Módulo III Carga Elétrica, Força e Campo Elétrico

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Módulo III Carga Elétrica, Força e Campo Elétrico"

Transcrição

1 Móulo III Clauia Regina Campos e Carvalho Móulo III Carga létrica, orça e Campo létrico Carga létrica: Denomina-se carga elétrica a proprieae inerente a eterminaas partículas elementares, que proporciona a elas a capaciae e interação mútua, e natureza elétrica Pelos estuos os fenômenos elétricos, verificou-se que existem ois tipos e cargas elétricas. Convencionou-se, então, que a carga o elétron seria negativa e a o próton, positiva. létron carga negativa - Próton carga positiva + xperimentalmente, conclui-se que as quantiaes e carga elétrica o elétron e o próton são iguais em valores absolutos. A este valor eu-se o nome e quantiae e carga elétrica elementar (e): e =, C one a uniae e meia é C (coulomb). Princípios a letrostática: (a) PRINCÍPIO DA ATRAÇÃO RPULSÃO : partículas portaoras e cargas elétricas e mesmo sinal se repelem e as e sinais opostos se atraem. (b) PRINCÍPIO DA CONSRVAÇÃO DAS CARGAS LÉTRICAS : a soma algébrica as quantiaes e carga elétrica, num sistema eletricamente isolao, é constante. xemplo: Num sistema eletricamente isolao, constituío e três corpos, A, B e C, há a seguinte istribuição e cargas elétricas: A = 0 C, B = 5 C e C = -8 C. Ocorrem então, uas transferências e cargas: C e A para B e,5 C e B para C. Determine: (a) a quantiae e carga elétrica no sistema antes e epois as transferências; - -

2 Móulo III Clauia Regina Campos e Carvalho (b) as quantiaes e carga elétrica e caa corpo após as transferências. Resolução: (a) uantiae e carga elétrica o sistema: Portanto, 7 C é a quantiae e carga elétrica antes a transferência mas, como o sistema é eletricamente isolao, as somas inicial e final evem ser iguais: (b) Corpo A Corpo B: ( 8) = = 7C ' = = 7C ' A = A = 0 = 8C Corpo C: ' B = B +,5 = 5 +,5 = 5, 5C ' C = C +,5 = 8 +,5 = 6, 5C Conutores e Isolantes : Os meios materiais, quanto ao comportamento elétrico, poem ser classificaos em: (a) CONDUTORS : materiais nos quais os portaores e carga elétrica têm grane liberae e movimento; poem ser e ois tipos:. eletrônicos: os portaores e carga são os elétrons livres. x: metais e grafite;. iônicos: os portaores e carga são os íons. x: gases ionizaos e soluções eletrolíticas. - -

3 Móulo III Clauia Regina Campos e Carvalho (b) ISOLANTS ou DILÉTRICOS : materiais nos quais os portaores e carga elétrica não encontram faciliae e movimento. x: ar atmosférico, água pura, viro, borracha, plástico, etc. Ressalte-se, aina, uma classe e materiais que têm proprieaes intermeiárias entre os conutores e os isolantes: a os semiconutores. xemplos: silício, germânio, etc., muito importantes na fabricação e transistores e circuitos integraos e funamentais para a montagem e aparelhos eletrônicos, entre os quais os computaores. Corpo letrizao : Diz-se que um corpo está eletrizao quano possui o número e elétrons iferente o número e prótons. Tem-se, então: (a) CORPO LTRIZADO POSITIVAMNT : há falta e elétrons, por tê-los perio. n 0 e elétrons < n 0 e prótons (b) CORPO LTRIZADO NGATIVAMNT : há excesso e elétrons, por tê-los recebio n 0 e elétrons > n 0 e prótons (c) CORPO LTRIZADO NUTRO : n 0 e elétrons = n 0 e prótons - 3 -

4 Móulo III Clauia Regina Campos e Carvalho Vários são os processos pelos quais se realiza a eletrização e um corpo. Temos a eletrização por atrito ou triboeletrização, que ocorre quano ois corpos neutros, e materiais iferentes, são atritaos, trocano elétrons entre eles. Já quano um conutor eletrizao é posto em contato com outro conutor neutro, há eletrização este último, com o mesmo sinal o primeiro, evio à eletrização por contato. Outra forma e eletrização, e a eletrização por inução, one o corpo inicialmente neutro a ser eletrizao eve ser um conutor e será enominao inuzio, e possuirá carga elétrica e sinal oposto ao o inutor. orça létrica: As interações, e atração ou e repulsão, entre corpos carregaos positiva ou negativamente são forças e natureza elétrica muito importantes em iversos equipamentos. Será estuaa e inicio, a força e interação entre as cargas em repouso, enominaa forças eletrostática. Para simplificação e linguagem, muitas vezes é usaa a palavra carga no sentio e representar uma partícula carregaa eletricamente. Uma as aplicações as forças e natureza elétrica encontra-se em máquinas copiaoras, que fazem uso e substâncias e materiais suscetíveis à eletrização. De acoro com a imagem a ser uplicaa, ocorrem eletrizações em iferentes intensiaes. Lei e Coulomb: Já vimos que partículas com cargas e mesmo sinal se repelem e as e sinais iferentes se atraem. ssa força e interação eletrostática entre as partículas carregaas foi meia pela primeira vez por C. A. e Coulomb, em 785. LI D COULOMB: O móulo a força e interação eletrostática entre uas partículas carregaas é iretamente proporcional ao prouto os valores absolutos e suas cargas e inversamente proporcional ao quarao a istância que as separa

5 Móulo III Clauia Regina Campos e Carvalho A constante e proporcionaliae (k) epene o meio em que estão imersas as partículas e é enominaa constante eletrostática. O valor e k no vácuo (k 0 ) foi eterminao empiricamente: K 0 = 9,0 x 0 9 N.m /C (no SI) ste valor também se aplica quano o meio em que se encontram as partículas é o ar (seco): k ar k 0 xemplo : Duas esferas iênticas, e tamanhos esprezíveis, com cargas 3 e, encontram-se no vácuo, separaas e uma istância. Sobre caa uma elas age uma forças, e interação eletrostática. Colocam-se as uas esferas em contato até que atinjam o equilíbrio eletrostático. Calcule a intensiae a forças que age sobre as uas esferas quano separaas e uma istância, em relação à intensiae e. Resolução: Temos a seguinte situação inicial: 3 Pela lei e Coulomb: (3) ( ) fetuano-se o contato: Distanciano-se e : ' () () ' 4 ' - 5 -

