Os compostos iónicos são electricamente neutros (carga eléctrica = zero).

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Os compostos iónicos são electricamente neutros (carga eléctrica = zero)."

Transcrição

1 Não é possível apresentar esta imagem de momento Os compostos iónicos (ou substâncias iónicas) são constituídos por iões. O Cloreto de sódio: A fórmula química do cloreto de sódio é NaCl. Porquê?Como sabes, o sódio(na)tem tendência a perder um electrãoe a formar o catião Na +. Já o cloro(cl), tem tendência a captar um electrãoe aformar o anião. Pois é... mas cargas de sinais opostos atraemse: Os compostos iónicos (ou substâncias iónicas) são constituídos por iões. O que são iões? São unidades estruturais com carga eléctrica positiva (catiões) ou negativa (aniões). Átomos ou grupos de átomos que perdem electrões formam iões positivos. Na + Ião sódio NH 4 + Ião amónio Átomos ou grupos de átomos que ganham electrões formam iões negativos. O 2 Ião óxido 3 Iões poliatómicos Os átomos e os grupos de átomos que cedem electrões originam iões positivos. Os átomos e os grupos de átomos que captam electrões originam iões negativos. perde 1 electrão origina um ião de carga + (ião monopositivo). ganha 1 electrão origina um ião de carga (ião mononegativo). Na + Ião sódio NH 4 + Ião amónio perde 2 electrões origina um ião de carga 2+ (ião dipositivo). ganha 2 electrões origina um ião de carga 2 (ião dinegativo). Fe 2+ Ião ferro(ii) O 2 Ião óxido SO 4 2 Ião sulfato Os compostos iónicos são electricamente neutros (carga eléctrica = zero). Como é que é possível? Se são formados por iões e os iões têm carga eléctrica como é que os compostos iónicos podem ter carga eléctrica zero? Na + Ião sódio +1 1 = 0 No cloreto de sódio: No composto iónico existem iões positivos e negativos, numa proporção que permite que as suas cargas se anulem = 0 No fosfato de alumínio: 1

2 Claro que existe! Mas a proporção já não é 1:1. Por cada ião magnésioexistem 2 iões cloreto(1:2). E agora? Juntando 1 ião magnésio e 1 ião cloreto, as cargas não se anulam. Será que não existe cloreto de magnésio? 1: (1) = 0 No cloreto de magnésio: 1: (1) = 0 No nitrato de alumínio: (+2) + 2 (3) = +6 6 = 0 No fosfato de magnésio: Num composto iónico a carga total é sempre 0 (zero). 3:2 Nome do composto iónico: Já reparaste que, no nome do composto iónico, aparece em 1º lugar o nome do ião negativo. Na fórmula química fazse ao contrário: colocase primeiro a fórmula ião positivo. nome do ião negativo+ de + nome do ião positivo Fórmula química do composto iónico: fórmula do ião positivo (númerode iões) + fórmula do ião negativo (númerode iões) O número 1 não se coloca. A própria fórmula já representa 1. Nota: Na fórmula química, não aparecem as cargas dos iões. O composto iónico é neutro (as cargas positivas e negativas anulamse). Vamos aplicar! Qual a fórmula química do cloreto de magnésio? Ups! 1 ião Agora cloreto sim! para 2 iões 1 ião cloreto magnésio para não 1 ião pode magnésio! ser! Na fórmula começo pelo positivo. Cl Mg 2 Mg Cl 2 Fórmula Química do cloreto de magnésio: MgCl 2 Outro exercício: E outro Qual a fórmula química do nitrato de cálcio? S 2 Ião sulfureto Qual a fórmula química do sulfureto de alumínio? S 2 Ião sulfureto S 2 Ião sulfureto 3 iões 2 iões Al 2 S 3 Aiiiiiiiii! Agora baralheime! Ok! São 2 iões nitrato. Como é que eu faço para mostrar que são 2, quando me aparece pela frente um ião poliatómico? 2?? 2?? Ca 2+ Ião cálcio 2 iões 1 ião Ca (NO??? 3 ) 2 Não Não pode Só pode há ser. uma ser. solução. Usar O número Não parêntesis: são colocase 32 átomos sempre de depois oxigénio, e em pois índice (NO não? 3 inferior. ) 2 lol Fórmula Química do sulfureto de alumínio: Al 2 S 3 Fórmula Química do nitrato de cálcio: Ca( ) 2 2

3 Para terminar tenta sozinho(a)! Qual a fórmula química do hidróxido de alumínio? carbonato de lítio HO Ião hidróxido HO Ião hidróxido HO Ião hidróxido 3 iões 1 ião perclorato de ferro(iii) dihidrogenofosfato de prata Fórmula Química do sulfureto de alumínio: Al(HO) 3 Al (HO) 3 Agora só tenho que praticar, para cimentar o que aprendi! fosfato de ouro (I) acetato de mercúrio (II) brometo de amónio carbonato de lítio LiCO 3 percloratode ferro(iii) Fe(ClO 4 ) 3 dihidrogenofosfatodeprata AgH 2 fosfato de ouro (I) Au 3 acetato de mercúrio (II) Hg 2 C 2 H 3 O 2 CaBr 2 Cs 2 SO 3 LiH Co 2 (H ) 3 ZnS brometo de amónio NH 4 Br FeO 2 CaBr 2 Cs 2 SO 3 LiH Co 2 (H ) 3 Brometo de cálcio Sulfito de césio Hidreto de lítio Hidrogenofosfatode cobalto III São esquemasquerepresentam as reacções químicas. Respeitama lei de Lavoisier oulei da conservação da Massa. ZnS FeO 2 Sulfureto de zinco Peróxido de ferroii Lavoisier,

4 Equações químicas Reagentes: Zinco(s) + Iodo (s) Zn (s) + I 2 (s) Produto: Iodeto de Zinco(s) Zn I 2 (s) Hidrogénio (g) + oxigénio (g) água (g) Agora, já podes escrever as fórmulas químicas: H 2 (g) + O 2 (g) H 2 O (g) H 2 (g) + O 2 (g) H 2 O (g) Se calhar tens razão! Vamos contar os átomos? Nº átomos/reagentes Nº átomos/produtos H 2 2 O 2 1 Há aqui qualquer coisa que não está bem... Falta aqui um átomo de oxigénio! Já sei! Já sei como fazer! Coloco um 2 à direita do oxigénio! hidrogénio + oxigénio peróxido de hidrogénio H 2 + O 2 H 2 O 2 NÃO PODES ALTERAR OS ÍNDICES À DIREITA DOS SÍMBOLOS! Nº átomos/reagentes Realmente... Nº átomos/produtos A água H 2 e a água oxigenada 2 O 2 são bem diferentes! 2 hidrogénio + oxigénio água hidrogénio + oxigénio água H 2 + O 2 H 2 O H 2 + O 2 2 H 2 O Nºátomos/reagentes Nº átomos/produtos H 2 2 O 2 1 Nºátomos/reagentes Nº átomos/produtos H O

