DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE 2012

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE 2012"

Transcrição

1 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE INSTITUTO DE SAÚDE DOS SERVIDORES DO ESTADO DO CEARÁ PORTARIA Nº211/ A SUPERINTENDENTE DO INSTITUTO DE SAÚDE DOS SERVIDORES DO ESTADO DO CEARÁ ISSEC, no uso das atribuições legais que lhes são conferidas pelo art.26 da Lei nº14.687, de 30 de abril de 2010, considerando a necessidade de adequar os procedimentos e os preços das Tabelas dos Serviços de Saúde do ISSEC, constantes do Edital de Credenciamento Nº01/2012, em adequação às finalidades de interesse público e objetivando a manutenção do equilíbrio econômico-financeiro inicial dos Termos de Credenciamento firmados com respaldo neste Edital; considerando a necessidade de instituir a uma Tabela de Saúde para o próprio ISSEC, regulando os procedimentos e valores das remunerações dos serviços da Rede Credenciada que presta os serviços de saúde aos beneficiários do ISSEC, e tendo em vista os elementos contidos no Processo Nº , RESOLVE, REGULAMENTAR os ANEXOS IV-HOSPITAL/CLÍNICA (CAPITAL), VI-MÉDICO, XII-FISIOTERAPIA, XX-TABELA DE PACOTES DE ENDOSCOPIA DO ISSEC, XXI- TABELA DE PACOTES DE GINECOLOGIA DO ISSEC, XXII-TABELA DE PACOTES DE UROLOGIA DO ISSEC, XXIII-TABELA DE PACOTES DE OFTALMOLOGIA DO ISSEC, XXV- TABELA DE PACOTE DE MAMOTOMIA POR ESTEREOTAXIA OU US DO ISSEC, XXVIII- TABELA DE PACOTES DE DERMATOLOGIA DO ISSEC, integrantes do Edital de Credenciamento Nº01/2012, que passam a vigorar com as redações dos Anexos I, II, III, IV, V, VI, VII, VIII, IX, desta Portaria, e INSTITUIR a TABELA DE SAÚDE DO ISSEC, constante mo ANEXO X, desta Portaria, com respaldo no art.58, inciso I, art.65, inciso II e alínea d da Lei Nº8.666, de 21 de junho de 1993, combinado com os itens e subitens 7, 7.4, 17, 17.4 e 17.5 do Edital de Credenciamento Nº01/2012 e Cláusula Quarta do Termo de Credenciamento, itens e subitens 14.5 e 14.6, estabelecer que o objeto desta Portaria será aplicado aos Contratos de Credenciamento firmados com respaldo no Edital de Credenciamento Nº01/2012, a partir da data da sua publicação no Diário Oficial do Estado do Ceará, permanecendo mantidas e inalteradas as demais Tabelas dos Serviços de Saúde do ISSEC integrantes do Edital de Credenciamento Nº01/2012 e seus Anexos, e dos respectivos Contratos de Credenciamento, não alterados por esta Portaria. INSTITUTO DE SAÚDE DOS SERVIDORES DO ESTADO DO CEARÁ-ISSEC, Fortaleza/ CE, 13 de dezembro de Lúcia Rocha Lima Montenegro SUPERINTENDENTE ANEXO I DA PORTARIA 211/2012 EDITAL 01/2012 NOVO ANEXO IV HOSPITAL/CLÍNICA (CAPITAL) 1. Tabela de diárias, taxas e consulta hospitalar do ISSEC (capital). 2. Tabela referencial de material, gases, anestésicos e soro/soluções do ISSEC. 2.1 Critérios para cobrança de gases: até 72h será pago pelo valor da tabela; de 72h a 96h será pago 70% do valor da tabela; acima de 96h será pago 50% do valor da tabela; se houver uso concomitante de outros gases será pago 50% do valor da tabela, de cada gás, desde o início do uso dos mesmos; O oxigênio usado em prótese respiratória e em nebulização contínua será pago no valor de 50% da tabela desde o início de seu uso. 3. Tabela de Pacotes do ISSEC (Endoscopia, Urologia, Ginecologia, Oftalmologia, Hemodinâmica, Dermatologia e Material Gesso) O material utilizado nos procedimentos feitos por pacotes não poderão ser cobrados de forma separada, pois já estão incluídos no valor do pacote. Novos pacotes poderão ser criados ao longo da vigência dos contratos desde que sejam de comum acordo entre as partes. 4. Tabela de Contraste de Exame Radiológico do ISSEC. 5. Tabela de Órteses, Próteses e Materiais Especiais do ISSEC. 6. Tabela Saúde ISSEC Procedimentos cirúrgicos e invasivos. 6.1 Somente poderá haver cobrança de honorário médico, na conta hospitalar, durante o internamento, para profissional (Físico ou Jurídico) não credenciado ao ISSEC de acordo com os valores constantes na Tabela Saúde ISSEC; 6.2 Somente será permitido o acréscimo de 30% na cobrança dos honorários médicos aos domingos e feriados, e no período compreendido entre 22:00 horas e 06:00 horas para as cirurgias que caracterizarem emergência/urgência; devendo comprovar o horário de atendimento através de xérox do boletim cirúrgico. 7. Guia Farmacêutico - BRASÍNDICE 7.1 Medicamentos Existindo o medicamento da linha genérica o ISSEC pagará o valor deste; Os medicamentos com preços distanciados da média de sua linha de ação, necessitam de justificativa médica e autorização prévia do auditor médico do ISSEC. 7.2 Para os medicamentos não relacionados na publicação do Brasíndice, o faturamento será efetuado de acordo com os preços vigentes no mercado, à época de sua utilização devidamente comprovados pelo contratado por meio de Nota Fiscal, com justificativa médica e autorização prévia do médico auditor do ISSEC. 8. Materiais, gases, anestésicos e soro/soluções, órteses, próteses e materiais especiais - só poderão ser usados os itens com seus respectivos valores constantes das Tabelas do ISSEC. 9. Procedimento Intensivo de Turno em Saúde Mental 9.1 Para clientes portadores de Transtornos Mentais que necessitam permanecer na clínica em uma média de 02 (dois) turnos (manhã ou tarde) por semana. Durante cada turno o cliente receberá no mínimo 03 (três) atendimentos com profissionais formados e altamente capacitados em saúde mental; 9.2 A equipe interdisciplinar deverá incluir serviços em Psicoterapia, Serviço Social, Terapeuta Corporal, Nutricionista, Terapia Ocupacional, Assembléias e Palestras Terapêuticas com clientes e familiares, Oficinas Terapêuticas e Oficinas Produtivas; 9.3 Código do Procedimento: ; Valor do procedimento - R$30,00 (trinta reais); 9.4 Material e medicamento - cobrados de acordo com as normas do ISSEC; 9.5 Deverá constar a solicitação do médico assistente, com justificativa e ser autorizada previamente pelo setor competente do ISSEC; 9.6 Para efeito de cobrança anexar a solicitação médica e guia de atendimento devidamente autorizada. 10. Procedimento Semi-Intensivo em Saúde Mental 10.1 Para clientes portadores de Transtornos Mentais que necessitam de acompanhamento interdisciplinar semanal, quinzenal ou mensal; 10.2 Cada Atendimento semi-intensivo possibilita o cliente receber 02 (dois) dos seguintes atendimentos: atendimento em Psicoterapia, com o Serviço Social, Terapeuta Corporal, Nutricionista, Terapia Ocupacional, Assembléias e Palestras Terapêuticas com clientes e familiares, Oficinas Terapêuticas e Oficinas Produtivas; 10.3 Código do Procedimento: ; Valor do procedimento R$28,00 (vinte e oito reais); 10.4 Deverá constar a solicitação do médico assistente, com justificativa e ser autorizada previamente pelo setor competente do ISSEC; 10.5 Para efeito de cobrança anexar a solicitação médica e guia de atendimento devidamente autorizada. 11. Comunidade Terapêutica 11.1 Para clientes portadores de Transtornos Mentais/não dependentes químicos que se encontram em um quadro agudo, mas que não apresentam risco de suicídio, homicídio ou agressividade; 11.2 Durante todo o período de permanência, que em média é de 15 dias em regime de 24 horas, o cliente receberá visitas regulares do médico psiquiatra além de ser cuidadosamente acompanhado por uma equipe de auxiliares de enfermagem sob supervisão contínua de enfermeiras e/ou outros técnicos especializados em saúde mental; 11.3 Código do Procedimento: ; Valor da diária da comunidade terapêutica R$38,00 (trinta e oito reais); 11.4 Visitas médicas em média 03 (três) visitas médicas por semana Tabela Saúde Issec Código: ; Valor da Visita - R$40,00 (quarenta reais) Material e medicamento - cobrados de acordo com as normas do ISSEC; 11.6 Deverá constar a solicitação do médico assistente, com justificativa e ser autorizada previamente pelo setor competente do ISSEC; 11.7 Para efeito de cobrança anexar a solicitação médica e guia de atendimento devidamente autorizada. 12. Residência Terapêutica

2 74 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE Para clientes portadores de Transtornos Mentais com vínculos familiares enfraquecidos devido à permanência prolongada em Hospital Psiquiátrico Especializado; 12.2 Durante todo o período de permanência, que em média é de 30 dias em regime de 24 horas, com uma equipe de operadores sociais supervisionado por um técnico especializado em saúde mental; Código do Procedimento: ; Valor da diária da residência terapêutica R$27,00 (vinte e sete reais); 12.4 Material e medicamento - cobrados de acordo com as normas do ISSEC; 12.5 Deverá constar a solicitação do médico assistente, com justificativa e ser autorizada previamente pelo setor competente do ISSEC; 12.6 Para efeito de cobrança anexar a solicitação médica e guia de atendimento devidamente autorizada. 13. Manuais, Normas e Portarias do ISSEC. 14. Classificação Orçamentária HOSPITAL/MÉDICO 1. Normas de Atendimento 1.1 Consulta Eletiva Código do Procedimento: Consulta Médica Eletiva 47, G Consulta Gineco-Obstétrica 47,00 de Pré-Natal P Consulta Psiquiátrica 47, Pessoa Jurídica - disponibilidade de até 100 (cem) consultas por mês/especialidade/credenciado. Não podendo ultrapassar o limite de 06 (seis) especialidades por credenciado. 1.2 Consulta Emergência/Urgência - Código do Procedimento: Consulta Médica Emergência 40, X Consulta Médica Emergência/ 40,00 Traumatologia Consulta Médica Emergência/ 40,00 Otorrinolaringologia 2. Pequenos procedimentos médicos realizados na Emergência/Urgência 2.1 Tabela Saúde ISSEC 3. Atendimento aos beneficiários do ISSEC internados na rede hospitalar credenciada 3.1 Tabela Saúde ISSEC 3.2 Visita Hospitalar Paciente Clínico: uma visita por dia com prescrição e evolução; Especialista quando solicitado pelo médico assistente, devendo ser autorizado pelo auditor médico do ISSEC, constando do especialista parecer ou evolução e prescrições diárias caso haja autorização para acompanhamento concomitante com o médico assistente. 3.3 A cobrança dos profissionais nas especialidades das cooperativas credenciadas através deste Edital deverá ser feita através destas. 3.4 Somente será permitido o acréscimo de 30% na cobrança dos honorários médicos aos domingos e feriados, e no período compreendido entre 22:00 horas e 06:00 horas para as cirurgias que caracterizarem emergência/urgência; devendo comprovar o horário de atendimento através de xérox do boletim cirúrgico. 3.5 Só serão pagos procedimentos autorizados pelo ISSEC. 3.6 Caso o profissional não seja credenciado pelo ISSEC, este deverá autorizar, por escrito ao hospital, a cobrança de seus honorários através da conta hospitalar. HOSPITAL/FISIOTERAPIA 1. Atendimento aos beneficiários do ISSEC internados na rede hospitalar credenciada 1.1 Tabela da AMB/ Quantidade de CH; Valor do CH R$0,30 (trinta centavos) Códigos do Procedimentos: Paciente clínico -Fisioterapia - respiratória Fisioterapia motora Paciente em pós-operatório de cirurgia cardíaca Será exigido o pedido médico com identificação do beneficiário: nome, nºda carteira do ISSEC, nºda GIH, data, assinatura e carimbo do médico solicitante e assinatura do beneficiário ou responsável Não será permitido o acréscimo de 30% na cobrança de honorário especial (sábados, domingos e feriados) Só serão pagos procedimentos autorizados pelo ISSEC Só será permitida uma sessão por dia para cada patologia. 1.6 Caso o profissional não seja credenciado pelo ISSEC, este deverá autorizar, por escrito ao hospital, a cobrança de seus honorários através da conta hospitalar Anexar a solicitação médica devidamente autorizada. ANEXO II DA PORTARIA 211/2012 EDITAL 01/2012 NOVO ANEXO VI MÉDICO 1. Normas de Atendimento 1.1 Consulta Eletiva Código do Procedimento: Consulta Médica Eletiva 47, G Consulta Gineco-Obstétrica 47,00 de Pré-Natal P Consulta Psiquiátrica 47, Pessoa Física - disponibilidade de até 100 (cem) consultas por mês/credenciado Pessoa Jurídica - disponibilidade de até 100 (cem) consultas por mês/especialidade/credenciado. Não podendo ultrapassar o limite de 06 (seis) especialidades por credenciado Cooperativa disponibilidade de até 200 (duzentas) consultas por mês/credenciado. Obs: Para efeito de cobrança anexar a planilha de consulta devidamente preenchida e autorizada. 1.2 Exames autorizados no ato da consulta Cardiologia - ECG Código do Procedimento X Valor do Procedimento - R$15,00 (quinze reais); Limitado a 70% (setenta por cento) do número de consultas realizadas por credenciado Ginecologia-Obstetrícia: - Colposcopia - Código do Procedimento X Valor do Procedimento - R$15,00 (quinze reais); Limitado a 30% (trinta por cento) do número de consultas realizadas por credenciado. - Citologia oncótica - Código do Procedimento X Valor do Procedimento - R$17,50 (dezessete reais e cinquenta centavos); Máximo de uma prevenção a cada seis meses/paciente Oftalmologia - Tonometria - Código do Procedimento X Valor do Procedimento - R$6,25 (seis reais e vinte e cinco centavos). A tonometria só poderá ser cobrada em beneficiários com idade inferior a 40 anos quando houver história familiar de glaucoma congênito ou escavação pupilar muito alargada e/ou modificações freqüentes de refração ocular em curto prazo. Obs: Para efeito de cobrança anexar a solicitação dos referidos exames devidamente autorizados à planilha de consulta. 2. Pequenos procedimentos realizados em consultório previamente autorizados pelo ISSEC 2.1 Tabela da AMB/ Quantidade de CH Valor do CH 0,40 (quarenta centavos). 2.2 Guia Farmacêutico Brasíndice Medicamentos Existindo o medicamento da linha genérica o ISSEC pagará o valor deste; Os medicamentos com preços distanciados da média de sua linha de ação, necessitam de justificativa médica e autorização prévia do auditor médico do ISSEC Para os medicamentos não relacionados na publicação do Brasíndice, o faturamento será efetuado de acordo com os preços vigentes no mercado à época de sua utilização, devidamente comprovados pelo CREDENCIADO (A) por meio de Nota Fiscal, com justificativa médica e autorização prévia do médico auditor do ISSEC Para efeito de cobrança anexar a solicitação médica dos referidos procedimentos à Guia de Autorização devidamente autorizada pelo ISSEC Tabela referencial de material, gases, anestésicos e soro/ soluções do ISSEC.

3 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE Tabela de Órteses, Próteses e Materiais Especiais do ISSEC Materiais, gases, anestésicos e soro/soluções, órteses, próteses e materiais especiais - só poderão ser usados os itens com seus respectivos valores constantes das Tabelas do ISSEC. 3. Atendimento aos beneficiários do ISSEC internados na rede hospitalar credenciada 3.1 Tabela Saúde ISSEC 3.2 Visita Hospitalar Paciente Clínico: uma visita por dia com prescrição e evolução; Especialista - quando solicitado pelo médico assistente, devendo ser autorizado pelo auditor médico do ISSEC, constando do especialista parecer ou evolução e prescrições diárias caso haja autorização para acompanhamento concomitante com o médico assistente Médicos Anestesistas - para atendimento de paciente internado, urgência e realização de exame especializado, na rede credenciada Para a anestesia na realização de exames é necessária a autorização do ISSEC. 3.3 A cobrança dos profissionais nas especialidades das cooperativas credenciadas através deste Edital deverá ser feita através destas. 3.4 Somente será permitido o acréscimo de 30% (trinta por cento) na cobrança dos honorários médicos aos domingos e feriados, e no período compreendido entre 22:00 horas e 06:00 horas para as cirurgias que caracterizarem emergência/urgência; devendo comprovar o horário de atendimento através de xérox do boletim cirúrgico. 3.5 Só serão pagos procedimentos autorizados pelo ISSEC. 3.6 Para efeito de cobrança anexar cópia da GIH, solicitações de prorrogações, mudanças de procedimentos (feitas pelo médico assistente do paciente) devidamente autorizadas pelo ISSEC. 4. Manuais, Normas e Portarias do ISSEC. 5. Classificação Orçamentária ANEXO III DA PORTARIA 211/2012 EDITAL 01/2012 NOVO ANEXO XII FISIOTERAPIA 1. Normas de Atendimento 1.1 Número de sessões indicar na carta proposta sua disponibilidade de atendimento em número de sessões/mês. Cada paciente será atendido, no máximo 03 (três) vezes por semana, exceção feita no caso de fisioterapia respiratória que poderão ser feitas até 05 (cinco) sessões por semanas. 1.2 SESSÃO Cada seqüela patológica terá direito ao número de sessões previamente autorizadas pelo ISSEC; Tabela da AMB/92; Valor do CH = R$0,30 (trinta centavos). 1.3 Todos os beneficiários que necessitarem de tratamento terão indicação médica e serão encaminhados aos credenciados pelo setor competente do ISSEC. 1.4 Para efeito de cobrança anexar a solicitação médica à Guia devidamente autorizada, ou pela Central de Atendimento ou através da Guia de Autorização. 2. Atendimento aos beneficiários do ISSEC internados na rede hospitalar credenciada 2.1 Tabela da AMB/ Quantidade de CH; Valor do CH R$0,30 (trinta centavos) Códigos do Procedimentos: PACIENTE CLÍNICO -FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA FISIOTERAPIA MOTORA PACIENTE EM PÓS-OPERATÓRIO DE CIRURGIA CARDÍACA Será exigido o pedido médico com identificação do beneficiário: nome, nºda carteira do ISSEC, nºda GIH, data, assinatura e carimbo do médico solicitante e assinatura do beneficiário ou responsável. 2.3 Não será permitido o acréscimo de 30% na cobrança de honorário especial (sábados, domingos e feriados). 2.4 Só serão pagos procedimentos autorizados pelo ISSEC. 2.5 Só será permitida uma sessão por dia para cada patologia. 2.6 Para efeito de cobrança anexar a solicitação médica devidamente autorizada pelo Médico Auditor do ISSEC e cópia da GIH. 3. Manuais, Normas e Portarias do ISSEC. 4. Classificação Orçamentária ANEXO IV DA PORTARIA - 211/2012 EDITAL 01/2012 NOVO ANEXO ANEXO XX TABELA DE PACOTES DE ENDOSCOPIA DIGESTIVA E PERORAL DO ISSEC VALOR TOTAL DO PROCEDIMENTO EM REAL BRONCOSCOPIA COM OU SEM ASPIRADO OU LAVADO BRONQUICO BILATERAL CODIGO: ,00 TAXA DE SALA 22,80 MATERIAL E MEDICAMENTOS 157,20 TAXA DE VIDEO - DIAGNÓSTICO 48,00 TOTAL 544,00 COLONOSCOPIA (INCLUI A RETOSSIGMOIDOSCOPIA) CODIGO: ,20 TAXA DE SALA 22,80 MATERIAL E MEDICAMENTOS 152,40 TAXA DE VIDEO - DIAGNÓSTICO 48,00 TOTAL 436,40 ENDOSCOPIA DIGESTIVA ALTA (ESOFAGO GASTRO-DUODENOSCOPIA) CODIGO: ,00 TAXA DE SALA 22,80 MATERIAL E MEDICAMENTOS 30,00 TAXA DE VIDEO - DIAGNÓSTICO 48,00 TOTAL 228,80 UREASE, TESTE RÁPIDO PARA HELICOBACTER PYLORI CODIGO: ,00 TOTAL 24,00 RETOSSIGMOIDOSCOPIA FLEXIVEL CODIGO: ,60 TAXA DE SALA 13,20 MATERIAL E MEDICAMENTOS 28,80 TAXA DE VIDEO - DIAGNÓSTICO 48,00 TOTAL 183,60 DILATAÇÃO INSTRUMENTAL DO ESÔFAGO, ESTÔMAGO OU DUODENO CODIGO ,00 TAXA DE SALA 22,80 MATERIAL E MEDICAMENTOS 188,00 TAXA DE VIDEO - DIAGNÓSTICO 48,00 TOTAL 442,80 ESCLEROSE DE VARIZES ESOFAGO, ESTOMAGO, DUODENO CODIGO ,00 TAXA DE SALA 22,80 MATERIAL E MEDICAMENTOS 137,75 TAXA DE VIDEO - DIAGNÓSTICO 48,00 TOTAL 464,55 POLIPECTOMIA DO ESÔFAGO, ESTÔMAGO OU DUODENO (INDEPENDENTE DO NÚMERO DE PÓLIPOS) CODIGO: ,60 TAXA DE SALA 22,80 MATERIAL E MEDICAMENTOS 135,00 TAXA DE VIDEO - DIAGNÓSTICO 48,00 TOTAL 676,40

