Proposta de implantação da ITIL na Empresa XPTO: Gerenciamento estratégico para serviços de TI

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Proposta de implantação da ITIL na Empresa XPTO: Gerenciamento estratégico para serviços de TI"

Transcrição

1 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL Pós-Graduação Lato Sensu em Governança de Tecnologia da Informação Jonathan Jordan Carrillo Salcedo Proposta de implantação da ITIL na Empresa XPTO: Gerenciamento estratégico para serviços de TI Brasília-DF 2012

2 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL Jonathan Jordan Carrillo Salcedo Proposta de implantação da ITIL na Empresa XPTO: Gerenciamento estratégico para serviços de TI Trabalho de Conclusão de Curso apresentado como requisito para a obtenção do título de Especialista em Governança de Tecnologia da Informação ao Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial SENAC, Unidade EAD SENAC/DF. Orientador: Prof. Ms. Edilberto Magalhães Silva Brasília-DF 2012

3 FICHA CATALOGRÁFICA Será elaborada pela bibliotecária do Senac. As informações serão repassadas no dia da apresentação do trabalho para a banca examinadora. ATENÇÃO: A ficha catalográfica é impressa no verso da folha de rosto, alinhada com a margem inferior.

4

5 Dedico este trabalho à minha eterna companheira, amiga e amor da minha vida, Deise. À minha mãe, Rita, pelo amor, entrega e dedicação dispensados durante a sua vida. À minha filha Milena, pelo carinho e amor conquistados a cada dia.

6 AGRADECIMENTOS Ao Deus Todo poderoso, que nos amou de tal maneira, que entregou o seu filho unigênito em nosso favor. Sem Ele, nada em minha vida seria possível. À minha familia, por estarem ao meu lado em todo momento, entendendo os momentos de ausência, e ajudando para a construção e realização dos nossos sonhos. Aos meus queridos amigos, que me ensinaram muito durante este período, e contribuiram para o meu crescimento profissional. Ao Sr. Lourival Novaes Dantas, por todo o apoio dispensado durante os meus estudos e pelos ensinamentos que levarei por toda vida. Ao professor e orientador Edilberto Silva, pelo apoio e conselhos dados durante a elaboração deste trabalho, que foram fundamentais para o sucesso do mesmo. A todos os professores e alunos do Curso de Governança de TI, disponibilizado pelo SENAC. Tenham a certeza que cada resposta ou debate que tivemos durante este curso serviram para o meu aprendizado e crescimento pessoal. A todos, o meu muito obrigado!

7 Se o machado está cego e sua lâmina não foi afiada, é preciso golpear com mais força; agir com sabedoria assegura o sucesso. Eclesiastes 10:10

8 RESUMO Este trabalho apresenta uma proposta de implantação da ITIL Information Technology Infrastructure Library, no nível estratégico do Ciclo de Vida do Serviço em uma empresa privada, que tem como sua principal atividade o processamento de cartões para diversos emissores, e a disponibilização de serviços necessários para gestão bancária dos cartões, bem como a garantia da conformidade com os orgãos reguladores. Inicialmente, é realizada uma abordagem teórica sobre os processos e objetivos deste framework, além de vincular os seus conceitos com os princípios da Governança de Tecnologia da Informação e com o COBIT 4.1 Control Objectives for Information and related Technology. Utilizou-se, também, da notação gráfica BPMN - Business Process Modeling Notation, para a análise das sequências lógicas dos processos propostos pela ITIL. A proposta se inicia com a análise da instituição quanto às principais atividades da empresa, e como estas podem ser inseridas nos processos da estratégia de serviços da ITIL, bem como a implementação prática de cada processo, utilizando, como princípio, o planejamento estratégico de Tecnologia da Informação para alcançar o alinhamento da TI com o Negócio, e, consequentemente, agregar valor ao negócio do cliente. Palavras-chave: ITIL. COBIT. BPMN. Planejamento estratégico. Ciclo de Vida do Serviço.

9 ABSTRACT This paper presents a proposal for implementation of ITIL - Information Technology Infrastructure Library, on the strategic level of the Life Cycle Service in a private company, which has as main activity the processing of cards from various issuers, and the need for the provision of services for banking management cards, as well as ensuring compliance with regulatory bodies. From the start a theoretical approach is performed on the processes and objectives of this framework, and also linking their concepts with the principles of Information Technology Governance and COBIT Control Objectives for Information and related Technology. We also used a graphical notation BPMN - Business Process Modeling Notation for the logical analysis of the sequences of procedures proposed by ITIL. The proposal begins with an analysis of the institution on key business activities and how these can be inserted in the processes of the ITIL service strategy, as well as the practical implementation of each process, using first the Information Technology strategic planning to achieve alignment of IT with the business, and thus adding value to the customer's business. Key Words: ITIL. COBIT. BPMN. Strategic planning. Lifecycle Service.

10 LISTA DE ILUSTRAÇÕES Figura 1 - Fatores motivacionais da Governança de TI Figura 2 - O Ciclo da Governança de TI Figura 3 - Áreas de foco da Governança de TI, na visão do COBIT Figura 4 - Os quatro Domínios Inter-relacionados do COBIT Figura 5 - Linha de evolução da Biblioteca ITIL Figura 6 - O Núcleo da ITIL Figura 7-4 Ps da Estratégia Figura 8 - Atividades do Gerenciamento de Portfólio Figura 9 - Necessidades para a criação de valor Figura 10 - Processo de Negócio Interno (Privado) Figura 11 - Processo de Trabalho Abstrato (Público) Figura 12 - Processo de Negócio Colaborativo (Global) Figura 13 - Representação de uma atividade no BPMN Figura 14 - Representação de eventos no BPMN Figura 15 - Representação de um gateway no BPMN Figura 16 - Conexão de sequência do BPMN Figura 17 - Conexão de Mensagem do BPMN Figura 18 - Conexão de Associação do BPMN Figura 19 - Tipo de Pool do BPMN Figura 20 - Tipo de Lane do BPMN Figura 21 - Organograma de Gerências e Processos da XPTO Figura 22 - Visão do ciclo de vida do Serviço Figura 23 - Estrutura do Portfólio de Serviços Figura 24 - Proposta de processo de solicitação de serviços XPTO Figura 25 - Proposta de Gerenciamento Financeiro na XPTO Figura 26 - Proposta de Gerenciamento da Demanda na XPTO

11 LISTA DE TABELAS Tabela 1 - Exemplo de PAN do serviço de personalização de cartões Tabela 2 - Exemplo de PU da Central de Atendimento Tabela 3 - Cronograma de implantação dos processos da ITIL na XPTO

12 LISTA DE SIGLAS E ABREVIATURAS BIA - Business Impact Analysis BPD - Business Process Diagram. BPMN - Business Process Modeling Notation. BPMNI - Business Process Management Iniciative. BPMN-WG - Business Process Modeling Notation Working Group. CCTA - Central Computing and Telecommunications Agency. CMMI - Capability Maturity Model Integration. COBIT - Control Objectives for Information and Related Technology. escm-sp - esourcing Capability Model for Service Providers. GEAPO - Gerência de projetos. GEOPE - Gerência de operações. GERAD - Gerência administrativa. GESIP - Gerência de sistemas de processamento de cartões. GSTI - Governança de serviços em TI. GTI - Governanças de Tecnologia da Informação. ITIL - Information Technology Infrastructure Library. OGC - Office of Govermment Commerce. OMG - Object Management Group. PAN - Padrões de Atividades de Negócio. PDS - Pacote de Desenho de Serviço. PMBOK - Project Management Body of Knowledge. PU - Perfil do Usuário. ROI - Return On Investment. SLA - Service Level Agreement. TI - Tecnologia da Informação.