5 hidrogénio + oxigénio água Nas reacções químicas os átomos não se criam nem se destroem, apenas se altera a maneira como estão associados. 2 H 2 (g) + O 2 (g) 2 H 2 O (g) Leitura da equação química: Duas moléculas de hidrogénio gasoso reagiram com uma de gás oxigénio, originando duas moléculas de água em estado gasoso. Nºátomos/reagentes Nº átomos/produtos H O Lei de Lavoisier Vamos praticar? 2Na (s) + Cl 2 (g) 2NaCl(s) Elemento Reagentes Prod. Reacção Na (Sódio) Cl (Cloro) Mg (s) + O 2 (g) 2 MgO (s) N 2 (g) + 3H 2 (g) 2 24 Al (s) + 3? O 2 (g) 2Al 2 O 3 (s) Elemento Reagentes Prod. Reacção NH 3 (g) N (Azoto) 2 12 H (Hidrogénio) CH 4 (g) + 2O 2 (g) CO 2 (g) + 2H 2 O (g) (corr) 1) C + O 2 CO 2 5) N 2 O 5 + H 2 O H 1) C + O 2 CO 2 1) C + O 2 CO 5) 2 N A equação está acertada! 2 O 5 + H 2 O 2H 3 2) P + O 2 P 2 O 5 6) HF + SiO 2 H 2 SiF 6 + H 2 O 2) 4 P P + + O5 O 2 2 P 2 O2 P 5 2 O 5 6) 6 HF HF + + SiO SiO 2 2 HH 2 SiF 2 SiF H2 2 O H 2 O 3) Fe+ O 2 Fe 2 O 3 7) Hg 2 O Hg + O 2 3) 4 Fe+ Fe+ O3 O 2 2 Fe 2 O2Fe 3 2 O 3 7) 2 Hg Hg 2 O 2 O Hg 4Hg + O+ O 2 2 4) SO 2 + O 2 SO 3 8) K 2 O 2 + H 2 O KOH + H 2 O 2 4) 2SO O 2 2 SO 2SO 3 3 8) K 2 O 2 + 2H H 2 O 2 O KOH 2KOH + H+ 2 OH 2 O 2 5

6 (corr) 9) NH 4 N 2 + O 2 + H 2 O 13) N 2 H 4 + O 2 N 2 + H 2 O 9) NH 2 NH 4 NO 4 3 N 2 2N + 2 O+ 2 + O 2 H+ 2 O 4 H 2 O 13) N 2 H 4 + O 2 N 2 + 2H H 2 O 2 O 10) CaCO 3 + H 2 SO 4 CaSO 4 + CO 2 + H 2 O 14) Cr 2 O 3 + Al Al 2 O 3 + Cr 10) CaCO 3 + H 2 SO 4 CaSO 4 + CO 2 + H 2 O 14) Cr 2 O 3 + 2Al Al 2 Al O 23 O+ 3 + Cr2Cr A equação está acertada! 11) CaCO 3 + HCl CaCl 2 + H 2 O + CO 2 15) Al+ HCl AlCl 3 + H 2 11) CaCO 3 + 2HCl CaCl H 2 HO 2 O + + CO CO ) Al+ 2 Al+ 6HCl AlCl2 3 AlCl + H H 2 12) SO 2 + MgO+ O 2 MgSO 4 16) C2 H 6 + O 2 CO 2 + H 2 O 12) SO 2 SO MgO+ 2 MgO+ O 2 O 2 MgSO 2 MgSO ) 2C2 H 6 H+ 6 + OO 2 2 4CO H+ 2 O 6 H 2 O Mnemónicas: nomes vs Subtâncias Iónicas Bico de pato Ácido Fosfórico Fosfato de hidrogénio Osso de cabrito Ácido Sulfuroso Sulfito de hidrogénio Fredrico no espeto Ácido Clorídrico Cloreto de hidrogénio 6

Ano letivo 2014/2015 8º ano Ficha formativa de Ciências Físico-Químicas 8º ano Átomos, moléculas, iões e substâncias iónicas

Ano letivo 2014/2015 8º ano Ficha formativa de Ciências Físico-Químicas 8º ano Átomos, moléculas, iões e substâncias iónicas Ano letivo 2014/2015 8º ano Ficha formativa de Ciências Físico-Químicas 8º ano Átomos, moléculas, iões e substâncias iónicas Átomos e moléculas 1. Completa as frases: O átomo é uma partícula eletricamente,

Leia mais

04Iões e compostos iónicos. REAÇÕES QUÍMICAS Explicação e representação das reações químicas

04Iões e compostos iónicos. REAÇÕES QUÍMICAS Explicação e representação das reações químicas 04Iões e compostos iónicos REAÇÕES QUÍMICAS Explicação e representação das reações químicas A explorar: Como são constituídos os sais? 04 Iões e compostos iónicos Formação e representação simbólica de

Leia mais

Atividade complementar. Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos

Atividade complementar. Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos Atividade complementar Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos Esta atividade tem como objetivo complementar e aprofundar os estudos sobre as transformações químicas,

Leia mais

GABARITO. Química B Extensivo V. 6. Exercícios 06) A. I. Adição ou síntese. Dois reagentes (N 2. ). III. Adição ou síntese. Dois reagentes (P 2 07) A

GABARITO. Química B Extensivo V. 6. Exercícios 06) A. I. Adição ou síntese. Dois reagentes (N 2. ). III. Adição ou síntese. Dois reagentes (P 2 07) A GABARIT Química B Extensivo V 6 Exercícios 01) A a) Certa S + 2 S 2 Na síntese total, os reagentes são substâncias simples + Ca(H) 2 Ca + 2 Reação de neutralização do solo b) Errada S 3 é óxido ácido,

Leia mais

MOLÉCULAS E IÕES NOMENCLATURA DE (AULA TP2 ) COMPOSTOS INORGÂNICOS

MOLÉCULAS E IÕES NOMENCLATURA DE (AULA TP2 ) COMPOSTOS INORGÂNICOS MOLÉCULAS E IÕES NOMENCLATURA DE COMPOSTOS INORGÂNICOS (AULA TP2 ) Compostos Composto é uma substância que contém mais do que um elemento e em que a sua proporção é definida e constante. Compostos orgânicos:

Leia mais

Existem mais de uma centena de átomos conhecidos e a combinação entre esses, formam as milhões e milhões de substâncias.

