Direito Civil. Da Extinção do Contrato. Professora Tatiana Marcello.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Direito Civil. Da Extinção do Contrato. Professora Tatiana Marcello."

Transcrição

1 Direito Civil Da Extinção do Contrato Professora Tatiana Marcello

2

3 Direito Aula Civil XX LEI Nº , DE 10 DE JANEIRO DE 2002 Institui o Código Civil. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: PARTE ESPECIAL (...) TÍTULO V Dos Contratos em Geral CAPÍTULO II DA EXTINÇÃO DO CONTRATO Seção I DO DISTRATO Art O distrato faz-se pela mesma forma exigida para o contrato. Art A resilição unilateral, nos casos em que a lei expressa ou implicitamente o permita, opera mediante denúncia notificada à outra parte. Parágrafo único. Se, porém, dada a natureza do contrato, uma das partes houver feito investimentos consideráveis para a sua execução, a denúncia unilateral só produzirá efeito depois de transcorrido prazo compatível com a natureza e o vulto dos investimentos. Seção II DA CLÁUSULA RESOLUTIVA Art A cláusula resolutiva expressa opera de pleno direito; a tácita depende de interpelação judicial. Art A parte lesada pelo inadimplemento pode pedir a resolução do contrato, se não preferir exigir-lhe o cumprimento, cabendo, em qualquer dos casos, indenização por perdas e danos. Seção III DA EXCEÇÃO DE CONTRATO NÃO CUMPRIDO Art Nos contratos bilaterais, nenhum dos contratantes, antes de cumprida a sua obrigação, pode exigir o implemento da do outro. Art Se, depois de concluído o contrato, sobrevier a uma das partes contratantes diminuição em seu patrimônio capaz de comprometer ou tornar duvidosa a prestação pela qual se obrigou, pode a outra recusar-se à prestação que lhe incumbe, até que aquela satisfaça a que lhe compete ou dê garantia bastante de satisfazê-la. Seção IV DA RESOLUÇÃO POR ONEROSIDADE EXCESSIVA Art Nos contratos de execução continuada ou diferida, se a prestação de uma das partes se tornar excessivamente onerosa, com extrema vantagem para a outra, em virtude de acontecimentos extraordinários e imprevisíveis, pode- 3

4 rá o devedor pedir a resolução do contrato. Os efeitos da sentença que a decretar retroagirão à data da citação. Art A resolução poderá ser evitada, oferecendo-se o réu a modificar equitativamente as condições do contrato. Art Se no contrato as obrigações couberem a apenas uma das partes, poderá ela pleitear que a sua prestação seja reduzida, ou alterado o modo de executá-la, a fim de evitar a onerosidade excessiva. 4

5 Direito Civil Da Extinção do Contrato Profª Tatiana Marcello Slides Da Extinção do Contrato EXTINÇÃO DO CONTRATO Os contratos têm um ciclo: nascem do acordo de vontades; produzem seus efeitos e extinguem-se. Em regra, a extinção se dá através da sua execução, ou seja, o cumprimento do contrato leva à quitação, liberando o devedor e satisfaz o credor. No entanto, o contrato também pode se extinguir sem seu cumprimento, através de causas anteriores ou contemporâneas à sua formação, ou por causas supervenientes. Extinção por causas anteriores ou contemporâneas à formação Nulidade absoluta ou relativa Cláusula resolutiva expressa Direito de arrependimento 5

6 Nulidade absoluta ou relativa Nulidade absoluta (nulo) quanto faltar elemento essencial do ato, impedindo que o contrato produza seus efeitos desde a sua formação (ex.: incapacidade absoluta do agente; forma prescrita em lei; objeto lícito, possível, determinado ou determinável, etc.) Nulidade relativa (anulável) quando há algum imperfeição da vontade (ex.: incapacidade relativa do agente ou vícios de consentimento, como erro, dolo, coação) e somente poderá extinguirá o contato se o interessado a reclamar. Cláusula Resolutiva (art. 474) Durante a execução de um contrato, cada uma das partes tem a faculdade de pedir a resolução se o outro não cumpre as obrigações avençadas. Essa possibilidade pode ser: Expressa através de uma cláusula convencional (opera-se de direito) Tácita advém de uma presunção legal (depende de decisão judicial) Art A parte lesada pelo inadimplemento pode pedir a resolução do contrato, se não preferir exigir-lhe o cumprimento, cabendo, em qualquer dos casos, indenização por perdas e danos. 6

7 Direito Civil Da Extinção do Contrato Profª Tatiana Marcello Direito de arrependimento Cláusula expressa no contrato que permite a extinção do mesmo pelo arrependimento de qualquer das partes, manifestado unilateralmente, acarretando a imediata extinção do contrato. Esse direito deve ser exercido dentro do prazo estipulado ou antes da execução do contrato (se não foi estipulado prazo), sob pena de perda do direito. Direitode arrependimentono Código de Defesa do Consumidor Extinção por causas supervenientes à formação Resolução (inexecução voluntária, inexecução involuntária, onerosidade excessiva) Resilição (bilateral ou unilateral) Morte de um dos contratantes Rescisão 7

8 Resolução A resolução do contrato pode ser dar por diversas causas: Inexecução voluntária inadimplemento culposo de um dos contratantes, ensejando a resolução do contrato e a obrigação de o inadimplente arcar com perdas e danos; podendo a parte lesada, ainda, exigir o cumprimento do contrato. (Art Nos contratos bilaterais, nenhum dos contratantes, antes de cumprida a sua obrigação, pode exigir o implemento da do outro) Inexecução involuntária inadimplemento que não deriva de conduta ou culpa da partes, como ocorre nas hipóteses de ações de terceiros ou caso fortuito e força maior, gerando a resolução do contrato. Onerosidade excessiva (art. 478) nos contratos de execução continuada, se a prestação de uma das partes se torna excessivamente onerosa, com extrema vantagem para a outra parte, em virtude de acontecimento extraordinário e imprevisível, o devedor poderá pedir a resolução do contrato (ou sua revisão/modificação). Resilição Pode ocorrer de duas formas: Bilateral (Distrato art. 472) quando a dissolução do contrato deriva do interesse e manifestação de ambas as partes; deve ser feito pela mesma forma exigida para o contrato. Unilateral (Denúncia art. 473) é a dissolução do contrato por ato unilateral, mediante a manifestação de vontade de uma das partes; essa modalidade é admitida apenas em alguns tipos de contrato (ex.: mandato que pode ser revogado). 8