13 SUMÁRIO 1. DELIMITAÇÃO DO PROBLEMA Introdução Motivação Objetivos e escopo Objetivo Geral Objetivos Específicos Metodologia GOVERNANÇA DE TI COBIT V ITIL Evolução da ITIL Razões para adotar a ITIL Estrutura da ITIL SS Estratégia de Serviço SD Desenho de Serviço ST Transição de Serviço SO Operação do Serviço CSI Melhoria Continuada ITIL na Entrega de Valor BPMN História Definição Tipos de mapeamento Objetos de Fluxo Objetos de Conexão Categoria Swimlanes PROPOR A IMPLANTAÇÃO DA ESTRATÉGIA DE SERVIÇOS DA ITIL NA EMPRESA XPTO Análise da Instituição A Empresa XPTO Análise do cenário da empresa Alinhamento da Área de TI Entrega de Valor da TI Plano de Projeto Proposta de implantação da estratégia de serviços da ITIL Gerenciamento de Portfólio Gerenciamento Financeiro Gerenciamento da Demanda Implementação Cronograma de Implantação Custo estimado Resultados esperados CONSIDERAÇÕES FINAIS Conclusões Trabalhos Futuros REFERÊNCIAS... 66

14 13 1. DELIMITAÇÃO DO PROBLEMA 1.1 Introdução Agregar valor ao Negócio! Afinal de que se trata esta frase? Muito se tem discutido sobre a Tecnologia da Informação (TI) estar alinhada ao Negócio do cliente, de agregar valor, ou auxiliar a tomada de decisões, mas o que quer dizer isto na prática? Na prática, sabe-se que a TI por muitas vezes esteve distante do Negócio, servindo apenas como ferramenta para exercer funções básicas e repetitivas. Porém, este conceito tem mudado consideravelmente nos últimos anos, e a necessidade de aproximação da TI com o Negócio tem se tornado inerente. Atualmente, as empresas que conseguem colocar as suas estratégias em prática utilizando a TI como aliada, têm conquistado grande espaço no mercado, já que a TI potencializa as possibilidades do cliente, desde que envolvida na real necessidade do mesmo. TI e Negócio. Quando se fala sobre estes dois papéis, percebe-se uma distância e dificuldades de comunicação geradas em função das diferenças de objetivos, mas esta distância tem diminuído a cada dia, e a TI sente necessidade de se aproximar, de conhecer o Negócio do seu cliente, de apoiá-lo e de se tornar um forte aliado estratégico, deixando de ser visto apenas como um consumidor em potencial do orçamento da empresa. Não há receita mágica para que a TI alcance estes objetivos, pelo contrário, o caminho está em simplesmente começar e trilhar as constantes mudanças do negócio, a fim de alcançar um consenso que gere sucesso. Dentro deste contexto é que se encontra a empresa XPTO. Uma empresa relativamente nova, em crescimento constante e promissor, mas que se depara com os mesmos problemas da maioria das instituições que utilizam os serviços de TI como base de suas atividades, já que não é tão fácil dimensionar o custo de um serviço abstrato, comparado a um produto palpável. A XPTO é uma empresa prestadora de serviços de processamento de cartões, e tem como seus principais clientes os bancos emissores que necessitam deste serviço para disponibilizar cartões de crédito, débito, alimentação e pré-pago aos seus portadores. Além de prestar serviços de processadora aos emissores, a

15 14 XPTO disponibiliza a sua própria Bandeira no mercado, e atua também como adquirente para uma rede de comércios associados a ela. Por estar associada diretamente ao setor bancário, a XPTO precisa estar alinhada com os padrões das instituições bancárias, e em conformidade com as exigências dos Órgãos Reguladores, a quem os bancos devem prestar contas. Neste contexto, a XPTO recebe uma grande quantidade de demandas voltadas ao cumprimento destas normas. A competitividade do setor de cartões é outro grande incentivador de mudanças nos serviços prestados pela XPTO, já que os bancos precisam dispor dos mesmos serviços e produtos que os concorrentes oferecem, para garantir a preferência e permanência dos seus clientes. Devido à grande demanda, e em função do crescimento acelerado da empresa XPTO, torna-se evidente a necessidade de melhorias na prestação dos serviços por ela disponibilizados, utilizando como base as melhores práticas orientadas pela Governança de TI. Com este objetivo, foi elaborada a proposta aqui descrita para a implantação da Biblioteca ITIL na empresa XPTO. Para cada processo tratado nesta monografia, é proposta uma implementação prática da gerência, ilustrando as atividades do processo por meio do padrão Business Process Modeling Notation (BPMN), assim como a definição dos responsáveis pela execução das atividades do processo, o cronograma de implantação e os resultados esperados com a implementação da ITIL na empresa XPTO. O Capítulo 1 trata da delimitação do problema, motivação, definição de objetivos e a metodologia utilizada no desenvolvimento. O Capítulo 2 inicia o referencial teórico com os fundamentos da Governança de TI. O Capítulo 3 trata do modelo de domínios e processos do COBIT V4.1. O Capítulo 4 aborda o histórico da ITIL, as razões para adotar a ITIL, a estrutura do framework, as 5 publicações do núcleo da ITIL, os 26 processos e as 4 funções da biblioteca. O Capítulo 5 detalha o funcionamento do padrão BPMN e os principais gráficos por ele propostos. O Capítulo 6 descreve o estudo de caso mostrando características da empresa, o cenário atual da instituição e o alinhamento da área de TI. Neste capítulo

16 15 é apresentada a proposta de implantação das gerências estratégicas do ITIL: Portfólio, Demanda e Financeira. São definidos o cronograma de implantação, a estimativa de custos e os resultados esperados com a adoção dos novos processos. A conclusão e a definição dos trabalhos futuros são apresentados no Capítulo 7 e as referências no Capítulo Motivação A TI está em constante evolução, e as exigências do mercado quanto aos resultados propostos pela mesma têm aumentado consideravelmente. Hoje, há uma preocupação permanente com o custo, prazo e qualidade dos serviços prestados pela TI. Em função disto, as empresas de TI têm buscado as melhores práticas de gestão utilizadas no mercado, a fim de alinhar o foco da TI com o Negócio, aperfeiçoando a relação entre ambos. A ITIL (Biblioteca de infraestrutura de TI) detalha os processos necessários para a melhor gestão de serviços de TI. A proposta do Ciclo de vida do serviço permite que as empresas distribuam os processos da ITIL de forma clara e concisa dentro da instituição (ITSMF, 2001, p.9). Por este motivo, o framework foi escolhido para integrar a proposta de implantação das melhores práticas na empresa XPTO. De modo geral, no Brasil não há uma cultura intrínseca de planejamento, e isto causa diversos conflitos entre o que o cliente deseja para o seu produto, e o que a TI realmente vai entregar. O Gerenciamento de serviços de TI da ITIL que será proposto para a empresa XPTO, busca minimizar este conflito, de forma que a TI se torne um aliado estratégico do Negócio, participando ativamente das decisões, e auxiliando o Negócio na otimização dos seus recursos, para que o investimento dispensado produza o resultado esperado, conforme o planejamento inicial. 1.3 Objetivos e escopo Objetivo Geral Propor a implementação do Framework ITIL na empresa XPTO, de forma gradativa e evolutiva, abordando o nível estratégico do Ciclo de vida do Serviço que

17 16 contempla o Gerenciamento de Portfólio de serviços, o Gerenciamento da Demanda e o Gerenciamento Financeiro, com o objetivo de aprimorar o desenvolvimento estratégico da empresa Objetivos Específicos Entender os objetivos de negócio da empresa XPTO; Analisar o nível de maturidade atual das gerências de: Portfólio, Financeiro e da Demanda, a fim de identificar a urgência para a adoção das melhores práticas da ITIL; Designar os responsáveis por cada processo que será implantado na empresa XPTO, bem como as suas responsabilidades de atuação; Disponibilizar propostas de fluxo de atividades para cada gerência, utilizando o padrão BPMN; Prover um fluxo de implantação com: prazos, esforços e treinamentos necessários para cada gerência envolvida. 1.4 Metodologia Para a elaboração desta monografia, optou-se pelas seguintes metodologias: Análise de negócio, para entendimento do valor esperado pelos clientes com a contratação dos serviços disponibilizados pela empresa XPTO; Estudo dos serviços e processos existentes na empresa XPTO, bem como suas políticas e direcionamentos estratégicos; Análise de Frameworks de Gestão de TI, com foco nas melhores práticas e no gerenciamento de serviços de TI; Exemplificação prática dos processos que envolvem a estratégia de serviços da biblioteca ITIL; Definição dos resultados esperados pela empresa, com a implantação do framework de gestão de serviços de TI; Pesquisa Bibliográfica, com conteúdo focado na gestão de TI, especificamente o framework ITIL.

