Como as cidades inteligentes melhoram a vida do cidadão?

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Como as cidades inteligentes melhoram a vida do cidadão?"

Transcrição

1 I D C W H I T E P A P E R Como as cidades inteligentes melhoram a vida do cidadão? Julho de 2015 João Paulo Bruder Patrocinado pela Huawei INTRODUÇÃO As cidades surgiram há milhares de anos e têm papel definitivo na evolução da sociedade. Assentamentos provisórios que se tornaram permanentes, as primeiras verdadeiras cidades definiramse quando alguns de seus habitantes passaram a trabalhar em atividades locais específicas, como o comércio e o estoque da produção agrícola, ao invés de trabalhar nas propriedades rurais que a cercavam. Toda aglomeração de habitantes traz benefícios e oportunidades - facilidade ao acesso de bens e serviços, por exemplo -, bem como malefícios e desafios - como poluição e insegurança. Pode-se argumentar que os problemas das primeiras cidades são fundamentalmente os mesmos das cidades atuais, ou seja, referem-se à gestão das mercadorias, ao tráfego dos habitantes, à oferta de serviços entre indivíduos, e outras questões. Em sua raiz, as iniciativas para mitigar os desafios da vida urbana também são similares, pois evoluímos em escopo e profissionalização, mas mantemos basicamente as mesmas operações. Por exemplo, um caminhão de coleta de lixo moderno é muito melhor que a carroça coletora de antigamente, apesar de o princípio ser o mesmo. A grande diferença é a escala, pois atualmente as cidades são muito maiores e concentram muito mais indivíduos. Embora não exista uma definição mundial para as zonas urbana e rural, projeções da ONU indicam que a população urbana crescerá 72% até 2050, com consumo de pelo menos metade dos recursos disponíveis, e geração aproximada de 70% dos gases que causam o efeito estufa. IDC# BR15113

2 FIGURA 01 Projeções da ONU para % 70% 72% Consumo dos recursos disponíveis Geração dos gases que causam efeito estufa Crescimento da população Fonte: ONU Neste cenário, os problemas urbanos alcançam dimensões nunca atingidas e passam a exigir soluções realmente eficientes. As cidades brasileiras estão enfrentando uma tempestade perfeita de elementos que favorecem a implantação de soluções inteligentes, eficientes e eficazes para endereçar seus problemas. OBJETIVO & METODOLOGIA Esse documento tem como principal objetivo conscientizar os responsáveis pelo desenvolvimento de políticas públicas que o uso de tecnologias de comunicação e informação representa uma força motriz aos serviços públicos. Analistas da IDC conduziram entrevistas pessoais e em profundidade com operadoras de telecomunicações, forças policiais, prefeituras e provedores de soluções para centros de comando e controle. Complementando as entrevistas primárias, também estão disponíveis informações secundárias, como artigos de mídia e notícias públicas sobre legislação e assuntos correlatos. Ainda, outras pesquisas da IDC relacionadas ao tema foram consideradas no desenvolvimento deste documento. SOBRE SMART CITY Definição Uma Cidade Inteligente, ou Smart City, é uma cidade como qualquer outra, mas que faz uso das tecnologias de comunicação e informação com o objetivo explícito de melhorar a forma como seus residentes vivem, trabalham e se relacionam, com consequente criação de um ambiente favorável ao desenvolvimento socioeconômico. Os objetivos dos líderes das Smart Cities consistem em melhorar os aspectos socioeconômicos das cidades, diferenciando-as de cidades vizinhas e, num plano mais amplo, de concorrentes externos. Esses objetivos são alcançados através de uma melhor prestação de serviço, uso mais eficiente dos recursos (sejam eles humanos, de infraestrutura e naturais) e implantação de práticas financeira e ambientalmente sustentáveis IDC 2

3 Conectividade É o elemento fundamental sobre o qual se apoiam os serviços a serem prestados. Embora a rede em si seja finita e composta por elementos físicos, instalados e mantidos pelas cidades, os serviços que se apoiarão nessa rede comumente têm seu desenvolvimento originado em distintas áreas da cidade, por exemplo, de transportes ou de segurança pública. É fato que existe demanda por conectividade. Além disso, investir nessa área significa investir no futuro, pois, de acordo com um estudo do Banco Mundial, um crescimento de 10% nos acessos à banda larga impacta positivamente o PIB em 1,3%. É importante que essa infraestrutura fundamental seja flexível para permitir a oferta de novos serviços e facilitar a inovação em sua prestação. Alianças Tecnológicas Em linha com a grande diversidade de serviços possíveis a serem desenvolvidos está a necessidade de conhecimentos específicos, que dificilmente serão dominados por uma única companhia. Dessa forma, projetos de grande porte como Smart City são demasiados extensos, o que sugere e favorece a criação de parcerias e alianças tecnológicas, visando a sua melhor execução. POR QUE AS CIDADES DEVEM TORNAR-SE INTELIGENTES? A expectativa sobre o crescimento das Cidades Inteligentes deriva de forças relevantes, como fatores políticos, econômicos, sociais, ambientais, legais e orientados aos negócios. Tais fatores são potenciais impulsionadores que podem transformar drasticamente os ecossistemas de muitas indústrias ao redor do mundo. Para ilustrar este fato, podemos citar a transformação que os aplicativos de taxi impuseram nos mercados locais. Essas grandes forças trazem impactos significativos aos governos municipais e um melhor entendimento das mudanças necessárias, assim como permitem aos líderes da cidade avaliar novas exigências contra antigas restrições - como as organizacionais, culturais, financeiras e técnicas internas -, e priorizar metas e iniciativas para desenvolver essa inteligência das cidades nos próximos dois a cinco anos. Problemas a serem endereçados Estes se referem à elevada expectativa dos habitantes no que tange à qualidade da entrega dos serviços públicos, sustentabilidade e ecologia, turismo e pressões socioeconômicas para o desenvolvimento do mercado de trabalho. Entre eles, podemos citar: Crescimento da população urbana sobrecarrega a infraestrutura das cidades: Cidades enfrentam problemas com congestionamentos por não conseguirem construir ruas e avenidas na mesma velocidade em que novos carros são licenciados. O mesmo aplica-se a hospitais, escolas, delegacias de polícia, outros. Além da infraestrutura física, populações crescentes desafiam o provimento de recursos naturais, como água e energia elétrica. Crescimento da competição por trabalhadores qualificados e talentosos: Profissionais qualificados são cada vez mais disputados. Governos, em geral, sofrem restrições trabalhistas e de orçamento que os prejudicam ainda mais do que as empresas privadas. Desastres naturais como um fator de risco: Preparação contra desastres naturais, bem como tempo de reação e coordenação das ações de controle de danos IDC 3

4 Incidentes de grandes proporções: Incidentes demandam responsividade além da usualmente empregada e podem necessitar de equipamentos e infraestrutura muitas vezes indisponíveis ou com grande intervalo para mobilização. Grandes eventos mobilizam grandes massas populacionais: Especialmente os eventos esportivos, mas também atrações musicais e culturais como um todo, atraem um número muito grande de pessoas, intensificando o trânsito e demandas como estacionamentos, segurança e recursos a serem consumidos. O número de dispositivos de TI cresce exponencialmente: Pessoas interagem com mais dispositivos e mantêm cada vez mais perfis online, todos envolvendo questões de segurança, tráfego de dados, infraestrutura e arquiteturas a serem integradas. Cidadãos ativos nas redes sociais: Diferentemente da mídia tradicional, informações são geradas e difundidas por pessoas comuns, sem orientação editorial, sendo então mais difíceis de seguir, gerenciar e controlar. FUNCIONAMENTO E APLICAÇÕES DE SMART CITIES Como vimos, uma cidade inteligente endereça múltiplos desafios da atualidade através do emprego controlado e integrado de tecnologia de comunicação e informação. Assim, apresentaremos a seguir experiências de outros países, recomendações para o Brasil, o conceito tecnológico e exemplos práticos que já existem para endereçar os desafios citados. Experiências globais e recomendações locais O Oriente Médio abriga diversas iniciativas de cidades inteligentes, desde cidades construídas totalmente do zero, com a adoção maciça de TIC, até grandes cidades já existentes, como Dubai e Doha, que estão realizando projetos transformadores de cidades inteligentes com foco em modernização e melhoria dos serviços públicos. Um dos principais pilares das cidades digitais do Oriente Médio é o amplo incentivo à conectividade por meio de fibra ótica, redes móveis e infraestrutura de TIC. Na América do Norte, os projetos de cidades inteligentes são muito orientados à conservação de energia e a iniciativas de smart grids por meio de parcerias público-privadas. A Europa, por sua vez, tem promovido o Digital Agenda For Europe, um dos principais programas do planejamento geral da Europa para 2020, que tem entre seus pilares centrais o desenvolvimento inteligente. A Europa investiu na construção de cidades inteligentes e selecionou entre 25 a 30 cidades para desenvolver a redução na emissão de gás carbônico, transporte inteligente, smart grids e melhoria da eficiência energética. Mais especificamente, a Alemanha está apostando na tecnologia da informação e comunicação na promoção da próxima revolução industrial, a Indústria 4.0. Na Ásia, países como a China têm investido fortemente na ampliação do acesso e da qualidade da banda larga, tornando a conectividade ubíqua em um meio de promover transformações sociais, econômicas e industriais, com aplicações massivas de TIC na educação, transporte, saúde e em diversos outros setores. Os casos de sucesso globais têm em comum um forte apoio das lideranças políticas e econômicas, envolvendo incentivos e benefícios para que as indústrias de infraestrutura e ICT colaborem na realização de projetos e na construção de cidades inteligentes. No Brasil, iniciativas como o Programa Nacional de Banda Larga e, especialmente, Banda Larga para Todos, têm obtido sucesso na ampliação do acesso à internet. Com isso, o país pretende alcançar mais de 90% da população brasileira com banda larga de alta velocidade, seja por fibra, ou através de rádio, além de levar fibra óptica a 45% da população urbana. Para a consolidação do Brasil na posição 2015 IDC 4

