Manual do Candidato 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual do Candidato 2013"

Transcrição

1 Manual do Candidato 2013 Bio Jr. USP O QUE É EMPRESA JÚNIOR? Empresa júnior é uma associação civil formada por alunos matriculados em pelo menos um curso de graduação em institutos de ensino superior. Ela tem o intuito de formar profissionais comprometidos e capacitados a realizar serviços e projetos que contribuam para o desenvolvimento do seu país. O QUE É A Bio Jr. USP? A Bio Jr. USP é a empresa júnior do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (IB-USP). Como tal, é uma associação civil sem fins lucrativos, sendo formada e gerida exclusivamente por alunos de graduação do IB-USP. A Bio Jr. foi fundada em 15 de junho de POR QUE PARTICIPAR DA Bio Jr. USP? Dentro da empresa júnior, os alunos têm a oportunidade de entrar em contato e aprender a lidar com empresas e clientes. Além disso, você poderá trabalhar junto com alguns professores que orientam os nossos projetos. As experiências, tanto profissionais quanto pessoais, adquiridas são diferentes das que você encontrará em outras entidades. Saber lidar com as pessoas dentro da empresa, trabalhar em equipe, buscar pelas melhores alternativas para tomada de decisão são algumas das competências que contribuem para o seu desenvolvimento pessoal e profissional. Somam-se a isso os desafios em pesquisa e planejamento que nós, alunos de graduação, iremos aprender na prática dentro de uma empresa.

2 QUEM PODE PARTICIPAR? Os candidatos habilitados a participar são alunos de graduação em Ciências Biológicas do Instituto de Biociências USP (IB-USP). QUAL A DURAÇÃO DO TEMPO DE TRAINEE? Dois meses. Após esse período e de acordo com o seu desempenho, você poderá ser efetivado na empresa, ficando a aprovação ou não a critério da gestão. POR QUANTO TEMPO EU POSSO PARTICIPAR DA EMPRESA? Para todos os associados efetivos, o tempo é até o fim da graduação. Entretanto, o desligamento pode ser feito a qualquer momento durante a graduação. POSSO TRABALHAR NA EMPRESA JR. E REALIZAR OUTRAS ATIVIDADES INTERNAS OU EXTERNAS À BIO JR. USP? Sim. É possível trabalhar na Bio Jr. USP e participar de outras entidades do IB-USP simultaneamente, assim como realizar estágio ou outro trabalho desde que não interfira na produtividade do seu projeto na Bio Jr. USP. COMO FAÇO MINHA INSCRIÇÃO PARA O PROCESSO SELETIVO? A inscrição para o processo seletivo da Bio Jr. USP pode ser realizada no site entre os dias 19 de março a 05 de abril. As inscrições presenciais ocorrerão no dia 19 de março, no mesmo dia e local após a palestra de apresentação e entre os dias 01 e 05 de abril, apenas no horário do almoço (das 12h às 14h) perto da portaria do Centro Didátido (CD).

3 QUAL É O PERFIL PROCURADO? O processo seletivo é orientado aos alunos do IB - USP que gostariam de desenvolver as suas competências técnicas e comportamentais. Espera-se que os candidatos sejam proativos, criativos, comprometidos, profissionais, respeitosos, tenham disposição para trabalhar em equipe e um bom relacionamento interpessoal. COMO É O PROCESSO DE SELEÇÃO? O processo seletivo consiste em 4 etapas, sendo que as três últimas buscam mapear o perfil dos candidatos. É eliminatório a não realização pelo candidato das três últimas etapas. São elas: 1) Apresentação - Abordará sobre a Bio Jr. USP, o funcionamento de cada Diretoria e da empresa, e como é o Processo Seletivo. Com duração aproximada de 30 minutos, o mesmo conteúdo será apresentado no dia 19/03 às 12h00 e às 18h00 na Sala de Anatomia Centro Didático. 2) Inscrição É necessário preencher a ficha de inscrição on-line ou física com letra legível. Após o preenchimento não é possível a modificação. Você precisa nos enviar uma foto 3x4 com nome completo e nome Biologia (ex.: Frederico da Silva - Galo) para o O envio da foto 3x4 é obrigatório. 3) Dinâmica de Grupo* Dia 09/04/13 (terça-feira) das 17h30 às 19h00 ou Dia 11/04/13 (quinta-feira) das 12h30 às 14h00**, ambos na Sala de Anatomia. Avalia o comportamento dos candidatos em situação de trabalho em equipe. 4) Entrevista Individual* Apenas uma entrevista por candidato. Entrevista realizada com um associado da Diretoria de Recursos Humanos e com o(a) Diretor(a) ou Suplente de uma das Diretorias escolhidas pelo candidato, para melhor avaliar o perfil do candidato. Os dias e os horários disponíveis para entrevista serão informados por . Marcaremos o dia, o horário e sala de cada candidato por meio do e confirmaremos após a dinâmica. *Pontualidade nessas etapas do processo seletivo é imprescindível. ** O candidato deverá escolher o melhor dia para comparecer na etapa da dinâmica no momento do preenchimento da ficha de inscrição.

