SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR"

Transcrição

1 Leaseplan Portugal Bertrand Gossieaux SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR

2 Page2 INDICE 1. LOGIN, ESTRUTURA E SAÍDA DO SIM... 3 a) Login... 3 b) Estrutura principal... 4 c) Saída da aplicação ADMINISTRAÇÃO E PERFIS DE UTILIZADOR... 6 d) Perfil de Administrador... 6 e) Perfil de Utilizador FILAS DE TAREFAS a) Fila de autorizações...15 b) Fila de facturação PESQUISA AUTORIZAÇÕES a) Módulo de Autorização...18

3 Page3 1. Login, estrutura e saída do SIM a) Login Introduzir o Login e password fornecidos pelo Administrador, e clicar no botão login (Ver fig.1). Fig.1 Após ter efectuado o login, o SIM irá apresentar o ecrã Fila de tarefas, cujo funcionamento pode ser consultado no capítulo 3 (Ver fig.2). Não são permitidos acessos múltiplos ao SIM com o mesmo login. Caso um utilizador pretenda iniciar uma nova sessão noutro computador, o SIM solicitará confirmação para encerramento da sessão aberta anteriormente.

4 Page4 b) Estrutura principal O SIM apresenta 4 áreas de trabalho denominadas de A, B, C e D: A B D C Fig.2 D Fig.3

5 Page5 A área identificada com A na imagem (Ver fig.2), é utilizada para identificação do utilizador, acesso às funcionalidades de Administração da aplicação e, nos casos em que o utilizador esteja assignado a mais do que uma oficina, para selecção da oficina em que pretende efectuar registos ou alterações. A área identificada como B permite a navegação entre os vários módulos operacionais, e nela está contido o botão que permite a criação de novos pedidos de autorização (Ver capítulo 5). A área identificada como C mostra-nos todos os dados associados aos módulos seleccionados em B, e onde são registados pelo utilizador todos os dados necessários à realização de pedidos de autorização. A área identificada como D (Ver fig.2 e 3), à esquerda do ecrã, permite alternar a vista principal entre as filas de autorizações em curso e as filas de autorizações fechadas a aguardar emissão de factura, bastando clicar nos botões Fila de Tarefas Autorizações ou Fila de tarefas Em Facturação para poder alternar entre uma fila e outra. Esta área não se encontra visível por defeito quando se acede ao SIM. Para a expandir, basta clicar no botão de expansão situado no lado esquerdo da área C. c) Saída da aplicação A saída da aplicação é feita clicando no botão Sair situado na área A (Ver fig.4). Fig.4

6 Page6 2. Administração e perfis de utilizador A estrutura de Administração do SIM permite dois níveis de acesso: Administrador e Utilizador normal. O Administrador cria e define os logins e níveis de acesso dos vários utilizadores, podendo estabelecer, para cada utilizador, o acesso independente às áreas de autorizações ou de facturação, ou ambos. Poderão existir vários utilizadores com perfil de Administração. O Utilizador, de acordo com o que o Administrador defina, tem acesso à gestão operacional do SIM (Filas de trabalho, autorizações) e efectua a gestão da sua password de acesso. O acesso ao módulo de Administração é feito a partir do botão situado na área A da aplicação (Ver fig.4). d) Perfil de Administrador Fig.4 No módulo de Administração este perfil tem acesso a 3 opções de menu:

7 Page7 Fig.5 Área de Utilizadores Clicando este botão (Ver fig.5), o SIM apresenta o ecrã de Administração de utilizadores, apresentando uma lista de todos os utilizadores associados a oficina. Neste ecrã é possível criar novos utilizadores e editar os perfis de utilizadores já existentes. Criar um novo utilizador (Ver fig.6): 1. Clicar no botão Novo utilizador 2. Inserir o Login do utilizador, Nome do utilizador e Password nos campos respectivos. 3. Caso necessário, definir se o novo utilizador tem perfil de Administrador, activando a caixa Administrador. 4. Os campos BO Utilizador e Utilizador GT não devem ser preenchidos, e os restantes são facultativos nesta versão do SIM. 5. Clicar na caixa de acessos do lado direito (duplo clique), definir as filas de tarefas a que o utilizador terá acesso mediante activação das caixas de verificação respectivas e clicar no botão OK da caixa para fechar a caixa de acessos. 6. Clicar no botão Guardar, para gravar os dados registados

8 Page Fig.6 Aquando do primeiro login, o utilizador será levado a um ecrã de alteração de password, onde deverá definir uma password pessoal, de acordo com regras definidas na aplicação. É da responsabilidade de cada utilizador garantir que a password é mantida sigilosa, de forma a manter o seu acesso restrito. Editar um utilizador já existente: Seleccionar o utilizador que se pretende editar com duplo clique na lista de utilizadores associados. Todos os campos previamente definidos, com excepção do campo utilizador, ficarão editáveis conforme indicado no ponto anterior Criar um novo utilizador. Desactivar um utilizador (Ver fig.7): Os utilizadores existentes poderão ser desactivados mediante activação da caixa de verificação Bloquear Utilizador. Esta caixa pode ser acedida através da funcionalidade de edição descrita anteriormente em Editar um utilizador já existente. Um utilizador bloqueado deixa de conseguir aceder à aplicação.

9 Page9 Fig.7 Alterar a password de um utilizador (Ver fig.8 e 9): A gestão de passwords e segurança de acessos é da responsabilidade do fornecedor, cabendo-lhe estabelecer regras internas de alteração/renovação de passwords. O SIM estabelece como regra que a password tem de ter no mínimo 8 caracteres alfanuméricos e o primeiro digito tem de ser uma letra maiúscula. Em caso de necessidade de alterar a password de um utilizador, editar o utilizador em causa conforme indicado no ponto ii. Editar um utilizador já existente e clicar no botão alterar Password. O SIM irá abrir um novo ecrã, onde serão apresentadas 2 possibilidades de alteração de password (Ver fig.9).

10 Page10 Fig.8 Fig.9

11 Page11 Alteração manual (Ver fig.10) Inserir a palavra-passe antiga do utilizador no campo Password, a nova no campo Nova Password e clicar no botão Guardar. A nova palavra-passe deverá ser comunicada ao utilizador para fazer novo login e voltar a alterar a sua password, conforme explicado em Criar novo utilizador. Fig.10 Alteração automática(ver fig.11) Clicar no botão Renovar Password, o SIM irá gerar uma password aleatória de forma automática, que deverá ser transmitida ao utilizador para fazer novo login e voltar a alterar a sua password, conforme explicado no ponto i. Criar novo utilizador.

12 Page12 Fig.11 e) Perfil de Utilizador No módulo de Administração este perfil tem acesso a 2 opções de menu: Área de Password Fig.12 Cada utilizador pode efectuar a gestão da sua password de forma autónoma. Ao clicar neste botão, O SIM irá abrir um novo ecrã, onde são apresentadas 2 possibilidades de alteração de password. Alteração manual (Ver fig.13) Inserir a palavra-passe antiga no campo Password, a nova no campo Nova Password e clicar no botão Guardar. O SIM estabelece como regra que a password tem de ter no mínimo 8 caracteres alfanuméricos e o primeiro digito tem de ser uma letra maiúscula.

13 Page13 Fig.13 Alteração automática (Ver fig.14) Clicar no botão Renovar Password, o SIM irá gerar uma password aleatória de forma automática, que será apresentada ao utilizador.

