UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Campus de Francisco Beltrão Estágio Supervisionado em Administração

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Campus de Francisco Beltrão Estágio Supervisionado em Administração"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Campus de Francisco Beltrão Estágio Supervisionado em Administração Formulário de Roteiro do Diagnóstico Organizacional Seqüência das partes Capa (obrigatório) Lombada (opcional) Folha de rosto (obrigatório) ERRATA (opcional) TERMO DE APROVAÇÃO (obrigatório) Dedicatória(s) (opcional) AGRADECIMENTO (S)(opcional) Epígrafe (opcional) RESUMO (obrigatório) LISTA DE ILUSTRAÇÕES (opcional) LISTA DE TABELAS (opcional) LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS (opcional) LISTA DE SÍMBOLOS (opcional) SUMÁRIO (obrigatório) 1 INTRODUÇÃO 1.1 Apresentação e Justificativa do Estudo 1.2 Objetivos Geral e Específicos 1.3 Procedimentos Metodológicos 2 CARACTERIZAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO 2.1 Informações Gerais 2.2 Histórico 2.3 Estrutura Organizacional 2.4 Área de Produção 2.5 Área de Materiais 2.6 Área de Marketing 2.7 Área de Recursos Humanos 2.8 Área Financeira 3 DESCRIÇÃO DO AMBIENTE EXTERNO 3.1 Mercado Consumidor 3.2 Mercado Concorrente 3.3 Mercado Fornecedor 3.4 Aspectos Tecnológicos 3.5 Aspectos Legais 3.6 Aspectos Sócioambientais 3.7 Situação Macroeconômica 3.8 Perspectiva da Organização 4 CONSIDERAÇÕES FINAIS REFERÊNCIAS (obrigatório) APÊNDICE (s)(opcional) ANEXO (s)(opcional) Tipos de Elementos Elementos pré-textuais Elementos que antecedem o texto com informações que ajudam na identificação e utilização do trabalho Elementos textuais Parte do trabalho em que é exposto o conteúdo. Sua organização é determinada pela natureza do trabalho. Elementos pós-textuais Elementos que complementam o texto.

2 ROTEIRO ANALÍTICO DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONAL 1 INTRODUÇÃO Introdução é a parte do trabalho em que o assunto é apresentado como um todo, sem detalhes. Tratase do elemento explicativo do autor para o leitor que o situa em relação às discussões que virão na seqüência do documento. A introdução deve: a) estabelecer o assunto, definindo-o sucinta e claramente, sem deixar dúvidas quanto ao campo e período abrangidos e incluindo informações sobre a natureza e a importância do problema de que trata o estudo; b) indicar brevemente a delimitação do assunto, os objetivos e a finalidade do trabalho, justificando em termos de importância, viabilidade e oportunidade o estudo e esclarecendo sob que ponto de vista é tratado o assunto; c) referir-se aos tópicos principais do texto, dando o roteiro ou a ordem de exposição, ou seja, a organização do texto. 1.1 Procedimentos Metodológicos A seção da metodologia de pesquisa esclarece qual o caminho a ser percorrido pelo estagiário para o alcance dos objetivos propostos no trabalho, além de considerar os aspectos operacionais como tempo e possibilidade de acesso às informações. Dividem-se em delineamento da pesquisa, universo e amostra da pesquisa, instrumentos de coleta de dados, métodos de análise dos dados e possíveis limitadores do estudo. 2 CARACTERIZAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO CONCEDENTE DE ESTÁGIO: Informações Gerais: Nome da Empresa, Forma Jurídica, Ramo, Atividade Principal, Atividades Secundárias, Produtos que fabrica ou serviços que presta produtos/serviços. Total de Empregados, Sócios-Gerentes Principais (especificar caso não tenha acesso a alguns desses dados). 2.1 Histórico Descrever o histórico da empresa, verificar contrato social e evolução do capital, mudanças de sócios, segmento de mercado (mercado consumidor/participação de mercado, mercado concorrente/principais concorrentes e mudanças de estratégicas de marketing efetuadas, entre outras informações pertinentes), missão, visão e valores organizacionais, identificação das estratégias organizacionais e seu grau de formalização e disseminação na organização. 2.2 Estrutura Organizacional: Apresentar a estrutura organizacional da empresa (organograma, divisão do trabalho e especialização; responsabilidade das unidades organizacionais, sistemas de comunicação, alcance de gerência, hierarquia e autoridade, tipos de departamentalização, formalização e padronização de políticas, normas e procedimentos), buscando relacionar a teoria com a prática organizacional. 2.3 DIAGNÓSTICO DAS ÁREAS DA EMPRESA O Diagnóstico das Áreas da empresa tem como objetivo básico subsidiar o estagiário na tarefa de identificação dos pontos fracos e fortes da organização. Leia atentamente cada um dos itens abaixo, verifique junto à empresa quais são os procedimentos para cada uma das atividades relacionadas, anote-os e elabore posteriormente a descrição das atividades, BUSCANDO RELACIONAR A TEORIA COM A PRÁTICA ORGANIZACIONAL. Recomenda-se a inserção de citações de autores relacionados à realidade observada e caso algum dos pontos descritos no roteiro não for contemplado na respectiva área funcional, deve-se fazer menção no texto sobre a inexistência do mesmo, mas os conceitos devem ser demonstrados. 2.4 Área de Produção e Serviços Visão geral da Administração da produção e Serviços; Organização do Setor de Produção: Localização no organograma; Atribuições; Objetivos. Layout: Apresentar o layout da empresa; Analisar o Layout quanto a: satisfação das necessidades da empresa; fluxo de produção; projetos de expansão; circulação de materiais e