4 76 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE 2012 POLIPECTOMIA DE CÓLON (INDEPENDENTE DO NÚMERO DE PÓLIPOS) CODIGO: ,28 TAXA DE SALA 22,80 MATERIAL E MEDICAMENTOS 143,75 TAXA DE VIDEO - DIAGNÓSTICO 48,00 TOTAL 871,83 RETIRADA DE CORPO ESTRANHO DO ESÔFAGO, ESTÔMAGO OU DUODENO CODIGO: ,20 TAXA DE SALA 22,80 MATERIAL E MEDICAMENTOS 139,00 TAXA DE VIDEO - DIAGNÓSTICO 48,00 TOTAL 423,00 PASSAGEM DE SONDA NASO-ENTERAL CODIGO: ,60 TAXA DE SALA 22,80 MATERIAL E MEDICAMENTOS 16,00 TAXA DE VIDEO - DIAGNÓSTICO 48,00 TOTAL 282,40 HEMOSTASIA MECÂNICA EM ESOFAGO, ESTOMAGO, DUODENO CODIGO: ,80 TAXA DE SALA 22,80 MATERIAL E MEDICAMENTOS 85,00 TAXA DE VIDEO - DIAGNÓSTICO 48,00 TOTAL 488,60 BIOPSIA OU CITOLOGIA (ENDOSCOPIA DIGESTIVA ALTA OU BAIXA) CODIGO: ,00 TOTAL 48,00 COLANGIOPANCREATOGRAFIA RETROGRADA/PAPILOTOMIA ENDOSCOPICA CODIGO: (Colangiopancreatografia retrógrada endoscópica) 362,00 CODIGO: (Papilotomia endoscópica) 556,80 CODIGO: (AUXILIAR 30%) 108,60 CODIGO: (AUXILIAR 30%) 167,04 TAXA DE VIDEO - CIRURGICO 316,80 MATERIAL/MEDICAMENTO/TAXA DE APARELHO 1.621,08 TOTAL 3.132,32 COLOCAÇÃO DE PRÓTESE COLEDOCIANA POR VIA ENDOSCÓPICA CODIGO: ,60 CODIGO: (AUXILIAR 30%) 194,28 TOTAL 841,88 HEMOSTASIAS DE CÓLON CODIGO: ,08 TAXA DE SALA 22,80 MATERIAL/MEDICAMENTO/ACESSORIOS 220,41 TAXA DE VIDEO 48,00 TOTAL 805,29 PH-METRIA ESOFÁGICA COMPUTADORIZADA COM TRÊS CANAIS CODIGO: ,00 TAXA DE SALA 78,00 MATERIAL/MEDICAMENTO/TAXA DE APARELHO 303,80 TOTAL 565,80 MANOMETRIA ESOFÁGICA COMPUTADORIZADA COM TESTE PROVOCATIVO CODIGO: ,00 TAXA DE SALA 70,80 MATERIAL/MEDICAMENTO/TAXA DE APARELHO 67,00 TOTAL 321,80 MANOMETRIA COMPUTADORIZADA ANORRETAL CODIGO: ,00 TAXA DE SALA 70,80 MATERIAL/MEDICAMENTO/TAXA DE APARELHO 40,00 TOTAL 294,80 VÍDEO-FARINGO-LARINGOSCOPIA COM ENDOSCÓPIO RÍGIDO CODIGO: ,00 TAXA DE SALA 13,20 MATERIAL/MEDICAMENTO 50,00 TAXA DE VIDEO - DIAGNÓSTICO 48,00 TOTAL 239,20 VÍDEO-ENDOSCOPIA NASO-SINUSAL COM ÓTICA RÍGIDA CODIGO: ,60 TAXA DE APARELHO 91,20 TOTAL 184,80 ULTRASONOGRAFIA ENDOANAL E ENDORETAL CODIGO: ,00 TOTAL 210,00 OS PROCEDIMENTOS ABAIXO RELACIONADOS SÓ PODERÃO SER REALIZADOS COM O PACIENTE INTERNADO NA REDE HOSPITALAR CREDENCIADA AO ISSEC. O KIT DE GASTROSTOMIA ENDOSCÓPICA SERÁ PAGO DE ACORDO COM OS VALORES CONSTANTES NA TABELA DE ÓRTESES, PRÓTESES E MATERIAS ESPECIAIS DO ISSEC DESCOMPRESSÃO COLÔNICA POR COLONOSCOPIA CODIGO: ,08 TAXA DE SALA 22,80 MATERIAL E MEDICAMENTO 102,40 TAXA DE VIDEO 48,00 TOTAL 687,28 DIVERTICULOTOMIA CODIGO: ,08 CODIGO: (AUXILIAR 30%) 154,22 TAXA DE SALA 22,80 MATERIAL/MEDICAMENTO/ACESSÓRIO 830,00 TAXA DE VIDEO 48,00 TOTAL 1.569,10 GASTROSTOMIA ENDOSCÓPICA CODIGO: ,00 CODIGO: (AUXILIAR 30%) 69,60 TAXA DE SALA 22,80 MATERIAL E MEDICAMENTO 30,00 TAXA DE VIDEO 48,00 TOTAL 402,40 INTRODUÇÃO DE PRÓTESE NO ESÔFAGO CODIGO: ,08 CODIGO: (AUXILIAR 30%) 154,22 TAXA DE SALA 22,80 MATERIAL E MEDICAMENTO 30,00 TAXA DE VIDEO 48,00 TOTAL 769,10 RETIRADA DE CORPO ESTRANHO DO CÓLON CODIGO: ,38 TAXA DE SALA 22,80 MATERIAL E MEDICAMENTO/ACESSÓRIO 248,44 TAXA DE VIDEO 48,00 TOTAL 562,62 TAMPONAMENTO DE VARIZES DO ESÔFAGO E ESTÔMAGO CODIGO: ,00 TAXA DE SALA 22,80 MATERIAL/MEDICAMENTO/ACESSÓRIO 530,00 TAXA DE VIDEO 48,00 TOTAL 816,80

5 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE ANEXO V DA PORTARIA - 211/2012 EDITAL 01/2012 NOVO ANEXO ANEXO XXI TABELA DE PACOTES DE GINECOLOGIA DO ISSEC - EM CONSULTÓRIO VALOR TOTAL DO PROCEDIMENTO EM REAL CAUTERIZAÇÃO QUÍMICA, OU ELETROCAUTERIZAÇÃO, OU CRIOCAUTERIZAÇÃO DE LESÕES DE COLO UTERINO (POR SESSÃO) CÓDIGO: ,20 MATERIAL/MEDICAMENTO 9,75 TOTAL 54,95 BIOPSIA DA VULVA CÓDIGO: ,20 MATERIAL/MEDICAMENTO 27,00 TOTAL 72,20 EXÉRESE DE LESÃO DA VULVA E/OU DO PERÍNEO (POR GRUPO DE ATÉ 5 LESÕES) CÓDIGO: ,60 MATERIAL/MEDICAMENTO 38,60 TOTAL 92,20 BIOPSIA DE VAGINA CÓDIGO: ,20 MATERIAL/MEDICAMENTO 35,00 TOTAL 80,20 BIOPSIA DO COLO UTERINO CÓDIGO: ,20 MATERIAL/MEDICAMENTO 35,00 TOTAL 80,20 BIOPSIA DE ENDOMETRIO CÓDIGO: ,20 MATERIAL/MEDICAMENTO 35,00 TOTAL 80,20 ANEXO VI DA PORTARIA 211/2012 EDITAL 01/2012 NOVO ANEXO XXII TABELA DE PACOTES DE UROLOGIA DO ISSEC - EM CONSULTÓRIO VALOR TOTAL DO PROCEDIMENTO EM REAL CISTOSCOPIA E/OU URETROSCOPIA ISSEC CÓDIGO: ,60 TAXA DE VIDEO - DIAGNÓSTICO 48,00 TOTAL 141,60 URODINÂMICA COMPLETA CÓDIGO: ,40 TAXA DE VIDEO - DIAGNÓSTICO 48,00 TOTAL 188,40 UROFLUXOMETRIA CÓDIGO: ,20 TAXA DE APARELHO DE UROFLUXOMETRIA 62,00 TOTAL 87,20 PENISCOPIA (INCLUI BOLSA ESCROTAL) CODIGO: ,20 TAXA DE APARELHO DE PENISCOPIA 42,00 TOTAL 67,20 TAXA DE LITOTRIPSIA CODIGO: ,00 TOTAL 480,00 ANEXO VII DA PORTARIA - 211/2012 EDITAL 01/2012 NOVO ANEXO XXIII TABELA DE PACOTES DE OFTALMOLOGIA DO ISSEC - EM CONSULTORIO VALOR TOTAL DO PROCEDIMENTO EM REAL ANGIOFLUORESCEINOGRAFIA MONOCULAR CÓDIGO ,60 TAXA DO APARELHO 24,00 MATERIAL E MEDICAMENTO 66,00 TOTAL 143,60 ANEXO VIII DA PORTARIA - 211/2012 EDITAL 01/2012 NOVO ANEXO XXV TABELA DE PACOTE DE MAMOTOMIA POR ESTEREOTAXIA OU US DO ISSEC - EM CONSULTÓRIO VALOR TOTAL DO PROCEDIMENTO EM REAL MAMOTOMIA POR ESTEREOTAXIA OU US CÓDIGO: ,00 MATERIAL 1.005,62 TAXA DE SALA MAMOTOMIA 100,00 TOTAL 1.289,62 ANEXO IX DA PORTARIA - 211/2012 EDITAL 01/2012 NOVO ANEXO XXVIII TABELA DE PACOTES DE DERMATOLOGIA DO ISSEC - EM CONSULTÓRIO VALOR TOTAL DO PROCEDIMENTO EM REAL CRIOTERAPIA (GRUPO DE ATÉ 5 LESÕES) CÓDIGO: ,60 MATERIAL/MEDICAMENTO 22,40 TOTAL 56,00 INFILTRAÇÃO INTRALESIONAL, CICATRICIAL E HEMANGIOMAS - POR SESSÃO CÓDIGO: ,20 MATERIAL/MEDICAMENTO 2,34 TOTAL 27,54 CAUTERIZAÇÃO QUÍMICA (POR GRUPO DE ATÉ 5 LESÕES) CÓDIGO: ,60 MATERIAL/MEDICAMENTO 22,40 TOTAL 56,00 BIÓPSIA DE PELE, TUMORES SUPERFICIAIS, TECIDO CELULAR SUBCUTÂNEO, LINFONODO SUPERFICIAL, ETC CÓDIGO: ,20 MATERIAL/MEDICAMENTO 25,75 TOTAL 70,95 CURETAGEM SIMPLES DE LESÕES DE PELE (POR GRUPO DE ATÉ 5 LESÕES) CÓDIGO: ,60 MATERIAL/MEDICAMENTO 14,40 TOTAL 48,00 ELETROCOAGULAÇÃO DE LESÕES DE PELE E MUCOSAS - COM OU SEM CURETAGEM (POR GRUPO DE ATÉ 5 LESÕES) CÓDIGO: ,60 MATERIAL/MEDICAMENTO 2,40 TOTAL 56,00 MATRICECTOMIA POR DOBRA UNGUEAL CÓDIGO: ,60 MATERIAL/MEDICAMENTO 17,35 TOTAL 90,95

6 78 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE 2012 EXÉRESE E SUTURA SIMPLES DE PEQUENAS LESÕES - GRUPO DE ATÉ 5 LESÕES CÓDIGO: ,60 MATERIAL/MEDICAMENTO 2,40 TOTAL 96,00 CALOSIDADE E/OU MAL PERFURANTE - DESBASTAMENTO (POR LESÃO) CÓDIGO: ,80 MATERIAL/MEDICAMENTO 54,15 TOTAL 70,95 EXÉRESE DE LESÃO/TUMOR DE PELE E MUCOSAS CÓDIGO: ,20 MATERIAL/MEDICAMENTO 2,40 TOTAL 109,60 EXÉRESE DE UNHA CÓDIGO: ,20 MATERIAL/MEDICAMENTO 2,80 TOTAL 48,00 INCISÃO E DRENAGEM DE ABSCESSO, HEMATOMA OU PANARÍCIO CÓDIGO: ,20 MATERIAL/MEDICAMENTO 25,75 TOTAL 70,95 EXÉRESE TANGENCIAL (SHAVING) - (POR GRUPO DE ATÉ 5 LESÕES) CÓDIGO: ,60 MATERIAL/MEDICAMENTO 2,40 TOTAL 56,00 ANEXO X DA PORTARIA 211/2012 TABELA SAÚDE ISSEC Índice GOVERNO DO 1 ESTADO DO CEARÁ 1 PORTARIA Nº211/ INSTRUÇÕES GERAIS 23 Capítulo 1 - PROCEDIMENTOS GERAIS 25 CONSULTAS 25 ASSISTÊNCIA AO RECÉM-NASCIDO EM SALA DE PARTO 25 PLANTÃO DE UTI 26 CONSULTA ELETIVA 26 CONSULTA DE URGÊNCIA/EMERGENCIA 26 VISITA HOSPITALAR 26 CAPÍTULO 2 - PROCEDIMENTOS CLÍNICOS 28 PROCEDIMENTOS CLÍNICOS AMBULATORIAIS 29 TERAPÊUTICA 29 PROCEDIMENTOS CLÍNICOS HOSPITALARES 29 MONITORIZAÇÕES 29 CAPÍTULO 3 - PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS E 30 INVASIVOS PELE E TECIDO CELULAR SUBCUTÂNEO/ANEXOS 31 PROCEDIMENTOS 31 CABEÇA E PESCOÇO 33 LÁBIO 33 BOCA 34 LÍNGUA 34 GLÂNDULAS SALIVARES 34 FARINGE 34 LARINGE 35 TRAUMA CRÂNIO-MAXILO-FACIAL 35 CIRURGIA REPARADORA E FUNCIONAL DA FACE 35 SEQUELAS DE TRAUMA DA FACE 36 FACE 36 MANDÍBULA 36 PESCOÇO 37 TIREÓIDE 37 PARATIREÓIDE 37 CRÂNIO 37 OLHOS 37 PÁLPEBRA 37 CAVIDADE ORBITÁRIA 38 CONJUNTIVA 38 CÓRNEA 38 CÂMARA ANTERIOR 39 CRISTALINO 39 CORPO VÍTREO 39 ESCLERA 39 BULBO OCULAR 39 ÍRIS E CORPO CILIAR 39 MÚSCULOS 39 RETINA 39 VIAS LACRIMAIS 40 ORELHA 40 PAVILHÃO AURICULAR 40 ORELHA EXTERNA 40 ORELHA MÉDIA 40 ORELHA INTERNA 41 NARIZ E SEIOS PARANASAIS 41 NARIZ 41 SEIOS PARANASAIS 42 PAREDE TORÁCICA 43 PAREDE TORÁCICA 43 MAMAS 43 SISTEMA MÚSCULO-ESQUELÉTICO E ARTICULAÇÕES 44 TRANSPLANTES CUTÂNEOS (COM MICROANASTOMOSES VASCULARES) 44 TRANSPLANTES MÚSCULO-CUTÂNEOS (COM MICROANASTOMOSES VASCULARES) 44 TRANSPLANTES MUSCULARES (COM MICROANASTOMOSES 45 VASCULARES) TRANSPLANTES ÓSSEOS VASCULARIZADOS E TRANSPLANTES 45 OSTEOMUSCULOCUTÂNEOS VASCULARIZADOS (COM MICROANASTOMOSES VASCULARES) MICROCIRURGIA NAS GRANDES RECONSTRUÇÕES DE CABEÇA E 45 PESCOÇO, NAS EXTENSAS PERDAS DE SUBSTÂNCIA E NA ABLAÇÃO DE TUMORES AO NÍVEL DOS MEMBROS (COM MICROANASTOMOSES VASCULARES) REIMPLANTES E REVASCULARIZAÇÕES DOS MEMBROS 46 TRANSPLANTES DE DEDOS DO PÉ PARA A MÃO 46 TRAÇÃO 46 RETIRADA DE MATERIAL DE SÍNTESE 46 IMOBILIZAÇÕES PROVISÓRIAS - TALAS GESSADAS 46 APARELHOS GESSADOS 46 OUTROS PROCEDIMENTOS/PUNÇÕES 47 RETIRADA DE CORPO ESTRANHO 47 COLUNA VERTEBRAL 47 ARTICULAÇÃO ESCÁPULO-UMERAL E CINTURA ESCAPULAR 48 BRAÇO 48 COTOVELO 49 ANTEBRAÇO 49 PUNHO 49 MÃO 50 CINTURA PÉLVICA 52 ARTICULAÇÃO COXO-FEMORAL 52 COXA/FÊMUR 52 JOELHO 53 PERNA 53 TORNOZELO 53 PÉ 54 MÚSCULOS E FASCIAS 54 TENDÕES, BURSAS E SINÓVIAS 55 OSSOS 55 PROCEDIMENTOS VIDEOARTROSCÓPICOS DE JOELHO 55 PROCEDIMENTOS VIDEOARTROSCÓPICOS DE TORNOZELO 56 PROCEDIMENTOS VIDEOARTROSCÓPICOS DE OMBRO 56 PROCEDIMENTOS VIDEOARTROSCÓPICOS DE COTOVELO 56 PROCEDIMENTOS VIDEOARTROSCÓPICOS DE PUNHO E TÚNEL DO CARPO 56 SISTEMA RESPIRATÓRIO E MEDIASTINO 57 TRAQUÉIA 57 BRÔNQUIOS 57 PULMÃO 57 PLEURA 57 MEDIASTINO 58 DIAFRAGMA 58 SISTEMA CÁRDIO-CIRCULATÓRIO 58 DEFEITOS CARDÍACOS CONGÊNITOS 58 VALVOPLASTIAS 58 CORONARIOPATIAS 58 MARCA-PASSO 58 SISTEMA CÁRDIO-CIRCULATÓRIO 59 OUTROS PROCEDIMENTOS 59 CIRURGIA ARTERIAL 59 CIRURGIA VENOSA 60 FÍSTULAS ARTERIOVENOSAS CONGÊNITAS OU ADQUIRIDAS 60 CIRURGIA VASCULAR DE URGÊNCIA 61 HEMODINÂMICA - CARDIOLOGIA INTERVENCIONISTA 61 (PROCEDIMENTOS DIAGNÓSTICOS) ACESSOS VASCULARES 62 CIRURGIA LINFÁTICA 63 PERICÁRDIO 63 HIPOTERMIA 63 MIOCÁRDIO 63 SISTEMA DIGESTIVO E ANEXOS 63 ESÔFAGO 63 ESTÔMAGO 64 INTESTINOS 65 ÂNUS 66 FÍGADO E VIAS BILIARES 66 PÂNCREAS 67 BAÇO 67 ABDOME, PAREDE E CAVIDADE 67 SISTEMA URINÁRIO 68 RIM, BACINETE E SUPRA-RENAL 68 URETER 69 BEXIGA 70 URETRA 71 SISTEMA GENITAL E REPRODUTOR MASCULINO 72 PRÓSTATA E VESÍCULAS SEMINAIS 72 ESCROTO 72 TESTÍCULO 72 EPIDÍDIMO 73 CORDÃO ESPERMÁTICO 73 PÊNIS 73 SISTEMA GENITAL E REPRODUTOR FEMININO 74 VULVA 74 VAGINA 74

7 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE ÚTERO 74 TUBAS 75 OVÁRIOS 75 PERÍNEO 75 CAVIDADE E PAREDES PÉLVICAS 75 PARTOS E OUTROS PROCEDIMENTOS OBSTÉTRICOS 75 SISTEMA NERVOSO - CENTRAL E PERIFÉRICO 76 ENCÉFALO 76 MEDULA 76 NERVOS PERIFÉRICOS 76 NERVOS CRANIANOS 77 SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO 77 TRANSPLANTES DE ÓRGÃOS 77 CÓRNEA 77 CARDÍACO 77 RENAL 78 OUTROS PROCEDIMENTOS INVASIVOS 78 BLOQUEIOS ANESTÉSICOS DE NERVOS E ESTÍMULOS NEUROVASCULARES 78 OUTROS PROCEDIMENTOS INVASIVOS 78 Capítulo 4 - PROCEDIMENTOS DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS 80 ELETROFISIOLÓGICOS/MECÂNICOS E FUNCIONAIS 81 TUBO DIGESTIVO 81 SISTEMA NERVOSO 81 ENDOSCÓPICOS 81 ENDOSCOPIA DIAGNÓSTICA 81 ENDOSCOPIA INTERVENCIONISTA 81 MEDICINA LABORATORIAL 82 IMUNOLOGIA 82 MÉTODOS DIAGNÓSTICOS POR IMAGEM 82 OUTROS EXAMES 82 ANGIORRADIOLOGIA 82 MÉTODOS INTERVENCIONISTAS/TERAPÊUTICOS POR IMAGEM 82 ULTRA-SONOGRAFIA 83 ULTRA-SONOGRAFIA DIAGNÓSTICA 83 ULTRA-SONOGRAFIA INTERVENCIONISTA 83 EXAMES ESPECÍFICOS 83 PROCEDIMENTOS 83 TESTES PARA DIAGNÓSTICO 83 OUTROS 84 PROCEDIMENTOS DIAGNÓSTICOS 84 Capítulo 5 - PROCEDIMENTOS COMPLEMENTARES ISSEC 85 PARTO INTERIOR 86 TRATAMENTO PSICOLOGIA 86 TRATAMENTO FONOAUDIOLOGIA 86 ENTIDADES PRESTADORAS DE SERVIÇOS ÀS PESSOAS 86 PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAIS NUTRIÇÃO ENTERAL E NUTRIÇÃO PARENTERAL 87 HEMODIALISE E DIALISE PERITONEAL 87 HEMOTERAPIA 88 ULTRASSONOGRAFIA 88 ODONTOLOGIA 89 INSTRUÇÕES GERAIS INSTRUÇÕES GERAIS 1. CLASSIFICAÇÃO E VALORES DA TABELA SAÚDE ISSEC 1.1 A presente tabela foi elaborada com base em critérios técnicos e tem como finalidade valorar os procedimentos aqui descritos. 1.2 Os portes anestésicos (AN) permanecem em número de oito e mantém correspondência com seus respectivos valores. 1.3 Os atendimentos contratados de acordo com esta tabela serão realizados em locais, dias e horários preestabelecidos. 1.4 Esta classificação constitui referência para acomodações hospitalares em enfermaria (até quartos leitos) ou UTI. 2. ATENDIMENTO DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA 2.1 Os atos médicos praticados em caráter de urgência ou emergência terão um acréscimo de trinta por cento (30%) em seus valores nas seguintes eventualidades: No período compreendido entre 22h e 6h do dia seguinte; Em qualquer horário aos domingos e feriados; 3. NORMAS GERAIS 3.1 Os valores atribuídos a cada procedimento cirúrgico incluem os cuidados pós-operatórios relacionados com o tempo de permanência do paciente no hospital, até 10 (dez) dias após o ato cirúrgico. Esgotado esse prazo, a valoração passa ser regida conforme critérios estabelecidos para as visitas hospitalares (código ou X), ou para as consultas em consultório (código ), quando se fizer necessário um acompanhamento ambulatorial. 3.2 PROCEDIMENTOS POR VÍDEO a) Os procedimentos cirúrgicos realizados por Vídeo têm valores independentes dos seus correlatos realizados por técnica convencional. Para a sua valoração foram utilizados os mesmos atributos aplicados aos atos convencionais: tempo, cognição, complexidade e risco. Estes valores estão sujeitos ao item 6 destas Instruções. b) Aos procedimentos diagnósticos realizados por Videolaparoscopia e Videoendoscopia não se aplica o disposto no item 6 destas Instruções. 4. VALORAÇÃO DOS ATOS CIRÚRGICOS 4.1 Quando previamente planejada, ou quando se verificar, durante o ato cirúrgico, a indicação de atuar em vários órgãos ou regiões ou em múltiplas estruturas articulares a partir da mesma via de acesso, a valoração será a que corresponder, por aquela via, ao procedimento de maior valor, acrescido de 50% do previsto para cada um dos demais atos médicos praticados, desde que não haja um código específico para o conjunto. 4.2 Quando ocorrer mais de uma intervenção por diferentes vias de acesso, deve ser adicionado ao preço da intervenção principal 70% aos demais atos praticados. 4.3 Obedecem às normas acima as cirurgias bilaterais, realizadas por diferentes incisões (70%), ou pela mesma incisão (50%). 4.4 Quando duas equipes distintas realizarem simultaneamente atos cirúrgicos diferentes, a cada uma delas será atribuído valor de acordo com o procedimento realizado e previsto nesta tabela. 4.5 Quando um ato cirúrgico for parte integrante de outro, valorar-seá não o somatório do conjunto, mas apenas o ato principal. 5. AUXILIARES DE CIRURGIA 5.1 A valoração dos serviços prestados pelos médicos auxiliares dos atos cirúrgicos corresponderá ao percentual de 30% do valor do ato praticado pelo cirurgião para o primeiro auxiliar, de 20% para o segundo e terceiro auxiliares e, quando o caso exigir, também para o quarto auxiliar. 5.2 Quando uma equipe, num mesmo ato cirúrgico, realizar mais de um procedimento, o número de auxiliares será igual ao previsto para o procedimento de maior valor, e valor para os serviços desses auxiliares será calculado sobre a totalidade dos serviços realizados pelo cirurgião. 6. CONDIÇÕES DE INTERNAÇÃO 6.1 Quando o paciente voluntariamente internar-se em ACOMODAÇÕES HOSPITALARES SUPERIORES, diferentes das previstas no item 1.4 destas Instruções, a valoração referente aos procedimentos será complementada por negociação entre o paciente e o médico, não cabendo ao ISSEC qualquer responsabilidade financeira e ingerência sobre o processo. 7. APLICAÇÃO 7.1 A alteração e a introdução de novos procedimentos nesta Tabela serão aprovadas após prévia análise e estudo dos custos pelo Instituto dos Servidores do Estado do Ceará ISSEC, de acordo com sua disponibilidade orçamentária e financeira. CONSULTAS Capítulo 1 - PROCEDIMENTOS GERAIS Código Procedimento Valor ASSISTÊNCIA AO RECÉM-NASCIDO EM SALA DE PARTO Atendimento ao recém-nascido em sala de parto 158,00 (parto normal ou operatório de baixo risco) Atendimento ao recém-nascido em sala de parto 184,00 (parto normal ou operatório de alto risco) OBSERVAÇÕES: 1 - Será obedecido o que consta no item 6 das Instruções Gerais. 2 - Em caso de parto múltiplo, o atendimento pediátrico a cada recémnato deve ser considerado individualmente. 3 - Se o recém-nascido permanecer internado após o terceiro dia será feita guia de internação para tratamento clínico ou cirúrgico com o diagnóstico da patologia, a partir daí, segue o que determina a tabela. 4 - Atendimento em sala de parto de recém-nascido a termo com peso adequado para idade gestacional, sem patologia. 5 - Atendimento ao recém-nascido prematuro ou que necessita de manobras de reanimação com uso de O2 sob pressão positiva e/ou entubação traqueal. PLANTÃO DE UTI Atendimento médico do intensivista (por dia e por paciente 107,20 em UTI geral e pediatra) OBSERVAÇÕES: - Nos portes indicados para o plantonista de UTI não estão incluídos: diálise, acesso vascular para hemodiálise, implante de marcapasso, traqueostomia. Tais procedimentos serão pagos à parte, de acordo com as respectivas tabelas. - Estão incluídos nos portes do plantonista: intubação, monitorizações clínicas com ou sem auxílio de equipamentos, desfibrilação e punção venosa (intracath). - Os atos do médico assistente ou de especialistas, quando praticados por solicitação do intensivista, serão pagos considerando os atendimentos efetivamente realizados e registrados em prontuário e equivalente a uma visita hospitalar.

