NOVA LEI DA MOBILIDADE URBANA GESTÃO DA DEMANDA EXPERIÊNCIAS INTERNACIONAIS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NOVA LEI DA MOBILIDADE URBANA GESTÃO DA DEMANDA EXPERIÊNCIAS INTERNACIONAIS"

Transcrição

1 NOVA LEI DA MOBILIDADE URBANA GESTÃO DA DEMANDA EXPERIÊNCIAS INTERNACIONAIS Matteus Freitas Rio de Janeiro/RJ, 3 de outubro de 2012

2 Estrutura da Apresentação 1. Contexto; 2. Cingapura - Sistema de Pedágio Urbano; 3. Londres Taxa de Congestionamento; e 4. Conclusões.

3 CONTEXTO MELHORIA DA GESTÃO DO TRANSPORTE PÚBLICO URBANO

4 CONTEXTO Capítulo V Das Diretrizes para o Planejamento e Gestão dos Sistemas de Mobilidade Urbana Artigo 23 Instrumentos de Gestão do Sistema de Transporte e da Mobilidade Urbana Inciso I Restrição e controle de acesso e circulação, permanente ou temporário, de veículos motorizados em locais e horários predeterminados

5 CONTEXTO Experiências brasileiras: - Número reduzido; - Enfoque pontual; - Obtenção de vantagens e benefícios limitados; e - Transferência dos problemas para regiões próximas. Experiências internacionais: - Abordagem sistêmica; - Associação com a tributação do uso da infraestrutura urbana (Lei /2012, Art. 23, Inciso III); - Transferência dos recursos obtidos para investimentos no transporte público coletivo e não motorizado; e - Prática amplamente discutida.

6 CONTEXTO 1. VIAS PEDAGIADAS Cobrança de pedágio em todas as faixas da via; 2. FAIXAS PEDAGIADAS Cobrança de pedágio em uma ou mais faixas da via; 3. REDE DE VIAS PEDAGIADAS Quando a cobrança é feita para o tráfego em algumas ou todas as vias de uma determinada área; e 4. ÁREA PEDAGIADA Existência de cobrança para permissão ao acesso de uma determinada área da cidade (centros urbanos).

7 CINGAPURA SISTEMA DE PEDÁGIO URBANO RPS (Road Pricing Scheme) Tarifação de Rodovias

8 CINGAPURA SISTEMA DE PEDÁGIO URBANO - Início: década de 1970; Principais Características - Objetivo: reduzir os impactos da circulação de um alto volume de veículos nas vias urbanas; - Implantação de vários sistemas de gerenciamento da demanda; e - Cobrança de taxa para aquisição e licenciamento de veículos, compra de combustíveis e estacionamentos.

9 CINGAPURA SISTEMA DE PEDÁGIO URBANO - Início: 1995; RPS (Road Pricing Scheme) Tarifação de Rodovias - Cobrança pelo uso de vias expressas e principais vias de acesso ao centro da cidade; - Direcionada aos motoristas que utilizam determinada infraestrutura nos horários de pico; - Minimização dos congestionamentos; e - Utilização do ERP (Eletronic Road Pricing). Portal de Fiscalização Eletrônica

10 CINGAPURA SISTEMA DE PEDÁGIO URBANO Características de Funcionamento - Unidade Veicular IU (In-vehicle Unit): leitor de Smart Card existente em todos os veículos comercializados em Cingapura; - Smart Card: cartão de armazenamento dos créditos; - Portais eletrônicos: emitem a cobrança dos créditos com base no tipo de veículo, local, horário e dia da semana; - Não há a necessidade de intervenção por parte dos motoristas; e - Conscientização dos motoristas. Unidade Veicular Leitor Smart Card

11 CINGAPURA SISTEMA DE PEDÁGIO URBANO - Justo: cobrança baseada na utilização; Benefícios - Conveniente: não existe a necessidade da aquisição de licenças diárias e/ou mensais; e - Confiável: automatizado, não há risco de falha humana. Ganhos - Receita bruta anual: US$ 90 milhões (2008); - Receita líquida anual: US$ 72 milhões (2008); e - Custos: US$ 18 milhões (20% da receita bruta).

12 LONDRES TAXA DE CONGESTIONAMENTO Taxa de Congestionamento Área Central de Londres

13 LONDRES TAXA DE CONGESTIONAMENTO - Início: 17 de fevereiro de 2003; Principais Características - Greater London Authority Act 2009 e Trasnsport Act 2000: poder para implantação; - Foi precedida por uma consulta pública; e - Objetivos: reduzir o congestionamento, incentivar o uso do transporte público e reduzir as emissões de poluentes.

14 LONDRES TAXA DE CONGESTIONAMENTO Taxa de Congestionamento Área Central de Londres - Restrição da circulação de veículos na área central de Londres; - Incentivos ao planejamento das viagens; - Auxílio a fiscalização; - Prioridade de circulação aos veículos de transporte público; e -Política de estacionamento.

15 LONDRES TAXA DE CONGESTIONAMENTO - Área na zona central: 21 km²; Características de Funcionamento -Cobrança executada dos veículos que entrassem na área delimitada; - Valor da taxa: 10 (2011); e - Segunda a sexta-feira, das 7 às 18h (exceto feriados).

16 LONDRES TAXA DE CONGESTIONAMENTO Política de Estacionamento - Necessidade de informar o número de registro do veículo à TfL até meia noite; - Cobrança diferenciada entre 22h e meia noite do dia da viagem; e -Residentes: estacionamento permitido, circulação com desconto de 90%.

17 LONDRES TAXA DE CONGESTIONAMENTO Benefícios - Melhoria do transporte público com 20% da receita líquida; - Redução do tráfego de veículos em até 25% na área central; - Planejamento das viagens por parte dos usuários de automóveis (adaptação do cotidiano); e - Grupo responsável por 22% do PIB de Londres: aprovação de 91%. Ganhos - Receita bruta anual: US$ 435 milhões (2008); - Receita líquida anual: US$ 222 milhões (2008); e - Custos indiretos: US$ 212 milhões (50% da receita bruta).

