EFD-REINF Retenções e Contribuição Previdenciária EFD-REINF. Retenções e Contribuição Previdenciária

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EFD-REINF Retenções e Contribuição Previdenciária EFD-REINF. Retenções e Contribuição Previdenciária"

Transcrição

1

2 EFD-REINF

3 O QUE É EFD-REINF COMPREENDE A RELAÇÃO ENTRE PRESTADOR E TOMADOR DE SERVIÇOS NO BRASIL. ATUA SOBRE OS SEGUINTES IMPOSTOS E CONTRIBUIÇÕES: IRRF/PIS/COFINS/CSLL/ *INSS CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA OBRIGATORIEDADE PARA JAN/2018

4 LEGISLAÇÃO ATUAL FOI PUBLICADO A INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1701 DA RECEITA FEDERAL EM 16/03/2017 PRAZOS: A PARTIR DE 01 DE JANEIRO DE 2018 PARA EMPRESAS COM FATURAMENTO NO ANO DE 2016 SUPERIOR A R$ 78 MILHÕES A PARTIR DE 01 DE JULHO DE 2018 PARA EMPRESAS COM FATURAMENTO NO ANO DE 2016 DE ATÉ R$ 78 MILHÕES DEVE SER TRANSMITIDA ATÉ O DIA 20 DO MÊS SUBSEQUENTE

5 PRINCIPAIS CARACTARÍSTICAS PADRÃO XML MENSAGERIA VIA WEBSERVICE NOS AMBIENTES DE HOMOLOGAÇÃO E PRODUÇÃO DATA DE ENTRADA DAS NOTAS FISCAIS APLICAÇÃO DAS REGRAS DE RETENÇÃO DOS IMPOSTOS NÃO HÁ PVA QUEBRA DE PARADIGMA PARA A ENTREGA DE ESCRITURAÇÕES SPED

6 PRINCIPAIS IMPACTOS ESCRITURAÇÃO DAS NOTAS FISCAIS DE SERVIÇO NO MÊS SUBSEQUENTE CRITÉRIOS DE CONTABILIZAÇÃO DAS NOTAS FISCAIS DE SERVIÇO CRITÉRIOS DE CONTABILIZAÇÃO DOS IMPOSTOS RETIDOS REGIME DE COMPETÊNCIA CLASSIFICAÇÃO DOS CÓDIGOS DE SERVIÇOS X DESCRIÇÃO CLASSIFICAÇÃO DOS CÓDIGOS DE SERVIÇOS X DESCRIÇÃO APLICAÇÃO DAS REGRAS DOS IMPOSTOS: IRRF, PIS, COFINS, INSS CADASTRO TRIBUTÁRIO DOS PRESTADORES DE SERVIÇO INFORMAÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO Aplicação correta das EM ÁREA DE RISCO regras de retenção dos impostos RECEBIMENTO envolvidos DAS NOTAS FISCAIS DE (IRRF, SERVIÇO PIS,COFINS, E A RELAÇÃO COM AS OBRIGAÇÕES INSS) ACESSÓRIAS MUNICIPAIS (DES, GISS, ENTRE OUTRAS)

7 REGISTROS ATUAIS REGISTRO R 1000 R 1070 R 2010 R 2020 R 2030 R 2040 R 2050 R 2060 R 2070 R 2098 R 2099 R 3010 R 5001 DESCRIÇÃO Informações do Contribuinte Processos Administrativos e Judiciais Retenções Serviços Tomados Retenções Serviços Prestados Retenções Recursos recebidos p/ Assoc. equipe de futebol Retenções Recursos repassados para equipe de futebol Comercialização de produção rural Informações CPRB Retenções (IR, CSLL, COFINS, PIS) - Pagamentos diversos Reabertura dos Eventos Periódicos Fechamento dos Eventos Periódicos Receita de Espetáculo Desportivo Informações das Bases e dos Tributos Consolidados p/ Contribuinte

8 INFORMAÇÕES CONSOLIDADAS EFD-REINF

9 VISÃO CORPORATIVA SPED EFD - REINF SPED CONTÁBIL ECF ESOCIAL EFD CONTRIBUIÇÕES RECEITA FEDERAL GOVERNANÇA CORPORATIVA

10 COMO PODEMOS AJUDAR? DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO

11 DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO DIAGNÓSTICO ESTRATÉGICO PARA ATENDIMENTO À EFD-REINF, VISANDO ANALISAR NÃO SÓ SISTEMAS TRANSACIONAIS, COMO TAMBÉM PROCESSOS DE NEGÓCIOS RELACIONADOS À OBRIGAÇÃO.

12 RESULTADOS DIAGNÓSTICO EFD-REINF

13 ABRANGÊNCIA E DOCUMENTAÇÃO APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIO TÉCNICO, CONTENDO: LEVANTAMENTOS REALIZADOS SUGESTÕES PRÓ ATIVAS E CORRETIVAS MAPEAMENTO DOS SISTEMAS EM OPERAÇÃO NO CLIENTE E SEUS FLUXOS DE PROCESSOS APONTAMENTOS DOS GAP S E RECOMENDAÇÕES ORIENTAÇÕES PARA REVISÃO DE PROCESSOS E COMPLEMENTOS DE INFORMAÇÕES PARA O REINF CONSOLIDAÇÃO DAS INFORMAÇÕES OBTIDAS IDENTIFICAÇÃO CONCLUSIVA DE POTENCIAIS DESVIOS PROPOSTA DE PLANO DE AÇÕES E IDENTIFICAÇÃO DE IMPACTOS EM RELAÇÃO À ENTREGA DA EFD-REINF REVISÃO E VALIDAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO

14 ESPAÇO PARA PERGUNTAS

15 PERFIL INSTITUCIONAL TEMPO DE MERCADO ESPECIALIDADE E FOCO CONHECIMENTO E VALOR SOLUÇÕES PERSONALIZADAS CONTRIBUIÇÕES CLIENTES E GOVERNO