5 de um país orientado à criação de cidades inteligentes, é necessário que iniciativas como essa se proliferem, como por exemplo por meio de incentivos para a conectividade móvel e desenvolvimento do ecossistema de Internet das Coisas. Tecnologia & Inteligência É importante salientarmos que tecnologia e inteligência são grandezas diferentes: enquanto a tecnologia facilita e potencializa a aquisição de dados brutos, a inteligência, por sua vez, só é obtida após o tratamento e análise de muitos dados brutos, cujo produto é uma informação. Os sistemas que tratam os dados brutos e geram informações são definidos como sistemas específicos. Cidades digitais apoiam-se em diversos sistemas específicos, gerando visões transversais impossíveis de serem identificadas se analisadas individualmente. Para ilustrar, podemos citar um sistema específico fictício composto por sensores a serem implantados nas balanças de pesagem dos caminhões de lixo, aliado a leitores de RFID e GPS instalados nos caminhões, o qual identificaria o peso e a rota de cada caminhão e, com isso, as rotas que geram mais lixo até aqui são dados. Ao inserirmos eventos sazonais, como o Réveillon ou o Carnaval, é possível identificar quais bairros tiveram maior aumento proporcional à sua média de geração, ou seja, informação que pode subsidiar decisões de planejamento de coleta mais frequente durante o período, convocatória de força de trabalho para essa tarefa, entre outros, resultando menos reclamações sobre o lixo acumulado e maior satisfação dos habitantes. Porém, a premissa parte do princípio de que a ocupação adicional, majoritariamente de turistas, será a mesma do ano anterior, o que pode não ser real. Já um segundo sistema específico fictício seria implantado nos principais terminais de ônibus e aeroportos dessa cidade e faria a leitura automática de um formulário a ser preenchido por todos os turistas que chegam, onde consta o endereço de destino e tempo de permanência. Uma plataforma de cidade digital apoia-se nos dados de ambos os sistemas específicos, subsidiando a decisão de incremento de coletas baseada não somente na média de aumento de geração de anos anteriores, mas também na quantidade de turistas desse ano e localização de sua hospedagem. Certamente essa segunda análise terá uma melhor relação investimento/benefício. Entretanto, para todos os efeitos, uma cidade já é considerada inteligente quando faz uso da tecnologia com o objetivo de prover melhores serviços à população, mesmo sem contar com plataformas de armazenamento de dados de grande porte, que permitiriam Big Data e Analytics. Aplicações que já existem em cidades inteligentes: As especificidades de cada aplicação e cidade serão distintas entre si, entretanto uma série de aplicações já foram desenvolvidas e seus conceitos e ideias podem e devem ser reaproveitados. Listamos abaixo alguns exemplos de aplicações existentes: 2015 IDC 5

6 FIGURA 02 Exemplos de aplicações de Cidades Inteligentes Fonte: IDC Segurança Pública Um grande aliado da segurança pública são os sistemas de videovigilância: as câmeras utilizadas nas cidades digitais são tipicamente de alta definição, com capacidade de giro de 360º e zoom de 30x. Além disso, filmam no escuro e contam com inteligência na ponta, ou seja, apesar de serem programadas para cobrir uma área de cada vez, sua programação é automaticamente interrompida se alguma anomalia for detectada. Como exemplos de eventos automaticamente detectáveis podemos citar uma colisão em um cruzamento, uma série de carros na contramão, presença de fogo, presença de pedestres dentro de um túnel, entre outros. Nestes casos, a qualquer momento, o operador pode assumir o controle. A disponibilização da imagem do que está ocorrendo em tempo real já é uma grande vantagem, pois as equipes de operações terrestres podem ser mobilizadas mais rapidamente e com mais eficiência. Entretanto, as vantagens do uso da inteligência apresentam-se quando da análise dessas imagens. Por exemplo: uma briga de trânsito demanda o envio de uma viatura policial e de equipes de apoio ao trânsito e, talvez, um guincho. Por outro lado, um evento mais sério, como um atropelamento seguido de tentativa de linchamento do motorista, pede o envio de reforço policial para proteger o motorista e conter a população, além, é claro, de uma ambulância para o atropelado e das equipes de apoio ao trânsito e guincho. Em resumo, embora o sensor seja o mesmo, as consequências dependem do evento. Outro benefício é a identificação de atos menos reportados pela população - como vandalismo de instalações públicas e privadas, descarte irregular de lixo e entulho, intervenções particulares nas redes de água e eletricidade, entre outros IDC 6

7 Durante o deslocamento ao local da ocorrência em questão, as equipes podem receber o vídeo da câmera fixa, munindo-se de informações, como, por exemplo, sobre as melhores vias para chegarem ao local de destino e surpreender os envolvidos, potencializando os resultados desse atendimento. Segundo especialistas, quanto mais informações forem enviadas, melhor será a Consciência Situacional da ocorrência. Já outros órgãos, como Bombeiros e Defesa Civil, se beneficiam por exemplo de aplicaçãoes de meteorologia, onde sensores instalados em réguas pluviométricas provêm em tempo real o volume dos afluentes da cidade, monitorando aumentos repentinos do nível de água, como no caso de chuvas numa localidade mais alta, que pode ter ocorrido a muitos quilômetros de distância. Como os sensores são espaçados entre si, é possível estimar quando esse aumento de nível chegará à cidade. Imagens de satélite, sensores de umidade relativa do ar e de temperatura também são analisados, possibilitando uma previsão do tempo mais assertiva, especialmente no que tange às áreas de risco de deslizamentos e enchentes. Com isso, as equipes de defesa civil são previamente postas em estado de atenção, podendo inclusive decidir por desocupações preventivas e potencialmente salvar vidas. Mesmo em eventos cotidianos, a preparação para fenômenos da natureza relativamente previsíveis, como a aproximação de uma forte frente fria, também beneficia a administração, que pode, por exemplo, aumentar o efetivo das equipes de acolhimento dos moradores de rua, oferecer mais vagas nos albergues, entre outras ações. Mobilidade Viária Aplicações de segurança viária são muito comuns. Para exemplificar, podemos citar as câmeras que monitoram o fluxo de determinada avenida e ativam o alarme no caso de alguma ocorrência, como quando um carro bate em um poste, derrubando-o, e para o qual é necessário o envio de equipes de trânsito e da companhia de energia. Ou ainda, quando um caminhão derruba sua carga na pista e necessita das equipes de trânsito e de limpeza da via. E se um acidente tem vítima presa às ferragens? Nesse caso, a imagem da câmera fixa não fornece elementos suficientes à equipe de resgate quanto ao estado da vítima. Porém, ao chegar ao local do evento, o agente poderá transmitir a imagem de sua câmera móvel, instalada, por exemplo, em seu handheld. O envio desse vídeo traz detalhes ao vivo, enriquecendo a tomada de decisão do paramédico dentro da ambulância que se dirige à ocorrência, o qual pode antecipar quais equipamentos e medicações serão usados naquele atendimento, e já entrar em contato com o hospital melhor preparado para receber aquele tipo de lesão. Portanto, os benefícios se traduzem num atendimento mais assertivo e eficiente, eventualmente eliminando a necessidade do envio de uma segunda ambulância, culminando em menor tempo de internação e consequente redução do custo total desse paciente. Outra aplicação interessante visa facilitar o estacionamento dos carros em vias públicas: sensores instalados nas ruas monitoram a quantidade de vagas, mostrando os resultados nos placares instalados em pontos estratégicos e indicando aos motoristas onde há vagas disponíveis, o que diminui o trânsito e a emissão de poluentes, além de retroalimentar o sistema de transporte público, que pode se valer desses dados no planejamento de novas linhas e remanejamento dos ônibus entre as linhas existentes. Ainda, pode informar sobre a velocidade e horário da ocupação das vagas - especialmente em dias de eventos -, estimular caronas solidárias, inibir o uso do transporte individual pela dificuldade de estacionamento, oferecer desconto aos carros que usam menos o centro da cidade, entre uma série de possibilidades. Saúde 2015 IDC 7

