Matéria Presidente da ALEC faz palestra no Congresso Sobratema - pág. 5. Entrevista Como cumprir a NR 12 locadora - pág. 8

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Matéria Presidente da ALEC faz palestra no Congresso Sobratema - pág. 5. Entrevista Como cumprir a NR 12 locadora - pág. 8"

Transcrição

1 Alec News maio-junho/2012 Uma publicação da ALEC - Associação Brasileira das Empresas Locadoras de Bens Móveis Matéria Presidente da ALEC faz palestra no Congresso Sobratema - pág. 5 Entrevista Como cumprir a NR 12 locadora - pág Alec News - maio/junho

2 2 - Alec News - maio/junho

3 PALAVRA DO PRESIDENTE Caros Associados, Nesta edição quero dar destaque à COOPALEC. O segmento de locação está vivendo um cenário preocupante e a situação requer atitudes pontuais para aumentar nossa competitividade e rentabilidade. Os fabricantes têm aumentado os preços de seus equipamentos e as locadoras vêm sentindo grande dificuldade em repassar estes novos valores aos seus clientes. Sofremos forte pressão de ambos os lados. As locadoras de grande porte tem maior poder de compra em função da quantidade adquirida. Como nós, pequenas e médias empresas, podemos competir? Criando uma Cooperativa de Compras ALEC. Todas as locadoras associadas possuem necessidades comuns, utilização de insumos, aquisição de máquinas, material de escritório, papel higiênico, óleo lubrificante para os motores dos equipamentos e de nossos veículos, entre vários outros itens. Vamos fazer um levantamento das compras de nossas empresas para estimar a quantidade de cada item. Somados, teremos um número expressivo, o que aumentará nosso poder de compra e negociação por menores preços, assim reduziremos nossos gastos. Vamos unir nossas forças, é para isso que temos uma Associação! Peço especial atenção à matéria sobre a NR 12, isso pode afetar nosso negócio. É fundamental entender melhor a Norma e como adequar-se a ela. Boa leitura! Marco Aurélio da Cunha Presidente 3 - Alec News - maio/junho

4 Sumário O ALEC NEWS é um informativo bimestral exclusivo da ALEC distribuído para seus associados e locadoras do Brasil. 3 Palavra do Presidente 5 Fique por dentro: ALEC NO CONGRESSO SOBRATEMA / PRESIDENTE DA ALEC PARTICIPA DA SOLENIDADE DE ABERTURA DO 84º ENIC 6 Fique por dentro: NASCE A COOPALEC - COOPERATIVA DE COMPRA ALEC ASSOCIAÇÃO DE LOCADORAS Associação Brasileira das Empresas Locadoras de Bens Móveis Avenida Mandaqui, 67 - Bairro do Limão São Paulo - SP - Tel: Gestão 2012/2013 Diretoria Executiva Presidente: Sr. Marco Aurélio da Cunha Vice-presidente: Sr. Ronaldo Max Ertel Diretor Tesoureiro: Sr. Stavros E. Roussouglou Diretor Secretário: Sr. Cláudio Campana Rodrigues 8 Matéria: COMO CUMPRIR A NR 12 NA LOCADORA 9 Lançamento 10 Feiras e Cursos 11 Curso Excelência no Atendimento Curso Vendas de Alta Performance Diretoria Adjunta Diretor de Relações Sociais - Sr. Carlos Arasanz Loeches Diretor de Relações Internacionais Sr. Carlos Exsel Conselho Consultivo Presidente - Sr. Durval C. Gasparetti 1º Vice-presidente do Conselho - Sr. Expedito Eloel Arena 2º Vice-presidente do Conselho - Sr. Seiji Ikeda 1º Conselheiro - Sr. Rui Manuel Ventura do Rosário e Silva 2º Conselheiro - Sr. Adilson Vicari 3º Conselheiro - Sr. Gilson Macedo Santana 4º Conselheiro - Sr. Euclides Carvalho Diretoria Regional Diretor Regional - Baixada Santista: Sr. Claudio Campana Rodrigues Diretor Regional - Bauru: Sr. Arlindo Kano Diretor Regional - Porto Alegre: Sr. Francisco Olendzki Reis Diretor Regional - Região Norte: Sr. Paulo Henrique Lobo Diretor Regional - Rio Claro: Sr. Expedito Eloel Arena Diretor Regional - São José do Rio Preto: Sr. Carlos Cesar Galvão Teixeira Diretoria Setorial Diretor de Acesso - Sr. Rui Manuel Ventura do Rosário e Silva Diretor de Ar Comprimido - Sr. Eduardo Blinke Diretor de Canteiro de Obras - Sr. Élvio Luiz Lorieri Diretor de Elevadores - Sr. Maurício Dias Batista de Melo Diretor de Equipamentos - Sr. Francisco Maciel Diretores de Estruturas Tubulares - Sr. Renato Nunes Caetano Sr. Joe Nicodemos Diretor de Fabricantes - Sr. Edmilson Silva Diretor de Gruas - Sr. Paulo M. A. Carvalho Diretor de Bombas de Concreto - Sr. Laércio Franza REDAÇÃO, EDIÇÃO E PRODUÇÃO GRÁFICA Tel.: Jornalista responsável: Marot Gandolfi - Tiragem: Periodicidade: bimestral Edição: maio/junho 2012 As informações contidas nos anúncios são de inteira responsabilidade das empresas. Os artigos são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da Associação. 4 - Alec News - maio/junho

5 FIQUE POR DENTRO ALEC NO CONGRESSO SOBRATEMA A ALEC foi convidada a participar do Congresso Sobratema, evento que aconteceu paralelamente à M&T EXPO. No dia 30/05/2012, o presidente da Associação, Marco Aurélio da Cunha realizou sua apresentação para uma plateia com grande interesse na atividade de locação. A palestra abordou temas de grande relevância para o setor O mercado de locação no Brasil e os riscos da desindustrialização. Foi uma oportunidade excelente para a ALEC divulgar suas ações, fortalecer sua presença no segmento e ampliar o número de associados. PRESIDENTE DA ALEC PARTICIPA DA SOLENIDADE DE ABERTURA DO 84º ENIC Marco Aurélio da Cunha, presidente da ALEC, representou a Associação junto com autoridades, gestores e empresários no 84º ENIC Encontro Nacional da Indústria da Construção - em 29 de junho no Palácio das Artes, em Belo Horizonte. É o evento mais importante do setor no Brasil, sendo uma oportunidade para se reunir, discutir e encaminhar soluções para o desenvolvimento da atividade. Hoje a indústria da construção é responsável por mais de 10% dos empregos formais no país, e esse percentual pode subir ainda mais à medida que eventos de grande porte e demandantes de infraestrutura se aproximam, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas. Dentre as autoridades presentes estiveram o governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia, os ministros do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, e o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda. NOVOS ASSOCIADOS - MAQUIP - MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS PARA CONSTRUÇÃO LTDA-ME - ALUGATUDO LOCAÇÃO ASSISTÊNCIA TÉCNICA, COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS E MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO CIVIL LTDA-ME - COFIX RENTAL COMÉRCIO E LOCAÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS LTDA - Dialoc-Locação - Vendap Locação de Equipamentos Ltda - Atag Comercial - Zaca Locação 5 - Alec News - maio/junho