8 80 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE 2012 CONSULTA ELETIVA Consulta Médica Eletiva 47, G Consulta Obstétrica de Pré-Natal 47, P Consulta Psiquiátrica 47,00 CONSULTA DE URGÊNCIA/EMERGENCIA X Consulta Médica Emergência/Traumatologia 40, Consulta Médica Emergência/Clinica Medica 40, OBSERVAÇÕES: 1. Aos atendimentos realizados em pronto socorro não será aplicado o acréscimo de 30% nos horários especiais descritos nas instruções gerais. 2 - A consulta de oftalmologia padrão inclui: anamnese, refração, inspeção das pupilas, acuidade visual, retinoscopia e ceratometria, fundoscopia, biomicroscopia do segmento anterior, exame sumário da motilidade ocular e do senso cromático. 3 - CONSULTA MÉDICA PRAZO DE VALIDADE A consulta médica compreende a anamnese, o exame físico, conclusão diagnóstica, prognóstico e prescrição terapêutica caracterizando, assim, um ato médico completo (concluído ou não num único período de tempo). Quando houver necessidade de exames complementares que não podem ser executados e apreciados nesse período de tempo, este ato médico terá continuidade e finalização quando o paciente retornar com os exames solicitados, não devendo, portanto, neste caso, ser considerado como uma nova consulta. O retorno do beneficiário no prazo de 30 dias não será considerado como nova consulta. A reconsulta poderá acontecer no caso de consulta de urgência/ emergência num percentual determinado pelo ISSEC. VISITA HOSPITALAR Visita hospitalar (paciente internado) 40,00 CONSULTAS Código Procedimento Valor X Visita hospitalar (paciente internado) parecer do especialista 40, OBSERVAÇÃO: 1. Para visita hospitalar, será observado o que consta dos itens 3.1 e 6 das Instruções Gerais. 2. Valor da visita hospitalar será por dia de internação, inclusive a que corresponder ao dia da alta. CAPÍTULO 2 - PROCEDIMENTOS CLÍNICOS PROCEDIMENTOS CLÍNICOS AMBULATORIAIS TERAPÊUTICA Actinoterapia (por sessão) , Crioterapia (grupo de até 5 lesões) , Curativo de extremidades de , origem vascular Curativo de ouvido (cada) , Curativo oftalmológico , Curativos em geral com anestesia, , exceto queimados Curativos em geral sem anestesia, , exceto queimados Fototerapia com UVA (PUVA) , (por sessão) PROCEDIMENTOS CLÍNICOS HOSPITALARES MONITORIZAÇÕES Cardiotocografia anteparto , Cardiotocografia intraparto , (por hora) até 6 horas externa CAPÍTULO 3 - PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS E INVASIVOS PELE E TECIDO CELULAR SUBCUTÂNEO/ANEXOS PROCEDIMENTOS Abrasão cirúrgica (por sessão) , Abrasão cirúrgica (por sessão) , Abscesso de unha (drenagem) ,20-1 tratamento cirúrgico Alopecia parcial exérese , e sutura Alopecia parcial rotação , de retalho Alopecia parcial rotação , múltipla de retalhos Autonomização de retalho , por estágio Biópsia de pele, tumores superficiais, tecido celular subcutâneo, linfonodo superficial, etc , Biópsia de unha , Calosidade e/ou mal perfurante - desbastamento (por lesão) , Cantoplastia ungueal , Cauterização química (por grupo de até 5 lesões) , Cirurgia da hidrosadenite (por região) , Correção cirúrgica de linfedema (por estágio) , Correção de deformidades nos membros com utilização de implantes , Correção de deformidades por exérese de tumores, cicatrizes ou ferimentos com o emprego de expansores em retalhos musculares ou miocutâneos (por estágio) , Correção de deformidades por exérese de tumores, cicatrizes ou ferimentos,com o emprego de expansores de tecido, em retalhos cutâneos (por estágio) , Correção de lipodistrofia braquial, crural ou... trocanteriana de membros superiores e inferiores , Criocirurgia (nitrogênio líquido) de neoplasias cutâneas , Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) ambulatorial , Curativo de queimaduras - por unidade topográfica (UT) hospitalar , Curetagem simples de lesões de pele (por grupo de até 5 lesões) , Dermoabrasão de lesões cutâneas , Dermolipectomia para correção de abdome em avental , Desbridamento cirúrgico - por unidade topográfica (UT) , Eletrocoagulação de lesões de pele e mucosas , com ou sem curetagem (por grupo de até 5 lesões) Enxerto cartilaginoso , Enxerto composto , Enxerto de pele (homoenxerto inclusive) , Enxerto de pele múltiplo - por unidade topográfica (UT) , Epilação por eletrólise (por sessão) , Escalpo parcial - tratamento cirúrgico , Escalpo total - tratamento cirúrgico , Esfoliação química profunda (por sessão) , Esfoliação química superficial (por sessão) , Exérese de higroma cístico , Exérese de higroma cístico no RN e lactente , Exérese de lesão/tumor de pele e mucosas , Exérese de lesão com auto-enxertia , Exérese de tumor e rotação de retalho músculo-cutâneo , Exérese de unha , Exérese e sutura de hemangioma, linfangioma ou nevus (por grupo de até 5 lesões) , Exérese e sutura de lesões (circulares ou não) com rotação de retalhos cutâneos , Exérese e sutura simples de pequenas lesões - grupo de até 5 lesões , Exérese tangencial (shaving) - (por grupo de até 5 lesões) , Expansão tissular (por sessão) , Extensos ferimentos, cicatrizes ou tumores , excisão e retalhos cutâneos da região... PELE E TECIDO CELULAR SUBCUTÂNEO/ANEXOS Extensos ferimentos, cicatrizes ou tumores - exérese e emprego de retalhos cutâneos ou musculares cruzados (por estágio) , Extensos ferimentos, cicatrizes ou tumores - exérese e retalhos cutâneos à distância , Extensos ferimentos, cicatrizes ou tumores - exérese e rotação de retalho fasciocutâneo ou axial , Extensos ferimentos, cicatrizes ou tumores - exérese e rotação de retalhos miocutâneos , Extensos ferimentos, cicatrizes ou tumores - exérese e rotação de retalhos musculares , Extensos ferimentos, cicatrizes, ou tumores - exérese e enxerto cutâneo , Face - biópsia , Ferimentos infectados e mordidas de animais (desbridamento) , Incisão e drenagem de abscesso, hematoma ou panarício , Incisão e drenagem de flegmão , Infiltração intralesional, cicatricial e hemangiomas por sessão , Lasercirurgia (por sessão) , Matricectomia por dobra ungueal , Plástica em Z ou W , Reconstrução com retalhos de gálea aponeurótica , Retirada de corpo estranho subcutâneo , Retração cicatricial de axila - tratamento cirúrgico , Retração cicatricial de zona de flexão e extensão de membros superiores e inferiores , Retração cicatricial do cotovelo - tratamento cirúrgico ,00 2 3

9 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE Retração de aponevrose palmar (Dupuytren) , Sutura de extensos ferimentos com ou sem desbridamento , Sutura de pequenos ferimentos com ou sem desbridamento , Transecção de retalho , Transferência intermediária de retalho , Tratamento cirúrgico de bridas constrictivas , Tratamento cirúrgico de grandes hemangiomas , Tratamento da miiase furunculóide (por lesão) , Tratamento de escaras ou ulcerações com enxerto de pele , Tratamento de escaras ou ulcerações com retalhos cutâneos locais , Tratamento de escaras ou ulcerações com retalhos miocutâneos ou musculares , Tratamento de fístula cutânea , Tratamento de lesões cutâneas e vasculares a laser/ photoderm - por sessão , TU partes moles - exérese , Unha (enxerto) - tratamento cirúrgico , OBSERVAÇÕES REFERENTES A QUEIMADURAS: a) ITENS , e Por unidade topográfica (UT) compreende-se segmento do corpo facilmente delimitável, que tem uma área aproximada de 9% de superfície corpórea. No corpo humano existem 11 (onze) UTs: cabeça e pescoço - cada um dos membros superiores - face anterior do tórax - face posterior do tórax - abdome - nádegas (da cintura a raiz da coxa) - cada uma das coxas - cada um dos conjuntos pernas e pés. Os genitais constituem uma UT à parte de (1%). 2 - Face, pescoço, mão, axila, região inguinais, joelhos, genitais, assim como as regiões onde as lesões atingem estruturas profundas (tendões, vasos e ossos, quando isoladas), cada um corresponde a 2 (duas) UTs. b) OBSERVAÇÕES GERAIS 1 - Cada procedimento refere-se a um único ato cirúrgico. Aos procedimentos que necessitem de revisões ou atos cirúrgicos complementares corresponderão novos valores, cada qual como um novo ato. PELE E TECIDO CELULAR SUBCUTÂNEO/ANEXOS 2 - A qualquer outro tipo de intervenção de outros especialistas que eventualmente colaborarem no tratamento serão atribuídos valores de acordo com a respectiva tabela. CABEÇA E PESCOÇO LÁBIO Biópsia de lábio , Excisão com plástica de vermelhão , Excisão com reconstrução à custa de retalhos , Excisão com reconstrução total , Excisão em cunha , Frenotomia labial , Queiloplastia para fissura labial unilateral - por estágio , Reconstrução de sulco gengivo-labial , Reconstrução total do lábio , Tratamento cirúrgico da macrostomia , Tratamento cirúrgico da microstomia , BOCA Biópsia de boca , Excisão de lesão maligna com reconstrução à custa de retalhos locais , Excisão de tumor de boca com mandibulectomia , Exérese de tumor e enxerto cutâneo ou mucoso , Fístula orofacial - tratamento cirúrgico , Glossectomia subtotal ou total, com ou sem mandibulectomia , Palatoplastia com enxerto ósseo , Palatoplastia com retalho faríngeo , Palatoplastia com retalho miomucoso , Palatoplastia parcial , Palatoplastia total , Palato-queiloplastia unilateral , Plástica do ducto parotídeo , LÍNGUA Frenotomia lingual , Tumor de língua - tratamento cirúrgico , GLÂNDULAS SALIVARES Biópsia de glândula salivar , Excisão de glândula submandibular , Exérese de rânula ou mucocele , Parotidectomia parcial com conservação do nervo facial , Parotidectomia total ampliada com ou sem reconstrução com retalhos locais , Parotidectomia total com conservação do nervo facial , Parotidectomia total com reconstrução do nervo facial , Parotidectomia total com sacrificio do nervo facial, sem reconstrução , Plastia de ducto salivar ou exérese de cálculo ou de rânula salivar , Ressecção de tumor de glândula sublingual , FARINGE Abscesso faríngeo - qualquer área , Adeno-amigdalectomia , Adenoidectomia , Amigdalectomia das palatinas , Amigdalectomia lingual , Biópsia do cavum, orofaringe ou hipofaringe , Cauterização (qualquer técnica) por sessão , CABEÇA E PESCOÇO Corpo estranho de faringe - retirada em consultório , Corpo estranho de faringe - retirada sob anestesia geral , Faringolaringectomia , Faringolaringoesofagectomia total , Ressecção de nasoangiofibroma , Ressecção de tumor de faringe (via bucal ou nasal) , Ressecção de tumor de faringe com acesso por faringotomia ou por retalho jugal , Ressecção de tumor de faringe com mandibulectomia , Ressecção de tumor de faringe por mandibulotomia , Tumor de boca ou faringe - ressecção , Uvulopalatofaringoplastia (qualquer técnica) , LARINGE Laringectomia parcial , Laringectomia total , Laringofissura (inclusive com cordectomia) , TRAUMA CRÂNIO-MAXILO-FACIAL Fratura simples de mandíbula com contenção e bloqueio intermaxilar eventual , Fratura cominutiva de mandíbula - redução cirúrgica com fixação óssea e bloqueio intermaxilar eventual , Fratura de maxila, tipo Lefort I e II - redução e aplicação de levantamento zigomático-maxilar com bloqueio intermaxilar eventual , Fratura de maxila, tipo Lefort III - redução e aplicação de levantamento crânio-maxilar com bloqueio intermaxilar eventual , Fratura do arco zigomático - redução cirúrgica com fixação , Fratura do arco zigomático - redução instrumental sem fixação , Fratura Lefort I - fixação cirúrgica com síntese óssea, levantamento e bloqueio intermaxilar eventual , Fratura Lefort II - fixação cirúrgica com síntese óssea, levantamento e bloqueio intermaxilar eventual , Fratura Lefort III - fixação cirúrgica com síntese óssea, levantamento crânio-maxilar e bloqueio intermaxilar eventual , Fratura naso etmóido órbito-etmoidal , Fratura simples de mandíbula - redução cirúrgica com fixação óssea e bloqueio intermaxilar eventual , Fraturas alveolares - fixação com aparelho e contenção , Fraturas complexas de mandíbula - redução cirúrgica com fixação óssea e eventual bloqueio intermaxilar , Fraturas complexas do terço médio da face, fixação cirúrgica com síntese, levantamento crânio-maxilar, enxerto ósseo, halo craniano eventual , Fraturas múltiplas de terço médio da face:fixação cirúrgica com síntese óssea, levantamento crânio maxilar e bloqueio intermaxilar , Redução de fratura de seio frontal (acesso coronal) , Redução de fratura de seio frontal (acesso frontal) , Redução de fratura do malar (com fixação) , Redução de fratura do malar (sem fixação) , Retirada dos meios de fixação (na face) ,60-2 CIRURGIA REPARADORA E FUNCIONAL DA FACE Artroplastia para luxação recidivante da articulação têmporo-mandibular , Osteoplastia para prognatismo, micrognatismo ou laterognatismo , Osteotomia crânio-maxilares complexas , Osteotomia tipo Lefort I , Osteotomia tipo Lefort II , Osteotomia tipo Lefort III - extracraniana , Osteotomias alvéolo palatinas , CABEÇA E PESCOÇO Osteotomias segmentares da maxila ou malar , Reconstrução parcial da mandíbula com enxerto ósseo , Reconstrução total de mandíbula com prótese e ou enxerto ósseo ,80 3 6

10 82 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE Redução simples da luxação da articulação têmporomandibular com fixação intermaxilar , Translocação etmóido orbital para tratamento do hipertelorismo miocutâneo associado a expansor de tecido - por lado , Tratamento cirúrgico de anquilose da articulação têmporo mandibular , SEQUELAS DE TRAUMA DA FACE Osteoplastias da órbita , Osteoplastias de mandíbula , Osteoplastias do arco zigomático , Osteoplastias etmóido orbitais , FACE Correção de tumores, cicatrizes ou ferimentos com o auxílio de expansores de tecidos - por estágio , Exérese de tumor benigno, cisto ou fístula , Exérese de tumor maligno de pele , Hemiatrofia facial, correção com enxerto de gordura ou implante , Paralisia facial - reanimação com o músculo temporal (região oral) com neurotização , Paralisia facial - reanimação com o músculo temporal (região oral), sem neurotização , Paralisia facial - reanimação com o músculo temporal (região orbital e oral) com neurotização , Paralisia facial - reanimação com o músculo temporal (região orbital), sem neurotização , Reconstrução com retalho axial da artéria temporal superficial , Reconstrução com retalhos axiais supra-orbitais e supratrocleares , Reconstrução com retalhos em VY de pedículo subarterial , Reconstrução com rotação do músculo temporal , MANDÍBULA Biópsia de mandíbula , Hemimandibulectomia ou ressecção segmentar ou seccional da mandíbula , Mandibulectomia total , Ressecção de tumor de mandíbula com desarticulação de ATM , PESCOÇO Cervicotomia exploradora , Esvaziamento cervical radical (especificar o lado) , Esvaziamento cervical radical ampliado , Esvaziamento cervical seletivo (especificar o lado) , Exérese de cisto branquial , Exérese de cisto tireoglosso , Exérese de tumor benigno, cisto ou fístula cervical , Linfadenectomia profunda , Linfadenectomia superficial , Neuroblastoma cervical - exérese , Reconstrução de esôfago cervical , Ressecção de tumor de corpo carotídeo , Retração cicatricial cervical - por estágio , Retração cicatricial cervical com emprego de expansores de tecido - por estágio , Torcicolo congênito - tratamento cirúrgico , Tratamento cirúrgico da lipomatose cervical , Tratamento cirúrgico de fístula com retalho cutâneo , CABEÇA E PESCOÇO TIREÓIDE Biópsia de tireóide , Bócio mergulhante: extirpação por acesso cérvico-torácico , Tireoidectomia parcial , Tireoidectomia total , PARATIREÓIDE Biópsia de paratireóide , Paratireoidectomia com toracotomia , Tratamento cirúrgico do hiperparatireoidismo primário , Tratamento cirúrgico do hiperparatireoidismo secundário , CRÂNIO Cranioplastia , Craniotomia descompressiva , Craniotomia para tumores ósseos , Retirada de cranioplastia , Tratamento cirúrgico da craniossinostose , Tratamento cirúrgico da fratura do crânio - afundamento , Tratamento cirúrgico da osteomielite de crânio , OLHOS PÁLPEBRA Abscesso de pálpebra - drenagem , Biópsia de pálpebra , Blefarorrafia , Calázio , Coloboma - com plástica , Correção cirúrgica de ectrópio ou entrópio , Correção de bolsas palpebrais - unilateral , Epicanto - correção cirúrgica - unilateral , Epilação , Epilação de cílios (diatermo-coagulação) , Fissura palpebral - correção cirúrgica , Lagoftalmo - correção cirúrgica , Pálpebra - reconstrução parcial (com ou sem ressecção de tumor) , Pálpebra - reconstrução total (com ou sem ressecção de tumor) - por estágio , Ptose palpebral - correção cirúrgica - unilateral , Ressecção de tumores palpebrais , Simbléfaro com ou sem enxerto - correção cirúrgica , Supercílio - reconstrução total , Sutura de pálpebra , Tarsorrafia , Triquíase com ou sem enxerto , Xantelasma palpebral - exérese - unilateral , CAVIDADE ORBITÁRIA Descompressão de órbita ou nervo ótico , Exenteração com osteotomia , Exenteração de órbita , Fratura de órbita - redução cirúrgica , Fratura de órbita - redução cirúrgica e enxerto ósseo , Reconstituição de paredes orbitárias , Reconstrução parcial de cavidade orbital - por estágio , Reconstrução total da cavidade orbital - por estágio , Tumor de órbita - exérese , OLHOS CONJUNTIVA Autotransplante conjuntival , Biópsia de conjuntiva , Enxerto de membrana amniótica , Infiltração subconjuntival , Plástica de conjuntiva , Pterígio - exérese , Reconstituição de fundo de saco , Sutura de conjuntiva , Tumor de conjuntiva - exérese , CÓRNEA Cauterização de córnea , Corpo estranho da córnea - retirada , Recobrimento conjuntival , Sutura de córnea (com ou sem hérnia de íris) , CÂMARA ANTERIOR Paracentese da câmara anterior , Remoção de hifema , Retirada de corpo estranho da câmara anterior , CRISTALINO Capsulotomia YAG ou cirúrgica , Facectomia com lente intra-ocular com facoemulsificação , Facectomia com lente intra-ocular sem facoemulsificação , Facectomia sem implante , Implante secundário/explante/fixação escleral ou iriana , CORPO VÍTREO Implante de silicone intravítreo , Retirada de corpo estranho , Vitrectomia anterior , Vitrectomia vias pars plana , ESCLERA Sutura de esclera ,00-1 BULBO OCULAR Enucleação ou evisceração com ou sem implante , Injeção retrobulbar , Reconstituição de globo ocular com lesão de estruturas intra-oculares , ÍRIS E CORPO CILIAR Biópsia de íris e corpo ciliar , Cicloterapia - qualquer técnica , Cirurgias fistulizantes antiglaucomatosas , Fototrabeculoplastia (laser) ,40-2