18 CONCLUSÕES - Direcionamento dos recursos obtidos para investimentos no transporte público e não motorizado; - Retorno dos recursos gerados para os próprios motoristas pedagiados; - Distribuição justa dos ônus e bônus do desenvolvimento urbano; - Incentivo ao planejamento das viagens pelos motoristas do transporte individual; - Maior utilização do transporte público; - Redução da emissão de poluentes nos locais de grande circulação de pessoas; e - Equilíbrio dos deslocamentos.

19 Obrigado! Matteus Freitas Analista de Transporte Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU) Site NTU: Portal BRT Brasil:

Perspectivas para o Setor

Perspectivas para o Setor Perspectivas para o Setor André Dantas Diretor Técnico São Paulo, 05 de dezembro de 2013 Estrutura da apresentação Contexto; Dados do setor; e Perspectivas. CONTEXTO (O que está acontecendo ao nosso redor?)

Leia mais

Mobilidade Urbana e Competidores do Motor de Combustão Interna: o desafio da eficiência versus o custo. Paulo R. Feldmann- FEA USP

Mobilidade Urbana e Competidores do Motor de Combustão Interna: o desafio da eficiência versus o custo. Paulo R. Feldmann- FEA USP Mobilidade Urbana e Competidores do Motor de Combustão Interna: o desafio da eficiência versus o custo Paulo R. Feldmann- FEA USP Nossa experiência no IEE A recarga da bateria de 1 V.E. requer 24 kwh equivalente

Leia mais

SEMINÁRIO MOBILIDADE URBANA NO PLANO

SEMINÁRIO MOBILIDADE URBANA NO PLANO SEMINÁRIO MOBILIDADE URBANA NO PLANO ESTRATÉGICO- SP2040 Tema: Política de Estacionamento dos automóveis 09 DE FEVEREIRO DE 2011- AUDITÓRIO DO SEESP-SP PROGRAMAÇÃO Realização: SEESP-SP Quadro geral da

Leia mais

OBSERVATÓRIO DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013. São Paulo, 04 de Julho de 2013.

OBSERVATÓRIO DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013. São Paulo, 04 de Julho de 2013. OBSERVATÓRIO DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013 São Paulo, 04 de Julho de 2013. Estrutura da apresentação Objetivos; Fases do projeto; Execução; Resultados preliminares; e Conclusões preliminares; Objetivos

Leia mais

Boas práticas para Mobilidade Urbana

Boas práticas para Mobilidade Urbana Boas práticas para Mobilidade Urbana PAC para Mobilidade - EMBARQ Otávio Vieira Cunha, Presidente da Diretoria Executiva Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos NTU Brasília, 28 de Novembro

Leia mais

Flávio Ahmed CAU-RJ 15.05.2014

Flávio Ahmed CAU-RJ 15.05.2014 Flávio Ahmed CAU-RJ 15.05.2014 O espaço urbano como bem ambiental. Aspectos ambientais do Estatuto da cidade garantia da qualidade de vida. Meio ambiente natural; Meio ambiente cultural; Meio ambiente

Leia mais

Política Nacional de Mobilidade Urbana Os Desafios para Efetivação da Lei nº. 12.587/2012

Política Nacional de Mobilidade Urbana Os Desafios para Efetivação da Lei nº. 12.587/2012 Política Nacional de Mobilidade Urbana Os Desafios para Efetivação da Lei nº. 12.587/2012 André Dantas Matteus de Paula Freitas Arthur Oliveira Belo Horizonte (MG), 15/02/2012 1 ESTRUTURA 1. Contexto;

Leia mais

PLANOS DE MOBILIDADE URBANA

PLANOS DE MOBILIDADE URBANA IMPLANTAÇÃO DA POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA: PLANOS DE MOBILIDADE URBANA RENATO BOARETO Brasília, 28 de novembro de 2012 Organização Não Governamental fundada em 2006 com a missão de apoiar a

Leia mais

A Lei de Diretrizes da Política

A Lei de Diretrizes da Política A Lei de Diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana Lei nº 12.587, de 3 de janeiro de 2012 Ipea, 06 de janeiro de 2012 Sumário Objetivo: avaliar a nova Lei de Diretrizes da Política de Nacional

Leia mais

ZONA AZUL ELETRÔNICA JANEIRO

ZONA AZUL ELETRÔNICA JANEIRO ZONA AZUL ELETRÔNICA JANEIRO 2014 Legislação LEI Nº 8.666 de 21 de Junho de 1993 e alterações Institui normas para licitações e contratos LEI Nº 8.987 de 13 de fevereiro de 1995 e alterações Dispõe sobre

Leia mais

Ministério das Cidades. SeMOB - Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana

Ministério das Cidades. SeMOB - Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana Ministério das Cidades SeMOB - Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana Política Nacional de Mobilidade Urbana A Presidência da República sancionou a Lei nº 12.587, em 3 de janeiro de

Leia mais

PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE E MOBILIDADE DE BAURU - PLANMOB

PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE E MOBILIDADE DE BAURU - PLANMOB PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE E MOBILIDADE DE BAURU - PLANMOB O QUE É O Plano Diretor de Transporte e da Mobilidade é um instrumento da política de desenvolvimento urbano, integrado ao Plano Diretor do município,

Leia mais

GRUPO DE TRABALHO DE INFRAESTRUTURA E MOBILIDADE URBANA

GRUPO DE TRABALHO DE INFRAESTRUTURA E MOBILIDADE URBANA DESENVOLVIMENTO DE LAY-OUT DE PROPOSTA ALTERNATIVA PARA O SISTEMA G DE TRANSPORTE PÚBLICO MULTIMODAL PARA A REGIÃO METROPOLITANA DA GRANDE VITÓRIA GRUPO DE TRABALHO DE INFRAESTRUTURA E MOBILIDADE URBANA

Leia mais

Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal

Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado Federal Audiências Públicas Investimento e Gestão: Desatando o Nó Logístico do Pais 2º Ciclo Financiamento e Gestão da Infraestrutura de Transportes no

Leia mais

Seminário: Mobilidade Urbana e Transportes Públicos no Estado de São Paulo

Seminário: Mobilidade Urbana e Transportes Públicos no Estado de São Paulo : Mobilidade Urbana e Transportes Públicos no Estado de São Paulo Tema: Uma Agenda para a Mobilidade Urbana da Metrópole Planejamento Urbano, Mobilidade e Modos Alternativos de Deslocamento Engº Jaime

