de abril de 2013 Fundada em 1919 (Tratado de Versalhes) Mandato: promover a justiça social e o reconhecimento internacional dos direitos humanos e

Leia mais

A Dimensão Social e o Conceito de Desenvolvimento Sustentável

A Dimensão Social e o Conceito de Desenvolvimento Sustentável V Mesa-Redonda da Sociedade Civil Brasil EU A Dimensão Social e o Conceito de Desenvolvimento Sustentável Apresentação da Conselheira Lúcia Stumpf Porto, Portugal 7 a 9 de novembro de 2011 1 Contextualização

Leia mais

Secretaria Nacional p/assuntos da Diversidade Humana Emprego e Trabalho Decente

Secretaria Nacional p/assuntos da Diversidade Humana Emprego e Trabalho Decente Secretaria Nacional p/assuntos da Diversidade Humana Emprego e Trabalho Decente A UGT está comprometida com o emprego e trabalho decente para o enfrentamento ao racismo e promoção da igualdade racial Por

Leia mais

Secretaria de Políticas para as Mulheres Presidência da República

Secretaria de Políticas para as Mulheres Presidência da República Secretaria de Políticas para as Mulheres Presidência da República Apresentação de propostas e formalização de Convênios com a SPM - PR Vitória, maio de 2011 Secretaria de Políticas para as Mulheres Criada

Leia mais

Abertura V Seminário PAEC-OEA-GCUB 17/05/2017

Abertura V Seminário PAEC-OEA-GCUB 17/05/2017 Abertura V Seminário PAEC-OEA-GCUB 17/05/2017 DADOS GERAIS NOME OFICIAL SEDE ORGANIZAÇÃO DOS ESTADOS AMERICANOS Washington, DC FUNDAÇÃO 5/5/1948 PAÍSES MEMBROS IDIOMAS OFICIAIS ÓRGÃOS PRINCIPAIS SECRETÁRIO-GERAL

Leia mais

A decência do trabalho nosso de cada dia

A decência do trabalho nosso de cada dia TRABALHO DECENTE PRA GENTE! A decência do trabalho nosso de cada dia Não faltam leis, índices, indicadores que protegem e direcionam ao identificarem os problemas que afetam os trabalhadores, no Brasil.

Leia mais

27 de junho de Domingos Lopes

27 de junho de Domingos Lopes 27 de junho de 2016 Domingos Lopes Objetivos Temáticos OT 8. Promover a sustentabilidade e a qualidade do emprego e apoiar a mobilidade dos trabalhadores assumindo como meta nacional, até 2020, o aumento

Leia mais

A organização da ECO-92 foi solicitada pela resolução da Assembléia Geral das Nações Unidas (dezembro, 1989);

A organização da ECO-92 foi solicitada pela resolução da Assembléia Geral das Nações Unidas (dezembro, 1989); A organização da ECO-92 foi solicitada pela resolução da Assembléia Geral das Nações Unidas (dezembro, 1989); Essa reunião mundial (CNUMAD - 92) foi organizada para elaborar a estratégia para deter e reverter

Leia mais

CLXV Reunião Ordinária do Conselho Pleno da ANDIFES

CLXV Reunião Ordinária do Conselho Pleno da ANDIFES Presidência da República Secretaria de Governo Secretaria Nacional de Articulação Social CLXV Reunião Ordinária do Conselho Pleno da ANDIFES Natal RN, 27 de julho de 2017 Etapas da Agenda 2030 ETAPA DE

Leia mais

Estratégias e desafios de implementação dos ODS: o olhar da Comissão Nacional dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Estratégias e desafios de implementação dos ODS: o olhar da Comissão Nacional dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável Presidência da República Secretaria de Governo Secretaria Nacional de Articulação Social Estratégias e desafios de implementação dos ODS: o olhar da Comissão Nacional dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Leia mais

Seminário SINTETEL Conversa entre Mulheres

Seminário SINTETEL Conversa entre Mulheres Seminário SINTETEL Conversa entre Mulheres Mercado de trabalho e cláusulas de gênero São Paulo 30 e 31 de janeiro e 01 de fevereiro de 2014 A inserção das mulheres nos mercados de trabalho metropolitanos

