Edital do Processo Seletivo 2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Edital do Processo Seletivo 2015"

Transcrição

1 Edital do Processo Seletivo 2015 A Diretoria de Recursos Humanos da EJEAmb Empresa Júnior de Engenharia, composta por Cássia Vieira de Oliveira, Leonardo Alfredo Handy Bevilacqua, Letícia Teixeira de Castro e Anna Carolina Gastmaier Marques, torna público no dia 14 de maio de 2015 as cláusulas para a realização do processo seletivo para trainees gestão de O processo seletivo para os referidos cargos será gerido por este Edital, respeitando-se as definições do Estatuto Social da EJEAmb. I Do direito de ser candidato Art. 1º Poderão candidatar-se para os cargos de trainee toda pessoa física matriculada no curso de Engenharia da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho do Campus de Rio Claro São Paulo. II Da inscrição do candidato Art. 2º O candidato deverá se inscrever através do formulário ( da ficha de inscrição proporcionado pela Diretoria de Recursos Humanos da EJEAmb até o dia 29 de maio de 2015, às 23:59. III Dos direitos do trainee Art. 3º À votação em AGO da EJEAmb, realizadas semestralmente. Art. 4 o Pedido de desligamento da EJEAmb após o período trainee. IV Do processo seletivo Art. 5º O processo seletivo ocorrerá em 5 (cinco) fases.

2 I - A primeira fase se dá pela Abertura das Inscrições do Processo Seletivo, que será do dia 18 de maio de 2015 até o dia 29 de maio de II - A segunda fase é o agendamento das dinâmicas e entrevista, e a realização das mesmas. 1º A Dinâmica de Grupo será realizada pela Diretoria de Recursos Humanos no dia 01 de junho de º A Dinâmica Individual será realizada pela Diretoria de Recursos Humanos no dia 01 de junho de º A entrevista será realizada pelos membros da Diretoria de Recursos Humanos no dia 02 de junho de III - A terceira fase consiste na seleção dos trainees. 1º A seleção dos trainees será baseada nos valores da empresa Profissionalismo, Excelência, Inovação, União e Estratégia e nas competências requeridas para compor o corpo da EJEAmb; 2º Após a seleção, o resultado é passado para a Diretoria Executiva da EJEAmb para aprovação. IV - A quarta fase consiste na divulgação dos resultados. 1º O candidato aprovado receberá uma ligação da Diretoria de Recursos Humanos até o dia 05 de junho de º Para os não aprovados, será enviado um de não conformidade, transparecendo a abertura da diretoria para obter um feedback. 3º A Diretoria de Marketing fará a divulgação dos aprovados nas mídias e redes sociais. V - A quinta fase consiste na realização da Semana Trainee e Alocação dos trainees a realizar-se nos dias 8, 9, 10 e 11 de junho de 2015.

3 1º A Semana Trainee é uma semana voltada para os candidatos selecionados no processo seletivo. É uma semana em que os trainees assistem as reuniões de todas as diretorias da EJEAmb. 2º Na Semana há realizações de dinâmicas voltadas para as competências de cada diretoria. 3º Por uso da Semana, é feita a alocação dos trainees pela Diretoria Executiva da EJEAmb para o Período Trainee. Art. 6º Podem ser concorridos os seguintes cargos: I. Trainee de Presidência; II. Trainee de Vice-Presidência; III. Trainee de Marketing; IV. Trainee de Projetos; V. Trainee de Recursos Humanos; VI. Trainee de Administrativo-Financeiro; VII. Trainee da Qualidade; V Das disposições finais. Art. 7º Quaisquer eventuais dúvidas sobre a seleção devem ser esclarecidas com os membros da Diretoria de Recursos Humanos da EJEAmb. Art. 8 Omissões deste edital devem sanar-se com base nos acondicionamentos do Estatuto da EJEAmb Empresa Júnior de Engenharia. VI Do Cronograma Atividade Início Término

4 Inscrições Processo Seletivo 18 de maio de de maio de 2015 Agendamento/Realização 29 de maio de de junho de 2015 Seleção dos Trainees 02 de junho de 2015 Divulgação dos Resultados 03 de junho de de junho de 2015 Semana Trainee e Alocação 08 de junho de de junho de 2015 Rio Claro, 13 de maio de 2015 Cássia Vieira de Oliveira Diretora de Recursos Humanos ANEXO I Descrição de Cargos da EJEAmb Empresa Júnior de Engenharia

5 O anexo tem a finalidade de explicar os cargos que compõem a EJEAmb Empresa Júnior de Engenharia de acordo com o Regimento Interno. 1º São competências da Diretoria da Presidência: I - Supervisionar e reger a empresa mantendo-a alinhada a sua missão, visão e valores; II - Supervisionar as atividades das demais Diretorias; III - Representar a empresa, em conjunto com o Diretor Administrativo-Financeiro, em questões jurídicas e financeiras, judicial e extrajudicialmente. IV - Coordenar e supervisionar o Planejamento Estratégico; V - Presidir as Assembleias Gerais; VI - Lavrar as ATAS Assembleias Gerais Ordinárias e Extraordinárias; VII - Incentivar o aprimoramento da competência de liderança dos membros. 2º São competências da Diretoria da Vice-Presidência: I - Promover a organização e gestão de Diretorias e atividades na ausência do Diretor-Presidente. II - Promover eventos para aproximação e divulgação da empresa junto aos discentes e docentes do curso de Engenharia, bem como para os alunos dos demais cursos da UNESP Rio Claro, com o auxílio da Diretoria de Marketing; III - Representar a EJEAmb em âmbito externo, em eventos e demais ocasiões que demandem um representante; IV - Elaborar e atualizar um calendário com eventos na área empresarial, ambiental e demais ramos de interesse dos membros, bem como com o intuito de promover maior integração com o Movimento Empresa Júnior (MEJ); V - Realizar demais tarefas de âmbito externo da EJEAmb.