Leia mais

Plano de Mobilidade Urbana Sustentável

Plano de Mobilidade Urbana Sustentável Viajeo Plus City Showcase in Latin America Plano de Mobilidade Urbana Sustentável Nívea Oppermann Peixoto, Ms Diretora de Desenvolvimento Urbano EMBARQ Brasil EMBARQ Brasil auxilia governos e empresas

Leia mais

CARRO COMPARTILHADO CARRO COMPARTILHADO

CARRO COMPARTILHADO CARRO COMPARTILHADO CARRO COMPARTILHADO Projeção de crescimento populacional Demanda de energia mundial Impacto ao meio ambiente projeções indicam que os empregos vão CONTINUAR no centro EMPREGOS concentrados no CENTRO

Leia mais

Mobilidade Urbana: Esse Problema tem Solução? Ronaldo Balassiano Programa de Engenharia de Transportes PET/COPPE/UFRJ

Mobilidade Urbana: Esse Problema tem Solução? Ronaldo Balassiano Programa de Engenharia de Transportes PET/COPPE/UFRJ Mobilidade Urbana: Esse Problema tem Solução? Ronaldo Balassiano Programa de Engenharia de Transportes PET/COPPE/UFRJ 1 1 Introdução Sustentabilidade Mudança nos atuais modelos de produção e consumo Alternativas

Leia mais

País predominantemente urbano: cerca de 80% da população brasileira mora em cidades.

País predominantemente urbano: cerca de 80% da população brasileira mora em cidades. A Política de Mobilidade Urbana no desenvolvimento das cidades! AS CIDADES País predominantemente urbano: cerca de 80% da população brasileira mora em cidades. Processo de urbanização caracterizado pelo

Leia mais

Transporte e Infraestrutura: Perspectivas para o Transporte Público Urbano

Transporte e Infraestrutura: Perspectivas para o Transporte Público Urbano Transporte e Infraestrutura: Perspectivas para o Transporte Público Urbano Otávio Vieira da Cunha Filho Presidente da Diretoria Executiva NTU Rio de Janeiro, 17/08/2012 1 Estrutura 1. Contexto; 2. O que

Leia mais

Transporte e Planejamento Urbano

Transporte e Planejamento Urbano Transporte e Planejamento Urbano para o Desenvolvimento da RMRJ Julho/2014 Cidades a maior invenção humana As cidades induzem a produção conjunta de conhecimentos que é a criação mais importante da raça

Leia mais

Planejamento da Mobilidade Urbana em Belo Horizonte

Planejamento da Mobilidade Urbana em Belo Horizonte Seminário de Mobilidade Urbana Planejamento da Mobilidade Urbana em Belo Horizonte Celio Bouzada 23 de Setembro de 2015 Belo Horizonte População de Belo Horizonte: 2,4 milhões de habitantes População da

Leia mais

Mobilidade Urbana em Belo Horizonte

Mobilidade Urbana em Belo Horizonte Mobilidade Urbana em Belo Horizonte BHTRANS Marcelo Cintra do Amaral Gerente de Coordenação de Mobilidade Urbana - COMU PREFEITURA BH Belo Horizonte 1ª capital planejada do país - 12/12/1897 Previsão inicial

Leia mais

81ª Reunião do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Públicos de Transporte Urbano e Trânsito

81ª Reunião do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Públicos de Transporte Urbano e Trânsito 81ª Reunião do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Públicos de Transporte Urbano e Trânsito REITUP Desoneração do Transporte Público Marcos Bicalho dos Santos Guarulhos/SP, 9 de agosto de 2013 Estrutura

Leia mais

Plano de Mobilidade Urbana de Belo Horizonte - PlanMob-BH. Marcelo Cintra do Amaral. 20 de novembro de 2012

Plano de Mobilidade Urbana de Belo Horizonte - PlanMob-BH. Marcelo Cintra do Amaral. 20 de novembro de 2012 Plano de Mobilidade Urbana de Belo Horizonte - PlanMob-BH Marcelo Cintra do Amaral 20 de novembro de 2012 Roteiro da apresentação: Contexto do PlanMob-BH: prognóstico, caráter de plano diretor, etapas

Leia mais

Sistema de localização e bloqueio veicular por célula de comunicação Objetivo Principal

Sistema de localização e bloqueio veicular por célula de comunicação Objetivo Principal de comunicação Objetivo Principal Prover uma solução de baixo custo para Identificação, localização, bloqueio e recuperação de veículos roubados ou procurados, através de micro circuitos embarcados de

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESESTÍMULO AO USO DO TRANSPORTE INDIVIDUAL MOTORIZADO: LIÇÕES E RECOMENDAÇÕES

INSTRUMENTOS DE DESESTÍMULO AO USO DO TRANSPORTE INDIVIDUAL MOTORIZADO: LIÇÕES E RECOMENDAÇÕES INSTRUMENTOS DE DESESTÍMULO AO USO DO TRANSPORTE INDIVIDUAL MOTORIZADO: LIÇÕES E RECOMENDAÇÕES Série TEMAS EM DEBATE 2 ALEXANDRE DE ÁVILA GOMIDE RENATO MORATO INSTRUMENTOS DE DESESTÍMULO AO USO DO TRANSPORTE

Leia mais

Workshop Internacional UN Sustainable Development Solutions Network: Rio Sustainability Initiative

Workshop Internacional UN Sustainable Development Solutions Network: Rio Sustainability Initiative Workshop Internacional UN Sustainable Development Solutions Network: Rio Sustainability Initiative 24 de Junho de 2013 Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Auditório do Museu do Meio Ambiente Rio de Janeiro,

Leia mais

57º Fórum Mineiro de Gerenciadores de Transporte e Trânsito 07 e 08 de Março de 2013

57º Fórum Mineiro de Gerenciadores de Transporte e Trânsito 07 e 08 de Março de 2013 Araxá, 08/03/13 57º Fórum Mineiro de Gerenciadores de Transporte e Trânsito 07 e 08 de Março de 2013 O Futuro do Transporte Urbano nas Cidades de Pequeno e Médio Porte Compete à União: XX instituir diretrizes

Leia mais

Mobilidade em um Campus Universitário. Suely da Penha Sanches 1 ; Marcos Antonio Garcia Ferreira 1

