Tabela I - As sete unidades de base do SI, suas unidades e seus símbolos.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tabela I - As sete unidades de base do SI, suas unidades e seus símbolos."

Transcrição

1 1. Sistemas de Unidades 1.1 O Sistema Internacional Os mais diversos sistemas de medidas foram inventados ao longo da história, desde o início das civilizações mais organizadas. Durante vários séculos, cada região teve seu próprio sistema de medidas. Unidades de medida eram definidas de maneira arbitrária, variando de uma região para outra, dificultando as transações comerciais e o intercâmbio científico entre elas. Em 1960 foi criado o Sistema Internacional (SI) de Medidas, um sistema único e coerente, de modo a ser adotado mundialmente. Este sistema é derivado do sistema métrico decimal, que teve origem na época da Revolução Francesa, que tinha por base o metro e o quilograma, chamado assim, pois tem seus múltiplos e submúltiplos como potências da base 10. Em 1962 o Sistema Internacional foi adotado também pelo Brasil e tornou-se de uso obrigatório em todo o Território Nacional. As sete unidades de base do SI, chamadas de grandezas fundamentais ou básicas, listadas na tabela I, são: comprimento, massa, tempo, corrente elétrica, temperatura termodinâmica, quantidade de substância e intensidade luminosa. Elas fornecem as referências que permitem definir todas as outras grandezas físicas. A padronização das grandezas fundamentais evolui de modo a acompanhar as crescentes exigências mundiais demandadas pelas medições, em todos os níveis de precisão, em todos os campos da ciência, da tecnologia e das atividades humanas. Tabela I - As sete unidades de base do SI, suas unidades e seus símbolos. Grandeza comprimento massa Unidade, símbolo: definição da unidade metro, m: O metro é o comprimento do trajeto percorrido pela luz no vácuo durante um intervalo de tempo de 1/ do segundo. quilograma, kg: O quilograma é a unidade de massa, igual à massa do protótipointernacional do quilograma. tempo segundo, s: O segundo é a duração de períodos da radiação correspondente à transição entre os dois níveis hiperfinos do estado fundamental do átomo de césio 133. corrente elétrica ampere, A: O ampere é a intensidade de uma corrente elétrica constante que, mantida em dois condutores paralelos, retilíneos, de comprimento infinito, de seção circular desprezível, e situados à distância de 1 metro entre si, no vácuo, produziria entre estes condutores uma força igual a 2π x 10-7 Newton por metro de comprimento. 1

2 temperatura termodinâmica kelvin, K: O kelvin, unidade de temperatura termodinâmica, é a fração 1/273,16 da temperatura termodinâmica no ponto tríplice da água. quantidade de substância mol, mol: 1. O mol é a quantidade de substância de um sistema contendo tantas entidades elementares quantos átomos existem em 0,012 quilograma de carbono 12. Intensidade luminosa candela, cd: A candela é a intensidade luminosa, numa dada direção, de uma fonte que emite uma radiação monocromática de frequência 540x10 12 hertz e cuja intensidade energética nessa direção é 1/683 watt por Ester radiano. data: 25/04/2010 Nesta disciplina iremos trabalho mais com as grandezas fundamentais: comprimento, massa e tempo. A tabela II relaciona estas grandezas com suas unidades no Sistema Internacional Tabela II Grandezas Fundamentais e Derivadas, seus símbolos e unidades Grandeza Símbolo Unidade, símbolo Comprimento ou espaço l, h, r, x, y, z Metro, m massa m Quilograma, kg tempo t Segundo, s O SI adotou o sistema métrico, ou seja, a utilização de múltiplos e submúltiplos expressos através de prefixos das suas unidades, a fim de exprimir os valores de grandezas que são muito maiores ou muito menores do que a unidade SI usada sem um prefixo. Na tabela III, podemos observar estes prefixos, frequentemente utilizados em nosso cotidiano. 2

3 Tabela III Prefixos do Sistema Internacional Nome Símbolo Fator de multiplicação da unidade exa E = peta P = tera T = giga G 10 9 = mega M 10 6 = quilo k 10³ = hecto h 10² = 100 deca da 10 deci d 10-1 = 0,1 centi c 10-2 = 0,01 mili m 10-3 = 0,001 micro µ 10-6 = 0, nano n 10-9 = 0, pico p = 0, femto f = 0, atto a = 0, No mundo informatizado, é possível transmitir terabytes, em milisegundos em componentes eletrônicos de dimensões de picometros. Para formar o múltiplo ou submúltiplo de uma unidade, basta colocar o nome do prefixo desejado na frente do nome desta unidade. O mesmo se dá com o símbolo. Exemplos: nanosegundos = ns Gigametros = Gm Miligrama = mg 1.2 Algarismos Significativos e Notação Científica Geralmente os exercícios e problemas que envolvem cálculos possuem grandezas expressas em valores muito grandes e muito pequenos, com uma ou várias casas decimais. Posso arredondar estes dados? Como arredondar? Para quase todos os cálculos, os valores podem ser representados com três algarismos significativos através da notação científica. Vamos aprender estes conceitos para poder aplicá-los: Os algarismos significativos de um número são os dígitos diferentes de zero, contados a partir da esquerda até o último dígito diferente de zero à direita, caso não haja vírgula decimal, ou até o último dígito (zero ou não) caso haja uma vírgula decimal. 3

4 Exemplos: algarismos significativos algarismos significativos algarismos significativos 1001,01-6 algarismos significativos 1001,000-7 algarismos significativos 0, algarismos significativos Em notação científica, toda medida deve ser expressa por um número entre 1 e 10 seguido da multiplicação pela potência de 10 apropriada, de forma a não modificar a medida. Exemplos: = 5,24 x , = 3,20x = 7,20 x = 7,21 x = 9,88 x = 7,21 x ,082 = 8,20 x , = 8,80 x Conversões Não é obrigatório o uso do sistema internacional para resolução de todos os problemas e aplicações. As medidas podem ser utilizadas em outras unidades, além de existem outros sistemas de medidas, como o Sistema Inglês, MKS, CGS, etc. Não iremos estudar outros sistemas de unidades nesta aula, mas você poderá pesquisar sobre eles clicando nos nomes em azul. Todas as unidades podem ser utilizadas, mas é importante que os cálculos tenham coerência dimensional. O que é isto? Em física, ou qualquer outra ciência, só podemos somar ou subtrair a mesma grandeza utilizando a mesma unidade. É importante reconhecer quando é necessário fazer conversão de uma unidade. Na maioria dos casos, é mais fácil usar as unidades no sistema internacional. Por exemplo: pode-se somar: x1 = 10m e x2=20m, t1 = 1s e t2=30s v1 = 15m/s e v2=120m/s As unidades da massa e o comprimento são múltiplos de 10, e, portanto, podem ser facilmente convertidos utilizando divisões e multiplicação por 10. Vamos estudar como fazer estas conversões. Observe a tabela V, que relacionam múltiplos e submúltiplos de comprimento: 4

