PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO ANUAL DE ATIVIDADES"

Transcrição

1 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015/2016 1

2 1. Introdução O Plano Anual de Atividades é um documento de planeamento, que define, em função do projeto educativo, os objetivos, as formas de e de programação das atividades e que procede à identificação dos recursos envolvidos. Este é de grande relevância para toda a Educativa, pois constitui um instrumento do exercício de autonomia e nele se reflete a realidade da escola no seu dia-a-dia, bem como do contexto envolvente. À semelhança dos anos anteriores, esta proposta assenta na conceção de que o PAA deve constituir-se como um instrumento de trabalho, um plano de ação estratégico, um documento orientador das diversas iniciativas na escola e possa acolher outros projetos e atividades que se enquadrem nos objetivos estratégicos do Projeto Educativo. Enquanto instrumento de gestão e documento diferenciado, o Plano Anual de Atividades obedece a uma lógica de integração e articulação, tendo em vista a coerência, eficácia e qualidade do serviço educativo. Para uma melhor execução deste Projeto tentaremos estabelecer parcerias com a Câmara Municipal de Machico, com a Junta de Freguesia do Caniçal, com a Casa do Povo do Caniçal e com empresas sediadas, ou não, na localidade. É desejável que este documento seja cada vez mais o resultado de reflexão e debate de ideias entre todos os seus atores. Este foi elaborado pela equipa responsável pelo PAA que, depois de ter recolhido propostas e pareceres dos diversos membros e estruturas da comunidade educativa, foi aprovado pelo Conselho Escolar. O PAA, sendo um documento aberto e dinâmico, pode ser alterado sempre que se justifique Enquadramento legal O Plano Anual de Atividades é o documento elaborado e aprovado pelos órgãos de administração e gestão da escola que define, em função do projeto educativo, os objetivos, as formas de e de programação das atividades e que procede à 2

3 identificação dos recursos envolvidos. (in Decreto Legislativo Regional n.º 21/2006/M, de 21 de junho, artigo 3.º) Trata-se de um documento de planeamento, que define, em função do projeto educativo, os objetivos, as formas de e programação das atividades e que procede à identificação dos recursos necessários à sua execução (artigo 9º, do Decreto- Lei nº 137/2012, de 2 de julho). De acordo com o aditamento dado pelo Dec. Lei n.º 137/2012, artº 9º-A de 2 de julho, no Plano Anual concretizam-se os princípios, valores e metas enunciados no Projeto Educativo elencando as atividades e as prioridades a concretizar no respeito pelo regulamento interno Objetivos Cumprimento dos princípios apresentados e objetivos prioritários estabelecidos no Projeto Educativo. 3

4 (metas) PEE 1 Estimular o gosto pela leitura de 2015/2016, 80% dos alunos de cada turma apresentarão 1 livro na sala de aula. Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos -Criação de um dia alusivo às histórias -Apresentação, exploração e interpretação de livros do PNL/PRL explanando diferentes tipologias -Desenvolver a cultura literária Ao longo do ano Discentes Material audiovisual Fichas de leitura Grelhas de registo Folhas de papel Lápis de carvão Lápis de cor Borracha Afia *Ana Alves *Cecília * Dina *Rubina Fernandes *Tânia Berenguer *Cristina Magalhães *Fátima Peixe *Florbela Ferreira 2015/2016, promover um concurso literário. -Concurso de escrita -Promover hábitos de leitura Ao longo do ano Discentes Papel A4 Esferográfica Computador *Regina * Mariana Caires 4

5 (metas) PEE 1 Estimular o gosto pela leitura 2015/2016, 25% dos alunos de cada turma deverão requisitar um livro disponível na escola. Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos -Aquisição de novas obras literárias para a biblioteca escolar -Criação de uma minibiblioteca na sala de aula - Requisição de livros -Apresentação, exploração e interpretação das histórias dos livros -Desenvolver a cultura literária -Promover hábitos de leitura Ao longo do ano Discentes Grelhas de registo *Cecília * Dina *Regina * Elisabete Nóbrega *Maria José Caeiro *Vítor Santos *Dora *Alice Santos *Rafaela *Helena Aveiro 5

6 (metas) Estimular o gosto 2015/2016, 50% dos pela alunos deverão leitura adquirir trimestralmente 2 novos vocábulos PEE 1 Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos -Reconhecer Ao longo do Discentes Computador o significado ano Folhas de novas Dicionários palavras -Apropriar-se de novos vocábulos -Construção de dicionários/ ilustrados/cartazes aplicando os novos vocábulos adquiridos -Consulta de dicionários -Preenchimento de textos lacunares -Exploração de canções, lengalengas e histórias identificando os novos vocábulos e respetivos sinónimos - Diálogo com os pais estimulando a sua participação na pesquisa de novos vocábulos *Ana Alves *Cecília *Dina *Sandra Alves *Joana *Lino *Carla Araújo *Rubina Fernandes *Elda Sousa * Tânia Alves *Lisandra Calaça *Tânia Berenguer *Natércia Magalhães *Hugo Magalhães * Carla Dias *João Carlos Cabral *Celma Freitas *Cristina Magalhães * Fátima Peixe *Alia *Florbela Ferreira *Marco Silva *Alice Santos *Rafaela *Helena Aveiro *Vitor Santos *Maria José Caeiro *Dora Sousa *Nelson *Mariana Caires *Sérgio Guimarães 6

7 (metas) Produzir 2015/2016, 30% dos textos em alunos deverão termos produzir dois textos pessoais e descritivos criativos alcançando as menções Bom e Muito Bom PEE 2 Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos - Usar Ao longo do Discentes Imagens vocabulário ano adequado e Papel específico Lápis de -Utilizar carvão mecanismos Borracha de coesão e Lápis de cor de coerência Esferográfica adequados -Caraterização do texto descritivo -Construção, exploração e interpretação de histórias partindo de imagens - Descrição de elementos do quotidiano -Publicação de texto descritivos no jornal escolar *Regina *Lino *Natércia Magalhães *Hugo Magalhães *Fátima Peixe *Florbela Ferreira *Alice Santos *Rafaela Calaça *Helena Aveiro *Vitor Santos *Maria José Caeiro *Dora Sousa 7

8 (metas) Produzir textos 2015/2016, 30% dos em termos alunos deverão pessoais e escrever dois textos criativos livres com ilustração alcançando as menções Bom e Muito Bom PEE 2 Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos - Usar Ao longo do Discentes Imagens vocabulário ano adequado e Papel específico Lápis de -Utilizar carvão mecanismos de Borracha coesão e de Lápis de cor coerência Esferográfica adequados -Registar ideias relacionadas com um tema, organizando-as e hierarquizandoas -Revelar a compreensão do texto através de um desenho -Fomentar a criatividade - Leitura de textos de diferentes tipologias - Caraterização das diferentes tipologias textuais - Construção de textos com a orientação do docente - Construção autónoma de textos - Melhoramento das produções textuais - Eleição dos trabalhos mais criativos no jornalinho escolar - Reconto de narrativas - Criação de um quadro de mérito para exposição das melhores produções *Ana Alves *Sandra Alves *Joana *Carla Araújo *Elda Sousa *Rubina Fernandes *Tânia Alves *Lisandra Calaça *Tânia Berenguer *Carla Dias *João Carlos Cabral *Celma Freitas *Cristina Magalhães *Alia * Cecília * Dina *Elisabete Nóbrega *Marco Silva *Nelson *Mariana Caires *Sérgio Guimarães 8

