Nova York segue dentro do atual canal lateral. Margem de ganho mensal supera 8%

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Nova York segue dentro do atual canal lateral. Margem de ganho mensal supera 8%"

Transcrição

1 Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Nº 519 Ano XVI 05/maio/2014 Nova York segue dentro do atual canal lateral. Margem de ganho mensal supera 8% Nos mercados futuros internacionais, a última semana de abril foi marcada por oscilações moderadas, respeitando o canal lateral existente entre o suporte de US$/ cents 17,30 e a resistência de US$/cents 18,00 em Nova York. A maioria dos agentes de mercado tem aproveitado este canal lateral que possui uma considerável amplitude de oscilação de 4% a cada quinze dias. Essa frequência relativamente alta de fechamento de cada ciclo de 4% proporciona ganhos mensais acumulados de 8,16%. O que realmente torna atraente este canal é a possibilidade de uma execução tranquila e confortável de swing trade a partir do nível de confiabilidade do suporte e da resistência no curto prazo. A resistência tem sido demarcada por uma linha natural de preços, definida como "natural" ao nível de US$/18,00. Lembrando que números inteiros são mais facilmente escolhidos no momento de configuração dos stops de venda, como é o caso dos atuais US$/cents 18,00. Pelo lado do suporte, o preço de US$/cents 17,30 encontra um elevado nível de força e respeitabilidade devido a indicação feita pela linha de 61,80% de Fibonacci. Além dela, 61,80% de Fibonacci conseguiu catalisar outros indicadores móveis para a sua proximidade, fortalecendo ainda mais a região como ponto de ativação de stops de compra. Estas linhas que oscilam ao redor da faixa GESTÃO ESTRATÉGICA NA COMERCIALIZAÇÃO DE AÇÚCAR E ETANOL 31 de Julho de Ribeirão Preto, SP Inscreva-se já! Vagas limitadas Inscrições on-line: - por via fone: por fax:

2 Nº 519 Ano XVI 05/maio/2014 semana a estabilidade das cotações observadas tanto em Londres quanto em Nova York continuava válida. Apenas tomando como ponto de partida a estratégia de swing trade explicada anteriormente, era perceptível que claramente Julho/14 em Nova York vinha apresentando um ótimo ponto de entrada ao redor do suporte de US$/ cents 17,50. Via-se claramente que Julho/14 estava muito próximo da base do canal lateral em vigor desde o dia 1º de abril limitado pelo suporte de US$/ cents 17,30 e pela resistência de US$/ cents 18,00. Como falamos anteriormente, a estratégia de swing de 61,80% de Fibonacci são a Média Móvel Exponencial de 100 dias (MME-100) em US$/cents 17,37, a MME-40 em US$/cents 17,56, a MME-9 em US$/cents 17,67 assim como as Bandas de Bollinger na sua linha inferior e média em US$/ cents 17,30 e US$/cents 17,66. De maneira bem geral, esta modalidade de swing trade tende a continuar válida e segura enquanto as Bandas de Bollinger não demonstrarem estreitamento ou distanciamento acentuado. Enquanto elas estiverem oscilando paralelamente haverá a indicação de que a linha de preço tende a se manter neste canal lateral o qual tem proporcionado estes lucros relativamente fáceis para quem consegue aproveitar os melhores momentos de entrada e saída das negociações. Ainda durante o início da trade que consiste em entrar comprado no suporte e programar a ordem de venda na resistência se mostrava em seu ponto inicial. A linha de preço de Julho/14 estava assumindo um viés negativo de curtíssimo prazo em direção ao ponto de entrada desta estratégia de curto prazo. Até mesmo o teste de sua Média Móvel Exponencial de 100 dias (MME-100) em US$/cents 17,36 durante as mínimas do intraday gerou uma forte onda de ativação de stops de compra a qual fez com que a linha de preço se recuperasse rapidamente deste ponto. Isto era um claro sinal de que o mercado estava ansioso para embolsar este spread de 4,05% que existe entre o suporte e a resistência altamente respeitadas deste canal. O fato de temos um suporte indicado pela linha de 61,80% Açucar e Etanol é um boletim Semanal especializado de Safras & Mercado. Editor Responsável: Dylan Della Pasqua Diagramação Carlos Soares Endereço: Av. Independencia,1299 Sala 403 4º andar CEP Porto Alegre RS Telefones: 0(XX) FAX 0(XX) Todos os direitos reservados. Reprodução proibida, exceto mediante permissão por escrito e citada a fonte. Circulação reservada e exclusiva para assinantes.

3 Nº 519 Ano XVI 05/maio/2014 de Fibonacci que acaba envolvendo outras médias móveis ao seu redor junto a uma resistência estipulada a um nível natural de preços, como é o caso da linha de US$/cents 18,00, faz com que o mercado assuma um elevado nível de previsibilidade que está diretamente ligada a segurança da operação. Como o ciclo de entrada no suporte e saída na resistência tem demorado ao redor de seis a sete pregões, sendo que o tempo de espera da nova entrada no suporte tem demorado outros cinco pregões, podemos indicar que a cada quinze dias é obtida uma rentabilidade de 4%. No acumulado do mês é possível alcançar a rentabilidade média de 8%, caso os melhores pontos de entrada e saída seja alcançados. Estes 8% ao mês são um excelente nível de rentabilidade até mesmo para os padrões elevados da renda variável. Do outro lado do Atlântico, na Bolsa de Londres, as negociações envolvendo o contrato Agosto/14 também passam por uma onda de estabilidade limitada por um canal lateral. Diferentemente de Nova York, a amplitude de oscilação entre o suporte e a resistência de Londres é bem menor, na faixa dos 2%. Mesmo assim algumas semelhanças ainda são vistas, como o suporte central estabelecido pela linha de 61,80% de Fibonacci que marca o preço de US$/ton 466,73. Esta linha também centraliza as oscilações de outros indicadores móveis como a MME-100 em US$/ton 469,00, a MME-40 em US$/ton 471,10 e a MME-9 em US$/ton 473,20. Além disto, as Bandas de Bollinger continuam indicando tanto em Londres quanto em Nova York, a manutenção deste canal lateral. Em Londres elas marcam US$/ton 482,60 para o limite superior, enquanto os limites inferiores e médios apontam para US$/ton 460,80 e US$/ton 471,70 respectivamente. De modo geral, apesar do canal lateral que limita as oscilações, os ganhos podem ser gradualmente garantidos no decorrer dos