9 Direito Civil Da Extinção do Contrato Profª Tatiana Marcello Morte de um dos contratantes Ocorre a extinção do contrato pela morte apenas nos casos de contratos personalíssimos, pois não será possível outra pessoa executar a obrigação pelo de cujus. Rescisão Extinção do contrato em razão da ocorrência de estado de perigo ou lesão (defeitos dos negócios jurídicos). O termo Rescisão é utilizado equivocadamente como sinônimo de Resolução ou Resilição, mas em boa técnica, ocorre apenas nas hipóteses acima. 9

10

Março/2011. Prof a. Mestre Helisia Góes

Março/2011. Prof a. Mestre Helisia Góes DIREITO CIVIL III - CONTRATOS TEORIA GERAL DOS CONTRATOS Extinção dos Contratos (Desfazimento da Relação Contratual) Março/2011 Prof a. Mestre Helisia Góes TRANSITORIEDADE CONTRATO EXTINÇÃO como toda obrigação,

Leia mais

Ana Flávia Penido 2. Penido, Ana Flávia. P411e Extinção do contrato / Ana Flávia Penido. Varginha, f.

Ana Flávia Penido 2. Penido, Ana Flávia. P411e Extinção do contrato / Ana Flávia Penido. Varginha, f. 1 Penido, Ana Flávia. P411e Extinção do contrato /. Varginha, 2015. 9 f. Sistema requerido: Adobe Acrobat Reader Modo de Acesso: World Wide Web 1. Contrato Rescisão. 2. Direito. I. Título. II. Fundação

Leia mais

Direito Civil III Contratos

Direito Civil III Contratos Direito Civil III Contratos Extinção dos Contratos Prof. Andrei Brettas Grunwald 2011.1 1 INTRODUÇÃO As obrigações, direitos pessoais, têm como característica fundamental seu caráter transitório. A obrigação

Leia mais

Conteúdos/ Matéria. Categorias/ Questões. Habilidades e Competências. Textos, filmes e outros materiais. Tipo de aula. Semana

Conteúdos/ Matéria. Categorias/ Questões. Habilidades e Competências. Textos, filmes e outros materiais. Tipo de aula. Semana PLANO DE CURSO DISCIPLINA: DIREITO CONTRATUAL (CÓD. ENEX 60119) ETAPA: 4ª TOTAL DE ENCONTROS: 15 SEMANAS Semana Conteúdos/ Matéria Categorias/ Questões Tipo de aula Habilidades e Competências Textos, filmes

Leia mais

TÍTULO V Dos Contratos em Geral. CAPÍTULO I Disposições Gerais. Seção I Preliminares

TÍTULO V Dos Contratos em Geral. CAPÍTULO I Disposições Gerais. Seção I Preliminares TÍTULO V Dos Contratos em Geral CAPÍTULO I Disposições Gerais Seção I Preliminares Art. 421. A liberdade de contratar será exercida em razão e nos limites da função social do contrato. Art. 422. Os contratantes

Leia mais

SUMÁRIO. Parte I NOÇÕES GERAIS

SUMÁRIO. Parte I NOÇÕES GERAIS SUMÁRIO Parte I NOÇÕES GERAIS I Noção de contrato 25 2 Origens e evolução histórica do direito dos contratos 31 2 I Historicidade do contrato 32 22 O direito romano 33 23 O direito inglês medieval 34 3

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL - TEORIA GERAL DOS CONTRATOS MERCANTIS

DIREITO EMPRESARIAL - TEORIA GERAL DOS CONTRATOS MERCANTIS DIREITO EMPRESARIAL - TEORIA GERAL DOS CONTRATOS MERCANTIS Prof. Mauro Fernando de Arruda Domingues 1. Regimes jurídicos e conceito: O contrato é o instrumento pelo qual as pessoas contraem obrigação umas

Leia mais

UMA PROPOSTA DE CLASSIFICAÇÃO PARA AS FORMAS DE EXTINÇÃO DOS CONTRATOS

UMA PROPOSTA DE CLASSIFICAÇÃO PARA AS FORMAS DE EXTINÇÃO DOS CONTRATOS UMA PROPOSTA DE CLASSIFICAÇÃO PARA AS FORMAS DE EXTINÇÃO DOS CONTRATOS Elaborado em 06.2007. Bruna Lyra Duque Advogada e consultora jurídica em Vitória (ES), mestre em Direitos e Garantias Constitucionais

Leia mais

INICIAÇÃO A ADVOCACIA CIVEL

INICIAÇÃO A ADVOCACIA CIVEL CONCEITO DE CONTRATO REQUISITOS DO CONTRATO CONTRATO CIVIS E NAS RELAÇÕES DE CONSUMO PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS a. Autonomia da vontade b. Relatividade das convenções c. Força vinculante d. Boa-fé FORMAÇÃO

Leia mais

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO Previsão legal e conceito! No CPC/73 art. 890/900! No NCPC art. 539/549 Tivemos pequenas e pontuais mudanças sobre o tema.! E citado no CC no art. 334 Trata-se do depósito

Leia mais

RESOLUÇÃO EXTRAJUDICIAL DE PROMESSA DE COMPRA E VENDA IMOBILIÁRIA POR INADIMPLEMENTO ABSOLUTO DO QUESTÕES ATUAIS E OUTRAS NEM TÃO ATUAIS...

RESOLUÇÃO EXTRAJUDICIAL DE PROMESSA DE COMPRA E VENDA IMOBILIÁRIA POR INADIMPLEMENTO ABSOLUTO DO QUESTÕES ATUAIS E OUTRAS NEM TÃO ATUAIS... RESOLUÇÃO EXTRAJUDICIAL DE PROMESSA DE COMPRA E VENDA IMOBILIÁRIA POR INADIMPLEMENTO ABSOLUTO DO COMPRADOR QUESTÕES ATUAIS E OUTRAS NEM TÃO ATUAIS... Rubens Leonardo Marin SECOVI / SP 11/05/2015 O problema:

Leia mais

Por vias normais (Devido cumprimento) Por fatos anteriores à formação do contrato Por fatos posteriores à formação do contrato Pela morte

Por vias normais (Devido cumprimento) Por fatos anteriores à formação do contrato Por fatos posteriores à formação do contrato Pela morte 13 - EXTINÇÃO DOS CONTRATOS Os contratos podem ser extintos de 4 formas: Por vias normais (Devido cumprimento) Por fatos anteriores à formação do contrato Por fatos posteriores à formação do contrato Pela