9 (metas) PEE 3 Criar um ambiente 2015/2016, 50% dos aprazível alunos deverão pôr na escola em prática 5 regras de comportamento alcançando as menções Bom e Muito Bom - Diálogo acerca da importância das regras de comportamento - Definição de regras de comportamento - Definição das consequências pelo incumprimento das regras - Registo diário do comportamento - Construção de um cartaz alusivo às regras estabelecidas - Atribuição de prémios aos alunos mais cumpridores - Autoavaliação Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos - Tomar consciência Ao longo do Discentes Grelha de da importância do ano comportamento saber estar e agir em Imagens sociedade Papel - Facilitar o processo Lápis de carvão de ensino e Borracha aprendizagem Lápis de cor Esferográfica *Lino *Joana *Carla Araújo *Regina * Tânia Alves *Elisabete *Rubina Fernandes *Helena Aveiro *Alice Santos *Vitor Santos *Maria José Caeiro * Natércia * Hugo * Celma Freitas * Fátima Peixe * Cecília * Dina * Florbela * Tânia Berenguer *Ana Alves *Lisandra Calaça *Sandra Alves *Carlos *Cristina Magalhães *Alia *Dora *Rafaela *Carla Dias *Elda *Marco Silva *Nelson *Mariana Caires *Sérgio Guimarães 9

10 (metas) Criar um de ambiente 2015/2016, deverão aprazível ser organizadas duas na escola ações de sensibilização para a comunidade escolar sobre Educação Literária. Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos - Promoção de - Envolver a Data a definir Material *Cecília ações de família em escolar audiovisual *Dina sensibilização projetos na área Papel *Mariana Caires - Convite de da leitura preletores 2015/2016, decorar três vezes (uma por período) a sala de aula ou espaços comuns com trabalhos feitos pelos alunos, alusivos à época - Visualização de vídeos alusivos à política dos 4R s - Diálogo acerca da importância da preservação da natureza - Recolha de materiais -Elaboração de adereços alusivos aos temas abordados - Exposição dos trabalhos elaborados Decorar a sala e corredores de acordo com os temas que vão sendo trabalhados na sala ao longo do ano (desenhos, mobiles, pinturas). Ao longo do ano Discentes - -Material audiovisual *Carla Araújo *Tânia Alves *Elisabete Nóbrega *Helena Aveiro *Alice Santos *Rafaela Calaça *Vitor Santos *Maria José Caeiro *Dora Sousa 10

11 (metas) PEE 3 Criar um ambiente 2015/2016, 50% dos aprazível alunos deverão fazer na escola uso de 3 expressões de cordialidade alcançando as menções Bom e Muito Bom Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos - Tomar Ao longo do Papel consciência da ano escolar Lápis importância do Borracha saber estar e Afia agir em Grelhas de sociedade registo - Promover a adoção de expressões reveladoras de educação - Definição conjunta das regras de cordialidade a adotar -Ilustração e exposição das mesmas -Autoavaliação -Elaboração de um quadro de mérito *Lino *Joana *Carla Araújo *Regina * Tânia Alves *Elisabete *Helena Aveiro *Alice Santos *Vitor Santos *Maria José Caeiro * Natércia * Hugo * Celma Freitas * Fátima Peixe * Cecília * Dina * Florbela * Tânia Berenguer *Rubina Fernandes *Ana Alves *Lisandra Calaça *Sandra Alves *Carlos *Cristina Magalhães *Alia *Dora *Rafaela *Carla Dias *Elda *Florbela Ferreira *Marco Silva *Nelson *Mariana Caires *Sérgio Guimarães 11

12 (metas) PEE 4 Envolver a comunida 2015/2016, de escolar colaborar na nas construção, aprendiza execução e avaliação gens e dos documentos vivências orientadores da dos escola alunos Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos Proporcionar Ao longo do Computador formas de ano Educativa Papel planeamento e escolar envolvendo a comunidade educativa -Elaboração, execução e avaliação do Projeto Educativo de Escola -Elaboração e atualização do Regulamento Interno -Elaboração, concretização e avaliação do Plano Anual de Atividades *Lino *Joana *Carla Araújo *Regina * Tânia Alves *Elisabete *Rubina Fernandes *Helena Aveiro *Alice Santos *Vitor Santos *Maria José Caeiro * Natércia * Hugo * Celma Freitas * Fátima Peixe * Cecília * Dina * Florbela * Tânia Berenguer *Ana Alves *Lisandra Calaça *Sandra Alves *Carlos *Cristina Magalhães *Alia *Dora *Rafaela * Elda Sousa *Carla Dias *Marco Silva *Nelson *Mariana Caires *Sérgio Guimarães 12

13 (metas) PEE 4 Envolver a comunida 2015/2016, de escolar colaborar na nas dinamização de 80% aprendiza dos projetos do gens e Plano Anual de vivências Atividades dos alunos Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos -Dar a conhecer 2 setembro(pré) Material aos Educativa audiovisual encarregados 15 setembro de educação o reutilizávei funcionamento s e os projetos da escola; manipuláve -Promover a is inserção dos Desdobráv alunos na el com o comunidade resumo do educativa; R.I. - Apresentação Outros de todo o corpo 3 setembro(pré) docente e não docente aos pais. Reunião geral com os Encarregados de Educação Receção aos alunos -Apresentação de todo o corpo docente e não docente aos alunos. 21 setembro *Lino *Joana *Carla Araújo *Regina * Tânia Alves *Elisabete *Rubina Fernandes *Helena Aveiro *Alice Santos *Vitor Santos *Maria José Caeiro * Natércia * Hugo * Celma Freitas * Fátima Peixe * Cecília * Dina * Florbela Ferreira * Tânia Berenguer *Ana Alves *Lisandra Calaça *Sandra Alves *Carlos *Cristina Magalhães *Alia *Dora *Rafaela *Carla Dias *Elda *Marco Silva *Nelson *Mariana Caires *Sérgio Guimarães 13

14 (metas) PEE 4 Envolver a comunida de escolar nas aprendiza gens e vivências dos alunos 2015/2016, colaborar na dinamização de 80% dos projetos do Plano Anual de Atividades Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos Semana da pessoa com deficiência Natal - Promover a semana regional da pessoa com necessidades especiais; - Sensibilizar a comunidade educativa para as problemáticas. - Promover o espírito natalício; - Conhecer tradições do Natal de e fora da região. dezembro 17 dezembro Educativa educativa Material audiovisual Tintas Tecidos manipuláveis Desdobrável com o resumo do R.I. Outros Idem (pág. 13) Dia de Reis - Conhecer as tradições e vivências caraterísticas da festa dos Reis. 6 janeiro educativa Carnaval -Promover as tradições carnavalescas locais; - Proporcionar momentos de alegria às crianças. 5 fevereiro educativa 14

15 (metas) PEE 4 Envolver a comunida de escolar nas aprendiza gens e vivências dos alunos 2015/2016, colaborar na dinamização de 80% dos projetos do Plano Anual de Atividades Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos Dia do Pai/ Dia da Árvore/ Primavera Páscoa - Promover o convívio entre pais e filhos sensibilizando para a importância da família; - Sensibilizar para a importância das árvores e florestas nos seus diversos aspetos; - Envolver os pais/encarregados de educação na plantação de árvores/plantas: - Conhecer aspetos relacionados com a nova estação do ano. 18 março Educativa Material audiovisual Tintas Tecidos manipuláveis Desdobrável com o resumo do R.I. Outros Idem (pág. 13) - Viver a tradição pascal; - Conhecer o significado religioso da Páscoa; - Estimular o sentimento de partilha. 18 março educativa 15