8 Como exemplo, citamos o caso real do uso de armadilhas contra a dengue, onde dispositivos providos de GPS e QR Code aprisionam os mosquitos em seu interior. No caso, um funcionário da vigilância sanitária visita as armadilhas espalhadas pelos pontos da cidade que, historicamente, foram criadouros do mosquito, e faz a leitura com um smartphone, munindo a gestão de saúde de dados georreferenciados com as localidades que demandam aplicação de inseticida. Toda a informação é disponibilizada à população através de um aplicativo que transmite a informação sobre a real dimensão do problema, evitando pânico quanto à generalização da doença. Educação Conectividade Wi-Fi nas escolas, aliada à digitalização do conteúdo das aulas, permite que este seja entregue nos tablets dos alunos, viabilizando um melhor acompanhamento do desempenho de cada estudante pelo professor, incluindo dados e estatísticas gerados pelo sistema e comparação das médias dos alunos e turmas. Com diferentes permissões, os pais também têm acesso a essas informações e podem acompanhar o que seus filhos estão estudando legitimando o maior benefício dessa aplicação que é a aproximação entre os pais e a escola. Smart Meetering Sistemas de medição de consumo remoto - como os de água e energia elétrica - contemplam muitos objetivos, apesar de serem conhecidos apenas pelo mais visível deles, que é a leitura individual de cada relógio. O principal benefício para o morador é a disponibilização online do consumo, através do qual pode monitora-lo periodicamente, controlando seus hábitos, antes mesmo do fechamento de sua conta. No caso da água, há o benefício adicional de apontar vazamentos e, da energia elétrica, de identificar as horas do dia para consumir energia mais barata. Já para as empresas provedoras, o principal benefício é o controle sobre suas redes, pois podem comparar o quanto foi distribuído com o que foi consumido, identificando onde estão as discrepâncias, ou seja, quais localidades devem ser visitadas para sanar possíveis vazamentos e/ou desconectar consumidores ilegais. Gestão de mobiliário urbano Cidades dispõem de muitos elementos a serem geridos, por exemplo, a maioria dos sistemas de iluminação baseia-se em sensor de luminosidade que liga as luzes ao anoitecer e as desliga ao amanhecer, num modelo muito limitado de condições de contorno. Luzes queimadas não são substituídas antes das notificações, tipicamente oriundas da população. Sistemas inteligentes de controle de iluminação pública contam não só com sensores de luminosidade, mas também sensores de lâmpada queimada e oferecem uma abordagem mais ampla, diferenciando os tipos de iluminação (praça é diferente de estrada) e seus objetivos (segurança x trabalho noturno) e fornecendo mais informações sobre seu funcionamento. Um exemplo de economia dessa inteligência é a ligação gradual dos circuitos, eliminando picos de consumo que elevam o degrau tarifário. Outro exemplo é a programação de maior claridade durante eventos especiais, como uma festa popular noturna que termina às 23 horas e não necessita de toda a claridade até às 6 horas da manhã do dia seguinte. Existem muitas outras aplicações e, certamente, com o tempo, novas serão desenvolvidas, as quais se apoiarão nos dados existentes e na infraestrutura disponível. A seguir, dois exemplos de aplicações que se apoiam em dados previamente gerados: 2015 IDC 8

9 Monitoramento da reatividade das equipes de campo Independentemente de qual despacho foi efetuado, tipicamente, as equipes de campo são monitoradas quanto ao tempo de confirmação do recebimento do despacho e o tempo de deslocamento e chegada ao local da ocorrência no caso de não conformidade, o sistema pode tomar uma ação como: não confirmação do recebimento em 2 minutos, o sistema pisca uma luz amarela no dispositivo móvel do agente; 2 minutos depois, toca um alarme; 1 minuto depois, aciona o GPS e liga para o agente, e assim por diante. Validação do plano de trabalho Permite a comparação do plano de ação previamente estabelecido com o que está efetivamente acontecendo. Para ilustrar: a planilha de trabalho dos órgãos de trânsito contempla agentes na porta dos principais colégios, aeroportos, cruzamentos, outros o sistema verifica se todos estão onde deveriam e aponta as não concordâncias. Eventuais reações dependem da parametrização, pois uma não conformidade não significa necessariamente um erro - por exemplo, o agente pode estar no local errado em razão de uma ocorrência maior. PROPOSTA DE SOLUÇÃO DA HUAWEI Sobre a Huawei A Huawei é líder global em soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Por meio da dedicação à inovação centrada no cliente e fortes parcerias tem estabelecido vantagens fim-a-fim em telecomunicações de rede, aparelhos e computação em nuvem. A Huawei oferece como parte da sua proposta a criação de máximo valor para operadoras de telecomunicações, empresas e consumidores nos mais de 170 países em que atua, atendendo a mais de um terço da população mundial. A Huawei está classificada na 285º posição do ranking global da Fortune e em 2014 a receita da companhia foi de aproximadamente 46.5 bilhões de dólares. A empresa investe no mínimo 10% de suas receitas anuais em Pesquisa&Desenvolvimento (P&D) e mais de 45% dos funcionários são dedicados a P&D. No país há mais de 15 anos, a Huawei do Brasil tem receita de praticamente 1 bilhão de dólares, com mais de 3000 funcionários no país. Está presente nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba e Recife, além de possuir um centro de distribuição em Sorocaba (SP). A Huawei colabora ativamente com o desenvolvimento tecnológico do país, estabelecendo diversas parcerias para com instituições de ensino e pesquisa. Estratégia Foco no Desenvolvimento de Soluções Integradas, que consiste na compreensão das necessidades dos clientes e consequente desenvolvimento de produtos que as enderecem, alavancando seus centros de pesquisa e desenvolvimento e visando ganho de competitividade com as inovações. Interoperabilidade é a palavra-chave para todos os desenvolvimentos e, com isso, suportam todos os protocolos de comunicação, ou seja, interagem com qualquer dispositivo, de qualquer fabricante, desde que esse dispositivo use algum protocolo aberto como, por exemplo, os que suportam SDN, POF, LiteOS, outros. O mote da companhia é desenhar produtos e soluções de infraestrutura que sejam orientados aos negócios IDC 9

10 Principais tecnologias da Huawei para cidades inteligentes Centro de dados distribuídos em nuvem (SD-DC²): Como uma solução de centro de dados de nova geração, SD-DC² da Huawei fornece centro de dados como um serviço (DCaaS) para simplificar o gerenciamento de TI para administração pública e prestar serviços a qualquer hora e em qualquer lugar. Para alcançar esses benefícios, a solução SD-DC² integra os produtos da empresa (por exemplo, servidores, storages e sistemas computação em nuvem) e recursos de TI heterogêneos geograficamente dispersos. Ela também fornece recursos de padrão aberto, ágeis e elásticos para aplicações de camada superior; Centro de dados distribuídos em nuvem (SD-DC²): Como uma solução de centro de dados de nova geração, SD-DC² da Huawei fornece centro de dados como um serviço (DCaaS) para simplificar o gerenciamento de TI para administração pública e prestar serviços a qualquer hora e em qualquer lugar. Para alcançar esses benefícios, a solução SD-DC² integra os produtos da empresa (por exemplo, servidores, storages e sistemas computação em nuvem) e recursos de TI heterogêneos geograficamente dispersos. Ela também fornece recursos de padrão aberto, ágeis e elásticos para aplicações de camada superior; elte: Com base na tecnologia wireless 4G da Huawei, a solução oferece um conjunto diversificado de serviços, tais como trunking profissional de banda larga, vídeo vigilância, coleta de dados, acesso a dados de banda larga e comunicações de emergência. Além disso, a solução pode proporcionar uma ampla cobertura de rede, mesmo em ambientes adversos. Com estas vantagens, a tecnologia da Huawei pode aumentar a eficiência da governança da segurança pública e tornar a vida das pessoas mais segura; Agile Network: Em 2013, a Huawei lançou o primeiro sistema ágil do mundo, o switch S Equipado com a tecnologia de rede definida por software (SDN), é o primeiro da indústria com um chip programável, que permite que a rede ofereça serviços rápidos e ágeis. Com o serviço e experiência do usuário como seu foco principal, o Agile Network da Huawei oferece fácil acesso à rede, serviços inteligentes, de forma rápida, a qualquer hora, em qualquer lugar, e suporta um grande número de conexões entre as coisas e entre as pessoas e as coisas; Portfólio Transporte óptico, para transmissão em longas distâncias; Roteamento e Switches IP, provendo conectividade em redes LAN; Comunicação sem fio, WLAN; Mercado de TI em sua totalidade, incluindo Servidores, Storage e Data Center; Soluções Colaborativas e Telepresença; Software customizado e especializado. Presença no mercado de Cidades Inteligentes Huawei forneceu soluções para mais de 60 cidades inteligentes em mais de 20 países. Nessa área, firmou parcerias com mais de fornecedores e uniu-se com mais de 800 parceiros de serviços e integradores, além de canais parceiros IDC 10

