Criopreservação de sêmen bovino utilizando diluente à base de PBS com três diferentes percentuais de gema de ovo

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Criopreservação de sêmen bovino utilizando diluente à base de PBS com três diferentes percentuais de gema de ovo"

Transcrição

1 Criopreservação de sêmen bovino utilizando diluente à base de PBS com três diferentes percentuais de gema de ovo Paulo Ricardo Loss Aguiar Juliana Brunelli Moraes Eduardo Malschitzky Anderson C. Silva RESUMO O objetivo deste experimento foi avaliar a eficácia de um diluidor à base de Phosphate Buffer Solution (PBS) na diluição e crioconservação de sêmen bovino com diferentes percentuais de gema de ovo (5, 10, 15 ou 20%). Nove ejaculados de três touros da Central Riograndense de Inseminação Artificial CRIA foram submetidos ao exame microscópio imediato (100x) da motilidade e vigor. Após a determinação da concentração os ejaculados foram fracionados em quatro alíquotas. Os diluidores foram preparados à base de solução de PBS-Nutricell; gema de ovo 5, 10, 15 ou 20% e glicerol 7%. O volume de diluente final foi calculado para que fosse obtida uma dose inseminante de 40 x 10 6 espermatozóides. Após a adição do diluidor os ejaculados foram envasados em palheta francesa de 0,5 ml e resfriados à temperatura de 5 o C por um período de quatro horas. Em seguida, as palhetas foram submetidas à pré-congelação em vapor de nitrogênio por 20 minutos antes de serem submersas no nitrogênio líquido. Após 24 horas as palhetas foram descongeladas em banho-maria a 37 o C/1 min. e o sêmen sofreu as seguintes análises: 1) Motilidade/vigor. 2)Teste de termo-resistência rápido-ttr (46 o C/30 min.). 3) integridade de acrossoma em contraste de fase. Os resultados obtidos para motilidade/vigor e integridade de acrossoma pósdescongelação não apresentaram diferenças significativas para p< Os resultados preliminares, in vitro, mostraram que o diluente testado, à base de PBS com diferentes percentuais de gema de ovo apresentou resultados semelhantes. O percentual de gema de ovo mais baixo (5%) apresentou uma melhor visualização da motilidade e vigor devido a pouca formação de sedimentos. Testes de campo estão sendo realizados e serão analisados em uma segunda etapa. Palavras-chave: Bovinos. Criopreservação seminal. PBS. Paulo Ricardo Loss Aguiar é Médico Veterinário, Msc. Professor Adjunto do Curso de Medicina Veterinária ULBRA/RS. Juliana Brunelli Moraes é Médica Veterinária. Aluna do Programa de Pós-Graduação QUALITTAS. Eduardo Malschitzky é Médico Veterinário. Dr., Professor Adjunto do Curso de Medicina Veterinária ULBRA/RS. Anderson C. Silva é Médico Veterinário. Central Rio-Grandense de Inseminação Artificial (CRIA). Endereço para correspondência: 44Veterinária em Foco Veterinária Canoasem Foco, v.5 v.5, n.1, jul./dez. p jul./dez. 2007

2 Criopreservation of bull semen utilizing extender on the PBS basis with three different percentages of egg yolk ABSTRACT This experiment evaluated the effectiveness of an extender basically composed by Phosphate Buffer Solution (PBS) in the dilution and crioconservation of bovine semen with different percentages of egg yolk, 5, 10, 15 or 20%. Nine ejaculated of three bulls from the Central Riograndense de Inseminação Artificial CRIA had been submitted to the immediate microscopy (100x) analyses of motility and vigor. In sequence, the concentration was determined and the ejaculated was divided into four aliquots. The extenders based on PBS-Nutricell had been elaborated with 5, 10, 15 or 20% of egg yolk and 7% glycerol. The final volume of diluents was calculated to obtain an insemination dose of 40x10 6 spermatozoa. After the addition of the respective extender, the ejaculate had been barreled in 0,5ml straw French and cooled at of 5 o C for four hours. The straws had been submitted to pre-freeze in nitrogen vapor for 20 minutes, and then submerged in liquid nitrogen. After 24 hours the straw had been thawed at 37 o C/1 min. and the semen submitted to the following analyses: 1) Motility/vigor 2) TTR Test of termoresistence (46 o C/30 min.). 3) Acrosoma integrity in phase contrast microscopy. No significant difference (α < 0.05) was observed in the motility / vigor and acrosoma integrity, after-thawed and TTR. These preliminary in vitro results indicated similar efficiency of the diluents, PBS with 5, 10, 15 or 20% egg yolk, but the lower concentration of egg yolk (5%) permitted better visualization of spermatozoids motility and vigor due to lower sedimentation level. In a second stage field test will be carried. Key words: Bovine. Seminal criopreservation. PBS. INTRODUÇÃO O extensivo uso da inseminação artificial vem proporcionando um rápido incremento na seleção genética dos animais, refletido em um aumento da produtividade com maior retorno econômico ao produtor. O sucesso da inseminação artificial está diretamente ligado ao diluidor utilizado nos processos de criopreservação espermática, devido ao papel fundamental que exerce na manutenção da capacidade de fertilização dos espermatozóides. Em vista destes fatores, a criopreservação seminal tem sido alvo de constantes pesquisas relacionadas à descoberta de novos diluidores que proporcionem uma maior integridade aos espermatozóides durante o processo de congelação/descongelação. Autores descrevem que os diluidores devem conter, basicamente, substratos energéticos para o amarzenamento da célula espermática, soluções capazes de manter uma adequada pressão osmótica e ph e também, componentes que protejam o espermatozóide contra o choque térmico, permitindo a sua sobrevivência e sua integridade durante a diluição, resfriamento, congelação e descongelação (SALISBURY et al., 1978; MIES FILHO, 1986; BART; OKO, 1992; FOOTE et al., 2002). Nos últimos 50 anos o glicerol e a gema de ovo têm sido os crioprotetores mais amplamente utilizados. Estes componentes são necessários para manter a capacidade de fertilização do espermatozóide durante o processo de congelação/descongelação (THUN et al., 2002). Segundo o mesmo autor, o principal benefício da gema de ovo, principalmente 45

3 das lipoproteínas de baixa densidade (LDL) existentes, é prevenir a perda da membrana fosfolipídica aumentando a tolerância do espermatozóide ao processo de congelação. De acordo com Amirat et al. (2004), o mecanismo preciso pelo qual o LDL interage com a membrana espermática ainda não é claramente conhecido. A solução denominada Phosphate Buffered Solution (PBS) descrita por Dulbecco e Vogt (1954) possui em sua composição sais à base de cloretos e fosfatos adicionados de componentes energéticos como glicose e piruvato de sódio. Esta solução foi desenvolvida, e ainda é largamente utilizada, para a manipulação e cultivo celular, caracterizando-se como uma solução tampão de osmolaridade 280mOsm e ph 7.2, portanto dentro dos padrões indicados para a diluição de ejaculados bovinos (LIU et al., 1998; GUTHRIE et al., 2002). Aguiar et al. (2005) observaram não haver diferença significativa na motilidade e no vigor do sêmen, no pós-congelamento quando utilizaram uma solução à base de PBS contendo 20% de gema de ovo comparado com solução de Citrato de Sódio a 2,94%. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a eficácia de uma solução à base de PBS com 5%, 10%, 15% e 20% de gema de ovo para a criopreservação seminal de touros. MATERIAL E MÉTODOS Animais e coleta do ejaculado Foram utilizados três touros adultos de raça européia pertencentes a Central Riograndense de Inseminação Artificial (CRIA), sediada no município de Esteio/RS. Os animais foram coletados em um mesmo período, sendo realizadas três coletas por touro com intervalo de uma semana entre coletas, totalizando nove ejaculados. As amostras de sêmen foram obtidas pela técnica de vagina artificial. Avaliação seminal Imediatamente após a colheita, o sêmen foi submetido aos exames macro e microscópico imediato. Macroscopicamente foram observados o volume e o aspecto seminal e, microscopicamente (aumento de 100x) foram avaliados motilidade, vigor e concentração. Esta última foi estimada através da utilização da câmara de Neubauer. Todas as amostras de sêmen submetidas ao processo de congelação de sêmen estavam dentro dos parâmetros mínimos considerados pelo Colégio Brasileiro de Reprodução Animal CBRA (1998). Diluidor Quatro soluções à base de PBS (Nutricell) foram preparados para um volume final de 50 ml contendo: PBS, 7% de glicerol e 5, 10, 15 ou 20% de gema de ovo, sendo 46