5 Tabela IV Múltiplos e submúltiplos de comprimento Múltiplos Unidade Fundamental Submúltiplos Quilômetro hectômetro decâmetro metro decímetro centímetro milímetro Km hm dam m dm cm mm m 100m 10m 1m 0,1m 0,01m 0,001m Desta forma, se for preciso converter: 1km para m = 1000m =10 3 m 1mm para m = 0,001m =10-3 m A unidade de massa do Sistema Internacional é o kilograma, que corresponde a 10 3 gramas. Logo as conversões terão o fator de 10 3 considerado nos cálculos. Além disto, é comum usar o múltiplo tonelada em vez de megagrama. Analise a tabela V: Tabela V Múltiplos e submúltiplos de comprimento Múltiplos Unidade Fundamental Submúltiplos Tonelada kilograma grama miligrama micrograma nanograma T kg g mg µg ng g 1.000kg 1m 0,001m 0,000001m 0, m Desta forma, se for preciso converter: 1kg para g = 1000g = 10 3 g 1g para kg = 0,001kg = 10-3 kg 1T para kg = 1000kg = 10 3 kg 1mg para kg =0, kg =10-6 kg As unidades de tempo são medidas um pouco diferente, pois não são múltiplas apenas de 10. Temos o minuto, a hora, o dia, e o ano. Entretanto também podemos expressar uma medida como milésimos de horas, nanosegundos, etc. As conversões mais usuais estão descritas na tabela VI: Tabela VI Múltiplos e submúltiplos de tempo Desta forma, se for preciso converter: 1ano para s = s = 3,15 x 10 7 s 1s para hora = 1/3600 = 0, h =2,78 x 10-4 h Quanto mais você treinar conversões, mais familiarizado você ficará com a nomenclatura e os cálculos. Pratique. Logo você estará fazemos algumas conversões automaticamente e não terá mais dúvidas. Inicie seu estudo verificando a resoluções de alguns exercícios. Pratique com os exercícios 5

6 resolvidos do material enviado para você e depois se aventure na resolução de exercícios propostos. Exercícios resolvidos recomendados para consolidação do estudo: Exercício 1. TIPLER, Paul A. Física para cientistas e engenheiros. 4. ed. Rio de Janeiro: LTC, c2000. v.1 Em 12 g de carbono existem Na=6,02x10 23 átomos de carbono. Se for possível contar 1 átomo por segundo, quanto tempo seria necessário para contar os átomos de 1g de carbono? Dê sua resposta em anos. Raciocínio da Resolução: 1º. Sabemos que existem 6,02x10 23 átomos de carbono em 12g, mas quantos átomos existem em 1g de carbono? N=Na/12=5,02x10 22 átomos 2º. É possível contar 1 átomo por segundo, logo quantos segundos levaremos para contar 5,02x10 22 átomos? 1x5,02x10 22 átomos = 5,02x10 22 s 3º. Como converter 5,02x10 22 s para anos? Um ano equivale à 3,15x10 7 s. Logo basta dividir por este número. 5,02x10 22 /3,15x10 7 = 1,59 x ano Exercício 2: Se um carro estiver a 90km/h, qual a sua velocidade em metros por segundos: Raciocínio da Resolução: 1º. 90km equilavem à m 2º. 1hora equivale à 36000s 3º. Basta dividir /36.000= 25m/s Dica: para converter km/h para m/s dividir por 3,6 Para converter m/s para km/h multiplicar por 3,6 Exercício 3: TIPLER, Paul A. Física para cientistas e engenheiros. 4. ed. Rio de Janeiro: LTC, c2000. v.1 Um litro é o volume de um cubo que tem 10cm de aresta. Se você beber um litro de água, qual o volume em metros cúbicos, ocupado pelo líquido no estomâgo? Raciocínio da Resolução: 1º. Vamos converter 10cm para m. 10x 10-2 m = 10-1 m 2º. O volume é definido como a aresta elevada ao cubo = (10-1 m) 3 = 10-3 m Análise Dimensional A análise dimensional é uma ferramenta poderosa para auxiliar e verificar a resolução de equações que relacionam qualquer grandeza física. Considerando que as equações devem manter sua integridade, os dois lados tem que respeitar a igualdade da equação. Se conceito será de extrema importância durante todo seu curso de graduação. 6

7 As grandezas fundamentais do SI são referentes às grandezas fundamentais estudadas no início deste capítulo (Tabela VI). As demais grandezas são definidas pela combinação das grandezas fundamentais e são chamadas de grandezas derivadas. Tabela VI Grandezas Fundamentais do Sistema Internacional Grandeza física Símbolo da dimensão Símbolo da unidade SI Comprimento L m Massa M kg Tempo T s Corrente elétrica I A Temperatura termodinâmica Quantidade matéria Intensidade luminosa de θ N J K mol cd De forma simples, a dimensão da grandeza física deve obedecer a princípios aritméticos comuns. Toda medida expressa por apenas um número puro, sem unidade, é chamado de adimensional e tem unidade e dimensão igual a 1. A dimensão de uma grandeza é indicada por colchetes. Exemplos: Se A é uma grandeza de comprimento, a dimensão de A é dada por [A] = L Se B é uma grandeza de tempo, a dimensão de B é dada por [B] = T Se C é uma grandeza de massa, a dimensão de C é dada por [C] = M Basicamente iremos explorar grandezas físicas derivadas de L, T e M. Veremos como analisá-las: Se c é uma grandeza de velocidade, c = comprimento / tempo e, portanto, [c] = L/T = L T 1 Se a é aceleração, a = velocidade / tempo e [a] = L T 1 /T = L T 2 Se F é força, F = massa aceleração e [F] = L M T 2 Se S é área, S = comprimento comprimento e [S] = L 2 Se p é pressão, p = força / área e [p] = L M T 2 /L 2 = L 1 M T 2 7

8 O mais importante desde conceito é que, independentemente das unidades utilizadas, uma grandeza física irá conservar sempre sua dimensão. Logo comprimento sempre irá ter dimensão L, seja medido em metros, kilometros, pés ou jardas. Pratique este conceito e verifique como ele é utilizado para determinar a dependência de grandezas físicas derivadas com as grandezas físicas fundamentais. Logo você estará dominando as fórmulas de física e não precisará decorá-las. Terá maior capacidade de raciocínio e domínio desta disciplina. Exercícios resolvidos recomendados para estudo: Exercício 1: TIPLER, Paul A. Física para cientistas e engenheiros. 4. ed. Rio de Janeiro: LTC, c2000. v.1 A pressão de um fluído em movimento depende da densidade ρ e da velocidade v do fluido. Achar um combinação simples entre a densidade e a velocidade para se ter as dimensões corretas da pressão: Raciocínio da Resolução: 1º. P ρ a v b 2º. As dimensões da Pressão devem ser equivalentes as dimensões de ρ elevado a a, e elevado v a b 3º. M L -1 T -2 = (M/L 3 ) a.(l/t) b = M a L b-3a T -b 4 o. Igualar os expoentes da esquerda com os expoentes da esquerda. a=1 e b=2 5º. Logo a relação é de P ρ v 2 8

Unidades de Medidas e as Unidades do Sistema Internacional

Unidades de Medidas e as Unidades do Sistema Internacional Unidades de Medidas e as Unidades do Sistema Internacional Metrologia é a ciência da medição, abrangendo todas as medições realizadas num nível conhecido de incerteza, em qualquer dominio da atividade

Leia mais

Para cada grandeza física existe uma unidade que é utilizada para medir essa grandeza.

