Redes Sociais: Aplicações nos diversos tipos de organizações

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Redes Sociais: Aplicações nos diversos tipos de organizações"

Transcrição

1 Redes Sociais: Aplicações nos diversos tipos de organizações Claudir Padia (FAHOR) Édio Polacinski (FAHOR) Resumo A utilização das Redes Sociais tem aumentado ao longo dos anos, e tem-se mostrado como um ótimo canal para comunicação e interação entre pessoas. Assim como se identifica que a utilização das Redes Sociais tem crescido, também se percebe que elas vêm se tornado um ótimo canal de comunicação entre organizações e seus mercados consumidores. Em contrapartida, muitas organizações têm tido discussões sobre o uso das redes sociais por seus funcionários, o que tem preocupado as empresas quanto ao rendimento de seus colaboradores. Por se tratar de um assunto pouco abordado, e com rápida expansão, tem-se levantado muitos questionamentos em torno dessa ferramenta de comunicação e interação. Neste contexto, destaca-se que este artigo, através de um ensaio teórico, tem o objetivo de apresentar informações relacionadas a aplicação dessa ferramenta nos diversos tipos de organizações, especialmente, pelo fato que as Redes Socias, tem se tornado tão populares, e a cada dia que passa, tem apresentado milhares de novos adeptos. Palavras chave: Redes Sociais, TI, Organizações. 1. Introdução O uso da Internet revolucionou o mundo corporativo e acelerou as relações entre as empresas, fornecedores, distribuidores, produtores, administradores e todos os integrantes da cadeia produtiva (KENSKI, 2002). Através da facilidade de comunicação e da economia de tempo, trazidas pelo do uso da Internet, todas as organizações que utilizam essa ferramenta foram incentivadas a concentrarem seus esforços nas atividades principais e deixarem as atividades secundárias para empresas menores, e começaram somente a controlá-las através do uso contínuo da tecnologia, que ficou muito mais acessível e prático com o uso da internet, afirmando-se que todos os tipos de negócios, podem ser aperfeiçoados com o uso da internet, bastando apenas encontrar um modelo apropriado para cada empresa, o que traz ganhos de tempo, foco na produção e consequentemente economia e aumento dos lucros das organizações (KENSKI, 2002). As tecnologias sociais, estão permitindo que as pessoas se conectem, interajam e se reunam com facilidade e velocidade nunca vistas antes. As

2 companhias líderes de TI estão buscando acompanhar essa mudança, e utilizá-las a seu favor, pois estão aprendendo com o uso da tendencia social a explorar novas possíbilidades e novas dinâmicas que esse relacionamento promete trazer (ARIMA, 2011). O mundo tem mudado de uma forma muito radical, e estamos diante de uma forma de gerir as empresas e pessoas de uma nova maneira. Os jovens que se formam hoje em dia, ja vêm para o mercado de trabalho com DNA digital, ou seja, possuem uma visão do mundo dentro da internet. Usam a internet para buscar soluções e estratégias rápidas para solucionar problemas, ou seja, utiliza de muitas maneiras essa ferramenta disponível que é a internet e o uso das redes sociais (CARDOSO, 2010). Assim, a partir do exposto, destaca-se que o presente artigo, através de um ensaio teórico, tem o objetivo de apresentar informações relacionadas a aplicação das Redes Sociais nos diversos tipos de organizações. Além disso, apresentar seus benefícios, de acordo com sua aplicação, e também demostrar como a utilização destas redes pode ser útil e proveitosa para diversas finalidades. 2. Revisão da Literatura 2.1 Definições de Redes Sociais Muitas são as definições sobre redes sociais, pois elas podem ser tanto ligadas á internet, quanto apenas grupos de pessoas que possuem vínculos ou caracteristicas sociais comuns perante um grupo. Porém podem ser abordados e diferenciados por diversas definições, como as demais abordadas neste artigo. Considerando o ambiente fora da internet, podemos considerar as redes sociais, como sendo conjuntos de intercambios ou vínculos entre pessoas, onde há interação regularmente entre os integrantes (SOUZA; KANTORSKI; MIELKE, 2006). As pessoas estão inseridas na sociedade através de realções que desenvolvem ao longo de sua vida, desde o âmbito familiar, na escola, na comunidade em que vivem e no trabalho, ou seja, relações que desenvolvem e mantém e que fortalecem a esfera social. A natureza humana liga através de uma estrutura a sociedade em rede. Por isso, em uma rede social, cada indivíduo tem sua função e identidade cultural, suas relações com outros indivíduos coesos que representam a rede (TOMAÉL; ALCARÁ; CHIARA, 2005). Segundo Marteleto (2001), as redes sociais representam um conjunto de participantes autônomos, que unem ideias e recursos em torno de interesses e vaores compartilhados, ou seja, uma conexão entre pessoas que dentro de uma estrutura organizacional, compartilham interesses semelhantes.

3 As redes sociais também podem ser compreendidas, como a soma dos contatos externos recorrentes de uma organização, onde tais redes contêm as relações entre consumidores, fornecedores, competidores e organizações de outras indústrias e países (AUGUSTO; BAPTISTA, 2005). Figura 1: Representação gráfica de uma rede social. Fonte: Curvello (2011). De maneira geral, consideram-se as redes sociais como grupos, com interesses ou ideias em comum, que de alguma maneira compartilham essas ideias, sejam elas través da internet, ou de grupos fora da web. 2.2 Tipos de Redes Sociais na internet As redes sociais começaram a surgir, em meados dos anos 90, após o surgimento da internet, quando surgiram os primeiros sites de compartilhamento de dados, sendo que os s foram ás primeiras formas de relacionamento entre pessoas através da internet (OLIVEIRA, 2011). Ao longo dos anos, o aumento considerável no número de internautas, sentiu-se a necessidade de criação de ferramentas de comunicação mais abrangentes e que permitissem uma ampliação nas redes de contatos (OLIVEIRA, 2011). Com o passar do tempo, muitas outras formas de comunicação através da internet foram desenvolvidos, resultando nas atuais redes sociais. As principais redes sociais atualmente na internet utilizadas por brasileiros são (FERRARI, 2010):