Mobilidade em um Campus Universitário. Suely da Penha Sanches 1 ; Marcos Antonio Garcia Ferreira 1 Mobilidade em um Campus Universitário. Suely da Penha Sanches 1 ; Marcos Antonio Garcia Ferreira 1 1 Universidade Federal de São Carlos PPGEU, Rodovia Washington Luis, km 235, (16) 33519677 ssanches@ufscar.br;

Leia mais

MANEJO DE LA CALIDAD EN EL SISTEMA DE TRANSPORTE PUBLICO DE SAO PAULO

MANEJO DE LA CALIDAD EN EL SISTEMA DE TRANSPORTE PUBLICO DE SAO PAULO MANEJO DE LA CALIDAD EN EL SISTEMA DE TRANSPORTE PUBLICO DE SAO PAULO III Congreso Las Mejores Prácticas SIBRT en America Latina Ciro Biderman - SPTrans Junio, 2013 Cenário 2012 Sistema de transporte urbano

Leia mais

MOBILIDADE X ACESSIBILIDADE CARRO X ÔNIBUS FLEXIBILIDADE E CAPACIDADE. A mecânica funcional" da problemática ambiental urbana

MOBILIDADE X ACESSIBILIDADE CARRO X ÔNIBUS FLEXIBILIDADE E CAPACIDADE. A mecânica funcional da problemática ambiental urbana MOBILIDADE X ACESSIBILIDADE A Mobilidade Urbana como fator de qualidade de vida nas cidades Arq. Simone Costa I-ce, Interface for Cycling Expertise (www.cycling.nl) Mini-curso IFF, Outubro 2009 Lentino,

Leia mais

Sistema de informações a usuários do Transporte Coletivo.

Sistema de informações a usuários do Transporte Coletivo. Sistema de informações a usuários do Transporte Coletivo. Autores: Celso Bersi; Economista - Diretor de Transporte Urbano 1) Empresa de Desenvolvimento Urbano e Social de Sorocaba - URBES Rua Pedro de

Leia mais

Intelligent Transportation Systems

Intelligent Transportation Systems Intelligent Transportation Systems Mauricio Consulo Diretor America Latina Clever Devices - Overview Sede em Nova Iorque, EUA. Provedora de sistemas de informações digitais, Sistemas de Inteligentes de

Leia mais

Políticas de Transporte Urbano para Cidades Sustentáveis. Orlando Strambi Escola Politécnica da Universidade de São Paulo

Políticas de Transporte Urbano para Cidades Sustentáveis. Orlando Strambi Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Políticas de Transporte Urbano para Cidades Sustentáveis Orlando Strambi Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Fuja da cidade sem sair dela... Propaganda de veículo utilitário esportivo Reverter

Leia mais

FUNCIONALIDADES DO PHONEPARK

FUNCIONALIDADES DO PHONEPARK FUNCIONALIDADES DO PHONEPARK O PhonePark é uma solução inovadora para estacionamentos rotativos em vias públicas, que permite a compra de créditos e utilização de estacionamento através do telefone celular

Leia mais

DEFESA DE DISSERTAÇÃO

DEFESA DE DISSERTAÇÃO Programa de Pós Graduação em Engenharia Elétrica Mestrado DEFESA DE DISSERTAÇÃO Jilmar Augustinho Tatto jilmar.tatto@uol.com.br COMISSÃO JULGADORA Professor Dr. Eduardo Mário Dias (Orientador) Professor

Leia mais

Fundação Institut o de Pesquisa e Planejamento para o Desenvolvimento Sustentável de Joinville, Instituto de Trânsito e Transporte e

Fundação Institut o de Pesquisa e Planejamento para o Desenvolvimento Sustentável de Joinville, Instituto de Trânsito e Transporte e Fundação Instituto de Pesquisa e Planejamento para o Desenvolvimento Sustentável de Joinville, Instituto de Trânsito e Transporte e Secretaria de Infraestrutura UMA UNIDADE DE MOBILIDADE E ACESSIBILIDADE

Leia mais

ANEXO III ESPECIFICAÇÃO REQUERIDA DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA.

ANEXO III ESPECIFICAÇÃO REQUERIDA DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA. EDITAL CONCORRÊNCIA 01/2015 ANEXO III ESPECIFICAÇÃO REQUERIDA DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA. Este Anexo apresenta as especificações requeridas para o Sistema de Bilhetagem Eletrônica SBE a ser implantado

Leia mais

Unidade IV GERENCIAMENTO DE. Prof. Altair da Silva

Unidade IV GERENCIAMENTO DE. Prof. Altair da Silva Unidade IV GERENCIAMENTO DE TRANSPORTE Prof. Altair da Silva Transporte em area urbana Perceba o volume de caminhões que circulam nas áreas urbanas em nosso país. Quais são os resultados para as empresas

Leia mais

MOBILIDADE URBANA EM SÃO PAULO APLICAÇÃO DE SOLUÇÕES IMEDIATAS E EFICAZES

MOBILIDADE URBANA EM SÃO PAULO APLICAÇÃO DE SOLUÇÕES IMEDIATAS E EFICAZES MOBILIDADE URBANA EM SÃO PAULO APLICAÇÃO DE SOLUÇÕES IMEDIATAS E EFICAZES JULHO 2015 SÃO PAULO UMA CIDADE A CAMINHO DO CAOS URBANO Fonte: Pesquisa de mobilidade 2012 SÃO PAULO UMA CIDADE A CAMINHO DO CAOS

Leia mais

Infraestrutura Turística. Magaeventos Esportivos e a Promoção da Imagem do Brasil no Exterior 16 e 17 de agosto Brasília.