11 A empresa estabeleceu laboratórios para a inovação conjunta, também usados para certificar e verificar o funcionamento conjunto dos elementos integrados. Possui um processo maduro de operação, vasta experiência em implantação e um sistema de distribuição bem projetado. CONCLUSÕES Como vimos, cidades inteligentes são aquelas que usam tecnologia da informação e comunicação, conhecida pela sigla TIC, para beneficiar seus residentes com melhores serviços públicos. Correlacionando esse conceito com questões práticas e operacionais tecnológicas, concluímos que: Conectividade é pedra fundamental para as cidades digitais: Todos os serviços e aplicações necessitam de conectividade, é a base para que tudo se desenvolva em cidades inteligentes. Sugerimos o uso racional da infraestrutura existente, analisando se faz mais sentido alugar rede pronta do que construir novas redes. Tecnologias de Armazenamento alavancam os benefícios das cidades digitais: Todos os dados gerados estão disponíveis para consulta online, porém existe um valor potencial muito alto na análise dos dados históricos, além é claro da documentação de determinado acontecimento, em especial os relacionados as disputas jurídicas, como acidentes de trânsito. Flexibilidade é imperativo no desenho das redes: A conectividade disposta tem que ser flexível e configurável, de modo a permitir que novos tráfegos e aplicações também se beneficiem dela. Adotar essa diretriz nos estágios iniciais de desenvolvimento diminui enormemente as chances de uma futura aplicação não ser suportada pela infraestrutura disponível. Parcerias com desenvolvedores de aplicativos e sistemas são fundamentais: Projetos de cidades inteligentes são de porte muito grande e demandam conhecimentos avançados sobre muitos mercados e nichos específicos, de maneira que, independentemente do tamanho e da experiência do fornecedor, é impossível possuir sozinho conhecimento adequado, capacidade de implantação e experiência de gestão do sistema como um todo. Parceiros e provedores maduros já perceberam essa realidade e se aliaram a outras empresas, visando melhorar sua proposta de valor e capacidade de entrega. Uso de tecnologia melhora os serviços prestados: Como vimos nos exemplos de aplicações, o uso de tecnologia traz muitos benefícios, especialmente melhores índices operacionais e a consequente redução de custo oriunda dessa melhoria, e maior assertividade nas ações públicas de curto prazo. Ponderamos que uma cidade não se torna inteligente de repente. O mais importante é que exista um planejamento de longo prazo aliadas a ações de curto prazo, contemplando as iniciativas de cidades inteligentes que discutimos e que suporte aplicações futuras. Certamente iniciativas assim demandam investimentos. Independente da origem do orçamento, o correto planejamento e implementação do modelo de cidade inteligente gera uma redução nos gastos da administração pública e do cidadão. Identificamos os seguintes desafios junto aos gestores públicos: Como contornar a ausência de orçamento? Não existe uma única estratégia vencedora, exemplos bem-sucedidos exploram as Parcerias Público Privado IDC 11

12 Por onde começar? Sugerimos alavancar quaisquer vantagens competitivas que o município disponha, por exemplo as legislações locais ou o relacionamento comercial que as prefeituras já têm com as operadoras tradicionais, que fornecem links de dados, de modo a ter à sua disposição um nível de conectividade. O segundo passo envolve o desenvolvimento da primeira aplicação, que usará a conectividade recém disponibilizada e sensores específicos a serem instalados. Como medir a efetividade? É um desafio que ainda não foi devidamente endereçado, pois normalmente não existe documentação histórica confiável dos níveis de serviço e qualidade experimentados, o que dificulta a comparação. Um segundo elemento que dificulta a comparação é a intangibilidade de alguns benefícios, por exemplo, podemos calcular o tempo e custo médio de internação dos acidentes por atropelamento, por outro lado, é muito mais sensível mensurar a vida de um pedestre que foi salvo. Sugerimos que antes da implantação de determinada aplicação seja feito um levantamento de índices quantitativos e comparáveis entre si, mesmo que não cubram totalmente os benefícios obtidos com essa solução Como lidar com a questão da confidencialidade dos dados? A melhor prática consiste em divulgar somente dados consolidados. Por outro lado, solicitações cujas respostas identificariam uma pessoa específica demandam análises individuais, por exemplo se o solicitante está autorizado obter determinada informação, qual o propósito da solicitação e para qual uso essa informação servirá, por exemplo, a polícia pode solicitar imagens que ajudem a desvendar um crime, já uma empresa particular não pode solicitar informações sobre atendimento na rede de saúde de seu funcionário 2015 IDC 12

13 Sobre a IDC IDC é a empresa líder em inteligência de mercado e consultoria nas indústrias de tecnologia da informação, telecomunicações e mercados de consumo em massa de tecnologia. Analisa e prediz as tendências tecnológicas para que os profissionais, investidores e executivos possam tomar decisões de compra e negócios nestes setores. Mais de analistas em 110 países proveem conhecimento local, regional e global dos mercados tecnológicos em hardware, software, serviços, telecomunicações, segmentos verticais e investimentos em TI. Nos últimos 50 anos, IDC tem fornecido informações estratégias aos seus clientes para ajudá-los a alcançar seus objetivos com êxito. Na América Latina, está presente com escritórios locais na Argentina, Chile, Brasil, Colômbia, México, Peru e Venezuela. Saiba mais sobre a IDC visitando o site: br.idclatin.com IDC Brasil Av. Eng. Luis Carlos Berrini, o andar Brooklin Novo, São Paulo, SP, Brasil br.idclatin.com Copyright Notice Esta publicação foi produzida por IDC Integrated Marketing Programs da América Latina. Os resultados de opinião, análise e pesquisa apresentados neste documento foram obtidos de pesquisas e análises independentes conduzidos e publicados anteriormente pela IDC, a não ser que seja especificado o patrocínio de algum fornecedor em particular. IDC Integrated Marketing Programs da América Latina põe à disposição o conteúdo da IDC em uma ampla variedade de formatos para distribuição por diversas empresas. Ter a licença para distribuir o conteúdo da IDC não implica a adesão do licenciado ou sua opinião. Copyright 2015 IDC. Proibida a reprodução total ou parcial por qualquer meio ou forma, sem a autorização expressa e escrita do seu titular IDC 13

Embratel como provedora de infraestrutura para Grandes Eventos

Embratel como provedora de infraestrutura para Grandes Eventos I D C C A S E S T U D Y Embratel como provedora de infraestrutura para Grandes Eventos Janeiro, 2015 João Paulo Bruder, Coordenador de Telecomunicações, IDC Brasil Patrocinado pela Embratel A eficiência

Leia mais

Telepresença Embratel

Telepresença Embratel I D C V E N D O R S P O T L I G H T Telepresença Embratel Outubro, 2014 Por João Paulo Bruder, Coordenador de Telecomunicações, IDC Brasil Patrocinado pela Embratel A busca por eficiência operacional é

Leia mais

O Processo de Migração do Datacenter NET Novembro, 2014

O Processo de Migração do Datacenter NET Novembro, 2014 I D C C A S E S T U D Y O Processo de Migração do Datacenter NET Novembro, 2014 Renato Rosa, Brazil Research and Consulting Senior Analyst, IDC Brazil Patrocinado por HP Este estudo da IDC apresenta o

Leia mais

Evento Huawei Águas de São Pedro Cidade Digital e Inteligente

Evento Huawei Águas de São Pedro Cidade Digital e Inteligente Evento Huawei Águas de São Pedro Cidade Digital e Inteligente São Paulo, 2 de Julho de 2015 Eduardo Koki Iha Smart Cities & Inovação IoT eduardo.iha@telefonica.com - @kokiiha 1 Por que Cidades Inteligentes?_

Leia mais

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES 1. Conectando a Empresa à Rede As empresas estão se tornando empresas conectadas em redes. A Internet e as redes de tipo Internet dentro da empresa (intranets), entre uma

Leia mais

IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT

IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT A importância da inovação em fornecedores de sistemas, serviços e soluções para criar ofertas holísticas Julho de 2014 Adaptado de Suporte a ambientes de datacenter: aplicando

Leia mais

QUEM SOMOS NOSSO NEGÓCIO

QUEM SOMOS NOSSO NEGÓCIO QUEM SOMOS Somos uma empresa brasileira dedicada a construir e prover soluções que empregam tecnologias inovadoras, combinadas com a identificação por rádio frequência (RFID), análise de imagens (imagens

Leia mais

Agosto. São Paulo Brasil. connectedsmartcities.com.br

Agosto. São Paulo Brasil. connectedsmartcities.com.br 03 a 05 Agosto 2015 São Paulo Brasil connectedsmartcities.com.br Por que Connected Smart Cities? As grandes e modernas cidades são, talvez, as mais importantes realizações do homem, por serem responsáveis,

Leia mais

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios.

