O ENSINO E APRENDIZADO DE NÚMEROS DECIMAIS SIMULANDO UM MERCADO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O ENSINO E APRENDIZADO DE NÚMEROS DECIMAIS SIMULANDO UM MERCADO"

Transcrição

1 O ENSINO E APRENDIZADO DE NÚMEROS DECIMAIS SIMULANDO UM MERCADO Instituição de Ensino Bolsistas ID Supervisor Coordenador Colégio Estadual Padre Cláudio Morelli Amanda Ferreira Procek Eduarda de Almeida Gomes Thadeu Angelo Miqueletto Prof. Dr. Anderson Roges Teixeira Góes 1. INTRODUÇÃO Este trabalho apresenta uma prática realizada pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação á Docência (PIBID) subprojeto Matemática 3, aplicada no ano letivo de 2016 à duas turmas de 6 ano do Ensino Fundamental do Colégio Estadual Padre Claudio Morelli onde a atividade foi desenvolvida em seis aulas de 45 minutos com aproximadamente 56 alunos ao todo. Nessa atividade utilizamos elementos da Expressão Gráfica (Góes, 2013), principalmente, os materiais manipuláveis, que auxiliam na apresentação de ideias, representações de conceitos, a formalizar e vizualizar problemas e aplicar em várias áreas do conhecimento. O conteúdo de números decimais foi à base de toda formação da atividade, em que foi organizada em três etapas, sendo duas teóricas e uma totalmente prática. A forma como a atividade foi desenvolvida tinha como objetivo fazer com que os alunos fossem capazes de resolver cálculos com números decimais de uma maneira natural, trazendo assim mais facilidades aos alunos com esse conteúdo e também expondo a eles como a matemática está presente no nosso cotidiano. Deste modo, escolhemos trazer a realidade 1

2 para sala de aula com o objetivo de ensinar um conteúdo adverso por eles, pois as Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica (Brasília/2013, P.110) informa que as políticas pedagógicas devem estar ajustadas a realidade do aluno para uma melhor valorização cultural. 2. OBJETIVOS O aluno deve ser capaz de resolver cálculos com números decimais de uma maneira natural, observar o uso desta matéria no cotidiano e brincar aprendendo. 3. RECURSOS Materiais recicláveis arrecadados pelo professor; Caderno para apoio; Lápis ou Caneta para anotações; Tabela Fiscal confeccionada pelo professor; Calculadora (opcional); Dinheiro e moedas confeccionados pelo professor; 4. PROPOSTA E APLICAÇÃO DAS ATIVIDADES A atividade foi dividida em três etapas, sendo elas: 1) Observação; 2) Aplicação da Matemática no Cotidiano, e; 3) Verificação da aprendizagem. Na primeira etapa, fizemos uma atividade para os alunos resolverem, sem contextualização nenhuma de maneira que pudéssemos avaliar o nível de dificuldade e onde estava concentrada esta dificuldade. 2

3 Foto1: Atividade Diagnóstica Na segunda etapa mostramos que a Matemática esta ligada ao nosso dia-a-dia e que nos auxilia em diversas ocasiões e uma delas é a nossa ia ao mercado. A construção do Mercado foi rápida e prática, organizamos a sala de maneira que os produtos ficassem em torno da sala e deixamos o meio para os alunos circularem, cada aluno recebeu o cupom fiscal para anotarem o que compravam e o valor de R$75,00 reais para comprarem no mínimo um produto de cada mesa de maneira que sobrasse troco e esta compra seria para eles passarem o mês. Dada estas instruções, eles teriam 25 minutos para comprar, somar, calcular o troco para finalmente passar pela caixa que iria conferir com a calculadora se os cálculos estavam corretos. O objetivo nesta etapa foi analisar qual produto eles julgavam importantes, se eles sabiam diferenciar os valores 3

4 com a quantidade e se conseguiriam comprar tudo que fosse necessário sem passar a quantidade de dinheiro que eles teriam em cada situação. Foto2: Organização da Sala Foto3: Alunos Durante a Atividade Na terceira e última etapa, é aplicada a mesma atividade da etapa 1 (um), mas de uma maneira contextualizada, o objetivo era concluir onde estaria a maior dificuldade, na linguagem matemática, na leitura e interpretação ou no conteúdo. 4

5 4.1. Confecção do material Foto4: Atividade Conclusiva Os materiais recicláveis foram arrecadados pelo professor por longos meses para esta atividade, foi necessário organizar por categorias e etiquetar cada um com o seu devido valor. As notas foram compradas para facilitar na aplicação da atividade, porém as moedas foram impressas, recortadas e coladas uma a uma. O cupom fiscal foi feito no computador e impresso para os alunos se organizarem melhor durante a atividade e as calculadoras foram emprestada do laboratório de matemática da própria escola. Foto5 e 6: Cupom e/ou Tabela Fiscal e Dinheiro e Calculadores e Moedas 5

6 5. RESULTADOS A aplicação dessa atividade relacionando o mercado com o conteúdo dos números decimais é muito importante, uma vez que trabalha o cálculo mental de maneira rápida e a importância da matemática de se encaixar na realidade do aluno, visto que é um conteúdo em que os estudantes apresentam grandes dificuldades se for apresentado da forma banal e tais dificuldades aparecem também no futuro quando estiverem aprendendo outros conteúdos e em outras séries. E por fim, as correções e analises ainda estão em desenvolvimento, pelas universitárias que durante todo o processo perceberam que os alunos ainda não possuíam a noção do que é necessário comprar no mercado para passar o mês em suas casas, não entendem o porquê de um produto ser mais barato que o outro apenas pela marca, compravam sem saber se poderiam pagar por toda aquela compra e também não sabiam operar as calculadoras, mas a aplicação foi muito gratificante para os alunos que puderam aprender a matemática de forma lúdica, isto é, aprender a teoria brincando na prática e para o professor que pode também ensinar um pouco sobre a matemática da vida, onde o aluno deve saber usar a matemática a seu favor em todas as situações importantes da vida e principalmente no dia-a-dia. 6. REFERÊNCIAS GÓES, H. C. Um esboço de conceituação sobre Expressão Gráfica. Revista Educação Gráfica, vol. 17, no. 1, Bauru/SP, Brasil. As Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica. Brasília/DF

O USO DE MATERIAIS MANIPULÁVEIS E DA TECNOLOGIA NA PREPARAÇÃO DE ALUNOS PARA A OBMEP

O USO DE MATERIAIS MANIPULÁVEIS E DA TECNOLOGIA NA PREPARAÇÃO DE ALUNOS PARA A OBMEP O USO DE MATERIAIS MANIPULÁVEIS E DA TECNOLOGIA NA PREPARAÇÃO DE ALUNOS PARA A OBMEP Instituição de Ensino: Colégio Estadual Padre Cláudio Morelli Bolsistas ID: Amanda Ferreira Procek¹, Matheus Willian².

