IMPLANTAÇÃO DE UM ESCRITÓRIO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS PÚBLICOS NA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUIS DO MARANHÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "IMPLANTAÇÃO DE UM ESCRITÓRIO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS PÚBLICOS NA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUIS DO MARANHÃO"

Transcrição

1 Fabrício Alberto Lobão de Oliveira Marcus Lopes Murad Pierre Batista Moraes Januário Vanilma de Fátima Lima Tati Palácio IMPLANTAÇÃO DE UM ESCRITÓRIO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS PÚBLICOS NA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUIS DO MARANHÃO Trabalho apresentado ao curso MBA em Gerência de Projetos, Pós-Graduação lato sensu, da Fundação Getulio Vargas como requisito parcial para a obtenção do Grau de Especialista em Gerência de Projetos. ORIENTADOR: Prof. CARLOS MAGNO SILVA XAVIER, MA Junho/2007

2 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS PROGRAMA FGV MANAGEMENT MBA EM GERÊNCIA DE PROJETOS O Trabalho de Conclusão de Curso IMPLANTAÇÃO DE UM ESCRITÓRIO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS PÚBLICOS NA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUÍS, elaborado por Pierre Batista Moraes Januário, Vanilma de Fátima Lima Tati Palácio, Marcus Lopes Murad e Fabricio Alberto Lobão de Oliveira e aprovado pela Coordenação Acadêmica do curso de MBA em Gerência de Projetos, foi aceito como requisito parcial para a obtenção do certificado do curso de pós-graduação, nível de especialização do Programa FGV Management. Local, Data Carlos A. C. Salles Jr. Coordenador Acadêmico Carlos Magno Silva Xavier

3 DECLARAÇÃO A Prefeitura Municipal de, representada neste documento pelo Sr.(a) José Cursino Raposo Moreira, Secretário Adjunto de Planejamento Estratégico e Governamental, autoriza a divulgação do informações e dados coletados em sua organização, na elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso intitulado Implantação de um Escritório de Gerenciamento de Projetos Públicos na Prefeitura Municipal de, realizados pelo(s) aluno(s) Pierre Batista Moraes Januário, Vanilma de Fátima Lima Tati Palácio, Marcus Lopes Murad e Fabricio Alberto Lobão de Oliveira, do curso de MBA em Gerência de Projetos, do Programa FGV Management, com o objetivo de publicação e/ ou divulgação em veículos acadêmicos., 20 de junho de 2007 José Cursino Raposo Moreira Secretário Adjunto de Planejamento Estratégico e Governamental Prefeitura Municipal de

4 TERMO DE COMPROMISSO O(s) aluno(s) Pierre Batista Moraes Januário, Vanilma de Fátima Lima Tati Palácio, Marcus Lopes Murad e Fabricio Oliveira Lobão, abaixo assinado(s), do curso de MBA em Gerência de Projetos, Turma 01 do Programa FGV Management, realizado nas dependências do ISAN, no período de dd/mm/aa a dd/mm/aa, declara que o conteúdo do Trabalho de Conclusão de Curso intitulado Implantação de um Escritório de Gerenciamento de Projetos Públicos na Prefeitura Municipal de, é autêntico, original e de sua autoria exclusiva. São Luís 20 de junho de Fabrício Alberto Lobão de Oliveira Marcus Lopes Murad Pierre Batista Moraes Januário Vanilma de Fátima Lima Tati Palácio

5 Aos nossos professores que possibilitaram a troca de conhecimentos; Aos nossos familiares que nos alimentam com energias positivas; À Deus que deu-nos o dom da vida e nos mantém vivos para contribuirmos com a conquista do mundo, transformando-o em um local melhor para se viver.

6 RESUMO O objetivo deste trabalho é mostrar a experiência da implantação do Escritório de Gerenciamento de Projetos na Prefeitura Municipal de do Maranhão além de entender os motivos que levaram a administração municipal a tomar a decisão por este caminho, fazendo-se uma descrição sobre os caminhos seguidos. Diante de um cenário de maior competição por recursos financeiros, maior cobrança da sociedade por respostas mais rápidas e maior participação dos constituintes dos projetos nas decisões sobre os investimentos, cabe a Prefeitura de buscar mecanismos e instrumentos que possibilitem aumentar a eficiência e eficácia nos seus projetos públicos municipais. Em 2007 e 2008 serão mais de 20 projetos apontados como prioritários, com recursos financeiros projetados de mais de R$ 50 milhões de reais. Neste contexto não há espaços para a ineficiência. Neste contexto o Escritório de Gerenciamento de Projetos, que deverá buscar aplicar as melhores práticas na realização dos projetos públicos municipais de contribuindo assim, com elevação dos índices de eficiência e eficácia dos projetos locais. A metodologia usada foi o estudo de caso, incluindo a pesquisa bibliográfica sobre o tema PMO Project Management Office ou Escritório de Gerenciamento de Projetos. Palavras chave: Escritório de Gerenciamento de Projetos (EGP), Project Management Office (PMO), Governo, Prefeitura, Setor Público,

7 ABSTRACT The objective of this work is to show the experience of the implantation of the Office of Projects Management in the Municipal City hall of Sao Luis Maranhão besides understanding the reasons that had taken the municipal administration to take the decision for this way, becoming a description on the followed ways. Ahead of a scene of bigger competition for financial resources, greater collection of the society for faster answers and bigger participation of the constituent of the projects in the decisions on the investments, fits the City hall of Sao Luis to search mechanisms and instruments that they make possible to increase the efficiency and effectiveness in its municipal public projects. In 2007 and 2008 will be more than 20 pointed projects as with priority, with projected financial resources of more than R$ 50 Real million. In this context it doesn t have spaces for the inefficiency. In this context the Office of Projects Management, that will have to search to apply the best practical ones in the accomplishment of the municipal public projects of Sao Luis, thus contributing with rise of the indices of efficiency and effectiveness in the local projects. The used methodology was the case of study, including the bibliographical research on subject PMO - Project Management Office or Office of Projects Management. Key Words: Project Management Office (PMO), Government, City hall, Public Sector,

8 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO O ESCRITÓRIO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS OU PMO (PROJECT MANAGEMENT OFFICE) Tipos de Escritórios de Gerenciamento de Projetos Por que os projetos falham Projetos bem sucedidos Projetos concluídos Funções do Escritório de Gerenciamento de Projetos Benefícios com a implantação de um Escritório de Gerenciamento de Projetos Modelos de implantação de Escritórios de Gerenciamento de Projetos CONTEXTO DO TERRITÓRIO Nascimento da cidade de Características climáticas Características físicas Características sociais Características econômicas Características institucionais O PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUIS DO MARANHÃO Justificativa Descrição dos problemas e conseqüências Beneficiários do projeto Objetivo geral do EGPP Objetivo específico do EGPP Atividades previstas e durações Indicadores e meios de verificação Fatores externos (riscos) Premissas Recursos necessários... 49

9 4.11. Orçamento Estratégia para a implantação Localização e Layout do EGPP Estrutura Analítica do Projeto Cronograma de trabalho Relatórios, acompanhamento e avaliação dos projetos Termo de Abertura do Projeto (Project Charter) Registro fotográfico do momento da assinatura do project charter CONCLUSÃO BIBLIOGRAFIA... 83

10 ÍNDICE DE FIGURAS Figura 01 Modelo Projeto Autônomo por Ricardo Vargas... 5 Figura 02 Modelo Project Suport Office por Ricardo Vargas... 6 Figura 03 Modelo Enterprise Project Support Office por Ricardo Vargas... 6 Figura 04 - WBS - Implantação de um EGP pelo Professor Carlos Magno Xavier Figura 05 - WBS Implantação de um EGP pelo Professor Ricardo Viana Vargas Figura 06 - WBS - Implantação de um EGP pelo Pierre Januário Variação 01 PMSL Figura 07 - WBS Implantação de um EGP pelo Pierre Januário Variação 02 PMSL Figura 08 - Posição do Maranhão no Brasil Distribuição Geo-Política Figura 09 - Ilha de Figura 10 - Organograma Funcional da Seplan Figura 11 - Atividades das assessorias de eixos macropolíticos Figura 12 Árvore de Problemas Figura 13 Árvore de Problemas Figura 14 WBS implantação EGPP... 57

