Empreendedorismo na Escola de Música da UFMG 1. Introdução

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Empreendedorismo na Escola de Música da UFMG 1. Introdução"

Transcrição

1 Empreendedorismo na Escola de Música da UFMG 1 Introdução A Música e as artes quando praticada como atividade profissional, não é diferente de qualquer outra área de conhecimento. A formação de um músico profissional depende de muita dedicação, quase tempo integral ao estudo exclusivo de música. Por outro lado, como em toda área é necessário também, uma formação mínima para a gestão de carreira, conhecimento do mercado, e, principalmente, de desenvolver habilidades relacionadas ao empreendedorismo. Vivemos um período histórico de escassez de empregos e de empregos de baixa remuneração devido a diversos fatores, entre outros, a grande oferta de mão de obra. Portanto, terá mais chance no mercado aquele que é empreendedor, aquele que tem maior atitude proativa em relação ao seu trabalho. O perfil dos alunos do curso de música torna a tarefa de introduzir o conteúdo empreendedorismo bastante desafiadora pelas razões que iremos apresentar. Nossa visão de empreendedorismo é bem abrangente: vai desde montar o seu próprio negócio, até questões relacionadas às atitudes pessoais no trabalho dentro de qualquer organização, seja um professor de uma universidade, um padre ou pastor de uma igreja ou um gerente de uma montadora de automóveis. O músico como um prestador de serviços O Músico, seja ele compositor ou intérprete, é principalmente um prestador de serviços, paga ISSQN e precisa ter registro de autônomo. Existem postos de trabalho disponíveis em orquestras, escolas, grupos musicais, e em todo tipo de organização em que há a necessidade de contratação de um músico, como o coral de uma empresa ou de uma igreja. Somente os postos mais altos dentro das organizações remuneram de forma suficiente para que o indivíduo não precise fazer outra coisa fora do emprego regular, como si diz na linguagem comum: prestar serviço por fora. Portanto podemos afirmar que na maioria absoluta dos casos, independente de ter ou não emprego, é preciso empreender. Aquele que tem habilidades de prestador de serviços tem mais opções no mercado de trabalho. Pode ter um emprego e, ao mesmo tempo, prestar serviços. O músico pode ser um desses indivíduos. 1 Texto apresentado no evento: Semana Global do Empreendedorismo 2010 Semana do Empreendedorismo UFMG - Mesa: Professores Empreendedores e os desafios da UFMG 1

2 A disciplina Empreendedorismo na Área de Música Observando essas questões relacionadas à minha profissão e a de meus alunos, e, observando também os estudos que estão sendo realizados sobre o empreendedorismo, decidi criar na Escola de Música da UFMG uma disciplina em que esse assunto fosse abordado. Nosso objetivo é o de criar a cultura empreendedora entre os alunos do curso de música e, ao mesmo tempo, oferecer a eles algumas ferramentas para enfrentar o mercado de trabalho. Dentro da categoria de disciplinas optativas temos as disciplinas de conteúdo variável. Criei a disciplina optativa Empreendedorismo na Área de Música: ênfase na elaboração de projetos para programas de apoio à cultura. Foram três ofertas até o momento, em 2006, 2007 e Tenho experimentado com conteúdos diversos. Comecei com um enfoque nas teorias do empreendedorismo, na leitura de textos sobre esse tema, no estudo do livro O Segredo de Luiza de Fernando Dolabela. Outra referência para a versão inicial da disciplina foi o livro Oficina do Empreendedor, do mesmo autor, do qual foram extraídas algumas atividades. Sempre tivemos palestras de indivíduos considerados empreendedores na área de música, apresentando para os alunos sua carreira individual, atividade sempre seguida de debate. Além desses conteúdos tivemos também: atividades para estimular idéias de projetos na área de música; visita à incubadora Inova; palestra sobre Empresa Júnior; ferramentas para a identificação de oportunidades no mercado; palestra sobre oportunidades de estudo, entre outros conteúdos. Porém o conteúdo que mais estudamos, e que tem sido a ênfase maior da disciplina é a elaboração de projetos para as leis de incentivo à cultura. As leis de incentivo à cultura são recentes no Brasil, a primeira é de 1986, e modificaram substancialmente o mercado cultural atual, no bom sentido, aumentando as oportunidades para todos, seja a pessoa física ou jurídica, isto é, como indivíduo ou como empresa. As leis de incentivo aumentaram também as oportunidades para diversos setores que tinham menor chance no mercado como as novas linguagens artísticas e a música erudita em geral. É muito comum nas disciplinas de empreendedorismo o enfoque na elaboração de um plano de negócio e na criação de empresa. Normalmente é exigido dos alunos, individualmente ou em grupo, a elaboração de uma proposta de empreendimento na sua área de atuação, isto é, um plano de negócio e uma empresa para realizá-lo. Na disciplina que criei, Empreendedorismo na Área de Música, os projetos culturais para 2