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios. Internet of Things 10 formas de utilizá-la em diversos tipos de negócios. INTRODUÇÃO As interfaces Machine to Machine (M2M) estão facilitando cada vez mais a comunicação entre objetos conectados. E essa

Leia mais

HÁ 130 ANOS A FURUKAWA PARTICIPA ATIVAMENTE NA VIDA DAS PESSOAS, ATRAVÉS DA CONTÍNUA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA.

HÁ 130 ANOS A FURUKAWA PARTICIPA ATIVAMENTE NA VIDA DAS PESSOAS, ATRAVÉS DA CONTÍNUA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. HÁ 130 ANOS A FURUKAWA PARTICIPA ATIVAMENTE NA VIDA DAS PESSOAS, ATRAVÉS DA CONTÍNUA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. CRIANDO SOLUÇÕES COMPLETAS PARA EMPRESAS E PESSOAS DATA CENTER SOLUÇÃO ITMAX ENTERPRISE REDES

Leia mais

tendências MOBILIDADE CORPORATIVA Setembro/2012 INFORMATIVO TECNOLÓGICO DA PRODESP EDIÇÃO 03 Introdução Cenário atual Tendências Vantagens Riscos

tendências MOBILIDADE CORPORATIVA Setembro/2012 INFORMATIVO TECNOLÓGICO DA PRODESP EDIÇÃO 03 Introdução Cenário atual Tendências Vantagens Riscos tendências EDIÇÃO 03 Setembro/2012 MOBILIDADE CORPORATIVA Introdução Cenário atual Tendências Vantagens Riscos Recomendações para adoção de estratégia de mobilidade 02 03 04 06 07 08 A mobilidade corporativa

Leia mais

fornecendo valor com inovações de serviços de negócios

fornecendo valor com inovações de serviços de negócios fornecendo valor com inovações de serviços de negócios A TI é grande. Tantos bits no universo digital quanto estrelas em nosso universo físico. é arriscada. Dois terços dos projetos de TI estão em risco,

Leia mais

A economia em nuvem da AWS em comparação com o da infraestrutura de TI proprietária

A economia em nuvem da AWS em comparação com o da infraestrutura de TI proprietária A economia em nuvem da AWS em comparação com o da infraestrutura de TI proprietária Publicação: 7 de dezembro de 2009 A Amazon Web Services (AWS) oferece a empresas de todos os tamanhos serviços de rede

Leia mais

Embratel e uma das Maiores Empresas Agroindustriais do País

Embratel e uma das Maiores Empresas Agroindustriais do País EMBRATEL CASE Embratel e uma das Maiores Empresas Agroindustriais do País O Portfólio de TI da Embratel a Serviço da Agroindústria A convergência de serviços de TI e telecom se consolida como fenômeno

Leia mais

PORTFÓLIO www.imatec.com.br

PORTFÓLIO www.imatec.com.br História A IMATEC foi estabelecida em 1993 com o objetivo de atuar nos segmentos de microfilmagem, digitalização e guarda de documentos e informações, hoje conta com 300 colaboradores, têm em seu quadro,

Leia mais

W H I T E P A P E R S e r v i d o r e s U n i x - A m e l h o r o p ç ã o p a r a s u p o r t a r a p l i c a ç õ e s c r í t i c a s

W H I T E P A P E R S e r v i d o r e s U n i x - A m e l h o r o p ç ã o p a r a s u p o r t a r a p l i c a ç õ e s c r í t i c a s Av Eng. Luiz Carlos Berrini 1645, 8 andar, 04571-000 Brooklin Novo, São Paulo SP Brazil. Tel: 55 11 5508-3400 Fax: 55 11 5508 3444 W H I T E P A P E R S e r v i d o r e s U n i x - A m e l h o r o p ç

Leia mais

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR?

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? Descubra os benefícios que podem ser encontrados ao se adaptar as novas tendências de mercado ebook GRÁTIS Como o investimento em TI pode

Leia mais

INFORME PORQUE TELEFÓNIA EM NUVEM?

INFORME PORQUE TELEFÓNIA EM NUVEM? INFORME PORQUE TELEFÓNIA EM NUVEM? Porque a Voz na Nuvem? 2 Índice Introdução... 3 Baixo Custo... 4 REQUISITOS MÍNIMOS DE CAPITAL... 4 EQUIPAMENTOS GENÉRICOS... 4 UTILIZAÇÃO DE MAIORES RECURSOS... 4 DESPESAS

Leia mais

IMPLEMENTANDO UMA ARQUITETURA DO SECURITY ANALYTICS

IMPLEMENTANDO UMA ARQUITETURA DO SECURITY ANALYTICS IMPLEMENTANDO UMA ARQUITETURA DO SECURITY ANALYTICS Resumo da solução RESUMO As novas ameaças de segurança exigem uma nova abordagem ao gerenciamento de segurança. As equipes de segurança precisam de uma

Leia mais

Agregando valor com Business Service Innovation

Agregando valor com Business Service Innovation Agregando valor com Business Service Innovation A TI é enorme. Existem tantos bits no universo digital quanto estrelas em nosso universo físico. é arriscada. Dois terços dos projetos de TI estão em risco,

Leia mais

Adapte. Envolva. Capacite.

Adapte. Envolva. Capacite. Adapte. Envolva. Capacite. Ganhe produtividade em um Ambiente de trabalho digital #DigitalMeetsWork Os benefícios de um ambiente de trabalho digital têm impacto na competitividade do negócio. Empresas

Leia mais

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 3 } 1. INTRODUÇÃO: PARQUE TECNOLÓGICO CAPITAL DIGITAL - PTCD Principal polo de desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação do Distrito Federal, o PTCD

Leia mais

onda Logistics powered by Quantum

onda Logistics powered by Quantum onda Logistics powered by Quantum Sonda IT Fundada no Chile em 1974, a Sonda é a maior companhia latino-americana de soluções e serviços de TI. Presente em 10 países, tais como Argentina, Brasil, Chile,

Leia mais

Predictions Brasil 2015 Acelerando a Inovação na 3 a Plataforma

Predictions Brasil 2015 Acelerando a Inovação na 3 a Plataforma Predictions Brasil 2015 Acelerando a Inovação na 3 a Plataforma 1 IDC - Equipe Pietro Delai Reinaldo Sakis João Paulo Bruder Luciano Ramos Gerente de Pesquisa e Consultoria -Enterprise Gerente de Pesquisa

Leia mais

Governo Municipal. Oferta de Soluções Motorola

Governo Municipal. Oferta de Soluções Motorola Governo Municipal Oferta de Soluções Motorola Agenda Por que a Motorola? Oferta de Soluções Motorola Casos de Sucesso Por que a Motorola? Conta com mais 80 anos na indústria. Liderança indiscutível em

Leia mais

Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-20102010

Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-20102010 Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-20102010 Resultados de Junho 2009 Preparado para Meta de Banda Larga em 2010 no Brasil: 15 milhões de conexões Elaborado por IDC Copyright 2009 IDC. Reproduction

Leia mais

Mude para digital. Sistema de rádio bidirecional digital profissional MOTOTRBO

Mude para digital. Sistema de rádio bidirecional digital profissional MOTOTRBO Sistema de rádio bidirecional digital profissional A solução de comunicação em rádios bidirecionais de próxima geração está aqui, com melhor desempenho, produtividade e preço e mais oportunidades para

Leia mais

Campinas Território Inteligente

Campinas Território Inteligente Campinas Território Inteligente Conteúdo Conceito Dimensões da Cidade Inteligente Território Inteligente Dimensões Inspirações e projetos existentes em outras cidades Campinas Projetos de Território Inteligente

Leia mais

IBM Software. Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Agosto de 2011

IBM Software. Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Agosto de 2011 IBM Software Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Agosto de 2011 2 Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Destaques Amplie os serviços de negócios

Leia mais

A 1ª Cidade Inteligente da América Latina

A 1ª Cidade Inteligente da América Latina A 1ª Cidade Inteligente da América Latina Imagine... gerar somente a energia que precisamos em nossas casas através de fontes renováveis... saber o consumo de energia de cada aparelho elétrico conectado

Leia mais

A Faixa de 700 MHz Para Serviços Públicos. Brasília, 29 de Abril de 2014

A Faixa de 700 MHz Para Serviços Públicos. Brasília, 29 de Abril de 2014 A Faixa de 700 MHz Para Serviços Públicos Brasília, 29 de Abril de 2014 Happy 50 th Birthday in 2014! IDC tem posição única na indústria de TI e Telecom da América Latina Provedores Canais 16,903 Menções