4 QUAIS OS CRITÉRIOS DE SELEÇÃO? Os critérios que serão avaliados nos candidatos durante o Processo Seletivo são: Profissionalismo; Comprometimento; Criatividade; Ser inovador; Iniciativa; Responsabilidade ambiental; Saber trabalhar em equipe; Comunicação; Negociação; Foco no resultado; Foco no cliente. SERÃO OFERECIDAS AS SEGUINTES ÁREAS PARA A OPORTUNIDADE DE TRABALHO NA EMPRESA JR.: Diretoria Administrativa: Desempenha um papel essencial para a construção do negócio da Bio Jr. USP por meio da formulação de contratos e da análise e aprovação do investimento financeiro nos projetos. Responsável pela adequação da empresa com as leis e regulamentos jurídicos. É a Diretoria que tem foco no controle do fluxo de caixa e na organização do orçamento anual da empresa. Diretoria de Recursos Humanos: Responsável pela elaboração e execução do processo seletivo da empresa. Organizar capacitações e palestras que melhorem o desempenho dos associados dentro da empresa e avaliá-los. Além disso, estimular a comunicação interna e organizar eventos para os associados da empresa. Diretoria de Projetos: Planeja os projetos externos da empresa, lidando com os nossos clientes. Para tanto é necessária a elaboração de um escopo de projetos, saber negociar e ter contato com os nossos clientes. Além disso, elaborar relatórios e portfólios de cada projeto realizado, o qual foi concretizado ou não. Diretoria de Comunicação e Marketing: Zela pela identidade e pelo desenvolvimento de produção visual da Bio Jr. USP. Responsável pelo planejamento e divulgação dos eventos e das atividades da empresa a todos os públicos. Além de manter e atualizar o site e as mídias sociais da empresa. Observação: o trabalho em conjunto de todas as Diretorias é essencial para o bom desempenho da empresa.

5 QUAL É O HORÁRIO DE TRABALHO? Não existe um horário fixo de trabalho, mas é essencial que os associados participem das reuniões de sua Diretoria e as reuniões gerais da empresa. O seu desempenho dentro da empresa está relacionado com a sua participação e trabalho nos projetos de sua Diretoria, o que contribui muito no seu desenvolvimento profissional e pessoal. QUAL É A REMUNERAÇÃO? Sendo a Bio Jr. USP uma associação civil sem fins lucrativos e por ser um trabalho de caráter voluntário, não oferecemos remuneração financeira. Existe apenas compensação de despesas relacionadas à realização do projeto, como materiais, transporte e estadias ligados à execução do mesmo. QUANDO A LISTA DE APROVADOS NO PROCESSO SELETIVO SAIRÁ? Os candidatos que concluírem todas as etapas do processo seletivo, levando em conta o seu desempenho no processo de seleção e conforme o seu perfil saberão o resultado no dia 22 de abril às 13h pelo site da empresa (http://www.biojr.ib.usp.br/) ou pela lista afixada no mural da Bio Jr. USP. Mesmo concluindo todas as etapas do processo seletivo, isso não garante a entrada na empresa, ficando a aprovação a critério do Diretor de Recursos Humanos e da Diretora Presidente.

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO APOIO CONSULTORIA 2014.1

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO APOIO CONSULTORIA 2014.1 EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO APOIO CONSULTORIA 2014.1 A Apoio Consultoria, Empresa Júnior dos cursos de Administração e Gestão da Informação da UFU (Universidade Federal de Uberlândia), torna público

Leia mais

EMPRESA JÚNIOR- ANTÔNIO PAES DE CARVALHO EDITAL DE SELEÇÃO 2014/2

EMPRESA JÚNIOR- ANTÔNIO PAES DE CARVALHO EDITAL DE SELEÇÃO 2014/2 EMPRESA JÚNIOR- ANTÔNIO PAES DE CARVALHO EDITAL DE SELEÇÃO 2014/2 1. OBJETIVO 1.1. Da Empresa: A EMPRESA JÚNIOR ANTÔNIO PAES DE CARVALHO é uma empresa sem fins lucrativos, formada e gerida por alunos de

Leia mais

Adapti Empresa Júnior de Engenharias e Ciência da Computação da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) Anexo A EDITAL 002/2015

Adapti Empresa Júnior de Engenharias e Ciência da Computação da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) Anexo A EDITAL 002/2015 Adapti Empresa Júnior de Engenharias e Ciência da Computação da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) Anexo A EDITAL 002/2015 Edital de processo seletivo de novos membros para a Adapti - Associação

Leia mais

FLUXO CONSULTORIA EMPRESA JÚNIOR DE CONSULTORIA EM ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO EDITAL Nº 01, DE 02 DE MARÇO DE 2015

FLUXO CONSULTORIA EMPRESA JÚNIOR DE CONSULTORIA EM ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO EDITAL Nº 01, DE 02 DE MARÇO DE 2015 FLUXO CONSULTORIA EMPRESA JÚNIOR DE CONSULTORIA EM ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO EDITAL Nº 01, DE 02 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO DE ADMISSÃO DE MEMBROS EFETIVOS 2015.2 PAME 2015.2

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO TÉCNICA EM TESTES DE SOFTWARE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo

Leia mais

O que é? pode ser chamado de Recrutamento e Seleção.