Leia mais

CALCULADORA TERMOMÉTRICA: A INTERDISCIPLINARIDADE ENTRE MATEMÁTICA E FÍSICA POR MEIO DA EXPRESSÃO GRÁFICA

CALCULADORA TERMOMÉTRICA: A INTERDISCIPLINARIDADE ENTRE MATEMÁTICA E FÍSICA POR MEIO DA EXPRESSÃO GRÁFICA CALCULADORA TERMOMÉTRICA: A INTERDISCIPLINARIDADE ENTRE MATEMÁTICA E FÍSICA POR MEIO DA EXPRESSÃO GRÁFICA Instituição de Ensino Bolsistas ID Colégio Estadual Padre Cláudio Morelli Gessiel Nardini Sperotto

Leia mais

UTILIZANDO O SOFTWARE SKETCHUP NA CONSTRUÇÃO DE MAQUETE VIRTUAL AUXILIANDO NO ENSINO E APRENDIZADODE GEOMETRIA

UTILIZANDO O SOFTWARE SKETCHUP NA CONSTRUÇÃO DE MAQUETE VIRTUAL AUXILIANDO NO ENSINO E APRENDIZADODE GEOMETRIA UTILIZANDO O SOFTWARE SKETCHUP NA CONSTRUÇÃO DE MAQUETE VIRTUAL AUXILIANDO NO ENSINO E APRENDIZADODE GEOMETRIA Instituição de Ensino: Escola Estadual Padre Claudio Morelli Bolsistas ID: Aline Ferreira

Leia mais

PRÁTICA INVESTIGATIVA COM AUXÍLIO DE MATERIAIS MANIPULÁVEIS NO ENSINO E APRENDIZADO DE POLÍGONOS

PRÁTICA INVESTIGATIVA COM AUXÍLIO DE MATERIAIS MANIPULÁVEIS NO ENSINO E APRENDIZADO DE POLÍGONOS PRÁTICA INVESTIGATIVA COM AUXÍLIO DE MATERIAIS MANIPULÁVEIS NO ENSINO E APRENDIZADO DE POLÍGONOS Instituição de Ensino Bolsistas ID Supervisor Coordenador Escola Municipal Coronel Durival de Britto e Silva

Leia mais

DESCOBRINDO O TEOREMA DE PITÁGORAS

DESCOBRINDO O TEOREMA DE PITÁGORAS DESCOBRINDO O TEOREMA DE PITÁGORAS Instituição de Ensino Bolsistas ID Supervisor Coordenador Escola Municipal Coronel Durival Britto e Silva Jaqueline Hoschele e Adriano Cesar Bueno. Juliana da Cruz de

Leia mais

Palavras-chave: Subprojeto PIBID da Licenciatura em Matemática, Laboratório de Educação Matemática, Formação de professores.

Palavras-chave: Subprojeto PIBID da Licenciatura em Matemática, Laboratório de Educação Matemática, Formação de professores. 00465 A IMPLANTAÇÃO DE UM LABORATÓRIO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA EM UMA ESCOLA PÚBLICA Regina Helena Munhoz Professora Adjunta Departamento de Matemática UDESC Universidade do Estado de Santa Catarina RESUMO

Leia mais

PROJETO: CONTANDO CENTAVOS

PROJETO: CONTANDO CENTAVOS PIBID - Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência Escola Municipal Hermann Gmeiner Disciplina: Matemática Docentes: João Batista de Oliveira Neto Damião Xavier de Medeiros PROJETO: CONTANDO

Leia mais

O USO DO TEODOLITO COMO METODOLOGIA DE ENSINO- APRENDIZAGEM DE RAZÕES TRIGONOMÉTRICAS

O USO DO TEODOLITO COMO METODOLOGIA DE ENSINO- APRENDIZAGEM DE RAZÕES TRIGONOMÉTRICAS O USO DO TEODOLITO COMO METODOLOGIA DE ENSINO- APRENDIZAGEM DE RAZÕES TRIGONOMÉTRICAS Eunice Moreira dos Santos 1 Universidade Federal da Grande Dourados eunicejhoy@hotmail.com Alessandra Querino da Silva

Leia mais

Diego Aparecido Maronese Matemática. Íria Bonfim Gaviolli Matemática

Diego Aparecido Maronese Matemática. Íria Bonfim Gaviolli Matemática Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR) Tipo do produto: Plano de Aula 1 IDENTIFICAÇÃO SUBPROJETO MATEMÁTICA/FECEA:

Leia mais

QUESTÕES DO ENEM EM ATIVIDADES DO PIBID: um relato de experiência.

QUESTÕES DO ENEM EM ATIVIDADES DO PIBID: um relato de experiência. QUESTÕES DO ENEM EM ATIVIDADES DO PIBID: um relato de experiência. Edilson Cézar Rodrigues Dantas 1 Jonas Bertino de Paula 2 José Jefferson da Silva 3 Jonh Cleidson da Silva 4 Cristiane de Arimatéa Rocha

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio Etec Plano de Curso nº 213 aprovado pela portaria Cetec nº 134 de 04/10/2014 Etec: ERMELINDA GIANNINI TEIXEIRA Código: 0187 Município: SANTANA

Leia mais

PROJETO: OPERAÇÕES COM NÚMEROS DECIMAIS

PROJETO: OPERAÇÕES COM NÚMEROS DECIMAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID) ESCOLA MUNICIPAL HERMANN GMEINNER Bolsistas: Jacqueline Cristina de Medeiros Supervisora: Patrícia

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE DOBRADURAS DE PAPEL NO ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA

UTILIZAÇÃO DE DOBRADURAS DE PAPEL NO ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA UTILIZAÇÃO DE DOBRADURAS DE PAPEL NO ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA Shirley Aparecida de Morais Escola 31 de março shiamo@seed.pr.gov.br Rita de Cássia Amaral Vieira rcamaral@hotmail.comr Samantha

Leia mais

Condições de relacionar as duas situações: equações lineares e sistemas de equações lineares; A compreensão de conceitos de matrizes e determinantes.