16 ALGUNS NÚMEROS FISCALIZAÇÕES SEGMENTOS ATENDIDOS CLIENTES 4 + Milhões HORAS CONSULTORIA

17 BPO FISCAL E TRIBUTÁRIO IMPLANTAÇÃO DE SOFTWARES FISCAIS THOMSON REUTERS PORTIFÓLIO DE SOLUÇÕES SUPORTE E SUSTENTAÇÃO PARA SOFTWARES FISCAIS THOMSON REUTERS OUTSOURCING FISCAL DIAGNÓSTICO FISCAL SOLUÇÕES E SERVIÇOS DE TI ATENDIMENTO À FISCALIZAÇÕES AUDITORIA DIGITAL SPED

18 MUITO OBRIGADO! RICARDO PARADA Especialista Contábil Fiscal (11) MAURÍCIO TOFFOLI Diretor de Marketing e Vendas (11)

Onde são informadas atualmente?

Onde são informadas atualmente? EFD-Reinf O que é EFD-Reinf? Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída (CPRB). A EFD-Reinf abarca todas as retenções do contribuinte sem relação

Leia mais

Palestrantes. Marlon José Dognini. Valmir Hammes

Palestrantes. Marlon José Dognini. Valmir Hammes EFD-Reinf 08/2017 Palestrantes Valmir Hammes Com formação e experiência na área contábil fiscal de diversas empresas, hoje é responsável pelo compliance nas soluções da Senior. Marlon José Dognini Analista

Leia mais

EFD - Reinf Edgar Grassi

EFD - Reinf Edgar Grassi EFD - Reinf Edgar Grassi Diretor de Administração e Seguridade CBS Previdencia A Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída (EFD Reinf) é o mais

Leia mais

Quem está obrigado a transmitir a EFD-Reinf? A transmissão da EFD-Reinf é obrigatória para as seguintes organizações:

Quem está obrigado a transmitir a EFD-Reinf? A transmissão da EFD-Reinf é obrigatória para as seguintes organizações: EFD-REINF A Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída (EFD-Reinf) é o mais recente módulo do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) e está

Leia mais

EFD-Reinf. Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais. Palestrante: Ricardo Nogueira R.Nogueira Consultoria e Treinamento

EFD-Reinf. Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais. Palestrante: Ricardo Nogueira R.Nogueira Consultoria e Treinamento Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais Palestrante: Ricardo Nogueira O que é? Instituída pela Instrução Normativa RFB nº 1.701/2017, tratase de uma nova obrigação tributária

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos Orientações Consultoria de Segmentos EFD-REINF Conceito da obrigação

Orientações Consultoria de Segmentos Orientações Consultoria de Segmentos EFD-REINF Conceito da obrigação 25/05/2017 Sumário 1 Questão... 3 2 Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3 Análise da Consultoria... 3 3.1 Instrução Normativa 1701 de 2017... 3 3.2 Descrição Simplificada dos Eventos... 5 3.3 Sequencia

Leia mais

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL DE RETENÇÕES E OUTRAS INFORMAÇÕES FISCAIS EFD-REINF

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL DE RETENÇÕES E OUTRAS INFORMAÇÕES FISCAIS EFD-REINF ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL DE RETENÇÕES E OUTRAS INFORMAÇÕES FISCAIS EFD-REINF Professor: Jair Aparecido de Souza NF-e NFS-e CT-e NFC-e ECF MDF-e e-social EFD IPI/ICMS EFD-ReInf EFD- Contribuições ECD

Leia mais

SPED Um ano de grandes mudanças

SPED Um ano de grandes mudanças SPED 2016 - Um ano de grandes mudanças Palestra: EFD-REINF Luis Claudio Palese Março 2016 O que é EFD-Reinf? Quem está obrigado? Blocos EFD-Reinf esocial vs. EFD-Reinf Estrutura EFD-Reinf vs esocial Integração

Leia mais

Inclui as informações sobre as contribuições previdenciárias substitutivas e as retenções sobre a prestação de serviço

Inclui as informações sobre as contribuições previdenciárias substitutivas e as retenções sobre a prestação de serviço A EFD-Reinf é resultado de um desmembramento do esocial, onde foram retiradas as informações que não estavam relacionadas diretamente à remuneração pelo trabalho. Inclui as informações sobre as contribuições

Leia mais

ESTEJA PREPARADO PARA A CHEGADA DA EFD - REINF

ESTEJA PREPARADO PARA A CHEGADA DA EFD - REINF ESTEJA PREPARADO PARA A CHEGADA DA EFD - REINF EFD-REINF 2017 1 INDICE EFD - REINF ACESSO À INFORMAÇÃO E TRANSPARÊNCIA O QUE INFORMAR NA EFD-REINF? QUEM DEVE INFORMAR? ALIADO NO ENVIO E NO ARMAZENAMENTO

Leia mais

EFD - REINF. Março/17

EFD - REINF. Março/17 EFD - REINF Março/17 Tópicos da Abordagem 1. Breve Histórico do Projeto na Claro 2. Mapeamento do Layout e a Lógica da Obrigação 3. O Projeto na Claro: 3.1 O que já foi Realizado 3.2 O que está em Andamento

Leia mais

EFD-Reinf Escrituração Fiscal Digital das Retenções e e Outras Informações Fiscais

EFD-Reinf Escrituração Fiscal Digital das Retenções e e Outras Informações Fiscais EFD-Reinf Escrituração Fiscal Digital das Retenções e e Outras Informações Fiscais Seminário sobre Contabilidade do Setor Cooperativo CRC/RS Porto Alegre 18 de agosto de 2017 NF-e: Quebra de paradigma