O que é? pode ser chamado de Recrutamento e Seleção. Processo Seletivo O que é? O Processo Seletivo é um conjunto de técnicas e instrumentos, empregados para avaliação de materiais, técnicas ou candidatos visando identificar as habilidades, tendências e

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO EMPRESA JÚNIOR DE ECONOMIA. EDITAL Nº 002/2015, 20 de março de 2015 PROGRAMA DE ESTÁGIO 2015.1

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO EMPRESA JÚNIOR DE ECONOMIA. EDITAL Nº 002/2015, 20 de março de 2015 PROGRAMA DE ESTÁGIO 2015.1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO EMPRESA JÚNIOR DE ECONOMIA EDITAL Nº 002/2015, 20 de março de 2015 PROGRAMA DE ESTÁGIO 2015.1 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. Da Empresa: A EMPRESA JÚNIOR DE ECONOMIA

Leia mais

No Bugs Empresa Júnior de Informática

No Bugs Empresa Júnior de Informática No Bugs Empresa Júnior de Informática Ciência da Computação Universidade Federal de Viçosa. O que é Empresa Júnior Empresa sem fins lucrativos. Administrada por estudantes de graduação. Permite aplicar

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2014 SELEÇÃO DE CONSULTORES JUNIOR PARA A INOVE CONSULTORIA JUNIOR UNIDADE TAGUATINGA

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2014 SELEÇÃO DE CONSULTORES JUNIOR PARA A INOVE CONSULTORIA JUNIOR UNIDADE TAGUATINGA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2014 SELEÇÃO DE CONSULTORES JUNIOR PARA A INOVE CONSULTORIA JUNIOR UNIDADE TAGUATINGA A FACULDADE PROJEÇÃO, por intermédio da Escola de Negócios, torna pública a abertura

Leia mais

EDITAL PROCESSO TRAINEE 2015

EDITAL PROCESSO TRAINEE 2015 EDITAL PROCESSO TRAINEE 2015 2015 A comissão organizadora do Processo Trainee 2015 da Optimus Engenharia Jr. no uso de suas atribuições, conforme o Estatuto da Empresa. RESOLVE Art. 1º - Retificar o Edital

Leia mais

Edital de Candidatura

Edital de Candidatura PROCESSO SELETIVO DE Membros EDITAL N.º 03/2014 Edital de Candidatura Processo Seletivo de Membros - 2º Semestre de 2014 Considerações iniciais A Estat Júnior - Estudos Aplicados à Estatística Consultoria

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO FOCUS S CONSULTORIA 2015.1 EMPRESA JÚNIOR DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BACABAL

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO FOCUS S CONSULTORIA 2015.1 EMPRESA JÚNIOR DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BACABAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO FOCUS S CONSULTORIA 2015.1 EMPRESA JÚNIOR DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BACABAL I CONSIDERAÇÕES INICIAIS A FOCUS S CONSULTORIA Empresa Júnior do Curso de Administração, Nutrição

Leia mais

Consenso - Empresa Júnior de Direito da Universidade Federal de Viçosa

Consenso - Empresa Júnior de Direito da Universidade Federal de Viçosa EDITAL DE SELEÇÃO Nº 01/2012 Edital de seleção de trainees Consenso - Empresa Júnior de Direito da Universidade Federal de Viçosa A Consenso, Empresa Júnior de Direito da Universidade Federal de Viçosa,

Leia mais

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários ESTATUTO DA LIGA GERIATRIA E GERONTOLOGIA - LIG Capítulo I - Da Natureza e Finalidade ART. 1º - A LIGA DE GERIATRIA E GERONTOLOGIA é uma entidade sem fins lucrativos, com duração ilimitada, sob a supervisão

Leia mais

FACULDADE PROJEÇÃO DE CEILÂNDIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INOVE CONSULTORIA JÚNIOR DA ESCOLA DE NEGÓCIOS PRIMEIRO SEMESTRE DE 2014

FACULDADE PROJEÇÃO DE CEILÂNDIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INOVE CONSULTORIA JÚNIOR DA ESCOLA DE NEGÓCIOS PRIMEIRO SEMESTRE DE 2014 FACULDADE PROJEÇÃO DE CEILÂNDIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INOVE CONSULTORIA JÚNIOR DA ESCOLA DE NEGÓCIOS PRIMEIRO SEMESTRE DE 2014 A Direção da Escola de Negócios da Faculdade Projeção de Ceilândia,

Leia mais

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE ESPORTES E SAÚDE - LIES Capítulo I - Da Natureza e Finalidade ART. 1º - A Liga Acadêmica de Esportes e Saúde é uma entidade sem fins lucrativos, com duração ilimitada, sob

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2015 SELEÇÃO DE CONSULTORES JUNIORES PARA A INOVE CONSULTORIA JÚNIOR UNIDADE TAGUATINGA A FACULDADE PROJEÇÃO,

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2015 SELEÇÃO DE CONSULTORES JUNIORES PARA A INOVE CONSULTORIA JÚNIOR UNIDADE TAGUATINGA A FACULDADE PROJEÇÃO, PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2015 SELEÇÃO DE CONSULTORES JUNIORES PARA A INOVE CONSULTORIA JÚNIOR UNIDADE TAGUATINGA A FACULDADE PROJEÇÃO, por intermédio da Escola de Negócios, torna pública a

Leia mais

REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 002.15

REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 002.15 REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 002.15 O Centro Internacional de Energias Renováveis Biogás - CIBiogás-ER, torna público que serão recebidas as inscrições para o Processo Seletivo nº 002.15 sob contratação