6 FIQUE POR DENTRO NASCE A COOPALEC COOPERATIVA DE COMPRA ALEC As construtoras demandam aluguel de equipamentos e contratação de serviços sempre exigindo melhores preços e condições de pagamento para serem mais competitivas. O mercado é que determina os preços dos imóveis. As construtoras não podem simplesmente aumentar os valores para ampliar seus lucros. O mercado e a concorrência norteiam estes preços, não só na construção civil, mas em todos os segmentos da economia. O lucro de sua locadora está aqui! Em 2012, a ALEC está completando 20 anos, e para marcar esta data foi lançado um desafio pela Associação com a meta de prestar mais um serviço para seus associados: COOPALEC Cooperativa de Compras ALEC. Para muitos, comprar melhor significa alugar com preços menores. Com esta prática, o mercado leva seus valores para patamares cada vez mais baixos tentando enfrentar a concorrência com grandes empresas e multinacionais que vem trazendo para o Brasil os equipamentos parados lá fora. Acompanhando a tendência dos sites de compras coletivas que vem crescendo e conquistando novos clientes, a COOPALEC visa adquirir mais poder de negociação através da soma das intenções de compras das locadoras, obtendo melhores condições junto aos fabricantes e fornecedores. O mercado imobiliário, a construção de obras de infraestrutura e o setor de serviços vem crescendo. A cada ano as empresas de locação precisam modernizar e profissionalizar ainda mais seu negócio. Uma estratégia para driblar este desafio é encontrar meios para obter mais economia e aumentar a margem de lucro. A COOPALEC Cooperativa de Compras ALEC nasce com este objetivo. Esta Cooperativa permitirá aos associados de todos os portes, a aquisição de insumos de escritório, cestas básicas, cestas de natal, lubrificantes, máquinas e equipamentos, entre outros vários produtos, com melhores condições de preço e pagamento junto aos fabricantes e fornecedores. Temos no mercado diversas marcas com qualidade. Comprando em maior quantidade, teremos mais poder de negociação. O lucro não é só ganhar mais. É investir melhor. O ideal é focar na redução dos desperdícios e despesas e uma das saídas é a compra conjunta. Com a diminuição no custo mensal da locadora há recursos para reinvestir na empresa. 6 - Alec News - maio/junho

7 FIQUE POR DENTRO A COOPALEC também possibilitará uma maior aproximação dos associados com os fornecedores, o que é benéfico para ambos. A ALEC ficará mais forte, terá mais representatividade e poder de compra no mercado. COMO FUNCIONA? As compras através da COOPALEC podem ser realizadas pelo Portal ALEC (www.alec.org.br) ou através da formação de grupos interessados. A locadora associada poderá consultar os nomes das empresas participantes e não terá custo adicional ao optar em fazer suas compras pela Cooperativa. A COOPALEC é mais um retorno do investimento aos associados pelas mensalidades pagas. Juntos podemos transformar esta COOPERATIVA em uma grande plataforma de compras do mercado de locação. Vamos unir nossas forças é para isso que temos uma Associação. Os fornecedores e fabricantes que apresentarem a melhor proposta (custo, prazo e condição de pagamento) providenciarão o faturamento diretamente para cada locadora que estiver participando da compra coletiva. GRUPOS GERADORES SOTREQ. MAIS EFICIÊNCIA PARA SEUS CLIENTES. MAIS RENTABILIDADE PARA VOCÊ. Os Grupos Geradores Olympian e Caterpillar da Sotreq destacam-se pela tecnologia de última geração e garantem a qualidade e a confiabilidade que seus clientes merecem. Com a Sotreq, você oferece para seus clientes confiança na independência do sistema elétrico e redução de custos. Transforme a satisfação deles em rentabilidade para os seus negócios. Consulte as opções de compra. Conheça alguns diferenciais: Atendimento Personalizado Opções de potência de 50 a 3750 kva Contratos de Manutenção Para todos os tipos de aplicação: Emergência, Horário de Ponta, Missão Crítica, Cogeração e Bioeletricidade. w w w. s o t r e q. c o m. b r Mais informações: São Paulo: (55 11) Ribeirão Preto: (55 16) Sumaré: (55 19) São José do Rio Preto: (55 17) Rio de Janeiro: (55 21) Serra: (55 27) Cuiabá: (55 65) Belém: (55 91) Contagem: (55 31) Goiânia: (55 62) Caterpillar. Todos os direitos reservados. CAT, CATERPILLAR, seus respectivos logotipos, Amarelo Caterpillar, assim como a identidade corporativa e de produtos aqui usada, são marcas registradas da Caterpillar e não podem ser utilizadas sem permissão. 7 - Alec News - maio/junho

8 MATÉRIA COMO CUMPRIR A NR 12 NA LOCADORA Em vigor desde 2010, locadoras e fabricantes procuram uma solução. A ALEC tem sido procurada e questionada por várias locadoras sobre a implantação da NR 12. Se você ainda não sabe do que se trata esta Norma, esclarecemos brevemente abaixo. Esta Norma faz parte de um conjunto de 35 normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho e tem como foco a segurança em máquinas e equipamentos de todos os segmentos, exceto os de uso doméstico, exemplo: martelo, serrote e etc. Em 2010, no Brasil ocorreram acidentes de trabalho e mais de 14 mil geraram incapacidade permanente. 12% dos acidentes são causados por máquinas. Para diminuir este número de acidentes, foi publicada a NR 12 pela Portaria SIT/MTE nº 197 há pouco mais de um ano, que visa trazer dados para a fabricação, a utilização e a manutenção de máquinas e equipamentos intrinsecamente seguros. É um regulamento, portanto de aplicação compulsória, construído de maneira tripartite, com representantes dos empregadores, trabalhadores e governo, submetido à consulta pública por mais de seis meses para o envio de sugestões da sociedade. A NR-12 é composta por um corpo no qual são estabelecidas condições gerais que devem ser empregadas em qualquer tipo de máquina, acompanhada por anexos com informações complementares e anexos específicos sobre determinados tipos de máquinas que contêm especificidades a ser atendidas ou excepcionalidades em relação ao disposto no corpo da NR. A ALEC não foi convocada para participar da elaboração desta Norma, embora seja totalmente favorável a qualquer medida de segurança. Segundo Marco Aurelio da Cunha, presidente da ALEC, nem as locadoras, nem os fabricantes foram consultados sobre a viabilidade desta Norma. Somos completamente a favor da segurança e faz parte da nossa prioridade zelar por ela, mas como vamos cumprir uma Norma sem que os equipamentos estejam disponíveis no mercado? É uma situação muito complicada. As locadoras estão se programando para adquirir máquinas que estejam dentro das especificações da NR 12, mas os fabricantes estão em processo para a fabricação dos equipamentos com estas características. Isso no Brasil e no mundo. Nem as máquinas importadas estão dentro das especificações da NR 12. Tanto as locadoras, quanto os fabricantes devem se adequar à Norma. Os equipamentos que estão no mercado também devem ser adaptados, o que vai exigir um volume altíssimo de investimentos. Vale lembrar que as multas para quem não estiver dentro da NR 12 são expressivas. Marco Aurélio também ressalta que em contrapartida, a ALEC vê o estabelecimento desta Norma como uma grande oportunidade para as locadoras que prestam serviço de qualidade, diferenciado, pautado em ética e responsabilidade conquistarem mais espaço no mercado. É uma chance de oferecer um equipamento mais seguro e colocar a indústria brasileira em um patamar superior. Conta ainda com requisitos que obrigam o fabricante a exercitar a apreciação de risco nas diferentes situações de intervenção do trabalhador, como transporte, montagem, utilização, inspeção e desativação. Dentro dos conceitos emanados pela OIT na Convenção nº 119, que trata de máquinas e equipamentos, ratificada pelo Brasil, o atendimento da NR-12 é de observância obrigatória para máquinas nacionais e importadas, sendo ainda vedada a comercialização, exposição ou cessão daquelas em desacordo com o preconizado nessa Norma. 8 - Alec News - maio/junho