Para cada grandeza física existe uma unidade que é utilizada para medir essa grandeza. Grandezas e Unidades Quando começamos a falar sobre o SI, logo dissemos que seu objetivo principal é padronizar as medições e que para isso, estão definidos nele, apenas uma unidade para cada grandeza

Leia mais

Universidade Federal do Maranhão - Campus Imperatriz Centro de Ciências Sociais, Saúde e Tecnologia Licenciatura em Ciências Naturais - LCN

Universidade Federal do Maranhão - Campus Imperatriz Centro de Ciências Sociais, Saúde e Tecnologia Licenciatura em Ciências Naturais - LCN Universidade Federal do Maranhão - Campus Imperatriz Centro de Ciências Sociais, Saúde e Tecnologia Licenciatura em Ciências Naturais - LCN Física Módulo 1 No encontro de hoje... Medição Grandezas Físicas,

Leia mais

Física Aplicada A Aula 1. Profª. Me. Valéria Espíndola Lessa

Física Aplicada A Aula 1. Profª. Me. Valéria Espíndola Lessa Física Aplicada A Aula 1 Profª. Me. Valéria Espíndola Lessa valeria-lessa@uergs.edu.br Este material está disponibilizado no endereço: http://matvirtual.pbworks.com/w/page/52894125 /UERGS O que é Física?

Leia mais

Eletricidade Aula ZERO. Profª Heloise Assis Fazzolari

Eletricidade Aula ZERO. Profª Heloise Assis Fazzolari Eletricidade Aula ZERO Profª Heloise Assis Fazzolari Plano de aulas O objetivo da disciplina é dar ao aluno noções de eletricidade e fenômenos relacionados. Critério de Avaliação Quatro provas bimestrais

Leia mais

Figuras: ALVARENGA, Beatriz, MÁXIMO, Antônio. Curso de Física-Vol. 1, Editora Scipione, 6a Ed. São Paulo (2005) Comprimento metro m

Figuras: ALVARENGA, Beatriz, MÁXIMO, Antônio. Curso de Física-Vol. 1, Editora Scipione, 6a Ed. São Paulo (2005) Comprimento metro m FÍSICA I AULA 01: GRANDEZAS FÍSICAS; SISTEMAS DE UNIDADES; VETORES TÓPICO 02: SISTEMAS DE UNIDADES Para efetuar medidas é necessário fazer uma padronização, escolhendo unidades para cada grandeza. Antes

Leia mais

Sistema Internacional de Unidades (SI) e Medida

Sistema Internacional de Unidades (SI) e Medida Área do Conhecimento: Ciências da Natureza e Matemática Componente Curricular: Física Prof. Dr. Mário Mascarenhas Sistema Internacional de Unidades (SI) e Medida Sistema adotado oficialmente no Brasil

Leia mais

Como você mediria a sua apostila sem utilizar uma régua? Medir é comparar duas grandezas, utilizando uma delas como padrão.

Como você mediria a sua apostila sem utilizar uma régua? Medir é comparar duas grandezas, utilizando uma delas como padrão. Unidades de Medidas Como você mediria a sua apostila sem utilizar uma régua? Medir é comparar duas grandezas, utilizando uma delas como padrão. Como os antigos faziam para realizar medidas? - Na antiguidade:

Leia mais

Fundamentos de Física. Vitor Sencadas

Fundamentos de Física. Vitor Sencadas Fundamentos de Física Vitor Sencadas vsencadas@ipca.pt Grandezas físicas e sistemas de unidades 1.1. Introdução A observação de um fenómeno é incompleta quando dela não resultar uma informação quantitativa.

Leia mais

Comprimento metro m Massa quilograma kg Tempo segundo s. Temperatura termodinâmica Kelvin K

Comprimento metro m Massa quilograma kg Tempo segundo s. Temperatura termodinâmica Kelvin K INTRODUÇÃO O Sistema Internacional e s ( S.I.) O SI é dividido em três grupos, a seguir: Sete s de Base Duas s Suplementares s derivadas Tabela 1 - s de Base do SI Comprimento metro m Massa quilograma

Leia mais

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial. Módulo I. Aula 01

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial. Módulo I. Aula 01 Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Módulo I Aula 01 Unidades de Medida Medidas Medir significa comparar duas grandezas de mesma natureza, tomando uma delas como padrão. Por exemplo, dizer que uma

Leia mais

O SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES - SI

O SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES - SI O SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES - SI As informações aqui apresentadas irão ajudar você a compreender melhor e a escrever corretamente as unidades de medida adotadas no Brasil. A necessidade de medir

Leia mais

MÓDULO 1. Os Métodos da Física:

MÓDULO 1. Os Métodos da Física: MÓDULO 1 O QUE É FÍSICA? Física é o ramo da ciência que estuda as propriedades das partículas elementares e os fenômenos naturais e provocados, de modo lógico e ordenado. Os Métodos da Física: Todas as

Leia mais

Medição. Os conceitos fundamentais da física são as grandezas que usamos para expressar as suas leis. Ex.: massa, comprimento, força, velocidade...

Medição. Os conceitos fundamentais da física são as grandezas que usamos para expressar as suas leis. Ex.: massa, comprimento, força, velocidade... Universidade Federal Rural do Semi Árido UFERSA Pro Reitoria de Graduação PROGRAD Disciplina: Mecânica Clássica Professora: Subênia Medeiros Medição Os conceitos fundamentais da física são as grandezas

Leia mais

Matemática Régis Cortes SISTEMA MÉTRICO

Matemática Régis Cortes SISTEMA MÉTRICO SISTEMA MÉTRICO 1 Unidades de medida ou sistemas de medida Para podermos comparar um valor com outro, utilizamos uma grandeza predefinida como referência, grandeza esta chamada de unidade padrão. As unidades

Leia mais

Introdução ao Sistema Internacional de Unidades (SI)

Introdução ao Sistema Internacional de Unidades (SI) Introdução ao Sistema Internacional de Unidades (SI) Introdução, histórico, peculiaridades, usos, definições: 1. N. Baccan, J. C. de Andrade, O. E. S. Godinho, J. S. Barone, "Química Analítica Quantitativa

Leia mais

SISTEMA DE UNIDADES A ESTRUTURA DO SISTEMA INTERNACIONAL

SISTEMA DE UNIDADES A ESTRUTURA DO SISTEMA INTERNACIONAL SISTEMA DE UNIDADES INTRODUÇÃO: Um sistema de unidades é caracterizado por um conjunto de unidades e regras que as definam. O sistema internacional de unidades (S.I) possui sete unidades de base e, todas

Leia mais

O Sistema Internacional de Unidades - SI

O Sistema Internacional de Unidades - SI O Sistema Internacional de Unidades - SI http://www.inmetro.gov.br/consumidor/unidlegaismed.asp As informações aqui apresentadas irão ajudar você a compreender melhor e a escrever corretamente as unidades