Leia mais

Sistema de localização e bloqueio veicular por célula de comunicação Objetivo Principal

Sistema de localização e bloqueio veicular por célula de comunicação Objetivo Principal de comunicação Objetivo Principal Prover uma solução de baixo custo para Identificação, localização, bloqueio e recuperação de veículos roubados ou procurados, através de micro circuitos embarcados de

Leia mais

Reunião da Qualidade RS - 48a Edição. Inovação e Cidades Inteligentes. Planeta Mais Inteligente: www.ibm.com/smarterplanet/br/pt/

Reunião da Qualidade RS - 48a Edição. Inovação e Cidades Inteligentes. Planeta Mais Inteligente: www.ibm.com/smarterplanet/br/pt/ Planeta Mais Inteligente: www.ibm.com/smarterplanet/br/pt/ Siga a IBM no Twitter: YouTube Canal IBM: www.twitter.com/ibmbrasil www.youtube.com/ibmbrasil Reunião da Qualidade RS - 48a Edição Inovação e

Leia mais

CONTENTS. 2010 SkyWave Mobile Communications, Inc. www.skywave.com. www.skywave.com 2 V.012010

CONTENTS. 2010 SkyWave Mobile Communications, Inc. www.skywave.com. www.skywave.com 2 V.012010 CONTENTS Introdução... 3 O que é Monitoramento Remoto?... 4 Selecionando Equipamento de Monitoramento Remoto... 6 Selecionando Tecnologias de Comunicação... 6 Escolhendo uma Solução de Monitoramento...

Leia mais

HÁ 130 ANOS A FURUKAWA PARTICIPA ATIVAMENTE NA VIDA DAS PESSOAS, ATRAVÉS DA CONTÍNUA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA.

HÁ 130 ANOS A FURUKAWA PARTICIPA ATIVAMENTE NA VIDA DAS PESSOAS, ATRAVÉS DA CONTÍNUA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. HÁ 130 ANOS A FURUKAWA PARTICIPA ATIVAMENTE NA VIDA DAS PESSOAS, ATRAVÉS DA CONTÍNUA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. CRIANDO SOLUÇÕES COMPLETAS PARA EMPRESAS E PESSOAS A Furukawa tem como foco ampliar os relacionamentos,

Leia mais

SOLUÇÕES DE MOBILIDADE E COMUNICAÇÃO PARA EFICIÊNCIA E SEGURANÇA PORTUÁRIAS

SOLUÇÕES DE MOBILIDADE E COMUNICAÇÃO PARA EFICIÊNCIA E SEGURANÇA PORTUÁRIAS SOLUÇÕES DE MOBILIDADE E COMUNICAÇÃO PARA EFICIÊNCIA E SEGURANÇA PORTUÁRIAS O PULSO VITAL DA ATIVIDADE PORTUÁRIA Cerca de 80% de todo o comércio mundial é despachado por contêineres, de modo que o gerenciamento

Leia mais

Atividade Capitulo 6 - GABARITO

Atividade Capitulo 6 - GABARITO Atividade Capitulo 6 - GABARITO 1. A Internet é uma força motriz subjacente aos progressos em telecomunicações, redes e outras tecnologias da informação. Você concorda ou discorda? Por quê? Por todos os

Leia mais

O Mercado americano de Tecnologia 2014/2015

O Mercado americano de Tecnologia 2014/2015 O Mercado americano de Tecnologia 2014/2015 1. Considerações Gerais Os Estados Unidos, maior potência mundial e tecnológica, apresenta projeções cada vez mais otimistas. Desde 2008, no estouro da crise

Leia mais

A EMPRESA. A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia.

A EMPRESA. A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia. A EMPRESA A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia. A experiência da Future Technology nas diversas áreas de TI disponibiliza aos mercados público

Leia mais

Pesquisa Virtualização e Evolução para a Nuvem RESULTADOS BRASIL

Pesquisa Virtualização e Evolução para a Nuvem RESULTADOS BRASIL 2011 Pesquisa Virtualização e Evolução para a Nuvem RESULTADOS BRASIL ÍNDICE Evolução de TI... 4 Metodologia... 6 Foco... 8 Conclusão 1: As diferenças entre expectativas e realidade revelam a evolução

Leia mais

Tendências na adoção de Big Data & Analytics: Inovação em tempo real para empresas que precisam de transformação

Tendências na adoção de Big Data & Analytics: Inovação em tempo real para empresas que precisam de transformação Tendências na adoção de Big Data & Analytics: Inovação em tempo real para empresas que precisam de transformação Luciano Ramos Coordenador de Pesquisas de Software IDC Brasil A América Latina enfrenta

Leia mais

Uma abordagem estratégica para atender à demanda de Nuvem

Uma abordagem estratégica para atender à demanda de Nuvem White paper Para provedores de nuvem Uma abordagem estratégica para atender à demanda de Nuvem Introdução: os novos desafios dos clientes estimulam a adoção da nuvem Em um ambiente de negócios dinâmico,

Leia mais

A Solução Completa para a Mão de Obra Móvel das Companhias de Serviços Públicos. Para os dias de hoje e para o futuro das redes elétricas inteligentes

A Solução Completa para a Mão de Obra Móvel das Companhias de Serviços Públicos. Para os dias de hoje e para o futuro das redes elétricas inteligentes A Solução Completa para a Mão de Obra Móvel das Companhias de Serviços Públicos Para os dias de hoje e para o futuro das redes elétricas inteligentes Transformando as operações de campo das companhias

Leia mais

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Obtenha soluções em nuvem comprovadas para as suas prioridades mais urgentes Destaques da solução Saiba sobre os benefícios mais comuns de implementações

Leia mais

VARELLA, João. As cidades do futuro. Isto é Dinheiro. São Paulo, 15 de fevereiro de 2014.

VARELLA, João. As cidades do futuro. Isto é Dinheiro. São Paulo, 15 de fevereiro de 2014. As cidades do futuro VARELLA, João. As cidades do futuro. Isto é Dinheiro. São Paulo, 15 de fevereiro de 2014. O mundo passa por um processo de urbanização nunca visto na história. Metade da população

Leia mais

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte IBM Global Technology Services Manutenção e suporte técnico Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte Uma abordagem inovadora em suporte técnico 2 Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável

Leia mais

Barômetro. Cisco. Banda Larga. Análise de mercado

Barômetro. Cisco. Banda Larga. Análise de mercado Barômetro Cisco Banda Larga da Análise de mercado Barômetro Cisco da Banda Larga Índice Introdução Introdução...2 Metodologia...3 Barômetro Cisco da Banda Larga...3 Definições...4 Banda Larga no Mundo...4

Leia mais

Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0

Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0 Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0 Brasil Dezembro de 2012 Preparado para Copyright IDC. Reproduction is forbidden unless authorized. All rights reserved. Agenda Introdução Descrição do projeto Resultados

Leia mais

ASTRO 25 SOLUÇÃO DE SISTEMAS TRONCALIZADOS DIGITAIS BASEADOS EM IP VOZ E DADOS INTEGRADOS

ASTRO 25 SOLUÇÃO DE SISTEMAS TRONCALIZADOS DIGITAIS BASEADOS EM IP VOZ E DADOS INTEGRADOS ASTRO 25 SOLUÇÃO DE SISTEMAS TRONCALIZADOS DIGITAIS BASEADOS EM IP VOZ E DADOS INTEGRADOS LÍDER DE MERCADO EM SOLUÇÕES PARA COMUNICAÇÕES A Motorola exerce a liderança em soluções digitais de próxima geração

Leia mais

Larga Brasil 2005-2010

Larga Brasil 2005-2010 Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010 Resultados de Junho de 2010 Preparado para Meta de Banda Larga em 2010 no Brasil: 15 milhões de conexões Elaborado por IDC Copyright 2010 IDC. Reproduction

Leia mais

Alavancando a segurança a partir da nuvem

Alavancando a segurança a partir da nuvem Serviços Globais de Tecnologia IBM White Paper de Liderança em Pensamento Serviços de Segurança IBM Alavancando a segurança a partir da nuvem O quem, o que, quando, por que e como dos serviços de segurança

Leia mais

Guaiaquil tira proveito da IoE para oferecer à população os benefícios da telemedicina e do governo eletrônico

Guaiaquil tira proveito da IoE para oferecer à população os benefícios da telemedicina e do governo eletrônico Guaiaquil tira proveito da IoE para oferecer à população os benefícios da telemedicina e do governo eletrônico RESUMO EXECUTIVO Objetivo Melhorar a vida dos moradores e ajudálos a serem bem-sucedidos na

Leia mais

Smart home. Fazendo da tecnologia smart home uma realidade. GfK 2015. GfK 2015 GfK smart home study 1

Smart home. Fazendo da tecnologia smart home uma realidade. GfK 2015. GfK 2015 GfK smart home study 1 Smart home Fazendo da tecnologia smart home uma realidade GfK 2015 GfK 2015 GfK smart home study 1 Conteúdos 1 2 3 Potencial de mercado Os nossos insights O seu crescimento através do conhecimento GfK

Leia mais

NECESSIDADE DE UM PLANO DE CONTINGÊNCIA DE TIC

NECESSIDADE DE UM PLANO DE CONTINGÊNCIA DE TIC CI-206 Adm. de TI & IT Prof. Antonio URBAN Referência: Plano de Contingência para Recursos de Tecnologia de Informação e Comunicação Palavras-chave: Tecnologia de Informação, Tecnologia de Comunicação,

Leia mais

redes, infraestrutura e telecom

redes, infraestrutura e telecom redes, infraestrutura e telecom Integração de soluções, projetos, implementação e manutenção de redes, infraestrutura de TI e telecom para empresas de grande e médio portes. SERVIÇOS redes, infraestrutura

Leia mais

Localização e Inteligência Móvel. Com a iguard todos os caminhos levam sua empresa onde ela precisa chegar.