6 Móulo III Clauia Regina Campos e Carvalho Teremos então: ' = 4 k 3 k ' = 4 3 ' = 4 3 Campo létrico: As manifestações as forças e atração ou repulsão eletrostáticas ocorrem em regiões o espaço one exista o que se enomina campo elétrico. m caa ponto o espaço e um campo elétrico há uma graneza vetorial que caracteriza a ação exercia sobre uma carga elétrica aí posicionaa. ssa graneza é chamaa e vetor campo elétrico. Consiere uma carga central. Ao se colocar, nas proximiaes, uma carga e prova q, esta será atraía ou repelia pela carga. ntão iz-se que a carga q está imersa num campo elétrico gerao pela carga. q CAMPO LÉTRICO: região o espaço em torno e uma carga ou superfície carregaa (), one qualquer corpo eletrizao fica sujeito à ação e uma força e origem elétrica. Relação entre força elétrica e campo elétrico: = q ou = q q > 0 e têm os mesmos sentios; q < 0 e têm sentios opostos; - 6 -

7 Móulo III Clauia Regina Campos e Carvalho No sistema internacional, a uniae a intensiae o campo elétrico é N/C (newton/coulomb). sta uniae é equivalente a V/m (volt por metro). xemplo : Uma carga puntiforme e -0µC é imersa num campo elétrico, cuja intensiae local é e 0 6 N/C e tem sentio horizontal, a esquera para a ireita. Peem-se a intensiae, a ireção e o sentio a força que atua sobre a carga. Resolução: Temos os seguintes aos: q = 0µ C = 0 0 = 0 6 N / C 6 A força e o campo elétrico tem mesmas ireção e sentios opostos pois q < 0. A intensiae a força é aa por: C = q = 0 0 = 0N Campo létrico e uma Carga Puntiforme: Seja uma carga central, fixa,, puntiforme, e uma carga e prova q, mergulhaa no campo elétrico e. O vetor campo elétrico tem sentios istintos, e acoro com o sinal a carga central, conforme tabela a seguir: q > 0 e têm o mesmo sentio > 0 < 0 Cargas e mesmo sinal se Cargas e sinais opostos repelem atraem-se > 0 < 0 q < 0 Cargas e sinais opostos Cargas e mesmo sinal se e têm sentios opostos. atraem-se repelem - 7 -

8 Móulo III Clauia Regina Campos e Carvalho Poe-se concluir, através o exposto acima que: Se > 0, o vetor campo elétrico é e afastamento. Se < 0, o vetor campo elétrico é e aproximação. Já sabemos que: + - = q Da lei e Coulomb: Com isso teremos: O campo elétrico epene a carga central, o meio em que está e a istância o ponto à carga central. Campo létrico e várias Cargas Puntiformes: Sejam n cargas puntiforme fixas,,..., n e um ponto P o espaço. O vetor campo elétrico resultante as iversas cargas é a soma vetorial os vetores campo elétrico,,..., n, que caa carga, iniviualmente, gera em P. = n xemplo : Determine a ireção, o sentio e a intensiae o vetor campo elétrico no ponto P a figura. O meio é o vácuo

9 Móulo III Clauia Regina Campos e Carvalho A P Resolução: Temos os seguintes aos: = 0-6 C m Logo: k = 9 0 = 0 = m = (9 0 ) 3 = 9 0 N / C 6 A ireção é a mesma a reta que une A e P e o sentio será a esquera para a ireita pois carga positiva gera um campo e afastamento. xemplo : Nos vértices B e C e um triângulo equilátero ABC, são colocaas as cargas + e, respectivamente, one =,0x0-6 C. Seno,0 m a meia o lao o triângulo, etermine a intensiae, a ireção e o sentio o vetor campo elétrico resultante em A. O meio é o vácuo A Resolução: m m A carga positiva (colocaa em B) cria em A um campo e afastamento e a carga negativa (colocaa em C), uma campo e aproximação. e têm a mesma intensiae, pois as cargas (iguais em móulo) eqüiistam e A. B m q C = = 9 (0 = (9 0 ) 6 ) = 3 = 9 0 N / C Seno o triângulo a figura equilátero, tem-se: - 9 -

10 Móulo III Clauia Regina Campos e Carvalho A = 9 0 N / C A ireção é horizontal e o sentio, a esquera para a ireita. Linhas e orça: As linhas e força (ou e campo) são linhas imaginárias, tangentes aos vetores campo elétrico em caa ponto o espaço sob influência elétrica e no mesmo sentio os vetores campo elétrico. Servem para visualizar melhor a atuação o campo elétrico. As linhas e força nascem as cargas positivas e morrem nas cargas negativas. No caso e termos uas cargas positivas e mesmo móulo, no ponto méio o segmento e reta que une as uas cargas, o campo elétrico é nulo. Campo létrico Uniforme: Um campo elétrico é ito uniforme se, em qualquer ponto ele, o vetor campo elétrico é o mesmo ( constante). Neste caso, as linhas e força são paralelas entre si e istanciaas igualmente

Módulo V Força e Campo Elétrico

Módulo V Força e Campo Elétrico Móulo V Clauia Regina Campos e Carvalho Móulo V orça e Campo létrico orça létrica: As interações, e atração ou e repulsão, entre corpos carregaos positiva ou negativamente são forças e natureza elétrica

Leia mais

EDITORIAL MODULO - WLADIMIR

EDITORIAL MODULO - WLADIMIR 1. Um os granes problemas ambientais ecorrentes o aumento a proução inustrial munial é o aumento a poluição atmosférica. A fumaça, resultante a queima e combustíveis fósseis como carvão ou óleo, carrega

Leia mais

Força Elétrica. 6,0 C, conforme descreve a figura (Obs.: Q 4 é negativo)

Força Elétrica. 6,0 C, conforme descreve a figura (Obs.: Q 4 é negativo) Força Elétrica 1. (Ueg 01) Duas partículas e massas m 1 e m estăo presas a uma haste retilínea que, por sua vez, está presa, a partir e seu ponto méio, a um fio inextensível, formano uma balança em equilíbrio.

Leia mais

FÍSICA II. Princípios da Eletrostática ASSUNTOS ABORDADOS. Eletrostática. Carga Elétrica e Estrutura Atômica. Quantização da Carga Elétrica.

FÍSICA II. Princípios da Eletrostática ASSUNTOS ABORDADOS. Eletrostática. Carga Elétrica e Estrutura Atômica. Quantização da Carga Elétrica. ÍSIA II Aula 1 Eletrostática clauios@pitagoras.com.br IÊNIA DA OMPUTAÇÃO ASSUNTOS ABORDADOS arga Elétrica e Estrutura Atômica uantização a arga Elétrica Princípios a Eletrostática onutores e Isolantes

Leia mais

Específica de Férias Prof. Walfredo

Específica de Férias Prof. Walfredo Específica e Férias Prof. Walfreo 01 Aluno(a): /07/01 1. (Unicamp 01) Em 01 foi comemorao o centenário a escoberta os raios cósmicos, que são partículas provenientes o espaço. a) Os neutrinos são partículas

Leia mais

Introdução à Eletricidade e Lei de Coulomb

Introdução à Eletricidade e Lei de Coulomb Introdução à Eletricidade e Lei de Coulomb Introdução à Eletricidade Eletricidade é uma palavra derivada do grego élektron, que significa âmbar. Resina vegetal fossilizada Ao ser atritado com um pedaço

Leia mais

Universidade Federal do Paraná Setor de Ciências Exatas Departamento de Física. Referências bibliográficas: H S T.