Leia mais

Física Geral e Experimental I (2015/01)

Física Geral e Experimental I (2015/01) Diretoria de Ciências Exatas Laboratório de Física Roteiro 01 Física Geral e Experimental I (2015/01) Medidas Diretas de Grandezas Físicas 2 Medidas Diretas de Grandezas Físicas 1. Após estudar os assuntos

Leia mais

DETROIT Circular informativa Eng. de Aplicação

DETROIT Circular informativa Eng. de Aplicação DETROIT Circular informativa Eng. de Aplicação Número 09 - Agosto 2003 www.detroit.ind.br Unidades Legais de Medida INMETRO O Sistema Internacional de Unidades SI As informações aqui apresentadas irão

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MECÂNICA PROF. JOSÉ EDUARDO. Grandezas. De base Derivada

DEPARTAMENTO DE MECÂNICA PROF. JOSÉ EDUARDO. Grandezas. De base Derivada MEDIÇÃO INDUSTRIAL DEPARTAMENTO DE MECÂNICA PROF. JOSÉ EDUARDO Grandezas De base Derivada DEPARTAMENTO DE MECÂNICA Grandezas de Base COMPRIMENTO TEMPO GRANDEZAS DE BASE MASSA QUANTIDADE DE MATÉRIA CORRENTE

Leia mais

3 Unidades de Medida e o Sistema Internacional

3 Unidades de Medida e o Sistema Internacional 3 Unidades de Medida e o Sistema Internacional Fundamentos de Metrologia Medir Medir é o procedimento experimental através do qual o valor momentâneo de uma grandeza física (mensurando) é determinado como

Leia mais

Matéria: Matemática Assunto: Sistema Métrico Decimal Prof. Dudan

Matéria: Matemática Assunto: Sistema Métrico Decimal Prof. Dudan Matéria: Matemática Assunto: Sistema Métrico Decimal Prof. Dudan Matemática Sistema Métrico Decimal Definição: O SISTEMA MÉTRICO DECIMAL é parte integrante do Sistema de Medidas. É adotado no Brasil tendo

Leia mais

Métodos Experimentais em Termociências I.B De Paula

Métodos Experimentais em Termociências I.B De Paula Conceitos básicos: Medição É o conjunto de operações que tem por objetivo determinar o valor de uma grandeza. Medições, mesmo que bem controladas, estão sujeitas a variações causadas por inúmeras fontes.

Leia mais

Unidades de Medidas - Parte I

Unidades de Medidas - Parte I Unidades de Medidas - Parte I Sistema Métrico Decimal Um dos legados da Revolução Francesa foi criar um sistema de medidas que fosse baseado em constantes naturais e não em padrões arbitrários como pé,

Leia mais

CAPÍTULO 1 INTODUÇÃO. O DESENVOLVIMENTO DE BIOPROCESSOS. INTRODUÇÃO AOS CÁLCULOS DE ENGENHARIA

CAPÍTULO 1 INTODUÇÃO. O DESENVOLVIMENTO DE BIOPROCESSOS. INTRODUÇÃO AOS CÁLCULOS DE ENGENHARIA CAPÍTULO 1 INTODUÇÃO. O DESENVOLVIMENTO DE BIOPROCESSOS. INTRODUÇÃO AOS CÁLCULOS DE ENGENHARIA OBJECTIVO: Interpretação e desenvolvimento de processos biológicos. Análise quantitativa de sistemas e processos

Leia mais

Apresentação da Disciplina de Física 1

Apresentação da Disciplina de Física 1 Apresentação da Disciplina de Física 1 Prof. Nelson Elias e-mail: nelias@utfpr.edu.br http://nelias.wikidot.com/start Livro Texto: Fundamentos de Física: Halliday, Resnick, Walker. Volumes 1 e 2. Preferencialmente

Leia mais

SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES (SI)

SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES (SI) INTRODUÇÃO SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES (SI) ETE ALBERT EINSTEIN Prof. Edgar Zuim (adaptado por Epaminondas Lage) Qualquer atividade do conhecimento humano para a sua perfeita execução, requer ferramental

Leia mais

CURSO INTRODUTÓRIO DE MATEMÁTICA PARA ENGENHARIA MEDIÇÃO DE GRANDEZAS. Bruno Conde Engenharia Civil Rodrigo Vanderlei - Engenharia Civil

CURSO INTRODUTÓRIO DE MATEMÁTICA PARA ENGENHARIA MEDIÇÃO DE GRANDEZAS. Bruno Conde Engenharia Civil Rodrigo Vanderlei - Engenharia Civil CURSO INTRODUTÓRIO DE MATEMÁTICA PARA ENGENHARIA 2014.2 MEDIÇÃO DE GRANDEZAS Bruno Conde Engenharia Civil Rodrigo Vanderlei - Engenharia Civil Medindo Grandezas Medimos cada grandeza física em unidades

Leia mais

MEDIDAS LINEARES. Um metro equivale à distância linear percorrida pela luz no vácuo, durante um intervalo de 1/ segundo.

MEDIDAS LINEARES. Um metro equivale à distância linear percorrida pela luz no vácuo, durante um intervalo de 1/ segundo. MEDIDAS LINEARES Um metro equivale à distância linear percorrida pela luz no vácuo, durante um intervalo de 1/299.792.458 segundo. Nome e símbolo As unidades do Sistema Internacional podem ser escritas

Leia mais

Em seguida são apresentadas as principais unidades do Sistema Internacional, com sua unidade e símbolo.

Em seguida são apresentadas as principais unidades do Sistema Internacional, com sua unidade e símbolo. O Sistema Internacional de Unidades (sigla: SI) é um conjunto de definições utilizado em quase todo o mundo moderno que visa uniformizar e facilitar as medições. O problema era que cada país adotava as

Leia mais

Medição em Química e Física

Medição em Química e Física Medição em Química e Física Hás-de fazê-la desta maneira: o comprimento será de trezentos côvados; a largura, de cinquenta côvados; e a altura, de trinta côvados. Génesis, VI, 15 Professor Luís Gonçalves

Leia mais

Avaliação da cadeira

Avaliação da cadeira Avaliação da cadeira Trabalho de síntese 20% Trabalhos práticos (4/5) 40% Exame final 40% Metrologia Ciência da medição - desenvolvimento de métodos e procedimentos de medição; - desenho de equipamento

Leia mais

21/08/15. Introdução as Medidas. Medidas no dia a dia. Medidas no dia a dia. Importância de Medir. Como Surgiu os padrões de medidas?