6 3º São competências da Diretoria de Marketing: I - Estabelecer o primeiro contato com as empresas e setores de interesse da EJEAmb; II - Promover a divulgação da empresa, em conjunto com o Diretor Vice-Presidente, para os discentes do curso de Engenharia, bem como para os alunos dos demais cursos da UNESP Rio Claro; III - Zelar pela satisfação de clientes e consolidar parcerias com empresas de interesse; IV - Desenvolver e manter os meios de divulgação da EJEAmb, abrangendo seus projetos, atividades e ideais na região e em todo Movimento Empresa Júnior (MEJ), se utilizando para isso do site, das redes sociais, do espaço da EJEAmb na UNESP Rio Claro, entre outros. V - Promover ao menos um projeto social anualmente. 4º São competências da Diretoria de Projetos: I - Analisar a viabilidade e aprovar a realização de projetos propostos por clientes, mediante análises em conjunto a Diretoria Executiva; II - Estudar os pedidos oferecidos à empresa e elaborar as propostas de serviços, bem como todos os demais documentos necessários para o projeto e para seu cadastro junto a Pró Reitoria de Extensão Universitária da UNESP Rio Claro; III - Elaborar e executar projetos com excelência IV - Desenvolver pesquisas para aprimoramento dos serviços prestados e elaboração de novos projetos; V - Orientar e preparar os membros das demais Diretorias envolvidos em execução de projetos, bem como apresentar o conhecimento técnico necessário para os mesmos sempre que necessário; VI - Acompanhar as tarefas executadas pelos estagiários de projetos, oferecendo toda assistência necessária.

7 5º São competências da Diretoria de Recursos Humanos: I - Administrar programas e projetos relativos a treinamento, aperfeiçoamento e avaliação de desempenho, bem como o recrutamento e a seleção de candidatos para o serviço de estágio; II - Realizar o processo de seleção de candidatos a membros gerentes da EJEAmb; III - Elaborar programas de atividades para o aprimoramento qualitativo de pessoal, como adequação a plano de cargos, carreiras e/ou demais melhorias. IV - Coordenar a formação e constante atualização do banco de dados de membros da associação. 6º São competências da Diretoria Administrativo-Financeira: I - Superintender os serviços de tesouraria, supervisionar as atividades referentes a pagamentos, recebimentos, controle de movimentação e disponibilidade financeiras; II - Zelar pelos recursos físicos e materiais permanentes da empresa; III - Criar e armazenar qualquer documento, contrato ou título de crédito, pelos quais resultem responsabilidades financeiras para a associação; IV - Movimentar as contas da Associação, emitindo e endossando cheques, juntamente com a Diretoria de Presidência em exercício; V - Requerer e providenciar as formalidades necessárias à obtenção de incentivos e isenções fiscais, bem como de qualquer atividade que venha a beneficiar financeiramente a EJEAmb; VI - Designar os estabelecimentos bancários aos quais devem ser recolhidos os valores recebidos pela Associação; VII - Responsabilizar-se pelos livros, documentos e arquivos referentes e zelar pelas correspondências da associação. 7º São competências da Diretoria da Qualidade:

8 I - Monitorar um sistema da qualidade que compreenda a padronização de documentos e processos, satisfação dos clientes e qualidade dos serviços prestados, em busca da melhoria contínua; II - Desenvolver atividades com vistas à implantação de processos adequados de organização e métodos racionais e simplificados de trabalho, de forma a assegurar a permanente modernização dos serviços administrativos. III - Analisar o desempenho de cada diretoria, com uso de indicadores adequados, visando à elaboração de um arquivo de dados para registros, que serão levados em conta na busca pela melhoria e desenvolvimento interno da empresa; IV - Auxiliar a Diretoria Administrativo-Financeira na busca e manutenção de filiações, bem como no uso dos benefícios recebidos pelas mesmas. Nicole Adriane da Silva Diretora Presidente Filipe Augusto Ribeiro Diretor Vice-Presidente Bruna Ferrari Felipe Fernanda Y. I. de Brito Cássia Vieira de Oliveira Diretora de Projetos Diretora de Marketing Diretora de Recursos Humanos Gabriella Luiza Lirola Diretora da Qualidade Lia Carolina Viotto Nunes Diretora Administrativo-Financeira

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DA ÔMEGA JÚNIOR 2015/01. São João del-rei, 24 de fevereiro de 2015

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DA ÔMEGA JÚNIOR 2015/01. São João del-rei, 24 de fevereiro de 2015 EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO DA ÔMEGA JÚNIOR 2015/01 São João del-rei, 24 de fevereiro de 2015 A Ômega Júnior Projetos Mecânicos e de Produção, da Universidade Federal de São João del-rei, torna pública

Leia mais

Consenso - Empresa Júnior de Direito da Universidade Federal de Viçosa

Consenso - Empresa Júnior de Direito da Universidade Federal de Viçosa EDITAL DE SELEÇÃO Nº 01/2012 Edital de seleção de trainees Consenso - Empresa Júnior de Direito da Universidade Federal de Viçosa A Consenso, Empresa Júnior de Direito da Universidade Federal de Viçosa,

Leia mais

Presidência. 1. Cargo Diretor-Presidente. 2. Hierarquia 1º Nível. 3. Atividades desenvolvidas:

Presidência. 1. Cargo Diretor-Presidente. 2. Hierarquia 1º Nível. 3. Atividades desenvolvidas: Presidência 1. Cargo Diretor-Presidente 1º Nível : Representar a INOVATECH perante órgãos internos e externos da UEM Coordenar reuniões gerais e de diretoria executiva Coordenar e acompanhar o planejamento

Leia mais

Edital do Processo Seletivo para o Programa Trainee da Florestal Jr. Consultoria UFV

Edital do Processo Seletivo para o Programa Trainee da Florestal Jr. Consultoria UFV Edital do Processo Seletivo para o Programa Trainee da Florestal Jr. Consultoria UFV Viçosa Minas Gerais 2015 EDITAL Nº 02/2015 Edital do Processo Seletivo para o Programa Trainee da Florestal Jr. Consultoria

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2014 SELEÇÃO DE CONSULTORES JUNIOR PARA A INOVE CONSULTORIA JUNIOR UNIDADE TAGUATINGA

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2014 SELEÇÃO DE CONSULTORES JUNIOR PARA A INOVE CONSULTORIA JUNIOR UNIDADE TAGUATINGA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2014 SELEÇÃO DE CONSULTORES JUNIOR PARA A INOVE CONSULTORIA JUNIOR UNIDADE TAGUATINGA A FACULDADE PROJEÇÃO, por intermédio da Escola de Negócios, torna pública a abertura