Leia mais

INADIMPLEMENTO DAS OBRIGAÇÕES DISPOSIÇÕES GERAIS

INADIMPLEMENTO DAS OBRIGAÇÕES DISPOSIÇÕES GERAIS INADIMPLEMENTO DAS OBRIGAÇÕES DISPOSIÇÕES GERAIS Fundamentação: Art. 389 a 393. Do Código Civil 1 Motivos do Inadimplemento: a) Inadimplemento Decorrente de Ato de Culposo do Devedor: Neste caso, a palavra

Leia mais

EXERCÍCIO 1. EXERCÍCIO 1 Continuação

EXERCÍCIO 1. EXERCÍCIO 1 Continuação Direito Civil Contratos Aula 1 Exercícios Professora Consuelo Huebra EXERCÍCIO 1 Assinale a opção correta com relação aos contratos. a) O contrato preliminar gera uma obrigação de fazer, no entanto não

Leia mais

Classificação das Obrigações

Classificação das Obrigações DN DireitoNet Resumos Classificação das Obrigações Quanto ao objeto, seus elementos, de meio e de resultado, civis e naturais, puras e simples, condicionais, a termo e modais, de execução instantânea,

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 3.731, DE 2012 (Do Sr. Walter Tosta)

PROJETO DE LEI N.º 3.731, DE 2012 (Do Sr. Walter Tosta) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 3.731, DE 2012 (Do Sr. Walter Tosta) Altera a Lei nº 10.708, de 31 de julho de 2003, que institui o auxílioreabilitação psicossocial para pacientes acometidos de

Leia mais

Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu, Paulo César Silva, Prefeito Municipal, sanciono e promulgo a seguinte lei:

Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu, Paulo César Silva, Prefeito Municipal, sanciono e promulgo a seguinte lei: Institui o Programa Temporário de Pagamento Incentivado de Débitos para com a Fazenda Pública do Município de Poços de Caldas- POÇOS EM DIA II e dá outras providências. Faço saber que a Câmara Municipal

Leia mais

TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO

TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO Aula 3 Terminação do Contrato de Trabalho Professora: Maria Inês Gerardo www.mariainesgerardo.com.br MARIA INÊS GERARDO Conteúdo Programático desta aula Causas de extinção do contrato de trabalho e os

Leia mais

Dos contratos em geral

Dos contratos em geral Dos contratos em geral Disposições gerais As Disposições Gerais, constantes no Título V (dos Contratos em Geral) do Código Civil brasileiro (CC) consistem em cláusulas gerais aplicáveis a todo tipo de

Leia mais

Negócio jurídico processual e a privatização do processo civil

Negócio jurídico processual e a privatização do processo civil Negócio jurídico processual e a privatização do processo civil Fernando da Fonseca Gajardoni Professor Doutor Faculdade de Direito da USP Ribeirão Preto (FDRP-USP). Juiz de Direito/TJSP Modelos de flexibilização

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 14, DE 2014 (Senador Alfredo Nascimento - PR/AM)

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 14, DE 2014 (Senador Alfredo Nascimento - PR/AM) PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 14, DE 2014 (Senador Alfredo Nascimento - PR/AM) Altera o art. 5º da Lei nº 8.906, de 4 de julho de 1994, que dispõe sobre o Estatuto da Advocacia e a Ordem dos Advogados do

Leia mais

DIREITO CIVIL CONTRATOS Rosivaldo Russo

DIREITO CIVIL CONTRATOS Rosivaldo Russo DIREITO CIVIL CONTRATOS Rosivaldo Russo FORMAÇÃO DOS CONTRATOS Vontade contratual e consentimento das partes: a) CONCEITO: mais que mero elemento contratual, a vontade representa pressuposto à relação

Leia mais

DIREITO CIVIL. 1. Cláusula Penal:

DIREITO CIVIL. 1. Cláusula Penal: 1 PONTO 1: Cláusula Penal PONTO 2: Formação dos contratos PONTO 3: Arras PONTO 4: Extinção PONTO 5: Classificação dos contratos PONTO 6: Vícios redibitórios 1. Cláusula Penal: Estrutura da cláusula penal:

Leia mais

IELF CURSO EXTENSIVO. DIREITO CONTRATUAL. PROFESSOR FLÁVIO FLÁVIO TARTUCE.

IELF CURSO EXTENSIVO. DIREITO CONTRATUAL. PROFESSOR FLÁVIO FLÁVIO TARTUCE. IELF CURSO EXTENSIVO. DIREITO CONTRATUAL. PROFESSOR FLÁVIO FLÁVIO TARTUCE. 1) EVICÇÃO (ARTS. 447 A 457 NCC). A evicção pode ser conceituada como sendo a perda da coisa diante de uma sentença judicial que

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO GERAL DOS CONTRATOS

CLASSIFICAÇÃO GERAL DOS CONTRATOS QTO AOS EFEITOS: unilaterais, bilaterais,plurilaterais; gratuitos ou onerosos; comutativos ou aleatórios QTO À FORMAÇÃO: paritários, de adesão; QTO AO MOMENTO DA EXECUÇÃO: de execução instantânea, diferida

Leia mais

FATOS, ATOS E NEGÓCIOS JURÍDICOS Resumo Prof. Lucas Siqueira

FATOS, ATOS E NEGÓCIOS JURÍDICOS Resumo Prof. Lucas Siqueira FATOS, ATOS E NEGÓCIOS JURÍDICOS Resumo Prof. Lucas Siqueira Fatos Jurídicos Natural ou stricto sensu: Ocorrem segundo a lei da causalidade natural, sem interferência da vontade humana. * ordinário * extraordinário

Leia mais

TRATADO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E O REINO DE ESPANHA PARA A REPRESSÃO DO TRÁFICO ILÍCITO DE DROGA NO MAR.

