Relatório de atividades. Abril / 2011 a Janeiro / A Coordenação de Convênios e Contratos da UFG/CAC está vinculada à direção do

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório de atividades. Abril / 2011 a Janeiro / 2014. A Coordenação de Convênios e Contratos da UFG/CAC está vinculada à direção do"

Transcrição

1 Reltório de tividdes Abril / 2011 Jneiro / 2014 A d UFG/CAC está vinculd à direção do Câmpus e, posteriormente, o Setor de Convênios e Contrtos do Gbinete d Reitori. Tem como função intermedir s relções institucionis entre e s entiddes dos setores públicos e privdos. Orient comunidde universitári sobre os procedimentos de instruções processuis reltivos Convênios e Contrtos, observndo o cumprimento às norms interns d Instituição e ds legislções superiores que regem mtéri, fornecendo subsídios técnicos e dministrtivos e visndo promover condições pr relizção de trblho trnsprente e eficz. Atrvés dos Convênios, Contrtos e outros instrumentos legis são firmds prceris pr relizção de diverss tividdes ns áres de ensino, pesquis, extensão e dministrção, ssim tem-se: Protocolo de intenções documento pelo qul s prtes mnifestm seu interesse em relizr ções conjunts. Não tem especificds s tividdes e su form de relizção, sendo necessári formlizção de convênio ou contrto com tis condições. Convênio - utilizdo ns prceris de estágio e cooperção ns áres de ensino, pesquis, cultur e dministrção. Ex.: Execução de projetos de pesquis, extensão, cooperção dministrtiv. 1

2 Contrto - utilizdo pr s prestções de serviços pel UFG à entiddes públics ou privds. Ex.: Cursos de Cpcitção, Especilizção. Termo ditivo - tem o objetivo de lterr o instrumento originl, incluindo ou excluindo condições estbelecids, não sendo permitid lterção do objeto principl. 2

3 Convênios de Estágios Celebrdos Jneiro/2012 mrço/2013 Adubos Ctlão Comércio e Indústri Ltd ADUCAT-nº 030/2013 Crtório do Primeiro Ofício de Nots / Ctlão Goiás nº 063/2013 Centrl Metlúrgic Ctln Ltd. CMC nº 031/2013 Centro Médico Cirúrgico de Ctlão Ltd. nº 273/2012 Coopertiv Agropecuári de Ctlão COACAL nº 098/2012 Colégio Teorem Ltd nº 192/2012 CONEL Construtor Ltd. nº 266/2012 Copermil Construtor Ltd. nº 173/2012 Construtor Sudeste Ltd.- nº 210/2012 Dniel Sores Mineiro- nº 069/2012 Din Alves de Melo (Prtique Atividde e Segurnç no Trblho)- nº 150/2012 Durte e Freire Ltd ME (Friotec) nº 202/2012 E. F. d Silv Contbilidde e Assessori Contábil ME- nº 142/2012 Enio José de Souz nº 063/2012 Evldo Mrino Mchdo ME. (Tek Informátic)- nº 191/2012 Fábio Trtucci EPP- nº 032/2013 Felicidde Frmáci de Mnipulção nº 193/2012 3

4 Fundção Assistencil Dr. Willim Fid (Hospitl Mterno Infntil)- nº 133/2012 Grci e Pcheco Ltd (Elize Mod Íntim) nº 138/2012 Jnel Publicidde e Propgnd Ltd.-nº 267/2012 JD Comércio de Ferrgens Ltd. nº 102/2012 Lup Consultori Ambientl Ltd. nº 125/2012 OAACAE ONG de Ampro e Assistênci Crinç e Adolescente EDUCARE nº 226/2012 Mtboi Alimentos S.A.- nº 140/2012 Mrin Construtor e Incorpordor Ltd.-nº 297/2012 Nubi Rodrigues Pires nº 062/2013 PH Construção&Incorporção Ltd. - nº 280/2012 Plnet Fitness Acdemi Ltd.- nº 120/2012 Ricrdo Bertoldo de Melo Durte-nº 269/2012 Secretri Municipl de Súde de Goindir- nº 217/2011 Secretri Municipl de Súde de Ctlão nº 260/2011 Serr Fcão Energi S.A nº 155/2013 Vlmes Minerção Ltd. nº 136/2012 Weldmtic Automotive Ltd nº 272/2012 4

5 Convênios de Cooperção Técnic Celebrdos Nº do Convênio Instrumento Convenente Objeto Vigênci 163/2013 Convênio Instituto Estbelecimento de 26/06/2013 Crlos Aldrovndi cooperção mútu visndo à execução do projeto "Vôo 25/06/2018 Aprender" especilmente qunto à construção de dus eronves de ctegori experimentl, onde cd curso poderá plicr os conceitos teóricos dquiridos durnte grdução. 301/2012 Acordo de Instituto Operção contínu e 27/11/2012 Cooperção Ncionl de Meteorologi mnutenção de um Estção Meteorológic Automátic - 26/11/2017 AUT. 349/2008 Acordo de cooperção Município de Ctlão Constitui objeto deste cordo de cooperção técnic o 23/06/2008 estbelecimento de 22/06/2013 compromisso entre o proponente de pólo de poio presencil, Instituição Federl de Ensino superior, responsável pel ofert dos cursos, mbos seleciondos 5

6 168/2009 Convênio Município de Ctlão 227/2012 Convênio Mun. de Goindir- Sec. Mun. de prtir de critérios de vlição e seleção, e o Ministério d Educção, visndo implementção do Sistem Universidde Abert do Brsil-UAB Estbelecimento de ções mútus, de nturez cdêmic e dministrtiv, voltds à continuidde dos cursos de grdução e pósgrdução oferecidos e ministrdos no CAC/UFG, bem como cpcitção de docentes d rede municipl, medinte estudos de currículos, tividdes de ensino, pesquis, extensão e cultur, visndo o processo de primormento do ensino infntil, fundmentl e médio, no âmbito do segundo prtícipe. Estbelecimento de cooperção mútu, brngendo execução dos 20/10/ /10/ /09/ /09/2017 6

7 Súde projetos: Identificção dos Determinntes Sociis em Súde em Adolescente um Escol no Munícipio de Ctlão-GO; Conhecimento dos Usuários d Estrtégi Súde d Fmíli cerc dos Determinntes Sociis d Súde 139/2010 Convênio Snt Cs A execução de tividdes de formtivs n áre de Misericórdi Psicologi pr os de Ctlão estudntes e docentes d UFG ns dependêncis d Snt Cs de Misericórdi de Ctlão. 140/2010 Convênio Snt Cs A execução de ções de voltds á educção Misericórdi permnente pr de Ctlão profissionis d equipe de enfermgem d Snt Cs de Misericórdi de Ctlão. 138/2010 Convênio Snt Cs A Implementção de um de progrm de tividdes Misericórdi corporis pr melhori d de Ctlão súde dos trblhdores, n 23/7/ /7/ /7/ /7/ /7/ /7/2015 7

