Especifique : (a) tipo de deficiência (b) organização das salas (por idades,...) (a) outro tipo de vinculo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Especifique : (a) tipo de deficiência (b) organização das salas (por idades,...) (a) outro tipo de vinculo"

Transcrição

1 Agrupmento Escols do Porto Alto Pré Escolr lunos Estb. De Educção Apoio Domicílios Alunos em list lunos com NEE Alunos esper () * * Educdores sls Q. QDV único pessol não docente (d) AAE Assist. Prolongmentos Crinçs * Refeições médio diário Jrdim Infânci do Porto Alto Especifique : () tipo ficiênci orgnizção ds sls (por ids,...) () outro tipo vinculo (d) especificr crg horári e incluir tmbém técnicos que judm nos prolongmentos * crinçs com dimento d) 1 cozinheir; 1 nimdor expressão musicl; 1 nimdor expressão motor Observções: 18

2 Agrupmento Escols do Porto Alto Primeiro Ciclo do Ensino Básico Estbelec. De Ensino Escol EB 1 do P. A. (velh) Esc. EB 1 do P.A. (nov) Escol EB 1 d T. dos Ardos lunos lunos bndono Alunos lunos lunos em frequentr pel 1ª escolr mtriculdos lunos repetir list sls vez com NEE esper () 1º no 1º 2º 3º 4º 2º 3º 4º 2º 3º 4º 2º 3º 4º * lunos em bndono escolr integrdos Inst. Outrs (d) (e) Especifique: () tipo ficiênci orgnizção ds sls/turms * 25 lunos d turm H têm uls excepcionlmente n EB2,3 por só existir 7 sls n EB1 cuss (d) integrdos em instituições, ex. CERCIMA, IEFP, etc (e) trblh, etc Observções: 19

3 Agrupmento Escols do Porto Alto Primeiro Ciclo do Ensino Básico (continução) Estbelecimento Pessol Outrs Docentes AAE Gurds Porteiros Administrtivo ctegoris Nocturnos Ensino Q. Gerl QDV Outrs (f) Qudro Outrs (g) Qudro Outrs (h) (i) Escol EB do P.A. (velh) Escol EB do P.A. (nov) Escol EB d T. dos Ardos Especifique (f), (g), (h) e (i) : f) contrtdos g) 1 AAE utrqui; 2 AAE CAP + cont. t. Certo Observções: 20

4 Agrupmento Escols do Porto Alto 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico Estbelecim. Ensino Escol EB 2.3 do Porto Alto lunos lunos em lunos lunos bndonos frequentr pel 1ª bndono escolr mtriculdos turms repetir escolres () vez integrdos 5º 6º 7º 8º 9º 5º 6º 7 8º 9º 5º 6º 7º 8º 9º 5º 6º 7º 8º 9º 5º 6º 7º 8º 9º Inst. lunos sls com NEE (d) Aul Especific. (e) Especifique: () cuss integrdos em instituições, ex. CERCIMA, IEFP, etc trblh, etc (d) tipo ficiênci (e) outrs sls e) 1 lbortório; 1 bibliotec; 1 pvilhão gimnosportivo; 1 refeitório; 1 br; 1 DT; 1 sl Ed. Visul; 1 sl C. Nt.; 1 sl Fisico-quimic; 1 sl EUT; 1 sl Trb. Of.; 1 sl E. Musicl Observções: 21

5 Agrupmento Escols do Porto Alto 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico (Continução) Estbelecim. Docentes De Ensino Q. Escol Q.Z.P. Outrs (f) Pessol AAE Administrtivo Qudro Outrs (g) Qudro Outrs (h) Porteiros Gurds Nocturnos Outrs Ctegoris (i) Escol EB 2.3 do Porto Alto Especifique (f), (g), (h) e (i): Observções: 22

6 Levntmento Recursos Humnos Especilizdos Agrupmento Escols do Porto Alto Estbelecimento De Educção e Ensino Jrdim Infânci do P. A. Escol EB 1 do P. A. (velh) Escol EB 1 do P.A. (nov) Escol EB 1 d T. dos Ardos Escol EB 2.3 do P.A. Técnicos Terpeuts Terpeuts T. Serviço Educdores Psicólogos Sú d Fl Ocupcionis Socil Sociis () Docentes Apoio Não Animdores Técnicos Especilizdos especilizdos Culturis Especifique (), e : Observções: 23

7 Escol Secundári Benvente Estbelecimen. De Ensino Alunos Mtriculdos médio lunos por turm lunos lunos frequentr repetir pel 1ª vez E E E 10.º 11.º 12.º ERUC S 10.º 11.º 12.º ERUC S 10.º 11.º 12.º 10.º 11.º 12.º ERUC S U U U D N C D N C D N C lunos com NEE () sls Outrs Aul Escol Secundári Benvente Especifique: () tipo ficiênci outrs sls Observções: 24

8 Escol Secundári Benvente (Continução) Estbelecimento Pessol Docentes AAE Gurds Outrs De Administrtivo Porteiros Nocturnos Ctegoris Ensino Q. Gerl QZP Outrs Qudro Outrs (d) Qudro Outrs (e) Escol Secundári Benvente Especifique, (d) e (e) : c) pessol docente com contrto dministrtivo provimento; d) AAE com contrto dministrtivo provimento; e) Assistente Administrtiv com contrto dministrtivo provimento. Observções: 25

9 Levntmento Recursos Humnos Especilizdos Escol Secundári Benvente Estbelecimento De Educção e Ensino Escol Secundári Benvente Terpeuts Terpeuts Psicólogos d Ocupcionis Fl T. Técnicos Educdores Serviço Sú Sociis Socil () Docentes Apoio Não Animdores Técnicos Especilizdos especilizdos Culturis Especifique (),( b) e : b) professor licencid em L.L.M. Estudos Portugueses exercer funções professor poio eductivo. Observções: 26

10 Agrupmento Escols e Jrdins Benvente Pré - Escolr Estb. De Educção Apoio Domicílios Alunos lunos com lunos em Alunos NEE list () esper * * Educdores sls Q. QDV único pessol não docente AAE Assist. (d) Prolongmentos Crinçs * Refeições Nº médio diário J. Inf. Benvente J. Inf. Benvente - Areis Especifique : () tipo ficiênci orgnizção ds sls (por ids,...) outro tipo vinculo (d) especificr crg horári e incluir tmbém técnicos que judm nos prolongmentos * crinçs com dimento J.Inf. 1: b) sls heterogénes com 25 crinçs cd; d) 1 Cozinheir d C.M.B.; 1 Técnico Serviços Geris dc.m.b.; 2 Assistentes Educção d C.M.B.; 2 A.A.E. do M.E. e 1 d C.M.B.; nos prolongmentos (ds 15h às 17h) ficm pens s 3 3 A.A.E e Assistente Educção (têm horário completo). J.Inf. 2: b) sls heterogénes com 25 crinçs cd; c) 1 Educdor Infânci Contrtd; d) 2 A.A.E. d C.M.B., 1 Técnic dos Serviços Geris d C.M.B. e 1 Cozinheir d C.M.B.. ; nos prolongmentos (ds 15h s 17h) ficm pens s 2 A.A.E e Tec. Dos Serviços Geris d C.M.B.. Observções: 27

11 Agrupmento Escols e Jrdins Benvente Primeiro Ciclo do Ensino Básico Estbelecimen. De Ensino Alunos mtriculdos 1º 2º 3º 4º lunos em list esper 1º no lunos com NEE () sls lunos lunos lunos bndono frequentr pel repetir escolr 1ª vez 2º 3º 4º 2º 3º 4º 2º 3º 4º lunos em bndono escolr integrdos Inst. Outrs (d) (e) Escol EB 1 Benvente º - 2º 7 3º 3 4º - 10 Esc. EB 1 Benvente - Areis Especifique: () tipo ficiênci orgnizção ds sls/turms cuss (d) integrdos em instituições, ex. CERCIMA, IEFP, etc (e) trblh, etc EB1 nº 1: b) 8 sls com uls e 2 utilizds pr outros fins; turms heterogenes. EB1 nº 2 : b) 4 sls com ul; turms heterogenes. Observções 28

12 Agrupmento Escols e Jrdins Benvente Primeiro Ciclo do Ensino Básico (continução) Estbelecimento Ensino Escol EB 1 De Benvente Escol EB 1 De Benvente - Areis Pessol Docentes AAE Outrs Gurds Administrtivo Porteiros ctegoris Outrs Outrs Nocturnos Outrs Q. Gerl QDV Qudro Qudro (i) (f) (g) (h) Especifique (f), (g), (h) e (i) : EB1 nº 1: f) 4 docentes contrtdos; EB1 nº 2: f) 1 docente contrtdo; Observções: 29

