Integração de Dados Plataforma Hub Magento E-Commerce

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Integração de Dados Plataforma Hub Magento E-Commerce"

Transcrição

1 Integração de Dados Plataforma Hub Magento E-Commerce Facilitando Negócios Conectando softwares com Magento Plataforma de E-Commerce

2 Integração de Dados Plataforma Hub Magento E-Commerce Este documento descreve a integração de um aplicativo de E- Commerce baseado na Plataforma Magento com um software de gestão ERP (Enterprise Resource Planning), detalhando um caso de uso de venda para explicar o funcionamento da integração entre o Magento e o ERP através da Plataforma Hub. Conteúdo Situação e desafio... 3 Solução... 4 Como funciona a integração?... 5 Benefícios e Funcionalidades... 7 Quais informações podem ser integradas? Faça parte da Plataforma Hub utilizando a atual interface de integração dos seus aplicativos Contato

3 Situação e desafio Este documento descreve a integração de um aplicativo de E-Commerce baseado na Plataforma Magento com um aplicativo ERP (Enterprise Resource Planning), descrevendo um caso de uso de venda para explicar o funcionamento da integração entre o Magento e a Plataforma Hub. Ao passo que o aplicativo de E-Commerce se utiliza de Web-Services para integração; o aplicativo ERP realiza integrações com base em Arquivos de Texto no padrão EDI EDIFACT, recebendo e enviando dados através de um FTP. Além disso, um detalhe do processo de negócio é que o gerente do departamento de vendas deve receber o mesmo arquivo de texto por quando o valor da venda feita no E-Commerce estiver acima de um certo valor condição que classifica a venda como de grande porte. FTP Web-Service E-Commerce ERP Enquanto o aplicativo E-Commerce é executado em um servidor web e realiza chamadas web-service para integração; o aplicativo ERP é executado em um ambiente Windows e efetua suas integrações através de arquivos TXT no formato EDIFACT através de um FTP autenticado. Esta integração reflete a necessidade pela agilidade do processamento e gerenciamento das vendas efetuadas através do aplicativo de E-Commerce. Sabendo que os responsáveis pelo departamento de vendas utilizam o ERP para efetuar a gestão da empresa, e também dispositivos móveis conectados em para casos emergenciais de aprovação de determinadas vendas (como as de grande porte ), a definição do processo como citada traz um diferencial estratégico para a empresa. Após estudar e determinar que o melhor processo é a troca de arquivos e notificação por , além de manter o aplicativo de E-Commerce desacoplado do software ERP, e evitar a modificação do software ERP para que o gerente de vendas seja notificado via em vendas de grande porte, a empresa encontrou a Plataforma Hub como um meio efetivo de conduzir este processo. 3

4 Solução A execução da integração com a Plataforma Hub, descrita neste modelo, é iniciada após a confirmação da venda pelo aplicativo E-Commerce, que grava os dados da venda no banco de dados próprio. A Plataforma Hub faz a busca de dados através de Web Services ao E-Commerce, a cada determinado período de tempo préconfigurado, buscando registros de dados novos ou atualizados no formato XML. Após a análise e tradução dos dados em XML, a Plataforma Hub realiza a tradução dos dados da estrutura XML para a estrutura do padrão EDI EDIFACT; e finalmente gera o arquivo de texto para o ERP. Ao término desta tradução, o aplicativo da Plataforma Hub copia o arquivo gerado para o diretório do FTP responsável pelo armazenamento. Este diretório de FTP é monitorado pelo software ERP, de onde os arquivos serão importados para processamento. Web-Service FTP E-Commerce ERP (1) O E-Commerce recebe a confirmação de uma venda, e dispara uma chamada a um web-service avisando sobre aquela venda. (2) A Plataforma Hub é notificada desta chamada, recebe, analisa e traduz os dados para um arquivo no formato EDIFACT. (3) Este arquivo é enviado para um FTP autenticado por usuário e senha, monitorado pelo aplicativo ERP. (4) Conforme regra específica, caso o valor da venda ultrapasse determinado valor, um é disparado para o gerente de vendas contendo o arquivo de texto no formato EDIFACT. Uma das propriedades vistas neste modelo é que a integração ocorre de forma assíncrona. Esta forma permite que exista um processo do lado do aplicativo ERP responsável por iniciar a importação de dados (até mesmo manualmente), evitando processamentos constantes de monitoramento, e funcionando até mesmo em casos onde o software de gestão está inativo. 4

5 Como funciona a integração? A integração com a plataforma Magento é realizada através das APIs padrões disponibilizadas e habilitadas no próprio Magento. A configuração de tais APIs é feita por um usuário administrador, que deve seguir simplesmente três passos dentro da plataforma Magento: Criar uma Role (papel ou perfil de usuário); Criar um Usuário; e configurar um detalhe técnico de esquema das mensagens de integração, o WS-I Compliance. 1. Criação da Role 2. Criação do Usuário 5

6 3. Configuração do WS-I Compliance Através da disponibilização do usuário criado na plataforma Magento, juntamente com uma chave de acesso gerada, a Plataforma Hub faz leituras a cada certo período de tempo pré-configurado, buscando dados criados no e-commerce, como novos clientes, endereços e principalmente vendas. De forma inversa, o aplicativo que deseja se integrar com aquele e-commerce gera dados como produtos (incluindo imagens), estoque, grupos, em seu próprio formato, e a Plataforma Hub busca, converte e envia para o Magento, criando tais registros. Assim, para uma integração com um e-commerce que utiliza a plataforma Magento, é necessário apenas criar uma Role, um Usuário, ajustar um detalhe de configuração, e então trabalhar nas configurações relativas ao software da outra extremidade. 6