4 Orkut Rede social filiada pela Google, que tem como objetivo a conexão entre amigos na internet. Possui no Brasil cerca de 26 milhões de participantes, e é a maior rede de comunidades do Brasil; Youtube É uma rede social dedicada à exibição de vídeos carregados por seus usuários. No Brasil, possui cerca de 20 milhões de usuários; Twitter É uma rede social e que permite aos usuários, enviar e receber atualizações pessoais de outros usuários, através de textos com até 140 caracteres. No Brasil, possui cerca de 9,8 milhões de usuários; Facebook É a maior rede social do mundo. Possui em sua interface, aplicativos, comunicador instantâneo álbum de vídeos e fotos e outras características, para compartilhamento entre usuários. No Brasil possui cerca de 9,6 milhões de usuários; Messenger É um comunicador instantâneo da empresa Microsoft, que possui o maior número de usuários entre as redes sociais no Brasil. Estima-se que possui cerca de 27,4 milhões de usuários no país. É uma das principais ferramentas de comunicação instantânea utilizada tanto por empresas, quanto por pessoas no Brasil; Skype É um serviço on-line que une chat, vídeo, funções de produtividade e telefone por IP gratuito. É usado muito por empresas e pessoas que possuem contatos em outros estados ou países. Possui no Brasil cerca de 5 milhões de usuários; Formspring É uma rede social em que o usuário cria um perfil com o único objetivo de responder as perguntas de internautas. No Brasil possui cerca de 4 milhões de usuários; Flickr O Flickr é uma rede criada pela empresa Yahoo, que serve como álbum de fotos online. É o mais utilizado no mundo entre as redes sociais que possuem somente este recurso ou característica. O Brasil tem cerca de 3,5 milhões de usuários; Sonico É uma rede social semelhante ao Orkut, porém que tem sua sede na Argentina, o público que mais acessa seus serviços no Brasil esta na faixa de pessoas acima dos 30 anos. Possui no país cerca de 2 milhões de usuários; My Space É uma rede social com foco em conteúdo musical, onde bandas e artistas divulgam seu trabalho. Já foi a maior rede social do mundo, porém no Brasil nunca teve muito sucesso. Possui cerca de 1,5 milhões de usuários no país; Ning É um site que permite a internautas e empresas criar suas próprias redes sociais. É muito usado por empresas, universidades, e grupos de discussão. No Brasil possui cerca de 3 milhões de usuários;

5 Linkedin É uma rede social especializada em contatos profissionais. Muito utilizada por empresas e universidades. Possui no Brasil, cerca de 1,5 milhões de usuários; Foursquare É uma rede social para celulares que serve para avaliação de locais como bares, restaurantes, hotéis e outros estabelecimentos. È um serviço muito utilizado em países como Estados Unidos da América, porém no Brasil, ainda não possui muitos adeptos, apenas cerca de 170 mil usuários, mas é uma rede social considerada promissora. Figura 2: Logos das principais redes sociais utilizadas no Brasil. Todas essas redes sociais são utilizadas por muitos usuários brasileiros, sendo que de acordo com pesquisas, 80% dos usuários ativos de internet no país acessam redes sociais (FERRARI, 2010). 2.3 Redes Sociais nas organizações A utilização das redes sociais nas organizações tem provocado muitas discussões, sobre a sua utilização por parte dos funcionários ou até mesmo por parte da organização. As perspectivas que envolvem redes sociais emergiram dentro da teoria das organizações em meados da década de 70, e desde então são consideradas como formas de relacionamento interorganizacional, e a análise da rede traz neste sentido, um melhor entendimento sobre o comportamento das organizações (AUGUSTO; BAPTISTA, 2005).

6 A cada dia, mais as redes sociais estão inseridas na vida das pessoas, que vem utilizando as redes de forma crescente, principalmente para fins pessoais. Por este motivo, com o surgimento das redes sociais, os gestores de Tecnologia da Informação das empresas, se apressaram em bloquear o acesso de seus colaboradores a todas as redes sociais, com o objetivo de manter o foco no trabalho e inibir uma eventual perda de produtividade dos trabalhadores, que normalmente poderiam passar mais tempo cuidando de questões pessoais do que assuntos relacionados ao seu trabalho (FERRARI; 2011). Pode-se dizer que 80% das empresas já utilizam as redes sociais como ferramenta para apoiar a investigação e a inteligência competitiva, que são usadas para melhorar o serviço de suporte ao cliente, e implementar as relações públicas e as iniciativas de marketing e também gerar benefícios diretos pra a organização (COMPUTERWORLD, 2011). A partir da evolução das redes sociais e a convergência para a utilização destas ferramentas também para fins profissionais, tais ferramentas começaram a serem usadas com grande importância tanto para pesquisa quanto para publicidade, sem abandonar o caráter de finalidade pessoal da rede social (FERRARI, 2011). As redes sociais, quando utilizadas em termos de comunicação externa nas empresas, são consideradas um desafio, pois as pessoas costuma utilizar mais estas plataformas do que os meios tradicionais. Porém nenhuma empresa pode encarar esta realidade sem uma mudança cultural, que deve ser assumida pela empresa e pelos colaboradores. Sempre é necessária uma avaliação da importância da web no contexto de trabalho (FONSECA, 2011). Devido a essa notória e significativa evolução das redes sociais, muitas empresas começaram a avaliar e também a tentar utilizar as redes sociais a seu favor no contexto do trabalho diário, ou seja, utilizando as tendências da internet e das redes sociais para sua comunicação interna (FONSECA, 2011). Segundo especialistas, podem ser citadas oito tendências que vem sendo muito utilizadas para a comunicação interna nas organizações (FONSECA, 2011): Portais sociais com diretório de networking corporativo, dados pessoais e chat; Blogging e micro-blogging com comunicação bilateral, em tempo real e reforço do sentimento de pertença e compromisso; Conteúdos móveis e eventos virtuais através de podcasting, aplicações móveis e videoconferência; Formação colaborativa através de portais de e-learning internos e ferramentas colaborativas de conhecimento wikis, bookmarks; Comunicação com redes sociais próprias ou comunidades internas em plataformas internas;

7 Crowdsourcing interno através de blogues de ideias e jogos corporativos; Embaixadores através de colaboradores bloggers e conteúdo gerado pelos funcionários; Recrutamento através de redes corporativas e criação de dinâmicas mais interativas. Apesar de um grande número de executivos e lideres da Tecnologia de Informação usar as redes sociais para uso pessoal, muitas empresas estão encontrando dificuldades para determinar a abordagem correta e o momento adequado para implantar soluções corporativas. O mercado de tecnologias sociais está em crescente expansão e evoluindo muito rapidamente enquanto fornecedores tentam capitalizar investimentos corporativos. Para otimizar investimentos, competências e resultados, é essencial que as empresas estabeleçam uma compreensão compartilhada das tendências e ferramentas sociais, coordenem estratégias e iniciativas e incentivem investimentos (ARIMA, 2011). 2.4 Redes Sociais: atividades lucrativas para organizações Assim como a utilização das redes sociais tem sido muito grande e vem crescendo a cada dia entre as pessoas, criou-se em torno dessa utilização, uma grande expectativa de um mercado totalmente potencial para a divulgação do trabalho de diversas empresas. A cada dia se popularizam mais as ferramentas online para divulgação e relacionamento entre empresa e consumidores. (ECOOPERTEC, 2010). O mercado ainda está aprendendo a utilizar as ferramentas de divulgação através da internet, e principalmente através das redes sociais. O que se consegue mensurar é que um dos principais benefícios da divulgação de uma empresa ou produto em uma rede social é quanto à imagem da empresa, que fica conhecida muito mais rapidamente do que em muitos meios de comunicação, e com uma abrangência muito maior, isso tudo quando feita uma divulgação muito bem trabalhada e focada em seu publico alvo (FERRARI, 2008). Especialistas vêm dizendo que a publicidade em redes sociais tem se tornado o meio mais barato e mais mensurável de atingir o consumidor. Com o objetivo de manter a empresa presente no mercado, uma das melhores saídas tem sido a divulgação através da internet, sendo as redes sociais, o caminho mais curto e efetivo para a divulgação de produtos ou serviços das empresas (FERRARI, 2009). As redes sociais vêm ganhando cada vez mais espaço como ferramenta de comunicação de grandes empresas. Pesquisas recentes demonstraram que as empresas que mais investem em redes sociais apresentam melhores