13 Levntmento Recursos Humnos Especilizdos Agrupmento Escols e Jrdins Benvente Estbelecimento De Educção e Ensino Jrdim Infânci Benvente Jrdim Infânci Benvente - Areis Escol EB 1 Benvente Escol EB 1 Benvente - Areis Terpeuts T. Terpeuts Educdores Psicólogos d Serviço Ocupcionis Sociis Fl Socil Docentes Apoio Técnicos Não Animdores Sú Especilizdos especilizdos Culturis () Técnicos Especifique (), e : Observções: 30

14 Agrupmento Escols Durte Lopes Pré Escolr Estbelecimen. Educção Apoio Domicílios Alunos Alunos * lunos em list esper lunos com NEE () * Educdores sls Q. QDV único pessol não docente AAE Assis. (d) Prolongmentos Crinçs Refeições médio diário J. Inf. S. Estevão J. Inf. d Brros J. Inf. F. Chrnec Especifique : () tipo ficiênci orgnizção ds sls (por ids,...) outro tipo vinculo (d) especificr crg horári e incluir tmbém técnicos que judm nos prolongmentos * crinçs com dimento J. Inf. Sto Estevão: b) sls com grupos heterogéneos d) 1 A.A.E. do M.E. e 1 A.A.E. d C.M.B. que dá poio às refeições e às Activids Sócio Eductivs dos prolongmentos; 1 Técnico Superior Desporto d C.M.B. senvolve Activids Fisico-motors, semnlmente, no período dos Prolongmentos. J. Inf. d Brros: b) sls com grupos heterogéneos d) 1 A.A.E. do M.E. e 1 A.A.E. d C.M.B. que dá poio às refeições e às Activids Sócio Eductivs dos prolongmentos; 1 Técnico Superior Desporto d C.M.B. senvolve Activids Fisico-motors, semnlmente, no período dos Prolongmentos. J. Inf. De F. Chrnec: b) sls com grupos heterogéneos c) 1 Ed. Infânci contrtd d) 1 A.A.E. do M.E.; 1 A.A.E. d C.M.B. pr judr nos prolongmentos e ns refeições; 1 Jrdineir d C.M.B. colocd pr judr no refeitório; 1 Técnico Superior Desporto d C.M.B. senvolve Activids Fisico-motors, semnlmente, no período dos Prolongmentos. 31

15 Agrupmento Escols Durte Lopes Primeiro Ciclo do Ensino Básico Estbelecimen. De Ensino Alunos mtriculdos 1º 2º 3º 4º lunos em list esper 1º no lunos com NEE () sls lunos lunos lunos bndono frequentr pel repetir escolr 1ª vez 2º 3º 4º 2º 3º 4º 2º 3º 4º lunos em bndono escolr integrdos Inst. Outrs (d) (e) Esc. EB 1 Sto. Estevão Esc. EB 1 d Brros Esc. EB 1 Almd Esc. EB 1 Vle Crril Especifique: () tipo ficiênci b) orgnizção ds sls/turms EB1 S. Estevão: b) um turm com 1º e 2º no, outr com 3º no e outr com 2º e 4º no «escolrid; EB 1 d Brros: b) um turm com o 1º e o 2º no escolrid e outr com o 3º e 4º no; EB 1 Almd: b) este no lectivo pens um ds sls funcion com uls, só há um turm, com os 4 níveis ensino; EB 1 Vle Crril: b) um turm com o 1º e o 2º no escolrid e outr com o 3º e 4º no; Observções: b) cuss (d) integrdos em instituições, ex. CERCIMA, IEFP, etc (e) trblh, etc 32

16 Agrupmento Escols Durte Lopes Primeiro Ciclo do Ensino Básico (continução) Estbelecimento Ensino Escol EB 1 Sto. Estevão Escol EB 1 d Brros Escol EB 1 Almd Escol EB 1 Vle Crril Pessol Docentes AAE Gurds Administrtivo Porteiros Outrs Outrs Nocturnos Outrs Q. Gerl QDV Qudro Qudro (f) (g) (h) Outrs ATL ctegoris (i) lunos Especifique (f), (g), (h) e (i) : EB1 Sto. Estevão: f) 4 docentes contrtdos, um dos quis o brigo do 35. g) um ds A.A.E. é um Auxilir dos Serviços Geris d C.M.B. EB 1 d Brros: f) 3 docentes contrtdos, 1 dos quis pr poio eductivo; g) 2 sslrids e um d C.M.B. Observções: 33

17 Agrupmento Escols Durte Lopes 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico lunos Estbeleci lunos mtriculdos turms lunos repetir lunos frequentr pel 1ª vez bndonos escolres () em bndono escolr lunos sls m. integrdos com Ensino 5º 6º 7º 8º 9º 5º 6 7 8º 9º 5º 6º 7º 8º 9º 5º 6º 7º 8º 9º 5º 6º 7º 8º 9º Inst. NEE (d) Aul Especif i (e) Escol EB 2.3 Durte Lopes Especifique: () cuss integrdos em instituições, ex. CERCIMA, IEFP, etc trblh, etc (d) (e) tipo ficiênci outrs sls Observções: 34

18 Agrupmento Escols Durte Lopes 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico (Continução) Estbelecim. De Ensino Docentes Q. Outrs Q.Z.P. Escol (f) AAE Outrs Qudro (g) Pessol Administrtivo Qudro Outrs (h) Porteiros Gurds Nocturnos Outrs Ctegoris (i) Escol EB 2.3 Durte Lopes Especifique (f), (g), (h) e (i): f) contrtdos Observções: 35

19 Levntmento Recursos Humnos Especilizdos Agrupmento Escols Durte Lopes Estbelecimento De Educção e Ensino Psicólogos Terpeuts d Fl Terpeuts Ocupcionis T. Serviço Socil Educdores Sociis Técnicos Sú () Docentes Apoio Não Especilizdos especilizdos Animdores Culturis Técnicos Jrdim Infânci Sto. Estevão Jrdim Infânci d Brros Jrdim Infânci F. d Chrnec Escol EB 1 Sto. Estevão Especifique (), e : Observções: 36

20 Levntmento Recursos Humnos Especilizdos Agrupmento Escols Durte Lopes (continução) Estbelecimento De Ensino Psicólogos Terpeuts d Fl Terpeuts Ocupcionis T. Serviço Socil Educdores Sociis Técnicos Sú () Docentes Apoio Não Especilizdos especilizdos Animdores Culturis Técnicos Escol EB 1 d Brros Escol EB1 Almd Escol EB 1 Vle Crril Escol EB 2.3 Durte Lopes Especifique (), e : Observções: 37

21 Agrupmento Escols Smor Correi Pré Escolr Estbelecim. De Educção Apoio Domicílios Alunos lunos com lunos em Alunos NEE list () esper * * Educdores sls Q. QDV único pessol não docente (d) AAE Assist. Prolongmentos Crinçs * Refeições médio diário Jrdim Infânci S.C * 4* Especifique : tipo ficiênci orgnizção ds sls (por ids,...) outro tipo vinculo (d) especificr crg horári e incluir tmbém técnicos que judm nos prolongmentos * crinçs com dimento _* - 2 Axilires Acção Eductiv/ M.E./ Câmr Municipl - 4 Assistentes Acção Eductiv/ Câmr Municipl - 2 uxilires d utrqui poim s refeições do Jrdim Infânci Observções: 38

22 Agrupmento Escols Smor Correi Primeiro Ciclo do Ensino Básico Estbelec. Ensino Alunos mtriculdos 1º 2º 3º 4º lunos em list esper (1º no) lunos com NEE () 1º 2º 3º 4º sls lunos lunos lunos frequentr bndono escolr repetir pel 1ª vez 2º 3º 4º 2º 3º 4º 2º 3º 4º lunos em bndono escolr integrdos Inst. Outrs (d) (e) Escol EB 1 n.º 1 S.C Escol EB 1 n.º 2 S.C Especifique: () tipo ficiênci orgnizção ds sls/turms cuss (d) integrdos em instituições, ex. CERCIMA, IEFP, etc (e) trblh, etc Observções: 39

23 Agrupmento Escols Smor Correi Primeiro Ciclo do Ensino Básico (continução) Estbelecimento Ensino Escol EB 1 n.º 1 S.C. Escol EB 1 n.º 2 S.C. Pessol Outrs Docentes AAE Gurds Porteiros Administrtivo ctegoris Nocturnos Q. Gerl QDV Outrs (f) Qudro Outrs (g) Qudro Outrs (h) (i) Especifique (f), (g), (h) e (i): EB1 n.º 1 f) stcdo g) 2 limpez/refeitório POC/CMB EB1 n.º 2 f) 1 docente contrtdo e 6 stcdos g) entre estes 1 POC stindo limpez e outros tipo funções Observções: 40