4 Nº 519 Ano XVI 05/maio/2014 próximos meses. Tomando como base que 8% passa longe de um nível de rentabilidade desprezível ao mês, Nova York oferece uma ótima chance de acumular uma elevação gradual de capital até julho, quando os efeitos do El Niño se mostraram mais visíveis, fazendo com que alinha de preço assuma uma postura mais altista do que este canal lateral. Mercado físico ainda limitado pela resistência de R$ 52,00 a saca No mercado físico de açúcar última semana de abril foi encerrada com preços estáveis nas negociações de produto de menor coloração. A faixa de oscilação voltou a se firmar entre o suporte imediato de R$ 51,50 e a resistência de R$ 52,00 a saca. Como temos observado nas semanas anteriores, as cotações do produto de menor coloração tem se sustentado dentro deste intervalo de preços de maneira muito consistente, representando um equilíbrio de forças entre a baixa demanda das indústrias por negociações na modalidade balcão e a baixa disponibilidade de oferta das unidades produtoras as quais se ajustam aos elevados estoques e aos preços ainda dentro de um contexto de baixa de longo prazo nas cotações internacionais. O início da barrigada de safra da temporada 2014/15, que reflete o escoamento da produção das primeiras usinas a iniciarem a moagem ainda na primeira quinzena de abril, também incide pressão de ajuste negativo nas cotações do açúcar ofertado no mercado físico brasileiro. A expectativa existente para o próximo mês de maio é que este canal lateral entre R$ 51,50 e R$ 52,00 deve continuar forte até que os primeiros efeitos do El Niño sejam sentidos a partir de julho nas principais regiões produtoras internacionais, incluindo o centro sul. Neste contexto, a partir do início de julho, esta resistência de R$ 52,00 deve ser testada, rompida e sustentada de maneira mais confortável com as chuvas que tenderão a incidir sobre o centro sul atrasando a moagem e prejudicando a qualidade da matéria prima no curto prazo. As chuvas que ocorrerão nas regiões produtoras asiáticas tenderão a pressionar positivamente as cotações nos mercados internacionais que, por sua vez, também exercerão alguma pressão por ajuste positivo no mercado físico brasileiro. Dependendo a intensidade do El Niño, os preços do açúcar com até 150 Icumsa pode chagar a máxima de R$ 55,00 ainda em Porém, este cenário reflete uma adversidade climática muito severa para o El Niño, sendo que a média de preços ainda trabalhada oscila ao redor de R$ 53,00 para o terceiro trimestre deste ano. O nível de R$ 55,00, se ocorrer, deve ser observado no final do quarto trimestre do ano, refletindo o acumulo dos fatores da entressafra. Este relatório foi preparado pela SAFRAS & MERCADO para uso exclusivo por parte dos seus clientes, sendo proibida sua reprodução, mesmo que parcial, sob qualquer forma, exceto mediante autorização prévia e por escrito. Este relatório é distribuído somente com o objetivo de prover informações e não representa, em nenhuma hipótese, indicação, sugestão ou ainda oferta de compra e venda de qualquer instrumento financeiro ou serviço. As informações contidas neste relatório são obtidas no mercado de fontes confiáveis na data na qual este relatório foi publicado, entretanto, a SAFRAS & MERCADO não garante que as informações aqui contidas estejam isentas de erros das fontes primárias. As opiniões contidas neste relatório são meras avaliações de mercado e estimativas, estando, portanto, sujeitas a mudanças e não representam nenhuma recomendação.

5 Nº 519 Ano XVI 05/maio/2014

6 Nº 519 Ano XVI 05/maio/2014

VANTAGEM DO HIDRATADO SOBRE O AÇÚCAR DE NOVA YORK TENDE A CAIR ATÉ O FINAL DO ANO

VANTAGEM DO HIDRATADO SOBRE O AÇÚCAR DE NOVA YORK TENDE A CAIR ATÉ O FINAL DO ANO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados VANTAGEM DO HIDRATADO SOBRE O AÇÚCAR DE NOVA YORK TENDE A CAIR ATÉ O FINAL DO ANO Diante da acentuada depreciação das cotações do açúcar em Nova York, que no

Leia mais

Nova York supera US$/cents 18,00 com tendência de Alta em Solavanco

Nova York supera US$/cents 18,00 com tendência de Alta em Solavanco Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Nº 526 Ano XVI 23/junho/2014 Nova York supera US$/cents 18,00 com tendência de Alta em Solavanco Nos mercados futuros internacionais a finalização da terceira

Leia mais

Desvalorização do petróleo compromete rentabilidade do hidratado e mina alta no açúcar

Desvalorização do petróleo compromete rentabilidade do hidratado e mina alta no açúcar Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Nº 547 Ano XVI 20/outubro/2014 Desvalorização do petróleo compromete rentabilidade do hidratado e mina alta no açúcar A recente desvalorização observada nas

Leia mais

ÍNDIA ATUALIZA SUAS PERSPECTIVAS DE PRODUÇÃO E FRUSTRA RECUPERAÇÃO EM NOVA YORK E LONDRES

ÍNDIA ATUALIZA SUAS PERSPECTIVAS DE PRODUÇÃO E FRUSTRA RECUPERAÇÃO EM NOVA YORK E LONDRES Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 08/junho/2015 n. 578 ÍNDIA ATUALIZA SUAS PERSPECTIVAS DE PRODUÇÃO E FRUSTRA RECUPERAÇÃO EM NOVA YORK E LONDRES O segundo maior produtor mundial da

Leia mais

HIDRATADO ACUMULA QUEDA DE 18,79% EM 30 DIAS. EXPECTATIVA DE QUEDA AINDA CONTINUA

HIDRATADO ACUMULA QUEDA DE 18,79% EM 30 DIAS. EXPECTATIVA DE QUEDA AINDA CONTINUA Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Nº 395 Ano IX 08/maio/2014 HIDRATADO ACUMULA QUEDA DE 18,79% EM 30 DIAS. EXPECTATIVA DE QUEDA AINDA CONTINUA No mercado físico de etanol a segunda semana de

Leia mais

GANHOS DO ETANOL HIDRATADO SUPERAM AÇÚCAR BRUTO EM NOVA YORK EM QUASE 10%

GANHOS DO ETANOL HIDRATADO SUPERAM AÇÚCAR BRUTO EM NOVA YORK EM QUASE 10% Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 0613/julho/2015 n. 583 GANHOS DO ETANOL HIDRATADO SUPERAM AÇÚCAR BRUTO EM NOVA YORK EM QUASE 10% O encerramento de junho foi marcado por mais um período