Leia mais

O MERCADO DE TRABALHO EM 2011

O MERCADO DE TRABALHO EM 2011 OS NEGROS NO MERCADO DE TRABALHO DO DISTRITO FEDERAL Novembro de 2012 O MERCADO DE TRABALHO EM 2011 Em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra Os dados da Pesquisa de Emprego e Desemprego podem

Leia mais

ANUÁRIO DO SISTEMA PÚBLICO DE EMPREGO, TRABALHO E RENDA Indicadores da Agenda de Trabalho Decente. Ministério do Trabalho e Previdência Social

ANUÁRIO DO SISTEMA PÚBLICO DE EMPREGO, TRABALHO E RENDA Indicadores da Agenda de Trabalho Decente. Ministério do Trabalho e Previdência Social ANUÁRIO DO SISTEMA PÚBLICO DE EMPREGO, TRABALHO E RENDA 2 0 1 5 Indicadores da Agenda de Trabalho Decente Ministério do Trabalho e Previdência Social Presidenta da República Dilma Vana Rousseff Ministro

Leia mais

DURAÇÃO DO TRABALHO EM TODO O MUNDO: Tendências de jornadas de trabalho, legislação e políticas numa perspectiva global comparada

DURAÇÃO DO TRABALHO EM TODO O MUNDO: Tendências de jornadas de trabalho, legislação e políticas numa perspectiva global comparada DURAÇÃO DO TRABALHO EM TODO O MUNDO: Tendências de jornadas de trabalho, legislação e políticas numa perspectiva global comparada Conferência A Indústria Química no Ano 2020 Santo André, 27 de setembro

Leia mais

Construção da Politica Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional no Brasil

Construção da Politica Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional no Brasil Construção da Politica Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional no Brasil Assembleia Ordinária CONSEA-Rio 12 de julho de 2016 Juliana Casemiro Nutricionista Sanitarista Professora Adjunta DNS/INU/UERJ

Leia mais

Agenda 2030 Brasil Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) Alinhamento de Políticas Públicas aos ODS

Agenda 2030 Brasil Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) Alinhamento de Políticas Públicas aos ODS Agenda 2030 Brasil Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) Alinhamento de Políticas Públicas aos ODS Construção da Agenda 2030 2012 2015 2000 ODM Agenda 2030 Brasil A Agenda 2030 visa ao alcance

Leia mais

Comunidades Planejadas e Propostas em Mobilidade Urbana X A Política de Desenvolvimento Urbano

Comunidades Planejadas e Propostas em Mobilidade Urbana X A Política de Desenvolvimento Urbano Comunidades Planejadas e Propostas em Mobilidade Urbana X A Política de Desenvolvimento Urbano Brasília, 07 de maio de 2015 Roteiro 1. A Política Nacional de Desenvolvimento Urbano 2. Avanços institucionais

Leia mais

POLÍTICA DE VALORIZAÇÃO DA DIVERSIDADE E NÃO DISCRIMINAÇÃO

POLÍTICA DE VALORIZAÇÃO DA DIVERSIDADE E NÃO DISCRIMINAÇÃO POLÍTICA DE VALORIZAÇÃO DA DIVERSIDADE E NÃO DISCRIMINAÇÃO A Petrol Industrial S/A está entre aquelas empresas que estão preocupadas com as questões trabalhistas, procurando adotar os Princípios de Direito

Leia mais

TENDÊNCIAS GLOBAIS DE EMPREGO JOVEM

TENDÊNCIAS GLOBAIS DE EMPREGO JOVEM TENDÊNCIAS GLOBAIS DE EMPREGO JOVEM UMA GERAÇÃO EM RISCO maio 2013 Estrutura da apresentação O que é a OIT. Origem e importância Emprego jovem Breve descrição. Porquê centrar a atenção nos jovens. Começar

Leia mais

E AUTONOMIA DAS MULHERES

E AUTONOMIA DAS MULHERES E AUTONOMIA DAS Faz-se necessário identificar as organizações de mulheres artesãs e possibilitar a articulação das cadeias produtivas de artesanatos geridas por mulheres. o que orienta o Programa O desafio