4 os diluidores denominados, respectivamente de: PBS5, PBS10, PBS15 e PBS20. Cada solução sofreu uma agitação por um período de 20 minutos, após o acréscimo de todos os componentes que formam os diluidores. Os diluidores foram preparados na manhã do mesmo dia da coleta. Diluição dos ejaculados Cada ejaculado foi fracionado em quatro alíquotas iguais, e adicionado os diluidores em cada fração para que a concentração da dose inseminante fosse de 40x10 6 espermatozóides. A diluição foi realizada em temperatura ambiente com o diluidor previamente aquecido em banho-maria a 37 C. O sêmen foi envasado a temperatura ambiente, em palhetas de 0,5 ml, e lacradas com álcool polivinílico. As amostras permaneceram sob refrigeração, a uma temperatura de 5 C durante quatro horas, sendo em seguida submetidas à pré-congelação. Utilizou-se o método horizontal em vapor de nitrogênio por 20 minutos para a pré-congelação, antes das palhetas serem submersas em nitrogênio líquido. Estas permaneceram armazenadas em botijão criogênico, por pelo menos 24 horas, antes de sofrerem as análises. Análise pós-descongelação As amostras foram descongeladas em banho-maria a 37 C/1min, e analisadas quanto a motilidade, vigor e patologia espermática. A amostras foram também submetidas ao teste de termo resistência rápido TTR (46 C/30 min). Análise estatística Para análise dos resultados utilizou-se o teste do Qui-Quadrado, sendo elaboradas as seguintes hipóteses estatísticas: Ho: 0 = E sendo o valor esperado calculado supondo que a motilidade nos três grupos será a mesma H1: 0 = E RESULTADOS E DISCUSSÃO As amostras de sêmen criopreservadas utilizando a solução de PBS com diferentes concentrações de gema de ovo (5, 10, 15 e 20%) indicaram, como mostra a tabela 1, não haver diferença estatística para p<0,05, tanto para os parâmetros de motilidade, vigor e integridade de acrossoma. Aguiar et al.. (2005) observaram não haver diferença 47

5 estatística para estes mesmos parâmetros quando compararam a solução de PBS 20% de gema com a solução de citrato de Na 2,94%-glicerol-gema. TABELA 1 Motilidade e vigor pós-descongelação das amostras dos três touros nos diferentes dias de coleta e diferentes concentrações de gema de ovo. 1 a coleta 2 a coleta 3 a coleta Pós-desc. Pós-desc. Pós-desc. TOURO AMOSTRA MOT. VIGOR MOT. VIGOR MOT. VIGOR PBS PBS A PBS PBS PBS PBS B PBS PBS PBS C PBS PBS x 2 p < 0,05 PBS Conforme mostra a Tabela 1, não houve diferença significativa entre os tratamentos para motilidade e vigor, contendo 5, 10, 15 e 20% de gema de ovo para p < 0,05, na avaliação pós-descongelação. Na Tabela 2 estão apresentados os resultados da motilidade e vigor das amostras para o teste de termo resistência rápido. TABELA 2 Motilidade e vigor após o TTR das amostras dos três touros nos diferentes dias de coleta e diferentes concentrações de gema de ovo. 1 a coleta 2 a coleta 3 a coleta TTR TTR TTR TOURO AMOSTRA MOT. VIGOR MOT. VIGOR MOT. VIGOR PBS PBS A PBS PBS PBS PBS B PBS PBS PBS PBS C PBS PBS x 2 p< 0,05 48

6 A Tabela 2 indica que não houve diferenças estatísticas entre a motilidade e o vigor para as diferentes concentrações de gema de ovo. Para o índice de alterações de acrossoma também não houve diferença estatística para p< 0,05, sendo observada uma taxa de 9, 8, 11 e 7%, respectivamente para 5, 10, 15 e 20% de gema ovo presente nos diluentes. England (1993) cita que a gema de ovo é o componente de origem biológica mais largamente utilizado na composição dos diluidores para o sêmen. Ela contém lecitina (fosfatidilcolina), a qual é sugerida para a proteção de membrana por restaurar os fosfolípidios perdidos durante o choque térmico (Hammerstedt et al., 1990). Durante o choque térmico, os fosfolipídios interagem com a estrutura lipídica da membrana plasmática das células espermáticas e proporcionam a proteção. As lipoproteínas ligamse à membrana da célula espermática e ajudam a preservar a integridade celular durante o armazenamento (AMIRAT et al., 2004). Foote et al. (1960) utilizaram concentrações de 0, 1, 5 e 20% de gema de ovo para o resfriamento de sêmen bovino à temperatura de 5 0 C. Observaram que somente na ausência da gema de ovo houve uma diminuição significativa na motilidade espermática. Os autores concluíram que a maior parte dos casos onde a osmolaridade, ph e outras características do tampão são ótimos para a sobrevivência espermática o nível de gema de ovo pode reduzir-se de 20 a 1%. Aguiar et al. (2005) observaram no seu experimento, onde utilizaram como diluidor do ejaculado bovino PBS + 20% de gema de ovo, uma dificuldade de visualização dos espermatozóides, dificultando a avaliação da motilidade e vigor. Os autores citam que provavelmente haja uma precipitação dos fosfolipidios na presença de grupos fosfatos componentes na solução de PBS. No presente trabalho foram diminuídas as concentrações de gema de ovo, com o intuito de obter-se uma melhor visualização do movimento dos espermatozóides, sem que houvesse uma queda na qualidade espermática. Nas concentrações de 15 e 10% ocorreu uma melhora considerável na visualização, diminuindo a formação de precipitações. No entanto, para a concentração de 5%, não houve nenhuma precipitação, permitindo uma perfeita visualização dos espermatozóides e por conseqüência o seu movimento, sem que houvesse uma modificação na sua motilidade, vigor e integridade de acrossoma, quando comparado com as outras concentrações. O presente resultado vai de encontro às observações de Moussa et al. (2002) e Amirat et al. (2004) onde concluíram que a concentração ótima de LDL, a qual fica entre 5-10% para que ocorra uma boa proteção de membrana, é encontrada em soluções com concentrações de 20% de gema de ovo. CONCLUSÃO Conclui-se que a solução de PBS adicionada a 5% de gema de ovo foi eficaz nas análises in vitro de motilidade, vigor e integridade de membrana acrossomal na pósdescongelação e no teste de termoresistência para o processo de criopreservação de 49

7 sêmen bovino. Também pode ser recomendado por permitir uma avaliação das características microscópicas sem interferências de sedimentos. REFERÊNCIAS AGUIAR, P. R. L.; MALSCHITZKY, E.; SILVA, A. C.; TEIXEIRA, C. D. Eficiência in vitro do PBS modificado para a criopreservação seminal de touros. Veterinária em Foco, v.2, n.2, p , AMIRAT, L.; TAINTURIER, D.; JEANNEAU, L.; THORIN, C.; GERARD, O. COURTENS, L. J.; ANTON, M. Bull semen In vitro fertility after cryopreservation using egg yolk LDL: a comparison with Optidyl., a commercial egg yolk extender. Theriogenology., v.61, p , BARTH, A. D.; OKO, R. J. Abnormal Morphology of Bovine Spermatozoa, Iowa State University Press, 1.ed., DULBECCO, R; VOGT, M., J. Exp. Med., v.99, p , ENGLAND, J.; SCARLETT, J.; MEYERS-VALEN et al. Computer-assisted sperm analysis of canine spermatozoa motility mesasurements. Theriogenology, v. 40, p , FOOTE, R. H.; L. C. GRAY; YOUNG, D. C.; DUNN, H. O. Fertility of bull semen stored up to four days at 5ºC in 20% egg yolk extenders. FOOTE, R. H.; BROCKETT, C. C.; KAPROTH, M. T. Motility and fertility of bull sperm in whole milk extender containing antioxidants. Anim. Reprod. Sci., v.71, p.13-23, GUTHRIE, H. D.; LIU, J.; CRITSER, J. K. Osmotic tolerance limits and effects of cryoprotectants on motility of bovine spermatozoa. Biol. Reprod., v.67, p , HAMMERSTEDT, R. H.; GRAHAM, J. K.; NOLAM, J. P. Cryospreservation of mammalian sperm: what we ask them to survive. Journal of Andrology, v.11, p.73-88, J. Dairy Sci. v.43, p , LIU, Z.; FOOTE, H. R.; BROCKETT, C. C. Survival of bull sperm frozen at different rates in media varying in osmolatity. Crybiology, v.37, p , MANUAL para exame andrológico e avaliação de sêmen animal, CRBA Colégio Brasileiro de Reprodução Animal, 2.ed., BH, MIES FILHO, A. Reprodução dos Animais e Inseminação Artificial. 6.ed. Porto Alegre, Sulina, v. Tecnologia do Sêmen. MOUSSA, M. Low density lipoproteins extracted from hen egg yolk by an easy method: cryoprotective effect on frozen-thawed bull semen. Theriogenology. Apr. 1 v.57(6), p , SALISBURY, G. W. Fisiologia de la reproduccion e inseminacion artificial de los bovinos. Zaragoza: Acribia, p.831, THUN, R.; HURTADO, M; JANETT, F. Comparison of Biociphos-Plus and TRIS-egg yolk extender for cryopreservation of bull semen.theriogenology. Feb., v.57(3), p , Recebido em: ago Aceito em: nov