Universidade Federal do Paraná Setor de Ciências Exatas Departamento de Física. Referências bibliográficas: H S T. Universiae eeral o Paraná Setor e Ciências Eatas Departamento e ísica ísica III Prof. Dr. Ricaro Luiz Viana Referências bibliográficas: H. -4 S. -5 T. 18- Aula Lei e Coulomb Charles Augustin e Coulomb

Leia mais

ELETROSTÁTICA 214EE. Figura 1

ELETROSTÁTICA 214EE. Figura 1 1 T E O R I A 1. CARGA ELÉTRICA A carga elétrica é uma propriedade física inerente aos prótons e elétrons (os nêutrons não possuem esta propriedade) que confere a eles a capacidade de interação mútua.

Leia mais

SIMULADO. Física. 1 (Uespi-PI) 2 (Uespi-PI)

SIMULADO. Física. 1 (Uespi-PI) 2 (Uespi-PI) (Uespi-PI) (Uespi-PI) Três esferas metálicas, apoiaas em suportes isolantes, são colocaas próimas, como no esenho abaio, porém sem se tocarem. Um bastão carregao positivamente é aproimao a primeira esfera.

Leia mais

Problemas de eletricidade

Problemas de eletricidade Problemas de eletricidade 1 - Um corpo condutor está eletrizado positivamente. Podemos afirmar que: a) o número de elétrons é igual ao número de prótons. b) o número de elétrons é maior que o número de

Leia mais

ELETROSTÁTICA. Ramo da Física que estuda as cargas elétricas em repouso. www.ideiasnacaixa.com

ELETROSTÁTICA. Ramo da Física que estuda as cargas elétricas em repouso. www.ideiasnacaixa.com ELETROSTÁTICA Ramo da Física que estuda as cargas elétricas em repouso. www.ideiasnacaixa.com Quantidade de carga elétrica Q = n. e Q = quantidade de carga elétrica n = nº de elétrons ou de prótons e =

Leia mais

Aprimorando os Conhecimentos de Eletricidade Lista 2 Processos de Eletrização III - Força Elétrica I

Aprimorando os Conhecimentos de Eletricidade Lista 2 Processos de Eletrização III - Força Elétrica I Aprimorano os Conhecimentos e Eletriciae Lista Processos e Eletrização III - Força Elétrica I. (UFPA) Um corpo A, eletricamente positivo, eletriza um corpo B que inicialmente estava eletricamente neutro,

Leia mais

Um pouco de história. Um pouco de história. Um pouco de história. Um pouco de história CORPOS ELETRIZADOS E NEUTROS CARGA ELÉTRICA

Um pouco de história. Um pouco de história. Um pouco de história. Um pouco de história CORPOS ELETRIZADOS E NEUTROS CARGA ELÉTRICA Um pouco de história O conhecimento de eletricidade data de antes de Cristo ~ 600 a.c. Ambar, quando atritado, armazena eletricidade William Gilbert em 1600 conseguiu eletrizar muitas substâncias diferentes

Leia mais

Lista de Eletrostática da UFPE e UPE

Lista de Eletrostática da UFPE e UPE Lista de Eletrostática da UFPE e UPE 1. (Ufpe 1996) Duas pequenas esferas carregadas repelem-se mutuamente com uma força de 1 N quando separadas por 40 cm. Qual o valor em Newtons da força elétrica repulsiva

Leia mais

Prof. Rogério Porto. Assunto: Eletrostática

Prof. Rogério Porto. Assunto: Eletrostática Questões COVEST Física Elétrica Prof. Rogério Porto Assunto: Eletrostática 1. Duas esferas condutoras A e B possuem a mesma carga Q. Uma terceira esfera C, inicialmente descarregada e idêntica às esferas

Leia mais

Exercícios de Eletrização

Exercícios de Eletrização Exercícios de Eletrização 1-Um corpo inicialmente neutro recebe 10 milhões de elétrons. Este corpo adquire uma carga de: (e = 1,6. 10 19 C). a) 1,6. 10 12 C b) 1,6. 10 12 C c) 16. 10 10 C d) 16. 10 7 C

Leia mais

Resoluções dos testes propostos

Resoluções dos testes propostos os funamentos a física 3 Uniae Resoluções os testes propostos 1 T.1 Resposta: a viro e lã algoão e enxofre algoão e lã Trecho a série triboelétrica com os materiais aos: viro; lã; algoão; enxofre ortanto,

Leia mais

CONDENSADOR. Capacidade eléctrica O potencial eléctrico de um condutor esférico de raio R, e carga eléctrica Q:

CONDENSADOR. Capacidade eléctrica O potencial eléctrico de um condutor esférico de raio R, e carga eléctrica Q: CONDENSADOR Capaciae eléctrica O potencial eléctrico e um conutor esférico e raio R, e carga eléctrica : 1 4 R cont. 4 R te C A carga e o potencial são granezas irectamente proporcionais. C epene apenas

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE FÁTIMA ALUNO(A): Nº PROF.: André Harada

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE FÁTIMA ALUNO(A): Nº PROF.: André Harada COLÉGIO NOSSA SENHORA DE FÁTIMA ALUNO(A): Nº PROF.: André Harada DISCIPLINA: Física II SÉRIE: 2ª Ensino Médio TURMA: DATA: 1. (Uerj 2000) Duas partículas de cargas +4Q e -Q coulombs estão localizadas sobre

Leia mais

Por efeito da interação gravitacional, a partícula 2 exerce uma força F sobre a partícula 1 e a partícula 1 exerce uma força F sobre a partícula 2.