21/08/15. Introdução as Medidas. Medidas no dia a dia. Medidas no dia a dia. Importância de Medir. Como Surgiu os padrões de medidas? 21/08/15 Introdução as Medidas Ê O que é medir? Ê Para que servem os padrões de medidas? Medidas Elétricas Aula 2 Medidas e S. I. Ê Porque usar padrões como o metro, kg e cm2 Prof. Fabricia Neres Medidas

Leia mais

Universidade do Vale do Paraíba. Metodologia Científica: Física Experimental

Universidade do Vale do Paraíba. Metodologia Científica: Física Experimental Universidade do Vale do Paraíba Metodologia Científica: Física Experimental São José dos Campos 2013 Tópico 1 Tópico 2 Tópico 3 Tópico 4 ÍNDICE Coerência de Dimensões e Unidades Coerência Dimensional Coerência

Leia mais

Múltiplos e submúltiplos

Múltiplos e submúltiplos Múltiplos e submúltiplos Múltiplos e submúltiplos Fator Nome do prefixo Símbolo Fator Nome do prefixo Símbolo 10 24 10 21 10 18 10 15 10 12 10 9 10 6 10 3 10 2 10 1 yotta zetta exa peta tera giga mega

Leia mais

MEDIÇÃO DE GRANDEZAS. Ana Maria Torres da Silva Engenharia Civil Rafael Santos Carvalho- Engenharia Civil

MEDIÇÃO DE GRANDEZAS. Ana Maria Torres da Silva Engenharia Civil Rafael Santos Carvalho- Engenharia Civil CURSO INTRODUTÓRIO DE MATEMÁTICA PARA ENGENHARIA 2015.2 MEDIÇÃO DE GRANDEZAS Ana Maria Torres da Silva Engenharia Civil Rafael Santos Carvalho- Engenharia Civil Medindo Grandezas Medimos cada grandeza

Leia mais

Grandezas, Unidades de. Alex Oliveira. Medida e Escala

Grandezas, Unidades de. Alex Oliveira. Medida e Escala Grandezas, Unidades de Alex Oliveira Medida e Escala Medindo Grandezas Aprendemos desde cedo a medir e comparar grandezas como comprimento; tempo; massa; temperatura; pressão e corrente elétrica. Atualmente,

Leia mais

METROLOGIA E ENSAIOS

METROLOGIA E ENSAIOS METROLOGIA E ENSAIOS Prof. Alexandre Pedott pedott@producao.ufrgs.br Geral: Objetivos Capacitar o aluno a usar a metrologia e ensaios no desenvolvimento e fabricação de produtos. Específicos: Contextualizar

Leia mais

Mecânica Técnica. Aula 1 Conceitos Fundamentais. Prof. MSc. Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues

Mecânica Técnica. Aula 1 Conceitos Fundamentais. Prof. MSc. Luiz Eduardo Miranda J. Rodrigues Aula 1 Conceitos Fundamentais Tópicos Abordados Nesta Aula Apresentação do Curso. Apresentação da Bibliografia Definição da. Sistema Internacional de Unidades. Apresentação do Curso Aula 1 - Definição

Leia mais

UFRPE: Física 11 Márcio Cabral de Moura 1. 2 aulas, 5 horas Capítulos 1 e 3 do Fundamentos de Física 1, de D. Halliday e R. Resnick, 3ª edição.

UFRPE: Física 11 Márcio Cabral de Moura 1. 2 aulas, 5 horas Capítulos 1 e 3 do Fundamentos de Física 1, de D. Halliday e R. Resnick, 3ª edição. UFRPE: Física 11 Márcio Cabral de Moura 1 1. Introdução 1 e 3 do Fundamentos de Física 1, de D. Halliday e R. Resnick, 3ª edição. 1.1 O objeto da Física O objeto da física é a natureza 1.2 O método físico.

Leia mais

Segunda aula de FT. Segundo semestre de 2013

Segunda aula de FT. Segundo semestre de 2013 Segunda aula de FT Segundo semestre de 2013 Gostaria de reforçar a metodologia adotada para desenvolver este curso e que está alicerçada na certeza que o(a) engenheiro(a) tem que resolver problemas e criar

Leia mais

Sistema Internacional de Unidades

Sistema Internacional de Unidades Sistema Internacional de s De acordo com o DL 238/94 (19 de Setembro) e a DR 2/95 (31 de Janeiro) Compilação, adaptação e verificação: Manuel Matos (FEUP 1997) 0. Advertência O presente texto vem na sequência

Leia mais

Grandezas, Unidades de medidas e Escala. Lucas Gomes

Grandezas, Unidades de medidas e Escala. Lucas Gomes Grandezas, Unidades de medidas e Escala Lucas Gomes Introdução UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS 2 Introdução A unidade é um nome particular que relacionamos às medidas de uma grandeza. No termômetro mostrado

Leia mais

CURSO: Engenharia Civil Disciplina: Mecânica da Partícula Professor: MSc. Demetrius Leão1

CURSO: Engenharia Civil Disciplina: Mecânica da Partícula Professor: MSc. Demetrius Leão1 SISTEMA DE UNIDADES NOTAÇÃO CIENTÍFICA ORDEM DE GRANDEZA ALGARISMOS SIGNIFICATIVOS CURSO: Engenharia Civil Disciplina: Mecânica da Partícula Professor: MSc. Demetrius Leão1 ACOMPANHE A DISCIPLINA PELA

Leia mais

ELETRICIDADE 1. Aula 1 SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES

ELETRICIDADE 1. Aula 1 SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES ELETRICIDADE 1 Aula 1 SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES Professor: Danilo Carvalho de Gouveia 1 Medir é o procedimento experimental através do qual o valor momentâneo de uma grandeza física (mensurando)

Leia mais

REVISÃO DE CONCEITOS BÁSICOS

REVISÃO DE CONCEITOS BÁSICOS Carlos Aurélio Nadal Doutor em Ciências Geodésicas Professor Titular do Departamento de Geomática - Setor de Ciências da Terra Unidades de medidas que utilizavam o corpo humano 2,54cm 30,48cm 0,9144m 66cm

Leia mais

3.1 Distâncias na Terra, no Sistema Solar e para além do Sistema Solar

3.1 Distâncias na Terra, no Sistema Solar e para além do Sistema Solar Distâncias no Universo Na Terra utilizamos unidades pequenas para medir distâncias. Distâncias no Universo Dada a grande distância entre os diferentes corpos estelares e o grande tamanho das estruturas

Leia mais

Aula 1 Medidas. Lilian R. Rios 18/02/16.

Aula 1 Medidas. Lilian R. Rios 18/02/16. Aula 1 Medidas Lilian R. Rios 18/02/16 www.posmci.ufsc.br GRANDEZA FÍSICA A tudo aquilo que pode ser medido, associando-se um valor numérico a uma unidade de medida, dá-se o nome de GRANDEZA FÍSICA. TIPOS

Leia mais

Universidade do Vale do Paraíba Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo - FEAU. Física Experimental I Prof. Dra. Ângela Cristina Krabbe

Universidade do Vale do Paraíba Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo - FEAU. Física Experimental I Prof. Dra. Ângela Cristina Krabbe Universidade do Vale do Paraíba Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo - FEAU Física Experimental I Prof. Dra. Ângela Cristina Krabbe Lista de exercícios 1. Considerando as grandezas físicas

Leia mais

TOPOGRAFIA E ELEMENTOS DA GEODÉSIA AULA 1

TOPOGRAFIA E ELEMENTOS DA GEODÉSIA AULA 1 TOPOGRAFIA E ELEMENTOS DA GEODÉSIA AULA 1 IDENTIFICAÇÃO Disciplina: Topografia Semestre: 3º Créditos: 2.0.0.2.0 Carga Horária: 60 h Período Letivo: 2015/2 Docente Responsável: VINICIUS MELO NOGUEIRA SILVA