16 (metas) PEE 4 Envolver a comunida de escolar nas aprendiza gens e vivências dos alunos 2015/2016, colaborar na dinamização de 80% dos projetos do Plano Anual de Atividades Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos Semana da Cultura Dia da Mãe -Motivar para a leitura; - Promover um maior contacto entre escritor/ leitor. - Promover o convívio entre mães e filhos sensibilizando para a importância da afetividade entre os mesmos; - Estreitar a relação entre mãe e filho. abril maio Educativa educativa Material audiovisual Tintas Tecidos manipuláveis Desdobrável com o resumo do R.I. Outros Idem (pág. 13) Festa do Desporto Escolar -Proporcionar aos alunos atividades diferentes; -Troca de experiências com outras escolas. maio 16

17 (metas) PEE 4 Envolver a comunida de escolar nas aprendiza gens e vivências dos alunos 2015/2016, colaborar na dinamização de 80% dos projetos do Plano Anual de Atividades Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos Atividade Concelhia do Desporto Dia da Criança Mercado Quinhentista - Interação entre os alunos do concelho. - Promover o convívio com outras escolas; -Relembrar os direitos das crianças. - Promover o convívio com a comunidade; - Angariar fundos; - Integrar e valorizar elementos do património histórico português; - Recriar vivências coletivas dos primórdios da ilha. maio junho junho educativa Material audiovisual Tintas Tecidos manipuláveis Desdobrável com o resumo do R.I. Outros Idem (pág. 13) Semana Regional das Artes - Promover o convívio com outras escolas; - Incentivar nos alunos o gosto pelas artes. junho educativa 17

18 (metas) PEE 4 Envolver a comunida de escolar nas aprendiza gens e vivências dos alunos 2015/2016, colaborar na dinamização de 80% dos projetos do Plano Anual de Atividades Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos Rodoviária Exercícios de evacuação - Sensibilizar para as regras e as normas da via pública; - Promover o respeito mútuo. - Sensibilizar e alertar a comunidade educativa para a melhor forma de evacuação do edifício da Escola durante uma situação de perigo. Educativa Educativa Material audiovisual Tintas Tecidos manipuláveis Desdobrável com o resumo do R.I. Outros Idem (pág. 13) Eco Escolas - Promover a utilização de materiais de desperdício; - Sensibilizar para a política dos 4R s 18

19 (metas) PEE 4 Envolver a comunida de escolar nas aprendiza gens e vivências dos alunos 2015/2016, colaborar na dinamização de 80% dos projetos do Plano Anual de Atividades Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos Escola Alerta Baú de Leitura -Sensibilizar e mobilizar os alunos para a igualdade de oportunidades e para os direitos humanos; - Contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência ou incapacidade. - Promover hábitos de leitura e escrita; - Desenvolver a cultura literária. Material audiovisual Tintas Tecidos manipuláveis Desdobrável com o resumo do R.I. Outros Idem (pág. 13) Ler com Amor - Motivar para a leitura; - Aperfeiçoar as competências de interpretação e compreensão de textos literários; - Valorizar os diferentes tipos de leitura. 19

20 (metas) PEE 4 Envolver a comunida de escolar nas aprendiza gens e vivências dos alunos 2015/2016, colaborar na dinamização de 80% dos projetos do Plano Anual de Atividades Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos Baú de Leitura Ler com Amor - Promover hábitos de leitura e escrita; - Desenvolver a cultura literária. - Motivar para a leitura; - Aperfeiçoar as competências de interpretação e compreensão de textos literários; - Valorizar os diferentes tipos de leitura. Material audiovisual Tintas Tecidos manipuláveis Desdobrável com o resumo do R.I. Outros Idem (pág. 13) Educamedia - Promover a inclusão social e o exercício da cidadania; - Melhorar a qualidade do ensino nas escolas; - Introduzir novos métodos pedagógicos na sala de aula; - Promover novas técnicas de ensino e formas alternativas de aprendizagem ativa. 20

21 (metas) PEE 4 Envolver a comunida de escolar nas aprendiza gens e vivências dos alunos 2015/2016, colaborar na dinamização de 80% dos projetos do Plano Anual de Atividades Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos Educação Ambiental Programa de promoção e sensibilizaçã o ambiental - Informar, sensibilizar e divulgar o património natural do arquipélago. - Promover, sensibilizar e educar a comunidade escolar para a proteção a preservação, conservação e valorização do ecossistema florestal do arquipélago da Madeira. Material audiovisual Tintas Tecidos manipuláveis Desdobrável com o resumo do R.I. Outros Idem (pág. 13) 21

22 (metas) PEE 4 Envolver a comunida de escolar nas aprendiza gens e vivências dos alunos 2015/2016, colaborar na dinamização de 80% dos projetos do Plano Anual de Atividades Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos Jornalinho Escolar Algazarra Visitas de estudo - Divulgar as atividades realizadas na escola à Escolar; - Motivar os alunos para a participação em diferentes atividades; - Incentivar o trabalho de grupo. -Tomar conhecimento do património local e/ou nacional; -Aprofundar e consolidar conhecimentos históricos e didáticos; -Conhecer personalidades do meio envolvente; -Promover relações entre a comunidade e a escola. Educativa Material audiovisual Tintas Tecidos manipuláveis Desdobrável com o resumo do R.I. Outros Idem (pág. 13) 22

23 (metas) PEE 4 Envolver a comunida de escolar nas aprendiza gens e vivências dos alunos 2015/2016, colaborar na dinamização de 80% dos projetos do Plano Anual de Atividades Atividade Finalidade Calendarização Destinatário Humanos Passeio Escolar Festa de encerramento do ano -Proporcionar o convívio entre a comunidade Escolar. - Proporcionar atividades lúdicas e recreativas no encerramento do ano ; - Promover o convívio entre toda a comunidade educativa. - Divulgar atividades desenvolvidas no decurso do ano junho 24 de junho Educativa Educativa Material audiovisual Tintas Tecidos manipuláveis Desdobrável com o resumo do R.I. Outros Idem (pág. 13) Festa de finalistas -Promover a tradição académica e o convívio junho Educativa Nota: A Diretora estará presente em todos os projetos, ajudando na dinamização e operacionalização dos mesmos. 23

24 24

Escola Básica do 1.º Ciclo com Pré-escolar de São Paulo PLANO ANUAL DE ESCOLA

Escola Básica do 1.º Ciclo com Pré-escolar de São Paulo PLANO ANUAL DE ESCOLA Escola Básica do 1.º Ciclo com Pré-escolar de São Paulo PLANO ANUAL DE ESCOLA Ano letivo: 2015/2016 INTRODUÇÃO Enquadramento legal Avaliação Aprovação EVENTOS 1.ºperíodo 2.ºperíodo 3.ºperíodo REUNIÕES

Leia mais

Resposta Social de Creche

Resposta Social de Creche Plano Anual de Avenida da Quinta da Prata, Edifício 2, 7150-154 Borba Telefone: 268 891 607 Telemóvel: 967 178 675 Fax: 268 891 608 Correio eletrónico: geral@scmborba.pt Facebook: www.facebook.com/scmborba

Leia mais

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO - PROJETO DO CONTRATO DE AUTONOMIA

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO - PROJETO DO CONTRATO DE AUTONOMIA PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO - PROJETO DO CONTRATO DE AUTONOMIA ANEXO II DOMÍNIO: GESTÃO E DESENVOLVIMENTO CURRICULAR Estudex PROJETOS ATIVIDADES ESTRATÉGIAS PARCERIAS CALENDARIZAÇÃO Sala de estudo para o

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES 2013/2014

PLANO DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES 2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES 2013/2014 Pág.1 INTRODUÇÃO O Plano Anual de Atividades das s Escolares do Agrupamento de Escolas n.º 1 de Grândola atende à especificidade das bibliotecas