9 Lançamentos Elleva MAX 500 e Elleva MAX 500 ex Compacto, robusto e com design moderno, o Elleva MAX 500 oferece praticidade e rapidez de operação na movimentação de materiais nas obras. Equipamento para atender às necessidades do mercado e surpreender os mais exigentes usuários, oferecendo grande desempenho no transporte de cargas verticais. Tel.: : A CRESCENTE DEMANDA, SOMADA A QUALIDADE E BAIXO CUSTO DE MANUTENÇÃO, TORNAM OS DEMOLIDORES DEWALT UM ITEM OBRIGATÓRIO PARA QUALQUER LOCADORA QUE ALMEJE MAXIMIZAR SEUS RESULTADOS. DEMOLIDORES DEWALT: A QUALIDADE QUE SEU CLIENTE PROCURA COM A RENTABILIDADE QUE VOCÊ SONHOU Alec News - maio/junho

10 VISITE STAND DA ALEC 01/08/2012 a 04/08/2012 FIERGS - Porto Alegre/RS VISITE STAND DA ALEC 29/08/2012 a 31/08/2012 Centro de Exposições Imigrantes - São Paulo/SP 11/09/2012 a 13/09/2012 Expo Transamérica - São Paulo/SP 12/09/2012 a 15/09/2012 Centro de Convenções Bahia - São Paulo/SP Curso Técnico em Martelos/Rompedores Elétricos DATA HORÁRIO LOCAL INSCRIÇÕES ATÉ 06/08/2012 a 07/08/2012 9h Rodovia Anhanguera, km 98 - Campinas/SP 30/07/ /08/2012 a 09/08/2012 9h Rodovia Anhanguera, km 98 - Campinas/SP 01/08/ /08/2012 a 28/08/2012 9h Rodovia Anhanguera, km 98 - Campinas/SP 20/08/ /08/2012 a 30/08/2012 9h Rodovia Anhanguera, km 98 - Campinas/SP 22/08/ /09/2012 a 11/09/2012 9h Rodovia Anhanguera, km 98 - Campinas/SP 03/09/ /09/2012 a 13/09/2012 9h Rodovia Anhanguera, km 98 - Campinas/SP 05/09/ /09/2012 a 18/09/2012 9h Rodovia Anhanguera, km 98 - Campinas/SP 10/09/ /09/2012 a 20/09/2012 9h Rodovia Anhanguera, km 98 - Campinas/SP 12/09/2012 Treinamento Técnico para Rompedores Elétricos DATA HORÁRIO LOCAL INSCRIÇÕES ATÉ 22/08/2012 a 23/08/2012 8h às 17h Al. Julia da Costa, Curitiba - PR 15/08/2012 Inscrições gratuitas. F aça sua inscrição pelo portal Mais informações: Alec News - maio/junho

11 CURSO EXCELÊNCIA NO ATENDIMENTO Objetivo: Possibilitar aos participantes conhecer melhores práticas de atendimento e fortalecer o sentimento de responsabilidade e compromisso com o cliente. Como resultado haverá uma maior e crescente lealdade dos clientes e consequentemente maior rentabilidade e lucratividade. Composto por 3 módulos teoria e prática Módulo 1 Realizando um atendimento de excelência Módulo 2 Atendimento Telefônico de excelência Módulo 3 Papéis e responsabilidades no atendimento Investimento VAGAS ESGOTADAS. NOVA TURMA EM BREVE! Associados: R$ 150,00 por participante Não Associado: R$ 300,00 por participante Ligue para (11) ou envie um para Inscreva sua equipe e garanta um atendimento diferenciado para sua locadora. Seus clientes reconhecerão. CURSO VENDAS DE ALTA PERFORMANCE Objetivo: Capacitar os participantes a desenvolverem padrões de comportamento e metodologia para um processo de vendas eficaz. Composto por 3 módulos teoria e prática Módulo 1 Vendas Módulo 2 Negociação Módulo 3 Simulações de vendas Investimento VAGAS ESGOTADAS. NOVA TURMA EM BREVE! Associados: R$ 150,00 por participante Não Associado: R$ 300,00 por participante Ligue para (11) ou envie um para Inscreva sua equipe e garanta um atendimento diferenciado para sua locadora. Seus clientes reconhecerão Alec News - maio/junho

12 12 - Alec News - maio/junho

Mercado da autoconstrução é ótima. Momento indica necessidade de foco e. 99% dos locadores têm suas dúvidas ÍNDICE

Mercado da autoconstrução é ótima. Momento indica necessidade de foco e. 99% dos locadores têm suas dúvidas ÍNDICE ÍNDICE 06 Mercado da autoconstrução é ótima oportunidade para locadores e fabricantes 10 12 14 16 20 24 26 28 30 Em foco Lista de fabricantes associados Momento indica necessidade de foco e reposicionamento

Leia mais

Matéria Técnica Plataformas de Trabalho Aéreo - Risco de acidentes fatais com o mau uso. pág. 8

Matéria Técnica Plataformas de Trabalho Aéreo - Risco de acidentes fatais com o mau uso. pág. 8 Alec News julho-agosto/2012 Uma publicação da ALEC - Associação Brasileira das Empresas Locadoras de Bens Móveis www.alec.org.br Entrevista Confira a entrevista com Afonso Mamede, presidente da Sobratema,

Leia mais

ATA DE REUNIÃO DE DIRETORIA 08/2010-22/04/2010

ATA DE REUNIÃO DE DIRETORIA 08/2010-22/04/2010 ATA DE REUNIÃO DE DIRETORIA 08/2010-22/04/2010 Ao vigésimo segundo dia do mês de abril do ano de dois mil e dez (22.04.2010), na cidade de São Paulo, reuniram-se na sede social da ALEC Associação Brasileira

Leia mais

Entrevista Claudio Elias Conz, presidente da ANAMACO fala sobre a importância de uma Associação e de treinar a mão de obra. pág.