14 Page14 Fig.14 Sair da Administração Este botão permite a saída do módulo de Administração e efectua o retorno à fila de tarefas do utilizador (Ver fig.12). 3. Filas de Tarefas Trata-se do ecrã que contém genericamente todos os processos pendentes de uma acção por parte do utilizador, seja por motivo de comunicações recebidas, autorizações em tratamento ou autorizações pendentes de facturação. O acesso ao detalhe de cada registo é efectuado através da sua selecção directa na fila (duplo clique), e a informação relativa ao registo é mostrada no ecrã (Ver fig.15). A estrutura do SIM contempla dois tipos de filas de tarefas: Autorizações e Facturação. Estas duas filas são comuns a todos os utilizadores com perfil definido para aceder.

15 Page15 a) Fila de autorizações Fig.15 Trata-se do ecrã que o SIM apresenta por defeito após efectuar o login no sistema. Este ecrã destina-se a apresentar todos os processos que se encontram pendentes de uma acção pelos utilizadores, isto é, pedidos de autorização em rascunho, aprovados ou aprovados parcialmente, cancelados ou com comunicações pendentes de resposta. A ordenação dos pedidos na fila é feita da seguinte forma: i. Processos de carácter prioritário, conforme critérios da LeasePlan ii. Processos com comunicações pendentes de tratamento iii. Restantes processos Dentro de cada critério, a ordenação é efectuada de forma cronológica, ou seja, o processo mais antigo estará no inicio da fila e o mais recente surgirá em seguida.

16 Page16 b) Fila de facturação Fig.16 Este ecrã é acedido através da área D do SIM (Ver ponto 1.b deste Manual), e destina-se a apresentar todos os processos que se encontram pendentes de facturação, isto é, pedidos de autorização aprovados ou aprovados parcialmente, para os quais a fase de facturação não tenha sido ainda efectuada. A ordenação dos pedidos na fila é feita de forma cronológica, do mais antigo a ter entrado na fila até ao mais recente. O acesso ao detalhe de cada registo é efectuado através da sua selecção directa na fila (duplo clique), e a informação relativa ao registo é mostrada no ecrã (Ver fig.16). 4. Pesquisa Acedido através do botão Pesquisa da área B do SIM (Ver ponto 1.b deste Manual), esta janela permite efectuar pesquisas em todos os processos associados à Oficina, existentes na base de dados do SIM, independentemente do seu estado. Da mesma forma que nas filas de tarefas, os detalhes de cada processo podem ser visualizados, bastando efectuar um duplo clique na linha que se pretende consultar (Ver fig.17).

17 Page17 Na área superior do ecrã a (Ver fig.17) encontram-se todos os campos pesquisáveis, devendo ser preenchidos com a opção pretendida. Após selecção dos critérios, é necessário clicar no botão b que se encontra no canto superior esquerdo da janela (lupa), para que a aplicação efectue a pesquisa e retorne os resultados na grelha inferior c. Em caso de necessidade, os resultados da pesquisa poderão ser exportados para um ficheiro em formato MS Excel para ser trabalhados externamente à aplicação. Para o efeito, basta clicar no botão Exportar Excel ( d ) b a d c Fig.17

18 Page18 5. Autorizações a) Módulo de Autorização O módulo de Autorização fica disponível através do botão Nova existente na área B do SIM (Ver ponto 1.b deste Manual). Após clicar no botão, o SIM mostrará dois campos de preenchimento obrigatório: Matrícula e Tipo de intervenção (Ver fig.18). Fig.18 Matrícula: indicar a matrícula do veículo sem separadores (Ex. 1234AA e não AA) Tipo: Define o tipo de autorização a ser efectuado, Pneus ou Manutenção. Os vários tipos ficam disponíveis de acordo com o perfil de acesso de cada fornecedor e utilizador. Após preenchimento dos dados, deverá clicar no botão Pesquisar. Seguidamente, o SIM irá apresentar o módulo de Autorização, composto inicialmente por 4 secções (Ver fig.19): Informação de gestão da autorização e botão de saída do módulo (A)

19 Page19 Separador Dados gerais (B) Separador Autorização (C) Área de dados e gravação (D) Posteriormente e no decurso do registo da autorização irão ser apresentados pelo SIM outros dois separadores, Anexos e Comunicações, cujo funcionamento será detalhado mais à frente neste manual. Por defeito, o módulo é sempre iniciado com o separador Autorização (B) já disponível. Informação de gestão da Autorização (A) A B C Botão de gravação D Fig.19 Esta secção mostra os seguintes dados de registo da autorização: Nº de registo do pedido do SIM Nº de autorização LeasePlan Estado actual da autorização Matrícula do veículo Tipo de intervenção

20 Page20 Separador Dados Gerais Fig.20 Este separador permite visualizar dados básicos do veículo: Matrícula Marca Modelo Versão Tipo de combustível Ano de Construção Data de matrícula Nº de Chassis ou VIN

21 Page21 Separador Autorização Fig.21 É neste separador que devem ser registados todos os dados gerais relativos à intervenção a ser efectuada, e onde consta a informação de actualização do registo. Os campos indicados a vermelho são de preenchimento obrigatório, os campos com fundo branco são para preenchimento facultativo e ajuda para a gestão interna do fornecedor, e os campos com fundo cinzento só podem ser consultados. Campos obrigatórios: Kms Actuais: indicar a quilometragem do veículo, verificada no conta-km Data Entrada: indicar a data em que o veículo deu entrada na oficina. O SIM apresenta uma funcionalidade de calendário associada a este campo (Ver fig.22)

22 Page22 Fig.22 Pneus Originais: esta secção pode ou não ser apresentada pelo SIM para preenchimento (Ver fig.23): o Marca: Marca dos pneus equipados na viatura o Modelo: Modelo dos pneus o Medidas pneus frente: o preenchimento do campo obedece à regra de composição Secção/Série, estrutura, jante, índice de carga, índice de velocidade (Ex. 205/40R17 80W). A medida que o campo for preenchido, o SIM irá apresentando opções de medida disponíveis, de forma a facilitar o seu preenchimento correcto o Medidas pneus traseiros: regra de preenchimento idêntica ao ponto anterior.

23 Page23 Fig.23 Uma vez preenchidos os campos necessários, o utilizador deverá gravar a informação no SIM, mediante o botão de gravação. Após gravação dos dados da autorização, ficará disponível um novo separador Anexos, cujo funcionamento é explicado na secção Separador- Anexos deste capítulo.