Leia mais

DADOS DA CONAB TRAZEM AJUSTES E INDICAM MUDANÇA NA TENDÊNCIA DO MERCADO

DADOS DA CONAB TRAZEM AJUSTES E INDICAM MUDANÇA NA TENDÊNCIA DO MERCADO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 17/agosto/2015 n. 588 DADOS DA CONAB TRAZEM AJUSTES E INDICAM MUDANÇA NA TENDÊNCIA DO MERCADO A quinta-feira foi iniciada com a atualização de um importante

Leia mais

MAIO É FINALIZADO COM PREÇOS ESTÁVEIS, AINDA EVITANDO QUEDAS SAZONAIS

MAIO É FINALIZADO COM PREÇOS ESTÁVEIS, AINDA EVITANDO QUEDAS SAZONAIS Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Nº 398 Ano IX 29/maio/2014 MAIO É FINALIZADO COM PREÇOS ESTÁVEIS, AINDA EVITANDO QUEDAS SAZONAIS No mercado físico de etanol a última semana de maio foi encerrada

Leia mais

GOVERNO INDICA QUE EVENTUAL ELEVAÇÃO DA MISTURA PODE SAIR SOMENTE APÓS 2015

GOVERNO INDICA QUE EVENTUAL ELEVAÇÃO DA MISTURA PODE SAIR SOMENTE APÓS 2015 Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Nº 406 Ano IX 24/julho/2014 GOVERNO INDICA QUE EVENTUAL ELEVAÇÃO DA MISTURA PODE SAIR SOMENTE APÓS 2015 Nos últimos dias começaram a ocorrer no mercado boatos

Leia mais

AGOSTO DEVE SER MARCADO POR QUEDA ANUAL DE 33% EM NOVA YORK

AGOSTO DEVE SER MARCADO POR QUEDA ANUAL DE 33% EM NOVA YORK Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 31/agosto/2015 n. 590 AGOSTO DEVE SER MARCADO POR QUEDA ANUAL DE 33% EM NOVA YORK A finalização do mês de agosto traz consigo mais um registro de forte

Leia mais

VENDAS DE ETANOL HIDRATADO CRESCEM 56% NO BRASIL EM JUNHO

VENDAS DE ETANOL HIDRATADO CRESCEM 56% NO BRASIL EM JUNHO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano X 13/agosto/2015 n. 458 VENDAS DE ETANOL HIDRATADO CRESCEM 56% NO BRASIL EM JUNHO Os dados mais atualizados disponibilizados pela ANP sobre a venda de combustíveis

Leia mais

AÇÚCAR EM NOVA YORK ASSUME VANTAGEM SOBRE PREÇOS DO HIDRATADO EM RIBEIRÃO PRETO

AÇÚCAR EM NOVA YORK ASSUME VANTAGEM SOBRE PREÇOS DO HIDRATADO EM RIBEIRÃO PRETO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 07/setembro/2015 n. 591 AÇÚCAR EM NOVA YORK ASSUME VANTAGEM SOBRE PREÇOS DO HIDRATADO EM RIBEIRÃO PRETO A finalização da primeira semana de setembro

Leia mais

EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR CAEM 42% EM FEVEREIRO

EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR CAEM 42% EM FEVEREIRO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 16/março/2015 n. 566 EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR CAEM 42% EM FEVEREIRO Os dados mais recentes de exportação de açúcar disponibilizados pela Secretaria de

Leia mais

RENTABILIDADE DO ETANOL HIDRATADO SOBRE O AÇÚCAR CAI NA PRIMEIRA SEMANA DE MAIO

RENTABILIDADE DO ETANOL HIDRATADO SOBRE O AÇÚCAR CAI NA PRIMEIRA SEMANA DE MAIO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano X 07/maio/2015 n. 444 RENTABILIDADE DO ETANOL HIDRATADO SOBRE O AÇÚCAR CAI NA PRIMEIRA SEMANA DE MAIO A finalização da primeira semana de maio mostrou uma

Leia mais

CONSUMO DE ETANOL CRESCE APENAS 2% EM 2014 NOS ESTADOS UNIDOS

CONSUMO DE ETANOL CRESCE APENAS 2% EM 2014 NOS ESTADOS UNIDOS Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano X 30/abril/2015 n. 443 CONSUMO DE ETANOL CRESCE APENAS 2% EM 2014 NOS ESTADOS UNIDOS A disponibilidade de dados feita pela Secretaria de Energia Ambiental

Leia mais

Fevereiro é finalizado com grande volatilidade nos mercados futuros internacionais

Fevereiro é finalizado com grande volatilidade nos mercados futuros internacionais Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Nº 514 Ano XVI 03/março/2014 Fevereiro é finalizado com grande volatilidade nos mercados futuros internacionais A ultima semana de fevereiro foi marcada por

Leia mais

ABRIL INICIA COM QUEDA SUPERIOR A 9% PARA O HIDRATADO

ABRIL INICIA COM QUEDA SUPERIOR A 9% PARA O HIDRATADO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Nº 390 Ano IX 03/abril/2014 ABRIL INICIA COM QUEDA SUPERIOR A 9% PARA O HIDRATADO No mercado físico de etanol, a primeira semana de abril foi marcada pelo abrandamento

Leia mais

USDA REAFIRMA DÉFICIT INTERNACIONAL EM 2015/16 - MERCADO REAGE TIMIDAMENTE

USDA REAFIRMA DÉFICIT INTERNACIONAL EM 2015/16 - MERCADO REAGE TIMIDAMENTE Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 30/novembro/2015 n. 603 USDA REAFIRMA DÉFICIT INTERNACIONAL EM 2015/16 - MERCADO REAGE TIMIDAMENTE Com o título já enfático sobre o futuro dos preços

Leia mais

EXPORTAÇÕES DE ETANOL PARA OS ESTADOS UNIDOS CAEM 82% EM ABRIL

EXPORTAÇÕES DE ETANOL PARA OS ESTADOS UNIDOS CAEM 82% EM ABRIL Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano X 14/maio/2015 n. 445 EXPORTAÇÕES DE ETANOL PARA OS ESTADOS UNIDOS CAEM 82% EM ABRIL Dando continuidade á análise dos dados de exportação de abril, disponibilizados

Leia mais

COTAÇÕES CAEM 12% EM NOVA YORK DURANTE OUTUBRO

COTAÇÕES CAEM 12% EM NOVA YORK DURANTE OUTUBRO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVI 10/novembro/2014 n. 550 COTAÇÕES CAEM 12% EM NOVA YORK DURANTE OUTUBRO Encerrado o mês de outubro foi possível notar uma queda de 12,42% na média de