Condições de relacionar as duas situações: equações lineares e sistemas de equações lineares; A compreensão de conceitos de matrizes e determinantes. GUIA DO PROFESSOR DO MÓDULO 6 TÍTULO DO OA: ESCALONADOR CATEGORIA: MATEMÁTICA SUB-CATEGORIA: ESCALONAMENTO DE MATRIZES PARA RESOLUÇÃO DE SISTEMAS DE EQUAÇÕES LINEARES PÚBLICO ALVO: ENSINO MÉDIO INTRODUÇÃO

Leia mais

SUBPROJETO PEDAGOGIA PIBID UNOESC VIDEIRA ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOSEFINA CALDEIRA DE ANDRADE

SUBPROJETO PEDAGOGIA PIBID UNOESC VIDEIRA ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOSEFINA CALDEIRA DE ANDRADE SUBPROJETO PEDAGOGIA PIBID UNOESC VIDEIRA ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA JOSEFINA CALDEIRA DE ANDRADE Diretora: Maristela Lang Ferraz Coordenador: Geraldo Vieceli Supervisora: Janice Ariotti Bolsistas: Samuel

Leia mais

Diego Aparecido Maronese Matemática. Íria Bonfim Gaviolli Matemática

Diego Aparecido Maronese Matemática. Íria Bonfim Gaviolli Matemática Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR) Tipo do produto: Plano de Aula 1 IDENTIFICAÇÃO SUBPROJETO MATEMÁTICA/FECEA:

Leia mais

APRENDENDO GEOMETRIA ATRAVÉS DE ATIVIDADES LÚDICAS

APRENDENDO GEOMETRIA ATRAVÉS DE ATIVIDADES LÚDICAS 27 a 30 de agosto de 2014. APRENDENDO GEOMETRIA ATRAVÉS DE ATIVIDADES LÚDICAS CALABREZ, Mayara Caetano Instituto Federal do Espírito Santo - Cachoeiro mayaracalabrez@hotmail.com MOREIRA, Michelli Rodrigues

Leia mais

PRODUÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA: UMA AÇÃO DO PIBID/MATEMÁTICA/CCT/UFCC

PRODUÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA: UMA AÇÃO DO PIBID/MATEMÁTICA/CCT/UFCC PRODUÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICO-PEDAGÓGICOS PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA: UMA AÇÃO DO PIBID/MATEMÁTICA/CCT/UFCC Dhiego Vieira do Amaral (UFCG); Késia de Mélo Hermenegildo (UFCG); Severino Horácio da Silva

Leia mais

A AULA DEMONSTRATIVA E A AULA PRÁTICA COMO MEIOS DE APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA PARA ALUNOS DE ENSINO BÁSICO REALIZADAS POR PIBID DE BIOLOGIA

A AULA DEMONSTRATIVA E A AULA PRÁTICA COMO MEIOS DE APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA PARA ALUNOS DE ENSINO BÁSICO REALIZADAS POR PIBID DE BIOLOGIA A AULA DEMONSTRATIVA E A AULA PRÁTICA COMO MEIOS DE APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA PARA ALUNOS DE ENSINO BÁSICO REALIZADAS POR PIBID DE BIOLOGIA Vanessa Gomes Silva 1, Aline Bezerra da Silva Santos 2, André

Leia mais

Palavras-chave: Ensino de Química; Contextualização; Laboratório de Química; Conceitos Científicos; Experimentação. 1. INTRODUÇÃO

Palavras-chave: Ensino de Química; Contextualização; Laboratório de Química; Conceitos Científicos; Experimentação. 1. INTRODUÇÃO A EXPERIMENTAÇÃO NO ENSINO DE QUÍMICA NUMA PERSPECTIVA PROBLEMATIZADORA E CONTEXTUALIZADA: UM AUXÍLIO NA CONSTRUÇÃO DE CONCEITOS CIENTÍFICOS NO ENSINO MÉDIO Márcia Valente de Brito Dantas 1* Lígia Maria

Leia mais

DOMINÓ E OPERAÇÕES COM FRAÇÕES: UMA COMBINAÇÃO POSSÍVEL. Apresentação: Pôster

DOMINÓ E OPERAÇÕES COM FRAÇÕES: UMA COMBINAÇÃO POSSÍVEL. Apresentação: Pôster 1 DOMINÓ E OPERAÇÕES COM FRAÇÕES: UMA COMBINAÇÃO POSSÍVEL Apresentação: Pôster Ticiano Sousa 1 ; Manassés da Silva Batista 2 ; João Alves da Silva 3 ; Francismar Holanda 4 Introdução A implementação dos

Leia mais

Jogando com a tabuada

Jogando com a tabuada Universidade Federal do Rio Grande do Norte Coordenação de aperfeiçoamento de pessoal de nível superior Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência Centro de Ensino Superior do Seridó-Campus

Leia mais

GINCAMÁTICA. Marília Zabel 1 Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC CCT

GINCAMÁTICA. Marília Zabel 1 Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC CCT GINCAMÁTICA Marília Zabel 1 Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC CCT mari_lia_zabel@hotmail.com Airton Camilo Côrrea Júnior 2 E.E.B. Professor Rudolfo Meyer airtonjr80@gmail.com Regina Helena

Leia mais

Diego Aparecido Maronese Matemática. Íria Bonfim Gaviolli Matemática

Diego Aparecido Maronese Matemática. Íria Bonfim Gaviolli Matemática Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR) Tipo do produto: Plano de Aula 1 IDENTIFICAÇÃO SUBPROJETO MATEMÁTICA/FECEA:

Leia mais

JOGOS MATEMÁTICOS BASEADOS NA TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS

JOGOS MATEMÁTICOS BASEADOS NA TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS JOGOS MATEMÁTICOS BASEADOS NA TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS Carlos Henrique Lange carloshenriquelange@hotmail.com José Guilherme Simion Antunes guisimion@gmail.com Juliana Raupp raupp_juliana@yahoo.com

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio. Habilitação Profissional: Técnico em informática para Internet Integrado ao Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio. Habilitação Profissional: Técnico em informática para Internet Integrado ao Ensino Médio Plano de Trabalho Docente - 2015 Ensino Médio Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Área de Conhecimento: Matemática Componente Curricular: Matemática Série: 1ª Eixo Tecnológico:

Leia mais

UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE O JOGO CUBRA 12 A PARTIR DE EXPERIÊNCIAS VIVENCIADAS NO PIBID/IFES

UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE O JOGO CUBRA 12 A PARTIR DE EXPERIÊNCIAS VIVENCIADAS NO PIBID/IFES UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE O JOGO CUBRA 12 A PARTIR DE EXPERIÊNCIAS VIVENCIADAS NO PIBID/IFES Lauro Chagas e Sá Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Espírito Santo Ifes Campus Vitória proflaurosa@gmail.com

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DOS ALUNOS EVADIDOS

ACOMPANHAMENTO DOS ALUNOS EVADIDOS ACOMPANHAMENTO DOS ALUNOS EVADIDOS Flávia de Jesus Medeiros i Discente da Faculdade de Educação e Estudos Sociais de Uberlândia flaviamedeiros97@gmail.com Janaina Silva Reis ii Discente da Faculdade de

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Rio Grande do Norte Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID)

Ministério da Educação Universidade Federal do Rio Grande do Norte Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) Ministério da Educação Universidade Federal do Rio Grande do Norte Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA EM BIOLOGIA TEMA: ENSINO INVESTIGATIVO

Leia mais

A DIFERENÇA ENTRE O ESTÁGIO SUPERVISIONADO E O PIBID NA FORMAÇÃO INICIAL EM EDUCAÇÃO FÍSICA

A DIFERENÇA ENTRE O ESTÁGIO SUPERVISIONADO E O PIBID NA FORMAÇÃO INICIAL EM EDUCAÇÃO FÍSICA A DIFERENÇA ENTRE O ESTÁGIO SUPERVISIONADO E O PIBID NA FORMAÇÃO INICIAL EM EDUCAÇÃO FÍSICA (Autor) Bruno Rocha; (Co-autor) Júlio César Andrade; (Co-autor) Cláudia Jeciane Souza; (Coautor) Mylena Teixeira

Leia mais

Caderno de apoio Alunos e Pais

Caderno de apoio Alunos e Pais Caderno de apoio Alunos e Pais ÍNDICE Apresentação... 3 Aprofunde os conteúdos vistos em sala de aula... 4 Amplie as fontes de pesquisas... 4 Aprenda com recursos interativos e linguagens diferenciadas...