3 as leis de incentivo à cultura representam os empreendimentos, não necessariamente apresentados por uma empresa. As leis permitem projetos apresentados por pessoa física. Um projeto cultural é, até certo ponto, um plano de negócio, um negócio que não exige obrigatoriamente uma empresa. Se por um lado não precisar da empresa é uma vantagem, principalmente para quem quer entrar no mercado e iniciar as suas atividades profissionais, é um problema no sentido que permite a informalidade e os problemas inerentes a essa situação. Um exemplo disso é que os prestadores de serviço autônomos de hoje têm sido obrigados a criar empresa individual para poder emitir nota-fiscal, sem a qual não conseguem prestar serviços para diversas organizações. Resultados A disciplina Empreendedorismo na Área de Música tem sido bem aceita pelos alunos e bastante procurada. Na última oferta foram quarenta vagas com fila de espera por prováveis desistências. Os alunos se interessam muito pelo tema projetos culturais. Vem nos projetos uma maneira de mostrar o seu trabalho, gravar um CD ou DVD, realizar uma série de concertos ou shows, realizar festivais, projetos educacionais e sócio-culturais, entre outros. As leis de incentivo à cultura têm duas modalidades: os Fundos Culturais, que são recursos alocados através de edital publicado pelos governos federal, municipal e estadual, e o Incentivo Fiscal. Na modalidade Incentivo Fiscal, os governos federal, municipal e estadual estabelecem um limite de renúncia fiscal para que os artistas e produtores, em parcerias com empresas privadas que recebem isenção fiscal, realizem projetos culturais. O trabalho final da disciplina é apresentar, individualmente ou em grupo, um projeto cultural para uma das leis de incentivo à cultura, em uma das modalidades, para a instância Federal, Estadual de Minas Gerais e Municipal de Belo Horizonte. Essas leis são detalhadamente apresentadas aos alunos, assim como questões de elaboração, formatação de projetos culturais, gestão e prestação de contas. A disciplina tem apresentado bons resultados no que diz respeito aos projetos culturais. Após a elaboração do projeto na disciplina, alguns são realmente realizados, são apresentados para os editais públicos e de empresas privadas, isto é, são levados para o mercado. Tenho acompanhado e recebido relatos de alunos que conseguiram aprovar e principalmente executar seus projetos. 3

4 Em parte a disciplina tem alcançado seus objetivos no que diz respeito à elaboração de projetos culturais. Por outro lado, começamos a ter problemas quando os alunos vêm que é preciso mais que o apóio das leis e do estado, que entre outras coisas é preciso criar empresa, ser empresário, produtor, realizar captação de recursos em empresas privadas, tornar-se administrador, carregador, entre outras funções. Parte desses problemas do aluno do curso de música tem haver com o perfil dos alunos da área de humanas e principalmente da área de artes. Um exemplo disso é a dificuldade que temos tido em propor na disciplina que os alunos criem uma Empresa Júnior na Escola de Música, que poderia ser uma Produtora Cultural Júnior. O perfil do aluno de música e as dificuldades com o empreendedorismo Os alunos de música têm muita resistência em dedicar um tempo de seu estudo para as questões de carreira e empreendedorismo. Para eles todo o tempo deve ser dedicado a sua formação artística. Existe também certo preconceito entre os artistas quando se fala em vender o seu trabalho. Convencer os músicos que eles são prestadores de serviço e, como tal, precisam vender o seu trabalho não é tarefa fácil. Existe uma confusão que envolve questões relacionadas à tarefa de vender um serviço e a realização artística. Falar em vender o seu trabalho é como falar que você está vendendo a si mesmo, perdendo a sua dignidade artística. Muitos se sentem humilhados em realizar a tarefa de vender. Preferem dar essa função a um agente, um produtor cultural, ou um captador. Contratar um agente ou um produtor cultural é muito difícil para quem está começando. O indivíduo iniciando carreira tem de desempenhar várias tarefas, precisa ser o que normalmente chamamos de um Faz Tudo. A maioria só acorda para essas questões bem mais tarde quando já está no mercado lutando para obter o seu espaço. Somente nesse momento essas questões se tornam realmente importantes para eles. Voltando a questão da Empresa Júnior, vemos nessas uma maneira de desenvolver a cultura empreendedora e ao mesmo tempo uma forma bem objetiva de começar a entender e entrar no mercado de trabalho de cada área específica. Nas três vezes em que a disciplina foi ofertada, tivemos visita de alunos de outros cursos da UFMG para relatar as suas experiências com a empresa júnior. Tivemos inclusive um grupo de estudantes de Teatro e Música do Instituto Filosofia, Artes e Cultura da UFOP, que apresentaram aos nossos estudantes a empresa criada por eles, 4

5 a MultiCultural Produções Artísticas, primeira Empresa Júnior do Brasil na área cultural. Ao final de cada uma dessas palestras, sempre procurei realizar um debate com alunos sobre a criação de uma empresa júnior na Escola de Música. A proposta foi feita também a alunos fora da disciplina, vinculados ao DA, mas também sem sucesso. Essa idéia nunca foi bem aceita, gerando controvérsias e críticas, inclusive de que esse não deve ser um conteúdo do curso de música. Apenas dois ou três alunos se interessaram pelo assunto, um número insuficiente para essa iniciativa se efetivar. Considerando o baixo número de alunos interessados nesse tema, não tivemos a oportunidade, ainda, de apoiar os alunos na criação uma empresa júnior na Escola de Música. Não tenho notícia de empresa júnior nas outras escolas da área de artes da UFMG. O REUNI mais do que dobrou o número de alunos do curso de música. Talvez nos próximos anos aumente o interesse por esse tema e seja possível criar uma empresa júnior na área. O perfil do aluno do curso de música, e acredito que em toda a área de artes, é o de um indivíduo que escolheu a área pela paixão sem se importar muito com a profissionalização, isto é, de como vai ganhar dinheiro para o seu sustento. São geralmente muito dedicados á formação artística. Por outro lado, quando se fala que tem de empreender, transformar seu trabalho em prestação de serviço remunerada ou um produto para venda, que tem de vender esse serviço ou produto, que tem de ser um auto-produtor, seu próprio agente, elaborador de projetos, etc, começam os problemas. Fernando Dolabela relata em seu livro O Segredo de Luiza, o caso de Duda (uma personagem), que é sobrinha do Professor Pedro (outro personagem). Esse trecho do livro mostra bem as dificuldades do artista em vender a sua arte. A personagem Duda é uma artista plástica que realiza trabalhos em cerâmica e cria uma empresa para vender o seu trabalho, com a orientação do personagem Professor Pedro. Ao relatar esse caso, Dolabela apresenta dois importantes conceitos para o empreendedorismo: primeiro o de que a idéia tem de se adequar ao perfil do empreendedor ; segundo o empreendedor é alguém que aceita o dinheiro como medida de avaliação. Duda, a personagem de Dolabela, apesar de grande sucesso no empreendimento que realizou, entra em conflito consigo mesma quando tem de vender o produto de seu trabalho de artista plástica, assim como exercer funções de um empresário: dar ordens, 5