Leia mais

DESCRITIVO DE CARGOS. Diretor Presidente

DESCRITIVO DE CARGOS. Diretor Presidente Experiência mínima requerida: Acessor de Departamento Diretor de Departamento Competências Específicas: DESCRITIVO DE CARGOS Diretor Presidente Humildade Respeito Companheirismo Senso de justiça com bases

Leia mais

CARGOS E FUNÇÕES APEAM

CARGOS E FUNÇÕES APEAM CARGOS E FUNÇÕES APEAM 1. PRESIDÊNCIA A Presidência possui por finalidades a representação oficial e legal da associação, coordenação e integração da Diretoria Executiva, e o acompanhamento, avaliação,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2015 SELEÇÃO DE CONSULTORES JUNIORES PARA A INOVE CONSULTORIA JÚNIOR UNIDADE TAGUATINGA A FACULDADE PROJEÇÃO,

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2015 SELEÇÃO DE CONSULTORES JUNIORES PARA A INOVE CONSULTORIA JÚNIOR UNIDADE TAGUATINGA A FACULDADE PROJEÇÃO, PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2015 SELEÇÃO DE CONSULTORES JUNIORES PARA A INOVE CONSULTORIA JÚNIOR UNIDADE TAGUATINGA A FACULDADE PROJEÇÃO, por intermédio da Escola de Negócios, torna pública a

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PROBIC/UNIARAXÁ)

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PROBIC/UNIARAXÁ) REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PROBIC/UNIARAXÁ) CAPÍTULO I DAS FINALIDADES E OBJETIVOS Art. 1 - As normas que seguem visam orientar pesquisadores e bolsistas vinculados a projetos

Leia mais

1. PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FAEC

1. PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FAEC 1. PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FAEC 1.1 Definição de Iniciação Científica A iniciação cientifica é uma atividade acadêmica que permite introduzir os discentes de graduação na pesquisa cientifica.

Leia mais

FLUXO CONSULTORIA EMPRESA JÚNIOR DE CONSULTORIA EM ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO EDITAL Nº 01, DE 02 DE MARÇO DE 2015

FLUXO CONSULTORIA EMPRESA JÚNIOR DE CONSULTORIA EM ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO EDITAL Nº 01, DE 02 DE MARÇO DE 2015 FLUXO CONSULTORIA EMPRESA JÚNIOR DE CONSULTORIA EM ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO EDITAL Nº 01, DE 02 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO DE ADMISSÃO DE MEMBROS EFETIVOS 2015.2 PAME 2015.2

Leia mais

EDITAL 001/2015 EMPRESA JÚNIOR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

EDITAL 001/2015 EMPRESA JÚNIOR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL 001/2015 EMPRESA JÚNIOR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ASSESSORES JUNHO 2015 A CHRONOS JR - EMPRESA JÚNIOR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, nos termos do Estatuto da Empresa Júnior do

Leia mais

FACULDADE VALE DO SALGADO ICÓ CEARÁ

FACULDADE VALE DO SALGADO ICÓ CEARÁ EDITAL Nº01/PROUNI, DE 20 DE SETEMBRO DE 2014 EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA ELEIÇÕES DAS COMISSÕES LOCAIS DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE SOCIAL DO PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS - PROUNI DA FACULDADE VALE DO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº001/2016 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA AGÊNCIA EXPERIMENTAL GALO CANTA

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº001/2016 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA AGÊNCIA EXPERIMENTAL GALO CANTA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº001/2016 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA AGÊNCIA EXPERIMENTAL GALO CANTA A FACULDADE PROJEÇÃO, por intermédio do curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda da Escola

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO EMPRESA JÚNIOR DE ECONOMIA EDITAL Nº 001/2015. Projeto Incubadora de Ideias

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO EMPRESA JÚNIOR DE ECONOMIA EDITAL Nº 001/2015. Projeto Incubadora de Ideias UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO EMPRESA JÚNIOR DE ECONOMIA EDITAL Nº 001/2015 Projeto Incubadora de Ideias Processo seletivo para voluntários no projeto de implantação e desenvolvimento de aterro sanitário

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE CAPÍTULO I DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Art. 1º - O programa de Iniciação Científica da

Leia mais

EMPRESA JÚNIOR- ANTÔNIO PAES DE CARVALHO EDITAL DE SELEÇÃO 2014/2

EMPRESA JÚNIOR- ANTÔNIO PAES DE CARVALHO EDITAL DE SELEÇÃO 2014/2 EMPRESA JÚNIOR- ANTÔNIO PAES DE CARVALHO EDITAL DE SELEÇÃO 2014/2 1. OBJETIVO 1.1. Da Empresa: A EMPRESA JÚNIOR ANTÔNIO PAES DE CARVALHO é uma empresa sem fins lucrativos, formada e gerida por alunos de

Leia mais

Programa de Aprendizagem em Consultoria Acadêmica - CONSAC. Processo de Seleção de Empresas. EDITAL nº 2/2015

Programa de Aprendizagem em Consultoria Acadêmica - CONSAC. Processo de Seleção de Empresas. EDITAL nº 2/2015 Programa de Aprendizagem em Consultoria Acadêmica - CONSAC Processo de Seleção de Empresas EDITAL nº 2/2015 Brasília, 20 de Novembro de 2015 Apresentação É com satisfação que a Projetos Consultoria Integrada,

Leia mais

No Bugs Empresa Júnior de Informática

No Bugs Empresa Júnior de Informática No Bugs Empresa Júnior de Informática Ciência da Computação Universidade Federal de Viçosa. O que é Empresa Júnior Empresa sem fins lucrativos. Administrada por estudantes de graduação. Permite aplicar

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2015 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA AGÊNCIA EXPERIMENTAL GALO CANTA

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2015 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA AGÊNCIA EXPERIMENTAL GALO CANTA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2015 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA AGÊNCIA EXPERIMENTAL GALO CANTA A FACULDADE PROJEÇÃO, por intermédio do curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda da Escola

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO EMPRESA JÚNIOR DE ECONOMIA. EDITAL Nº 002/2015, 20 de março de 2015 PROGRAMA DE ESTÁGIO 2015.1

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO EMPRESA JÚNIOR DE ECONOMIA. EDITAL Nº 002/2015, 20 de março de 2015 PROGRAMA DE ESTÁGIO 2015.1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO EMPRESA JÚNIOR DE ECONOMIA EDITAL Nº 002/2015, 20 de março de 2015 PROGRAMA DE ESTÁGIO 2015.1 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. Da Empresa: A EMPRESA JÚNIOR DE ECONOMIA