TRATADO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E O REINO DE ESPANHA PARA A REPRESSÃO DO TRÁFICO ILÍCITO DE DROGA NO MAR. Resolução da Assembleia da República n.º 9/2000 Tratado entre a República Portuguesa e o Reino de Espanha para a Repressão do Tráfico Ilícito de Droga no Mar, assinado em Lisboa em 2 de Março de 1998 Aprova

Leia mais

CONVENÇÃO INTERNACIONAL PARA PROTEÇÃO AOS ARTISTAS INTÉRPRETES OU EXECUTANTES, AOS PRODUTORES DE FONOGRAMAS E AOS ORGANISMOS DE RADIODIFUSÃO

CONVENÇÃO INTERNACIONAL PARA PROTEÇÃO AOS ARTISTAS INTÉRPRETES OU EXECUTANTES, AOS PRODUTORES DE FONOGRAMAS E AOS ORGANISMOS DE RADIODIFUSÃO CONVENÇÃO INTERNACIONAL PARA PROTEÇÃO AOS ARTISTAS INTÉRPRETES OU EXECUTANTES, AOS PRODUTORES DE FONOGRAMAS E AOS ORGANISMOS DE RADIODIFUSÃO Os Estados contratantes, animados do desejo de proteger os direitos

Leia mais

DIREITO REAL DE AQUISIÇÃO DO PROMITENTE COMPRADOR

DIREITO REAL DE AQUISIÇÃO DO PROMITENTE COMPRADOR UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CAMPUS DE PALMAS CURSO DE DIREITO DIREITO CIVIL V TRABALHO DE DIREITO CIVIL DIREITO REAL DE AQUISIÇÃO DO PROMITENTE COMPRADOR Alunos: Maria Aparecida P. S. Apinajé Lucas

Leia mais

Aula 03. Execução. Título executivo judicial (art. 475-N, CPC) e título executivo extrajudicial (art. 585, CPC)

Aula 03. Execução. Título executivo judicial (art. 475-N, CPC) e título executivo extrajudicial (art. 585, CPC) Turma e Ano: Magistratura Estadual 2015/2016 Matéria / Aula: Processo Civil 03 Professor: Raphael Corrêa Monitor: Yasmin Aula 03 Execução Panorama Histórico da Execução A Execução teve relevantes mudanças

Leia mais

DOS CONTRATOS DE EXTINÇÃO ANALISE DOS ARTIGOS 472 AO 480 DO CÓDIGO CIVIL.

DOS CONTRATOS DE EXTINÇÃO ANALISE DOS ARTIGOS 472 AO 480 DO CÓDIGO CIVIL. DOS CONTRATOS DE EXTINÇÃO ANALISE DOS ARTIGOS 472 AO 480 DO CÓDIGO CIVIL. Francine Navas Nascimento 1 RESUMO A forma pelo qual o contrato deixará de existir está tratada neste artigo sobre extinção do

Leia mais

TRABALHADOR - ESTUDANTE O QUE DIZ A LEI

TRABALHADOR - ESTUDANTE O QUE DIZ A LEI Ficha n.º 4 TRABALHADOR - ESTUDANTE O QUE DIZ A LEI OBSERVAÇÕES Trabalhador-Estudante Trabalhador que frequenta qualquer nível de educação escolar, bem como curso de pós-graduação, mestrado ou doutoramento

Leia mais

Anderson Nogueira Oliveira Material de Aula Direito Civil IV Obrigações II Aula 2 e 3 (Cessão de Crédito e Débito)

Anderson Nogueira Oliveira Material de Aula Direito Civil IV Obrigações II Aula 2 e 3 (Cessão de Crédito e Débito) AULA 02 CESSÃO DE CRÉDITO CESSÃO DE CRÉDITO 1. Conceito Negócio jurídico bilateral ou sinalagmático, gratuito ou oneroso, pelo qual o credor, sujeito ativo de uma obrigação, transfere a outrem, no todo

Leia mais

Tribunais Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro Direito Civil Nilmar de Aquino

Tribunais Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro Direito Civil Nilmar de Aquino Tribunais Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro Direito Civil Nilmar de Aquino 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. 1. Introdução Lei que regulamenta

Leia mais

Meios de solução de controvérsias nas relações de consumo de seguros GUSTAVO DA ROCHA SCHMIDT

Meios de solução de controvérsias nas relações de consumo de seguros GUSTAVO DA ROCHA SCHMIDT Meios de solução de controvérsias nas relações de consumo de seguros GUSTAVO DA ROCHA SCHMIDT Em razão do volume exorbitante de demandas, o Judiciário brasileiro torna-se, naturalmente, incapaz de pacificar

Leia mais

Cód. barras: STJ00095765 (2012)

Cód. barras: STJ00095765 (2012) Cód. barras: STJ00095765 (2012) CAPÍTULO 1 - LEI DE INTRODUÇÃO ÀS NORMAS DO DIREITO BRASILEIRO... 1 1.1. Lei de introdução às normas do direito brasileiro... 1 1.1.1. Considerações gerais... 1 1.1.2. Vigência

Leia mais

Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI

Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI Renda Fixa Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI O produto O Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) é um título que gera um direito de crédito ao

Leia mais

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA

TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO MARANHÃO, através da 2ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA ESPECIALIZADA NA DEFESA DO CONSUMIDOR DA CAPITAL, por sua representante legal, Promotora

Leia mais

RESPOSTAS ÀS PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE A REFORMA ANTECIPADA NA SEGURANÇA SOCIAL

RESPOSTAS ÀS PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE A REFORMA ANTECIPADA NA SEGURANÇA SOCIAL Respostas às questões mais frequentes sobre a pensão antecipada na Segurança Social Pág. 1 RESPOSTAS ÀS PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE A REFORMA ANTECIPADA NA SEGURANÇA SOCIAL Trabalhadores empregados e desempregados

Leia mais

Condições da Ação Penal -Possibilidade jurídica do pedido A pretensão do autor deve referir-se a providência admitida pelo direito objetivo. Para que

Condições da Ação Penal -Possibilidade jurídica do pedido A pretensão do autor deve referir-se a providência admitida pelo direito objetivo. Para que AÇÃO PENAL Ação é o direito subjetivo de se invocar do Estado- Juiz a aplicação do direito objetivo a um caso concreto. Tal direito é público, subjetivo, autônomo, específico, determinado e abstrato (TOURINHO

Leia mais

I Locação em geral. 30 dias Antecedência mínima necessária para que o Locador denuncie locações de prazo indeterminado.