8 resultados em seu faturamento. Empresas como Starbucks, Dell, ebay, Google e Microsoft lideram a lista das empresas mais ativas em redes sociais, e consequentemente, são as que obtiveram os maiores lucros em 2008 (SPARSBROD, 2009). Figura 3: Logos de redes sociais vinculados com a lucratividade de empresas. Fonte: Superempreendedores. Cada vez mais a divulgação em redes sociais tem se mostrado um ótimo mercado. Empresas que tem investido em redes sociais tem tido grande retorno, tanto financeiro, quanto relacionado a questões de imagem da empresa (ANDRADE, 2009). 3. Metodologia A metodologia utilizada para o desenvolvimento do artigo em questão foi definida como um ensaio teórico, uma vez que se utiliza dos princípios do método dialético, o qual a parte das definições apresentadas (relacionadas as Rede Sociais), e as confronta na tentativa de encontrar semelhanças e diferênças (SILVA; MENEZES, 2005). Neste contexto, a partir de Cervo e Bervian (2002), destaca-se que a presente pesquisa considerou os seguintes procedimentos relacionados a coleta, análise e interpretação dos dados referentes as Redes Sociais: Visão Sincrética - leitura de reconhecimento que tem o propósito de localizar as fontes em uma aproximação preliminar sobre o tema. Para tanto identificou-se artigos e sites pertinentes e fez-se a leitura necessária.

9 Visão Analítica - caracteriza-se como uma leitura crítico/reflexiva dos textos selecionados. Visão Sintética - é interpretatíva e de síntese. Este estudo ainda pode ser caracterizado por sua finalidade, como descritivo, uma vez que apresenta como objetivo principal a descrição das características de determinada população, ou fenômeno, ou o estabelecimento de relações entre variáveis (GIL, 1999), que no presente artigo se referem aos conceitos e definições relacionados as Redes Sociais. 4. Resultados e discussões Percebe-se que a utilização das redes sociais é cada vez maior e está presente cada vez mais no dia-a-dia das pessoas e das organizações. A quantidade de internautas que acessam as redes sociais e enorme e está em crescente expansão, assim como a quantidade de diferentes redes sociais que existem e a quantidade de redes sociais que vem sendo criadas. As empresas buscam cada vez mais acompanhar esse crescimento, porém esbarram em barreiras tanto internas (colaboradores) quanto externas (clientes), e notam que devem na medida do possível, tentar utilizar as ferramentas disponíveis nas redes sociais a seu favor. As redes sociais tem se mostrado como uma população em potencial para ser explorada, principalmente por organizações, que buscam divulgar seus produtos e serviços. O uso da divulgação em redes sociais por empresas, tem mostrado muito resultado quanto a questão de imagem da empresa perante o cliente, e é considerado por especialistas, como o meio mais barato e pratico para atingir o consumidor. As grandes empresas ja estão utilizando as redes sociais a alguns anos, e notaram que a utilização correta, e o vinculo da imagem da empresa na rede social, tem trazido ótimos resultados para as organizações. 5. Conclusões A utilização das redes sociais é uma caracteristica eminente no cotidiano das pessoas e organizações na internet. É um mercado que tem se mostrado potencial e que ainda tem muito a ser explorado. A inovação e o crescimento das midias sociais, é algo que deve ser muito estudado ainda, e que irá gerar muito conhecimento para quem explorá-lo da maneira correta. Também deve-se resaltar, que a utilização desse mercado potencial para a divulgação e contato direto com os clientes, é um ponto muito importante, que cada vez mais tem mostrado o sucesso de empresas que estão se aperfeiçoando nesse tipo de canal de comunicação.

10 Pode-se concluir que a utilização das redes sociais tem muitos benefícios a serem trazidos para quem utilizá-las, tanto por parte das empresas que estarão mais perto de seus clientes, como os usuários, que cada vez mais podem escolher o que querem, e tem como opção os mais deversos tipos de redes sociais para interagirem e também as ferramentas que tanto são úteis para seus usuários. 6. Referências ANDRADE, R. S. Redes sociais: um longo caminho até as empresas. <http://desenvolvimentoweb.blogspot.com/2009/10/computerworld-redes-sociais-umlongo.html>. ARIMA, K. A. inteligência das redes sociais nas empresas. <http://info.abril.com.br/noticias/corporate/gartner/a-inteligencia-das-redes-sociais-nasempresas shl>. Acesso em: 21 de junho de AUGUSTO, P. O. M.; BAPTISTA, P. P. Acesso a Insumos como Vantagem Competitiva: o Papel das Redes Sociais. <http://www.abepro.org.br/biblioteca/enegep2005_enegep0706_0524.pdf>. Acesso em: 3 de julho de CARDOSO, M. V. F. É proibido proibir as Redes Sociais nas empresas. <http://www.administradores.com.br/informe-se/informativo/e-proibido-proibir-as-redessociais-nas-empresas/29974/>. Acesso em: 21 de junho de CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A. Metodologia científica. 5 ed. São Paulo: Prentice Hall, COMPUTERWORLD. Riscos das redes sociais nas empresas. <http://www.computerworld.com.pt/2011/03/01/riscos-das-redes-sociais-nasempresas/>. CURVELLO, R. C. F. Redes Sociais e sua Importancia em SEO. <http://www.brasilseo.com.br/social-media-marketing/redes-sociais-e-sua-importanciaem-seo>. Acesso em: 26 de junho de ECOOPERTEC. O impacto das redes sociais no lucro das empresas. <http://www.ecoopertecdf.com.br/informativos/o-impacto-das-redes-sociais-no-lucrodas-empresas/>. FERRARI, B. Onde os brasileiros se encontram. <http://revistaepoca.globo.com/revista/epoca/0,,emi ,00- ONDE+OS+BRASILEIROS+SE+ENCONTRAM.html>. Acesso em: 3 de julho de FERRARI, B. Rede social é bom negócio. <http://www.computerworld.com.pt/2010/12/23/redes-sociais-chave-para-o-exito-dasempresas-em-2011/>.