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013/2014 ÍNDICE I INTRODUÇÃO... 1 II CALENDÁRIO ESCOLAR... 2 III ÁREAS DE INTERVENÇÃO... 3 1 PLANEAMENTO E ORGANIZAÇÃO ESCOLAR... 3 1.1- PREPARAÇÃO DO ANO ESCOLAR... 3 1.2 ABERTURA

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE REDONDO PROJETO EDUCATIVO. Indicações para Operacionalização 2012-2015

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE REDONDO PROJETO EDUCATIVO. Indicações para Operacionalização 2012-2015 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE REDONDO PROJETO EDUCATIVO Indicações para Operacionalização 2012-2015 O Plano Anual de Atividades do Agrupamento é relevante para toda a Comunidade Educativa. Por ele se operacionalizam

Leia mais

1º Período Calendarização Atividades Objetivos Gerais Recursos

1º Período Calendarização Atividades Objetivos Gerais Recursos Planificação Anual de Atividades Página 1 de 12 Ano letivo 2014/2015 Descobrir Setúbal 1º Período 01 de setembro Abertura do Externato Cooperar com os outros em tarefas e Pessoal e não 10 de setembro 10H

Leia mais

OBJETIVOS DO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013-2014. Promover a participação dos Encarregados de Educação no processo de ensino e aprendizagem dos alunos

OBJETIVOS DO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013-2014. Promover a participação dos Encarregados de Educação no processo de ensino e aprendizagem dos alunos OBJETIVOS DO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013-2014 Promover o sucesso académico Reforçar a organização, coordenação e articulação curricular Promover a participação dos Encarregados de Educação no processo

Leia mais

ÍNDICE: 1. Introdução. 1. - Caracterização do meio 2. - Caracterização do espaço ATL... 2. - Caracterização do grupo. 3

ÍNDICE: 1. Introdução. 1. - Caracterização do meio 2. - Caracterização do espaço ATL... 2. - Caracterização do grupo. 3 ÍNDICE: 1. Introdução. 1 2. CONTEXTUALIZAÇÃO - Caracterização do meio 2 - Caracterização do espaço ATL... 2 3. Grupo - Caracterização do grupo. 3 - Caracterização da equipa/horário. 3 4. OBJETIVOS: - Objetivos

Leia mais

DGEstE Direção de Serviços da Região Centro

DGEstE Direção de Serviços da Região Centro DGEstE Direção de Serviços da Região Centro Bibliotecas Escolares - Plano Anual de Atividades (PAA) Ano letivo 2014/2015 Este PAA encontra-se estruturado em 4 domínios (seguindo as orientações da RBE)

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE PAIS DE EIXO. çzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopa

ASSOCIAÇÃO DE PAIS DE EIXO. çzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopa qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçz xcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbn mqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjkl

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO 2015/2016 CATL

PROJETO PEDAGÓGICO 2015/2016 CATL PROJETO PEDAGÓGICO 2015/2016 CATL A vida é a arte de pintar e sentir a nossa própria história. Somos riscos, rabiscos, traços, curvas e cores que fazem da nossa vida uma verdadeira obra de arte! Autor

Leia mais

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES Agrupamento de Escolas Elias Garcia 2013/2016 1 PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES 2013/2016 O Plano Plurianual de Atividades (PPA) constitui um dos documentos de autonomia,

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 21 de julho de 2014. Série. Número 132

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 21 de julho de 2014. Série. Número 132 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 21 de julho de 2014 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E RECURSOS HUMANOS Despacho n.º 196/2014 Aprova o Calendário Escolar dos estabelecimentos

Leia mais

Projeto de Intervenção

Projeto de Intervenção Agrupamento de Escolas Carlos Amarante, Braga Projeto de Intervenção 2014/2018 Hortense Lopes dos Santos candidatura a diretora do Agrupamento de Escolas Carlos Amarante, Braga Braga, 17 abril de 2014

Leia mais

Escola Secundária da Ramada. Plano Plurianual de Atividades. Pro Qualitate (Pela Qualidade)

Escola Secundária da Ramada. Plano Plurianual de Atividades. Pro Qualitate (Pela Qualidade) Escola Secundária da Ramada Plano Plurianual de Atividades Pro Qualitate (Pela Qualidade) 2014 A Escola está ao serviço de um Projeto de aprendizagem (Nóvoa, 2006). ii ÍNDICE GERAL Pág. Introdução 1 Dimensões

Leia mais

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO 2015/2016 PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO 2015-2016 POR UM AGRUPAMENTO DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA JI Fojo EB 1/JI Major David Neto EB 2,3 Prof. José Buísel E.S. Manuel Teixeira Gomes

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N 1 DE MARCO DE CANAVESES (150745) Plano de Ação de Melhoria

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N 1 DE MARCO DE CANAVESES (150745) Plano de Ação de Melhoria AGRUPAMENTO DE ESCOLAS N 1 DE MARCO DE CANAVESES (150745) Plano de Ação de Melhoria 2015l2017 ÍNDICE ÍNDICE: INTRODUÇÃO... 3 ÁREAS DE AÇÃO DE MELHORIA.... 4 PLANOS DE AÇÃO DE MELHORIA.. 5 CONCLUSÃO...

Leia mais

FREIXO MARCO DE CANAVESES

FREIXO MARCO DE CANAVESES PROJETO EDUCATIVO FREIXO MARCO DE CANAVESES TRIÉNIO 2012-2015 Conteúdo 1. Caracterização da Escola Profissional de Arqueologia... 2 1.1. Origem e meio envolvente... 2 1.2. População escolar... 2 1.3. Oferta

Leia mais

PLANO DE MELHORIA DA BIBLIOTECA da FAV PARA 2015/2016

PLANO DE MELHORIA DA BIBLIOTECA da FAV PARA 2015/2016 Agrupamento de Escolas de Santiago do Cacém Escola Básica Frei André da Veiga PLANO DE MELHORIA DA BIBLIOTECA da FAV PARA 2015/2016 A. Currículo, literacias e aprendizagem Problemas identificados Falta

Leia mais

2013/2014 [PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - BIBLIOTECA ESCOLAR]

2013/2014 [PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - BIBLIOTECA ESCOLAR] Projeto / Atividade Objetivos Intervenientes Recursos/ materiais Voluntários de Leitura Construir relações/parcerias com a BMP e com as redes locais (ADA/Centro Comunitário de Portel) BE - Vamos Partilh@r

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014 2015 GRUPO: 110 1.º Ciclo

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2014 2015 GRUPO: 110 1.º Ciclo ATIVIDADE Recepção aos alunos do 1ºano CALENDARIZAÇÃO Promover uma boa integração na escola, explicando e mostrando, ao pormenor, as instalações e a dinâmica da escola. 1º ano ATIVIDADE Receção aos alunos

Leia mais

Casa do Povo de Vilarandelo. Plano de Ação 2015-2018

Casa do Povo de Vilarandelo. Plano de Ação 2015-2018 Plano de Ação 2015-2018 Eixo de Intervenção 1 Emprego, Formação e Qualificação a) Estabelecimento da Parceria com o Instituto de Emprego e Formação Profissional, I.P., com o objetivo de facilitar os processos

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. MANUEL I, BEJA

ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. MANUEL I, BEJA ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO D. MANUEL I, BEJA Plano Estratégico de Melhoria 2011-2012 Uma escola de valores, que educa para os valores Sustentabilidade, uma educação de, e para o Futuro 1. Plano Estratégico

Leia mais

Planificação Anual. Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação. Registo e produções - Confiança

Planificação Anual. Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação. Registo e produções - Confiança Planificação Anual Professor: Gabriela Maria R. D. T. L. C. Silva Disciplina: Ano: préescolar Turma: I Ano letivo: 2014-2015 Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação Facilitar a adaptação

Leia mais

Projeto Educativo de Escola

Projeto Educativo de Escola Projeto Educativo de Escola Professor 2012-2016 Índice 1. Identificação 02 2. Introdução 03 3. Princípios... 04 4. Valores.. 06 5. Objetivos Metas Estratégias... 07 6. Avaliação 11 7. Bibliografia 12 8.