Existem mais de uma centena de átomos conhecidos e a combinação entre esses, formam as milhões e milhões de substâncias. Símbolos e fórmulas químicas Figura 1 Representação de moléculas de água Fonte: Fundação Bradesco CONTEÚDOS Representação de elementos químicos símbolos Representação de substâncias químicas fórmulas Substâncias

Leia mais

FICHA DE TRABALHO DE FÍSICA E QUÍMICA A FEVEREIRO 2012

FICHA DE TRABALHO DE FÍSICA E QUÍMICA A FEVEREIRO 2012 FICHA DE TRABALHO DE FÍSICA E QUÍMICA A FEVEREIRO 2012 APSA Nº14 11º Ano de Escolaridade 1. Qual a massa de hidróxido de sódio necessária para reagir completamente com 49,05 g de ácido sulfúrico de acordo

Leia mais

EXPERIÊNCIA 4 REAÇÕES E EQUAÇÕES QUÍMICAS

EXPERIÊNCIA 4 REAÇÕES E EQUAÇÕES QUÍMICAS CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS - CCT Departamento de Ciências Básicas e Sociais - DCBS Disciplina Química Experimental QEX Prof. Sivaldo Leite Correia EXPERIÊNCIA 4 REAÇÕES E EQUAÇÕES QUÍMICAS 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

Funções inorgânicas ácidos de Arrhenius

Funções inorgânicas ácidos de Arrhenius Funções inorgânicas ácidos de Arrhenius Ácidos são substâncias que, em solução aquosa, sofrem ionização, liberando como cátion somente H +. Ex:. HNO 3 H + + NO 3 Se colocarmos a água como reagente podemos

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Paraná Setor Palotina

Ministério da Educação Universidade Federal do Paraná Setor Palotina Ministério da Educação Universidade Federal do Paraná Setor Palotina Aula 5 Íons e Introdução a Tabela Periódica Prof. Isac G. Rosset Prof. Isac G. Rosset - UFPR - Palotina - Ciências Exatas 2 1 d p s

Leia mais

Eletrólitos e Não Eletrólitos

Eletrólitos e Não Eletrólitos Introdução Introdução Introdução Eletrólitos e Não Eletrólitos Tipos de Eletrólitos Tipos de Eletrólitos Tipos de Eletrólitos Reações Inorgânicas Reações O QUE É UMA REAÇÃO QUÍMICA? É processo de mudanças

Leia mais

1 - O elemento flúor forma compostos com hidrogênio, carbono, potássio e magnésio, respectivamente. Os compostos covalentes ocorrem com:

1 - O elemento flúor forma compostos com hidrogênio, carbono, potássio e magnésio, respectivamente. Os compostos covalentes ocorrem com: Sem limite para crescer Colégio: Nome: nº Professor(a): Data: / /2013 EXERCÍCIOS QUÍMICA 1ª SÉRIE E.M. Turma: 1 - O elemento flúor forma compostos com hidrogênio, carbono, potássio e magnésio, respectivamente.

Leia mais

+1 2 Nox +1 2 Carga Nox +7 8 Carga

+1 2 Nox +1 2 Carga Nox +7 8 Carga 01 Cl 2 Cl Nox = 0 Nox = 1 Cl O +1 2 Nox +1 2 Carga Cl O 4 +7 2 Nox +7 8 Carga Resposta: Respectivamente zero, 1, +1, +7. 1 02 a) NH 4 NO 3 NH 4 + cátion + NO 3 ânion N H 4 + 3 +1 Nox 3 +4 Carga N O 3

Leia mais

Escola Técnica Estadual GETÚLIO VARGAS. Tipo de Ensino: Médio: x 2 Módulo/Série: 1º 2º 3º 4º

Escola Técnica Estadual GETÚLIO VARGAS. Tipo de Ensino: Médio: x 2 Módulo/Série: 1º 2º 3º 4º Escola Técnica Estadual GETÚLIO VARGAS NOME: N.º Tipo de Ensino: Médio: x 2 Módulo/Série: 1º 2º 3º 4º Conteúdo disciplinar: Química Funções Inorgânicas : ácidos, bases, sais e óxidos. PROVA: Mensal: Bimestral:

Leia mais

FUNÇÕES INORGÂNICAS Profº JAISON

FUNÇÕES INORGÂNICAS Profº JAISON FUNÇÕES INORGÂNICAS Profº JAISON TEORIA DE ARRHENIUS 1.Eletrólitos e não eletrólitos As substâncias cujas soluções aquosas apresentam íons livres conduzem eletricidade, portanto, são chamadas de eletrólitos.

Leia mais

2005 by Pearson Education. Capítulo 02

2005 by Pearson Education. Capítulo 02 Moléculas e compostos moleculares Moléculas e fórmulas químicas Moléculas são reuniões de dois ou mais átomos ligados entre si. Cada molécula tem uma fórmula química. A fórmula química indica quais átomos

Leia mais

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 16 RELAÇÕES QUÍMICAS: INTRODUÇÃO

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 16 RELAÇÕES QUÍMICAS: INTRODUÇÃO QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 16 RELAÇÕES QUÍMICAS: INTRODUÇÃO REAGENTES PRODUTOS Como pode cair no enem (UNIRIO) I) Zn + 2AgNO 3 2Ag + Zn(NO 3 ) 2 II) (NH 4 ) 2 Cr 2 O 7 N 2 + Cr 2 O 3 + 4H 2 O III) 2Mg +

Leia mais

Reações inorgânicas Atividades 2

Reações inorgânicas Atividades 2 Reações inorgânicas Atividades 2 Introdução Os exercícios propostos abaixo abordam o conteúdo de reações inorgânicas, com os principais tipos dessas reações, dessa vez com os nomes das substâncias, para

Leia mais

Reações Químicas. Profº André Montillo

Reações Químicas. Profº André Montillo Reações Químicas Profº André Montillo www.montillo.com.br Definição: É o processo no qual 1 ou mais substâncias (regentes) se transformam em 1 ou mais substâncias novas (produtos). Estão presentes em todos

Leia mais

Moléculas e Compostos

Moléculas e Compostos Moléculas e Compostos Moléculas e Fórmulas Químicas As moléculas são espécies químicas eletricamente neutras constituídas por pelo menos dois átomos. A fórmula química indica: quais átomos são encontrados

Leia mais

NOMENCLATURA DOS COMPOSTOS

NOMENCLATURA DOS COMPOSTOS NOMENCLATURA DOS COMPOSTOS Prof. Dr. Cristiano Torres Miranda Disciplina: Química Geral QM81A Turmas Q13 e Q14 Moléculas e compostos moleculares Moléculas e fórmulas químicas Moléculas são reuniões de

Leia mais

Escola Secundária de Lagoa. Correção da Ficha de Trabalho 1. Física e Química A. Espécie química. Número de massa.