11 ÍNDICE DE TABELAS Tabela 01 Dificuldades enfrentadas nos projetos por Darci Prado... 9 Tabela 02 - WBS - Implantação de um EGP pelo Professor Carlos Magno Xavier Tabela 03 - WBS Implantação de um EGP pelo Professor Ricardo Viana Vargas Tabela 04 - WBS - Implantação de um EGP pelo Pierre Januário Variação 01 PMSL Tabela 05 - WBS Implantação de um EGP pelo Pierre Januário Variação 02 PMSL Tabela 06 - Quadro de distribuição territorial da Ilha de por seus municípios Tabela 07 Comparação entre PEA de e do Maranhão Tabela 08 Distribuição da população ocupada e desempregada de Tabela 09 - Posição de São Luís no Estado - IDH /IDH 2000 Município Estado Brasil IDH Tabela 10 Projetos prioritários FUMDEL Tabela 11 Projetos prioritários FUMPH Tabela 12 Projetos prioritários IMPUR Tabela 13 Projetos prioritários SEMSUR Tabela 14 Projetos prioritários SEMTUR Tabela 15 Projetos prioritários SEMUS Tabela 16 Projetos prioritários SEMESA Tabela 17 Visão detalhada das atividades previstas e durações Tabela 18 Indicadores e meios de verificação do projeto EGPP Tabela 19 Investimento em Recursos Humanos Tabela 20 Investimento em Recursos Materiais Tabela 21 Quadro Resumo de Investimento Tabela 22 Dicionário de dados Tabela 23 Cronograma de trabalho... 63

12 ÍNDICE DE GRÁFICOS Gráfico 01 - Crescimento populacional de... 25

13 ÍNDICE DE FOTOGRAFIAS Fotografia 01 Escritório de Gerenciamento de Projetos Públicos da Prefeitura Municipal de Fotografia 02 Escritório de Gerenciamento de Projetos Públicos da Prefeitura Municipal de Fotografia 03 Escritório de Gerenciamento de Projetos Públicos da Prefeitura Municipal de Fotografia 04 Escritório de Gerenciamento de Projetos Públicos da Prefeitura Municipal de Fotografia 05 Escritório de Gerenciamento de Projetos Públicos da Prefeitura Municipal de Fotografia 06 Prefeito, Secretária Municipal de Planejamento e Gestores Fotografia 07 Prefeito assinando decreto de criação do sistema de gerenciamento de projetos Fotografia 08 Discursos do Prefeito Fotografia 08 Palestra da Secretária de Planejamento e Desenvolvimento sobre as vantagens do EGPP Fotografia 09 Palestra do Gerente do EGPP sobre sua forma de atuação Fotografia 10 Palestra de sensibilização do Professor Ricardo Vargas para Gestores Municipais Fotografia 11 Público presente Fotografia 12 Equipe de trabalho da Seplan Fotografia 13 Gerente do EGPP Fotografia 14 Secretária Municipal de Planejamento em discurso... 77

14 1. INTRODUÇÃO O Escritório de Gerenciamento de Projetos Públicos (EGPP) da Prefeitura de São Luis já é uma realidade, sendo reflexo da necessidade de melhorar a eficiência e eficácia dos projetos públicos municipais. No início do ano de 2007, várias reuniões foram realizadas com o objetivo de mapear as necessidades mais emergenciais de todas as Secretarias, foram escolhidos 41 projetos que deveriam estar alinhados com o planejamento estratégico da cidade, com histórico de estouro em prazos e orçamentos, problemas em integração, aquisições e comunicação dos projetos, foi decido pela implementação do EGPP para diminuir os índices negativos ligados à gestão do projetos e assessorar as demais Secretarias da Prefeitura, capacitando, em articulação com a Escola de Gestão do Governo Municipal, os técnicos e gestores das secretarias envolvidas nos projetos. O EGPP deve ser implantado por etapas, com os recursos humanos sendo incorporados de acordo com o incremento dos projetos e sendo custeados pelo tesouro municipal. Considerando-se o custo total dos projetos, que está acima dos R$ 50 milhões, o valor do EGPP deverá ser menor 1% sobre o investimento total nos projetos, valor coerente com outras experiências de gerenciamento de projetos pelo mundo. Os grandes beneficiários do Escritório de Gerenciamento de Projetos serão os gestores municipais, Secretários, Secretários Adjuntos, Superintendentes, Coordenadores...) que poderão tomar decisões pautadas em dados mais concretos e a população de que poderá acompanhar os progressos dos projetos através da internet, se tornando uma ferramenta de transparência da gestão municipal. 1

15 2. O ESCRITÓRIO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS OU PMO (PROJECT MANAGEMENT OFFICE) Para falarmos de PMO, temos que apresentar, primeiramente, o conceito básico do que seja um projeto. O PMI Project Management Institute (Instituto de Gerenciamento de Projetos) e a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) definem o conceito de projetos da seguinte forma: um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo (PMI, Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos Terceira Edição, 2004) um processo único, consistindo de um grupo de atividades coordenadas e controladas com datas para início e término, empreendido para alcance de um objetivo conforme requisitos específicos, incluindo limitações de tempo, custo e recursos (ABNT, Norma Brasileira Regulamentadora 10006, - Gerenciamento da Qualidade Diretrizes para a qualidade em gerenciamento de projetos). O Escritório de Gerenciamento de Projetos, no Brasil, ainda é uma instância pouco aplicada no setor governamental, em nossa pesquisa via internet, não foram identificadas nenhuma experiência de aplicação de Escritório de Gerenciamento de Projetos no âmbito de prefeituras municipais, levando-nos à acreditar que a experiência da Prefeitura Municipal de seja pioneira no Brasil e podendo servir de modelo para outra prefeituras. De acordo com o PMBOK 2004, o Escritório de Gerenciamento de Projetos é: é uma unidade organizacional que centraliza e coordena o gerenciamento de projetos sob seu domínio. O professor André Barcauí afirma que o Escritório de Gerenciamento de Projetos pode ser chamado de diversos nomes tais como: Centro de Excelências em Projetos, Departamento de Projetos, Escritório de Projetos, Centro de Competência em Projetos, Escritório Central de Projetos, dentre outros (2005). Já o professor Carlos Magno, em seu 2

16 livro Metodologia de Gerenciamento de Projetos Methodware, afirma que um PMO também pode ser chamado de escritório de gerenciamento de programas, escritório de gerenciamento de projetos, suporte às práticas de projeto ou escritório de programas (2005). Já o professor Peter Pfifer afirma que o EGP pode ser definido como um grupo de funções que está a serviço de gerentes do projeto, dirigentes e gerentes funcionais no desempenho de suas funções relacionadas a projetos, é importante observar também que cada organização configura o EGP de acordo com suas necessidades específicas de gerenciamento de projetos (Peter Pfeiffer). O Professor Darci Prado em seu livro Gerenciamento de Programas e Projetos nas Organizações define que o PMO é um pequeno grupo de pessoas que têm relacionamento direto com todos os projetos da empresa, sejam prestando consultoria e treinamento, seja efetuando auditoria e acompanhamento de desempenho Tipos de Escritórios de Gerenciamento de Projetos São diversos os tipos de Escritórios de Gerenciamento de projetos estudados, alguns com foco em projetos de desenvolvimento, outros com foco em projetos de implantação, abaixo são apresentados alguns tipos identificados. O professor Peter Pfeiffer descreve três formas de EGP: 1.PSO (Project Support Office Escritório de Suporte em Projetos), cuja idéia é oferecer suporte aos envolvidos no projeto, principalmente seus gerentes; 2.PMCOE (Project Management Center of Excellence Centro de Excelência em Gerenciamento de Projetos), cuja idéia é disseminar as boas práticas de Gerenciamento de Projetos dentro da organização; 3.PMO (Project Management Office), cuja idéia é apoiar de forma intensa os gerentes de projeto, inclusive sendo sua lotação dentro da organização em questão. 3