Leia mais

MEDIATECA PLANO DE ACTIVIDADES 2009/2010

MEDIATECA PLANO DE ACTIVIDADES 2009/2010 Mediateca Plano de Actividades 2009/2010 pág. 1/6 Introdução MEDIATECA PLANO DE ACTIVIDADES 2009/2010 A Mediateca estrutura-se como um sector essencial do desenvolvimento do currículo escolar e as suas

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Trofa. Plano de Melhoria e Desenvolvimento

Agrupamento de Escolas da Trofa. Plano de Melhoria e Desenvolvimento Agrupamento de Escolas da Trofa Plano de Melhoria e Desenvolvimento Biénio 2015/2017 INTRODUÇÃO A autoavaliação e a avaliação externa são procedimentos obrigatórios e enquadrados na Lei n.º 31/2002, de

Leia mais

Projeto Educativo de Escola

Projeto Educativo de Escola -- Escola Secundária da Ribeira Grande Projeto Educativo de Escola 2013-2016 Projeto apreciado em reunião de Conselho Pedagógico do dia 2 de maio de 2013 B Escola Secundária da Ribeira Grande - Projeto

Leia mais

Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PEDRO EANES LOBATO Critérios de Avaliação Educação Pré Escolar Departamento Educação Pré Escolar Ano letivo 2013/2014 A avaliação do processo permite reconhecer a pertinência e sentido

Leia mais

Plano Anual de Atividades do Colégio 2015/2016 1

Plano Anual de Atividades do Colégio 2015/2016 1 Plano Anual de Atividades do Colégio 2015/2016 1 1.. 2 3 2. 3. 4 5 6 PLANO DE ATIVIDADES SÓCIO PEDAGÓGICAS COLÉGIO BOMFIM 2015/2016 Datas Atividades Objetivos Responsável Recursos Envolvimento da comunidade

Leia mais

PROJECTO PEDAGÓGICO SABICHÕES - 2011/2012 INDICE

PROJECTO PEDAGÓGICO SABICHÕES - 2011/2012 INDICE PROJECTO PEDAGÓGICO SABICHÕES - 2011/2012 INDICE 1. Caracterização do grupo 2. Organização do Espaço e do Tempo 3. Tema e fundamentação teórica do projecto o Mundo dos animais em vias de extinção da sala

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE PLANO DE MELHORIA. Julho de 2012

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE PLANO DE MELHORIA. Julho de 2012 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE PLANO DE MELHORIA Julho de 2012 Rua da Verónica, 37, 1170-384 Lisboa Tel: 218860041/2 Fax: 218868880 Email: geral@aegv.pt INDICE I. Introdução. 3 II. Ponto de partida.....

Leia mais

Projeto Clube de Inglês - PCA

Projeto Clube de Inglês - PCA Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-escolar da Nazaré Projeto Clube de Inglês - PCA Ano letivo 2014-2015 Docente: Ana Neves Índice Págs. Introdução.. 3 Objetivos Gerais... 4 Objetivos Específicos... 5 Proposta

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE COMISSÃO PARA A CIDADANIA E A IGUALDADE DE GÉNERO MUNICÍPIO DO BARREIRO

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE COMISSÃO PARA A CIDADANIA E A IGUALDADE DE GÉNERO MUNICÍPIO DO BARREIRO PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE COMISSÃO PARA A CIDADANIA E A IGUALDADE DE GÉNERO E MUNICÍPIO DO BARREIRO 1 Entre: O Município do Barreiro pessoa coletiva de direito público com o nº 506673626 com sede no

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Cuba. Plano de Formação

Agrupamento de Escolas de Cuba. Plano de Formação Agrupamento de Escolas de Cuba Plano de Ano Letivo de 2012/2013 Índice Introdução... 3 1- Departamento curricular da educação pré-escolar... 6 2- Departamento curricular do 1º ciclo... 6 3- Departamento

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DO SERVIÇO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL

REGULAMENTO INTERNO DO SERVIÇO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL A g r u p a m e n t o d e E s c o l a s S a n t o s S i m õ e s Regulamento Interno Serviço de Educação Especial 1 Artigo 1.º Definição 1.1. O Presente documento define e regula o funcionamento e a missão

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A COMISSÃO PARA A CIDADANIA E IGUALDADE DE GÉNERO E A CÂMARA MUNICIPAL DA LOUSÃ

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A COMISSÃO PARA A CIDADANIA E IGUALDADE DE GÉNERO E A CÂMARA MUNICIPAL DA LOUSÃ PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A COMISSÃO PARA A CIDADANIA E IGUALDADE DE GÉNERO E A CÂMARA MUNICIPAL DA LOUSÃ Entre: O MUNICÍPIO DA LOUSÃ, pessoa coletiva n.º 501121528, com sede na Vila da Lousã, neste

Leia mais

Escola do 1º Ciclo com Pré-Escolar do Lombo de São João [Ribeira Brava] Projeto Educativo de Escola 2012-2015

Escola do 1º Ciclo com Pré-Escolar do Lombo de São João [Ribeira Brava] Projeto Educativo de Escola 2012-2015 Escola do 1º Ciclo com Pré-Escolar do Lombo de São João [Ribeira Brava] Projeto Educativo de Escola 2012-2015 Escola Básica do 1º Ciclo com Pré- Escolar do Lombo de São João - Ribeira Brava 1 Índice Introdução...

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias Índice 1. Objetivos gerais:... 4 2. Objetivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 6 4. Atividades Sócio-Educativas... 7 5. Propostas

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015/2016

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015/2016 Plano Anual de Atividades 2015/ 2016 Ser,Intervir e Aprender PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015/2016 Sede: ES de Mem Martins EB23 Maria Alberta Menéres; EB1 de Mem Martins n.º2; EB1 com JI da Serra das Minas

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES CRECHE

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES CRECHE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES CRECHE 2014/2015 MÊS ATIVIDADES OBJETIVOS INTEVENIENTES - Promover a integração; Dia 1 (segunda-feira) Receção às crianças - Desenvolver atitudes de autoestima e autoconfiança;

Leia mais

AVALIAÇÃO EXTERNA DE ESCOLAS Plano de Ações de Melhoria

AVALIAÇÃO EXTERNA DE ESCOLAS Plano de Ações de Melhoria AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ARRONCHES AVALIAÇÃO EXTERNA DE ESCOLAS Plano de Ações de Melhoria JANEIRO 2014 1. INTRODUÇÃO... 1 2. ANÁLISE QUALITATIVA... 1 3.... 5 3.1. Áreas de Melhoria... 5 3.2. Identificação

Leia mais

A equipa somos nós. Ano letivo 2015/2016. Ser derrotado normalmente é uma condição temporária. Desistir é o que a faz permanente. Marylin vos Savant

A equipa somos nós. Ano letivo 2015/2016. Ser derrotado normalmente é uma condição temporária. Desistir é o que a faz permanente. Marylin vos Savant A equipa somos nós Ano letivo 2015/2016 Ser derrotado normalmente é uma condição temporária. Desistir é o que a faz permanente. Marylin vos Savant Projeto curricular escola Ano letivo 2015/2016 Entende-se