24 Page24 Separador Autorização Detalhe de operações Após gravação dos dados gerais da autorização, o SIM irá disponibilizar o ecrã de resumo do detalhe da intervenção (Ver fig.24), onde poderão ser visualizadas todas as operações que compõem o pedido de autorização. Para efectuar o registo de uma operação, é necessário clicar no botão para adicionar registo situado no canto superior direito do resumo. Adicionar Serviço Fig.24

25 Page25 Botão de gravação Fig.25 É neste ecrã (Ver fig.25) que são registadas todas as operações que compõem a autorização. Para registar uma operação, basta activar a(s) caixa(s) de verificação situada à frente de cada linha, preencher os dados necessários, e gravar os registos no botão de gravação do ecrã. Os dados a preencher diferem de acordo com o tipo de operação seleccionada e poderão ser: Identificação da posição da roda intervencionada Definir o valor da intervenção seleccionada Comentar o motivo da solicitação É possível seleccionar mais do que uma operação em simultâneo, com excepção de operações que impliquem a indicação da posição. Nesses casos, cada operação deverá ser solicitada separadamente, executando novamente o procedimento indicado no início deste ponto. 1. Substituição de Pneus (Ver fig.26) Esta será a operação que exige um tipo de preenchimento de informação mais detalhado. A esta operação está sempre associada a taxa de reciclagem de pneus usados. Ao selecionar esta operação, ficam disponíveis para preenchimento todos os campos e caixas de verificação associadas, devendo ser preenchidos, pela seguinte ordem: a. Posição dos Pneus a substituir b. Indicação de rotação dos Pneus

26 Page26 c. Marca do novo Pneu Seleccionar na lista apresentada pelo SIM d. Medida do novo Pneu - O preenchimento do campo obedece à regra de composição Secção/Série, estrutura, jante, índice de carga, índice de velocidade (Ex. 205/40R17 80W). A medida que o campo for preenchido, o SIM irá apresentando opções de medida disponíveis, de forma a facilitar o seu preenchimento correcto. e. Modelo do novo Pneu Seleccionar na lista apresentada pelo SIM f. Marcação do novo Pneu Seleccionar na lista apresentada pelo SIM g. Altura do piso do Pneu usado (em mm). h. Dot do Pneu usado (semana/ano) i. Marca do Pneu usado Seleccionar na lista apresentada pelo SIM j. Medida do Pneu usado - O preenchimento do campo obedece à regra de composição Secção/Série, estrutura, jante, índice de carga, índice de velocidade (Ex. 205/40R17 80W). A medida que o campo for preenchido, o SIM irá apresentando opções de medida disponíveis, de forma a facilitar o seu preenchimento correcto. k. Modelo do Pneu usado l. Motivo de substituição do Pneu usado Seleccionar na lista apresentada pelo SIM Fig.26

27 Page27 2. Equilibragens de rodas, Válvulas (Ver fig.27) No caso de substituição de pneus, os equilíbrios ficam automaticamente seleccionados bem como as suas posições.nos casos em que não existe substituição de pneus é necessário indicar a posição da roda a equilibrar. Nos casos em que é necessário solicitar válvulas para uma posição que já esteja seleccionada para substituir um pneu ou equilibrar uma roda, tem de ser criada uma nova linha de pedido. 3. Jantes, desempeno de jantes, câmaras de ar, furos (Ver fig.27) Deverá ser indicada a posição da roda intervencionada, o valor de cada operação e desconto aplicável (excepto furos), e o campo motivo. 4. Alinhamento 1 eixo, alinhamento 2 eixos (Ver fig.27) Não existe necessidade de preencher dados adicionais. 5. Teste de amortecedores, kit de reparação de furos (Ver fig.27) Deverá ser indicado o valor da operação, respectivo desconto aplicável, e o campo motivo. Fig.27

28 Page28 Será possível editar e apagar registos criados previamente, somente enquanto a autorização não tiver sido submetida para análise. Para visualizar ou editar registos já criados, estes são acedidos mediante um duplo clique na linha de operação em causa a partir do ecrã de resumo do detalhe da intervenção. Esta acção irá abrir novamente a janela de detalhe de operações, sendo assim possível alterar os registos desejados. Para apagar registos, existem duas possíbilidades: o No ecrã de resumo do detalhe de operações (Ver fig.28), activar a caixa de verificação correspondente à linha que se pretende eliminar e clicar no botão de eliminação. A linha irá desaparecer do ecrã. Activar caixa de verificação Botão de eliminação Fig.28 o No ecrã de resumo do detalhe de operações, editar a linha que se pretende eliminar (Ver fig.29) e desactivar a caixa de verificação correspondente à operação que pretende eliminar (Ver fig.30). O registo será eliminado.

29 Page29 ATENÇÃO: Ao clicar no botão de eliminação no ecrã de detalhe de operações, todos os registos seleccionados por defeito serão eliminados, sem possibilidade de recuperação (Ver fig.30). Selecionar e editar linha Fig.29

30 Page30 ATENÇÃO: Botão de eliminação de todos os registos Retirar selecção da linha Fig.30 Separador Autorização Submeter para análise Uma vez preenchidos e gravados todos os dados do pedido, este deve ser submetido para análise pelo SIM, clicando no botão Submeter demonstrado na imagem (Ver fig.31). Caso a autorização tenha sido aprovada automaticamente, o SIM informará através de mensagem e a autorização ficará na fila de tarefas a aguardar tratamento. Caso não tenha ficado aprovada de forma automática, o SIM emitirá uma informação nesse sentido, e a autorização não irá aparecer na fila de tarefas do utilizador até ser tratada manualmente por um utilizador da LeasePlan e submetida novamente para a fila do fornecedor, onde poderá ser editada ou visualizada novamente.

31 Page31 Fig.31 Separador Anexos Conforme referido anteriormente, este separador surge após gravação dos dados gerais da autorização (Ver fig.32). O seu objectivo é permitir a introdução de documentos de suporte ao processo, sendo possível anexar vários formatos de documentos, desde que o seu tamanho não exceda os 10 MB. Um anexo gravado passa a ser parte integrante de um pedido de autorização, e já não pode ser removido.

32 Page32 Botão adicionar Fig.32 Para anexar novos documentos: 1. Clicar no botão adicionar presente no ecrã (Ver fig.32). O SIM irá apresentar a janela de introdução de documentos, com 2 campos de texto livre e de preenchimento obrigatório (Ver fig.33): o Nome: identificação do documento anexado (ex. Orçamento ou Fotografia ) o Assunto: Conforme o nome indica, texto que suporte o envio do anexo 2. Clicar no botão Selec. Ficheiros, de forma a poder seleccionar o documento que se pretende anexar. Após carregamento do ficheiro, o nome deste passará a constar no campo Ficheiro da janela. 3. Gravar o registo no SIM, clicando no botão de gravação.

33 Page33 Fig Após gravação, o SIM retorna ao separador Anexo, que agora apresenta um alerta de presença de anexos no separador, e uma linha correspondente ao anexo gravado anteriormente (Ver fig.34)

34 Page34 Alerta Fig.34 Para consultar anexos existentes: 1. Ao efectuar duplo clique na linha correspondente ao anexo (Ver fig.35), o SIM apresenta o detalhe dos campos Nome e Assunto (Ver fig.36). Fig.35

35 Page35 Fig Ao clicar no ícone do anexo na linha em causa (clique único), o SIM irá permitir a abertura do anexo (Ver fig.37). Típicamente irá aparecer uma caixa de diálogo do sistema operativo do seu PC a confirmar o pedido de abertura do ficheiro. A título de exemplo, mostramos uma caixa de díalogo do Windows (Ver fig.38).