7 Benefícios e Funcionalidades A Plataforma Hub fornece muito mais do que integrar diferentes formatos de dados entre diversos aplicativos de negócio, e interconectar as empresas presentes na rede. Veja algumas funcionalidades poderosas aliadas ao uso da plataforma: Alertas de falhas: O serviço realiza monitoramento em tempo real, e, em caso de algum erro de tradução, relata as falhas através de s de alerta para as pessoas responsáveis. Em casos de integração crítica, os responsáveis pela integração são informados no momento que o erro ocorreu, podendo tomar providências efetivas e em tempo hábil. A Plataforma Hub informa a quantas pessoas forem necessárias através de caso algum problema ocorra. Relatórios de transações: Verifique as transações realizadas durante determinado período, mensagens enviadas e recebidas, gerenciando a troca de dados de cada aplicativo integrado. Cada mensagem enviada tem todo o seu processamento registrado em logs, permitindo posterior análise e auditoria. Através de relatórios pré-definidos, é possível analisar mensagens enviadas e recebidas, data e hora, emitente, destinatário, além de outros dados, gerenciando os processos de troca de dados de cada aplicativo integrado. Confirmação funcional: Suporta geração automática e reconciliação de confirmações funcionais. É possível utilizar-se de mensagens de confirmação proprietárias. Uma confirmação positiva certifica ambos os parceiros que a mensagem está com a sintaxe correta. Uma confirmação negativa especifica onde o erro de sintaxe ocorreu na mensagem, alertando o emissor para tomar as ações corretivas. Checagem de mensagens duplicadas: Mensagens são examinadas por duplicidade contra mensagens anteriores baseado em um número de critérios, como números de controle, emissor, receptor, tipo de mensagem, data, e com a opção de usar chaves identificadoras. Mensagens duplicadas não são encaminhadas para o seu destino. O usuário é certificado que seu aplicativo de negócio não está recebendo mensagens duplicadas, evitando a necessidade de realizar esta checagem de duplicidade no aplicativo de negócio. Mapeamento de mensagens com diferentes hierarquias A hierarquia da mensagem na sua interface de aplicação pode ser diferente da que seu parceiro possui, incluindo casos onde: 7

8 a) Uma mensagem tem uma hierarquia de segmentos mestre-detalhe, enquanto a outra mensagem possui todos os registros mestres primeiro, seguidos dos registros detalhes. b) Um segmento em uma mensagem precisa ser mapeado para dois ou mais segmentos na outra mensagem. c) Um campo que ocorre apenas uma vez em uma mensagem pode precisar ser mapeado repetidamente para toda linha de item na outra mensagem, etc. A Plataforma Hub permite mapear segmentos apropriadamente em cabeçalhos, detalhes e totalizadores, incluindo mapeamento de segmentos de diferentes níveis nas mensagens de entrada e saída. Mapeamento de campos possuindo atributos diferentes A Plataforma Hub mapeia campos, na qual diferem em atributos como tamanhos mínimo e máximo, tipos de dados (um pode ser alfanumérico, por exemplo, enquanto outro pode ser numérico), formato de dados (um pode ser campo de tamanho fixo com espaço a esquerda, enquanto outro pode ser tamanho variável), padrões de dados (um formato de data pode ser yyyymmdd, enquanto outro pode ser ddmmyyyy), etc. Mapeamento de valores fixos A Plataforma Hub pode mapear campos de valores fixos na mensagem de saída para a qual não há campo disponível correspondente para mapeamento na mensagem de origem. Diferentes valores fixos podem também ser mapeados para campos na mensagem de saída baseado em valores de dados (incluindo valores em branco) nos campos correspondentes da mensagem de origem. Mapeamento de valores de referência cruzada A Plataforma Hub pode mapear campos que necessitam que os dados sejam referenciados em diferentes valores durante entrada e saída de traduções. Estes mapas são comuns quando há o mapeamento de códigos de produtos e números de peças, que podem ser diferentes para cada parceiro comercial. Mapeamento baseado em condições ou situações não usuais A Plataforma Hub tem a habilidade de mapear campos baseados em condições complexas na mensagem de origem: Se esta situação ocorre na mensagem de origem então mapeia os seguintes campos na mensagem de destino usando o seguinte critério de mapeamento. A maioria dos mapas baseados em situação podem ser criados usando uma diretiva simples baseada em qualificadores, na qual se usa funções como arrastar e soltar e apontar e clicar, necessitando de muito pouco esforço para o mapeamento. Outras, que são mais complexas, podem ser criadas 8

9 usando expressões de livre contexto baseadas em mapeamento (mapas semânticos) com um pouco mais de esforço para realização do mapeamento. Mapeamento de semânticas diferentes A Plataforma Hub tem a habilidade de mapear mensagens que diferenciam a semântica de informações, onde uma unidade de informação (como Comprador e Número de Telefone do Transportador, Número de Celular, Número de Fax, etc) está contido em dois ou mais campos, fazendo uso de valores únicos para distinguir a semântica. Cálculo de mapeamento de um resultado A Plataforma Hub pode executar cálculos de múltiplos campos como quantidade e preço unitário na mensagem de origem, e mapear o resultado em um único campo total na mensagem de saída. Confiabilidade de Dados A Plataforma Hub analisa as mensagens de seu aplicativo e o de seu parceiro compreensivamente para garantir a integridade de sintaxe, requisitos sintáticos, requisitos de balanceamento de dados, requisitos situacionais, validação de dados contra conjuntos de dados externos, requisitos de validação específicos do parceiro, etc. O usuário é então certificado que suas mensagens, enviadas ou recebidas, estão livres de erros. Roteamento de mensagens A Plataforma Hub possui uma excelente capacidade de roteamento permitindo que mensagens sejam roteadas de vários parceiros para qualquer um de seus aplicativos. A Plataforma Hub usa uma combinação de informação de Emissor, informação de Receptor e tipo de mensagem para fornecer várias opções de roteamento de mensagens. Cada relacionamento com parceiro pode rotear mensagens de forma diferente. Notas e comentários de mapeamento A Plataforma Hub permite concatenar ou combinar campos como notas e comentários, na qual ocorrem múltiplas instâncias do mesmo segmento em mensagens X12 e EDIFACT, e mapeá-las em um campo da mensagem de aplicação. Também permite fazer o inverso, por exemplo, dividindo um campo para mapeá-lo em múltiplas instâncias do mesmo segmento. 9