126 BARCELLOS, B. P. et al.

126 BARCELLOS, B. P. et al. 126 BARCELLOS, B. P. et al. DOI: 10.5216/cab.v12i1.4692 EFEITO DOS MEIOS DILUÍDORES MMC (MÍNIMA CONTAMINAÇÃO) E LGM (LACTOSE-GEMA MODIFICADO) NA VIABILIDADE DO SÊMEN DE CÃES CONSERVADO POR 24 HORAS EM

Leia mais

Processamento e preservação de sêmen de peixes nativos

Processamento e preservação de sêmen de peixes nativos Processamento e preservação de sêmen de peixes nativos Paulo César Falanghe Carneiro Embrapa Aracaju - SE Introdução Blaxter 1950: Arenque com reprodução em épocas diferentes Uso do gelo seco Conhecimento

Leia mais

Tatiane Guedes Bueno*, Laiza Sartori de Camargo, Karym Christine de Freitas Cardoso, Anelise Ribeiro Peres, Fabiana Ferreira de Souza

Tatiane Guedes Bueno*, Laiza Sartori de Camargo, Karym Christine de Freitas Cardoso, Anelise Ribeiro Peres, Fabiana Ferreira de Souza AVALIAÇÃO DA ESTERILIZAÇÃO APÓS A OCLUSÃO DOS VASOS SANGUÍNEOS OVARIANOS DE COELHAS UTILIZANDO ELÁSTICO DE AFASTAR OS DENTES OU ABRAÇADEIRAS DE NÁILON Tatiane Guedes Bueno*, Laiza Sartori de Camargo, Karym

Leia mais

CARACTERÍSTICAS SEMINAIS E PERÍMETRO ESCROTAL DE TOUROS NELORE E TABAPUÃ CRIADOS NA REGIÃO NORTE DO PARANÁ

CARACTERÍSTICAS SEMINAIS E PERÍMETRO ESCROTAL DE TOUROS NELORE E TABAPUÃ CRIADOS NA REGIÃO NORTE DO PARANÁ 1 CARACTERÍSTICAS SEMINAIS E PERÍMETRO ESCROTAL DE TOUROS NELORE E TABAPUÃ CRIADOS NA REGIÃO NORTE DO PARANÁ DENIS MARQUES ROSSI 1, FLÁVIO GUISELLI LOPES 2, FILIPE ALEXANDRE BOSCARO DE CASTRO 3, BRUNO

Leia mais

Revista Agrarian ISSN:

Revista Agrarian ISSN: Diluentes para sêmen de carneiros nativos de Mato Grosso do Sul Extenders for native ram semen in Mato Grosso do Sul Antonio Carlos Duenhas Monreal 1,Ricardo Freitas Schmid 1, José Geraldo Souza de Paula

Leia mais

USO DE DIMETIL-FORMAMIDA E ÁGUA DE COCO NA CRIOPRESERVAÇÃO DE SÊMEN CANINO

USO DE DIMETIL-FORMAMIDA E ÁGUA DE COCO NA CRIOPRESERVAÇÃO DE SÊMEN CANINO 96 Original Article USO DE DIMETIL-FORMAMIDA E ÁGUA DE COCO NA CRIOPRESERVAÇÃO DE SÊMEN CANINO THE USE OF DIMETHYL FORMAMIDE AND COCONUT WATER IN CANINE SEMEN CRYOPRESERVATION Marina ZIMMERMANN 1,2 ; Tatiana

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO LEITE DESNATADO NO CONGELAÇÃO DO SÊMEN DE CÃO

UTILIZAÇÃO DO LEITE DESNATADO NO CONGELAÇÃO DO SÊMEN DE CÃO ARS VETERINARIA, Jaboticabal, SP, Vol. 20, nº 3, 361-365, 2004. ISSN 0102-6380 UTILIZAÇÃO DO LEITE DESNATADO NO CONGELAÇÃO DO SÊMEN DE CÃO (USE OF SKIMINED MILK FOR FREEZING CANINE SEMEN) (UTILIZACIÓN

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DO SÊMEN CAPRINO DESCONGELADO APÓS A ADIÇÃO DE RINGER LACTATO, CITRATO DE SÓDIO E SOLUÇÃO TRIS

CARACTERÍSTICAS DO SÊMEN CAPRINO DESCONGELADO APÓS A ADIÇÃO DE RINGER LACTATO, CITRATO DE SÓDIO E SOLUÇÃO TRIS DOI: 10.1590/1089-6891v16i224240 MEDICINA VETERINÁRIA CARACTERÍSTICAS DO SÊMEN CAPRINO DESCONGELADO APÓS A ADIÇÃO DE RINGER LACTATO, CITRATO DE SÓDIO E SOLUÇÃO TRIS CHARACTERISTICS OF THAWED GOAT SEMEN

Leia mais

Diferentes concentrações de gema de ovo na qualidade do sêmen canino diluído em ACP -106 e resfriado a 4 C

Diferentes concentrações de gema de ovo na qualidade do sêmen canino diluído em ACP -106 e resfriado a 4 C Artigo Diferentes concentrações de gema de ovo na qualidade do sêmen canino diluído em ACP -106 e resfriado a 4 C Janaina de Fátima Saraiva Cardoso 1 *, Ney Rômulo de Oliveira Paula 1, Daniel Couto Uchoa

Leia mais

Criopreservação de sêmen canino com um diluidor à base de água de coco na forma

Criopreservação de sêmen canino com um diluidor à base de água de coco na forma Criopreservação de sêmen canino com um diluidor à base de água de coco na forma... 1209 CRIOPRESERVAÇÃO DE SÊMEN CANINO COM UM DILUIDOR À BASE DE ÁGUA DE COCO NA FORMA DE PÓ (ACP-106 ): EFEITO DA TEMPERATURA

Leia mais

iamento sobre a qualidade do sêmen suíno criopreservado

iamento sobre a qualidade do sêmen suíno criopreservado Acta Scientiae Vet eter erinar inariae iae, 2011. 9(1): 949. SHORT COMMUNICATION Pub.949 ISSN 1679-9216 (Online) Efeit eito de difer eren entes es métodos de congelamen ongelamento, diluentes es e temp

Leia mais

Colheita e Avaliação Seminal

Colheita e Avaliação Seminal UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ FACULDADE DE VETERINÁRIA BIOTECNOLOGIA DA REPRODUÇÃO ANIMAL Colheita e Avaliação Seminal Vicente José de F. Freitas Laboratório de Fisiologia e Controle da Reprodução www.uece.br/lfcr

Leia mais

Criopreservação do Sêmen Bovino. Bovine Semen Cryopreservation

Criopreservação do Sêmen Bovino. Bovine Semen Cryopreservation Leite PA, Schreder GG, Almeida Artigo CLR, de Zúccari Revisão CESN, / Review Silva Article EVC Criopreservação do Sêmen Bovino Bovine Semen Cryopreservation Patrícia Arakaki Leite a *; Guilherme Gonsales

Leia mais

CONGELAÇÃO DE SÊMEN CANINO COM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE GEMA DE OVO E GLICEROL EM DILUIDORES À BASE DE TRIS E ÁGUA DE COCO

CONGELAÇÃO DE SÊMEN CANINO COM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE GEMA DE OVO E GLICEROL EM DILUIDORES À BASE DE TRIS E ÁGUA DE COCO Ciência Rural, Santa Maria, v.30, n.6, p.1021-1025, 2000 ISSN 0103-8478 1021 CONGELAÇÃO DE SÊMEN CANINO COM DIFERENTES CONCENTRAÇÕES DE GEMA DE OVO E GLICEROL EM DILUIDORES À BASE DE TRIS E ÁGUA DE COCO

Leia mais

Efeitos da homeopatia combinado com diluente a base de leite de cabra na criopreservação de sêmen de ovinos

Efeitos da homeopatia combinado com diluente a base de leite de cabra na criopreservação de sêmen de ovinos ARTIGO ORIGINAL Recebido - 23/09/2015 Aceito - 20/11/2015 Efeitos da homeopatia combinado com diluente a base de leite de cabra na criopreservação de sêmen de ovinos Effects of homeopathy combined with

Leia mais

EFEITO DA ADIÇÃO DE LAURIL SULFATO DE SÓDIO (OEP) AO DILUIDOR NA VIABILIDADE DO SÊMEN CONGELADO DE OVINOS SANTA INÊS RESUMO