6 ouvir cliente pechinchar preço do seu produto, da sua arte, etc. Duda prefere desistir de ser empreendedora para não ter que lidar com essas questões. O perfil de grande parte dos alunos do curso de música e de artes é esse também. Querem trabalhar, precisam trabalhar, mas não querem ter de vender a sua arte. Não gostam de ver seu trabalho como um negócio. Modificar esse perfil e criar uma cultural realmente empreendedora, criar um perfil empreeendedor nos alunos não é tarefa fácil. Os artistas não gostam de falar que seu trabalho é um negócio. Dizem eu tenho um projeto e não eu tenho um negócio. Mas o projeto cultural é um negócio, queiram ou não vê-lo dessa maneira. A área de humanas e principalmente a área de artes é mais resistente ao movimento empreendedorista. Deixo aqui essa questão: sabemos o que é empreendedorismo, sabemos o que é um indivíduo empreendedor, mas como estimular e criar um perfil realmente empreendedor nos alunos da área de música e artes é nosso grande desafio. Referências CESNIK, Fábio de Sá. Guia do incentivo à cultura. Barueri,SP: Editora Manole, (2ªEdição) DOLABELA, Fernando. O segredo de Luísa. São Paulo: Editora de Cultura Ltda, DOLABELA, Fernando. Oficina do Empreendedo. São Paulo: Cultura Editores, MORETTO, LUIZ FERNANDO NETO. Empresa Júnior - Espaço de Aprendizagem. Florianópolis: UFSC,

FICHA DE CADASTRO EMPRETEC. Município Data: / /

FICHA DE CADASTRO EMPRETEC. Município Data: / / FICHA DE CADASTRO EMPRETEC Município Data: / / Caro Empreendedor, Obrigado por seu interesse pelo Empretec, um dos principais programas de desenvolvimento de empreendedores no Brasil e no Mundo! As questões

Leia mais

Empreendedorismo. Tópico 4 Plano de Negócios: Visão Geral

Empreendedorismo. Tópico 4 Plano de Negócios: Visão Geral Empreendedorismo Tópico 4 Plano de Negócios: Visão Geral Conteúdo 1. Objetivos do Encontro... 3 2. Introdução... 3 3. Planejar. Por quê?... 3 4. O Plano é produto do empreendedor... 4 5. Estrutura do Plano

Leia mais

Os 6 Passos Para Você Vender Consultoria em Vendas Online Através de Palestras Online

Os 6 Passos Para Você Vender Consultoria em Vendas Online Através de Palestras Online Os 6 Passos Para Você Vender Consultoria em Vendas Online Através de Palestras Online Palestra online é uma das maneiras mais simples, rápida e eficiente de vender serviço 01 - Recebem elogios mas não

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS. O QUE É?

PLANO DE NEGÓCIOS. O QUE É? NE- CACT O Núcleo de Empreendedorismo da UNISC existe para estimular atitudes empreendedoras e promover ações de incentivo ao empreendedorismo e ao surgimento de empreendimentos de sucesso, principalmente,

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

Perguntas e respostas

Perguntas e respostas Diretrizes Perguntas e respostas Axis Certification Program Índice 1. Finalidade e benefícios 3 2. Como tornar-se um Axis Certified Professional 3 3. Após o Exame 5 4. Diferença entre o Axis Certification

Leia mais

Patrocínio Institucional Parceria Apoio

Patrocínio Institucional Parceria Apoio Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 70 A ONG brasileira está em crise? 06 de fevereiro de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através

Leia mais

Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1

Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1 Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1 Se não pode subir a montanha, torne-se uma. Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 2 ISSO ESTÁ ME GERANDO R$7.278,05 - R$10.588,38 POR SEMANA E VOCÊ PODE FAZER

Leia mais

Por Tiago Bastos 1. 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online

Por Tiago Bastos 1. 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online Por Tiago Bastos 1 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online Se não pode subir a montanha, torne-se uma. Por Tiago Bastos 2 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar

Leia mais

Leis de Incentivo à Cultura. Área de Música 12:13

Leis de Incentivo à Cultura. Área de Música 12:13 Leis de Incentivo à Cultura Área de Música Cláudio Urgel claudiourgel@musica.ufmg.br Principais Finalidades Criar um instrumento de política cultural Apoiar uma área que necessita de recursos para crescer

Leia mais

7 Negócios Lucrativos

7 Negócios Lucrativos 7 Negócios Lucrativos CAPÍTULO 1 Mentalidade Geralmente empreendedores ficam caçando uma maneira nova de ganhar dinheiro constantemente, e de fato é isso que faz com que uns cheguem ao topo e outros não,

Leia mais

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam.

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam. Conjuntura Econômica Brasileira Palestrante: José Márcio Camargo Professor e Doutor em Economia Presidente de Mesa: José Antonio Teixeira presidente da FENEP Tentarei dividir minha palestra em duas partes:

Leia mais

Titulo do Case: Transforme a sociedade com a força do empreendedorismo social Categoria: Prática Interna Temática: Sociedade

Titulo do Case: Transforme a sociedade com a força do empreendedorismo social Categoria: Prática Interna Temática: Sociedade Titulo do Case: Transforme a sociedade com a força do empreendedorismo social Categoria: Prática Interna Temática: Sociedade Resumo: Quanto custa um projeto? As possíveis respostas são inúmeras. Os números

Leia mais

Autor: Marcelo Maia http://infoempreendedorismo.com

Autor: Marcelo Maia http://infoempreendedorismo.com Nesse ebook você irá aprender como gerar uma renda mesmo que do zero rapidamente na internet, se você já tem um produto irá aprender como aumentar suas vendas agora mesmo de forma garantida. Crie um sistema

Leia mais

ESCOLA DE ARTES SOM LIVRE

ESCOLA DE ARTES SOM LIVRE CURSOS DE MÚSICA E ARTES PARA ESCOLAS A Som Livre Escola de Artes oferece para as escolas infantis uma proposta inovadora : Cursos de Artes, especialmente voltado para crianças. Através de praticas e vivencias

