Intervenção do Farmacêutico no sistema de saúde. -especialista do medicamento -saúde pública

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Intervenção do Farmacêutico no sistema de saúde. -especialista do medicamento -saúde pública"

Transcrição

1

2 Intervenção do Farmacêutico no sistema de saúde -especialista do medicamento -saúde pública

3 O Farmacêutico e a saúde pública - utilização racional medicamento; - conselheiro em campanhas de saúde pública (tabagismo, diabetes, etc); - despiste de doenças; - prescritor de cuidados farmacêuticos; - prescritor de medicamentos (RU); Mudança de paradigma profissional Produto (medicamento) Serviço Doente

4 Preparing health care worforce for 21 st century WHO WMA; ICN; IPF; IAPO Preparar os profissionais de saúde para o séc. 21 competências nucleares: 1 - cuidados centrados no doente 2- parcerias (doentes; prestadores; comunidade) 3- melhoria continua qualidade (avaliar e medir resultados) 4- tecnologias de informação e comunicação (registos e comunicação) 5- perspectiva da saúde pública (cuidados saúde primários)

5 Medicamentos prioritários para a Europa e Mundo. OMS- Nov Warren Kaplan; Richard Laing Medicamentos prioritários em falta ( research gaps ) - malária - gripe pandémica - HIV - osteoartrite - tuberculose - depressão (idosos e adolescentes) - diabetes - hemorragias pós parto - cancro - enfarte miocardio agudo - alzheimer

6 O conselho farmacêutico ao doente e médicos pode aumentar os resultados em saúde Am. J Health- Syst Pharm- Vol 58 Apr 2001 Evaluation of studies investigating the effectiveness of pharmacist clinical services. Os farmacêuticos, médicos e enfermeiros e outros têm de trabalhar em conjunto para desenvolver estratégias e protocolos para o melhor uso dos medicamentos ao mais baixo custo Milah. C. Nahata Pharmacist s Role in Health Care The Annals of Pharmacotherapy March 2002

7 O programa de cuidados farmacêuticos, diabetes demonstrou ser efectivo para alcançar o controlo glicémico em doentes diabéticos não controlados resultou numa melhoria de todos os parâmetros fisiológicos e analisados Resumo executivo farmácia Observatório 11 Julho 2006 (Portugal) O farmacêutico garante ao cidadão: - A segurança e qualidade dos medicamentos - A eficiência da terapêutica

8 Segurança e qualidade - sistemas de avaliação, fabrico e garantia de qualidade. - dispensa e distribuição adequada (farmácia e hospital) - erros de prescrição, distribuição, dispensa e utilização - gestão do risco/ farmacovigilância Eficiência da terapêutica - selecção dos medicamentos adequados a diversos níveis - informação aos doentes e profissionais de saúde - adesão do doente à terapêutica (concordância) - combate ao desperdício

9 Adesão ás terapêuticas de longa duração Adherence to long- term therapies Evidence for action WHO 2003 Adesão à terapêutica Adesão ás terapêuticas de doenças crónicas (hipertensão, asma, diabetes ) é de cerca de 50% e é inferior nos países em desenvolvimento (26 a 43%)

10 A relação farmacêutico/ habitante nos países de língua portuguesa é variável 1/ 1000 (Portugal) 1/ (Moçambique) Futuro das profissões Depende do reconhecimento, que o cidadão em geral e os políticos em particular, tem da utilidade social da profissão.

11 A resposta objectiva ás necessidades do cidadão e a demonstração junto dos políticos da contribuição do farmacêutico para a racionalidade da terapêutica e defesa da saúde pública são o garante do futuro da profissão. A qualificação adequada ás necessidades da sociedade (ensino) e a formação contínua (ao longo da vida) são o garante de que os farmacêuticos estarão em condições de responder ás exigências do futuro.

12 obrigado