Infraestrutura Turística. Magaeventos Esportivos e a Promoção da Imagem do Brasil no Exterior 16 e 17 de agosto Brasília. Infraestrutura Turística. Magaeventos Esportivos e a Promoção da Imagem do Brasil no Exterior 16 e 17 de agosto Brasília Mobilidade Urbana Renato Boareto 1 Organização Não Governamental fundada em 2006

Leia mais

TRANSPORTE COLETIVO SISTEMAS INTEGRADOS DE TRANSPORTE URBANO

TRANSPORTE COLETIVO SISTEMAS INTEGRADOS DE TRANSPORTE URBANO SISTEMAS INTEGRADOS DE TRANSPORTE URBANO TRANSPORTE COLETIVO M. Eng. André Cademartori Jacobsen Especialista em Benchmarking Associação Latino-americana de Sistemas Integrados e BRT (SIBRT) 28/Nov/2012

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 70/2011. A CÂMARA MUNICIPAL DE IPATINGA aprova:

PROJETO DE LEI Nº 70/2011. A CÂMARA MUNICIPAL DE IPATINGA aprova: PROJETO DE LEI Nº 70/2011. Institui a Política Municipal de Mobilidade Urbana. A CÂMARA MUNICIPAL DE IPATINGA aprova: Mobilidade Urbana. Art. 1º Fica instituída, no Município de Ipatinga, a Política Municipal

Leia mais

Biblioteca Digital. Precificação de congestionamento e transporte coletivo urbano. http://www.bndes.gov.br/bibliotecadigital. Sander Magalhães Lacerda

Biblioteca Digital. Precificação de congestionamento e transporte coletivo urbano. http://www.bndes.gov.br/bibliotecadigital. Sander Magalhães Lacerda Biblioteca Digital Precificação de congestionamento e transporte coletivo urbano Sander Magalhães Lacerda http://www.bndes.gov.br/bibliotecadigital PRECIFICAÇÃO DE CONGESTIONAMENTO E TRANSPORTE COLETIVO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA Anexo II.6 Especificações do Sistema de Bilhetagem Eletrônica PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA ÍNDICE 1 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 2 CONCEPÇÃO DO SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA... 2 2.1 Processos

Leia mais

A ELABORAÇÃO DE PLANOS DE MOBILIDADE URBANA

A ELABORAÇÃO DE PLANOS DE MOBILIDADE URBANA Seminário Internacional sobre Cidades Inteligentes, Cidades do Futuro Comissão de Desenvolvimento Urbano CDU Câmara dos Deputados A ELABORAÇÃO DE PLANOS DE MOBILIDADE URBANA RENATO BOARETO Brasília 06

Leia mais

Política Nacional de Mobilidade Urbana - LEI nº 12.587/2012

Política Nacional de Mobilidade Urbana - LEI nº 12.587/2012 Política Nacional de Mobilidade Urbana - LEI nº 12.587/2012 Natal/RN, 18 de março de 2013 Ministério das Cidades - MCidades Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana SeMob Departamento de Cidadania e Inclusão

Leia mais

Diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana

Diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana A Mobilidade Urbana no Planejamento da Cidade Diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana Lei nº 12.587, de 3 de janeiro de 2012 IBAM Desafios à Implementação Diretrizes da Política Nacional de

Leia mais

Programa de Integração e Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro

Programa de Integração e Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro Programa de Integração e Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro Waldir Peres Superintendente Agência Metropolitana de Transportes Urbanos São Paulo Setembro de 2011 Plano Geral Rio

Leia mais

UBER BRASIL AUDIÊNCIA PÚBLICA COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR (CDC) CÂMARA DOS DEPUTADOS 16 DE SETEMBRO DE 2015

UBER BRASIL AUDIÊNCIA PÚBLICA COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR (CDC) CÂMARA DOS DEPUTADOS 16 DE SETEMBRO DE 2015 UBER BRASIL AUDIÊNCIA PÚBLICA COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR (CDC) CÂMARA DOS DEPUTADOS 16 DE SETEMBRO DE 2015 SUMÁRIO O QUE FAZ A UBER? 1 CLIENTES: O USUÁRIO E O PARCEIRO 2 EFICIÊNCIA, TRANSPARÊNCIA

Leia mais

ANEXO - I PROJETO BÁSICO

ANEXO - I PROJETO BÁSICO ANEXO - I PROJETO BÁSICO 1. OBJETO: Contratação de empresa especializada para a prestação de serviços relativos à emissão de passagens aéreas nacionais e internacionais compreendendo a reserva, emissão,

Leia mais

Mobilidade Urbana por Bicicletas

Mobilidade Urbana por Bicicletas Ministério das Cidades SeMOB - Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana Mobilidade Urbana por Bicicletas Brasília - DF 19 de Novembro de 2013 Ações em prol da Mobilidade por Bicicletas

Leia mais

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS Lúcia Maria Mendonça Santos Marcos Daniel Souza dos Santos Paula Coelho da Nóbrega Departamento de Mobilidade Urbana Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana

Leia mais

4 O Enfoque da Logística Urbana ou City Logistics no PDTU- RMRJ parte Cargas

4 O Enfoque da Logística Urbana ou City Logistics no PDTU- RMRJ parte Cargas 50 4 O Enfoque da Logística Urbana ou City Logistics no PDTU- RMRJ parte Cargas Neste capítulo é apresentada a definição de transporte urbano de cargas, a Logística Urbana ou City Logistics, seu enfoque,

Leia mais

DEFINIÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS E DOS DESAFIOS DO TRANSPORTE URBANO DE CARGA.

DEFINIÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS E DOS DESAFIOS DO TRANSPORTE URBANO DE CARGA. DEFINIÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS E DOS DESAFIOS DO TRANSPORTE URBANO DE CARGA. Caro participante, Agradecemos a sua presença no III Megacity Logistics Workshop. Você é parte importante para o aprimoramento

Leia mais

Soluções Integradas e de meios de pagamento para gestão de frota

Soluções Integradas e de meios de pagamento para gestão de frota Soluções Integradas e de meios de pagamento para gestão de frota Sobre a FleetCor Líder mundial em gestão de abastecimento e meios de pagamento especializados Perfil Fundação: 2002 Sede: Atlanta, GA, USA

Leia mais

As cidades para os pedestres

As cidades para os pedestres As cidades para os pedestres Foto: Márcio Brigatto Poder público estimula aquisição de veículos, mas investimentos não acompanham esse crescimento. O resultado são congestionamentos, aumento do tempo gasto

Leia mais

Política Nacional de Mobilidade Urbana

Política Nacional de Mobilidade Urbana Ministério das Cidades SeMOB - Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana Política Nacional de Mobilidade Urbana SIMT - Seminário Internacional Mobilidade e Transportes Agosto 2013 Estrutura