Localização e Inteligência Móvel. Com a iguard todos os caminhos levam sua empresa onde ela precisa chegar. Localização e Inteligência Móvel Com a iguard todos os caminhos levam sua empresa onde ela precisa chegar. 1 2 Localização e Inteligência Móvel Todos os dias sua empresa enfrenta grandes desafios para

Leia mais

panorama do mercado brasileiro de Cloud Comput

panorama do mercado brasileiro de Cloud Comput panorama do mercado brasileiro de Cloud Comput Cloud Conf 2012 Agosto de 2012 Sobre a Frost & Sullivan - Consultoria Global com presença nos 4 continentes, em mais de 25 países, totalizando 40 escritórios.

Leia mais

Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI

Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI Para competir com eficácia, as empresas da atualidade precisam se adaptar a um ambiente tecnológico que sofre rápidas mudanças.

Leia mais

Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0

Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0 Barômetro Cisco de Banda Larga 2.0 Brasil Junho de 2013 Preparado para Copyright IDC. Reproduction is forbidden unless authorized. All rights reserved. Agenda Introdução Descrição do projeto Resultados

Leia mais

APLICAÇÕES PARA CASAS INTELIGENTES EM AMBIENTES PERVASIVOS

APLICAÇÕES PARA CASAS INTELIGENTES EM AMBIENTES PERVASIVOS APLICAÇÕES PARA CASAS INTELIGENTES EM AMBIENTES PERVASIVOS RESUMO Alessandro Lumertz Garcia 1 Anderson Yanzer Cabral 2 Este artigo apresenta tipos de aplicações que podem existir nas casas inteligentes,

Leia mais

Tradição, pioneirismo e credibilidade.

Tradição, pioneirismo e credibilidade. Tradição, pioneirismo e credibilidade. A Converge Comunicações desenvolve serviços convergentes com foco em novas tecnologias, soluções e tendências. Nosso portfólio inclui a organização de feiras, congressos

Leia mais

O papel dominante da mobilidade no mercado de trabalho

O papel dominante da mobilidade no mercado de trabalho Um perfil personalizado de adoção da tecnologia comissionado pela Cisco Systems Fevereiro de 2012 Dinâmica de ganhos com as iniciativas de mobilidade corporativa Os trabalhadores estão cada vez mais remotos,

Leia mais

Internet of Things. Diretoria de Estratégia e Frentes de Transformação. Rio de Janeiro, Maio de 2014 CONFIDENCIAL

Internet of Things. Diretoria de Estratégia e Frentes de Transformação. Rio de Janeiro, Maio de 2014 CONFIDENCIAL CONFIDENCIAL Internet of Things Diretoria de Estratégia e Frentes de Transformação Rio de Janeiro, Maio de 2014 Este documento é classificado como confidencial. Os direitos de reprodução pertencem à Oi.

Leia mais

Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic

Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic CUSTOMER SUCCESS STORY Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic PERFIL DO CLIENTE Indústria: Serviços de TI Companhia: Globalweb Outsourcing Empregados: 600 EMPRESA A Globalweb

Leia mais

SEGURANÇA AO ALCANCE DE TODOS

SEGURANÇA AO ALCANCE DE TODOS SEGURANÇA AO ALCANCE DE TODOS TECNOLOGIA A SERVIÇO DA SEGURANÇA O Helper é um sistema inovador que utiliza tecnologia para promover o bem-estar das pessoas, contribuindo para a gestão da segurança pública

Leia mais

Nove erros comuns que devem ser evitados ao selecionar e implementar uma solução de mobilidade

Nove erros comuns que devem ser evitados ao selecionar e implementar uma solução de mobilidade Nove erros comuns que devem ser evitados ao selecionar e implementar uma solução de mobilidade Introdução Introdução A empresa de pesquisa IDC prevê que mais da metade dos trabalhadores usarão ferramentas

Leia mais

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos Terceirização de Processos Empresariais da Capgemini Um componente da área de Serviços Públicos da Capgemini As concessionárias de serviços

Leia mais

Computação em nuvem. Mudança da função e da importância das equipes de TI O PONTO DE VISTA DOS EXECUTIVOS SOBRE A NUVEM.

Computação em nuvem. Mudança da função e da importância das equipes de TI O PONTO DE VISTA DOS EXECUTIVOS SOBRE A NUVEM. O PONTO DE VISTA DOS EXECUTIVOS SOBRE A NUVEM O ponto de vista dos executivos sobre a nuvem Janeiro de 2015 Computação em nuvem Mudança da função e da importância das equipes de TI Janeiro de 2015 1 Capacitação

Leia mais

Anderson L. S. Moreira

Anderson L. S. Moreira Tecnologia da Informação Aula 9 Telecomunicações e Rede Interconectando a Empresa Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@ifpe.edu.br Instituto Federal de Pernambuco Recife PE Esta apresentação está sob

Leia mais

BPMS Business Process Management Systems

BPMS Business Process Management Systems BPMS Business Process Management Systems Perspectivas e benefícios em processos no governo II Colóquio Internacional 28-07-2005 La Sociedad de la Información em Perspectiva Comparada: Las Americas y Europa

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO Gerenciamento da infraestrutura convergente da CA Technologies Como posso fornecer serviços inovadores ao cliente com uma infraestrutura cada vez mais complexa e convergente? E com gerenciamento

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NO APOIO À DISTRIBUIÇÃO URBANA. José Lourenço

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NO APOIO À DISTRIBUIÇÃO URBANA. José Lourenço SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NO APOIO À DISTRIBUIÇÃO URBANA José Lourenço Apresentação TEIA Angola TEIA - Tecnologias de Informação de Angola, Lda (Desde 2008) Implementação e manutenção de soluções próprias

Leia mais

Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data

Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data Contexto As pressões do mercado por excelência em qualidade e baixo custo obrigam as empresas a adotarem sistemas de produção automatizados

Leia mais

Com a Informatica, a Vale potencializa as relações de parceria

Com a Informatica, a Vale potencializa as relações de parceria Caso de Sucesso Com a Informatica, a Vale potencializa as relações de parceria As inovações na forma como integramos e gerenciamos a relação com parceiros estão ajudando a reduzir o custo dos relacionamentos

Leia mais

Como ter sucesso no desenvolvimento e suporte de nuvens híbridas

Como ter sucesso no desenvolvimento e suporte de nuvens híbridas BOLETIM INFORMATIVO Como ter sucesso no desenvolvimento e suporte de nuvens híbridas Oferecido por: HP Gard Little Julho de 2014 Elaina Stergiades OPINIÃO DA IDC Ao planejar a adoção de novas tecnologias

Leia mais

INFRAESTRUTURA PARA INOVAÇÃO BPM e SOA

INFRAESTRUTURA PARA INOVAÇÃO BPM e SOA INFRAESTRUTURA PARA INOVAÇÃO BPM e SOA Palestrante: Eduardo José Ribeiro de Castro, MSc. eduardo@quaddract.com.br 25/08/2009 1 Objetivo Geral APL Brasília Capital Digital Desenvolver entre as empresas

Leia mais

Curso de Sistemas de Informação 8º período Disciplina: Tópicos Especiais Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-1

Curso de Sistemas de Informação 8º período Disciplina: Tópicos Especiais Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-1 Curso de Sistemas de Informação 8º período Disciplina: Tópicos Especiais Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-1 Aula 2 Arquitetura de Data Center Ambientes Colaborativos A história dos sistemas

Leia mais

Introdução ao Subsistema Multimídia IP (IMS) Conceitos básicos de IMS e terminologia

Introdução ao Subsistema Multimídia IP (IMS) Conceitos básicos de IMS e terminologia Introdução ao Subsistema Multimídia IP (IMS) Conceitos básicos de IMS e terminologia Introdução Formalmente, o IP Multimedia Subsystem (IMS) é definido como:... um novo 'domínio' principal da rede (ou