EFEITO DA ADIÇÃO DE LAURIL SULFATO DE SÓDIO (OEP) AO DILUIDOR NA VIABILIDADE DO SÊMEN CONGELADO DE OVINOS SANTA INÊS RESUMO 521 EFEITO DA ADIÇÃO DE LAURIL SULFATO DE SÓDIO (OEP) AO DILUIDOR NA VIABILIDADE DO SÊMEN CONGELADO DE OVINOS SANTA INÊS RESUMO Marciane da Silva Maia 1,4 Sony Dimas Bicudo 2 Hymerson Costa Azevedo 3,4

Leia mais

significativos, porém o material genético pode ser estocado por períodos indefinidos de tempo e então utilizado na IA (HOLTb 2000).

significativos, porém o material genético pode ser estocado por períodos indefinidos de tempo e então utilizado na IA (HOLTb 2000). 1 1 INTRODUÇÃO GERAL Estudos arqueológicos recentes demonstram que o cão foi o primeiro animal domesticado pelo homem. Os mais antigos esqueletos de canídeos foram encontrados cerca de 30.000 anos após

Leia mais

Criopreservação de Embriões

Criopreservação de Embriões UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ FACULDADE DE VETERINÁRIA BIOTECNOLOGIA DA REPRODUÇÃO ANIMAL Criopreservação de Embriões Vicente José de F. Freitas Laboratório de Fisiologia e Controle da Reprodução www.uece.br/lfcr

Leia mais

Revista Agrarian ISSN:

Revista Agrarian ISSN: Glicina Gema Leite para criopreservação de sêmen de carneiros sem raça definida Glycine Yolk Milk for crossbred rams semen criopreservation Antonio Carlos Duenhas Monreal 1, Natali Nascimento Lima 1, Albert

Leia mais

Adição da polpa liofilizada do Noni em diluente para congelação de sêmen sobre a integridade da membrana plasmática de espermatozoides ovinos

Adição da polpa liofilizada do Noni em diluente para congelação de sêmen sobre a integridade da membrana plasmática de espermatozoides ovinos SCIENTIA PLENA VOL. 11, NUM. 04 2015 www.scientiaplena.org.br Adição da polpa liofilizada do Noni em diluente para congelação de sêmen sobre a integridade da membrana plasmática de espermatozoides ovinos

Leia mais

VIABILIDADE ESPERMÁTICA DO SÊMEN CONGELADO DE SUÍNOS DA RAÇA PIAU AVALIADA PELO TESTE DE TERMORRESISTÊNCIA

VIABILIDADE ESPERMÁTICA DO SÊMEN CONGELADO DE SUÍNOS DA RAÇA PIAU AVALIADA PELO TESTE DE TERMORRESISTÊNCIA VIABILIDADE ESPERMÁTICA DO SÊMEN CONGELADO DE SUÍNOS DA RAÇA PIAU AVALIADA PELO TESTE DE TERMORRESISTÊNCIA [Spermatic viability of cryopreserved semen of Piau swine breed analyzed by thermo resistant test]

Leia mais

VARIAÇÕES METODOLÓGICAS NA CRIOPRESERVAÇÃO DE SÊMEN SEXADO DE BOVINOS * RESUMO

VARIAÇÕES METODOLÓGICAS NA CRIOPRESERVAÇÃO DE SÊMEN SEXADO DE BOVINOS * RESUMO 147 VARIAÇÕES METODOLÓGICAS NA CRIOPRESERVAÇÃO DE SÊMEN SEXADO DE BOVINOS * RESUMO Camila de Paula Freitas-Dell'Aqua 1 José Antonio Dell'Aqua Jr 2 André Maciel Crespilho 1 Frederico Ozanam Papa 2 Fernanda

Leia mais

Estudo da viabilidade de um novo diluidor para a refrigeração do sêmen canino Study of new extender viability to canine chilled sperm

Estudo da viabilidade de um novo diluidor para a refrigeração do sêmen canino Study of new extender viability to canine chilled sperm Rev Bras Reprod Anim, Belo Horizonte, v.29, n.3/4, p.174-178, jul./dez. 25. Disponível em www.cbra.org.br. Estudo da viabilidade de um novo diluidor para a refrigeração do sêmen canino Study of new extender

Leia mais

INFLUÊNCIA DE SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO SOBRE A QUALIDADE DO SÊMEN OVINO CRIOPRESERVADO EM PALHETAS

INFLUÊNCIA DE SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO SOBRE A QUALIDADE DO SÊMEN OVINO CRIOPRESERVADO EM PALHETAS Influência de sistemas de refrigeração sobre a qualidade do sêmen ovino criopreservado em palhetas 835 DOI: 10.5216/cab.v11i4.4252 INFLUÊNCIA DE SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO SOBRE A QUALIDADE DO SÊMEN OVINO

Leia mais

Estudo da estabilidade do sistema Paratest usado para diagnóstico das parasitoses intestinais Rev.00 10/01/2011

Estudo da estabilidade do sistema Paratest usado para diagnóstico das parasitoses intestinais Rev.00 10/01/2011 1 Estudo da estabilidade do sistema Paratest usado para diagnóstico das parasitoses intestinais Rev.00 10/01/2011 1. Introdução As parasitoses intestinais representam sério problema de saúde pública, em

Leia mais

ÁGUA DE COCO EM PÓ EM BIOTÉCNICAS DA REPRODUÇÃO DE CAPRINOS. (Powdered coconut water in biotechnologies of reproduction in goats) RESUMO

ÁGUA DE COCO EM PÓ EM BIOTÉCNICAS DA REPRODUÇÃO DE CAPRINOS. (Powdered coconut water in biotechnologies of reproduction in goats) RESUMO ÁGUA DE COCO EM PÓ EM BIOTÉCNICAS DA REPRODUÇÃO DE CAPRINOS (Powdered coconut water in biotechnologies of reproduction in goats) Cristiane Clemente de Mello SALGUEIRO 1, José Ferreira NUNES 2 1 Universidade

Leia mais

ISSN Acta Veterinaria Brasilica, v.7, n.4, p , 2013

ISSN Acta Veterinaria Brasilica, v.7, n.4, p , 2013 TESTE DE LIGAÇÃO DO ESPERMATOZOIDE À MEMBRANA PERIVITELINA DA GEMA DE OVO APÓS ADIÇÃO DE RINGER LACTATO, CITRATO DE SÓDIO 2,92 % E SOLUÇÃO TRIS NO SÊMEN CAPRINO DESCONGELADO [Sperm-perivitelline membrane

Leia mais

EFEITO INDIVIDUAL DE FERTILIDADE DE TOUROS DA RAÇA HOLANDESA

EFEITO INDIVIDUAL DE FERTILIDADE DE TOUROS DA RAÇA HOLANDESA EFEITO INDIVIDUAL DE FERTILIDADE DE TOUROS DA RAÇA HOLANDESA ZANATTA, Guilherme Machado 1 ; SCHEEREN, Verônica Flores da Cunha 2 ; ARAUJO, Laurence Boligon de 3; PESSOA, Gilson Antônio 4 ; RUBIN, Mara

Leia mais

ELENICE ANDRADE MORAES E AMORIM ALTERAÇÃO DA MEMBRANA ESPERMÁTICA DE SUÍNOS, BOVINOS E EQÜINOS NA QUALIDADE DO SÊMEN

ELENICE ANDRADE MORAES E AMORIM ALTERAÇÃO DA MEMBRANA ESPERMÁTICA DE SUÍNOS, BOVINOS E EQÜINOS NA QUALIDADE DO SÊMEN ELENICE ANDRADE MORAES E AMORIM ALTERAÇÃO DA MEMBRANA ESPERMÁTICA DE SUÍNOS, BOVINOS E EQÜINOS NA QUALIDADE DO SÊMEN Tese apresentada à Universidade Federal de Viçosa, como parte das exigências do Programa

Leia mais

Efeito de dois diferentes protocolos para congelação lenta de embriões bovinos produzidos in vitro na região da Amazônia Legal

Efeito de dois diferentes protocolos para congelação lenta de embriões bovinos produzidos in vitro na região da Amazônia Legal Efeito de dois diferentes protocolos para congelação lenta de embriões bovinos produzidos in vitro na região da Amazônia Legal Karina Almeida Maciel 1 ; Márcio Gianordoli Teixeira Gomes 2 ; Francisca Elda

Leia mais

INFLUÊNCIA DE DIFERENTES MEIOS DILUENTES UTILIZADOS PARA EQUINOS NA CONSERVAÇÃO DE SÊMEN ASININO REFRIGERADO

INFLUÊNCIA DE DIFERENTES MEIOS DILUENTES UTILIZADOS PARA EQUINOS NA CONSERVAÇÃO DE SÊMEN ASININO REFRIGERADO INFLUÊNCIA DE DIFERENTES MEIOS DILUENTES UTILIZADOS PARA EQUINOS NA CONSERVAÇÃO DE SÊMEN ASININO REFRIGERADO Vicente Antonio da Silva Neto¹; Luis Eduardo Pereira de Andrade Ferreira² ¹Instituto Federal