17 De acordo com o professor André Barcauí existem três tipos de EGP: 1.Modelo de estação meteorológica - Acompanhamento simples e reporte para alta administração do andamento dos projetos. Define parâmetros, freqüência, formato e ferramentas para reporte. Não exerce influência nos projetos analisados e reponde a perguntas do tipo: qual foi o progresso? quanto foi pago até agora? quais os principais problemas e riscos? 2.Modelo de torre de controle - Ensina como deve ser feito. Identifica problemas e propõe soluções. Trata o gerenciamento de projetos como um processo de negócio a ser nutrido e protegido. Estabelece padrões para gerência de projetos e Suporte para conseguir estes padrões. Reforça os padrões definidos. Promove melhoria contínua nos mesmos. Reforça os padrões adotados através da realização de auditorias nos projetos e passa instruções para minimizar acidentes com os projetos; e 3.Modelo de pool de recursos - Também desenvolve os recursos humanos. Busca preencher a lacuna ligada a contratação, desenvolvimento e retenção de gerentes de projeto que as empresas normalmente apresentam. Responsável pela contratação direta dos gerentes. Responsável por manter um banco de dados de experiência e habilidades dos gerentes de projeto e indica que gerentes devem ser designados a que tipo de projeto; 4

18 Já o professor Ricardo Viana Vargas afirma que são outros três tipos de EGP: 1.Projeto Autônomo escritório de projetos separado das operações da empresa, destinado ao gerenciamento de um projeto específico, onde a responsabilidade quanto ao sucesso ou fracasso do projeto é do PMO; Figura 01 Modelo Projeto Autônomo por Ricardo Vargas 2.Project Suport Office - escritório de projetos de esfera departamental destinado ao apoio a diversos projetos simultâneos, fornecendo suporte, ferramentas e serviços de planejamento, controle de prazos, custos, qualidade, dentre outros. Também pode fornecer recursos técnicos, metodologia de gerenciamento de projetos, metodologia de gestão do conhecimento, interfaces organizacionais, tornando-se um centro de competência em projetos; 5

19 Figura 02 Modelo Project Suport Office por Ricardo Vargas 3.Enterprise Project Support Office escritório de projetos de esfera corporativa, atuando no gerenciamento estratégico de todos os projetos da organização. Suas principais funções são: o planejamento estratégico dos projetos, o gerenciamento dos projetos corporativos e interdepartamentais, a gestão do conhecimento empresarial em projetos, além de representar a interface entre os envolvidos no projeto; Figura 03 Modelo Enterprise Project Support Office por Ricardo Vargas 2.2. Por que os projetos falham De acordo com pesquisa realizada pelo Dr. Willian Ibbis em 52 empresas norte americanas: Somente 16% dos projetos saem no tempo e no custo previsto; 6

20 94% dos projetos terão ao menos um reinicio; 188% de estouro em orçamentos; 222% de estouros em prazos; Somente 61% manteve o escopo original; Em pesquisa feita pela internet, na busca de experiências e pesquisa brasileiras encontramos o site a seguinte informação, considerando projetos de TI (Tecnologia da Informação) na iniciativa privada: Mais de 30% dos projetos são cancelados antes de serem completados; Mais de 70% dos projetos falham na entrega das funcionalidades esperadas; A média de falhas de projetos estoura em mais de 189% do orçamento e extrapola em 222% do cronograma previsto; Os seguintes fatores ajudam: Falta de informações dos usuários: 12,8% Requisitos/especificações incompletos 12,3% Ausência de gerência de mudanças e especificações 11,8% Os principais motivos apontados pelos insucessos são: 1.Uma pobre gerência de requisitos: Normalmente há a continuidade dos projetos mesmo com falhas nas informações dos usuários e sem a uma clara visão do problema que estamos tentando resolver 2.Falhas na gerência de mudanças: Mudanças nos requerimentos e outras modificações são inevitáveis, apesar de raramente rastrearmos e entendermos o impacto destas mudanças 3.Controle de qualidade pobre: Temos fracas métricas de qualidade, pequeno conhecimento dos processos que afetam a qualidade, nenhum feedback para modificar o processo após testemunharmos os efeitos de uma estratégia de desenvolvimento particular (Web por exemplo) 4.Pequeno controle de cronogramas e custos: Planejamento cuidadoso é a exceção enquanto expectativas irreais são a norma. Já Ricardo Vargas aponta as seguintes falhas em projetos: 7

21 Obstáculos naturais: o mudança na estrutura organizacional da empresa; o riscos elevados no meio ambiente; o mudanças na tecnologia disponível; o evolução nos preços e prazos; o cenário político-econômico desfavorável; Falhas gerenciais: o metas e objetivos mal compreendidos ou não assimilados pelos escalões inferiores; o pouca compreensão da complexidade do projeto; o o projeto inclui muitas atividades e muito pouco tempo para realizá-las; o as estimativas financeiros são pobres e incompletas; o o projeto é baseado em dados insuficientes ou inadequados; o o sistema de controle é inadequado; o o projeto não teve um gerente de projeto, ou teve vários, criando círculos de poder paralelos aos previamente estabelecidos. Acredita-se que estes números não devem estar muito distantes no caso do Brasil, mas este, ainda carece de pesquisas onde se tenha uma melhor fotografia dos projetos nacionais. Em ainda não existe nenhuma pesquisa desta natureza, nem no setor privado, nem no setor público. Geralmente os problemas nos projetos são causados dentre outros motivos, por: ausência de um projeto completo; cronogramas e orçamentos impossíveis de serem assumidos; mudanças solicitadas e realizadas sem avaliação e critérios; ausência de compromisso da alta gerência; ausência de autoridade do gerente do projeto. Historicamente não importa que tipo de empresa se esteja analisando, a maioria dos problemas durante o período de entrega está relacionada com alguma 8

22 falta de análise durante o período de especificação do projeto. (De Guzmann, 1999) De acordo com o professor Darci Prado as dificuldades enfrentadas por uma grande organização brasileira na execução de seus projetos foram: Atrasos 90% 40% Overrum em custos 8% 12% Tabela 01 Dificuldades enfrentadas nos projetos por Darci Prado 2.3. Projetos bem sucedidos Um projeto bem sucedido acontece quando: Atingiu a meta estabelecida. A meta representa uma obrigação com o cliente e deve ser cumprida. Ela geralmente está relacionada com execução do escopo proposto e obtenção da satisfação do cliente, dentro das limitações impostos para prazos custos e qualidade; Atendeu às expectativas dos stakeholders (interessados ou envolvidos com o projeto). (Darci Prado, 2004) 2.4. Projetos concluídos O enfoque apresentado é de um projeto concluído com sucesso. Neste caso podemos afirmar que um projeto foi concluído quando: A entrega de todos os componentes previstos no plano foram realizadas; Foram aceitos todos os componentes entregues; Foram realizados os pagamentos de todos os produtos entregues; Foram concluídos os contratos realizados; Foi aceito pelo cliente o relatório final de avaliação do projeto; Os documentos sobre o projeto foram arquivados gerando base de conhecimento; 9

23 As equipes foram desmobilizadas; Os projetos podem ser concluídos ou encerrados sem que as metas sejam atingidas, seja por mudança de foco do cliente, por estouro do orçamento ou por outros motivos mais estratégicos, políticos ou operacionais Funções do Escritório de Gerenciamento de Projetos O professor Peter Pfeiffer, apresenta as seguintes funções do EGP em projetos de desenvolvimento: Metodologia e procedimentos para gerentes de projeto: o Escolher, adaptar ou elaborar a metodologia; o Definir ou elaborar os instrumentos e procedimentos; o Estabelecer e manter sistema de informações gerenciais; o Definir padrões para a documentação; o Atualizar a organização sobre gerenciamento de projetos; o Definir software de gerenciamento de projetos; o Difundir experiências de sucesso; Treinamento em GP: o Definir requisitos para gerentes de projetos; o Avaliar competências de gerentes de projetos; o Atualizar gerentes de projetos; o Avaliar e definir necessidades de capacitação geral; o Desenvolver e realizar cursos de treinamentos; o Treinar membros da equipe; o Atualizar materiais de treinamento; Consultoria e mentoração em gerenciamento de projetos: o Assessorar a iniciação e estrutura de projetos; o Assessorar a organização de projetos; o Assessorar o desenvolvimento de equipes; o Facilitar acesso a experiências de sucesso; 10

