GOVERNO INDICA QUE EVENTUAL ELEVAÇÃO DA MISTURA PODE SAIR SOMENTE APÓS 2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GOVERNO INDICA QUE EVENTUAL ELEVAÇÃO DA MISTURA PODE SAIR SOMENTE APÓS 2015"

Transcrição

1 Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Nº 406 Ano IX 24/julho/2014 GOVERNO INDICA QUE EVENTUAL ELEVAÇÃO DA MISTURA PODE SAIR SOMENTE APÓS 2015 Nos últimos dias começaram a ocorrer no mercado boatos de que a eventual autorização do aumento da mistura de anidro à gasolina seria atrasada pelo menos até Mesmo que em junho o Ministério de Minas e Energia tenha afirmado que os estudos sobre a viabilidade mecânica dos motores seriam conhecidos somente em setembro, isto não indica que a decisão efetiva seria tomada neste mesmo momento. A grande pergunta que se fez foi se o setor teria oferta de anidro o suficiente para atender a demanda proveniente desta elevação na mistura. Segundo a presidente da Única, em setembro a grande maioria das usinas já teria optado pelo seu mix de produção. Logo, se hipoteticamente fosse autorizado a elevação da 27,5% na mistura de anidro a gasolina, não haveria mais tempo hábil para canalizar a produção da safra corrente de modo a neutralizar esta demanda extra de 1 bilhão de litros que o diferencial de 25% para 27,5% representaria no mercado. Basicamente, a elevação dos atuais 25% para 27,5% elevaria a demanda de anidro em mais 1 bilhão de litros. Sendo que cada 0,5% representa um acréscimo de 200 milhões de litros. De acordo com os dados da ANP (com 25% de mistura) já foram consumidos cerca de 4,5 bilhões de litros de anidro, cerca GESTÃO ESTRATÉGICA TÉGICA NA COMERCIALIZAÇÃO CIALIZAÇÃO DE AÇÚCAR E ETANOL Dia 07 de Agosto de Ribeirão Preto - SP Inscreva-se já! Vagas limitadas Inscrições on-line: - por via fone: por fax:

2 Nº 406 Ano IX 24/julho/2014 de 31% a mais do que no mesmo período do ano passado (dados apurados até maio, mês mais recente disponibilizados pela ANP).Se olharmos para a oferta da região centro-sul, vemos que neste início de safra atual a produção de anidro cresceu 15%. A produção total no Brasil agora, acumulada até a primeira quinzena de julho é de 5,9 bilhões de litros contra 5,1 bilhões no mesmo período da safra passada. Açucar e Etanol é um boletim Semanal especializado de Safras & Mercado. Editor Responsável: Dylan Della Pasqua Diagramação: Carlos Soares Endereço: Av. Independencia,1299 Sala 403 4º andar CEP Porto Alegre RS Telefones: 0(XX) FAX 0(XX) Todos os direitos reservados. Reprodução proibida, exceto mediante permissão por escrito e citada a fonte. Circulação reservada e exclusiva para assinantes.

3 Nº 406 Ano IX 24/julho/2014 A produção total de anidro da safra passada foi de 11 bilhões de litros (abril/ 13 e março/14). Neste mesmo período a demanda foi de 10,4 bilhões de litros Ou seja, se elevarmos a mistura para 27,5% teríamos um acréscimo de demanda de 1 bilhão de litros em uma tendência que naturalmente (sem o aumento da mistura) já tende a crescer 31% somente pelo aumento no consumo da gasolina. Como o crescimento da produção de anidro é de 15%, naturalmente a margem apertada que já temos da safra passada (oferta de 11 bilhões menos a demanda de 10,4 bilhões) seria neutralizada e transformada em déficit. Desenvolvendo o cenário temos uma tendência de oferta de 12,65 bilhões de litros (crescimento projetado de litros, praticamente 2 bilhões de litros. Este é o motivo pelo qual existe a preocupação quanto a oferta de anidro. O déficit é o motivo do eventual adiamento desta decisão. 15%) junto a uma demanda de 13,62 bilhões de litros (crescimento projetado de 31%) até o final da safra 2015/16. Logo, até o final da próxima safra, podemos ter um déficit entre oferta e demanda de 974 milhões de litros. Note que neste cálculo não foi colocado 1 bilhão de litros a mais na demanda com o aumento da mistura para 27,5%. Se colocarmos esse volume, o déficit aumenta para 1,974 bilhões de

4 Nº 406 Ano IX 24/julho/2014 Comparativo de Preços entre Açúcar e Etanol em R$/50Kg Preço Etanol Preço Açúcar Elaboração: SAFRAS & Mercado Departamento de Análise de Mercado de Açúcar & Etanol Se a demanda reagir nas próximas semanas haverá uma breve tendência de ajuste positivo nos preços das usinas. Ele deve ocorrer somente a partir da segunda quinzena de agosto. É necessário tempo para que os preços caiam ainda mais e a demanda reaja a este estímulo. Isto tende a incentivar ainda mais a produção de açúcar no curto prazo. A queda nos preços do etanol tende Hidratado competitivo frente à gasolina pela 6ª semana consecutiva a ampliar a vantagem de remuneração do açúcar. Atualmente ela se encontra em 17,70%. Em junho, mês fechado, o preço médio do etanol convertido em R$/50 Kg se encontra em 42,08 enquanto o açúcar é cotado a 49,53. Os dados de preços dos combustíveis da ANP relativos à terceira semana de julho mostraram que o hidratado está competitivo frente à gasolina em São Paulo pela 6ª semana seguida. A relação média tem oscilado na faixa de 66%, com os dados mais recentes já na faixa dos 65%. Esta faixa estimula psicologicamente a demanda que reage somente a níveis abaixo de 68%. O biocombustível é matematicamente vantajoso custando até 70% o preço da gasolina. Como os preços nas usinas caíram na quarta semana de julho, a relação deve ficar ainda maior nas próximas semanas. Logo, podemos ver os preços do hidratado custando até 64% o preço da gasolina. Verificando as médias de julho, até a terceira semana do mês, podemos perceber que esta vantagem de 17,70% é reduzida a 6,82%. Esta queda reflete a baixa na média de preços do açúcar de junho para julho, saindo de R$ 49,53 para R$ 46,50. Ao mesmo tempo a média do preço convertido de etanol anidro e hidratado também subiu no mesmo período, passando de 42,08 para 43,53. Mesmo com esta queda na vantagem remunerativa do açúcar sobre o etanol de junho para julho, na safra ela ainda permanece em 16,22%, fazendo com que as usinas não pensem duas vezes antes de optar pelo açúcar na escolha do mix de produção. Este relatório foi preparado pela SAFRAS & MERCADO para uso exclusivo por parte dos seus clientes, sendo proibida sua reprodução, mesmo que parcial, sob qualquer forma, exceto mediante autorização prévia e por escrito. Este relatório é distribuído somente com o objetivo de prover informações e não representa, em nenhuma hipótese, indicação, sugestão ou ainda oferta de compra e venda de qualquer instrumento financeiro ou serviço. As informações contidas neste relatório são obtidas no mercado de fontes confiáveis na data na qual este relatório foi publicado, entretanto, a SAFRAS & MERCADO não garante que as informações aqui contidas estejam isentas de erros das fontes primárias. As opiniões contidas neste relatório são meras avaliações de mercado e estimativas, estando, portanto, sujeitas a mudanças e não representam nenhuma recomendação.