Entrevista Claudio Elias Conz, presidente da ANAMACO fala sobre a importância de uma Associação e de treinar a mão de obra. pág. Alec News setembro-outubro/2012 Uma publicação da ALEC - Associação Brasileira das Empresas Locadoras de Bens Móveis www.alec.org.br Entrevista Claudio Elias Conz, presidente da ANAMACO fala sobre a importância

Leia mais

PESQUISA DE MERCADO. Mercado de locadoras. Equipamentos leves para construção. Resp.: Vanderlei Florenzano

PESQUISA DE MERCADO. Mercado de locadoras. Equipamentos leves para construção. Resp.: Vanderlei Florenzano PESQUISA DE MERCADO Mercado de locadoras Equipamentos leves para construção Resp.: Vanderlei Florenzano AMBIENTE MERCADOLÓGICO Ambiente Mercadológico do mercado de locadoras de equipamentos para construção

Leia mais

Alec News janeiro-fevereiro/2012. Uma publicação da ALEC - Associação Brasileira das Empresas Locadoras de Bens Móveis www.alec.org.

Alec News janeiro-fevereiro/2012. Uma publicação da ALEC - Associação Brasileira das Empresas Locadoras de Bens Móveis www.alec.org. Alec News janeiro-fevereiro/2012 Uma publicação da ALEC - Associação Brasileira das Empresas Locadoras de Bens Móveis www.alec.org.br FALE CONOSCO Sua opinião é importante para a ALEC. Envie sua dúvida,

Leia mais

Disciplina: Constituição de Novos Empreendimentos AULA 9

Disciplina: Constituição de Novos Empreendimentos AULA 9 Disciplina: Constituição de Novos Empreendimentos Disciplina: Constituição de Novos Empreendimentos AULA 9 AULA 9 Assunto: Plano Financeiro (V parte) Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA

Leia mais

FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo de Planejamento Prof.º Fábio Diniz

FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo de Planejamento Prof.º Fábio Diniz FTAD Formação Técnica em Administração de Empresas Módulo de Planejamento Prof.º Fábio Diniz COMPETÊNCIAS A SEREM DESENVOLVIDAS CONHECER A ELABORAÇÃO, CARACTERÍSTICAS E FUNCIONALIDADES UM PLANO DE NEGÓCIOS.

Leia mais

Feira Internacional de Frutas e Derivados, Tecnologia de Processamento e Logística 08 10 de Setembro de 2009 - ( 3ª. a 5ª.) Expo Center Norte

Feira Internacional de Frutas e Derivados, Tecnologia de Processamento e Logística 08 10 de Setembro de 2009 - ( 3ª. a 5ª.) Expo Center Norte Feira Internacional de Frutas e Derivados, Tecnologia de Processamento e Logística 08 10 de Setembro de 2009 - ( 3ª. a 5ª.) Expo Center Norte Pavilhão Amarelo São Paulo BEM VINDO A FRUIT & LOG 2009! ABRINDO

Leia mais

Excelência. locações e transporte Ltda. www.excelenciaguindastes.com.br

Excelência. locações e transporte Ltda. www.excelenciaguindastes.com.br www.excelenciaguindastes.com.br A Guindastes e uma empresa de Goiânia Goiás QUEM SOMOS que presta serviço em todo território nacional no segmento de Locação de Guindastes, Locação de Munck, Grupo Geradores,

Leia mais

Erros nas contratações geram tributos excessivos

Erros nas contratações geram tributos excessivos A parte de imagem com identificação de relação rid38 não foi encontrada no arquivo. Login: Senha: Esqueci minha senha. O Portal da Arquitetura, Engenharia e Construção Quem somos Contato Anuncie Login

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TECNOLOGIA PARA CONSTRUÇÃO E MINERAÇÃO

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TECNOLOGIA PARA CONSTRUÇÃO E MINERAÇÃO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TECNOLOGIA PARA CONSTRUÇÃO E MINERAÇÃO A SOBRATEMA - Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração, desde a sua fundação em 1988, tem se dedicado a propor soluções

Leia mais

Ata de Reunião de Diretoria. - Fernando Forjaz - Presidente

Ata de Reunião de Diretoria. - Fernando Forjaz - Presidente Ata de Reunião de Diretoria 22/5/2015 Empresas presentes. Formeq Rental - Fernando Forjaz - Presidente Trimak - Armando Nassiff - Diretor Tesoureiro Locatec - Ronaldo Max Ertel - Diretor de Balancins Mecan

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TECNOLOGIA PARA CONSTRUÇÃO E MINERAÇÃO

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TECNOLOGIA PARA CONSTRUÇÃO E MINERAÇÃO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TECNOLOGIA PARA CONSTRUÇÃO E MINERAÇÃO A SOBRATEMA - Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração, desde a sua fundação em 1988, tem se dedicado a propor soluções

Leia mais

Está vedada a participação das empresas e instituições que tenham sido vencedoras regionais e nacionais no Prêmio FINEP de Inovação 2009.

Está vedada a participação das empresas e instituições que tenham sido vencedoras regionais e nacionais no Prêmio FINEP de Inovação 2009. Regulamento O Prêmio FINEP de Inovação foi criado para reconhecer e divulgar esforços inovadores realizados por empresas, Instituições Científicas e Tecnológicas - ICTs e inventores brasileiros, desenvolvidos

Leia mais

SOBRATEMA. Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração

SOBRATEMA. Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração SOBRATEMA Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração MISSÃO, VISÃO E VALORES Visão Ser uma associação reconhecida nacional e internacionalmente, como referência do setor brasileiro

Leia mais

Congresso SAE BRASIL 2013

Congresso SAE BRASIL 2013 Congresso SAE BRASIL 2013 Painel Máquinas Agrícolas e de Construção Ferramentas de treinamento para clientes da construção civil 07 à 09 de outubro de 2013 Fabio Tonani Mazzieiro Gerente de Inteligência

Leia mais

PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO

PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO PRÊMIO FINEP DE INOVAÇÃO Objetivo: O Prêmio FINEP de Inovação foi criado para reconhecer e divulgar esforços inovadores realizados por empresas, Instituições Científicas e Tecnológicas - ICTs e inventores

Leia mais

Balanced Scorecard. Planejamento Estratégico através do. Curso e- Learning

Balanced Scorecard. Planejamento Estratégico através do. Curso e- Learning Curso e- Learning Planejamento Estratégico através do Balanced Scorecard Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão expressa

Leia mais

Unidade I FUNDAMENTOS DA GESTÃO. Prof. Jean Cavaleiro

Unidade I FUNDAMENTOS DA GESTÃO. Prof. Jean Cavaleiro Unidade I FUNDAMENTOS DA GESTÃO FINANCEIRA Prof. Jean Cavaleiro Introdução Definir o papel da gestão financeira; Conceitos de Gestão Financeira; Assim como sua importância na gestão de uma organização;

Leia mais

7. Viabilidade Financeira de um Negócio

7. Viabilidade Financeira de um Negócio 7. Viabilidade Financeira de um Negócio Conteúdo 1. Viabilidade de um Negócios 2. Viabilidade Financeira de um Negócio: Pesquisa Inicial 3. Plano de Viabilidade Financeira de um Negócio Bibliografia Obrigatória

Leia mais

Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento

Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento Sumário XXI EDIÇÃO DO CONGRESSO FENABRAVE TERMINA COM PREVISÃO OTIMISTA PARA

Leia mais

Apuração do lucro líquido no comércio Edição de bolso

Apuração do lucro líquido no comércio Edição de bolso 01 Apuração do lucro líquido no comércio Edição de bolso A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE-SP nas seguintes áreas: Organização Empresarial Finanças

Leia mais

APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO

APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO O Sr. Fúlvio Oliveira, empresário de uma loja de confecções, está seriamente preocupado com seu negócio. As dívidas não param de crescer. Vamos entender sua situação.