Leia mais

NORMAS REGULADORAS DO PROCESSO SELETIVO Edital Nº 17/2014-SEDIS

NORMAS REGULADORAS DO PROCESSO SELETIVO Edital Nº 17/2014-SEDIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA NACIONAL DE FORTALECIMENTOS DOS CONSELHOS ESCOLARES PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Leia mais

EDITAL: PROCESSO 0SELETIVO 2013/2

EDITAL: PROCESSO 0SELETIVO 2013/2 EDITAL: PROCESSO 0SELETIVO 2013/2 A Empresa Júnior do Curso de Administração da Universidade do Estado do Amazonas, Efetiva UEA Empresa Júnior, através da Diretoria de Gestão de Pessoas e Responsabilidade

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

Edital nº 05 / 2015. ATIVIDADES DE EXTENSÃO E PESQUISA Programa POLOS de Cidadania

Edital nº 05 / 2015. ATIVIDADES DE EXTENSÃO E PESQUISA Programa POLOS de Cidadania Edital nº 05 / 2015 ATIVIDADES DE EXTENSÃO E PESQUISA Programa POLOS de Cidadania O Programa Polos de Cidadania da Faculdade de Direito da UFMG faz saber que até 16 de junho de 2015 receberá inscrições

Leia mais

Especialização em PET/CT (R4) Imagens Médicas de Brasília. Processo Seletivo 2015

Especialização em PET/CT (R4) Imagens Médicas de Brasília. Processo Seletivo 2015 Especialização em PET/CT (R4) Processo Seletivo 2015 A Diretoria do IMEB torna pública, para conhecimento dos interessados, a abertura de inscrições para o Processo Seletivo do Programa de Especialização

Leia mais

P R O G R A M A T R A I N E E 2 0 1 6

P R O G R A M A T R A I N E E 2 0 1 6 P R O G R A M A T R A I N E E 2 0 1 6 9ª Edição Introdução É com grande satisfação que o Grupo Protege inicia a 9ª edição do Programa Trainee, visando contratar, desenvolver e reter jovens com potencial

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ORTOPEDIA MULTIDISCIPLINAR Unidade Dias

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE EM

Leia mais

REGULAMENTO LABORATÓRIO 2015

REGULAMENTO LABORATÓRIO 2015 REGULAMENTO LABORATÓRIO 2015 1. OBJETIVO Este instrumento tem por objetivo regular a participação do CANDIDATO no processo de inscrição para o Laboratório, programa realizado pelo Na Prática, iniciativa

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO CONTINUADA E

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

EDITAL N. 01, DE 24 DE MARÇO DE 2014

EDITAL N. 01, DE 24 DE MARÇO DE 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PROGRAMA INGLÊS SEM FRONTEIRAS PROJETO NÚCLEO DE LÍNGUAS NucLi EDITAL N. 01, DE 24 DE MARÇO DE 2014 A UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (UFSM),

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE EM SAÚDE Unidade Dias

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 7. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 7. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 6 Etapas do Processo Seletivo Pág. 7 Matrícula 9 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA NO DIAGNÓSTICO

Leia mais

EDITAL Nº 001/2015 DE SELEÇÃO PARA VOLUNTÁRIOS DO NÚCLEO DE APOIO CONTÁBIL E FISCAL - NAF FASER

EDITAL Nº 001/2015 DE SELEÇÃO PARA VOLUNTÁRIOS DO NÚCLEO DE APOIO CONTÁBIL E FISCAL - NAF FASER EDITAL Nº 001/2015 DE SELEÇÃO PARA VOLUNTÁRIOS DO NÚCLEO DE APOIO CONTÁBIL E FISCAL - NAF FASER A Faculdade Sergipana (FASER), torna pública a inscrição para seleção de alunos do curso de Ciências Contábeis

Leia mais

Edital do Processo Seletivo para o Programa Trainee da Florestal Jr. Consultoria UFV

Edital do Processo Seletivo para o Programa Trainee da Florestal Jr. Consultoria UFV Edital do Processo Seletivo para o Programa Trainee da Florestal Jr. Consultoria UFV Viçosa Minas Gerais 2015 EDITAL Nº 02/2015 Edital do Processo Seletivo para o Programa Trainee da Florestal Jr. Consultoria

Leia mais

Processo Seletivo 2011.1

Processo Seletivo 2011.1 Manual do Candidato Processo Seletivo 2011.1 No período de 31/01 a 04/03, a AIESEC em Manaus abre as inscrições para os interessados em atuar voluntariamente no escritório da AIESEC em Manaus. Critérios

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

1.3 A inscrição constará do preenchimento de ficha de inscrição própria à disposição final deste documento.

1.3 A inscrição constará do preenchimento de ficha de inscrição própria à disposição final deste documento. Aviso Público Nº 03 /Unoesc/2013 Dispõe sobre processo de seleção interna de funcionário técnicoadministrativo para atuar na Universidade do Oeste de Santa Catarina - Unoesc, na Unoesc Joaçaba. A Universidade

Leia mais

EDITAL 001/2015 EMPRESA JÚNIOR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

EDITAL 001/2015 EMPRESA JÚNIOR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL 001/2015 EMPRESA JÚNIOR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ASSESSORES JUNHO 2015 A CHRONOS JR - EMPRESA JÚNIOR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, nos termos do Estatuto da Empresa Júnior do