24 Agrupmento Escols Smor Correi 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico Estbelecim. Ensino 5º lunos mtriculdos 6º 7º 8º 9º 5º turms 6º 7 8º 9º 5º lunos repetir 6º 7º 8º 9º lunos frequentr pel 1ª vez 5º 6º 7º 8º 9º bndonos escolres () 5º 6º 7º 8º 9º lunos em bndono escolr integrdos Inst. lunos com NEE (d) sls Outrs Aul (e) Escol João Fernns Prtes f) f) f) f) f) Especifique: () cuss integrdos em instituições, ex. CERCIMA, IEFP, etc trblh, etc (d) tipo ficiênci (e) outrs sls (f) esttístic feit no finl cd período Observções: 41

25 Agrupmento Escols Smor Correi 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico (Continução) Estbelecim. Docentes AAE De Ensino Q. Escol Q.Z.P. Outrs (f) Escol João Pessol Administrtivo Porteiros Qudro Outrs (g) Qudro Outrs (h) Gurds Nocturnos Fernns Prtes Outrs Ctegoris (i) 1 cozinheir 5 Aux. Coz. Especifique (f), (g), (h) e (i): g) e h) contrto Administrtivo Provimento Observções: 42

26 Levntmento Recursos Humnos Especilizdos Agrupmento Escols Smor Correi Estbelecimento De Educção e Ensino Psicólogos Terpeuts d Fl Terpeuts Ocupcionis T. Serviço Socil Educdores Sociis Técnicos Sú () Docentes Apoio Não Especilizdos especilizdos Animdores Culturis Técnicos Jrdim Infânci S.C. Escol EB 1 n.º 1 S.C. Escol EB 1 n.º 2 S.C. Escol EB 2.3 S.C. 1 d) Especifique (),( b) e : d) Dr.ª Dulce está n escol um mnhã por semn compnhr quse exclusivmente os lunos do Ensino Especil 43

27 Instituição Prticulr Solidried Socil Smor Correi Apoio Domicílios lunos com Crinçs lunos NEE mtriculds em list () esper * * sls Educdores Q. únic o Outr os AAE Pessol Não Docente Assis. Outro s (d) Prolongmentos Crinçs * Refeições médio diário - IPSS Jrdim Infânci Especificr: () tipo ficiênci orgnizção ds sls (por ids, etc) outro tipo vinculo (d) crg horári * crinçs com dimento ) Atrso globl senvolvimento b) 4 sls 1 3 nos / 1 4 nos / 1 5 nos / 1 ¾ nos c) 1 educdor com contrto substituição d) Auxilires serviços geris (horário) 10.00H-14.00/ 15.30H 18.30H AAE 10.00H / Observções: Os prolongmentos são prtir ds 17.00H Pessol cozinh: 1 cozinheir e 3 judntes cozinh 44

28 Instituição Prticulr Solidried Socil Smor Correi - IPSS - crinçs mtriculds médio crinçs por sl crinçs em list esper crinçs com NEE () sls Educdores Q. Único Pessol Não Docente AAE Assist. (d) crinçs Prolongmentos Creche AAE Assist. (e) Refeições médio diário Apoio Domicílios Especificr: () tipo ficiênci orgnizção ds sls: por ids, por no, etc outro tipo vinculo (d) e (e) especificr crg horári e tipo vinculo b) 2 sls 0-2nos 2 sls 1 no 3 sls 2 nos c) AAE 10.00H-14.30/15.30/18.30 ASG 10.00H-14.00/ ds ASG 7.00H-13.30H/17.30H-19.30H e 7.00H-13.30H/15.00H-16.30H Observções: 45

29 Instituição Prticulr Solidried Socil Pessol crinçs médio Não Docente mtriculds crinçs crinçs Educdores Benvente em com crinçs sls list esper NEE Q. por AAE Assist () Único (d) sl - IPSS - 1 Creche h30 m*7 Apoio Domicílios Especificr: (e) tipo ficiênci (f) orgnizção ds sls: por ids, por no, etc (g) outro tipo vinculo (h) e (e) especificr crg horári e tipo vinculo Prolongmentos Refeições crinçs AAE Assist. médio (e) diário Observções: 46

30 Instituição Prticulr Solidried Socil Benvente Apoio Domicílios Crinçs mtriculds lunos em list esper lunos com NEE () sls Educdores Pessol Não Docente Prolongmentos Crinçs Refeições - IPSS Jrdim Infânci * * Q. único Outr os AAE Assis. (d) 37h30 m * * médio diário Especificr: () tipo ficiênci orgnizção ds sls (por ids, etc) outro tipo vinculo (d) crg horári * crinçs com dimento Observções: 47

31 Instituição Prticulr Solidried Socil Crinçs inscrits médio lunos em list esper lunos com NEE () Educdores Pessol Não Docente Refeições Benvente 1º 2º 3º 4º crinçs por sl 1º 2º 3º 4º 1º 2º 3º 4º sls Q. único AAE Assis. (d) médio diário Especificr: - IPSS A.T.L mnhã 30 tr A. Cultu rl h30 m *2 90 () tipo ficiênci orgnizção ds sls (por ids, etc) outro tipo vinculo (d) crg horári * crinçs com dimento Observções: 48

32 Instituição Prticulr Solidried Socil CRIB Vlênci Educcionl Benvente crinçs mtriculds médio crinçs por sl crinçs em list esper crinçs com NEE () sls Educdores Q. Único Pessol Não Docente AAE Assist. (d) Prolongmentos crinçs AAE Assist. (e) Refeições médio diário CRIB Apoio Domicílios Especificr: (i) tipo ficiênci (j) orgnizção ds sls: por ids, por no, etc (k) outro tipo vinculo (d) e (e) especificr crg horári e tipo vinculo b) unid 1 e 2 quisições básics (dos 10 os 15 nos) tem um totl 7 lunos; noutr sl corre escolrid/escolrizção, n escolrid há 1 luno o nível do 2º no do ensino regulr; escolrizção tem 3 lunos c/ currículos qudos o perfil do luno (dos 14 os 18 nos). 1 prof. Do ensino básico do Q.D.V. ; 2 Educ. Infânci, sendo um ls especilizd e coorndor d vlênci eductiv. (d) 1 psicólogo 23 hors; 1 T. Ocupcionl - 22 hors; 1 Assist. Socil (coorndor d vlênci ocupcionl e t. Sup. Serviço Socil pr vlênci educcionl) 30 hors; 1 Monitor E. Físic 30 hors; 1 Vigilnte (só pr vlênci eductiv) 38 hors Observções 49

Oferta n.º 1260. Praça do Doutor José Vieira de Carvalho 4474-006 Maia Tel. 229 408 600 Fax 229 412 047 educacao@cm-maia.pt www.cm-maia.

Oferta n.º 1260. Praça do Doutor José Vieira de Carvalho 4474-006 Maia Tel. 229 408 600 Fax 229 412 047 educacao@cm-maia.pt www.cm-maia. Procedimento de seleção pr recrutmento de Técnicos no âmbito do Progrm de Atividdes de Enriquecimento Curriculr do 1.º Ciclo de Ensino Básico Inglês Ofert n.º 1260 A Câmr Municipl Mi procede à bertur do

Leia mais

PROGRAMA SENAC DE GRATUIDADE - PSG 1º EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SENAC/AL

PROGRAMA SENAC DE GRATUIDADE - PSG 1º EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SENAC/AL PROGRAMA SENAC DE GRATUIDADE - PSG 1º EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SENAC/AL 1. DO PROGRAMA 1.1. O PSG destin-se pessos de bix rend cuj rend fmilir mensl per cpit não ultrpsse 2 slários mínimos federis,

Leia mais

Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra

Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra Serviços de Acção Socil d Universidde de Coimbr Serviço de Pessol e Recursos Humnos O que é o bono de fmíli pr crinçs e jovens? É um poio em dinheiro, pgo menslmente, pr judr s fmílis no sustento e n educção

Leia mais

Vo t a ç ão TEXTO DO CONGRESSO. PROPOSTA DO GOVERNO / Partidos da Base PROPOSTAS DAS BANCADAS DE OPOSIÇÃO E / OU ATEMPA / SIMPA

Vo t a ç ão TEXTO DO CONGRESSO. PROPOSTA DO GOVERNO / Partidos da Base PROPOSTAS DAS BANCADAS DE OPOSIÇÃO E / OU ATEMPA / SIMPA PROPOSTA DO GOVERNO / Prtidos d Bse PROPOSTAS DAS BANCADAS DE OPOSIÇÃO do Governo (Mensgem Retifictiv) E / OU ATEMPA / SIMPA Vo t ç ão TEXTO DO CONGRESSO Diverss estrtégis pr tingir s mets Emend 1- exclui

Leia mais

Oferta n.º 1274; 1275 e 1276

Oferta n.º 1274; 1275 e 1276 Procedimento de seleção pr recrutmento de Técnicos no âmbito do Progrm de Atividdes de Enriquecimento Curriculr do 1.º Ciclo de Ensino Básico Inglês Ofert n.º 1274; 1275 e 1276 A Câmr Municipl Mi procede