18 17 2. GOVERNANÇA DE TI A ISACA define Governança de TI como uma estrutura de relacionamentos e processos para direcionar e controlar a empresa, objetivando alcançar os seus objetivos de obtenção de valor e minimização dos riscos de TI e seus processos. A governança de TI é de responsabilidade da alta administração (incluindo diretores e executivos), na liderança, nas estruturas organizacionais e nos processos que garantem que a TI da empresa sustente e estenda as estratégias e objetivos da organização. (ITGI, 2007) A Governança de TI é motivada por vários fatores (embora o senso comum considere a maior transparência da administração como sendo o principal motivador desse movimento que vemos no ambiente de TI das organizações), conforme definido na figura abaixo: (FERNANDES, 2008, p.9) Figura 1 - Fatores motivacionais da Governança de TI. A implantação de modelos como a ITIL, não abrangem a Governança de TI como um todo, mas podemos considerá-los como meios de alcançar os objetivos da Governança.

19 18 Entre os objetivos da Governança de TI, podemos citar: (FERNANDES, 2008, p.14) Garantir o alinhamento da TI ao negócio (suas estratégias e objetivos), tanto no que diz respeito às aplicações como à infraestrutura de serviços de TI; Garantir a continuidade do negócio contra interrupções e falhas (manter e gerir as aplicações e a infraestrutura de serviços); Garantir o alinhamento da TI a marcos de regulação externos como a Sarbanes Oxley (para empresas que possuem ações, títulos ou papéis sendo negociados em bolsas de valores norte-americanas), Basiléia II (no caso de bancos) e outras normas e resoluções. A figura abaixo, nos permite visualizar com clareza os objetivos dentro do Ciclo da Governança de TI: Figura 2 - O Ciclo da Governança de TI. Os conceitos do ciclo da Governança de TI apresentados na figura acima, e que serão detalhados logo abaixo, estão presentes no Ciclo de vida do Serviço da Biblioteca ITIL. O alinhamento estratégico e compliance referem-se ao planejamento estratégico da tecnologia da informação, que leva em consideração as estratégias da empresa para seus vários produtos e segmentos de atuação, assim como os requisitos de compliance externos, tais como o Sarbanes-Oxley Act e o Acordo de Basiléia. (FERNANDES, 2008, p.14)

20 19 A etapa de decisão, compromisso, priorização e alocação de recursos referem-se às responsabilidades pelas decisões relativas a TI, em termos de: arquitetura de TI, serviços de infraestrutura, investimentos, necessidades de aplicações, etc., assim como a definição dos mecanismos de decisão, ou seja, em que fóruns da empresa são realizadas essas decisões. Adicionalmente, trata da obtenção do envolvimento dos tomadores de decisão chaves da organização, assim como da definição de prioridades de projetos e serviços e da alocação efetiva de recursos monetários no contexto de um portfólio de TI. A etapa de estrutura, processos, operações e gestão referem-se à estrutura organizacional e funcional de TI, aos processos de gestão e operação dos produtos e serviços de TI, alinhados com as necessidades estratégicas e operacionais da empresa. Nesta fase são definidas ou redefinidas as operações de sistemas, infraestrutura, suporte técnico, segurança da informação, o escritório do CIO etc. A etapa de medição do desempenho refere-se à determinação, coleta e geração de indicadores de resultados dos processos, produtos e serviços de TI e à sua contribuição para as estratégias e objetivos do negócio. No capítulo seguinte, será apresentado o COBIT V4.1 com o objetivo de mostrar as semelhanças existentes entre o COBIT e a ITIL.

21 20 3 COBIT V4.1 O COBIT - Control Objectives for Information and related Technology fornece boas práticas por meio de um modelo de domínios e processos, e apresenta atividades em uma estrutura lógica e gerenciável. As boas práticas do COBIT representam o consenso de especialistas. Elas são fortemente focadas mais nos controles e menos na execução. Essas práticas irão ajudar a otimizar os investimentos em TI, assegurar a entrega dos serviços e prover métricas para julgar quando as coisas saem erradas. (ITGI, 2007, p.7) Para o COBIT, os pilares fundamentais que sustentam o núcleo da Governança de TI podem ser representados por cinco áreas, conforme mostra a Figura 3, cada qual seu respectivo foco: Figura 3 Áreas de foco da Governança de TI, na visão do COBIT. Fonte: IT Governance Institute (2007) Alinhamento Estratégico: foca em garantir a ligação entre os planos de negócios e de TI, definindo, mantendo e validando a proposta de valor de TI, alinhando as operações de TI com as operações da organização. (ITGI, 2007, p.7) Esta área do COBIT proporciona a visão macro do que será detalhado posteriormente no Nível Estratégico do Ciclo de Vida do Serviço da ITIL. Entrega de valor: é a execução da proposta de valor de IT através do ciclo de entrega, garantindo que TI entrega os prometidos benefícios

22 21 previstos na estratégia da organização, concentrando-se em otimizar custos e provendo o valor intrínseco de TI. Gestão de recursos: refere-se à melhor utilização possível dos investimentos e o apropriado gerenciamento dos recursos críticos de TI: aplicativos, informações, infraestrutura e pessoas. Questões relevantes referem-se à otimização do conhecimento e infraestrutura. Gestão de risco: requer a preocupação com riscos pelos funcionários mais experientes da corporação, um entendimento claro do apetite de risco da empresa e dos requerimentos de conformidade, transparência sobre os riscos significantes para a organização e inserção do gerenciamento de riscos nas atividades da companhia. Mensuração de desempenho: acompanha e monitora a implementação da estratégia, término do projeto, uso dos recursos, processo de performance e entrega dos serviços, usando, por exemplo, balanced scorecards que traduzem as estratégias em ações para atingir os objetivos, medidos por meio de processos contábeis convencionais. O COBIT é composto por 4 domínios, conforme figura abaixo: Figura 4 - Os quatro Domínios Inter-relacionados do COBIT. Fonte: COBIT V4.1

23 22 Planejamento e Organização (PO): Provê direção para entrega de soluções (AI) e entrega de serviços (DS); Aquisição e Implementação (AI): Provê as soluções e as transfere para tornarem-se serviços; Entrega e Suporte (DS): Recebe as soluções e as torna passíveis de uso pelos usuários finais; Monitoração e Avaliação dos processos de TI (ME): Monitora todos os processos para garantir que a direção definida seja seguida; Além destes domínios, o COBIT é auxiliado pelo Val IT, que agrega os domínios da Governança de Valor, Gerenciamento de Portfólio e Gerenciamento de Investimento, consolidando o modelo de maturidade, os indicadores de performance, os indicadores de metas e os fatores críticos de sucesso para a Governança de TI. (FERNANDES, 2008) O principal objetivo das práticas do COBIT é contribuir para o sucesso da entrega de produtos e serviços de TI, a partir da perspectiva das necessidades do negócio, com um foco mais acentuado no controle que na execução. De acordo com o ITGI, neste sentido, o COBIT: (FERNANDES, 2008, p.175) Estabelece relacionamentos com os requisitos do negócio; Organiza as atividades de TI em um modelo de processos genérico; Identifica os principais recursos de TI, nos quais deve haver mais investimento; Define os objetivos de controle que devem ser considerados para a gestão. Baseado neste foco de controle do COBIT, é que se pode entender melhor o conceito base do Gerenciamento Estratégico de Serviços proposto pela ITIL. O framework ITIL será mais bem detalhado no capítulo seguinte.

24 23 4 ITIL ITIL é um acrônimo de Information Technology Infrastructure Library. (PINHEIRO, TI Exames) Constitui-se de uma descrição coerente e integrada de práticas de Gerenciamento de Serviços de TI. Estas práticas ajudam a implantar e manter um Gerenciamento de Serviços de TI focando em pessoas, processos e recursos que são usados na entrega de serviços que atendam às necessidades dos clientes. A ITIL foi desenvolvida incialmente pela CCTA (Central Computing and Telecommunications Agency), e depois ficou sob a responsabilidade da OGC (Office of Govermment Commerce). O OGC é um órgão do governo britânico que tem como objetivo desenvolver metodologias e criar padrões dentro dos departamentos governamentais, buscando otimizar e melhorar os processos internos. (PINHEIRO, TI Exames) Segundo Fernandes (apud FERNANDES, 2008), a incorporação da CCTA ao OGC, ocorreu em abril de 2001, tornando-se o organismo responsável pela evolução e divulgação da ITIL. Desde a última grande revisão liberada em 2007, a OGC (proprietário anterior da ITIL e cujas funções, incluindo a gestão das publicações das melhores práticas, foram transferidas para o Cabinet Office, parte do HM Government) tinha recebido muitas opiniões, dúvidas, comentários e sugestões de diversas fontes, incluindo empresas e a comunidade de GSTI em geral. Estas recomendações foram cuidadosamente revisadas por um comitê de mudança e aprovadas pelo Cabinet Office, resultando no lançamento da atual versão, conhecida como ITIL (PINHEIRO, TI Exames) A ITIL foi criada a partir de uma encomenda do Governo Britânico ao CCTA (Central Computer and Telecommunications Agency) no final dos anos 80, que não estava satisfeito com o nível de qualidade dos serviços de TI a ele prestados. Posteriormente, a OGC (Office of Government Commerce) ficou responsável pela evolução e divulgação da ITIL. Com o nascimento da ITIL, empresas do mundo inteiro perceberam que as práticas da ITIL poderiam ser aplicadas no setor privado, e começaram a utilizar o framework. Desde junho de 2010 a ITIL está sob a