24 o Mentorar a alta direção sobre gerenciamento de projetos; o Avaliar riscos; Apoio às gerencias de projetos: o Estabelecer um sistema de informações gerenciais do projeto; o Assessorias o estabelecimento de um sistema de monitoramento e avaliação; o Atualizar cronogramas de projetos; o Produzir e distribuir relatórios; o Atualizar manuais de orientação; o Arquivar informações; O professor Ricardo Vargas, apresenta os seguintes objetivos e funções do EGP, quais sejam: Principais objetivos: Centralizar informações; Estabelecer políticas e procedimentos para projetos; Ser um centro de apoio ao time de execução dos projetos; Representar fisicamente o projeto; Estimular o espírito de corpo do time; Principais funções: Gerenciamento de cronogramas; Geração e elaboração de documentos e relatórios do projeto; Atuar como sala de situação ou Sala de Guerra (War Room); Manutenção de histórico dos projetos; Operação de ferramentas computacionais e softwares de gerenciamento de projetos; Já o professor André Barcauí destaca as seguintes funções: Quanto a métodos e procedimentos: 11

25 o Metodologia de gerenciamento de projetos; o Comunicação e reporte; o Gerência de constituintes; o Gerência de mudanças; Quanto a infra-estrutura: o Estruturação e organização; o Sistemas; o Análises; o Métricas e padrões; o Equipamentos; Quanto a Gerência técnica: o Auditoria; o Suporte; o Apoio técnico; o Biblioteca de arquivos; Quanto a Recursos Humanos: o Contratação; o Treinamento; o Desenvolvimento da carreira; o Avaliação de performance; o Contratação de parceiros; Quanto a integração com o negócio: o Formulação de políticas; o Interfaces funcionais; o Gerência de clientes; o Melhoria contínua; 12

26 A experiência da Prefeitura de está considerando diversos aspectos dos modelos apresentados, se notabilizando pela adequação às características locais Benefícios com a implantação de um Escritório de Gerenciamento de Projetos Para as organizações em geral tanto no setor público quanto privado os benefícios principais seriam: Alinhamento das ações com a orientação estratégica da organização; Projetos mais previsíveis; Crescimento baseado em maior eficiência; Melhoria geral de performance; Para os executivos e gestores os benefícios principais seriam: Compatibilidade entre propostas e realidade; Informação útil e disponível a tempo; Controle e monitoramento do portifólio de projetos; Controle de mudanças; Para os clientes dos projetos os benéficos principais seriam: Melhores projetos levando a melhores experiências e maior satisfação; Novo ponto de contato; Redução de risco e do retrabalho; Garantia de Qualidade; Para os gerentes dos projetos os benéficos principais seriam: Quadro de trabalho disponível para acompanhamento de projetos; 2o nível de suporte; Compartilhamento de linguagem e melhores práticas; Ambiente motivador; Esta visão de benéficos, é uma visão genérica, devem ser considerados aspetos culturais, organizacionais e políticos de cada organização, além de peculiaridades de sua 13

27 localização. Não se tornando assim, os benefícios, verdades absolutas como resultado da implantação de um Escritório de Gerenciamento de Projetos Modelos de implantação de Escritórios de Gerenciamento de Projetos Identificamos, na literatura, duas propostas de implementação do Escritório de Gerenciamento de Projetos, uma que o professor Carlos Magno Xavier, apresentar no seu livro Gerenciamento de Projetos como definir e controlar o escopo do projeto (2005) e outra do professor Ricardo Vargas, apresentada em seu livro Gerenciamento de Projetos estabelecendo diferençais de competitividade (2005). Durante os estudos para realizar o Escritório de Gerenciamento de Projetos da Prefeitura de, outros modelos foram discutidos e formatados buscando a melhor forma de implementação local, que são apresentados abaixo. O modelo escolhido se configura como uma mistura de todos os modelos estudados e está adequado à necessidade local. Figura 04 - WBS - Implantação de um EGP pelo Professor Carlos Magno Xavier 14

28 ID EDT Tarefas 1 1 PMO Implementação (por Carlos Magno) Gerenciamento do Projeto Venda Interna do Projeto Questionário com diretores para ver se acreditame m GP Apresentação de Casos de PMO bem sucedidos Lista de projetos dos últimos seis meses Lista de métricas de sucesso de um projeto Escore dos projetos atuais Lista de desafios e problemas nos projetos Criação da Cultura sobre GP Palestras com convidados externos Eventos e Workshops internos Banners e folders para divulgação interna Implementação do PMO Sistemas de GED Integração de GED com sistemas financeiros Gerente de PMO nomeado Departamento de PMO oficialmente criado Templates básicos criados Tabela de categorização de projetos Tabela de deliverables por categoria de projeto Treinamento da Equipe Equipe treinada na metodologia PMI Equipe treinada nas ferramentas de GP Guideline de uso da metodologia Plano de Treinamento e Certificações PMI para GP Métricas de avaliação dos GP's e das equipes de projeto Desenvolvimento de um Piloto Projetos-pilotos identificados Lista de métricas Escore dos Projetos Acompanhamento da Operação Inicial do PMO Métricas de projetos revisados Templates revisados Cronograma de reporting dos GP's nos projetos Matriz de responsabilidades dos GP's e PMO Tabela 02 - WBS - Implantação de um EGP pelo Professor Carlos Magno Xavier 15

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação Pesquisa realizada com os participantes do de Apresentação O perfil do profissional de Projetos Pesquisa realizada durante o 12 Seminário Nacional de, ocorrido em 2009, traça um importante perfil do profissional

Leia mais

Projetos: Terminologia e Aplicações

Projetos: Terminologia e Aplicações Capítulo 1 Projetos: Terminologia e Aplicações A profissionalização da área de Gerenciamento de Projetos é cada vez maior, não somente no Brasil, mas de modo universal. Tal fato é evidenciado observando-se

Leia mais

Cartilha. Gestão de Projetos. Superintendência de Planejamento e Gestão SUPLAN Ministério Público do Estado de Goiás

Cartilha. Gestão de Projetos. Superintendência de Planejamento e Gestão SUPLAN Ministério Público do Estado de Goiás Cartilha Gestão de Projetos SUPLAN Ministério Público do Estado de Goiás Esta cartilha tem como objetivo transmitir os conceitos básicos relacionados ao Gerenciamento de Projetos e compartilhar da metodologia

Leia mais

GRUPOS TEMÁTICOS: I - Monitoramento & Avaliação dos Programas do

GRUPOS TEMÁTICOS: I - Monitoramento & Avaliação dos Programas do GRUPOS TEMÁTICOS: I - Monitoramento & Avaliação dos Programas do Governo e II - Plano de Governo / Planejamento Estratégico 1. Em que situação encontra-se o produto em seu Estado? Em contratação; Em construção

Leia mais

MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas

MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas ECONOMISTA - RIVAS ARGOLO 2426/D 62 9905-6112 RIVAS_ARGOLO@YAHOO.COM.BR Objetivo deste mini curso : Mostrar os benefícios do gerenciamento de projetos

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROGRAMAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: UMA PERSPECTIVA PARA A IMPLANTAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE PROJETOS

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROGRAMAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: UMA PERSPECTIVA PARA A IMPLANTAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE PROJETOS GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROGRAMAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: UMA PERSPECTIVA PARA A IMPLANTAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE PROJETOS Luis Fernando Vitorino 1, Moacir José dos Santos 2, Monica Franchi Carniello

Leia mais

Questionário de Avaliação de Maturidade Setorial: Modelo de Maturidade Prado-MMGP

Questionário de Avaliação de Maturidade Setorial: Modelo de Maturidade Prado-MMGP DARCI PRADO Questionário de Avaliação de Maturidade Setorial: Modelo de Maturidade Prado-MMGP Versão 2.0.0 Janeiro 2014 Extraído do Livro "Maturidade em Gerenciamento de Projetos" 3ª Edição (a publicar)

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 12/06/2014 13:58:56 Endereço IP: 200.252.42.196 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

MBA ARQUITETURA DE INTERIORES

MBA ARQUITETURA DE INTERIORES MBA ARQUITETURA DE INTERIORES Coordenador: Carlos Russo Professor: Fábio Cavicchioli Netto, PMP 1 APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR CONHECENDO OS PARTICIPANTES EXPECTATIVAS DO GRUPO 2 SUMÁRIO PMI / PMBoK / Certificados

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 08/08/2014 19:53:40 Endereço IP: 150.164.72.183 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

fagury.com.br. PMBoK 2004

fagury.com.br. PMBoK 2004 Este material é distribuído por Thiago Fagury através de uma licença Creative Commons 2.5. É permitido o uso e atribuição para fim nãocomercial. É vedada a criação de obras derivadas sem comunicação prévia

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 06/06/2014 18:22:39 Endereço IP: 189.9.1.20 1. Liderança da alta administração 1.1. Com relação

Leia mais

Como concluir um projeto com sucesso?