36 Page36 Fig.37 Fig.38

37 Page37 Exemplos de fomatos de ficheiros aceites pelo SIM: - MS Office (MS Excel, MS Word...),.PDF, imagens e.txt. Não serão aceites pelo SIM formatos do tipo.exe,.com ou.msi. Separador Comunicações Este separador está destinado a criação e recepção de mensagens curtas, do tipo pergunta-resposta, associadas à autorização (Ver fig.39). Esta funcionalidade só fica disponível após tratamento da autorização pela LeasePlan, não estando visível na fase de criação da autorização. No caso da recepção de comunicação, o separador apresenta um alerta de presença de nova mensagem, tal como o separador Anexos explicado anteriormente. Enquanto existir uma Comunicação pendente de resposta o SIM não permite criar uma nova para a mesma autorização, nem permite encerrar a autorização. Criação de uma comunicação: Nova Comunicação Fig.39

38 Page38 1. Clicar no botão de criação de novo registo (Ver fig.39). O SIM irá apresentar uma nova janela com dois campos de introdução de texto livre (Ver fig.40): Título: Para indicação do Objectivo da comunicação Assunto: Para preenchimento do corpo do texto 2. Clicar no botão submeter. A comunicação será enviada de imediato para a LeasePlan, para leitura e resposta (Ver fig.40). Fig O SIM retorna ao ecrã principal da comunicação, mostrando o registo entretanto criado. Para consultar a comunicação basta clicar (duplo clique) na linha em causa e o SIM irá reabrir a janela anteriormente descrita (Ver fig.41).

39 Page39 Fig A autorização onde a comunicação foi criada irá ficar na fila de tarefas de autorizações, indicando a situação Com. Enviada, a aguardar resposta da LeasePlan (Ver fig.42).

40 Page40 Fig.42 Recepção de uma comunicação: 1. No caso de recepção de uma nova comunicação ou de uma resposta, a fila de tarefas apresenta a autorização com a Situação Com. Recebida (Ver fig.43).

41 Page41 Fig.43 Para consultar a comunicação, bastará seleccionar a linha da autorização (duplo clique) e o separador correspondente às comunicações. No separador, as comunicações não lidas apresentam um ícone identificativo (Ver fig.44).

42 Page42 Fig.44 Ao clicar na linha da comunicação, o SIM irá mostrar a comunicação inicial e a respectiva resposta (Ver fig.45).

43 Page43 Fig.45

44 Page44 Anexo I Simbologia de Botões utilizados no SIM - apagar pesquisas efectuadas - Pesquisa de entidades (Ex: fornecedores) - Pesquisa - Eliminar data seleccionada - Escolher Data - Detalhe entidades - Seleccionar todas as linhas - Aprovar linhas seleccionadas - Retirar selecção linhas - Rejeitar linhas seleccionadas - Modo Edição para Supervisores - Sair Modo Edição Supervisores - Consultar / Facturar - Sair Autorização aberta - Salvar Autorização / Serviços - Transferir Autorização - Bloquear Autorização - Desbloquear Autorização - Submeter Autorização

45 Page45 - Cancelar Autorização - Ajuda - Adicionar Notas/Anexos/Comunicação/Serviços - Voltar Administração: - Adicionar Departamento - Adicionar Equipa - Novo Utilizador - Associar utilizador - Novo utilizador em Gestão de Oficinas

ZS Rest. Manual de Iniciação. BackOffice

ZS Rest. Manual de Iniciação. BackOffice Manual de Iniciação BackOffice 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar o ZSRest... 3 a) BackOffice:... 4 b) Acesso BackOffice:... 4 4. Zonas... 6 c) Criar Zona:... 7 d) Modificar Zona:... 8 e) Remover

Leia mais

Manual de Administração Intranet BNI

Manual de Administração Intranet BNI Manual de Administração Intranet BNI Fevereiro - 2010 Índice 1. Apresentação... 3 2. Conceitos... 5 3. Funcionamento base da intranet... 7 3.1. Autenticação...8 3.2. Entrada na intranet...8 3.3. O ecrã

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011 Manual Avançado Gestão de Stocks Local v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest FrontOffice... 4 4. Produto... 5 b) Activar gestão de stocks... 5 i. Opção: Faz gestão de stocks... 5 ii.

Leia mais

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1 Copyright 2012 Efacec Todos os direitos reservados. Não é permitida qualquer cópia, reprodução, transmissão ou utilização deste documento sem a prévia autorização escrita da Efacec Sistemas de Gestão S.A.

Leia mais

Acordo de licenciamento do EMPRESÁRIO

Acordo de licenciamento do EMPRESÁRIO Acordo de licenciamento do EMPRESÁRIO Ao abrir a caixa do CD que contém o programa EMPRESÁRIO, o utilizador aceita os termos do contracto de licenciamento deste acordo. Licença Garantias A T&T outorga-lhe

Leia mais

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice BackOffice 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest/ZSPos FrontOffice... 4 4. Produto... 5 Activar gestão de stocks... 5 5. Armazém... 7 a) Adicionar Armazém... 8 b) Modificar Armazém... 8 c)

Leia mais

BALCÃO DIGITAL. Manual de Utilização

BALCÃO DIGITAL. Manual de Utilização BALCÃO DIGITAL Manual de Utilização BALCÃO DIGITAL 2 ÍNDICE COMO ADERIR ADESÃO À CARTEIRA DE SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL ACTIVAÇÃO DA CARTEIRA DE SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL Contratos Comunicar Leitura Adesão

Leia mais

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011 Plano [1] Guia de Acesso à Formação Online 2011 [2] ÍNDICE ÍNDICE...2 1. Introdução...3 2. Metodologia Formativa...4 3. Actividades...4 4. Apoio e Acompanhamento do Curso...5 5. Avaliação...6 6. Apresentação

Leia mais

Manual do utilizador. Aplicação de agente

Manual do utilizador. Aplicação de agente Manual do utilizador Aplicação de agente Versão 8.0 - Otubro 2010 Aviso legal: A Alcatel, a Lucent, a Alcatel-Lucent e o logótipo Alcatel-Lucent são marcas comerciais da Alcatel-Lucent. Todas as outras

Leia mais

ZS Rest. Manual de Iniciação. FrontOffice (ponto de venda)

ZS Rest. Manual de Iniciação. FrontOffice (ponto de venda) Manual de Iniciação FrontOffice (ponto de venda) 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest FrontOffice... 4 4. Início de Operador... 5 b) Fazer login de Empregado:... 5 c) Botões de Acção:...

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MANUAL DE UTILIZAÇÃO Termos Básicos Pesquisa Registo Fazendo Propostas A Minha Conta Pedindo Cotações Ajuda: Geral Bem-vindo! No texto que se segue iremos transmitir noções básicas sobre os termos e modos

Leia mais

SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados INSCRIÇÃO NO SISTEMA DE ACESSO AO DIREITO. Manual de Utilizador

SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados INSCRIÇÃO NO SISTEMA DE ACESSO AO DIREITO. Manual de Utilizador SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados INSCRIÇÃO NO SISTEMA DE ACESSO AO DIREITO Manual de Utilizador INTRODUÇÃO O presente Manual tem por objectivo a descrição dos procedimentos a ter em

Leia mais

Índice. Manual do programa Manage and Repair

Índice. Manual do programa Manage and Repair Manual do programa Manage and Repair Índice 1 Menu Ficheiro... 3 1.1 Entrar como... 3 1.2 Opções do utilizador... 3 2 Administração... 5 2.1 Opções do Programa... 5 2.1.1 Gerais (1)... 5 2.1.2 Gerais (2)...