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR DE SELEÇÃO DISCENTE ESTUDANTES VOLUNTÁRIOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA GRUPOS DE PESQUISA (GPs) COM PROJETOS EM ANDAMENTO

EDITAL COMPLEMENTAR DE SELEÇÃO DISCENTE ESTUDANTES VOLUNTÁRIOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA GRUPOS DE PESQUISA (GPs) COM PROJETOS EM ANDAMENTO EDITAL COMPLEMENTAR DE SELEÇÃO DISCENTE ESTUDANTES VOLUNTÁRIOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA GRUPOS DE PESQUISA (GPs) COM PROJETOS EM ANDAMENTO N.º 07/2015 A Direção Acadêmica da FADERGS Faculdade de Desenvolvimento

Leia mais

P R O G R A M A T R A I N E E 2 0 1 6

P R O G R A M A T R A I N E E 2 0 1 6 P R O G R A M A T R A I N E E 2 0 1 6 9ª Edição Introdução É com grande satisfação que o Grupo Protege inicia a 9ª edição do Programa Trainee, visando contratar, desenvolver e reter jovens com potencial

Leia mais

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO APOIO CONSULTORIA 2014.1

EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO APOIO CONSULTORIA 2014.1 EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO APOIO CONSULTORIA 2014.1 A Apoio Consultoria, Empresa Júnior dos cursos de Administração e Gestão da Informação da UFU (Universidade Federal de Uberlândia), torna público

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA VOLUNTÁRIA 2008

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA VOLUNTÁRIA 2008 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS - UEMG ESCOLA DE DESIGN ED COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO NUCLEO INTEGRADOR DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS - NIPP PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA VOLUNTÁRIA 2008 Aprovado pelo

Leia mais

Regulamento do Programa de Monitoria dos Cursos de Graduação da Faculdade ASCES

Regulamento do Programa de Monitoria dos Cursos de Graduação da Faculdade ASCES Regulamento do Programa de Monitoria dos Cursos de Graduação da Faculdade ASCES 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. Este documento determina as normas estabelecidas para o Programa de Monitoria a ser desenvolvido

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL 01/2015

PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL 01/2015 PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL 01/2015 A Coordenação dos Cursos Superiores de Tecnologia da Informação da Faculdade JK, no uso de suas atribuições

Leia mais

Faculdade de Ciências Humanas e Sociais

Faculdade de Ciências Humanas e Sociais EDITAL Nº 001//2015 O Colegiado de Engenharia Civil torna público o edital para o Programa de Monitoria nas áreas de química, física, cálculo e desenho técnico. A monitoria foi criada com o intuito de

Leia mais

EMAS JR. CONSULTORIA EMPRESA JÚNIOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS CAMPUS PAMPULHA EDITAL. Processo Seletivo Emas Jr. Consultoria 2015/02

EMAS JR. CONSULTORIA EMPRESA JÚNIOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS CAMPUS PAMPULHA EDITAL. Processo Seletivo Emas Jr. Consultoria 2015/02 EDITAL Processo Seletivo Emas Jr. Consultoria 2015/02 EDITAL Processo Seletivo Emas Jr. Consultoria 2015/02 A EMAS Empresa Júnior de Meio Ambiente e Saneamento / UFMG ( Emas Jr. ) faz saber aos interessados

Leia mais

Dispõe sobre o Regimento Geral de Pós-graduação da UNESP.

Dispõe sobre o Regimento Geral de Pós-graduação da UNESP. RESOLUÇÃO UNESP Nº 30, DE 17 DE JUNHO DE 2010. Texto consolidado Dispõe sobre o Regimento Geral de Pós-graduação da UNESP. O Reitor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, tendo em vista

Leia mais

EDITAL Nº 034/2013-CCP

EDITAL Nº 034/2013-CCP EDITAL Nº 034/2013-CCP A Professora Fátima Aparecida da Cruz Padoan, Diretora do Campus de Cornélio Procópio, da UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE DO PARANÁ, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS UNIDADE CENTRAL DE EDUCAÇÃO FAEM FACULDADE UCEFF FACULDADES Autorizado pela portaria nº 3.376, de 17de dezembro de 2003. CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Bacharelado Autorizado pela portaria nº. 818, de 20

Leia mais

EDITAL N.º 159/2013. 1.1. Selecionar 3 alunos para o desenvolvimento do projeto NÚCLEO DE LÍNGUAS CENTRO INGLÊS SEM FRONTEIRAS/UNIPAMPA;

EDITAL N.º 159/2013. 1.1. Selecionar 3 alunos para o desenvolvimento do projeto NÚCLEO DE LÍNGUAS CENTRO INGLÊS SEM FRONTEIRAS/UNIPAMPA; EDITAL N.º 159/2013 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS (MODALIDADE GESTÃO ACADÊMICA) PARA O DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES REFERENTES AO PROJETO NÚCLEO DE LÍNGUAS CENTRO INGLÊS SEM FRONTEIRAS/UNIPAMPA

Leia mais

Edital de Candidatura

Edital de Candidatura PROCESSO SELETIVO DE Membros EDITAL N.º 03/2014 Edital de Candidatura Processo Seletivo de Membros - 2º Semestre de 2014 Considerações iniciais A Estat Júnior - Estudos Aplicados à Estatística Consultoria

Leia mais

ESTATUTO GERAL DO GRUPO PET PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL MATERIAIS E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI

ESTATUTO GERAL DO GRUPO PET PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL MATERIAIS E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI ESTATUTO GERAL DO GRUPO PET PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL MATERIAIS E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI O Programa de Educação Tutorial (PET) Materiais e Inovação Tecnológica,

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O Nº 014/2009-CEP O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO APROVOU E EU, REITOR, SANCIONO A SEGUINTE RESOLUÇÃO:

R E S O L U Ç Ã O Nº 014/2009-CEP O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO APROVOU E EU, REITOR, SANCIONO A SEGUINTE RESOLUÇÃO: R E S O L U Ç Ã O Nº 014/2009-CEP CERTIDÃO Certifico que a presente resolução foi afixada em local de costume, nesta Reitoria, no dia 9/11/2009. Aprova novo Regulamento do Programa Monitoria para os Cursos

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL 001 02/2015

PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL 001 02/2015 PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL 001 02/2015 A Coordenação Geral dos Cursos Superiores de Tecnologia da Informação da Faculdade JK, no uso de suas

Leia mais

MINUTA DO EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES VOLUNTÁRIOS OU REMUNERADOS

MINUTA DO EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES VOLUNTÁRIOS OU REMUNERADOS MINUTA DO EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES VOLUNTÁRIOS OU REMUNERADOS O IESUR/FAAr torna público o presente Edital de Seleção de Monitores Voluntários ou Remunerados para o anos de, em conformidade com o

Leia mais

FACULDADE TRÊS PONTAS - FATEPS MANTIDA PELA FUNDAÇÃO DE ENSINO E PESQUISA DO SUL DE MINAS FEPESMIG CRIADA PELA LEI ESTADUAL Nº 8.