Leia mais

esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Samuel Kruger Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil

esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Samuel Kruger Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Samuel Kruger Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil Porto Alegre, 11 de abril de 2017 Sumário: Tributos e FGTS: esocial e EFD-Reinf como fonte de infs;

Leia mais

esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Samuel Kruger Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil

esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Samuel Kruger Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Samuel Kruger Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil Santos, 08 de dezembro de 2016 Sumário: Eventos periódicos; Tributos e FGTS; Eventos totalizadores;

Leia mais

30/10/2017. EFD-Reinf. Apresentação. I - Instituição

30/10/2017. EFD-Reinf. Apresentação. I - Instituição EFD-Reinf Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída Danilo Lollio O que vem por aí??? Apresentação Graduado em Análise de Sistemas pela Universidade

Leia mais

esocial Jornada de preparação Maio, 2017

esocial Jornada de preparação Maio, 2017 esocial Jornada de preparação Maio, 2017 2 esocial o SPED Previdenciário Mais complexo e oneroso no âmbito do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) - obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas;

Leia mais

esocial e EFD-Reinf Novas obrigações tributárias

esocial e EFD-Reinf Novas obrigações tributárias esocial e EFD-Reinf Novas obrigações tributárias 26 de Setembro de 2017 2017 KPMG Assessores Tributários, uma sociedade limitada brasileira e firma-membro da rede KPMG de firmas-membro independentes e

Leia mais

EFD-Reinf 29/06/2016. Apresentação. I -O que é o EFD-Reinf

EFD-Reinf 29/06/2016. Apresentação. I -O que é o EFD-Reinf EFD-Reinf Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída O que vem por ai??? Danilo Lollio Estaapresentaçãoé de propriedade da Wolters Kluwer Prosoft.

Leia mais

SPED PIS/COFINS e Cordilheira Software Contábil

SPED PIS/COFINS e Cordilheira Software Contábil SPED PIS/COFINS e Cordilheira Software Contábil Bloco 0 Abertura do arquivo Operações de serviços Bloco A Operações de CTRC e outros serviços com ICMS Apuração dos valores dos impostos Fechamento do arquivo

Leia mais

Ferramenta Fiscal e Tributária para pequenas e médias Empresas

Ferramenta Fiscal e Tributária para pequenas e médias Empresas Ferramenta Fiscal e Tributária para pequenas e médias Empresas Redução de exposição fiscal, processos automatizados, ganho de produtividade e economia fiscal que a sua empresa precisa. Thomson Reuters

Leia mais

Bem-vindos! Leonel Siqueira Gerente de Conteúdo Regulatório. Eric Carvalho Gerente de Desenvolvimento

Bem-vindos! Leonel Siqueira Gerente de Conteúdo Regulatório. Eric Carvalho Gerente de Desenvolvimento Bem-vindos! Leonel Siqueira Gerente de Conteúdo Regulatório Eric Carvalho Gerente de Desenvolvimento Sobre nós Nossas soluções respondem com inteligência às necessidades do complexo cenário fiscal brasileiro,

Leia mais

Saiba tudo sobre o esocial

Saiba tudo sobre o esocial Saiba tudo sobre o esocial Introdução Com a criação do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), o Governo propiciou maior controle e agilidade na fiscalização das informações contábeis e fiscais

Leia mais

Treinamentos do Programa de Educação Profissional Continuada do CRC

Treinamentos do Programa de Educação Profissional Continuada do CRC Treinamentos do Programa de Educação Profissional Continuada do CRC Temas Ativos 2017 Pontuação Geral Categoria(s) Pontuadas(s) ÁREA CONTÁBIL 1 Análise das Demonstrações Contábeis (Com Foco em Preparadores

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos Retenção em baixas parciais de PIS, COFINS e CSLL

Orientações Consultoria de Segmentos Retenção em baixas parciais de PIS, COFINS e CSLL 28/04/2010 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 3.1. Contribuição PIS e COFINS pela Sistemática Não Cumulativa... 4 3.2. Da

Leia mais

Curso: Data e Local: Objetivo: Público Alvo: Programa: Regras e Conceitos Fundamentais

Curso: Data e Local: Objetivo: Público Alvo: Programa: Regras e Conceitos Fundamentais Curso: RETENÇÃO NA FONTE DE TRIBUTOS E CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS (IRRF/PIS/COFINS/CSLL/INSS/ISS), com destaque para a nova EFD-REINF Data e Local: 16, 17 e 18 de agosto de 2017 Rio de Janeiro RJ Copacabana

Leia mais

As Responsabilidades e prazos do esocial EFD-Reinf complementa o esocial

As Responsabilidades e prazos do esocial EFD-Reinf complementa o esocial As Responsabilidades e prazos do EFD-Reinf complementa o Samuel Kruger Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil São Paulo, 07 de novembro de 2017 Grupos de obrigados 3 Grupos de contribuintes; Jan/18

Leia mais

esocial Desafios e Impactos

esocial Desafios e Impactos www.pwc.com esocial Desafios e Impactos Setembro de 2014 O esocial é um sistema de coleta de informações trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais relacionadas à contratação de mão de obra com

Leia mais

Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas

Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas O que é o esocial? Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas Decreto 8373/2014 É um projeto do governo federal que visa unificar, em uma só ferramenta, o envio

Leia mais

SOFOLHA SOLUÇÕES CORPORATIVAS CONSULTORIA TRIBUTÁRIA. Projeto SPED x SFFISCAL Lucro Presumido

SOFOLHA SOLUÇÕES CORPORATIVAS CONSULTORIA TRIBUTÁRIA. Projeto SPED x SFFISCAL Lucro Presumido Projeto SPED x SFFISCAL Lucro Presumido Legislação Conforme instituído pela Instrução Normativa RFB nº 1.052, de 5 de julho de 2010, sujeitam à obrigatoriedade de geração de arquivo da Escrituração Fiscal