Leia mais

EXPORTAÇÕES DE ETANOL CAEM 45% EM JUNHO

EXPORTAÇÕES DE ETANOL CAEM 45% EM JUNHO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano X 16/julho/2015 n. 454 EXPORTAÇÕES DE ETANOL CAEM 45% EM JUNHO O mês de junho foi marcado por um forte retrocesso nas exportações de etanol que caíram de

Leia mais

HIDRATADO CONTINUA PERDENDO COMPETITIVIDADE FRENTE A GASOLINA EM SP

HIDRATADO CONTINUA PERDENDO COMPETITIVIDADE FRENTE A GASOLINA EM SP Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano X 15/janeiro/2015 n. 428 HIDRATADO CONTINUA PERDENDO COMPETITIVIDADE FRENTE A GASOLINA EM SP Os dados mais recentes referentes aos preços dos combustíveis

Leia mais

ÁREA DE MILHO CRESCEU 4,9% NA SAFRA 2012/2013, A MAIOR DESDE 1937, INDICANDO QUE O PAÍS COLHERIA UMA SAFRA RECORDE ESTE ANO

ÁREA DE MILHO CRESCEU 4,9% NA SAFRA 2012/2013, A MAIOR DESDE 1937, INDICANDO QUE O PAÍS COLHERIA UMA SAFRA RECORDE ESTE ANO GRÃOS: SOJA, MILHO, TRIGO e ARROZ TENDÊNCIAS DOS MERCADOS PARA 2012/2013 NO BRASIL E NO MUNDO Carlos Cogo Setembro/2012 PRODUÇÃO MUNDIAL DEVE RECUAR 4,1% NA SAFRA 2012/2013 ESTOQUES FINAIS MUNDIAIS DEVEM

Leia mais

REGIONAL CENTRO-OESTE

REGIONAL CENTRO-OESTE REGIONAL CENTRO-OESTE SOJA DESPONTA NO CENTRO-OESTE, REDUZINDO ÁREAS DE MILHO VERÃO E ALGODÃO A produção de soja despontou no Centro-Oeste brasileiro nesta safra verão 2012/13, ocupando áreas antes destinadas

Leia mais

Projeções de custos e rentabilidade do setor sucroenergético na região Nordeste para a safra 2013/14: o desafio de sobrevivência dos fornecedores

Projeções de custos e rentabilidade do setor sucroenergético na região Nordeste para a safra 2013/14: o desafio de sobrevivência dos fornecedores Projeções de custos e rentabilidade do setor sucroenergético na região Nordeste para a safra 2013/14: o desafio de sobrevivência dos fornecedores Essa publicação apresenta as projeções de custos de produção

Leia mais

Cacau Amêndoa Período: Janeiro de 2015

Cacau Amêndoa Período: Janeiro de 2015 Cacau Amêndoa Período: Janeiro de 2015 Tabela I PREÇO PAGO AO PRODUTOR - Cacau Amêndoa (em US$/ton.) Períodos Anteriores Janeiro/15 % Locais Unid. 12 meses 1 mês [a] [b] [c] c/a c/b Ilhéus - Bahia R$/Kg

Leia mais

Milho: preços elevados mesmo com super-safra norte-americana

Milho: preços elevados mesmo com super-safra norte-americana Milho: preços elevados mesmo com super-safra norte-americana Super-safra norte-americana Em seu boletim de oferta e demanda mundial de setembro o Usda reestimou para cima suas projeções para a safra 2007/08.

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: ABRIL/2014 CEPEA - AÇÚCAR & ETANOL I - Análise Conjuntural II - Séries Estatísticas 1. Relações de preços mercados interno e internacional

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas CAFÉ CAFÉ Bolsas BM&F ICE FUTURES Contrato Fechamento Máxima Mínimo Variação Contrato Fechamento Máxima Mínimo Variação SET13 136,80 136,50 135,80-1,80 SET 113,50 115,70 113,25-1,45

Leia mais

Bom Dia Commodities. Commodities. 12 de Agosto, 2013. Café

Bom Dia Commodities. Commodities. 12 de Agosto, 2013. Café Bom Dia Café Semana positiva para o café. Finalmente saiu a medida que os produtores estavam esperando. A presidente Dilma anunciou que enxugará do mercado 3 milhões de sacas em março/14 a R$346,00/saca

Leia mais

TELE. Este Fax foi programado para envio noturno. Quando não recebê-lo até as 9:30h, ligue para (0xx51) 3290-9200.

TELE. Este Fax foi programado para envio noturno. Quando não recebê-lo até as 9:30h, ligue para (0xx51) 3290-9200. Análise Mercado de Açúcar Terça-feira de baixa nos mercados futuros internacionais e de estabilidade nas cotações domésticas do mercado físico brasileiro. O lado vendedor novamente foi despertado entre

Leia mais

Milho Período: 11 a 15/05/2015

Milho Período: 11 a 15/05/2015 Milho Período: 11 a 15/05/2015 Câmbio: Média da semana: U$ 1,00 = R$ 3,0203 Nota: A paridade de exportação refere-se ao valor/sc desestivado sobre rodas, o que é abaixo do valor FOB Paranaguá. *Os preços

Leia mais

MENU DE COMMODITIES SOJA MAIO (SOJK10) Soja fechou em leve baixa, trabalha na casa entre 21,50 e 21,80. JULHO 2009/ MAIO 2010 (N/K)

MENU DE COMMODITIES SOJA MAIO (SOJK10) Soja fechou em leve baixa, trabalha na casa entre 21,50 e 21,80. JULHO 2009/ MAIO 2010 (N/K) MENU DE COMMODITIES SOJA MAIO (SOJK10) SOJA MAIO (SOJK10) Médias no Profitchart utilizando o after market. Tempo 60 minutos MÉDIAS 12 SIMPLES E 23 SIMPLES TEMPO 60 MINUTOS SUPORTE 1 R$ 21,80 SITUAÇÃO VENDA

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: MARÇO/2011 CEPEA - SOJA I - Análise Conjuntural II - Séries Estatísticas 1. Diferenciais de preços 2. Estimativa do valor das alternativas

Leia mais

Semana movimentada com saturação da tendência atual e novidades macroeconômicas

Semana movimentada com saturação da tendência atual e novidades macroeconômicas Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Nº 527 Ano XVI 30/junho/2014 Semana movimentada com saturação da tendência atual e novidades macroeconômicas Nos mercados futuros internacionais, a quarta semana

Leia mais

Açúcar: Informativo Quinzenal. Oferta se acentua e preços cedem. Indicador de Açúcar Cristal Cepea/Esalq Estado de São Paulo.