FACULDADE TRÊS PONTAS - FATEPS MANTIDA PELA FUNDAÇÃO DE ENSINO E PESQUISA DO SUL DE MINAS FEPESMIG CRIADA PELA LEI ESTADUAL Nº 8. MONITORIA PROCESSO SELETIVO Nº. 01/2014-01, de 27 de fevereiro de 2014, monitoramento de alunos promovido pela Faculdade Três Pontas-FATEPS. A Direção da Faculdade Três Pontas - FATEPS, esta mantida pela

Leia mais

O que é? pode ser chamado de Recrutamento e Seleção.

O que é? pode ser chamado de Recrutamento e Seleção. Processo Seletivo O que é? O Processo Seletivo é um conjunto de técnicas e instrumentos, empregados para avaliação de materiais, técnicas ou candidatos visando identificar as habilidades, tendências e

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO NÚCLEO DE CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS - NUCSA DEPARTAMENTO ACADEMICO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 001/2014

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO NÚCLEO DE CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS - NUCSA DEPARTAMENTO ACADEMICO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 001/2014 PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO NÚCLEO DE CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS - NUCSA DEPARTAMENTO ACADEMICO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 001/2014 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA 1 A Fundação Universidade

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID EDITAL Nº 05/2015/PIBID SELEÇÃO LICENCIANDOS A UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA - UFV torna pública a abertura das inscrições, no período de

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2015 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA AGÊNCIA EXPERIMENTAL GALO CANTA

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2015 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA AGÊNCIA EXPERIMENTAL GALO CANTA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº002/2015 SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS PARA AGÊNCIA EXPERIMENTAL GALO CANTA A FACULDADE PROJEÇÃO, por intermédio do curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda da Escola

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO DE GRADUAÇÃO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO DE GRADUAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO DE GRADUAÇÃO Aprovado no Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) e Conselho de Administração Superior (CAS) em 18 de junho de 2015, Processo

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 05 - CONSU 13 DE JUNHO DE 2007

RESOLUÇÃO Nº. 05 - CONSU 13 DE JUNHO DE 2007 Rua Governador Luiz Cavalcante, S/N, TELEFAX (82) 3530-3382 CEP: 57312-270 Arapiraca-Alagoas RESOLUÇÃO Nº. 05 - CONSU 13 DE JUNHO DE 2007 Dispõe sobre normas e procedimentos para os Cursos de Especialização

Leia mais

2. A EMPEC 3. UPDATE. 4. Disposições Gerais

2. A EMPEC 3. UPDATE. 4. Disposições Gerais Índice 1. Agradecimentos... 03 2. A EMPEC... 04 3. UPDATE... 04 4. Disposições Gerais... 04 5. Critérios de Participação... 05 6. Regulamento... 06 7. Inscrições... 06 8. Pagamento... 07 9. Etapas do Concurso...

Leia mais

ABERTURA DE EDITAL DE EXECUÇÃO DE PROJETO DE DOCENTE 2015/1

ABERTURA DE EDITAL DE EXECUÇÃO DE PROJETO DE DOCENTE 2015/1 ABERTURA DE EDITAL DE EXECUÇÃO DE PROJETO DE DOCENTE 2015/1 A Coordenação do Curso de Marketing, por intermédio do Escritório Experimental de Marketing e no uso de suas atribuições regimentais e regulamentares

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 2015

EDITAL DE SELEÇÃO 2015 EDITAL DE SELEÇÃO 2015 A FAE Centro Universitário, através do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo FAE Incentiva, torna público que estão abertas as inscrições para o ingresso de novas empresas para fazer

Leia mais

EDITAL 001/2011 EMPRESA JÚNIOR DE ENGENHARIA DE MATERIAIS PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ASSESSORES

EDITAL 001/2011 EMPRESA JÚNIOR DE ENGENHARIA DE MATERIAIS PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ASSESSORES EDITAL 001/2011 EMPRESA JÚNIOR DE ENGENHARIA DE MATERIAIS PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ASSESSORES ABRIL 2011 A CEMEPOL - EMPRESA JÚNIOR DE ENGENHARIA DE MATERIAS, nos termos do Estatuto da Empresa Júnior de

Leia mais

Título I. Da Monitoria

Título I. Da Monitoria MONITORIA O programa de monitoria tem como objetivo dar oportunidade de aprimoramento na formação do aluno e ainda despertar a valorização do ensino aprendizado de sua prática bem como estimular a seguir

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ UESPI - PREX

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ UESPI - PREX EDITAL Nº 022/2015 A Universidade Estadual do Piauí, por meio da Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários - PREX, através do MEMO Nº 010/2015 Departamento de Engenharia - DENG, torna

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC-DF

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC-DF FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC-DF EDITAL DE CHAMADA 01/2015 SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA CURSOS DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS, GESTÃO COMERCIAL, GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, MARKETING E ANÁLISE

Leia mais

INSTITUTO DE PÓS-GRADUAÇÃO & GRADUAÇÃO DIRETORIA DE GRADUAÇÃO E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PROJETO DE MONITORIA

INSTITUTO DE PÓS-GRADUAÇÃO & GRADUAÇÃO DIRETORIA DE GRADUAÇÃO E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PROJETO DE MONITORIA PROJETO DE MONITORIA Goiânia GO 2013 IP5p Instituto de Pós-Graduação e Graduação IPOG 2014 Projeto de monitoria /Instituto de Pós-Graduação e Graduação IPOG: Organizadora: Silvana de Brito Arrais Dias.