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br

Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br NO CAMPO: UMA FAMÍLIA DE SOLUÇÕES EDUCACIONAIS PARA PRODUTORES RURAIS. TODA MINHA FAMÍLIA VIVE DA PRODUÇÃO RURAL. E MAIS DE CINCO MILHÕES

Leia mais

PROJETOS DE DEMOCRATIZAÇÃO CULTURAL

PROJETOS DE DEMOCRATIZAÇÃO CULTURAL PROJETOS DE DEMOCRATIZAÇÃO CULTURAL Semana Cidades Catraca Livre: Cultura e Educação São Paulo, junho de 2010 AGENDA A B C PRODUÇÃO X ACESSO À CULTURA PROJETOS CULTURAIS ELABORAÇÃO DE PROJETOS CULTURAIS

Leia mais

Antes de tudo... Obrigado!

Antes de tudo... Obrigado! Antes de tudo... Obrigado! Eu, Luiz Felipe S. Cristofari, agradeço por ter baixado esse PDF. Criei esse material para ajudar você a ter mais sucesso com suas ideias na internet e fico muito feliz quando

Leia mais

PASSOS PARA EMPREENDER

PASSOS PARA EMPREENDER PASSOS PARA EMPREENDER Marcelo Roque Sócio e Diretor Geral da Finxi Tecnologia marcelo@finxi.com.br www.finxi.com.br SOBRE O PALESTRANTE Programador, já foi pesquisador do Medialab, Laboratório de Computação

Leia mais

CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA E INSTRUTORIA

CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA E INSTRUTORIA CREDENCIAMENTO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA E INSTRUTORIA PERGUNTAS FREQUENTES Este guia com perguntas e respostas foi desenvolvido para possibilitar um melhor entendimento

Leia mais

MULTIPLICAÇÃO DOS MECANISMOS

MULTIPLICAÇÃO DOS MECANISMOS À MULTIPLICAÇÃO DOS MECANISMOS UM TRAJETO DE DISCUSSÃO QUE CHEGA A SUA ETAPA DECISIVA Foram seis anos de debate com os setores artísticos, acúmulo interno e gestão do atual modelo de fomento à cultura.

Leia mais

Como Criar seu produto digital

Como Criar seu produto digital Como Criar seu produto digital Aprenda em alguns passos Indice 5 1- Público Alvo 2- Conhecer á necessidade 5 do 5 Primeiro capítulo Público Alvo Você que está montando seu negócio online e ainda não tem

Leia mais

Como ter sucesso na educação a distância

Como ter sucesso na educação a distância Metodologia Diferenciada Ambiente de Aprendizagem Moderno Inovação Continuada e Empreendedorismo Como ter sucesso na educação a distância 1 Regulamento 2 1 Como ter sucesso na educação a distância Para

Leia mais

Planejamento de Marketing

Planejamento de Marketing Planejamento de Marketing Histórico da Empresa Segmento: Coaching Conceito: Ajudar o cliente a utilizar da melhor maneira todas as suas habilidades para alcançar os seus objetivos. Coaching Integrativo

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

Universidade do Vale do Rio dos Sinos UNISINOS

Universidade do Vale do Rio dos Sinos UNISINOS Universidade do Vale do Rio dos Sinos UNISINOS Resenha: O empreendedor interno uma análise sobre o profissional empreendedor no ambiente organizacional Aluna: Carine Ebert Disciplina: Seminário Avançado

Leia mais

UMA PARCERIA DE SUCESSO!

UMA PARCERIA DE SUCESSO! RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Parceria Santa Dorotéia e Junior Achievement de Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO! 1 SUMÁRIO 1. Resultados Conquistados... 3 2. Resultados 2013... 4 3. Resultados Pesquisas...

Leia mais

INFORMAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC)

INFORMAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC) 1 INFORMAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC) Curso: Música, Bacharelado - Habilitação em Composição Campus: Cuiabá Docente da habilitação: Prof. Dr. Roberto Pinto Victorio Ato interno de criação

Leia mais

Amanda Oliveira. E-book prático AJUSTE SEU FOCO. Viabilize seus projetos de vida. www.escolhas-inteligentes.com

Amanda Oliveira. E-book prático AJUSTE SEU FOCO. Viabilize seus projetos de vida. www.escolhas-inteligentes.com E-book prático AJUSTE SEU FOCO Viabilize seus projetos de vida CONTEÚDO À QUEM SE DESTINA ESSE E-BOOK:... 3 COMO USAR ESSE E-BOOK:... 4 COMO ESTÁ DIVIDIDO ESSE E-BOOK:... 5 O QUE É COACHING?... 6 O SEU

Leia mais

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. não Eu Não r que o f existe coleção Conversas #14 - outubro 2014 - a z fu e r tu r uma fa o para c ul m d im ad? e. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção

Leia mais

No ano de 2010, tomei uma decisão. Ir para uma cidade menor, longe da agitada metrópole.

No ano de 2010, tomei uma decisão. Ir para uma cidade menor, longe da agitada metrópole. Faça parte da família IMOVELLOGIA. Olá, Inicialmente quero me apresentar para que possa oferecer a você, profissional do setor de imóveis, uma inovação tecnológica fundamental nos dias de hoje. Sou administrador

Leia mais

INFORMAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC)

INFORMAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC) 1 INFORMAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC) Curso: Música, bacharelado Habilitação em Regência Campus: Cuiabá Docente da habilitação: Profa. Dra. Flávia Vieira Pereira Ato interno de criação e aprovação

Leia mais

Futuro Profissional um incentivo à inserção de jovens no mercado de trabalho

Futuro Profissional um incentivo à inserção de jovens no mercado de trabalho Futuro Profissional um incentivo à inserção de jovens no mercado de trabalho SOUSA, Pedro H. 1 Palavras-chave: Mercado de Trabalho, Formação Acadêmica, Empreendedorismo. Introdução: O mercado de trabalho