11 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE Iridectomia (laser ou cirúrgica) , Iridociclectomia ,80-5 MÚSCULOS Biópsia de músculos , Estrabismo ciclo vertical/transposição - monocular , Estrabismo horizontal - monocular , OLHOS RETINA Fotocoagulação (laser) - por sessão - monocular , Retinopexia com introflexão escleral , Retinopexia pneumática , Retinopexia profilática (criopexia) ,40-2 VIAS LACRIMAIS Dacriocistectomia - unilateral , Dacriocistorrinostomia com ou sem intubação - unilateral , Fechamento dos pontos lacrimais , Reconstituição de vias lacrimais com silicone ou outro material , Sondagem das vias lacrimais - com ou sem lavagem , ORELHA PAVILHÃO AURICULAR Biópsia de pavilhão auricular , Exérese de tumor com abordagem craniofacial oncológica pavilhão auricular (tempo facial) , Exérese de tumor com fechamento primário , Outros defeitos congênitos que não a microtia , Reconstrução de orelha - retoques , Reconstrução de unidade anatômica do pavilhão auricular por estágio , Reconstrução total de orelha (único estágio) , Ressecção de tumor de pavilhão auricular, incluindo parte do osso temporal , Tratamento cirúrgico de sinus pré-auricular , ORELHA EXTERNA Cisto pré-auricular (coloboma auris) - exérese-unilateral , Corpos estranhos, pólipos ou biópsia - em consultório , Corpos estranhos, pólipos ou biópsia - em hospital sob anestesia geral , Estenose de conduto auditivo externo - correção , Furúnculo - drenagem (ouvido) , Pericondrite de pavilhão - tratamento cirúrgico com desbridamento , Tumor benigno de conduto auditivo externo - exérese ,00-1 ORELHA MÉDIA Cauterização de membrana timpânica , Estapedectomia ou estapedotomia , Exploração e descompressão parcial do nervo facial intratemporal , Fístula perilinfática - fechamento cirúrgico , Glomus jugular - ressecção , Glomus timpânicus - ressecção , Mastoidectomia simples ou radical modificada , Ouvido congênito - tratamento cirúrgico , Paracentese do tímpano - miringotomia, unilateral (em consultório) , Tímpano-mastoidectomia , Timpanoplastia com reconstrução da cadeia ossicular , Timpanoplastia tipo I - miringoplastia - unilateral , Timpanotomia exploradora - unilateral , Timpanotomia para tubo de ventilação - unilateral ,00-2 ORELHA INTERNA Doença de Meniere - tratamento cirúrgico - descompressão do saco endolinfático ou shunt , Enxerto parcial intratemporal do nervo facial - do foramem estilo-mastóideo ao gânglio geniculado , ORELHA Enxerto parcial intratemporal do nervo facial - do gânglio geniculado ao meato acústico interno , Enxerto total do nervo facial intratemporal , Exploração e descompressão total do nervo facial (transmastóideo, translabiríntico, fossa média) , Implante coclear (exceto a prótese) , Labirintectomia (membranosa ou óssea) - sem audição , Neurectomia vestibular para fossa média ou posterior , Neurectomia vestibular translabiríntica - sem audição , Ressecção do osso temporal , Tumor do nervo acústico - ressecção via translabiríntica ou fossa média , NARIZ E SEIOS PARANASAIS NARIZ Abscesso ou hematoma de septo nasal - drenagem , Alongamento de columela , Biópsia de nariz , Corneto inferior - cauterização linear - unilateral , Corneto inferior - infiltração medicamentosa (unilateral) , Corpos estranhos - retirada em consultório (nariz) , Corpos estranhos - retirada sob anestesia geral/hospital , Epistaxe - cauterização (qualquer técnica) , Epistaxe - cauterização da artéria esfenopalatina com microscopia - unilateral , Epistaxe - cauterização das artérias etmoidais com microscopia - unilateral , Epistaxe - ligadura das artérias etmoidais - acesso transorbitário - unilateral , Epistaxe - tamponamento antero-posterior , Epistaxe - tamponamento anterior , Exérese de tumor com abordagem craniofacial oncológica (tempo facial) pirâmide nasal , Exérese de tumor nasal por via endoscopica , Fístula liquórica - tratamento cirúrgico endoscópico intranasal , Fraturas dos ossos nasais - redução cirúrgica e gesso , Fraturas dos ossos nasais - redução incruenta e gesso , Imperfuração coanal - correção cirúrgica intranasal , Imperfuração coanal - correção cirúrgica transpalatina , Ozena - tratamento cirúrgico , Perfuração do septo nasal - correção cirúrgica , Polipectomia - unilateral , Reconstrução de unidade anatômica do nariz - por estágio , Reconstrução total de nariz - por estágio , Ressecção de tumores malignos transnasais , Rinectomia parcial , Rinectomia total , Rinoplastia reparadora , Rinosseptoplastia funcional , Septoplastia (qualquer técnica sem vídeo) , Sinéquia nasal - ressecção unilateral - qualquer técnica , Tratamento cirúrgico da atresia narinária , Tratamento cirúrgico de deformidade nasal congênita , Tratamento cirúrgico do rinofima , Tratamento cirúrgico reparador do nariz em sela , Tratamento de deformidade traumática nasal , Tumor intranasal - exérese por rinotomia lateral , Tumor intranasal - exérese por via transnasal , Turbinectomia ou turbinoplastia - unilateral , NARIZ E SEIOS PARANASAIS SEIOS PARANASAIS Angiofibroma - ressecção transmaxilar e/ou transpalatina , Antrostomia maxilar intranasal , Artéria maxilar interna - ligadura transmaxilar , Cisto naso-alveolar e globular - exérese , Descompressão transetmoidal do canal óptico , Etmoidectomia externa , Etmoidectomia intranasal , Exérese de tumor com abordagem craniofacial oncológica seios (tempo facial) , Fístula oro-antral - tratamento cirúrgico , Fístula oronasal - tratamento cirúrgico , Maxilectomia incluindo exenteração de órbita , Maxilectomia parcial , Maxilectomia total , Pólipo antro-coanal de Killiam - exérese , Punção maxilar transmeática ou via fossa canina , Ressecção de tumor benigno , Seios paranasais - biópsia qualquer via , Sinusectomia frontal com retalho osteoplástico ou via coronal , Sinusectomia fronto-etmoidal por via externa , Sinusectomia maxilar - via endonasal , Sinusectomia maxilar - via oral (Caldwell-Luc) , Sinusectomia transmaxilar (Ermiro de Lima) , Sinusotomia esfenoidal , Sinusotomia frontal intranasal , Sinusotomia frontal via externa , PAREDE TORÁCICA PAREDE TORÁCICA Correção de deformidades da parede torácica , Costectomia (porte para 1 arco costal, 30% deste porte para cada arco adicional) , Esternectomia subtotal , Esternectomia total , Fechamento de pleurostomia , Fratura luxação de esterno ou costela - redução incruenta , Fratura luxação de esterno ou costela - tratamento cirúrgico ,60 1 3

12 84 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE Osteomielite de costela ou esterno - tratamento cirúrgico , Punção biópsia de costela ou esterno , Reconstrução da parede torácica (com ou sem prótese) , Reconstrução da parede torácica com retalhos cutâneos , Reconstrução da parede torácica com retalhos musculares ou miocutâneos , Reconstrução da região esternal com retalhos musculares bilaterais , Ressutura de parede torácica , Toracectomia , Toracoplastia (qualquer técnica) , Toracotomia com biópsia , Toracotomia exploradora (excluídos os procedimentos intratorácicos) , Toracotomia para procedimentos ortopédicos sobre a coluna vertebral , MAMAS Biópsia incisional de mama , Coleta de fluxo papilar de mama , Correção cirúrgica da assimetria mamária , Correção da hipertrofia mamária - unilateral , Correção de inversão papilar - unilateral , PAREDE TORÁCICA Drenagem de abscesso de mama , Exérese de mama supra-numerária - unilateral , Exérese de nódulo , Fistulectomia de mama , Ginecomastia - unilateral , Linfadenectomia axilar , Mastectomia radical ou radical modificada , Mastectomia simples , Mastectomia subcutânea e inclusão da prótese , Punção ou biópsia percutânea de agulha fina - por nódulo (máximo de 3 nódulos por mama) , Quadrantectomia - Ressecção segmentar , Quadrantectomia e linfadenectomia axilar , Reconstrução da mama com prótese e/ou expansor , Reconstrução da placa aréolo mamilar - unilateral , Reconstrução mamária com retalho muscular ou miocutâneo - unilateral , Reconstrução mamária com retalhos cutâneos regionais , Reconstrução parcial da mama pós-quadrantectomia , Ressecção dos ductos principais da mama - unilateral , Retirada da válvula após colocação de expansor permanente , SISTEMA MÚSCULO-ESQUELÉTICO E ARTICULAÇÕES TRANSPLANTES CUTÂNEOS (COM MICROANASTOMOSES VASCULARES) Abdominal ou hipogástrico , Antebraço , Axilar , Couro cabeludo , Deltopeitoral , Digitais (da face volar e látero-cubital dos dedos médio e anular da mão) , Digital do hallux , Dorsal do pé , Escapular , Femoral , Fossa poplítea , Inguino-cural , Intercostal , Interdigital da 1a comissura dos dedos do pé , Outros transplantes cutâneos , Paraescapular , Retroauricular , Temporal , Transplante cutâneo com microanastomose , Transplante cutâneo sem microanastomose, ilha neurovascular , Transplante miocutâneo com microanastomose , OBSERVAÇÃO: - Os honorários deste item incluem também outros procedimentos inerentes além das microanastomoses vasculares, como as osteossínteses tenorrafias, neurorrafias e o tratamento de tegumento cutâneo. TRANSPLANTES MÚSCULO-CUTÂNEOS (COM MICROANASTOMOSES VASCULARES) Grande dorsal (latissimus dorsi) , Grande glúteo (gluteus maximus) , Outros transplantes músculo-cutâneos , Reto abdominal (rectus abdominis) , Reto interno (gracilis) , Serrato maior (serratus) , Tensor da fascia lata (tensor fascia lata) , SISTEMA MÚSCULO-ESQUELÉTICO E ARTICULAÇÕES Trapézio (trapezius) , TRANSPLANTES MUSCULARES (COM MICROANASTOMOSES VASCULARES) Bíceps femoral (biceps femoris) , Extensor comum dos dedos (extensor digitorum longus) , Extensor próprio do dedo gordo (extensor hallucis longus) , Flexor curto plantar (flexor digitorum brevis) , Grande dorsal (latissimus dorsi) , Grande peitoral (pectoralis major) , Músculo pédio (extensor digitorum brevis) , Os músculos latissimus dorsi, gracilis, rectus femoris, tensor fascia lata,flexor digitorum brevis, quando transplantados com sua inervação e praticada a microneurorrafia com finalidade de restaurar função e sensibilidade, serãoconsiderados retalhos neurovasculares livres e terão acréscimo do porte , Outros transplantes musculares , Primeiro radial externo (extensor carpi radialis longus) , Reto anterior (rectus femoris) , Reto interno (gracilis) , Sartório (sartorius) , Semimembranoso (semimembranosus) , Semitendinoso (semitendinosus) , Serrato maior (serratus) , Supinador longo (brachioradialis) , Tensor da fascia lata (tensor fascia lata) , TRANSPLANTES ÓSSEOS VASCULARIZADOS E TRANSPLANTES OSTEOMUSCULOCUTÂNEOS VASCULARIZADOS (COM MICROANASTOMOSES VASCULARES) Costela , Ilíaco , Osteocutâneo de ilíaco , Osteocutâneos de costela , Osteomusculocutâneo de costela , Outros transplantes ósseos e osteomusculocutâneos , Perônio ou fíbula , Transplante ósseo vascularizado (microanastomose) , MICROCIRURGIA NAS GRANDES RECONSTRUÇÕES DE CABEÇA E PESCOÇO, NAS EXTENSAS PERDAS DE SUBSTÂNCIA E NA ABLAÇÃO DE TUMORES AO NÍVEL DOS MEMBROS (COM MICROANASTOMOSES VASCULARES) Autotransplante de dois retalhos musculares combinados, isolados e associados entre si, ligados por um único pedículo , Autotransplante de dois retalhos cutâneos combinados, isolados e associados. entre si, ligados por um único pedículo vascular , Autotransplante de dois retalhos, um cutâneo combinado a um muscular, isolados e associados entre si, ligados por um único pedículo vascular , Autotransplante de dois retalhos, um cutâneo combinado a retalho osteomuscular, isolados e associados entre sí, ligados por um único pedículo vascular , Autotransplante de epiplon , Autotransplante de outros retalhos, isolados entre si, e associados mediante um único pedículo vascular comuns aos retalhos , Autotransplante de três retalhos, um cutâneo separado, combinado a outros dois retalhos musculares isolados e associados, ligados por um único pedículo vascular , Reimplante de segmentos distais do membro superior, com ressecção segmentar , SISTEMA MÚSCULO-ESQUELÉTICO E ARTICULAÇÕES REIMPLANTES E REVASCULARIZAÇÕES DOS MEMBROS Reimplante do membro inferior do nível médio proximal da perna até a coxa , Reimplante do membro inferior do pé até o terço médio da perna , Reimplante do membro superior, do nível médio do antebraço até o ombro , TRANSPLANTES DE DEDOS DO PÉ PARA A MÃO Transplante articular de metatarsofalângica para a mão , Transplante de 2º pododáctilo para mão , Transplante de dedos do pé para a mão , Transplante de dois pododáctilos para a mão , Transplante do 2º Pododáctilo para o polegar , Transplante do hallux para polegar , TRAÇÃO Instalação de halo craniano , Tração cutânea , Tração transesquelética (por membro) ,60-1 RETIRADA DE MATERIAL DE SÍNTESE Fios ou pinos metálicos transósseos , Fios, pinos, parafusos ou hastes metálicas intra-ósseas ,60 1 2

13 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE Placas , Próteses de substituição de pequenas articulações , IMOBILIZAÇÕES PROVISÓRIAS - TALAS GESSADAS Imobilizações não-gessadas (qualquer segmento) , Membro inferior , Membro superior , APARELHOS GESSADOS Áxilo-palmar ou pendente , Bota com ou sem salto , Colar , Colete , Cruro-podálico , Dupla abdução ou Ducroquet , Halo-gesso , Inguino-maleolar , Luva , Minerva ou Risser para escoliose , Pelvipodálico , Spica-gessada , Tipo Velpeau , Tóraco-braquial , OUTROS PROCEDIMENTOS/PUNÇÕES Biópsia óssea , Biópsias percutânea sinovial ou de tecidos moles , Enxertos em outras pseudartroses , Manipulação articular sob anestesia geral , Punção articular diagnóstica ou terapêutica (infiltração). Quando orientada por RX, US, TC e RM, cobrar código correspondente , Punção extra-articular diagnóstica ou terapêutica (infiltração/agulhamento seco). Quando orientada por RX, US, TC e RM, cobrar código correspondente , Retirada de enxerto ósseo , SISTEMA MÚSCULO-ESQUELÉTICO E ARTICULAÇÕES RETIRADA DE CORPO ESTRANHO Corpo estranho intra-articular - tratamento cirúrgico , Corpo estranho intramuscular - tratamento cirúrgico , Corpo estranho intra-ósseo - tratamento cirúrgico , COLUNA VERTEBRAL Artrodese da coluna c/instrumentação por segmento , Artrodese de coluna via anterior ou póstero lateral tratamento cirúrgico , Biópsia da coluna , Biópsia de corpo vertebral com agulha , Cirurgia de coluna por via endoscópica , Cordotomia - mielotomia , Costela cervical - tratamento cirúrgico , Derivação lombar externa , Descompressão medular e/ou cauda equina , Dorso curvo/escoliose/giba costal - tratamento cirúrgico , Espondilolistese - tratamento cirúrgico , Fratura do cóccix - redução incruenta , Fratura do cóccix - tratamento cirúrgico , Fratura e/ou luxação de coluna vertebral - redução incruenta , Fraturas ou fratura-luxação de coluna - tratamento cirúrgico , Hemivértebra - ressecção via anterior ou posterior tratamento cirúrgico , Hérnia de disco cervical - tratamento cirúrgico , Hérnia de disco tóraco-lombar - tratamento cirúrgico , Laminectomia por segmento (aracnoidite, abscesso epidural) , Osteomielite de coluna - tratamento cirúrgico , Osteotomia de coluna vertebral - tratamento cirúrgico , Outras afecções da coluna - tratamento incruento , Pseudartrose de coluna - tratamento cirúrgico , Punção liquórica , Retirada de corpo estranho - tratamento cirúrgico , Retirada de material de síntese - tratamento cirúrgico , Tração cervical transesquelética , Tratamento cirúrgico da lesão traumática raquimedular , Tratamento cirúrgico das malformações craniovertebrais , Tratamento cirúrgico do disrafismo , Tratamento microcirúrgico das lesões intramedulares (tumor, malformações arteriovenosas, siringomielia, parasitoses) , Tumor ósseo vertebral - ressecção com substituição com ou sem instrumentação - tratamento cirúrgico , ARTICULAÇÃO ESCÁPULO-UMERAL E CINTURA ESCAPULAR Artrodese ao nível do ombro - tratamento cirúrgico , Artroplastia escápulo umeral com implante tratamento cirúrgico , Artrotomia glenoumeral - tratamento cirúrgico , Biópsia cirúrgica da cintura escapular , Deformidade (doença) Sprengel - tratamento cirúrgico , Desarticulação ao nível do ombro - tratamento cirúrgico , Fraturas e/ou luxações e/ou avulsões - redução incruenta , Fraturas e/ou luxações e/ou avulsões - tratamento cirúrgico , Luxações crônicas inveteradas e recidivantes tratamento cirúrgico , Osteomielite ao nível da cintura escapular tratamento cirúrgico , Pseudartroses e/ou osteotomias da cintura escapular tratamento cirúrgico , Ressecção parcial ou total de clavícula - tratamento cirúrgico , BRAÇO Amputação ao nível do braço - tratamento cirúrgico , Biópsia cirúrgica do úmero , SISTEMA MÚSCULO-ESQUELÉTICO E ARTICULAÇÕES Fratura (incluindo descolamento epifisário) redução incruenta , Fratura (incluindo descolamento epifisário) tratamento cirúrgico , Osteomielite de úmero - tratamento cirúrgico , Pseudartroses, osteotomias, alongamentos/encurtamentos tratamento cirúrgico , COTOVELO Artrodese - tratamento cirúrgico , Artroplastia com implante - tratamento cirúrgico , Artroplastias sem implante - tratamento cirúrgico , Artrotomia de cotovelo - tratamento cirúrgico , Biópsia cirúrgica de cotovelo , Desarticulação ao nível do cotovelo - tratamento cirúrgico , Fraturas e ou luxações - redução incruenta , Fraturas e ou luxações - tratamento cirúrgico , Tendinites, sinovites e artrites - tratamento cirúrgico , ANTEBRAÇO Abaixamento miotendinoso no antebraço , Alongamento dos ossos do antebraço com fixador externo dinâmico tratamento cirúrgico , Amputação ao nível do antebraço - tratamento cirúrgico , Biópsia cirúrgica do antebraço , Contratura isquêmica de Volkmann - tratamento cirúrgico , Encurtamento segmentar dos ossos do antebraço com osteossíntese tratamento cirúrgico , Fratura e/ou luxações (incluindo descolamento epifisário cotovelo-punho) tratamento cirúrgico , Fratura e/ou luxações (incluindo descolamento epifisário) redução incruenta , Fratura viciosamente consolidada de antebraço - tratamento cirúrgico , Osteomielite dos ossos do antebraço - tratamento cirúrgico , Pseudartroses e ou osteotomias - tratamento cirúrgico , Ressecção da cabeça do rádio e/ou da extremidade distal ulna tratamento cirúrgico , Ressecção do processo estilóide do rádio - tratamento cirúrgico , Sinostose rádio-ulnar - tratamento cirúrgico , Tratamento cirúrgico de fraturas com fixador externo , PUNHO Agenesia de rádio (centralização da ulna no carpo) , Alongamento do rádio/ulna - tratamento cirúrgico , Artrodese - fixador externo , Artrodese entre os ossos do carpo , Artrodese rádio-cárpica ou do punho , Artroplastia do punho (com implante) - tratamento cirúrgico , Artroplastia para ossos do carpo (com implante) tratamento cirúrgico , Artrotomia - tratamento cirúrgico , Biópsia cirúrgica de punho , Coto de amputação punho e antebraço - revisão , Desarticulação do punho - tratamento cirúrgico , Encurtamento rádio/ulnar , Fratura de osso do carpo - redução cirúrgica , Fratura do carpo - redução incruenta , Fraturas - fixador externo , Fraturas e/ou luxações do punho - redução incruenta , Fraturas e/ou luxações do punho - tratamento cirúrgico , Luxação do carpo - redução incruenta ,20-1