Leia mais

GEOMETRIA DAS ABELHAS: APLICAÇÃO DE CONCEITOS GEOMÉTRICOS UTILIZANDO MATERIAL MANIPULÁVEL

GEOMETRIA DAS ABELHAS: APLICAÇÃO DE CONCEITOS GEOMÉTRICOS UTILIZANDO MATERIAL MANIPULÁVEL ISSN 2316-7785 GEOMETRIA DAS ABELHAS: APLICAÇÃO DE CONCEITOS GEOMÉTRICOS UTILIZANDO MATERIAL MANIPULÁVEL Luana Pimentel Universidade Federal do Recôncavo da Bahia pimentelluana@ymail.com Emanuele da Silva

Leia mais

PLANO DE AULA DOMINÓ DE FRAÇÕES. 2. Conteúdo(s): Adição e subtração de frações de mesmo denominador.

PLANO DE AULA DOMINÓ DE FRAÇÕES. 2. Conteúdo(s): Adição e subtração de frações de mesmo denominador. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Educação Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência PIBID/UFPR Projeto Interdisciplinar Pedagogia e Matemática PLANO DE AULA DOMINÓ DE FRAÇÕES Isabella

Leia mais

ALIANDO A TEORIA E A PRÁTICA DOCENTE NO COTIDIANO DA ESCOLA ATRAVÉS DO PIBID

ALIANDO A TEORIA E A PRÁTICA DOCENTE NO COTIDIANO DA ESCOLA ATRAVÉS DO PIBID ALIANDO A TEORIA E A PRÁTICA DOCENTE NO COTIDIANO DA ESCOLA ATRAVÉS DO PIBID 2 ALIANDO A TEORIA E A PRÁTICA DOCENTE NO COTIDIANO DA ESCOLA ATRAVÉS DO PIBID BORGES Maria Jesus da Cunha 1 MORAES Adriana

Leia mais

O LÚDICO NO ESTUDO DE FUNÇÃO EXPONENCIAL

O LÚDICO NO ESTUDO DE FUNÇÃO EXPONENCIAL O LÚDICO NO ESTUDO DE FUNÇÃO EXPONENCIAL Instituição de Ensino Bolsistas ID Supervisor Coordenador Colégio Estadual Padre Cláudio Morelli Ensino Fundamental e Médio Gessiel Nardini Sperotto Prof. Thadeu

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS CAÇAPAVA DO SUL PROGRAMA DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA SUBPROJETO QUÍMICA PORTFÓLIO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS CAÇAPAVA DO SUL PROGRAMA DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA SUBPROJETO QUÍMICA PORTFÓLIO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS CAÇAPAVA DO SUL PROGRAMA DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA SUBPROJETO QUÍMICA PORTFÓLIO Bolsista: Marcelo Fonseca Vivian DADOS DE IDENTIFICAÇÃO BOLSISTA: Marcelo Fonseca

Leia mais

Relatório de participação no PIBID

Relatório de participação no PIBID Relatório de participação no PIBID Pedro Henrique Silva São João Del Rei Janeiro 2013 Introdução O PIBID (Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência), da CAPES, foi iniciado em 2008. É um

Leia mais

aparecem os números, na parte de cima da máquina)

aparecem os números, na parte de cima da máquina) Um número de quatro algarismos multiplicado por outro de três algarismos deu como resultado 123 123. Quais são esses números? Vamos aprender a utilizar a máquina de calcular em operações simples. Para

Leia mais

O TANGRAM COMO RECURSO DA EXPRESSÃO GRÁFICA NO ENSINO E APRENDIZADO DE ÁREAS

O TANGRAM COMO RECURSO DA EXPRESSÃO GRÁFICA NO ENSINO E APRENDIZADO DE ÁREAS O TANGRAM COMO RECURSO DA EXPRESSÃO GRÁFICA NO ENSINO E APRENDIZADO DE ÁREAS Instituição de Ensino: Bolsistas ID : Supervisor: Coordenador Colégio Estadual Padre Cláudio Morelli Matheus Willian Duarte

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA: Como calcular o perímetro de um círculo?

RELATO DE EXPERIÊNCIA: Como calcular o perímetro de um círculo? PROFESSORA: Alexandra Petry Leonardo. PROFESSOR COAUTOR: Nilton Sérgio Rech. CRTE -Toledo E-mail: alepetry@seed.pr.gov.br ESCOLA: Colégio Estadual Professor Jaime Rodrigues. Ensino Fundamental e Médio.

Leia mais

RACHA A CUCA DA MICROBIOLOGIA: PROPOSTA DIDÁTICA EM CONTEÚDOS DE VÍRUS E BACTÉRIAS NO ENSINO MÉDIO

RACHA A CUCA DA MICROBIOLOGIA: PROPOSTA DIDÁTICA EM CONTEÚDOS DE VÍRUS E BACTÉRIAS NO ENSINO MÉDIO RACHA A CUCA DA MICROBIOLOGIA: PROPOSTA DIDÁTICA EM CONTEÚDOS DE VÍRUS E BACTÉRIAS NO ENSINO MÉDIO Brenda Elen de Brito Sousa; Anderson de Melo Moreira; Universidade Federal do Piauí. Email: arthurebrenda@hotmail.com

Leia mais

Escola Superior de Educação João de Deus. Relatório de Avaliação às Unidades Curriculares 1.º semestre /2016

Escola Superior de Educação João de Deus. Relatório de Avaliação às Unidades Curriculares 1.º semestre /2016 Licenciatura em EDUCAÇÃO BÁSICA às Unidades Curriculares 1.º semestre - 2015/2016 1. Introdução A avaliação está intimamente ligada ao processo de qualidade, de desenvolvimento e de aperfeiçoamento organizacional.