Leia mais

Sobratema Institucional

Sobratema Institucional 1 Sobratema Institucional SOBRATEMA M&T Peças e Serviços Construction Expo 1º Seminário Workshop Revista M&T Festa Associados Congresso ELACOM CHN (Construção Hoje Notícias) Pesquisa Frota Brasil Manual

Leia mais

REGULAMENTO. As empresas podem inscrever um ou mais Cases, nas seguintes categorias:

REGULAMENTO. As empresas podem inscrever um ou mais Cases, nas seguintes categorias: REGULAMENTO 1. O PRÊMIO O PRÊMIO SMART, regido por este regulamento, tem como objetivo distinguir e reconhecer as melhores práticas de relacionamento com o cliente em Utilities e Telecom: Energia Elétrica,

Leia mais

Case NTech Lançamento MPE Brasil 2009 Faculdade Maurício de Nassau

Case NTech Lançamento MPE Brasil 2009 Faculdade Maurício de Nassau Case NTech Lançamento MPE Brasil 2009 Faculdade Maurício de Nassau 09 Jul 2009 NTech Tecnologia de Informação Ltda Palestrante Jean Paul Torres Neumann Diretor Executivo NTech Tecnologia de Informação

Leia mais

PARANÁ ---------------------------- GOVERNO DO ESTADO PROGRAMA FORMAÇÃO DE GESTORES PARA O TERCEIRO SETOR

PARANÁ ---------------------------- GOVERNO DO ESTADO PROGRAMA FORMAÇÃO DE GESTORES PARA O TERCEIRO SETOR PARANÁ ---------------------------- GOVERNO DO ESTADO PROGRAMA FORMAÇÃO DE GESTORES PARA O TERCEIRO SETOR CURITIBA Maio 2012 1 PROGRAMA TÍTULO: Formação de Gestores para o Terceiro Setor. JUSTIFICATIVA:

Leia mais

Escolha os melhores caminhos para sua empresa

Escolha os melhores caminhos para sua empresa Escolha os melhores caminhos para sua empresa O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio

Leia mais

Objetivos dos Seminários

Objetivos dos Seminários Segundo Semestre Objetivos dos Seminários Contribuir para a melhoria da gestão empresarial nas construtoras e incorporadoras; Garantir atualização tecnológica e gerencial aos profissionais da construção

Leia mais

Plano de Negócios. Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa. Modelo de Planejamento prévio

Plano de Negócios. Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa. Modelo de Planejamento prévio Plano de Negócios Passo a passo sobre como iniciar um Plano de Negócios para sua empresa Modelo de Planejamento prévio Fraiburgo, 2015 Plano de Negócios Um plano de negócios é uma descrição do negócio

Leia mais

SOBRATEMA. Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração

SOBRATEMA. Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração SOBRATEMA Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração MISSÃO, VISÃO E VALORES Visão Ser uma associação reconhecida nacional e internacionalmente, como referência do setor brasileiro

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS W ARTE "SERRALHARIA E ESQUADRIA RAPOSÃO" Empreendedor(a): WALBER MACEDO DOS SANTOS

PLANO DE NEGÓCIOS W ARTE SERRALHARIA E ESQUADRIA RAPOSÃO Empreendedor(a): WALBER MACEDO DOS SANTOS PLANO DE NEGÓCIOS W ARTE "SERRALHARIA E ESQUADRIA RAPOSÃO" Empreendedor(a): WALBER MACEDO DOS SANTOS Maio/2013 SUMÁRIO 1 SUMÁRIO EXECUTIVO 1.1 Resumo dos principais pontos do plano de negócio 1.2 Empreendedores

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA para FICAR NO Azul

GESTÃO FINANCEIRA para FICAR NO Azul GESTÃO FINANCEIRA para ficar no azul índice 03 Introdução 04 Capítulo 1 O que é gestão financeira? 06 Capítulo 2 Gestão financeira e tomada de decisões 11 13 18 Capítulo 3 Como projetar seu fluxo financeiro

Leia mais

Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil ǀ Minas Gerais. Há mais de 16 anos estreitando laços entre Minas Gerais e Portugal

Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil ǀ Minas Gerais. Há mais de 16 anos estreitando laços entre Minas Gerais e Portugal Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil ǀ Minas Gerais Há mais de 16 anos estreitando laços entre Minas Gerais e Portugal A História e o papel da Câmara A Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil - Minas

Leia mais

Uma empresa especializada em empresas.

Uma empresa especializada em empresas. Sua equipe tem colaborado para que a empresa seja uma das mais competitivas i no mercado? Para avaliar quanto a sua equipe atual está dimensionada, preparada e motivada para os desafios do mercado, você

Leia mais

A ENTRADA DA RECKITT BENCKISER NO MERCADO DE OTC NO BRASIL

A ENTRADA DA RECKITT BENCKISER NO MERCADO DE OTC NO BRASIL A ENTRADA DA RECKITT BENCKISER NO MERCADO DE OTC NO BRASIL www.espm.br/centraldecases A ENTRADA DA RECKITT BENCKISER NO MERCADO DE OTC NO BRASIL Preparado pelos Professores Antonio Carlos Bonassa e Paulo

Leia mais

visão, missão e visão valores corporativos Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial.

visão, missão e visão valores corporativos Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial. visão, missão e valores corporativos visão Ser uma empresa siderúrgica internacional, de classe mundial. MISSÃO O Grupo Gerdau é uma Organização empresarial focada em siderurgia, com a missão de satisfazer

Leia mais

10 e 11 de junho Espaço APAS

10 e 11 de junho Espaço APAS 10 e 11 de junho Espaço APAS Apresentação O XIII Simpósio Brasileiro de Impermeabilização, promovido pelo IBI, é uma oportunidade única para uma reflexão e para a disseminação das novas Tendências da Impermeabilização

Leia mais

Norma Regulamentadora - NR 12 Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos. Histórico e Momento Atual

Norma Regulamentadora - NR 12 Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos. Histórico e Momento Atual Norma Regulamentadora - NR 12 Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos Histórico e Momento Atual A NR 12 teve sua redação substancialmente alterada pela Portaria MTE nº 197/2010 e encontra-se em

Leia mais

CONCORRÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE ASSESSORIA DE IMPRENSA

CONCORRÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE ASSESSORIA DE IMPRENSA CONCORRÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE ASSESSORIA DE IMPRENSA Período de Execução: 2012 www.reedalcantara.com.br BRIEFING Reed Exhibitions PERFIL A Reed Exhibitions A Reed Exhibitions é a principal organizadora

Leia mais

WORKSHOP IMPACTOS DA NOVA REDAÇÃO DA NR

WORKSHOP IMPACTOS DA NOVA REDAÇÃO DA NR WORKSHOP IMPACTOS DA NOVA REDAÇÃO DA NR 12 Saúde e Segurança no Trabalho SST Outubro / 2013 QUEM MEXEU NA MINHA MÁQUINA 2 ALTERAÇÃO DA NR 12 Publicada no DOU do dia 24/12/2010 pela Portaria nº 197, estabelece

Leia mais

Importância da normalização para as Micro e Pequenas Empresas 1. Normas só são importantes para as grandes empresas...