Leia mais

REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS SALVADOR 2014 REGULAMENTO DA MONITORIA A prática de monitoria consiste na atuação docente de alunos que auxiliam outros alunos

Leia mais

São Paulo, 122 (42) Diário Oficial Poder Executivo - Seção I sábado, 3 de março de 2012

São Paulo, 122 (42) Diário Oficial Poder Executivo - Seção I sábado, 3 de março de 2012 São Paulo, 122 (42) Diário Oficial Poder Executivo - Seção I sábado, 3 de março de 2012 REITORIA Resolução Unesp-32, de 2-3-2012 Aprova o Regulamento do Programa de Pósgraduação em Aqüicultura, Cursos

Leia mais

Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP

Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP 1.INTRODUÇAO...... 3 2.ONDE CONSEGUIR INFORMAÇÔES?... 4 Normas USP... 4 Site EACH...4 Sistema de atendimento da Comissão de

Leia mais

Manual do Estagiário 2008

Manual do Estagiário 2008 Manual do Estagiário 2008 Sumário Introdução... 2 O que é estágio curricular... 2 Objetivos do estágio curricular... 2 Duração e carga horária do estágio curricular... 3 Requisitos para a realização do

Leia mais

FACULDADE VISCONDE DE CAIRU FAVIC NÚCLEO DE EXTENSÃO PROJETO DE MONITORIA DO CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

FACULDADE VISCONDE DE CAIRU FAVIC NÚCLEO DE EXTENSÃO PROJETO DE MONITORIA DO CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS FACULDADE VISCONDE DE CAIRU FAVIC NÚCLEO DE EXTENSÃO PROJETO DE MONITORIA DO CURSO DE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS SALVADOR AGO / 2015 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO...02 2. JUSTIFICATIVA...02 3. OBJETIVO

Leia mais

Edital GERIR HUGO Nº 003/2015 Processo Seletivo Simplificado para Contratação Engenheiro de Segurança do Trabalho

Edital GERIR HUGO Nº 003/2015 Processo Seletivo Simplificado para Contratação Engenheiro de Segurança do Trabalho Edital GERIR HUGO Nº 003/2015 Processo Seletivo Simplificado para Contratação Engenheiro de Segurança do Trabalho O Instituto GERIR, entidade de direito privado e sem fins lucrativos, classificado como

Leia mais

FACULDADE PROJEÇÃO DE CEILÂNDIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INOVE CONSULTORIA JÚNIOR DA ESCOLA DE NEGÓCIOS PRIMEIRO SEMESTRE DE 2014

FACULDADE PROJEÇÃO DE CEILÂNDIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INOVE CONSULTORIA JÚNIOR DA ESCOLA DE NEGÓCIOS PRIMEIRO SEMESTRE DE 2014 FACULDADE PROJEÇÃO DE CEILÂNDIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO INOVE CONSULTORIA JÚNIOR DA ESCOLA DE NEGÓCIOS PRIMEIRO SEMESTRE DE 2014 A Direção da Escola de Negócios da Faculdade Projeção de Ceilândia,

Leia mais

CONSIDERANDO, finalmente, a aprovação na Comissão organizadora do evento;

CONSIDERANDO, finalmente, a aprovação na Comissão organizadora do evento; EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA DA 9ª JORNADA BRASILEIRA DE ENFERMAGEM GERIÁTRICA E GERONTOLÓGICA 25 de Junho de 2012 DISPÕE SOBRE A OFERTA DE VAGAS PARA ACADÊMICOS PARA MONITORIA DA 9ª JORNADA BRASILEIRA

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA CRECHE DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

REGIMENTO INTERNO DA CRECHE DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE Conforme texto publicado no Boletim de Serviço nº 047 de 18/04/2005 páginas 05 a 11 REGIMENTO INTERNO DA CRECHE DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CAPÍTULO I Das Disposições Preliminares Seção I Da criação

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA/FUNDAÇÃO UNITINS/GRE/N 007/2012.

INSTRUÇÃO NORMATIVA/FUNDAÇÃO UNITINS/GRE/N 007/2012. INSTRUÇÃO NORMATIVA/FUNDAÇÃO UNITINS/GRE/N 007/2012. Normatiza, no âmbito da Pró- Reitoria de Graduação, o Programa de Monitoria da Unitins e dá outras providências. O REITOR DA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO E MARKETING INSTITUTO BRASILEIRO DE SAÚDE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO E MARKETING INSTITUTO BRASILEIRO DE SAÚDE INSTITUTO BRASILEIRO DE GESTÃO E MARKETING INSTITUTO BRASILEIRO DE SAÚDE PROCESSO SELETIVO PARA ESTÁGIO EM LABORATÓRIOS DO CÂMPUS CAMPUS 2 SAÚDE e CAMPUS 1- GASTRONOMIA EDITALn 03/2015 O Instituto Brasileiro

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA CAPÍTULO I DO PROGRAMA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA CAPÍTULO I DO PROGRAMA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA CAPÍTULO I DO PROGRAMA O Programa de Iniciação Científica visa ser um espaço-tempo de inserção do estudante de graduação em atividades de pesquisa científica

Leia mais

RESOLUÇÃO CSA N.º 05, DE 14 DE ABRIL DE 2015

RESOLUÇÃO CSA N.º 05, DE 14 DE ABRIL DE 2015 RESOLUÇÃO CSA N.º 05, DE 14 DE ABRIL DE 2015 Altera o Regimento Interno da Comissão Própria de Avaliação (CPA) das Faculdades Ponta Grossa. A Presidente do Conselho Superior de Administração das Faculdades

Leia mais

INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA UFPel

INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA UFPel INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA UFPel EDITAL DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA DA UFPel Edital nº 01/2013 Novembro de 2013 1 EDITAL Nº 01/2013

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA DA 12ª JORNADA NORTE-NORDESTE DE CENTRO CIRÚRGICO E CENTRAL DE ESTERILIZAÇÃO. 27 de agosto de 2012

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA DA 12ª JORNADA NORTE-NORDESTE DE CENTRO CIRÚRGICO E CENTRAL DE ESTERILIZAÇÃO. 27 de agosto de 2012 12ª. Jornada Norte Nordeste de Centro Cirúrgico e Central de Esterilização Tema Central: Ações integradas para a segurança e sustentabilidade do paciente cirúrgico 8 a 11 de outubro de 2012 Fortaleza Ceará