Leia mais

Empreendedorismo COMPETÊNCIAS HABILIDADES

Empreendedorismo COMPETÊNCIAS HABILIDADES Empreendedorismo Curso de Moda e Estilismo Graduação em Administração de Empresas Especialização em Marketing Empreendedorismo COMPETÊNCIAS Conhecer o processo de empreender utilizando as estruturas, as

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA COMPETÊNCIA NO SUCESSO DO EMPREENDEDOR Emerson Corazza, Gerente da Incubadora Tecnológica da UNIDERP/MS

A IMPORTÂNCIA DA COMPETÊNCIA NO SUCESSO DO EMPREENDEDOR Emerson Corazza, Gerente da Incubadora Tecnológica da UNIDERP/MS ANPROTEC NA SEMANA GLOBAL DE EMPREENDEDORISMO (Chat 18/11) A IMPORTÂNCIA DA COMPETÊNCIA NO SUCESSO DO EMPREENDEDOR Emerson Corazza, Gerente da Incubadora Tecnológica da UNIDERP/MS (18/11/2008 10:11) Caetano/Anprotec-DF

Leia mais

Como resultado da preparação desse I Workshop foram formalizadas orientações básicas para formatação de um projeto cultural que seguem abaixo.

Como resultado da preparação desse I Workshop foram formalizadas orientações básicas para formatação de um projeto cultural que seguem abaixo. ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO CULTURAIS A Fundação Cultural do Estado da Bahia tem como missão fomentar o desenvolvimento das Artes Visuais, Dança, Música, Teatro, Circo, Audiovisual, Culturas

Leia mais

Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com. Manual do Professor

Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com. Manual do Professor Prof. Dr. José Dornelas www.josedornelas.com Manual do Professor Manual do professor Este manual deve ser usado em conjunto com o vídeo do autor disponível no site da editora: www.campus.com.br Maiores

Leia mais

ATENDIMENTO 3D O diferencial para o sucesso em vendas

ATENDIMENTO 3D O diferencial para o sucesso em vendas Perfil... Atuando há 20 anos em vendas Jean Oliveira já viveu na pele cada experiência que essa profissão promove, é especialista com MBA em Estratégias de Negócios e graduado em Tecnologia de Processamento

Leia mais

Como fazer seu blog se destacar dos outros

Como fazer seu blog se destacar dos outros Como fazer seu blog se destacar dos outros Fama. Tráfego. Reconhecimento. Muito dinheiro no bolso. Esses itens certamente estão presentes na lista de desejos de quase todos os blogueiros. Afinal, ninguém

Leia mais

3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online. Por Tiago Bastos, Criador da Máquina de Vendas Online

3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online. Por Tiago Bastos, Criador da Máquina de Vendas Online Por Tiago Bastos 1 Se não pode subir a montanha, torne-se uma. Por Tiago Bastos 2 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online! Por Tiago Bastos Declaração De Ganhos Com O Uso De Nossos Produtos A empresa

Leia mais

AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS

AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS Relatório de Atividades 2014 Sumário 1.0 Introdução - Pág 3 2.0 Quem Somos, Estatísticas, Valores - Pág 4 3.0 Projetos 2014 - Pág 5 a 15 3.1 Novo site - Pág 5 a 12

Leia mais

UMA PARCERIA DE SUCESSO!

UMA PARCERIA DE SUCESSO! Relatório Final de Atividades Ação e Cidadania e : UMA PARCERIA DE SUCESSO! 1 SUMÁRIO Relatório de Atividades... 3 1º Encontro do Ação e Cidadania de 2013... 6 2º Encontro do Ação e Cidadania de 2013...

Leia mais

PLANO DE ENSINO FORMAÇÃO. Algumas atividades já exercidas. DISCIPLINA Empreendedorismo. Disciplina Empreendedorismo

PLANO DE ENSINO FORMAÇÃO. Algumas atividades já exercidas. DISCIPLINA Empreendedorismo. Disciplina Empreendedorismo FORMAÇÃO Curso de Administração Disciplina Empreendedorismo Prof. Msc. Cláudio Márcio cmarcio@gmail.com Graduação: Processamento de Dados e Administração Pós-Graduação: Especialização: MBA em Gestão da

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DO GT CAPOEIRA E EDUCAÇÃO

CONTRIBUIÇÕES DO GT CAPOEIRA E EDUCAÇÃO CONTRIBUIÇÕES DO GT CAPOEIRA E EDUCAÇÃO Este documento apresenta os resultados dos debates desenvolvidos pelo Grupo de Trabalho Capoeira e Educação, do 1º Encontro Regional do Programa Nacional de Salvaguarda

Leia mais

Futuro do trabalho O futuro do trabalho Destaques O futuro do trabalho: Impactos e desafios para as empresas no Brasil

Futuro do trabalho O futuro do trabalho Destaques O futuro do trabalho: Impactos e desafios para as empresas no Brasil 10Minutos Futuro do trabalho Pesquisa sobre impactos e desafios das mudanças no mundo do trabalho para as organizações no B O futuro do trabalho Destaques Escassez de profissionais, novos valores e expectativas

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

Manual do Candidato 2013

Manual do Candidato 2013 Manual do Candidato 2013 Bio Jr. USP O QUE É EMPRESA JÚNIOR? Empresa júnior é uma associação civil formada por alunos matriculados em pelo menos um curso de graduação em institutos de ensino superior.