Importância da normalização para as Micro e Pequenas Empresas 1. Normas só são importantes para as grandes empresas... APRESENTAÇÃO O incremento da competitividade é um fator decisivo para a maior inserção das Micro e Pequenas Empresas (MPE), em mercados externos cada vez mais globalizados. Internamente, as MPE estão inseridas

Leia mais

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO EXCELÊNCIA EM VENDAS

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO EXCELÊNCIA EM VENDAS Apresentação Atenta aos movimentos do mercado e ao cenário competitivo vivenciado pelas empresas e profissionais, a ADVB/RS atua na área de educação corporativa e oferece conhecimentos alinhado às principais

Leia mais

Sotreq em números. i s. e em. 7 1 an. A mai. C ar t. do B

Sotreq em números. i s. e em. 7 1 an. A mai. C ar t. do B MÍDIA KIT O Grupo Sotreq Há 71 anos, o Grupo Sotreq representa a confiabilidade no mercado brasileiro para venda e locação de máquinas e equipamentos Cartepillar. Com produtos direcionados para mercados

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE Viva Vida Produtos de Lazer Ltda. Manual da Qualidade - MQ V. 1 Sistema de Gestão da Qualidade Viva Vida - SGQVV

MANUAL DA QUALIDADE Viva Vida Produtos de Lazer Ltda. Manual da Qualidade - MQ V. 1 Sistema de Gestão da Qualidade Viva Vida - SGQVV MANUAL DA QUALIDADE Manual da Qualidade - MQ Página 1 de 15 ÍNDICE MANUAL DA QUALIDADE 1 INTRODUÇÃO...3 1.1 EMPRESA...3 1.2 HISTÓRICO...3 1.3 MISSÃO...4 1.4 VISÃO...4 1.5 FILOSOFIA...4 1.6 VALORES...5

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

CUIDADOS BÁSICOS NA ESCOLHA E USO DE ELEVADORES DE OBRAS. Engº. Gilberto Mian

CUIDADOS BÁSICOS NA ESCOLHA E USO DE ELEVADORES DE OBRAS. Engº. Gilberto Mian CUIDADOS BÁSICOS NA ESCOLHA E USO DE ELEVADORES DE OBRAS Engº. Gilberto Mian SOBRE A METAX A Metax é especializada em Engenharia de Acesso, fornecendo soluções para acesso e elevação de carga, atuando

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini agosto 2015

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini agosto 2015 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini agosto 2015 GESTÃO DO ESTOQUE DE UNIDADES PRONTAS Eco, MBA R.E., Mestre em Eng. Civil, Alfredo Eduardo Abibi Filho Dir. Inc. Jal Empreendimentos

Leia mais

Qualidade e Segurança em Locação de Equipamentos. Geradores l Compactadores l Plataformas Aéreas l Balancins l Andaimes. www.plmaquinas.com.

Qualidade e Segurança em Locação de Equipamentos. Geradores l Compactadores l Plataformas Aéreas l Balancins l Andaimes. www.plmaquinas.com. Qualidade e Segurança em Locação de Equipamentos Geradores l Compactadores l Plataformas Aéreas l Balancins l Andaimes www.plmaquinas.com.br Andaime Tubular Equipamento leve e econômico que destina-se

Leia mais

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio.

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Plano de negócios estruturado ajuda na hora de conseguir financiamento. Veja dicas de especialistas e saiba itens que precisam constar

Leia mais

Atestado de Conformidade NR 12

Atestado de Conformidade NR 12 TÜV Rheinland do Brasil TÜV Rheinland é um organismo de certificação, inspeção, gerenciamento de projetos e treinamento, que foi fundada na Alemanha em 1872 com o objetivo de proteger os trabalhadores

Leia mais

Alec News março-abril/2012. Uma publicação da ALEC - Associação Brasileira das Empresas Locadoras de Bens Móveis www.alec.org.br

Alec News março-abril/2012. Uma publicação da ALEC - Associação Brasileira das Empresas Locadoras de Bens Móveis www.alec.org.br Alec News março-abril/2012 Uma publicação da ALEC - Associação Brasileira das Empresas Locadoras de Bens Móveis www.alec.org.br 1 - Alec News - março/abril - 2012 FALE CONOSCO Sua opinião é importante

Leia mais

Seminários. Cursos especiais com metodologia e aplicações que visam otimizar a manutenção e operação dos equipamentos.

Seminários. Cursos especiais com metodologia e aplicações que visam otimizar a manutenção e operação dos equipamentos. Seminários 2013 Cursos especiais com metodologia e aplicações que visam otimizar a manutenção e operação dos equipamentos. A SotreqCAT está presente na maior parte do Brasil. SEMINÁRIOS DE OPERAÇÃO PÚBLICO-ALVO

Leia mais

Novos negócios no Ceará

Novos negócios no Ceará ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Novos negócios no Ceará No DR Ceará, as oficinas de Estratégia de

Leia mais

15 anos entregando soluções empresariais que constroem resultados.

15 anos entregando soluções empresariais que constroem resultados. 15 anos entregando soluções empresariais que constroem resultados. Agronegócio brasileiro. Aqui vive um país inteiro! CONSULTORIA EM USINAS SUCROALCOOLEIRAS APORTE - Análise de Potencial de mercado com

Leia mais

APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO

APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO 04 APURAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO NO COMÉRCIO A série SAIBA MAIS esclarece as dúvidas mais frequentes dos empresários atendidos pelo SEBRAE nas mais diversas áreas: organização empresarial, finanças, marketing,

Leia mais

COMO ADQUIRIR UMA FRANQUIA

COMO ADQUIRIR UMA FRANQUIA COMO ADQUIRIR UMA FRANQUIA O que é Franquia? Objetivo Esclarecer dúvidas, opiniões e conceitos existentes no mercado sobre o sistema de franquias. Público-Alvo Pessoa física que deseja constituir um negócio

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

Programa Integrado de Desenvolvimento e Qualificação de Fornecedores REALIZAÇÃO

Programa Integrado de Desenvolvimento e Qualificação de Fornecedores REALIZAÇÃO Programa Integrado de Desenvolvimento e Qualificação de Fornecedores REALIZAÇÃO OBJETIVO GERAL ESTABELECER E IMPLEMENTAR UM MODO INTEGRADO PARA O DESENVOLVIMENTO E QUALIFICAÇÃO DOS FORNECEDORES DAS PRINCIPAIS

Leia mais

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os melhores resultados. 2 ÍNDICE SOBRE O SIENGE INTRODUÇÃO 01

Leia mais

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com. AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.br COM O SEBRAE, O SEU NEGÓCIO VAI! O Sebrae Goiás preparou diversas

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS FORMAÇÃO DA REDE DR. MARIDO NEGÓCIOS DO PEQUENO E MÉDIO PORTE, ATRAVÉS DO MODELO HOMME OFFICE, COM RETORNO PROJETADO DE 86% A.A.