Leia mais

Retenção na fonte de CSLL, PIS e COFINS FGTS

Retenção na fonte de CSLL, PIS e COFINS FGTS TRIBUTOS CÓDIGOS VENCIMENTO PERIODICIDADE PIS PIS - FOLHA DE PAGAMENTO DARF 8301 25º (vigésimo quinto) dia do mês subsequente ao mês de ocorrência dos fatos geradores. COFINS COFINS - Somente sobre as

Leia mais

IRPJ, CSLL, PIS, COFINS

IRPJ, CSLL, PIS, COFINS Alguns Clientes O objetivo da Studio Fiscal é oferecer serviços de consultoria tributária, buscando otimizar a carga tributária das empresas com base em trabalhos que envolvem gestão contábil, fiscal e

Leia mais

Slide 1 O CRUZAMENTO DE INFORMAÇÕES FISCAIS ATRAVÉS DAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS. Slide 2. Slide 3 DADOS DISPONÍVEIS AO FISCO

Slide 1 O CRUZAMENTO DE INFORMAÇÕES FISCAIS ATRAVÉS DAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS. Slide 2. Slide 3 DADOS DISPONÍVEIS AO FISCO Slide 1 O CRUZAMENTO DE INFORMAÇÕES FISCAIS ATRAVÉS DAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS Nilson José Goedert Contador 2016 Slide 2 Obrigações Federais para Pessoas Jurídicas em Geral: 1. SPED Sistema Público de Escrituração

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos Retenção para Prestador Optante pelo Simples Nacional

Orientações Consultoria de Segmentos Retenção para Prestador Optante pelo Simples Nacional Retenção para Prestador Optante pelo Simples Nacional 13/05/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 3.1. IN RFB nº 1.1234/2012...

Leia mais

Emenda Constitucional nº. 42 (19/03/2003)

Emenda Constitucional nº. 42 (19/03/2003) EVOLUÇÃO Emenda Constitucional nº. 42 (19/03/2003) Art. 37 da Constituição Federal... XXII as administrações tributárias da União dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios,... e autuarão de forma

Leia mais

Legislação e regras da ECF

Legislação e regras da ECF ECF Legislação e regras da ECF Definição ECF Escrituração Contábil Fiscal (novo nome da EFD-IRPJ) de acordo com o disposto na Instrução Normativa RFB nº 1.422, de 19 de dezembro de 2013 DOU 20.12.2013.

Leia mais

Soluções Integradas em Gestão de Negócios

Soluções Integradas em Gestão de Negócios Soluções Integradas em Gestão de Negócios ALMEIDA ROCHA A Almeida Rocha sempre trabalhou para atender a seus clientes de forma diferenciada, com destaque especial para um atendimento de prontidão e personalizado.

Leia mais

Adequação ao esocial Como se preparar?

Adequação ao esocial Como se preparar? www.pwc.com.br/esocial Adequação ao esocial Como se preparar? 28 de abril de 2014 Agenda 1 2 3 4 5 Introdução O que é o esocial? Pesquisa Como as empresas estão se preparando? Impactos Quais são os principais

Leia mais

GUIA DIÁRIO DE ALTERAÇÕES ICMS Santa Catarina Não foi publicada nenhuma alteração até o fechamento dessa edição do Guia.

GUIA DIÁRIO DE ALTERAÇÕES ICMS Santa Catarina Não foi publicada nenhuma alteração até o fechamento dessa edição do Guia. GUIA DIÁRIO DE ALTERAÇÕES 19.10.2015 1. ICMS Santa Catarina Não foi publicada nenhuma alteração até o fechamento dessa edição do Guia. 2. Legislação Federal SOLUÇÃO DE CONSULTA DISIT/SRRF07 Nº 7045, DE

Leia mais

esocial o novo módulo do Sistema SPED

esocial o novo módulo do Sistema SPED www.pwc.com.br/esocial esocial o novo módulo do Sistema SPED Outubro de 2014 Agenda 1 2 3 4 5 6 A chegada do esocial Estrutura da nova obrigação acessória Cronologia Overview e abrangência Pontos críticos

Leia mais

Paulo Ricardo de Souza Cardoso Receita Federal do Brasil

Paulo Ricardo de Souza Cardoso Receita Federal do Brasil A legalidade e a segurança jurídica na relação Fisco- Contribuinte. O que fazer em favor de uma relação harmoniosa e equilibrada entre o Fisco e o contribuinte? Paulo Ricardo de Souza Cardoso Receita Federal

Leia mais

Clipping Legis. Publicação de legislação e jurisprudência fiscal. Nº 204 Conteúdo - Atos publicados em março de 2017 Divulgação em abril de 2017

Clipping Legis. Publicação de legislação e jurisprudência fiscal. Nº 204 Conteúdo - Atos publicados em março de 2017 Divulgação em abril de 2017 www.pwc.com.br Regime Especial de Regularização Cambial e Tributária (RERCT) reabertura - Lei n 13.428/2017 Trabalho temporário e terceirização - Lei nº 13.429/2017 Contribuição Previdenciária sobre a

Leia mais

Quarta esocial. Conceito, legislação e o que muda no nosso cenário atual.