11 FERRARI, B. Publicidade se rende ao mundo digital. <http://info.abril.com.br/professional/redes-sociais/publicidade-se-rende-aomundo.shtml>. FONSECA, P. Redes sociais na comunicação interna das empresas. <http://www.computerworld.com.pt/2010/07/06/redes-sociais-na-comunicacao-internadas-empresas/>. GIL, A. C. Métodos e Técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, KENSKI, R. A internet, 10 anos que abalaram o mundo. Disponível em: <http://super.abril.com.br/tecnologia/internet-10-anos-abalaram-mundo shtml>. Acesso em 21 de junho de MARTELETO, R. M. Análise de redes sociais: aplicação nos estudos de transferência da informação. Ciência da Informação, Brasília, v. 30, n. 1, jan./abr OLIVEIRA, N. A história das Redes Sociais. <http://www.natanaeloliveira.com.br/ahistoria-das-redes-sociais/>. Acesso em: 26 de junho de SILVA, E.; MENEZES, E. Metodologia da pesquisa e elaboração da dissertação. 4a edição. Florianópolis: UFSC, p. SOUZA, J.; KANTORSKI, L. P.; MIELKE. F. B. Vínculos e redes sociais de indivíduos dependentes de substanciais psicoativas sob tratamento em CAPS AD. <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=s >. Acesso em: 26 de junho de SPARSBROD, S. O que as redes sociais tem a ver com o Lucro de sua Empresa. <http://www.superempreendedores.com/empreendedorismo/redes-sociais-tem-com-olucro-de-sua-empresa>. SUPEREMPREENDEDORES. O que as redes sociais tem a ver com o Lucro de sua Empresa. <http://www.superempreendedores.com/empreendedorismo/redessociais-tem-com-o-lucro-de-sua-empresa>. TOMAÉL, M. I.; ALCARÁ, A. R.; CHIARA; I. G. D. Das redes sociais à inovação. <http://www.scielo.br/pdf/ci/v34n2/28559.pdf>. Acesso em: 26 de junho de 2011.

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C Mídias sociais como apoio aos negócios B2C A tecnologia e a informação caminham paralelas à globalização. No mercado atual é simples interagir, aproximar pessoas, expandir e aperfeiçoar os negócios dentro

Leia mais

EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual.

EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual. EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual. Somos uma empresa especializada em soluções voltadas ao segmento digital como: criação,

Leia mais

Mídias sociais como apoio aos negócios B2B

Mídias sociais como apoio aos negócios B2B Mídias sociais como apoio aos negócios B2B A tecnologia e a informação caminham paralelas à globalização. No mercado atual é simples interagir, aproximar pessoas, expandir e aperfeiçoar os negócios dentro

Leia mais

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Redesenhando a forma como empresas operam e envolvem seus clientes e colaboradores no mundo digital. Comece > Você pode construir de fato uma

Leia mais

práticas recomendadas Cinco maneiras de manter os recrutadores à frente da curva social

práticas recomendadas Cinco maneiras de manter os recrutadores à frente da curva social práticas recomendadas Cinco maneiras de manter os recrutadores à frente da curva social Não há dúvidas de que as tecnologias sociais têm um impacto substancial no modo como as empresas funcionam atualmente.

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

Como monitorar o que estão falando da minha empresa

Como monitorar o que estão falando da minha empresa http://www.tecnocratadigital.com.br/wp-content/uploads/2010/11/social-media-optimization.jpg Como monitorar o que estão falando da minha empresa nas Mídias Sociais de forma simples e direta. Paulo Milreu

Leia mais

Questão em foco: Colaboração de produto 2.0. Uso de técnicas de computação social para criar redes sociais corporativas

Questão em foco: Colaboração de produto 2.0. Uso de técnicas de computação social para criar redes sociais corporativas Questão em foco: Colaboração de produto 2.0 Uso de técnicas de computação social para criar redes sociais corporativas Tech-Clarity, Inc. 2009 Sumário Sumário... 2 Introdução à questão... 3 O futuro da

Leia mais

COMERCIAL/ MARKETING

COMERCIAL/ MARKETING COMERCIAL/ MARKETING Os investimentos específicos na sua área em 2012 vs? (%) - RU Vão crescer 42 54 Média: + 4,06% Permanecer estáveis 45 5 Terão redução 1 5 2010 (%) - RU A principal estratégia comercial/

Leia mais

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS.

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. CATEGORIA: CONCLUÍDO

Leia mais

Social Media em 5 etapas

Social Media em 5 etapas Como estruturar seu sistema de Social Media em 5 etapas O que é este guia? O Guia de inicialização em social media foi criado pela G&P como uma forma de ajudar e incentivar as mais diversas empresas do

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net APRESENTAÇÃO COMERCIAL www.docpix.net QUEM SOMOS Somos uma agência digital full service, especializada em desenvolvimento web, de softwares e marketing online. A Docpix existe desde 2010 e foi criada com

Leia mais

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Programação para Internet Rica 1 Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Objetivo: Identificar os princípios que se destacam como características da Web 2.0. INTRODUÇÃO

Leia mais

Mídias Sociais nos Negócios. GorillaBrand BRAND

Mídias Sociais nos Negócios. GorillaBrand BRAND Mídias Sociais nos Negócios GorillaBrand BRAND Marketing de Relacionamento Estratégias Empresa Marca Faturamento Clientes Uso de estratégias Relacionamento Empresa x Cliente Gera Valorização da Marca Aumento

Leia mais

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital 11 1 Introdução Com o advento da nova era da internet, conhecida com web 2.0, e o avanço das tecnologias digitais, o consumidor passa a ter maior acesso à informação bem como à facilidade de expressar

Leia mais

E-COMMERCE COMO FERRAMENTA DE VENDAS

E-COMMERCE COMO FERRAMENTA DE VENDAS Central de Cases E-COMMERCE COMO FERRAMENTA DE VENDAS www.espm.br/centraldecases Central de Cases E-COMMERCE COMO FERRAMENTA DE VENDAS Preparado pelo Prof. Vicente Martin Mastrocola, da ESPM SP. Disciplinas

Leia mais

Resultados da Pesquisa

Resultados da Pesquisa Resultados da Pesquisa 1. Estratégia de Mensuração 01 As organizações devem ter uma estratégia de mensuração formal e garantir que a mesma esteja alinhada com os objetivos da empresa. Assim, as iniciativas

Leia mais

SISTEMÁTICA WEBMARKETING

SISTEMÁTICA WEBMARKETING SISTEMÁTICA WEBMARKETING Breve descrição de algumas ferramentas Sobre o Webmarketing Web Marketing é uma ferramenta de Marketing com foco na internet, que envolve pesquisa, análise, planejamento estratégico,

Leia mais

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace.