Açúcar: Informativo Quinzenal. Oferta se acentua e preços cedem. Indicador de Açúcar Cristal Cepea/Esalq Estado de São Paulo. Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada CEPEA/ESALQ/USP 25 de maio de 2011 Volume 1, Edição 22 Açúcar: Informativo Quinzenal Indicador de Açúcar Cristal Cepea/Esalq Estado de São Paulo DATA Valor

Leia mais

RELATÓRIO DE COMMODITIES BOI GORDO

RELATÓRIO DE COMMODITIES BOI GORDO RELATÓRIO DE COMMODITIES BOI GORDO PANORAMA SEMANA DE 21 A 25 DE SETEMBRO de 2009 Semana de preço estável no mercado de Boi Gordo no Rio Grande do Sul, com o preço encerrando a semana a R$ 4,61/kg carcaça.

Leia mais

Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo

Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo Versão Online Boletim No: 12 Outubro, 2015 Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo I. PANORAMA Chuvas intensas no mês de setembro atrasaram a colheita de cana-de-açúcar nas principais

Leia mais

Quadro II - PREÇO DO AÇÚCAR CRISTAL COLOCADO NO PORTO DE SANTOS - SP NA CONDIÇÃO SOBRE RODAS - (Em R$/Saca de 50kg*)

Quadro II - PREÇO DO AÇÚCAR CRISTAL COLOCADO NO PORTO DE SANTOS - SP NA CONDIÇÃO SOBRE RODAS - (Em R$/Saca de 50kg*) CANA-DE-AÇÚCAR Período: Janeiro/2016 Quadro I - PREÇO NA USINA EM SÃO PAULO (Em R$/unidade*) Produtos Unidade 24 12 1 Mês Mês Atual Açúcar Cristal Cor ICUMSA 130 a 180 Saco/50 kg 50,20 51,05 80,57 83,75

Leia mais

TELE. Este Fax foi programado para envio noturno. Quando não recebê-lo até as 9:30h, ligue para (0xx51) 3290-9200.

TELE. Este Fax foi programado para envio noturno. Quando não recebê-lo até as 9:30h, ligue para (0xx51) 3290-9200. TELE RELATÓRIO DIÁRIO DE INFORMAÇÕES E Análise Mercado de Açúcar No mercado de açúcar a finalização da quarta semana de fevereiro foi marcada por novas vendas motivadas por vetores fundamentais que impactaram

Leia mais

Cacau Amêndoa Período: Março de 2013

Cacau Amêndoa Período: Março de 2013 Cacau Amêndoa Período: Março de 2013 Tabela I PREÇO PAGO AO PRODUTOR - Cacau Amêndoa (em US$/ton.) Períodos Anteriores Março/13 % Locais Unid. 12 meses 1 mês [a] [b] [c] c/a c/b Ilhéus - Bahia R$/Kg 5,83

Leia mais

Cacau Amêndoa Período: Junho de 2013

Cacau Amêndoa Período: Junho de 2013 Cacau Amêndoa Período: Junho de 2013 Tabela I PREÇO PAGO AO PRODUTOR - Cacau Amêndoa (em US$/ton.). Períodos Anteriores Junho/2013 % Locais Unid. 12 meses 1 mês 1 mês [a] [b] [c] c/a c/b Ilhéus - Bahia

Leia mais

03/10/2014. Roteiro da Apresentação FINANCEIRIZAÇÃO DO MERCADO ANÁLISE TÉCNICA E DE CICLOS OFERTA E DEMANDA

03/10/2014. Roteiro da Apresentação FINANCEIRIZAÇÃO DO MERCADO ANÁLISE TÉCNICA E DE CICLOS OFERTA E DEMANDA OS MERCADOS DE SOJA, MILHO E TRIGO EM 2015 FERNANDO MURARO JR. Engenheiro agrônomo e analista de mercado da AgRural Commodities Agrícolas OCEPAR Curitiba (PR), 02/out/14 www.agrural.com.br A INFORMAÇÃO

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas quarta-feira, 18 de setembro de 2013 CAFÉ CAFÉ Bolsas Venc Ajuste Máx BM&F Mín Variação Venc Ajuste ICE FUTURES Máx Mín Variação SET13 133,50 0,00 0,00-4,85 SET13 111,05 114,75 111,10-3,75

Leia mais

VENDAS DE HIDRATADO CRESCEM 10,5% EM 2014

VENDAS DE HIDRATADO CRESCEM 10,5% EM 2014 Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano X 19/fevereiro/2015 n. 433 VENDAS DE HIDRATADO CRESCEM 10,5% EM 2014 Compilados os dados finais de 2014 pela ANP foi possível analisar claramente o crescimento

Leia mais

Plano de Previdência Complementar. mudança

Plano de Previdência Complementar. mudança Plano de Previdência Complementar Outubro é o mês da mudança Em outubro, você poderá mudar o perfil do seu Plano de Previdência Complementar para o que mais combina com você. Não esqueça: Esse é um momento

Leia mais

RELATÓRIO DE COMMODITIES BOI GORDO PANORAMA. A informação é nossa, a decisão é sua! GR. Boi Gordo Mercado Físico RS Período Gráfico DIÁRIO

RELATÓRIO DE COMMODITIES BOI GORDO PANORAMA. A informação é nossa, a decisão é sua! GR. Boi Gordo Mercado Físico RS Período Gráfico DIÁRIO PANORAMA RELATÓRIO DE COMMODITIES BOI GORDO SEMANA DE 10 A 14 DE AGOSTO de 2009 Semana de nova estabilidade no preço do Boi Gordo no mercado físico do Rio Grande do Sul, fechando a semana em R$ 5,28/kg

Leia mais

APRESENTAÇÃO PERFIL DE INVESTIMENTOS CARGILLPREV

APRESENTAÇÃO PERFIL DE INVESTIMENTOS CARGILLPREV APRESENTAÇÃO PERFIL DE INVESTIMENTOS CARGILLPREV 1) Voce escolhe se quer investir as suas contribuições em Renda Variável Ao iniciar a contribuição ao Plano de Previdência da CargillPrev (Planos Cargill

Leia mais

Senior Solution (SNSL3) Conhecendo a empresa

Senior Solution (SNSL3) Conhecendo a empresa Análise XP Fundamentos Senior Solution (SNSL3) Conhecendo a empresa A Empresa A Senior Solution está presente, há mais de 17 anos, no segmento de Tecnologia da Informação no mercado brasileiro, sendo uma

Leia mais

CONSECANA - Conselho de Produtores de Cana-de-Açúcar, Açúcar e Etanol do Estado de São Paulo

CONSECANA - Conselho de Produtores de Cana-de-Açúcar, Açúcar e Etanol do Estado de São Paulo CONSECANA - Conselho de Produtores de Cana-de-Açúcar, Açúcar e Etanol do Estado de São Paulo CIRCULAR Nº 02/12 DATA: 17 de abril de 2012 Ref.: Nova metodologia de apuração dos indicadores de preço do açúcar

Leia mais

3,8 milhões de hectares de lavouras ruins nos EUA

3,8 milhões de hectares de lavouras ruins nos EUA BOLSA DE CHICAGO 3,8 milhões de hectares de lavouras ruins nos EUA Chuvas diminuíram nesta semana, mas ainda acumularam grandes volumes em pontos já muitos úmidos do Meio-Oeste 3 EUA Lavouras De Soja Ruins

Leia mais

Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - UNIJUÍ

Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - UNIJUÍ DACEC Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - UNIJUÍ Comentários referentes ao período entre 21/06/2013 a 27/06/2013 Prof. Dr. Argemiro Luís Brum 1 Prof. Ms.