3 pessoal; condições de ambiência; flexibilidade para possíveis mudanças; espaço para cada setor da empresa. Máquinas e Equipamentos: Apresentar as principais máquinas e equipamentos utilizados no processo fabril; Caracterização de máquinas e equipamentos, quanto a: Versatilidade para fabricação de diferentes produtos; suficiência para atender a demanda da produção; tipos de equipamentos, ano de fabricação; Reposição de peças e assistência técnica; segurança e riscos do trabalhador. Pessoal, Segurança e Higiene No Trabalho: Tipo de mão-de-obra utilizada (qualificada, semi qualificada, não qualificada); Turnos de trabalho na produção; Controle de mãode-obra; Faltas de pessoal do setor de produção (alegações, medidas); Sistema de prevenção de acidentes de trabalho (equipamentos); Segurança e higiene no trabalho (condições e sistemas de proteção); Acidentes de trabalho; Trabalho da empresa em proporcionar ao pessoal segurança e higiene no trabalho. Processo Produtivo; Produtos fabricados; Estudar o processo de produção, efetuando: Elaboração do fluxograma de produção (gráficos); Análise do fluxo produtivo, verificando pontos de estrangulamento e gargalos, tempos e movimentos, perdas e refugos, fases de processo. Elaboração e análise do Mapofluxograma e cronograma de produção. Controle de Qualidade: Descrever o sistema de controle de qualidade; Recursos, técnicas e instrumentos utilizados no controle de qualidade; Entrosamento do controle de qualidade com outras áreas; Tipos de controle (pré-controle, controle concorrente e pós-controle); Controle de qualidade, quanto a: matéria-prima; produtos acabados; embalagens; desenvolvimento de novos produtos; aperfeiçoamento dos produtos atuais. Pontos Fortes e Fracos do Sistema de Produção: (de forma itemizada). 2.5 Área de Materiais e Logística: Visão geral da Administração de Materiais e Logística; Organização da área na empresar: Localização no organograma geral; Atribuição de funções; Layout do setor de materiais. Compras: Política de compras; Procedimentos e normas de compras; Fornecedores: - cadastro de fornecedores; critérios de aprovação de fornecedores. Elementos considerados para a aquisição de materiais; Prazos de compras; Controle de compras; Procedência da matéria-prima. Almoxarifado: Diretrizes, normas de almoxarifado; Layout e movimentação de materiais; Localização dos materiais; Codificação de materiais; Controle de estoque de materiais e produtos acabados. Expedição e Transporte: Organização e funcionamento do setor de expedição; Modalidade de Transporte. Pontos Fortes e Fracos do Sistema de Materiais (de forma itemizada). 2.6 Área de Marketing e Vendas: Visão geral da Administração de Marketing; Organização do Setor de Marketing (Localização no Organograma; Atribuições); Mercado de atuação: Verificação e descrição do Plano de Marketing; (quando inexistente esboçar as principais estratégias); Identificação das estratégias de segmentação e posicionamento; Planos de expansão de mercado; Aceitação dos produtos no mercado; Sistema de Informação de Marketing e Pesquisa (descrever o SIM; Fontes de informações; Procedimentos para a pesquisa; Tipos de Pesquisa existentes); Produto (Descrição dos produtos comercializados; Posicionamento do produto no mercado; Estratégias de gestão por linhas de produtos; Identificar as diretrizes da gestão de portfólio de produtos); Comunicação de marketing (Principais estratégias de Comunicação usadas; Técnicas e instrumentos utilizados; Identificação das principais ferramentas de Comunicação; Avaliação e controle da propaganda, esforço promocional e/ou de outras ferramentas; Orçamento de Comunicação. Preço (Política de definição de preços; Fatores internos e externos considerados na formação de preço; Política de preços em relação à concorrência; Identificar se a abordagem de preços está baseada em custos, no cliente ou na concorrência);

4 Distribuição (canais de distribuição; Modalidades de distribuição; Controle da distribuição; Índice de devolução). Vendas (Políticas de vendas; Localização no Organograma; Atribuições; Gerência de vendas; Analisar a área de vendas sob os seguintes aspectos: produtos; prazos; zoneamento; preços; embalagens; condições de pagamento; qualidade dos produtos; mercado; participação da empresa no mercado; Metas ou cotas de vendas; Volume de vendas; Controle de vendas: objetivos do controle; controle das vendas (por produto, por zona, por cliente, por linha de produto, por vendedor); Meios utilizados de controle (observação pessoal, relatórios, gráficos, quadros, fichas...). Pontos Fortes e Fracos da área de Marketing (de forma itemizada). 2.7 Área de Recursos Humanos Visão geral da Administração de Recursos Humanos; Organização Administrativa: Papel da área na organização; Mostrar através do Organograma a posição que ocupa na Hierarquia e sua estrutura Administrativa (caso a empresa não possua organograma, o discente deve elaborar um baseado em informações coletas); Mostrar o Quadro funcional - Quantidade de colaboradores; Descrever as principais as atividades e responsabilidades da área de RH; Objetivos da área e Valores da organização para a Gestão de pessoas; Identificar os sistemas de informação utilizados: processos informais, formais e tecnológicos. Recrutamento e Seleção de Pessoal: Observar a padronização e formalização dos procedimentos de recrutamento e seleção; Identificar a predominância para recrutamento interno ou externo; Levantar as políticas da organização para recrutamento e seleção de pessoas; Identificar as técnicas de Recrutamento utilizadas; Analisar os possíveis impactos positivos e negativos da aplicação dessas técnicas; Verificar quais técnicas de informações sobre o cargo utilizadas; Identificar as técnicas de Seleção de pessoas adotadas: Verificar se há controle formal de rotação de pessoal e se há aplicação de algum tipo de pesquisa de desligamento (entrevista, questionários); Levantar as possíveis causas da rotatividade e seus impactos para a organização em estudo; Modelagem de Cargos: Verificar se há estrutura de cargos e relação formal de cargos; Verificar se a empresa possui manual de Descrição e Análise de Cargos, ou seja, identificar a formalização de Descrição e Análise de Cargos: Caso positivo: Identificar o modelo de modelagem aplicado (clássico, humanístico, contingencial); Caso negativo: levantar o procedimento formal ou informal adotado para transmissão do conteúdo do cargo para o ocupante. Treinamento e Desenvolvimento de Pessoal: Caracterizar o treinamento na empresa (identificando suas diretrizes, metas, estrutura e orçamento; se existe um plano de treinamento para todos os empregados inclusive diretores e gerentes); Descrever o processo de treinamento (indicar o tipo de treinamento que se desenvolve; se os programas são montados empiricamente ou se há aplicação de diagnóstico de necessidades. Neste caso, quais métodos são adotados; identificar quem elabora e quem executa os programas de treinamento; identificar as metodologias e tecnologias de treinamento comumente adotadas; verificar se há avaliação dos resultados dos programas de treinamento, citar os últimos treinamentos na org.); Identificar se há ações para Educação Corporativa; Levantar como as pessoas trocam informações e conhecimento a respeito dos processos, produtos/serviços na organização. Remuneração: Verificar se a empresa dispõe de um sistema formal de administração de cargos e salários ou políticas de remuneração; Descrever como funciona o processo de remuneração; Identificar critérios ou princípios de remuneração presentes no sistema; Identificar os aspectos de remuneração fixa e variável utilizados; Apontar os incentivos e benefícios (financeiros e nãofinanceiros) adotados para a empresa: quais são bem como o percentual da despesa em relação ao total da folha de pagamento; Apontar o procedimento padrão para recomendação e autorização para aumento salarial (coletivo ou individual); Descrever as formas de pagamento e respectivos períodos: por hora, por semana, por mês; Identificar o método adotado para avaliação de cargos se houver; Indicar os instrumentos de pesquisa salarial adotados pela empresa; Verificar qual a opinião do empresário quanto: aos níveis salariais em relação ao mercado: se estão mais altos, mais baixos ou adequados.