8 156/2012 Convênio Sec. Mun. de Súde de Ctlão- Fundo Mun. de Súde de Ctlão 203/2012 Convênio Universidde Federl de Uberlândi 344/2013 Convênio Universidde Federl de Uberlândi áre de Enfermgem, que trblhm no turno d noite n Snt Cs de Misericórdi de Ctlão. Estbelecer cooperção mútu, visndo à execução dos Projetos: Identificção dos Determinntes Sociis em Súde em Adolescentes um Escol no Município de Ctlão-GO; Conhecimento dos Usuários d Estrtégi Súde d Fmíli cerc dos Determinntes Sociis d Súde Estbelecimento de cooperção n execução de prátics de lbortórios ns disciplins de Fenômenos de Trnsporte I e II e Processos de Fbricção II, do Curso de Engenhri de Produção O presente convênio tem como objeto ções, projetos e progrms que implementem 05/06/ /06/ /08/ /08/ /10/ /10/2018 8

9 345/2013 Convênio Universidde Federl de Uberlândi Cooperção Agênci Goin de Hbitção - AGEHAB REDECENTRO - Rede de pesquisdores sobre professores n região centrooeste, com o objetivo de melhorr o cmpo de pesquiss sobre temátic "professor", com tenção especil pr formção de professores. O presente convênio tem por objeto o estbelecimento de cooperção mútu pr execução do projeto "A produção cdêmic sobre professores(s): Estudo Interinstitucionl d região Centro-Oeste" - PACOP. Estbelecimento de cooperção mútu pr desenvolvimento de melhoris hbitcionis em residêncis construíds em áres do Estdo de Goiás, trvés do estudo de soluções técnics dequds, bem como do 18/10/ /10/2018 9

10 Convênio Fundção Ncionl do Índio- FUNAI compnhmento e monitormento ds soluções dotds. Formr e hbilitr professores indígens em curso de Licencitur Interculturl d UFG, visndo tender à demnd de docentes pr Educção Básic ds escols Indígens, prioritrimente d região do Argui- Tocntins, com hbilitção em Ciêncis d Cultur, Ciêncis d Lingugem e Ciêncis d Nturez. Convênios e Contrtos celebrdos pel FUNAPE 10

11 Centro Instrumento Intervenientes Objeto Vigênci de custo Contrto Prefeitur de Estção de Monitormento 2 nos Ctlão/ d Qulidde do Ar Ministério Público/ Atmosférico n cidde de Ctlão Fundo Municipl do Meio Ambiente Contrto Prefeitur de Centro de Referênci em 2 nos Ctlão/ Ministério Público/ Fundo Municipl do Meio Ambiente Qulidde Ambientl Contrto Prefeitur de Gestão, Trtmento e 2 nos Ctlão/ Disposição Finl d Ministério Frção Orgânic dos Público/ Resíduos Sólidos Urbnos Fundo Municipl do Meio Ambiente Contrto SOCIESC Auls de Especilizção 1 no 11

12 Cooperção Técnico- Administrtiv e Pedgógic pr Elborção de Projetos e Gestão de Cursos em Engenhri de Estruturs INBEC Opercionlizr Orgnizção Pedgógic e Coordenção do(s) Cursos de Extensão, Pós- Grdução / Especilizção lto sensu Convênios de Cooperção Técnic em discussão e/ou trmitção 12

13 Câmr Municipl de Ctlão Prefeitur Municipl de Ctlão Prefeitur Municipl de Goindir Prefeitur Municipl de Três Rnchos Ministério Público Secretri de Segurnç Públic do Estdo de Goiás Delegci de Políci Civil de Ctlão Secretri Municipl de Meio Ambiente - Ctlão/GO Secretri de Segurnç Públic do Estdo de Goiás IML SEFAC / Centro Integrdo do Cerrdo Serviço Socil d Indústri SESI Clube Superintendênci Municipl de Águ e Esgoto de Ctlão Superintendênci Municipl de Trânsito de Ctlão Simonne Pereir d Silv Ribeiro Mri Luiz Gonçlves Ctlão, 29 de jneiro de

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL N 018/2012 UNEMAT A, no uso de sus tribuições legis e em cumprimento ds norms prevists no rtigo

Leia mais

A ÁGUA COMO TEMA GERADOR PARA O ENSINO DE QUÍMICA

A ÁGUA COMO TEMA GERADOR PARA O ENSINO DE QUÍMICA A ÁGUA COMO TEMA GERADOR PARA O ENSINO DE QUÍMICA AUTORES: AMARAL, An Pul Mgno; NETO, Antônio d Luz Cost. E-MAIL: mgno_n@yhoo.com.br; ntonioluzneto@gmil.com INTRODUÇÃO Sendo um desfio ensinr químic pr

Leia mais

DEMONSTRATIVO DAS LICITAÇÕES HOMOLOGADAS NO MÊS DE FEVEREIRO/2014

DEMONSTRATIVO DAS LICITAÇÕES HOMOLOGADAS NO MÊS DE FEVEREIRO/2014 ESTDO D BHI PREFEITUR MUNICIPL DE QUIJINGUE PODER EXECUTIVO MUNICIPL COMISSÃO DE LICITÇÃO DEMONSTRTIVO DS LICITÇÕES HOMOLOGDS NO MÊS DE FEVEREIRO/2014 Órgão/Entidade: PREFEITUR MUNICIPL DE QUIJINGUE Exercício:

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO MINISTÉRIO PÚBLICO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA a CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DE MEIO AMBIENTE, URBANISMO E PATRIMÔNIO CULTURAL

ESTADO DO MARANHÃO MINISTÉRIO PÚBLICO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA a CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DE MEIO AMBIENTE, URBANISMO E PATRIMÔNIO CULTURAL 1 N O T A T É C N I C A N º. 0 0 3 / 2 0 0 7 Análise ds demnds identificds ns udiêncis públics do Plnejmento Estrtégico. Construção de plnejmento. 1 JUSTIFICATIVA Após relizção de seis udiêncis públics

Leia mais

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE MINISTRO ANDREAZZA Lei de Criação 372 13/02/92 PROGRAMA FINALÍSTICO

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE MINISTRO ANDREAZZA Lei de Criação 372 13/02/92 PROGRAMA FINALÍSTICO PROGRAMA FINALÍSTICO PROGRAMA: 022 - Progrm Súde d Fmíli 1. Problem: Alto índice de pcientes que visitm unidde Mist de Súde pr trtr de problems que poderim ser resolvidos com visit do médico em su cs.

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL N 004/2012 UNEMAT A, no uso de sus tribuições legis e em cumprimento ds norms prevists no rtigo

Leia mais

A Diretoria de Relações Internacionais da Fundação de Ensino e Pesquisa do Sul de Minas - 1. OBJETIVO 2. PRÉ-REQUISITOS. Re~ unis

A Diretoria de Relações Internacionais da Fundação de Ensino e Pesquisa do Sul de Minas - 1. OBJETIVO 2. PRÉ-REQUISITOS. Re~ unis Crid pel Lei Estdul nn 2. 766/63 CNPJ.: 21.420.85610001-96 - lrrsc Estdul. ISENTA Entidde M ntenedor do Grupo Educcionl Uni: Centro Universitdrio do Sul d Mins - UNIS Fculdde Bum- FABE Fculdde Três Ponts

Leia mais

Área de Conhecimento ARTES. Período de Execução. Matrícula. Telefone. (84) 8112-2985 / ramal: 6210

Área de Conhecimento ARTES. Período de Execução. Matrícula. Telefone. (84) 8112-2985 / ramal: 6210 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROGRAMA DE APOIO INSTITUCIONAL À EXTENSÃO PROJETOS DE EXTENSÃO EDITAL 01/014-PROEX/IFRN Os cmpos sombredos