Escola Secundária de Lagoa. Correção da Ficha de Trabalho 1. Física e Química A. Espécie química. Número de massa. Escola Secundária Lagoa Física e Química A 10º Ano Turma A Emília Correia e Paula Melo Silva Correção da Ficha Trabalho 1 Unida Zero Materiais: diversida e constituição 2014/2015 1.1. (A) Falso (B) Falso

Leia mais

1ª Série do Ensino Médio

1ª Série do Ensino Médio 1ª Série do Ensino Médio 16. Considere as equações abaixo: I. H 2 + Cl 2 2 HCl II. Zn + H 2 SO 4 ZnSO 4 + H 2 III. HNO 3 + KOH KNO 3 + H 2 O IV. KClO 3 KCl + O 2 As quatro equações representam, nesta ordem,

Leia mais

COMPOSTOS INORGÂNICOS Profº Jaison Mattei

COMPOSTOS INORGÂNICOS Profº Jaison Mattei COMPOSTOS INORGÂNICOS Profº Jaison Mattei Ácidos (teoria de Arrhenius) Ácidos são substâncias moleculares que, ao serem dissolvidas em água se dissociam, originando o íon hidrônio (H 3 O + ). Exemplos:

Leia mais

Atividade complementar de Química. Substância pura e mistura de substâncias

Atividade complementar de Química. Substância pura e mistura de substâncias Atividade complementar de Química Substância pura e mistura de substâncias Educação de Jovens e Adultos Sobre as substâncias químicas, é importante que esteja claro, que todas as substâncias são constituídas

Leia mais

(a) Indique os nomes dos reagentes e dos produtos da reacção; (b) Descreva o significado da equação dada.

(a) Indique os nomes dos reagentes e dos produtos da reacção; (b) Descreva o significado da equação dada. EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I Capítulo 3. Reacções químicas I Ficha de exercícios 1. Considere a seguinte equação química: 2NaOH (aq.) + H 2 SO 4 (aq.) Na 2 SO 4 (aq.) + 2H 2 O (l) (a) Indique

Leia mais

QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA

QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA Ligação Química O conceito de configuração eletrônica e o desenvolvimento da Tabela Periódica permitiu aos químicos uma base lógica para explicar a formação

Leia mais

Em meio aquoso sofrem dissociação liberando íons na água, o que torna o meio condutor de corrente elétrica.

Em meio aquoso sofrem dissociação liberando íons na água, o que torna o meio condutor de corrente elétrica. Aula 7 Funções Inorgânicas (sais e óxidos) Sal Os sais são compostos que possuem um cátion qualquer (só não pode ser exclusivamente o H +, senão será um ácido) e um ânion qualquer(só não pode ser exclusivamente

Leia mais

EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I

EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I Capítulo 6. Termoquímica Ficha de exercícios 1. Uma amostra de azoto gasoso expande-se do seu volume inicial de 1.6 L para 5.4 L, a temperatura constante. Calcule

Leia mais

Gabarito de Química Frente 2

Gabarito de Química Frente 2 Gabarito de Química Frente 2 Módulo 05 01. E Calculo do nox: 1) HNO 3 1 + X + 3 x (- 2) = 0 X= + 5 +1 2 X 2) HNO 2 1 + Y + 2 x (- 2) = 0 Y= + 3 +1 Y 2 3) NH 3 Z + 3 x (+1) = 0 Z = - 3 Z 02.A +1 Para calcular

Leia mais

QUÍMICA MÓDULO 17 SAIS. Professor Edson Cruz

QUÍMICA MÓDULO 17 SAIS. Professor Edson Cruz QUÍMICA Professor Edson Cruz MÓDULO 17 SAIS INTRODUÇÃO Os sais são também muito comuns em nosso cotidiano: o sal comum, NaCl (cloreto de sódio), está presente em nossa alimentação, na conservação de alimentos

Leia mais

L E I S D A S R E A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 >

L E I S D A S R E A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 > L E I S D A S R E A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 > Prof. Agamenon Roberto LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS www.agamenonquimica.com 2 LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS Um trabalho muito complicado

Leia mais

Compostos iônicos e moleculares

Compostos iônicos e moleculares LCE0143 Química Geral Compostos iônicos e moleculares Wanessa Melchert Mattos wanemelc@usp.br Moléculas - Menores unidades identificáveis - Moléculas são reuniões de dois ou mais átomos ligados entre si

Leia mais

TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS

TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS Tipos de Reações químicas 1 TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS Introdução Várias reações da química inorgânica podem ser classificadas em uma das quatro categorias: combinação, decomposição, deslocamento simples

Leia mais

Números de oxidação e Reações Redox

Números de oxidação e Reações Redox Ciências da Arte e do Património Química e Física dos Materiais II (Materiais Inorgânicos) Números de oxidação e Reações Redox Olinda Monteiro(ocmonteiro@fc.ul.pt) Olinda Monteiro (ocmonteiro@fc.ul.pt)

Leia mais

Bem Explicado Centro de Explicações Lda. CFQ 8º Ano Fórmulas químicas de substâncias moleculares

Bem Explicado Centro de Explicações Lda. CFQ 8º Ano Fórmulas químicas de substâncias moleculares Bem Explicado Centro de Explicações Lda. CFQ 8º Ano Fórmulas químicas de substâncias moleculares Nome: Data: / / 1. Assinala a resposta correcta com um X. 1.1. Os símbolos químicos C, Ca, F e P representam,

Leia mais

Formulação e Nomenclatura de Compostos Inorgânicos

Formulação e Nomenclatura de Compostos Inorgânicos Formulação e Nomenclatura de Compostos Inorgânicos Compostos iônicos Regra geral Nomenclatura (nome do ânion) de (nome do cátion) Exemplos Brometo de sódio, sulfato de potássio, cianeto de lítio, cloreto

Leia mais

FACULDADES OSWALDO CRUZ QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA CURSO BÁSICO 1ºS ANOS

FACULDADES OSWALDO CRUZ QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA CURSO BÁSICO 1ºS ANOS FACULDADES OSWALDO CRUZ QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA CURSO BÁSICO 1ºS ANOS Prezados Alunos Conforme orientação da Diretoria Geral, o reinício das aulas, teoria e laboratório, ocorrerá no dia 17 de agosto.