Leia mais

Sistema de unidades. Curso Técnico Mecânico Modulo I. Prof. Eduardo M. Suzuki

Sistema de unidades. Curso Técnico Mecânico Modulo I. Prof. Eduardo M. Suzuki Sistema de unidades Curso Técnico Mecânico Modulo I Prof. Eduardo M. Suzuki SI: Sistema Internacional de Unidades Estudar o estabelecimento de uma regulamentação completa das unidades de medida; Proceder,

Leia mais

Grandeza superfície Outras medidas de comprimento

Grandeza superfície Outras medidas de comprimento Noções de medida As primeiras noções de medida foram adquiridas com o auxílio de algumas partes do corpo humano, tornandoseunidades de medida o pé, o passo, o palmo, os dedos. É importante ressaltar que

Leia mais

Dinâmica de um Sistema de Partículas Faculdade de Engenharia, Arquiteturas e Urbanismo FEAU

Dinâmica de um Sistema de Partículas Faculdade de Engenharia, Arquiteturas e Urbanismo FEAU Dinâmica de um Sistema de Partículas Faculdade de Engenharia, Arquiteturas e Urbanismo FEAU Profa. Dra. Diana Andrade & Prof. Dr. Sergio Pilling Parte 1 - Medição e sistemas de medida 1- Introdução A física

Leia mais

Resumo de Aula: Notação científica kg. Potências positivas Potências negativas ,1

Resumo de Aula: Notação científica kg. Potências positivas Potências negativas ,1 Resumo de Aula: Notação científica. 1- Introdução Este resumo não trata exatamente sobre física, é sobre uma das formas que expressamos os resultados numéricos em ciências em geral (e na física em particular).

Leia mais

Aula Medição ph, condutividade, elétricas e SI

Aula Medição ph, condutividade, elétricas e SI Aula Medição ph, condutividade, elétricas e SI INS23403 Instrumentação Professor: Sergio Luis Brockveld Junior Curso Técnico em Mecatrônica Módulo 3 2017/1 Unidades SI É o sistema de medição mais usado

Leia mais

GRANDEZAS E UNIDADES DE MEDIDA *

GRANDEZAS E UNIDADES DE MEDIDA * GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO FUNDAÇÃO DE APOIO À ESCOLA TÉCNICA FAETEC ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL SANTA CRUZ ETESC DISCIPLINA DE QUÍMICA Profs.: Ana Cristina, Denis Dutra e José Lucas Ano Letivo: 2010

Leia mais

Descrevendo Grandezas Físicas. Prof. Warlley Ligório Antunes

Descrevendo Grandezas Físicas. Prof. Warlley Ligório Antunes Descrevendo Grandezas Físicas Prof. Warlley Ligório Antunes Grandezas Físicas Define-se grandeza como tudo aquilo que pode ser comparado com um padrão por meio de uma medição. Exemplo: Este corpo tem várias

Leia mais

Matéria: Matemática Assunto: Conversão de unidades Prof. Dudan

Matéria: Matemática Assunto: Conversão de unidades Prof. Dudan Matéria: Matemática Assunto: Conversão de unidades Prof. Dudan Matemática CONVERSÃO DE UNIDADES Apresentamos a tabela de conversão de unidades do sistema Métrico Decimal Medida de Grandeza Fator Múltiplos

Leia mais

F-128 Física Geral I. Aula exploratória-01 UNICAMP IFGW 2S

F-128 Física Geral I. Aula exploratória-01 UNICAMP IFGW 2S F-128 Física Geral I Aula exploratória-01 UNICAMP IFGW 2S - 2012 Unidades SI UNIDADES SI Nome Símbolo Grandeza metro m Comprimento kilograma kg Massa segundo s Tempo ampere A Corrente elétrica kelvin K

Leia mais

Regras de Conversão de Unidades

Regras de Conversão de Unidades Unidades de comprimento Regras de Conversão de Unidades A unidade de principal de comprimento é o metro, entretanto existem situações em que essa unidade deixa de ser prática. Se quisermos medir grandes

Leia mais

A tabela abaixo mostra os múltiplos e submúltiplos do metro e os seus respectivos valores em relação à unidade padrão:

A tabela abaixo mostra os múltiplos e submúltiplos do metro e os seus respectivos valores em relação à unidade padrão: Unidades de Medidas e Conversões Medidas de comprimento Prof. Flavio Fernandes E-mail: flavio.fernandes@ifsc.edu.br Prof. Flavio Fernandes E-mail: flavio.fernandes@ifsc.edu.br O METRO E SEUS MÚLTIPLOS

Leia mais

Notas de Aula: Física Aplicada a Imaginologia - parte I

Notas de Aula: Física Aplicada a Imaginologia - parte I Notas de Aula: Física Aplicada a Imaginologia - parte I Prof. Luciano Santa Rita Fonte: Prof. Rafael Silva www.lucianosantarita.pro.br tecnologo@lucianosantarita.pro.br 1 Conteúdo Programático Notação

Leia mais

Universidade do Vale do Paraíba Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo. Física Experimental I

Universidade do Vale do Paraíba Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo. Física Experimental I Universidade do Vale do Paraíba Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo Física Experimental I São José dos Campos 2014 ÍNDICE Tópico 1 Tópico 2 Tópico 3 Tópico 4 Tópico 5 Tópico 6 Tópico 7 Tópico

Leia mais

TECNOLÓGICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL. Tecnologia Mecânica Aula 02 Prof. Dr. João Alves Pacheco

TECNOLÓGICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL. Tecnologia Mecânica Aula 02 Prof. Dr. João Alves Pacheco TECNOLÓGICO EM AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Tecnologia Mecânica Aula 02 Prof. Dr. João Alves Pacheco Origem SISTEMAS DE MEDIDAS SISTEMA MÉTRICO Origem Na França, no século XVII, ocorreu um avanço importante na

Leia mais

ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS UNIDADES, MÚLTIPLOS E SUBMÚLTIPLOS

ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS UNIDADES, MÚLTIPLOS E SUBMÚLTIPLOS ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS As informações a seguir são de grande importância para a confecção dos relatórios dos experimentos de Química Geral e Orgânica. As correções são baseadas nas informações contidas

Leia mais

NOÇÃO DE MEDIDA. O ato de medir está sempre associado ao ato de comparar. Utilizamos como base de comparação uma unidade de medida,

NOÇÃO DE MEDIDA. O ato de medir está sempre associado ao ato de comparar. Utilizamos como base de comparação uma unidade de medida, NOÇÃO DE MEDIDA O ato de medir está sempre associado ao ato de comparar. Utilizamos como base de comparação uma unidade de medida, Medir uma dada grandeza consiste em comparar o seu valor com a respetiva

Leia mais

1) Unidades de Medida

1) Unidades de Medida CURSO DE INSTRUMENTAÇÃO Conceitos Fundamentais Cedtec 2007/2 Sem equivalente na Apostila 1 Pressão e NívelN 1) Unidades de Medida É necessário saber trabalhar com unidades de medida no Sistema Internacional