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA FACULDADE DE VETERINÁRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA FACULDADE DE VETERINÁRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA FACULDADE DE VETERINÁRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS BÁRBARA MARA BANDEIRA SANTOS CRIOPRESERVAÇÃO DE SÊMEN

Leia mais

AVALIAÇÃO DA NECESSIDADE DO TEMPO DE EQUILÍBRIO NO CONGELAMENTO DE SÊMEN CAPRINO

AVALIAÇÃO DA NECESSIDADE DO TEMPO DE EQUILÍBRIO NO CONGELAMENTO DE SÊMEN CAPRINO AVALIAÇÃO DA NECESSIDADE DO TEMPO DE EQUILÍBRIO NO CONGELAMENTO DE SÊMEN CAPRINO Paula Letícia Nemes Schawb Gomes¹; Leandro Cavalcante Lipinski²; Raimundo Jorge Teles de Araújo Pereira³ ¹ Acadêmica do

Leia mais

EFEITO DA FRAÇÃO DO EJACULADO E DO MÉTODO DE CONSERVAÇÃO SOBRE AS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS DO SÊMEN SUÍNO E A FERTILIDADE DE FÊMEAS

EFEITO DA FRAÇÃO DO EJACULADO E DO MÉTODO DE CONSERVAÇÃO SOBRE AS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS DO SÊMEN SUÍNO E A FERTILIDADE DE FÊMEAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS ESCOLA DE VETERINÁRIA Colegiado dos Cursos de Pós-Graduação EFEITO DA FRAÇÃO DO EJACULADO E DO MÉTODO DE CONSERVAÇÃO SOBRE AS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS DO SÊMEN SUÍNO

Leia mais

Universidade dos Açores. Departamento de Ciências Agrárias

Universidade dos Açores. Departamento de Ciências Agrárias Universidade dos Açores Departamento de Ciências Agrárias Mestrado em Engenharia Zootécnica Adição de Ácido Linoleico conjugado (CLA) no diluidor de congelação de sémen de touro, recolhido Post-Mortem,

Leia mais

Viabilidade do sêmen congelado obtido do epidídimo de touros post-mortem

Viabilidade do sêmen congelado obtido do epidídimo de touros post-mortem 190 http://dx.doi.org/10.4322/rbcv.2014.097 Viabilidade do sêmen congelado obtido do epidídimo de touros post-mortem Viability of frozen semen obtained from epididymis of bulls post-mortem Luciano Munita

Leia mais

CORRELAÇÕES ENTRE O TESTE HIPOSMÓTICO E A AVALIAÇÃO CLÁSSICA DO SÊMEN DE CAPRINOS

CORRELAÇÕES ENTRE O TESTE HIPOSMÓTICO E A AVALIAÇÃO CLÁSSICA DO SÊMEN DE CAPRINOS DOI: 10.5216/cab.v14i2.12921 CORRELAÇÕES ENTRE O TESTE HIPOSMÓTICO E A AVALIAÇÃO CLÁSSICA DO SÊMEN DE CAPRINOS ISABELLE RAYANNE SOUSA DE OLIVEIRA 1, HERON MEDEIROS ALVES 1, THIBÉRIO SOUZA CASTELO 2, FRANCISCO

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA FACULDADE DE VETERINÁRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA FACULDADE DE VETERINÁRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA FACULDADE DE VETERINÁRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS LUDYMILA FURTADO CANTANHÊDE DESENVOLVIMENTO DE UMA NOVA

Leia mais

Utilização da lecitina de soja para a refrigeração e criopreservação do sêmen de cães

Utilização da lecitina de soja para a refrigeração e criopreservação do sêmen de cães ANDRESSA DALMAZZO Utilização da lecitina de soja para a refrigeração e criopreservação do sêmen de cães São Paulo 2012 ANDRESSA DALMAZZO Utilização da lecitina de soja para a refrigeração e criopreservação

Leia mais

(c) Muco (d) Vulva inchada (e) Olhar languido 7. Qual das alternativas abaixo não é considerada uma vantagem da inseminação artificial em relação a mo

(c) Muco (d) Vulva inchada (e) Olhar languido 7. Qual das alternativas abaixo não é considerada uma vantagem da inseminação artificial em relação a mo 1. A fertilização é o evento que decorre a partir do encontro dos gametas masculino e feminino. No trato reprodutivo da fêmea bovina em qual local ocorre a fertilização? (a) Útero (b) Tuba uterina (c)

Leia mais

26 a 29 de novembro de 2013 Campus de Palmas

26 a 29 de novembro de 2013 Campus de Palmas AVALIAÇÃO DE ESTRUTURAS EMBRIONÁRIAS DE BOVINOS PÓS VITRIFICAÇÃO NA REGIÃO NORTE DO TOCANTINS Karina Almeida Maciel 1 ; Márcio Gianordoli Teixeira Gomes 2 ; Francisca Elda Ferreira Dias 3, 1 Aluno do Curso

Leia mais

Avaliação dos efeitos da ivermectina de ação prolongada na concentração de 4% sobre as características reprodutivas de touros Nelore

Avaliação dos efeitos da ivermectina de ação prolongada na concentração de 4% sobre as características reprodutivas de touros Nelore Avaliação dos efeitos da ivermectina de ação prolongada na concentração de 4% sobre as características reprodutivas de touros Nelore Evaluation of the Effects of Long-action Ivermectin at a Concentration

Leia mais

TECNOLOGIA DO SÊMEN ANÁLISE DO SÊMEN

TECNOLOGIA DO SÊMEN ANÁLISE DO SÊMEN TECNOLOGIA DO SÊMEN ANÁLISE DO SÊMEN Características físicas c) Motilidade (progressiva) % de sptz viáveis uma gota de sêmen em aumento de 100 a 400x na propriedade: 50% para doação de sêmen: 70% para

Leia mais

Correlação entre métodos de avaliação da integridade da membrana plasmática do espermatozóide bovino criopreservado

Correlação entre métodos de avaliação da integridade da membrana plasmática do espermatozóide bovino criopreservado Correlação entre métodos de avaliação da integridade da membrana plasmática do espermatozóide bovino criopreservado Correlation among methods to evaluate sperm membrane integrity of bovine cryopreserved

Leia mais

EFEITO DA ADIÇÃO FRACIONADA DE DIMETIL FORMAMIDA E DAS CURVAS DE CONGELAMENTO NA VIABILIDADE IN VITRO PÓS-DESCONGELAMENTO DO ESPERMATOZÓIDE EQÜINO

EFEITO DA ADIÇÃO FRACIONADA DE DIMETIL FORMAMIDA E DAS CURVAS DE CONGELAMENTO NA VIABILIDADE IN VITRO PÓS-DESCONGELAMENTO DO ESPERMATOZÓIDE EQÜINO Jair Perez Osorio EFEITO DA ADIÇÃO FRACIONADA DE DIMETIL FORMAMIDA E DAS CURVAS DE CONGELAMENTO NA VIABILIDADE IN VITRO PÓS-DESCONGELAMENTO DO ESPERMATOZÓIDE EQÜINO Dissertação apresentada à Escola de

Leia mais

EFEITO DE TRÊS CRIOPROTETORES SOBRE A MEMBRANA DE CÉLULAS ESPERMÁTICAS DE OVINOS

EFEITO DE TRÊS CRIOPROTETORES SOBRE A MEMBRANA DE CÉLULAS ESPERMÁTICAS DE OVINOS CONVÊNIOS CNPq/UFU & FAPEMIG/UFU Universidade Federal de Uberlândia Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação DIRETORIA DE PESQUISA COMISSÃO INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2008 UFU 30 anos EFEITO

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA AVALIAÇÃO COMPARATIVA DO SÊMEN OVINO REFRIGERADO NOS MEIOS GLICINA-GEMA-LEITE, GLICINA- GEMA PURIFICADA-LEITE E GLICINA-EXTRATO

Leia mais

862 OLIVEIRA, R. V. de et al.

862 OLIVEIRA, R. V. de et al. 862 OLIVEIRA, R. V. de et al. AVALIAÇÃO MORFOLÓGICA DE ESPERMATOZOIDES CAPRINOS DILUÍDOS E CONGELADOS EM MEIO À BASE DE ÁGUA DE COCO EM PÓ (ACP-101) OU TRIS, CORADOS POR EOSINA-NIGROSINA E AZUL DE BROMOFENOL*

Leia mais

09 a 11 de setembro de 2015, Campus da UFRPE Dois Irmãos, Recife

09 a 11 de setembro de 2015, Campus da UFRPE Dois Irmãos, Recife 09 a 11 de setembro de 2015, Campus da UFRPE Dois Irmãos, Recife TECNOLOGIA DE SÊMEN E INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL EM CAPRINOS E OVINOS Semen processing and artificial insemination in goats and sheep Marciane

Leia mais

Avaliação in vitro do sêmen criopreservado de cães naturalmente infectados por Leishmania sp.