Leia mais

E-books PCNA. Vol. 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 3 REAÇÕES INORGÂNICAS

E-books PCNA. Vol. 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 3 REAÇÕES INORGÂNICAS E-books PCNA Vol. 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 3 REAÇÕES INORGÂNICAS 1 QUÍMICA ELEMENTAR CAPÍTULO 3 SUMÁRIO Apresentação -------------------------------------------- 3 Capítulo 3 ------------------------------------------------

Leia mais

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 29 ESTEQUIOMETRIA: EXCESSO E LIMITANTE

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 29 ESTEQUIOMETRIA: EXCESSO E LIMITANTE QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 29 ESTEQUIOMETRIA: EXCESSO E LIMITANTE Como pode cair no enem (UFF) O cloreto de alumínio é um reagente muito utilizado em processos industriais que pode ser obtido por meio da

Leia mais

Qui. Semana. Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Renan Micha)

Qui. Semana. Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Renan Micha) Semana 4 Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Renan Micha) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Professor Marcus Ennes. -Estequiometria

Professor Marcus Ennes. -Estequiometria Professor Marcus Ennes -Estequiometria - RELAÇÕES FUNDAMENTAIS RAZÃO E PROPORÇÃO 1) Um formigueiro é composto por 2.000 formigas. Cada formiga consome por dia, 1.500 moléculas de glicose (C 6 H 12 O 6

Leia mais

Aumento do número de níveis eletrónicos, n, nas orbitais de valência

Aumento do número de níveis eletrónicos, n, nas orbitais de valência Causas da variação das propriedades periódicas dos elementos Aumento do número de níveis eletrónicos, n, nas orbitais de valência Eletrões de valência menos energéticos mais próximos do núcleo n aumenta

Leia mais

O processo B é químico. Ocorre uma recombinação entre os átomos, formando novas substâncias químicas. Há ocorrência de reação química.

O processo B é químico. Ocorre uma recombinação entre os átomos, formando novas substâncias químicas. Há ocorrência de reação química. 01 O processo A é físico. Não há transformação das espécies químicas apresentadas, ou seja, é um processo de mistura sem que haja a ocorrência de reação química. O processo B é químico. Ocorre uma recombinação

Leia mais

Gabarito Volume 2 Ciências da Natureza - Química

Gabarito Volume 2 Ciências da Natureza - Química Química 2 Capitulo 8 01. B 02. D 03. E 04. D 05. E Gabarito Volume 2 Ciências da Natureza - Química 06. B 07. D 09. D 10. A 11. B 12. D 14. C 15. D 16. C 17. C 19. B 20. B Capitulo 9 02. C 03. D 05. A

Leia mais

Escola Secundária de Lagoa. Ficha de Trabalho 1. Unidade Zero Materiais: diversidade e constituição. Física e Química A

Escola Secundária de Lagoa. Ficha de Trabalho 1. Unidade Zero Materiais: diversidade e constituição. Física e Química A Escola Secundária de Lagoa Física e Química A 10º Ano Turma A Paula Melo Silva Ficha de Trabalho 1 Unidade Zero Materiais: diversidade e constituição 2014/2015 1. Atualmente conhecem-se mais de 115 elementos

Leia mais

REAÇÕES DE OXIDAÇÃO-REDUÇÃO. O oxigénio diminui a sua carga de zero para -2, através do ganho de 2 eletrões.

REAÇÕES DE OXIDAÇÃO-REDUÇÃO. O oxigénio diminui a sua carga de zero para -2, através do ganho de 2 eletrões. REAÇÕES DE OXIDAÇÃO-REDUÇÃO REAÇÃO DE REDUÇÃO Nesta reação há uma diminuição da carga (número de oxidação) do elemento. 1 2 O - 2-2 2 e O O oxigénio diminui a sua carga de zero para -2, através do ganho

Leia mais

Gabaritos Resolvidos Energia Química Semiextensivo V3 Frente B

Gabaritos Resolvidos Energia Química Semiextensivo V3 Frente B 01) E a) Certa para Brönsted-Lowry, ácido é a espécie que doa próton e base á a que recebe próton; b) Certa quando uma espécie perde o próton, outra recebe. Assim, haverá um ácido e uma base de cada lado

Leia mais

COMPOSTOS. Profª Dra Cristiane de Abreu Dias

COMPOSTOS. Profª Dra Cristiane de Abreu Dias COMPOSTOS Profª Dra Cristiane de Abreu Dias Conhecimentos que você deve dominar: Distinguir entre moléculas, íons e átomos; Identificar compostos como orgânicos ou inorgânicos Prever o cátion ou ânion

Leia mais

Funções inorgânicas. 1. Óxidos. São compostos binários (formados por dois elementos) onde o principal é o oxigênio (O), que atua como anion.

Funções inorgânicas. 1. Óxidos. São compostos binários (formados por dois elementos) onde o principal é o oxigênio (O), que atua como anion. Funções inorgânicas 1. Óxidos São compostos binários (formados por dois elementos) onde o principal é o oxigênio (O), que atua como anion. E x+ + O 2- E2Ox Exemplos: Al 3+ + O 2- Al2O3; Cl 5+ + O 2- Cl2O5.

Leia mais

... 2) Escreva a fórmula e os nomes dos sete ácidos padrões.