25 24 responsabilidade do órgão Cabinet Office, e atualmente o framework está na versão (FERNANDES, 2008) A ITIL disponibiliza um conjunto de melhores práticas testadas e comprovadas no mercado, voltadas para o gerenciamento de Serviços de TI de alta qualidade, tornando-se um padrão mundial deste segmento, por isso, foi escolhida para atender às necessidades da empresa XPTO. Outro fator que determinou a escolha foi a conformidade que a ITIL possui em relação à Governança de TI, e a outros frameworks como o COBIT 4.1, referenciado neste trabalho por disponibilizar os conceitos maiores na definição dos objetivos de controle que devem ser considerados na gestão de TI. A base que o COBIT disponibiliza, permite a execução prática proposta pela biblioteca ITIL. Em função da flexibilidade que o framework proporciona, esta proposta trata da implementação gradual e evolutiva da ITIL na empresa XPTO, iniciando pelo nível da estratégia de serviços proposto pela ITIL no Ciclo de Vida do Serviço. As principais gerências que serão tratadas na proposta são: Gerenciamento de Portfólio, Gerenciamento Financeiro e Gerenciamento da Demanda. Estas gerências formam a base estratégica para o desenvolvimento de novos serviços de TI, e para a manutenção dos serviços já disponibilizados pela empresa XPTO, já que o nível estratégico da ITIL é considerado o propulsor dos demais níveis do Ciclo de Vida do Serviço. O Gerenciamento de Portfólio organiza e aprova a entrada dos novos serviços em produção e quando estes devem ser retirados. Ele é composto por três camadas e estados, que são: Funil de serviços: é onde novos serviços são analisados antes de entrar em produção. Aqui é validado o ROI proposto pelos serviços, e após a aprovação do serviço, os recursos necessários são contratados; Catálogo de serviços: é onde estão os serviços que a empresa disponibiliza aos seus clientes. É a única parte visível ao cliente; Serviços Obsoletos: São serviços que não geram retorno financeiro, ou que não estão mais em uso; O Gerenciamento Financeiro controla os recursos da TI e é composto por três sub-processos: contabilidade, orçamento e cobrança. Ele é o responsável pelo plano de impacto no negócio (BIA) e pela validação dos serviços. Os resultados do processo financeiro são fundamentais para precificar os serviços prestados pela TI,

26 25 com o propósito de analisar os custos e auxiliar na definição de implementação de novos serviços. O Gerenciamento da Demanda é o responsável por analisar a necessidade de recursos de TI para determinado serviço, e de garantir a disponibilidade do mesmo ao Negócio do cliente. Nele são tratados os padrões de atividades de negócio (PAN), e o perfil de usuários (PU) que utilizam estes padrões. Todo o acompanhamento da utilização dos recursos é realizado neste processo, a fim de garantir que a capacidade de TI será suficiente para acompanhar o negócio. 4.1 Evolução da ITIL Na figura abaixo, podemos observar a linha de evolução da ITIL: Figura 5 Linha de evolução da Biblioteca ITIL. Fonte: TI Exames Segundo Fernandes (apud FERNANDES, 2008, p.272), a criação da ITIL se deu em função de uma encomenda do governo britânico, em 1983, ao CCTA, pois não estava satisfeito com o nível de qualidade dos serviços de TI a ele prestado. Neste cenário, foi solicitado o desenvolvimento de uma abordagem de melhores

27 26 práticas para gerenciar a utilização eficiente e responsável dos recursos de TI, independentemente de fornecedores e aplicável a organizações com necessidades técnicas e de negócio distintas. A CCTA pesquisou o que as empresas de sucesso estavam fazendo, compilou tudo e daí nasceu o ITIL. A partir daí, empresas mundo afora conheceram o que o governo britânico tinha produzido, e perceberam que as práticas da ITIL eram aplicáveis nos departamentos de TI das empresas privadas. Foi então que, a partir da década de 90, empresas começaram a adotar estas práticas. (PINHEIRO, TI Exames) A partir do ano 2000 a ITIL passa por uma reestruturação. Surge então o primeiro livro da ITIL V2, Suporte ao Serviço. Em 2004 inicia-se um projeto para reescrever toda a biblioteca e lançar a ITIL V3. A versão 3 da ITIL (denominada V3), lançada em maio de 2007, representa uma grande evolução em relação à versão anterior, pois organiza os processos de gerenciamento de serviços em uma estrutura de ciclo de vida de serviço. Além disso, a ITIL V3 demonstra a maturidade que a disciplina de gerenciamento de serviços de TI adquiriu ao longo do tempo, trazendo e enfatizando conceitos como integração da TI ao negócio, portfólios dinâmicos de serviços e mensuração do valor do negócio, e fornecendo uma base sólida para a convergência com outros padrões e modelos de gestão e governança, tais como ISSO/IEC 20000, COBIT, CMMI, PMBOK, escm- SP. (FERNANDES, 2008, p.272) A ITIL evoluiu conforme o reconhecimento que foi ganhando dentro das organizações. Vale lembrar que a TI, ao longo do tempo, tem se tornado crucial para os negócios de uma empresa. Pela importância que a TI ganhou, foi necessário investir em melhoria de processos para que as empresas adotem as boas práticas do mercado e obtenham melhores resultados nas suas operações de TI. (PINHEIRO, TI Exames) Desde 2009, um projeto para atualização dos livros da ITIL V3 estava em andamento para corrigir erros, implementar melhorias, remover inconsistências e melhorar a clareza e estrutura do conteúdo dos 5 livros. Em Julho de 2011, é publicada a segunda edição dos livros da ITIL V3, conhecida como ITIL 2011, que desde junho de 2010 está sob a responsabilidade do órgão Cabinet Office. A ITIL 2011 é uma resposta ao feedback recebido, contando com a participação de mais de

Ciência da Computação. Gestão da Tecnologia da Informação ITIL Information Technology Infrastructure Library

Ciência da Computação. Gestão da Tecnologia da Informação ITIL Information Technology Infrastructure Library Ciência da Computação Gestão da Tecnologia da Informação ITIL Information Technology Infrastructure Library Agenda Histórico Conceitos básicos Objetivos Visão Geral do Modelo Publicações: Estratégia de

Leia mais

Melhores Práticas em TI

Melhores Práticas em TI Melhores Práticas em TI Referências Implantando a Governança de TI - Da Estratégia à Gestão de Processos e Serviços - 2ª Edição Edição - AGUINALDO ARAGON FERNANDES, VLADIMIR FERRAZ DE ABREU. An Introductory

Leia mais

Gerenciamento de Serviços em TI com ITIL. Gerenciamento de Serviços de TI com ITIL

Gerenciamento de Serviços em TI com ITIL. Gerenciamento de Serviços de TI com ITIL Gerenciamento de Serviços de TI com ITIL A Filosofia do Gerenciamento de Serviços em TI Avanços tecnológicos; Negócios totalmente dependentes da TI; Qualidade, quantidade e a disponibilidade (infra-estrutura

Leia mais

Carlos Henrique Santos da Silva

Carlos Henrique Santos da Silva GOVERNANÇA DE TI Carlos Henrique Santos da Silva Mestre em Informática em Sistemas de Informação UFRJ/IM Certificado em Project Management Professional (PMP) PMI Certificado em IT Services Management ITIL

Leia mais

Alinhamento Estratégico da TI com o Modelo de Negócios da Empresa: um estudo sobre as melhores práticas da biblioteca ITIL

Alinhamento Estratégico da TI com o Modelo de Negócios da Empresa: um estudo sobre as melhores práticas da biblioteca ITIL Alinhamento Estratégico da TI com o Modelo de Negócios da Empresa: um estudo sobre as melhores práticas da biblioteca ITIL Fernando Riquelme i Resumo. A necessidade por criar processos mais eficientes,