Leia mais

O PIBID COMO DIVISOR DE ÁGUAS PARA UMA PEDAGOGIA LIVRE E CRIATIVA

O PIBID COMO DIVISOR DE ÁGUAS PARA UMA PEDAGOGIA LIVRE E CRIATIVA O PIBID COMO DIVISOR DE ÁGUAS PARA UMA PEDAGOGIA LIVRE E CRIATIVA Laurena Fragoso Martinez Blanco Acadêmica do Curso de Pedagogia da UNICENTRO Irati e bolsista do Programa Institucional de Iniciação á

Leia mais

UTILIZANDO A METODOLOGIA DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS PARA O ENSINO DE PROGRESSÃO ARITMÉTICA

UTILIZANDO A METODOLOGIA DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS PARA O ENSINO DE PROGRESSÃO ARITMÉTICA UTILIZANDO A METODOLOGIA DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS PARA O ENSINO DE PROGRESSÃO ARITMÉTICA Resumo 1. Gracy Eveliny Santos Mól 1 IFES gracyeveliny@hotmail.com Estevão Carvalho Pereira 2 EEEFM Belmiro Teixeira

Leia mais

As diversas linguagens da Multiplicação

As diversas linguagens da Multiplicação As diversas linguagens da Multiplicação E.E. Profa. CLORINDA TRITTO GIANGIACOMO Sala 12 Sessão 2 Professoras Apresentadoras: Giane Feitoza do Amaral Mariane Gomes Cabral Realização: Foco O projeto As diversas

Leia mais

A contribuição do PIBID na melhoria do ensino de Geografia Verônica Amparo Medeiros

A contribuição do PIBID na melhoria do ensino de Geografia Verônica Amparo Medeiros A contribuição do PIBID na melhoria do ensino de Geografia Verônica Amparo Medeiros Discente do Curso de Geografia da Universidade Federal de Uberlândia, Faculdade de Ciências Integradas do Pontal, campus

Leia mais

Jogos Educativos. Joceline Mausolff Grübel. Marta Rosecler Bez. Centro Universitário Feevale

Jogos Educativos. Joceline Mausolff Grübel. Marta Rosecler Bez.  Centro Universitário Feevale Jogos Educativos Joceline Mausolff Grübel joceline.grubel@gmail.com Marta Rosecler Bez martabez@feevale.br Centro Universitário Feevale Novo Hamburgo, novembro de 2006. Roteiro Introdução A importância

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA CADERNO 1

LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA CADERNO 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO 2008 ETAPA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO 2º ANO - CICLO II LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA CADERNO 1 ESCOLA: NOME: TURMA:

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA CADERNO 2

LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA CADERNO 2 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO 2008 ETAPA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO 2º ANO - CICLO II LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA CADERNO 2 AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

Leia mais

UTILIZANDO MÉTODOS DIFERENCIADOS A FAVOR DO ENSINO DA MATEMÁTICA. GT 02 Educação Matemática no Ensino Médio e Ensino Superior

UTILIZANDO MÉTODOS DIFERENCIADOS A FAVOR DO ENSINO DA MATEMÁTICA. GT 02 Educação Matemática no Ensino Médio e Ensino Superior UTILIZANDO MÉTODOS DIFERENCIADOS A FAVOR DO ENSINO DA MATEMÁTICA GT 02 Educação Matemática no Ensino Médio e Ensino Superior Andressa Miranda Esteves Martinez, Unipampa, amirandaesteves@bol.com.br Andréa

Leia mais

ANÁLISE DAS RESOLUÇÕES DE PROBLEMAS ENVOLVENDO CÍRCULO E CIRCUNFERÊNCIA NA PRODUÇÃO DAS PEÇAS DE ARTESANATO COM CAPIM DOURADO

ANÁLISE DAS RESOLUÇÕES DE PROBLEMAS ENVOLVENDO CÍRCULO E CIRCUNFERÊNCIA NA PRODUÇÃO DAS PEÇAS DE ARTESANATO COM CAPIM DOURADO ANÁLISE DAS RESOLUÇÕES DE PROBLEMAS ENVOLVENDO CÍRCULO E CIRCUNFERÊNCIA NA PRODUÇÃO DAS PEÇAS DE ARTESANATO COM CAPIM DOURADO Luciana Tavares de Sousa; Rochelande Felipe Rodrigues Aluna do Curso de Licenciatura

Leia mais

Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR)

Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR) Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR) Tipo do produto: Plano de Aula 1 IDENTIFICAÇÃO SUBPROJETO MATEMÁTICA/FECEA:

Leia mais

FACCAMP Faculdade Campo Limpo Paulista Curso Graduação em Pedagogia, Licenciatura Res. CNE/CP no. 1/2006 Diretrizes Curriculares Nacionais

FACCAMP Faculdade Campo Limpo Paulista Curso Graduação em Pedagogia, Licenciatura Res. CNE/CP no. 1/2006 Diretrizes Curriculares Nacionais Campo Limpo Paulista 2012 2 Atualizado em 14.08.2012 PORTFÓLIO DE FORMAÇÃO Regulamento 1. Apresentação O Portfólio de formação é um documento que facilita a observação da aprendizagem do aluno, por ele

Leia mais

EXPLORANDO OS POLINÔMIOS E OS GRÁFICOS DAS FUNÇÕES POLINOMIAIS

EXPLORANDO OS POLINÔMIOS E OS GRÁFICOS DAS FUNÇÕES POLINOMIAIS EXPLORANDO OS POLINÔMIOS E OS GRÁFICOS DAS FUNÇÕES POLINOMIAIS Educação Matemática nos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio (Emaiefem) GT 10 Marcelino Jose de CARVALHO Universidade Federal

Leia mais

APROXIMANDO A MATEMÁTICA DA REALIDADE DO EDUCANDO

APROXIMANDO A MATEMÁTICA DA REALIDADE DO EDUCANDO APROXIMANDO A MATEMÁTICA DA REALIDADE DO EDUCANDO Willian Carvalho da Silva (Bolsista)¹ Prof. a Dr. a Regina Litz Lablém (Orientadora)² 1 Estudante Bolsista do Curso de matemática da UEMS, Unidade Universitária

Leia mais

Instituto Federal Farroupilha, Lic. em Matemática, CAPES/PIBID, 2

Instituto Federal Farroupilha, Lic. em Matemática, CAPES/PIBID, 2 NÚMEROS PRIMOS E O CRIVO DE ERATÓSTENES André da Silva Alves 1 *Camila Dorneles da Rosa 2 Débora da Silva de Lara 3 Jéssica Marilda Gomes Mendes 4 Mariély Rodrigues Anger 5 Silviana Izabel Freire Severo

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 233 aprovado pela portaria Cetec nº 172 de 13/09/2013 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e

Leia mais

SEDUC SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS BRIANTE ELIANE CALHEIROS