Por efeito da interação gravitacional, a partícula 2 exerce uma força F sobre a partícula 1 e a partícula 1 exerce uma força F sobre a partícula 2. Interação Gravitacional Vimos que a mola é esticaa quano um corpo é suspenso na sua extremiae livre. A força que estica a mola é e origem eletromagnética e tem móulo igual ao móulo o peso o corpo. O peso

Leia mais

TURMA: 3º ANO: Campo Elétrico

TURMA: 3º ANO: Campo Elétrico DISCIPLINA: FÍSICA SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR UNIDADE POLIVALENTE MODELO VASCO

Leia mais

FÍSICA 3ª Série LISTA DE EXERCÍCIOS/ELETROSTÁTICA Data: 20/03/07

FÍSICA 3ª Série LISTA DE EXERCÍCIOS/ELETROSTÁTICA Data: 20/03/07 1. O campo elétrico de uma carga puntiforme em repouso tem, nos pontos A e B, as direções e sentidos indicados pelas flechas na figura a seguir. O módulo do campo elétrico no ponto B vale 24V/m. O módulo

Leia mais

Lista de Eletrostática - Mackenzie

Lista de Eletrostática - Mackenzie Lista de Eletrostática - Mackenzie 1. (Mackenzie 1996) Uma esfera eletrizada com carga de + mc e massa 100 g é lançada horizontalmente com velocidade 4 m/s num campo elétrico vertical, orientado para cima

Leia mais

ELETROSTÁTICA 3ª SÉRIE

ELETROSTÁTICA 3ª SÉRIE ELETROSTÁTICA 3ª SÉRIE 1. (Pucrj 013) Duas cargas pontuais q1 3,0 μc e q 6,0 μc são colocadas a uma distância de 1,0 m entre si. Calcule a distância, em metros, entre a carga q 1 e a posição, situada entre

Leia mais

LISTA 3 - LEI DE COULOMB

LISTA 3 - LEI DE COULOMB LISTA 3 - LEI DE COULOMB 1. Duas cargas puntiformes eletrizadas estão fixadas a 3,0 mm uma da outra. Suas cargas elétricas são idênticas e iguais a 2,0 nc, positivas. Determine a intensidade da força eletrostática

Leia mais

Resoluções dos testes propostos

Resoluções dos testes propostos os funamentos a física 3 Uniae A Resoluções os testes propostos 1 T.56 Resposta: a I. Correta. A força elétrica tem a ireção o vetor campo elétrico, que é tangente à linha e força no ponto consierao. II.

Leia mais

Carga Elétrica e Eletrização dos Corpos

Carga Elétrica e Eletrização dos Corpos ELETROSTÁTICA Carga Elétrica e Eletrização dos Corpos Eletrostática Estuda os fenômenos relacionados às cargas elétricas em repouso. O átomo O núcleo é formado por: Prótons cargas elétricas positivas Nêutrons

Leia mais

RECUPERAÇÃO TURMAS: 2º ANO FÍSICA

RECUPERAÇÃO TURMAS: 2º ANO FÍSICA RECUPERAÇÃO TURMAS: 2º ANO Professor: XERXES DATA: 22 / 11 / 2015 RECUPERAÇÃO FINAL FORÇA ELÉTRICA (LEI DE COULOMB) FÍSICA Para todas as questões, considere a constante eletrostática no vácuo igual a 9.10

Leia mais

LISTA de ELETROSTÁTICA PROFESSOR ANDRÉ

LISTA de ELETROSTÁTICA PROFESSOR ANDRÉ LISTA e ELETROSTÁTICA PROFESSOR ANDRÉ 1. (Unicamp 013)Em 01 foi comemorao o centenário a escoberta os raios cósmicos, que são partículas provenientes o espaço. a) Os neutrinos são partículas que atingem

Leia mais

Aula 1- Distâncias Astronômicas

Aula 1- Distâncias Astronômicas Aula - Distâncias Astronômicas Área 2, Aula Alexei Machao Müller, Maria e Fátima Oliveira Saraiva & Kepler e Souza Oliveira Filho Ilustração e uma meição e istância a Terra (à ireita) à Lua (à esquera),

Leia mais

1 P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r w w w. f u t u r o m i l i t a r. c o m. b r

1 P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r w w w. f u t u r o m i l i t a r. c o m. b r Exercícios Potencial Elétrico 01. O gráfico que melhor descreve a relação entre potencial elétrico V, originado por uma carga elétrica Q < 0, e a distância d de um ponto qualquer à carga, é: 05. Duas cargas

Leia mais

Capacitores. Figura 7.1

Capacitores. Figura 7.1 Capítulo 7 Capacitores 7.1 Introução Capacitor é um ispositivo que armazena energia potencial. Capacitores variam em forma e tamanho, mas a configuração básica consiste e ois conutores e cargas opostas.

Leia mais

CADERNO DE QUESTÕES (2) 2 ANO 40 questões

CADERNO DE QUESTÕES (2) 2 ANO 40 questões DATA: 04 / 04 / 016 PARTE 1: CAMPO EÉTRICO CADERNO DE UESTÕES () ANO 40 questões FÍSICA Professor: XERXES 01) (FAC. SANTA MARCEINA/14) Duas cargas puntiformes negativas, A e B, estão fixaas a certa istância

Leia mais

AULA 3 FORÇA ELÉTRICA. O conceito de força é a capacidade de provocar a mudança de intensidade, direção e sentido da velocidade.

AULA 3 FORÇA ELÉTRICA. O conceito de força é a capacidade de provocar a mudança de intensidade, direção e sentido da velocidade. AULA 3 FORÇA ELÉTRICA O conceito de força é a capacidade de provocar a mudança de intensidade, direção e sentido da velocidade. - Um objeto em repouso (v= 0) entra em movimento, mediante a aplicação de

Leia mais

Parte V ANÁLISE DIMENSIONAL

Parte V ANÁLISE DIMENSIONAL 78 PARTE V ANÁISE DIMENSIONA Parte V ANÁISE DIMENSIONA [R] [p] [V] [n] [τ] l 3 θ [R] θ Resposta: [R] θ Uma as principais equações a Mecânica quântica permite calcular a energia E associaa a um fóton e

Leia mais

RESUMO DE ELETRICIDADE

RESUMO DE ELETRICIDADE FÍSIA OFSSO DA TMA: WLADIMI SMO D LTIIDAD LI D OLOM AGAS LÉTIAS DO MSMO SINAL - LM-S AGAS LÉTIAS D SINAIS ONTÁIOS ATAM-S Intensiae a força eletrostática K é a constante eletrostática. F K. AMO LÉTIO orpo

Leia mais

Primeira lista de física para o segundo ano 1)

Primeira lista de física para o segundo ano 1) Primeira lista de física para o segundo ano 1) Dois espelhos planos verticais formam um ângulo de 120º, conforme a figura. Um observador está no ponto A. Quantas imagens de si mesmo ele verá? a) 4 b) 2

Leia mais

RESUMO 2 - FÍSICA III

RESUMO 2 - FÍSICA III RESUMO 2 - FÍSICA III CAMPO ELÉTRICO Assim como a Terra tem um campo gravitacional, uma carga Q também tem um campo que pode influenciar as cargas de prova q nele colocadas. E usando esta analogia, podemos