Leia mais

Carta Convite para Seleção de Preceptores. Desenvolvimento de Competência Pedagógica para a prática da Preceptoria na Residência Médica

Carta Convite para Seleção de Preceptores. Desenvolvimento de Competência Pedagógica para a prática da Preceptoria na Residência Médica ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MÉDICA (ABEM) Av. Brsil, 4036 sls 1006/1008 21040-361 Rio de Jneiro-RJ Tel.: (21) 2260.6161 ou 2573.0431 Fx: (21) 2260.6662 e-mil: rozne@bem-educmed.org.br Home-pge: www.bem-educmed.org.br

Leia mais

LEI Nº 5.580. Institui o Plano de Carreira e Vencimentos do Magistério Público Estadual do Espírito Santo O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

LEI Nº 5.580. Institui o Plano de Carreira e Vencimentos do Magistério Público Estadual do Espírito Santo O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO LEI Nº 5.580 Institui o Plno de Crreir e Vencimentos do Mgistério Público Estdul do Espírito Snto O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Fço sber que Assembléi Legisltiv decretou e eu snciono seguinte

Leia mais

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE MINISTRO ANDREAZZA Lei de Criação 372 13/02/92

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE MINISTRO ANDREAZZA Lei de Criação 372 13/02/92 PROGRAMA FINALÍSTICO PROGRAMA FINALÍSTICO PROGRAMA : 15 Mnutenção e Revitlizção do Ensino Infntil FUNDEB 40% 1. Problem: O município possui pens dus escol que oferece ensino infntil e não tende tod demnd.

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Técnico Código: ETEC ANHANQUERA Município: Sntn de Prníb Áre de Conhecimento: : Proteção e Prevenção Componente Curriculr: LNR Legislção e Norms Regulmentodors

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2015. Etec Profª Ermelinda Giannini Teixeira

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2015. Etec Profª Ermelinda Giannini Teixeira Coorden http://www.etecermelind.com.br/etec/sis/ptd_tec_6.php 1 de 5 18/09/2015 12:45 Unidde de Ensino Médio e Técnico Cetec Ensino Técnico Integrdo o Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plno de Trblho Docente

Leia mais

I - APRESENTAÇÃO. Prof. Dr. Ricardo Oliveira Lacerda de Melo Presidente do Conselho de Administração

I - APRESENTAÇÃO. Prof. Dr. Ricardo Oliveira Lacerda de Melo Presidente do Conselho de Administração 5 I - APRESENTAÇÃO Com mis um reltório nul, o décimo terceiro desde su crição, FAPESE present de form quntittiv e qulittiv um retrospectiv d su tução no no de 2006, ind n gestão do Prof. Dr. José Roberto

Leia mais

Vo t a ç ão TEXTO DO CONGRESSO. PROPOSTA DO GOVERNO / Partidos da Base PROPOSTAS DAS BANCADAS DE OPOSIÇÃO E / OU ATEMPA / SIMPA

Vo t a ç ão TEXTO DO CONGRESSO. PROPOSTA DO GOVERNO / Partidos da Base PROPOSTAS DAS BANCADAS DE OPOSIÇÃO E / OU ATEMPA / SIMPA PROPOSTA DO GOVERNO / Prtidos d Bse PROPOSTAS DAS BANCADAS DE OPOSIÇÃO do Governo (Mensgem Retifictiv) E / OU ATEMPA / SIMPA Vo t ç ão TEXTO DO CONGRESSO Diverss estrtégis pr tingir s mets Emend 1- exclui

Leia mais

I AÇÕES DE AUDITORIA INTERNA PREVISTAS:

I AÇÕES DE AUDITORIA INTERNA PREVISTAS: PAINT 24 - I AÇÕES DE AUDITORIA INTERNA PREVISTAS: 1.1 - Auditoris de Conformidde Uniddes Orig d dnd: Intern com bse nos resultdos d Mtriz de Risco elbord pel Auditori Intern Nº UNIDADE OBJETIVOS ESCOPO

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO. DISCIPLINA: ORGANIZAR E GERIR A EMPRESA (10º Ano Turma K)

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO. DISCIPLINA: ORGANIZAR E GERIR A EMPRESA (10º Ano Turma K) ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO DISCIPLINA: ORGANIZAR E GERIR A EMPRESA (10º Ano Turm K) PLANIFICAÇÃO ANUAL Diretor do Curso Celso Mnuel Lim Docente Celso Mnuel

Leia mais

Ter formação mínima em nível superior comprovada que atenda a formação acadêmica ou formação ou vinculação em programa de

Ter formação mínima em nível superior comprovada que atenda a formação acadêmica ou formação ou vinculação em programa de ANEXO II EDITAL Nº 04/2014 2 º PRORROGAÇÃO PARA VAGAS REMANESCENTES QUADRO DE VAGAS REMANESCENTES PARA O PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSORES PESQUISADORES FORMADORES ÁREA DA PESQUISA EMENTA EIXO

Leia mais

WASTE TO ENERGY: UMA ALTERNATIVA VIÁVEL PARA O BRASIL? 01/10/2015 FIESP São Paulo/SP

WASTE TO ENERGY: UMA ALTERNATIVA VIÁVEL PARA O BRASIL? 01/10/2015 FIESP São Paulo/SP WASTE TO ENERGY: UMA ALTERNATIVA VIÁVEL PARA O BRASIL? 01/10/2015 FIESP São Pulo/SP PNRS E O WASTE-TO-ENERGY Definições do Artigo 3º - A nov ordenção básic dos processos Ordem de prioriddes do Artigo 9º

Leia mais

U04.6. Câmara Municipal da Amadora. Pág. 1 a. 00. Requerimento (Modelo 04.6/CMA/DAU/2009) 01. Documento comprovativo da legitimidade do requerente.

U04.6. Câmara Municipal da Amadora. Pág. 1 a. 00. Requerimento (Modelo 04.6/CMA/DAU/2009) 01. Documento comprovativo da legitimidade do requerente. Câmr Municipl d Amdor Deprtmento de Administrção U04.6 Urbnísitic EMISSÃO DE LICENÇA ESPECIAL OU COMUNICAÇÃO PRÉVIA PARA OBRAS INACABADAS LISTA DE DOCUMENTOS 00. Requerimento (Modelo 04.6/CMA/DAU/2009)

Leia mais

Desenvolvendo novas ferramentas pedagógicas para a formação de gestores de parques nacionais: jogos de papéis e simulação informática.

Desenvolvendo novas ferramentas pedagógicas para a formação de gestores de parques nacionais: jogos de papéis e simulação informática. Desenvolvendo vs ferrments pedgógics pr formção gestores prques ncionis: jogos ppéis e simulção informátic 1 Equipe Jen-Pierre Briot (LIP6 & LES/DI/PUC-Rio) (coorndor) Mrt Irving (EICOS/IP/UFRJ) (vice-coorndor)

Leia mais

Oferta n.º 1260. Praça do Doutor José Vieira de Carvalho 4474-006 Maia Tel. 229 408 600 Fax 229 412 047 educacao@cm-maia.pt www.cm-maia.