5 Nº 406 Ano IX 24/julho/2014

6 Nº 406 Ano IX 24/julho/2014

7 Nº 406 Ano IX 24/julho/2014

8 Nº 406 Ano IX 24/julho/2014

HIDRATADO ACUMULA QUEDA DE 18,79% EM 30 DIAS. EXPECTATIVA DE QUEDA AINDA CONTINUA

HIDRATADO ACUMULA QUEDA DE 18,79% EM 30 DIAS. EXPECTATIVA DE QUEDA AINDA CONTINUA Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Nº 395 Ano IX 08/maio/2014 HIDRATADO ACUMULA QUEDA DE 18,79% EM 30 DIAS. EXPECTATIVA DE QUEDA AINDA CONTINUA No mercado físico de etanol a segunda semana de

Leia mais

VANTAGEM DO HIDRATADO SOBRE O AÇÚCAR DE NOVA YORK TENDE A CAIR ATÉ O FINAL DO ANO

VANTAGEM DO HIDRATADO SOBRE O AÇÚCAR DE NOVA YORK TENDE A CAIR ATÉ O FINAL DO ANO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados VANTAGEM DO HIDRATADO SOBRE O AÇÚCAR DE NOVA YORK TENDE A CAIR ATÉ O FINAL DO ANO Diante da acentuada depreciação das cotações do açúcar em Nova York, que no

Leia mais

Desvalorização do petróleo compromete rentabilidade do hidratado e mina alta no açúcar

Desvalorização do petróleo compromete rentabilidade do hidratado e mina alta no açúcar Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Nº 547 Ano XVI 20/outubro/2014 Desvalorização do petróleo compromete rentabilidade do hidratado e mina alta no açúcar A recente desvalorização observada nas

Leia mais

RENTABILIDADE DO ETANOL HIDRATADO SOBRE O AÇÚCAR CAI NA PRIMEIRA SEMANA DE MAIO

RENTABILIDADE DO ETANOL HIDRATADO SOBRE O AÇÚCAR CAI NA PRIMEIRA SEMANA DE MAIO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano X 07/maio/2015 n. 444 RENTABILIDADE DO ETANOL HIDRATADO SOBRE O AÇÚCAR CAI NA PRIMEIRA SEMANA DE MAIO A finalização da primeira semana de maio mostrou uma

Leia mais

HIDRATADO CONTINUA PERDENDO COMPETITIVIDADE FRENTE A GASOLINA EM SP

HIDRATADO CONTINUA PERDENDO COMPETITIVIDADE FRENTE A GASOLINA EM SP Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano X 15/janeiro/2015 n. 428 HIDRATADO CONTINUA PERDENDO COMPETITIVIDADE FRENTE A GASOLINA EM SP Os dados mais recentes referentes aos preços dos combustíveis

Leia mais

EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR CAEM 42% EM FEVEREIRO

EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR CAEM 42% EM FEVEREIRO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 16/março/2015 n. 566 EXPORTAÇÕES DE AÇÚCAR CAEM 42% EM FEVEREIRO Os dados mais recentes de exportação de açúcar disponibilizados pela Secretaria de

Leia mais

AÇÚCAR EM NOVA YORK ASSUME VANTAGEM SOBRE PREÇOS DO HIDRATADO EM RIBEIRÃO PRETO

AÇÚCAR EM NOVA YORK ASSUME VANTAGEM SOBRE PREÇOS DO HIDRATADO EM RIBEIRÃO PRETO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 07/setembro/2015 n. 591 AÇÚCAR EM NOVA YORK ASSUME VANTAGEM SOBRE PREÇOS DO HIDRATADO EM RIBEIRÃO PRETO A finalização da primeira semana de setembro

Leia mais

COTAÇÕES CAEM 12% EM NOVA YORK DURANTE OUTUBRO

COTAÇÕES CAEM 12% EM NOVA YORK DURANTE OUTUBRO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVI 10/novembro/2014 n. 550 COTAÇÕES CAEM 12% EM NOVA YORK DURANTE OUTUBRO Encerrado o mês de outubro foi possível notar uma queda de 12,42% na média de

Leia mais

Nova York segue dentro do atual canal lateral. Margem de ganho mensal supera 8%

Nova York segue dentro do atual canal lateral. Margem de ganho mensal supera 8% Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Nº 519 Ano XVI 05/maio/2014 Nova York segue dentro do atual canal lateral. Margem de ganho mensal supera 8% Nos mercados futuros internacionais, a última semana

Leia mais

VENDAS DE ETANOL HIDRATADO CRESCEM 56% NO BRASIL EM JUNHO

VENDAS DE ETANOL HIDRATADO CRESCEM 56% NO BRASIL EM JUNHO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano X 13/agosto/2015 n. 458 VENDAS DE ETANOL HIDRATADO CRESCEM 56% NO BRASIL EM JUNHO Os dados mais atualizados disponibilizados pela ANP sobre a venda de combustíveis