SEDUC SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS BRIANTE ELIANE CALHEIROS SEDUC SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS BRIANTE ELIANE CALHEIROS OLIVIA EVANGELISTA BENEVIDES THIANE ARAUJO COSTA TRABALHANDO A MATEMÁTICA DE FORMA DIFERENCIADA A

Leia mais

Escola Adventista Thiago White

Escola Adventista Thiago White Roteiro de Matemática 6º ano A e B - 1º Bimestre Data Início / / Data Término / / Nota: Tema: Números Primos, MMC e MDC Conceituar um número primo e verificar se um número dado é ou não primo. Obter o

Leia mais

ISSN ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções)

ISSN ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) 13. CONEX Pôster Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO

Leia mais

Aluno(a): / / Cidade Polo: CPF: Curso: ATIVIDADE AVALIATIVA ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA

Aluno(a): / / Cidade Polo:   CPF: Curso: ATIVIDADE AVALIATIVA ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA Aluno(a): / / Cidade Polo: E-mail: CPF: Curso: ATIVIDADE AVALIATIVA ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA Preencha o GABARITO: 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 Observação: Nesta atividade há 10 (dez) questões de múltipla

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE ACOMPANHAMENTO DOS PROGRAMAS INSTITUCIONAIS NÚCLEO DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO CURRICULAR

SUPERINTENDÊNCIA DE ACOMPANHAMENTO DOS PROGRAMAS INSTITUCIONAIS NÚCLEO DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO CURRICULAR SUPERINTENDÊNCIA DE ACOMPANHAMENTO DOS PROGRAMAS INSTITUCIONAIS NÚCLEO DE ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO CURRICULAR 2ª AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 2012 MATEMÁTICA

Leia mais

» INTRODUÇÃO. Realização de Provas e Exames JNE/2015 Alunos com Necessidades Educativas Especiais, da

» INTRODUÇÃO. Realização de Provas e Exames JNE/2015 Alunos com Necessidades Educativas Especiais, da INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA MATEMÁTICA PROVA 52 2015 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)» INTRODUÇÃO Este documento foi construído de acordo com a Informação

Leia mais

TRABALHANDO CONTEÚDOS MATEMÁTICOS NUMA PERSPECTIVA DE APROFUNDAMENTO DAS PROPRIEDADES FUNDAMENTAIS OPERATÓRIAS

TRABALHANDO CONTEÚDOS MATEMÁTICOS NUMA PERSPECTIVA DE APROFUNDAMENTO DAS PROPRIEDADES FUNDAMENTAIS OPERATÓRIAS TRABALHANDO CONTEÚDOS MATEMÁTICOS NUMA PERSPECTIVA DE APROFUNDAMENTO DAS PROPRIEDADES FUNDAMENTAIS OPERATÓRIAS Carla R. da Silva 1 karlinhasbento@hotmail.com Lígia S. Bastos 2 ligiasousabastos@gmail.com

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA MATEMÁTICA NOS BORDADOS

A INFLUÊNCIA DA MATEMÁTICA NOS BORDADOS A INFLUÊNCIA DA MATEMÁTICA NOS BORDADOS Marli Alves Lobo 1 Resumo Nesse relato iremos abordar o trabalho sobre transformações geométricas encontradas no bordado ponto cruz elaborado em conjunto com alunas

Leia mais

A prova é constituída por dois cadernos (Caderno 1 e Caderno 2), sendo permitido o uso de calculadora apenas no Caderno 1.

A prova é constituída por dois cadernos (Caderno 1 e Caderno 2), sendo permitido o uso de calculadora apenas no Caderno 1. INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA MATEMÁTICA Prova 82 2015 3º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) O presente documento divulga informação relativa à prova final a

Leia mais

O USO DO JOGO LÚDICO COMO UMA ALTERNATIVA DIDÁTICA PARA O ENSINO DA TABELA PERIÓDICA NA ESCOLA ESTADUAL ORLANDO VENÂNCIO DOS SANTOS

O USO DO JOGO LÚDICO COMO UMA ALTERNATIVA DIDÁTICA PARA O ENSINO DA TABELA PERIÓDICA NA ESCOLA ESTADUAL ORLANDO VENÂNCIO DOS SANTOS O USO DO JOGO LÚDICO COMO UMA ALTERNATIVA DIDÁTICA PARA O ENSINO DA TABELA PERIÓDICA NA ESCOLA ESTADUAL ORLANDO VENÂNCIO DOS SANTOS Rafaela Cristina dos Santos Lima (1); Edson de Oliveira Costa (1); José

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL. Documento(s) Orientador(es): Programa e Metas de Aprendizagem

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL. Documento(s) Orientador(es): Programa e Metas de Aprendizagem AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa e Metas de Aprendizagem 3º CICLO MATEMÁTICA 7ºANO TEMAS/DOMÍNIOS CONTEÚDOS OBJETIVOS

Leia mais

5. Objetivo geral (prever a contribuição da disciplina em termos de conhecimento, habilidades e atitudes para a formação do aluno)

5. Objetivo geral (prever a contribuição da disciplina em termos de conhecimento, habilidades e atitudes para a formação do aluno) ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM 1. Curso: Missão do Colégio: Promover o desenvolvimento do cidadão e, na sua ação educativa,

Leia mais

5. Objetivo geral (prever a contribuição da disciplina em termos de conhecimento, habilidades e atitudes para a formação do aluno)

5. Objetivo geral (prever a contribuição da disciplina em termos de conhecimento, habilidades e atitudes para a formação do aluno) ANEXO I UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE UNIVILLE COLÉGIO DA UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM 1. Curso: Missão do Colégio: Promover o desenvolvimento do cidadão e, na sua ação educativa,

Leia mais

O QUE PENSAM OS ESTUDANTES DA ESCOLA SINHA SABÓIA SOBRE A MATEMÁTICA

O QUE PENSAM OS ESTUDANTES DA ESCOLA SINHA SABÓIA SOBRE A MATEMÁTICA O QUE PENSAM OS ESTUDANTES DA ESCOLA SINHA SABÓIA SOBRE A MATEMÁTICA Camila Sousa Vasconcelos Estudante-Bolsista do PIBID/Matemática/UVA Luana de Sousa Sales Estudante-Bolsista do PIBID/Matemática/UVA

Leia mais

APLICAÇÃO DE EQUAÇÃO DO SEGUNDO GRAU COM MATERIAIS MANIPULÁVEIS: JOGO TRILHA DAS EQUAÇÕES

APLICAÇÃO DE EQUAÇÃO DO SEGUNDO GRAU COM MATERIAIS MANIPULÁVEIS: JOGO TRILHA DAS EQUAÇÕES APLICAÇÃO DE EQUAÇÃO DO SEGUNDO GRAU COM MATERIAIS MANIPULÁVEIS: JOGO TRILHA DAS EQUAÇÕES Rafael Pereira da Silva Universidade Estadual da Paraíba rafaelpereira.jt@hotmail.com Jailson Lourenço de Pontes