Leia mais

PLATAFORMA DOS SERVIDORES (AS) MUNICIPAIS AOS CANDIDATOS (AS) A PREFEITO (A)

PLATAFORMA DOS SERVIDORES (AS) MUNICIPAIS AOS CANDIDATOS (AS) A PREFEITO (A) PLATAFORMA DOS SERVIDORES (AS) MUNICIPAIS AOS CANDIDATOS (AS) A PREFEITO (A) ELEIÇÕES 2016 POR UM MUNICÍPIO DECENTE E DEMOCRÁTICO APRESENTAÇÃO Este documento é fruto do acúmulo do trabalho realizado pelo

Leia mais

Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará NA LUTA POR UM MUNICÍPIO DECENTE E DEMOCRÁTICO

Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará NA LUTA POR UM MUNICÍPIO DECENTE E DEMOCRÁTICO Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará NA LUTA POR UM MUNICÍPIO DECENTE E DEMOCRÁTICO CEARÁ EM NÚMEROS DIRETORIA DA FETAMCE Enedina Soares da Silva, presidente; José

Leia mais

A população negra ainda convive com patamares de desemprego mais elevado

A população negra ainda convive com patamares de desemprego mais elevado OS NEGROS NOS MERCADOS DE TRABALHO METROPOLITANOS NOVEMBRO DE 2011 OS NEGROS NOS MERCADOS DE TRABALHO METROPOLITANOS A população negra ainda convive com patamares de desemprego mais elevado A população

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Uma Proposta de Construção Coletiva de Sustentabilidade na Região da Costa das Baleias - BA

PLANO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Uma Proposta de Construção Coletiva de Sustentabilidade na Região da Costa das Baleias - BA PLANO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Uma Proposta de Construção Coletiva de Sustentabilidade na Região da Costa das Baleias - BA CRONOLOGIA DA CONSTRUÇÃO DA PROPOSTA 1- A proposta surgiu a partir de uma

Leia mais

Dia 12 de junho 2012 Eliminar o Trabalho Infantil em defesa dos direitos humanos e da justiça social

Dia 12 de junho 2012 Eliminar o Trabalho Infantil em defesa dos direitos humanos e da justiça social Dia 12 de junho 2012 Eliminar o Trabalho Infantil em defesa dos direitos humanos e da justiça social O lema do dia mundial que convoca a comunidade internacional a se mobilizar para proteger a milhões

Leia mais

Elaboração do Plano Plurianual

Elaboração do Plano Plurianual Elaboração do Plano Plurianual 2016-2019 Fórum Dialoga Brasil Interconselhos Brasília-DF, 14 a 16 de abril de 2015 1 O que é o PPA É o instrumento constitucional de planejamento governamental que espelha

Leia mais

Indústria Química, Sociedade e Território: novos desafios para o Grande ABC

Indústria Química, Sociedade e Território: novos desafios para o Grande ABC Indústria Química, Sociedade e Território: novos desafios para o Grande ABC Luis Paulo Bresciani Consórcio Intermunicipal Grande ABC Universidade Municipal de São Caetano do Sul ciclo de debates A indústria

Leia mais

Reabilitação Integral: o desafio de uma política intersetorial. Conselho Nacional de Previdência Social

Reabilitação Integral: o desafio de uma política intersetorial. Conselho Nacional de Previdência Social Reabilitação Integral: o desafio de uma política intersetorial. Conselho Nacional de Previdência Social Junho 2016 Reabilitação Profissional Lei 8213/1991 Artigo 89 Decreto 3048/1999 Artigo 136 A prestação

Leia mais

ADVERTÊNCIA. Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União. Ministério da Saúde Gabinete do Ministro

ADVERTÊNCIA. Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União. Ministério da Saúde Gabinete do Ministro ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Gabinete do Ministro PORTARIA Nº 2.311, DE 23 DE OUTUBRO DE 2014 Altera a Portaria nº 2.866/GM/MS, de 2 de

Leia mais

Participação social é método de governar. Secretaria-Geral da Presidência da República