Leia mais

GABINETE DO PREFEITO

GABINETE DO PREFEITO ESTDO D PRIB PREFEITUR MUNICIPL DE LGO SEC GBINETE DO PREFEITO Lei nº 117/20, de 31 de dezembro de 20 INSTITUI O CENTRO DE TENÇÃO PSICOSSOCIL NO MUNICÍPIO DE LGO SEC-PB, CRI CRGOS DE PROVIMENTO EFETIVO

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Técnico Código: ETEC ANHANQUERA Município: Sntn de Prníb Áre de Conhecimento: : Proteção e Prevenção Componente Curriculr: LNR Legislção e Norms Regulmentodors

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ESOLA SEUNDÁRIA DR. JOAQUIM DE ARVALHO, FIGUEIRA DA FOZ PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015-2016 [Escrev texto] Págin 0 B I B L I O T E A E S O L A R PLANO ANUAL DE TRABALHO/ATIVIDADES A urrículo, litercis

Leia mais

ESMAFE/PR Escola da Magistratura Federal do Paraná

ESMAFE/PR Escola da Magistratura Federal do Paraná ESMAFE/PR Escol d Mgistrtur Federl do Prná Curso Regulr Preprtório pr Crreir d Mgistrtur Federl com opção de Pós-Grdução ltu sensu em Direito Público em prceri com UniBrsil - Fculddes Integrds do Brsil

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DA ACADEMIA DE MÚSICA DE SANTA MARIA DA FEIRA ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO DA MÚSICA. Projeto Música para Todos

ASSOCIAÇÃO DA ACADEMIA DE MÚSICA DE SANTA MARIA DA FEIRA ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO DA MÚSICA. Projeto Música para Todos ENSINO ARTÍSTICO ESPECIALIZADO DA MÚSICA Projeto Músic pr Todos Plno Anul de Atividdes 2013 2014 1º PERÍODO MÊS DIA HORA ATIVIDADE INTERVENIENTES LOCAL 12 Início do no letivo 12 18h00 Receção os lunos

Leia mais

Área de Conhecimento ARTES. Período de Execução. Matrícula. Telefone. (84) 8112-2985 / ramal: 6210

Área de Conhecimento ARTES. Período de Execução. Matrícula. Telefone. (84) 8112-2985 / ramal: 6210 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROGRAMA DE APOIO INSTITUCIONAL À EXTENSÃO PROJETOS DE EXTENSÃO EDITAL 01/014-PROEX/IFRN Os cmpos sombredos

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO. DISCIPLINA: ORGANIZAR E GERIR A EMPRESA (10º Ano Turma K)

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO. DISCIPLINA: ORGANIZAR E GERIR A EMPRESA (10º Ano Turma K) ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COMÉRCIO DISCIPLINA: ORGANIZAR E GERIR A EMPRESA (10º Ano Turm K) PLANIFICAÇÃO ANUAL Diretor do Curso Celso Mnuel Lim Docente Celso Mnuel

Leia mais

CURSOS OFERECIDOS NO PERÍODO DA MANHÃ CURSOS OFERECIDOS NO PERÍODO DA TARDE CURSOS OFERECIDOS NO PERÍODO DA NOITE

CURSOS OFERECIDOS NO PERÍODO DA MANHÃ CURSOS OFERECIDOS NO PERÍODO DA TARDE CURSOS OFERECIDOS NO PERÍODO DA NOITE PREFEITURA MUNICIPAL DE LORENA ESCOLA MUNICIPAL PROFISSIONALIZANTE MILTON BALLERINI Av. São José nº 150 centro Loren SP Tel. (12) 3153-1548 CEP 12.600-560 125 CURSOS GRATUITOS OFERECIDOS PELA PREFEITURA

Leia mais

Relatório de atividades. Abril / 2011 a Janeiro / 2014. A Coordenação de Convênios e Contratos da UFG/CAC está vinculada à direção do

Relatório de atividades. Abril / 2011 a Janeiro / 2014. A Coordenação de Convênios e Contratos da UFG/CAC está vinculada à direção do Reltório de tividdes Abril / 2011 Jneiro / 2014 A d UFG/CAC está vinculd à direção do Câmpus e, posteriormente, o Setor de Convênios e Contrtos do Gbinete d Reitori. Tem como função intermedir s relções

Leia mais

LEI Nº 5.580. Institui o Plano de Carreira e Vencimentos do Magistério Público Estadual do Espírito Santo O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

LEI Nº 5.580. Institui o Plano de Carreira e Vencimentos do Magistério Público Estadual do Espírito Santo O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO LEI Nº 5.580 Institui o Plno de Crreir e Vencimentos do Mgistério Público Estdul do Espírito Snto O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Fço sber que Assembléi Legisltiv decretou e eu snciono seguinte

Leia mais

Data Tema Objetivos Atividades Recursos

Data Tema Objetivos Atividades Recursos Plno Anul de Atividdes do Pré-Escolr Dt Tem Objetivos Atividdes Recursos Setembro Integrção /dptção ds crinçs -Promover integrção/ (re) dptção ds crinçs á creche; -Proporcionr um mbiente que permit às

Leia mais

Escola Básica do 1º Ciclo de Vale Figueira EB Miquelina Pombo

Escola Básica do 1º Ciclo de Vale Figueira EB Miquelina Pombo Escola Básica Elias Garcia Escola Básica Miquelina Pombo Escola Básica da Sobreda Escola Básica do 1º Ciclo de Vale Figueira EB Miquelina Pombo A Escola Básica do 1º Ciclo de Vale Figueira nº 1 (E.B. Miquelina

Leia mais

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE MINISTRO ANDREAZZA Lei de Criação 372 13/02/92

ESTADO DE RONDÔNIA PREFEITURA MUNICIPAL DE MINISTRO ANDREAZZA Lei de Criação 372 13/02/92 PROGRAMA FINALÍSTICO PROGRAMA FINALÍSTICO PROGRAMA : 15 Mnutenção e Revitlizção do Ensino Infntil FUNDEB 40% 1. Problem: O município possui pens dus escol que oferece ensino infntil e não tende tod demnd.

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL N 004/2012 UNEMAT A, no uso de sus tribuições legis e em cumprimento ds norms prevists no rtigo

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Prof. Msc. Frncis Regis Irineu Coordenção Gerl de Estágio Prof. Izequiel Sntos de Arújo Coordendor de Estágio Cmpins, 2015 SUMÁRIO 1. Introdução...

Leia mais

ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU

ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU 1 ESTÁGIO PARA ESTUDANTE DA UFU EDITAL UFU/PREFE/044/2010 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO(A) A Pró-reitori de Grdução d Universidde Federl de Uberlândi, mprd no rtigo 248 ds Norms de Grdução

Leia mais

Edital de Processo Seletivo Nº 21/2015

Edital de Processo Seletivo Nº 21/2015 Editl de Processo Seletivo Nº 21/2015 O SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO ESTADO DO PIAUÍ, SENAC-PI, no uso de sus tribuições regimentis, torn público que estão berts

Leia mais

Carta Convite para Seleção de Preceptores. Desenvolvimento de Competência Pedagógica para a prática da Preceptoria na Residência Médica

Carta Convite para Seleção de Preceptores. Desenvolvimento de Competência Pedagógica para a prática da Preceptoria na Residência Médica ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO MÉDICA (ABEM) Av. Brsil, 4036 sls 1006/1008 21040-361 Rio de Jneiro-RJ Tel.: (21) 2260.6161 ou 2573.0431 Fx: (21) 2260.6662 e-mil: rozne@bem-educmed.org.br Home-pge: www.bem-educmed.org.br

Leia mais

Prefeitura Municipal da Estância Turística de Itu Estado de São Paulo CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS ADITAMENTO AO EDITAL Nº.