Leia mais

Governança e Qualidade em Serviços de TI COBIT Governança de TI

Governança e Qualidade em Serviços de TI COBIT Governança de TI Governança e Qualidade em Serviços de TI COBIT Governança de TI COBIT Processos de TI Aplicativos Informações Infraestrutura Pessoas O que é o CObIT? CObIT = Control Objectives for Information and Related

Leia mais

Sistemas de Informação Empresarial

Sistemas de Informação Empresarial Sistemas de Informação Empresarial Governança de Tecnologia da Informação parte 2 Fonte: Mônica C. Rodrigues Padrões e Gestão de TI ISO,COBIT, ITIL 3 International Organization for Standardization d -

Leia mais

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br COBIT Governança de TI Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br Sobre mim Juvenal Santana Gerente de Projetos PMP; Cobit Certified; ITIL Certified; OOAD Certified; 9+ anos de experiência em TI; Especialista

Leia mais

MBA em Gestão de Tecnologia da Informação. Governança de TI. Lincoln Herbert Teixeira lincolnherbert@gmail.com

MBA em Gestão de Tecnologia da Informação. Governança de TI. Lincoln Herbert Teixeira lincolnherbert@gmail.com MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Governança de TI Lincoln Herbert Teixeira lincolnherbert@gmail.com Governança de TI Ementa: Relacionar a governança de TI com a governança corporativa. Boas práticas

Leia mais

Metodologias COBIT e ITIL e as perspectivas do Modelo de Alinhamento Estratégico de TI

Metodologias COBIT e ITIL e as perspectivas do Modelo de Alinhamento Estratégico de TI Metodologias COBIT e ITIL e as perspectivas do Modelo de Alinhamento Estratégico de TI Gilberto Zorello (USP) gilberto.zorello@poli.usp.br Resumo Este artigo apresenta o Modelo de Alinhamento Estratégico

Leia mais

Processos Técnicos - Aulas 1 a 3

Processos Técnicos - Aulas 1 a 3 Gerenciamento de Serviços de TI Processos Técnicos - Aulas 1 a 3 A Informática, ou Tecnologia da Informação, antigamente era vista como apenas mais um departamento, como um apoio à empresa. Hoje, qualquer

Leia mais

Simulado ITIL V3 Português Sicoob

Simulado ITIL V3 Português Sicoob Simulado ITIL V3 Português Sicoob Dezembro 2009 1 de 40 A Implementação do Gerenciamento de Serviços Baseados na ITIL requer preparação e planejamento do uso eficaz e eficiente de quais dos seguintes?

Leia mais

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar.

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar. C O B I T Evolução Estratégica A) Provedor de Tecnologia Gerenciamento de Infra-estrutura de TI (ITIM) B) Provedor de Serviços Gerenciamento de Serviços de TI (ITSM) C) Parceiro Estratégico Governança

Leia mais

ITIL. Information Technology Infrastructure Library

ITIL. Information Technology Infrastructure Library Information Technology Infrastructure Library 34929 - Daniel Aquere de Oliveira 34771 - Daniel Tornieri 34490 - Edson Gonçalves Rodrigues 34831 - Fernando Túlio 34908 - Luiz Gustavo de Mendonça Janjacomo

Leia mais

Porquê na ITIL nas empresas? o Para termos uma resposta efetiva é preciso entender o porque da governança; o Entender gerenciamento de riscos.

Porquê na ITIL nas empresas? o Para termos uma resposta efetiva é preciso entender o porque da governança; o Entender gerenciamento de riscos. ITIL V3 Porquê na ITIL nas empresas? o Para termos uma resposta efetiva é preciso entender o porque da governança; o Entender o gerenciamento de riscos. Porquê Governança? Porque suas ações e seus requisitos

Leia mais

CobiT: Visão Geral e domínio Monitorar e Avaliar. Daniel Baptista Dias Ernando Eduardo da Silva Leandro Kaoru Sakamoto Paolo Victor Leite e Posso

CobiT: Visão Geral e domínio Monitorar e Avaliar. Daniel Baptista Dias Ernando Eduardo da Silva Leandro Kaoru Sakamoto Paolo Victor Leite e Posso CobiT: Visão Geral e domínio Monitorar e Avaliar Daniel Baptista Dias Ernando Eduardo da Silva Leandro Kaoru Sakamoto Paolo Victor Leite e Posso CobiT O que é? Um framework contendo boas práticas para

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES DESENHO DE SERVIÇO Este estágio do ciclo de vida tem como foco o desenho e a criação de serviços de TI cujo propósito será realizar a estratégia concebida anteriormente. Através do uso das práticas, processos

Leia mais

Governança de TI com COBIT, ITIL e BSC

Governança de TI com COBIT, ITIL e BSC {aula #2} Parte 1 Governança de TI com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC www.etcnologia.com.br Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br twitter: @rildosan (11) 9123-5358 skype: rildo.f.santos (11)

Leia mais

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS WALLACE BORGES CRISTO 1 JOÃO CARLOS PEIXOTO FERREIRA 2 João Paulo Coelho Furtado 3 RESUMO A Tecnologia da Informação (TI) está presente em todas as áreas de

Leia mais

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio?

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? A Tecnologia da Informação vem evoluindo constantemente, e as empresas seja qual for seu porte estão cada

Leia mais

Gestão de T.I. GESTÃO DE T.I. ITIL. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com

Gestão de T.I. GESTÃO DE T.I. ITIL. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com 1 Information Technology Infrastructure Library 2 O que é o? Information Technology Infrastructure Library é uma biblioteca composta por sete livros

Leia mais

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Profa. Celia Corigliano Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Agenda da disciplina Unidade I Gestão de Projetos Unidade II Ferramentas para Gestão de Projetos Unidade III Gestão de Riscos em TI Unidade

Leia mais

A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI)

A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI) A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI) Os principais modelos de melhores práticas em TI Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP, ITIL

Leia mais

ITIL V3 GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS

ITIL V3 GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS ITIL V3 GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO ITIL V3 1.1. Introdução ao gerenciamento de serviços. Devemos ressaltar que nos últimos anos, muitos profissionais da

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v2 Módulo 1 Conceitos básicos Referência: An Introductory Overview of ITIL v2 Livros ITIL v2 Cenário de TI nas organizações Aumento da dependência da TI para alcance

Leia mais

Café da Manhã Corporativo

Café da Manhã Corporativo Café da Manhã Corporativo O ITIL como ferramenta de Governança de TI Palestrante: Julio Cesar R. S. Avila Palestrante: Julio Cesar R. S. Avila Especialista Newtrend em Governança de TI, é um profissional

Leia mais

Introdução A GOVERNANÇA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Introdução A GOVERNANÇA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Introdução A GOVERNANÇA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Referências Gerenciamento Estratégico da Informação. Aumente a Competitividade e a eficiência de sua empresa utilizando a informação como ferramenta

Leia mais

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, CSM, CSPO, ITIL & CobiT Certified Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP Especializações Certificações Mestre em Informática

Leia mais

ITIL (INFORMATION TECHNOLOGY INFRASTRUCTURE LIBRARY)

ITIL (INFORMATION TECHNOLOGY INFRASTRUCTURE LIBRARY) Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Informática e Estatística INE Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Projetos I Professor: Renato Cislaghi Aluno: Fausto Vetter Orientadora: Maria

Leia mais

COBIT (CONTROL OBJECTIVES FOR INFORMATION AND RELATED TECHNOLOGY)

COBIT (CONTROL OBJECTIVES FOR INFORMATION AND RELATED TECHNOLOGY) Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Informática e Estatística INE Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Projetos I Professor: Renato Cislaghi Aluno: Fausto Vetter Orientadora: Maria

Leia mais

Governança de TI. Importância para as áreas de Auditoria e Compliance. Maio de 2011. IT Governance Discussion

Governança de TI. Importância para as áreas de Auditoria e Compliance. Maio de 2011. IT Governance Discussion Governança de TI Importância para as áreas de Auditoria e Compliance Maio de 2011 Page 1 É esperado de TI mais do que deixar o sistema no ar. Page 2 O que mudou o Papel de TI? Aumento de riscos e de expectativas

Leia mais

PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL. Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 01

PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL. Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 01 PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL Diretrizes e Estratégias para Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil Projeto 914 BRA5065 - PRODOC-MTC/UNESCO DOCUMENTO TÉCNICO Nº 01 LEVANTAMENTO, MODELAGEM