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO outubro 2013 Plano de Mobilidade Urbana de São Paulo Em atendimento à Lei Federal 12.587 Institui a Política Nacional de Mobilidade Urbana

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº,de 2012 (Dos Sr. José de Filippi Júnior e Carlos Zarattini)

PROJETO DE LEI Nº,de 2012 (Dos Sr. José de Filippi Júnior e Carlos Zarattini) PROJETO DE LEI Nº,de 2012 (Dos Sr. José de Filippi Júnior e Carlos Zarattini) Institui as diretrizes da Política Metropolitana de Mobilidade Urbana (PMMU), cria o Pacto Metropolitano da Mobilidade Urbana

Leia mais

Plano de Mobilidade Urbana de BH

Plano de Mobilidade Urbana de BH 4 a 7 de junho de 2013 Hotel Ouro Minas Plano de Mobilidade Urbana de BH Ramon Victor Cesar Presidente de BHTRANS Contexto do PlanMob-BH: Cenários, diagnóstico e prognósticos Desafio 1: como articular

Leia mais

Estudo, Análise e Proposta de Soluções Para Melhoria da Mobilidade Urbana na Região Metropolitana de Florianópolis

Estudo, Análise e Proposta de Soluções Para Melhoria da Mobilidade Urbana na Região Metropolitana de Florianópolis Documento confidencial para uso e informação do cliente Estudo, Análise e Proposta de Soluções Para Melhoria da Mobilidade Urbana na Região Metropolitana de Florianópolis Apresentação Florianópolis Dezembro

Leia mais

METRÔ DE SÃO PAULO Gerência de Planejamento e Integração de Transportes Metropolitanos GPI / DM

METRÔ DE SÃO PAULO Gerência de Planejamento e Integração de Transportes Metropolitanos GPI / DM METRÔ DE SÃO PAULO Gerência de Planejamento e Integração de Transportes Metropolitanos GPI / DM Sistemas Estruturais de Transporte Alta e Média Capacidade Alberto Epifani Gerente de Planejamento e Integração

Leia mais

Como transformar o direito à mobilidade em indicadores de políticas públicas?

Como transformar o direito à mobilidade em indicadores de políticas públicas? Como transformar o direito à mobilidade em indicadores de políticas públicas? Uma contribuição - INCT Observatório das Metrópoles - Projeto: Metropolização e Mega-eventos: os impactos da Copa do Mundo/2014

Leia mais

GESTÃO E GERENCIAMENTO AMBIENTAL ESTRATÉGIAS DE GESTÃO AMBIENTAL

GESTÃO E GERENCIAMENTO AMBIENTAL ESTRATÉGIAS DE GESTÃO AMBIENTAL GESTÃO E GERENCIAMENTO AMBIENTAL GESTÃO AMBIENTAL: Planejamento. GERENCIAMENTO AMBIENTAL: Execução e Controle. GESTÃO ETAPAS: 1. Definição dos Objetivos do Planejamento = metas. 2. Inventário/ Banco de

Leia mais

MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA-PB SUPERINTENDÊNCIA

MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA-PB SUPERINTENDÊNCIA MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA-PB SUPERINTENDÊNCIA DE TRANSPORTE E TRANSITO DE JOÃO PESSOA STTRANS EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 001/2011 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2010/047142 ANEXO IV DIRETRIZES PARA A REESTRUTURAÇÃO

Leia mais

Sistema de Informações da Mobilidade Urbana. Relatório Geral 2011

Sistema de Informações da Mobilidade Urbana. Relatório Geral 2011 Sistema de Informações da Mobilidade Urbana Relatório Geral 2011 Dezembro/2012 Relatório Geral 2011 1 Sumário executivo... 3 2 Mobilidade... 28 2.1 Valores para Brasil (municípios acima de 60 mil habitantes)...

Leia mais

Seminário Rio Metrópole Mobilidade, Conectividade, Custos e Logística. Paulo Fernando Fleury Presidente Instituto Ilos

Seminário Rio Metrópole Mobilidade, Conectividade, Custos e Logística. Paulo Fernando Fleury Presidente Instituto Ilos Realização Seminário Rio Metrópole Mobilidade, Conectividade, Custos e Logística Paulo Fernando Fleury Presidente Instituto Ilos O Paradoxo da Logística A logística é ao mesmo tempo uma das atividades

Leia mais

Princípios de mobilidade para cidades inclusivas e sustentáveis

Princípios de mobilidade para cidades inclusivas e sustentáveis Princípios de mobilidade para cidades inclusivas e sustentáveis Ana Nassar, ITDP Brasil Seminário Aspectos da Mobilidade Urbana SEMOB - GDF Brasília, 24 de setembro de 2015 Sobre o ITDP Organização social

Leia mais

TREM DE GUARULHOS EXPRESSO AEROPORTO

TREM DE GUARULHOS EXPRESSO AEROPORTO TREM DE GUARULHOS EXPRESSO AEROPORTO REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO 2 Municípios Habitantes PIB (Regional) Comércio e Serviços 39 18,6 milhões 10,5% população Brasileira R$ 244 Bilhões 15,7% PIB Brasileiro

Leia mais

Veja a íntegra da lei 12.587/2012. Lei nº 12.587, de 3 de janeiro de 2012.

Veja a íntegra da lei 12.587/2012. Lei nº 12.587, de 3 de janeiro de 2012. A presidente Dilma Rousseff sancionou com vetos a lei nº 12.587/2012, que institui no país as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana, publicada no DOU (Diário Oficial da União), nesta quarta-feira

Leia mais

ECOXXI 2011/2012 Indicador Mobilidade Sustentável

ECOXXI 2011/2012 Indicador Mobilidade Sustentável ECOXXI 2011/2012 Indicador Mobilidade Sustentável Gabinete de Planeamento Inovação e Avaliação Catarina Marcelino (cmarcelino@imtt.pt) http://www.imtt.pt APA, 14 de Fevereiro de 2012 Índice 1. Conceito

Leia mais

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO

PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO SERVIÇO O DE TRANSPORTE DE TÁXIS NO RIO DE JANEIRO Secretaria Municipal de Transportes Eduardo Frederico Cabral de Oliveira Subsecretário rio de Fiscalização PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO

Leia mais

ANÁLISE DA VIABILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DE REDE SEMIPÚBLICA DE TRANSPORTE COLETIVO EM UBERLÂNDIA, MG