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DA FACULDADE CENECISTA DE SETE LAGOAS EDITAL 02/2015

PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DA FACULDADE CENECISTA DE SETE LAGOAS EDITAL 02/2015 PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DA FACULDADE CENECISTA DE SETE LAGOAS EDITAL 02/2015 O Diretor da Faculdade Cenecista de Sete Lagoas no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais, torna público

Leia mais

EDITAL DE COMPOSIÇÃO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS

EDITAL DE COMPOSIÇÃO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS EDITAL DE COMPOSIÇÃO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS A Secretaria Municipal de Agricultura, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente convida os Órgãos Públicos

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Reitoria Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Reitoria Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional Edital 001/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PIBID Matemática, Câmpus Curitiba A coordenação da área Matemática do projeto PIBID-UTFPR, do Curso de Licenciatura em Matemática da, Câmpus Curitiba,

Leia mais

1 Orientações 1.1 Inscrições: As inscrições poderão ser realizadas até 13 de fevereiro de 2015.

1 Orientações 1.1 Inscrições: As inscrições poderão ser realizadas até 13 de fevereiro de 2015. UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA UNISC DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL 2/2015 - PUIC Inovação Tecnológica A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPPG)

Leia mais

REGIMENTO COPESE IFSULDEMINAS CAPÍTULO 1 DOS FINS CAPÍTULO 2 DA CONSTITUIÇÃO

REGIMENTO COPESE IFSULDEMINAS CAPÍTULO 1 DOS FINS CAPÍTULO 2 DA CONSTITUIÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS Rua Ciomara Amaral de Paula, 167 Bairro Medicina Pouso

Leia mais

ESTATUTO DA EMPRESA FAI JÚNIOR

ESTATUTO DA EMPRESA FAI JÚNIOR ESTATUTO DA EMPRESA FAI JÚNIOR Capitulo I - Denominação, Sede, Finalidade e Duração Artigo 1 - A associação civil tem com a denominação social: FAI JÚNIOR, e como o titulo do estabelecimento a expressão

Leia mais

EDITAL: PROCESSO 0SELETIVO 2013/2

EDITAL: PROCESSO 0SELETIVO 2013/2 EDITAL: PROCESSO 0SELETIVO 2013/2 A Empresa Júnior do Curso de Administração da Universidade do Estado do Amazonas, Efetiva UEA Empresa Júnior, através da Diretoria de Gestão de Pessoas e Responsabilidade

Leia mais

EDITAL PROCESSO TRAINEE 2015

EDITAL PROCESSO TRAINEE 2015 EDITAL PROCESSO TRAINEE 2015 2015 A comissão organizadora do Processo Trainee 2015 da Optimus Engenharia Jr. no uso de suas atribuições, conforme o Estatuto da Empresa. RESOLVE Art. 1º - Retificar o Edital

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE AGRONOMIA PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO EM CIÊNCIAS AGRONÔMICAS

FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE AGRONOMIA PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO EM CIÊNCIAS AGRONÔMICAS Campus I Campus II Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Tel: 18 3229 2077 / 2078 / 2079 E-mail: posgrad@unoeste.br www.unoeste.br Rua José Bongiovani, 700 Cidade Universitária CEP 19050 920 Presidente

Leia mais

Regulamento Interno. de Estágios

Regulamento Interno. de Estágios Regulamento Interno de Estágios Índice Apresentação... 3 Capítulo 1 Caracterização e objetivo do estágio... 3 Capítulo 2 - Oferta de vagas de estágio... 4 Capítulo 3 - Duração do estágio... 5 Capítulo

Leia mais

DIRETORIA EDUCACIONAL COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO. EDITAL Nº 06 de 12 de maio de 2015

DIRETORIA EDUCACIONAL COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO. EDITAL Nº 06 de 12 de maio de 2015 DIRETORIA EDUCACIONAL COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL Nº 06 de 12 de maio de 2015 PROCESSO SELETIVO INTERNO SIMPLIFICADO PARA SELEÇÃO DE BOLSISTAS DE EXTENSÃO DO INSTITUTO FEDERAL FLUMINENSE

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PROGRAMA INGLÊS SEM FRONTEIRAS NÚCLEO DE LÍNGUAS - NucLi EDITAL Nº 03, DE 13 DE OUTUBRO DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PROGRAMA INGLÊS SEM FRONTEIRAS NÚCLEO DE LÍNGUAS - NucLi EDITAL Nº 03, DE 13 DE OUTUBRO DE 2014 EDITAL Nº 03, DE 13 DE OUTUBRO DE 2014 Edital nº 03, de 13 de outubro de 2014, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado para a função de PROFESSOR BOLSISTA

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO VOLUNTÁRIO NO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE METROPOLITANA DA GRANDE FORTALEZA (FAMETRO)

EDITAL DE SELEÇÃO PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO VOLUNTÁRIO NO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE METROPOLITANA DA GRANDE FORTALEZA (FAMETRO) EDITAL DE SELEÇÃO PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO VOLUNTÁRIO NO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE METROPOLITANA DA GRANDE FORTALEZA (FAMETRO) A Coordenação do curso de Direito e a Coordenação do Núcleo

Leia mais

SELEÇÃO DE BOLSISTA PARA O PROGRAMA DE BOLSAS IBERO- AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO SANTANDER UNIVERSIDADES

SELEÇÃO DE BOLSISTA PARA O PROGRAMA DE BOLSAS IBERO- AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO SANTANDER UNIVERSIDADES SELEÇÃO DE BOLSISTA PARA O PROGRAMA DE BOLSAS IBERO- AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO SANTANDER UNIVERSIDADES A Universidade do Estado do Rio Grande do Sul, por meio da Pró- Reitoria de Ensino,

Leia mais

2. ÁREAS DE MONITORIA 2.1. Cada área de monitoria é composta por disciplinas inter-relacionadas conforme o quadro:

2. ÁREAS DE MONITORIA 2.1. Cada área de monitoria é composta por disciplinas inter-relacionadas conforme o quadro: Vagas Disciplinas EDITAL DE CHAMADA 03/205 SELEÇÃO DE BOLSISTA PARA MONITORIA CURSOS DE GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS, GESTÃO COMERCIAL, MARKETING E ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO E CADASTRO DE RESERVA

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO E CADASTRO DE RESERVA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO E CADASTRO DE RESERVA O Diretor da do Futuro, no uso de suas atribuições legais e regimentais, em conformidade com a Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 005/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 005/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 005/2014 A Cáritas Brasileira Regional Ceará, organismo da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB, por intermédio de sua Comissão Permanente de Licitação, faz

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. Fica alterado o Regulamento de Estágio Supervisionado do Curso de Psicologia, do. São Paulo, 26 de abril de 2012.