Como concluir um projeto com sucesso? Como concluir um projeto com sucesso? Luiz Eduardo Cunha, Eng. Professor da FAAP e do IMT 1 Luiz Eduardo Cunha Graduado em Engenharia de Produção EPUSP Pós-Graduado em Gestão do Conhecimento e Inteligência

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Outubro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Abordar o domínio Adquirir e Implementar e todos

Leia mais

O Gerenciamento de Projetos na abordagem do

O Gerenciamento de Projetos na abordagem do Seminário de Desenvolvimento de Gestores de Programas e Projetos Fórum QPC O Gerenciamento de Projetos na abordagem do PMI - Project Management Institute Marco Antônio Kappel Ribeiro Presidente do PMI-RS

Leia mais

Consultoria Empresarial Ltda

Consultoria Empresarial Ltda EXEMPLO DE PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1 - CONSIDERAÇÕES BÁSICAS SOBRE O PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO No momento atual, em que várias organizações estão passando por mudanças estruturais

Leia mais

Questionário de Governança de TI 2014

Questionário de Governança de TI 2014 Questionário de Governança de TI 2014 De acordo com o Referencial Básico de Governança do Tribunal de Contas da União, a governança no setor público compreende essencialmente os mecanismos de liderança,

Leia mais

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Atividade 1 Que modelos em gestão de projetos estão sendo adotados como referência nas organizações? Como

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE ESCRITÓRIO DE PROJETOS (PMO)

IMPLANTAÇÃO DE ESCRITÓRIO DE PROJETOS (PMO) IMPLANTAÇÃO DE ESCRITÓRIO DE PROJETOS (PMO) Msc. Cassio Germano, PMP Diretor PORTFOLIO Gestão e Capacitação Presidente Project Management Institute Seção Ceará 06/11/2009 Apresentação Prof. Msc. Cassio

Leia mais

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A.

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. Estudo de Caso Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes um novo serviço, que foi denominado de

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Prática essencial para gerar negócios sustentáveis

Gerenciamento de Projetos. Prática essencial para gerar negócios sustentáveis MBA em Gestão de Projetos Gerenciamento de Projetos Prática essencial para gerar negócios sustentáveis Prof: Ângelo Braga, PMP, MBA angelo.braga@fgv.br eu@angelobraga.com.br 2/154 Contatos Prof. Ângelo

Leia mais

Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público.

Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público. Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público. Sérgio Ricardo Fortes 1 ; Ana Cristina Dalborgo 2 1 EMTU Rua Joaquim Casemiro, 290, Bairro Planalto São Bernardo do Campo-SP

Leia mais

A NOVA POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

A NOVA POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Centro de Convenções Ulysses Guimarães Brasília/DF 4, 5 e 6 de junho de 2012 A NOVA POLÍTICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Pablo Sandin Amaral Renato Machado Albert

Leia mais

Elaboração dos documentos

Elaboração dos documentos Estudo de Caso Área de conhecimento Gerência de Escopo Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes

Leia mais

Gestão de Projetos Héstia_UFRGS_2011. Istefani Carísio de Paula, Dr.

Gestão de Projetos Héstia_UFRGS_2011. Istefani Carísio de Paula, Dr. Gestão de Projetos Héstia_UFRGS_2011 Istefani Carísio de Paula, Dr. 1 Apresentação Istefani Carísio de Paula Graduação em Processos Farmacêuticos USP Doutorado em Engenharia de Produção (PPGEP/UFRGS) com

Leia mais

A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos.

A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos. Q A letra Q, símbolo do programa de qualidade no serviço público Gespública, pelo qual a Seplan é certificada, figura em todos os seus documentos. É uma alusão à essência e ao compromisso da Secretaria

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Em conformidade com a metodologia PMI 1 Apresentações Paulo César Mei, MBA, PMP Especialista em planejamento, gestão e controle de projetos e portfólios, sempre aplicando as melhores

Leia mais

ASPECTOS GERAIS DE PROJETOS

ASPECTOS GERAIS DE PROJETOS ASPECTOS GERAIS DE PROJETOS O que é PROJETO Um empreendimento com começo e fim definidos, dirigido por pessoas, para cumprir objetivos estabelecidos dentro de parâmetros de custo, tempo e especificações.

Leia mais

Carlos Henrique Santos da Silva

Carlos Henrique Santos da Silva GOVERNANÇA DE TI Carlos Henrique Santos da Silva Mestre em Informática em Sistemas de Informação UFRJ/IM Certificado em Project Management Professional (PMP) PMI Certificado em IT Services Management ITIL

Leia mais

CARTILHA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS

CARTILHA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS CARTILHA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1ª edição - 2015 ÍNDICE INTRODUÇÃO...03 O QUE É UM PROJETO?...04 O QUE É UM PROGRAMA?...07 ESTUDOS E PROJETOS...08 O QUE É O GERENCIAMENTO DE PROJETOS...09 QUEM É

Leia mais

Gerenciamento de Escopo na Gestão de Projetos

Gerenciamento de Escopo na Gestão de Projetos Gerenciamento de Escopo na Gestão de Projetos Airton Eustaquio Braga Junior aebjr@terra.com.br MBA Gestão de Projetos em Engenharia e Arquitetura Instituto de Pos-Graduação IPOG Goiania, GO, 02 de Setembro

Leia mais

Conteúdo. Apresentação do PMBOK. Projeto 29/07/2015. Padrões de Gerenciamento de Projetos. Fase 01 1.PMBOK e PMI. 2. Conceitos 3.

Conteúdo. Apresentação do PMBOK. Projeto 29/07/2015. Padrões de Gerenciamento de Projetos. Fase 01 1.PMBOK e PMI. 2. Conceitos 3. 02m Conteúdo Apresentação do PMBOK Brasília, 25 de Junho de 2015 Fase 01 1.PMBOK e PMI 2. Conceitos 3.Processos Fase 02 4. Áreas de Conhecimento 10m Gerenciamento de Projetos Projeto A manifestação da

Leia mais

Quais são as Balas de Prata no Gerenciamento de Projetos? (Autores: Carlos Magno da Silva Xavier e Alberto Sulaiman Sade Júnior) Resumo

Quais são as Balas de Prata no Gerenciamento de Projetos? (Autores: Carlos Magno da Silva Xavier e Alberto Sulaiman Sade Júnior) Resumo Quais são as Balas de Prata no Gerenciamento de Projetos? (Autores: Carlos Magno da Silva Xavier e Alberto Sulaiman Sade Júnior) Resumo A metáfora bala de prata se aplica a qualquer ação que terá uma extrema

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 16º Seminário Nacional de Gestão de Projetos APRESENTAÇÃO

Pesquisa realizada com os participantes do 16º Seminário Nacional de Gestão de Projetos APRESENTAÇÃO Pesquisa realizada com os participantes do de APRESENTAÇÃO O perfil do profissional de projetos Pesquisa realizada durante o 16 Seminário Nacional de, ocorrido em Belo Horizonte em Junho de, apresenta

Leia mais

CONTAS REGIONAIS DO AMAZONAS 2009 PRODUTO INTERNO BRUTO DO ESTADO DO AMAZONAS

CONTAS REGIONAIS DO AMAZONAS 2009 PRODUTO INTERNO BRUTO DO ESTADO DO AMAZONAS CONTAS REGIONAIS DO AMAZONAS 2009 PRODUTO INTERNO BRUTO DO ESTADO DO AMAZONAS APRESENTAÇÃO A Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico SEPLAN em parceria com a SUFRAMA e sob a coordenação

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DE MATURIDADE

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DE MATURIDADE MMGP Darci Prado QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DE MATURIDADE Extraído do Livro "Maturidade em Gerenciamento de Projetos" - 1ª Edição Versão do Modelo 1..0-01/Fev/008 - Editora INDG-Tecs - 008 WWW.MATURITYRESEARCH.COM

Leia mais

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar.