Leia mais

Indicadores de Desempenho Julho de 2014

Indicadores de Desempenho Julho de 2014 Alguns fatores contribuiram para acentuar a desaceleração da produção industrial, processo que teve início a partir de junho de 2013 como pode ser observado no gráfico nº 1. A Copa do Mundo contribuiu

Leia mais

Fenômeno El Niño influenciará clima nos próximos meses

Fenômeno El Niño influenciará clima nos próximos meses Fenômeno El Niño influenciará clima nos próximos meses Dados divulgados nesta semana das anomalias de temperatura da superfície do mar no Oceano Pacífico indicaram que fenômeno El Niño está na presente,

Leia mais

Milho Período: 22 a 26/06/2015

Milho Período: 22 a 26/06/2015 Milho Período: 22 a 26/06/2015 Câmbio: Média da semana: U$ 1,00 = R$ 3,0885 Nota: A paridade de exportação refere-se ao valor/sc desestivado sobre rodas, o que é abaixo do valor FOB Paranaguá. *Os preços

Leia mais

Indústria. Prof. Dr. Rudinei Toneto Júnior Renata de Lacerda Antunes Borges

Indústria. Prof. Dr. Rudinei Toneto Júnior Renata de Lacerda Antunes Borges A Sondagem Industrial (SI) e o Índice de Confiança (ICEI) são elaborados pela unidade de Política Econômica da Confederação Nacional das s (CNI) em conjunto com as Federações das s dos 23 estados brasileiros

Leia mais

Açúcar Relatório de Mercado Março de 2014 MERCADO INDUSTRIAL

Açúcar Relatório de Mercado Março de 2014 MERCADO INDUSTRIAL Açúcar MERCADO INDUSTRIAL PRODUÇÃO CANA, AÇÚCAR E ETANOL As unidades produtoras do Centro-Sul processaram 149.271 toneladas de cana-de-açúcar na primeira quinzena de fevereiro, volume 3,8% menor ante as

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: JULHO/2011 CEPEA - SOJA I - Análise Conjuntural II - Séries Estatísticas 1. Diferenciais de preços 2. Estimativa do valor das alternativas

Leia mais

ESTRATÉGIAS EM ANDAMENTO. > MILS3 com suporte nos R$ 27,34. Possível formação de OCO. Caso perca este suporte papel tem objetivo nos R$ 25,10.

ESTRATÉGIAS EM ANDAMENTO. > MILS3 com suporte nos R$ 27,34. Possível formação de OCO. Caso perca este suporte papel tem objetivo nos R$ 25,10. ESTRATÉGIAS EM ANDAMENTO 29/abr COMPRA CRUZ3 Souza Cruz R$ 21,37 R$ 22,90 R$ 23,45 R$ 19,93 Fumo R$ 21,25 % 7,16% 9,73% -6,74% 25/abr COMPRA MDIA3 M. Dias Branco R$ 95,00 R$ 98,90 R$ 100,00 R$ 91,18 Alimentício

Leia mais

Indicadores de Desempenho Publicado em Novembro de 2015

Indicadores de Desempenho Publicado em Novembro de 2015 Publicado em Novembro de 2015 Fatos Relevantes Agosto/2015 Vendas Industriais As vendas industriais registraram expansão de 28,40% em agosto. Trata-se do maior aumento dos últimos três meses e aponta para

Leia mais

Construção encerra o ano em ritmo fraco

Construção encerra o ano em ritmo fraco SONDAGEM INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO Informativo da Confederação Nacional da Indústria Ano 4 Número 12 Dezembro de 2013 www.cni.org.br ISSN 2317-7322 Destaques ANÁLISE ECONÔMICA Dificuldade no acesso ao crédito

Leia mais

Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - UNIJUÍ

Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - UNIJUÍ DACEC Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - UNIJUÍ Comentários referentes ao período entre 05/07/2013 a 11/07/2013 Prof. Dr. Argemiro Luís Brum 1 Prof. Ms.

Leia mais

CAFÉ. Conab Companhia Nacional de Abastecimento SGAS Quadra 901, Bloco 901, Bloco A, Lote 69 70390-010 Brasília-DF Tel 61 3312 6000 www.conab.gov.

CAFÉ. Conab Companhia Nacional de Abastecimento SGAS Quadra 901, Bloco 901, Bloco A, Lote 69 70390-010 Brasília-DF Tel 61 3312 6000 www.conab.gov. CAFÉ Jorge Queiroz 1. MERCADO INTERNACIONAL Segundo o USDA, a produção mundial de café deverá atingir no ano 2009/2010, um total de 127,4 milhões de sacas. Entretanto, a OIC (Organização Internacional

Leia mais

BOLETIM CUSTOS E PREÇOS Abril de 2014

BOLETIM CUSTOS E PREÇOS Abril de 2014 BOLETIM CUSTOS E PREÇOS Abril de 2014 Milho: Os preços no mercado brasileiro ficaram estáveis e até mesmo um pouco mais baixos em algumas praças. A incerteza dos produtores quanto à produtividade do milho

Leia mais

O desafio da competitividade. Maio 2012

O desafio da competitividade. Maio 2012 O desafio da competitividade Maio 2012 ECONOMY RESEARCH Roberto Padovani Economista-Chefe (55 11) 5171.5623 roberto.padovani@votorantimcorretora.com.br Rafael Espinoso Estrategista CNPI-T (55 11) 5171.5723

Leia mais

RELATÓRIO DE MERCADO JULHO DE 2015

RELATÓRIO DE MERCADO JULHO DE 2015 RELATÓRIO DE MERCADO JULHO DE 2015 COMMODITIES AGRÍCOLAS RESUMO DOS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO DE COMMODITIES AGRÍCOLAS SUMÁRIO OFERTA 4 8 VARIAÇÕES HISTÓRICAS E FORECAST 6 DEMANDA 9 CONSIDERAÇÕES

Leia mais

Ano I Boletim II Outubro/2015. Primeira quinzena. são específicos aos segmentos industriais de Sertãozinho e região.