PLANO DE NEGÓCIOS FORMAÇÃO DA REDE DR. MARIDO NEGÓCIOS DO PEQUENO E MÉDIO PORTE, ATRAVÉS DO MODELO HOMME OFFICE, COM RETORNO PROJETADO DE 86% A.A. FORMAÇÃO DA REDE DR. MARIDO NEGÓCIOS DO PEQUENO E MÉDIO PORTE, ATRAVÉS DO MODELO HOMME OFFICE, COM RETORNO PROJETADO DE 86% A.A. PLANO DE NEGÓCIOS Data: Janeiro 2.013 Dr. Marido - Operacional S U M Á R

Leia mais

O Amarelinho mantém liderança

O Amarelinho mantém liderança Mídia Kit O CAMPEÃO DAS BANCAS! O melhor jornal de empregos mídia exclusiva Empregos, estágios, cursos e concursos Páginas 6, 7 e 8 perfil do leitor Instituto define quem é o leitor do Amarelinho Página

Leia mais

3 - Introdução. gestão hospitalar? 8 - Indicadores clínicos. 11 - Indicadores operacionais. 14 - Indicadores financeiros.

3 - Introdução. gestão hospitalar? 8 - Indicadores clínicos. 11 - Indicadores operacionais. 14 - Indicadores financeiros. 3 - Introdução 4 - Quais são as métricas para alcançar uma boa ÍNDICE As Métricas Fundamentais da Gestão Hospitalar gestão hospitalar? 8 - Indicadores clínicos 11 - Indicadores operacionais 14 - Indicadores

Leia mais

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções.

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções. Uma publicação: Estratégias para aumentar a rentabilidade 04 Indicadores importantes 06 Controle a produção 08 Reduza filas 09 Trabalhe com promoções 10 Conclusões 11 Introdução Dinheiro em caixa. Em qualquer

Leia mais

CONCEITOS DE INOVAÇÃO. Título da Apresentação

CONCEITOS DE INOVAÇÃO. Título da Apresentação CONCEITOS DE INOVAÇÃO Título da Apresentação Novo Marco Legal para Fomento à P,D&I Lei de Inovação. Nº 10.973 (02.12.04) Apresenta um conjunto de medidas de incentivos à inovação científica e tecnológica,

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T10

Apresentação de Resultados 4T10 Apresentação de Resultados 4T10 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Administração da Companhia sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações

Leia mais

A LOCAMERICA SEMINOVOS

A LOCAMERICA SEMINOVOS A LOCAMERICA A Locamerica é uma companhia especializada em locação de frotas customizadas para empresas. Desde 13 no mercado, a locadora ocupa o segundo lugar no ranking das maiores do setor em número

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Autor: Jeferson Correia dos Santos ARTIGO TÉCNICO INOVAÇÃO NA GESTÃO DE PÓS-VENDAS: SETOR AUTOMOTIVO RESUMO A palavra inovação tem sido atualmente umas das mais mencionadas

Leia mais

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA?

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA? MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA? Que nome estranho! O que é isso? Essa expressão, Margem de Contribuição, pode soar estranha aos ouvidos, mas entender o que significa ajudará muito

Leia mais

Alec News maio/junho 2011. Uma publicação da ALEC - Associação Brasileira das Empresas Locadoras de Bens Móveis

Alec News maio/junho 2011. Uma publicação da ALEC - Associação Brasileira das Empresas Locadoras de Bens Móveis Alec News maio/junho 2011 Uma publicação da ALEC - Associação Brasileira das Empresas Locadoras de Bens Móveis 2 - Alec News - maio/junho - 2011 PALAVRA DO PRESIDENTE ALEC INVESTE EM MAIOR REPRESENTATIVIDADE

Leia mais

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS 1. Sumário Executivo Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso 2. Sumário da Empresa 2.1 Composição da Sociedade Perfil Individual dos sócios, experiência, formação, responsabilidades

Leia mais

Gerenciando o Fluxo de Caixa com Eficiência

Gerenciando o Fluxo de Caixa com Eficiência Gerenciando o Fluxo de Caixa com Eficiência 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 Custo financeiro alto CENÁRIO ATUAL Concorrência cada vez mais competitiva Consumidores que exigem maiores

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE AS MUDANÇAS NA NR-12 PROMOVIDAS PELA PORTARIA MTE Nº 857/2015

ORIENTAÇÕES SOBRE AS MUDANÇAS NA NR-12 PROMOVIDAS PELA PORTARIA MTE Nº 857/2015 ORIENTAÇÕES SOBRE AS MUDANÇAS NA NR-12 PROMOVIDAS PELA PORTARIA MTE Nº 857/2015 SUMÁRIO COMENTÁRIOS SOBRE ALTERAÇÕES NA NR-12 PROMOVIDAS PELA PORTARIA MTE Nº 857 DE 25/06/2015 3 PRINCIPAIS MUDANÇAS PROMOVIDAS

Leia mais

LMA, Solução em Sistemas

LMA, Solução em Sistemas LMA, Solução em Sistemas Ao longo dos anos os sistemas para gestão empresarial se tornaram fundamentais, e por meio dessa ferramenta as empresas aperfeiçoam os processos e os integram para uma gestão mais

Leia mais

COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS.

COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS. COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS. A Rio Quality existe com o objetivo de proporcionar a total satisfação dos clientes e contribuir para o sucesso de todos. Essa integração se dá através do investimento

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

APRESENTAÇÃO MISSÃO VISÃO

APRESENTAÇÃO MISSÃO VISÃO 1 2 INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO A BR House gera resultado de forma integrada e eficiente. Presente em Brasília, Goiânia, Cuiabá e Campo Grande com um forte time de corretores atuando pela empresa. Especialistas

Leia mais

Com este propósito, estamos apresentando o Programa de Treinamento a Clientes 2013.

Com este propósito, estamos apresentando o Programa de Treinamento a Clientes 2013. DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA PROGRAMA DE TREINAMENTO A CLIENTES 2013 Caro cliente, Você tem acompanhado o compromisso da Marcopolo em oportunizar treinamentos para a capacitação e o aperfeiçoamento

Leia mais

A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente.