Participação social é método de governar. Secretaria-Geral da Presidência da República OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO Foram definidos para dar respostas aos principais problemas mundiais levantados nas conferências sociais que a ONU promoveu na década de 90: Criança (NY/90);

Leia mais

Documento Preliminar para Consulta Pública Outubro de Atendimento de crianças e adolescentes com direitos violados ou ameaçados:

Documento Preliminar para Consulta Pública Outubro de Atendimento de crianças e adolescentes com direitos violados ou ameaçados: Documento Preliminar para Consulta Pública Outubro de 2010 2.4 Atendimento de crianças e adolescentes com direitos violados ou ameaçados: 2.4.6 Trabalho infantil A exploração do trabalho é uma violação

Leia mais

AS POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL E O PLANO PLURIANUAL

AS POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL E O PLANO PLURIANUAL AS POLÍTICAS DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL E O PLANO PLURIANUAL 2012-2015 Brasília DF Julho de 2011 1 A Política Nacional de Promoção da Igualdade Racial e a SEPPIR Essa Política tem como objetivo principal

Leia mais

A INSERÇÃO DO NEGRO NO MERCADO DE TRABALHO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA

A INSERÇÃO DO NEGRO NO MERCADO DE TRABALHO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA Novembro de 2011 A INSERÇÃO DO NEGRO NO MERCADO DE TRABALHO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA A discussão a respeito do trabalho

Leia mais

Programa Municípios Sustentáveis

Programa Municípios Sustentáveis Programa Municípios Sustentáveis Objetivo geral: Promover o desenvolvimento sustentável dos municípios da Amazônia Mato-grossense, através do fortalecimento da economia local, da melhoria da governança

Leia mais

AGENDA DA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICAS PARA POPULAÇÃO E DESENVOLVIMENTO. Rio de Janeiro, julho 2013

AGENDA DA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICAS PARA POPULAÇÃO E DESENVOLVIMENTO. Rio de Janeiro, julho 2013 AGENDA DA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICAS PARA POPULAÇÃO E DESENVOLVIMENTO Rio de Janeiro, julho 2013 1. PROGRESSO BRASILEIRO RECENTE 1.1 Crescimento inclusivo 1. PROGRESSO BRASILEIRO RECENTE 1.1 Crescimento

Leia mais

DECRETO DE 21 DE JULHO DE 2008 (DOU 22/07/2008)

DECRETO DE 21 DE JULHO DE 2008 (DOU 22/07/2008) 1 DECRETO DE 21 DE JULHO DE 2008 (DOU 22/07/2008) Cria a Comissão Nacional de Combate à Desertificação - CNCD e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o

Leia mais

Mini Curso Orientações para a elaboração dos Planos Decenais Municipais

Mini Curso Orientações para a elaboração dos Planos Decenais Municipais XVIII ENCONTRO NACIONAL DO CONGEMAS Plano Decenal: Concretizando o Pacto Federativo Brasília, 23 a 25 de maio de 2016 Mini Curso Orientações para a elaboração dos Planos Decenais Municipais Facilitadoras:

Leia mais

Relações raciais e educação - leis que sustentaram o racismo e leis de promoção da igualdade racial e étnica 23/06

Relações raciais e educação - leis que sustentaram o racismo e leis de promoção da igualdade racial e étnica 23/06 Relações raciais e educação - leis que sustentaram o racismo e leis de promoção da igualdade racial e étnica 23/06 Bel Santos Mayer Vera Lion Políticas de Promoção da Igualdade de oportunidades e tratamento

Leia mais

Mercado de Trabalho Brasileiro: evolução recente e desafios

Mercado de Trabalho Brasileiro: evolução recente e desafios 1 São Bernardo do Campo, 10 de março de 2010. NOTA Á IMPRENSA Mercado de Trabalho Brasileiro: evolução recente e desafios O crescimento econômico brasileiro observado na década atual concretizou-se pelo

Leia mais

Salário Mínimo: trajetória recente

Salário Mínimo: trajetória recente Salário Mínimo: trajetória recente Elevação do SM: conquista das Centrais Sindicais aumentos expressivos em 2005, 2006 e 2007 e política de valorização a partir de 2008 (lei em 2011) Contrariamente à visão

Leia mais