Ano I Boletim II Outubro/2015. Primeira quinzena. são específicos aos segmentos industriais de Sertãozinho e região. O presente boletim analisa algumas variáveis chaves na atual conjuntura da economia sertanezina, apontando algumas tendências possíveis. Como destacado no boletim anterior, a indústria é o carro chefe

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: ABRIL/2011 CEPEA - SOJA I - Análise Conjuntural II - Séries Estatísticas 1. Diferenciais de preços 2. Estimativa do valor das alternativas

Leia mais

Sexta-feira, 06 de Maio de 2013. DESTAQUES

Sexta-feira, 06 de Maio de 2013. DESTAQUES DESTAQUES Bolsa encerra semana em alta Mercado aguarda IPCA para ajustar cenários Divisão Consumo da Hypermarcas cresce 10% M.Dias Branco tem lucro de R$108 mi Contax aprovou R$ 55,4 milhões em dividendos

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas CAFÉ CAFÉ Bolsas BM&F ICE FUTURES Contrato Fechamento Máxima Mínimo Variação Fechamento Máxima Mínimo Variação set/13 144,45 150,00 143,95-4,05 120,60 124,25 119,35-2,85 dez/13 148,50

Leia mais

A Hora do Gráfico. Análise Gráfica. Índice. Ibovespa - Diário. Ibovespa (gráfico de 15 minutos) Índice Ibovespa. Top 5. Fique de Olho.

A Hora do Gráfico. Análise Gráfica. Índice. Ibovespa - Diário. Ibovespa (gráfico de 15 minutos) Índice Ibovespa. Top 5. Fique de Olho. quinta-feira, 3 de outubro de 2013 Análise Gráfica A Hora do Gráfico Ibovespa - Diário Índice Índice Ibovespa Top 5 Fique de Olho Disclosure Hoje tivemos um dia de queda, no começo até testamos novamente

Leia mais

Relatório Econômico Mensal JANEIRO/13

Relatório Econômico Mensal JANEIRO/13 Relatório Econômico Mensal JANEIRO/13 Índice INDICADORES FINANCEIROS 3 PROJEÇÕES 4 CENÁRIO EXTERNO 5 CENÁRIO DOMÉSTICO 7 RENDA FIXA 8 RENDA VARIÁVEL 9 Indicadores Financeiros Projeções Economia Global

Leia mais

4 Estratégias para Implementação de Agentes

4 Estratégias para Implementação de Agentes Estratégias para Implementação de Agentes 40 4 Estratégias para Implementação de Agentes As principais dúvidas do investidor humano nos dias de hoje são: quando comprar ações, quando vendê-las, quanto

Leia mais

08/09/2015. Mundo Evolução da área (índice 100= safra 2000/01) Bolsa de Chicago Relação soja/milho no 1º contrato PROPHETX/AGRURAL

08/09/2015. Mundo Evolução da área (índice 100= safra 2000/01) Bolsa de Chicago Relação soja/milho no 1º contrato PROPHETX/AGRURAL PERSPECTIVAS PARA A AGROPECUÁRIA BRASILEIRA NOS PRÓXIMOS 5 ANOS FERNANDO MURARO JR. Engenheiro agrônomo e analista de mercado da AgRural Commodities Agrícolas ANDA 5º CONGRESSO BRASILEIRO DE FERTILIZANTES

Leia mais

BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03

BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03 BANRISUL AUTOMÁTICO FUNDO DE INVESTIMENTO CURTO PRAZO CNPJ/MF nº 01.353.260/0001-03 PROSPECTO AVISOS IMPORTANTES I. A CONCESSÃO DE REGISTRO PARA A VENDA DAS COTAS DESTE FUNDO NÃO IMPLICA, POR PARTE DA

Leia mais

Ano V - Edição 34 Agosto 2014

Ano V - Edição 34 Agosto 2014 da pecuária de leite Ano V - Edição 34 Agosto 2014 PODER DE COMPRA AUMENTA NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2014 Por Pedro de Lima, equipe Gado de Leite Cepea O poder de compra do pecuarista de leite esteve maior,

Leia mais

ANEXO VII OBJETIVOS DAS POLÍTICAS MONETÁRIA, CREDITÍCIA E CAMBIAL LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS

ANEXO VII OBJETIVOS DAS POLÍTICAS MONETÁRIA, CREDITÍCIA E CAMBIAL LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS ANEXO VII OBJETIVOS DAS POLÍTICAS MONETÁRIA, CREDITÍCIA E CAMBIAL LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS - 2007 (Anexo específico de que trata o art. 4º, 4º, da Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000)

Leia mais

Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e

Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e significa mercadoria. É usado para designar bens sem diferenciação (por não possuírem valor agregado), e são habitualmente extraídas

Leia mais

Reiteradas Vendas Pressionam a Curva Futura das Cotações do Café 1

Reiteradas Vendas Pressionam a Curva Futura das Cotações do Café 1 % v. 10, n. 5, maio 2015 Reiteradas Vendas Pressionam a Curva Futura das Cotações do Café 1 A elevação da taxa SELIC anunciada pelo Comitê de Política Monetária (COPOM) na última quarta-feira do mês de

Leia mais

Dificuldade no acesso ao crédito é disseminada na construção

Dificuldade no acesso ao crédito é disseminada na construção SONDAGEM INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO Informativo da Confederação Nacional da Indústria Ano 5 Número 6 Junho de 2014 www.cni.org.br ISSN 2317-7322 Destaques ANÁLISE ECONÔMICA Falta de crédito dificulta recuperação

Leia mais

Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e

Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e significa mercadoria. É usado para designar bens sem diferenciação (por não possuírem valor agregado), e são habitualmente extraídas

Leia mais

CONJUNTURA ECONÔMICA

CONJUNTURA ECONÔMICA CONJUNTURA ECONÔMICA O mês de março de 2015 foi marcado pelo anúncio dos principais resultados da economia de 2014 e deste início de 2015. Dentre eles destacaramse o PIB, taxa de desemprego nas principais

Leia mais

Revisão Mensal de Commodities

Revisão Mensal de Commodities Revisão Mensal de Commodities segunda-feira, 3 de dezembro de 2012 Oferta maior e desempenho misto A estabilização do crescimento na China e riscos geopolíticos também afetaram os preços das commodities.