5 Avaliação de Desempenho: Identificar se há processo formalizado; Caracterizar o processo, seu funcionamento e vinculação com outros processos de recursos humanos; Levantar os objetivos do sistema de avaliação; Identificar o modelo adotado; Descrever o processo e instrumentos utilizados; Verificar se os colaboradores têm conhecimento do sistema. Qualidade de Vida, Higiene E Segurança No Trabalho: Identificar ações de gestão de QVT, Higiene e Segurança; Verificar se existe um programa formal de Qualidade de vida no trabalho; Se há a necessidade ou não de existência da CIPA (considerar a necessidade legal de constituição de CIPA e medicina no trabalho considerando o porte e atividade e demais características da empresa); Verificar se há CIPA em funcionamento; Identificar os riscos ambientais existentes; Levantar as ferramentas de gestão do ambiente físico adotadas pela organização; Verificar se há acompanhamento sistemático de índices de acidentes, de faltas e suas principais causas; Identificar ações para prevenção de Acidentes; Pontos Fortes e Fracos do Sistema de RH (de forma itemizada). 2.8 Área Financeira Visão geral da Administração Financeira. Organização Administrativa da área financeira: Papel da área na organização; Mostrar através do Organograma a posição que ocupa na Hierarquia e sua estrutura Administrativa; Demonstrar, relacionando com a teoria, as práticas financeiras da empresa: controle da movimentação de caixa, de contas bancárias, de contas a receber e de contas a pagar; planejamento financeiro de curto; financiamento do capital de giro; ciclo operacional e ciclo de caixa; Planejamento de investimentos de longo prazo (fontes e aplicação de recursos); planejamento e controle de custos e preços; sistema de custos (sistema por encomenda ou sistema por processo, classificação de custos e despesas, critérios de apuração, análise e avaliação do ponto de equilíbrio); acompanhamento e análise financeira geral da empresa (periodicidade, instrumentos para análise, quem é responsável? Processo de tomada de decisões (quem, como?). Pontos Fortes e Fracos do Sistema Financeiro (de forma itemizada). 3. ANÁLISE DO AMBIENTE EXTERNO DA ORGANIZAÇÃO: Analise e descrição das variáveis presentes no ambiente externo de atuação da organização, à partir do roteiro abaixo, relacionando com a teoria existente, à partir da perspectiva da administração da empresa em relação a cada variável analisada: Mercado Consumidor Mercado Concorrente Mercado Fornecedor Aspectos Tecnológicos Aspectos Legais Aspectos Sócioambientais Aspectos Macroeconômicos OPORTUNIDADES E AMEAÇAS: Delimitar as principais oportunidades e ameaças verificadas á partir da realização do diagnóstico externo da organização concedente do estágio. 4. CONSIDERAÇÕES FINAIS Este item refere-se às conclusões a que se chegou após a realização do estudo. Pode ser iniciada com um pequeno resumo dos objetivos, etapas do trabalho e da metodologia utilizada e deverá apontar as principais constatações derivadas do estudo analítico de cada área funcional da organização concedente do estágio, à vista da teoria estudada, bem como as contribuições decorrentes da sua realização para a formação profissional do acadêmico, para a organização concessora do estágio e também para o curso de Administração da UNIOESTE.

Roteiro de Diagnóstico Descritivo para o ESA I

Roteiro de Diagnóstico Descritivo para o ESA I Roteiro de Diagnóstico Descritivo para o ESA I Seqüência das partes Capa (obrigatório) Lombada (opcional) Folha de rosto (obrigatório) ERRATA (opcional) TERMO DE AROVAÇÃO (obrigatório) Dedicatória(s) (opcional)

Leia mais

9 Plano de Marketing 9.1 Estratégias de Produto

9 Plano de Marketing 9.1 Estratégias de Produto 1 Sumário Executivo (O que é o plano de negócios) 2 Agradecimentos 3 Dedicatória 4 Sumário ( tópicos e suas respectivas páginas) 5 Administrativo - Introdução (O que foi feito no módulo administrativo)

Leia mais

Universidade Presidente Antônio Carlos Faculdade de Ciências Humanas e Exatas Curso de Administração Campus VI

Universidade Presidente Antônio Carlos Faculdade de Ciências Humanas e Exatas Curso de Administração Campus VI A) Área de Administração Geral ÁREAS E ATIVIDADES DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO O estagiário desta área de interesse deverá participar de atividades essenciais de uma empresa, tais como: marketing, produção,

Leia mais

Processos Gerenciais

Processos Gerenciais UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA Projeto Integrado Multidisciplinar III e IV Processos Gerenciais Manual de orientações - PIM Curso Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais. 1.