ANÁLISE DA VIABILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DE REDE SEMIPÚBLICA DE TRANSPORTE COLETIVO EM UBERLÂNDIA, MG ANÁLISE DA VIABILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DE REDE SEMIPÚBLICA DE TRANSPORTE COLETIVO EM UBERLÂNDIA, MG Luciano Nogueira José Aparecido Sorratini ANÁLISE DA VIABILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DE REDE SEMIPÚBLICA DE

Leia mais

Mobilidade com produtividade

Mobilidade com produtividade Curitiba Maio, 2015 > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > > Mobilidade com produtividade Wagner Colombini Martins Logit Engenharia Documento confidencial para uso e informação do cliente > > > > > >

Leia mais

Políticas de integração para mobilidade urbana em cidades coordenadas por diferente modais Wagner Colombini Martins 20/09/2013

Políticas de integração para mobilidade urbana em cidades coordenadas por diferente modais Wagner Colombini Martins 20/09/2013 Políticas de integração para mobilidade urbana em cidades coordenadas por diferente modais Wagner Colombini Martins 20/09/2013 A gestão pública brasileira é marcada pela atuação setorial, com graves dificuldades

Leia mais

Vias Inteligentes. Mobilidade Urbana por meio de

Vias Inteligentes. Mobilidade Urbana por meio de Jaguaraci Batista Silva 16 anos de atuação (Borland, Toyota, Fujitsu, FIAT, Iberdrola, Petrobrás, CNPQ, Unifesp, ITA, UFBA) Mestre em ciência da computação, especialista em sistemas distribuídos, engenharia

Leia mais

SITUAÇÃO ENCONTRADA NO DF EM 2007

SITUAÇÃO ENCONTRADA NO DF EM 2007 SITUAÇÃO ENCONTRADA NO DF EM 2007 Frota antiga e tecnologia obsoleta; Serviço irregular de vans operando em todo o DF 850 veículos; Ausência de integração entre os modos e serviços; Dispersão das linhas;

Leia mais

PESQUISA DE MOBILIDADE DA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO PRINCIPAIS RESULTADOS PESQUISA DOMICILIAR DEZEMBRO DE 2013

PESQUISA DE MOBILIDADE DA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO PRINCIPAIS RESULTADOS PESQUISA DOMICILIAR DEZEMBRO DE 2013 PESQUISA DE MOBILIDADE DA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO PRINCIPAIS RESULTADOS PESQUISA DOMICILIAR DEZEMBRO DE 2013 SUMÁRIO Página Capítulo 3 Objetivos, conceitos utilizados e metodologia 12 Dados socioeconômicos

Leia mais

Paulo Sergio Custodio Outubro 2013

Paulo Sergio Custodio Outubro 2013 Paulo Sergio Custodio Outubro 2013 Mobilidade significa liberdade de participação do mercado, de ser consumidor em uma sociedade capitalista pura. A quantidade de viagens realizadas (consumidas) pelas

Leia mais

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Assessoria Especial para Modernização da Gestão. Brasília, julho de 2015

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Assessoria Especial para Modernização da Gestão. Brasília, julho de 2015 Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Assessoria Especial para Modernização da Gestão Brasília, julho de 2015 ESTRATÉGIA CREDENCIAMENTO CPGF PASSAGEM AÉREA AGENCIAMENTO DE VIAGENS CREDENCIAMENTO

Leia mais

Plano de Mobilidade Urbana Sustentável da Grande Florianópolis Plamus. Guilherme Medeiros SC Participações e Parcerias S.A. Governo de Santa Catarina

Plano de Mobilidade Urbana Sustentável da Grande Florianópolis Plamus. Guilherme Medeiros SC Participações e Parcerias S.A. Governo de Santa Catarina Plano de Mobilidade Urbana Sustentável da Grande Florianópolis Plamus Guilherme Medeiros SC Participações e Parcerias S.A. Governo de Santa Catarina Introdução PLAMUS e status do projeto Diagnóstico: qual

Leia mais

PROJETO DE LEI 01-00416/2015 do Vereador Ricardo Young (PPS)

PROJETO DE LEI 01-00416/2015 do Vereador Ricardo Young (PPS) Secretaria Geral Parlamentar Secretaria de Documentação Equipe de Documentação do Legislativo PROJETO DE LEI 01-00416/2015 do Vereador Ricardo Young (PPS) "Dispõe sobre a organização e funcionamento do

Leia mais

PlanMob-BH: Plano de mobilidade sustentável de Belo Horizonte. Ramon Victor Cesar BHTRANS, Prefeitura de Belo Horizonte

PlanMob-BH: Plano de mobilidade sustentável de Belo Horizonte. Ramon Victor Cesar BHTRANS, Prefeitura de Belo Horizonte PlanMob-BH: Plano de mobilidade sustentável de Belo Horizonte Ramon Victor Cesar BHTRANS, Prefeitura de Belo Horizonte Sumário 1. Contexto do PlanMob-BH Fases de desenvolvimento Objetivos estratégicos

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2009 (Do Sr. Jaime Martins) O Congresso Nacional decreta:

PROJETO DE LEI Nº, DE 2009 (Do Sr. Jaime Martins) O Congresso Nacional decreta: PROJETO DE LEI Nº, DE 2009 (Do Sr. Jaime Martins) Institui o Programa Bicicleta Brasil, para incentivar o uso da bicicleta visando a melhoria das condições de mobilidade urbana. O Congresso Nacional decreta:

Leia mais

MOBILIDADE CENÁRIOS E TENDÊNCIAS DO SETOR DE TRANSPORTES EM SALVADOR. Palestrante: Horácio Brasil

MOBILIDADE CENÁRIOS E TENDÊNCIAS DO SETOR DE TRANSPORTES EM SALVADOR. Palestrante: Horácio Brasil MOBILIDADE CENÁRIOS E TENDÊNCIAS DO SETOR DE TRANSPORTES EM SALVADOR Palestrante: Horácio Brasil MAIO 2013 Var% 2011/2001 CRESCIMENTO POPULACIONAL 20,00 15,00 14,72 16,07 11,60 10,00 8,36 6,69 5,00 3,77

Leia mais

Consórcio Fênix Rua Cândido Ramos nº550 - CEP 88090.800 Capoeiras - Florianópolis/SC - Brasil CNPJ 19.962.391/0001-53 sac@consorciofenix.com.