Oferta n.º 1260. Praça do Doutor José Vieira de Carvalho 4474-006 Maia Tel. 229 408 600 Fax 229 412 047 educacao@cm-maia.pt www.cm-maia. Procedimento de seleção pr recrutmento de Técnicos no âmbito do Progrm de Atividdes de Enriquecimento Curriculr do 1.º Ciclo de Ensino Básico Inglês Ofert n.º 1260 A Câmr Municipl Mi procede à bertur do

Leia mais

SUMÁRIO ESTE BOLETIM DE SERVIÇO É CONSTITUÍDO DE 26 (VINTE E SEIS) PÁGINAS CONTENDO AS SEGUINTES MATÉRIAS:

SUMÁRIO ESTE BOLETIM DE SERVIÇO É CONSTITUÍDO DE 26 (VINTE E SEIS) PÁGINAS CONTENDO AS SEGUINTES MATÉRIAS: ANO XLIV N.º 095 01/07/2014 SUMÁRIO ESTE BOLETIM DE SERVIÇO É CONSTITUÍDO DE 26 (VINTE E SEIS) PÁGINAS CONTENDO AS SEGUINTES MATÉRIAS: SEÇÃO I EXTRATO DE INSTRUMENTO CONVENIAL...02 SEÇÃO II PARTE 1: DESPACHOS

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ESOLA SEUNDÁRIA DR. JOAQUIM DE ARVALHO, FIGUEIRA DA FOZ PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015-2016 [Escrev texto] Págin 0 B I B L I O T E A E S O L A R PLANO ANUAL DE TRABALHO/ATIVIDADES A urrículo, litercis

Leia mais

REGULAÇÃO E GESTÃO COMPETITIVA NO SETOR ELÉTRICO: UM EQUILÍBRIO DINÂMICO. Prof. Carlos Raul Borenstein, Dr. UFSC

REGULAÇÃO E GESTÃO COMPETITIVA NO SETOR ELÉTRICO: UM EQUILÍBRIO DINÂMICO. Prof. Carlos Raul Borenstein, Dr. UFSC GAE/ 04 17 à 22 de outubro de 1999 Foz do Iguçu Prná - Brsil GRUPO VI GRUPO DE ASPECTOS EMPRESARIAIS (GAE) REGULAÇÃO E GESTÃO COMPETITIVA NO SETOR ELÉTRICO: UM EQUILÍBRIO DINÂMICO Prof. Crlos Rul Borenstein,

Leia mais

AGENTE ADMINISTRATIVO DO MP/RS DIREITO ADMINISTRATIVO DELEGAÇÃO DE SERVIÇOS NOTARIAIS E REGISTRAIS DO RS

AGENTE ADMINISTRATIVO DO MP/RS DIREITO ADMINISTRATIVO DELEGAÇÃO DE SERVIÇOS NOTARIAIS E REGISTRAIS DO RS 1 SUMÁRIO I. Administrção Públic... II. Atos Administrtivos... III. Poder de Políci... IV. Serviço Público... V. Responsbilidde Civil do Estdo... VI. Controle d Administrção Públic... 02 09 21 23 25 27

Leia mais

ESMAFE/PR Escola da Magistratura Federal do Paraná

ESMAFE/PR Escola da Magistratura Federal do Paraná ESMAFE/PR Escol d Mgistrtur Federl do Prná Curso Regulr Preprtório pr Crreir d Mgistrtur Federl com opção de Pós-Grdução ltu sensu em Direito Público em prceri com UniBrsil - Fculddes Integrds do Brsil

Leia mais

LLF MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA

LLF MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA LLF MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA RESOLUÇÃO Nº 2/CONSUP/IFRO, DE 5 DE MARÇO DE 2015. Dispõe sobre

Leia mais

PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS MATO GROSSO

PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS MATO GROSSO PLANO DE ENFRENTAMENTO DA EPIDEMIA DE AIDS E DAS DST ENTRE A POPULAÇÃO DE GAYS, HSH E TRAVESTIS MATO GROSSO Objetivo 1: Grntir prioridde técnic, polític e finnceir pr ções de enfrentmento do HIV/DST voltds

Leia mais

PROGRAMA: ESTUDOS AVANÇADOS EM LIDERANÇA CRISTÃ (IGREJA BATISTA DO MORUMBI)

PROGRAMA: ESTUDOS AVANÇADOS EM LIDERANÇA CRISTÃ (IGREJA BATISTA DO MORUMBI) PROGRAMA: ESTUDOS AVANÇADOS EM LIDERANÇA CRISTÃ (IGREJA BATISTA DO MORUMBI) 1) Servo de Cristo e legislção vigente O Servo de Cristo respeitndo legislção vigente, ns orientções do MEC em seu Precer nº

Leia mais

EQUAÇÕES INTENSIDADE / DURAÇÃO / PERÍODO DE RETORNO PARA ALTO GARÇAS (MT) - CAMPO ALEGRE DE GOIÁS (GO) E MORRINHOS (GO)

EQUAÇÕES INTENSIDADE / DURAÇÃO / PERÍODO DE RETORNO PARA ALTO GARÇAS (MT) - CAMPO ALEGRE DE GOIÁS (GO) E MORRINHOS (GO) ABES - Associção Brsileir de Engenhri Snitári e Ambientl V - 002 EQUAÇÕES INTENSIDADE / DURAÇÃO / PERÍODO DE RETORNO PARA ALTO GARÇAS (MT) - CAMPO ALEGRE DE GOIÁS (GO) E MORRINHOS (GO) Alfredo Ribeiro

Leia mais

Ano CXLIV N o - 135 Brasília - DF, segunda-feira, 16 de julho de 2007

Ano CXLIV N o - 135 Brasília - DF, segunda-feira, 16 de julho de 2007 ISSN 1677-7042 Ano CXLIV N o - 135 Brsíli - DF, segund-feir, 16 de julho de 2007 Sumário. PÁGINA Presidênci d Repúblic... 1 Ministério d Agricultur, Pecuári e Abstecimento... 4 Ministério

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETOS DE INCLUSÃO PRODUTIVA

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETOS DE INCLUSÃO PRODUTIVA TERMO DE REFERÊNCIA PROJETOS DE INCLUSÃO PRODUTIVA 1 - Ddos do Proponente 1.1- Nome d Entidde 1.2- CNPJ 1.3- Número de Sócios 1.4- Dt d Fundção 1.5- Endereço 20/09/2011 1.6- Município 1.7- CEP 1.8- U F

Leia mais

PLANO ANUAL DE TRABALHO

PLANO ANUAL DE TRABALHO PLANO ANUAL DE TRABALHO DE ARAUCÁRIA 06 smed@rucri.pr.gov.br 1 1. APRESENTAÇÃO O Conselho Municipl de Educção CME de Arucári, crido nos termos d Lei Municipl nº 1.527/04, de 02 de novembro de 04, é o órgão

Leia mais

Edital de Processo Seletivo Nº 21/2015

Edital de Processo Seletivo Nº 21/2015 Editl de Processo Seletivo Nº 21/2015 O SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO ESTADO DO PIAUÍ, SENAC-PI, no uso de sus tribuições regimentis, torn público que estão berts

Leia mais

1.2- CNPJ 1.3- Número de Sócios 1.4- Data da Fundação. 1-10 - Nome do Presidente 1.11-C P F 1.12- RG

1.2- CNPJ 1.3- Número de Sócios 1.4- Data da Fundação. 1-10 - Nome do Presidente 1.11-C P F 1.12- RG 1 - DADOS DO PROPONENTE 1.1- Nome d Entidde 1.2- CNPJ 1.3- Número de Sócios 1.4- Dt d Fundção 1.5- Endereço 20/09/2011 1.6- Município 1.7- CEP 1.8- U F 1.9- Telefone 1-10 - Nome do Presidente 1.11-C P

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Prof. Msc. Frncis Regis Irineu Coordenção Gerl de Estágio Prof. Izequiel Sntos de Arújo Coordendor de Estágio Cmpins, 2015 SUMÁRIO 1. Introdução...