Leia mais

MAIO É FINALIZADO COM PREÇOS ESTÁVEIS, AINDA EVITANDO QUEDAS SAZONAIS

MAIO É FINALIZADO COM PREÇOS ESTÁVEIS, AINDA EVITANDO QUEDAS SAZONAIS Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Nº 398 Ano IX 29/maio/2014 MAIO É FINALIZADO COM PREÇOS ESTÁVEIS, AINDA EVITANDO QUEDAS SAZONAIS No mercado físico de etanol a última semana de maio foi encerrada

Leia mais

EXPORTAÇÕES DE ETANOL CAEM 45% EM JUNHO

EXPORTAÇÕES DE ETANOL CAEM 45% EM JUNHO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano X 16/julho/2015 n. 454 EXPORTAÇÕES DE ETANOL CAEM 45% EM JUNHO O mês de junho foi marcado por um forte retrocesso nas exportações de etanol que caíram de

Leia mais

GANHOS DO ETANOL HIDRATADO SUPERAM AÇÚCAR BRUTO EM NOVA YORK EM QUASE 10%

GANHOS DO ETANOL HIDRATADO SUPERAM AÇÚCAR BRUTO EM NOVA YORK EM QUASE 10% Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 0613/julho/2015 n. 583 GANHOS DO ETANOL HIDRATADO SUPERAM AÇÚCAR BRUTO EM NOVA YORK EM QUASE 10% O encerramento de junho foi marcado por mais um período

Leia mais

EXPORTAÇÕES DE ETANOL PARA OS ESTADOS UNIDOS CAEM 82% EM ABRIL

EXPORTAÇÕES DE ETANOL PARA OS ESTADOS UNIDOS CAEM 82% EM ABRIL Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano X 14/maio/2015 n. 445 EXPORTAÇÕES DE ETANOL PARA OS ESTADOS UNIDOS CAEM 82% EM ABRIL Dando continuidade á análise dos dados de exportação de abril, disponibilizados

Leia mais

DADOS DA CONAB TRAZEM AJUSTES E INDICAM MUDANÇA NA TENDÊNCIA DO MERCADO

DADOS DA CONAB TRAZEM AJUSTES E INDICAM MUDANÇA NA TENDÊNCIA DO MERCADO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 17/agosto/2015 n. 588 DADOS DA CONAB TRAZEM AJUSTES E INDICAM MUDANÇA NA TENDÊNCIA DO MERCADO A quinta-feira foi iniciada com a atualização de um importante

Leia mais

VENDAS DE HIDRATADO CRESCEM 10,5% EM 2014

VENDAS DE HIDRATADO CRESCEM 10,5% EM 2014 Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano X 19/fevereiro/2015 n. 433 VENDAS DE HIDRATADO CRESCEM 10,5% EM 2014 Compilados os dados finais de 2014 pela ANP foi possível analisar claramente o crescimento

Leia mais

ABRIL INICIA COM QUEDA SUPERIOR A 9% PARA O HIDRATADO

ABRIL INICIA COM QUEDA SUPERIOR A 9% PARA O HIDRATADO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Nº 390 Ano IX 03/abril/2014 ABRIL INICIA COM QUEDA SUPERIOR A 9% PARA O HIDRATADO No mercado físico de etanol, a primeira semana de abril foi marcada pelo abrandamento

Leia mais

ÍNDIA ATUALIZA SUAS PERSPECTIVAS DE PRODUÇÃO E FRUSTRA RECUPERAÇÃO EM NOVA YORK E LONDRES

ÍNDIA ATUALIZA SUAS PERSPECTIVAS DE PRODUÇÃO E FRUSTRA RECUPERAÇÃO EM NOVA YORK E LONDRES Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 08/junho/2015 n. 578 ÍNDIA ATUALIZA SUAS PERSPECTIVAS DE PRODUÇÃO E FRUSTRA RECUPERAÇÃO EM NOVA YORK E LONDRES O segundo maior produtor mundial da

Leia mais

Nova York supera US$/cents 18,00 com tendência de Alta em Solavanco

Nova York supera US$/cents 18,00 com tendência de Alta em Solavanco Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Nº 526 Ano XVI 23/junho/2014 Nova York supera US$/cents 18,00 com tendência de Alta em Solavanco Nos mercados futuros internacionais a finalização da terceira

Leia mais

AGOSTO DEVE SER MARCADO POR QUEDA ANUAL DE 33% EM NOVA YORK

AGOSTO DEVE SER MARCADO POR QUEDA ANUAL DE 33% EM NOVA YORK Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 31/agosto/2015 n. 590 AGOSTO DEVE SER MARCADO POR QUEDA ANUAL DE 33% EM NOVA YORK A finalização do mês de agosto traz consigo mais um registro de forte

Leia mais

CONSUMO DE ETANOL CRESCE APENAS 2% EM 2014 NOS ESTADOS UNIDOS

CONSUMO DE ETANOL CRESCE APENAS 2% EM 2014 NOS ESTADOS UNIDOS Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano X 30/abril/2015 n. 443 CONSUMO DE ETANOL CRESCE APENAS 2% EM 2014 NOS ESTADOS UNIDOS A disponibilidade de dados feita pela Secretaria de Energia Ambiental

Leia mais

27 de abril de 2016. Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2016/2017

27 de abril de 2016. Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2016/2017 27 de abril de 2016 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA SAFRA 2016/2017 ROTEIRO I. Considerações sobre a atual situação do setor sucroenergético II. Bioeletricidade III. Condições climáticas e agronômicas

Leia mais

REGIONAL CENTRO-OESTE

REGIONAL CENTRO-OESTE REGIONAL CENTRO-OESTE SOJA DESPONTA NO CENTRO-OESTE, REDUZINDO ÁREAS DE MILHO VERÃO E ALGODÃO A produção de soja despontou no Centro-Oeste brasileiro nesta safra verão 2012/13, ocupando áreas antes destinadas

Leia mais

Preços médios da tonelada de cana para pagamento - Safra 2010/2011 - A

Preços médios da tonelada de cana para pagamento - Safra 2010/2011 - A Edição nº 20 maio de 2011 EDIÇÃO ESPECIAL DE FECHAMENTO SAFRA O Informe Especial da Canaoeste tem como objetivo, transmitir aos associados todas as informações relevantes da safra 2010/2011, encerrada

Leia mais

Microprodução de Etanol e sua Comercialização Legal

Microprodução de Etanol e sua Comercialização Legal Microprodução de Etanol e sua Comercialização Legal Seminário Estadual Álcool, Leite e Cachaça Produção Integrada e Sustentável Belo Horizonte, 29 de novembro de 2011 Crescimento Consumo Aparente Combustíveis