I Locação em geral. 30 dias Antecedência mínima necessária para que o Locador denuncie locações de prazo indeterminado. I Locação em geral 10 anos Contratos com tal prazo dependem da vênia conjugal, sob pena do período excedente não ser respeitado pelo cônjuge não anuente 30 dias Antecedência mínima necessária para que

Leia mais

MATÉRIA: LEI Nº 8.429/92 PROFESSOR: EDGARD ANTONIO NÍVEL SUPERIOR

MATÉRIA: LEI Nº 8.429/92 PROFESSOR: EDGARD ANTONIO NÍVEL SUPERIOR MATÉRIA: LEI Nº 8.429/92 PROFESSOR: EDGARD ANTONIO NÍVEL SUPERIOR FCC/2008/TRF 5ª REGIÃO - ANALISTA JUDICIÁRIO: EXECUÇÃO DE MANDADOS 28) Segundo a Lei nº 8.429/92, permitir, facilitar ou concorrer para

Leia mais

PETIÇÃO INICIAL (CPC 282)

PETIÇÃO INICIAL (CPC 282) 1 PETIÇÃO INICIAL (CPC 282) 1. Requisitos do 282 do CPC 1.1. Endereçamento (inciso I): Ligado a competência, ou seja, é imprescindível que se conheça as normas constitucionais de distribuição de competência,

Leia mais

Contrato de Prestação de Serviços. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Contrato de Prestação de Serviços. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Contrato de Prestação de Serviços Contrato de Prestação de Serviços Visão Geral dos Contratos: Formação dos Contratos;e Inadimplemento Contratual. Formação dos Contratos Validade do Negócio Jurídico: Agente

Leia mais

Contrato de Empreitada. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Contrato de Empreitada. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Contrato de Empreitada Contrato de Empreitada Empreiteiro é a designação dada a um indivíduo ou empresa que contrata com outro indivíduo ou organização (o dono da obra) a realização de obras de construção,

Leia mais

APOSENTADORIA ESPECIAL PARA GUARDAS MUNICIPAIS

APOSENTADORIA ESPECIAL PARA GUARDAS MUNICIPAIS APOSENTADORIA ESPECIAL PARA GUARDAS MUNICIPAIS ART. 40, 1º, III, A E B DA CF (REDAÇÃO DA EC 41/2003): É APLICÁVEL, ATUALMENTE, A TODO E QUALQUER SERVIDOR, INDEPENDENTEMENTE DA DATA DE INGRESSO NO SERVIÇO

Leia mais

RESOLUÇÃO CRCMG Nº 352, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO CRCMG Nº 352, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013 RESOLUÇÃO CRCMG Nº 352, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013 Estabelece o Regulamento dos cursos presenciais e a distância realizados pelo CRCMG. O PLENÁRIO DO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DE MINAS GERAIS,

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO AUDITORIA GERAL DO ESTADO ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº. 054/2010

ESTADO DE MATO GROSSO AUDITORIA GERAL DO ESTADO ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº. 054/2010 ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº. 054/2010 UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS: NÚCLEO SISTÊMICO: TODAS AS UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS TODOS OS NÚCLEOS SISTÊMICOS FINANCEIRO. PROCESSO DE PAGAMENTO. ASSUNTO: CONSÓRCIO. EXIGÊNCIA DE

Leia mais

ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº /12/2000

ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº /12/2000 ORIENTAÇÃO NORMATIVA Nº.2000 19/2000 de 20/12/2000 Nº de PAUTA 203.13 RECURSOS HUMANOS RECURSOS HUMANOS Assunto: Actividade Sindical Referência: Distribuição: Recursos Humanos Revogações: Enquadramento

Leia mais

Departamento Municipal Jurídico e de Contencioso Divisão Municipal de Estudos e Assessoria Jurídica

Departamento Municipal Jurídico e de Contencioso Divisão Municipal de Estudos e Assessoria Jurídica Concordo. Remeta-se a presente Informação ao Sr. Director do DMPA, Eng.º António Rebelo. Cristina Guimarães Chefe da Divisão de Estudos e Assessoria Jurídica 2010.03.15 N/Ref.ª: (...) S/Ref.ª: ( ) Porto,

Leia mais

Art. 267. Extingue-se o processo, sem resolução de mérito:(redação dada pela Lei nº 11.232, de 2005) V -quando o juiz acolher a alegação de

Art. 267. Extingue-se o processo, sem resolução de mérito:(redação dada pela Lei nº 11.232, de 2005) V -quando o juiz acolher a alegação de 1. (OAB 136) De acordo com o Código de Processo Civil (CPC), extingue-se o processo sem resolução de mérito quando A) o juiz reconhece a prescrição ou a decadência. B) as partes transigem. C) o autor renuncia

Leia mais

RESPONSABILIDADE CIVIL DOS OPERADORES DE NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS

RESPONSABILIDADE CIVIL DOS OPERADORES DE NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS RESPONSABILIDADE CIVIL DOS OPERADORES DE NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS Atividade de intermediação de negócios imobiliários relativos à compra e venda e locação Moira de Toledo Alkessuani Mercado Imobiliário Importância

Leia mais

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE BARRETOS, ESTADO DE SÃO PAULO: Professor II: (NR) V -...

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE BARRETOS, ESTADO DE SÃO PAULO: Professor II: (NR) V -... LEI COMPLEMENTAR N.º 176, DE 04 DE ABRIL DE 2012. ALTERA E REVOGA DISPOSITIVOS QUE ESPECIFICA DA LEI COMPLEMENTAR N.º 45, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2004, COM ALTERAÇÕES SUBSEQUENTES. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

DECRETO Nº 4.248, DE 09 DE OUTUBRO DE 2014.

DECRETO Nº 4.248, DE 09 DE OUTUBRO DE 2014. DECRETO Nº 4.248, DE 09 DE OUTUBRO DE 2014. Estabelece procedimentos e prazos para a entrega da declaração dos bens e rendas que compõem o patrimônio privado dos agentes públicos municipais, de que trata

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL. Exame de Ordem 2009.1 Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL

DIREITO EMPRESARIAL. Exame de Ordem 2009.1 Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL DIREITO EMPRESARIAL PEÇA PROFISSIONAL A BW Segurança Ltda. firmou com o Banco Reno S.A. contrato de confissão de dívidas, devidamente assinado por duas testemunhas, obrigando-se a efetuar o pagamento da

Leia mais

Direito Penal. Tentativa. Professor Joerberth Nunes.