Leia mais

ESCRITA TÉCNICA DE VALORES NUMÉRICOS DE GRANDEZAS

ESCRITA TÉCNICA DE VALORES NUMÉRICOS DE GRANDEZAS CAPíTULO 1 ESCRITA TÉCNICA DE VALORES NUMÉRICOS DE GRANDEZAS UNESP - Faculdade de Engenharia - Campus de Guaratinguetá 1 1.1. Introdução Estamos familiarizados em escrever o valor numérico de grandezas

Leia mais

Curso Técnico em Informática. Eletricidade Instrumental Prof. Msc. Jean Carlos

Curso Técnico em Informática. Eletricidade Instrumental Prof. Msc. Jean Carlos Curso Técnico em Informática Eletricidade Instrumental 2012.1 Prof. Msc. Jean Carlos Eletricidade Instrumental Aula_04 Na aula de hoje... CONCEITOS INICIAIS Principais grandezas elétricas Carga Corrente

Leia mais

CURSO PRF 2017 MATEMÁTICA. diferencialensino.com.br AULA 04 MATEMÁTICA

CURSO PRF 2017 MATEMÁTICA. diferencialensino.com.br AULA 04 MATEMÁTICA AULA 04 MATEMÁTICA 1 AULA 001 MATEMÁTICA PROFESSOR VITIN 2 AULA 04 SISTEMA LEGAL DE MEDIDAS SISTEMA MÉTRICO DECIMAL A unidade padrão de distância/comprimento é o metro (m), porém, é possível e bastante

Leia mais

BASES FÍSICAS PARA ENGENHARIA 3: Med. Grandezas, Unidades e Representações

BASES FÍSICAS PARA ENGENHARIA 3: Med. Grandezas, Unidades e Representações BASES FÍSICAS PARA ENGENHARIA 3: Med. Grandezas, Unidades e Representações Medidas Dados das observações devem ser adequadamente organizados MEDIR comparar algo com um PADRÃO DE REFERÊNCIA Medidas diretas

Leia mais

ABREVIATURA DOS MESES NO TRABALHO. Português. janeiro jan. julho jul. fevereiro fev. agosto ago. março mar. setembro set. abril abr. outubro out.

ABREVIATURA DOS MESES NO TRABALHO. Português. janeiro jan. julho jul. fevereiro fev. agosto ago. março mar. setembro set. abril abr. outubro out. Guia Prático de Normalização ICT/ UNESP: TCC DATAS NBR 14274 No trabalho o ano deve ser indicado numericamente por todos os algarismos e não apenas pela dezena final. O mês pode ser indicado por extenso,

Leia mais

Grandezas e Medidas no CAp UFRJ Introdução. Exercícios

Grandezas e Medidas no CAp UFRJ Introdução. Exercícios Grandezas e Medidas no CAp UFRJ Introdução Exercícios 1) Indique três aspectos diferentes que podem ser medidos num carro. Para cada aspecto identificado, informe a grandeza e a unidade de medida correspondente

Leia mais

Física Geral e Experimental I (2011/01)

Física Geral e Experimental I (2011/01) Diretoria de Ciências Exatas Laboratório de Física Roteiro 0 Física Geral e Experimental I (0/0) Experimento: Medidas de Grandezas Físicas . Após estudar os assuntos abordados nesse roteiro e cumprir as

Leia mais

Dimensões, unidades e quantidades físicas

Dimensões, unidades e quantidades físicas Dimensões, unidades e quantidades físicas Busca por padrões Por muito tempo, o mundo usou medidas imprecisas, como aquelas baseadas no corpo humano: palmo, pé, polegada, braça, côvado. Isso acabou gerando

Leia mais

REVISÃO R E C U P E R A Ç Ã O P A R A L E L A 2 º T R I M E S T R E F Í S I C A 3 º A N O

REVISÃO R E C U P E R A Ç Ã O P A R A L E L A 2 º T R I M E S T R E F Í S I C A 3 º A N O REVISÃO RECUPERAÇÃO PARALELA 2 º TRIMESTRE FÍSICA 3º ANO REVISÃO GRANDEZAS E UNIDADES DE MEDIDA Então: Se a grandeza for massa: 1km = 1.10³ 1µm = 1.10-6 1cm = 1.10-2 1nm = 1.10-9 1mm = 1.10-3 1kg = 10³g

Leia mais

1.2. Grandezas Fundamentais e Sistemas de Unidades

1.2. Grandezas Fundamentais e Sistemas de Unidades CAPÍTULO 1 Grandezas, Unidades e Dimensões 1.1. Medidas Uma grandeza física é uma propriedade de um corpo, ou particularidade de um fenómeno, susceptível de ser medida, i.e. à qual se pode atribuir um

Leia mais

Na aula 2, você aprenderá que a velocidade relaciona o espaço e o tempo, portanto a placa acima, representando a velocidade, está dimensionalmente err

Na aula 2, você aprenderá que a velocidade relaciona o espaço e o tempo, portanto a placa acima, representando a velocidade, está dimensionalmente err FÍSICA I AULA 01: GRANDEZAS FÍSICAS; SISTEMAS DE UNIDADES; VETORES TÓPICO 03: ANÁLISE DIMENSIONAL PARADA OBRIGATÓRIA As três grandezas fundamentais comprimento, massa e tempo estão intimamente associadas

Leia mais

FÍSICA. Fornece uma compreensão quantitativa de certos fenómenos que ocorrem no Universo.

FÍSICA. Fornece uma compreensão quantitativa de certos fenómenos que ocorrem no Universo. Introdução e Vectores FÍSICA Prof. Marília Peres Adaptado de Serway & Jewett Sobre a Física Fornece uma compreensão quantitativa de certos fenómenos que ocorrem no Universo. Baseia-se em observações experimentais

Leia mais

Prof. Oscar Rodrigues dos Santos FÍSICA º. Semestre.

Prof. Oscar Rodrigues dos Santos FÍSICA º. Semestre. Prof. Oscar Rodrigues dos Santos FÍSICA 1 2012-1º. Semestre oscarsantos@utfpr.edu.br Ementa Sistema de Unidades Análise Dimensional Teoria de Erros Vetores Cinemática Leis de Newton Lei da Conservação

Leia mais

Equipe de Matemática. Matemática

Equipe de Matemática. Matemática Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 2B Ensino Médio Equipe de Matemática Data: Matemática Unidades de Medidas Medidas de Comprimento A unidade fundamental de comprimento é o metro. Designa-se abreviadamente

Leia mais

2005 by Pearson Education. Capítulo 01

2005 by Pearson Education. Capítulo 01 QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 1 Introdução: matéria & medida David P. White O estudo da química A perspectiva molecular da química A matéria é o material físico do universo. A matéria é

Leia mais

nao INSTRUMENTOS E SISTEMAS DE MEDIDA ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Silva, Thiago Luis Nogueira. S586i

nao INSTRUMENTOS E SISTEMAS DE MEDIDA ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Silva, Thiago Luis Nogueira. S586i nao INSTRUMENTOS E SISTEMAS DE MEDIDA ENGENHARIA DE PRODUÇÃO S586i Silva, Thiago Luis Nogueira. Instrumentos e sistemas de medida : engenharia de produção / Thiago Luis Nogueira Silva. Varginha, 2015.