Quarta esocial. Conceito, legislação e o que muda no nosso cenário atual. Quarta esocial Conceito, legislação e o que muda no nosso cenário atual. O Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (esocial) é um projeto do governo federal

Leia mais

OUTUBRO/2015. GEIFS Grupo Especial de Inteligência Fiscal

OUTUBRO/2015. GEIFS Grupo Especial de Inteligência Fiscal OUTUBRO/2015 GEIFS Grupo Especial de Inteligência Fiscal MANHA 1. Agenda Fiscal: Régua Fiscal 2016 2. Discussão sobre a planilha 5W2H de agosto/2015 TARDE 3. esocial a) Notícias b) Análise das Perguntas/Respostas

Leia mais

Racionalizar e uniformizar as obrigações acessórias. Tornar mais célere a identificação de ilícitos tributários

Racionalizar e uniformizar as obrigações acessórias. Tornar mais célere a identificação de ilícitos tributários ORIGEM O Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) surgiu em 2007 da necessidade de integrar (uniformizar) as informações prestadas pelos contribuintes com o fisco brasileiro. OBJETIVOS DO PROJETO

Leia mais

SPED PIS/Cofins. Escrita Fiscal Tutorial

SPED PIS/Cofins. Escrita Fiscal Tutorial 1 SPED PIS/Cofins Conforme Instrução Normativa RFB nº 1.052, de 5 de julho de 2010 (D.O.U. 7.7.2010), que institui a Escrituração Fiscal Digital do PIS/Pasep e da Cofins - EFD-PIS/Cofins (Alterada pela

Leia mais

Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil

Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil Sistema Público de Escrituração Digital SPED Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída EFD REINF Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil

Leia mais

PIS COFINS. Imposto de Renda Retido na Fonte - IRRF. Retenção na fonte de CSLL, PIS e COFINS MENSAL MENSAL MENSAL MENSAL

PIS COFINS. Imposto de Renda Retido na Fonte - IRRF. Retenção na fonte de CSLL, PIS e COFINS MENSAL MENSAL MENSAL MENSAL PIS PIS - FOLHA DE PAGAMENTO COFINS COFINS - Somente sobre as receitas auferidas que estejam fora do objeto social da entidade. Imposto de Renda Retido na Fonte - IRRF TRIBUTOS VENCIMENTO PERIODICIDADE

Leia mais

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO Empresas industriais e de serviços Aracruz, 12 de maio de 2017 O Estado apresenta-se como uma instituição política e juridicamente organizada que tem por finalidade a satisfação

Leia mais

Uma nova forma de Registro de Eventos Trabalhistas

Uma nova forma de Registro de Eventos Trabalhistas Uma nova forma de Registro de Eventos Trabalhistas www.esocial.gov.br www.faespsenar.com.br Decreto nº 8.373, de 11/12/2014 e-social Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias

Leia mais

Descobrindo o esocial

Descobrindo o esocial Descobrindo o esocial O que é? Histórico Índice Clique nos temas para navegar pela apresentação. Objetivos O que diz a Legislação Dúvidas frequentes Treinamentos e consultoria O que é? O esocial é um projeto

Leia mais

O QUE VOCÊ ENCONTRA NESSE GUIA:

O QUE VOCÊ ENCONTRA NESSE GUIA: O QUE VOCÊ ENCONTRA NESSE GUIA: Introdução 1 2 3 A EFD Reinf As retenções previdenciárias As retenções fiscais 4 A desoneração da folha de pagamentos 5 O EFD reinf para as empresas de construção Civil

Leia mais

Marketing Comercial. campanhas promocionais. marketing. mala direta. classificação de contatos. Menu

Marketing Comercial. campanhas promocionais.  marketing. mala direta. classificação de contatos. Menu Soluções Marketing Comercial Registro e classificação dos contatos com clientes e prospects. Possibilidade de geração de compromissos encadeados, além de acompanhamento das ações promovidas pelas equipes

Leia mais

NORMAS APLICADAS À FISCALIZAÇÃO E RETENÇÕES TRIBUTÁRIAS E DE ENCARGOS NA GESTÃO DE CONTRATOS ADMINISTRATIVOS

NORMAS APLICADAS À FISCALIZAÇÃO E RETENÇÕES TRIBUTÁRIAS E DE ENCARGOS NA GESTÃO DE CONTRATOS ADMINISTRATIVOS 32 anos WORKSHOP NORMAS APLICADAS À FISCALIZAÇÃO E RETENÇÕES TRIBUTÁRIAS E DE ENCARGOS NA GESTÃO DE CONTRATOS ADMINISTRATIVOS Licitações de Contratos atendimento@conexxoes.com.br conexxoeseducacao @conexxoeseducacao

Leia mais

SPED na Prá*ca. Caso Verdemar. Carlos Furia*

SPED na Prá*ca. Caso Verdemar. Carlos Furia* SPED na Prá*ca Caso Verdemar Carlos Furia* Apresentação Verdemar Contexto SPED Preparação Organizacional para sua Implantação O SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) passa a exigir das organizações

Leia mais

Como antecipar riscos através do cruzamentos de arquivos digitais?

Como antecipar riscos através do cruzamentos de arquivos digitais? Como antecipar riscos através do cruzamentos de arquivos digitais? Contexto Tributário Brasileiro A evolução da administração pública em gerir tributos UNIVERSO EMPRESARIAL* + de 4 MI Formais + de 2 MI

Leia mais

CFC. Brasília, Maio de 2013

CFC. Brasília, Maio de 2013 CFC Brasília, Maio de 2013 Agenda Abrangência Atual Infraestrutura de TI Contingência Formas de Recepção Uso da Informação Estatísticas esocial Perguntas? Abrangência Atual NF-e CT-e ECD FCont EFD IRPJ

Leia mais

Com Circular nº642 que aprova o leiaute oficial e o prazo de envio das informações.

Com Circular nº642 que aprova o leiaute oficial e o prazo de envio das informações. SEMINÁRIO esocial Versão 1.1 MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA AS ÁREAS TRABALHISTA/PREVIDENCIÁRIA/ CONTÁBIL/MEDICINA E SEGURANÇA DO TRABALHO COM PPP/CAT e ASO s Com Circular nº642 que aprova o leiaute oficial

Leia mais

PEPC 2016 CAPACITADORA: 100 % AUDIT (PE-00028) CONTATO: EPC Auditores QTG BCB SUSEP. EPC Responsável Técnico.