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO DE MELHORIA 2014 / 2017

PLANO ESTRATÉGICO DE MELHORIA 2014 / 2017 PLANO ESTRATÉGICO DE MELHORIA 2014 / 2017 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PRADO Plano Estratégico de Melhoria 2014/2017 O Plano de Melhoria da Escola é um instrumento fundamental para potenciar o desempenho

Leia mais

1. INTRODUÇÃO. e Alexsandro da Silva. 1 Andréa Carla Agnes e Silva é dinamizadora do Programa "Escola Aberta", sob orientação de Telma Ferraz Leal

1. INTRODUÇÃO. e Alexsandro da Silva. 1 Andréa Carla Agnes e Silva é dinamizadora do Programa Escola Aberta, sob orientação de Telma Ferraz Leal TÍTULO: OFICINA DE LEITURA: UMA PROPOSTA DINÂMICA PARA FORMAÇÃO DE LEITORES AUTORA: Andréa Carla Agnes e Silva 1 INSTITUIÇÃO: Universidade Federal de Pernambuco Escola Aberta ÁREA TEMÁTICA: Educação 1.

Leia mais

Introdução. Para a condução de cada ação teremos presentes duas questões importantes:

Introdução. Para a condução de cada ação teremos presentes duas questões importantes: Fevereiro 2014 Introdução A Escola é hoje um mundo onde todos os atores educativos têm voz por isso a facilidade, a celeridade, a clareza e a abertura são as caraterísticas da comunicação que possibilitam

Leia mais

Proposta para o Plano de Atividades - Biblioteca Escolar 14/15

Proposta para o Plano de Atividades - Biblioteca Escolar 14/15 Professor: Ana Maria Galveia Taveira Proposta para o Plano de Atividades - Biblioteca Escolar 14/15 O Plano Anual de Atividades da Biblioteca Escolar divide-se em quatro grandes áreas de funcionamento/intervenção,

Leia mais

RELATÓRIO FINAL. Plano de Ação da EB1/JI do Bairro do Areias. Relatório Final de Autoavaliação do Plano de Ação de Estabelecimento da EB1 do Areias

RELATÓRIO FINAL. Plano de Ação da EB1/JI do Bairro do Areias. Relatório Final de Autoavaliação do Plano de Ação de Estabelecimento da EB1 do Areias RELATÓRIO FINAL Plano de Ação da EB1/JI do Bairro do Areias Relatório Final de Autoavaliação do Plano de Ação de Estabelecimento da EB1 do Areias Introdução Pontos Conteúdos Explicação dos objetivos do

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2013/2015

PLANO DE AÇÃO 2013/2015 PLANO DE AÇÃO 2013/2015 INTRODUÇÃO: Os planos de formação previstos na alínea b) do n.º 2 do artigo 20.º e na alínea d) do artigo 33.º, ambos do Decreto -Lei n.º 75/2008, de 22 de Abril, devem conter,

Leia mais

Projeto global de autoavaliação do Agrupamento de Escolas Mosteiro e Cávado

Projeto global de autoavaliação do Agrupamento de Escolas Mosteiro e Cávado Projeto global de autoavaliação do Agrupamento de Escolas Mosteiro e Cávado 1. Introdução O Agrupamento de Escolas Mosteiro e Cávado (AEMC) entende a autoavaliação como um processo ao serviço do seu desenvolvimento

Leia mais

Atividade de Enriquecimento Curricular. Área: SENSIBILIZAÇÃO AMBIENTAL. Nível escolaridade: 1º ciclo - 1º e 2º anos

Atividade de Enriquecimento Curricular. Área: SENSIBILIZAÇÃO AMBIENTAL. Nível escolaridade: 1º ciclo - 1º e 2º anos Atividade de Enriquecimento Curricular Área: SENSIBILIZAÇÃO AMBIENTAL Nível escolaridade: 1º ciclo - 1º e 2º anos Entidade: Associação de Defesa do Paul de Tornada - PATO A Educação Ambiental é determinante

Leia mais

Planificação das Atividades 2013/2014 Domínio Sub-domínio Atividades Objetivos Destinatários Dinamizadores Calendarização Recursos materiais

Planificação das Atividades 2013/2014 Domínio Sub-domínio Atividades Objetivos Destinatários Dinamizadores Calendarização Recursos materiais LEITURA E LITERACIAS Promoção Leitura BIBLIOTECA ESCOLAR MÁRIO CLÁUDIO / BIBLIOTECA ESCOLAR DA POUSA Planificação s Ativides 2013/2014 Domínio Sub-domínio Ativides Objetivos Destinatários Dinamizadores

Leia mais

1-O que é..4. 2-Contexto normativo..4. 3-Articulação com outros instrumentos..4. 4-Conteúdos do projeto educativo...5. 5-Diagnóstico estratégico..

1-O que é..4. 2-Contexto normativo..4. 3-Articulação com outros instrumentos..4. 4-Conteúdos do projeto educativo...5. 5-Diagnóstico estratégico.. 2008/2010 2012/2014 ÍNDICE Introdução 1-O que é..4 2-Contexto normativo..4 3-Articulação com outros instrumentos..4 4-Conteúdos do projeto educativo....5 5-Diagnóstico estratégico..4 6 -Resultados vão

Leia mais

Plano de Intervenção 2014-15

Plano de Intervenção 2014-15 Plano de Intervenção 2014-15 Os agrupamentos de escolas que já integram a Rede aler+ são convidados a apresentarem um Plano de Intervenção que evidencie a centralidade da leitura e envolva os jardins de

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DA UNIÃO DE FREGUESIAS DE SACAVÉM E PRIOR. Projeto Pedagógico e de Animação de Campos de Férias

JUNTA DE FREGUESIA DA UNIÃO DE FREGUESIAS DE SACAVÉM E PRIOR. Projeto Pedagógico e de Animação de Campos de Férias JUNTA DE FREGUESIA DA UNIÃO DE FREGUESIAS DE SACAVÉM E PRIOR Projeto Pedagógico e de Animação de Campos de Férias ÍNDICE 2 Introdução Pág. 3 Princípios e Valores Pág. 3 Objetivos Gerais Pág. 4 Objetivos

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LEVANTE DA MAIA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LEVANTE DA MAIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS LEVANTE DA MAIA Escola Básica e Secundária do Levante da Maia PLANO DE OCUPAÇÃO PLENA DE TEMPOS ESCOLARES 2013-2017 Crescer, Saber e Ser Página 0 (Anexo I) ÍNDICE I. Nota Introdutória

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias 2015

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias 2015 Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias 2015 Índice 1. Objetivos gerais:... 4 2. Objetivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 6 4. Atividades Sócio-Educativas... 7

Leia mais

EB1/PE da Lourencinha Plano Anual de Actividades 2009/2010

EB1/PE da Lourencinha Plano Anual de Actividades 2009/2010 Introdução Enquadramento legal Plano Anual de Escola - o documento elaborado e aprovado pelos órgãos de administração e gestão da escola que define, em função do Projecto Educativo e Projecto Curricular

Leia mais

Programa de Ação ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DOS BISCOITOS ELEIÇÕES PARA O CONSELHO EXECUTIVO 2015-2018

Programa de Ação ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DOS BISCOITOS ELEIÇÕES PARA O CONSELHO EXECUTIVO 2015-2018 Programa de Ação Programa de Ação ESCOLA BÁSICA INTEGRADA DOS BISCOITOS ELEIÇÕES PARA O CONSELHO EXECUTIVO 2015-2018 José Aurélio Almeida; Laurémio Bettencourt; Vânia Ferreira Bernardo Programa de Ação

Leia mais

Desde 1995, tem sido desenvolvido no Centro Municipal de Juventude, um espaço no âmbito da dança contemporânea, através da ESCOLA DE DANÇA.