Prefeitura Municipal da Estância Turística de Itu Estado de São Paulo CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS ADITAMENTO AO EDITAL Nº. Prefeitur Municipl d Estânci Turístic Itu Estdo São Pulo CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS ADITAMENTO AO EDITAL Nº. 01/2011 A PREFEITURA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA TURÍSTICA DE ITU fz sber quem poss interessr,

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015/2016

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015/2016 3 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO BARREIRO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015/2016 INTRODUÇÃO O Plno Anul Ativis é o su orgnizção e os recursos Cbe o Conselho Pegógico p cpzes opercionlizr s es O PAA será fini seguin

Leia mais

AGENDA DAS VISITAS AGRUPAMENTOS

AGENDA DAS VISITAS AGRUPAMENTOS AGENDA DAS VISITAS AGRUPAMENTOS 8h45 9h00-11h00 11h00-12h30 12h30 14h30-16h30 17h00-18h00 18h00 1.º dia Chegada à escola-sede do Agrupamento Sessão de apresentação do Agrupamento pela Direcção e primeira

Leia mais

TIPOLOGIA / INSTALAÇÕES DAS ESCOLAS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IBN MUCANA

TIPOLOGIA / INSTALAÇÕES DAS ESCOLAS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IBN MUCANA TIPOLOGIA / INSTALAÇÕES DAS ESCOLAS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IBN MUCANA 1. JARDIM DE INFÂNCIA PAI DO VENTO Iniciou as suas atividades em Abril de 1999 está integrado no complexo escolar da Escola Básica

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE GUAPORÉ SECRETARIA MUNICIPAL DA ADMINISTRAÇÃO

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE GUAPORÉ SECRETARIA MUNICIPAL DA ADMINISTRAÇÃO ESTDO DO RIO GRNDE DO SUL MUNICÍPIO DE GUPORÉ SECRETRI MUNICIPL D DMINISTRÇÃO PROCESSO Nº1498/2013 T Nº 283/2013 Às 10 horas do dia 12 de novembro de 2013 reuniu-se a Comissão de Licitações designada pelo

Leia mais

Questionário. Base de Dados dos Recursos Humanos da Área Jurídica da Administração Pública da Região Administrativa Especial de Macau

Questionário. Base de Dados dos Recursos Humanos da Área Jurídica da Administração Pública da Região Administrativa Especial de Macau Registo inicil Actulizção de ddos Direcção dos Serviços d Reform Jurídic e do Direito Interncionl Questionário Bse de Ddos dos Recursos Humnos d Áre Jurídic d Administrção Públic d Região Administrtiv

Leia mais

DECRETO Nº 27631. de 22 de abril de 2010.

DECRETO Nº 27631. de 22 de abril de 2010. DECRETO Nº 27631 de 22 de bril de 2010. Regulment Períci Médic e Ocupcionl dos servidores municipis d Prefeitur de Gurulhos. SEBASTIÃO DE ALMEIDA, PREFEITO DA CIDADE DE GUARULHOS, no uso de sus tribuições

Leia mais

2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES. Conselho Geral AGUPAMENTO DE ESCOLAS DE VALADARES

2013/2014 PLANO DE ATIVIDADES. Conselho Geral AGUPAMENTO DE ESCOLAS DE VALADARES , 0 2013/2014 Conselho Geral AGUPAMENTO DE ESCOLAS DE VALADARES PLANO DE ATIVIDADES O AGRUPAMENTO... 3 IDENTIFICAÇÃO E CARATERIZAÇÃO DAS ESCOLAS... 3 Freguesia de Gulpilhares / Valadares... 3 Freguesia

Leia mais

Ilha Solteira, 17 de janeiro de 2013. OFICIO OSISA 05/2013

Ilha Solteira, 17 de janeiro de 2013. OFICIO OSISA 05/2013 Nossos prceiros Pel trnsprênci e qulidde d plicção dos recursos públicos Ilh Solteir, 17 de jneiro de 2013. OFICIO OSISA 05/2013 Ao Exmo. Sr. Alberto dos Sntos Júnior Presidente d Câmr Municipl de Ilh

Leia mais

Semelhança e áreas 1,5

Semelhança e áreas 1,5 A UA UL LA Semelhnç e áres Introdução N Aul 17, estudmos o Teorem de Tles e semelhnç de triângulos. Nest ul, vmos tornr mis gerl o conceito de semelhnç e ver como se comportm s áres de figurs semelhntes.

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL ARTE DESPERTAR MARCA ARTE DESPERTAR VERSÃO PREFERENCIAL A mrc é compost pelo símbolo e pelo logotipo Arte Despertr. Ambos devem ser utilizdos n disposição

Leia mais

ARA UMA EDUCAÇÃO P OBAL CIDADANIA GL CIDAC

ARA UMA EDUCAÇÃO P OBAL CIDADANIA GL CIDAC l o i c r e t I o t s e f i M M U R P O Ã Ç L C U B O ED L G I N D CID CIDC Este Mifesto foi relizdo com o poio ficeiro d Uião Europei, ms o coteúdo é pes d resposbilidde dos utores, e ão pode ser tomdo

Leia mais

1.8 Não será permitida a inscrição simultânea em mais de 2 (dois) componentes curriculares a serem lecionados no mesmo período.

1.8 Não será permitida a inscrição simultânea em mais de 2 (dois) componentes curriculares a serem lecionados no mesmo período. VISO PÚBLICO Nº 04/UNOESC-R/2015 O Reitor d Universidde do Oeste de Snt Ctrin Unoesc, Unoesc Virtul, entidde educcionl, crid pel Lei Municipl nº 545/68 e estruturd de direito privdo, sem fins lucrtivos,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETOS DE INCLUSÃO PRODUTIVA

TERMO DE REFERÊNCIA PROJETOS DE INCLUSÃO PRODUTIVA TERMO DE REFERÊNCIA PROJETOS DE INCLUSÃO PRODUTIVA 1 - Ddos do Proponente 1.1- Nome d Entidde 1.2- CNPJ 1.3- Número de Sócios 1.4- Dt d Fundção 1.5- Endereço 20/09/2011 1.6- Município 1.7- CEP 1.8- U F

Leia mais

EDITAL 001/2013 - EADUnC

EDITAL 001/2013 - EADUnC EDITAL 001/2013 - EADUnC O Reitor d Universidde do Contestdo-UnC, de cordo com o disposto no Regimento, fz sber, trvés do presente Editl, que estrão berts inscrições e mtriculs pr ingresso nos Cursos de

Leia mais

PLANO ANUAL DE TRABALHO

PLANO ANUAL DE TRABALHO PLANO ANUAL DE TRABALHO DE ARAUCÁRIA 06 smed@rucri.pr.gov.br 1 1. APRESENTAÇÃO O Conselho Municipl de Educção CME de Arucári, crido nos termos d Lei Municipl nº 1.527/04, de 02 de novembro de 04, é o órgão

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALHOÇA FACULDADE MUNICIPAL DE PALHOÇA EDITAL N. 09/2012

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALHOÇA FACULDADE MUNICIPAL DE PALHOÇA EDITAL N. 09/2012 PREFEITUR MUNICIPL DE PLHOÇ FCULDDE MUNICIPL DE PLHOÇ EDITL N. 09/2012 Diretora Executiva da Faculdade Municipal de Palhoça, no uso de suas atribuições legais, e de acordo com o que prevê a Resolução n.

Leia mais

4. ESTRUTURA GERAL DO SISTEMA EDUCACIONAL

4. ESTRUTURA GERAL DO SISTEMA EDUCACIONAL 4. ESTRUTURA GERAL DO SISTEMA EDUCACIONAL 4.1 A ESTRUTURA DO SISTEMA EDUCACIONAL A tul estrutur e funcionmento d educção brsileir decorre d provção d Lei de Diretrizes e Bses d Educção (Lei n.º 9.394/96),

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DE RONDÔNIA, faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei Complementar:

O GOVERNADOR DO ESTADO DE RONDÔNIA, faço saber que a Assembléia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei Complementar: LEI COMPLEMENTAR Nº 67, DE 09 DE DEZEMBRO DE 1992. Institui o Plno de Crreir, Crgos e Slários do Pessol Civil d Administrção Diret do Poder Executivo, Autrquis e Fundções instituíds ou mntids pelo Poder

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARCO CONCURSO PÚBLICO GINASIO SÃO MANOEL RUA: PARSIFAL BARROSO S/Nº - CENTRO - MARCO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARCO CONCURSO PÚBLICO GINASIO SÃO MANOEL RUA: PARSIFAL BARROSO S/Nº - CENTRO - MARCO GINSIO SÃO MNOEL RU: PRSIFL BRROSO S/Nº - CENTRO - MRCO MNHÃ S 8:00 HORS DIRL JOICE MRNHÃO MRI ELINE VSCONCELOS 1 GENTE DMINISTRTIVO 35 2 GENTE DMINISTRTIVO 35 3 GENTE DMINISTRTIVO 35 4 GENTE DMINISTRTIVO

Leia mais

AGENTE ADMINISTRATIVO DO MP/RS DIREITO ADMINISTRATIVO DELEGAÇÃO DE SERVIÇOS NOTARIAIS E REGISTRAIS DO RS

AGENTE ADMINISTRATIVO DO MP/RS DIREITO ADMINISTRATIVO DELEGAÇÃO DE SERVIÇOS NOTARIAIS E REGISTRAIS DO RS 1 SUMÁRIO I. Administrção Públic... II. Atos Administrtivos... III. Poder de Políci... IV. Serviço Público... V. Responsbilidde Civil do Estdo... VI. Controle d Administrção Públic... 02 09 21 23 25 27

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS 1º SEMESTRE DE 2015. 1.º PERÍODO TURMAS A e C: SALA 1401 TURMAS B e D: SALA 1402

HORÁRIO DE AULAS 1º SEMESTRE DE 2015. 1.º PERÍODO TURMAS A e C: SALA 1401 TURMAS B e D: SALA 1402 HORÁRIO E ULS 1º SEMESTRE E 2015 1.º PERÍOO TURMS e : SL 1401 TURMS e : SL 1402 ISIPLIN INTROUÇÃO À IÊNI O IREITO IT 038 HISTÓRI O IREITO IT 039 NTROPOLOGI JURÍI IT 040 TEORI O ESTO I IP 039 EONOMI I EN

Leia mais

PLANO DE CURSO. Fornecer conhecimentos sobre máquinas elétricas nos diversos segmentos desta ciência.