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. PIM III Projeto Integrado Multidisciplinar

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. PIM III Projeto Integrado Multidisciplinar SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PIM III Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Identificar, analisar e propor melhorias nos sistemas de informação corporativos, utilizando

Leia mais

FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DA PARTE ESCRITA MODALIDADE: CAMPANHA

FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DA PARTE ESCRITA MODALIDADE: CAMPANHA FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DA PARTE ESCRITA MODALIDADE: CAMPANHA ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS: Capa Folha de rosto Dedicatória

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO SIMONSEN PLANO DE NEGÓCIO

PÓS-GRADUAÇÃO SIMONSEN PLANO DE NEGÓCIO PÓS-GRADUAÇÃO SIMONSEN PLANO DE NEGÓCIO RESUMO DO EMPREENDIMENTO 01 EMPREENDIMENTO 02 NEGÓCIO E MERCADO: DESCRIÇÃO 2.1 ANÁLISE MERCADOLÓGICA 2.2 MISSÃO DA EMPRESA 03 CONCORRÊNCIA 04 FORNECEDORES 05 PLANO

Leia mais

NORMAS INTERNAS PARA ELABORAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES

NORMAS INTERNAS PARA ELABORAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS NORMAS INTERNAS PARA ELABORAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES Material de apoio para elaboração padronizada

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor a aplicação dos conhecimentos adquiridos nas disciplinas do semestre na estratégia

Leia mais

ESTRUTURA E FORMA DO PROJETO DE PESQUISA E DA DISSERTAÇÃO DO MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO

ESTRUTURA E FORMA DO PROJETO DE PESQUISA E DA DISSERTAÇÃO DO MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO ESTRUTURA E FORMA DO PROJETO DE PESQUISA E DA DISSERTAÇÃO DO MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO Elaboração: Prof. Nério Amboni Prof. Leonardo Secchi Profª. Simone Ghisi Feuerschütte Florianópolis/SC

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA Projeto Integrado Multidisciplinar III e IV Recursos Humanos Manual de orientações - PIM Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos 1.

Leia mais

5 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)... 478 5.1 Ordenamento dos elementos da monografia ou TCC... 48 5.

5 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)... 478 5.1 Ordenamento dos elementos da monografia ou TCC... 48 5. 5 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)... 478 5.1 Ordenamento dos elementos da monografia ou TCC... 48 5.2 Capa... 48 5.3 Folha de rosto... 51 5.4 Errata... 53

Leia mais

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PIM V. Projeto Integrado Multidisciplinar

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PIM V. Projeto Integrado Multidisciplinar ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS PIM V Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor a aplicação dos conhecimentos adquiridos nas disciplinas do semestre

Leia mais

Trabalho de Conclusão de Curso - TCC. Graduação em Administração

Trabalho de Conclusão de Curso - TCC. Graduação em Administração Trabalho de Conclusão de Curso - TCC Graduação em Administração Educação Presencial 2011 1 Trabalho de Conclusão de Curso - TCC O curso de Administração visa formar profissionais capacitados tanto para

Leia mais

Modelo para elaboração do Plano de Negócios

Modelo para elaboração do Plano de Negócios Modelo para elaboração do Plano de Negócios 1- SUMÁRIO EXECUTIVO -Apesar de este tópico aparecer em primeiro lugar no Plano de Negócio, deverá ser escrito por último, pois constitui um resumo geral do

Leia mais

INTRODUÇÃO. Coordenação de Estágio CNEC Farroupilha/RS

INTRODUÇÃO. Coordenação de Estágio CNEC Farroupilha/RS INTRODUÇÃO Este trabalho tem como objetivo orientar os alunos do curso de Administração e Sequencial a respeito das atividades que envolvem o estágio supervisionado. Pretende-se com o mesmo, fornecer informações

Leia mais

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1 BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1 Paula Carina de Araújo paulacarina@ufpr.br 2014 Pesquisa Pesquisa Atividade básica da ciência

Leia mais

1 ROTEIRO PARA PROJETO DE PESQUISA

1 ROTEIRO PARA PROJETO DE PESQUISA Roteiro para projeto de pesquisa Gildenir Carolino Santos, 2005. 1 ROTEIRO PARA PROJETO DE PESQUISA Antes de passar para a construção ou montagem de um projeto de pesquisa, é importante saber que esse

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA PIM - III

UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA PIM - III UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA PIM - III Projeto Integrado Multidisciplinar Cursos Superiores Tecnológicos G. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Trabalho

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

RECOMENDAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO RECOMENDAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO Relatórios Técnico-Científicos Segundo a NBR 10.719, define-se o relatório técnico-científico como um documento que relata

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA Projeto Integrado Multidisciplinar III e IV Marketing Manual de orientações - PIM Curso Superior de Tecnologia em Marketing. 1. Introdução Os Projetos

Leia mais

Redação do Trabalho de Conclusão

Redação do Trabalho de Conclusão Redação do Trabalho de Conclusão Ricardo de Almeida Falbo Metodologia de Pesquisa Departamento de Informática Universidade Federal do Espírito Santo Agenda Estrutura de Trabalho Acadêmico Elementos pré

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS Roteiro

PLANO DE NEGÓCIOS Roteiro Anexo 3 PLANO DE NEGÓCIOS Roteiro 1. Capa 2. Sumário 3. Sumário executivo 4. Descrição da empresa 5. Planejamento Estratégico do negócio 6. Produtos e Serviços 7. Análise de Mercado 8. Plano de Marketing

Leia mais

Roteiro para elaboração do Relatório de Estágio Supervisionado do Curso de Bacharelado em Administração da AJES

Roteiro para elaboração do Relatório de Estágio Supervisionado do Curso de Bacharelado em Administração da AJES Roteiro para elaboração do Relatório de Estágio Supervisionado do da AJES A - APRESENTAÇÃO 1. A empresa 1.1. Aspectos Gerais 1.1.1. História da empresa (da fundação a atualidade) 1.1.2. Visão, Missão e

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO CAMPINA GRANDE 2015 1 DISSERTAÇÃO A defesa pública da dissertação