10 Quais informações podem ser integradas? A integração com a Plataforma Magento de E-Commerce permite a integração dos seguintes conjuntos de informação: 1. Produtos 2. Preços 3. Estoques 4. Vendas 5. Clientes 6. Endereços 7. Nota Fiscal / Invoice 8. Entregas É possível realizar a integração com módulos customizados, entretanto este processo depende da disponibilização do módulo e web service de consumo por parte do mantenedor da customização em questão na Plataforma Magento. Faça parte da Plataforma Hub utilizando a atual interface de integração dos seus aplicativos A Plataforma Hub permite que o seu aplicativo comercial seja integrado com os demais aplicativos presentes na rede sem a necessidade de qualquer modificação através de programação. Se o seu aplicativo já possui uma interface de integração (como arquivos de texto, ou até banco de dados, por exemplo), é preciso apenas inserir os formatos de dados na plataforma e começar a utilizar. Uma vez disponibilizados os formatos de dados do aplicativo para integração, já é possível realizar a integração com softwares já presentes na plataforma, como o Magento, trocando dados de forma transparente. A possibilidade de integração de qualquer para qualquer formato e através de diferentes meios de comunicação faz com que a Plataforma Hub conecte aplicativos rapidamente. Assim, a Plataforma Hub fornece o melhor custo benefício para pequenas e médias empresas quando integrando aplicativos internos e parceiros de negócio, facilitando negócios, e também considerando os objetivos de longo prazo das empresas conectadas. 10

11 Contato A Hub2b é uma empresa de Tecnologia da Informação, situada em Chapecó - SC - Brasil, em conexão direta com Nagpur - Índia, fundada no ano de Atua na área de B2B (Business to Business), especificamente com Integração de Dados, com o objetivo de conectar empresas e facilitar negócios através de software. Importando tecnologia e know-how da Índia, traz mais de 15 anos de experiência na área de EDI (Troca Eletrônica de Dados ou Electronic Data Interchange), e excelentes produtos. Skype Telefone sergiovenicius ricksponchi (49) (49)

INDICE 3.APLICAÇÕES QUE PODEM SER DESENVOLVIDAS COM O USO DO SAXES

INDICE 3.APLICAÇÕES QUE PODEM SER DESENVOLVIDAS COM O USO DO SAXES w w w. i d e a l o g i c. c o m. b r INDICE 1.APRESENTAÇÃO 2.ESPECIFICAÇÃO DOS RECURSOS DO SOFTWARE SAXES 2.1. Funcionalidades comuns a outras ferramentas similares 2.2. Funcionalidades próprias do software

Leia mais

ESTE DOCUMENTO APRESENTA UMA VISÃO GERAL SOBRE A SOLUÇÃO NFC-e DA NDD

ESTE DOCUMENTO APRESENTA UMA VISÃO GERAL SOBRE A SOLUÇÃO NFC-e DA NDD NFC-e ESTE DOCUMENTO APRESENTA UMA VISÃO GERAL SOBRE A SOLUÇÃO NFC-e DA NDD NECESSIDADE PERCEBIDA As empresas possuem a necessidade de adequação quanto ao projeto de nível nacional, o qual tem o objetivo

Leia mais

2.0.0.X. Storage Client. TecnoSpeed. Tecnologia da Informação. Manual do Storage Client

2.0.0.X. Storage Client. TecnoSpeed. Tecnologia da Informação. Manual do Storage Client 2.0.0.X TecnoSpeed Tecnologia da Informação Storage Client Manual do Storage Client 1 Conteúdo 1. Apresentação... 3 1.1. Apresentação do Produto... 3 1.2. Sobre este Manual... 3 2. Sobre o Storage Client...

Leia mais

SAP NFE 10.0 Automação das Entradas B2B SAP Invoice Management

SAP NFE 10.0 Automação das Entradas B2B SAP Invoice Management SAP NFE 10.0 Automação das Entradas B2B SAP Invoice Management SAP FORUM 2013 Bruno Ogusuko Gerente de Desenvolvimento de Negócios SPED/NFE Bruno Renzo Gerente de Produto TMF/NFE Cenário Fiscal atual Fisco

Leia mais

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual Aplicativo da Manifestação do Destinatário Manual Novembro de 2012 1 Sumário 1 Aplicativo de Manifestação do Destinatário...4 2 Iniciando o aplicativo...4 3 Menus...5 3.1 Manifestação Destinatário...5

Leia mais

Mercado Eletrônico Instalação e Atualização MEConnect2

Mercado Eletrônico Instalação e Atualização MEConnect2 Manual de Usuário da Plataforma de compras do Grupo José de Mello - Mercado Eletrônico Instalação e Atualização MEConnect2 1 Índice 1. Introdução... 3 2. Visão Geral... 3 3. Instalação e Atualização...

Leia mais

Guia de Utilização FControl - Área do Lojista - (Administrador / Manager)

Guia de Utilização FControl - Área do Lojista - (Administrador / Manager) - - (Administrador / Manager) Índice 1. Introdução... 03 2. Acessando a... 03 2.1 Problemas com acesso... 03 3. Menu... 04 4. Dados Cadastrais... 04 5. Configurações... 05 5.1 Homologação... 05 5.2 Comentários

Leia mais

inux Sistemas Ltda. MANUAL DO USUÁRIO www.inux.com.br

inux Sistemas Ltda. MANUAL DO USUÁRIO www.inux.com.br 2013 inux Sistemas Ltda. s MANUAL DO USUÁRIO www.inux.com.br Sumário 1 Introdução... 2 2 Visão Geral do Sistema... 2 3 Tela de Configuração... 3 4 Tela de Mensagens... 5 5 Tela de Importação... 8 6 Tela

Leia mais

Integração Eletrônica de Dados

Integração Eletrônica de Dados 8QL:HE(', Integração Eletrônica de Dados Agilidade, transparência e credibilidade nos processos, entre parceiros de negócios, são fatores diferenciais fornecidos pela integração entre sistemas de informação.

Leia mais

Mostrar área de trabalho.scf. Manual do Produto EDI.