Direito Penal. Tentativa. Professor Joerberth Nunes. Direito Penal Tentativa Professor Joerberth Nunes www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Penal TENTATIVA Art. 14. Diz-se o crime: Crime consumado TÍTULO II Do Crime I consumado, quando nele se reúnem todos

Leia mais

Planejamento Tributário

Planejamento Tributário Planejamento Tributário rio Análise da Legitimidade Critérios rios Jurídicos Claudemir Rodrigues Malaquias claudemir.malaquias malaquias@carf.fazenda.gov.br 1 Sumário Contexto Patologias do Negócio Jurídico

Leia mais

GTMMI, Lda. Condições Gerais de Venda

GTMMI, Lda. Condições Gerais de Venda GTMMI, Lda. Condições Gerais de Venda Estas Condições Gerais de Venda anulam automaticamente todas as anteriores. EXCEPTO QUANDO EXPRESSAMENTE ACORDADO EM CONTRÁRIO POR ESCRITO, TODAS AS VENDAS ESTÃO SUJEITAS

Leia mais

MANUAL DE GERENCIAMENTO DE RISCOS E CONTROLE INTERNO

MANUAL DE GERENCIAMENTO DE RISCOS E CONTROLE INTERNO MANUAL DE GERENCIAMENTO DE RISCOS E CONTROLE INTERNO Agosto / 2015 SUMÁRIO I) INTRODUÇÃO... 2 II) METODOLOGIA PARA DISTRIBUIÇÃO DE ORDENS... 2 III) METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE RISCO DE MERCADO... 3

Leia mais

CONTRATO DE LOCAÇÃO PARA USO DE ESPAÇO PARA EVENTO

CONTRATO DE LOCAÇÃO PARA USO DE ESPAÇO PARA EVENTO CONTRATO DE LOCAÇÃO PARA USO DE ESPAÇO PARA EVENTO (minuta) Pelo presente instrumento, de um lado SINDICATO DOS SERVENTUÁRIOS DA JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAPÁ, CNPJ 84.409.051/0001-61, representada neste

Leia mais

M.S PRESTADORA DE SERVIÇOS EM POÇOS ARTESIANOS

M.S PRESTADORA DE SERVIÇOS EM POÇOS ARTESIANOS CONTRATO 172/2014 CREDOR VALOR 32.010,00 DATA 23.10.2014 M.S PRESTADORA DE SERVIÇOS EM POÇOS ARTESIANOS CONTRATO FIRMADO ENTRE O MUNICÍPIO DE ÁGUA BOA MT E A EMPRESA M.S PRESTADORA DE SERVIÇOS EM POÇOS

Leia mais

RESOLUÇÃO N 06/2015/CONSUP/IFAP, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2015.

RESOLUÇÃO N 06/2015/CONSUP/IFAP, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2015. RESOLUÇÃO N 06/2015/CONSUP/IFAP, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2015. Aprova o PROGRAMA DE BOLSA-AUXÍLIO À PÓS- GRADUAÇÃO AOS SERVIDORES do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá IFAP. O PRESIDENTE

Leia mais

empregado e dispensá-lo do trabalho no período, o empregador indenizará o empregado. Quando ocorre a extinção de contrato de trabalho?

empregado e dispensá-lo do trabalho no período, o empregador indenizará o empregado. Quando ocorre a extinção de contrato de trabalho? Quando ocorre a extinção de contrato de Quando houver a cessação definitiva do vínculo empregatício. Quais as hipóteses de extinção do contrato de por iniciativa do empregado ou do empregador; por culpa

Leia mais

TEORIA GERAL DA EXECUÇÃO PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA EXECUÇÃO. Prof. Luis Fernando Alves

TEORIA GERAL DA EXECUÇÃO PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA EXECUÇÃO. Prof. Luis Fernando Alves 1 TEORIA GERAL DA EXECUÇÃO PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA EXECUÇÃO Prof. Luis Fernando Alves www.professorluisfernando.jur.adv.br 2 4. PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA EXECUÇÃO 4.1. PRINCÍPIOS DA NULLA EXECUTIO

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL Prof. Maurício Andrade Guimarães

DIREITO EMPRESARIAL Prof. Maurício Andrade Guimarães DIREITO EMPRESARIAL Prof. Maurício Andrade Guimarães Matéria: Obrigações do empresário: O Regime Empresarial Registro: matrícula, arquivamento e autenticação Órgãos de Atuação: DNRC e Junta Comercial Escrituração:

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO PARECER COREN-SP 012 /2013 CT PRCI n 100.548/2012 Ticket: 254.612 / 281.073 / 285.610 / 285.757 / 286.873 / 289.648 / 291.841 / 286.513 / 286.916 Ementa: Atuação de Enfermagem e administração de medicamentos

Leia mais

Direitos da Personalidade. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Direitos da Personalidade. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Direitos da Personalidade Direitos da Personalidade São direitos subjetivos da pessoa de defender o que lhe é próprio, ou seja, a vida, a integridade, a liberdade, a sociabilidade, a reputação ou honra,

Leia mais

2. BPC Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social. Decreto nº6.214/2003 Alterado pelo Decreto nº de 2011

2. BPC Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social. Decreto nº6.214/2003 Alterado pelo Decreto nº de 2011 2. BPC Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social Decreto nº6.214/2003 Alterado pelo Decreto nº 7.617 de 2011 O BPC É a garantia de um salário mínimo mensal à pessoa com deficiência e ao idoso,

Leia mais

AULA 10: CONTRATOS ADMINISTRATIVOS. Professor Thiago Gomes

AULA 10: CONTRATOS ADMINISTRATIVOS. Professor Thiago Gomes AULA 10: CONTRATOS ADMINISTRATIVOS Professor Thiago Gomes 1. NOS CAPÍTULOS ANTERIORES... 2. CONTEXTUALIZAÇÃO O QUE VEM NA MENTE QUANDO OUVIMOS A PALAVRA CONTRATOS ADMINISTRATIVOS? 1. CONCEITO - CONTRATOS

Leia mais

Resumo para efeitos do artigo 6.º, da Lei 144/2015, de 8 de Setembro:

Resumo para efeitos do artigo 6.º, da Lei 144/2015, de 8 de Setembro: Resumo para efeitos do artigo 6.º, da Lei 144/2015, de 8 de Setembro: Nos termos do artigo 304.º do Código Civil, não pode ser repetida a prestação realizada espontaneamente em cumprimento de uma obrigação

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO

CONTRATO ADMINISTRATIVO CONTRATO ADMINISTRATIVO Termo de Contrato n.º 089/15, para a construção de padrão primário com transformador de 150KW e interligação na rede da CEMIG, por empreitada global, execução da construção da Unidade

Leia mais

Questões Fundamentadas do Código Civil Lei 10.406/2002 - Arts. 104 a 232

Questões Fundamentadas do Código Civil Lei 10.406/2002 - Arts. 104 a 232 1 350 Art. 104 ao 232 Livro III Dos Fatos Jurídicos Título I Do Negócio Jurídico Título II Dos Atos Jurídicos lícitos Título III Dos Atos ilícitos Título IV Prescrição e Decadência Título V Da Prova Para

Leia mais

ANEXO II MODELO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE RECOLHA DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS E LIMPEZA URBANA PELA EGEO TECNOLOGIA E AMBIENTE, S.A.