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace. O Twitter Como Ferramenta de Divulgação Para As Empresas: Um Estudo De Caso do GREENPEACE 1 Jonathan Emerson SANTANA 2 Gustavo Guilherme da Matta Caetano LOPES 3 Faculdade Internacional de Curitiba - FACINTER

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

REDES SOCIAIS. Profº Thiago Arantes

REDES SOCIAIS. Profº Thiago Arantes REDES SOCIAIS Profº Thiago Arantes Todos os direitos reservados - IAB 2014 - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros

Leia mais

Adapte. Envolva. Capacite.

Adapte. Envolva. Capacite. Adapte. Envolva. Capacite. Ganhe produtividade em um Ambiente de trabalho digital #DigitalMeetsWork Os benefícios de um ambiente de trabalho digital têm impacto na competitividade do negócio. Empresas

Leia mais

Cenário - Mídias Sociais

Cenário - Mídias Sociais Mídias Sociais Cenário - Mídias Sociais Atualmente muito se fala de internet, blog, mídias sociais e que isso é muito importante para uma empresa. POR QUÊ? 67,5 Milhões de Brasileiros tem acesso a internet

Leia mais

social media para bares, restaurantes e afins

social media para bares, restaurantes e afins BARTIPS social media para bares, restaurantes e afins O que buscamos? Divulgar seu estabelecimento para milhares de potenciais consumidores. Fazer você ser parte do dia-a-dia de seu cliente Ter suas novidades,

Leia mais

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 Universo TOTVS Fundada em 1983 6ª maior empresa de software (ERP) do mundo Líder em Software no Brasil e

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

MARKETING EM REDES SOCIAIS RESUMO

MARKETING EM REDES SOCIAIS RESUMO MARKETING EM REDES SOCIAIS Bruna Karine Ribeiro Simão Instituto Federal de Mato Grosso do Sul Campus Nova Andradina bruna_simao@hotmail.com Rodrigo Silva Duran Instituto Federal de Mato Grosso do Sul Campus

Leia mais

Mídias Sociais em Negócios B2B. Marcelo Minutti Twitter: @mminutti

Mídias Sociais em Negócios B2B. Marcelo Minutti Twitter: @mminutti Mídias Sociais em Negócios B2B Marcelo Minutti Twitter: @mminutti Seu setor está atento as oportunidades das mídias sociais? Alguns estão! Existem muitas oportunidades para setores atentos as mídias sociais

Leia mais

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa Como implementar Social Media na empresa 1 As razões: Empresas ainda desconhecem benefícios do uso de redes sociais Das 2,1 mil empresas ouvidas em estudo do SAS Institute e da Harvard Business Review,

Leia mais

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente MÍDIA KIT 2014 Índice 03 A Empresa 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente A empresa Fundada em 2007, a empresa possui uma grade anual com diversos

Leia mais

PLANEJAMENTO DE MARKETING ELETRÔNICO

PLANEJAMENTO DE MARKETING ELETRÔNICO Instituto FA7 IBMEC MBA em Marketing Disciplina: Professor: Turma: Equipe: Marketing Eletrônico Renan Barroso Marketing II - Fortaleza Ana Hilda Sidrim, Ana Carolina Danziger PLANEJAMENTO DE MARKETING

Leia mais

Intranets e Capital Intelectual

Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual As mídias sociais ultrapassaram os limites da vida privada. Os profissionais são 2.0 antes, durante e depois do expediente. É possível estabelecer

Leia mais

Prezado Futuro Cliente

Prezado Futuro Cliente Prezado Futuro Cliente É com grade satisfação que encaminhamos nossa apresentação institucional e certos de estabelecermos uma parceria de sucesso e duradoura. Ela foi desenvolvida com objetivo de mostrar

Leia mais

Inspire Inove Faça Diferente

Inspire Inove Faça Diferente Inspire Inove Faça Diferente Inspire Inove Faça Diferente Se eu tivesse um único dolar investiria em propaganda. - Henry Ford (Fundador da Motor Ford) As companhias prestam muita atenção ao custo de fazer

Leia mais

Esperamos que sua empresa faça bom aproveito!

Esperamos que sua empresa faça bom aproveito! À medida que mais e mais empresas aderem ao marketing de conteúdo, notamos que as expectativas são por vezes incompatíveis com a realidade quando se trata de um Blog Corporativo B2B. A maioria dos profissionais

Leia mais

LinkedIn - Tendências globais em recrutamento para 2013 1

LinkedIn - Tendências globais em recrutamento para 2013 1 LinkedIn - Tendências globais em recrutamento para 2013 Visão Brasil As cinco principais tendências em atração de talentos que você precisa saber 2013 LinkedIn Corporation. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Estudo Hábitos. Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes

Estudo Hábitos. Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes Estudo Hábitos 2012 Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes O estudo O Estudo Hábitos é realizado anualmente pela E.life

Leia mais

Redes sociais no Terceiro Setor

Redes sociais no Terceiro Setor Redes sociais no Terceiro Setor Prof. Reginaldo Braga Lucas 2º semestre de 2010 Constituição de redes organizacionais Transformações organizacionais Desenvolvimento das organizações articuladas em redes

Leia mais

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa ACESSE Informações corporativas a partir de qualquer ponto de Internet baseado na configuração

Leia mais

A DOCPIX É UMA AGÊNCIA ESPECIALIZADA EM DESENVOLVIMENTO WEB & MARKETING DIGITAL E SOFTWARES, DESDE 2012.

A DOCPIX É UMA AGÊNCIA ESPECIALIZADA EM DESENVOLVIMENTO WEB & MARKETING DIGITAL E SOFTWARES, DESDE 2012. quem SOMOS A DOCPIX É UMA AGÊNCIA ESPECIALIZADA EM DESENVOLVIMENTO WEB & MARKETING DIGITAL E SOFTWARES, DESDE 2012. Nossa agência surgiu com o conceito de atender as micro, pequenas e médias empresas de

Leia mais

REDES SOCIAIS. Prof. Thiago Arantes

REDES SOCIAIS. Prof. Thiago Arantes REDES SOCIAIS Prof. Thiago Arantes - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing

3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing 26 3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing O surgimento das mídias sociais está intimamente ligado ao fenômeno da geração de conteúdo pelo usuário e ao crescimento das redes sociais virtuais

Leia mais

Internet e Adolescência - Pontos Positivos

Internet e Adolescência - Pontos Positivos Internet e Adolescência - Pontos Positivos Computadores e Sociedade I Edson A. Storolli F. Gláucia Campiche Bressan Rafael Prandi Guedes Moreira Vitor Manha Utino Introdução Como é o acesso à Internet

Leia mais

Capítulo 1 Por que Google Marketing?