Leia mais

c) diretamente proporcional ao quadrado da distância entre as partículas. d) diretamente proporcional à distância entre as partículas.

c) diretamente proporcional ao quadrado da distância entre as partículas. d) diretamente proporcional à distância entre as partículas. LISTA 0 ELETOSTÁTICA POFESSO MÁCIO 01 - (UFJ ) Três cargas q 1, q e q 3 ocupam três vértices de um quadrado, como mostra a figura a seguir. Sabendo que q 1 e q têm o mesmo módulo e que a força que q 1

Leia mais

O trabalho realizado pela força elétrica corresponde a energia recebida pelo elétron. 15 4

O trabalho realizado pela força elétrica corresponde a energia recebida pelo elétron. 15 4 Aprimorano os Conhecimentos e Eletriciae ista 4 Potencial Elétrico Energia Potencial Elétrica Euilíbrio Elétrico os Conutores Prof.: Célio Normano. (.C.SA-BA) Num tubo e TV, os elétrons são aceleraos em

Leia mais

Física Fascículo 07 Eliana S. de Souza Braga

Física Fascículo 07 Eliana S. de Souza Braga Física Fascículo 7 Eliana S e Souza raga Ínice Eletrostática Resumo Teórico 1 Eercícios Gabarito4 Eletrostática Resumo Teórico Força eletrostática lei e oulomb F K Q = Q 1 Vácuo: 1 K K = = 9 1 N m 4 πε

Leia mais

ESPELHO PLANO C centro de curvatura V vértice do espelho R raio de curvatura

ESPELHO PLANO C centro de curvatura V vértice do espelho R raio de curvatura Óptica Princípios a Óptica Geométrica ) Princípio a propagação retilínea a luz: nos meios homogêneos e transparentes a luz se propaga em linha reta. Natureza e Velociae a Luz A luz apresenta comportamento

Leia mais

Noções de Eletrostática. tica. Prof. Ernesto F. F. Ramírez

Noções de Eletrostática. tica. Prof. Ernesto F. F. Ramírez Noções de Eletrostática tica Prof. Ernesto Sumário 1. Introdução - Histórico 2. Modelo atômico 3. Eletrização 4. Carga, força a e campo elétrico 5. Distribuição das cargas elétricas... 6. Exercícios cios

Leia mais

(www.inpe.br/webelat/homepage/menu/el.atm/perguntas.e.respostas.php. Acesso em: 30.10.2012.)

(www.inpe.br/webelat/homepage/menu/el.atm/perguntas.e.respostas.php. Acesso em: 30.10.2012.) 1. (G1 - ifsp 2013) Raios são descargas elétricas de grande intensidade que conectam as nuvens de tempestade na atmosfera e o solo. A intensidade típica de um raio é de 30 mil amperes, cerca de mil vezes

Leia mais

DIFERENÇA DE POTENCIAL. d figura 1

DIFERENÇA DE POTENCIAL. d figura 1 DIFERENÇ DE POTENCIL 1. Trabalho realizao por uma força. Consieremos uma força ue atua sobre um objeto em repouso sobre uma superfície horizontal como mostrao na figura 1. kx Esta força esloca o objeto

Leia mais

Resoluções dos testes propostos

Resoluções dos testes propostos os funamentos a física Uniae A Capítulo Campo elétrico Resoluções os testes propostos 1 T.5 Resposta: Daos: F e 10 N; q 50 mc 50 10 C A carga q é negativa. ntão a força elétrica F e e o vetor campo elétrico

Leia mais

III Corpos rígidos e sistemas equivalentes de forças

III Corpos rígidos e sistemas equivalentes de forças III Corpos rígios e sistemas equivalentes e forças Nem sempre é possível consierar toos os corpos como partículas. Em muitos casos, as imensões os corpos influenciam os resultaos e everão ser tias em conta.

Leia mais

Força elétrica e campo elétrico Prof. Caio

Força elétrica e campo elétrico Prof. Caio 1. (Fuvest) Os centros e quatro esferas iênticas, I, II, III e IV, com istribuições uniformes e carga, formam um quarao. Um feixe e elétrons penetra na região elimitaa por esse quarao, pelo ponto equiistante

Leia mais

Eletricidade Aula 1. Profª Heloise Assis Fazzolari

Eletricidade Aula 1. Profª Heloise Assis Fazzolari Eletricidade Aula 1 Profª Heloise Assis Fazzolari História da Eletricidade Vídeo 2 A eletricidade estática foi descoberta em 600 A.C. com Tales de Mileto através de alguns materiais que eram atraídos entre

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA ELETRIZAÇÃO. Eletricidade

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA ELETRIZAÇÃO. Eletricidade UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA ELETRIZAÇÃO Eletricidade ELETROSTÁTICA Carga elétrica Força elétrica Campo elétrico Trabalho e potencial elétrico Capacitância eletrostática ELETRODINÂMICA Corrente

Leia mais

Resoluções dos exercícios propostos

Resoluções dos exercícios propostos os funamentos a física 3 Uniae A Capítulo Campo elétrico Resoluções os exercícios propostos.3 Daos: q 0 C; 0 N (vertical, escenente); a) Intensiae: 0 q 0 07 N/C Direção: vertical (a mesma e ) Sentio: escenente

Leia mais

Lei de Coulomb. Charles Augustin de Coulomb

Lei de Coulomb. Charles Augustin de Coulomb Lei de Coulomb Charles Augustin de Coulomb A Lei de Coulomb foi descoberta pelo físico francês Charles Augustin de Coulomb, trata do princípio fundamental da eletricidade. Em particular, diz-nos que o

Leia mais

POTENCIAL ELÉTRICO E FORÇA ELÉTRICA

POTENCIAL ELÉTRICO E FORÇA ELÉTRICA POTENCIAL ELÉTRICO E FORÇA ELÉTRICA 1. No movimento de A para B (figura) ao longo de uma linha de campo elétrico, o campo realiza 3,94 x 10-19 J de trabalho sobre um elétron. Quais são as diferenças de

Leia mais

Física C Semiextensivo V. 1

Física C Semiextensivo V. 1 ísica C Semiextensivo V 1 xercícios 01) Veraeira Veraeira Veraeira N o e prótons N o e elétrons Veraeira alsa ornecer elétrons Veraeira alsa ossui, porém, a mesma quantiae e cargas positivas e negativas

Leia mais

Exercícios Segunda Lei OHM

Exercícios Segunda Lei OHM Prof. Fernano Buglia Exercícios Seguna Lei OHM. (Ufpr) Um engenheiro eletricista, ao projetar a instalação elétrica e uma eificação, eve levar em conta vários fatores, e moo a garantir principalmente a