Mostrar área de trabalho.scf. Manual do Produto EDI. Mostrar área de trabalho.scf Manual do Produto EDI. ÍNDICE MANUAL DO PRODUTO EDI....3 1. O QUE É O EDI?...3 1.1. VANTAGENS... 3 1.2. FUNCIONAMENTO... 3 1.3. CONFIGURAÇÃO NECESSÁRIA... 3 2. UTILIZANDO O

Leia mais

A L ERT. Para uma Iniciação Rápida com o

A L ERT. Para uma Iniciação Rápida com o A L ERT Para uma Iniciação Rápida com o I NSTA L AÇ Ã O Para iniciar a instalação da Solução Micromedia, insira CD-ROM de instalação no leitor de CDs do PC. Se a instalação não iniciar automaticamente

Leia mais

Bem-vindo à apresentação do SAP Business One.

Bem-vindo à apresentação do SAP Business One. Bem-vindo à apresentação do SAP Business One. Neste tópico, responderemos à pergunta: O que é o Business One? Definiremos o SAP Business One e discutiremos as opções e as plataformas disponíveis para executar

Leia mais

CA Nimsoft Monitor para servidores

CA Nimsoft Monitor para servidores DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA Setembro de 2012 CA Nimsoft Monitor para servidores agility made possible CA Nimsoft para monitoramento de servidores sumário CA Nimsoft Monitor para servidores 3 visão geral da solução

Leia mais

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange Versão: 4.1 Service pack: 4B SWD-313211-0911044452-012 Conteúdo 1 Gerenciando contas de usuários... 7 Adicionar uma conta de usuário... 7 Adicionar

Leia mais

Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People.

Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People. Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People. O SoftExpert BPM Suite é uma suíte abrangente de módulos e componentes perfeitamente integrados, projetados para gerenciar todo o ciclo de

Leia mais

EDI Definição, funcionamento Benefícios Categorias de EDI Pontos chaves (EDI/ XML) XML (Extensible Markup Language) HTML e XML

EDI Definição, funcionamento Benefícios Categorias de EDI Pontos chaves (EDI/ XML) XML (Extensible Markup Language) HTML e XML Tecnologia da Administração O que veremos? EDI Definição, funcionamento Benefícios Categorias de EDI Pontos chaves (EDI/ XML) XML (Extensible Markup Language) HTML e XML Sintaxe Edifact (ONU) EDI For Administration

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gerenciador de NFe Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário da Apostila Informações Básicas Primeira Utilização: Os Módulos do Gerenciador de NFe: Como funciona o Sistema? Diagrama

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1. COLABORAÇÃO NAS EMPRESAS Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar a colaborar, comunicando idéias, compartilhando

Leia mais

MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA

MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA MARKANTY INFORMÁTICA Sistemas para Automação Comercial Gestão Empresarial e Fábrica de Software (Específicos) Princípios de nossos Profissionais:

Leia mais

Manual de Administração

Manual de Administração Manual de Administração Produto: n-server Versão: 4.9 Versão do Doc.: 1.0 Autor: Glauber Luiz Dias Barbara Data: 22/07/2011 Aplica-se à: Clientes e Revendas Alterado por: Release Note: Detalhamento de

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais

2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais 2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais 2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a

Leia mais

EDI ELETRONIC DATA INTERCHANGE

EDI ELETRONIC DATA INTERCHANGE EDI ELETRONIC DATA INTERCHANGE Definição Intercâmbio eletrônico de mensagens de negócio através de computadores, entre parceiros comerciais. As informações são, normalmente, organizadas dentro de arquivos

Leia mais

Utilizando o correio eletrônico da UFJF com Thunderbird e IMAP

Utilizando o correio eletrônico da UFJF com Thunderbird e IMAP Utilizando o correio eletrônico da UFJF com Thunderbird e IMAP O cliente de e-mail web utilizado pela UFJF é um projeto OpenSource que não é desenvolvido pela universidade. Por isso, pode ocorrer que alguns

Leia mais

NFS-e AGL Versão X.X.0.26

NFS-e AGL Versão X.X.0.26 NFS-e AGL Versão X.X.0.26 Manual de Instalação e Demonstração AGL Sistemas Corporativos Add-on responsável pela integração do SAP Business One e diversas prefeituras para emissão de notas fiscais de serviços

Leia mais

Manual de Transferência de Arquivos

Manual de Transferência de Arquivos O Manual de Transferência de Arquivos apresenta a ferramenta WebEDI que será utilizada entre FGC/IMS e as Instituições Financeiras para troca de arquivos. Manual de Transferência de Arquivos WebEDI Versão

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Administração dos Portais

2015 GVDASA Sistemas Administração dos Portais 2015 GVDASA Sistemas Administração dos Portais AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta

Leia mais

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes)

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) 1. Sobre o Microsoft Dynamics CRM - O Microsoft Dynamics CRM permite criar e manter facilmente uma visão clara dos clientes,

Leia mais

Integração Datasul x TOTVS Colaboração Compras e Vendas

Integração Datasul x TOTVS Colaboração Compras e Vendas Integração Datasul x TOTVS Colaboração Compras e Vendas Maio/2014 Sumário 1. Contexto de Negócio (Introdução)... 3 2. Sistemas Envolvidos... 4 3. Integração... 5 4. Escopo... 5 5. Pré-requisitos Instalação/Implantação/Utilização...