14 86 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE Pseudartroses - tratamento cirúrgico , Reparação ligamentar do carpo , Ressecção de osso do carpo - tratamento cirúrgico , SISTEMA MÚSCULO-ESQUELÉTICO E ARTICULAÇÕES Sinovectomia de punho - tratamento cirúrgico , Transposição do rádio para ulna , MÃO Abscesso de mão e dedos - tenossinovites/espaços palmares/dorsais e comissurais - tratamento cirúrgico , Abscessos de dedo (drenagem) - tratamento cirúrgico , Alongamento/transporte ósseo com fixador externo , Alongamentos tendinosos de mão , Amputação ao nível dos metacarpianos - tratamento cirúrgico , Amputação de dedo (cada) - tratamento cirúrgico , Amputação transmetacarpiana , Amputação transmetacarpiana com transposição de dedo , Aponevrose palmar (ressecção) - tratamento cirúrgico , Artrodese interfalangeana/metacarpofalangeana tratamento cirúrgico , Artroplastia com implante na mão (MF e IF) múltipla , Artroplastia com implante na mão (MF ou IF) , Artroplastia interfalangeana/metacarpofalangeana tratamento cirúrgico , Artrotomia ao nível da mão - tratamento cirúrgico , Biópsia cirúrgica dos ossos da mão , Bridas congênitas - tratamento cirúrgico , Capsulectomias múltiplas MF ou IF , Capsulectomias única MF e IF , Centralização da ulna (tratamento da mão torta radial) , Contratura isquêmica de mão - tratamento cirúrgico , Coto de amputação digital - revisão , Dedo colo de cisne - tratamento cirúrgico , Dedo em botoeira - tratamento cirúrgico , Dedo em gatilho, capsulotomia/fasciotomia tratamento cirúrgico , Dedo em martelo - tratamento cirúrgico , Enxerto ósseo (perda de substância) - tratamento cirúrgico , Exploração cirúrgica de tendão de mão , Falangização , Fixador externo em cirurgia da mão , Fratura de Bennett - redução incruenta , Fratura de Bennett - tratamento cirúrgico , Fratura/artrodese com fixador externo , Fraturas de falanges ou metacarpianos - redução incruenta , Fraturas de falanges ou metacarpianos - tratamento cirúrgico c/fixação , Fraturas e/ou luxações de falanges (interfalangeanas) redução incruenta , Fraturas e/ou luxações de falanges (interfalangeanas) tratamento cirúrgico , Fraturas e/ou luxações de metacarpianos - redução incruenta , Gigantismo ao nível da mão - tratamento cirúrgico , Lesões ligamentares agudas da mão - reparação cirúrgica , Lesões ligamentares crônicas da mão - reparação cirúrgica , Luxação metacarpofalangeana - redução incruenta , Luxação metacarpofalangeana - tratamento cirúrgico , Osteomielite ao nível da mão - tratamento cirúrgico , Osteossíntese de fratura de falange e metacarpeana com fixação externa , Perda de substância da mão (reparação) - tratamento cirúrgico , Plástica ungueal , Policização ou transferência digital , Polidactilia articulada - tratamento cirúrgico , Polidactilia não articulada - tratamento cirúrgico , Prótese (implante) para ossos do carpo , Pseudartrose com perda de substâncias de metacarpiano e falanges , Pseudartrose do escafóide - tratamento cirúrgico , Pseudartrose dos ossos da mão - tratamento cirúrgico , Reconstrução da falange com retalho homodigital , SISTEMA MÚSCULO-ESQUELÉTICO E ARTICULAÇÕES Reconstrução do polegar com retalho ilhado osteocutâneo antebraquial , Reimplante de dois dedos da mão (por cada dedo adicional reimplantado será adicionado o porte 3B) , Reimplante do membro superior nível transmetacarpiano até o terço distal do antebraço , Reimplante do polegar , Reparações cutâneas com retalho ilhado antebraquial invertido , Ressecção 1ª fileira dos ossos do carpo , Ressecção de cisto sinovial , Retração cicatricial de mais de um dedo, sem comprometimento tendinoso tratamento cirúrgico , Retração cicatricial de um dedo sem comprometimento tendinoso tratamento cirúrgico , Retração cicatricial dos dedos com lesão tendínea tratamento cirúrgico , Revascularização do polegar ou outro dedo (por cada dedo adicional revascularizado será adicionado o porte 3B) , Roturas do aparelho extensor de dedo - redução incruenta , Roturas tendino-ligamentares da mão (mais que 1) tratamento cirúrgico , Sequestrectomias , Sindactilia de 2 dígitos - tratamento cirúrgico , Sindactilia múltipla - tratamento cirúrgico , Sinovectomia da mão (1 articulação) , Sinovectomia da mão (múltiplas) , Transposição de dedo - tratamento cirúrgico , Tratamento cirúrgico da polidactilia múltipla e/ou complexa , Tratamento cirúrgico da sindactilia múltipla com emprego de expansor por estágio , CINTURA PÉLVICA Biópsia cirúrgica de cintura pélvica , Desarticulação interílio abdominal - tratamento cirúrgico , Fraturas e/ou luxações do anel pélvico - redução incruenta , Fraturas e/ou luxações do anel pélvico (com uma ou mais abordagens) tratamento cirúrgico , Osteomielite ao nível da pelve - tratamento cirúrgico , Osteotomias/artrodeses - tratamento cirúrgico , ARTICULAÇÃO COXO-FEMORAL Artrite séptica - tratamento cirúrgico , Artrodese/fratura de acetábulo (ligamentotaxia) com fixador externo , Artrodese coxo-femoral em geral - tratamento cirúrgico , Artroplastia (qualquer técnica ou versão de quadril) tratamento cirúrgico , Artroplastia parcial do quadril (tipo Thompson ou qualquer técnica) tratamento cirúrgico , Artrotomia coxo-femoral - tratamento cirúrgico , Biópsia cirúrgica coxo-femoral , Desarticulação coxo-femoral - tratamento cirúrgico , Fratura de acetábulo - redução incruenta , Fratura de acetábulo (com uma ou mais abordagens) tratamento cirúrgico , Fratura e/ou luxação e/ou avulsão coxo-femoral redução incruenta , Fratura e/ou luxação e/ou avulsão coxo-femoral tratamento cirúrgico , Luxação congênita de quadril (redução cirúrgica e osteotomia) tratamento cirúrgico , Luxação congênita de quadril (redução cirúrgica simples) tratamento cirúrgico , Luxação congênita de quadril (redução incruenta com ou sem tenotomia de adutores) , Tratamento de necrose avascular por foragem de estaqueamento associada à necrose microcirúrgica da cabeça femoral tratamento cirúrgico , SISTEMA MÚSCULO-ESQUELÉTICO E ARTICULAÇÕES COXA/FÊMUR Alongamento de fêmur - tratamento cirúrgico , Amputação ao nível da coxa - tratamento cirúrgico , Biópsia cirúrgica de fêmur , Correção de deformidade adquirida de fêmur com fixador externo , Descolamento epifisário (traumático ou não) - tratamento cirúrgico , Encurtamento de fêmur - tratamento cirúrgico , Epifisiodese (por segmento) - tratamento cirúrgico , Fraturas de fêmur - redução incruenta , Fraturas de fêmur - tratamento cirúrgico , Osteomielite de fêmur - tratamento cirúrgico , Pseudartroses e/ou osteotomias - tratamento cirúrgico , JOELHO Artrite séptica - tratamento cirúrgico , Artrodese de joelho - tratamento cirúrgico , Artroplastia total de joelho com implantes - tratamento cirúrgico , Artrotomia - tratamento cirúrgico , Biópsia cirúrgica de joelho , Desarticulação de joelho - tratamento cirúrgico , Fratura e/ou luxação de patela - tratamento cirúrgico , Fratura e/ou luxação de patela (inclusive osteocondral) redução incruenta , Fraturas e/ou luxações ao nível do joelho - redução incruenta , Fraturas e/ou luxações ao nível do joelho - tratamento cirúrgico , Lesão aguda de ligamento colateral, associada a ligamento cruzado e menisco - tratamento cirúrgico ,60 2 4

15 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE Lesões agudas e/ou luxações de meniscos (1 ou ambos) tratamento cirúrgico , Lesões complexas de joelho (fratura com lesão ligamentar e meniscal) tratamento cirúrgico , Lesões intrínsecas de joelho (lesões condrais, osteocondrite dissecante,plica patológica, corpos livres, artrofitose.) - tratamento cirúrgico , Lesões ligamentares agudas - tratamento cirúrgico , Lesões ligamentares agudas - tratamento incruento , Lesões ligamentares periféricas crônicas - tratamento cirúrgico , Meniscorrafia - tratamento cirúrgico , Osteotomias ao nível do joelho - tratamento cirúrgico , Toalete cirúrgica - correção de joelho flexo - tratamento cirúrgico , Tratamento cirúrgico de luxações/artrodese/contraturas com fixador externo , PERNA Alongamento dos ossos da perna - tratamento cirúrgico , Amputação de perna - tratamento cirúrgico , Biópsia cirúrgica de tíbia ou fíbula , Encurtamento dos ossos da perna - tratamento cirúrgico , Epifisiodese de tíbia/fíbula - tratamento cirúrgico , Fraturas de fíbula - (inclui descolamento epifisário) redução incruenta , Fraturas de tíbia associada ou não a fíbula (inclui descolamento epifisário) tratamento cirúrgico , Fraturas de tíbia e fíbula (inclui descolamento epifisário) redução incruenta , Osteomielite dos ossos da perna - tratamento cirúrgico , Osteotomias e/ou pseudartroses - tratamento cirúrgico , Transposição de fíbula/tíbia - tratamento cirúrgico , Tratamento cirúrgico de fraturas de tíbia com fixador externo , TORNOZELO Amputação ao nível do tornozelo - tratamento cirúrgico , Artrodese (com ou sem alongamento simultâneo) com fixador externo , Artrodese ao nível do tornozelo - tratamento cirúrgico , SISTEMA MÚSCULO-ESQUELÉTICO E ARTICULAÇÕES Artroplastia de tornozelo (com implante) - tratamento cirúrgico , Artrorrise do tornozelo - tratamento cirúrgico , Artrotomia de tornozelo - tratamento cirúrgico , Biópsia cirúrgica do tornozelo , Fraturas e/ou luxações ao nível do tornozelo redução incruenta , Fraturas e/ou luxações ao nível do tornozelo tratamento cirúrgico , Lesões ligamentares agudas ao nível do tornozelo tratamento cirúrgico , PÉ Amputação ao nível do pé - tratamento cirúrgico , Amputação/desarticulação de pododáctilos (por segmento) tratamento cirúrgico , Artrite ou osteoartrite dos ossos do pé (inclui osteomielite) tratamento cirúrgico , Artrodese de tarso e/ou médio pé - tratamento cirúrgico , Artrodese metatarso - falângica ou interfalângica tratamento cirúrgico , Biópsia cirúrgica dos ossos do pé , Deformidade dos dedos - tratamento cirúrgico , Exérese ungueal , Fasciotomia ou ressecção de fascia plantar tratamento cirúrgico , Fratura e/ou luxações do pé (exceto antepé) - redução incruenta , Fratura e/ou luxações do pé (exceto antepé) - tratamento cirúrgico , Fraturas e/ou luxações do antepé - redução incruenta , Fraturas e/ou luxações do antepé - tratamento cirúrgico , Hallux valgus (um pé) - tratamento cirúrgico , Osteotomia ou pseudartrose do tarso e médio pé tratamento cirúrgico , Osteotomia ou pseudartrose dos metatarsos/falanges tratamento cirúrgico , Osteotomias/fraturas com fixador externo , Pé plano/pé cavo/coalisão tarsal - tratamento cirúrgico , Pé torto congênito (um pé) - tratamento cirúrgico , Ressecção de osso do pé - tratamento cirúrgico , Retração cicatricial dos dedos , Rotura do tendão de Aquiles - tratamento incruento , Tratamento cirúrgico da sindactilia complexa e/ou múltipla , Tratamento cirúrgico da sindactilia simples , Tratamento cirúrgico de gigantismo , Tratamento cirúrgico de linfedema ao nível do pé , Tratamento cirúrgico de polidactilia múltipla e/ou complexa , Tratamento cirúrgico de polidactilia simples , Tratamento cirúrgico do mal perfurante plantar , MÚSCULOS E FASCIAS Alongamento , Biópsia de músculo , Desbridamento cirúrgico de feridas ou extremidades , Desinserção ou miotomia , Dissecção muscular , Drenagem cirúrgica do psoas , Fasciotomia - por compartimento , Fasciotomias (descompressivas) , Fasciotomias acima do punho , Miorrafias , Transposição muscular , TENDÕES, BURSAS E SINÓVIAS Abertura de bainha tendinosa - tratamento cirúrgico , Biópsias cirúrgicas de tendões, bursas e sinóvias , Bursectomia - tratamento cirúrgico , Cisto sinovial - tratamento cirúrgico , Encurtamento de tendão - tratamento cirúrgico , Sinovectomia - tratamento cirúrgico , SISTEMA MÚSCULO-ESQUELÉTICO E ARTICULAÇÕES Tenoartroplastia para ossos do carpo , Tenodese , Tenólise no túnel osteofibroso , Tenólise/tendonese - tratamento cirúrgico , Tenoplastia/enxerto de tendão - tratamento cirúrgico , Tenoplastia de tendão em outras regiões , Tenorrafia múltipla em outras regiões , Tenorrafia no túnel osteofibroso - mais de 2 dígitos , Tenorrafia no túnel osteofibroso até 2 dígitos , Tenorrafia única em outras regiões , Tenossinovectomia de mão ou punho , Tenossinovites estenosantes - tratamento cirúrgico , Tenossinovites infecciosas - drenagem , Tenotomia , Transposição de mais de 1 tendão - tratamento cirúrgico , Transposição única de tendão , Tumores de tendão ou sinovial - tratamento cirúrgico , OSSOS Curetagem ou ressecção em bloco de tumor com reconstrução e enxerto vascularizado , Enxerto ósseo , Tumor ósseo (ressecção com substituição) , Tumor ósseo (ressecção e enxerto) , Tumor ósseo (ressecção simples) , PROCEDIMENTOS VIDEOARTROSCÓPICOS DE JOELHO Meniscectomia - um menisco , Reconstrução, retencionamento ou reforço do ligamento cruzado anterior ou posterior # , Sinovectomia parcial ou subtotal , Sinovectomia total , PROCEDIMENTOS VIDEOARTROSCÓPICOS DE TORNOZELO Condroplastia (com remoção de corpos livres) , Fraturas redução e estabilização de cada superfície , Sinovectomia parcial ou subtotal , Sinovectomia total , PROCEDIMENTOS VIDEOARTROSCÓPICOS DE OMBRO Ressecção lateral da clavícula , Ruptura do manguito rotador , Tenotomia da porção longa do bíceps , PROCEDIMENTOS VIDEOARTROSCÓPICOS DE COTOVELO Fraturas: redução e estabilização para cada superfície , Sinovectomia total , Sinovectomia parcial ou subtotal , PROCEDIMENTOS VIDEOARTROSCÓPICOS DE PUNHO E TÚNEL DO CARPO Fraturas -redução e estabilização de cada superfície , Sinovectomia parcial ou subtotal , Sinovectomia total , Túnel do carpo descompressão , OBSERVAÇÕES: SISTEMA MÚSCULO-ESQUELÉTICO E ARTICULAÇÕES 1 - Nos valores atribuídos aos procedimentos ortopédicos e traumatológicos já está incluída a primeira imobilização. Em se tratando de entorses, contusões e distensões musculares, a valoração do ato corresponderá à consulta acrescida da imobilização realizada.

16 88 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE Havendo necessidade de troca de aparelho gessado em ato posterior, a ele corresponderá novo porte, que será pago com observância da presente tabela. 3 - Para o tratamento clínico em regime de internação, o valor equivalerá a uma visita hospitalar. 4 - Revisão de coto de amputação, equivale à metade dos valores estipulados para a amputação do mesmo segmento, com direito a 1 auxiliar. 5 - Referente aos códigos, , , , , : a) Nas cirurgias videoartroscópicas, quando houver a necessidade de atuar em mais de uma estrutura articular, procedimentos intra-articulares poderão ser associados para conclusão do ato operatório até um limite de três por articulação. Estas associações estarão sujeitas às Instruções Gerais desta tabela. b) Os procedimentos extra-articulares poderão ser associados a qualquer procedimento ou associações de procedimentos intra-articulares desta lista para conclusão em bom termo do ato médico cirúrgico (retirada e transposições tendíneas, retirada e transposições osteocondrais, osteotomias). Estes atos estarão regidos pelas Instruções Gerais desta tabela. # Exclui a captura e transposição de enxertos, devem ser cobrados em código específico. SISTEMA RESPIRATÓRIO E MEDIASTINO TRAQUÉIA Colocação de órtose traqueal, traqueobrônquica ou brônquica, por via endoscópica (tubo de silicone ou metálico) , Colocação de prótese traqueal ou traqueobrônquica (qualquer via) , Plastia de traqueostoma , Punção traqueal , Ressecção de tumor traqueal , Traqueoplastia (qualquer via) , Traqueostomia , Traqueostomia mediastinal , Traqueotomia ou fechamento cirúrgico , BRÔNQUIOS Broncoplastia e/ou arterioplastia , Broncotomia e/ou broncorrafia , PULMÃO Bulectomia unilateral , Cirurgia redutora do volume pulmonar unilateral (qualquer técnica) , Cisto pulmonar congênito - tratamento cirúrgico , Correção de fístula bronco-pleural (qualquer técnica) , Embolectomia pulmonar , Lobectomia por malformação pulmonar , Lobectomia pulmonar , Pneumonectomia , Pneumonectomia de totalização , Pneumorrafia , Pneumostomia (cavernostomia) com costectomia e estoma cutâneo-cavitário , Segmentectomia (qualquer técnica) , PLEURA Biópsia percutânea de pleura por agulha , Descorticação pulmonar , Pleurectomia , Pleurodese (qualquer técnica) , SISTEMA RESPIRATÓRIO E MEDIASTINO Pleuroscopia , Pleurostomia (aberta) , Punção pleural , Repleção de cavidade pleural com solução de antibiótico para tratamento de empiema , Ressecção de tumor da pleura localizado , Retirada de dreno tubular torácico (colocado em outro serviço) , Toracostomia com drenagem pleural fechada , MEDIASTINO Biópsia de tumor do mediastino (qualquer via) , Cisto ou duplicação brônquica ou esôfagica - tratamento cirúrgico , Mediastinoscopia, via cervical , Mediastinotomia (via paraesternal, transesternal, cervical) , Mediastinotomia extrapleural por via posterior , Pericardiotomia com abertura pleuro-pericárdica (qualquer técnica) , Ressecção de tumor de mediastino , Timectomia (qualquer via) , Tratamento da mediastinite (qualquer via) , DIAFRAGMA Abscesso subfrênico - tratamento cirúrgico , Eventração diafragmática - tratamento cirúrgico , Hérnia diafragmática - tratamento cirúrgico (qualquer técnica) , SISTEMA CÁRDIO-CIRCULATÓRIO DEFEITOS CARDÍACOS CONGÊNITOS Ampliação (anel valvar, grandes vasos, átrio, ventrículo) , Canal arterial persistente - correção cirúrgica , Coarctação da aorta - correção cirúrgica , Confecção de bandagem da artéria pulmonar , Correção cirúrgica da comunicação interatrial , Correção cirúrgica da comunicação interventricular , Correção de cardiopatia congênita + revascularização do miocárdio , Redirecionamento do fluxo sanguíneo (com anastomose direta, retalho, tubo) , Ressecção (infundíbulo, septo, membranas, bandas) , Transposições (vasos, câmaras) , VALVOPLASTIAS Ampliação do anel valvar , Comissurotomia valvar , Plastia valvar , Troca valvar , CORONARIOPATIAS Aneurismectomia de VE , Revascularização do miocárdio , Ventriculectomia parcial , MARCA-PASSO Cárdio-estimulação transesofágica (CETE), terapêutica ou diagnóstica , Implante de desfibrilador interno, placas e eletrodos , Implante de marca-passo bicameral (gerador + eletrodo atrial e ventricular) , Implante de marca-passo monocameral (gerador + eletrodo atrial ou ventricular) , Instalação de marca-passo epimiocárdio temporário , Recolocação de eletrodo/gerador com ou sem troca de unidades , SISTEMA CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Retirada do sistema (não aplicável na troca do gerador) , Troca de gerador , OUTROS PROCEDIMENTOS Colocação de balão intra-aórtico , Derivação cavo-atrial , Instalação do circuíto de circulação extracorpórea convencional , Instalação do circuíto de circulação extracorpórea em crianças de baixo peso (10 kg) , Perfusionista , CIRURGIA ARTERIAL Aneurisma de aorta abdominal infra-renal , Aneurisma de aorta abdominal supra-renal , Aneurisma de aorta-torácica - correção cirúrgica , Aneurisma de artérias viscerais , Aneurisma de axilar, femoral, poplítea , Aneurisma de carótida, subclávia, ilíaca , Aneurismas - outros , Aneurismas torácicos ou tóraco-abdominais - correção cirúrgica , Angioplastia transluminal transoperatória - por artéria , Artéria hipogástrica - unilateral - qualquer técnica , Artéria mesentérica inferior - qualquer técnica , Artéria mesentérica superior - qualquer técnica , Artéria renal bilateral revascularização , Arterioplastia da femoral profunda (profundoplastia) , Cateterismo da artéria radial - para PAM , Correção das dissecções da aorta , Endarterectomia aorto-ilíaca , Endarterectomia carotídea - cada segmento arterial tratado , Endarterectomia ilíaco-femoral , Ligadura de carótida ou ramos , Ponte aorto-bifemoral , Ponte aorto-biilíaca , Ponte aorto-ilíaca - unilateral , Ponte axilo-bifemoral ,80 3 6