Leia mais

c a) Atração; 0,2 N. 4. A tabela a seguir mostra a série triboelétrica.

c a) Atração; 0,2 N. 4. A tabela a seguir mostra a série triboelétrica. 1. Duas cargas são colocaas em uma região one há interação elétrica entre elas. Quano separaas por uma istância, a força e interação elétrica entre elas tem móulo igual a F. Triplicano-se a istância entre

Leia mais

SOLENÓIDE E INDUTÂNCIA

SOLENÓIDE E INDUTÂNCIA EETROMAGNETSMO 105 1 SOENÓDE E NDUTÂNCA 1.1 - O SOENÓDE Campos magnéticos prouzios por simples conutores ou por uma única espira são bastante fracos para efeitos práticos. Assim, uma forma e se conseguir

Leia mais

Apostila 3 Capítulo 11. Página 289. Eletrostática

Apostila 3 Capítulo 11. Página 289. Eletrostática Apostila 3 Capítulo 11 Página 289 Eletrostática Gnomo Breve História Otto von Guericke (1602 1686) Máquina eletrostática: constituída por uma esfera de enxofre com um eixo ligado a uma manivela. Girando

Leia mais

TD DE FÍSICA 2 Resolucões das Questões de Potencial elétrico e Trabalho da Força Elétrica PROF.: João Vitor

TD DE FÍSICA 2 Resolucões das Questões de Potencial elétrico e Trabalho da Força Elétrica PROF.: João Vitor TD DE ÍSICA 2 esolucões as Questões e Potencial elétrico e Trabalho a orça Elétrica PO.: João Vitor esposta a questão 1: [I] Correta. Se não fosse uma superfície equipotencial, haveria movimento e cargas,

Leia mais

8 C. Determine a força de repulsão que aparecerá entre eles, se. 3 A. Qual o intervalo de tempo necessário para que uma

8 C. Determine a força de repulsão que aparecerá entre eles, se. 3 A. Qual o intervalo de tempo necessário para que uma CURSO DE FÍSICA MARCÃO ASSUNTOS: MOVIMENTO UNIFORME MOVIMENTO UNIFORMEMENTE VARIADO MOVIMENTO VERTICAL Trabalho da força elétrica Potencial elétrico Corrente elétrica PARTE 1 01. (PUC-RS) - Pontifícia

Leia mais

Interbits SuperPro Web

Interbits SuperPro Web 1. (Upe 2013) Considere a Terra como uma esfera condutora, carregada uniformemente, cuja carga total é 6,0 μ C, e a distância entre o centro da Terra e um ponto P na superfície da Lua é de aproximadamente

Leia mais

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 3 o ano Disciplina: Física Eletrostática. Pré Universitário Uni-Anhanguera 01 - (MACK SP)

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 3 o ano Disciplina: Física Eletrostática. Pré Universitário Uni-Anhanguera 01 - (MACK SP) Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 3 o ano Disciplina: Física Eletrostática 01 - (MACK SP) Fixam-se as cargas puntiformes q 1 e q 2, de

Leia mais

ELETROSTÁTICA: EXERCÍCIOS

ELETROSTÁTICA: EXERCÍCIOS ELETROSTÁTICA: EXERCÍCIOS 1. (Uerj) Duas partículas de cargas +4Q e -Q coulombs estão localizadas sobre uma linha, dividida em três regiões I, II e III, conforme a figura abaixo. Observe que as distâncias

Leia mais

IBM1018 Física Básica II FFCLRP USP Prof. Antônio Roque Aula 3

IBM1018 Física Básica II FFCLRP USP Prof. Antônio Roque Aula 3 Linhas de Força Mencionamos na aula passada que o físico inglês Michael Faraday (79-867) introduziu o conceito de linha de força para visualizar a interação elétrica entre duas cargas. Para Faraday, as

Leia mais

Considerando que = 9,0

Considerando que = 9,0 LISTA 4 POTENIAL ELÉTRIO 01 - (FEPES DF) onsidere uma carga puntiforme positiva q fixa num ponto do espaço. Verifica-se que o campo elétrico em um ponto P 1, a uma distância R dessa carga, tem módulo E

Leia mais

ONDULATÓRIA - EXERCÍCIOS E TESTES DE VESTIBULARES

ONDULATÓRIA - EXERCÍCIOS E TESTES DE VESTIBULARES ONDULATÓRIA - EXERCÍCIOS E TESTES DE VESTIBULARES 1. (FELA - 96) Uma ona é estaelecia numa cora, fazeno-se o ponto A oscilar com uma freqüência igual a 1 x 103 Hertz, conforme a figur Consiere as afirmativas:

Leia mais

Circuitos de Corrente Contínua

Circuitos de Corrente Contínua Circuitos de Corrente Contínua Conceitos básicos de eletricidade Fundamentos de Eletrostática Potencial, Diferença de Potencial, Corrente Tipos de Materiais Circuito Elétrico Resistores 1 Circuitos de

Leia mais

FÍSICA Professor: João Macedo

FÍSICA Professor: João Macedo FÍSICA Professor: João Maceo Aluno(a): 0 08/08/014 01. Duas esferas metálicas iguais, A e B, estão carregaas com cargas QA = + 76μC e QB = + 8μC, respectivamente. Inicialmente, a esfera A é conectaa momentaneamente

Leia mais

Observa-se ainda que, para pequenos giros, os pontos de uma seção transversal não sofrem deslocamento na direção longitudinal.

Observa-se ainda que, para pequenos giros, os pontos de uma seção transversal não sofrem deslocamento na direção longitudinal. Universiae Feeral e Alagoas Centro e ecnologia Curso e Engenharia Civil Disciplina: Mecânica os Sólios Cóigo: ECIV030 Professor: Euaro Nobre ages orção em Barras e Seção ransversal Circular Cheia ou Vazaa

Leia mais

Valores eternos. MATÉRIA PROFESSOR(A) ---- ----

Valores eternos. MATÉRIA PROFESSOR(A) ---- ---- Valores eternos. TD Recuperação ALUNO(A) MATÉRIA Física I PROFESSOR(A) Raphael ANO SEMESTRE DATA 2º 1º Julho/2013 TOTAL DE ESCORES ESCORES OBTIDOS ---- ---- 1. Em um determinado local do espaço, existe

Leia mais

Leis de Newton. 1.1 Sistemas de inércia

Leis de Newton. 1.1 Sistemas de inércia Capítulo Leis e Newton. Sistemas e inércia Supomos a existência e sistemas e referência, os sistemas e inércia, nos quais as leis e Newton são válias. Um sistema e inércia é um sistema em relação ao qual

Leia mais

2 a. Apostila de Gravitação A Gravitação Universal

2 a. Apostila de Gravitação A Gravitação Universal a. Apostila e Gravitação A Gravitação Universal Da época e Kepler até Newton houve um grane avanço no pensamento científico. As inagações os cientistas ingleses giravam em torno a questão: Que espécie

Leia mais

FUVEST Prova A 10/janeiro/2012

FUVEST Prova A 10/janeiro/2012 Seu Pé Direito nas Melhores Faculaes FUVEST Prova A 10/janeiro/2012 física 01. A energia que um atleta gasta poe ser eterminaa pelo volume e oxigênio por ele consumio na respiração. Abaixo está apresentao

Leia mais

AS RESPOSTAS ESTÃO NO FINAL DOS EXERCÍCIOS.