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM AUDITORIA EM SERVIÇOS DE SAÚDE Unidade

Leia mais

SPDM ASSOCIAÇÃO PAULISTA PARA O DESENVOLVIMENTO DA MEDICINA. Cargos/Funções: Comprador Pleno e Assistente Administrativo

SPDM ASSOCIAÇÃO PAULISTA PARA O DESENVOLVIMENTO DA MEDICINA. Cargos/Funções: Comprador Pleno e Assistente Administrativo SPDM ASSOCIAÇÃO PAULISTA PARA O DESENVOLVIMENTO DA MEDICINA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO SPDM MATRIZ Nº 108/2013 PROCESSO SELETIVO DE PROFISSIONAIS PARA TRABALHAREM NA SEDE ADMINISTRATIVA DO PROJETO

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM RADIOFARMÁCIA Unidade Dias e Horários

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO REITORIA ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO REITORIA ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO REITORIA ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL Nº 06, DE 18 DE AGOSTO DE 2014. PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

Leia mais

REGULAMENTO CATÁLISE 2015

REGULAMENTO CATÁLISE 2015 REGULAMENTO CATÁLISE 2015 1. OBJETIVO Este instrumento tem por objetivo regular a participação do CANDIDATO no processo de inscrição para o Catálise, programa realizado pelo Na Prática, iniciativa de carreira

Leia mais

Quem somos. Objetivo. O Método. Diferencial. Desafio

Quem somos. Objetivo. O Método. Diferencial. Desafio Quem somos A empresa Jogos Comportamentais foi fundada em 2009 para auxiliar organizações empresariais a dinamizar, inovar e otimizar seus processos de recrutamento/seleção e treinamentos comportamentais

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS Nº001/2015 PARA O PET-ECONOMIA/UFES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS Nº001/2015 PARA O PET-ECONOMIA/UFES UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS Nº001/2015 PARA O PET-ECONOMIA/UFES O Tutor do Grupo PET-Economia/Ufes, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E EXTENSÃO PRAÇA DAS PROFISSÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E EXTENSÃO PRAÇA DAS PROFISSÕES Edital Praça das Nº 1-2015 Seleção de Bolsistas e Voluntários -2016 Aos estudantes dos Cursos de Graduação da UFCG: A Unidade Suplementar Praça das, desta Universidade, nos termos das disposições normativas

Leia mais

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho IBMEC Jr. Consultoria A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho O mercado de trabalho que nos espera não é o mesmo dos nossos pais... ... ele mudou! As mudanças Certeza Incerteza Real Virtual

Leia mais

Edital de Seleção de Alunos 2º/ 2014

Edital de Seleção de Alunos 2º/ 2014 Edital de Seleção de Alunos 2º/ 2014 1 PREÂMBULO 1.1A Diretoria de Ensino (DE) do Vestibular Cidadão (VC), no uso de suas atribuições, torna pública e estabelece as normas e as condições de habilitação

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ICS FACULDADE DE SAÚDE IBITURUNA FASI DIRETORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº 02/2014

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ICS FACULDADE DE SAÚDE IBITURUNA FASI DIRETORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº 02/2014 INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE ICS FACULDADE DE SAÚDE IBITURUNA FASI DIRETORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº 02/2014 PROCESSO SELETIVO PARA PROJETO DE EXTENSÃO SEMANA DO BEBÊ DE MONTES CLAROS A Diretoria de Extensão,

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC-DF

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC-DF FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC-DF EDITAL DE CHAMADA 01/2015 SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA CURSOS DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS, GESTÃO COMERCIAL, GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, MARKETING E ANÁLISE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE EDUCAÇÃO LABORATÓRIO DE CULTURA DIGITAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE EDUCAÇÃO LABORATÓRIO DE CULTURA DIGITAL A coordenadoria do projeto Laboratório de Cultura Digital, vinculado ao Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná, torna pública a seleção de equipe para o referido projeto, conforme previsto

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA - TURMA 2015

CHAMADA PÚBLICA - TURMA 2015 CHAMADA PÚBLICA - TURMA 2015 CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM INTERNET E SAÚDE Periodicidade: Anual Coordenadores: André Pereira Neto Objetivos do Curso Apresentar e debater os principais temas e problemas relacionados

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 001/2010 SIAC OIAPOQUE PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 001/2010 SIAC OIAPOQUE PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 001/2010 SIAC OIAPOQUE PROCESSO DE SELEÇÃO INTERNA SISTEMA INTEGRADO DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO SIAC OIAPOQUE - SUPER FÁCIL A SECRETÁRIA

Leia mais

REGULAMENTO. Ao ler e concordar com os termos deste Regulamento, o CANDIDATO se compromete a:

REGULAMENTO. Ao ler e concordar com os termos deste Regulamento, o CANDIDATO se compromete a: REGULAMENTO 1. OBJETIVO Este instrumento tem por objetivo regular a participação do CANDIDATO no processo de inscrição para o Catálise, programa realizado pelo Na Prática, iniciativa de carreira da Fundação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CENTEC Nº: 002/2015

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CENTEC Nº: 002/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CENTEC Nº: 002/2015 Processo Seletivo Simplificado, para contratação de estagiário para a área de Jornalismo / Comunicação Social, com lotação na Assessoria de Marketing