Leia mais

MANUAL DE ACESSO AO GeADAP

MANUAL DE ACESSO AO GeADAP MANUAL DE ACESSO AO GeADAP OBJETIVO DO MANUAL O objectivo deste manual é explicar como pode um utilizador aceder ao GeADAP. 1 ENDEREÇOS DE ACESSO AO GeADAP 1.1. Serviços da Administração Central Os utilizadores

Leia mais

A VISTA BACKSTAGE PRINCIPAIS OPÇÕES NO ECRÃ DE ACESSO

A VISTA BACKSTAGE PRINCIPAIS OPÇÕES NO ECRÃ DE ACESSO DOMINE A 110% ACCESS 2010 A VISTA BACKSTAGE Assim que é activado o Access, é visualizado o ecrã principal de acesso na nova vista Backstage. Após aceder ao Access 2010, no canto superior esquerdo do Friso,

Leia mais

Guia rápido do utilizador

Guia rápido do utilizador Guia rápido do utilizador Índice Relatório de roubo 3 Criar um novo relatório de roubo 4 Fornecer detalhes do relatório de roubo Secção 1. Especificar o computador 5 Fornecer detalhes do relatório de roubo

Leia mais

Acer econsole Manual do Utilizador

Acer econsole Manual do Utilizador Acer econsole Manual do Utilizador 1 Informações sobre software de outras empresas ou software gratuito O software pré-instalado, integrado ou distribuído com os produtos fornecidos pela Acer contém programas

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES

MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES MANUAL DO UTILIZADOR DO BACKUP HD SERIES OBRIGADO por ter adquirido a aplicação ClickFree Backup. Estas instruções foram reunidas para o ajudar a utilizar o produto, mas de um modo geral esperamos que

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

GeoMafra SIG Municipal

GeoMafra SIG Municipal GeoMafra SIG Municipal Nova versão do site GeoMafra Toda a informação municipal... à distância de um clique! O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar a

Leia mais

Manual utilização. Dezembro 2011. Instituto Politécnico de Viseu

Manual utilização. Dezembro 2011. Instituto Politécnico de Viseu Manual utilização Dezembro 2011 Instituto Politécnico de Viseu 1 Índice Zona pública... 3 Envio da ideia de negócio... 3 Inscrição nas Oficinas E... 4 Zona privada... 5 Administração... 5 Gestão de utilizadores...

Leia mais

Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00

Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00 Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00 Edição 1 Agosto 2011 Elaborado por: GSI Revisto e Aprovado por: COM/ MKT Este manual é propriedade exclusiva da empresa pelo que é proibida a sua

Leia mais

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor 20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor Manual do Utilizador Professor... 1 1. Conhecer o 20 Escola Digital... 4 2. Autenticação... 6 2.1. Criar um registo na LeYa Educação... 6 2.2. Aceder ao

Leia mais

Guia Utilizador do Serviço WebEDI da

Guia Utilizador do Serviço WebEDI da Guia Utilizador do Serviço WebEDI da Índice Activar conta WebEDI... 1 Aceder ao serviço WebEDI... 2 Recuperar dados de acesso... 3 WebEDI... 4 Editar dados do utilizador... 5 Consultar dados da Empresa...

Leia mais

Para alterar a sua palavra-passe, seleccione o item de menu "Segurança/Alterar Palavra-Passe.

Para alterar a sua palavra-passe, seleccione o item de menu Segurança/Alterar Palavra-Passe. Introdução Com o Módulo de Segurança, pode restringir os utilizadores do Maintenance Pro para ecrãs ou itens de menu específicos. O(a) utilizador(a) tem de introduzir o nome de utilizador e a palavra-passe

Leia mais

ZSRest. Manual Profissional. Comandos Rádio X64. V2011-Certificado

ZSRest. Manual Profissional. Comandos Rádio X64. V2011-Certificado Manual Profissional Comandos Rádio X64 V2011-Certificado 1 1. Índice 2. INTRODUÇÃO... 2 3. Configuração inicial... 3 4. Configurações X64... 5 a) Definições Gerais... 5 b) Documentos e Periféricos... 8

Leia mais

Instruções de utilização do portal Web da Visteon

Instruções de utilização do portal Web da Visteon FORD MOTOR COMPANY LIMITED Issued by European Warranty Operations Ford Customer Service Division Instruções de utilização do portal Web da Visteon 1. Entrar Na janela de endereço no seu browser da internet,

Leia mais

GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU

GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU Imagina que queres criar o teu próprio site. Normalmente, terías que descarregar e instalar software para começar a programar. Com a Webnode não é preciso instalar nada.

Leia mais

Portal AEPQ Manual do utilizador

Portal AEPQ Manual do utilizador Pedro Gonçalves Luís Vieira Portal AEPQ Manual do utilizador Setembro 2008 Engenharia Informática - Portal AEPQ Manual do utilizador - ii - Conteúdo 1 Introdução... 1 1.1 Estrutura do manual... 3 1.2 Requisitos...

Leia mais

GUIA PARA O PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS ENTIDADE GESTORA ERP PORTUGAL

GUIA PARA O PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS ENTIDADE GESTORA ERP PORTUGAL GUIA PARA O PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS ENTIDADE GESTORA ERP PORTUGAL Versão: 1.0 Data: 05-06-2009 Índice Acesso e estados dos Formulários... 3 Escolha do Formulário e submissão... 4 Bases para a navegação

Leia mais

ÍNDICE. Acesso para agências...3. Organização por pastas...4. Download das facturas a partir do site...5. Pesquisa de facturas...8

ÍNDICE. Acesso para agências...3. Organização por pastas...4. Download das facturas a partir do site...5. Pesquisa de facturas...8 2 ÍNDICE Acesso para agências...3 Organização por pastas...4 Download das facturas a partir do site...5 Pesquisa de facturas...8 Configurar notificações por email...11 3 Bem-vindo ao manual de uso do novo

Leia mais

Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL

Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL Índice 1. Introdução...3 2. Home Page...3 3. Pedido de Senha...4 3.1 Proponente...5 3.2 Técnico Qualificado...5 3.3 Proponente/Técnico

Leia mais

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida Ministério Público Ministério Público Guia de Consulta Rápida Versão 3 (Outubro de 2009) - 1 - ÍNDICE 1. ACEDER AO CITIUS MINISTÉRIO PÚBLICO... 4 2. BARRA DE TAREFAS:... 4 3. CONFIGURAR O PERFIL DO UTILIZADOR...

Leia mais

Microsoft Windows. Aspectos gerais

Microsoft Windows. Aspectos gerais Aspectos gerais É um sistema operativo desenvolvido pela Microsoft Foi desenhado de modo a ser fundamentalmente utilizado em computadores pessoais Veio substituir o sistema operativo MS-DOS e as anteriores

Leia mais

SRCT Sistema de Gestão de Receitas e Cobrança de Taxas

SRCT Sistema de Gestão de Receitas e Cobrança de Taxas 01-01-2006 SRCT Sistema de Gestão de Receitas e Cobrança de Taxas Rev 1.0 1 INDICE 1 Indice... 2 2 Introdução... 3 2.1 Acesso ao sistema... 3 3 Login... 4 3.1 Primeiro Login... 4 4 Gestão de Declarações...