AS RESPOSTAS ESTÃO NO FINAL DOS EXERCÍCIOS. AS RESPOSTAS ESTÃO NO INAL DOS EXERÍIOS. 1. Atrita-se uma barra e viro com um pano e lã, inicialmente neutros, e faz-se a lã entrar em contato com uma bolinha e cortiça, também inicialmente neutra, suspensa

Leia mais

F q. Vetor campo elétrico O campo elétrico pode ser representado, em cada ponto do espaço por um vetor, usualmente simbolizado por E.

F q. Vetor campo elétrico O campo elétrico pode ser representado, em cada ponto do espaço por um vetor, usualmente simbolizado por E. CAMPO ELÉTRICO É a região do espaço que foi modificada pela presença de uma carga elétrica, ou seja, a região do espaço que a carga exerce influência. De maneira, prática o campo elétrico é a região em

Leia mais

CARGA ELÉTRICA E LEI DE COULOMB

CARGA ELÉTRICA E LEI DE COULOMB NOTA DE AULA PROF. JOSÉ GOMES RIBEIRO FILHO CARGA ELÉTRICA E LEI DE COULOMB 1. INTRODUÇÃO Quando você arrasta os sapatos ao caminhar sobre um carpete e depois segura uma maçaneta metálica, pode sentir

Leia mais

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DE CURITIBA DISCIPLINA: FÍSICA - Professor: Ronald Wykrota (wykrota@uol.com.br) AULAS 82, 83 e 84

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DE CURITIBA DISCIPLINA: FÍSICA - Professor: Ronald Wykrota (wykrota@uol.com.br) AULAS 82, 83 e 84 DISCIPLINA: FÍSICA - Professor: Ronald Wykrota (wykrota@uol.com.br) AULAS 82, 83 e 84 ELETRICIDADE: É a parte da Física que estuda os fenômenos que ocorrem com as Cargas Elétricas. É dividida didaticamente

Leia mais

Interbits SuperPro Web

Interbits SuperPro Web 1. (Upf 014) Durante uma experiência em um laboratório e física, um balão (esses usaos em festas e aniversário) cheio e ar, e massa total m = 1 g, carregao eletricamente com uma carga q negativa, flutua

Leia mais

Valores eternos. MATÉRIA. PROFESSOR(A) Hermann ---- ---- 1. Para a associação da figura, a resistência equivalente entre os terminais A e B é igual a:

Valores eternos. MATÉRIA. PROFESSOR(A) Hermann ---- ---- 1. Para a associação da figura, a resistência equivalente entre os terminais A e B é igual a: Valores eternos. TD Recuperação ALUNO(A) MATÉRIA Física III PROFESSOR(A) Hermann ANO SEMESTRE DATA 3º 1º Julho/2013 TOTAL DE ESCORES ESCORES OBTIDOS ---- ---- 1. Para a associação da figura, a resistência

Leia mais

FÍSICA. a) 0,77 s b) 1,3 s c) 13 s d) 77 s e) 1300 s Resolução V = t = 3,9. 10 8 3,0. 10 8. t = t = 1,3 s

FÍSICA. a) 0,77 s b) 1,3 s c) 13 s d) 77 s e) 1300 s Resolução V = t = 3,9. 10 8 3,0. 10 8. t = t = 1,3 s 46 b FÍSICA A istância méia a Terra à Lua é 3,9.10 8 m. Seno a velociae a luz no vácuo igual a 3,0.10 5 km/s, o tempo méio gasto por ela para percorrer essa istância é e: a) 0,77 s b) 1,3 s c) 13 s ) 77

Leia mais

que Q = 10-6 C e d = 0,3m. O meio é o vácuo. É 9.10 9 2

que Q = 10-6 C e d = 0,3m. O meio é o vácuo. É 9.10 9 2 FÍSI - ELETRIIDDE - TRLH E PTENIL S RESPSTS ESTÃ N FINL DS EXERÍIS. 1. Uma carga elétrica puntiforme = 1µ é transportaa e um ponto até um ponto e um nos casos a e b inicaos. mita, em caa caso, 6. Determine

Leia mais

A busca constantes da qualidade e a preocupação com o atendimento ao cliente estão presentes nas ações do SENAI.

A busca constantes da qualidade e a preocupação com o atendimento ao cliente estão presentes nas ações do SENAI. Sumário Introdução 5 Tensão elétrica 6 Eletrização de um corpo 6 Eletrização por atrito 8 Atração e repulsão entre cargas elétricas 9 Potencial elétrico 10 Relação entre desequilíbrio e potencial elétrico

Leia mais

ELETROSTÁTICA. Modificações por: Maurício Ruv Lemes (Doutor em Ciência pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA)

ELETROSTÁTICA. Modificações por: Maurício Ruv Lemes (Doutor em Ciência pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA) ELETROSTÁTICA Modificações por: Maurício Ruv Lemes (Doutor em Ciência pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA) 1 ELETRICIDADE PEQUENO HISTÓRICO(*) A seguir colocamos em ordem cronológica alguns

Leia mais

Interbits SuperPro Web

Interbits SuperPro Web 1. (Enem 013) A Lei a Gravitação Universal, e Isaac Newton, estabelece a intensiae a força e atração entre uas massas. Ela é representaa pela expressão: F G m m = 1 one m 1 e m corresponem às massas os

Leia mais

IBM1018 Física Básica II FFCLRP USP Prof. Antônio Roque Aula 1

IBM1018 Física Básica II FFCLRP USP Prof. Antônio Roque Aula 1 Carga elétrica e lei de Coulomb Um pouco de história 1 Desde a Grécia antiga já se sabia que o âmbar 2, depois de atritado com peles de animais, adquire a propriedade de atrair objetos leves colocados

Leia mais

FORÇA MAGNÉTICA. Força magnética sobre cargas em um campo magnético uniforme

FORÇA MAGNÉTICA. Força magnética sobre cargas em um campo magnético uniforme FORÇA MAGNÉTICA Força magnética sobre cargas em um campo magnético uniforme Em eletrostática vimos que quando uma carga penetra em uma região onde existe um campo elétrico, fica sujeita a ação de uma força