ANEXO II MODELO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE RECOLHA DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS E LIMPEZA URBANA PELA EGEO TECNOLOGIA E AMBIENTE, S.A. REGULAMENTO TARIFÁRIO E DE EXPLORAÇÃO DA CONCESSÃO DOS SERVIÇOS DE LIMPEZA URBANA E RECOLHA DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS NA ÁREA DE JURISDIÇÃO DA APL -ADMINISTRAÇÃO DO PORTO DE LISBOA, S.A. ANEXO II MODELO

Leia mais

GABARITO SIMULADO WEB 1

GABARITO SIMULADO WEB 1 GABARITO SIMULADO WEB 1 PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL A. J. Estofador, empresário individual domiciliado na Cidade do Cuiabá, é credor, por uma duplicata de prestação de serviços, devidamente

Leia mais

EFEITOS DOS CONTRATOS COM RELAÇÃO A TERCEIROS

EFEITOS DOS CONTRATOS COM RELAÇÃO A TERCEIROS AULA 09 PONTO: 09 Objetivo da aula: Teoria geral dos contratos. Teoria geral dos contratos. Perfil e princípios. Formação defeito e extinção. Classificação e interpretação. Garantias legais específicas.

Leia mais

Evidência pelo DNA e suas implicações no Sistema Judiciário

Evidência pelo DNA e suas implicações no Sistema Judiciário Atividade em grupo de 4 alunos, manuscrita, para ser entregue dia 28/09, no horário da aula. Uma resenha sobre os quatro tópicos desta aula. Evidência pelo DNA e suas implicações no Sistema Judiciário

Leia mais

SIMULADO RESPONSABILIDADE SERVIDOR PROFESSOR IVAN LUCAS

SIMULADO RESPONSABILIDADE SERVIDOR PROFESSOR IVAN LUCAS SIMULADO RESPONSABILIDADE SERVIDOR PROFESSOR IVAN LUCAS 1. (CESPE- 2016- DPU- Agente Administrativo) Caso o servidor público tenha causado danos ao poder público, a obrigação de reparar tais danos estende-se

Leia mais

www.estudodeadministrativo.com.br

www.estudodeadministrativo.com.br DIREITO ADMINISTRATIVO CONTRATOS ADMINISTRATIVOS I - CONTRATO - A conceituação clássica de contrato se firma num acordo de vontades, firmado livremente pelas partes, para criar direitos e obrigações recíprocos.

Leia mais

Dívidas dos pequenos agricultores junto ao Banco do Nordeste do Brasil S.A. Audiência Pública 13/3/2012

Dívidas dos pequenos agricultores junto ao Banco do Nordeste do Brasil S.A. Audiência Pública 13/3/2012 1 Dívidas dos pequenos agricultores junto ao Banco do Nordeste do Brasil S.A. Audiência Pública 13/3/2012 1 2 2003 - Lei 10.696 (MP 114, de 31/3/2003), de 02/07/2003 Repactuação e alongamento de dívidas

Leia mais

Sumário Capítulo 1 Prazos Capítulo 2 Incompetência: principais mudanças

Sumário Capítulo 1 Prazos Capítulo 2 Incompetência: principais mudanças Sumário Capítulo 1 Prazos 1.1. Forma de contagem: somente em dias úteis 1.2. Prática do ato processual antes da publicação 1.3. Uniformização dos prazos para recursos 1.4. Prazos para os pronunciamentos

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 14 PERÍODO: 4 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO CIVIL II NOME DO CURSO: DIREITO 2.

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 14 PERÍODO: 4 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO CIVIL II NOME DO CURSO: DIREITO 2. 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 14 PERÍODO: 4 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO CIVIL II NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 Introdução

Leia mais

OAB 139º 1ª Fase Extensivo Semanal Disciplina: Direito Civil Professor Brunno Giancoli Data: 02/04/2009

OAB 139º 1ª Fase Extensivo Semanal Disciplina: Direito Civil Professor Brunno Giancoli Data: 02/04/2009 TEMAS ABORDADOS EM AULA OAB 139º 1ª Fase Extensivo Semanal Disciplina: Direito Civil Professor Brunno Giancoli Data: 02/04/2009 4ª Aula: Teoria Geral dos Contratos e Extinção Contratual, Espécies de Contrato.

Leia mais

Destaca-se que as obrigações jurídicas, objeto do presente estudo, apresentam 3 elementos principais: sujeito, objeto e o vínculo jurídico.

Destaca-se que as obrigações jurídicas, objeto do presente estudo, apresentam 3 elementos principais: sujeito, objeto e o vínculo jurídico. 7. OBRIGAÇÕES A palavra obrigação pode assumir vários significados dependendo do contexto que estiver se referindo. Dessa forma, em sentido amplo, a obrigação é um dever, que pode estar ligado a uma acepção

Leia mais

CONSELHO DE GESTÃO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR RESOLUÇÃO N.º 9, DE 27 DE JUNHO DE 2002

CONSELHO DE GESTÃO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR RESOLUÇÃO N.º 9, DE 27 DE JUNHO DE 2002 CONSELHO DE GESTÃO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR RESOLUÇÃO N.º 9, DE 27 DE JUNHO DE 2002 Dispõe sobre o instituto da portabilidade em planos de benefícios de entidades fechadas de previdência complementar

Leia mais

CONSELHO SUPERIOR DA MAGISTRATURA

CONSELHO SUPERIOR DA MAGISTRATURA O Tribunal de Relação de Lisboa, remeteu a este Conselho uma cópia do ofício n.º 48486, de 20-04-04, da ADSE, referente à deliberação da Junta Médica, a que tinha sido submetido o DR. (...). É do seguinte

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF / Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF / Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER FIC FI SELECT RF 23.682.485/0001-46 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER FUNDO

Leia mais

NOÇÕES SOBRE O NEGÓCIO JURÍDICO PROCESSUAL NO CPC/15:

NOÇÕES SOBRE O NEGÓCIO JURÍDICO PROCESSUAL NO CPC/15: NOÇÕES SOBRE O NEGÓCIO JURÍDICO PROCESSUAL NO CPC/15: Rodrigo Mazzei Pós-doutor (UFES), Doutor (FADISP) e mestre (PUC-SP) Professor da UFES (graduação e mestrado) Advogado e Ex-juiz do Tribunal Regional

Leia mais

Faculdade Novos Horizontes EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO ADMINISTRAÇÃO/CONTÁBEIS INSTITUIÇÕES DE DIREITO PÚBLICO E PRIVADO - IDPP TAÍS CRUZ HABIBE

Faculdade Novos Horizontes EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO ADMINISTRAÇÃO/CONTÁBEIS INSTITUIÇÕES DE DIREITO PÚBLICO E PRIVADO - IDPP TAÍS CRUZ HABIBE Faculdade Novos Horizontes EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO CURSO: DISCIPLINA: PROFA.: ALUNO (A): ADMINISTRAÇÃO/CONTÁBEIS INSTITUIÇÕES DE DIREITO PÚBLICO E PRIVADO - IDPP TAÍS CRUZ HABIBE Primeiro Questionário Introdução,

Leia mais

Centro de Estudos e Pesquisas 28 Organização Social em Saúde - RJ CNPJ nº 33.927.377/0001-40

Centro de Estudos e Pesquisas 28 Organização Social em Saúde - RJ CNPJ nº 33.927.377/0001-40 EDITAL PARA SELEÇÃO DE FORNECEDOR - AUDITORIA CONTÁBIL EXTERNA O Centro de Estudos e Pesquisas 28 (Organização Social em Saúde), entidade privada de utilidade pública, inscrito no, torna pública a realização,

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO

CONTRATO DE TRABALHO 7 Legislação Social Profª Mestre Ideli Raimundo Di Tizio p CONTRATO DE TRABALHO Contrato Individual de Trabalho o negócio jurídico pelo qual uma pessoa física se obriga, mediante remuneração, a prestar

Leia mais

1.2. Elementos do Conceito de Direito Sistema Jurídico

1.2. Elementos do Conceito de Direito Sistema Jurídico 1.2. Elementos do Conceito de Direito Noção de Direito: sistema de normas de conduta social, assistido de protecção coactiva. Desta noção é possível retirar os seguintes elementos: 1) Sistema jurídico

Leia mais

Regularização de Estágios Obrigatórios 2011 LEI , DE 25 DE SETEMBRO DE 2008

Regularização de Estágios Obrigatórios 2011 LEI , DE 25 DE SETEMBRO DE 2008 LEI 11.788, DE 25 DE SETEMBRO DE 2008 Artigo 2º, parágrafo 1º, estágio obrigatório é aquele definido como tal no projeto do curso, cuja carga horária é requisito para aprovação e obtenção de diploma. Artigo

Leia mais

ESTATUTO DO TRABALHADOR- CÓDIGO DO TRABALHO ESTUDANTE CAPÍTULO I SECÇÃO II. Preâmbulo. Subsecção VIII. Trabalhador-Estudante. Artº 17º.

ESTATUTO DO TRABALHADOR- CÓDIGO DO TRABALHO ESTUDANTE CAPÍTULO I SECÇÃO II. Preâmbulo. Subsecção VIII. Trabalhador-Estudante. Artº 17º. ESTATUTO DO TRABALHADOR- CÓDIGO DO TRABALHO ESTUDANTE (Lei nº 99/2003, de 27 de Agosto) CAPÍTULO I SECÇÃO II Preâmbulo Subsecção VIII Trabalhador-Estudante Artº 17º Trabalhador-estudante O disposto nos

Leia mais

EDITAL N. 11 /2013. Este edital entrará em vigor a partir desta data, revogando os dispositivos anteriores. Curitiba, 15 de abril de 2013

EDITAL N. 11 /2013. Este edital entrará em vigor a partir desta data, revogando os dispositivos anteriores. Curitiba, 15 de abril de 2013 GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ Reconhecida pelo Decreto Governamental n.º 70.906 de 01/08/72 e Portaria n.º 1.062

Leia mais

Testes de Hipóteses Estatísticas

Testes de Hipóteses Estatísticas Capítulo 5 Slide 1 Testes de Hipóteses Estatísticas Resenha Hipótese nula e hipótese alternativa Erros de 1ª e 2ª espécie; potência do teste Teste a uma proporção; testes ao valor médio de uma v.a.: σ

Leia mais

Execução dos Contratos. Wanderley Fernandes

Execução dos Contratos. Wanderley Fernandes Execução dos Contratos Wanderley Fernandes Exemplos de contratos 10.1 A CONTRATADA se obriga a providenciar e manter em vigor, por sua conta exclusiva, em companhia seguradora de idoneidade reconhecida,

Leia mais

PORTARIA CONJUNTA PGFN/RFB Nº 13, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2013

PORTARIA CONJUNTA PGFN/RFB Nº 13, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2013 INFORME JURÍDICO 12/12/2013 202 Prezados(as) Segue divulgação das novas regras a serem aplicadas ao REFIS. Refis novas regras 2013 O REFIS/2013 é o nome dado ao parcelamento de débitos tributários, instituído

Leia mais

Lei Complementar Municipal Nº , de 28 de maio de 2014.

Lei Complementar Municipal Nº , de 28 de maio de 2014. Lei Complementar Municipal Nº. 1.463, de 28 de maio de 2014. Da nova redação a artigos que menciona e dá outras providências. O Povo do Município de Águas Formosas, Estado de Minas Gerais, por seus representantes

Leia mais

RESOLUÇÃO IBA N 02/2008 RESOLVE

RESOLUÇÃO IBA N 02/2008 RESOLVE INSTITUTO BRASILEIRO DE ATUÁRIA RESOLUÇÃO IBA N 02/2008 Dispõe sobre a Certificação do Atuário Responsável Técnico e do Atuário Independente O Instituto Brasileiro de Atuária - IBA, por decisão de sua

Leia mais

Questões Fundamentadas do Código Civil Lei 10.406/2002 - Arts. 104 a 232

Questões Fundamentadas do Código Civil Lei 10.406/2002 - Arts. 104 a 232 1 APOSTILA AMOSTRA Para adquirir a apostila de 350 Questões Fundamentadas do Código Civil Lei 10.406/2002 Art. 104 a 232 Acesse o site: www.concursoassistentesocial.com.br Atenção: A apostila, devidamente

Leia mais