Leia mais

Script de Configuração dos E-mails @SEE (Webmail /Outlook Express)

Script de Configuração dos E-mails @SEE (Webmail /Outlook Express) Script de Configuração dos E-mails @SEE (Webmail /Outlook Express) A Secretaria de Estado da Educação está disponibilizando uma nova ferramenta para acesso ao e-mail @see. Essa nova ferramenta permitirá

Leia mais

ELIMINE Custos em horas de programação dedicadas a relatórios

ELIMINE Custos em horas de programação dedicadas a relatórios PROCESSOS OPTIMIZADOS SOLUÇÕES PERFECTAS Qbit S.A. SE ESPECIALIZA NA MODELIZAÇÃO DE PROCESSOS E NO DESENVOLVIMENTO E IMPLEMENTAÇÃO DE SISTEMAS Processamento de informes. Desenho de Layout. Impresão, cópia

Leia mais

EAI Manual do Administrador

EAI Manual do Administrador EAI Manual do Administrador 1 Definição de Host Application O que é um Host Application? Significa Aplicativo Hospedeiro, é o nome dado ao ambiente EAI que estará executando no seu computador ou em um

Leia mais

O que são DNS, SMTP e SNM

O que são DNS, SMTP e SNM O que são DNS, SMTP e SNM O DNS (Domain Name System) e um esquema de gerenciamento de nomes, hierárquico e distribuído. O DNS define a sintaxe dos nomes usados na Internet, regras para delegação de autoridade

Leia mais

Ficha Técnica Xenos Developer Studio

Ficha Técnica Xenos Developer Studio Xenos Developer Studio Ficha Técnica Xenos Developer Studio Xenos Developer Studio Soluções de Enterprise Output Management que reduz custos associados à impressão tradicional, ao mesmo tempo em que facilita

Leia mais

Novidades do SolidWorks Enterprise PDM 2009

Novidades do SolidWorks Enterprise PDM 2009 Novidades do SolidWorks Enterprise PDM 2009 Conteúdo Comunicados...4 1 Novidades para os usuários...5 Listas de materiais...5 BOMs do SolidWorks...5 Listas de corte e BOMs de soldagem...5 Número de peça

Leia mais

Aplicabilidade: visão geral

Aplicabilidade: visão geral CURSO BÁSICO SAXES 2 Aplicabilidade: visão geral BI Comércio Indústria nf-e Serviços Software house Enterprise Business Bus Banco financeiro Instituição Sindicato ERP html Casos 3 6 Customização: importação

Leia mais

Manual de Integração. ERP x Aplicação Têxtil

Manual de Integração. ERP x Aplicação Têxtil Sumário 1... 3 1.1 Introdução Integração ERP x APL... 3 1.2 Pré-requisitos para a Integração... 4 2 Materiais... 5 2.1 Processos Fechamento... 5 2.2 Importa Movimento de Estoque... 8 2.3 Envio Movimento

Leia mais

e-nota E Módulo de Entrega da Nota

e-nota E Módulo de Entrega da Nota Página1 e-nota E Módulo de Entrega da Nota Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. Safeweb e-nota E... 03 2. O que é XML... 04 3. Acesso e-nota E... 05 4. Gerenciamento

Leia mais

Integração TOTVS Colaboração 2.0 Recepção NFS-e - Datasul

Integração TOTVS Colaboração 2.0 Recepção NFS-e - Datasul Integração TOTVS Colaboração 2.0 Recepção NFS-e - Datasul Setembro/2014 Sumário 1. Contexto de negócio (Introdução)... 3 2. Objetivos do projeto TOTVS Colaboração 2.0... 3 3. Sistemas Envolvidos... 3 4.

Leia mais

IBM WebSphere Business Monitor

IBM WebSphere Business Monitor Obtenha visibilidade em tempo real do desempenho dos processos de negócios IBM WebSphere Business Monitor Fornece aos usuários de negócios uma visão abrangente e em tempo real do desempenho dos processos

Leia mais

Manual de Integração. TOTVS Colaboração

Manual de Integração. TOTVS Colaboração Sumário TOTVS COLABORAÇÃO... 3 1.1 Introdução... 3 1.2 Pré-Requisitos... 3 1.3 Transação Recepção NF-e Entrada (Fornecedores)... 4 2 TOTVS COLABORAÇÃO 1.1 Introdução Visão Geral A oferta, compreende toda

Leia mais

Documento para Integrações. Integração Datasul x TOTVS Colaboração NFS-e

Documento para Integrações. Integração Datasul x TOTVS Colaboração NFS-e Documento para Integrações Integração Datasul x TOTVS Colaboração NFS-e Este documento modelo relaciona algumas informações que não podem faltar na documentação de uma integração. Porém, ninguém melhor

Leia mais

EDITORA FERREIRA MP/RJ_EXERCÍCIOS 01

EDITORA FERREIRA MP/RJ_EXERCÍCIOS 01 EDITORA FERREIRA MP/RJ NCE EXERCÍCIOS 01 GABARITO COMENTADO 01 Ao se arrastar um arquivo da pasta C:\DADOS para a pasta D:\TEXTOS utilizando se o botão esquerdo do mouse no Windows Explorer: (A) o arquivo

Leia mais

Integrated User Verification Guia de Implementação do Cliente 2015-05-04 Confidencial Versão 2.9

Integrated User Verification Guia de Implementação do Cliente 2015-05-04 Confidencial Versão 2.9 Integrated User Verification Guia de Implementação do Cliente 2015-05-04 Confidencial Versão 2.9 SUMÁRIO Introdução... 2 Finalidade e público-alvo... 2 Sobre este documento... 2 Termos mais utilizados...

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO NF-e CONNECT - Versão 7 - Outubro/2009

MANUAL DE INSTALAÇÃO NF-e CONNECT - Versão 7 - Outubro/2009 Simplificando processos, Dinamizando negócios OOBJ-NF-E/CT-E MANUAL DE INSTALAÇÃO NF-e CONNECT - Versão 7 - Outubro/2009 E-Sales Soluções de integração Avenida França, 1162 Porto Alegre, RS Fone: (51)

Leia mais

Consumindo um Web Service através de uma Aplicação Comercial em Android. Alex Malmann Becker www.alex.porthal.com.br alex@porthal.com.