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS O plano de negócios deverá conter: 1. Resumo Executivo 2. O Produto/Serviço 3. O Mercado 4. Capacidade Empresarial 5. Estratégia de Negócio 6. Plano de marketing

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS - FAN CEUNSP SALTO /SP CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL TRABALHO INTERDISCIPLINAR

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS - FAN CEUNSP SALTO /SP CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL TRABALHO INTERDISCIPLINAR APRESENTAÇÃO DO TI O Trabalho Interdisciplinar é um projeto desenvolvido ao longo dos dois primeiros bimestres do curso. Os alunos tem a oportunidade de visualizar a unidade da estrutura curricular do

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS - FAN CEUNSP SALTO /SP CURSO DE TECNOLOGIA EM MARKETING TRABALHO INTERDISCIPLINAR

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS - FAN CEUNSP SALTO /SP CURSO DE TECNOLOGIA EM MARKETING TRABALHO INTERDISCIPLINAR APRESENTAÇÃO DO TI O Trabalho Interdisciplinar é um projeto desenvolvido ao longo dos dois primeiros bimestres do curso. Os alunos tem a oportunidade de visualizar a unidade da estrutura curricular do

Leia mais

NORMAS TÉCNICAS PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS FACULDADE LUTERANA SÃO MARCOS

NORMAS TÉCNICAS PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS FACULDADE LUTERANA SÃO MARCOS NORMAS TÉCNICAS PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS FACULDADE LUTERANA SÃO MARCOS Núcleo Docente Estruturante Prof. Álvaro Antônio Dal Molin Flores Prof. Carlos André Junqueira Prof. Cilane da Rosa

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 16/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Fase Cód. I

Leia mais

MODELO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO DO CURSO DE GESTÃO AMBIENTAL CURSO DE GESTÃO AMBIENTAL - RELATÓRIO DE ESTÁGIO

MODELO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO DO CURSO DE GESTÃO AMBIENTAL CURSO DE GESTÃO AMBIENTAL - RELATÓRIO DE ESTÁGIO MODELO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO DO CURSO DE GESTÃO AMBIENTAL Estrutura formal do relatório Estrutura Elemento Capa Folha de Rosto Pré-textuais Folha de Identificação Sumário 1. Introdução Textuais 2. Atividades

Leia mais

Desenvolvendo e avaliando programas de incentivos de remuneração de curto prazo

Desenvolvendo e avaliando programas de incentivos de remuneração de curto prazo Desenvolvendo e avaliando programas de incentivos de remuneração de curto prazo Com a competição por talentos e a cobrança maior por resultados financeiros, as empresas vem procurando criar ou alterar

Leia mais

MONOGRAFIA ESTRUTURA DE MONOGRAFIAS

MONOGRAFIA ESTRUTURA DE MONOGRAFIAS MONOGRAFIA Trata-se de uma construção intelectual do aluno-autor que revela sua leitura, reflexão e interpretação sobre o tema da realidade. Tem como base a escolha de uma unidade ou elemento social, sob

Leia mais

PADRÃO PARA NORMALIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA FACULDADE PROMOVE DE JANAÚBA:

PADRÃO PARA NORMALIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA FACULDADE PROMOVE DE JANAÚBA: Modelo de Capa ASSOCIAÇÃO EDUCATIVA DO BRASIL - SOEBRAS FACULDADE PROMOVE DE JANAÚBA PADRÃO PARA NORMALIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DA FACULDADE PROMOVE DE JANAÚBA: modelo apresentado para

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO SUMÁRIO CAPÍTULO I...3 DO CONCEITO E OBJETIVOS...3 CAPÍTULO II...3 DA NATUREZA DO ESTÁGIO...3 CAPÍTULO III...3 DOS CAMPOS DE ESTÁGIO...3 CAPÍTULO IV...4 DA ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA

Leia mais

CURSOS: ÁREA ADMINISTRAÇÃO E COMÉRCIO

CURSOS: ÁREA ADMINISTRAÇÃO E COMÉRCIO CURSOS: ÁREA ADMINISTRAÇÃO E COMÉRCIO ELABORANDO O PLANO DE NEGÓCIOS 16h Entendendo o negócio Perfil do Empreendedor de Sucesso Visão e missão do Negócio Características do Plano de Negócios Plano de Investimento

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO O trabalho deve ser digitado e impresso em papel formato A4. O texto deve ser digitado, no anverso das folhas, em espaço 1,5, letra do tipo

Leia mais

Manual de instruções para o desenvolvimento do Caderno de Evidências Book

Manual de instruções para o desenvolvimento do Caderno de Evidências Book Manual de instruções para o desenvolvimento do Caderno de Evidências Book O Caderno de Evidências (Book) acompanhará o questionário da empresa na pesquisa. É importante lembrar que o envio desse material,

Leia mais

Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio FAN - CEUNSP SALTO. Campus V

Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio FAN - CEUNSP SALTO. Campus V Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio FAN - CEUNSP SALTO Campus V Regulamento Interno de Estágio Supervisionado e ou Trabalho Pedagógico Supervisionado FAN-CEUNSP-SALTO -Campus V O presente

Leia mais

ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO. Dissertações, Teses e Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação, Especialização e outros.

ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO. Dissertações, Teses e Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação, Especialização e outros. ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO Dissertações, Teses e Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação, Especialização e outros. Estrutura Elementos Parte externa Capa (obrigatório) Lombada (opcional) Parte

Leia mais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Capítulo 3: Sistemas de Apoio Gerenciais Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos,

Leia mais

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG Capítulo 3: Sistemas de Negócios Colaboração SPT SIG Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos, gerentes e profissionais de empresas.