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar. C O B I T Evolução Estratégica A) Provedor de Tecnologia Gerenciamento de Infra-estrutura de TI (ITIM) B) Provedor de Serviços Gerenciamento de Serviços de TI (ITSM) C) Parceiro Estratégico Governança

Leia mais

Projeto: Fortalecimento Institucional e Qualificação da Gestão Municipal ANÁLISE DA GESTÃO PÚBLICA DOS MUNICÍPIOS DO ESPÍRITO SANTO

Projeto: Fortalecimento Institucional e Qualificação da Gestão Municipal ANÁLISE DA GESTÃO PÚBLICA DOS MUNICÍPIOS DO ESPÍRITO SANTO Projeto: Fortalecimento Institucional e Qualificação da Gestão Municipal ANÁLISE DA GESTÃO PÚBLICA DOS MUNICÍPIOS DO ESPÍRITO SANTO PARCERIAS Governo do Estado do Espírito Santo por meio do Instituto Jones

Leia mais

ESCRITÓRIO RIO DE PROJETOS

ESCRITÓRIO RIO DE PROJETOS PMO PROJETOS PROCESSOS MELHORIA CONTÍNUA PMI SCRUM COBIT ITIL LEAN SIX SIGMA BSC ESCRITÓRIO RIO DE PROJETOS DESAFIOS CULTURAIS PARA IMPLANTAÇÃO DANIEL AQUERE DE OLIVEIRA, PMP, MBA daniel.aquere@pmpartner.com.br

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 13/06/2014 14:08:02 Endereço IP: 177.1.81.29 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS

GERENCIAMENTO DE PROJETOS GERENCIAMENTO DE PROJETOS O que é um Projeto? Regra Início e fim definidos Destinado a atingir um produto ou serviço único Escopo definido Características Sequência clara e lógica de eventos Elaboração

Leia mais

Questionário de Avaliação de Maturidadade MMGP Darci Prado QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DE MATURIDADE

Questionário de Avaliação de Maturidadade MMGP Darci Prado QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DE MATURIDADE MMGP Darci Prado QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO DE MATURIDADE Extraído do Livro "Gerenciamento de Programas e Projetos nas Organizações" 4ª Edição (a ser lançada) Autor: Darci Prado Editora INDG-Tecs - 1999-2006

Leia mais

Escritório de Gerenciamento de Projetos ( Project Management Office PMO)

Escritório de Gerenciamento de Projetos ( Project Management Office PMO) MBA em Gestão de Projetos Escritório de Gerenciamento de Projetos ( Project Management Office PMO) Flávio Feitosa Costa, MSc. PMP (flaviopmp@gmail.com) MBA em Gerência de Projetos Escritório de Gerenciamento

Leia mais

Gerenciamento de projetos prof. Mário Garcia

Gerenciamento de projetos prof. Mário Garcia Gerenciamento de projetos prof. Mário Garcia MBA em Gestão de Energia PROPPEX Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Centro Universitário Fundação Santo André Gerenciamento de projetos prof.

Leia mais

Projeto real de implantação de metodologia de gerenciamento de projetos com apoio do ambiente Microsoft Enterprise Project Management (EPM)

Projeto real de implantação de metodologia de gerenciamento de projetos com apoio do ambiente Microsoft Enterprise Project Management (EPM) Projeto real de implantação de metodologia de gerenciamento de s com apoio do ambiente Microsoft Enterprise Project Management (EPM) Rodolfo Campos PMO da Presidência da TIM Líder do Projeto racampos@timbrasil.com.br

Leia mais

Trilhas Técnicas SBSI - 2014

Trilhas Técnicas SBSI - 2014 brunoronha@gmail.com, germanofenner@gmail.com, albertosampaio@ufc.br Brito (2012), os escritórios de gerenciamento de projetos são importantes para o fomento de mudanças, bem como para a melhoria da eficiência

Leia mais

MBA EM GERÊNCIA DE PROJETOS

MBA EM GERÊNCIA DE PROJETOS Ribeirão Preto, Franca, Araraquara e São Carlos MBA EM GERÊNCIA DE PROJETOS COORDENAÇÃO: Profº Edmarson Bacelar Mota, M.Sc APOIO: SOBRE O CURSO Com a abertura dos mercados e o enorme aumento da competitividade,

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos PMI, PMP e PMBOK PMI (Project Management Institute) Estabelecido em 1969 e sediado na Filadélfia, Pensilvânia EUA, o PMI é a principal associação mundial, sem fins lucrativos,

Leia mais

www.pmbasis.com.br CONHEÇA TODAS AS SOLUÇÕES EM NEGÓCIOS, PROJETOS E FORMAÇÃO QUE A PMBASIS TEM PARA SUA EMPRESA OU INSTITUIÇÃO.

www.pmbasis.com.br CONHEÇA TODAS AS SOLUÇÕES EM NEGÓCIOS, PROJETOS E FORMAÇÃO QUE A PMBASIS TEM PARA SUA EMPRESA OU INSTITUIÇÃO. www.pmbasis.com.br CONHEÇA TODAS AS SOLUÇÕES EM NEGÓCIOS, PROJETOS E FORMAÇÃO QUE A PMBASIS TEM PARA SUA EMPRESA OU INSTITUIÇÃO. Crescer, Desenvolver, Multiplicar-se. Nossos melhores sonhos começam assim.

Leia mais

Project Management Office: Uma visão Geral

Project Management Office: Uma visão Geral Project Management Office: Uma visão Geral Prof. André Barcaui, MSc, PMP 1 Agenda 1. Entender o conceito ligado ao Project Management Office; 2. Conhecer os diversos tipos de existentes; 3. Definir as

Leia mais

Oficina de Gestão de Portifólio

Oficina de Gestão de Portifólio Oficina de Gestão de Portifólio Alinhando ESTRATÉGIAS com PROJETOS através da GESTÃO DE PORTFÓLIO Gestão de portfólio de projetos pode ser definida como a arte e a ciência de aplicar um conjunto de conhecimentos,

Leia mais

PESQUISA DE AVALIAÇÃO QUANTITATIVA DO PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL

PESQUISA DE AVALIAÇÃO QUANTITATIVA DO PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL PESQUISA DE AVALIAÇÃO QUANTITATIVA DO PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL FICHA TÉCNICA Instituição executora: Fundação Euclides da Cunha / Núcleo de Pesquisas, Informações e Políticas Públicas

Leia mais

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI FINANÇAS EM PROJETOS DE TI 2012 Material 1 Prof. Luiz Carlos Valeretto Jr. 1 E-mail valeretto@yahoo.com.br Objetivo Objetivos desta disciplina são: reconhecer as bases da administração financeira das empresas,

Leia mais

A estrutura do gerenciamento de projetos

A estrutura do gerenciamento de projetos A estrutura do gerenciamento de projetos Introdução O Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK ) é uma norma reconhecida para a profissão de gerenciamento de projetos. Um padrão é

Leia mais

Entendendo custos, despesas e preço de venda

Entendendo custos, despesas e preço de venda Demonstrativo de Resultados O empresário e gestor da pequena empresa, mais do que nunca, precisa dedicar-se ao uso de técnicas e instrumentos adequados de gestão financeira, para mapear a situação do empreendimento

Leia mais

PMBOK 4ª Edição I. Introdução

PMBOK 4ª Edição I. Introdução PMBOK 4ª Edição I Introdução 1 PMBOK 4ª Edição Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos Seção I A estrutura do gerenciamento de projetos 2 O que é o PMBOK? ( Project Management Body of Knowledge

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DE UM PROJETO

CARACTERÍSTICAS DE UM PROJETO CARACTERÍSTICAS DE UM PROJETO Temporário: significa que cada projeto tem um início e um fim muito bem definidos. Um projeto é fundamentalmente diferente: porque ele termina quando seus objetivos propostos

Leia mais

MBA EM GESTÃO DO MARKETING ESTRATÉGICO - EMENTAS

MBA EM GESTÃO DO MARKETING ESTRATÉGICO - EMENTAS MBA EM GESTÃO DO MARKETING ESTRATÉGICO - EMENTAS Branding Corporativo O que é Branding. O que é uma marca. História da Marcas. Naming. Arquitetura de Marcas. Tipos de Marcas. Brand Equity. Gestão de Marcas/Branding.