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº001/2016 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA AGÊNCIA EXPERIMENTAL GALO CANTA

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº001/2016 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA AGÊNCIA EXPERIMENTAL GALO CANTA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº001/2016 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA AGÊNCIA EXPERIMENTAL GALO CANTA A FACULDADE PROJEÇÃO, por intermédio do curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda da Escola

Leia mais

Edital GERIR HUGO Nº 003/2015 Processo Seletivo Simplificado para Contratação Engenheiro de Segurança do Trabalho

Edital GERIR HUGO Nº 003/2015 Processo Seletivo Simplificado para Contratação Engenheiro de Segurança do Trabalho Edital GERIR HUGO Nº 003/2015 Processo Seletivo Simplificado para Contratação Engenheiro de Segurança do Trabalho O Instituto GERIR, entidade de direito privado e sem fins lucrativos, classificado como

Leia mais

Bota pra Fazer: Negócios de Alto Impacto.

Bota pra Fazer: Negócios de Alto Impacto. Bota pra Fazer: Negócios de Alto Impacto. Instituto Educacional BM&FBOVESPA e Endeavor: Negócios de Alto Impacto. Com reconhecida experiência, o Instituto Educacional BM&FBOVESPA, a Escola de Negócios

Leia mais

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DA ÔMEGA JÚNIOR 2015/01. São João del-rei, 24 de fevereiro de 2015

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DA ÔMEGA JÚNIOR 2015/01. São João del-rei, 24 de fevereiro de 2015 EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DA ÔMEGA JÚNIOR 2015/01 São João del-rei, 24 de fevereiro de 2015 A Ômega Júnior Projetos Mecânicos e de Produção, da Universidade Federal de São João del-rei, torna pública

Leia mais

1 Concurso de Pitch para Empresas Juniores da UEG

1 Concurso de Pitch para Empresas Juniores da UEG 1 Concurso de Pitch para Empresas Juniores da UEG REGULAMENTO CAPÍTULO 1 DA APRESENTAÇÃO E DOS OBJETIVOS Art. 1 O 1 Concurso de Pitch para Empresas Juniores da UEG é uma realização da Pró-Reitoria de Extensão,

Leia mais

FACULDADE PROJEÇÃO DE SOBRADINHO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INOVE CONSULTORIA JÚNIOR DA ESCOLA DE NEGÓCIOS SEGUNDO SEMESTRE DE 2014

FACULDADE PROJEÇÃO DE SOBRADINHO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INOVE CONSULTORIA JÚNIOR DA ESCOLA DE NEGÓCIOS SEGUNDO SEMESTRE DE 2014 FACULDADE PROJEÇÃO DE SOBRADINHO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INOVE CONSULTORIA JÚNIOR DA ESCOLA DE NEGÓCIOS SEGUNDO SEMESTRE DE 2014 A Direção da Escola de Negócios da Faculdade Projeção de Sobradinho,

Leia mais

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA O Desafio Criativos da Escola é um concurso promovido pelo Instituto Alana com sede na Rua Fradique Coutinho, 50, 11 o. andar, Bairro Pinheiros São Paulo/SP, CEP

Leia mais

REGULAMENTO NÚCLEO. Versão resumida. Pagamento da taxa de participação ou preenchimento da ficha de isenção;

REGULAMENTO NÚCLEO. Versão resumida. Pagamento da taxa de participação ou preenchimento da ficha de isenção; REGULAMENTO NÚCLEO Versão resumida ETAPAS I. Cadastro de dados específicos do programa; II. Pagamento da taxa de participação ou preenchimento da ficha de isenção; O Núcleo é uma rede com atividades contínuas

Leia mais

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CREDENCIAMENTO NO SEBRAE-SP:

PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CREDENCIAMENTO NO SEBRAE-SP: PERGUNTAS MAIS FREQÜENTES CREDENCIAMENTO NO SEBRAE-SP: A oportunidade de se tornar um facilitador de aprendizagem e/ou consultor para o sucesso das micro e pequenas empresas APRESENTAÇÃO Esta cartilha

Leia mais

UMA FRANQUIA DE OPORTUNIDADES PARA VOCÊ. 101 MOTIVOS PARA VOCÊ SER UM FRANQUEADO CEBRAC.

UMA FRANQUIA DE OPORTUNIDADES PARA VOCÊ. 101 MOTIVOS PARA VOCÊ SER UM FRANQUEADO CEBRAC. UMA FRANQUIA DE OPORTUNIDADES PARA VOCÊ. 101 MOTIVOS PARA VOCÊ SER UM FRANQUEADO CEBRAC. 2 PARA QUEM BUSCA INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA, SEGURANÇA E RESULTADOS. 5 ESTRELAS EM 3 EDIÇÕES Saber educar e qualificar

Leia mais

EDITAL 001/2011 EMPRESA JÚNIOR DE ENGENHARIA DE MATERIAIS PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ASSESSORES

EDITAL 001/2011 EMPRESA JÚNIOR DE ENGENHARIA DE MATERIAIS PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ASSESSORES EDITAL 001/2011 EMPRESA JÚNIOR DE ENGENHARIA DE MATERIAIS PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ASSESSORES ABRIL 2011 A CEMEPOL - EMPRESA JÚNIOR DE ENGENHARIA DE MATERIAS, nos termos do Estatuto da Empresa Júnior de