Capítulo 1 Por que Google Marketing? Capítulo 1 Por que Google Marketing? O Google modificou substancialmente a maneira como o mercado lida com a informação e informação, na nossa sociedade pós terceira onda, é tudo. Do dinheiro ao eletrodoméstico,

Leia mais

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR?

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? Descubra os benefícios que podem ser encontrados ao se adaptar as novas tendências de mercado ebook GRÁTIS Como o investimento em TI pode

Leia mais

C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S

C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S A MELHOR OPORTUNIDADE PARA O SEU NEGÓCIO ESTÁ AO SEU ALCANCE NAS REDES SOCIAIS... O MUNDO É FEITO DE REDES SOCIAIS

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Morgana Hamester História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Contexto atual Modelização digital contemporaneidade;

Leia mais

decisões tomadas. Euchner e Ries (2013) argumentam, entretanto, que é difícil implementar o planejamento tradicional e a previsão de resultados em

decisões tomadas. Euchner e Ries (2013) argumentam, entretanto, que é difícil implementar o planejamento tradicional e a previsão de resultados em 1 Introdução Não é recente a preocupação das empresas em buscar uma vantagem competitiva, de forma a gerar mais valor para os seus clientes do que os concorrentes por meio da oferta de produtos ou serviços

Leia mais

Divulgação Portal - METROCAMP. Você não quer exercer a profissão mais importante do futuro (Bill Gates)?

Divulgação Portal - METROCAMP. Você não quer exercer a profissão mais importante do futuro (Bill Gates)? Divulgação Portal - METROCAMP Você não quer exercer a profissão mais importante do futuro (Bill Gates)? Torne se um Trabalhador de Conhecimento (Kowledge Worker) de Werner Kugelmeier WWW.wkprisma.com.br

Leia mais

COMO ENGAJAR UM FUNCIONÁRIO NO PRIMEIRO DIA DE TRABALHO?

COMO ENGAJAR UM FUNCIONÁRIO NO PRIMEIRO DIA DE TRABALHO? COMO ENGAJAR UM FUNCIONÁRIO NO PRIMEIRO DIA DE TRABALHO? COMO ENGAJAR UM FUNCIONÁRIO NO PRIMEIRO DIA DE TRABALHO? Engajar funcionários é conseguir envolver as pessoas em um mesmo propósito que a empresa

Leia mais

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA Proposta de Marketing Digital Design inox Marketing de Resultados A PlusPixel vem oferecendo seus serviços desde o início da internet, isso nos

Leia mais

Prof. NINO CARVALHO Mestre em Administração IBMEC Pós Graduado em Marketing e Estratégia Chartered Institute of Marketing Reino Unido

Prof. NINO CARVALHO Mestre em Administração IBMEC Pós Graduado em Marketing e Estratégia Chartered Institute of Marketing Reino Unido 1. COORDENAÇÃO ACADÊMICA SIGA: PMBACMD*11/01 Prof. LUIZ CARLOS SEIXAS DE SÁ Doutorando ISCTE - Lisboa MSc. HEC School of Management França Mestre em Planejamento Organizacional FGV EBAP Prof. NINO CARVALHO

Leia mais

ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS

ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS Ana Beatriz Mesquita (CPTEC/INPE) ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS Metodologia do trabalho realizado referente a gravação e expansão dos vídeos

Leia mais

Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico.

Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico. Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico. TENDÊNCIAS NO COMÉRCIO ELETRÔNICO Atualmente, muitos negócios são realizados de forma eletrônica não sendo necessário sair de casa para fazer compras

Leia mais

Apps de Produtividade

Apps de Produtividade Apps de Produtividade Os App s de Produtividade oferecem controle, organização e recursos para profissionalização das áreas internas e externas da empresa, proporcionando: Produtividade Controle Integração

Leia mais

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO DESIGN CRIAÇÃO AGÊNCIA USABILIDA ARKETING INTERNET SEO DIGIT CRIATIVIDADE DESDE 1999 NO MERCADO, A M2BRNET É UMA AGÊNCIA DE MARKETING DIGITAL ESPECIALIZADA EM SOLUÇÕES PERSONALIZADAS. SI ARQ Desde 1999

Leia mais

Museu virtual e redes sociais: Uma possibilidade de interação com a comunidade

Museu virtual e redes sociais: Uma possibilidade de interação com a comunidade 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

OS 5 P S DO MARKETING NO SETOR HOTELEIRO NA CIDADE DE BAMBUÍ-MG

OS 5 P S DO MARKETING NO SETOR HOTELEIRO NA CIDADE DE BAMBUÍ-MG 1 OS 5 P S DO MARKETING NO SETOR HOTELEIRO NA CIDADE DE BAMBUÍ-MG Camila Alves Teles 1 Maria Solange dos Santos 2 Rodrigo Honório Silva 3 Romenique José Avelar 4 Myriam Angélica Dornelas 5 RESUMO O presente

Leia mais

WWW.OUTSIDE.COM.BR Outside On-Line LTDA Telefone: +55 (19) 3869-1484 (19) 9 9441-3292 (claro) Email: carlos@outside.com.br

WWW.OUTSIDE.COM.BR Outside On-Line LTDA Telefone: +55 (19) 3869-1484 (19) 9 9441-3292 (claro) Email: carlos@outside.com.br MARKETING DIGITAL Ações de comunicação que as empresas podem se utilizar por meio da Internet e da telefonia celular e outros meios digitais para divulgar e comercializar seus produtos, conquistar novos

Leia mais

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES 1. Conectando a Empresa à Rede As empresas estão se tornando empresas conectadas em redes. A Internet e as redes de tipo Internet dentro da empresa (intranets), entre uma

Leia mais

Infraestrutura: devo usar a nuvem? Prof. Artur Clayton Jovanelli

Infraestrutura: devo usar a nuvem? Prof. Artur Clayton Jovanelli Infraestrutura: devo usar a nuvem? Prof. Artur Clayton Jovanelli Conceitos principais Nuvem Local Dados (informações) Profissional Pessoal Procedimento padrão (modelo) Produzir Armazenar Como era... Como

Leia mais

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais.

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais. The New Conversation: Taking Social Media from Talk to Action A Nova Conversação: Levando a Mídia Social da Conversa para a Ação By: Harvard Business Review A sabedoria convencional do marketing por muito

Leia mais

QUER FAZER O SEU NEGÓCIO CRESCER?