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Fundamentos

Gerenciamento de Projetos Fundamentos Gerenciamento de Fundamentos MBA EM GESTÃO DE PROJETOS - EMENTAS Definição de Projeto. Contexto e Evolução do Gerenciamento de. Areas de conhecimento e os processos de gerenciamento do PMI - PMBoK. Ciclo

Leia mais

Salvador César Costa salvadorc03@yahoo.com.br. PALESTRA Duração prevista: 01:30 h

Salvador César Costa salvadorc03@yahoo.com.br. PALESTRA Duração prevista: 01:30 h Salvador César Costa salvadorc03@yahoo.com.br PALESTRA Duração prevista: 01:30 h Breve Currículo do Palestrante Filme Ilustrativo O Veleiro Objetivos do Tema : Projeto e Gestão Teoria x Prática de Gestão

Leia mais

PROJETO NOVAS FRONTEIRAS. II - Nome do gerente do projeto, suas responsabilidades e sua autoridade

PROJETO NOVAS FRONTEIRAS. II - Nome do gerente do projeto, suas responsabilidades e sua autoridade PROJETO NOVAS FRONTEIRAS DECLARAÇÃO DE ESCOPO SCOPE STATEMENT Preparado por Rodrigo Mendes Lemos Gerente do Projeto Versão 3 Aprovado por Ricardo Viana Vargas Patrocinador 01/11/2010 I - Patrocinador Ricardo

Leia mais

Não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende, não há sucesso no que não se gerencia.

Não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende, não há sucesso no que não se gerencia. Não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende, não há sucesso no que não se gerencia. William Edwards Deming Organograma do Ministério da Fazenda

Leia mais

04/02/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Gestão de Projetos de TI. Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 1.

04/02/2009. Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores. Disciplina: Gestão de Projetos de TI. Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Unidade 1. Faculdade INED Curso Superior de Tecnologia: Redes de Computadores Disciplina: Gestão de Projetos de TI Prof.: Fernando Hadad Zaidan 1 Unidade 1.1 2 Introdução ao Gerenciamento de Projetos 3 1 Leitura

Leia mais

A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E A GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES. Evolução do TI e Gestão das Organizações Gestão de Projetos Métodos Ágeis

A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E A GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES. Evolução do TI e Gestão das Organizações Gestão de Projetos Métodos Ágeis A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E A GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES Evolução do TI e Gestão das Organizações Gestão de Projetos Métodos Ágeis Vamos nos conhecer e definir as diretrizes de nosso curso??? www.eadistancia.com.br

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS. "Quando o mar está calmo, qualquer barco navega bem." O que é um projeto? Prof. Me. Francisco César Vendrame. W.

GESTÃO DE PROJETOS. Quando o mar está calmo, qualquer barco navega bem. O que é um projeto? Prof. Me. Francisco César Vendrame. W. GESTÃO DE PROJETOS Prof. Me. Francisco César Vendrame "Quando o mar está calmo, qualquer barco navega bem." W. Shakespeare O que é um projeto? Projeto é um empreendimento não repetitivo (único), caracterizado

Leia mais

Avaliação das Contas Regionais do Piauí 2008

Avaliação das Contas Regionais do Piauí 2008 Avaliação das Contas Regionais do Piauí 2008 A economia piauiense, em 2008, apresentou expansão em volume do Produto Interno Bruto (PIB) de 8,8% em relação ao ano anterior. Foi a maior taxa de crescimento

Leia mais

Gestão de Projetos Logísticos

Gestão de Projetos Logísticos Gestão de Projetos Logísticos Professor: Fábio Estevam Machado CONTEÚDO DA AULA ANTERIOR Teoria Gestão de Projetos Introdução História Ferramentas Áreas do Conhecimento - Exercício AULA 3 Gestão de Projetos

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

Project and Portfolio Management [PPM] Sustainable value creation.

Project and Portfolio Management [PPM] Sustainable value creation. Project and Portfolio Management [PPM] Sustainable value creation. O SoftExpert PPM Suite é a solução mais robusta, funcional e fácil para priorizar, planejar, gerenciar e executar projetos, portfólios

Leia mais

Prefeitura Municipal de Vitória Estado do Espírito Santo DECRETO N 12.653

Prefeitura Municipal de Vitória Estado do Espírito Santo DECRETO N 12.653 Prefeitura Municipal de Vitória Estado do Espírito Santo DECRETO N 12.653 Estabelece a forma de organização e regulamenta o funcionamento das unidades administrativas da Secretaria de Trabalho e Geração

Leia mais

Simulações em Aplicativos

Simulações em Aplicativos Simulações em Aplicativos Uso Avançado de Aplicativos Prof. Marco Pozam mpozam@gmail.com A U L A 0 4 Programação da Disciplina 20/Agosto: Conceito de Project Office. 27/Agosto: Tipos de Project Office.

Leia mais

PMO - Project Management Office (Escritório de Projetos) 16 horas

PMO - Project Management Office (Escritório de Projetos) 16 horas PMO - Project Management Office (Escritório de Projetos) 16 horas As organizações precisam mudar de um enfoque funcional para um enfoque orientado a projetos, o que demanda mudanças na estrutura organizacional

Leia mais

Gestão. Curso Superior de Tecnologia em Gestão da Qualidade. Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos

Gestão. Curso Superior de Tecnologia em Gestão da Qualidade. Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da Qualidade Gestão O tecnólogo em Gestão da Qualidade é o profissional que desenvolve avaliação sistemática dos procedimentos, práticas e rotinas internas e externas de uma entidade, conhecendo e aplicando

Leia mais

8/3/2009. Empreendimento temporário que tem por finalidade criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.

8/3/2009. Empreendimento temporário que tem por finalidade criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. FAE S.J. dos Pinhais Projeto e Desenvolvimento de Software Conceitos Básicos Prof. Anderson D. Moura O que é um projeto? Conjunto de atividades que: 1. Objetivo específico que pode ser concluído 2. Tem

Leia mais

08/09/2011 GERÊNCIA DA INTEGRAÇÃO PMBOK GESTÃO DE PROJETOS

08/09/2011 GERÊNCIA DA INTEGRAÇÃO PMBOK GESTÃO DE PROJETOS GESTÃO DE PROJETOS Prof. Me. Luís Felipe Schilling "Escolha batalhas suficientemente grandes para importar, suficientemente pequenas para VENCER." Jonathan Kozol GERÊNCIA DA INTEGRAÇÃO PMBOK 1 GERÊNCIA

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos (ref. capítulos 1 a 3 PMBOK) TC045 Gerenciamento de Projetos Sergio Scheer - scheer@ufpr.br O que é Gerenciamento de Projetos? Aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas

Leia mais

FORMAÇÃO DA CULTURA EM GESTÃO POR PROJETOS: O CASO DE UMA ORGANIZAÇÃO PRIVADA DE FINALIDADE PÚBLICA

FORMAÇÃO DA CULTURA EM GESTÃO POR PROJETOS: O CASO DE UMA ORGANIZAÇÃO PRIVADA DE FINALIDADE PÚBLICA FORMAÇÃO DA CULTURA EM GESTÃO POR PROJETOS: O CASO DE UMA ORGANIZAÇÃO PRIVADA DE FINALIDADE PÚBLICA Jorge Luciano Gil Kolotelo (UTFPR) kolotelo@uol.com.br Pedro Carlos Carmona Gallego (FESP) carmona@fesppr.br

Leia mais

PMI Project Management Institute

PMI Project Management Institute PMP - Project Management Professional desde 1998 Presidente do Project Management Institute RS 00/04 Coordenador Latino-Americano do PMI-ISSIG por Projetos na Abordagem PMI Vice-Presidente da SUCESU-RS