17 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE Ponte axilo-femoral , Ponte distal , Ponte fêmoro poplítea proximal , Ponte fêmoro-femoral cruzada , Ponte fêmoro-femoral ipsilateral , Pontes aorto-cervicais ou endarterectomias dos troncos supra-aórticos , Pontes transcervicais - qualquer tipo , Reoperação de aorta abdominal , Retirada de enxerto infectado em posição não aórtica , Revascularização aorto-femoral-unilateral , Revascularização arterial de membro superior , Tratamento cirúrgico da isquemia cerebral , Tratamento cirúrgico de síndrome vértebro basilar , Tratamento cirúrgico de tumor carotídeo , Tronco celíaco - qualquer técnica , CIRURGIA VENOSA Cirurgia de restauração venosa com pontes nos membros , Cura cirúrgica da impotência coeundi venosa , Cura cirúrgica de hipertensão portal - qualquer tipo , Fulguração de telangiectasias (por grupo) , Implante de filtro de veia cava , Interrupção cirúrgica veia cava inferior , SISTEMA CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Tratamento cirúrgico de varizes com lipodermatoesclerose ou úlcera (um membro) , Trombectomia venosa , Varizes - tratamento cirúrgico de dois membros , Varizes - tratamento cirúrgico de um membro , OBSERVAÇÕES: Classificação e graduação das doenças venosas (CEAP): - São indicados para tratamento cirúrgico os portadores de varizes de classificação clínica CEAP 2, 3, 4 e 5, sendo, de acordo com o nível de comprometimento quanto à quantidade, disseminação em membros inferiores, variação de calibre (2 a 4 mm), também são passíveis de tratamento cirúrgico as veias varicosas de classificação clínica CEAP 1. - Classe 0 - Não apresenta doença venosa; - Classe 1 - Telengectasias e/ou veias reticulares (2 a 4 mm); - Classe 2 - Veias varicosas (> 4 mm); - Classe 3 - Classe 2 + Edema; - Classe 4 - Classe 3 + Pigmentação, eczema e lipodermoesclerose; - Classe 5 - Classe 4 + Úlcera varicosa cicatrizada; - Classe 6 - Úlcera varicosa aberta. FÍSTULAS ARTERIOVENOSAS CONGÊNITAS OU ADQUIRIDAS Fístula aorto-cava, reno-cava ou ílio-ilíaca , Fístula arteriovenosa - com enxerto , Fístula arteriovenosa cervical ou cefálica extracraniana , Fístula arteriovenosa congênita - cirurgia radical , Fístula arteriovenosa congênita - reintervenção , Fístula arteriovenosa congênita para redução de fluxo , Fístula arteriovenosa direta , Fístula arteriovenosa dos grandes vasos intratorácicos , Fístula arteriovenosa dos membros , CIRURGIA VASCULAR DE URGÊNCIA Aneurisma roto ou trombosado de aorta abdominal abaixo da artéria renal , Aneurismas rotos ou trombosados de aorta abdominal acima da artéria renal , Aneurismas rotos ou trombosados de artérias viscerais , Aneurismas rotos ou trombosados de axilar, femoral, poplítea , Aneurismas rotos ou trombosados de carótida, subclávia, ilíaca , Aneurismas rotos ou trombosados torácicos ou tóracoabdominais , Embolectomia ou trombo - embolectomia arterial , Exploração vascular em traumas torácicos e abdominais , Lesões vasculares cervicais e cérvico torácicas , Lesões vasculares de membro inferior ou superiorunilateral , Lesões vasculares intra-abdominais , Lesões vasculares traumáticas intratorácicas , HEMODINÂMICA - CARDIOLOGIA INTERVENCIONISTA (PROCEDIMENTOS DIAGNÓSTICOS) Avaliação da viabilidade miocárdica por cateter , Biópsia endomiocárdica , Cateterismo cardíaco D e/ou E com ou sem cinecoronariografia/ cineangiografia com avaliação de reatividade vascular pulmonar ou teste de sobrecarga hemodinânica , Cateterismo cardíaco D e/ou E com estudo cineangiográfico e de revascularização cirúrgica do miocárdio , Cateterismo cardíaco direito com estudo angiográfico da artéria pulmonar , Cateterismo cardíaco E e/ou D com cineangiocoronariografia e ventriculografia , Cateterismo cardíaco E e/ou D com cineangiocoronariografia, ventriculografia e estudo angiográfico da aorta e/ou ramos tóraco-abdominais e/ou membros , Cateterismo E e estudo cineangiográfico da aorta e/ou seus ramos , SISTEMA CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Cateterização cardíaca E por via transeptal , Estudo eletrofisiológico - mapeamento eletro-eletrônico tridimensional do sistema de condução com ou sem ação farmacológica , Estudo hemodinâmico das cardiopatias congênitas estruturalmente complexas (menos: CIA, CIV, PCA, Co, AO, estenose aórtica e pulmonar isoladas) , Estudo hemodinâmico de cardiopatias congênitas e/ou valvopatias com ou sem cinecoronariografia ou oximetria , Mapeamento de feixes anômalos e focos ectópicos por eletrofisiologia intracavitária, com provas , Ablação de circuito arritmogênico por cateter de radiofreqüência , Angioplastia transluminal da aorta ou ramos ou da artéria pulmonar e ramos (por vaso) , Angioplastia transluminal percutânea de múltiplos vasos, com implante de stent , Angioplastia transluminal percutânea por balão (1 vaso) , Atriosseptostomia por balão , Atriosseptostomia por lâmina , Colocação de cateter intracavitário para monitorização hemodinâmica , Emboloterapia , Implante de prótese intravascular na aorta/pulmonar ou ramos com ou sem angioplastia , Implante de stent coronário com ou sem angioplastia por balão concomitante (1 vaso) , Infusão seletiva intravascular de enzimas trombolíticas , Oclusão percutânea de shunts intracardíacos , Oclusão percutânea de fístula e/ou conexões sistêmico pulmonares , Oclusão percutânea do canal arterial , Recanalização arterial no IAM - angioplastia primária com implante de stent com ou sem suporte circulatório (balão intra-órtico) , Recanalização mecânica do IAM (angioplastia primária com balão) , Retirada percutânea de corpos estranhos vasculares , Revascularização transmiocárdica percutânea , Tratamento percutâneo do aneurisma/dissecção da aorta , Valvoplastia percutânea por via arterial ou venosa , Valvoplastia percutânea por via transeptal , e OBSERVAÇÕES: 1) Ref. Códigos e As valorações correspondentes a taxa de sala, medicamentos, cateteres, contrastes, filmes e custo operacional serão ajustados diretamente e de comum acordo entre as partes contratantes. - Quando realizados concomitantemente procedimentos diagnósticos, terapêuticos e diagnósticos/terapêuticos, para fins de valoração dos atos praticados, será observado o disposto no item 4 das Instruções Gerais. ACESSOS VASCULARES Confecção de fístula AV para hemodiálise , Dissecção de veia com colocação cateter venoso , Dissecção de veia em RN ou lactente , Implante cirúrgico de cateter de longa permanência para NPP, QT ou para Hemodepuração , Implante de cateter venoso central por punção, para NPP, QT, Hemodepuração ou para infusão de soros/drogas , Instalação de cateter para monitorização hemodinâmica à beira do leito (Suan-Ganz) , Instalação de circuito para assistência mecânica circulatória prolongada (toracotomia) , SISTEMA CÁRDIO-CIRCULATÓRIO Manutenção de circuito para assistência mecânica circulatória prolongada período de 6 horas , Retirada cirúrgica de cateter de longa permanência para NPP, QT ou para Hemodepuração , Retirada/desativação de fístula AV para hemodiálise , CIRURGIA LINFÁTICA Anastomose linfovenosa , Doenca de Hodgkin - estadiamento cirúrgico , Linfadenectomia cervical , Linfadenectomia inguinal ou ilíaca ,60 1 5

18 90 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE Linfadenectomia pélvica , Linfadenectomia retroperitoneal , Linfangioplastia , Linfedema - ressecção parcial , Linfedema - ressecção total , Linfedema genital - ressecção , Marsupialização de linfocele , PERICÁRDIO Drenagem do pericárdio , Pericardiocentese , Pericardiotomia/Pericardiectomia , HIPOTERMIA Hipotermia profunda com ou sem parada circulatória total , MIOCÁRDIO Biópsia do miocárdio , Cardiotomia (ferimento, corpo estranho, exploração) , OBSERVAÇÕES: 1 - REF. Códigos , , e As cirurgias cardíacas com circulação extracorpórea compõem-se do procedimento principal acrescido dos códigos , , e observando-se o previsto nos itens 4.1 e 4.2 das Instruções Gerais. - Quando utilizado enxerto com veia, acrescentar o valor de R$107,20, com artéria R$170,40. - Os procedimentos MONOTORIZACAO PER OPERATORIA, CARDIOVERSAO ELETRICA ELETIVA e CATETERISMO VESICAL EVACUADOR e códigos , , , , , são considerados atos integrantes da Cirurgia Cardíaca com circulação extracorpórea. SISTEMA DIGESTIVO E ANEXOS ESÔFAGO Atresia de esôfago com fístula traqueal - tratamento cirúrgico , Atresia de esôfago sem fístula (dupla estomia) - tratamento cirúrgico , Autotransplante com microcirurgia , Dissecção do esôfago torácico (qualquer técnica) , Esofagectomia distal com ou sem toracotomia por videolaparoscopia , Esofagectomia distal sem toracotomia , Esofagectomia subtotal com linfadenectomia com ou sem toracotomia , Esofagorrafia cervical , Esofagorrafia torácica , Esofagostomia , Estenose de esôfago - tratamento cirúrgico via torácica , Faringo-laringo-esofagectomia total com ou sem toracotomia , SISTEMA DIGESTIVO E ANEXOS Fístula tráqueo esofágica - tratamento cirúrgico via cervical , Fístula tráqueo esofágica - tratamento cirúrgico via torácica , Reconstrução do esôfago cervical e torácico com transplante segmentar de intestino , Reconstrução do esôfago cervical ou torácico, com transplante de intestino , Refluxo gastroesofágico - tratamento cirúrgico (Hérnia de hiato) , Ressecção do esôfago cervical e/ou torácico e transplante com microcirurgia , Substituição esofágica - cólon ou tubo gástrico , Tratamento cirúrgico conservador do megaesofago , Tratamento cirúrgico das varizes esofágicas , Tratamento cirúrgico do divertículo esofágico , Tratamento cirúrgico do divertículo faringoesofágico , Tunelização esofágica , ESTÔMAGO Conversão de anastomose gastrojejunal (qualquer técnica) , Degastrogastrectomia com vagotomia , Gastrectomia parcial com linfadenectomia , Gastrectomia parcial com vagotomia , Gastrectomia parcial sem vagotomia , Gastrectomia polar superior com reconstrução jejunal com toracotomia , Gastrectomia total com linfadenectomia , Gastrectomia total via abdominal , Gastroenteroanastomose , Gastroplastia para obesidade mórbida - qualquer técnica , Gastrorrafia , Gastrostomia confecção/fechamento , Gastrotomia com sutura de varizes , Gastrotomia para qualquer finalidade , Gastrotomia para retirada de CE ou lesão isolada , Membrana antral - tratamento cirúrgico , Piloroplastia , Tratamento cirúrgico das varizes gástricas , Vagotomia com operação de drenagem , Vagotomia superseletiva ou vagotomia gástrica proximal , INTESTINOS Amputação abdômino-perineal do reto (completa) , Amputação do reto por procidência , Anomalia anorretal - correção via sagital posterior , Anomalia anorretal - tratamento cirúrgico via abdômino-perineal , Anomalia anorretal - tratamento cirúrgico via perineal , Anorretomiomectomia , Apendicectomia , Apendicectomia por videolaparoscopia , Apple-Peel - tratamento cirúrgico , Atresia de cólon - tratamento cirúrgico , Atresia de duodeno - tratamento cirúrgico , Atresia jejunal distal ou ileal - tratamento cirúrgico , Atresia jejunal proximal - tratamento cirúrgico , Cirurgia de abaixamento (qualquer técnica) , Cisto mesentérico - tratamento cirúrgico , Colectomia parcial sem colostomia , Colectomia total com íleo-reto-anastomose , Colectomia total com ileostomia , Colostomia ou enterostomia , Colotomia e colorrafia , Distorção de volvo por laparotomia , Distorção de volvo por via endoscópica ,20-2 SISTEMA DIGESTIVO E ANEXOS Divertículo de Meckel - exérese , Duplicação do tubo digestivo - tratamento cirúrgico , Enterectomia segmentar , Entero-anastomose (qualquer segmento) , Enterocolite necrotizante - tratamento cirúrgico , Enteropexia (qualquer segmento) , Enteropexia (qualquer segmento) por videolaparoscopia , Enterotomia e/ou enterorrafia de qualquer segmento (por sutura ou ressecção) , Esporão retal - ressecção , Esvaziamento pélvico anterior ou posterior , Esvaziamento pélvico total , Fecaloma - remoção manual , Fechamento de colostomia ou enterostomia , Fixação do reto por via abdominal , Íleo meconial - tratamento cirúrgico , Invaginação intestinal - ressecção , Invaginação intestinal sem ressecção - tratamento cirúrgico , Má-rotação intestinal - tratamento cirúrgico , Megacólon congênito - tratamento cirúrgico , Membrana duodenal - tratamento cirúrgico , Pâncreas anular - tratamento cirúrgico , Perfuração duodenal ou delgado - tratamento cirúrgico , Piloromiotomia , Procidência do reto - redução manual , Proctocolectomia total , Proctocolectomia total com reservatório ileal , Ressecção total de intestino delgado , Retossigmoidectomia abdominal , Tumor anorretal - ressecção endo-anal , ÂNUS Abscesso anorretal - drenagem , Cerclagem anal , Corpo estranho do reto - retirada , Dilatação digital ou instrumental do ânus e/ou do reto , Esfincteroplastia anal (qualquer técnica) , Estenose anal - tratamento cirúrgico (qualquer técnica) , Fissurectomia com ou sem esfincterotomia , Fístula reto-vaginal e fístula anal em ferradura - tratamento cirúrgico via perineal , Fistulectomia anal em dois tempos , Fistulectomia anal em ferradura , Fistulectomia anal em um tempo , Hemorróidas - ligadura elástica (por sessão) , Hemorróidas - tratamento esclerosante (por sessão) , Hemorroidectomia aberta ou fechada, com ou sem esfincterotomia , Laceração anorretal - tratamento cirúrgico por via perineal , Lesão anal - eletrocauterização , Pólipo retal - ressecção endoanal , Prolapso retal - esclerose (por sessão) ,20 1 2

19 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE Prolapso retal - tratamento cirúrgico , Prurido anal - tratamento cirúrgico , Reconstituição de esfincter anal por plástica muscular (qualquer técnica) , Reconstrução total anoperineal , Trombose hemorroidária - exérese ,20-2 FÍGADO E VIAS BILIARES Abscesso hepático - drenagem cirúrgica , Anastomose biliodigestiva intra-hepática , Atresia de vias biliares - tratamento cirúrgico , SISTEMA DIGESTIVO E ANEXOS Biópsia hepática transparietal , Cisto de colédoco - tratamento cirúrgico , Colecistectomia com colangiografia , Colecistectomia com colangiografia por videolaparoscopia , Colecistectomia com fístula biliodigestiva , Colecistectomia sem colangiografia , Colecistectomia sem colangiografia por videolaparoscopia , Colecistojejunostomia , Colecistostomia , Colédoco ou hepático-jejunostomia (qualquer técnica) , Colédoco ou hepaticoplastia , Colédoco-duodenostomia , Coledocoscopia intra-operatória , Coledocotomia ou coledocostomia com colecistectomia , Coledocotomia ou coledocostomia sem colecistectomia , Derivação porto sistêmica , Desconexão ázigos - portal com esplenectomia , Desconexão ázigos - portal sem esplenectomia , Desvascularização hepática , Drenagem biliar trans-hepática , Enucleação de metástases hepáticas , Hepatorrafia , Hepatorrafia complexa com lesão de estruturas vasculares biliares , Laparotomia para implantação cirúrgica de cateter arterial visceral para quimioterapia , Lobectomia hepática direita , Lobectomia hepática esquerda , Papilotomia transduodenal , Punção hepática para drenagem de abscessos , Ressecção de cisto hepático sem hepatectomia , Ressecção de tumor de vesícula ou da via biliar com hepatectomia , Ressecção de tumor de vesícula ou da via biliar sem hepatectomia , Segmentectomia hepática , Sequestrectomia hepática , Tratamento cirúrgico de estenose cicatricial das vias biliares , Trissegmentectomias , PÂNCREAS Hipoglicemia - tratamento cirúrgico (pancreatotomia parcial ou total) , Pancreatectomia corpo caudal com preservação do baço , Pancreatectomia parcial ou sequestrectomia , Pancreato-duodenectomia com linfadenectomia , Pancreato-enterostomia , Pancreatorrafia , Pseudocisto pâncreas - drenagem externa (qualquer técnica) , Pseudocisto pâncreas - drenagem interna (qualquer técnica) , BAÇO Biópsia esplênica , Esplenectomia total , Esplenorrafia , ABDOME, PAREDE E CAVIDADE Abscesso perineal - drenagem cirúrgica , Biópsia de parede abdominal , Cisto sacro-coccígeo - tratamento cirúrgico , Diástase dos retos-abdominais - tratamento cirúrgico , Hérnia inguinal encarcerada em RN ou lactente , Herniorrafia com ressecção intestinal - estrangulada , SISTEMA DIGESTIVO E ANEXOS Herniorrafia crural - unilateral , Herniorrafia epigástrica , Herniorrafia incisional , Herniorrafia inguinal - unilateral , Herniorrafia inguinal no RN ou lactente , Herniorrafia lombar , Herniorrafia recidivante , Herniorrafia recidivante por videolaparoscopia , Herniorrafia sem ressecção intestinal encarcerada , Herniorrafia umbilical , Laparotomia exploradora, ou para biópsia, ou para drenagem de abscesso, ou para liberação de bridas em vigência de oclusão , Laparotomia exploradora, ou para biópsia, ou para drenagem de abscesso, ou para liberação de bridas em vigência de oclusão por videolaparoscopia , Neuroblastoma abdominal - exérese , Onfalocele/gastrosquise - segundo tempo tratamento cirúrgico , Onfalocele/gastrosquise em 1 tempo ou primeiro tempo ou prótese tratamento cirúrgico , Paracentese abdominal , Reconstrução da parede abdominal com retalho muscular ou miocutâneo , Ressecção de cisto ou fístula de úraco , Ressecção de cisto ou fístula ou restos do ducto onfalomesentérico , Ressutura da parede abdominal (por deiscência total ou evisceração) , Teratoma sacro-coccígeo - exérese , SISTEMA URINÁRIO RIM, BACINETE E SUPRA-RENAL Abscesso renal ou peri-renal - drenagem cirúrgica , Abscesso renal ou peri-renal - drenagem percutânea , Adrenalectomia laparoscópica unilateral , Adrenalectomia unilateral , Angioplastia renal unilateral a céu aberto , Angioplastia renal unilateral transluminal , Autotransplante renal unilateral , Biópsia renal cirúrgica unilateral , Cisto renal - escleroterapia percutânea - por cisto , Endopielotomia percutânea unilateral , Estenose de junção pieloureteral - tratamento cirúrgico , Fístula pielo-cutânea - tratamento cirúrgico , Lombotomia exploradora , Marsupialização de cistos renais unilateral , Nefrectomia parcial com ureterectomia , Nefrectomia parcial unilateral , Nefrectomia parcial unilateral extracorpórea , Nefrectomia radical unilateral , Nefrectomia total unilateral , Nefro ou pieloenterocistostomia unilateral , Nefrolitotomia anatrófica unilateral , Nefrolitotomia percutânea unilateral , Nefrolitotomia simples unilateral , Nefrolitotripsia extracorpórea - 1ª sessão , Nefrolitotripsia extracorpórea - reaplicações (até 3 meses) , Nefrolitotripsia percutânea unilateral (MEC., E.H., ou US) , Nefropexia unilateral , Nefrorrafia (trauma) unilateral , Nefrostomia a céu aberto unilateral , Nefrostomia percutânea unilateral , Nefroureterectomia com ressecção vesical laparoscópica unilateral , SISTEMA URINÁRIO Nefroureterectomia com ressecção vesical unilateral , Pielolitotomia com nefrolitotomia anatrófica unilateral , Pielolitotomia com nefrolitotomia simples unilateral , Pielolitotomia unilateral , Pieloplastia , Pielostomia unilateral , Pielotomia exploradora unilateral , Punção biópsia renal percutânea , Revascularização renal - qualquer técnica , Sinfisiotomia (rim em ferradura) , Transuretero anastomose , Tratamento cirúrgico da fístula pielo-intestinal , Tumor renal - enucleação unilateral , Tumor Wilms - tratamento cirúrgico , Tumores retro-peritoneais malignos unilaterais - exérese , URETER Biópsia cirúrgica de ureter unilateral , Biópsia endoscópica de ureter unilateral , Cateterismo ureteral unilateral , Colocação cirúrgica de duplo J unilateral , Colocação cistoscópica de duplo J unilateral , Colocação nefroscópica de duplo J unilateral , Dilatação endoscópica unilateral , Duplicação pieloureteral - tratamento cirúrgico , Fístula uretero-cutânea unilateral (tratamento cirúrgico) , Fístula uretero-intestinal unilateral (tratamento cirúrgico) , Fístula uretero-vaginal unilateral (tratamento cirúrgico) , Meatotomia endoscópica unilateral , Reimplante ureteral por via extra ou intravesical - unilateral , Reimplante ureterointestinal - uni ou bilateral , Reimplante uretero-vesical unilateral - via combinada , Retirada endoscópica de cálculo de ureter - unilateral , Transureterostomia , Ureterectomia unilateral ,20 1 3

20 92 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO SÉRIE 3 ANO IV Nº239 FORTALEZA, 18 DE DEZEMBRO DE Ureterocele unilateral - ressecção a céu aberto , Ureteroceles - tratamento endoscópico , Ureteroileocistostomia unilateral , Ureterólise unilateral , Ureterolitotomia unilateral , Ureterolitotripsia extracorpórea - 1ª sessão , Ureterolitotripsia extracorpórea - reaplicações (até 3 meses) , Ureteroplastia laparoscópica unilateral , Ureteroplastia unilateral , Ureterorrenolitotomia unilateral , Ureterorrenolitotripsia flexível unilateral , Ureterorrenolitotripsia rígida unilateral , Ureterossigmoidoplastia unilateral , Ureterossigmoidostomia unilateral , Ureterostomia cutânea unilateral , Ureterotomia interna percutânea unilateral , Ureterotomia interna ureteroscópica flexível unilateral , Ureterotomia interna ureteroscópica rígida unilateral , Ureteroureterocistoneostomia , Ureteroureterostomia unilateral , BEXIGA Ampliação vesical , Bexiga psóica , SISTEMA URINÁRIO Biópsia endoscópica de bexiga (inclui cistoscopia) , Biópsia vesical a céu aberto , Cistectomia parcial , Cistectomia radical (inclui próstata ou útero) , Cistectomia total , Cistolitotomia , Cistolitotripsia extracorpórea - 1ª sessão , Cistolitotripsia extracorpórea - reaplicações (até 3 meses) , Cistolitotripsia percutânea (U.S., E.H., E.C.) , Cistolitotripsia transuretral (U.S., E.H., E.C.) , Cistoplastia redutora , Cistorrafia (trauma) , Cistostomia cirúrgica , Cistostomia com procedimento endoscópico , Cistostomia por punção com trocater , Colo de divertículo - ressecção endoscópica , Colo vesical - ressecção endoscópica , Corpo estranho - extração cirúrgica , Corpo estranho - extração endoscópica , Diverticulectomia vesical , Enterocistoplastia (ampliação vesical) , Extrofia em cloaca - tratamento cirúrgico , Extrofia vesical - tratamento cirúrgico , Fístula vésico-cutânea - tratamento cirúrgico , Fístula vésico-entérica - tratamento cirúrgico , Fístula vésico-retal - tratamento cirúrgico , Fístula vésico-uterina - tratamento cirúrgico , Fístula vésico-vaginal - tratamento cirúrgico , Incontinência urinária - tratamento cirúrgico supra-púbico , Incontinência urinária - tratamento endoscópico (injeção) , Incontinência urinária com colpoplastia anterior tratamento cirúrgico (com ou sem uso de prótese) , Neobexiga retal continente , Pólipos vesicais - ressecção cirúrgica , Pólipos vesicais - ressecção endoscópica , Punção e aspiração vesical , Retenção por coágulo - aspiração vesical , Retirada endoscópica de duplo J , Tumor vesical - ressecção endoscópica , Vesicostomia cutânea , URETRA Abscesso periuretral - tratamento cirúrgico , Biópsia endoscópica de uretra , Corpo estranho ou cálculo - extração cirúrgica , Corpo estranho ou cálculo - extração endoscópica , Divertículo uretral - tratamento cirúrgico , Eletrocoagulação endoscópica , Esfincterotomia , Fístula uretro-cutânea - correção cirúrgica , Fístula uretro-retal - correção cirúrgica , Fístula uretro-vaginal - correção cirúrgica , Incontinência urinária masculina - tratamento cirúrgico (exclui implante de esfincter artificial) , Meatoplastia (retalho cutâneo) , Meatotomia uretral , Neouretra proximal (cistouretroplastia) , Ressecção de carúncula , Ressecção de válvula uretral posterior , SISTEMA URINÁRIO Tumor uretral - excisão , Uretroplastia anterior , Uretroplastia posterior , Uretrostomia , Uretrotomia interna , Uretrotomia interna com prótese endouretral , OBSERVAÇÃO: 1 - Custos operacionais referentes a acessórios e descartáveis serão ajustados diretamente e de comum acordo entre as partes. SISTEMA GENITAL E REPRODUTOR MASCULINO PRÓSTATA E VESÍCULAS SEMINAIS Abscesso de próstata - drenagem , Biópsia prostática - até 8 fragmentos , Biópsia prostática - mais de 8 fragmentos , Hemorragia da loja prostática - evacuação e irrigação , Hemorragia da loja prostática - revisão endoscópica , Hipertrofia prostática - implante de prótese , Hipertrofia prostática - tratamento por dilatação , Prostatavesiculectomia radical , Prostatectomia a céu aberto , Ressecção endoscópica da próstata , OBSERVAÇÃO: - Ref. Códigos e : Quando orientados por US, acrescentar US Transretal (AMB/92). ESCROTO Drenagem de abscesso , Elefantíase peno-escrotal - tratamento cirúrgico , Exérese de cisto escrotal , Reconstrução da bolsa escrotal com retalho inguinal pediculado - por estágio , Ressecção parcial da bolsa escrotal , TESTÍCULO Autotransplante de um testículo , Biópsia unilateral de testículo , Escroto agudo - exploração cirúrgica , Hidrocele unilateral - correção cirúrgica , Implante de prótese testicular unilateral Orquidopexia unilateral , Orquiectomia unilateral , Punção da vaginal , Reparação plástica (trauma) , Torção de testículo - cura cirúrgica , Tumor de testículo - ressecção , Varicocele unilateral - correção cirúrgica , EPIDÍDIMO Biópsia de epidídimo , Drenagem de abscesso , Epididimectomia unilateral , Epididimovasoplastia unilateral , Exérese de cisto unilateral , SISTEMA GENITAL E REPRODUTOR MASCULINO CORDÃO ESPERMÁTICO Espermatocelectomia unilateral , Exploração cirúrgica do deferente unilateral , Vasectomia unilateral , PÊNIS Amputação parcial , Amputação total , Biópsia peniana , Doença de Peyronie - tratamento cirúrgico , Eletrocoagulação de lesões cutâneas , Emasculação , Epispadia - reconstrução por etapa , Epispadia com incontinência - tratamento cirúrgico , Fratura de pênis - tratamento cirúrgico , Hipospadia - por estágio , Hipospadia distal - tratamento em 1 tempo , Hipospadia proximal - tratamento em 1 tempo , Implante de prótese semi-rígida (exclui próteses infláveis) , Neofaloplastia - por estágio , Neofaloplastia com retalho inguinal pediculado com reconstrução uretral por estágio , Parafimose - redução manual ou cirúrgica , Pênis curvo congênito , Plástica - retalho cutâneo à distância , Plástica de corpo cavernoso , Plástica do freio bálano-prepucial , Postectomia , Priapismo - tratamento cirúrgico , Reconstrução de pênis com enxerto - plástica total , Reimplante do pênis , Revascularização peniana ,60 2 6