Avaliação in vitro do sêmen criopreservado de cães naturalmente infectados por Leishmania sp. Arq. Bras. Med. Vet. Zootec., v.68, n.3, p.651-657, 2016 Avaliação in vitro do sêmen criopreservado de cães naturalmente infectados por Leishmania sp. [In vitro evaluation of cryopreserved semen of dogs

Leia mais

INOVAÇÕES METODOLÓGICAS NA CONGELAÇÃO DE SÊMEN BOVINO

INOVAÇÕES METODOLÓGICAS NA CONGELAÇÃO DE SÊMEN BOVINO UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JULIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA CAMPUS DE BOTUCATU INOVAÇÕES METODOLÓGICAS NA CONGELAÇÃO DE SÊMEN BOVINO KARINA ALBERTI BOTUCATU SÃO

Leia mais

Termos para indexação: Integridade, acrossoma, DNA, estresse oxidativo, antioxidantes.

Termos para indexação: Integridade, acrossoma, DNA, estresse oxidativo, antioxidantes. 16 A.L.V.A. PEIXOTO et al. Artigo Científico EFEITO DO TEMPO DE INCUBAÇÃO PÓS-DESCONGELAÇÃO SOBRE A VIABILIDADE DE ESPERMATOZÓIDES OVINOS CRIOPRESERVADOS COM TRIS-GEMA SUPLEMENTADO COM VITAMINA C E TROLOX

Leia mais

Fertilidade após a inseminação artificial intracervical ou laparoscópica intra-uterina de ovelhas utilizando diluidores à base de água de coco

Fertilidade após a inseminação artificial intracervical ou laparoscópica intra-uterina de ovelhas utilizando diluidores à base de água de coco 43 Fertilidade após a inseminação artificial intracervical ou laparoscópica intra-uterina de ovelhas utilizando diluidores à base de água de coco Vanessa Porto MACHADO 1 José Ferreira NUNES 1 Airton Alencar

Leia mais

VITRIFICAÇÃO DE SÊMEN SUÍNO

VITRIFICAÇÃO DE SÊMEN SUÍNO I Mostra de Iniciação Científica I MIC 30/09 e 01/10 de 2011 Instituto Federal Catarinense Campus Concórdia Concórdia SC INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CAMPUS CONCÓRDIA MEDICINA VETERINÁRIA VITRIFICAÇÃO

Leia mais

VIABILIDADE DE ESPERMATOZÓIDES DE CÃES INCUBADOS A 37ºC POR UMA HORA, APÓS DILUIÇÃO EM TRIS-GEMA ACRESCIDO DE GLICEROL

VIABILIDADE DE ESPERMATOZÓIDES DE CÃES INCUBADOS A 37ºC POR UMA HORA, APÓS DILUIÇÃO EM TRIS-GEMA ACRESCIDO DE GLICEROL Ciência Animal,19(1):29-36,2009 VIABILIDADE DE ESPERMATOZÓIDES DE CÃES INCUBADOS A 37ºC POR UMA HORA, APÓS DILUIÇÃO EM TRIS-GEMA ACRESCIDO DE GLICEROL (Viability of dog sperm incubated at 37 C for 1 hour

Leia mais

Uso de testes complementares para avaliação do congelamento do sêmen de bodes submetidos ao manejo de fotoperíodo artificial*

Uso de testes complementares para avaliação do congelamento do sêmen de bodes submetidos ao manejo de fotoperíodo artificial* Revista Brasileira de Zootecnia ISSN impresso: 1516-3598 ISSN on-line: 1806-9290 www.sbz.org.br R. Bras. Zootec., v.35, n.5, p.1934-1942, 2006 Uso de testes complementares para avaliação do congelamento

Leia mais

Criopreservação do sêmen de búfalos (Bubalus bubalis) em diluidores contendo lipoproteínas de baixa densidade, em substituição a gema de ovo

Criopreservação do sêmen de búfalos (Bubalus bubalis) em diluidores contendo lipoproteínas de baixa densidade, em substituição a gema de ovo MAYARA FERREIRA BRITO Criopreservação do sêmen de búfalos (Bubalus bubalis) em diluidores contendo lipoproteínas de baixa densidade, em substituição a gema de ovo Dissertação apresentada à Universidade

Leia mais

CONGELAÇÃO DO SÊMEM CANINO COM UM DILUIDOR A BASE DE ÁGUA DE COCO ACRESCIDO DE GEMA DE OVO E GLICEROL

CONGELAÇÃO DO SÊMEM CANINO COM UM DILUIDOR A BASE DE ÁGUA DE COCO ACRESCIDO DE GEMA DE OVO E GLICEROL Ciência Animal 2000, 10(1):29-36 CONGELAÇÃO DO SÊMEM CANINO COM UM DILUIDOR A BASE DE ÁGUA DE COCO ACRESCIDO DE GEMA DE OVO E GLICEROL (Canine semen freezing using a egg yolk-glycerol-coconut water extender)

Leia mais

2. Como devo manusear o sêmen durante a sua retirada do botijão?

2. Como devo manusear o sêmen durante a sua retirada do botijão? CUIDADOS NO MANUSEIO DO SÊMEN CONGELADO O manuseio adequado do sêmen congelado é essencial para manter ótimos resultados nos programas de inseminação artificial, tanto no sêmen sexado como no sêmen convencional.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS TESE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS TESE UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Agrícola TESE Congelamento de sêmen suíno: estudo de crioprotetores intra e extracelulares, metodologias de congelamento e marcador

Leia mais

USO DE LIPOPROTEÍNAS DE BAIXA DENSIDADE E DE GEMA DE OVO NA PRESERVAÇÃO DO SÊMEN ASININO RESFRIADO A 6 o C*

USO DE LIPOPROTEÍNAS DE BAIXA DENSIDADE E DE GEMA DE OVO NA PRESERVAÇÃO DO SÊMEN ASININO RESFRIADO A 6 o C* USO DE LIPOPROTEÍNAS DE BAIXA DENSIDADE E DE GEMA DE OVO NA PRESERVAÇÃO DO SÊMEN ASININO RESFRIADO A 6 o C* Maria Isabel Vaz de Melo 1+, Yolanda de Fátima Resende 2, Elton Pavão Rezende 2, Paola Pereira

Leia mais

LEITE, et al. Rev. Bras. Eng. Pesca 6(2): 23:29, 2011 Artigo

LEITE, et al. Rev. Bras. Eng. Pesca 6(2): 23:29, 2011 Artigo CRIOPRESERVAÇÃO DE SÊMEN DE TAMBAQUI COM ACP ADICIONADO DE GEMA DE OVO Liliane Veras LEITE * ; Fátima de Cássia Evangelista de OLIVEIRA; Larissa Teixeira NUNES; José Ferreira NUNES; Carminda Sandra Brito

Leia mais

Célula Espermática: Projeto e desenvolvimento de objetos educacionais

Célula Espermática: Projeto e desenvolvimento de objetos educacionais Célula Espermática: Projeto e desenvolvimento de objetos educacionais Eneder Rosana Oberst - Faculdade de Veterinária Liane Margarida Rockenbach Tarouco - Pós-graduação em Informática da Educação Mary

Leia mais

AVALIAÇÃO DOS PARÂMETROS QUALITATIVOS DE DOSES INSEMINANTES SUÍNAS SUBMETIDAS A SEPARAÇÃO ESPERMÁTICA EM COLUNA DE LÃ DE VIDRO

AVALIAÇÃO DOS PARÂMETROS QUALITATIVOS DE DOSES INSEMINANTES SUÍNAS SUBMETIDAS A SEPARAÇÃO ESPERMÁTICA EM COLUNA DE LÃ DE VIDRO AVALIAÇÃO DOS PARÂMETROS QUALITATIVOS DE DOSES INSEMINANTES SUÍNAS SUBMETIDAS A SEPARAÇÃO ESPERMÁTICA EM COLUNA DE LÃ DE VIDRO Autores: João Luis dos SANTOS¹³, Lucio Pereira RAUBER², Lucas Dalle Laste

Leia mais

Taxa de concepção de cabras inseminadas com sêmen caprino resfriado a 5 o C, por 12 ou 24 horas, em meio diluidor à base de gema de ovo

Taxa de concepção de cabras inseminadas com sêmen caprino resfriado a 5 o C, por 12 ou 24 horas, em meio diluidor à base de gema de ovo Arq. Bras. Med. Vet. Zootec., v.61, n.1, p.66-71, 2009 Taxa de concepção de cabras inseminadas com sêmen caprino resfriado a 5 o C, por 12 ou 24 horas, em meio diluidor à base de gema de ovo [Conception