... 2) Escreva a fórmula e os nomes dos sete ácidos padrões. Lista de Exercícios Ácidos Bases e sais 1) Nas colunas abaixo, associe as fórmulas aos seus nomes: I. H 2 S(aq) ( ) ácido bromídrico II. HCl (aq) ( ) ácido fluorídrico III. HCN(aq) ( ) ácido iodídrico

Leia mais

ELECTROQUÍMICA E CORROSÃO

ELECTROQUÍMICA E CORROSÃO Electroquímica e Corrosão Fundamentos da Química 1 Valentim M B Nunes, 2003 ELECTROQUÍMICA E CORROSÃO Objectivo: - Apresentar de forma muito sucinta alguns fundamentos básicos da Química por forma a permitir

Leia mais

Química Geral I Aula 9 07/04/2016

Química Geral I Aula 9 07/04/2016 Química Geral I Aula 9 07/04/2016 Curso de Química Licenciatura 2016-1 Prof. Udo Eckard Sinks Reações com Formação de Produtos Gasosos, Classificação de Reações em Solução Aquosa, Reações de Oxirredução,

Leia mais

Ocorrência de reações

Ocorrência de reações Ocorrência de reações Dados: Força de ácidos e bases Classificação dos hidrácidos mais conhecidos: Regra prática para a classificação dos oxiácidos Determine a diferença (D) entre a quantidade de átomos

Leia mais

Funções inorgânicas : Sais e Óxidos

Funções inorgânicas : Sais e Óxidos Funções inorgânicas : Sais e Óxidos Sais Bicarbonato de sódio (NaHCO 3 ) Utilizado em antiácidos Carbonato de cálcio (CaCO 3 ) Encontrado no mármore, no calcário, nas cascas de ovos etc Sulfato de cálcio

Leia mais

Funções Químicas: Ácidos, bases, sais e óxidos

Funções Químicas: Ácidos, bases, sais e óxidos Funções Químicas: Ácidos, bases, sais e óxidos Funções Químicas Grupo de substâncias compostas que possuem propriedades químicas semelhantes; As funções químicas são divididas de acordo com a divisão clássica

Leia mais

Figura 1 Retículo cristalino formado por íons Fonte: Mariamarmar/Shutterstock.com

Figura 1 Retículo cristalino formado por íons Fonte: Mariamarmar/Shutterstock.com Íons e compostos iônicos Figura 1 Retículo cristalino formado por íons Fonte: Mariamarmar/Shutterstock.com CONTEÚDOS Íons Compostos iônicos Representação AMPLIANDO SEUS CONHECIMENTOS Os átomos são partículas

Leia mais

Material 4: Estequiometria EQUAÇÕES QUÍMICAS REAGENTES PRODUTOS. Sódio + Água hidróxido de sódio + Hidrogênio

Material 4: Estequiometria EQUAÇÕES QUÍMICAS REAGENTES PRODUTOS. Sódio + Água hidróxido de sódio + Hidrogênio EQUAÇÕES QUÍMICAS REAÇÃO QUÍMICA: É o processo de uma mudança química (Átkins). Este processo é representado por meio de uma EQUAÇÃO QUÌMICA. As EQUAÇÕES QUÍMICAS são representadas por: REAGENTES PRODUTOS

Leia mais

1.º Teste de Física e Química A 10.º A Out minutos /

1.º Teste de Física e Química A 10.º A Out minutos / .º Teste de Física e Química A 0.º A Out. 202 90 minutos / Nome: n.º Classificação Professor E.E. As seis questões deste grupo são todas de escolha múltipla. Para cada uma delas são indicadas cinco hipóteses

Leia mais

SAIS E ÓXIDOS FUNÇÕES INORGÂNICAS

SAIS E ÓXIDOS FUNÇÕES INORGÂNICAS SAIS E ÓXIDOS FUNÇÕES INORGÂNICAS SAIS Os sais são comuns em nosso cotidiano: SAIS São compostos iônicos que possuem, pelo menos um cátion diferente do H + e um ânion diferente do OH -. Exemplos: NaCl

Leia mais

QUI109 QUÍMICA GERAL (Ciências Biológicas) 4ª aula /

QUI109 QUÍMICA GERAL (Ciências Biológicas) 4ª aula / QUI109 QUÍMICA GERAL (Ciências Biológicas) 4ª aula / 2016-2 Prof. Mauricio X. Coutrim (disponível em: http://professor.ufop.br/mcoutrim) REAÇÃO EM SOLUÇÃO AQUOSA São reações envolvendo compostos iônicos

Leia mais

INTRODUÇÃO. Podem ocorrer também modificações só perceptíveis a sensores colocados no meio reacional:

INTRODUÇÃO. Podem ocorrer também modificações só perceptíveis a sensores colocados no meio reacional: REAÇÕES INORGÂNICAS INTRODUÇÃO Uma reação química ocorre quando uma ou mais substâncias interagem de modo a formar novas substâncias. A ocorrência de uma reação pode ser detectada através de evidências

Leia mais

TEORIA DA REPULSÃO DOS PARES DE ELÉTRONS DA CAMADA DE VALÊNCIA (TEORIA RPECV)

TEORIA DA REPULSÃO DOS PARES DE ELÉTRONS DA CAMADA DE VALÊNCIA (TEORIA RPECV) GEOMETRIA MOLECULAR TEORIA DA REPULSÃO DOS PARES DE ELÉTRONS DA CAMADA DE VALÊNCIA (TEORIA RPECV) A teoria da repulsão dos pares de elétrons da camada de valência afirma que o arranjo geométrico dos átomos

Leia mais

Estequiometria. Priscila Milani

Estequiometria. Priscila Milani Estequiometria Priscila Milani Cálculo de massa para amostras impuras: Reagentes impuros, principalmente em reações industriais, ou porque eles são mais baratos ou porque eles já são encontrados na Natureza

Leia mais

Qui. Semana. Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira)

Qui. Semana. Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira) Semana 9 Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. CRONOGRAMA

Leia mais

FUNÇÕES E REAÇÕES INORGÂNICAS

FUNÇÕES E REAÇÕES INORGÂNICAS FUNÇÕES E REAÇÕES INORGÂNICAS 1-A Chuva ácida: SO 3 + H 2 O H 2 SO 4 2-B Neutralização: 2 H 3 PO 4 + 3 Ba(OH) 2 Ba 3 (PO 4 ) 2 + 6 H 2 O 3-E O NOX do enxofre no Na 2 SO 3 é +4, sendo o sulfito de sódio.

Leia mais

S Nox total = zero. Nº de oxidação (Nox) Regras para determinar o Nox. AULA 11 Oxidação e Redução

S Nox total = zero. Nº de oxidação (Nox) Regras para determinar o Nox. AULA 11 Oxidação e Redução AULA 11 Oxidação e Redução Nº de oxidação (Nox) é a carga que surge quando os elementos estão combinados NaCl Æ Na + Cl - (sódio doou 1 e - e o cloro recebeu 1e - ) H 2 Æ H H zero Quando a ligação for

Leia mais

Tabela Periódica dos Elementos:

Tabela Periódica dos Elementos: Tabela Periódica dos Elementos: - Na tabela periódica os elementos estão dispostos por ordem crescente de número atómico. - O Hidrogénio é o primeiro elemento da tabela periódica. *Cada linha da tabela

Leia mais

(b) É uma reacção de neutralização: base + ácido sal + água 2 mol de NaOH reagem com 1 mol de H 2 SO 4 originando 1 mol de Na 2 SO 4 e 2 mol de H 2 O.