Leia mais

Estudo sobre a Implantação de um Modelo de Governança de Tecnologia da Informação com COBIT e ITIL

Estudo sobre a Implantação de um Modelo de Governança de Tecnologia da Informação com COBIT e ITIL Estudo sobre a Implantação de um Modelo de Governança de Tecnologia da Informação com COBIT e ITIL Ana Clara Peixoto de Castro Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) Goiânia GO - Brasil ac.anaclara@gmail.com

Leia mais

Information Technology Infrastructure Library (ITIL)

Information Technology Infrastructure Library (ITIL) Information Technology Infrastructure Library (ITIL) Metodologias de Sistemas 1 Profa. Rosângela Penteado Grupo Guilherme Leme Janito V. Ferreira Filho João Victor Martins Patrícia Inoue Nakagawa Rafael

Leia mais

Governança de TI. ITIL v.2&3. parte 1

Governança de TI. ITIL v.2&3. parte 1 Governança de TI ITIL v.2&3 parte 1 Prof. Luís Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL 1 1 ITIL Gerenciamento de Serviços 2 2 Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços 3 3 Gerenciamento de Serviços

Leia mais

Curso ITIL Foundation. Introdução a ITIL. ITIL Introduction. Instrutor: Fernando Palma fernando.palma@gmail.com http://gsti.blogspot.

Curso ITIL Foundation. Introdução a ITIL. ITIL Introduction. Instrutor: Fernando Palma fernando.palma@gmail.com http://gsti.blogspot. Curso ITIL Foundation Introdução a ITIL ITIL Introduction Instrutor: Fernando Palma fernando.palma@gmail.com http://gsti.blogspot.com Agenda Definição / Histórico Escopo Objetivos Benefícios e Problemas

Leia mais

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart.

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Versão 1.6 15/08/2013 Visão Resumida Data Criação 15/08/2013 Versão Documento 1.6 Projeto Responsáveis

Leia mais

Curso preparatório para exame de Certificação do ITIL V3.

Curso preparatório para exame de Certificação do ITIL V3. Curso preparatório para exame de Certificação do ITIL V3. Dentro do enfoque geral em conhecer e discutir os fundamentos, conceitos e as definições de Governança de TI - Tecnologia da Informação, bem como

Leia mais

GTI Governança de TI

GTI Governança de TI GTI Governança de TI Modelos de Melhores Práticas e o Modelo de Governança de TI Governança de TI FERNANDES & ABREU, cap. 4 1 COBIT Control Objectives for Information and Related Technology. Abrangente

Leia mais

GESTÃO DE T.I. COBIT. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com

GESTÃO DE T.I. COBIT. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com GESTÃO DE T.I. COBIT José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com COBIT Control Objectives for Information and Related Technology Copyright 1996, 1998, 2000 Information Systems Audit and Control Foundation. Information

Leia mais

Adm. Vinicius Braga admviniciusbraga@gmail.com. Prof. Msc. Wilane Carlos da Silva Massarani wilane@cercomp.ufg.br

Adm. Vinicius Braga admviniciusbraga@gmail.com. Prof. Msc. Wilane Carlos da Silva Massarani wilane@cercomp.ufg.br Adm. Vinicius Braga admviniciusbraga@gmail.com Prof. Msc. Wilane Carlos da Silva Massarani wilane@cercomp.ufg.br Objetivos Contextualização Conceitos Boas práticas de modelagem Elementos do BPMN Tipos

Leia mais

Conceitos Básicos e Implementação. Entrega de Serviços. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com)

Conceitos Básicos e Implementação. Entrega de Serviços. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com) Conceitos Básicos e Implementação Pref. Mun. Vitória 2007 Analista de Suporte 120 A ITIL (information technology infrastructure library) visa documentar as melhores práticas na gerência, no suporte e na

Leia mais

Governança de TIC. CobiT 4.1

Governança de TIC. CobiT 4.1 Governança de TIC CobiT 4.1 Conceitos Governança: A expressão governar tem origem na expressão navegar... E o que quem navega faz? Ele faz um mapa, dá a direção, faz as regras de convivência. Tomáz de

Leia mais

Diretrizes para Governança de T.I.

Diretrizes para Governança de T.I. Diretrizes para Governança de T.I. Karina Campos da Silva 1, Luís Augusto Mattos Mendes (Orientador) 1 1 Departamento de Ciências da Computação Universidade Presidente Antônio Carlos UNIPAC Barbacena,

Leia mais

Lista de Exercícios - COBIT 5

Lista de Exercícios - COBIT 5 Lista de Exercícios - COBIT 5 1. O COBIT 5 possui: a) 3 volumes, 7 habilitadores, 5 princípios b) 3 volumes, 5 habilitadores, 7 princípios c) 5 volumes, 7 habilitadores, 5 princípios d) 5 volumes, 5 habilitadores,

Leia mais

COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO

COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO GOVERNANÇA DE TI O QUE É GOVERNANÇA DE TI É um conjunto de estruturas e processos que visa garantir que a TI suporte e maximize adequadamente os objetivos e estratégias

Leia mais

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc

Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc Governança de TI Prof. Carlos Henrique Santos da Silva, MSc PMP, PMI-RMP, PMI-ACP, CSM, CSPO, ITIL & CobiT Certified Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP Especializações Certificações Mestre em Informática

Leia mais

ISO/IEC 20000:2005. Introdução da Norma ISO/IEC 20000 no Mercado Brasileiro Versão 1.1, 15.09.2006

ISO/IEC 20000:2005. Introdução da Norma ISO/IEC 20000 no Mercado Brasileiro Versão 1.1, 15.09.2006 ISO/IEC 20000:2005 Introdução da Norma ISO/IEC 20000 no Mercado Brasileiro Versão 1.1, 15.09.2006 André Jacobucci andre.jacobucci@ilumna.com +55 11 5087 8829 www.ilumna.com Objetivos desta Apresentação

Leia mais

CobiT 5. Como avaliar a maturidade dos processos de acordo com o novo modelo? Conhecimento em Tecnologia da Informação

CobiT 5. Como avaliar a maturidade dos processos de acordo com o novo modelo? Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação CobiT 5 Como avaliar a maturidade dos processos de acordo com o novo modelo? 2013 Bridge Consulting All rights reserved Apresentação Sabemos que a Tecnologia da

Leia mais

Exercícios: Governança de TI Prof. Walter Cunha http://www.waltercunha.com PRIMEIRA BATERIA. PMBoK

Exercícios: Governança de TI Prof. Walter Cunha http://www.waltercunha.com PRIMEIRA BATERIA. PMBoK Exercícios: Governança de TI Prof. Walter Cunha http://www.waltercunha.com PRIMEIRA BATERIA PMBoK 1. (FCC/ANALISTA-MPU 2007) De acordo com o corpo de conhecimento da gerência de projetos, as simulações

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TIC. ISO/IEC 20.000 / ITIL V2 e V3

Gerenciamento de Serviços de TIC. ISO/IEC 20.000 / ITIL V2 e V3 Gerenciamento de Serviços de TIC ISO/IEC 20.000 / ITIL V2 e V3 Agenda O que é serviço de TIC? O que é Qualidade de Serviços de TIC? O que é Gerenciamento de Serviços de TIC? ISO IEC/20.000-2005 ITIL versão

Leia mais

GERENCIAMENTO DE INCIDENTES COM AS PRÁTICAS ITIL

GERENCIAMENTO DE INCIDENTES COM AS PRÁTICAS ITIL FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO Felipe Tanji Caldas GERENCIAMENTO DE INCIDENTES COM AS PRÁTICAS ITIL São Paulo 2011 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO Felipe Tanji Caldas GERENCIAMENTO DE INCIDENTES

Leia mais

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Garanta a eficiência e a competitividade da sua empresa Análise de Maturidade de Governança

Leia mais

BPMN. Business Process Modeling Notation. Leandro C. López Agosto - 2015

BPMN. Business Process Modeling Notation. Leandro C. López Agosto - 2015 BPMN Business Process Modeling Notation Leandro C. López Agosto - 2015 Objetivos Conceitos Boas práticas de modelagem Elementos do BPMN Tipos de processos Apresentar os conceitos e elementos da notação