Leia mais

APRESENTAÇÃO SUMÁRIO BOLETIM MENSAL DOS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS

APRESENTAÇÃO SUMÁRIO BOLETIM MENSAL DOS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS Ministério de Minas e Energia Secretaria de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis Departamento de Combustíveis Renováveis EDIÇÃO N o 91 Agosto/2015 BOLETIM MENSAL DOS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS

Leia mais

USDA REAFIRMA DÉFICIT INTERNACIONAL EM 2015/16 - MERCADO REAGE TIMIDAMENTE

USDA REAFIRMA DÉFICIT INTERNACIONAL EM 2015/16 - MERCADO REAGE TIMIDAMENTE Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 30/novembro/2015 n. 603 USDA REAFIRMA DÉFICIT INTERNACIONAL EM 2015/16 - MERCADO REAGE TIMIDAMENTE Com o título já enfático sobre o futuro dos preços

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Indicadores CNI RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Problemas e prioridades para 2016 28 Corrupção é o principal problema do país Saúde continua sendo a prioridade para as ações do governo A corrupção e a

Leia mais

Mercado. Cana-de-açúcar: Prospecção para a safra 2013/2014

Mercado. Cana-de-açúcar: Prospecção para a safra 2013/2014 Mercado Cana-de-açúcar: Prospecção para a safra 2013/2014 Por: WELLINGTON SILVA TEIXEIRA As mudanças climáticas provocadas pelo aquecimento global suscitam as discussões em torno da necessidade da adoção

Leia mais

Panorama do Mercado Brasileiro. Richard Nicolas De Jardin

Panorama do Mercado Brasileiro. Richard Nicolas De Jardin Panorama do Mercado Brasileiro Richard Nicolas De Jardin Linha do Tempo Falta de Infraestrutura Poucos Postos Segmento de Taxi Privatizações Crescimento da Infraestrutura Novos mercados Aumento das Vendas

Leia mais

Quadro II - PREÇO DO AÇÚCAR CRISTAL COLOCADO NO PORTO DE SANTOS - SP NA CONDIÇÃO SOBRE RODAS - (Em R$/Saca de 50kg*)

Quadro II - PREÇO DO AÇÚCAR CRISTAL COLOCADO NO PORTO DE SANTOS - SP NA CONDIÇÃO SOBRE RODAS - (Em R$/Saca de 50kg*) CANA-DE-AÇÚCAR Período: Janeiro/2016 Quadro I - PREÇO NA USINA EM SÃO PAULO (Em R$/unidade*) Produtos Unidade 24 12 1 Mês Mês Atual Açúcar Cristal Cor ICUMSA 130 a 180 Saco/50 kg 50,20 51,05 80,57 83,75

Leia mais

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2013/2014

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2013/2014 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2013/2014 São Paulo, 29 de abril de 2013 ROTEIRO I. Safra 2012/2013 na região Centro-Sul: dados finais Moagem e produção Mercados de etanol e de açúcar Preços e

Leia mais

Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo

Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo Versão Online Boletim No: 08 Junho, 2015 Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo I. PANORAMA A expectativa para a safra 2015/2016 é de aumento em relação à safra passada com moagem

Leia mais

Combustíveis BOLETIM CEPER. Ribeirão Preto/SP. Prof. Dr. Luciano Nakabashi André Ribeiro Cardoso e Simone Prado Araujo

Combustíveis BOLETIM CEPER. Ribeirão Preto/SP. Prof. Dr. Luciano Nakabashi André Ribeiro Cardoso e Simone Prado Araujo Neste boletim são apresentadas informações e uma breve análise sobre o comportamento dos preços dos principais combustíveis automotivos, etanol e gasolina comum, com base nos dados de preço coletados pela

Leia mais

Allan Kardec Duailibe Diretor

Allan Kardec Duailibe Diretor Allan Kardec Duailibe Diretor Audiência Pública Câmara dos Deputados Comissão de Minas e Energia 25 de Maio, 2011 A POLÍTICA DOS BIOCOMBUSTÍVEIS NO BRASIL Objetivos definidos na Lei n º 9.478/97: Alargar

Leia mais

VENDAS DE GASOLINA CAEM 13% EM JANEIRO

VENDAS DE GASOLINA CAEM 13% EM JANEIRO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XI 10/março/2016 n. 486 VENDAS DE GASOLINA CAEM 13% EM JANEIRO Os dados mais recentes sobre as vendas de combustíveis nos postos brasileiros disponibilizados

Leia mais

AÇÕES INSTITUCIONAIS NO SETOR SUCROENERGÉTICO

AÇÕES INSTITUCIONAIS NO SETOR SUCROENERGÉTICO AÇÕES INSTITUCIONAIS NO SETOR SUCROENERGÉTICO Elizabeth Farina Diretora Presidente da União da Indústria da Cana-de-Açúcar Araçatuba, 13 de dezembro de 2013 130 associados; 60% da cana-de-açúcar, etanol

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PROGRAMA NACIONAL DO ÁLCOOL - PROÁLCOOL

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PROGRAMA NACIONAL DO ÁLCOOL - PROÁLCOOL UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PROGRAMA NACIONAL DO ÁLCOOL - PROÁLCOOL Cintia de Souza Oliveira 8662479 Karina Siqueira 8658676 Verônica Carvalho

Leia mais

Semana movimentada com saturação da tendência atual e novidades macroeconômicas

Semana movimentada com saturação da tendência atual e novidades macroeconômicas Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Nº 527 Ano XVI 30/junho/2014 Semana movimentada com saturação da tendência atual e novidades macroeconômicas Nos mercados futuros internacionais, a quarta semana

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: ABRIL/2014 CEPEA - AÇÚCAR & ETANOL I - Análise Conjuntural II - Séries Estatísticas 1. Relações de preços mercados interno e internacional

Leia mais

Projeções de custos e rentabilidade do setor sucroenergético na região Nordeste para a safra 2013/14: o desafio de sobrevivência dos fornecedores