Leia mais

Introdução (análise do mês de agosto/2012)

Introdução (análise do mês de agosto/2012) Ano 10 / Número 09 BOLETIM CLIMÁTICO OUTUBRO NOVEMBRO - DEZEMBRO (2012) Estado do Rio Grande do Sul Resp. Técnica: 8 0 DISME/INMET e CPPMet/UFPEL Pelotas, 18 de setembro de 2012. PRIMAVERA COM CHUVA ENTRE

Leia mais

Construção intensifica insatisfação com a situação financeira

Construção intensifica insatisfação com a situação financeira SONDAGEM INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO Informativo da Confederação Nacional da Indústria Ano 5 Número 3 Março de 2014 www.cni.org.br ISSN 2317-7322 Destaques ANÁLISE ECONÔMICA Piora na situação financeira é

Leia mais

Pesquisa Trimestral de Condições de Crédito. Banco Central do Brasil Fevereiro de 2015

Pesquisa Trimestral de Condições de Crédito. Banco Central do Brasil Fevereiro de 2015 Pesquisa Trimestral de Condições de Crédito Banco Central do Brasil Fevereiro de 215 Indicadores de Condições de Crédito Objetivos: Verificar o sentimento dos últimos meses sobre o mercado de crédito e

Leia mais

Documentação Trade Manager. Metarobôs.

Documentação Trade Manager. Metarobôs. Documentação Trade Manager Metarobôs. Gráfico Parâmetro declaração do ativo operado: Sempre utilize letras MAIÚSCULAS (números são padrões). Não deixe o nome do ativo em BRANCO. Só será permitido deixar

Leia mais

ANÁLISE GRÁFICA GRÁFICO MILHO SETEMBRO BM&F (CCMU10) SUPORTE 1 R$ 20,50 RESISTÊNCIA1 R$ 20,70 SUPORTE 2 R$ 20,20 RESISTÊNCIA 2 R$ 20,80

ANÁLISE GRÁFICA GRÁFICO MILHO SETEMBRO BM&F (CCMU10) SUPORTE 1 R$ 20,50 RESISTÊNCIA1 R$ 20,70 SUPORTE 2 R$ 20,20 RESISTÊNCIA 2 R$ 20,80 ANÁLISE MERCADO FUTURO DE SOJA 09/08/2010 SOJA COMENTÁRIO - Preços firmes para a soja em Chicago neste início de semana. As preocupações com o tempo seco ao sul e oeste do Cinturão e região do Delta do

Leia mais

Relatório de Estabilidade Financeira. Banco Central do Brasil Março de 2013

Relatório de Estabilidade Financeira. Banco Central do Brasil Março de 2013 Relatório de Estabilidade Financeira Banco Central do Brasil Março de 2013 Pontos abordados para o Sistema Bancário* Base: 2º semestre/12 Risco de liquidez Captações Risco de crédito Portabilidade Crédito

Leia mais

Indicadores de Preços de Açúcar para o Mercado Internacional. Detalhamento Metodológico

Indicadores de Preços de Açúcar para o Mercado Internacional. Detalhamento Metodológico Indicadores de Preços de Açúcar para o Mercado Internacional Detalhamento Metodológico Submetido em Abril de 2012 Aplica-se aos Indicadores de Preços do Açúcar para o Sistema Consecana do Estado de SP

Leia mais

Perfis de Investimento PrevMais

Perfis de Investimento PrevMais Cartilha Perfis de Investimento PrevMais [1] Objetivo Geral O regulamento do PREVMAIS prevê exclusivamente para o Benefício de Renda Programada a possibilidade de os participantes optarem por perfis de

Leia mais

Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - UNIJUÍ

Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - UNIJUÍ DACEC Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - UNIJUÍ Comentários referentes ao período entre 03/05/2013 a 09/05/2013 Prof. Dr. Argemiro Luís Brum 1 Prof. Ms.

Leia mais

Valor da Cesta Básica aumenta em 12 cidades

Valor da Cesta Básica aumenta em 12 cidades 1 São Paulo, 06 de novembro de 2014. NOTA À IMPRENSA Valor da Cesta Básica aumenta em 12 cidades Em outubro, houve aumento dos preços do conjunto de bens alimentícios essenciais em 12 das 18 cidades onde

Leia mais

CONTRATOS DERIVATIVOS. Futuro de Boi Gordo

CONTRATOS DERIVATIVOS. Futuro de Boi Gordo CONTRATOS DERIVATIVOS Futuro de Boi Gordo Futuro de Boi Gordo Ferramenta que permite a gestão financeira do risco existente nas operações realizadas no mercado físico. O Contrato Futuro de Boi Gordo é

Leia mais

Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado

Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado AGROSSÍNTESE Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado Edilson de Oliveira Santos 1 1 Mestre em Economia, Gestor Governamental da SEAGRI; e-mail: edilsonsantos@seagri.ba.gov.br

Leia mais

CRESCIMENTO DO AGRONEGÓCIO SEGUE FIRME NO ANO

CRESCIMENTO DO AGRONEGÓCIO SEGUE FIRME NO ANO CRESCIMENTO DO AGRONEGÓCIO SEGUE FIRME NO ANO O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio brasileiro estimado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e pelo Centro de Estudos Avançados

Leia mais

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Junho de 2015 Cotação do açúcar deve seguir em baixo patamar, refletindo elevado nível de estoques globais Priscila Pacheco Trigo Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos O nível de estoques de açúcar

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas segunda-feira, 23 de setembro de 2013 CAFÉ CAFÉ Bolsas Venc Ajuste Máx BM&F Mín Variação Venc Ajuste ICE FUTURES Máx Mín Variação SET13 134,55 0,00 0,00 0,00 DEZ13 117,75 121,95 121,50-1,25

Leia mais

Bolsa de Mercadorias & Futuros

Bolsa de Mercadorias & Futuros OPERAÇÕES EX-PIT Bolsa de Mercadorias & Futuros Apresentação Este folheto tem por objetivo apresentar aspectos técnicos e operacionais ligados aos negócios ex-pit. O que é a operação ex-pit, para que

Leia mais

TELE. Este Fax foi programado para envio noturno. Quando não recebê-lo até as 9:30h, ligue para (0xx51) 3290-9200.

TELE. Este Fax foi programado para envio noturno. Quando não recebê-lo até as 9:30h, ligue para (0xx51) 3290-9200. TELE RELATÓRIO DIÁRIO DE INFORMAÇÕES E Análise Mercado de Açúcar Apesar da queda nas bolsas, o mercado interno do açúcar permaneceu com preços firmes. A questão climática continua preocupando o resultado

Leia mais