(b) É uma reacção de neutralização: base + ácido sal + água 2 mol de NaOH reagem com 1 mol de H 2 SO 4 originando 1 mol de Na 2 SO 4 e 2 mol de H 2 O. EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I Capítulo 3. Reacções químicas I Soluções da ficha de exercícios 1. (a) NaOH = hidróxido de sódio. H 2 SO 4 = ácido súlfurico. Na 2 SO 4 = sulfato de sódio. H 2 O

Leia mais

Química Geral I. Química - Licenciatura Prof. Udo Eckard Sinks

Química Geral I. Química - Licenciatura Prof. Udo Eckard Sinks Química Geral I Química - Licenciatura Prof. Udo Eckard Sinks Conteúdo 04/04/2017 Rendimento Determinar Fórmulas Moleculares Reações em Solução aquosa Propriedades dos Compostos em Solução Aquosa, Reações

Leia mais

1) Estabeleça a ligação entre magnésio, Mg (12), e oxigênio, O (8).

1) Estabeleça a ligação entre magnésio, Mg (12), e oxigênio, O (8). Lista de exercícios Parte 3 REVISÃO 1 Ligações Químicas 1) Estabeleça a ligação entre magnésio, Mg (12), e oxigênio, O (8). 2) Estabeleça a ligação através de pares eletrônicos entre: a) carbono e hidrogênio:

Leia mais

O X I D A Ç Ã O E R E D U Ç Ã O

O X I D A Ç Ã O E R E D U Ç Ã O O X I D A Ç Ã O E R E D U Ç Ã O PROF. AGAMENON ROBERTO < 2010 > Prof. Agamenon Roberto OXIDAÇÃO E REDUÇÃO www.agamenonquimica.com 2 OXIDAÇÃO E REDUÇÃO INTRODUÇÃO Colocando-se uma lâmina de zinco dentro

Leia mais

Apostila de Química 19 Funções Inorgânicas

Apostila de Química 19 Funções Inorgânicas 1.0 Dissociação Apostila de Química 19 Funções Inorgânicas Teoria da dissociação (Arrhenius, 1903) Determinadas substâncias, quando dissolvidas em água, são capazes de originar cátions e ânions (íons livres).

Leia mais

Reações com transferência de elétrons: oxirredução

Reações com transferência de elétrons: oxirredução Reações com transferência de elétrons: oxirredução Química Geral Prof. Edson Nossol Uberlândia, 09/09/2016 Número de oxidação: número de cargas que um átomo teria em uma molécula (em um composto iônico)

Leia mais

As reações de oxidação e redução, também chamadas de reações redox, são fenômenos muito frequentes no nosso cotidiano. Como exemplo, temos: - Um

As reações de oxidação e redução, também chamadas de reações redox, são fenômenos muito frequentes no nosso cotidiano. Como exemplo, temos: - Um Números de Oxidação As reações de oxidação e redução, também chamadas de reações redox, são fenômenos muito frequentes no nosso cotidiano. Como exemplo, temos: - Um material sofrendo combustão (queima);

Leia mais

12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30

12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30 12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO 2005-2007 QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30 21. A hemoglobina das células vermelhas do sangue contém o complexo de ferro com uma porfirina. Sabendo que um indivíduo

Leia mais

Docente: Prof a. Dr a. Luciana M. Saran

Docente: Prof a. Dr a. Luciana M. Saran FCAV/ UNESP Jaboticabal Disciplina: Química Geral Assunto: Sais e Hidrólise Salina Docente: Prof a. Dr a. Luciana M. Saran 1. OBJETIVOS Discutir as propriedades ácido-base dos sais em soluções aquosas;

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2014 Disciplina: QUÍMICA Ano: 1º Professora: Maria Luiza ENSINO MÉDIO Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS. Prof. Marcel Piovezan. Curso Superior de Tecnologia em Processos Químicos

LIGAÇÕES QUÍMICAS. Prof. Marcel Piovezan. Curso Superior de Tecnologia em Processos Químicos MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS LAGES LIGAÇÕES QUÍMICAS Prof. Marcel Piovezan marcel.piovezan@ifsc.edu.br

Leia mais

Evolução dos Modelos Atómicos. Pág. 178

Evolução dos Modelos Atómicos. Pág. 178 Evolução dos Modelos Atómicos Pág. 178 Modelo da nuvem electrónica Nuvem electrónica Núcleo Região negativa do átomo onde se movimentam os electrões (carga -1) Carga Nuclear Região positiva do átomo onde

Leia mais

Feito por André Silva Franco

Feito por André Silva Franco Feito por André Silva Franco Visão Geral da Aula Cátions (Metais carga +) Manter nome do metal Lítio Sódio Potássio Berílio Magnésio Cálcio Estrôncio Bário Mangânes (II, III...) Ferro (II, III) Cobre (I,

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS 8º Teste sumativo de FQA 20. maio Versão 1 11º Ano Turma A Professor: Maria do Anjo Albuquerque

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS 8º Teste sumativo de FQA 20. maio Versão 1 11º Ano Turma A Professor: Maria do Anjo Albuquerque ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS 8º Teste sumativo de FQA 20. maio. 2015 Versão 1 11º Ano Turma A Professor: Maria do Anjo Albuquerque Duração da prova: 90 minutos. Este teste é constituído por 9 páginas

Leia mais

Equilíbrios e desequilíbrios QUÍMICA E INDÚSTRIA

Equilíbrios e desequilíbrios QUÍMICA E INDÚSTRIA Equilíbrios e desequilíbrios QUÍMICA E INDÚSTRIA A INDÚSTRIA DO AMONÍACO O objetivo é fabricar um produto a preço tão baixo quanto possível mas respeitando as imposições de segurança e de proteção ambiental.