PROCEDIMENTOS QUE NECESSITAM DE AUTORIZAÇÃO PRÉVIA / PERÍCIA DO PAS / TRT8

PROCEDIMENTOS QUE NECESSITAM DE AUTORIZAÇÃO PRÉVIA / PERÍCIA DO PAS / TRT8 PROCEDIMENTOS QUE NECESSITAM DE AUTORIZAÇÃO PRÉVIA / PERÍCIA DO PAS / TRT8 s Fisioterápicos Acupuntura (sessão) RPG (Sessão) Fisioterapia (Sessão) Hidroterapia (sessão) Pilates (Sessão) - Para autorização

Leia mais

TABELA DE HONORÁRIOS MÉDICOS DA AMAGIS SAÚDE - VIGÊNCIA 01/08/2015

TABELA DE HONORÁRIOS MÉDICOS DA AMAGIS SAÚDE - VIGÊNCIA 01/08/2015 TABELA DE HONORÁRIOS MÉDICOS DA AMAGIS SAÚDE - VIGÊNCIA 01/08/2015 CÓDIGO 1.01.01.00-4 1.01.01.01-2 Em consultório (no horário normal ou preestabelecido) 100,00 - - 100,00 1.01.01.03-9 Em pronto socorro

Leia mais

Gestão de Planos CÓDIGO TUSS. 10103015 Atendimento ao recém-nascido em berçário

Gestão de Planos CÓDIGO TUSS. 10103015 Atendimento ao recém-nascido em berçário Situações onde um mesmo código CBHPM é relacionado a diversas AMBs, o relacionamento que está grifado em amarelo é o que será valorizado para pagamento. Procedimentos que foram exclusos da cobertura pelo

Leia mais

Porte Peso R$ PA INC FILME UCO R$

Porte Peso R$ PA INC FILME UCO R$ Baixo Risco = B Alto Risco = A CÓDIGO CBHPM CONSULTAS 1.01.01.00-4 DESCRIÇÃO PROCEDIMENTO HONORÁRIOS MÉDICOS FILME CUSTO OPERACIONAL Porte Peso R$ PA INC FILME UCO R$ Nº de AUX AUTORIZ AÇÃO B 1.01.01.01-2

Leia mais

10101004 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - CONSULTA 10102000 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - VISITAS 10103007 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS -

10101004 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - CONSULTA 10102000 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - VISITAS 10103007 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - Código SUGRUPO 10101004 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - CONSULTA 10102000 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - VISITAS 10103007 PROCEDIMENTOS GERAIS - CONSULTAS - RECÉM-NASCIDO 10104003 PROCEDIMENTOS

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS FEVEREIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 10.814.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS FEVEREIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 10.814.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS.02 Proced com finalidade diagnóstica 10.814.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 43.02.01.01 biópsia do colo uterino 1.02.01.01 biópsia de fígado por punção

Leia mais

TPSR INSTRUÇÕES GERAIS

TPSR INSTRUÇÕES GERAIS TPSR INSTRUÇÕES GERAIS 1 INSTRUÇÕES GERAIS HONORÁRIOS MÉDICOS 1. A TABELA PORTO SEGURO DE REEMBOLSO - TPSR constitui-se como instrumento para cálculo de reembolso das despesas cobertas pelo contrato de

Leia mais

TABELA DE REEMBOLSO SABESPREV - VIGÊNCIA 01/05/2013

TABELA DE REEMBOLSO SABESPREV - VIGÊNCIA 01/05/2013 00060020 SESSÃO DE NUTRIÇÃO R$ 45,00 R$ - 0 GERAIS GERAIS 00100323 SESSÃO DE TERAPIA OCUPACIONAL R$ 45,00 R$ - 0 10101012 CONSULTA EM CONSULTÓRIO (NO HORÁRIO NORMAL OU PRÉ-ESTABELECIDO) R$ 80,00 R$ - 0

Leia mais

ANEXO A SERVIÇOS MÉDICO-HOSPITALARES, LABORATORIAIS E OUTROS A SEREM COMPLEMENTADOS

ANEXO A SERVIÇOS MÉDICO-HOSPITALARES, LABORATORIAIS E OUTROS A SEREM COMPLEMENTADOS Anexo A ao Edital de Credenciamento 01/2015 47º BI...página 1/5 ANEXO A SERVIÇOS MÉDICO-HOSPITALARES, LABORATORIAIS E OUTROS A SEREM COMPLEMENTADOS Os serviços médico-hospitalares e laboratoriais, objeto

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JULHO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 15.985.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JULHO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 15.985.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JULHO./2014.02 Proced com finalidade diagnóstica 15.985.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 107.02.01.01 biópsia de pele e partes moles 39.02.01.01 Biópsia

Leia mais

ROL DE PROCEDIMENTOS E EVENTOS EM SAÚDE

ROL DE PROCEDIMENTOS E EVENTOS EM SAÚDE ROL DE PROCEDIMENTOS E EVENTOS EM SAÚDE ANEXO I 2016 ANEXO I ROL DE PROCEDIMENTOS E EVENTOS EM SAÚDE - 2016 PROCEDIMENTO - Rol 2016 SUBGRUPO - Rol 2016 GRUPO - Rol 2016 CAPÍTULO - Rol 2016 OD PAC ACONSELHAMENTO

Leia mais

TABELA DE HONORÁRIOS MÉDICOS

TABELA DE HONORÁRIOS MÉDICOS Instruções Gerais: TABELA DE HONORÁRIOS MÉDICOS 01. A presente Tabela de Honorários Médicos foi elaborada com base em critérios uniformes para todas as especialidades e tem como finalidade estabelecer

Leia mais

PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE - PAS/SERPRO LIVRE ESCOLHA

PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE - PAS/SERPRO LIVRE ESCOLHA PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE - PAS/SERPRO LIVRE ESCOLHA A modalidade Livre Escolha consiste no reembolso de despesas médicas e/ou hospitalares de procedimentos constantes da Tabela de Reembolso do PAS-SERPRO

Leia mais

Taxas e Diárias. Nos casos de utilização do Centro cirúrgico por pacientes externos será igualmente cobrada a Taxa de Admissão e Registro.

Taxas e Diárias. Nos casos de utilização do Centro cirúrgico por pacientes externos será igualmente cobrada a Taxa de Admissão e Registro. Instruções Gerais Taxas e Diárias A Tabela de Taxas e Diárias do DF é normatizada pelo SBH Sindicato Brasiliense de Hospitais do DF, dirigida aos convênios que tem vinculo com a rede Hospitalar/DF filiados

Leia mais

RESOLUÇÃO DA DIRETORIA Nº 001/2016

RESOLUÇÃO DA DIRETORIA Nº 001/2016 RESOLUÇÃO DA DIRETORIA Nº 001/2016 A Diretoria Administrativa do Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Norte Pioneiro - CISNORPI, no uso de suas atribuições legais, resolve: Regulamentar o Credenciamento

Leia mais

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas.

GLOSSÁRIO MÉDICO. Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. GLOSSÁRIO MÉDICO Alergologia Tratamento de doenças alérgicas. Angiologia / Cirurgia Vascular Tratamento de doenças do sistema arterial, venoso e linfático. Tratamento cirúrgico de lesões nos vasos sanguíneos.

Leia mais

30031 ASSISTENCIA AO RECEM-NASCIDO PEDIATRA EM SALA DE PARTO. 40010 PLANTAO DE 12 HORAS EM UTI

30031 ASSISTENCIA AO RECEM-NASCIDO PEDIATRA EM SALA DE PARTO. 40010 PLANTAO DE 12 HORAS EM UTI 10101012 Em consultório (no horário normal ou preestabelecido) 10014 CONSULTA MEDICA EM CONSULTORIO 10101039 Em pronto socorro 11037 CONSULTA DE URGENCIA EM PRONTO SOCORRO 10102019 Visita hospitalar (paciente

Leia mais

Relacionamento das tabelas(cbhpm 3ª, 4ª, 5ª Edições) e a TUSS

Relacionamento das tabelas(cbhpm 3ª, 4ª, 5ª Edições) e a TUSS Relacionamento das tabelas(cbhpm 3ª, 4ª, 5ª Edições) e a TUSS CBHPM 3 10101012 10101012 10101012 10101012 Em consultório (no horário normal ou preestabelecido) 10101020 10101020 10101020 10101020 Em domicílio

Leia mais

Rua Virgilio de Melo Franco, 465 - Tabajaras

Rua Virgilio de Melo Franco, 465 - Tabajaras Rua Virgilio de Melo Franco, 465 - Tabajaras MODALIDADE DO PLANO LICITADO E COBERTURAS O Plano licitado é o Ambulatorial Hospitalar com Obstetrícia Coletivo Empresarial, com atendimento em Rede Própria

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS DA TABELA DE CÓDIGOS E PROCEDIMENTOS

INSTRUÇÕES GERAIS DA TABELA DE CÓDIGOS E PROCEDIMENTOS INTRODUÇÃO ORIENTAÇÕES GERAIS PARA IMPLANTAÇÃO 1. VALORIZAÇÃO DE PROCEDIMENTOS MÉDICOS, CONSULTAS E SERVIÇOS AUXILIARES DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS. Para honorários de procedimentos pagos à pessoa física,

Leia mais

Atualizado em Março/2014.

Atualizado em Março/2014. ANEXO I PROCEDIMENTOS QUE DEVEM SER REGISTRADOS EM BPA INDIVIDUALIZADO DE ACORDO COM A PORTARIA Nº 380, DE 12 DE AGOSTO DE 2010 Atualizado em Março/2014. CÓDIGO NOME 0201010062 BIOPSIA DE BEXIGA 0201010216

Leia mais

Rol de Procedimentos - Resolução Normativa Nº 262

Rol de Procedimentos - Resolução Normativa Nº 262 Rol de Procedimentos - Resolução Normativa Nº 262 Código TUSS Tab 22 10101012 10101012 10101012 Tabela 22 - Terminologia de Procedimentos e Eventos em Saúde (TUSS) 2012 Consulta em consultório (no horário

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal ORIENTAÇÕES DE ACESSO AOS SERVIÇOS PELOS BENEFICIÁRIOS E DE FATURAMENTO JUNTO AO STF-MED Senhor responsável, Considerando a assinatura do Termo de Credenciamento entre Vossa Senhoria e o Plano de Assistência

Leia mais

Autorizacao por Código (*) Procedimento senha? Grupo Descrição do Grupo Obervação Serpro guia 0 CONSULTAS ELETIVAS/VISITA MEDICA

Autorizacao por Código (*) Procedimento senha? Grupo Descrição do Grupo Obervação Serpro guia 0 CONSULTAS ELETIVAS/VISITA MEDICA Autorizacao por Código (*) Procedimento senha? Grupo Descrição do Grupo Obervação Serpro guia 10102019 VISITA HOSPITALAR (PACIENTE INTERNADO) - ACOMPANHAMENTO MÉDICO 10103015 ATENDIMENTO AO RECÉM-NASCIDO

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 032/04 PR, de 31de maio de 2004. Publicada no DOE em 1 /07/04, vigência a partir de 31/05/04.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 032/04 PR, de 31de maio de 2004. Publicada no DOE em 1 /07/04, vigência a partir de 31/05/04. Alterações: Alterado o inciso IV do art. 5 pela IN 042/05 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 032/04 PR, de 31de maio de 2004. Publicada no DOE em 1 /07/04, vigência a partir de 31/05/04. Institui critérios para os

Leia mais

PROCEDIMENTOS DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS

PROCEDIMENTOS DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS PROCEDIMENTOS DIAGNÓSTICOS E TERAPÊUTICOS Colangiopancreatografia (Diagnóstica + Terapêutica) Porte Anest. Colangiopancreatografia retrógrada endoscópica - CPRE 4.02.01.07-4 Colangiopancreatografia retrógrada

Leia mais

Tabela de Honorários e Serviços Médicos (THSM)

Tabela de Honorários e Serviços Médicos (THSM) 10101012 CONSULTAS CONSULTAS Em consultório - consulta médica N 0 0 0 0,0000 R$ 46,20 R$ 49,80 10101039 CONSULTAS CONSULTAS Em pronto socorro - consulta médica N 0 0 0 0,0000 R$ 46,20 R$ 49,80 10102019

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA nº 7-2010/PR

PORTARIA NORMATIVA nº 7-2010/PR PORTARIA NORMATIVA nº 7-2010/PR Implementa alteração no serviço de Assistência Hospitalar Domiciliar - AHD, no âmbito do Programa IPASGO Domiciliar e revoga PN 004-2009/PR. O Presidente do Instituto de

Leia mais

TUSS (Terminologia Unificada em Saúde Suplementar) (COMPATÍVEL COM O ROL 2010 - RN 211)

TUSS (Terminologia Unificada em Saúde Suplementar) (COMPATÍVEL COM O ROL 2010 - RN 211) TUSS (Terminologia Unificada em Saúde Suplementar) (COMPATÍVEL COM O ROL 2010 - RN 211) TRABALHO COORDENADO E PRODUZIDO PELO DR. AMILCAR MARTINS GIRON, PRESIDENTE DA CÂMARA TÉCNICA PERMANENTE DA CBHPM

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA A REDE DE PRESTADORES

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA A REDE DE PRESTADORES ORIENTAÇÕES GERAIS PARA A REDE DE PRESTADORES Teresina/2009 SUMÁRIO PAG I Objetivo do manual... 03 II - Orientações Gerais... 04 III - Anexo I Procedimentos que necessitam de autorização prévia... 08 IV

Leia mais

ORIENTAÇÕES DE ACESSO AOS SERVIÇOS PELOS BENEFICIÁRIOS E DE FATURAMENTO JUNTO AO STF-MED

ORIENTAÇÕES DE ACESSO AOS SERVIÇOS PELOS BENEFICIÁRIOS E DE FATURAMENTO JUNTO AO STF-MED ORIENTAÇÕES DE ACESSO AOS SERVIÇOS PELOS BENEFICIÁRIOS E DE FATURAMENTO JUNTO AO STF-MED Senhor responsável, Considerando a assinatura do Termo de Credenciamento entre Vossa Senhoria e o Plano de Saúde

Leia mais

Life Empresarial Saúde - De/Para TUSS Out/2010

Life Empresarial Saúde - De/Para TUSS Out/2010 Life Empresarial Saúde - De/Para TUSS Out/2010 THM 1990 THM 1992 LPM 1996 LPM 1999 00010014 00010014 00010014 00010014 10101012 10101012 10101012 10101012 Em consultório (no horário normal ou preestabelecido)

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA. RESOLUÇÃO No- 2.116, DE 23 DE JANEIRO DE 2015

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA. RESOLUÇÃO No- 2.116, DE 23 DE JANEIRO DE 2015 CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO No- 2.116, DE 23 DE JANEIRO DE 2015 Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM nº 2.068/2013, que celebra o convênio de reconhecimento de especialidades

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA 1 de 26 16/11/2010 18:54 CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO CFM Nº 1845/2008 (Publicada no D.O.U. de 15 Jul 2008, Seção I, p. 72) (Republicada com anexo no D.O.U. 16 Jul 2008, Seção I, p.164-168) (Modificada

Leia mais

POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL DEPARTAMENTO DE SAÚDE E ASSISTÊNCIA AO PESSOAL COMISSÃO MISTA PERMANENTE DE CREDENCIAMENTO NA ÁREA DE SAÚDE SCLS

POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL DEPARTAMENTO DE SAÚDE E ASSISTÊNCIA AO PESSOAL COMISSÃO MISTA PERMANENTE DE CREDENCIAMENTO NA ÁREA DE SAÚDE SCLS POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL DEPARTAMENTO DE SAÚDE E ASSISTÊNCIA AO PESSOAL COMISSÃO MISTA PERMANENTE DE CREDENCIAMENTO NA ÁREA DE SAÚDE SCLS 115, Bl. D, Lj. 36 Térreo - Asa Sul CEP 70.385-340 BRASÍLIA-DF

Leia mais

JANEIRO 2015. Valor Referencial EDA COLONOSCOPIA

JANEIRO 2015. Valor Referencial EDA COLONOSCOPIA JANEIRO 2015 Valor Referencial EDA 2014 COLONOSCOPIA 1 VALOR REFERENCIAL PROCEDIMENTO: ENDOSCOPIA DIGESTIVA ALTA COLONOSCOPIA E CPRE REVISÃO JANEIRO / 2015 2 Governador do Estado RUI COSTA DOS SANTOS Secretário

Leia mais

TUSS GRUPOS TUSS SUBGRUPOS PROCEDIMENTO ROL ANS

TUSS GRUPOS TUSS SUBGRUPOS PROCEDIMENTO ROL ANS TERMINOLOGIA UNIFICADA DA SAÚDE SUPLEMENTAR Versão 1.0 Conforme determinação legal da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), disposta na Instrução Normativa nº 36 de 04/06/2009, apresentamos a 1ª

Leia mais

MANUAL DO CREDENCIADO

MANUAL DO CREDENCIADO CAIXA DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE CUBATÃO MANUAL DO CREDENCIADO PM_Manual_do_Credenciado_Revisão_04_20070624_DGQ/SAJ 1 Neste MANUAL, que é parte integrante do credenciamento de prestação

Leia mais

I - PATOLOGIAS NEUROLÓGICAS (25.02.000.-5):

I - PATOLOGIAS NEUROLÓGICAS (25.02.000.-5): PORTARIA NORMATIVA Nº. 011-2009/DIASS Regulamenta o atendimento de Fisioterapia aos usuários do IPASGO SAÚDE. O Diretor de Assistência do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos do Estado de Goiás

Leia mais

ATO DELIBERATIVO N. 33

ATO DELIBERATIVO N. 33 ATO DELIBERATIVO N. 33 De 13 de agosto de 2001. Dispõe sobre normas para internação psiquiátrica e atendimento psiquiátrico em hospital-dia. O Conselho deliberativo do PRÓ-SAÚDE, no uso das atribuições

Leia mais

P O R T A R I A N.º 331/99.

P O R T A R I A N.º 331/99. P O R T A R I A N.º 331/99. Dispõe sobre Regulamentação O DIRETOR GERAL DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DOS SERVIDORES DO ESTADO DE GOIÁS - IPASGO, usando de suas atribuições legais, R E S O

Leia mais

ORIENTAÇÕES DE FATURAMENTO JUNTO AO STF-MED

ORIENTAÇÕES DE FATURAMENTO JUNTO AO STF-MED Supremo Tribunal Federal Secretaria de Serviços Integrados de Saúde SIS Seção de Processamento de Despesas Médicas ORIENTAÇÕES DE FATURAMENTO JUNTO AO STF-MED Senhor responsável, Considerando a assinatura

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.666/2003

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.666/2003 Página 1 de 27 RESOLUÇÃO CFM Nº 1.666/2003 Ementa: Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM nº 1.634/2002, que celebra o convênio de reconhecimento de especialidades médicas firmado entre

Leia mais

Intercâmbio Federativo Visão Atendimento e Auditoria

Intercâmbio Federativo Visão Atendimento e Auditoria Intercâmbio Federativo Visão Atendimento e Auditoria Objetivos: 1) Melhorar a redação. 2) Incluir normas, com ênfase no Manual de Intercâmbio Nacional. 3)Normas específicas para a Central de Relacionamento

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL Nº. 31587 de 18/01/2010

DIÁRIO OFICIAL Nº. 31587 de 18/01/2010 DIÁRIO OFICIAL Nº. 31587 de 18/01/2010 SECRETARIA DE ESTADO DE ADMINISTRAÇÃO INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA AOS SERVIDORES DO ESTADO Republicação da resolução n 04 de 21 de dezembro de 2009 Número de Publicação:

Leia mais

Portaria 024/2011. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor em 1º de agosto de 2011.