Leia mais

O PIBID LETRAS PORTUGUÊS NO COLÉGIO ESTADUAL PADRE HONORINO: INSERÇÃO DA LITERATURA POR MEIO DE CONTOS E FÁBULAS NO ENSINO FUNDAMENTAL II

O PIBID LETRAS PORTUGUÊS NO COLÉGIO ESTADUAL PADRE HONORINO: INSERÇÃO DA LITERATURA POR MEIO DE CONTOS E FÁBULAS NO ENSINO FUNDAMENTAL II O PIBID LETRAS PORTUGUÊS NO COLÉGIO ESTADUAL PADRE HONORINO: INSERÇÃO DA LITERATURA POR MEIO DE CONTOS E FÁBULAS NO ENSINO FUNDAMENTAL II Ana Hemily Procz (UNICENTRO CAPES) Daiane Campagnaro (UNICENTRO

Leia mais

CONSTRUINDO MODELOS DE CÉLULAS ANIMAL E VEGETAL: UMA ESTRATÉGIA DE ENSINO EM CIÊNCIAS DA NATUREZA

CONSTRUINDO MODELOS DE CÉLULAS ANIMAL E VEGETAL: UMA ESTRATÉGIA DE ENSINO EM CIÊNCIAS DA NATUREZA CONSTRUINDO MODELOS DE CÉLULAS ANIMAL E VEGETAL: UMA ESTRATÉGIA DE ENSINO EM CIÊNCIAS DA NATUREZA MODELOS BÁSICOS DE ANIMALES Y VEGETALES CÉLULAS: UNA ESTRATEGIA PARA LA ENSEÑANZA EN LAS CIENCIAS DE LA

Leia mais

Plano de aula Objeto de Aprendizagem: KAlgebra

Plano de aula Objeto de Aprendizagem: KAlgebra Plano de aula Objeto de Aprendizagem: KAlgebra Dados de identificação Disciplina: Matemática. Assunto: Representação de Formas Geométricas/ Gráficos no Plano. Série indicada: 5ª Série do Ensino Fundamental.

Leia mais

Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID. Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR)

Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID. Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR) Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR) Tipo do produto: Plano de aula 1 IDENTIFICAÇÃO SUBPROJETO MATEMÁTICA/FECEA:

Leia mais

Desenvolvendo o Pensamento Matemático em Diversos Espaços Educativos AULÃO DA OBMEP: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Desenvolvendo o Pensamento Matemático em Diversos Espaços Educativos AULÃO DA OBMEP: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA AULÃO DA OBMEP: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA Educação Matemática nos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio (EMAIEFEM) GT 10 Washington Leonardo Quirino dos SANTOS washington-leonardo@hotmail.com

Leia mais

II ENCONTRO DE DIVULGAÇÃO DE ATIVIDADES DE PESQUISA, ENSINO E EXTENSÃO PIBID UENP: DESAFIOS E PERSPECTIVAS

II ENCONTRO DE DIVULGAÇÃO DE ATIVIDADES DE PESQUISA, ENSINO E EXTENSÃO PIBID UENP: DESAFIOS E PERSPECTIVAS O ENSINO DE CIÊNCIAS COMO INVESTIGAÇÃO POR MEIO DA EXPERIMENTAÇÃO EM FÍSICA MARCELINO, P.G¹; GUARINI, C, M. ¹; PONCIANO, J. F. M. P. ¹; STABILE, H.G. ¹; ASSIS, M. F. ¹; GOMES, M. S. ¹; SANTOS, C. H. C.

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DO LIVRO PARADIDÁTICO NO ENSINO DE MATEMÁTICA NA MODALIDADE EJA: CONTRIBUIÇÕES PARA UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA.

A UTILIZAÇÃO DO LIVRO PARADIDÁTICO NO ENSINO DE MATEMÁTICA NA MODALIDADE EJA: CONTRIBUIÇÕES PARA UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA. A UTILIZAÇÃO DO LIVRO PARADIDÁTICO NO ENSINO DE MATEMÁTICA NA MODALIDADE EJA: CONTRIBUIÇÕES PARA UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA. Autor: Fernanda Cíntia Costa Matos Universidade Federal do Ceará fcintiacm@gmail.com

Leia mais

APRENDENDO MATEMÁTICA: A ESCOLA E O USO DOS JOGOS

APRENDENDO MATEMÁTICA: A ESCOLA E O USO DOS JOGOS APRENDENDO MATEMÁTICA: A ESCOLA E O USO DOS JOGOS Alaiane Silva da Cunha Mendonça Lai1989paulo@hotmail.com Alzenira de Oliveira Carvalho Escola Prof.ª Berta Vieira de Andrade BVA oliveiraalzenira@hotmail.com

Leia mais

OFICINAS DE VELAS AROMÁTICAS NO DIA DOS NAMORADOS DO PIBID QUÍMICA ESCOLA LUIZ MÉRCIO

OFICINAS DE VELAS AROMÁTICAS NO DIA DOS NAMORADOS DO PIBID QUÍMICA ESCOLA LUIZ MÉRCIO Oficinas OFICINAS DE VELAS AROMÁTICAS NO DIA DOS NAMORADOS DO PIBID QUÍMICA ESCOLA LUIZ MÉRCIO Objetivo: Propor uma atividade diferenciada para os alunos dos terceiros anos (EJJA) noturno da escola Luís

Leia mais

A visualização e a leitura de informações gráficas em Matemática são aspectos importantes, pois auxiliam a compreensão de conceitos e o

A visualização e a leitura de informações gráficas em Matemática são aspectos importantes, pois auxiliam a compreensão de conceitos e o PORTAL POSITIVO A visualização e a leitura de informações gráficas em Matemática são aspectos importantes, pois auxiliam a compreensão de conceitos e o desenvolvimento de capacidades de expressão gráficas.