Consumindo um Web Service através de uma Aplicação Comercial em Android. Alex Malmann Becker www.alex.porthal.com.br alex@porthal.com. Consumindo um Web Service através de uma Aplicação Comercial em Android Alex Malmann Becker www.alex.porthal.com.br alex@porthal.com.br 08/2014 Agenda Introdução Conceitos Web Service Por que utilizar

Leia mais

PTA Versão 4.0.6 21/11/2012 Manual do Usuário ÍNDICE

PTA Versão 4.0.6 21/11/2012 Manual do Usuário ÍNDICE ÍNDICE INTRODUÇÃO... 2 Finalidade do Aplicativo... 2 Notas sobre a versão... 2 INSTALAÇÃO DO APLICATIVO... 3 Privilégios necessários para executar o instalador... 3 VISÃO GERAL DO PTA... 4 Quando utilizar

Leia mais

Seu manual do usuário SONY ERICSSON K550I http://pt.yourpdfguides.com/dref/449983

Seu manual do usuário SONY ERICSSON K550I http://pt.yourpdfguides.com/dref/449983 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para SONY ERICSSON K550I. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual

Leia mais

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Compra Direta - Guia do Fornecedor PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Página As informações contidas neste documento, incluindo quaisquer URLs e outras possíveis referências a web sites, estão sujeitas

Leia mais

Tecnologia da Informação. Apresentação para Clientes

Tecnologia da Informação. Apresentação para Clientes Tecnologia da Informação Apresentação para Clientes OTIX Empresa desenvolve sistemas de informação para empresas em plataforma web e cloud computing, e em arquitetura orientada para serviços (SOA); Público

Leia mais

Cogent DataHub v7.0. A próxima geração em soluções para troca de dados em tempo real

Cogent DataHub v7.0. A próxima geração em soluções para troca de dados em tempo real Cogent DataHub v7.0 A próxima geração em soluções para troca de dados em tempo real Cogent é reconhecida como uma líder no segmento de soluções de middleware no domínio do tempo real. E, com a introdução

Leia mais

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento HOME O QUE É TOUR MÓDULOS POR QUE SOMOS DIFERENTES METODOLOGIA CLIENTES DÚVIDAS PREÇOS FALE CONOSCO Suporte Sou Cliente Onde sua empresa quer chegar? Sistemas de gestão precisam ajudar sua empresa a atingir

Leia mais

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário Índice 1. Introdução...3 2. Requisitos Mínimos de Instalação...3 3. Instalação...3 4. Inicialização do Programa...5 5. Abas de Configuração...6 5.1 Aba Serial...6 5.2 Aba TCP...7 5.2.1 Opções Cliente /

Leia mais

Restart Informática Ltda. Equipe de Suporte [E-CAFI] Manual da equipe de Suporte. Proibida a reprodução e distribuição não autorizada.

Restart Informática Ltda. Equipe de Suporte [E-CAFI] Manual da equipe de Suporte. Proibida a reprodução e distribuição não autorizada. 2012 Restart Informática Ltda. Equipe de Suporte [E-CAFI] Manual da equipe de Suporte. Proibida a reprodução e distribuição não autorizada. Sumário Instalando o ecafi... 2 Instalando o Serviço de E-mail...

Leia mais

MANUAL DE INTEGRAÇÃO. Padrão de envio e recebimento de dados. Contato suporte@gtplan.com.br

MANUAL DE INTEGRAÇÃO. Padrão de envio e recebimento de dados. Contato suporte@gtplan.com.br MANUAL DE INTEGRAÇÃO Padrão de envio e recebimento de dados Contato suporte@gtplan.com.br Índice Introdução... 2 Garantia de Funcionamento... 2 Envio de dados pelo cliente... 2 Layouts de integração...

Leia mais

Manual de Utilização do Zimbra

Manual de Utilização do Zimbra Manual de Utilização do Zimbra Compatível com os principais navegadores web (Firefox, Chrome e Internet Explorer) o Zimbra Webmail é uma suíte completa de ferramentas para gerir e-mails, calendário, tarefas

Leia mais

Documento de Requisitos Projeto SisVendas Sistema de Controle de Vendas para Loja de Informática.

Documento de Requisitos Projeto SisVendas Sistema de Controle de Vendas para Loja de Informática. Documento de Requisitos Projeto SisVendas Sistema de Controle de Vendas para Loja de Informática. 1 Introdução 1.1 Propósito O propósito deste documento de especificação de requisitos é definir os requisitos

Leia mais

Integração TOTVS Colaboração 2.0 Recepção NF-e - Datasul

Integração TOTVS Colaboração 2.0 Recepção NF-e - Datasul Integração TOTVS Colaboração 2.0 Recepção NF-e - Datasul Setembro/2014 Sumário 1. Contexto de negócio (Introdução)... 3 2. Objetivos do projeto TOTVS Colaboração 2.0... 3 3. Sistemas Envolvidos... 3 4.

Leia mais

ÍNDICE 1 CADASTRO DO PRODUTO... 4 2 INCLUIR E CONFIGURAR VITRINE... 5 3 CONFIGURANDO A VITRINE DE PRODUTOS... 7

ÍNDICE 1 CADASTRO DO PRODUTO... 4 2 INCLUIR E CONFIGURAR VITRINE... 5 3 CONFIGURANDO A VITRINE DE PRODUTOS... 7 1 ÍNDICE 1 CADASTRO DO PRODUTO... 4 2 INCLUIR E CONFIGURAR VITRINE.... 5 3 CONFIGURANDO A VITRINE DE PRODUTOS... 7 4 - INFORMANDO UMA CLASSIFICAÇÃO NA VITRINE DE PRODUTOS... 8 5 INCLUINDO PRODUTOS EM UMA

Leia mais

Produto IV: ATU SAAP. Manual de Referência

Produto IV: ATU SAAP. Manual de Referência Produto IV: ATU SAAP Manual de Referência Pablo Nogueira Oliveira Termo de Referência nº 129275 Contrato Número 2008/000988 Brasília, 30 de outubro de 2008 1 Sistema de Apoio à Ativideade Parlamentar SAAP

Leia mais

Guia do Usuário da Matriz Virtual do Avigilon Control Center. Versão 5.6

Guia do Usuário da Matriz Virtual do Avigilon Control Center. Versão 5.6 Guia do Usuário da Matriz Virtual do Avigilon Control Center Versão 5.6 2006-2015 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedida por escrito, nenhuma licença

Leia mais

Manual de Administração

Manual de Administração Manual de Administração Produto: NDDigital n-access Versão: 4.2 Versão do Doc.: 1.1 Autor: Lucas Santini Data: 27/04/2011 Aplica-se à: NDDigital n-billing Detalhamento de Alteração do Documento Alterado