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE PORTFOLIO DE SERVIÇOS

APRESENTAÇÃO DE PORTFOLIO DE SERVIÇOS APRESENTAÇÃO DE PORTFOLIO DE SERVIÇOS Versão 1 2010 A SIX SIGMA BRASIL apresenta a seguir seu portfolio de capacitação e consultoria de serviços de gerenciamento de projetos, processos (lean e seis sigma)

Leia mais

Projetos (PMO) : Oportunidades de Sinergia

Projetos (PMO) : Oportunidades de Sinergia Escritórios de Processos (BPM Office) e de Projetos (PMO) : Oportunidades de Sinergia Introdução...2 Uniformizando o entendimento dos conceitos... 4 Entendendo as principais similaridades... 5 Entendendo

Leia mais

PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA PARA SOLUCIONAR E/OU MINIMIZAR

PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA PARA SOLUCIONAR E/OU MINIMIZAR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO COORDENADORIA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL SÍNTESE DE RELATORIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL E DE AVALIAÇÃO EXTERNA PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA

Leia mais

Escritório de Projetos

Escritório de Projetos 1 Escritório de Projetos Módulo 3 Gestão de Projetos Aluno: Humberto Rocha de Almeida Neto hran@cin.ufpe.br Professores: Hermano Perrelli e Alexandre Vasconcelos 19 de outubro de 2009 Agenda Índice do

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UM ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA: VISÃO TRADICIONAL X NEGÓCIOS BASEADOS EM PROJETOS

GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UM ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA: VISÃO TRADICIONAL X NEGÓCIOS BASEADOS EM PROJETOS GERENCIAMENTO DE PROJETOS EM UM ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA: VISÃO TRADICIONAL X NEGÓCIOS BASEADOS EM PROJETOS Ana Carolina Freitas Teixeira¹ RESUMO O gerenciamento de projetos continua crescendo e cada

Leia mais

Conhecendo a Fundação Vale

Conhecendo a Fundação Vale Conhecendo a Fundação Vale 1 Conhecendo a Fundação Vale 2 1 Apresentação Missão Contribuir para o desenvolvimento integrado econômico, ambiental e social dos territórios onde a Vale atua, articulando e

Leia mais

FATTO CONSULTORIA E SISTEMAS

FATTO CONSULTORIA E SISTEMAS Gestão de Riscos Como lidar com as incertezas do Projeto? Thomaz Ottoni da Fonseca 04/11/2015 FATTO CONSULTORIA E SISTEMAS 2015 FATTO Consultoria e Sistemas www.fattocs.com 1 ORIENTAÇÕES INICIAIS Dê preferência

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO TESTE DE SOFTWARE PARA A QUALIDADE DO PROJETO

A IMPORTÂNCIA DO TESTE DE SOFTWARE PARA A QUALIDADE DO PROJETO A IMPORTÂNCIA DO TESTE DE SOFTWARE PARA A QUALIDADE DO PROJETO Autora: LUCIANA DE BARROS ARAÚJO 1 Professor Orientador: LUIZ CLAUDIO DE F. PIMENTA 2 RESUMO O mercado atual está cada vez mais exigente com

Leia mais

Metodologia de Gerenciamento de Projetos e Captação de Recursos. Secretaria das Cidades. Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos

Metodologia de Gerenciamento de Projetos e Captação de Recursos. Secretaria das Cidades. Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos Metodologia de Gerenciamento de Projetos e Captação de Recursos Secretaria das Cidades Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos Evolução da Administração no Setor Público Melhores práticas de gestão

Leia mais

PRÁTICA O ESCRITÓRIO DE PROJETOS DA SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE PLANEJAMENTO COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DOS PROJETOS PRIORITÁRIOS DO PAI

PRÁTICA O ESCRITÓRIO DE PROJETOS DA SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE PLANEJAMENTO COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DOS PROJETOS PRIORITÁRIOS DO PAI PRÁTICA O ESCRITÓRIO DE PROJETOS DA SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE PLANEJAMENTO COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DOS PROJETOS PRIORITÁRIOS DO PAI Secretaria/Órgão: Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento

Leia mais

Implementação de PMO - Caso HP

Implementação de PMO - Caso HP Implementação de PMO - Caso HP Implementação de Metodologia - Caso HP 1. Introdução 2. Project Management Office Origens e Estratégias 3. Curva de Maturidade de Gerenciamento de Projetos na HP Consulting

Leia mais

Como criar a Estrutura Analítica de um Projeto (EAP)

Como criar a Estrutura Analítica de um Projeto (EAP) Como criar a Estrutura Analítica de um Projeto (EAP) A ferramenta utilizada para a representação das entregas de um projeto é a Estrutura Analítica do Projeto (EAP), tradução para o português de Work Breakdown

Leia mais

PMO ESTRATÉGICO DE ALTO IMPACTO

PMO ESTRATÉGICO DE ALTO IMPACTO PMO ESTRATÉGICO DE ALTO IMPACTO TOBIAS ALBUQUERQUE E LEONARDO AVELAR OUTUBRO DE 2015 I. INTRODUÇÃO O conceito de escritórios de projetos Project Management Office (PMO) vem evoluindo desde meados da década

Leia mais

REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO

REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO PROGRAMA NACIONAL DE ESTRUTURAÇÃO DE DESTINOS TURÍSTICOS (Documento base Câmara Temática de Regionalização) Brasília, 08.02.2013 SUMÁRIO 1. CONTEXTUALIZAÇÃO... 2 2. DIRETRIZES...

Leia mais

Crise na fase de execução de Projetos de engenharia

Crise na fase de execução de Projetos de engenharia 1 Dário Denis Braga Vital vitaldario@ig.com.br MBA em Gerenciamento de Projetos em Engenharia e Arquitetura Instituto de Pós-Graduação - IPOG Manaus, AM, 10, junho de 2014 Resumo Este artigo é sobre gerenciamento

Leia mais

Criando Sinergia entre a Gestão de Projetos e a Gestão de Processos de Negócios

Criando Sinergia entre a Gestão de Projetos e a Gestão de Processos de Negócios Criando Sinergia entre a Gestão de Projetos e a Gestão de Processos de Negócios Allan Rocha Agosto / 2015 Agenda Objetivo do Mini-curso Contextualização Projetos x Processos Criando sinergia entre Projetos

Leia mais

DIRETORIA DE PESQUISAS - DPE COORDENAÇÃO DE CONTAS NACIONAIS CONAC. Nova Série do Produto Interno Bruto dos Municípios referência 2002

DIRETORIA DE PESQUISAS - DPE COORDENAÇÃO DE CONTAS NACIONAIS CONAC. Nova Série do Produto Interno Bruto dos Municípios referência 2002 DIRETORIA DE PESQUISAS - DPE COORDENAÇÃO DE CONTAS NACIONAIS CONAC Nova Série do Produto Interno Bruto dos Municípios referência 2002 (versão para informação e comentários) Versão 1 Apresentação O Instituto

Leia mais

Coordenadoria de Tecnologia da Informação. Documentos Formais. Governança de Auditoria Interna de TI com AGIL-GPR

Coordenadoria de Tecnologia da Informação. Documentos Formais. Governança de Auditoria Interna de TI com AGIL-GPR Coordenadoria de Tecnologia da Informação Documentos Formais Governança de Auditoria Interna de TI com AGIL-GPR NOV/2011 1 Sumário 1 Introdução... 03 2 Políticas de Governança de Auditoria Interna de TI...

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 Versão 1.0 1 APRESENTAÇÃO O Planejamento

Leia mais

Manual de Gerenciamento de Projetos

Manual de Gerenciamento de Projetos TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO ASSESSORIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA ESCRITÓRIO DE PROJETOS ESTRATÉGICOS (EPE) Manual de Gerenciamento de Projetos SISTEMA DE GESTÃO ESTRATÉGICA Anexo da Portaria

Leia mais

Jonas de Souza H2W SYSTEMS

Jonas de Souza H2W SYSTEMS Jonas de Souza H2W SYSTEMS 1 Tecnólogo em Informática Fatec Jundiaí MBA em Gerenciamento de Projetos FGV Project Management Professional PMI Mestrando em Tecnologia UNICAMP Metodologia de apoio à aquisição

Leia mais