Consórcio Fênix Rua Cândido Ramos nº550 - CEP 88090.800 Capoeiras - Florianópolis/SC - Brasil CNPJ 19.962.391/0001-53 sac@consorciofenix.com. 1 2 CONSÓRCIO FÊNIX PREFEITURA MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS SECRETARIA MUNICIPAL DE MOBILIDADE URBANA - SMMU MANUAL DOS USUÁRIOS DO SISTEMA SIM MODALIDADE POR ÔNIBUS DIREITOS E DEVERES DAS PARTES ENVOLVIDAS

Leia mais

RESOLUÇÃO AGERBA N 08, DE 03 DE JUNHO DE 2013.

RESOLUÇÃO AGERBA N 08, DE 03 DE JUNHO DE 2013. RESOLUÇÃO AGERBA N 08, DE 03 DE JUNHO DE 2013. Dispõe sobre a implantação do Sistema de Bilhetagem Eletrônica em linhas metropolitanas de transporte rodoviário intermunicipal de passageiros. A Diretoria

Leia mais

Benefícios e Desafios das Tecnologias Veiculares Alternativas no Transporte Público de Curitiba

Benefícios e Desafios das Tecnologias Veiculares Alternativas no Transporte Público de Curitiba Benefícios e Desafios das Tecnologias Veiculares Alternativas no Transporte Público de Curitiba Roberto Gregorio da Silva Junior Presidente da Urbanização de Curitiba S.A. Belo Horizonte, 15 março 2016

Leia mais

A Target Meio de Pagamentos é uma administradora de meio de pagamentos eletrônicos, fundada em dezembro de 2011.

A Target Meio de Pagamentos é uma administradora de meio de pagamentos eletrônicos, fundada em dezembro de 2011. A Target Meio de Pagamentos é uma administradora de meio de pagamentos eletrônicos, fundada em dezembro de 2011. Homologada pela ANTT para operação de meio de pagamento eletrônico de fretes, a Target construiu

Leia mais

Estudo Tarifário do Transporte Público Coletivo Urbano Municipal - INTERCAMP. 10.517.242 / mês

Estudo Tarifário do Transporte Público Coletivo Urbano Municipal - INTERCAMP. 10.517.242 / mês Diretoria de Planejamento e Projetos Gerência de Gestão do Transporte Público Departamento de e Indicadores do Transporte Público Estudo Tarifário do Transporte Público Coletivo Urbano Municipal - INTERCAMP

Leia mais

DRAFT. PROJETO DE MOBILIDADE URBANA DE MANAUS 6 de outubro de 2009

DRAFT. PROJETO DE MOBILIDADE URBANA DE MANAUS 6 de outubro de 2009 PROJETO DE MOBILIDADE URBANA DE MANAUS 6 de outubro de 2009 Agenda Crescimento de Manaus Solução de mobilidade urbana Resumo do projeto do monotrilho Resumo do projeto do BRT Quadro 2 Agenda Crescimento

Leia mais

Light Serviços de Eletricidade S.A. Demonstrações contábeis regulatórias referentes ao exercício findo em 31 de dezembro de 2013

Light Serviços de Eletricidade S.A. Demonstrações contábeis regulatórias referentes ao exercício findo em 31 de dezembro de 2013 Light Serviços de Eletricidade S.A. Demonstrações contábeis regulatórias referentes ao exercício findo em 31 de dezembro de 2013 Balanços Patrimoniais Regulatório e Societário Nota Societário Ajustes CPCs

Leia mais

Como a política de transportes pode influenciar a qualidade do ar nas cidades

Como a política de transportes pode influenciar a qualidade do ar nas cidades Como a política de transportes pode influenciar a qualidade do ar nas cidades Gonçalo Homem de Almeida Rodriguez Correia (gcorreia@dec.uc.pt) Professor Auxiliar do Departamento de Engenharia Civil Universidade

Leia mais

Plano de Mobilidade Sustentável. Por uma cidade amiga da bicicleta Abril 2011

Plano de Mobilidade Sustentável. Por uma cidade amiga da bicicleta Abril 2011 Plano de Mobilidade Sustentável. Por uma cidade amiga da bicicleta Abril 2011 Cronograma Índice Apresentação da TC Urbes Objetivos do Plano de Mobilidade Sustentável Cidade e Mobilidade Diagnóstico Planejamento

Leia mais

Audiência Pública Câmara dos Deputados

Audiência Pública Câmara dos Deputados Audiência Pública Câmara dos Deputados QUALIDADE DO TRANSPORTE PÚBLICO Marcos Bicalho dos Santos Brasília-DF, 25 de setembro de 2013 Estrutura da apresentação 1. Contexto; 2.SistemasBRTeBRS Prioridadeparaotransportepúblicoporônibus;

Leia mais

Experiências em Transportes Cenário Atual. Apresentação Paraisópolis Junho/2014 Bianca Bianchi Alves

Experiências em Transportes Cenário Atual. Apresentação Paraisópolis Junho/2014 Bianca Bianchi Alves + Experiências em Transportes Cenário Atual Apresentação Paraisópolis Junho/2014 Bianca Bianchi Alves + Cidades Realidade 50% população vivendo em cidades atualmente 70% em 2050 (Nações Unidas) Concentração

Leia mais

Política Nacional de Mobilidade Urbana e Construção do Plano de Mobilidade

Política Nacional de Mobilidade Urbana e Construção do Plano de Mobilidade Ministério das Cidades SeMOB - Secretaria Nacional de Transportes e da Mobilidade Urbana Política Nacional de Mobilidade Urbana e Construção do Plano de Mobilidade Porto Alegre RS Abril de 2015 Política

Leia mais

Sistema de Estacionamento Rotativo Eletrônico de São José dos Campos. Do papel à tecnologia on-line

Sistema de Estacionamento Rotativo Eletrônico de São José dos Campos. Do papel à tecnologia on-line Sistema de Estacionamento Rotativo Eletrônico de São José dos Campos Do papel à tecnologia on-line Prefeitura Municipal de São José dos Campos Secretaria de Transportes Setembro 2009 São José dos Campos

Leia mais