Desde 1995, tem sido desenvolvido no Centro Municipal de Juventude, um espaço no âmbito da dança contemporânea, através da ESCOLA DE DANÇA. Desde 1995, tem sido desenvolvido no Centro Municipal de Juventude, um espaço no âmbito da dança contemporânea, através da ESCOLA DE DANÇA. Destinando a formação a alunos de todas as idades, o ensino da

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO ANO LETIVO 2015-2016

PLANO ESTRATÉGICO ANO LETIVO 2015-2016 PLANO ESTRATÉGICO ANO LETIVO 2015-2016 1. INTRODUÇÃO E ENQUADRAMENTO Nos termos do Artigo 15.º, do Despacho Normativo n.º7/2013, 11 de julho No final de cada ano escolar, o conselho pedagógico avalia o

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA - FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA - FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA - FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA, FELGUEIRAS PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA LIXA, FELGUEIRAS 1 Índice

Leia mais

Plano de Atividades GRUPO. Biblioteca Escolar

Plano de Atividades GRUPO. Biblioteca Escolar Plano de Atividades 2013 2014 GRUPO Biblioteca Escolar Atividade nº1- Implementação do Modelo de Autoavaliação das BEs (MABE) Objetivos- Estabelecer parcerias ; Integrar a BE no desenvolvimento de Projetos

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2015/16

Plano Anual de Atividades 2015/16 SETEMBRO 01 - Abertura do ano letivo para a Infantil. 12 - Reunião de acolhimento aos pais 14 e 15 - Abertura do ano letivo para o 1º ciclo 18 - Eucaristia de abertura do novo ano letivo Proporcionar a

Leia mais

ÍNDICE PATRONATO DE SANTO ANTÓNIO INTRODUÇÃO... 2 I - OPÇÕES E PRIORIDADES... 3

ÍNDICE PATRONATO DE SANTO ANTÓNIO INTRODUÇÃO... 2 I - OPÇÕES E PRIORIDADES... 3 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 2 I - OPÇÕES E PRIORIDADES... 3 1.1. PRIORIDADES A NÍVEL DA ACTUAÇÃO EDUCATIVA... 4 1.2. PRIORIDADES A NÍVEL DO AMBIENTE EDUCATIVO... 4 II APRENDIZAGENS ESPECÍFICAS... 5 2.1. SENSIBILIZAÇÃO

Leia mais

Regulamento de Apoio à Mobilidade e Intercâmbio Cultural

Regulamento de Apoio à Mobilidade e Intercâmbio Cultural Regulamento de Apoio à Mobilidade e Intercâmbio Cultural Preâmbulo A Câmara Municipal de Nordeste tem vindo a apoiar ao longo dos anos de forma directa e organizada toda a actividade cultural no concelho

Leia mais

PROJETO ANUAL DA LUDOTECA

PROJETO ANUAL DA LUDOTECA O FAZ DE CONTA PROJETO ANUAL DA LUDOTECA ANO LECTIVO 2014/2015 Inês Matos ÍNDICE I- INTRODUÇÃO 3 II- PROJETOS 5 2.1. Semana da Alimentação 4 2.2. Formação Técnica 6 2.3. Acompanhamento às famílias 6 2.4.

Leia mais

Plano Anual de Actividades 2011/2012 CRECHE

Plano Anual de Actividades 2011/2012 CRECHE Plano Anual de Actividades 2011/2012 CRECHE 1 Fundamentação Teórica O Plano Anual de Actividades constituiu, em conjunto com o Projecto Educativo e o Regulamento Interno, um dos principais instrumentos

Leia mais

Critérios Gerais de Avaliação

Critérios Gerais de Avaliação Critérios Gerais de Avaliação Agrupamento de Escolas de Sátão 2015-2016 Introdução A avaliação constitui um processo regulador do ensino, orientador do percurso escolar e certificador dos conhecimentos

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES CRECHE ANO LECTIVO 2014 / 2015 - Tema transversal a trabalhar ao longo do ano: A Magia do Circo DATAS A SALIENTAR

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES CRECHE ANO LECTIVO 2014 / 2015 - Tema transversal a trabalhar ao longo do ano: A Magia do Circo DATAS A SALIENTAR MÊS Setembro TEMA Adaptação das Crianças PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES CRECHE ANO LECTIVO 2014 / 2015 - Tema transversal a trabalhar ao longo do ano: A Magia do Circo DATAS A SALIENTAR ACTIVIDADES PEDAGÓGICAS

Leia mais

Plano Anual de Actividades 2011/2012 Pré-Escolar

Plano Anual de Actividades 2011/2012 Pré-Escolar Plano Anual de Actividades 2011/2012 Pré-Escolar MESES CONTEÚDOS / ACTIVIDADES OBJECTIVOS SETEMBRO Recepção às crianças e às famílias; Elaboração do projeto curricular de sala Elaboração do plano de Desenvolvimento

Leia mais

Plano de Atividades GRUPO 350

Plano de Atividades GRUPO 350 Plano de Atividades 2013 2014 GRUPO 350 Atividade Realização de trabalhos sobre as diferentes temáticas do programa. Consolidar conhecimentos adquiridos nas aulas. Promover a autonomia do aluno. Alargar

Leia mais

Sala: CATL Professora: Elisabete Oliveira Animadora: Cristiana Almeida

Sala: CATL Professora: Elisabete Oliveira Animadora: Cristiana Almeida Sala: CATL Professora: Elisabete Oliveira Animadora: Cristiana Almeida 1 SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO A minha Escola Segurança Infantil Outono Dia das bruxas Dia de S. Martinho Vindimas Conhecer os diferentes

Leia mais

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES

PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES O Plano Plurianual de Atividades é um documento de planeamento que define, em função do Projeto Educativo, os objetivos, as formas de organização e de programação das atividades e que procede à identificação

Leia mais

AVALIAÇÃO FINAL DO PROJETO EDUCATIVO 2010/2013

AVALIAÇÃO FINAL DO PROJETO EDUCATIVO 2010/2013 AVALIAÇÃO FINAL DO PROJETO EDUCATIVO 2010/2013 O presente documento constitui-se como uma avaliação final que procura refletir, não só a evolução dos aspetos indicados nas avaliações anteriores como também

Leia mais

Projeto Educativo APRENDIZ DE VIAJANTE

Projeto Educativo APRENDIZ DE VIAJANTE C.A.T.L. do Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Poiares Cáritas Diocesana de Coimbra Projeto Educativo APRENDIZ DE VIAJANTE Ano I SABER + de MIM Triénio 2016/2018 Centro A.T.L. do 1º, 2º e 3º ciclo

Leia mais

Nome do Projeto: Compartilhando Livros por mais Cultura e Cidadania na Escola e na Comunidade

Nome do Projeto: Compartilhando Livros por mais Cultura e Cidadania na Escola e na Comunidade A escola é o lugar privilegiado da aprendizagem, planejado para educar pessoas mais participativas, solidárias, produtivas e felizes. GUIOMAR NAMO DE MELLO Diretora da EBRAP Escola Brasileira de Professores

Leia mais

Carta de Missão. (Portaria nº 266/2012, de 30 de agosto)

Carta de Missão. (Portaria nº 266/2012, de 30 de agosto) Carta de Missão (Portaria nº 266/2012, de 30 de agosto) Nome Germano António Alves Lopes Bagão Escalão: 8º Escola Professor do quadro da EBI Frei António das Chagas, do Agrupamento de Escolas de Vidigueira

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Santiago do Cacém Plano Anual de Atividades de Animação 2015/2016

Agrupamento de Escolas de Santiago do Cacém Plano Anual de Atividades de Animação 2015/2016 Calendarização / Mês Tema Objetivos Responsáveis pela Atividade Outubro Outono - Desenvolver o gosto pelo saber; Halloween - Valorizar diferentes formas de conhecimento, Dia Mundial da Alimentação comunicação

Leia mais

Palavras Soltas. Projeto Pedagógico 2014/2015. Equipa Educativa:

Palavras Soltas. Projeto Pedagógico 2014/2015. Equipa Educativa: Palavras Soltas Equipa Educativa: Ana Maria Lopes; Ana Paula Neves; Daniela Bonito; Sandra Silva; Tathiana Germano; Teresa Ouro Índice Palavras Soltas 2 14 pág. Introdução... 5 I. Justificativa/ Tema...