Leia mais

Fundação Norte Fluminense de Desenvolvimento Regional FUNDENOR RELATÓRIO DE ATIVIDADES PRESTAÇÃO DE CONTAS BALANÇO GERAL 2013

Fundação Norte Fluminense de Desenvolvimento Regional FUNDENOR RELATÓRIO DE ATIVIDADES PRESTAÇÃO DE CONTAS BALANÇO GERAL 2013 1 2 01 3 2 Fundção Norte Fluminense de Desenvolvimento Regionl FUNDENOR RELATÓRIO DE ATIVIDADES PRESTAÇÃO DE CONTAS BALANÇO GERAL 2013 Avenid Presidente Vrgs, 180 - Pecuári CNPJ: 28.976.710/0001-70 I.

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE FERREIRA DO ZÊZERE

CÂMARA MUNICIPAL DE FERREIRA DO ZÊZERE CAPITULO I VENDA DE LOTES DE TERRENO PARA FINS INDUSTRIAIS ARTIGO l. A lienção, trvés de vend, reliz-se por negocição direct com os concorrentes sendo o preço d vend fixo, por metro qudrdo, pr um ou mis

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO Exercício 2003

RELATÓRIO DE GESTÃO Exercício 2003 MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE Instituto de Pesquiss Jrdim Botânico do Rio de Jneiro Em tenção à Instrução Normtiv/TCU nº 12/1996 e à Instrução Normtiv SFC/MF nº 12/2000, o Instituto de Pesquiss Jrdim Botânico

Leia mais

Sindicatos. Indicadores sociais 2001

Sindicatos. Indicadores sociais 2001 Ministério do Plnejmento, Orçmento e Gestão Instituto Brsileiro de Geogrfi e Esttístic - IBGE Diretori de Pesquiss Deprtmento de Populção e Indicdores Sociis Sindictos Indicdores sociis 2001 Rio de Jneiro

Leia mais

Plano de Gestão 2012-2015

Plano de Gestão 2012-2015 Plno de Gestão 202-205 - Cmpus UFV - Florestl - Grdução Missão: Promover polítics de incentivo à pesquis, pós-grdução, inicição científic e cpcitção de recursos humnos, objetivndo excelênci do Cmpus Florestl

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA Pró-Reitoria Acadêmica Setor de Pesquisa

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA Pró-Reitoria Acadêmica Setor de Pesquisa FORMULÁRIO PARA INSCRIÇÃO DE PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Coordenção/Colegido o(s) qul(is) será vinculdo: Engenhris Curso (s) : Engenhris Nome do projeto: MtLb Aplicdo n Resolução de Sistems Lineres.

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO - UEMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG COODERNAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO - CPG EDITAL Nº17/2014 PPG/CPG/UEMA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO - UEMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG COODERNAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO - CPG EDITAL Nº17/2014 PPG/CPG/UEMA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO - UEMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG COODERNAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO - CPG EDITAL Nº17/2014 PPG/CPG/UEMA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

Leia mais

EDITAL/SEE Nº 002/2014

EDITAL/SEE Nº 002/2014 EDITAL/SEE Nº 002/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE MONITOR/A PROFESSOR/A INDÍGENA DO ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO PARA AS ESCOLAS INDÍGENAS DA REDE ESTADUAL DE

Leia mais

CONVÊNIOS N VIGÊNCIA 01

CONVÊNIOS N VIGÊNCIA 01 CONVÊNIOS N VIGÊNCIA 01 199/2003 13-10-2003 ADOM Assessori Deprtmentl de Odontologi Municipl Limeir - SP 13-10-2008 02 AGR Convênio Odontológico Ltd Juiz de For - MG 073/2004 17-05-2004 03 Alessndr Mri

Leia mais

ORGANIZAÇÃO INTERNACIONALDO TRABALHO Escritório no Brasil. CURSO DE CAPACITAÇÃO E TROCA DE EXPERIÊNCIAS: 11 14 de setembro de 2012, Brasília DF

ORGANIZAÇÃO INTERNACIONALDO TRABALHO Escritório no Brasil. CURSO DE CAPACITAÇÃO E TROCA DE EXPERIÊNCIAS: 11 14 de setembro de 2012, Brasília DF ORGANIZAÇÃO INTERNACIONALDO TRABALHO Escritório no Brsil CURSO DE CAPACITAÇÃO E TROCA DE EXPERIÊNCIAS: 11 14 de setembro de 2012, Brsíli DF Ferrments e Metodologis d OIT pr Promover Investimentos Públicos

Leia mais

GABINETE DO PREFEITO

GABINETE DO PREFEITO ESTDO D PRIB PREFEITUR MUNICIPL DE LGO SEC GBINETE DO PREFEITO Lei nº 117/20, de 31 de dezembro de 20 INSTITUI O CENTRO DE TENÇÃO PSICOSSOCIL NO MUNICÍPIO DE LGO SEC-PB, CRI CRGOS DE PROVIMENTO EFETIVO

Leia mais

Pacto pela Saúde 2010/2011 Valores absolutos Dados preliminares Notas Técnicas

Pacto pela Saúde 2010/2011 Valores absolutos Dados preliminares Notas Técnicas Pcto pel Súde 2010/ Vlores bsolutos Ddos preliminres Nots Técnics Estão disponíveis, nests págins, os vlores utilizdos pr o cálculos dos indicdores do Pcto pel Súde 2010/, estbelecidos prtir d Portri 2.669,

Leia mais

Eleições Diretório Acadêmico Fisioterapia

Eleições Diretório Acadêmico Fisioterapia Eleições Está berto o período de inscrição pr s novs chps do Diretório Acdêmico - Gestão 2015 Inscrições: dos dis 17 29 de gosto de 2015 somente pelo e-mil: fisioufu.d.@gmil.com A votção será relizd nos

Leia mais

L E I Nº 6.969, DE 9 DE MAIO DE 2007

L E I Nº 6.969, DE 9 DE MAIO DE 2007 L E I Nº 6.969, DE 9 DE MIO DE 2007 Institui o Plno de rreirs, rgos e Remunerção dos Servidores do Poder Judiciário do Estdo do Prá e dá outrs providêncis. seguinte Lei: SSEMLÉI LEGISLTIV DO ESTDO DO PRÁ

Leia mais

Especifique : (a) tipo de deficiência (b) organização das salas (por idades,...) (a) outro tipo de vinculo

Especifique : (a) tipo de deficiência (b) organização das salas (por idades,...) (a) outro tipo de vinculo Agrupmento Escols do Porto Alto Pré Escolr lunos Estb. De Educção Apoio Domicílios 0-1 1-2 2-3 Alunos em list lunos com NEE Alunos esper () 3 4 5 6 * 3 4 5 3 4 5 6 * Educdores sls Q. QDV único pessol não