Leia mais

CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 14 1999 27

CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 14 1999 27 CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 14 1999 27 3 - MANUAL DO UTILIZADOR Diogo Mateus 3.1. REQUISITOS MÍNIMOS * Computador Pessoal com os seguintes Programas * Microsoft Windows 95 * Microsoft Access 97 A InfoMusa

Leia mais

TEMA: Processo de Manutenção de Viaturas Configurações, workflow e funcionalidades

TEMA: Processo de Manutenção de Viaturas Configurações, workflow e funcionalidades APLICAÇÃO: XRP Gestão de Frota TEMA: Processo de Manutenção de Viaturas Configurações, workflow e funcionalidades ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO EM: 13 de Outubro de 2014 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO POR: Carolina Esteves Pedro

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Ementas : Email e SMS. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Ementas : Email e SMS. v2011 Manual Avançado Ementas : Email e SMS v2011 1. Índice 2. INTRODUÇÃO... 2 3. INICIAR O ZSRest FrontOffice... 3 1 4. CONFIGURAÇÃO INICIAL... 4 b) Configurar E-Mail... 4 c) Configurar SMS... 5 i. Configurar

Leia mais

Guia do Utilizador b-vet

Guia do Utilizador b-vet Guia do Utilizador b-vet Versão: 6.0 Data Publicação:29-06-2012 1. O presente documento pretende elucidar acerca das principais funcionalidades disponíveis na aplicação b-vet. Este está organizado desde

Leia mais

1. Lançamento em Contas Bancárias Liquidação de Clientes

1. Lançamento em Contas Bancárias Liquidação de Clientes Título: MÓDULO DE GESTÃO DE BANCOS & CONTROLO LETRAS Pag.: 1 Módulo Gestão Contas Bancárias O módulo Gestão de Contas Bancárias, tem como principal objectivo, permitir ao utilizador saber num exacto momento,

Leia mais

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET MANUAL DO UTILIZADOR WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET 1. 2. PÁGINA INICIAL... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 2.1. 2.2. APRESENTAÇÃO E ESPECIFICAÇÕES... 3 TUTORIAIS... 4 3. DOWNLOADS... 5 3.1. 3.2. ENCOMENDAS (NOVOS

Leia mais

NetOp Remote Control. Versão 7.65. Adenda ao Manual

NetOp Remote Control. Versão 7.65. Adenda ao Manual NetOp Remote Control Versão 7.65 Adenda ao Manual Mover a perícia - não as pessoas 2003 Danware Data A/S. Todos os direitos reservados Revisão do Documento: 2004009 Por favor, envie os seus comentários

Leia mais

Portal Web de Apoio às Filiadas

Portal Web de Apoio às Filiadas Portal Web de Apoio às Filiadas Manual de Utilizador Externo Titularidade: FCMP Data: 2014-02-03 Versão: 1 1 1. Introdução 3 2. Descrição das Funcionalidades 4 2.1. Entrada no sistema e credenciação de

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR

MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR 1 ÍNDICE ÍNDICE...2 INTRODUÇÃO...3 PANORAMA...5 SITUAÇÃO, ALERTAS E BOTÕES...6 Situação...6 Alertas...7 Botões...7 O MAPA PRINCIPAL...8 MOSTRAR TUDO...9 MÓDULO DE ADMINISTRAÇÃO...10

Leia mais

WINCODE SOFTWARE E CONTABILIDADE S.A. MyEnsino Manual da Área Reservada de Professores

WINCODE SOFTWARE E CONTABILIDADE S.A. MyEnsino Manual da Área Reservada de Professores MyEnsino Manual da Área Reservada de Professores ENTRADA: Abrir o browser de internet e digitar um dos seguintes endereços: Para aceder à área reservada de alunos: http://myescola.exemplo.pt Para aceder

Leia mais

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTG]

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTG] [Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTG] Unidade De Administração de Sistemas Serviços Informáticos Instituto Politécnico de Leiria 10-07-2009 Controlo do Documento Autor

Leia mais

Arranque do FrontOffice

Arranque do FrontOffice TOUCH Arranque do FrontOffice O FrontOffice Touch-Screen do Gespos permite-nos criar várias páginas com uma grande variedade de botões. Esses botões poderão ser usados para chamar artigos e funções. O

Leia mais

Software de Apoio a Gabinetes na Elaboração de Projetos

Software de Apoio a Gabinetes na Elaboração de Projetos SAGEP Software de Apoio a Gabinetes na Elaboração de Projetos www.sofware-global.info SAGEP geral@software-global.info Página 1 de 30 Destina-se a Gabinetes de Engenharia, Arquitectura ou idênticos, onde

Leia mais

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador.

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. WINDOWS O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. Um computador que tenha o Windows instalado, quando arranca, entra directamente

Leia mais

Internet Update de PaintManager TM. Manual de instalação e utilização do programa de actualização

Internet Update de PaintManager TM. Manual de instalação e utilização do programa de actualização Internet Update de PaintManager TM Manual de instalação e utilização do programa de actualização ÍNDICE O que é o programa Internet Update? 3 Como se instala e executa o programa? 3 Aceder ao programa

Leia mais

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária)

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) /curriculum Julho de 2008 Versão 1.1 1 Introdução O objectivo deste guia é auxiliar o utilizador da Plataforma

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Menus. v2011 - Certificado

ZS Rest. Manual Avançado. Menus. v2011 - Certificado Manual Avançado Menus v2011 - Certificado 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar o ZSRest... 3 4. Menus... 4 b) Novo Produto:... 5 i. Separador Geral.... 5 ii. Separador Preços e Impostos... 7 iii.

Leia mais

TEMA: Oficinas Configurações, workflow e funcionalidades

TEMA: Oficinas Configurações, workflow e funcionalidades APLICAÇÃO: XRP Gestão de Frota TEMA: Oficinas Configurações, workflow e funcionalidades ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO EM: 25 de fevereiro de 2015 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO POR: Pedro Direito www.escritadigital.pt ÍNDICE

Leia mais

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011 Manual Profissional BackOffice Mapa de Mesas v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar ZSRest Backoffice... 3 4. Confirmar desenho de mesas... 4 b) Activar mapa de mesas... 4 c) Zonas... 4 5. Desenhar

Leia mais

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Ambiente Gráfico Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e que comunique com o exterior. Actualmente o Windows é

Leia mais

LeYa Educação Digital

LeYa Educação Digital Índice 1. Conhecer o 20 Aula Digital... 4 2. Registo no 20 Aula Digital... 5 3. Autenticação... 6 4. Página de entrada... 7 4.1. Pesquisar um projeto... 7 4.2. Favoritos... 7 4.3. Aceder a um projeto...

Leia mais

Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A.

Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A. WinREST Sensor Log A Restauração do Séc. XXI WinREST Sensor Log Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A. 2 WinREST Sensor Log Índice Índice Pag. 1. WinREST Sensor Log...5 1.1. Instalação (aplicação ou serviço)...6

Leia mais

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS GLOSSÁRIO... 2 INTRODUÇÃO... 3 Objectivo... 3 DEFINIÇÕES... 3 Certificado de um medicamento

Leia mais

Ajuda do site www.maxone.biz ( Março 2006)

Ajuda do site www.maxone.biz ( Março 2006) Ajuda do site www.maxone.biz ( Março 2006) Este documento tem como objectivo ajudar os nossos clientes a trabalhar com o nosso site. Se necessitar de alguma ajuda extra não hesite em contactar-nos. Apesar

Leia mais

Relatório de Versões 7.0.18.100 M1.RLT.M1.120130.AS01

Relatório de Versões 7.0.18.100 M1.RLT.M1.120130.AS01 Relatório de Versões 7.0.18.100 M1.RLT.M1.120130.AS01 Created: Thursday, February 02, 2012 Copyright 1989-2011 MedicineOne, life sciences computing SA copyright MedicineOne. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Gabinete de Imagem e Comunicação do IPBeja. Índice

Gabinete de Imagem e Comunicação do IPBeja. Índice V.2.0 Índice 1 Introdução... 3 2 Página inicial do Site do Curso... 4 1.1 Estrutura da Página inicial... 4 1.2 Aceder ao Site do Curso... 6 1.3 Iniciar Sessão... 7 1.4 Encerrar Sessão... 8 1.5 Formatação

Leia mais

Manual do Nero ControlCenter

Manual do Nero ControlCenter Manual do Nero ControlCenter Nero AG Informações sobre direitos de autor e marcas O manual do Nero ControlCenter e todo o seu conteúdo estão protegidos pelos direitos de autor e são propriedade da Nero

Leia mais

Manual do Utilizador Aluno

Manual do Utilizador Aluno Manual do Utilizador Aluno Escola Virtual Morada: Rua da Restauração, 365 4099-023 Porto PORTUGAL Serviço de Apoio ao Cliente: Telefone: (+351) 707 50 52 02 Fax: (+351) 22 608 83 65 Serviço Comercial:

Leia mais

Plataforma de Benefícios Públicos Acesso externo

Plataforma de Benefícios Públicos Acesso externo Índice 1. Acesso à Plataforma... 2 2. Consulta dos Programas de Beneficios Públicos em Curso... 3 3. Entrar na Plataforma... 4 4. Consultar/Entregar Documentos... 5 5. Consultar... 7 6. Entregar Comprovativos

Leia mais

Manual de Iniciaça o. Índice

Manual de Iniciaça o. Índice Manual de Iniciaça o Índice Passo 1- Definir... 2 Definir grupos de tarefas... 2 Definir funções... 6 Definir utilizadores... 11 Definir o Workflow... 14 Definir tarefas... 18 Passo 2 - Planear... 21 Planear

Leia mais

SClínico - SAPE - Autor: Eloy Boo ULSAM - USF LETHES Ponte de Lima

SClínico - SAPE - Autor: Eloy Boo ULSAM - USF LETHES Ponte de Lima - Autor: Eloy Boo ULSAM - USF LETHES Ponte de Lima SClínico SAPE Agradecimentos: À enfermeira Cármen Cunha, pela sua grande paciência, disponibilidade e ajuda. Índice geral 1. Introdução... 3 2. Iniciar

Leia mais

Placa de rede local sem fios Nokia C110/C111. Manual de Instalação

Placa de rede local sem fios Nokia C110/C111. Manual de Instalação Placa de rede local sem fios Nokia C110/C111 Manual de Instalação DECLARAÇÃO DE CONFORMIDADE A NOKIA MOBILE PHONES Ltd declara ser a única responsável pela conformidade dos produtos DTN-10 e DTN-11 com

Leia mais

MOODLE: actividade LIÇÃO

MOODLE: actividade LIÇÃO MOODLE: actividade LIÇÃO Documentos de apoio à utilização educativa do Moodle Tipo de actividade (Moodle): LIÇÃO 1. Introdução A lição é uma das actividades mais interessantes. Basicamente, uma lição é

Leia mais

Usar o PO Convert para criar uma factura a partir de uma Nota de Encomenda

Usar o PO Convert para criar uma factura a partir de uma Nota de Encomenda 1 / 7 Como Usar o PO Convert para criar uma factura a partir de uma Nota de Encomenda 1. Inicie sessão na sua conta OB10 2. Seleccione a lista Aceites - Na página inicial da sua Conta OB10, clique na lista

Leia mais

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático. Índice:

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático. Índice: Nota Introdutória: Este documento irá guiá-lo(a) através dos procedimentos necessários para obtenção correcta do seu Certificado Digital. Por favor consulte o índice de modo a encontrar, de uma forma mais

Leia mais

VM Card. Referência das Definições Web das Funções Avançadas. Manuais do Utilizador

VM Card. Referência das Definições Web das Funções Avançadas. Manuais do Utilizador VM Card Manuais do Utilizador Referência das Definições Web das Funções Avançadas 1 Introdução 2 Ecrãs 3 Definição de Arranque 4 Informações de Função Avançada 5 Instalar 6 Desinstalar 7 Ferramentas do

Leia mais

I. COMO FAZER O REGISTO NA PLATAFORMA MOODLE 3 II. COMO ACEDER (ENTRAR) NO MOODLE DA ESCOLA 1

I. COMO FAZER O REGISTO NA PLATAFORMA MOODLE 3 II. COMO ACEDER (ENTRAR) NO MOODLE DA ESCOLA 1 Novembro.2010 Índice I. COMO FAZER O REGISTO NA PLATAFORMA MOODLE 3 II. COMO ACEDER (ENTRAR) NO MOODLE DA ESCOLA 1 III. COMO INSERIR MATERIAL PEDAGÓGICO (ANEXAR FICHEIROS) 1 IV. CRIAR UM GLOSSÁRIO 5 V.

Leia mais

Guia de Utilização. Acesso Universal

Guia de Utilização. Acesso Universal Guia de Utilização Índice PREÂMBULO...3 ACESSO À PLATAFORMA...3 ÁREA DE TRABALHO...4 APRESENTAR PROPOSTAS...9 RECEPÇÃO DE ADJUDICAÇÃO...18 PARAMETRIZAÇÃO DA EMPRESA...19 Acesso universal Proibida a reprodução.

Leia mais

GeoMafra Portal Geográfico

GeoMafra Portal Geográfico GeoMafra Portal Geográfico Nova versão do site GeoMafra Toda a informação municipal... à distância de um clique! O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar

Leia mais

Módulo de Estatísticas MANUAL DO UTILIZADOR

Módulo de Estatísticas MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR Versão 1.4 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 2 2. REQUISITOS DO SISTEMA 3 3. CONTROLOS GERAIS DO WINDOWS 4 3.1 ESTRUTURA HIERÁRQUICA 4 3.2 CONTROLO DE DATA 5 4. INÍCIO DA UTILIZAÇÃO 8 5. IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

Facturação Guia do Utilizador

Facturação Guia do Utilizador Facturação Guia do Utilizador Facturação Como se utiliza 2 1 Como se utiliza Todas as opções do sistema estão acessíveis através do menu: ou do menu: O Menu caracteriza-se pelas seguintes funcionalidades:

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Sistema de Certificação de Competências TIC

Sistema de Certificação de Competências TIC Sistema de Certificação de Competências TIC Portal das Escolas Manual de Utilizador INDICE 1 Introdução... 5 1.1 Sistema de formação e certificação de competências TIC...6 1.1.1 Processo de certificação

Leia mais

20 Aula Digital Manual do Utilizador do Professor

20 Aula Digital Manual do Utilizador do Professor 20 Aula Digital Manual do Utilizador do Professor Versão 1.0 Índice I. Começar a utilizar o 20 Aula Digital... 4 1. Registo... 4 2. Autenticação... 4 2.1. Recuperar palavra-passe... 5 II. Biblioteca...