QUER FAZER O SEU NEGÓCIO CRESCER? QUER FAZER O SEU NEGÓCIO CRESCER? GARANTIR A PRESENÇA DA SUA EMPRESA NOS MEIOS ONLINE? TER UM SITE TOTALMENTE OTIMIZADO? IMPULSIONAR O AUMENTO DAS SUAS VENDAS? CONHEÇA A CERTIFICAÇÃO EM MARKETING DIGITAL

Leia mais

Um White Paper da Websense Web Security Gateway: A Web 2.0 Protegida e Simplificada

Um White Paper da Websense Web Security Gateway: A Web 2.0 Protegida e Simplificada Um White Paper da Websense Web Security Gateway: A Web 2.0 Protegida e Simplificada Visão Geral do Mercado Embora o uso dos produtos da Web 2.0 esteja crescendo rapidamente, seu impacto integral sobre

Leia mais

Suzano: atualização e mais qualidade de informações com SAP Business Suite powered by HANA

Suzano: atualização e mais qualidade de informações com SAP Business Suite powered by HANA Suzano: atualização e mais qualidade de informações com SAP Business Suite powered by HANA Geral Executiva Nome da Suzano Papel e Celulose Indústria Papel e celulose Produtos e Serviços Celulose de eucalipto,

Leia mais

MÍDIA KIT 2016. A revista especializada em gestão de pessoas com a maior taxa de credibilidade junto a seus leitores.

MÍDIA KIT 2016. A revista especializada em gestão de pessoas com a maior taxa de credibilidade junto a seus leitores. MÍDIA KIT 2016 A revista especializada em gestão de pessoas com a maior taxa de credibilidade junto a seus leitores. PÚBLICO-ALVO Profissionais de RH, presidentes, vice-presidentes e executivos com papel

Leia mais

BIG DATA TRANSFORMANDO DADOS EM DECISÕES

BIG DATA TRANSFORMANDO DADOS EM DECISÕES BIG DATA TRANSFORMANDO DADOS EM DECISÕES Tiago Volpato 1, Ricardo Ribeiro Rufino 1, Jaime William Dias 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil tiagovolpatobr@gmail.com, ricardo@unipar.br,

Leia mais

Porque as mulheres seguem empresas no Twitter?

Porque as mulheres seguem empresas no Twitter? Porque as mulheres seguem empresas no Twitter? Metodologia Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. A pesquisa foi realizada com 737 mulheres com idade entre

Leia mais

Introdução redes sociais mulheres Digg

Introdução redes sociais mulheres Digg O século XIX ficou conhecido como o século europeu; o XX, como o americano. O século XXI será lembrado como o Século das Mulheres. (Tsvi Bisk, Center for Strategic Futurist Thinking, 2008) A Sophia Mind,

Leia mais

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal?

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal? Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL O que é Marketing Multicanal? Uma campanha MultiCanal integra email, SMS, torpedo de voz, sms, fax, chat online, formulários, por

Leia mais

5 Conclusões 5.1. Síntese do estudo

5 Conclusões 5.1. Síntese do estudo 5 Conclusões 5.1. Síntese do estudo Este estudo teve como objetivo contribuir para a compreensão do uso das mídias sociais, como principal ferramenta de marketing da Casar é Fácil, desde o momento da sua

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação. Posição e Vantagem Competitiva Aplicações integradas Aplicações Web

Estratégias em Tecnologia da Informação. Posição e Vantagem Competitiva Aplicações integradas Aplicações Web Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 09 Posição e Vantagem Competitiva Aplicações integradas Aplicações Web Material de apoio 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina

Leia mais

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino.

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino. A TERCEIRA EDIÇÃO DA CAMPUS PARTY BRASIL, REALIZADA EM SÃO PAULO ENTRE OS DIAS 25 E 31 DE JANEIRO DE 2010, REUNIU QUASE 100 MIL PARTICIPANTES PARA DISCUTIR AS TENDÊNCIAS DA INTERNET E DAS MÍDIAS DIGITAIS.

Leia mais

CONNECT AMERICAS: REDE SOCIAL EMPRESARIAL

CONNECT AMERICAS: REDE SOCIAL EMPRESARIAL CONNECT AMERICAS: REDE SOCIAL EMPRESARIAL DAS AMÉRICAS Washington D. C - março 2014 NOME CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA TEMA PALAVRAS-CHAVE REDE SOCIAL EMPRESARIAL : CONNECT AMERICAS PRÁTICA INTERNACIONALIZAÇÃO

Leia mais

Estudo de Regionalização e Tecnologias nos Websites e Jornais auditados pelo IVC

Estudo de Regionalização e Tecnologias nos Websites e Jornais auditados pelo IVC Estudo de Regionalização e Tecnologias nos Websites e Jornais auditados pelo IVC Considerações iniciais O IVC audita publicações impressas e websites de seus filiados. O IVC não audita o mercado editorial

Leia mais

W H I T E P A P E R O s B e n e f í c i o s d a E m p r e s a S o c i a l n o M u n d o W e b 2. 0

W H I T E P A P E R O s B e n e f í c i o s d a E m p r e s a S o c i a l n o M u n d o W e b 2. 0 Av Eng. Luiz Carlos Berrini 1645, 8 andar, 04571-000 Brooklin Novo, São Paulo SP Brazil. Tel: 55 11 5508-3400 Fax: 55 11 5508 3444 W H I T E P A P E R O s B e n e f í c i o s d a E m p r e s a S o c i

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO INTRODUÇÃO: As mídias sociais estão cada vez mais presentes no dia-a-dia das pessoas, oferecendo soluções e transformando as relações pessoais e comerciais.

Leia mais

E SE VOCÊ PUDESSE EXTRAIR INTELIGÊNCIA DO CONTEÚDO PRODUZIDO SOBRE SUA MARCA OU PRODUTO NAS MÍDIAS SOCIAIS?

E SE VOCÊ PUDESSE EXTRAIR INTELIGÊNCIA DO CONTEÚDO PRODUZIDO SOBRE SUA MARCA OU PRODUTO NAS MÍDIAS SOCIAIS? E SE VOCÊ PUDESSE EXTRAIR INTELIGÊNCIA DO CONTEÚDO PRODUZIDO SOBRE SUA MARCA OU PRODUTO NAS MÍDIAS SOCIAIS? COM SOCIAL MEDIA RESEARCH VOCÊ PODE UMA NOVA METODOLOGIA QUE PARTE DO CRUZAMENTO ENTRE AS MELHORES

Leia mais

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios UNIMEP MBA em Gestão e Negócios Módulo: Sistemas de Informações Gerenciais Aula 4 TI com foco nos Negócios: Áreas envolvidas (Parte II) Flávio I. Callegari www.flaviocallegari.pro.br O perfil do profissional

Leia mais

Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Clarity PPM

Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Clarity PPM CUSTOMER SUCCESS STORY Maio 2014 Renova Energia Otimiza Gestão de Conhecimento e Projetos com CA Clarity PPM PERFIL DO CLIENTE Empresa: Renova Energia Indústria: Energia Funcionários: 182 (2012) Faturamento:

Leia mais

Como cultivar leads do Comitê de TI

Como cultivar leads do Comitê de TI BRASIL Como cultivar leads do Comitê de TI O marketing está ajudando ou atrapalhando? Confiança + Credibilidade devem ser CONQUISTADAS O profissional de marketing moderno conhece a importância de cultivar

Leia mais

UNIVATES. Case Cisco CLIENTE SEGMENTO DESAFIOS SOLUÇÕES RESULTADOS CASES DE EDUCAÇÃO

UNIVATES. Case Cisco CLIENTE SEGMENTO DESAFIOS SOLUÇÕES RESULTADOS CASES DE EDUCAÇÃO CASES DE EDUCAÇÃO Case Cisco UNIVATES CLIENTE - Centro Universitário Univates - Número total de alunos: 13.235 - Número total de professores contratados: 537 SEGMENTO - Educação privada superior e profissionalizante

Leia mais

Por muitos anos, investir cifras. Venda diferenciada. marketing conteúdo

Por muitos anos, investir cifras. Venda diferenciada. marketing conteúdo Venda diferenciada Para fechar negócios e estreitar relação com clientes, corretoras de seguros aderem ao Marketing de Conteúdo Lívia Sousa Por muitos anos, investir cifras altíssimas em ações publici-

Leia mais

2. Introdução 4. Missão e Valores. 5. Visão 6. Serviços 7. Diferenciais. 11. Clientes 12. Contatos

2. Introdução 4. Missão e Valores. 5. Visão 6. Serviços 7. Diferenciais. 11. Clientes 12. Contatos 2. Introdução 4. Missão e Valores 5. Visão 6. Serviços 7. Diferenciais 11. Clientes 12. Contatos Introdução New Trend Projects é uma agência de publicidade que atua nas mais diversas áreas da comunicação.

Leia mais

Fortaleza Digital. Aker FIREWALL UTM. Sua empresa mais forte com uma solução completa de segurança digital.

Fortaleza Digital. Aker FIREWALL UTM. Sua empresa mais forte com uma solução completa de segurança digital. Aker FIREWALL UTM Fortaleza Digital Sua empresa mais forte com uma solução completa de segurança digital. Ideal para o ambiente corporativo, com o Aker Firewall UTM você tem o controle total das informações

Leia mais

EVOLUÇÃO DO HOME OFFICE NA

EVOLUÇÃO DO HOME OFFICE NA EVOLUÇÃO DO HOME OFFICE NA Palestra Teletrabalho Modelo de Trabalho Home Office Modernização da área de Vendas EVOLUÇÃO DO HOME OFFICE NA 1º Movimento 1999/2000 2º Movimento 2001/2002 3º Movimento 2005-2007

Leia mais

IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012

IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012 IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012 Rosely Vieira Consultora Organizacional Mestranda em Adm. Pública Presidente do FECJUS Educação

Leia mais

Sistemas de Informação I

Sistemas de Informação I + Sistemas de Informação I Tipos de SI Ricardo de Sousa Britto rbritto@ufpi.edu.br + Introdução 2 n As organizações modernas competem entre si para satisfazer as necessidades dos seus clientes de um modo

Leia mais

O seu escritório na nuvem - basta usar o browser.

O seu escritório na nuvem - basta usar o browser. 02 O seu escritório na nuvem - basta usar o browser. As soluções tecnológicas que encontra para melhorar a colaboração na sua empresa são muito caras e complexas? Pretende tornar as suas equipas mais ágeis

Leia mais

A Agência. Olá, você irá conhecer agora um pouco sobre a Agência Dix, sua nova parceira em soluções para Internet e Web Marketing.

A Agência. Olá, você irá conhecer agora um pouco sobre a Agência Dix, sua nova parceira em soluções para Internet e Web Marketing. A Agência Olá, você irá conhecer agora um pouco sobre a Agência Dix, sua nova parceira em soluções para Internet e Web Marketing. Fundada em 2003, somos pioneiros e líderes no desenvolvimento de sites,

Leia mais

Docente do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial UNOESTE. E mail: joselia@unoeste.br

Docente do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial UNOESTE. E mail: joselia@unoeste.br Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 141 A LOGÍSTICA COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO Douglas Fernandes 1, Josélia Galiciano Pedro 1 Docente do Curso Superior

Leia mais

A BRASIL ROTÁRIO FRENTE ÀS MÍDIAS ELETRÔNICAS. Carlos Jerônimo da Silva Gueiros

A BRASIL ROTÁRIO FRENTE ÀS MÍDIAS ELETRÔNICAS. Carlos Jerônimo da Silva Gueiros A BRASIL ROTÁRIO FRENTE ÀS MÍDIAS ELETRÔNICAS Carlos Jerônimo da Silva Gueiros Um mundo em transformação 1998 / 1999 Mutirão Digital apoiar as escolas públicas no acesso à Internet 2010-12 anos depois...

Leia mais

Imagem corporativa e as novas mídias

Imagem corporativa e as novas mídias Imagem corporativa e as novas mídias Ellen Silva de Souza 1 Resumo: Este artigo irá analisar a imagem corporativa, mediante as novas e variadas formas de tecnologias, visando entender e estudar a melhor

Leia mais

Direcionando a Estratégia de TI do Grupo RBS

Direcionando a Estratégia de TI do Grupo RBS Direcionando a Estratégia de TI do Grupo RBS Perfil do Grupo RBS Retrato da TI no segmento Mídia Pilares Estratégicos da TI Principais Projetos da TI Perfil do Grupo RBS 50 anos de fundação 5,7 mil colaboradores

Leia mais

3. Processos, o que é isto? Encontramos vários conceitos de processos, conforme observarmos abaixo:

3. Processos, o que é isto? Encontramos vários conceitos de processos, conforme observarmos abaixo: Perguntas e respostas sobre gestão por processos 1. Gestão por processos, por que usar? Num mundo globalizado com mercado extremamente competitivo, onde o cliente se encontra cada vez mais exigente e conhecedor

Leia mais

A TERCEIRA ONDA DA INTERNET A PERSONALIZAÇÃO EM MASSA A TECNOLOGIA, O PODER PÚBLICO E AS EMPRESAS À SERVIÇO DAS PESSOAS TÍTULO

A TERCEIRA ONDA DA INTERNET A PERSONALIZAÇÃO EM MASSA A TECNOLOGIA, O PODER PÚBLICO E AS EMPRESAS À SERVIÇO DAS PESSOAS TÍTULO A TERCEIRA ONDA DA INTERNET A PERSONALIZAÇÃO EM MASSA A TECNOLOGIA, O PODER PÚBLICO E AS EMPRESAS À SERVIÇO DAS PESSOAS TÍTULO A TERCEIRA ONDA DA INTERNET A PERSONALIZAÇÃO EM MASSA A TECNOLOGIA, O PODER

Leia mais