PLANO DE CURSO. Fornecer conhecimentos sobre máquinas elétricas nos diversos segmentos desta ciência. Instituto Federl do Piuí IFPI Cmpus Teresin Centrl Deprtmento de Indústri, Segurnç e Produção Culturl Coordenção do Curso de Eletrônic Prç d Liberdde, 197- Centro, CEP 64.000-040 Teresin, PI Fone: (86)3131-9430

Leia mais

ESCOLHAS APÓS O 9º ANO GUIA Informativo 2013

ESCOLHAS APÓS O 9º ANO GUIA Informativo 2013 Económic; Vriedde; Critividde; Trblhr com pessos; Responsbilidde; Rendimento; Reconhecimento; Independênci; Ajud os outros; Segurnç Económic; Vriedde; Critividde; Trblhr com pessos; Responsbilidde; Rendimento;

Leia mais

EDITAL DE 3 DE FEVEREIRO DE 2006 CONCURSO DE ADMISSÃO À CARREIRA DE DIPLOMATA

EDITAL DE 3 DE FEVEREIRO DE 2006 CONCURSO DE ADMISSÃO À CARREIRA DE DIPLOMATA EDITAL DE 3 DE FEVEREIRO DE 2006 CONCURSO DE ADMISSÃO À CARREIRA DE DIPLOMATA O DIRETOR DO INSTITUTO RIO BRANCO, em obediênci o subitem 6.2.1 do Editl de 29 de dezembro de 2005, publicdo no Diário Oficil

Leia mais

CURSO DE GERENCIAMENTO, CONSULTORIA E ASSESSORIA EM SERVIÇO SOCIAL

CURSO DE GERENCIAMENTO, CONSULTORIA E ASSESSORIA EM SERVIÇO SOCIAL F u g Apoio s e d d l Integrd s I p i t c n CURSO DE GERENCIAMENTO, CONSULTORIA E ASSESSORIA EM SERVIÇO SOCIAL GERENCIAMENTO DO SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CONSULTORIA E ASSESSORIA EM SERVIÇO SOCIAL

Leia mais

SUMÁRIO ESTE BOLETIM DE SERVIÇO É CONSTITUÍDO DE 26 (VINTE E SEIS) PÁGINAS CONTENDO AS SEGUINTES MATÉRIAS:

SUMÁRIO ESTE BOLETIM DE SERVIÇO É CONSTITUÍDO DE 26 (VINTE E SEIS) PÁGINAS CONTENDO AS SEGUINTES MATÉRIAS: ANO XLIV N.º 095 01/07/2014 SUMÁRIO ESTE BOLETIM DE SERVIÇO É CONSTITUÍDO DE 26 (VINTE E SEIS) PÁGINAS CONTENDO AS SEGUINTES MATÉRIAS: SEÇÃO I EXTRATO DE INSTRUMENTO CONVENIAL...02 SEÇÃO II PARTE 1: DESPACHOS

Leia mais

1.2- CNPJ 1.3- Número de Sócios 1.4- Data da Fundação. 1-10 - Nome do Presidente 1.11-C P F 1.12- RG

1.2- CNPJ 1.3- Número de Sócios 1.4- Data da Fundação. 1-10 - Nome do Presidente 1.11-C P F 1.12- RG 1 - DADOS DO PROPONENTE 1.1- Nome d Entidde 1.2- CNPJ 1.3- Número de Sócios 1.4- Dt d Fundção 1.5- Endereço 20/09/2011 1.6- Município 1.7- CEP 1.8- U F 1.9- Telefone 1-10 - Nome do Presidente 1.11-C P

Leia mais

CÁLCULO E INSTRUMENTOS FINANCEIROS I (2º ANO)

CÁLCULO E INSTRUMENTOS FINANCEIROS I (2º ANO) GESTÃO DE EMPRESAS CÁLCULO E INSTRUMENTOS FINANCEIROS I (2º ANO) Exercícios Amortizção de Empréstimos EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO Exercício 1 Um empréstimo vi ser reembolsdo trvés de reembolsos nuis, constntes

Leia mais

Educação Ambiental na Comunidade Escolar no Entorno do Parque Natural Municipal do Paragem*

Educação Ambiental na Comunidade Escolar no Entorno do Parque Natural Municipal do Paragem* Educção Ambientl n Comunid Escolr no Entorno do Prque Nturl Municipl do Prgem* 1 ALMEIDA, Grciel Gonçlves ; ARENDT, Krine Sles; LIRA, Elinlv Silv ; MACEDO, Gbriel Zcris; VIEIRA, An Pul. Plvrs-chve: Meio

Leia mais

DEMONSTRATIVO DAS LICITAÇÕES HOMOLOGADAS NO MÊS DE FEVEREIRO/2014

DEMONSTRATIVO DAS LICITAÇÕES HOMOLOGADAS NO MÊS DE FEVEREIRO/2014 ESTDO D BHI PREFEITUR MUNICIPL DE QUIJINGUE PODER EXECUTIVO MUNICIPL COMISSÃO DE LICITÇÃO DEMONSTRTIVO DS LICITÇÕES HOMOLOGDS NO MÊS DE FEVEREIRO/2014 Órgão/Entidade: PREFEITUR MUNICIPL DE QUIJINGUE Exercício:

Leia mais

Reforço Orientado. Matemática Ensino Médio Aula 4 - Potenciação. Nome: série: Turma: t) (0,2) 4. a) 10-2. b) (-2) -2. 2 d) e) (0,1) -2.

Reforço Orientado. Matemática Ensino Médio Aula 4 - Potenciação. Nome: série: Turma: t) (0,2) 4. a) 10-2. b) (-2) -2. 2 d) e) (0,1) -2. Reforço Orientdo Mtemátic Ensino Médio Aul - Potencição Nome: série: Turm: Exercícios de sl ) Clcule s potêncis, em cd qudro: r) b) (-) Qudro A s) t) (0,) Qudro B - b) (-) - e) (-,) g) (-) h) e) (0,) -

Leia mais

II NÚMERO DE VAGAS: As vagas serão oferecidas em cada disciplina optativa de acordo com a disponibilidade institucional do Programa.

II NÚMERO DE VAGAS: As vagas serão oferecidas em cada disciplina optativa de acordo com a disponibilidade institucional do Programa. Av. Fernndo Ferrri, 514 Vitóri ES CEP: 29.075-910 Cmpus de Goibeirs Tel/Fx: +55 (27) 4009-7657 E-mil: ppghis.ufes@hotmil.com http://www.histori.ufes.br/ppghis EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS A ALUNO ESPECIAL

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO - UEMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG COODERNAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO - CPG EDITAL Nº17/2014 PPG/CPG/UEMA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO - UEMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG COODERNAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO - CPG EDITAL Nº17/2014 PPG/CPG/UEMA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO - UEMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PPG COODERNAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO - CPG EDITAL Nº17/2014 PPG/CPG/UEMA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

Leia mais

A Diretoria de Relações Internacionais da Fundação de Ensino e Pesquisa do Sul de Minas - 1. OBJETIVO 2. PRÉ-REQUISITOS. Re~ unis

A Diretoria de Relações Internacionais da Fundação de Ensino e Pesquisa do Sul de Minas - 1. OBJETIVO 2. PRÉ-REQUISITOS. Re~ unis Crid pel Lei Estdul nn 2. 766/63 CNPJ.: 21.420.85610001-96 - lrrsc Estdul. ISENTA Entidde M ntenedor do Grupo Educcionl Uni: Centro Universitdrio do Sul d Mins - UNIS Fculdde Bum- FABE Fculdde Três Ponts

Leia mais

SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA INSTITUTO SUPERIOR TUPY

SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA INSTITUTO SUPERIOR TUPY SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA INSTITUTO SUPERIOR TUPY IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO Curso: Engenhri de Produção Período/Módulo: 6º Período Disciplin/Unidde Curriculr: Simulção de Sistems de Produção

Leia mais

RESULTADO DO JULGAMENTO DA FASE DE PROPOSTAS COMERCIAIS DA CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 060 / 2009 SESI/SENAI PR

RESULTADO DO JULGAMENTO DA FASE DE PROPOSTAS COMERCIAIS DA CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 060 / 2009 SESI/SENAI PR RESULTDO DO JULGMENTO D FSE DE PROPOSTS COMERCIIS D CONCORRÊNCI PÚBLIC Nº 060 / 2009 SESI/SENI PR Comissão de Licitações do Sistema FIEP, instituída pela Portaria nº 012/2009, informa o RESULTDO DO JULGMENTO