R E S O L U Ç Ã O. Fica alterado o Regulamento de Estágio Supervisionado do Curso de Psicologia, do. São Paulo, 26 de abril de 2012. RESOLUÇÃO CONSEACC/SP 04/2012 ALTERA O REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE PSICOLOGIA, DO CAMPUS SÃO PAULO DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF. A Presidente do Conselho Acadêmico de Campus

Leia mais

12º PRÊMIO SER HUMANO ABRH-ES EDIÇÃO 2015

12º PRÊMIO SER HUMANO ABRH-ES EDIÇÃO 2015 12º PRÊMIO SER HUMANO ABRH-ES EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO A ABRH-ES (Associação Brasileira de Recursos Humanos Seccional Espírito Santo) é integrante do Sistema Nacional ABRH e configura-se como instituição

Leia mais

EDITAL 61/2011 PROGRAD/PIBID

EDITAL 61/2011 PROGRAD/PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID EDITAL 61/2011 PROGRAD/PIBID ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA A SELEÇÃO DE ALUNOS DA LICENCIATURA DE LETRAS/ LÍNGUA ESTRANGEIRA: ESPANHOL (CAMPUS

Leia mais

Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (PRPPG) Faculdade de Ciências Agrárias de Presidente Prudente

Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (PRPPG) Faculdade de Ciências Agrárias de Presidente Prudente Universidade do Oeste Paulista - UNOESTE Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação (PRPPG) Faculdade de Ciências Agrárias de Presidente Prudente Regulamento do Programa de Capacitação Técnica em Ciências

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL 01/2014

PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL 01/2014 PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DOS CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EDITAL 01/2014 A Coordenação dos Cursos Superiores de Tecnologia da Informação da Faculdade JK, no uso de suas atribuições

Leia mais

ESTATUTO DA EMPRESA JÚNIOR DA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE PRAIA GRANDE

ESTATUTO DA EMPRESA JÚNIOR DA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE PRAIA GRANDE ESTATUTO DA EMPRESA JÚNIOR DA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE PRAIA GRANDE FATEC JÚNIOR PRAIA GRANDE CAPÍTULO I DENOMINAÇÃO, SEDE, FINALIDADE E DURAÇÃO. Artigo 1º - A Empresa Júnior dos alunos da Faculdade

Leia mais

Regimento Geral dos Núcleos Docentes Estruturantes da Faculdade de Jussara

Regimento Geral dos Núcleos Docentes Estruturantes da Faculdade de Jussara Mantenedora Centro de Ciências de Jussara Mantida Faculdade de Jussara - FAJ Regimento Geral dos Núcleos Docentes Estruturantes da Faculdade de Jussara Jussara 2009 Regimento geral dos Núcleos Docentes

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA ENGENHARIA CIVIL, ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, ENGENHARIA MECÂNICA E ARQUITETURA E URBANISMO

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA ENGENHARIA CIVIL, ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, ENGENHARIA MECÂNICA E ARQUITETURA E URBANISMO UNIDADE CENTRAL DE EDUCAÇÃO FAEM FACULDADE LTDA FACULDADE EMPRESARIAL DE CHAPECÓ UCEFF FACULDADES Credenciada pela portaria nº 3.376, de 17 dezembro de 2003. CURSOS DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, ENGENHARIA

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA BOLSA DE EXTENSÃO N.º 18/2015

EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA BOLSA DE EXTENSÃO N.º 18/2015 EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA BOLSA DE EXTENSÃO N.º 18/25 A Faculdade da Serra Gaúcha FSG, no uso de suas atribuições e de acordo com a Resolução Institucional n.º /25 realizará o Concurso

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE PROPAGANDA E MARKETING DE SÃO PAULO MESTRADO EM GESTÃO INTERNACIONAL SELEÇÃO 2011 EDITAL

ESCOLA SUPERIOR DE PROPAGANDA E MARKETING DE SÃO PAULO MESTRADO EM GESTÃO INTERNACIONAL SELEÇÃO 2011 EDITAL ESCOLA SUPERIOR DE PROPAGANDA E MARKETING DE SÃO PAULO MESTRADO EM GESTÃO INTERNACIONAL SELEÇÃO 2011 EDITAL A ESPM torna público, para conhecimento dos interessados, que estará aberto o processo de seleção

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº 130 SELEÇÃO DE BOLSISTA DE SUPERVISÃO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA- PIBID/2009

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA INCUBADORA TECNOLÓGICA DE CAMPINA GRANDE ITCG/FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLOGICO DA PARAÍBA 01/2014

SELEÇÃO PÚBLICA INCUBADORA TECNOLÓGICA DE CAMPINA GRANDE ITCG/FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLOGICO DA PARAÍBA 01/2014 SELEÇÃO PÚBLICA INCUBADORA TECNOLÓGICA DE CAMPINA GRANDE ITCG/FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLOGICO DA PARAÍBA 01/2014 PROGRAMA DE INCUBAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS 1. APRESENTAÇÃO A Fundação Parque Tecnológico da

Leia mais

EDITAL nº 09/15 PROGRAMA DE BOLSAS DE SUSTENTABILIDADE/RESPONSABILIDADE SOCIAL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO DO CEARÁ 2015.

EDITAL nº 09/15 PROGRAMA DE BOLSAS DE SUSTENTABILIDADE/RESPONSABILIDADE SOCIAL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO DO CEARÁ 2015. EDITAL nº 09/15 PROGRAMA DE BOLSAS DE SUSTENTABILIDADE/RESPONSABILIDADE SOCIAL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO DO CEARÁ 2015. A REITORA do Centro Universitário Estácio do Ceará, no uso de suas atribuições

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA DA SEMANA ACADÊMICA 2012

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA DA SEMANA ACADÊMICA 2012 FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA Avenida Porto Velho N.º 401 - Bairro João XXIII - Tel: (0xx85) 3299.9900 - Cep 61.525-571 - Fortaleza - Ceará Home-page: www.fgf.edu.br - E-mail: semanaacademica@fgf.edu.br

Leia mais