Leia mais

administração Guia de BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1

administração Guia de BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1 BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1 Guia de administração Publicado: 16/01/2014 SWD-20140116140606218 Conteúdo 1 Primeiros passos... 6 Disponibilidade de recursos administrativos... 6 Disponibilidade

Leia mais

BlackBerry Mobile Voice System Versão: 5.0 Service pack: 1. Visão geral técnica e dos recursos

BlackBerry Mobile Voice System Versão: 5.0 Service pack: 1. Visão geral técnica e dos recursos BlackBerry Mobile Voice System Versão: 5.0 Service pack: 1 Visão geral técnica e dos recursos SWD-1031491-1025120324-012 Conteúdo 1 Visão geral... 3 2 Recursos... 4 Recursos para gerenciar contas de usuário

Leia mais

Guia rápido de recursos Wi-Fi GZ-EX210

Guia rápido de recursos Wi-Fi GZ-EX210 Guia rápido de recursos Wi-Fi GZ-EX210 Funcionalidades Wi-Fi Este aparelho está equipado com a função Wi-Fi. Pode realizar as seguintes operações com o uso de um smartphone ou computador, através de uma

Leia mais

Manual de Operações. Versão 1.0. Janeiro/2009. Autor : Carlos Valotto

Manual de Operações. Versão 1.0. Janeiro/2009. Autor : Carlos Valotto Manual de Operações Versão 1.0 Janeiro/2009 Autor : Carlos Valotto 1 Informações dos Processos da Internet O DD WebTrack tem como sua principal finalidade manter Importadores e Exportadores sempre atualizados

Leia mais

Apresentação do MEX 3000 Message Express. Tecnologia em Movimento

Apresentação do MEX 3000 Message Express. Tecnologia em Movimento Apresentação do MEX 3000 Message Express Tecnologia em Movimento A WebLine e seus diferenciais 15 anos no mercado de tecnologia Sede em São Paulo, atuando em todo Brasil Equipe técnica altamente qualificada

Leia mais

Documento para Integrações. Integração Datasul x TOTVS Colaboração Compras e Vendas

Documento para Integrações. Integração Datasul x TOTVS Colaboração Compras e Vendas Documento para Integrações Integração Datasul x TOTVS Colaboração Compras e Vendas Este documento modelo relaciona algumas informações que não podem faltar na documentação de uma integração. Porém, ninguém

Leia mais

PARAMETRIZAÇÃO RECEPTOR NF-E MASTERSAF DF-E

PARAMETRIZAÇÃO RECEPTOR NF-E MASTERSAF DF-E PARAMETRIZAÇÃO RECEPTOR NF-E MASTERSAF DF-E SUMÁRIO Login... 1 Troca de senha... 1 Administração do Sistema...2 Certificados...2 Usuários...3 Dados do Usuário... 4 Permissões do Usuário... 4 Empresas...5

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Configuração do Gateway de email emailgtw série 2.7 Avisos legais Copyright 2013, CA. Todos os direitos reservados. Garantia O material contido neste documento é fornecido

Leia mais

Manual de utilização do Zimbra

Manual de utilização do Zimbra Manual de utilização do Zimbra Compatível com os principais navegadores web ( Firefox, Chrome e Internet Explorer ) o Zimbra Webmail é uma suíte completa de ferramentas para gerir e-mails, calendário,

Leia mais

Seu manual do usuário BLACKBERRY MAIL http://pt.yourpdfguides.com/dref/1117410

Seu manual do usuário BLACKBERRY MAIL http://pt.yourpdfguides.com/dref/1117410 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para BLACKBERRY MAIL. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual do

Leia mais

Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning

Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning Manual do Usuário Características e recursos básicos Enterprise Resource Planning www.pwi.com.br 1 Volpe Enterprise Resource Planning Este manual não pode, em parte ou no seu todo, ser copiado, fotocopiado,

Leia mais

EDICOM Expert Analysis

EDICOM Expert Analysis Faturamento Eletrônico no Brasil NF-e CT-e NFS-e Faturamento Eletrônico no Brasil Os processos faturamento eletrônico no Brasil, estão atrelados ao cumprimento de certas obrigações fiscais que implicam

Leia mais

Cursos de Magento. 2013 Gugliotti Consulting

Cursos de Magento. 2013 Gugliotti Consulting Cursos de Magento F U N D A M E N T O S D E M A G E N T O C O M M E R C E C U R S O E M V Í D E O - A U L A S M Ó D U L O 2 F T O 2 Fundamentos de Magento Commerce Módulo 2 Aula 1 Configuração da plataforma

Leia mais

Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People.

Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People. Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People. O SoftExpert BPM Suite é uma suíte abrangente de módulos e componentes perfeitamente integrados, projetados para gerenciar todo o ciclo de

Leia mais

Anexo V - Planilha de Apuração Aquisição de Solução de Redes Sociais

Anexo V - Planilha de Apuração Aquisição de Solução de Redes Sociais Anexo V - Planilha de Apuração Aquisição de Solução de Redes Sociais Será utilizado o seguinte critério: Atende / Não atende (Atende em parte será considerado Não atende) Item Itens a serem avaliados conforme

Leia mais

TEORIA GERAL DE SISTEMAS

TEORIA GERAL DE SISTEMAS TEORIA GERAL DE SISTEMAS Vulnerabilidade dos sistemas e uso indevido Vulnerabilidade do software Softwares comerciais contém falhas que criam vulnerabilidades na segurança Bugs escondidos (defeitos no

Leia mais

Visão Empresa de Contabilidade. Versão 8.1A-13

Visão Empresa de Contabilidade. Versão 8.1A-13 Visão Empresa de Contabilidade Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse

Leia mais

Comércio eletrônico 05/05/15. Objetivos de estudo. Qual o papel do e- commerce nos negócios e quais as aplicações mais importantes?