Leia mais

ARMANDO CRUZ CINEMÁTICA DINÂMICA. Energia cinética. Energia potencial gravitacional. Energia potencial elástica. Energia mecânica

ARMANDO CRUZ CINEMÁTICA DINÂMICA. Energia cinética. Energia potencial gravitacional. Energia potencial elástica. Energia mecânica Grandezas Básicas FORMULAS DE FÍSICA Versão RC ARMANDO CRUZ CINEMÁTICA Queda livre M.R.U.V. M.C.U. Acoplamento de polias Por correia Por eixo 2ª Lei de Newton Lei de Hooke de atrito Momento de uma força

Leia mais

=6,93 10! Prova 1 Tema 1 Básicos, Notação Científica e Conversão de medidas via fator unitário Prof. Leandro Neckel

=6,93 10! Prova 1 Tema 1 Básicos, Notação Científica e Conversão de medidas via fator unitário Prof. Leandro Neckel Prova 1 Tema 1 Básicos, Notação Científica e Conversão de medidas via fator unitário Prof. Leandro Neckel 1 - BÁSICOS Importante: Você não irá avançar na disciplina de física I se não tiver conhecimentos

Leia mais

ALGARISMOS SIGNIFICATIVOS E TRATAMENTO DE DADOS

ALGARISMOS SIGNIFICATIVOS E TRATAMENTO DE DADOS ALGARISMOS SIGNIFICATIVOS E TRATAMENTO DE DADOS 1.0 Objetivos Utilizar algarismos significativos. Distinguir o significado de precisão e exatidão. 2.0 Introdução Muitas observações na química são de natureza

Leia mais

Revisão 1 H 99,985 2 H 0, C 98,89 13 C 1,11 14 N 99,63 15 N 0,37 16 O 99, O 0, O 0,204

Revisão 1 H 99,985 2 H 0, C 98,89 13 C 1,11 14 N 99,63 15 N 0,37 16 O 99, O 0, O 0,204 Revisão Número de massa A característica fundamental que define um elemento químico é o número de prótons (Z) no núcleo. Se chamarmos de N o número de nêutrons no núcleo, o número de massa A é dado por:

Leia mais

https://edsonnossol.wordpress.com

https://edsonnossol.wordpress.com https://edsonnossol.wordpress.com enossol@ufu.br Classificação da matéria Química Fundamental I Prof. Edson Nossol Uberlândia, 12/04/2017 Matéria: é tudo aquilo que ocupa espaço e tem massa Química: estudo

Leia mais

Sistema de Unidades e Medidas. 1.1 Histórico

Sistema de Unidades e Medidas. 1.1 Histórico Sistema de Unidades e Medidas 1.1 Histórico A busca por um padrão universal para unidades e medidas surgiu da necessidade humana de medir, comparar grandezas de medida como o comprimento e a massa de produto

Leia mais

MEDIDAS. O tamanho de uma régua, a distância entre duas cidades, a altura de um poste e a largura de uma sala tudo isso é medido em comprimento.

MEDIDAS. O tamanho de uma régua, a distância entre duas cidades, a altura de um poste e a largura de uma sala tudo isso é medido em comprimento. MEDIDAS Comprimento O tamanho de uma régua, a distância entre duas cidades, a altura de um poste e a largura de uma sala tudo isso é medido em comprimento. Existem várias unidades que podem ser utilizadas

Leia mais

= 3 x

= 3 x A Notação Científica 1. Introdução No estudo da Física, e das demais ciências, aparecem, às vezes, números muito grandes ou muito pequenos. Em ambos os casos, o número de algarismos a escrever é muito

Leia mais

Medida de comprimento; Medida de massa; Medida de capacidade; Medida de tempo.

Medida de comprimento; Medida de massa; Medida de capacidade; Medida de tempo. Medida de comprimento; Medida de massa; Medida de capacidade; Medida de tempo. Medidas de comprimento Quando necessitamos medir a altura de uma pessoa, tamanho de uma mesa, comprar uma barra de cano ou

Leia mais

FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA MATEMÁTICA DESAFIO DO DIA. Aula 26.1 Conteúdo:

FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA MATEMÁTICA DESAFIO DO DIA. Aula 26.1 Conteúdo: Aula 26.1 Conteúdo: Múltiplos e submúltiplos do metro. 2 Habilidades: Resolver problemas que envolvam medidas de Comprimento e Área. 3 Pedro gastou R$9,45 para comprar 2,1kg de tomate. Quanto custa 1kg

Leia mais

Unidades estruturais que constituem as substâncias

Unidades estruturais que constituem as substâncias Unidades estruturais que constituem as substâncias As caraterísticas específicas de cada substância dependem da sua constituição, ou seja, do tipo de partículas ou unidades estruturais que formam a substância

Leia mais

Apostila de Metrologia

Apostila de Metrologia Curso técnico em Mecânica IFSC câmpus Joinville Apostila de Metrologia 2 Índice Unidades de medida... 3 Histórico sobre os padrões de medida... 3 Unidade de base... 4 Unidades derivadas... 4 Unidade de

Leia mais

Medir é o procedimento experimental através do qual o valor momentâneo de uma grandeza física (mensurando) é determinado como um múltiplo e/ou uma

Medir é o procedimento experimental através do qual o valor momentâneo de uma grandeza física (mensurando) é determinado como um múltiplo e/ou uma Grandezas e Medidas Nas situações do dia a dia é comum ver números relacionados à medidas: Quanto eu peso? Quanto tempo gasto no banho? Qual minha altura? Medir é o procedimento experimental através do

Leia mais

Mecânica dos Fluidos

Mecânica dos Fluidos CONCURSO PETROBRAS TÉCNICO(A DE MANUTENÇÃO JÚNIOR - ELETRÔNICA TÉCNICO(A DE MANUTENÇÃO JÚNIOR - INSTRUMENTAÇÃO TÉCNICO(A DE MANUTENÇÃO JÚNIOR - AUTOMAÇÃO Mecânica dos Fluidos Questões Resolvidas QUESTÕES

Leia mais

SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES (SI)

SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES (SI) Grandezas e Unidades de Base Grandeza física de base (símbolo) Unidade de base (símbolo) Dimensão de base Definição da unidade de base comprimento (l) metro (m) L 1 m é o comprimento do trajecto da luz,

Leia mais

ISO 9001:2000 SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES - SI. www.ipem.sp.gov.br

ISO 9001:2000 SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES - SI. www.ipem.sp.gov.br ISO 9001:2000 www.ipem.sp.gov.br SISTEMA INTERNACIONAL DE UNIDADES - SI ORIGENS DO SISTEMA UNIDADES DE BASE MÚLTIPLOS E SUBMÚLTIPLOS GRAFIA DOS NOMES E SÍMBOLOS ORIGENS UNIDADES ANTIGAS o homem como medida

Leia mais