Leia mais

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina do Correio Para saber mais sobre Correio electrónico 1. Dicas para melhor gerir e organizar o Correio Electrónico utilizando o Outlook Express Criar Pastas Escrever

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Índice. 1. Introdução 3. 2. Instalação e desinstalação do GENIUS VOIP MOUSE 4. 2.2 IMs suportados pelo GENIUS VOIP MOUSE 5

Índice. 1. Introdução 3. 2. Instalação e desinstalação do GENIUS VOIP MOUSE 4. 2.2 IMs suportados pelo GENIUS VOIP MOUSE 5 Índice 1. Introdução 3 2. Instalação e desinstalação do GENIUS VOIP MOUSE 4 2.1 Requisitos do sistema 4 2.2 IMs suportados pelo GENIUS VOIP MOUSE 5 2.3 Website de cada IM para download 5 2.4 Instalação

Leia mais

Guia de utilização. Acesso Universal

Guia de utilização. Acesso Universal Guia de utilização Março de 2009 Índice Preâmbulo... 3 Acesso à Plataforma... 4 Área de Trabalho... 5 Apresentar Propostas... 12 Classificar Documentos... 20 Submeter a Proposta... 21 Solicitação de Esclarecimentos/Comunicações...

Leia mais

Procedimentos para a divulgação de eventos no site da ECUM

Procedimentos para a divulgação de eventos no site da ECUM Procedimentos para a divulgação de eventos no site da ECUM Pressupostos introdutórios 3 Descrição da tarefa 4 Autenticação/Login 4 Página de entrada 4 Criar um novo evento 5 Colocar um evento em destaque

Leia mais

1. Para criar uma conta grátis no site JIMDO, basta aceder através do url: www.jimdo.com e preencher os vários campos.

1. Para criar uma conta grátis no site JIMDO, basta aceder através do url: www.jimdo.com e preencher os vários campos. 1. Para criar uma conta grátis no site JIMDO, basta aceder através do url: www.jimdo.com e preencher os vários campos. 2. Opção de escolha do idioma do site. 1 3. Escolher o nome do site, colocar o email

Leia mais

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Funcionários da ESTG]

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Funcionários da ESTG] [Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Funcionários da ESTG] Unidade De Administração de Sistemas Serviços Informáticos Instituto Politécnico de Leiria 09-06-2010 Controlo do Documento Autor

Leia mais

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores CGA Directa Manual do Utilizador Acesso, Adesão e Lista de Subscritores Versão 1.00 de 10 de Março de 2008 Índice Pág. Introdução 3 Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Acesso Acesso 4 Adesão Adesão 5 2.1

Leia mais

SOFTWARE OPTAC. Manual do Utilizador

SOFTWARE OPTAC. Manual do Utilizador SOFTWARE OPTAC Manual do Utilizador Stoneridge Limited Claverhouse Industrial Park Dundee DD4 9UB Help-line Telephone Number: 800860008 E-Mail: optacpt@stoneridge.com Document version 4.0 Part Number:

Leia mais

NOVO Panda Antivirus 2007 Manual resumido sobre a instalação, registo e serviços Importante! Leia a secção de registo on-line deste manual atentamente. As informações contidas nesta secção são essenciais

Leia mais

Memeo Instant Backup Guia Rápido de Introdução

Memeo Instant Backup Guia Rápido de Introdução Introdução O Memeo Instant Backup é uma solução de cópias de segurança simples para um mundo digital complexo. O Memeo Instant Backup protege os seus dados, realizando automática e continuamente uma cópia

Leia mais

www.tacas-software.com Guia de Instalação e Manual do Utilizador TACAS-SOFTWARE - Guia de Instalação e Manual do Utilizador

www.tacas-software.com Guia de Instalação e Manual do Utilizador TACAS-SOFTWARE - Guia de Instalação e Manual do Utilizador www.tacas-software.com Guia de Instalação e Manual do Página 1 de 37 Software de Gestão Comercial Portátil NOTA IMPORTANTE: O SEU SOFTWARE DE GESTÃO É FORNECIDO COM UM NUMERO DE IDENTIFICAÇÃO QUE SE ENCONTRA

Leia mais

Acesso ao Comercial. Ajudas para trabalhar mais eficientemente com o programa

Acesso ao Comercial. Ajudas para trabalhar mais eficientemente com o programa Acesso ao Comercial Ajudas para trabalhar mais eficientemente com o programa Neste Manual são apresentados écrans preenchidos com dados para melhor exemplificar as funcionalidades do programa. O uso do

Leia mais

Adenda R4. Entidades Adjudicantes. Uma Empresa Certificada ISO 9001 e ISO 27001

Adenda R4. Entidades Adjudicantes. Uma Empresa Certificada ISO 9001 e ISO 27001 Adenda R4 Entidades Adjudicantes Uma Empresa Certificada ISO 9001 e ISO 27001 Índice 1. Introdução 2. Novas Funcionalidades anogov R4 3. Novas Abordagens anogov R4 4. Novas Soluções anogov R4+ 5. Índice

Leia mais

EXCEL TABELAS DINÂMICAS

EXCEL TABELAS DINÂMICAS Informática II Gestão Comercial e da Produção EXCEL TABELAS DINÂMICAS (TÓPICOS ABORDADOS NAS AULAS DE INFORMÁTICA II) Curso de Gestão Comercial e da Produção Ano Lectivo 2002/2003 Por: Cristina Wanzeller

Leia mais

Pretende-se com o presente documento apresentar de forma detalhada todas as funcionalidades disponíveis através da Aplicação de Inscrições On-Line.

Pretende-se com o presente documento apresentar de forma detalhada todas as funcionalidades disponíveis através da Aplicação de Inscrições On-Line. Índice 1 Introdução... 3 1.1 O que é a Aplicação de Inscrições On-Line... 4 1.2 Acesso à Aplicação de Inscrições On-Line... 5 1.3 Requisitos... 5 1.4 Segurança... 5 2 Funcionalidades da Aplicação... 7

Leia mais

Lista de Contactos. Clique em OK e o Handset Manager transferirá imediatamente a lista telefónica do telemóvel para o PC.

Lista de Contactos. Clique em OK e o Handset Manager transferirá imediatamente a lista telefónica do telemóvel para o PC. Lista de Contactos O Handset Manager a Lista telefónica do seu telemóvel com os Contactos do Outlook/ Outlook Express numa única lista telefónica actualizada. Sincronize a lista telefónica do sei telemóvel

Leia mais

Estrutura de um endereço de Internet

Estrutura de um endereço de Internet Barras do Internet Explorer Estrutura de um endereço de Internet Na Internet, cada servidor tem uma identificação única, correspondente ao endereço definido no IP (Internet Protocol). Esse endereço é composto

Leia mais

Escola Superior de Tecnologias e Gestão Instituto Politécnico de Portalegre MS EXCEL. Fevereiro/2002 - Portalegre

Escola Superior de Tecnologias e Gestão Instituto Politécnico de Portalegre MS EXCEL. Fevereiro/2002 - Portalegre Escola Superior de Tecnologias e Gestão Instituto Politécnico de Portalegre MS EXCEL Fevereiro/2002 - Portalegre Introdução A necessidade de efectuar cálculos complexos de uma forma mais rápida e fiável,

Leia mais

SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados

SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados SInOA - Sistema de Informação da Ordem dos Advogados Acesso ao Direito Portal da Ordem dos Advogados Manual de Utilizador Versão 3.2 Fevereiro de 2011 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO 2 DESCRIÇÃO FUNCIONAL 2.1 ESCALAS

Leia mais