Leia mais

TERMORREGULAÇÃO TESTICULAR EM BOVINOS

TERMORREGULAÇÃO TESTICULAR EM BOVINOS Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Medicina Veterinária TERMORREGULAÇÃO TESTICULAR EM BOVINOS Mara Regina Bueno de M. Nascimento Mara Regina Bueno de M. Nascimento Profa. Adjunto III Jul./

Leia mais

Protocolo para congelamento e descongelamento do sêmen de tambaqui em macropalhetas

Protocolo para congelamento e descongelamento do sêmen de tambaqui em macropalhetas V Seminário de Iniciação Científica e Pós-Graduação da Embrapa Tabuleiros Costeiros 150 Protocolo para congelamento e descongelamento do sêmen de tambaqui em macropalhetas Vinicius Augusto Dias Filho 1,

Leia mais

Avaliação Espermática Pós-Descongelamento em Piracanjuba (Brycon orbignyanus, Vallenciennes, 1849)

Avaliação Espermática Pós-Descongelamento em Piracanjuba (Brycon orbignyanus, Vallenciennes, 1849) Avaliação Espermática Pós-Descongelamento em Piracanjuba (Brycon orbignyanus, Vallenciennes, 1849) Luis David Solis Murgas 1, Renan Toledo Franciscatto 2, Anna Graciela Oliveira Santos 3 RESUMO - O experimento

Leia mais

Efeito da unidade de resfriamento e conservação, do tempo de armazenamento e diluidor sobre as características do sêmen de cães

Efeito da unidade de resfriamento e conservação, do tempo de armazenamento e diluidor sobre as características do sêmen de cães 86 Efeito da unidade de resfriamento e conservação, do tempo de armazenamento e diluidor sobre as características do sêmen de cães Effect of the chilling sistems, time of conservation and extender on dog

Leia mais

RODRIGO ALONSO FORERO GONZALEZ

RODRIGO ALONSO FORERO GONZALEZ RODRIGO ALONSO FORERO GONZALEZ EFEITO DA CRIOPRESERVAÇÃO USANDO DIFERENTES TÉCNICAS DE CONGELAÇÃO E CRIOPROTETORES SOBRE PARÂMETROS ESPERMÁTICOS E A INTEGRIDADE DE MEMBRANAS DO ESPERMATOZÓIDE BOVINO Pirassununga

Leia mais

Coleta, Avaliação e Criopreservação de Sêmen

Coleta, Avaliação e Criopreservação de Sêmen Universidade Federal de Pelotas Graduação em Biotecnologias Manipulação de Gametas e Embriões 4ª Aula: Coleta, Avaliação e Criopreservação de Sêmen Priscila Marques Moura de Leon Doutoranda PPGB, Médica

Leia mais

JÚLIO CÉSAR OLIVEIRA DIAS ADIÇÃO DE RINGER LACTATO, CITRATO DE SÓDIO 2,92 % E SOLUÇÃO TRIS EM SÊMEN CAPRINO DESCONGELADO

JÚLIO CÉSAR OLIVEIRA DIAS ADIÇÃO DE RINGER LACTATO, CITRATO DE SÓDIO 2,92 % E SOLUÇÃO TRIS EM SÊMEN CAPRINO DESCONGELADO JÚLIO CÉSAR OLIVEIRA DIAS ADIÇÃO DE RINGER LACTATO, CITRATO DE SÓDIO 2,92 % E SOLUÇÃO TRIS EM SÊMEN CAPRINO DESCONGELADO Dissertação apresentada à Universidade Federal de Viçosa, como parte das exigências

Leia mais

Congelamento de sêmen e sua eficiência na inseminação artificial de cães Semen freezing and its efficiency in the artificial insemination in dog

Congelamento de sêmen e sua eficiência na inseminação artificial de cães Semen freezing and its efficiency in the artificial insemination in dog Rev. Bras. Reprod. Anim., Belo Horizonte, v.37, n.2, p.164-168, abr./jun. 2013. Disponível em www.cbra.org.br Congelamento de sêmen e sua eficiência na inseminação artificial de cães Semen freezing and

Leia mais

EFICIÊNCIA COMPARATIVA ENTRE DOIS DILUIDORES PARA A CONGELAÇÃO DE SÊMEN BOVINO SOBRE OS PADRÕES DE MOTILIDADE E INTEGRIDADE DE MEMBRANA PLASMÁTICA

EFICIÊNCIA COMPARATIVA ENTRE DOIS DILUIDORES PARA A CONGELAÇÃO DE SÊMEN BOVINO SOBRE OS PADRÕES DE MOTILIDADE E INTEGRIDADE DE MEMBRANA PLASMÁTICA ARS VETERINARIA, Jaboticabal, SP, Vol. 22, nº3, 229-235, 2006. ISSN 0102-6380 EFICIÊNCIA COMPARATIVA ENTRE DOIS DILUIDORES PARA A CONGELAÇÃO DE SÊMEN BOVINO SOBRE OS PADRÕES DE MOTILIDADE E INTEGRIDADE

Leia mais

MEIOS DE CONGELAÇÃO PARA CONSERVAÇÃO DE SÊMEN DE PEIXES DA FAMÍLIA CHARACIDAE. (Cryopreservation extenders for fishes sperm of Characidae family)

MEIOS DE CONGELAÇÃO PARA CONSERVAÇÃO DE SÊMEN DE PEIXES DA FAMÍLIA CHARACIDAE. (Cryopreservation extenders for fishes sperm of Characidae family) MEIOS DE CONGELAÇÃO PARA CONSERVAÇÃO DE SÊMEN DE PEIXES DA FAMÍLIA CHARACIDAE (Cryopreservation extenders for fishes sperm of Characidae family) Carminda Sandra Brito SALMITO-VANDERLEY 1* ; Marcelo José

Leia mais

CRISTINE MESSIAS ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DO SÊMEN DO CÃO APÓS DILUIÇÃO E RESFRIAMENTO

CRISTINE MESSIAS ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DO SÊMEN DO CÃO APÓS DILUIÇÃO E RESFRIAMENTO CRISTINE MESSIAS ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DO SÊMEN DO CÃO APÓS DILUIÇÃO E RESFRIAMENTO Dissertação apresentada como requisito para a obtenção do grau de Mestre no Curso de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias,Setor

Leia mais

MOTILIDADE Câmara de Makler

MOTILIDADE Câmara de Makler A Motilidade e a Motilidade Espermática Progressiva são realizadas por meio de vídeos neste programa. Não há item de ensaio. Para MOTILIDADE trata-se de dois casos retratados em dois vídeos, um obtido

Leia mais

ADIÇÃO DO COMPLEXO CICLODEXTRINA-COLESTEROL NA CRIOPRESERVAÇÃO DO SÊMEN CAPRINO

ADIÇÃO DO COMPLEXO CICLODEXTRINA-COLESTEROL NA CRIOPRESERVAÇÃO DO SÊMEN CAPRINO MADRIANO CHRISTILIS DA ROCHA SANTOS ADIÇÃO DO COMPLEXO CICLODEXTRINA-COLESTEROL NA CRIOPRESERVAÇÃO DO SÊMEN CAPRINO Tese apresentada à Universidade Federal de Viçosa, como parte das exigências do Programa

Leia mais

REFRIGERAÇÃO DE SÊMEN CANINO EM CAIXA TÉRMICA COMERCIAL

REFRIGERAÇÃO DE SÊMEN CANINO EM CAIXA TÉRMICA COMERCIAL UNIVERSIDADE DE FRANCA UNIFRAN REFRIGERAÇÃO DE SÊMEN CANINO EM CAIXA TÉRMICA COMERCIAL ORIENTADORA: Profa. Dra. Fabiana Ferreira de Souza PÓS-GRADUANDA: Samanta Maria Faleiros Corrêa Franca 2009 Livros

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA FACULDADE DE VETERINÁRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA FACULDADE DE VETERINÁRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA FACULDADE DE VETERINÁRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS EMMANUELLE LIMA DE FIGUEIRÊDO AVALIAÇÃO IN VITRO E IN

Leia mais

ÁGUA DE COCO ESTABILIZADA SUPLEMENTADA COM ANTIBIÓTICOS E ÁCIDO 3-INDOL ACÉTICO NA CONSERVAÇÃO DE SÊMEN DE CAPRINOS MAROTA

ÁGUA DE COCO ESTABILIZADA SUPLEMENTADA COM ANTIBIÓTICOS E ÁCIDO 3-INDOL ACÉTICO NA CONSERVAÇÃO DE SÊMEN DE CAPRINOS MAROTA Ciência Animal 1999, 9(1):37-42 ÁGUA DE COCO ESTABILIZADA SUPLEMENTADA COM ANTIBIÓTICOS E ÁCIDO 3-INDOL ACÉTICO NA CONSERVAÇÃO DE SÊMEN DE CAPRINOS MAROTA (Estabilized coconut water added of antibiotics