Projeções de custos e rentabilidade do setor sucroenergético na região Nordeste para a safra 2013/14: o desafio de sobrevivência dos fornecedores Projeções de custos e rentabilidade do setor sucroenergético na região Nordeste para a safra 2013/14: o desafio de sobrevivência dos fornecedores Essa publicação apresenta as projeções de custos de produção

Leia mais

Pedro Mizutani acredita que setor sucroenergético deve sentir uma recuperação mais acelerada da crise

Pedro Mizutani acredita que setor sucroenergético deve sentir uma recuperação mais acelerada da crise Pedro Mizutani acredita que setor sucroenergético deve sentir uma recuperação mais acelerada da crise A crise econômica afeta o setor sucroenergético principalmente, dificultando e encarecendo o crédito

Leia mais

Preço do etanol tem queda nas principais cidades de Santa Catarina

Preço do etanol tem queda nas principais cidades de Santa Catarina Publicação mensal do curso de Ciências Econômicas da Universidade Comunitária da Região de Chapecó Ano 4, Nº 07 Julho/2015 Preço do etanol tem queda nas principais cidades de Santa Catarina Desde janeiro

Leia mais

ESTRUTURA SOCIETÁRIA

ESTRUTURA SOCIETÁRIA APIMEC 2011 ESTRUTURA SOCIETÁRIA 2 VANTAGENS COMPETITIVAS SMTO Matéria-Prima Um dos players mais integrados do Brasil (mais de 70% de cana própria) Ganhos de Escala Expertise na administração de grandes

Leia mais

Munícipios de Santa Catarina apresentam queda nos preços da gasolina no mês de agosto de 2014

Munícipios de Santa Catarina apresentam queda nos preços da gasolina no mês de agosto de 2014 Publicação mensal do curso de Ciências Econômicas da Universidade Comunitária da Região de Chapecó Ano 3, Nº 7 Agosto/2014 Munícipios de Santa Catarina apresentam queda nos preços da gasolina no mês de

Leia mais

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2014/2015

Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2014/2015 Coletiva de imprensa ESTIMATIVA DA SAFRA 2014/2015 São Paulo, 23 de abril de 2014 ROTEIRO I. Safra 2013/2014 na região Centro-Sul: dados finais Condições climáticas e agronômicas Moagem e produção Mercados

Leia mais

Açúcar Relatório de Mercado Março de 2014 MERCADO INDUSTRIAL

Açúcar Relatório de Mercado Março de 2014 MERCADO INDUSTRIAL Açúcar MERCADO INDUSTRIAL PRODUÇÃO CANA, AÇÚCAR E ETANOL As unidades produtoras do Centro-Sul processaram 149.271 toneladas de cana-de-açúcar na primeira quinzena de fevereiro, volume 3,8% menor ante as

Leia mais

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Abril de 2012 Expectativa de expansão da safra 2012/13 do complexo sucroalcooleiro no Brasil poderá ser afetada pelo clima seco Regina Helena Couto Silva Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos

Leia mais

Coletiva de imprensa BALANÇO DA SAFRA 2014/2015

Coletiva de imprensa BALANÇO DA SAFRA 2014/2015 Coletiva de imprensa BALANÇO DA SAFRA 2014/2015 ROTEIRO Safra 2014/2015 Bioeletricidade Políticas Públicas e Setoriais 1 - SAFRA 2014/2015 SAFRA 2014/2015 REGIÃO CENTRO-SUL Condições agrícolas e operacionais

Leia mais

Indicadores de Desempenho Publicado em Novembro de 2015

Indicadores de Desempenho Publicado em Novembro de 2015 Publicado em Novembro de 2015 Fatos Relevantes Agosto/2015 Vendas Industriais As vendas industriais registraram expansão de 28,40% em agosto. Trata-se do maior aumento dos últimos três meses e aponta para

Leia mais

BOLETIM DO EMPREGO EM UBERLÂNDIA. Ano 3 Nº 7 Maio/2014

BOLETIM DO EMPREGO EM UBERLÂNDIA. Ano 3 Nº 7 Maio/2014 BOLETIM DO EMPREGO EM UBERLÂNDIA Ano 3 Nº 7 Maio/2014 Apresentação O Boletim do Emprego em Uberlândia, elaborado pelo Centro de Estudos, Pesquisas e Projetos Econômico-sociais (CEPES) do Instituto de Economia

Leia mais

DERAL - Departamento de Economia Rural. Cana de açúcar e Sucroalcooleiro - Prognóstico (março de 2013)

DERAL - Departamento de Economia Rural. Cana de açúcar e Sucroalcooleiro - Prognóstico (março de 2013) Cana de açúcar e Sucroalcooleiro - Prognóstico (março de 2013) 1.SINOPSE E ESTIMATIVA Oferta/Demanda: Apenas 7 países produtores de açúcar concentram 70% da oferta mundial, o Brasil, Índia, a soma da União

Leia mais

Certificado de Qualidade do Etanol

Certificado de Qualidade do Etanol Manual do Usuário Qualidade Combustível INTRODUÇÃO. A proposta deste documento é orientar e esclarecer os agentes da cadeia Combustível na emissão do Certificado da Qualidade e no envio mensal de dados

Leia mais

Balanço Energético Nacional 2012. Manual do Sistema de Coleta de Dados para o BEN 2012

Balanço Energético Nacional 2012. Manual do Sistema de Coleta de Dados para o BEN 2012 Balanço Energético Nacional 2012 Manual do Sistema de Coleta de Dados para o BEN 2012 Fevereiro de 2012 Apresentação O Balanço Energético Nacional BEN é o documento tradicional do setor energético brasileiro,

Leia mais

ANO 4 NÚMERO 25 MARÇO DE 2014 PROFESSORES RESPONSÁVEIS: FLÁVIO RIANI & RICARDO RABELO

ANO 4 NÚMERO 25 MARÇO DE 2014 PROFESSORES RESPONSÁVEIS: FLÁVIO RIANI & RICARDO RABELO ANO 4 NÚMERO 25 MARÇO DE 2014 PROFESSORES RESPONSÁVEIS: FLÁVIO RIANI & RICARDO RABELO 1 - CONSIDERAÇÕES INICIAIS Em geral as estatísticas sobre a economia brasileira nesse início de ano não têm sido animadoras

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO BOLETIM MENSAL DOS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO BOLETIM MENSAL DOS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS Ministério de Minas e Energia Secretaria de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis Departamento de Combustíveis Renováveis EDIÇÃO N o 89 Junho/2015 BOLETIM MENSAL DOS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS SUMÁRIO