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS E PROJETOS EXPERIMENTAIS

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS E PROJETOS EXPERIMENTAIS CURSO DE JORNALISMO MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS E PROJETOS EXPERIMENTAIS 1 1 ÁREAS TEMÁTICAS Respeitada a disponibilidade de carga horária dos professores orientadores e a escolha dos alunos,

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA PROJETO INTEGRADOR. Suzano

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA PROJETO INTEGRADOR. Suzano CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO FINANCEIRA PROJETO INTEGRADOR Suzano PROJETO INTEGRADOR 1. Introdução O mercado atual de trabalho exige dos profissionais a capacidade de aplicar os conhecimentos

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA Normas para elaboração de Dissertações do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais MODELO

Leia mais

Gerenciamento de Projeto: Planejando os Recursos. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Gerenciamento de Projeto: Planejando os Recursos. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Gerenciamento de Projeto: Planejando os Recursos Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Planejar as Aquisições Desenvolver o Plano de Recursos Humanos Planejar as Aquisições É o

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DOS RELATÓRIOS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DOS RELATÓRIOS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NORMAS PARA ELABORAÇÃO DOS RELATÓRIOS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO SET / 2013. INTRODUÇÃO O presente documento visa proporcionar ao aluno inscrito no Estágio Supervisionado do Curso

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Fase Cód. I II Matriz Curricular vigente a partir de 2010-1 Disciplina Prérequisitos Carga

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Matriz Curricular vigente a partir de 2010/1 Fase Cód. Disciplina Carga Horária Prérequisitos

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 3-GR/UNICENTRO, DE 7 DE JANEIRO DE 2009. ESTA RESOLUÇÃO ESTÁ RATIFICADA PELA RESOLUÇÃO Nº 43/2009- COU/UNICENTRO. Aprova, ad referendum do COU, as diretrizes para realização de estágio não-obrigatório

Leia mais

RECURSOS HUMANOS PIM II. Projeto Integrado Multidisciplinar

RECURSOS HUMANOS PIM II. Projeto Integrado Multidisciplinar RECURSOS HUMANOS PIM II Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrever o papel da área de Recursos Humanos em termos de seu significado e importância no alcance

Leia mais

NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS

NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS Concurso para agente administrativo da Polícia Federal Profa. Renata Ferretti Central de Concursos NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS 1. Organizações como

Leia mais

GUIA DE ELABORAÇÃO DE PLANO DE NEGÓCIOS

GUIA DE ELABORAÇÃO DE PLANO DE NEGÓCIOS GUIA DE ELABORAÇÃO DE PLANO DE NEGÓCIOS Sumário 1. APRESENTAÇÃO... 2 2. PLANO DE NEGÓCIOS:... 2 2.1 RESUMO EXECUTIVO... 3 2.2 O PRODUTO/SERVIÇO... 3 2.3 O MERCADO... 3 2.4 CAPACIDADE EMPRESARIAL... 4 2.5

Leia mais

FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo de Planejamento Prof.º Fábio Diniz

FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo de Planejamento Prof.º Fábio Diniz FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo de Planejamento Prof.º Fábio Diniz COMPETÊNCIAS A SEREM DESENVOLVIDAS CONHECER A ELABORAÇÃO, CARACTERÍSTICAS E FUNCIONALIDADES UM PLANO DE NEGÓCIOS.

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA GESTÃO EM MARKETING

UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA GESTÃO EM MARKETING UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA GESTÃO EM MARKETING PIM III Projeto Integrado Multidisciplinar 2009 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor um plano negócios para a o composto

Leia mais

FLUXOGRAMA DA PESQUISA

FLUXOGRAMA DA PESQUISA FLUXOGRAMA DA PESQUISA Desde a preparação até a apresentação de um relatório de pesquisa estão envolvidas diferentes etapas. Algumas delas são concomitantes; outras são interpostas. O fluxo que ora se

Leia mais

Formulário de Apresentação da Proposta Simplificada

Formulário de Apresentação da Proposta Simplificada Formulário de Apresentação da Proposta Simplificada A. Dados Cadastrais A.1. Informações para contato Endereço Completo: Bairro: Cidade: UF: CEP: Telefone: e-mail: Página na Internet: A.2. Caracterização

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA GESTÃO EM PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA GESTÃO EM PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA GESTÃO EM PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS PIM III Projeto Integrado Multidisciplinar 2009 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor um plano de

Leia mais

PIM II. Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO FINANCEIRA DA EMPPRESA

PIM II. Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO FINANCEIRA DA EMPPRESA PIM II Projeto Integrado Multidisciplinar GESTÃO FINANCEIRA DA EMPPRESA 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: O aluno deverá escolher uma empresa de qualquer porte ou segmento e, com base no cenário

Leia mais

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica Ementários Disciplina: Gestão Estratégica Ementa: Os níveis e tipos de estratégias e sua formulação. O planejamento estratégico e a competitividade empresarial. Métodos de análise estratégica do ambiente

Leia mais

Prof. Lucas Santiago

Prof. Lucas Santiago Classificação e Tipos de Sistemas de Informação Administração de Sistemas de Informação Prof. Lucas Santiago Classificação e Tipos de Sistemas de Informação Sistemas de Informação são classificados por

Leia mais

Plano de Ação Política de Gestão de Pessoas

Plano de Ação Política de Gestão de Pessoas Plano de Ação Política de Gestão de Pessoas (Produto 1) TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DA BAHIA PROGRAMA DE MODERNIZAÇÃO DO SISTEMA DE CONTROLE EXTERNO DOS ESTADOS, DISTRITO FEDERAL E MUNICÍPIOS

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 1-CEPE/UNICENTRO, DE 27 DE JANEIRO DE 2014. Aprova o Curso de Especialização em MBA em Gestão Estratégica de Negócios, modalidade regular, a ser ministrado no Campus de Irati, da UNICENTRO.