Leia mais

A INFLUÊNCIA DO SALÁRIO NA ESCOLHA DA PROFISSÃO Professor Romulo Bolivar. www.proenem.com.br

A INFLUÊNCIA DO SALÁRIO NA ESCOLHA DA PROFISSÃO Professor Romulo Bolivar. www.proenem.com.br A INFLUÊNCIA DO SALÁRIO NA ESCOLHA DA PROFISSÃO Professor Romulo Bolivar www.proenem.com.br INSTRUÇÃO A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Instrutora: Keila Coimbra Senac Varejo 1/44. Foto: Stock.Schng

EMPREENDEDORISMO. Instrutora: Keila Coimbra Senac Varejo 1/44. Foto: Stock.Schng EMPREENDEDORISMO Instrutora: Keila Coimbra Senac Varejo Foto: Stock.Schng 1/44 CONCEITO Empreendedorismo é o estudo voltado para o desenvolvimento de competências e habilidades relacionadas à criação de

Leia mais

É POSSÍVEL EMPREENDER MEU SONHO? Vanessa Rosolino People Coaching & Desenvolvimento Organizacional

É POSSÍVEL EMPREENDER MEU SONHO? Vanessa Rosolino People Coaching & Desenvolvimento Organizacional É POSSÍVEL EMPREENDER MEU SONHO? Vanessa Rosolino People Coaching & Desenvolvimento Organizacional Empreendedores são aqueles que entendem que há uma pequena diferença entre obstáculos e oportunidades

Leia mais

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca Orientação ao mercado de trabalho para Jovens 1ª parte APRESENTAÇÃO Muitos dos jovens que estão perto de terminar o segundo grau estão lidando neste momento com duas questões muito importantes: a formação

Leia mais

A Finep mais abrangente

A Finep mais abrangente _O MOVIMENTO Saiba mais sobre as novas propostas de atuação da Finep, na ENTREVISTA com Glauco Arbix entre outros objetivos, ele quer que a agência seja reconhecida como instituição financeira pelo Banco

Leia mais

Vendas - Cursos. Curso Completo de Treinamento em Vendas com Eduardo Botelho - 15 DVDs

Vendas - Cursos. Curso Completo de Treinamento em Vendas com Eduardo Botelho - 15 DVDs Vendas - Cursos Curso Completo de Treinamento em Vendas com - 15 DVDs O DA VENDA Esta palestra mostra de maneira simples e direta como planejar o seu trabalho e, também, os seus objetivos pessoais. Através

Leia mais

UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS

UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS www.empreende.com.br emp@empreende.com.br FAZENDO ACONTECER Programa de ensino de empreendedorismo inovador em nível mundial, desenvolvido

Leia mais

Empreendedorismo. Prof. Gerson Volney Lagemann

Empreendedorismo. Prof. Gerson Volney Lagemann Prof. Gerson Volney Lagemann O Empreendedorismo é uma revolução silenciosa, que será para o século 21 mais do que a revolução industrial foi para o século 20 (Timmons, 1990) A Educação no Brasil - Quebra

Leia mais

Amigo varejista, Boa leitura e aproveite para promover melhorias em sua loja! Conheça o Instituto Redecard:

Amigo varejista, Boa leitura e aproveite para promover melhorias em sua loja! Conheça o Instituto Redecard: Mercearia Amigo varejista, A partir deste mês outubro - o Tribanco traz novidades no Projeto Capitão Varejo, pois conta agora com a parceria do Instituto Redecard. Juntos, irão levar até você mais informação

Leia mais

O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional

O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional O guia online Vitrine de Guarulhos é um dos produtos do Grupo Vitrine X3, lançado no dia 11/11/11 com o objetivo de promover

Leia mais

PESQUISA DE CABELEIREIRA/TÉCNICO DE ESTÉTICA:

PESQUISA DE CABELEIREIRA/TÉCNICO DE ESTÉTICA: Fundo Perpétuo de Educação PESQUISA DE CABELEIREIRA/TÉCNICO DE ESTÉTICA: Os depoimentos, ensinamentos e metas dos participantes mais bem sucedidos. A escolha da escola fez a diferença na sua colocação

Leia mais

ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS

ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS ARTIGOS AÇÕES MOTIVACIONAIS ÍNDICE em ordem alfabética: Artigo 1 - ENDOMARKETING: UMA FERRAMENTA ESTRATÉGICA PARA DESENVOLVER O COMPROMETIMENTO... pág. 2 Artigo 2 - MOTIVANDO-SE... pág. 4 Artigo 3 - RECURSOS

Leia mais

Palestra tudo O QUE VOCE. precisa entender. Abundância & Poder Pessoal. sobre EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS

Palestra tudo O QUE VOCE. precisa entender. Abundância & Poder Pessoal. sobre EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS Palestra tudo O QUE VOCE sobre precisa entender Abundância & Poder Pessoal EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS Como aprendemos hoje na palestra: a Lei da Atração, na verdade é a Lei da Vibracao. A frequência

Leia mais

Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO

Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? EM ASSOCIAÇÃO COM Empresas com funcionários envolvidos superam

Leia mais

A consultoria redefinida

A consultoria redefinida A consultoria redefinida UMA NOVA VISÃO EM ESCRITÓRIO DE CONSULTORIA O AXIOMA LEGAL se fundamenta no próprio sentido do termo, de equilíbrio e ponderação, e tem como eixo ativo de atuação a eficaz proteção

Leia mais

PN PLANO DE NEGÓCIOS. Gestão e Empreendedorismo

PN PLANO DE NEGÓCIOS. Gestão e Empreendedorismo PN PLANO DE NEGÓCIOS Conceito PLANO DE NEGÓCIO É um documento que contempla a descrição do empreendimento e o modelo de gestão que sustentará a empresa É O CARTÃO DE VISITA DA EMPRESA Plano de Negócio

Leia mais

Incentivos fiscais para a manutenção. da competitividade das indústrias mineiras

Incentivos fiscais para a manutenção. da competitividade das indústrias mineiras Incentivos fiscais para a manutenção da competitividade das indústrias mineiras Histórico do APL Eletroeletrônico de Santa Rita do Sapucaí A pequena cidade de Santa Rita do Sapucaí, no sul de Minas Gerais,

Leia mais

Regulamento de Estágio Curricular

Regulamento de Estágio Curricular Regulamento de Estágio Curricular REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR O presente regulamento normatiza o Estágio Curricular em acordo com a Lei nº 11.788, de 25/09/2008, componente do Projeto Pedagógico

Leia mais

Mais que um Negócio, a Profissão dos seus Sonhos

Mais que um Negócio, a Profissão dos seus Sonhos Mais que um Negócio, a Profissão dos seus Sonhos Erros e Dicas para Vender seus Serviços MElina Kunifas 2010 WWW. M E L I N A K U N I F A S. C O M Caro leitor, este livreto tem o propósito de educar e

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º MU096- CANTO 1A OBRIG 0 60 60 2.0 Fórmula: MU055 MU055- PERCEPCAO RITMICA MU271- CANTO CORAL 1 OBRIG 0 30 30 1.0 Fórmula: MU096 MU096- CANTO 1A PRÁTICA DA POLIFONIA VOCAL A DUAS E TRÊS VOZES.