Leia mais

CENTRAL DE SERVIÇOS IFES APLICANDO ITIL NO PROCESSO DE ATENDIMENTO AO USUÁRIO DA EAD

CENTRAL DE SERVIÇOS IFES APLICANDO ITIL NO PROCESSO DE ATENDIMENTO AO USUÁRIO DA EAD 1 CENTRAL DE SERVIÇOS IFES APLICANDO ITIL NO PROCESSO DE ATENDIMENTO AO USUÁRIO DA EAD 05 2009 Elton Siqueira Moura, Msc, MBA Ifes - elton@ifes.edu.br Renato Pescinalli Morati Ifes renatomorati@gmail.com

Leia mais

Plano de Governança de Tecnologia de Informação

Plano de Governança de Tecnologia de Informação Plano de Governança de Tecnologia de Informação Julho/2012 Junho/2014 1 Universidade Federal Fluminense Superintendência de Tecnologia da Informação Fernando Cesar Cunha Gonçalves Superintendência de Tecnologia

Leia mais

A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI. Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br

A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI. Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br 2 A Biblioteca ITIL: Information Technology Infrastructure Library v2 Fornece um conjunto amplo,

Leia mais

Governança de T.I. Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com

Governança de T.I. Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com Governança de T.I Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com Information Technology Infrastructure Library ITIL ITIL é um acrônimo de Information Technology Infraestruture Library. Criado em

Leia mais

Treinamento BPM e BPMN Apresentação Executiva

Treinamento BPM e BPMN Apresentação Executiva Apresentação Executiva 1 O treinamento de BPM e BPMN tem como premissa capacitar o aluno a captar as atividades relativas a determinado processo da empresa, organizá-las, gerando um fluxograma de atividades/processos,

Leia mais

ISO/IEC 20000. Curso e-learning. Sistema de Gerenciamento de Serviços da Tecnologia da Informação

ISO/IEC 20000. Curso e-learning. Sistema de Gerenciamento de Serviços da Tecnologia da Informação Curso e-learning ISO/IEC 20000 Sistema de Gerenciamento de Serviços da Tecnologia da Informação Este é um curso independente desenvolvido pelo TI.exames em parceria com a CONÊXITO CONSULTORIA que tem grande

Leia mais

CobIT. Eduardo Mayer Fagundes. Um framework para a eficiência das organizações de Tecnologia da Informação e Telecomunicações

CobIT. Eduardo Mayer Fagundes. Um framework para a eficiência das organizações de Tecnologia da Informação e Telecomunicações CobIT Um framework para a eficiência das organizações de Tecnologia da Informação e Telecomunicações Eduardo Mayer Fagundes Copyright(c)2008 por Eduardo Mayer Fagundes 1 Agenda 1. Princípio de Gestão Empresarial

Leia mais

GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI

GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI Sistema de Informação e Tecnologia FEQ 0411 Prof Luciel Henrique de Oliveira luciel@uol.com.br Capítulo 8 GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI PRADO, Edmir P.V.; SOUZA, Cesar A. de. (org). Fundamentos de Sistemas

Leia mais

SIMULADO: Simulado 3 - ITIL Foundation v3-40 Perguntas em Português

SIMULADO: Simulado 3 - ITIL Foundation v3-40 Perguntas em Português 1 de 7 28/10/2012 16:47 SIMULADO: Simulado 3 - ITIL Foundation v3-40 Perguntas em Português RESULTADO DO SIMULADO Total de questões: 40 Pontos: 0 Score: 0 % Tempo restante: 55:07 min Resultado: Você precisa

Leia mais

Governança em TI ITIL, COBIT e ISO 20000

Governança em TI ITIL, COBIT e ISO 20000 ESADE ESCOLA SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO, DIREITO E ECONOMIA. CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Governança em TI ITIL, COBIT e ISO 20000 Camila Madeira Camila Pinto Daniel Mendes Elias Sarantopoulos Evandro Colpo Janaina

Leia mais

Gerenciamento de Incidentes - ITIL. Prof. Rafael Marciano

Gerenciamento de Incidentes - ITIL. Prof. Rafael Marciano Gerenciamento de Incidentes - ITIL Prof. Rafael Marciano Conteúdo Objetivos Conceitos e Definições Atividades Indicadores Chaves de Desempenho Papéis Desafios Um pouco sobre a certificação ITIL Foundations

Leia mais

Governança de TI. ITIL v.2&3. Prof. Luís s Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL ITIL

Governança de TI. ITIL v.2&3. Prof. Luís s Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL ITIL Governança de TI ITIL v.2&3 Prof. Luís s Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL ITIL Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços Gerenciamento

Leia mais

ITIL. IT Infrastructure Library. ITIL v3 Edição 2011 Fundamentos. Heinz Nevermann Zamorano ITIL Expert v3 heinz.nevermann@gmail.

ITIL. IT Infrastructure Library. ITIL v3 Edição 2011 Fundamentos. Heinz Nevermann Zamorano ITIL Expert v3 heinz.nevermann@gmail. ITIL IT Infrastructure Library ITIL v3 Edição 2011 Fundamentos Heinz Nevermann Zamorano ITIL Expert v3 heinz.nevermann@gmail.com ITIL é marca registrada do OGC no Reino Unido e em outros países 1 Roteiro

Leia mais

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MODELOS DE MELHORES PRÁTICAS DA GOVERNANÇA DE T.I. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MELHORES PRÁTICAS PARA T.I. MODELO DE MELHORES PRÁTICAS COBIT Control Objectives for Information

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO NBR ISO/IEC 27002: 2005 (antiga NBR ISO/IEC 17799) NBR ISO/IEC 27002:2005 (Antiga NBR ISO/IEC 17799); 27002:2013. Metodologias e Melhores Práticas em SI CobiT; Prof. Me. Marcel

Leia mais

Cobit e ITIL. Cobit. Planejamento e organização; Aquisição e implementação; Entrega e suporte; Monitoração.

Cobit e ITIL. Cobit. Planejamento e organização; Aquisição e implementação; Entrega e suporte; Monitoração. Cobit e ITIL GOVERNANÇA, GP - RISCO, GP PROJETOS - PMP, SEGURANÇA DAIANA BUENO OUTUBRO 20, 2010 AT 8:00 3.496 visualizações Atualmente, as empresas estão com seus processos internos cada vez mais dependentes

Leia mais

Clóvis Diego Schuldt. Orientador: Prof. Wilson Pedro Carli

Clóvis Diego Schuldt. Orientador: Prof. Wilson Pedro Carli SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE MUDANÇAS DE AMBIENTES CORPORATIVOS BASEADO NA BIBLIOTECA ITIL Clóvis Diego Schuldt Orientador: Prof. Wilson Pedro Carli Roteiro da Apresentação Introdução Objetivos Fundamentação

Leia mais

Governança de TI. Heleno dos Santos Ferreira

Governança de TI. Heleno dos Santos Ferreira Governança de TI Heleno dos Santos Ferreira Agenda Governança de TI Heleno dos Santos Ferreira ITIL Publicação dos Livros revisados 2011 ITIL Correções ortográficas e concordâncias gramaticais; Ajustes

Leia mais

Governança de TI: O que é COBIT?

Governança de TI: O que é COBIT? Governança de TI: O que é COBIT? Agenda Governança de TI Metodologia COBIT Relacionamento do COBIT com os modelos de melhores práticas Governança de TI em 2006 Estudo de Caso Referências Governança de

Leia mais

Sumário. Gerenciamento de serviços de TI terceirizados usando ITIL e ITSM. Boletim técnico

Sumário. Gerenciamento de serviços de TI terceirizados usando ITIL e ITSM. Boletim técnico Gerenciamento de serviços de TI terceirizados usando ITIL e ITSM Boletim técnico Sumário Resumo executivo...................................................2 A oportunidade do Gerenciamento de Serviços

Leia mais

www.projetode redes.co m.br www.redesde com p uta dores. com. br

www.projetode redes.co m.br www.redesde com p uta dores. com. br Outras Apostilas em: www.projetode redes.co m.br www.redesde com p uta dores. com. br Centro Universitário Geraldo di Biase 1. Enterprise Resouce Planning ERP O ERP, Sistema de Planejamento de Recursos

Leia mais

GIOVANI HIPOLITO MARONEZE ESTUDO DE CASO CONTENDO IMPLANTAÇÃO DO MODELO MR-MPS-SV (NÍVEL G)