Comércio eletrônico 05/05/15. Objetivos de estudo. Qual o papel do e- commerce nos negócios e quais as aplicações mais importantes? Escola Superior de Gestão e Tecnologia Comércio eletrônico Mercados digitais, mercadorias digitais Prof. Marcelo Mar3ns da Silva Objetivos de estudo Qual o papel do e- commerce nos negócios e quais as

Leia mais

Plug and play options, integrating systems Opções de plug and play, integrando sistemas Flavio de Nadai

Plug and play options, integrating systems Opções de plug and play, integrando sistemas Flavio de Nadai Plug and play options, integrating systems Opções de plug and play, integrando sistemas Flavio de Nadai Plug & Play Options Integrating Systems Flávio De Nadai Desenvolvimento de Negócios Utilities & Telecom

Leia mais

INTERLIMS SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES PARA LABORATÓRIOS DE ANÁLISES DE ÁGUA

INTERLIMS SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES PARA LABORATÓRIOS DE ANÁLISES DE ÁGUA INTERLIMS SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES PARA LABORATÓRIOS DE ANÁLISES DE ÁGUA INTERLIMS SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE INFORMAÇÕES PARA LABORATÓRIOS DE ANÁLISES DE ÁGUA O InterLIMS se apresenta

Leia mais

CONECTO. Tecnologia Java. Rua Henrique Setter, 85 Itoupava Central 89062-440 - Blumenau SC www.cechinel.com.br Página - 1

CONECTO. Tecnologia Java. Rua Henrique Setter, 85 Itoupava Central 89062-440 - Blumenau SC www.cechinel.com.br Página - 1 Apresentação CONECTO Tecnologia Java Página - 1 Sumário 1. Descrição...3 2. Estrutura da comunicação... 4 3. Apresentação...5 4. Funcionamento...6 5. Transmissão das Ocorrências...7 6. Mensagens...8 7.

Leia mais

Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Avisos Automáticos no Sistema TOTVS RM.

Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Avisos Automáticos no Sistema TOTVS RM. Este Procedimento Operacional Padrão define as etapas necessárias de como fazer o Cadastro de Avisos Automáticos no Sistema TOTVS RM. Índice I. Acesso ao Cadastro... 2 II. Parâmetros da Coligada Atual...

Leia mais

Adicionais. Grupo Acert - 1

Adicionais. Grupo Acert - 1 MÓDULOS Adicionais Grupo Acert - 1 ÍNDICE O Módulo Leitor Biométrico Módulo - Coletor de Dados sem fio para Balanço de Estoque Plug-in XML Fornecedor Módulo e-commerce (Integração com a Plataforma Magento)

Leia mais

SISTEMAS PARA INTERNET

SISTEMAS PARA INTERNET Unidade II SISTEMAS PARA INTERNET E SOFTWARE LIVRE Prof. Emanuel Matos Sumário Unidade II Comércio Eletrônico Tecnologia de Comércio Eletrônico Categorias do Comércio Eletrônico M-commerce Comércio eletrônico

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

http://divulgafacil.terra.com.br/novahospedagem_4/configuracoes.html

http://divulgafacil.terra.com.br/novahospedagem_4/configuracoes.html Page 1 of 9 Veja abaixo como proceder para alterar as configurações de hospedagem do seu site: Na nova plataforma de hospedagem, a estrutura de diretórios FTP vai mudar um pouco. Ou seja, em caso de atualização

Leia mais

Integração Backoffice Saldos Contábeis x Datasul/Contabilidade

Integração Backoffice Saldos Contábeis x Datasul/Contabilidade Integração Backoffice Saldos Contábeis x Datasul/Contabilidade Abril/2014 Sumário Sumário... 1 1. Contexto de negócio (Introdução)... 3 2. Sistemas nvolvidos... 3 3. Integração... 3 4. scopo... 4 5. Pré-requisitos

Leia mais

Kerio Exchange Migration Tool

Kerio Exchange Migration Tool Kerio Exchange Migration Tool Versão: 7.3 2012 Kerio Technologies, Inc. Todos os direitos reservados. 1 Introdução Documento fornece orientações para a migração de contas de usuário e as pastas públicas

Leia mais

PHC Doc. Eletrónicos CS

PHC Doc. Eletrónicos CS Descritivo PHC Documentos Electrónicos CS PHC Doc. Eletrónicos CS A diminuição dos custos da empresa A solução que permite substituir a típica correspondência em papel, agilizando os processos documentais

Leia mais

Módulo e-rede Magento v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede Magento v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede Magento v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 Instruções iniciais 4 4.2 Instalação

Leia mais

Módulo e-rede VirtueMart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede VirtueMart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede VirtueMart v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 Permissões 4 4.2 Instalação

Leia mais

Procedimentos para configurar o Motion Detection no D-ViewCam 1 Para configurar o Motion Detection no D-ViewCam, é necessário que a câmera IP esteja

Procedimentos para configurar o Motion Detection no D-ViewCam 1 Para configurar o Motion Detection no D-ViewCam, é necessário que a câmera IP esteja Procedimentos para configurar o Motion Detection no D-ViewCam 1 Para configurar o Motion Detection no D-ViewCam, é necessário que a câmera IP esteja conectada ao software (D-ViewCam). 1 2 Abra o D-ViewCam

Leia mais

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Processos de Compras Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar 1 Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Controle de Compras... 4 Parametrização... 4 Funcionamento... 4 Processo de Controle...

Leia mais

PHC Doc. Electrónicos CS

PHC Doc. Electrónicos CS PHC Doc. Electrónicos CS A diminuição dos custos da empresa A solução que permite substituir a típica correspondência em papel, agilizando os processos documentais e reduzindo os custos das empresas. BUSINESS

Leia mais

Manual cliente o-vpn Linux

Manual cliente o-vpn Linux Manual cliente o-vpn Linux SAR Cliente: Usuários da VPN Versão 2.0 S UMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Observações... 3 3. Download... 3 4. Instalação... 3 5. Utilização... 5 5.1. Menu... 7 5.2. Conexão...

Leia mais

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução SCIM 1.0 Guia Rápido Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal Introdução Nesta Edição O sistema de Controle Interno administra o questionário que será usado no chek-list

Leia mais