Leia mais

Prova Escrita de Matemática

Prova Escrita de Matemática Informação - Prova Final a Nível de Escola Prova Escrita de Matemática Prova 82 2015 9.º Ano de Escolaridade Duração da Prova: 90 minutos 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO

ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO INTRODUÇÃO As diferentes unidades que compõem o conjunto de cadernos, visam desenvolver práticas de ensino de matemática que favoreçam as aprendizagens dos alunos. A

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB EDITAL Nº 02/2009 CAPES/DEB PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À

Leia mais

Limites Cálculo diferencial Cálculo integral Aplicações

Limites Cálculo diferencial Cálculo integral Aplicações PLANO DE ENSINO Disciplina Cálculo Diferencial e Integral Código Docente Daniela Macêdo Damaceno Pinheiro Semestre 2015.1 Carga horária 80h Limites Cálculo diferencial Cálculo integral Aplicações 1 EMENTA

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL TENENTE JOSÉ LUCIANO Projeto: JOGAR, DIVERTIR E APRENDER COM A DONA MATEMÁTICA

ESCOLA ESTADUAL TENENTE JOSÉ LUCIANO Projeto: JOGAR, DIVERTIR E APRENDER COM A DONA MATEMÁTICA ESCOLA ESTADUAL TENENTE JOSÉ LUCIANO Projeto: JOGAR, DIVERTIR E APRENDER COM A DONA MATEMÁTICA - 2015...o brinquedo desperta interesse e curiosidade... Rubem Alves Autora: Rita Siqueira Público alvo: alunos

Leia mais

TRIGONOMETRIA CONTEXTUALIZADA: MEDINDO A ALTURA DO MORRO BOM JESUS EM CARUARU - PE

TRIGONOMETRIA CONTEXTUALIZADA: MEDINDO A ALTURA DO MORRO BOM JESUS EM CARUARU - PE TRIGONOMETRIA CONTEXTUALIZADA: MEDINDO A ALTURA DO MORRO BOM JESUS EM CARUARU - PE Davi Severino de Araújo; Diego Jonata de Medeiros; Ithallo Rosemberg Praxedes de Pontes dos Santos; Joicy Lariça Gonçalves

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA

INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VIEIRA DE ARAÚJO 4.º ANO DE ESCOLARIDADE / MATEMÁTICA INFORMAÇÃO - PROVA FINAL A NÍVEL DE ESCOLA INTRODUÇÃO O presente documento divulga informação relativa à prova final a nível

Leia mais

FICHA IV - ESPECÍFICA POR SUBPROJETO. Ensino-aprendizagem

FICHA IV - ESPECÍFICA POR SUBPROJETO. Ensino-aprendizagem FICHA IV - ESPECÍFICA POR SUBPROJETO Ensino-aprendizagem 1. Quais os materiais didáticos na área do(s) subprojeto(s) existentes na escola? Recursos didáticos, materiais diferenciados e/ou alternativos.

Leia mais

A CONTRIBUIÇÃO DO PIBID COMPUTAÇÃO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA

A CONTRIBUIÇÃO DO PIBID COMPUTAÇÃO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA 5ª Jornada Científica e Tecnológica e 2º Simpósio de Pós-Graduação do IFSULDEMINAS 06 a 09 de novembro de 2013, Inconfidentes/MG A CONTRIBUIÇÃO DO PIBID COMPUTAÇÃO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DA

Leia mais

RELATÓRIO DE TRABALHO DOCENTE SETEMBRO DE 2012 EREM JOAQUIM NABUCO

RELATÓRIO DE TRABALHO DOCENTE SETEMBRO DE 2012 EREM JOAQUIM NABUCO UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PERNAMBUCO PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA JOSÉ MARIA PEREIRA DE OLIVEIRA LEYDJANE MARILIA DE ALMEIDA RELATÓRIO DE TRABALHO DOCENTE SETEMBRO DE 2012

Leia mais

Edital Pibid nº 11/2012 CAPES. Plano de Atividade (PIBID-UNESPAR)

Edital Pibid nº 11/2012 CAPES. Plano de Atividade (PIBID-UNESPAR) Edital Pibid nº 11/2012 CAPES PROGRAMA INSTITUICIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO A DOCENCIA PIBID Plano de Atividade (PIBID-UNESPAR) Tipo do produto: Plano de aula I. Plano de Aula: Data (17/10/2012) II. Dados

Leia mais

Diego Aparecido Maronese Matemática. Íria Bonfim Gaviolli Matemática

Diego Aparecido Maronese Matemática. Íria Bonfim Gaviolli Matemática Edital Pibid n 11 /01 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR) Tipo do produto: Plano de Aula 1 IDENTIFICAÇÃO SUBPROJETO MATEMÁTICA/FECEA:

Leia mais

NÚMEROS E ÁLGEBRA FUNÇÕES

NÚMEROS E ÁLGEBRA FUNÇÕES Professores: Josiane Caroline Protti Disciplina: Matemática Ano: 1º ano E Período: 1º Bimestre - Atividades com os alunos para - Atividades dos livros didáticos e - Correção das atividades na lousa e individual.

Leia mais

ANEXO II EDITAL Nº 80/2013/PIBID/UFG PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

ANEXO II EDITAL Nº 80/2013/PIBID/UFG PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID ANEXO II EDITAL Nº 80/2013/PIBID/UFG PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID FORMULÁRIO DE DETALHAMENTO DO SUBPROJETO POR ÁREA DE CONHECIMENTO 1. Nome da Instituição: 2. UF Universidade

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DO TEOREMA DE PITÁGORAS A PARTIR DE MATERIAIS MANIPULÁVEIS. Palavras-chave: Investigação; teorema de Pitágoras; Materiais manipuláveis.

DEMONSTRAÇÃO DO TEOREMA DE PITÁGORAS A PARTIR DE MATERIAIS MANIPULÁVEIS. Palavras-chave: Investigação; teorema de Pitágoras; Materiais manipuláveis. DEMONSTRAÇÃO DO TEOREMA DE PITÁGORAS A PARTIR DE MATERIAIS MANIPULÁVEIS Anelize de Angelis Huss ne_huss@hotmail.com André Luiz Steigenberger andre_alst@hotmail.com Victor Hugo dos Santos Gois victor.gois28@hotmail.com

Leia mais

O TEXTO JORNALÍSTICO NA SALA DE AULA TEMA: MUNDO DO TRABALHO

O TEXTO JORNALÍSTICO NA SALA DE AULA TEMA: MUNDO DO TRABALHO CAMPUS BAGÉ CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS PIBID LETRAS 2014 O TEXTO JORNALÍSTICO NA SALA DE AULA TEMA: MUNDO DO TRABALHO Bolsista: Pâmela Oliveira de Castro. Coordenadora: Fabiana Giovani Supervisora:

Leia mais

1. Introdução. 2. Objeto de avaliação

1. Introdução. 2. Objeto de avaliação AGRUPAMENTO ESCOLAS PROFESSOR CARLOS TEIXEIRA Código 150502 Informação - Prova Final a nível de Escola Matemática Prova 82 2016 9º Ano / 3.º Ciclo do Ensino Básico (Despacho Normativo n.º 1-G/2016 art.º

Leia mais

O ENSINO DOS CONCEITOS DE MÉDIA, MEDIANA E MODA ATRAVÉS DE UM JOGO DE CARTAS

O ENSINO DOS CONCEITOS DE MÉDIA, MEDIANA E MODA ATRAVÉS DE UM JOGO DE CARTAS O ENSINO DOS CONCEITOS DE MÉDIA, MEDIANA E MODA ATRAVÉS DE UM JOGO DE CARTAS José Marcos Lopes Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho jmlopes@mat.feis.unesp.br Renato Sagiorato Corral Resende

Leia mais