Leia mais

PROJETO INTERDISCIPLINAR I, II e III (Manual para a realização do Projeto Interdisciplinar do Curso de Tecnologia em Logística)

PROJETO INTERDISCIPLINAR I, II e III (Manual para a realização do Projeto Interdisciplinar do Curso de Tecnologia em Logística) FACULDADE NOSSA SENHORA APARECIDA FANAP CURSO DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA PROJETO INTERDISCIPLINAR I, II e III (Manual para a realização do Projeto Interdisciplinar do Curso de Tecnologia em Logística)

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS

ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO DE PESSOAS O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico e competitivo para

Leia mais

Regulamento do Estágio Supervisonado do Curso de Administração - Grade Nova

Regulamento do Estágio Supervisonado do Curso de Administração - Grade Nova Autarquia Educacional do Vale do São Francisco AEVSF Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina FACAPE Centro Acadêmico de Ciências Humanas e Sociais CACHS Coordenação do Curso de Administração

Leia mais

CAPACITAÇÃO EM SERVIÇO

CAPACITAÇÃO EM SERVIÇO CAPACITAÇÃO EM SERVIÇO TEMA: ELABORAÇÃO DE PROJETOS COM FOCO NA FAMÍLIA Março/2010 ELABORAÇÃO DE PROJETOS ELABOR-AÇÃO: palavra-latim-elabore preparar, formar,ordenar AÇÃO: atuação, ato PRO-JETOS: palavra-latim-projetus

Leia mais

ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA

ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA A elaboração da monografia deve ter como referência a ABNT NBR 14724/ 2006, a qual destaca que um trabalho acadêmico compreende elementos pré-textuais,

Leia mais

Tópicos Abordados. Pesquisa de Mercado. Aula 1. Contextualização

Tópicos Abordados. Pesquisa de Mercado. Aula 1. Contextualização Pesquisa de Mercado Aula 1 Prof. Me. Ricieri Garbelini Tópicos Abordados 1. Identificação do problema ou situação 2. Construção de hipóteses ou determinação dos objetivos 3. Tipos de pesquisa 4. Métodos

Leia mais

FUNDAMENTOS DA GESTÃO FINANCEIRA

FUNDAMENTOS DA GESTÃO FINANCEIRA Unidade II FUNDAMENTOS DA GESTÃO FINANCEIRA Prof. Jean Cavaleiro Objetivos Ampliar a visão sobre os conceitos de Gestão Financeira; Conhecer modelos de estrutura financeira e seus resultados; Conhecer

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA 2 O PROJETO DE PESQUISA DEVE, ESSENCIALMENTE, RESPONDER ÀS PERGUNTAS:

PROJETO DE PESQUISA 2 O PROJETO DE PESQUISA DEVE, ESSENCIALMENTE, RESPONDER ÀS PERGUNTAS: 1 PROJETO DE PESQUISA 1 CONCEITO O Projeto de pesquisa é um intento, um plano mais ou menos detalhado das atividades que se pretende empreender num trabalho de natureza investigativa, explicitando-se as

Leia mais

ROTEIRO DE LEVANTAMENTO DE DADOS E INFORMAÇÕES PARA UM DIAGNÓSTICO INTEGRADO DE PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA

ROTEIRO DE LEVANTAMENTO DE DADOS E INFORMAÇÕES PARA UM DIAGNÓSTICO INTEGRADO DE PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS - UNICAMP INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS - IFCH DEPARTAMENTO DE ECONOMIA E PLANEJAMENTO ECONÔMICO - DEPE CENTRO TÉCNICO ECONÔMICO DE ASSESSORIA EMPRESARIAL

Leia mais

Trabalho de Conclusão de Curso (Administração) ETEC TEOTÔNIO ALVES PEREIRA

Trabalho de Conclusão de Curso (Administração) ETEC TEOTÔNIO ALVES PEREIRA Trabalho de Conclusão de Curso (Administração) ETEC TEOTÔNIO ALVES PEREIRA Objetivo: Estas diretrizes têm por objetivo padronizar a apresentação dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) dos Cursos Técnicos

Leia mais

Unidade II GESTÃO ESTRATÉGICA DE. Professora Ani Torres

Unidade II GESTÃO ESTRATÉGICA DE. Professora Ani Torres Unidade II GESTÃO ESTRATÉGICA DE RECURSOS HUMANOS Professora Ani Torres Gestão de Pessoas Conjunto de métodos, políticas,técnicas e práticas definidos com o objetivo de orientar o comportamento humano

Leia mais

Normas para Redação da Dissertação/Tese

Normas para Redação da Dissertação/Tese Normas para Redação da Dissertação/Tese Estrutura A estrutura de uma dissertação, tese ou monografia compreende três partes fundamentais, de acordo com a ABNT (NBR 14724): elementos prétextuais, elementos

Leia mais

M A N U A L TREINAMENTO. Mecânica de Veículos Piçarras Ltda. Manual Prático de Procedimento do Treinamento

M A N U A L TREINAMENTO. Mecânica de Veículos Piçarras Ltda. Manual Prático de Procedimento do Treinamento M A N U A L TREINAMENTO 1. Introdução A velocidade das mudanças tecnológicas, o aumento da diversidade nos locais de trabalho e a acentuada mobilidade dos trabalhadores atuais são aspectos do mundo contemporâneo

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 39-CEPE/UNICENTRO, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013. Aprova o Curso de Especialização em MBA em Cooperativismo e Desenvolvimento de Agronegócios, modalidade regular, a ser ministrado no Campus Santa

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM

GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS NÚCLEO COMUM DISCIPLINA: Gestão de Pessoas EMENTA: O sistema clássico de estruturação da gestão de recursos humanos e suas limitações: recrutamento e seleção, treinamento

Leia mais

BRIEFING. Unidade curricular: Organização de uma empresa. Professor: Adm. Roberto da Fonseca.

BRIEFING. Unidade curricular: Organização de uma empresa. Professor: Adm. Roberto da Fonseca. BRIEFING Unidade curricular: Organização de uma empresa. Professor: Adm. Roberto da Fonseca. Este trabalho consiste em uma ação integradora para projetar, criar e estruturar uma empresa comercial/serviços,

Leia mais

NBR 14724/2011 ABNT NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 19/10/2011. Objetivo

NBR 14724/2011 ABNT NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 19/10/2011. Objetivo Objetivo ABNT Normas para elaboração de trabalhos científicos Esta Norma especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos, visando sua apresentação à instituição Estrutura Parte

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA FORMOSA/GO

Leia mais

PROJETO MULDISCIPLINAR DO CURSO DE BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIESP FACULDADE DO GUARUJÁ. Prof. Marat Guedes Barreiros