Portaria 024/2011. Art. 2º Esta Portaria entra em vigor em 1º de agosto de 2011. Portaria 024/2011 Estabelece protocolos operacionais para a atividade de Regulação e Auditoria no âmbito do IPSEMG. A Presidente do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais, no

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO CFM Nº 1.973/2011 (Publicada no D.O.U. de 1º de agosto de 2011, Seção I, p. 144-147) Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM nº 1.845/08, que celebra

Leia mais

LIVRETO EXPLICATIVO DO PLAM MASTER

LIVRETO EXPLICATIVO DO PLAM MASTER LIVRETO EXPLICATIVO DO PLAM MASTER INDIVIDUAL FAMILIAR OPERADORA Plano de Assistência Médica Mineira Ltda PLAM Inscrição na Agência Nacional de Saúde ANS nº 38.228-1 OPERADORA - Plano de Assistência Médica

Leia mais

SABESPREV SAÚDE REEMBOLSO DE DESPESAS MÉDICAS

SABESPREV SAÚDE REEMBOLSO DE DESPESAS MÉDICAS Além de disponibilizar uma ampla rede de recursos credenciados, a Sabesprev ainda possibilita aos seus beneficiários o reembolso de despesas com serviços de saúde em regime de livre escolha, quando o beneficiário

Leia mais

CONVÊNIO CELEBRADO ENTRE O CFM, A AMB E A CNRM

CONVÊNIO CELEBRADO ENTRE O CFM, A AMB E A CNRM CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO Nº 1.973, DE 14 DE JULHO DE 2011 Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM Nº 1.845/08, que celebra o convênio de reconhecimento de especialidades

Leia mais

REGRAS E CONDICIONALISMOS ESPECIAIS

REGRAS E CONDICIONALISMOS ESPECIAIS REGRAS E CONDICIONALISMOS ESPECIAIS TR - Atos ou serviços clínicos sujeitos a Termo de Responsabilidade da PT ACS, para efeitos de comparticipação do Plano de Saúde. Dentro da Rede Convencionada deve utilizar

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº - 262, DE 1º - DE AGOSTO DE 2011

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº - 262, DE 1º - DE AGOSTO DE 2011 RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº - 262, DE 1º - DE AGOSTO DE 2011 Atualiza o Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde previstos na RN nº 211, de 11 de janeiro de 2010. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DE SANTO ANDRÉ

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DE SANTO ANDRÉ ANEXO I EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N 008/2014 PARA CREDENCIAMENTO DE HOSPITAIS E CLÍNICAS HABILITADOS PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ALTA COMPLEXIDADE, ASSIM COMPREENDIDOS OS CENTROS DE INFUSÃO DE IMUNOBIOLÓGICOS;

Leia mais

CENTRO DIAGNÓSTICO AFONSO PENA

CENTRO DIAGNÓSTICO AFONSO PENA LIS CENTRO DIAGNÓSTICO AFONSO PENA CONSULTAS (HORÁRIO COMERCIAL): R$ 50,00 CONSULTAS À NOITE, FERIADO E FINAL DE SEMANA: R$ 70,00 1.1 Enfermaria 1.2 Apartamento Privativo Padrão 1.3 Apartamento Privativo

Leia mais

PROGRAMA DE APRIMORAMENTO PROFISSIONAL EM MEDICINA VETERINÁRIA

PROGRAMA DE APRIMORAMENTO PROFISSIONAL EM MEDICINA VETERINÁRIA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE BRAGANÇA PAULISTA CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA EDITAL 03/2015 PROGRAMA DE APRIMORAMENTO PROFISSIONAL EM MEDICINA VETERINÁRIA O Programa de Aprimoramento Profissional

Leia mais

TABELA DE PREÇOS DE EXAMES PARTICULARES

TABELA DE PREÇOS DE EXAMES PARTICULARES CARDIOLOGIA 20010010 ELETROCARDIOGRAMA - ECG R$ 165,00 20010028 TESTE ERGOMÉTRICO R$ 330,00 20010141 ECODOPPLERCARDIOGRAMA R$ 385,00 20010052 HOLTER 24 HORAS R$ 385,00 20020058 MAPA 24 HORAS R$ 385,00

Leia mais

TUSS - TERMINOLOGIA UNIFICADA EM SAÚDE SUPLEMENTAR

TUSS - TERMINOLOGIA UNIFICADA EM SAÚDE SUPLEMENTAR Obs.: os itens em amarelo são grupos\subgrupos, os códigos TUSS são os demais códigos TERMINOLOGIA UNIFICADA EM SAÚDE SUPLEMENTAR - PROCEDIMENTOS MÉDICOS 10101004 PROCEDIMENTOS GERAIS (CONSULTAS) - CONSULTA

Leia mais

OFICIAL das tabelas (THM 1990/1992, LPM 1996/1999 e CBHPM 3ª, 4ª e 5ª Edições) com a TUSS

OFICIAL das tabelas (THM 1990/1992, LPM 1996/1999 e CBHPM 3ª, 4ª e 5ª Edições) com a TUSS OFICIAL das tabelas (THM 1990/1992, LPM 1996/1999 e ª, 4ª e 5ª Edições) com a Relacionamento das tabelas (THM 1990/1992, LPM 1996/199 e ª, 4ª e 5ª Edições) com a Descrição 00010014 00010014 00010014 00010014

Leia mais

ANEXO I ESTRUTURA FÍSICA DO PADRÃO DE COMUNICAÇÃO E SEGURANÇA SCHEMA/XML

ANEXO I ESTRUTURA FÍSICA DO PADRÃO DE COMUNICAÇÃO E SEGURANÇA SCHEMA/XML ANEXO I ESTRUTURA FÍSICA DO PADRÃO DE COMUNICAÇÃO E SEGURANÇA SCHEMA/XML 1. tisssimpletypesv2_01_02

Leia mais

VAGAS e INSCRITOS por GRUPO 39 85

VAGAS e INSCRITOS por GRUPO 39 85 01 - ÁREAS BÁSICAS COM ACESSO DIRETO 1 ANESTESIOLOGIA - 3 ANOS 15 165 11,0 2 CIRURGIA GERAL - 2 ANOS 46 211 4,6 3 CLÍNICA MÉDICA - 2 ANOS 54 275 5,1 4 DERMATOLOGIA - 3 ANOS 5 88 17,6 5 INFECTOLOGIA - 3

Leia mais

Em consultório (no horário normal 10101012 CONSULTAS CONSULTAS ou preestabelecido)

Em consultório (no horário normal 10101012 CONSULTAS CONSULTAS ou preestabelecido) ANEXO I TABELA TUSS CÓDIGO TUSS TUSS GRUPOS SUBGRUPOS PROCEDIMENTO Em consultório (no horário normal 10101012 CONSULTAS CONSULTAS ou preestabelecido) 10101012 CONSULTAS CONSULTAS Em consultório (no horário

Leia mais

COMISSÃO NACIONAL DE HONORÁRIOS MÉDICOS COMUNICADO OFICIAL AOS MÉDICOS E ÀS ENTIDADES CONTRATANTES QUE INTEGRAM O SISTEMA DE SAÚDE SUPLEMENTAR

COMISSÃO NACIONAL DE HONORÁRIOS MÉDICOS COMUNICADO OFICIAL AOS MÉDICOS E ÀS ENTIDADES CONTRATANTES QUE INTEGRAM O SISTEMA DE SAÚDE SUPLEMENTAR COMISSÃO NACIONAL DE HONORÁRIOS MÉDICOS COMUNICADO OFICIAL AOS MÉDICOS E ÀS ENTIDADES CONTRATANTES QUE INTEGRAM O SISTEMA DE SAÚDE SUPLEMENTAR A Comissão Nacional de Honorários Médicos, em conformidade

Leia mais

SERVMED SAÚDE MANUAL DE PREENCHIMENTO TISS

SERVMED SAÚDE MANUAL DE PREENCHIMENTO TISS SERVMED SAÚDE MANUAL DE PREENCHIMENTO TISS MAIO/2007 Blumenau-SC, 18 de maio de 2007. À Rede Credenciada Prezados Credenciados: Como é de conhecimento de todos, dia 31 de maio de 2007 é o prazo que a Agência

Leia mais

RETALHOS LIVRES PARA O COTOVELO E ANTEBRAÇO

RETALHOS LIVRES PARA O COTOVELO E ANTEBRAÇO RETALHOS LIVRES PARA O COTOVELO E ANTEBRAÇO Mário Yoshihide Kuwae 1, Ricardo Pereira da Silva 2 INTRODUÇÃO O antebraço e cotovelo apresentam características distintas quanto a cobertura cutânea, nas lesões

Leia mais

Secretaria da Administração do Estado da Bahia

Secretaria da Administração do Estado da Bahia ELABORAÇÃO REFERENCIAL PROCEDIMENTO: CIRURGIA TORÁCICA OUT/2008 GOVERNADOR DO ESTADO JAQUES WAGNER SECRETÁRIO DA ADMINISTRAÇÃO MANOEL VITÓRIO DA SILVA FILHO REALIZAÇÃO COORDENADOR GERAL SONIA MAGNÓLIA

Leia mais

PROCEDIMENTOS GERAIS

PROCEDIMENTOS GERAIS OBSERVAÇÕES GERAIS ) O IPSEMG se responsabiliza exclusivamente pelo pagamento dos procedimentos constantes nessa Tabela. 2) O IPSEMG remunera os seus credenciados através de pacotes pré-acordados que contemplam:

Leia mais

COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO AVISO DE LICITAÇÃO

COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO AVISO DE LICITAÇÃO AVISO DE LICITAÇÃO A Comissão Permanente de Licitação - CPL torna público que realizará a abertura do Convite abaixo citado, na conformidade da Lei 8.666/93, bem como se coloca à disposição dos interessados

Leia mais

PORTARIA Nº 1.366, DE 8 DE JULHO DE 2013 Legislações - GM

PORTARIA Nº 1.366, DE 8 DE JULHO DE 2013 Legislações - GM PORTARIA Nº 1.366, DE 8 DE JULHO DE 2013 Legislações - GM Sex, 12 de Julho de 2013 00:00 PORTARIA Nº 1.366, DE 8 DE JULHO DE 2013 Estabelece a organização dos Centros de Trauma, estabelecimentos de saúde

Leia mais

Manual do Prestador SEPACO. Autogestão. ANS - no 41.696-7

Manual do Prestador SEPACO. Autogestão. ANS - no 41.696-7 Manual do Prestador Autogestão ANS - no 41.696-7 SEPACO Prezado prestador, Este manual tem como objetivo formalizar a implantação das rotinas administrativas do Sepaco Autogestão, informando as características

Leia mais

TABELA DE PREÇOS SISTEMA PACOTE NIPOMED. Diária de Enfermaria... R$ 430,00 Diária de Apartamento... R$ 580,00 Diária de UTI... R$ 1.

TABELA DE PREÇOS SISTEMA PACOTE NIPOMED. Diária de Enfermaria... R$ 430,00 Diária de Apartamento... R$ 580,00 Diária de UTI... R$ 1. ATUALIZADO EM 2011 TABELA DE PREÇOS SISTEMA PACOTE NIPOMED CONSULTA NIPOMED 52,00 CONSULTA PART - 150.00 Pacotes de Diárias Clínicas: Diária de Enfermaria... R$ 430,00 Diária de Apartamento... R$ 580,00

Leia mais

O SECRETÁRIO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE. no uso de suas atribuições, RESOLVE:

O SECRETÁRIO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE. no uso de suas atribuições, RESOLVE: PORTARIA N 42/MS/SAS DE 17 DE MARÇO DE 1994 O SECRETÁRIO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE. no uso de suas atribuições, RESOLVE: 1. Estabelecer os procedimentos de Alta Complexidade da área de Ortopedia. constantes

Leia mais

Tabela de Honorários e Serviços Médicos (THSM)

Tabela de Honorários e Serviços Médicos (THSM) 10101012 GERAIS (CONSULTAS) CONSULTA CONSULTA EM CONSULTORIO (NO HORARIO NORMAL OU PREE TABELECIDO) N R$ 78,00 R$ 78,00 10101039 GERAIS CONSULTA CONSULTA EM PRONTO SOCORRO N R$ 78,00 R$ 78,00 (CONSULTAS)

Leia mais

4. DOS DEVERES 1. DA EMPRESA

4. DOS DEVERES 1. DA EMPRESA 1. APRESENTAÇÃO O Manual Nacional de Acidente do Trabalho tem por finalidade estabelecer normas, regras e diretrizes que norteiem o INTERCÂMBIO de Acidente do Trabalho entre todas as UNIMEDs do país, consolidando

Leia mais

Tabela Unificadora de Procedimento da Saúde TussAns 02/02/2012 16:08

Tabela Unificadora de Procedimento da Saúde TussAns 02/02/2012 16:08 10101012 Consulta em consultório (no horário normal ou preestabelecido) GERAIS (CONSULTAS) GERAIS (CONSULTAS) - CONSULTA 10101020 Consulta em domicílio GERAIS (CONSULTAS) GERAIS (CONSULTAS) - CONSULTA

Leia mais

SERVIÇOS MÉDICOS E COMPLEMENTARES: NORMAS E ROTINAS (SOMENTE ACESSÍVEIS AOS CAMPI DO INTERIOR)

SERVIÇOS MÉDICOS E COMPLEMENTARES: NORMAS E ROTINAS (SOMENTE ACESSÍVEIS AOS CAMPI DO INTERIOR) SERVIÇOS MÉDICOS E COMPLEMENTARES: NORMAS E ROTINAS (SOMENTE ACESSÍVEIS AOS CAMPI DO INTERIOR) Preliminarmente, cabe lembrar que a concessão dos Serviços Médicos e Complementares pela Universidade de São

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO

NOTA DE ESCLARECIMENTO NOTA DE ESCLARECIMENTO O MUNICÍPIO DE MARINGÁ informa aos interessados em participar do procedimento licitatório denominado - PROCESSO nº. 01673/2014-PMM, que conforme solicitação da Secretaria Municipal

Leia mais

COMUNICADO 2 CREDENCIAMENTO TSE Nº 1/2015

COMUNICADO 2 CREDENCIAMENTO TSE Nº 1/2015 COMUNICADO 2 CREDENCIAMENTO TSE Nº 1/2015 Respostas aos questionamentos da Unimed Seguros PERGUNTA 1: Podemos entender que poderão participar do processo de credenciamento todas as empresas interessadas

Leia mais

Convênio de reconhecimento de especialidades médicas - Resolução CFM 1666 de 7/5/2003 *****

Convênio de reconhecimento de especialidades médicas - Resolução CFM 1666 de 7/5/2003 ***** Convênio de reconhecimento de especialidades médicas - Resolução CFM 1666 de 7/5/2003 ***** Ementa: Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM n.º 1.634/2002, que celebra o convênio de reconhecimento

Leia mais

Valor total do protocolo diferente do valor total das guias Protocolo 1199 Outros

Valor total do protocolo diferente do valor total das guias Protocolo 1199 Outros 1.1. Glosas, negativas e demais mensagens Grupo Descrição da Elegibilidade 1001 Número da carteira inválido Elegibilidade 1002 Número do Cartão Nacional de Saúde inválido Elegibilidade 1003 A admissão

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 12.842, DE 10 DE JULHO DE 2013. Dispõe sobre o exercício da Medicina. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.763/05 (Publicada no D.O.U., de 09 Mar 2005, Seção I, p. 189-192)

RESOLUÇÃO CFM Nº 1.763/05 (Publicada no D.O.U., de 09 Mar 2005, Seção I, p. 189-192) Página 1 de 17 RESOLUÇÃO CFM Nº 1.763/05 (Publicada no D.O.U., de 09 Mar 2005, Seção I, p. 189-192) Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM nº 1.666/2003, que celebra o convênio de reconhecimento

Leia mais

MANUAL DO CREDENCIADO EDIÇÃO 2013.1

MANUAL DO CREDENCIADO EDIÇÃO 2013.1 1 GOVERNADOR DO ESTADO Cid Ferreira Gomes SECRETÁRIO DO PLANEJAMENTO E GESTÃO Antonio Eduardo Diogo de Siqueira Filho SUPERINTENDENTE DO ISSEC Lúcia Rocha Lima Montenegro SUPERINTENDENTE ADJUNTO Katerine

Leia mais

ESTRUTURA FUNCIONAL INCOR HCFMUSP

ESTRUTURA FUNCIONAL INCOR HCFMUSP ESTRUTURA FUNCIONAL INCOR HCFMUSP CONSELHO DIRETOR DIRETORIA EXECUTIVA Comissões (*) Assessoria Coordenação e supervisão do conhecimento Divisão de Cardiologia Clínica Coordenação Administrativa do ao

Leia mais

10103015 Atendimento ao recém-nascido em berçário

10103015 Atendimento ao recém-nascido em berçário 10014 Em consultório (no horário normal ou pré-estabelecido) 10101012 Em consultório (no horário normal ou preestabelecido) 10073 Consulta de urgência 10101039 Consulta em pronto socorro 20010 Visita hospitalar

Leia mais

HOSPITAL VETERINÁRIO

HOSPITAL VETERINÁRIO HOSPITAL VETERINÁRIO Histórico O HV iniciou suas atividades em 0909/76, sendo reconhecido como Órgão Suplementar da UEL em 07/06/78 pela Resolução CU 467/78. Sua estrutura administrativa foi criada através

Leia mais

Guia técnico do consultor. Plano de Saúde Coletivo por Adesão

Guia técnico do consultor. Plano de Saúde Coletivo por Adesão Guia técnico do consultor Plano de Saúde Coletivo por Adesão 1. Entidades titulares elegíveis documentos necessários Estas são as entidades para as quais a Qualicorp oferece, em condições especiais, o

Leia mais

EDITAL Nº 005/2009 RE-RATIFICAR

EDITAL Nº 005/2009 RE-RATIFICAR EDITAL Nº 005/2009 O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE DO PARANÁ, no uso de suas atribuições, atendendo aos termos da Lei Complementar nº 108, de 18 de maio de 2005, com alteração dada pela Lei Complementar

Leia mais

Rol de Procedimentos Versão: 2012.01 Vigência: 01/01/2012 TUSS / CBHPM 2012.01

Rol de Procedimentos Versão: 2012.01 Vigência: 01/01/2012 TUSS / CBHPM 2012.01 Rol de Procedimentos Versão: 2012.01 Vigência: 01/01/2012 TUSS / CBHPM 2012.01 10100008 10100008 CONSULTAS Consultas 10101004 Código: Procedimentos: Qte.UT: Valor HM: Custo: Fime: N.º Aux.: Porte A.: :

Leia mais

Secretaria da Administração do Estado da Bahia

Secretaria da Administração do Estado da Bahia ELABORAÇÃO VALOR REFERENCIAL PROCEDIMENTO: HISTEROSCOPIA JULHO/2008 GOVERNADOR DO ESTADO JAQUES WAGNER SECRETÁRIO DA ADMINISTRAÇÃO MANOEL VITÓRIO DA SILVA FILHO REALIZAÇÃO COORDENADOR GERAL SONIA MAGNÓLIA

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO N.º 07/2015 PLANTÃO MÉDICO DE ESPECIALIDADES

EDITAL DE CREDENCIAMENTO N.º 07/2015 PLANTÃO MÉDICO DE ESPECIALIDADES EDITAL DE CREDENCIAMENTO N.º 07/2015 PLANTÃO MÉDICO DE ESPECIALIDADES O Município de Não-Me-Toque comunica aos interessados que está procedendo ao CHAMAMENTO PÚBLICO no horário das 8:15 às 11:33h e das

Leia mais

1. CADASTRO 2. AGENDAMENTOS:

1. CADASTRO 2. AGENDAMENTOS: 1. CADASTRO Para atuar no Hospital São Luiz, todo médico tem de estar regularmente cadastrado. No momento da efetivação, o médico deve ser apresentado por um membro do corpo clínico, munido da seguinte

Leia mais

RESOLUÇÃO DA DIRETORIA Nº 08/2014

RESOLUÇÃO DA DIRETORIA Nº 08/2014 RESOLUÇÃO DA DIRETORIA Nº 08/2014 A Diretoria Administrativa do Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Norte Pioneiro - CISNORPI, no uso de suas atribuições legais, resolve: Regulamentar o Credenciamento

Leia mais

Estado de Mato Grosso Município de Tangará da Serra Assessoria Jurídica www.tangaradaserra.mt.gov.br. - Fone (0xx65) 3311 4801

Estado de Mato Grosso Município de Tangará da Serra Assessoria Jurídica www.tangaradaserra.mt.gov.br. - Fone (0xx65) 3311 4801 LEI N.º 3808, DE 04 DE MAIO DE 2012. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DE CARGOS DE PROVIMENTO EFETIVO, ABERTURA DE VAGAS E ALTERAÇÃO NO ANEXO I D, DAS LEIS MUNICIPAIS Nº 2.099/2003 DE 29 DE DEZEMBRO DE 2003 E 2875,

Leia mais

OBJETIVOS GERAIS OBJETIVOS ESPECÍFICOS

OBJETIVOS GERAIS OBJETIVOS ESPECÍFICOS OBJETIVOS GERAIS O Programa de Residência Médica opcional de Videolaparoscopia em Cirurgia do Aparelho Digestivo (PRMCAD) representa modalidade de ensino de Pós Graduação visando ao aperfeiçoamento ético,

Leia mais

PROCEDIMENTOS MÉDICOS GERENCIADOS

PROCEDIMENTOS MÉDICOS GERENCIADOS PROCEDIMENTOS MÉDICOS GERENCIADOS Apresentação Índice Prezado (a) Doutor (a), A fim de padronizar o atendimento de seus pacientes particulares pelo Hospital Santa Catarina, apresentamos a tabela de Procedimentos

Leia mais

Resposta Área Técnica: Sim. Desde que atendam aos pré-requisitos constantes no Edital.

Resposta Área Técnica: Sim. Desde que atendam aos pré-requisitos constantes no Edital. Advocacia-Geral da União Secretaria-Geral de Administração Superintendência de Administração no Distrito Federal Coordenação de Compras Licitações e Contratos Divisão de Compras e Licitações ESCLARECIMENTO

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE CALÇADO Estado de Pernambuco TERMO DE REFERÊNCIA PREÇO(S) UNITÁRIO(S) E GLOBAL

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE CALÇADO Estado de Pernambuco TERMO DE REFERÊNCIA PREÇO(S) UNITÁRIO(S) E GLOBAL Orçamento estimado valor máximo admitido para os itens dos lotes 01 ao 25 - Tipo do julgamento (Menor preço por item*). LOTE 01 Item* ANGIOLAGIA Quantidade* Valor Unitário Valor Total 1 CONSULTA ANGIOLOGIA

Leia mais

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JANEIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 8.946.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia

AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS JANEIRO./2015.02 Proced com finalidade diagnóstica 8.946.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia AMBULATORIAL - PROCEDIMENTOS REALIZADOS.02 Proced com finalidade diagnóstica 8.946.02.01 Col de mat por meio de punção/biopsia 33.02.01.01 biópsia do colo uterino 0.02.01.01 biópsia de fígado por punção

Leia mais

Diretrizes Assistenciais. UPA Ortopedia

Diretrizes Assistenciais. UPA Ortopedia Diretrizes Assistenciais UPA Ortopedia Versão eletrônica atualizada em fev/2012 DIRETRIZ DE ATENDIMENTO ORTOPÉDICO NAS UNIDADES DE PRIMEIRO ATENDIMENTO (UPAs) DO HOSPITAL ISRAELITA ALBERT EINSTEIN As Unidades

Leia mais