Leia mais

Como foi adiantado no capítulo anterior, não existe um único tipo

Como foi adiantado no capítulo anterior, não existe um único tipo Capítulo 2 Tipos de Empreendedores Como foi adiantado no capítulo anterior, não existe um único tipo de empreendedor ou um modelo-padrão que possa ser identificado, apesar de várias pesquisas existentes

Leia mais

Título do Case: O papel do Movimento Empresa Júnior na formação de empreendedores que transformam a vida das pessoas Categoria: EJ Empreendedora

Título do Case: O papel do Movimento Empresa Júnior na formação de empreendedores que transformam a vida das pessoas Categoria: EJ Empreendedora Título do Case: O papel do Movimento Empresa Júnior na formação de empreendedores que transformam a vida das pessoas Categoria: EJ Empreendedora Resumo: O Movimento Empresa Júnior (MEJ) brasileiro há mais

Leia mais

Empreender na Aposentadoria

Empreender na Aposentadoria Empreender na Aposentadoria A Terceira Idade Produtiva Profª Carla Rufo Instituto Federal de São Paulo campus São Carlos profcarla_r@hotmail.com Parece filme de terror... O Brasil possui atualmente 17,9

Leia mais

I. A empresa de pesquisa de executivos deve lhe fornecer uma avaliação precisa e cândida das suas capacidades para realizar sua pesquisa.

I. A empresa de pesquisa de executivos deve lhe fornecer uma avaliação precisa e cândida das suas capacidades para realizar sua pesquisa. DIREITO DOS CLIENTES O que esperar de sua empresa de Executive Search Uma pesquisa de executivos envolve um processo complexo que requer um investimento substancial do seu tempo e recursos. Quando você

Leia mais

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR Já pensou um bairro inteirinho se transformando em escola a

Leia mais

Conheça a trajetória da empresa no Brasil através desta entrevista com o Vice- Presidente, Li Xiaotao.

Conheça a trajetória da empresa no Brasil através desta entrevista com o Vice- Presidente, Li Xiaotao. QUEM É A HUAWEI A Huawei atua no Brasil, desde 1999, através de parcerias estabelecidas com as principais operadoras de telefonia móvel e fixa no país e é líder no mercado de banda larga fixa e móvel.

Leia mais

Rekreum Bilbao, Vizcaya, Espanha, www.rekreum.com

Rekreum Bilbao, Vizcaya, Espanha, www.rekreum.com Licenciada em Psicologia e com uma vasta experiência em formação e investigação na área do desenvolvimento de capacidades infantis, Adriana Támez é hoje gestora da. Professora da Universidad Autonoma del

Leia mais

Se você acredita que as escolas são o único e provável destino dos profissionais formados em Pedagogia, então, está na hora de abrir os olhos

Se você acredita que as escolas são o único e provável destino dos profissionais formados em Pedagogia, então, está na hora de abrir os olhos Se você acredita que as escolas são o único e provável destino dos profissionais formados em Pedagogia, então, está na hora de abrir os olhos O pedagogo David Bomfin, 50 anos, deixou, há algum tempo, de

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores!

Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores! Empreendedores Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores! Por meio de um método de aprendizagem único,

Leia mais

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º

5- Cite, em ordem de preferência, três profissões que você mais gostaria de exercer: 1º 2º 3º 18. DICAS PARA A PRÁTICA Orientação para o trabalho A- Conhecimento de si mesmo Sugestão: Informativo de Orientação Vocacional Aluno Prezado Aluno O objetivo deste questionário é levantar informações para

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

Construindo um Plano de Negócios Fabiano Marques

Construindo um Plano de Negócios Fabiano Marques Construindo um Plano de Negócios Fabiano Marques "Um bom plano de negócios deve mostrar claramente a competência da equipe, o potencial do mercado-alvo e uma idéia realmente inovadora; culminando em um

Leia mais

Da sala de aula à sala de ensaio: uma proposta para a formação do professor de teatro

Da sala de aula à sala de ensaio: uma proposta para a formação do professor de teatro Da sala de aula à sala de ensaio: uma proposta para a formação do professor de teatro Ricardo Carvalho de Figueiredo Universidade Federal de Minas Gerais Professor Assistente Doutorando em Artes EBA/UFMG

Leia mais

Formando Desenvolvedores Efetivos. Fernando Lozano Arquiteto de Soluções 4Linux lozano@4linux.com.br

Formando Desenvolvedores Efetivos. Fernando Lozano Arquiteto de Soluções 4Linux lozano@4linux.com.br Formando Desenvolvedores Efetivos Fernando Lozano Arquiteto de Soluções 4Linux lozano@4linux.com.br 2 / 36 CUIDADO! Vou apresentar várias opiniões minhas sobre o que poderia mudar na formação usual de

Leia mais

INFORMAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC)

INFORMAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC) 1 INFORMAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC) Curso: Música, bacharelado Habilitação em Canto Campus: Cuiabá Docente da habilitação: Profa. Me. Helen Luce Pereira Ato interno de criação e aprovação

Leia mais

O que veremos. O que tudo mundo quer? Liderança para aumentar a renda! 08/12/2015

O que veremos. O que tudo mundo quer? Liderança para aumentar a renda! 08/12/2015 Liderança para aumentar a renda! Iniciaremos em breve! Quero você me acompanhando porque as informações de hoje são extremamente vitais para seu sucesso! O que veremos 1 -Aprenda o que a liderança pode

Leia mais

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO

2ª SEMANA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MARÇO Design & Saúde Financeira para maiores de 50 anos Vera Damazio Laboratório Design Memória Emoção :) labmemo (: O que Design tem a ver com Saúde Financeira para maiores de 50 anos? E o que faz um Laboratório

Leia mais

Realização de rodas de conversa e de troca de conhecimento para intercâmbio do que foi desenvolvido e produzido.