Leia mais

Gerenciamento de Aquisições em Projetos de Obras

Gerenciamento de Aquisições em Projetos de Obras Gerencimento de Aquisições em Projetos de Obrs Frhd Abdollhyn, MSc., PMP MSP & PRINCE2 Prctitioner frhd@uol.com.br Ptrocindores: Relizção: Frhd Abdollhyn, PMP PRINCE2 Prctitioner Cyrus Associdos Apoio

Leia mais

CRITÉRIOS PARA A ELABORAÇÃO DAS TURMAS E DOS HORÁRIOS

CRITÉRIOS PARA A ELABORAÇÃO DAS TURMAS E DOS HORÁRIOS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA MOITA CRITÉRIOS PARA A ELABORAÇÃO DAS TURMAS E DOS HORÁRIOS ANO LETIVO DE 2012/2013 CRITÉRIOS PARA A ELABORAÇÃO DAS TURMAS E DOS HORÁRIOS SUMÁRIO A PRINCÍPIOS GERAIS B - CRITÉRIOS

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Infância. - Pais/ encarregados de educação; - Pessoal docente e não docente; -Direção;

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Infância. - Pais/ encarregados de educação; - Pessoal docente e não docente; -Direção; Infânci ANO LETIVO 2015/2016 1º Período Reunião de pis /encrregdos de educção - Entreg e presentção do Plno Anul de Atividdes; - Entreg de documentção orgnizcionl; - Horários ds tividdes de complemento

Leia mais

Faculdade Atenas Maranhense (FAMA) FAMA A Avenida São Luis Rei de França, n.º 32 Turu, São Luís/MA

Faculdade Atenas Maranhense (FAMA) FAMA A Avenida São Luis Rei de França, n.º 32 Turu, São Luís/MA PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO DE SÃO LUÍS HOSPITAL MUNICIPAL DJALMA MARQUES CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS

Leia mais

Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas publica:

Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas publica: Prefeitura Municipal de 1 Segunda-feira no VI Nº 1388 Prefeitura Municipal de publica: Lei N. º 612, de 27 de dezembro de 2011 - Estima a receita e fixa a despesa do Município de, para o exercício financeiro

Leia mais

PREÇÁRIO Informação de Produtos e Serviços Aviso nº 1/95 do Banco de Portugal

PREÇÁRIO Informação de Produtos e Serviços Aviso nº 1/95 do Banco de Portugal 01-08-09 / Pág. 1/12 CRÉDITO PESSOAL CRÉDITO NO PONTO DE VENDA - PARTICULARES Crédito Lr Txs Representtivs Tx Preferencil Tx Nominl Nominl 7,500% 29,500% 18,3% CRÉDITO NO PONTO DE VENDA - EMPRESAS Crédito

Leia mais

A ÁGUA COMO TEMA GERADOR PARA O ENSINO DE QUÍMICA

A ÁGUA COMO TEMA GERADOR PARA O ENSINO DE QUÍMICA A ÁGUA COMO TEMA GERADOR PARA O ENSINO DE QUÍMICA AUTORES: AMARAL, An Pul Mgno; NETO, Antônio d Luz Cost. E-MAIL: mgno_n@yhoo.com.br; ntonioluzneto@gmil.com INTRODUÇÃO Sendo um desfio ensinr químic pr

Leia mais

Plano de Gestão 2012-2015

Plano de Gestão 2012-2015 Plno de Gestão 202-205 - Cmpus UFV - Florestl - Grdução Missão: Promover polítics de incentivo à pesquis, pós-grdução, inicição científic e cpcitção de recursos humnos, objetivndo excelênci do Cmpus Florestl

Leia mais

Conheça a sua fatura da água!

Conheça a sua fatura da água! Conheç su ftur d águ! Jneiro de 20 FATURA/RECIBO N.º: 27 VALOR 8,7 Euros Município de Reguengos de Monsrz Titulr / Locl Mord ou sítio de leitur/do contdor Loclidde d mord de leitur NIF: Áre NIPC 07 040

Leia mais

WASTE TO ENERGY: UMA ALTERNATIVA VIÁVEL PARA O BRASIL? 01/10/2015 FIESP São Paulo/SP

WASTE TO ENERGY: UMA ALTERNATIVA VIÁVEL PARA O BRASIL? 01/10/2015 FIESP São Paulo/SP WASTE TO ENERGY: UMA ALTERNATIVA VIÁVEL PARA O BRASIL? 01/10/2015 FIESP São Pulo/SP PNRS E O WASTE-TO-ENERGY Definições do Artigo 3º - A nov ordenção básic dos processos Ordem de prioriddes do Artigo 9º

Leia mais

TEMA CENTRAL: A interface do cuidado de enfermagem com as políticas de atenção ao idoso.

TEMA CENTRAL: A interface do cuidado de enfermagem com as políticas de atenção ao idoso. TERMO DE ADESÃO A POLITICA DE INSCRIÇÃO NOS EVENTOS DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENFERMAGEM 9ª. JORNADA BRASILEIRA DE ENFERMAGEM GERIÁTRICA E GERONTOLÓGICA TEMA CENTRAL: A interfce do cuiddo de enfermgem

Leia mais

Nota de Pagamento Realizado

Nota de Pagamento Realizado Unidade 22022 tividade SERVIÇO UTÔNOMO MUNICIPL ÁGU E ESGOTO DMINISTRDO PEL FUNDÇÃO NCIONL SÚ RU SOFI TCHINI, 237 Cep 87230000 CGC 809090960001-44 JUSSR-PR PRNÁ Fones (044) 3628-1401 Fax (044) 3628-1401

Leia mais

Educação para a Convivência com o Semiárido Guia de Orientação para os Municípios

Educação para a Convivência com o Semiárido Guia de Orientação para os Municípios Educção pr Convivênci com o Semiárido Gui de Orientção pr os Municípios Selo UNICEF Município Aprovdo Edição 2009-2012 FUNDO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A INFÂNCIA Educção pr Convivênci com o Semiárido Gui

Leia mais

EDITAL/SEE Nº 002/2014

EDITAL/SEE Nº 002/2014 EDITAL/SEE Nº 002/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO SIMPLIFICADA PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE MONITOR/A PROFESSOR/A INDÍGENA DO ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO PARA AS ESCOLAS INDÍGENAS DA REDE ESTADUAL DE

Leia mais

EDITAL 01/2007 MEC/MAPA/SEBRAE PRÊMIO TÉCNICO EMPREENDEDOR

EDITAL 01/2007 MEC/MAPA/SEBRAE PRÊMIO TÉCNICO EMPREENDEDOR EDITAL 01/2007 MEC/MAPA/SEBRAE PRÊMIO TÉCNICO EMPREENDEDOR CATEGORIAS: Técnico Tem Livre Tecnólogo Tem Livre Técnico Inclusão Socil Tecnólogo Inclusão Socil Técnico Coopertivist Tecnólogo Coopertivist

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES CONFIDENCIAIS

FICHA DE INFORMAÇÕES CONFIDENCIAIS SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA SOCIAL DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DO PLANEJAMENTO E GESTÃO DO ESTADO DO CEARÁ POLÍCIA MILITAR DO CEARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO NO CARGO DE SOLDADO PM

Leia mais

SISTEMA PROGRESSIVO 2011.2 SÁBAD O TARDE 23.08 27.08 24.08 02.09 SEXTA MANHA 9H SEXTA MANHA 7H SEXTA TARDE 14H SEXTA MANHA 7H SEXTA TARDE 14H

SISTEMA PROGRESSIVO 2011.2 SÁBAD O TARDE 23.08 27.08 24.08 02.09 SEXTA MANHA 9H SEXTA MANHA 7H SEXTA TARDE 14H SEXTA MANHA 7H SEXTA TARDE 14H SISTEM PRGRESSIV 2011.2 DMINISTRÇÃ DE RECURSS MTERIIS E PTRIMNIIS TERÇ QURT QUINT NITE 23.08 27.08 24.08 DMINISTRÇÃ PLICD ENFERMGEM TERÇ QURT QUINT NITE 23.08 24.08 DMINISTRÇÃ D PRDUÇÃ TERÇ QURT QUINT

Leia mais

nto a candidatura ao PROGRAMA ANO IMPORTANTE: 1) Chama se O CORRETO: de Julho, 134 Av. 24 Página 1

nto a candidatura ao PROGRAMA ANO IMPORTANTE: 1) Chama se O CORRETO: de Julho, 134 Av. 24 Página 1 EDUCÇÃO E CIÊNCI INSTRUÇÕES DEE PREENCHIMENTO ONLINE À semelhança de anos anteriores, encontra se disponível para preenchimenp nto a candidatura ao PROGRM DE EXPNSÃO E DESENVOLVIMENTO D EDUCÇÃO PRÉ ESCOLR