Leia mais

ESTADO SÓLIDO ESTADO LÍQUIDO

ESTADO SÓLIDO ESTADO LÍQUIDO TEORIA CORPUSCULAR DA MATÉRIA Todas as substâncias são formadas por corpúsculos. Os corpúsculos têm reduzidas dimensões e por isso não se conseguem ver a olho nu. Entre os corpúsculos existem espaço vazio,

Leia mais

Nome: Ano: Turma: Nº.: Duração da prova: 60 minutos

Nome: Ano: Turma: Nº.: Duração da prova: 60 minutos PGA - Prova Global do Agrupamento Direção de Serviços Região Algarve Agrupamento de Escolas Silves Sul Departamento de Ciências Físicas e Naturais Físico Química 8º Ano Prova B Nome: Ano: Turma: Nº.: Data:

Leia mais

Prática 01 Reações e equações químicas

Prática 01 Reações e equações químicas UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CCT DEPARTAMENTO DE QUÍMICA DQMC Disciplina: Química Geral Experimental QEX0002 Prática 01 Reações e equações químicas 1. Introdução

Leia mais

Ocorrência das Reações

Ocorrência das Reações Ocorrência das Reações Efervescência Mudança de Cor Ocorrência das Reações Formação de Precipitado Reação x Equações Químicas Classificação 1. De acordo com a complexibilidade Adição ou síntese ou composição:

Leia mais

2. Funções Inorgânicas Substâncias químicas que compõem a Terra e que são essenciais para o organismo (minerais).

2. Funções Inorgânicas Substâncias químicas que compõem a Terra e que são essenciais para o organismo (minerais). 1. Funções orgânicas 2. Funções Inorgânicas Substâncias químicas que compõem a Terra e que são essenciais para o organismo (minerais). Eletrólitos e Não Eletrólitos Eletrólitos são substâncias que, em

Leia mais

Cálculo Estequiométrico Rodrigo Bandeira

Cálculo Estequiométrico Rodrigo Bandeira Rodrigo Bandeira Balanceamento de Reações Quantidade de cada elemento antes de depois da seta devem ser iguais Coeficientes Estequiométricos 1 N 2 (g) + 3 H 2 (g) 2 NH 3 (g) H 2 NH 3 N 2 H 2 NH 3 H 2 Exemplos:

Leia mais

AULA 10 EQUILÍBRIO DE SOLUBILIDADE

AULA 10 EQUILÍBRIO DE SOLUBILIDADE Fundamentos de Química Analítica (009) AULA 10 EQUILÍBRIO DE SOLUBILIDADE OBJETIVOS Definir solubilidade do soluto. Definir solução saturada, não saturada e supersaturada. Conhecer as regras de solubilidade.

Leia mais

1º Questão: Escreva a distribuição eletrônica dos elementos abaixo e determine o número de valência de cada elemento: a) Fe (26):.

1º Questão: Escreva a distribuição eletrônica dos elementos abaixo e determine o número de valência de cada elemento: a) Fe (26):. FOLHA DE EXERCÍCIOS CURSO: Otimizado ASS.: Exercícios de Conteúdo DISCIPLINA: Fundamentos de Química e Bioquímica NOME: TURMA: 1SAU 1º Questão: Escreva a distribuição eletrônica dos elementos abaixo e

Leia mais

QUÍMICA MÓDULO 20 CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO. Professor Edson Cruz

QUÍMICA MÓDULO 20 CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO. Professor Edson Cruz QUÍMICA Professor Edson Cruz MÓDULO 20 CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO INTRODUÇÃO Agora que já sabemos os pré-requisitos para o entendimento do cálculo estequiométrico, podemos defini-lo como "o método matemático

Leia mais

EXPERIÊNCIA 7 - OXIDAÇÃO e REDUÇÃO

EXPERIÊNCIA 7 - OXIDAÇÃO e REDUÇÃO EXPERIÊNCIA 7 - OXIDAÇÃO e REDUÇÃO 1. OBJETIVOS No final desta experiência o aluno deverá ser capaz de: Identificar a natureza das reações de oxirredução Montar uma tabela a partir de dados experimentais

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA (Conceitos básicos) QUÍMICA A 1415 ESTEQUIOMETRIA

ESTEQUIOMETRIA (Conceitos básicos) QUÍMICA A 1415 ESTEQUIOMETRIA ESTEQUIOMETRIA Estequiometria é a parte da Química que estuda as proporções dos elementos que se combinam ou que reagem. MASSA ATÓMICA (u) É a massa do átomo medida em unidades de massa atómica (u). A

Leia mais

Reações com transferência de elétrons: oxirredução

Reações com transferência de elétrons: oxirredução Reações com transferência de elétrons: oxirredução Introdução à Química II Prof. Edson Nossol Uberlândia, 06/10/2017 Número de oxidação: número de cargas que um átomo teria em uma molécula (em um composto

Leia mais

REAÇÕES QUÍMICAS PRODUZINDO CORRENTE ELÉTRICA CORRENTE ELÉTRICA PRODUZINDO REAÇÃO QUÍMICA PROF. RODRIGO BANDEIRA

REAÇÕES QUÍMICAS PRODUZINDO CORRENTE ELÉTRICA CORRENTE ELÉTRICA PRODUZINDO REAÇÃO QUÍMICA PROF. RODRIGO BANDEIRA REAÇÕES QUÍMICAS PRODUZINDO CORRENTE ELÉTRICA CORRENTE ELÉTRICA PRODUZINDO REAÇÃO QUÍMICA A relação entre as reações químicas e a corrente elétrica é estudada por um ramo da química chamado ELETROQUÍMICA

Leia mais

Funções inorgânicas : Sais

Funções inorgânicas : Sais Funções inorgânicas : Sais Sais Bicarbonato de sódio (NaHCO 3 ) Utilizado em antiácidos Carbonato de cálcio (CaCO 3 ) Encontrado no mármore, no calcário, nas cascas de ovos etc Sulfato de cálcio hidratado

Leia mais

Reacções de oxidação-redução em solução aquosa. Livro Química Inorgânica Básica na página da cadeira no Moodle Capítulo 4, p.

Reacções de oxidação-redução em solução aquosa. Livro Química Inorgânica Básica na página da cadeira no Moodle Capítulo 4, p. Reacções de oxidação-redução em solução aquosa Livro Química Inorgânica Básica na página da cadeira no Moodle Capítulo 4, p. 116 até ao final REACÇÕES de OXIDAÇÃO-REDUÇÃO reacções que envolvem troca de

Leia mais

Aula 09 19/mai Marcelo..continuação da aula 08 (12/mai) CONTEÚDO EXTRA SOBRE LIGAÇÃO IÔNICA Escrevendo a fórmula de um composto iônico: http://www.brasilescola.com/quimica/formulas-para-representar-as-ligacoesionicas.htm

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA EXPERIMENTAL

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA EXPERIMENTAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE IFRN CAMPUS MOSSORÓ PROFESSOR: ALBINO DISCIPLINA: QUÍMICA EXPERIMENTAL ESTRUTURA DA MATÉRIA O termo matéria refere-se a todos os

Leia mais