Leia mais

Desafios da convergência em um mundo totalmente IP. Sidney Longo

Desafios da convergência em um mundo totalmente IP. Sidney Longo Desafios da convergência em um mundo totalmente IP Sidney Longo 13 de abril de 2011 Agenda O CPqD Cenário Roadmap Tecnológico Tendências Tecnológicas Computação em Nuvem Mobilidade e Redes Sociais Multiplos

Leia mais

O valor de um motor de precificação autônomo para Seguradoras

O valor de um motor de precificação autônomo para Seguradoras O valor de um motor de precificação autônomo para Seguradoras Escolhas importantes devem ser feitas à medida em que aumenta o número de Seguradoras migrando seus sistemas de administração de apólice pré-existentes

Leia mais

ÍNDICE. Liderança mundial em soluções energéticas inteligentes. Por que os serviços globais da SunEdison se destacam? Serviços Globais da SunEdison

ÍNDICE. Liderança mundial em soluções energéticas inteligentes. Por que os serviços globais da SunEdison se destacam? Serviços Globais da SunEdison SUNEDISON SERVIÇOS GLOBAIS 2015 2 ÍNDICE Liderança mundial em soluções energéticas inteligentes 1. Sobre a SunEdison 2. Dados relevantes da SunEdison 5 6 Por que os serviços globais da SunEdison se destacam?

Leia mais

Porque a terceirização da infraestrutura deve ser o primeiro passo para a transformação de TI

Porque a terceirização da infraestrutura deve ser o primeiro passo para a transformação de TI Porque a terceirização da infraestrutura deve ser o primeiro passo para a transformação de TI A Frost & Sullivan White Paper Patrocinado pela Embratel Porque a terceirização da infraestrutura deve ser

Leia mais

Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão e Tecnologia da Informação - Turma 25 20/03/2015. Big Data Analytics:

Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão e Tecnologia da Informação - Turma 25 20/03/2015. Big Data Analytics: Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão e Tecnologia da Informação - Turma 25 20/03/2015 Big Data Analytics: Como melhorar a experiência do seu cliente Anderson Adriano de Freitas RESUMO

Leia mais

Simplifique: consolidando a gestão do ambiente de trabalho do usuário final

Simplifique: consolidando a gestão do ambiente de trabalho do usuário final Simplifique: consolidando a gestão do ambiente de trabalho do usuário final Para muitas organizações, a rápida proliferação das tecnologias para o usuário final tem demonstrado uma ambigüidade em seus

Leia mais

Gerenciamento unificado para milhares de ativos por toda a vida útil

Gerenciamento unificado para milhares de ativos por toda a vida útil Gerenciamento unificado milhares de ativos por toda a vida útil O Endpoint Manager da IBM, construído com tecnologia BigFix, oferece gerenciamento mais rápido e inteligente Destaques Gerencie milhares

Leia mais

O futuro digital das cidades

O futuro digital das cidades O futuro digital das cidades Visão & Tecnologia: a fórmula para tornar nossas Cidades mais Inteligentes Hora de Agir: As cidades mais que estados ou países estarão cada mais se tornando o centro determinante

Leia mais

Maturidade da Impressão e Gestão Documental nas Organizações Nacionais

Maturidade da Impressão e Gestão Documental nas Organizações Nacionais Maturidade da Impressão e Gestão Documental nas Organizações Nacionais 1. Tendências na impressão e gestão documental 2. Modelo de maturidade da impressão e gestão documental 3. Q&A 2 Uma nova plataforma

Leia mais

Itatiba: Cidade + Inteligente. Novembro 2014

Itatiba: Cidade + Inteligente. Novembro 2014 Itatiba: Cidade + Inteligente Novembro 2014 concepção projeto inovador na gestão do patrimônio e dos serviços prestados pelo município por meio de um sistema digital que possibilitará o monitoramento e

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO DO PARCEIRO Soluções de garantia do serviço da CA Technologies você está ajudando seus clientes a desenvolver soluções de gerenciamento da TI para garantir a qualidade do serviço e a

Leia mais

Tecnologia nos Municípios Brasileiros

Tecnologia nos Municípios Brasileiros PREFEITURA DE ITABORAÍ SECRETARIA DE FAZENDA ASSCT&I & (COBRA/BANCO DO BRASIL) DIRETORIA DE SISTEMAS INTEGRADOS Tecnologia nos Municípios Brasileiros O TERMO CIDADE DIGITAL Uma Cidade Digital muitas vezes

Leia mais

Liderando a Evolução para Redes Mesh

Liderando a Evolução para Redes Mesh Tendências do mercado A realidade do século 21 A conectividade em Banda Larga tem se transformado numa utilidade tão básica quanto a a eletricidade e o gás As redes mesh wireless fazem hoje, desta tecnologia,

Leia mais

Controlador de Bombas modelo ABS PC 242 Monitoramento e Controle de Bombas e Estações de Bombeamento

Controlador de Bombas modelo ABS PC 242 Monitoramento e Controle de Bombas e Estações de Bombeamento Controlador de Bombas modelo ABS PC 242 Monitoramento e Controle de Bombas e Estações de Bombeamento Um Único Dispositivo para Monitoramento e Controle Há várias formas de melhorar a eficiência e a confiabilidade

Leia mais

O valor da performance. Capex investido em qualidade de rede melhora desempenho financeiro das operadoras

O valor da performance. Capex investido em qualidade de rede melhora desempenho financeiro das operadoras O valor da performance Capex investido em qualidade de rede melhora desempenho financeiro das operadoras Abril de 2014 CONTEÚDO RESUMO INTRODUÇÃO 3 MELHOR PERFORMANCE DE REDE 4 IMPLICAÇÕES ESTRATÉGICAS

Leia mais

CONVERTA OS OBJETIVOS DE SUA EMPRESA EM UM PLANO EXECUTÁVEL

CONVERTA OS OBJETIVOS DE SUA EMPRESA EM UM PLANO EXECUTÁVEL CONVERTA OS OBJETIVOS DE SUA EMPRESA EM UM PLANO EXECUTÁVEL SERVIÇOS PROFISSIONAIS DA MOTOROLA PARA OPERAÇÕES EMPRESARIAIS O DESAFIO NECESSIDADES URGENTE. TECNOLOGIAS MUTÁVEIS. SOLUÇÕES COMPLEXAS. A maioria

Leia mais

Secretaria para Assuntos Estratégicos

Secretaria para Assuntos Estratégicos Secretaria para Assuntos Estratégicos DO DESAFIO A REALIDADE Nosso desafio: 399 municípios conectados por uma internet rápida, que oportuniza a aproximação da gestão pública com o cidadão. O projeto Rede399

Leia mais

Symantec concretiza sua visão estratégica com datacenter seguro de próxima geração distribuído pela Cisco ACI

Symantec concretiza sua visão estratégica com datacenter seguro de próxima geração distribuído pela Cisco ACI DESTAQUE DO IDC ExpertROI Symantec concretiza sua visão estratégica com datacenter seguro de próxima geração distribuído pela Cisco ACI Patrocinado pela: Cisco Matthew Marden Maio de 2015 Brad Casemore

Leia mais

as cinco principais batalhas do monitoramento e como você pode vencê-las

as cinco principais batalhas do monitoramento e como você pode vencê-las DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA Setembro de 2012 as cinco principais batalhas do monitoramento e como você pode vencê-las agility made possible sumário resumo executivo 3 efetivo do servidor: 3 difícil e piorando

Leia mais

Serviços IBM de Resiliência:

Serviços IBM de Resiliência: Serviços IBM de Resiliência: Sempre disponível, em um mundo sempre conectado Como chegamos até aqui? Dois profissionais de TI estão sofrendo com interrupções de negócios frequentes, os problemas estão

Leia mais

CARTILHA DE ORIENTAÇÕES

CARTILHA DE ORIENTAÇÕES NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRÔNICA NFC-e MODELO 65 CARTILHA DE ORIENTAÇÕES Esteja pronto para a maior revolução no varejo dos últimos tempos: A Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica! 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...

Leia mais

C a s o d e S u c e s s o T e c n o l o g i a e s e r v i ç o s d a H P t r a n s f o r m a n d o a i n f r a e s t r u t u r a d e T I d a T A M

C a s o d e S u c e s s o T e c n o l o g i a e s e r v i ç o s d a H P t r a n s f o r m a n d o a i n f r a e s t r u t u r a d e T I d a T A M Av Eng. Luiz Carlos Berrini 1645, 8 andar, 04571-000 Brooklin Novo, São Paulo SP Brazil. Tel: 55 11 5508-3400 Fax: 55 11 5508 3444 S P E C I A L S T U D Y C a s o d e S u c e s s o T e c n o l o g i a

Leia mais