Leia mais

Políticas Governamentais para Biocombustíveis

Políticas Governamentais para Biocombustíveis Ministério de Minas e Energia Secretaria de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis Departamento de Combustíveis Renováveis Políticas Governamentais para Biocombustíveis Ricardo B. Gomide ricardo.gomide@mme.gov.br

Leia mais

número 3 maio de 2005 A Valorização do Real e as Negociações Coletivas

número 3 maio de 2005 A Valorização do Real e as Negociações Coletivas número 3 maio de 2005 A Valorização do Real e as Negociações Coletivas A valorização do real e as negociações coletivas As negociações coletivas em empresas ou setores fortemente vinculados ao mercado

Leia mais

5º anúncio Agosto de 2015

5º anúncio Agosto de 2015 5º anúncio Agosto de 2015 Cenário de Hortigranjeiros no Brasil Total da Produção de Hortigranjeiros no Brasil: 57 milhões t Volume total de hortigranjeiros comercializados nas Centrais de Abastecimento

Leia mais

Responsáveis Técnicos: SILVIO ISOPO PORTO AROLDO ANTONIO DE OLIVEIRA NETO FRANCISCO OLAVO BATISTA DE SOUSA

Responsáveis Técnicos: SILVIO ISOPO PORTO AROLDO ANTONIO DE OLIVEIRA NETO FRANCISCO OLAVO BATISTA DE SOUSA Safra 2013/2014 Segundo Levantamento Agosto/2013 1 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Produção e Agroenergia SPAE Departamento de CanadeAçúcar e Agroenergia DCAA Companhia

Leia mais

Edição 39 (Março/2014)

Edição 39 (Março/2014) Edição 39 (Março/2014) Cenário Econômico: Governo atrasa pagamentos para melhorar situação fiscal Para tornar os dados de fevereiro melhores, governo atrasou os pagamentos às construtoras dos imóveis do

Leia mais

Desafios para o planejamento e a regulação do mercado de biocombustíveis

Desafios para o planejamento e a regulação do mercado de biocombustíveis VIII CBPE Congresso Brasileiro de Planejamento Energético Curitiba, agosto de 2012 Mesa Redonda: Fronteiras agro-energéticas Desafios para o planejamento e a regulação do mercado de biocombustíveis L.

Leia mais

BALANÇO ENERGÉTICO NACIONAL

BALANÇO ENERGÉTICO NACIONAL BALANÇO ENERGÉTICO NACIONAL 2012 I Resultados Preliminares I ano base 2011 Ministério de Minas e Energia BALANÇO ENERGÉTICO NACIONAL 2012 I Resultados Preliminares I ano base 2011 Editoração Grupojam

Leia mais

Ano I Boletim II Outubro/2015. Primeira quinzena. são específicos aos segmentos industriais de Sertãozinho e região.

Ano I Boletim II Outubro/2015. Primeira quinzena. são específicos aos segmentos industriais de Sertãozinho e região. O presente boletim analisa algumas variáveis chaves na atual conjuntura da economia sertanezina, apontando algumas tendências possíveis. Como destacado no boletim anterior, a indústria é o carro chefe

Leia mais

Modelo de séries temporais aplicado à série de preços de etanol hidratado no estado de São Paulo

Modelo de séries temporais aplicado à série de preços de etanol hidratado no estado de São Paulo Modelo de séries temporais aplicado à série de preços de etanol hidratado no estado de São Paulo Adriele Aparecida Pereira 12 Tales Jesus Fernandes 2 Thelma Sáfadi 2 1 Introdução O etanol (álcool etílico),

Leia mais

Açúcar: Informativo Quinzenal. Oferta se acentua e preços cedem. Indicador de Açúcar Cristal Cepea/Esalq Estado de São Paulo.

Açúcar: Informativo Quinzenal. Oferta se acentua e preços cedem. Indicador de Açúcar Cristal Cepea/Esalq Estado de São Paulo. Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada CEPEA/ESALQ/USP 25 de maio de 2011 Volume 1, Edição 22 Açúcar: Informativo Quinzenal Indicador de Açúcar Cristal Cepea/Esalq Estado de São Paulo DATA Valor

Leia mais

CSHG Desenvolvimento de Shoppings Populares FII

CSHG Desenvolvimento de Shoppings Populares FII CSHG Desenvolvimento de Shoppings Populares FII Agosto de 2014 Objetivo do Fundo O CSHG Desenvolvimento de Shoppings Populares FII tem como objetivo auferir ganhos pelo investimento em shopping centers,

Leia mais

DERAL-Departamento de Economia Rural A CANA-DE-AÇÚCAR E O SETOR SUCROALCOOLEIRO

DERAL-Departamento de Economia Rural A CANA-DE-AÇÚCAR E O SETOR SUCROALCOOLEIRO A CANA-DE-AÇÚCAR E O SETOR SUCROALCOOLEIRO PROGNÓSTICO 2014/15 Maio de 2014 A previsão ao setor sucroalcooleiro no Paraná é de um pequeno crescimento ao longo da safra 2014, confirmando a recuperação ocorrida

Leia mais

Discurso do Ministro Alexandre Tombini, Presidente do Banco. Central do Brasil, na Comissão Mista de Orçamento do. Congresso Nacional

Discurso do Ministro Alexandre Tombini, Presidente do Banco. Central do Brasil, na Comissão Mista de Orçamento do. Congresso Nacional Brasília, 18 de setembro de 2013. Discurso do Ministro Alexandre Tombini, Presidente do Banco Central do Brasil, na Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional Exmas. Sras. Senadoras e Deputadas

Leia mais

APRESENTAÇÃO DESTAQUES. 1. Índice de crescimento do emprego formal em Campinas é maior que na RMC (pág. 4)

APRESENTAÇÃO DESTAQUES. 1. Índice de crescimento do emprego formal em Campinas é maior que na RMC (pág. 4) Secretaria Municipal de Trabalho e Renda NOVEMBRO DE 2011 Boletim Informativo do Mercado de Trabalho em Campinas Dezembro de 2011 APRESENTAÇÃO A geração de postos de trabalho tem mostrado sinais de desaceleração