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de Auxiliar de Contabilidade

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de Auxiliar de Contabilidade Plno de Trblho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Hbilitção Profissionl: Técnic de nível médio de Auxilir de Contbilidde

Leia mais

SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA INSTITUTO SUPERIOR TUPY

SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA INSTITUTO SUPERIOR TUPY SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA INSTITUTO SUPERIOR TUPY IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO Curso: Engenhri de Produção Período/Módulo: 6º Período Disciplin/Unidde Curriculr: Simulção de Sistems de Produção

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE GUAPORÉ SECRETARIA MUNICIPAL DA ADMINISTRAÇÃO

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE GUAPORÉ SECRETARIA MUNICIPAL DA ADMINISTRAÇÃO ESTDO DO RIO GRNDE DO SUL MUNICÍPIO DE GUPORÉ SECRETRI MUNICIPL D DMINISTRÇÃO PROCESSO Nº1498/2013 T Nº 283/2013 Às 10 horas do dia 12 de novembro de 2013 reuniu-se a Comissão de Licitações designada pelo

Leia mais

Atos do Congresso Nacional

Atos do Congresso Nacional ISSN 1677-7042 Ano CXLIII 121 Brsíli - DF, terç-feir, 27 de junho de 2006 Sumário. PÁGINA Atos do Poder Judiciário... 1 Atos do Congresso Ncionl... 1 Atos do Poder

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA ILUMINAÇÃO TÉCNICA FÁBRICAS DE CULTURA

TERMO DE REFERÊNCIA ILUMINAÇÃO TÉCNICA FÁBRICAS DE CULTURA TERMO DE REFERÊNCIA ILUMINAÇÃO TÉCNICA FÁBRICAS DE CULTURA CAPÃO REDONDO Ru Lubvitch, 64 01123010 Bom Retiro São Pulo SP Tel/Fx: 11 3361 4976 www.poiesis.org.br TRIluminção Técnic ArenCPR ÍNDICE DO TERMO

Leia mais

SERVIÇO AUTONOMO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO

SERVIÇO AUTONOMO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO Unidade 14001 tividade SERVIÇO UTONOMO MUNICIPL ÁGU E ESGOTO CONVENID COM FUNDÇÃO NCIONL SÚ RU NTONIO COLETTO N 1228 Cep 86790-000 CGC 809102010001-65 LOBTO-PR PRNÁ Fones (44) 3249-1399 Fax (44) 3249-1399

Leia mais

Ilha Solteira, 17 de janeiro de 2013. OFICIO OSISA 05/2013

Ilha Solteira, 17 de janeiro de 2013. OFICIO OSISA 05/2013 Nossos prceiros Pel trnsprênci e qulidde d plicção dos recursos públicos Ilh Solteir, 17 de jneiro de 2013. OFICIO OSISA 05/2013 Ao Exmo. Sr. Alberto dos Sntos Júnior Presidente d Câmr Municipl de Ilh

Leia mais

Reserva de Desenvolvimento Sustentável. Rio Iratapuru

Reserva de Desenvolvimento Sustentável. Rio Iratapuru FIG. 15 Mapa de Situação da Bacia do / P - P MCROZEE do Estado do Pará Expansão de tividades Produtivas ZEE da Área Sul do Estado do mapá Espaço com restrição a indicação de uso - sistema de uso e propriedade

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.768, DE 25 DE OUTUBRO DE 2005

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.768, DE 25 DE OUTUBRO DE 2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº.768, DE 5 DE OUTUBRO DE 005 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de sus tribuições legis, e considerndo o disposto n Portri MP no 08, de de julho

Leia mais

Cargos/Áreas Candidatos Locais. Todos os candidatos inscritos para o cargo de Auxiliar de Enfermagem Urgência e Emergência

Cargos/Áreas Candidatos Locais. Todos os candidatos inscritos para o cargo de Auxiliar de Enfermagem Urgência e Emergência PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACAJU SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR, DE NÍVEL MÉDIO E DE NÍVEL FUNDAMENTAL EDITAL N.º 7/2004 SMS,

Leia mais

3º Ciclo do Ensino Básico

3º Ciclo do Ensino Básico ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO DE AMORA - ANO LETIVO 2014/2015 DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES GRUPO 600 Plnificção Anul Educção Visul 8º Ano 3º Ciclo do Ensino Básico Domínio Objetivos Geris

Leia mais

II NÚMERO DE VAGAS: As vagas serão oferecidas em cada disciplina optativa de acordo com a disponibilidade institucional do Programa.

II NÚMERO DE VAGAS: As vagas serão oferecidas em cada disciplina optativa de acordo com a disponibilidade institucional do Programa. Av. Fernndo Ferrri, 514 Vitóri ES CEP: 29.075-910 Cmpus de Goibeirs Tel/Fx: +55 (27) 4009-7657 E-mil: ppghis.ufes@hotmil.com http://www.histori.ufes.br/ppghis EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS A ALUNO ESPECIAL

Leia mais

EDITAL 001/2013 - EADUnC

EDITAL 001/2013 - EADUnC EDITAL 001/2013 - EADUnC O Reitor d Universidde do Contestdo-UnC, de cordo com o disposto no Regimento, fz sber, trvés do presente Editl, que estrão berts inscrições e mtriculs pr ingresso nos Cursos de

Leia mais

062/2011 07/2016 Pouso Alegre - MG Cláudia Lopes Cunha Assunção ME Itamonte MG

062/2011 07/2016 Pouso Alegre - MG Cláudia Lopes Cunha Assunção ME Itamonte MG 1 CONVÊNIOS N VIGÊNCIA Abengo Bioenergi Agroindustri Ltd 053/2012 02/2014 Alco Alumínio S/A Poços de Clds -MG 021/2010 05/2013 Alessndr Mri Pires M.E Cconde SP 172/2006 01/01/2007 01/01/2012 Althi S/A

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO - UFRJ INSTITUTO ALBERTO LUIZ COIMBRA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DE ENGENHARIA - COPPE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO - UFRJ INSTITUTO ALBERTO LUIZ COIMBRA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DE ENGENHARIA - COPPE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO - UFRJ INSTITUTO ALBERTO LUIZ COIMBRA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DE ENGENHARIA - COPPE EDITAL COPPE/PENO/PÓS nº 235/2014: PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS PARA INSCRIÇÃO

Leia mais

Oportunidade de Negócio: OFICINA DE CONVERSÃO - GNV

Oportunidade de Negócio: OFICINA DE CONVERSÃO - GNV Oportunidde de Negócio: OFICINA DE CONVERSÃO - GNV Mio/2007 1 OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO FICHA BÁSICA SEGMENTO: Prestção de Serviço Conversão de motores utomotivos (GNV) DESCRIÇÃO: Oficin pr montgem de Kit

Leia mais

JOSÉ DE ANCHIETA JUNIOR

JOSÉ DE ANCHIETA JUNIOR SUMÁRIO Págin Atos do Poder Executivo...01 Governdori do Estdo...01 Secretri de Estdo d Gestão Estrtégic e Administrção...04 Secretri de Estdo d Súde...09 Secretri de Estdo de Educção, Cultur e Desportos...16