Leia mais

Prof. José Antonio Ribas

Prof. José Antonio Ribas 1 CRIOPRESERVAÇÃO DE SÊMEN E INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL EM EQUINOS Prof. José Antonio Ribas 2 INTRODUÇÃO Viabilidade da criação de cavalos = sucesso na reprodução Industria do cavalo - movimenta cerca de R$

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE VETERINÁRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE VETERINÁRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE VETERINÁRIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS A CONCENTRAÇÃO, A COMPOSIÇÃO E A QUALIDADE DO PLASMA SEMINAL NA PRESERVAÇÃO DO SÊMEN

Leia mais

FERRAMENTA PARA A AVALIAÇÃO DA MOTILIDADE E DETECÇÃO DA TRAJETÓRIA DE ESPERMATOZÓIDES BOVINOS

FERRAMENTA PARA A AVALIAÇÃO DA MOTILIDADE E DETECÇÃO DA TRAJETÓRIA DE ESPERMATOZÓIDES BOVINOS RESUMO FERRAMENTA PARA A AVALIAÇÃO DA MOTILIDADE E DETECÇÃO DA TRAJETÓRIA DE ESPERMATOZÓIDES BOVINOS Felipe A. Cardoso Pazinatto Departamento de Computação Universidade Federal de São Carlos Rodovia Washington

Leia mais

Inseminação artificial intra-uterina em leitoas com sêmen criopreservado com dimetilacetamida e glicerol

Inseminação artificial intra-uterina em leitoas com sêmen criopreservado com dimetilacetamida e glicerol Ciência 1978 Rural, Santa Maria, v.38, n.7, p.1978-1983, out, 2008 Bianchi et al. ISSN 0103-8478 Inseminação artificial intra-uterina em leitoas com sêmen criopreservado com dimetilacetamida e glicerol

Leia mais

Teste de avaliação in vitro e criopreservação do sêmen de cão utilizando diferentes diluidores

Teste de avaliação in vitro e criopreservação do sêmen de cão utilizando diferentes diluidores 102 http://dx.doi.org/10.4322/rbcv.2015.239 Teste de avaliação in vitro e criopreservação do sêmen de cão utilizando diferentes diluidores In vitro evaluation test and dog semen's freeze with different

Leia mais

Ciência Rural ISSN: 0103-8478 cienciarural@mail.ufsm.br Universidade Federal de Santa Maria Brasil

Ciência Rural ISSN: 0103-8478 cienciarural@mail.ufsm.br Universidade Federal de Santa Maria Brasil Ciência Rural ISSN: 0103-8478 cienciarural@mail.ufsm.br Universidade Federal de Santa Maria Brasil de Melo Costa, Priscila; Martins, Carlos Frederico; de Oliveira Franco, Vanessa; Fonseca Rezende, Luiz

Leia mais

USO DO EXTRATO LÍQUIDO DE MELANCIA (Citrullus lanatus) NA CRIOPRESERVAÇÃO DE SÊMEN DE TOUROS DA RAÇA NELORE

USO DO EXTRATO LÍQUIDO DE MELANCIA (Citrullus lanatus) NA CRIOPRESERVAÇÃO DE SÊMEN DE TOUROS DA RAÇA NELORE ERICK FONSECA DE CASTILHO USO DO EXTRATO LÍQUIDO DE MELANCIA (Citrullus lanatus) NA CRIOPRESERVAÇÃO DE SÊMEN DE TOUROS DA RAÇA NELORE Tese apresentada à Universidade Federal de Viçosa, como parte das exigências

Leia mais

Comunicado Técnico. Introdução

Comunicado Técnico. Introdução Comunicado Técnico 151 ISSN 1517-1469 Planaltina, DF Novembro, 2008 Foto: Gustavo Porpino Recuperação e Criopreservação de Espermatozóides do Epidídimo de Bovinos Mortos para Uso na Inseminação Artificial

Leia mais

Atualização em manejos e nutrição de cachaços. Izabel Regina Muniz Médica Veterinária Gerente Nacional de Suinocultura Poli Nutri Alimentos

Atualização em manejos e nutrição de cachaços. Izabel Regina Muniz Médica Veterinária Gerente Nacional de Suinocultura Poli Nutri Alimentos Atualização em manejos e nutrição de cachaços Izabel Regina Muniz Médica Veterinária Gerente Nacional de Suinocultura Poli Nutri Alimentos Introdução Otimizar a qualidade do ejaculado e a possibilidade

Leia mais

PRODUÇÃO DE SÊMEN DE TOUROS MESTIÇOS BOS TAURUS/BOS INDICUS 1. EFEITOS DA FRAÇÃO GENÉTICA DE BOS TAURUS 1

PRODUÇÃO DE SÊMEN DE TOUROS MESTIÇOS BOS TAURUS/BOS INDICUS 1. EFEITOS DA FRAÇÃO GENÉTICA DE BOS TAURUS 1 Código 0104 PRODUÇÃO DE SÊMEN DE TOUROS MESTIÇOS BOS TAURUS/BOS INDICUS 1. EFEITOS DA FRAÇÃO GENÉTICA DE BOS TAURUS 1 CRISTINA PENA DE ABREU 2, PEDRO FRANKLIN BARBOSA 3, FERNANDO ENRIQUE MADALENA 4, ROGÉRIO

Leia mais

Uso de própolis e ácido ascórbico na criopreservação do sêmen caprino. Use of propolis and ascorbic acid on goat semen cryopreservation

Uso de própolis e ácido ascórbico na criopreservação do sêmen caprino. Use of propolis and ascorbic acid on goat semen cryopreservation Revista Brasileira de Zootecnia ISSN 1516-3598 (impresso) ISSN 1806-9290 (on-line) www.sbz.org.br R. Bras. Zootec., v.38, n.12, p.2335-2345, 2009 Uso de própolis e ácido ascórbico na criopreservação do

Leia mais

AVALIAÇÃO DA INTEGRIDADE DA MEMBRANA PLASMÁTICA E CROMATINA NO SÊMEN BOVINO CONGELADO

AVALIAÇÃO DA INTEGRIDADE DA MEMBRANA PLASMÁTICA E CROMATINA NO SÊMEN BOVINO CONGELADO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL PROGRAMA MESTRADO EM CIÊNCIA ANIMAL AVALIAÇÃO DA INTEGRIDADE DA MEMBRANA PLASMÁTICA E CROMATINA NO SÊMEN BOVINO CONGELADO ASSESSMENT OF SPERM PLASMA MEMBRANE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA NÍVEL MESTRADO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA NÍVEL MESTRADO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA NÍVEL MESTRADO ÁREA DE CONCENTRAÇÃO CLÍNICA ODONTOLÓGICA - PERIODONTIA Linha de pesquisa: Epidemiologia,

Leia mais

CRIOPRESERVAÇÂO DE SÊMEN CANINO UTILIZANDO DIFERENTES MEIOS DE CONSERVAÇÃO

CRIOPRESERVAÇÂO DE SÊMEN CANINO UTILIZANDO DIFERENTES MEIOS DE CONSERVAÇÃO JOSÉLI MARIA BÜCHELE CRIOPRESERVAÇÂO DE SÊMEN CANINO UTILIZANDO DIFERENTES MEIOS DE CONSERVAÇÃO Dissertação apresentada como requisito parcial à obtenção do grau de Mestre em Ciências Veterinárias, Curso

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ RODRIGO VASCONCELOS DE OLIVEIRA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ RODRIGO VASCONCELOS DE OLIVEIRA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ RODRIGO VASCONCELOS DE OLIVEIRA Efeito de meios de re-diluição pós-descongelação sobre a cinética e morfologia de espermatozóides caprinos congelados em meio à base de água

Leia mais

Fertilização de Ovócitos de Tambaqui com Sêmen in Natura

Fertilização de Ovócitos de Tambaqui com Sêmen in Natura III Seminário de Iniciação Científica e Pós-Graduação da Embrapa Tabuleiros Costeiros 209 Fertilização de Ovócitos de Tambaqui com Sêmen in Natura Allisson Fabiano Silva Ferro¹; Giselle Santana Barreto

Leia mais

a) Espermograma de alta magnificação:

a) Espermograma de alta magnificação: Novos exames avaliam a fertilidade masculina Infelizmente, ainda existe uma tendência de as pessoas culparem as mulheres por não conseguirem a concepção naturalmente; por seus óvulos problemáticos, seu

Leia mais

CRIOPRESERVAÇÃO DO SÊMEN DE CÃES

CRIOPRESERVAÇÃO DO SÊMEN DE CÃES Dedicatória UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA CAMPUS DE BOTUCATU ISABEL CANDIA NUNES DA CUNHA CRIOPRESERVAÇÃO DO SÊMEN DE CÃES BOTUCATU

Leia mais