Leia mais

Comissão Mista Medida Provisória 647/2014 Audiência Pública

Comissão Mista Medida Provisória 647/2014 Audiência Pública Versão 16 Jul 14 Comissão Mista Medida Provisória 647/2014 Audiência Pública Senado Federal, 16/07/2014 IMPACTOS DO PNPB Aspectos mais relevantes das Externalidades Positivas do PNPB (Programa Nacional

Leia mais

Tendências importantes para o spread e inadimplência

Tendências importantes para o spread e inadimplência Tendências importantes para o spread e inadimplência A inadimplência confirma mínima histórica em 3,0% e o spread bancário volta a se elevar, alcançando 13,1%. Os dois movimentos são os principais destaques

Leia mais

Cesta básica de Porto Alegre registra queda de 4% em junho de 2014

Cesta básica de Porto Alegre registra queda de 4% em junho de 2014 1 Cesta básica de Porto Alegre registra queda de 4% em junho de 2014 Porto Alegre, 07 de julho de 2014. NOTA À IMPRENSA Em junho de 2014, a Cesta Básica de Porto Alegre registrou queda de 4,00%, passando

Leia mais

Painel 4 Perspectivas dos mercados de açúcar e etanol

Painel 4 Perspectivas dos mercados de açúcar e etanol BMFBovespa Seminário Perspectivas do Agribusiness 2012-2013 Painel 4 Perspectivas dos mercados de açúcar e etanol Andy Duff, Food & Agribusiness Research, Rabobank Brasil 22 de maio de 2012 Food & Agribusiness

Leia mais

A VISÃO O ATUALIZADA DA QUESTÃO O ETANOL. Maurílio Biagi Filho

A VISÃO O ATUALIZADA DA QUESTÃO O ETANOL. Maurílio Biagi Filho A VISÃO O ATUALIZADA DA QUESTÃO O ETANOL Maurílio Biagi Filho Roteiro Evolução e perspectivas da indústria sucroalcooleira no Brasil. Brasil: potencial para aumento da produção e produtividade. Expansão

Leia mais

Edição 40 (Março/2014)

Edição 40 (Março/2014) Edição 40 (Março/2014) Cenário Econômico: Prévia da inflação oficial acelera por alimentos e transportes (Fonte: Terra) O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) avançou 0,73% em março

Leia mais

8º VALOR DAS MARCAS DOS CLUBES BRASILEIROS FINANÇAS DOS CLUBES

8º VALOR DAS MARCAS DOS CLUBES BRASILEIROS FINANÇAS DOS CLUBES 8º VALOR DAS MARCAS DOS CLUBES BRASILEIROS FINANÇAS DOS CLUBES 2015 Sumário Prefácio 5 FIFA Fédération Internationale de Football Association 6 CBF Confederação Brasileira de Futebol 9 Federações Estaduais

Leia mais

COMUNICADO SIAD 019 /2007 ASSUNTO: Frota Abastecimento no Posto Orgânico Coletivo de Combustível - POC

COMUNICADO SIAD 019 /2007 ASSUNTO: Frota Abastecimento no Posto Orgânico Coletivo de Combustível - POC Órgão/Setor SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO Rua Bernardo Guimarães, 2731. Tel.: (31) 3290-4600 CEP: 30.180-140 Belo Horizonte Minas Gerais Brasil CGC: 18.715.607 / 0001-13 Inscrição Estadual:

Leia mais

CARTA JBI FOCUS #12 Maio 2013

CARTA JBI FOCUS #12 Maio 2013 CARTA JBI FOCUS #12 Maio 2013 ÍNDICE PRINCIPAIS CONTRIBUIÇÕES DOS ÚLTIMOS 12M... 3 CASO DE INVESTIMENTO FLEURY... 4 O MERCADO EDITORIAL BRASILEIRO... 6 2 Carta JBI Focus #12 Mai/13 PRINCIPAIS CONTRIBUIÇÕES

Leia mais

Situação atual e perspectivas para o setor sucroenergético

Situação atual e perspectivas para o setor sucroenergético 23 de julho de 2015 Situação atual e perspectivas para o setor sucroenergético Antonio de Padua Rodrigues Diretor técnico ROTEIRO I. Perspectivas para a safra 2015/2016 II. Mercados de açúcar e de etanol

Leia mais

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DA AMAZÔNIA PROGRAMA DA PRODUÇÃO DE ETANOL SOCIAL DA AMAZÔNIA

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DA AMAZÔNIA PROGRAMA DA PRODUÇÃO DE ETANOL SOCIAL DA AMAZÔNIA MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DA AMAZÔNIA PROGRAMA DA PRODUÇÃO DE ETANOL SOCIAL DA AMAZÔNIA BELÉM 2015 1 Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia SUDAM Tv.

Leia mais

PARECER JURÍDICO N 0420/2016 - ASJUR

PARECER JURÍDICO N 0420/2016 - ASJUR PROCESSO(S) N(S)º: 63754153/2015 64933051/2016 INTERESSADO: Petrobrás Distribuidora S/A ASSUNTO: Impugnação Pregão Presencial n 001/2016 PARECER JURÍDICO N 0420/2016 - ASJUR Os autos aportaram a esta Assessoria

Leia mais

Produção de Alimentos e Energia. Ribeirão Preto

Produção de Alimentos e Energia. Ribeirão Preto Produção de Alimentos e Energia e o Exercício Profissional Ribeirão Preto AdilmaScamparini Engenheira de Alimentos Email ascamparini@uol.com.br F 019 81133730 FAX 019 21214527 Produção de Alimentos Alimentos

Leia mais

Boletim Econômico da Scot Consultoria

Boletim Econômico da Scot Consultoria Boletim Econômico da Scot Consultoria ano 1 edição 2 22 a 28 de abril de 2013 Destaque da semana Alta na taxa Selic O Comitê de Política Monetária (Copom) decidiu elevar a taxa Selic para 7,50% ao ano,

Leia mais

Brasil Ecodiesel. Movendo o Brasil com Biodiesel. Biodiesel Congress 2009 01/09/09

Brasil Ecodiesel. Movendo o Brasil com Biodiesel. Biodiesel Congress 2009 01/09/09 Brasil Ecodiesel Movendo o Brasil com Biodiesel Biodiesel Congress 2009 01/09/09 Macro Tendências do Setor de Biodiesel Pressão mundial por combustíveis renováveis Mundo Em 2008, os biocombustíveis representaram