Leia mais

Planificação das atividades da Semana da Alimentação

Planificação das atividades da Semana da Alimentação Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Poiares Planificação das atividades da Semana da Alimentação Descrição das actividades Destinatários Local de realização Responsáveis Exposição de trabalhos realizados

Leia mais

1- CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DO AGRUPAMENTO

1- CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DO AGRUPAMENTO 1- CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DO AGRUPAMENTO 1.1- Enquadramento territorial e contexto físico O Concelho da Moita onde se localiza o Agrupamento de escolas Fragata do Tejo está situado na região de

Leia mais

a FICHA DE AVALIAÇÃO FORMATIVA 9.º ANO

a FICHA DE AVALIAÇÃO FORMATIVA 9.º ANO Cristin Antunes Mnuel Bispo Pul Guindeir FICHA DE AVALIAÇÃO FORMATIVA 9.º ANO Escol Turm N.º Dt Grupo I Documento I É um serviço de tendimento telefónico de Trigem, Aconselhmento e Encminhmento, Assistênci

Leia mais

Um parceiro com objectivos

Um parceiro com objectivos Um prceiro com objectivos Índice 1. Sistem de Automção scolr... 3 2. Portri... 5 3. Gestão Finnceir I... 6 4. Sls de Aul... 14 5. Internet... 15 6. Gestão de Alunos.. 16 7. sttístics. 17 8. Inforvist:

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA EDITAL Nº 01 /2015

SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA EDITAL Nº 01 /2015 SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA EDITAL Nº 01 /2015 SELEÇÃO DE PROFESSOR BOLSISTA EXTERNO DO PRONATEC PARA CURSOS DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL A Coordenção Gerl do PRONATEC torn públic lterção do Anexo II

Leia mais

PRÉ-MATRÍCULA NO CURSO DE EDUCAÇÃO MUSICAL DO CONSERVATÓRIO ESTADUAL DE MÚSICA LORENZO FERNÂNDEZ

PRÉ-MATRÍCULA NO CURSO DE EDUCAÇÃO MUSICAL DO CONSERVATÓRIO ESTADUAL DE MÚSICA LORENZO FERNÂNDEZ Conservatório Estadual de Música Lorenzo Fernández CENTERRTES Lei Estadual de Criação N.º 1.139 de 14/02/55. Decreto 3870 de 08/09/52. Instalação como Conservatório Municipal em 14/03/61. Lei Municipal

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de Auxiliar de Contabilidade

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de Auxiliar de Contabilidade Plno de Trblho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Hbilitção Profissionl: Técnic de nível médio de Auxilir de Contbilidde

Leia mais

I AÇÕES DE AUDITORIA INTERNA PREVISTAS:

I AÇÕES DE AUDITORIA INTERNA PREVISTAS: PAINT 24 - I AÇÕES DE AUDITORIA INTERNA PREVISTAS: 1.1 - Auditoris de Conformidde Uniddes Orig d dnd: Intern com bse nos resultdos d Mtriz de Risco elbord pel Auditori Intern Nº UNIDADE OBJETIVOS ESCOPO

Leia mais

Diário Oficial. Estado de Mato Grosso do Sul. Secretário de Estado de Administração e Desburocratização

Diário Oficial. Estado de Mato Grosso do Sul. Secretário de Estado de Administração e Desburocratização 11-1 0-1977 Diário Oficil Estdo de Mto Grosso do Sul ANO XXXVIII n. 9.079 CAMPO GRANDE-MS, QUINTA-FEIRA, 35 PÁGINAS GOVERNADOR REINALDO AZAMBUJA SILVA Vice-Governdor ROSIANE MODESTO DE OLIVEIRA Secretário

Leia mais

Centro de Serviços Educacionais do Pará. Centro de Serviços Educacionais do Pará

Centro de Serviços Educacionais do Pará. Centro de Serviços Educacionais do Pará TURMA: 1º ANO/09 SALA: 105 07:30 às 08:20 08:20 às 09:10 MUSICA 10:20 às 11:10 TURMA: 1º ANO/09 SALA: 105 07:30 às 08:20 08:20 às 09:10 MUSICA 10:20 às 11:10 TURMA: 2º ANO/09 SALA: 104 07:30 às 08:20 08:20

Leia mais

Dia 1 de Outubro Dia Nacional da Água

Dia 1 de Outubro Dia Nacional da Água Divisão de Plnemento Ambientl e Proteção Civil Di 1 de Outubro Di Ncionl d Águ entre 2 mil e 8 mil milhões de pessos té Águ 2050, num momento em que meç do Aquecimento Globl d Terr é um A águ é essencil

Leia mais

PROJETO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FREI JOÃO DE VILA DO CONDE

PROJETO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FREI JOÃO DE VILA DO CONDE PROJETO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FREI JOÃO DE VILA DO CONDE ÍNDICE 1. Introdução 2. O Agrupamento 2.1 População Escolar (número de alunos por estabelecimento de ensino) 2.2 Recursos Humanos

Leia mais

DOCENTE DE EDUCAÇÃO ESPECIAL

DOCENTE DE EDUCAÇÃO ESPECIAL DOCENTE DE EDUCAÇÃO ESPECIAL Natureza do trabalho Os docentes de educação especial exercem as suas funções junto de crianças e jovens do ensino pré-escolar, básico e secundário com necessidades educativas

Leia mais

CANDIDATURA RBE 2007

CANDIDATURA RBE 2007 CANDIDATURA RBE 2007 A candidatura RBE/2007 tem como objectivo a instalação/renovação da biblioteca escolar e é dirigida a: 1. Escolas com ensino Secundário não integradas no Programa RBE 1 2. EB2,3 ou

Leia mais

Despacho n97/2015 ESTATUTOS ESPECIAIS

Despacho n97/2015 ESTATUTOS ESPECIAIS U EtI!O FACULUAUEDE Despcho n97/2015 ESTATUTOS ESPECIAIS Consirndo lgums düvids surgids, no no letivo trnsto, cerc do ärnbito pliccào lguns esttutos especlis, import clrificr quern porn ser tribuldos os

Leia mais

CURRICULUM VITAE PAULA CRISTINA ALVES SILVA TORRES

CURRICULUM VITAE PAULA CRISTINA ALVES SILVA TORRES CURRICULUM VITAE PAULA CRISTINA ALVES SILVA TORRES Índice 1. Objectivos do Curriculum Vitae 2. Dados Biográficos 3. Habilitações Literárias 4. Experiência Profissional 5. Formação Profissional 6. Competências

Leia mais

GUIA PRÁTICO ABONO DE FAMILIA PARA CRIANÇAS E JOVENS

GUIA PRÁTICO ABONO DE FAMILIA PARA CRIANÇAS E JOVENS Mnul de GUIA PRÁTICO ABONO DE FAMILIA PARA CRIANÇAS E JOVENS INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Deprtmento/Gbinete Pág. 1/26 FICHA TÉCNICA TÍTULO Gui Prático Abono de fmíli pr crinçs e jovens

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio Plno de Trblho Docente 2014 Ensino Médio Etec Etec: PROF. MÁRIO ANTÔNIO VERZA Código: 164 Município: PALMITAL Áre de conhecimento: Ciêncis d Nturez, Mtemátic e sus Tecnologis Componente Curriculr: FÍSICA

Leia mais

Plano Anual de atividades 2014/2015 1º Periodo

Plano Anual de atividades 2014/2015 1º Periodo Plano Anual de atividades 2014/2015 1º Periodo Designação Objectivos Grupo alvo Calendarização Responsáveis pela actividade Recursos a afectar J F M A M J J A S O N D Humanos Materiais Logísticos Exercício

Leia mais

Interno de Pessoal COORDENAÇÃO-GERAL DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS BOLETIM INTERNO DE PESSOAL.

Interno de Pessoal COORDENAÇÃO-GERAL DE PLANEJAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS BOLETIM INTERNO DE PESSOAL. Boletim Interno de Pessol Novembro/2013 Alice obr d rtist plástic Esther Silv. GOTSCHALK DA SILVA FRAGA Presidente PAULO GRIJÓ GUALBERTO Coordendor-Gerl de Plnejmento e Administrção CARLOS ALBERTO MORGADO

Leia mais

Avaliação do projeto de educação ambiental do CMIA de Viana do Castelo - Escola da Natureza

Avaliação do projeto de educação ambiental do CMIA de Viana do Castelo - Escola da Natureza Lilin Mri Pereir Vsconcelos Avlição do projeto de educção mbientl do CMIA de Vin do Cstelo - Escol d Nturez Mestrdo em Gestão Ambientl e Ordenmento do Território Trblho efetudo sob orientção do Professor

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.768, DE 25 DE OUTUBRO DE 2005

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 3.768, DE 25 DE OUTUBRO DE 2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº.768, DE 5 DE OUTUBRO DE 005 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de sus tribuições legis, e considerndo o disposto n Portri MP no 08, de de julho

Leia mais