PROJETO MULDISCIPLINAR DO CURSO DE BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIESP FACULDADE DO GUARUJÁ. Prof. Marat Guedes Barreiros PROJETO MULDISCIPLINAR DO CURSO DE BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIESP FACULDADE DO GUARUJÁ Prof. Marat Guedes Barreiros GUARUJÁ 2º semestre de 2013 PROJETO MULDISCIPLINAR Curso superior de BACHAREL em

Leia mais

MARKETING PIM II. Projeto Integrado Multidisciplinar

MARKETING PIM II. Projeto Integrado Multidisciplinar MARKETING PIM II Projeto Integrado Multidisciplinar PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Estruturação de estratégias para o mix de marketing a partir do estudo do comportamento do consumidor, utilizando

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02 Sumário Pág. I) OBJETIVO 02 II) ESTRUTURA DO CURSO 1) Público alvo 02 2) Metodologia 02 3) Monografia / Trabalho final 02 4) Avaliação da aprendizagem 03 5) Dias e horários de aula 03 6) Distribuição de

Leia mais

7. Viabilidade Financeira de um Negócio

7. Viabilidade Financeira de um Negócio 7. Viabilidade Financeira de um Negócio Conteúdo 1. Viabilidade de um Negócios 2. Viabilidade Financeira de um Negócio: Pesquisa Inicial 3. Plano de Viabilidade Financeira de um Negócio Bibliografia Obrigatória

Leia mais

FUNÇÕES MOTORAS (Produtos e Serviços)

FUNÇÕES MOTORAS (Produtos e Serviços) FUNÇÕES MOTORAS (Produtos e Serviços) 1. MÉTODO MENTOR - Modelagem Estratégica Totalmente Orientada para Resultados Figura 1: Método MENTOR da Intellectum. Fonte: autor, 2007 O método MENTOR (vide o texto

Leia mais

Universidade Federal do Paraná Setor de Educação Curso de Pedagogia

Universidade Federal do Paraná Setor de Educação Curso de Pedagogia Carta aos Professores Caro/a professor/a: Agradecemos muito sua contribuição e disposição para as orientações do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do curso de Pedagogia da UFPR. Assim, apresentamos,

Leia mais

PORTIFÓLIO DE CONSULTORIA E ASSESSORIA

PORTIFÓLIO DE CONSULTORIA E ASSESSORIA PORTIFÓLIO DE CONSULTORIA E ASSESSORIA SUMÁRIO DE PROJETOS WORKFLOW... 03 ALINHAMENTO ESTRATÉGICO... 04 IDENTIDADE CORPORATIVA... 04 GESTÃO DE COMPETÊNCIAS... 05 TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO... 05 REMUNERAÇÃO...

Leia mais

Gestão Empresarial para Logística, com duração de 220 horas.

Gestão Empresarial para Logística, com duração de 220 horas. ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DO CURSO O presente curso é composto de quatro módulos, a saber: MÓDULO I MÓDULO II MÓDULO III MÓDULO IV Gestão de Pessoas para Logística, com duração de 220 horas. Gestão Empresarial

Leia mais

Sistemas de Remuneração Tradicionais e a Remuneração Estratégica

Sistemas de Remuneração Tradicionais e a Remuneração Estratégica Sistemas de Remuneração Tradicionais e a Remuneração Estratégica por Camila Hatsumi Minamide* Vivemos em um ambiente com transformações constantes: a humanidade sofre diariamente mudanças nos aspectos

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA GESTÃO EM PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA GESTÃO EM PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA GESTÃO EM PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS PIM II Projeto Integrado Multidisciplinar 2009 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrição e análise de

Leia mais

Etapas para a elaboração de um Pré- Projeto de Pesquisa

Etapas para a elaboração de um Pré- Projeto de Pesquisa Etapas para a elaboração de um Pré- Projeto de Pesquisa Estrutura de um projeto de pesquisa: 1. TEMA E TÍTULO DO PROJETO 2. DELIMITAÇÃO DO PROBLEMA 3. INTRODUÇÃO 4. RELEVÂNCIA E JUSTIFICATIVA 5. OBJETIVOS

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA CONSTRUÇÃO DE PROJETOS CIENTÍFICOS

PROCEDIMENTOS PARA CONSTRUÇÃO DE PROJETOS CIENTÍFICOS PROCEDIMENTOS PARA CONSTRUÇÃO DE PROJETOS CIENTÍFICOS Procedimentos para utilização na disciplina de Prática Profissional I Este documento é parte integrante das Normas Técnicas para Elaboração de Trabalhos

Leia mais

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Um jeito Diferente, Inovador e Prático de fazer Educação Corporativa Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Objetivo: Auxiliar o desenvolvimento

Leia mais

ANEXO 28c MODELO DE PLANO DE NEGÓCIOS - PINS SOLIDÁRIO. Identificação

ANEXO 28c MODELO DE PLANO DE NEGÓCIOS - PINS SOLIDÁRIO. Identificação ANEXO 28c MODELO DE PLANO DE NEGÓCIOS - PINS SOLIDÁRIO Nome da Entidade Identificação Razão Social CGC/CNPJ Inscrição Estadual Inscrição Municipal Descreva as Pricipais Atividades Desenvolvidas pela Entidade

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA GESTÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA GESTÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA GESTÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PIM III Projeto Integrado Multidisciplinar 2009 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Identificar, analisar

Leia mais

Curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda NORMAS PARA ELABORAÇÃO / APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

Curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda NORMAS PARA ELABORAÇÃO / APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda NORMAS PARA ELABORAÇÃO / APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 1 ESTRUTURA A estrutura e a disposição dos elementos de um trabalho acadêmico são as

Leia mais

REGULAMENTO ESCRITÓRIO DE PRÁTICAS DE GESTÃO CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, FINALIDADE E DURAÇÃO

REGULAMENTO ESCRITÓRIO DE PRÁTICAS DE GESTÃO CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, FINALIDADE E DURAÇÃO REGULAMENTO ESCRITÓRIO DE PRÁTICAS DE GESTÃO CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, FINALIDADE E DURAÇÃO Artigo 1º A unidade acadêmico-gerencial modelo designado Escritório de Práticas de Gestão e com nome fantasia

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 18/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes

Leia mais