Leia mais

RELATÓRIO DE MERCADO JULHO DE 2015

RELATÓRIO DE MERCADO JULHO DE 2015 RELATÓRIO DE MERCADO JULHO DE 2015 COMMODITIES AGRÍCOLAS RESUMO DOS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO DE COMMODITIES AGRÍCOLAS SUMÁRIO OFERTA 4 8 VARIAÇÕES HISTÓRICAS E FORECAST 6 DEMANDA 9 CONSIDERAÇÕES

Leia mais

BOLETIM CUSTOS E PREÇOS Abril de 2014

BOLETIM CUSTOS E PREÇOS Abril de 2014 BOLETIM CUSTOS E PREÇOS Abril de 2014 Milho: Os preços no mercado brasileiro ficaram estáveis e até mesmo um pouco mais baixos em algumas praças. A incerteza dos produtores quanto à produtividade do milho

Leia mais

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES BANRISUL MERCADO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ/MF 15.283.719/0001-54

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES BANRISUL MERCADO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ/MF 15.283.719/0001-54 FORMULÁRIO DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES BANRISUL MERCADO FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA LONGO PRAZO CNPJ/MF 15.283.719/0001-54 ESTE FORMULÁRIO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS (R$ MILHÕES) 3T13 3T14 Var.% 9M13 9M14 Var.% RECEITA LÍQUIDA 315,8 342,8 8,5% 858,4 937,5 9,2% EBITDA AJUSTADO¹ 67,1 78,3 16,7% 157,5

Leia mais

SONDAGEM INDUSTRIAL JULHO 2015

SONDAGEM INDUSTRIAL JULHO 2015 A indústria da região de Campinas indica, em julho de 2015, resultados um pouco melhores que os inferiores àqueles visualizados no ano passado dos meses anteriores, mas Este relatório de Sondagem Industrial

Leia mais

Como o Brasil pode contribuir para o esforço internacional de redução das emissões. Allan Kardec Duailibe Diretor

Como o Brasil pode contribuir para o esforço internacional de redução das emissões. Allan Kardec Duailibe Diretor Como o Brasil pode contribuir para o esforço internacional de redução das emissões Allan Kardec Duailibe Diretor Apostar nos BIOcombustíveis! Apostar no conceito BIcombustível Matriz múltipla O Brasil

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO BOLETIM MENSAL DOS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO BOLETIM MENSAL DOS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS Ministério de Minas e Energia Secretaria de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis Departamento de Combustíveis Renováveis EDIÇÃO N o 92 Setembro/2015 BOLETIM MENSAL DOS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS

Leia mais

Proposta de planilha para projeção de pagamento de cana futura conforme normas do CONSECANA-SP

Proposta de planilha para projeção de pagamento de cana futura conforme normas do CONSECANA-SP Powered by TCPDF (www.tcpdf.org) Proposta de planilha para projeção de pagamento de cana futura conforme normas do CONSECANA-SP Willian Vinicius Benelli (UEL) - willianbenelli@terra.com.br Paulo Arnaldo

Leia mais

E-mails: cdias@sp.gov.br, mbales@sp.gov.br, silmsilva@sp.gov.br, willian_viper@hotmail.com

E-mails: cdias@sp.gov.br, mbales@sp.gov.br, silmsilva@sp.gov.br, willian_viper@hotmail.com Blucher Engineering Proceedings Setembro de 2015, Número 1, Volume 2 A AVALIAÇÃO DO PROGRAMA BRASILEIRO DE ETIQUETAGEM VEICULAR DEMONSTRA A NECESSIDADE DA MELHORIA CONTÍNUA Marcelo Pereira Bales 1, Silmara

Leia mais

Assunto: NF-e Municipal Nota Fiscal Eletrônica de Serviços

Assunto: NF-e Municipal Nota Fiscal Eletrônica de Serviços São Paulo, 26 de Setembro de 2006. Assunto: NF-e Municipal Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Prezado Associado, Buscando minimizar os impactos trazidos pela implantação do mais recente projeto da Prefeitura

Leia mais

SUMÁRIO. 1.1 - Volume Negociado de Contratos Futuros 3. 1.2 - Volume Negociado de Contratos de Opções 3

SUMÁRIO. 1.1 - Volume Negociado de Contratos Futuros 3. 1.2 - Volume Negociado de Contratos de Opções 3 Commodities: Relatório sobre o Volume Negociado Diretoria de Commodities NOVEMBRO 2010 1 SUMÁRIO 1. Balanço do Mês: Novembro/10 1.1 - Volume Negociado de Contratos Futuros 3 1.2 - Volume Negociado de Contratos

Leia mais

Como funcionam os elevadores hidráulicos

Como funcionam os elevadores hidráulicos Como funcionam os elevadores hidráulicos Giullia Peres da Silva giulliaperes@hotmail.com Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Osório Osório - RS Brasil Introdução:

Leia mais

Edital do Processo Seletivo 2014. Ato Edital n 029. (Resolução CONSEPE - nº 23 de 06 de agosto de 2013)

Edital do Processo Seletivo 2014. Ato Edital n 029. (Resolução CONSEPE - nº 23 de 06 de agosto de 2013) CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE MANAUS Decreto de 26/03/2001 - DOU de 27/03/2001. Edital do Processo Seletivo 2014 Ato Edital n 029 (Resolução CONSEPE - nº 23 de 06 de agosto de 2013) O Diretor Geral

Leia mais

BOLETIM MENSAL DOS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS APRESENTAÇÃO

BOLETIM MENSAL DOS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS APRESENTAÇÃO Ministério de Minas e Energia Secretaria de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis Departamento de Combustíveis Renováveis EDIÇÃO N o 96 Março/2016 BOLETIM MENSAL DOS COMBUSTÍVEIS RENOVÁVEIS SUMÁRIO

Leia mais

Sustentabilidade no Setor Sucroenergético Brasileiro

Sustentabilidade no Setor Sucroenergético Brasileiro Sylvio Nóbrega Coutinho Sustentabilidade no Setor Sylvio Nóbrega Coutinho Energia Elemento propulsor de desenvolvimento da sociedade A humanidade depende cada vez mais de um elevado consumo energético

Leia mais