Leia mais

07 AVALIAÇÃO DO EFEITO DO TRATAMENTO DE

07 AVALIAÇÃO DO EFEITO DO TRATAMENTO DE 07 AVALIAÇÃO DO EFEITO DO TRATAMENTO DE SEMENTES NA QUALIDADE FISIOLOGICA DA SEMENTE E A EFICIENCIA NO CONTROLE DE PRAGAS INICIAIS NA CULTURA DA SOJA Objetivo Este trblho tem como objetivo vlir o efeito

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL FARROUPÍLHA CÂMPUS SÃO BORJA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL FARROUPÍLHA CÂMPUS SÃO BORJA EDITAL Nº 04/20, DE 04 DE NOVEMBRO DE 20 RETIFICAÇÃO DO RESULTADO FINAL DAS INSCRIÇÕES REFERENTE AO EDITAL Nº 02/20, DE 27 DE OUTUBRO DE 20 PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE BOLSISTAS DO PROGRAMA NACIONAL

Leia mais

Cargo Candidatos Locais de: Abel Jorge Oliveira de Sousa a. Colégio Amapaense Avenida Iracema Carvão Nunes, n.º 419 Central,

Cargo Candidatos Locais de: Abel Jorge Oliveira de Sousa a. Colégio Amapaense Avenida Iracema Carvão Nunes, n.º 419 Central, PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAPÁ CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NOS CARGOS DE ANALISTA JUDICIÁRIO, DE TÉCNICO JUDICIÁRIO E DE AUXILIAR JUDICIÁRIO EDITAL N.º 001/2004 COMARCAS

Leia mais

EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA:

EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: CESUMAR CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: POLÍTICAS E NORMAS DE OPERACIONALIZAÇÃO MARINGÁ 2005 CESUMAR CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ REITOR Professor Wilson de Mtos Silv VICE-REITOR

Leia mais

Interno de Pessoal COORDENAÇÃO-GERAL DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS BOLETIM INTERNO DE PESSOAL.

Interno de Pessoal COORDENAÇÃO-GERAL DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS BOLETIM INTERNO DE PESSOAL. Boletim Interno de Pessol Novembro/2013 Alice obr d rtist plástic Esther Silv. GOTSCHALK DA SILVA FRAGA Presidente PAULO GRIJÓ GUALBERTO Coordendor-Gerl de Plnejmento e Administrção CARLOS ALBERTO MORGADO

Leia mais

Vem aí, novo curso no Icesp/Promove

Vem aí, novo curso no Icesp/Promove Aem n S Informe Icesp Semnl Ano IV nº 49 11/04/2014 Vem í, novo curso no Icesp/Promove A prtir do segundo semestre de 2014, o ICESP Promove de Brsíli brirá inscrições pr o curso de Tecnologi em Construção

Leia mais

1 ANALISTA DE SISTEMAS 1.1 Cidade de realização das provas: MANAUS/AM 1.1.1 Local de realização das provas:

1 ANALISTA DE SISTEMAS 1.1 Cidade de realização das provas: MANAUS/AM 1.1.1 Local de realização das provas: PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR EDITAL N.º 7 IPEA, DE 8 DE DEZEMBRO

Leia mais

Faesc comemora decisão do STF sobre

Faesc comemora decisão do STF sobre ARTIGO O gronegócio e s eleições Um polític de fortlecimento d gricultur e do gronegócio brsileiro e de fortes investimentos n infrestrutur do Pís deve ser principl reivindicção ds lidernçs os cndidtos,

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL. Página da Prefeitura na i nternet: www.portoalegre.rs.gov.br. Cidade terá novo Mapa Ilustrado

DIÁRIO OFICIAL. Página da Prefeitura na i nternet: www.portoalegre.rs.gov.br. Cidade terá novo Mapa Ilustrado DIÁRIO OFICIAL DE PORTO ALEGRE Edição 2708 Segund-feir, 30 de Jneiro de 2006 1 DIÁRIO OFICIAL PORTO ALEGRE Órgão de divulgção Oficil do Município Ano X Edição 2708 Segund-feir, 30 de Jneiro de 2006 Págin

Leia mais

Palavras-Chave: Assentamento Rural; Resíduos Sólidos; Diagnóstico Socioeconômico.

Palavras-Chave: Assentamento Rural; Resíduos Sólidos; Diagnóstico Socioeconômico. DIAGNÓSTICO SOCIOECONÔMICO EM CINCO ASSENTAMENTOS RURAIS DO MUNICÍPIO DE PALMAS-TO, COM ÊNFASE NO MODELO DE GESTÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS. NAZARENO, J. C 1 ; SILVA, A.S 2 ; NAZARENO, E.N.C 3 ; SERRA, J.C.V

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO - UFRJ INSTITUTO ALBERTO LUIZ COIMBRA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DE ENGENHARIA - COPPE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO - UFRJ INSTITUTO ALBERTO LUIZ COIMBRA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DE ENGENHARIA - COPPE UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO - UFRJ INSTITUTO ALBERTO LUIZ COIMBRA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DE ENGENHARIA - COPPE EDITAL PEC/COPPE/UFRJ Nº 261/2015: PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS PARA INSCRIÇÃO

Leia mais

ESCOLAS DE MERGULHO COM CREDENCIAMENTO ATIVO

ESCOLAS DE MERGULHO COM CREDENCIAMENTO ATIVO ESCOLAS DE MERGULHO COM ATIVO ESCOLA CREDENCIADA CURSOS AUTORIZADOS CERTIFICADO DE SEGURANÇA DE SISTEMAS DE MERGULHO R(CSSM) CURSO BÁSICO DE MERGULHO RASO PROFISSIONAL * Hbilitção: mergulhos com r comprimido

Leia mais

Nº 36, segunda-feira, 12 de maio de 2015 HOSPITAL UNIVERSITÁRIO LAURO WANDERLEY

Nº 36, segunda-feira, 12 de maio de 2015 HOSPITAL UNIVERSITÁRIO LAURO WANDERLEY Nº 36, segund-feir, 12 de mio de 25 HOSPITAL UNIVERSITÁRIO LAURO WANDERLEY N 36, 12 de mio de 25 1 Nº 36, segund-feir, 12 de mio de 25 EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES EBSERH HOSPITAL UNIVERSITÁRIO

Leia mais

A MODELAGEM MATEMÁTICA NA CONSTRUÇÃO DE TELHADOS COM DIFERENTES TIPOS DE TELHAS

A MODELAGEM MATEMÁTICA NA CONSTRUÇÃO DE TELHADOS COM DIFERENTES TIPOS DE TELHAS A MODELAGEM MATEMÁTICA NA CONSTRUÇÃO DE TELADOS COM DIFERENTES TIOS DE TELAS Angéli Cervi, Rosne Bins, Til Deckert e edro A.. Borges 4. Resumo A modelgem mtemátic é um método de investigção que utiliz

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE RELATÓRIO DE GESTÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE RELATÓRIO DE GESTÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE RELATÓRIO DE GESTÃO 2005 DIRIGENTES REITOR CÍCERO MAURO FIALHO RODRIGUES VICE-REITOR ANTÔNIO JOSÉ DOS SANTOS PEÇANHA PRÓ-REITORA DE ASSUNTOS ACADÊMICOS

Leia mais

Ano CXLVII N o - 29 Brasília - DF, quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Ano CXLVII N o - 29 Brasília - DF, quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010 ISSN 1677-7069 Ano CXLVII 29 Brsíli - DF, quint-feir, 11 de fevereiro de 2010. Sumário PÁGINA Presidênci d Repúblic... 1 Ministério d Agricultur, Pecuári e Abstecimento... 4 Ministério d Ciênci e Tecnologi...