Leia mais

Chamada Pública para o Processo Seletivo do I Curso de Formação de Mediadores especializados em Justiça Restaurativa no Rio de Janeiro

Chamada Pública para o Processo Seletivo do I Curso de Formação de Mediadores especializados em Justiça Restaurativa no Rio de Janeiro Chamada Pública para o Processo Seletivo do I Curso de Formação de Mediadores especializados em Justiça Restaurativa no Rio de Janeiro O Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDECA

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 10. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 6 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 9 Cronograma de Aulas Pág. 10 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM AUDITORIA EM SERVIÇOS

Leia mais

FACULDADE SATC AIESEC EM CRICIÚMA INTERCÂMBIO PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO

FACULDADE SATC AIESEC EM CRICIÚMA INTERCÂMBIO PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO FACULDADE SATC AIESEC EM CRICIÚMA INTERCÂMBIO PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO Dispõe sobre o Processo Seletivo de Estudantes de Graduação da SATC para realização de intercâmbio no exterior (Cidadão Global),

Leia mais

Manual do Voluntário Greenbuilding Brasil 2015

Manual do Voluntário Greenbuilding Brasil 2015 Manual do Voluntário Greenbuilding Brasil 2015 Que tal ser voluntário da Greenbuilding Brasil Conferência Internacional e Expo 2015? A Greenbuilding Brasil não seria o sucesso que é sem a colaboração de

Leia mais

EDITAL PARA PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA DA ESTÁCIO FAL/FATERN/FCC

EDITAL PARA PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA DA ESTÁCIO FAL/FATERN/FCC EDITAL PARA PROCESSO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE DOCENTES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA DA ESTÁCIO FAL//FCC A Estácio divulga processo seletivo para Professor Auxiliar I do(s) curso(s)

Leia mais

FUNDAÇÃO SENHORA SANTANA DE ITAPEVA PONTO DE CULTURA JOVEM EDITAL Nº 001/2010

FUNDAÇÃO SENHORA SANTANA DE ITAPEVA PONTO DE CULTURA JOVEM EDITAL Nº 001/2010 EDITAL Nº 001/2010 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO DE ALUNOS NO O Projeto Jovem Cultura em Ação, promovido pela Fundação Senhora Santana de Itapeva em parceria com a Secretaria Estadual da Cultura de São

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011 PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM EMPREGOS DE NÍVEL SUPERIOR COMPLETO EDITAL Nº 02/2011 A Fundação de Educação Tecnológica e Cultural da Paraíba FUNETEC/PB, pessoa jurídica

Leia mais

Mestrado em Educação Superior Menção Docência Universitária

Mestrado em Educação Superior Menção Docência Universitária Apresentação Mestrado em Educação Superior Menção Docência Universitária A Vice-Reitoria de Pesquisa, Inovação e Pósgraduação da Universidad Arturo Prat del Estado de Chile, ciente da importância dos estudos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL SIMPLIFICADO DEAD/PROEN 8/2011 PARA SELEÇÃO DE TUTORES

Leia mais

DOUTORADO EDITAL PPGAS 6/2014 I. PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL

DOUTORADO EDITAL PPGAS 6/2014 I. PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL PROCESSO SELETIVO 2014 INGRESSO 1º SEMESTRE 2015 DOUTORADO EDITAL PPGAS 6/2014

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº003/2014 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA AGÊNCIA GALO CANTA (AGÊNCIA EXPERIMENTAL DE COMUNICAÇÃO)

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº003/2014 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA AGÊNCIA GALO CANTA (AGÊNCIA EXPERIMENTAL DE COMUNICAÇÃO) PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº003/2014 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA AGÊNCIA GALO CANTA (AGÊNCIA EXPERIMENTAL DE COMUNICAÇÃO) A FACULDADE PROJEÇÃO, por intermédio da Escola de Negócios, torna pública

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM CARDIOLOGIA PARA MÉDICOS

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE: ABORDAGEM

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE EM SAÚDE - CURITIBA

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 069/2015. O Programa do Voluntariado Paranaense de Londrina - Provopar LD, visando garantir os princípios

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 069/2015. O Programa do Voluntariado Paranaense de Londrina - Provopar LD, visando garantir os princípios EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 069/2015 O Programa do Voluntariado Paranaense de Londrina - Provopar LD, visando garantir os princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade e publicidade consubstanciados

Leia mais

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários

ESTATUTO DAS LIGAS ACADÊMICAS Diretoria de Extensão e Assuntos Comunitários ESTATUTO DA LIGA ACADÊMICA DE HOMEOPATIA DA CIÊNCIAS MÉDICAS - LHCMA Capítulo I - Da Natureza e Finalidade ART. 1º - A LIGA DE HOMEOPATIA DA CIÊNCIAS MÉDICAS é uma entidade sem fins lucrativos, com duração

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO APERFEIÇOAMENTO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO CURSO APERFEIÇOAMENTO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO Escola de Contas Conselheiro Otacílio Silveira REGULAMENTO DO CURSO APERFEIÇOAMENTO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS

Leia mais

EDITAL n.º 04, de 10/11/2014.