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES STEDIM 2015

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES STEDIM 2015 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES STEDIM 2015. Serviço Técnico de Educação para a Deficiência Intelectual e Motora Direção Regional de Educação e Recursos Humanos Região Autónoma da Madeira Caminho de Santo António,

Leia mais

Projeto Educativo de Creche e Jardim de Infância

Projeto Educativo de Creche e Jardim de Infância Creche e Jardim de Infância O Jardim dos Palhacinhos Projeto Educativo de Creche e Jardim de Infância 1 Albufeira, Março 2014 Gerência: Índice Índice... 2 Introdução... 3 1. Caracterização da instituição...

Leia mais

Atividades de educação ambiental

Atividades de educação ambiental 1213 Centro Atividades de educação ambiental Ambiental da Pena 1 Introdução / Com vista à preservação e gestão equilibrada dos recursos naturais existentes no nosso planeta e face às alterações que o mesmo

Leia mais

Projecto Educativo de Estabelecimento. Triénio de 2010-2013

Projecto Educativo de Estabelecimento. Triénio de 2010-2013 Projecto Educativo de Estabelecimento Triénio de 2010-2013 Creche Mundo Infantil Queremos que juntos, Equipa Educativa, Crianças e Familias, possamos proporcionar boas experiencias e aprendizagens. Só

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares OFERTA COMPLEMENTAR 1º e 2º anos de escolaridade Ano letivo 2015/2016 l -Introdução No presente ano letivo a Oferta Complementar

Leia mais

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 6-A/2015, de 5 de março.

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 6-A/2015, de 5 de março. Informação - Prova de Equivalência à Frequência Expressões Artísticas 23 Prova 2014.2015 1.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AMARES PLANO ESTRATÉGICO 2015-2016

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AMARES PLANO ESTRATÉGICO 2015-2016 PLANO ESTRATÉGICO 2015-2016 JULHO 2015 1. Enquadramento. O presente Plano Estratégico para o ano 2015-2016, dá cumprimento ao disposto no artigo 15.º do Despacho Normativo n.º6/2014, de 26 de maio. Apresentam-se

Leia mais

PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CADAVAL

PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CADAVAL PLANO DE ARTICULAÇÃO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CADAVAL 2015/2016 A EQUIPA: Fátima Martins, Manuela Parreira, Ana Paula Melo, Vera Moura, Manuela Simões, Anabela Barroso, Elsa Carvalho, Graça

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 18 de maio de 2016. Série. Número 89

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 18 de maio de 2016. Série. Número 89 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quarta-feira, 18 de maio de 2016 Série Sumário SECRETARIAS REGIONAIS DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EDUCAÇÃO Portaria n.º 211/2016 Primeira alteração

Leia mais

BLOCOS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES

BLOCOS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES 1.º PERÍODO PLANIFICAÇÃO DA ATIVIDADE DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR BLOCOS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES. Reconhecimento da importância das artes plásticas;. Desenvolvimento progressivo das possibilidades

Leia mais

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ- ESCOLAR

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ- ESCOLAR CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DO PRÉ- ESCOLAR ANO LETIVO 2013/2014 Departamento do Pré- Escolar 2013/2014 Page 1 CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO Introdução A avaliação em educação é um elemento integrante

Leia mais

1. Identificação 2. Contextualização/Caracterização do grupo/justificação da planificação 1

1. Identificação 2. Contextualização/Caracterização do grupo/justificação da planificação 1 1. Identificação Agrupamento de Escolas Zona Urbana de Viseu Nº de crianças e idades abrangidas: 20 (3 aos 6 anos) Ano letivo: 2012/2013 2. Contextualização/Caracterização do grupo/justificação da planificação

Leia mais

PROJETO EDUCATIVO DE ESCOLA 2014-2017

PROJETO EDUCATIVO DE ESCOLA 2014-2017 ESCOLA SECUNDÁRIA JOSÉ AFONSO SEIXAL CÓDIGO 401481 Av. José Afonso Cavaquinhas Arrentela 2840 268 Seixal -- Tel. 212276600 Fax. 212224355 PROJETO EDUCATIVO DE ESCOLA 2014-2017 ABRIL DE 2014 Índice 1. Introdução

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2012

PLANO DE ATIVIDADES 2012 PROMOÇÃO DA CIDADANIA SÉNIOR Grupo de trabalho pessoas idosas, envelhecimento e intergeracionalidade PLANO DE ATIVIDADES 2012 Peniche Certos de que estamos perante um dos desafios mais relevantes do século

Leia mais

Índice. - Introdução. 3. - Cronograma 4-5. - Capítulo 1 Plano de Atividades 2015-2016. 6-38

Índice. - Introdução. 3. - Cronograma 4-5. - Capítulo 1 Plano de Atividades 2015-2016. 6-38 1 2015-2016 Índice - Introdução. 3 - Cronograma 4-5 - Capítulo 1 Plano de Atividades 2015-2016. 6-38 2 Introdução O Município de Paços de Ferreira, assumindo-se como uma Cidade Educadora, respeitando um

Leia mais

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar de São Vicente Plano Anual de Actividades 2007/2008

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar de São Vicente Plano Anual de Actividades 2007/2008 Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar de São Vicente Plano Anual de Actividades 2007/2008 Objectivos gerais: - Proporcionar o diálogo e o respeito pelas pessoas mais velhas. - Desenvolver o espírito

Leia mais

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades

Externato Cantinho Escolar. Plano Anual de Atividades Externato Cantinho Escolar Plano Anual de Atividades Ano letivo 2014 / 2015 Pré-escolar e 1º Ciclo Ação Local Objetivos Atividades Materiais Recursos Humanos Receção dos Fomentar a integração da criança

Leia mais

COMISSÃO PERMANENTE DO CONSELHO GERAL. Relatório de Avaliação do Projecto Educativo do Agrupamento, 2007 2010

COMISSÃO PERMANENTE DO CONSELHO GERAL. Relatório de Avaliação do Projecto Educativo do Agrupamento, 2007 2010 Relatório de Avaliação do Projecto Educativo do Agrupamento, 2007 2010 O presente relatório traduz a avaliação do Projecto Educativo do Agrupamento Vertical de Escolas de Leça da Palmeira/Santa Cruz do

Leia mais

Gestor de Atividades e Recursos Educativos AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. CORREIA MATEUS

Gestor de Atividades e Recursos Educativos AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. CORREIA MATEUS Escola: Escola do 1º CEB dos Andrinos/Jardim de Infância do Campo Amarelo/Jardim de Infância do Soutocico/Jardim de Infância dos Andrinos/Jardim de Infância dos /Direção/Programa "O melhor do mundo são

Leia mais