GIOVANI HIPOLITO MARONEZE ESTUDO DE CASO CONTENDO IMPLANTAÇÃO DO MODELO MR-MPS-SV (NÍVEL G) GIOVANI HIPOLITO MARONEZE ESTUDO DE CASO CONTENDO IMPLANTAÇÃO DO MODELO MR-MPS-SV (NÍVEL G) LONDRINA - PR 2014 GIOVANI HIPOLITO MARONEZE ESTUDO DE CASO CONTENDO IMPLANTAÇÃO DO MODELO MR-MPS-SV (NÍVEL G)

Leia mais

Gerenciamento de TI. Paulo César Rodrigues

Gerenciamento de TI. Paulo César Rodrigues Gerenciamento de TI Paulo César Rodrigues *Analista de Sistemas; *Tutor do curso de graduação em Tecnologia em Sistemas de Computação (UFF/Cederj); * Professor do curso Técnico em Informática da Prefeitura

Leia mais

ITIL - Por que surgiu? Dependências de TI; A qualidade, quantidade e disponibilidade de infra-estrutura de TI afetam diretamente;

ITIL - Por que surgiu? Dependências de TI; A qualidade, quantidade e disponibilidade de infra-estrutura de TI afetam diretamente; ITIL ITIL - Por que surgiu? Dependências de TI; A qualidade, quantidade e disponibilidade de infra-estrutura de TI afetam diretamente; ITIL Mas o que gerenciar? Gerenciamento de Serviço de TI. Infra-estrutura

Leia mais

GOVERNANÇA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO EM MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NA CIDADE DE APUCARANA

GOVERNANÇA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO EM MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NA CIDADE DE APUCARANA Revista F@pciência, Apucarana-PR, ISSN 1984-2333, v.3, n. 9, p. 89 98, 2009. GOVERNANÇA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO EM MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NA CIDADE DE APUCARANA Márcia Cristina

Leia mais

MBA Gestão da Tecnologia de Informação

MBA Gestão da Tecnologia de Informação MBA Gestão da Tecnologia de Informação Informações: Dias e horários das aulas: Segundas e Terças-feiras das 18h00 às 22h00 aulas semanais; Sábados das 08h00 às 12h00 aulas quinzenais. Carga horária: 600

Leia mais

COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com

COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com COBIT Um kit de ferramentas para a excelência na gestão de TI Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com Introdução Atualmente, é impossível imaginar uma empresa sem uma forte área de sistemas

Leia mais

(C) A-C-E-F-H (D) A-G-F-H (E) A-G-I. Exercícios: Governança de TI Walter Cunha PRIMEIRA BATERIA. PMBoK COBIT

(C) A-C-E-F-H (D) A-G-F-H (E) A-G-I. Exercícios: Governança de TI Walter Cunha PRIMEIRA BATERIA. PMBoK COBIT Exercícios: Governança de TI Walter Cunha PRIMEIRA ATERIA (C) A-C-E-F-H (D) A-G-F-H (E) A-G-I PMoK 1. (FCC/ANALISTA-MPU 2007) De acordo com o corpo de conhecimento da gerência de projetos, as simulações

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL

Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL Information Technology Infrastructure Library ou Biblioteca de Infraestrutura da Tecnologia da Informação A TI de antes (ou simplesmente informática ),

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v3 Módulo 1 Conceitos básicos

Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v3 Módulo 1 Conceitos básicos Gerenciamento de Serviços de TI ITIL v3 Módulo 1 Conceitos básicos Referência: An Introductory Overview of ITIL v3 Livros ITIL v3 Novos Conceitos Serviço de TI: Meio para entregar valor aos clientes propicia

Leia mais

Exame de Fundamentos da ITIL

Exame de Fundamentos da ITIL Exame de Fundamentos da ITIL Simulado A, versão 5.1 Múltipla escolha Instruções 1. Todas as 40 perguntas devem ser respondidas. 2. Todas as respostas devem ser assinaladas na grade de respostas fornecida.

Leia mais

efagundes com GOVERNANÇA DE TIC Eduardo Mayer Fagundes Aula 3/4

efagundes com GOVERNANÇA DE TIC Eduardo Mayer Fagundes Aula 3/4 GOVERNANÇA DE TIC Eduardo Mayer Fagundes Aula 3/4 1 CobIT Modelo abrangente aplicável para a auditoria e controle de processo de TI, desde o planejamento da tecnologia até a monitoração e auditoria de

Leia mais

Exercícios ITIL/COBIT

Exercícios ITIL/COBIT Exercícios ITIL/COBIT IADES - 2010 CFA (Conselho Federal de Administração) - Analista de Sistemas No início dos anos 80, foi desenvolvido na Inglaterra, o modelo ITIL (Information Tecnology Infrastructure

Leia mais

ITIL. Conteúdo. 1. Introdução. 2. Suporte de Serviços. 3. Entrega de Serviços. 4. CobIT X ITIL. 5. Considerações Finais

ITIL. Conteúdo. 1. Introdução. 2. Suporte de Serviços. 3. Entrega de Serviços. 4. CobIT X ITIL. 5. Considerações Finais ITIL Conteúdo 1. Introdução 2. Suporte de Serviços 3. Entrega de Serviços 4. CobIT X ITIL 5. Considerações Finais Introdução Introdução Information Technology Infrastructure Library O ITIL foi desenvolvido,

Leia mais

Melhores práticas para gerenciamento de suporte a serviços de TI

Melhores práticas para gerenciamento de suporte a serviços de TI Melhores práticas para gerenciamento de suporte a serviços de TI Adriano Olimpio Tonelli Redes & Cia 1. Introdução A crescente dependência entre os negócios das organizações e a TI e o conseqüente aumento

Leia mais

ITIL. Fundamentos do Gerenciamento de Serviços de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br

ITIL. Fundamentos do Gerenciamento de Serviços de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br ITIL Fundamentos do Gerenciamento de Serviços de TI Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br Objetivo Prover uma visão geral sobre Gerenciamento de Serviços de TI: Conceito; Desafios; Estrutura; Benefícios;

Leia mais

A Governança de TI Gestão de TI através de Portfólios

A Governança de TI Gestão de TI através de Portfólios A Governança de TI Gestão de TI através de Portfólios Sandra Sergi Santos, PMP Governança de TI Vamos começar este artigo analisando Governança de TI. A Governança de TI é a área mais crítica de uma governança

Leia mais

ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT

ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT LONDRINA - PR 2015 ROBSON FUMIO FUJII GOVERNANÇA DE TIC: UM ESTUDO SOBRE OS FRAMEWORKS ITIL E COBIT Trabalho de Conclusão

Leia mais

Tópicos Especiais. Núcleo de Pós Graduação Pitágoras

Tópicos Especiais. Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Professor: Fernando Zaidan Disciplina: Arquitetura da Informática e Automação MBA Gestão em Tecnologia da Informaçao 1 Tópicos Especiais Novembro - 2008 2 Referências

Leia mais

Serviço de Avaliaça o e Planejamento de Governança de TI

Serviço de Avaliaça o e Planejamento de Governança de TI efagundes.com Serviço de Avaliaça o e Planejamento de Governança de TI O serviço especializado avalia, planeja e implanta um modelo de governança nas organizações de TI alinhado com as estratégias e operações

Leia mais

Curso Fundamentos de Gerenciamento de Serviços de TI baseado no ITIL V3

Curso Fundamentos de Gerenciamento de Serviços de TI baseado no ITIL V3 Curso Fundamentos de Gerenciamento de Serviços de TI baseado no ITIL V3 Todos nossos cursos são preparados por profissionais certificados e reconhecidos no mercado de Gerenciamento de Serviços de TI. Os

Leia mais

Contrato de Serviço (SLA) para [Cliente] por [Provedor]

Contrato de Serviço (SLA) para [Cliente] por [Provedor] Contrato de Serviço (SLA) para [Cliente] por [Provedor] Data Gerador do documento: Gerente de Negociação: Versões Versão Data Revisão Autor Aprovação (Ao assinar abaixo, o cliente concorda com todos os

Leia mais

Implantação da Governança a de TI na CGU

Implantação da Governança a de TI na CGU Implantação da Governança a de TI na CGU José Geraldo Loureiro Rodrigues Diretor de Sistemas e Informação Controladoria-Geral da União I Workshop de Governança de TI da Embrapa Estratégia utilizada para

Leia mais

MATERIAL DE APOIO PROFESSOR

MATERIAL DE APOIO PROFESSOR MATERIAL DE APOIO PROFESSOR Conceitos Básicos e Implementação Dataprev 2006 Analista de Banco de Dados 106 A aplicação de gerenciamento de níveis de serviço, por si só, garante a oferta de bons serviços.

Leia mais