A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente. .a agência A LB Comunica desenvolve estratégias e ações de marketing e comunicação, feitas sob medida para a realidade e as necessidades de cada cliente. Nosso compromisso é auxiliar empresas e organizações

Leia mais

26 e 27 SET 2013 EXPONOR

26 e 27 SET 2013 EXPONOR 26 e 27 SET 2013 EXPONOR O NOSSO FÓRUM E EXPOSIÇÃO SUSTENTA-SE EM TRÊS PILARES: O NOSSO FÓRUM E EXPOSIÇÃO SUSTENTA-SE EM TRÊS PILARES: O NOSSO FÓRUM E EXPOSIÇÃO SUSTENTA-SE EM TRÊS PILARES: Uma marca.

Leia mais

COMPETÊNCIAS PARA A EMPREGABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES

COMPETÊNCIAS PARA A EMPREGABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES t COMPETÊNCIAS PARA A EMPREGABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES Joaquim Domingos Maciel Faculdade Sumaré joaquim.mackim@gmail.com RESUMO: Este artigo pretende alertar estudantes e profissionais para a compreensão

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N. 01/2014

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N. 01/2014 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N. 01/2014 Objeto: Convocação de empresas de ensino de idiomas com a finalidade de apresentar, sem ônus, um relatório contendo as principais condições para uma eventual e futura

Leia mais

A NOVA CONTABILIDADE DOS MUNICÍPIOS

A NOVA CONTABILIDADE DOS MUNICÍPIOS Apresentação O ano de 2009 encerrou pautado de novas mudanças nos conceitos e nas práticas a serem adotadas progressivamente na contabilidade dos entes públicos de todas as esferas do Governo brasileiro.

Leia mais

LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza

LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza edwin@engenharia-puro.com.br www.engenharia-puro.com.br/edwin Nível de Serviço ... Serviço ao cliente é o resultado de todas as atividades logísticas ou do

Leia mais

PORTFÓLIO. www.aljosconstrutora.com.br

PORTFÓLIO. www.aljosconstrutora.com.br PORTFÓLIO www.aljosconstrutora.com.br INFORMAÇÕES GERAIS DENOMINAÇÃO SOCIAL: Aljos Engenharia LTDA TIPO DE EMPRESA: Sociedade Empresária por quotas integralizadas OBJETO: A Sociedade tem por objeto os

Leia mais

EMPREENDEDORISMO PASSOS PARA ABRIR UM NEGÓCIO

EMPREENDEDORISMO PASSOS PARA ABRIR UM NEGÓCIO EMPREENDEDORISMO PASSOS PARA ABRIR UM NEGÓCIO Odilio Sepulcri odilio@emater.pr.gov.br www.odiliosepulcri.com.br www.emater.pr.gov.br Telefone: (41) 3250-2252 ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO 1. Perfil para empreender

Leia mais

SOBRATEMA. Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração

SOBRATEMA. Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração SOBRATEMA Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração MISSÃO, VISÃO E VALORES Visão Ser uma associação reconhecida nacional e internacionalmente, como referência do setor brasileiro

Leia mais

Pós-venda Mercedes-Benz preparado para os novos produtos e tecnologias

Pós-venda Mercedes-Benz preparado para os novos produtos e tecnologias Pós-venda Informação à Imprensa Pós-venda Mercedes-Benz preparado para os novos produtos e tecnologias Data: 23 de outubro de 2011 Todos os itens necessários para a nova linha de veículos já estão disponíveis

Leia mais

Quem somos? Por que a sua empresa merece o Sistema de Gestão ERP da Otimizy?

Quem somos? Por que a sua empresa merece o Sistema de Gestão ERP da Otimizy? Por que a sua empresa merece Quem somos? A Otimizy Sistemas Inteligentes é a desenvolvedora do software ErpSoft, um Sistema de Gestão Empresarial voltado a resultados, que automatiza processos operacionais

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO EUROPAR (CNPJ/MF nº 05.437.916/0001-27)

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO EUROPAR (CNPJ/MF nº 05.437.916/0001-27) FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO EUROPAR (CNPJ/MF nº 05.437.916/0001-27) Administrado por Relatório da Administração Exercício Encerrado em 31 de Dezembro de 2013 1. Objeto do Fundo: O Fundo de Investimento

Leia mais

VENHA FAZER PARTE DA NOSSA EQUIPE DE VENCEDORES! PROPOSTA DISTRIBUIDOR LA POZZI

VENHA FAZER PARTE DA NOSSA EQUIPE DE VENCEDORES! PROPOSTA DISTRIBUIDOR LA POZZI VENHA FAZER PARTE DA NOSSA EQUIPE DE VENCEDORES! PROPOSTA DISTRIBUIDOR LA POZZI INTRODUÇÃO A LaPozzi Professional Cosméticos fornece ao mercado de cosméticos capilar profissional, produtos inovadores,

Leia mais

ESPAÇO INOVAÇÃO 2015 ITS

ESPAÇO INOVAÇÃO 2015 ITS CIAB FEBRABAN 2015 25 Anos XXV Congresso e Exposição de Tecnologia da Informação das Instituições Financeiras Transamérica Expo Center 16 a 18 Junho de 2015 INTRODUÇÃO O ITS com apoio da FEBRABAN organizará,

Leia mais

ERP: Pacote Pronto versus Solução in house

ERP: Pacote Pronto versus Solução in house ERP: Pacote Pronto versus Solução in house Introdução Com a disseminação da utilidade e dos ganhos em se informatizar e integrar os diversos departamentos de uma empresa com o uso de um ERP, algumas empresas

Leia mais

ANEXO 28c MODELO DE PLANO DE NEGÓCIOS - PINS SOLIDÁRIO. Identificação

ANEXO 28c MODELO DE PLANO DE NEGÓCIOS - PINS SOLIDÁRIO. Identificação ANEXO 28c MODELO DE PLANO DE NEGÓCIOS - PINS SOLIDÁRIO Nome da Entidade Identificação Razão Social CGC/CNPJ Inscrição Estadual Inscrição Municipal Descreva as Pricipais Atividades Desenvolvidas pela Entidade

Leia mais

PESQUISA DE MERCADO - 2015 SINDILEQ-MG

PESQUISA DE MERCADO - 2015 SINDILEQ-MG PESQUISA DE MERCADO - 2015 SINDILEQ-MG Conhecendo as empresas 100% 90% 80% 70% 60% 94% QUAIS OS PRINCIPAIS NEGÓCIOS DA EMPRESA? Locação Venda de Equipamentos/Peças 50% 40% 30% 20% 10% 0% 17% 17% Área de

Leia mais

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Parceiros de serviços em nuvem gerenciada Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Implemente a versão mais recente do software da SAP de classe mundial,

Leia mais

FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO FIESP

FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO FIESP FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO FIESP Departamento de Meio Ambiente - DMA - Divisão de Mudanças Climáticas - Seminário Gestão de Gases de Efeito Estufa Parceria ABNT - BID FIESP, São Paulo,

Leia mais