Realização de rodas de conversa e de troca de conhecimento para intercâmbio do que foi desenvolvido e produzido. Realização de rodas de conversa e de troca de conhecimento para intercâmbio do que foi desenvolvido e produzido. Criar novos mecanismos de intercâmbio e fortalecer os programas de intercâmbio já existentes,

Leia mais

Terceirização de RH e o líder financeiro SUMÁRIO EXECUTIVO. Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM

Terceirização de RH e o líder financeiro SUMÁRIO EXECUTIVO. Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM SUMÁRIO EXECUTIVO Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM Os serviços de terceirização de RH economizam tempo e dinheiro para as empresas. Investimentos em engajamento dos funcionários

Leia mais

Os desafios do Bradesco nas redes sociais

Os desafios do Bradesco nas redes sociais Os desafios do Bradesco nas redes sociais Atual gerente de redes sociais do Bradesco, Marcelo Salgado, de 31 anos, começou sua carreira no banco como operador de telemarketing em 2000. Ele foi um dos responsáveis

Leia mais

PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO

PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO PROJETO BANDAS E CORAIS NAS ESCOLAS : A EXPERIÊNCIA DO CORAL ENCANTO Rebeca Vieira de Queiroz Almeida Faculdade Saberes Introdução O presente texto é um relato da experiência do desenvolvimento do projeto

Leia mais

Cinco em cada dez empreendedores de serviços abriram a própria empresa sem qualquer experiência, mostra SPC Brasil

Cinco em cada dez empreendedores de serviços abriram a própria empresa sem qualquer experiência, mostra SPC Brasil Cinco em cada dez empreendedores de serviços abriram a própria empresa sem qualquer experiência, mostra SPC Brasil Levantamento realizado em todas as capitais revela que os empreendedores do setor de serviços

Leia mais

PROGRAMAs de. estudantil

PROGRAMAs de. estudantil PROGRAMAs de empreendedorismo e protagonismo estudantil Ciclo de Palestras MAGNUM Vale do Silício App Store Contatos Calendário Fotos Safari Cumprindo sua missão de oferecer uma educação inovadora e de

Leia mais

Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos

Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos Já passou a época em que o pedagogo ocupava-se somente da educação infantil. A pedagogia hoje dispõe de uma vasta

Leia mais

Gestão do Desempenho Forecasting. Tomada de decisão. Profissional. Professional. Previsão. A qualificação de negócios profissionais.

Gestão do Desempenho Forecasting. Tomada de decisão. Profissional. Professional. Previsão. A qualificação de negócios profissionais. Professional Profissional Tomada de decisão Gestão do Desempenho Forecasting Previsão A qualificação de negócios profissionais globais O CIMA é a escolha dos empregadores no recrutamento de líderes de

Leia mais

Rafael Vargas Presidente da SBEP.RO Gestor de Projetos Sociais do Instituto Ágora Secretário do Terceiro Setor da UGT.RO

Rafael Vargas Presidente da SBEP.RO Gestor de Projetos Sociais do Instituto Ágora Secretário do Terceiro Setor da UGT.RO Abril/2014 Porto Velho/Rondônia Rafael Vargas Presidente da SBEP.RO Gestor de Projetos Sociais do Instituto Ágora Secretário do Terceiro Setor da UGT.RO Terceiro Setor É uma terminologia sociológica que

Leia mais

NASCER BEM 2/44. Foto: Stock.Schng

NASCER BEM 2/44. Foto: Stock.Schng 2/44 Foto: Stock.Schng NASCER BEM OBJETIVOS: Fase 1: * Fornecer informações e orientações para empreendedores que pretendem iniciar um negócio, sobretudo na elaboração do Plano de Negócio. 3/44 Foto: Stock.Schng

Leia mais

2.2 São considerados passíveis de concorrer aos recursos (brinquedoteca e capacitação) desta Chamada Pública, as instituições que:

2.2 São considerados passíveis de concorrer aos recursos (brinquedoteca e capacitação) desta Chamada Pública, as instituições que: 1. APRESENTAÇÃO 1.1 O projeto Recrear defende a importância do Brincar para o desenvolvimento infantil. Por meio da brincadeira, uma criança aprende e desenvolve seu corpo, suas habilidades sociais, de

Leia mais

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial remuneração para ADVOGADOS Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados advocobrasil Não ter uma política de remuneração é péssimo, ter uma "mais ou menos" é pior ainda. Uma das

Leia mais

OBJEÇÕES INSTRUMENTO DE SUCESSO O LADO POSITIVIO DAS OBJEÇÕES PARA APRIMORAR O PROFISSIONAL DE VENDAS. Vista a camisa do 0800 E SEJA UM VENCEDOR!!!

OBJEÇÕES INSTRUMENTO DE SUCESSO O LADO POSITIVIO DAS OBJEÇÕES PARA APRIMORAR O PROFISSIONAL DE VENDAS. Vista a camisa do 0800 E SEJA UM VENCEDOR!!! OBJEÇÕES INSTRUMENTO DE SUCESSO O LADO POSITIVIO DAS OBJEÇÕES PARA APRIMORAR O PROFISSIONAL DE VENDAS. OBJEÇÕES VILÃS OU OPORTUNIDADES? A VISÃO ORIENTAL SOBRE Um para CRISE PERIGO (JI) A VISÃO ORIENTAL

Leia mais