EDITAL n.º 04, de 10/11/2014. EDITAL n.º 04, de 10/11/2014. A ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE SAPOPEMBA, município de São Paulo atendendo o disposto no 3.º do Artigo 62 do Regimento Comum das Escolas Técnicas Estaduais do Centro Estadual

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA DA SEMANA ACADÊMICA 2012

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA DA SEMANA ACADÊMICA 2012 FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA Avenida Porto Velho N.º 401 - Bairro João XXIII - Tel: (0xx85) 3299.9900 - Cep 61.525-571 - Fortaleza - Ceará Home-page: www.fgf.edu.br - E-mail: semanaacademica@fgf.edu.br

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 43/2013

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 43/2013 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 43/2013 Dispõe sobre Processo Seletivo de Funcionário para as vagas dispostas no presente Edital no Centro Universitário - Católica de Santa Catarina em Jaraguá do Sul. A

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO - No 033/2015 PROGRAMA DE MATEMÁTICA MESTRADO A Presidente da Comissão

Leia mais

Regulamento. REGULAMENTO DO PROGRAMA JOVENS CONSULTORES 2013 2ª Edição

Regulamento. REGULAMENTO DO PROGRAMA JOVENS CONSULTORES 2013 2ª Edição Regulamento REGULAMENTO DO PROGRAMA JOVENS CONSULTORES 2013 2ª Edição Este instrumento tem por objetivo regular a participação no processo de seleção para o PROGRAMA JOVENS CONSULTORES 2013 2ª Edição,

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE EMPREENDEDORISMO DE IMPACTO EDITAL 2015 LIBRIA

PROCESSO DE SELEÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE EMPREENDEDORISMO DE IMPACTO EDITAL 2015 LIBRIA 1) - APRESENTAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE EMPREENDEDORISMO DE IMPACTO EDITAL 2015 LIBRIA A Aceleradora Libria torna pública a abertura das inscrições para seleção de projetos

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM OPERAÇÃO DE EQUIPAMENTOS EM RADIOTERAPIA

Leia mais

EDITAL PROPEG Nº 005/2013 EXAME DE SELEÇÃO PARA A 5ª TURMA DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM OBSTÉTRICA - CEEO - VAGAS REMANESCENTES

EDITAL PROPEG Nº 005/2013 EXAME DE SELEÇÃO PARA A 5ª TURMA DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM OBSTÉTRICA - CEEO - VAGAS REMANESCENTES 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO DESPORTO SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE DO ACRE EDITAL PROPEG Nº 005/2013 EXAME DE SELEÇÃO PARA A

Leia mais

Regulamento Desafio Unicamp 2015

Regulamento Desafio Unicamp 2015 Regulamento Desafio Unicamp 2015 O Desafio Unicamp de inovação tecnológica é uma competição de modelos de negócio, idealizada pela Agência de Inovação Inova Unicamp, que tem como objetivo estimular a criação

Leia mais

Banco do Brasil. Instruções do Programa Refazendo o Caminho

Banco do Brasil. Instruções do Programa Refazendo o Caminho Banco do Brasil Instruções do Programa Refazendo o Caminho Rio de Janeiro, 27 de março de 2008 Banco do Brasil 2 PROGRAMA REFAZENDO O CAMINHO Objetivo Visando aproveitar as s cursadas, o foi planejado

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 7 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO NAS DOENÇAS CRÔNICAS

Leia mais

REGULAMENTO - PRÊMIO EDP INOVAÇÃO

REGULAMENTO - PRÊMIO EDP INOVAÇÃO REGULAMENTO - PRÊMIO EDP INOVAÇÃO 1. OBJETIVOS O Prêmio EDP Inovação é uma iniciativa da EDP Brasil, subsidiária da EDP Energias de Portugal, que visa incentivar a inovação, a sustentabilidade e o empreendedorismo

Leia mais

Gerência Executiva de Comunicação Corporativa, Inteligência Competitiva e Sustentabilidade

Gerência Executiva de Comunicação Corporativa, Inteligência Competitiva e Sustentabilidade Gerência Executiva de Comunicação Corporativa, Inteligência Competitiva e Sustentabilidade Edital Processo Seletivo Programa Formare Aprendiz Santos Brasil 2016 1 Edital Processo Seletivo Programa Formare

Leia mais

EDITAL nº 136/2006. Programa de Pós-Graduação stricto sensu MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO / PPGA

EDITAL nº 136/2006. Programa de Pós-Graduação stricto sensu MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO / PPGA UNIVERSIDADE DO PLANALTO CATARINENSE Av. Castelo Branco, 170 -CEP 88.509-900 - Lages - SC - Cx. P. 525 - Fone (0XX49) 251-1022 Fax 251-1051 EDITAL nº 136/2006 Programa de Pós-Graduação stricto sensu MESTRADO

Leia mais

SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O CURSO POPULAR PREPARATÓRIO ENEM 2011

SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O CURSO POPULAR PREPARATÓRIO ENEM 2011 EDITAL Nº 01/2011 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O CURSO POPULAR PREPARATÓRIO ENEM 2011 A Universidade Federal de Itajubá Campus Itabira torna público o edital que regulamenta a seleção de alunos para ingresso

Leia mais

Mercado De Trabalho. Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios

Mercado De Trabalho. Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios Mercado De Trabalho Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios Sucesso $$$ sonho habilidade satisfação Mercado de Trabalho Trabalho CLT Consolidação das Leis de Trabalho Previdência

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 7 Cronograma de Aulas Pág. 8 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CLÍNICA Unidade

Leia mais