Leia mais

RESOLUÇÃO ATIVIDADE ESPECIAL

RESOLUÇÃO ATIVIDADE ESPECIAL RESOLUÇÃO ATIVIDADE ESPECIAL Física Prof. Rawlinson SOLUÇÃO AE. 1 Através a figura, observa-se que a relação entre os períoos as coras A, B e C: TC TB T A = = E a relação entre as frequências: f =. f =

Leia mais

Parte I ELETROSTÁTICA

Parte I ELETROSTÁTICA Tópico 1 argas elétricas 1 arte I EETROSTÁTI Tópico 1 1 E.R. Determine o número e elétrons ue everá ser fornecio a um conutor metálico, inicialmente neutro, para ue f iue eletrizao com carga elétrica igual

Leia mais

TD DE FÍSICA 2 Questões de Potencial elétrico e Trabalho da Força Elétrica PROF.: João Vitor

TD DE FÍSICA 2 Questões de Potencial elétrico e Trabalho da Força Elétrica PROF.: João Vitor 1. (Ita) Considere as afirmações a seguir: I. Em equilíbrio eletrostático, uma superfície metálica é equipotencial. II. Um objeto eletrostaticamente carregado induz uma carga uniformemente distribuída

Leia mais

Atividades de Aprimoramento Física 2ª série do Ensino Médio (MODELO ENEM)

Atividades de Aprimoramento Física 2ª série do Ensino Médio (MODELO ENEM) Atividades de Aprimoramento Física 2ª série do Ensino Médio 01 - (G1 - ifce) Três esferas metálicas idênticas, A, B e C, se encontram isoladas e bem afastadas uma das outras. A esfera A possui carga Q

Leia mais

QUESTÕES CORRIGIDAS PROFESSOR Rodrigo Penna QUESTÕES CORRIGIDAS GRAVITAÇÃO ÍNDICE. Leis de Kepler

QUESTÕES CORRIGIDAS PROFESSOR Rodrigo Penna QUESTÕES CORRIGIDAS GRAVITAÇÃO ÍNDICE. Leis de Kepler QUESÕES CORRIGIDAS PROFESSOR Rorigo Penna QUESÕES CORRIGIDAS GRAVIAÇÃO 1 ÍNDICE LEIS DE KEPLER 1 GRAVIAÇÃO DE NEWON 4 Leis e Kepler 1. (UERJ/000) A figura ilustra o movimento e um planeta em torno o sol.

Leia mais

LISTÃO DE MAGNETISMO PARA REVISÃO

LISTÃO DE MAGNETISMO PARA REVISÃO LISTÃO DE MAGNETISMO PARA REVISÃO 1. Favip-PE Considerando as propriedades dos ímãs, assinale a alternativa correta. a) Quando temos dois ímãs, podemos afirmarque seus pólos magnéticos de mesmo nome (norte

Leia mais

Aula 13 Eletrostática Vestibulares de SP

Aula 13 Eletrostática Vestibulares de SP 1. (Pucsp 2010) Considere quatro esferas metálicas idênticas, separadas e apoiadas em suportes isolantes. Inicialmente as esferas apresentam as seguintes cargas: Q A = Q, Q B = Q/2, Q C = 0 (neutra) e

Leia mais

AVALIAÇÃO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE FÍSICA 1º/2012. QUESTÃO 1 Valor: 1,0 ponto Nota obtida nesta questão:

AVALIAÇÃO DE RECUPERAÇÃO SEMESTRAL DE FÍSICA 1º/2012. QUESTÃO 1 Valor: 1,0 ponto Nota obtida nesta questão: EDUCAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO EDUSESC Área Especial 2/3 Lote B Norte Taguatinga DF Proessores: Demetrius Leão (Fís.1) e Diones Charles (Fís. 2) Ano Letivo: 2012 Segmento: Ensino Méio Disciplina:

Leia mais

Exercícios 3. P 1 3 cm O Q

Exercícios 3. P 1 3 cm O Q Eercícios 3 1) um ponto e um cmpo elétrico, o vetor cmpo elétrico tem ireção horizontl, sentio ireit pr esquer e intensie 10 5 /C. Coloc-se, nesse ponto, um crg puntiforme e -2C. Determine intensie, ireção

Leia mais

10 DIMENSIONAMENTO DE SECÇÕES RETANGULARES COM ARMADURA DUPLA

10 DIMENSIONAMENTO DE SECÇÕES RETANGULARES COM ARMADURA DUPLA 10 DIMENSIONAMENTO DE SECÇÕES RETANGULARES COM ARMADURA DUPLA 10.1 INTRODUÇÃO A armaura posicionaa na região comprimia e uma viga poe ser imensionaa a fim e se reuzir a altura e uma viga, caso seja necessário.

Leia mais

UNIFEI-Campus Itabira Eletromagnetismo Lista de Exercicios #1

UNIFEI-Campus Itabira Eletromagnetismo Lista de Exercicios #1 UNIFEICampus Itabira Eletromagnetismo Lista e Eercicios #1 ** rof. Dr. Miguel Tafur ** Livro e referencia: Física III: Eletromagnetismo. R. Resnick e D. Halliay 1 Carga Elétrica e Lei e Coulomb Questão

Leia mais

Aprimorando os Conhecimentos de Eletricidade Lista 1 Processos de Eletrização I e II Prof.: Célio Normando

Aprimorando os Conhecimentos de Eletricidade Lista 1 Processos de Eletrização I e II Prof.: Célio Normando primorando os onhecimentos de Eletricidade Lista 1 Processos de Eletrização I e II Prof.: élio Normando 1) (U.F. Lavras-MG) No modelo atômico atual, o nêutron tem a composição (u, d, d), no qual (u) representa

Leia mais

Exercícios sobre Força de Coulomb

Exercícios sobre Força de Coulomb Exercícios sobre Força de Coulomb 1-Duas cargas elétricas iguais de 2 10 6 C se repelem no vácuo com uma força de 0,1 N. Sabendo que a constante elétrica do vácuo é de 9 10 9 N m 2 /C 2, qual a distância

Leia mais

Q 4 10. e 1,6 10. A partícula (eletrizada positivamente) perdeu 2,5 10 4 elétrons. Resposta: B

Q 4 10. e 1,6 10. A partícula (eletrizada positivamente) perdeu 2,5 10 4 elétrons. Resposta: B 01 15 Q 4 10 n = n = n = 2,5 10 19 e 1,6 10 4 A partícula (eletrizada positivamente) perdeu 2,5 10 4 elétrons. Resposta: B 1 02 Sendo e o módulo da carga do elétron, temos: 2 1 u = e e d = e 3 3 A carga

Leia mais