PEPC 2016 CAPACITADORA: 100 % AUDIT (PE-00028) CONTATO: EPC Auditores QTG BCB SUSEP. EPC Responsável Técnico. CAPACITADORA: 100 % AUDIT (PE-00028) CONTATO: 3242-2406 COACH CONTÁBIL PE-01023 40h 40 40 40 0 CAPACITADORA: 4M TREINAMENTOS EMPRESARIAIS E ASESSORIA (PE-00022) CONTATO: 3465.7495 CREDITOS PIS/PASEP E

Leia mais

Objetivos e Módulos do SPED. Dulcineia L. D. Santos

Objetivos e Módulos do SPED. Dulcineia L. D. Santos Objetivos e Módulos do SPED Dulcineia L. D. Santos Sistema Público de Escrituração Digital SPED Decreto n. 6.022, de 22/01/2007 Objetivos do SPED: unificar as atividades de recepção, validação, armazenamento

Leia mais

SPED CONTRIBUIÇÕES LUCRO PRESUMIDO - COMÉRCIO

SPED CONTRIBUIÇÕES LUCRO PRESUMIDO - COMÉRCIO 1 SPED CONTRIBUIÇÕES LUCRO PRESUMIDO - COMÉRCIO Este tutorial aborda, de forma simples e rápida, a geração do EFD-Contribuições para empresas do Lucro Presumido, com foco em REVENDA. 1. Acesse a opção

Leia mais

Novidades do SPED para Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Amazonas - CRCAM

Novidades do SPED para Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Amazonas - CRCAM Novidades do SPED para 2017 Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Amazonas - CRCAM 16.12.2016 MUITO OBRIGADO PELA PRESENÇA Faça parte da minha fanpage /curtafernandosampaio /Sinergix Lembrem-se:

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. ACIL Leme, 18/12/2013

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. ACIL Leme, 18/12/2013 ACIL Leme, 18/12/2013 Jeziel Tadeu Fior Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil Sustentador Regional do Estado de São Paulo 8ª Região Fiscal e-social Sistema de Escrituração Digital das Obrigações

Leia mais

facebook/mapaetecnicofiscal Prepare-se!!! MAPA ETECNICO FISCAL - - facebook/mapaetecnicofiscal 1

facebook/mapaetecnicofiscal Prepare-se!!! MAPA ETECNICO FISCAL -  - facebook/mapaetecnicofiscal 1 www.etecnico.com.br facebook/mapaetecnicofiscal Prepare-se!!! facebook/mapaetecnicofiscal 1 O que é o esocial? É o instrumento de unificação da prestação de informações referentes à escrituração das obrigações

Leia mais

CURSO ANALISTA FISCAL FORTALEZA/CE - TURMA 18

CURSO ANALISTA FISCAL FORTALEZA/CE - TURMA 18 CURSO ANALISTA FISCAL FORTALEZA/CE - TURMA 18 A função de Analista Fiscal é uma das mais nobres na área fiscal de um estabelecimento, tendo em vista sua importância na verificação do processamento de todo

Leia mais

esocial 10 passos para a Implantação

esocial 10 passos para a Implantação esocial 10 passos para a Implantação Zenaide Carvalho Contadora e Administradora Pós-Graduada em Auditoria e Controladoria Autora do livro esocial Guia Prático para Implantação www.zenaide.com.br Pós-Graduada

Leia mais

Escrituração Contábil Fiscal (ECF)

Escrituração Contábil Fiscal (ECF) Escrituração Contábil Fiscal (ECF) Introdução A Escrituração Contábil Fiscal (ECF) substitui a Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ), a partir do ano-calendário 2014, com

Leia mais

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 13 A 19 DE OUTUBRO DE 2016

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 13 A 19 DE OUTUBRO DE 2016 AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 13 A 19 DE OUTUBRO DE 2016 Até: Quinta-feira, dia 13 ICMS - REDF dígito do CNPJ corresponda a 3, devem efetuar o registro eletrônico dos documentos ICMS - Scanc Histórico: Refinaria

Leia mais

ASSOCIAÇÕES A G E S TÃ O C O M P L E TA PA R A O S E U S I N D I C AT O. Missão Asplan

ASSOCIAÇÕES A G E S TÃ O C O M P L E TA PA R A O S E U S I N D I C AT O. Missão Asplan Missão Asplan Compromisso com o negócio dos nossos clientes provendo soluções inteligentes na gestão de informações. Asplan Sistemas Durante toda a sua história a Asplan sempre teve uma preocupação: desenvolver

Leia mais

Curso Retenção de Tributos e Previdenciária Atualização 2014 ISSQN IRRF P. Físicas e Jurídicas CSLL PIS Cofins

Curso Retenção de Tributos e Previdenciária Atualização 2014 ISSQN IRRF P. Físicas e Jurídicas CSLL PIS Cofins Curso Retenção de Tributos e Previdenciária Atualização 2014 ISSQN IRRF P. Físicas e Jurídicas CSLL PIS Cofins Administração Pública e Empresas em Geral Tomadores e Prestadores de Serviços DA PRÁTICA À

Leia mais

SINDICAL A G E S TÃ O C O M P L E TA PA R A O S E U S I N D I C AT O. Missão Asplan

SINDICAL A G E S TÃ O C O M P L E TA PA R A O S E U S I N D I C AT O. Missão Asplan Missão Asplan Compromisso com o negócio dos nossos clientes provendo soluções inteligentes na gestão de informações. Asplan Sistemas Durante toda a sua história a Asplan sempre teve uma preocupação: desenvolver

Leia mais

As informações dos Eventos Trabalhistas alimentarão uma base de dados denominada RET Registro de Eventos Trabalhistas.