Leia mais

Data Tema Objetivos Atividades Recursos

Data Tema Objetivos Atividades Recursos Plno Anul de Atividdes do Pré-Escolr Dt Tem Objetivos Atividdes Recursos Setembro Integrção /dptção ds crinçs -Promover integrção/ (re) dptção ds crinçs á creche; -Proporcionr um mbiente que permit às

Leia mais

O sistema de cotas no Brasil: um estudo de caso na Universidade Estadual do Norte Fluminense -UENF

O sistema de cotas no Brasil: um estudo de caso na Universidade Estadual do Norte Fluminense -UENF O sistem de cots no Brsil: um estudo de cso n Universidde Estdul do Norte Fluminense -UENF Ludmil Gonçlves d Mtt Doutor em Sociologi Polític Professor do Mestrdo em Plnejmento Regionl e Gestão de Ciddes

Leia mais

Administração de Materiais e Licitações com opção de realização Licitações de provas na cidade do Rio de Janeiro/RJ

Administração de Materiais e Licitações com opção de realização Licitações de provas na cidade do Rio de Janeiro/RJ MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS (FINEP) CONCURSO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA NOS CARGOS DE ANALISTA E DE TÉCNICO EDITAL Nº 7 FINEP, DE 29 DE JULHO

Leia mais

CONDIÇÕES DE TRABALHO E A SAÚDE DOS TRABALHADORES DE ENFERMAGEM 1

CONDIÇÕES DE TRABALHO E A SAÚDE DOS TRABALHADORES DE ENFERMAGEM 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA FACULDADE DE ENFERMAGEM DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM BÁSICA DISCIPLINA ADMINISTRAÇÃO EM ENFERMAGEM I CONDIÇÕES DE TRABALHO E A SAÚDE DOS TRABALHADORES DE ENFERMAGEM 1

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALHOÇA FACULDADE MUNICIPAL DE PALHOÇA EDITAL N. 09/2012

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALHOÇA FACULDADE MUNICIPAL DE PALHOÇA EDITAL N. 09/2012 PREFEITUR MUNICIPL DE PLHOÇ FCULDDE MUNICIPL DE PLHOÇ EDITL N. 09/2012 Diretora Executiva da Faculdade Municipal de Palhoça, no uso de suas atribuições legais, e de acordo com o que prevê a Resolução n.

Leia mais

Semana Epidemiológica de Início de Sintomas

Semana Epidemiológica de Início de Sintomas Boletim Epidemiológico Volume 46 N 3-2015 Secretri de Vigilânci em Súde Ministério d Súde ISSN 2358-9450 Monitormento dos csos de dengue e febre de chikunguny té Semn Epidemiológic (SE) 53 de 2014 Dengue

Leia mais

ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU

ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU 1 ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU EDITAL UFU/PREFE/044/2010 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO(A) A Pró-reitori de Grdução d Universidde Federl de Uberlândi, mprd no rtigo 248 ds Norms de Grdução

Leia mais

Representação de Transformadores Defasadores no Problema de Fluxo de Potência

Representação de Transformadores Defasadores no Problema de Fluxo de Potência 1 Representção de Trnsformdores Defsdores no Problem de Fluxo de Potênci J. A. Pssos Filho, Member, IEEE, R. M. Henriques, Member, IEEE e F. R. M. Alves, Member, IEEE Abstrct--O principl objeo deste é

Leia mais

CURSO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO, REGULAÇÃO, CONTROLE E AUDITORIA EM SAÚDE PÚBLICA

CURSO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO, REGULAÇÃO, CONTROLE E AUDITORIA EM SAÚDE PÚBLICA F u g Apoio s e d d l Integrd s I p i t c n CURSO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO, REGULAÇÃO, CONTROLE E AUDITORIA EM SAÚDE PÚBLICA SAÚDE COMO UM TODO E A SAÚDE SUPLEMENTAR; SISTEMAS DE INFOR- MAÇÃO EM SAÚDE

Leia mais

Grupo Educacional Unis

Grupo Educacional Unis Fundção de Ensino e Pesquis do Sul de Mins Centro Universitário do Sul de Mins Editl de Processo Seletivo Modlidde Distânci - CPS 01/2015 Vestibulr 2015 1º Semestre Grupo Educcionl Unis O Reitor do Centro

Leia mais

Autor: Carlos Otávio Schocair Mendes

Autor: Carlos Otávio Schocair Mendes Plno de Implntção do no Centro Federl de Educção Tecnológic Celso Suckow d Fonsec CEFET- RJ 1 Autor: Crlos Otávio Schocir Mendes O objetivo desse trblho é fornecer subsídios pr implntção no no CEFET- RJ.

Leia mais

Gerenciamento de Aquisições em Projetos de Obras

Gerenciamento de Aquisições em Projetos de Obras Gerencimento de Aquisições em Projetos de Obrs Frhd Abdollhyn, MSc., PMP MSP & PRINCE2 Prctitioner frhd@uol.com.br Ptrocindores: Relizção: Frhd Abdollhyn, PMP PRINCE2 Prctitioner Cyrus Associdos Apoio

Leia mais

Diário Oficial. Estado de Mato Grosso do Sul

Diário Oficial. Estado de Mato Grosso do Sul 11-1 0-1977 Diário Oficil Estdo de Mto Grosso do Sul ANO XXXIII 7.974 CAMPO GRANDE-MS, TERÇA-FEIRA, 87 PÁGINAS GOVERNADOR Vice-Governdor SIMONE TEBET Secretário de Estdo de Governo OSMAR DOMINGUES JERONYMO

Leia mais

Diário Oficial. Estado de Mato Grosso do Sul. Secretário de Estado de Administração e Desburocratização

Diário Oficial. Estado de Mato Grosso do Sul. Secretário de Estado de Administração e Desburocratização 11-1 0-1977 Diário Oficil Estdo de Mto Grosso do Sul ANO XXXVIII n. 9.079 CAMPO GRANDE-MS, QUINTA-FEIRA, 35 PÁGINAS GOVERNADOR REINALDO AZAMBUJA SILVA Vice-Governdor ROSIANE MODESTO DE OLIVEIRA Secretário

Leia mais

INFLUÊNCIA DO CLIMA (EL NIÑO E LA NIÑA) NO MANEJO DE DOENÇAS NA CULTURA DO ARROZ

INFLUÊNCIA DO CLIMA (EL NIÑO E LA NIÑA) NO MANEJO DE DOENÇAS NA CULTURA DO ARROZ INFLUÊNCIA DO CLIMA (EL NIÑO E LA NIÑA) NO MANEJO DE DOENÇAS NA CULTURA DO ARROZ Ricrdo S. Blrdin Mrcelo G. Mdlosso Mônic P. Debortoli Giuvn Lenz. Dep. Defes Fitossnitári - UFSM; Instituto Phytus. Em nos

Leia mais