As informações dos Eventos Trabalhistas alimentarão uma base de dados denominada RET Registro de Eventos Trabalhistas. Objeto do esocial O esocial tem por objeto, informações trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais relativas à contratação e utilização de mão de obra onerosa, com ou sem vínculo empregatício

Leia mais

esocial: Para o empresário, trabalhador e governo.

esocial: Para o empresário, trabalhador e governo. esocial: Para o empresário, trabalhador e governo. DECRETO O Diário Oficial da União publicou no dia 12 de dezembro de 2014, o decreto que institui o chamado, sistema que vai unificar o envio das informações

Leia mais

CONSULTORIA TRIBUTÁRIA - SF REGISTRO F600: CONTRIBUIÇÃO RETIDA NA FONTE

CONSULTORIA TRIBUTÁRIA - SF REGISTRO F600: CONTRIBUIÇÃO RETIDA NA FONTE Projeto SPED EFD Contribuições Prestação de Serviços sujeita a Retenção de 4,65% referentes a: 1,00% de CSLL, 0,65% de PIS/Pasep e 3,00% de COFINS. REGISTRO F600: CONTRIBUIÇÃO RETIDA NA FONTE Neste registro

Leia mais

Julho/2017 Versão 1.0

Julho/2017 Versão 1.0 Manual prático Nota Eletrônica Julho/2017 Versão 1.0 Emissão de NFS-e 1- Para realizar a emissão de nota eletrônica, o contribuinte deverá acessar o sistema ISS.net através do menu Nota Eletrônica-> Nova

Leia mais

Marketing Comercial. campanhas promocionais. marketing. mala direta. classificação de contatos. Menu

Marketing Comercial. campanhas promocionais.  marketing. mala direta. classificação de contatos. Menu Soluções Marketing Comercial Registro e classificação dos contatos com clientes e prospects. Possibilidade de geração de compromissos encadeados, além de acompanhamento das ações promovidas pelas equipes

Leia mais

SPED. Cruzamento das Informações: CRUZAMENTOS: Aspectos conceituais 24/09/2009. Acompanhamento Diferenciado: DACON DIRF DIPJ DCOMP DCTF DARF

SPED. Cruzamento das Informações: CRUZAMENTOS: Aspectos conceituais 24/09/2009. Acompanhamento Diferenciado: DACON DIRF DIPJ DCOMP DCTF DARF Cruzamento das Informações: DACON DIRF SPED DCTF DIPJ DCOMP DARF Palestrante: Thamara Jardim CRUZAMENTOS: Aspectos conceituais Acompanhamento Diferenciado: Art. 2º O acompanhamento diferenciado deverá

Leia mais

O esocial e seus desdobramentos

O esocial e seus desdobramentos O esocial e seus desdobramentos REALIZAÇÃO: Apoio: SESCON SP - Regional APAFISP Associação Comercial de Itapetininga - ACI www.esocial.gov.br sped.rfb.gov.br Decreto nº 8.373, de 11/12/2014 esocial Sistema

Leia mais

esocial ASSESSORIA TRIBUTÁRIA Ref.: nº 34/2013

esocial ASSESSORIA TRIBUTÁRIA Ref.: nº 34/2013 Ref.: nº 34/2013 1. Conceito O esocial é um projeto do Governo Federal que vai coletar as informações descritas em seu objeto, armazenando-as em Ambiente Nacional, possibilitando aos órgãos participantes,

Leia mais

OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS NAS COOPERATIVAS. Nádia Emer Grasselli

OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS NAS COOPERATIVAS. Nádia Emer Grasselli OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS NAS COOPERATIVAS Nádia Emer Grasselli Conteúdo CRUZAMENTOS/OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS OBRIGAÇÃO TRIBUTÁRIA Denomina-se "obrigação tributária" o dever de fazer de um contribuinte, responsável

Leia mais

esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Rio de Janeiro, 24 de novembro de 2016

esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Rio de Janeiro, 24 de novembro de 2016 esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Rio de Janeiro, 24 de novembro de 2016 O que é o esocial O esocial é o instrumento de unificação da prestação das informações referentes à escrituração das

Leia mais

IOB SPED. José Adriano IOB Soluções

IOB SPED. José Adriano IOB Soluções IOB SPED José Adriano IOB Soluções O Negócio da IOB Produtos de Informação Conhecimento Capacitação Consultoria Clientes Cursos Gestão de Riscos Compliance Produtividade Soluções Ferramentas Os Processos

Leia mais

Cenário atual. Os empregadores são obrigados a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações...

Cenário atual. Os empregadores são obrigados a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações... OBJETIVOS Objetivos Ter um único cadastro de Empregados com vínculo empregatício, com informações trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais, facilitando seu controle, pelo Governo e Empregadores,

Leia mais

PRODUÇÃO DE CULTIVOS. Assim, sua empresa cultiva gestão de qualidade para colher melhores resultados.

PRODUÇÃO DE CULTIVOS. Assim, sua empresa cultiva gestão de qualidade para colher melhores resultados. Segmento AGROINDÚSTRIA PRODUÇÃO DE CULTIVOS Para o subsegmento de produção de cultivos, as soluções de software de gestão da TOTVS são referência na colheita de produtividade e eficiência. Um conjunto

Leia mais

Agenda Tributária: de 16 a 22 de Fevereiro de 2012

Agenda Tributária: de 16 a 22 de Fevereiro de 2012 Agenda Tributária: de 16 a 22 de Fevereiro de 2012 Dia: 16 SP - Guia de Informação e Apuração - GIA - Regime mensal - I.E. finais 0 e 1 Os contribuintes com a inscrição estadual final 0 ou 1, deverão apresentar

Leia mais

SPED CONTRIBUIÇÕES LUCRO PRESUMIDO - ISS

SPED CONTRIBUIÇÕES LUCRO PRESUMIDO - ISS 1 SPED CONTRIBUIÇÕES LUCRO PRESUMIDO - ISS Este tutorial aborda, de forma simples e rápida, a geração do EFD-Contribuições para empresas do Lucro Presumido, que realizam a tributação de ISS. 1. Acesse

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL EFD CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS

MANUAL OPERACIONAL EFD CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS MANUAL OPERACIONAL EFD CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS SUMÁRIO Introdução... 1 Sobre o Suporte Técnico... 1 EFD Contribuições Financeiras e Assemelhadas...2 Contrib Retida Fonte F600... 2 Receitas

Leia mais

ANO XXVI ª SEMANA DE NOVEMBRO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 48/2015

ANO XXVI ª SEMANA DE NOVEMBRO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 48/2015 ANO XXVI - 2015-4ª SEMANA DE NOVEMBRO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 48/2015 ASSUNTOS CONTÁBEIS IMPOSTO DE RENDA RETIDO NA FONTE - TRATAMENTO CONTÁBIL... Pág. 705 IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA GANHOS

Leia mais

UTILITIES E SETOR PÚBLICO

UTILITIES E SETOR PÚBLICO Segmento SERVIÇOS UTILITIES E SETOR PÚBLICO Para o subsegmento de utilities e setor público, as soluções de software de gestão para o segmento de serviços da TOTVS permitem controle, redução de custos,

Leia mais

Impactos do esocial na Gestão de Recursos Humanos. Apresentação: Wander Thomé (31)

Impactos do esocial na Gestão de Recursos Humanos. Apresentação: Wander Thomé (31) Impactos do esocial na Gestão de Recursos Humanos Apresentação: Wander Thomé (31) 9 9211.2229 contato@wpthome.com.br CONSULTOR/PROFESSOR Wander Thomé Mestrando em Administração Profissional pela Fundação

Leia mais

ECF (Escrituração Contábil Fiscal)

ECF (Escrituração Contábil Fiscal) ECF (Escrituração Contábil Fiscal) ECD (Escrituração Contábil Digital) Regras Novas 2014 Maria Ilene Imlau Winter Informações Gerais Obrigatoriedade (inclusive Lucro Presumido, Imunes e Isentas) Obrigações

Leia mais

COOPERATIVAS MÉDICAS. Assim, sua cooperativa médica garante união nos processos para ter uma gestão ainda mais saudável.

COOPERATIVAS MÉDICAS. Assim, sua cooperativa médica garante união nos processos para ter uma gestão ainda mais saudável. Segmento SAÚDE COOPERATIVAS MÉDICAS Para o mercado de cooperativas médicas, a TOTVS oferece soluções de software de gestão que otimizam o controle dos custos de saúde e contribuem para o desenvolvimento

Leia mais

O esocial para o Setor Público. Agosto/2016. Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil Eduardo Tanaka

O esocial para o Setor Público. Agosto/2016. Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil Eduardo Tanaka O esocial para o Setor Público Agosto/2016 Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil Eduardo Tanaka Entendendo o esocial O que é o esocial? É o instrumento de unificação da prestação de informações referentes

Leia mais

Sua empresa já se adequou? Jussara Duarte Consultoria Trabalhista e Previdenciária. Herculano Swerts Gestão de Processos e Controles Internos

Sua empresa já se adequou? Jussara Duarte Consultoria Trabalhista e Previdenciária. Herculano Swerts Gestão de Processos e Controles Internos Sua empresa já se adequou? Jussara Duarte Consultoria Trabalhista e Previdenciária Herculano Swerts Gestão de Processos e Controles Internos Contexto geral, novos prazos e quem deve se adequar às regras

Leia mais

Inteligência Tributária DEVOLVENDO A VOCÊ O QUE É SEU

Inteligência Tributária DEVOLVENDO A VOCÊ O QUE É SEU Inteligência Tributária DEVOLVENDO A VOCÊ O QUE É SEU Quem Somos Cronograma de Trabalho Cases de Sucesso Nossos Diferenciais A Concorrência Como Funciona o Sistema? Trusty: Uma Sociedade Documentos Necessários

Leia mais

Sistema Fiscal. Integração via Chave de Acesso XML. Menu

Sistema Fiscal. Integração via Chave de Acesso XML. Menu Soluções Sistema Fiscal Integração via Chave de Acesso XML Sistema Fiscal Importação de XML em Lote Sistema Fiscal Integração via Portal XML-e Sistema Fiscal Mapa de Apuração / Fechamento Tratamento por

Leia mais

Impacto nos Processos - esocial Anselmo Sellera

Impacto nos Processos - esocial Anselmo Sellera Impacto nos Processos - esocial Anselmo Sellera anselmo.sellera@xrisk.com.br Café da Manhã ANEFAC Grupo Técnico Processos e Riscos Diretoria Executiva Eduardo Nunes de Carvalho São Paulo, 8/10/2013 Linha

Leia mais

INSTITUCIONAL SERVIÇOS DE ROTINAS TRIBUTÁRIOS SERVIÇOS DE ROTINAS CONTÁBEIS SERVIÇOS DE ROTINAS TRABALHISTAS AUDITORIA PERÍCIA CONTÁBIL

INSTITUCIONAL SERVIÇOS DE ROTINAS TRIBUTÁRIOS SERVIÇOS DE ROTINAS CONTÁBEIS SERVIÇOS DE ROTINAS TRABALHISTAS AUDITORIA PERÍCIA CONTÁBIL INSTITUCIONAL Empresas Prestadoras dos Serviços Contábeis (ESC), sob o enfoque institucional, prestam serviços para pessoas Físicas e Jurídicas SERVIÇOS PRESTADOS SERVIÇOS RECORRENTES SERVIÇOS QUE POSSUEM

Leia mais

Cartilha. esocial. Elaborada com base nas informações constantes do Manual de Orientação do esocial, versão 2.1

Cartilha. esocial. Elaborada com base nas informações constantes do Manual de Orientação do esocial, versão 2.1 Elaborada com base nas informações constantes do Manual de Orientação do, versão 2.1 Índice Introdução... 3 Legislação... 4 Perguntas e Respostas... 5 2 Introdução Com a criação do Sistema Público de Escrituração

Leia mais