Tribunais Direito Civil Contratos Nilmar de Aquino Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tribunais Direito Civil Contratos Nilmar de Aquino Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor."

Transcrição

1 Tribunais Direito Civil Contratos Nilmar de Aquino 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

2 1. Definição Contrato é o acordo de duas ou mais vontades que visa à aquisição, resguardo, transformação, modificação ou extinção de relações jurídicas de natureza patrimonial.

3 2. Elementos Existência de duas ou mais pessoas já que o contrato é ato jurídico bilateral. Capacidade plena das partes para contratar. Se as partes não forem capazes o contrato poderá ser nulo (absolutamente incapaz que não foi representado) ou anulável (relativamente incapaz que não foi assistido). Consentimento - vontades isentas de vícios (erro, dolo, coação, estado de perigo, lesão, fraude contra credores e simulação).

4 Objeto lícito - o objeto não pode ser contrário à lei, à moral, aos princípios da ordem pública e aos bons costumes (ex.: dispõe o art. 426 do CC que não pode ser objeto de contrato a herança de pessoa viva proíbe-se, assim, o chamado pacta corvina ). Se o objeto for ilícito o contrato será considerado nulo. Possibilidade física ou jurídica do objeto.

5 O objeto deve ser certo, determinado ou, pelo menos, determinável (ou seja, deve conter os elementos necessários para que possa ser determinado). Um contrato não pode ter um objeto indeterminado. Se for indeterminado, será considerado inválido. O objeto deve ser economicamente apreciável, isto é, deverá versar sobre o interesse capaz de se converter, direta ou indiretamente, em dinheiro.

6 Assim, a venda de um simples grão de arroz não interessa ao direito. Esse é um dos diferenciais do Negócio Jurídico de uma forma geral (que até pode ter como objeto algo sem valor) em relação ao Contrato, que necessita ter como objeto algo que represente um valor. Forma prescrita ou não defesa em lei. Quando a lei exigir que um contrato tenha uma forma especial é dessa forma que deve ser feito.

7 3. FORMAÇÃO DO CONTRATO 3.1. Fases do contrato 1ª Fase: fase das negociações preliminares Conversas prévias, sondagens, debates, tendo em vista o contrato futuro, sem que haja vinculação jurídica entre os participantes, não causando obrigações às partes. É a chamada fase das tratativas (ou puntuação).

8 3. FORMAÇÃO DO CONTRATO 2ª Fase: fase da PROPOSTA Proposta (também chamada de oferta, policitação ou oblação) é a manifestação da vontade de contratar, por uma das partes, solicitando a concordância da outra. É declaração unilateral por parte do proponente.

9 3. FORMAÇÃO DO CONTRATO Regra: Feita a proposta, vincula o proponente ou policitante (art.427 CC); caso a proposta não seja mantida, obriga a perdas e danos.

10 EXCEÇÕES. A proposta deixa de obrigar se: o contrário não resultar dos termos da proposta (ex.: cláusula expressa que lhe retire a força vinculativa; ou o próprio contrato possui cláusula de não-obrigatoriedade). feita sem prazo a uma pessoa presente, não for imediatamente aceita. A noção de presença e ausência, neste contexto nada tem a ver com distância. Feita a proposta entre presentes, deve ser imediatamente aceita. Se não o for, já não vincula mais.

11 feita sem prazo a pessoa ausente (não é possível a comunicação imediata, direta), tiver decorrido tempo suficiente para chegar a resposta ao conhecimento do proponente. feita a pessoa ausente, não tiver sido expedida a resposta dentro do prazo dado. antes da proposta ou juntamente com ela, chegar ao conhecimento da outra parte a retratação do proponente.

12 Aceitação Regras se o negócio for entre presentes, a proposta ou oferta pode estipular ou não prazo para a aceitação. Se não contiver prazo a aceitação deverá ser manifestada imediatamente. Se houver prazo deverá ser pronunciada no termo concedido. se o contrato for entre ausentes, deve chegar a tempo, isto é,no prazo marcado.

13 Neste caso, se a aceitação chegar após o prazo marcado, sem culpa do aceitante, deverá o proponente avisar o aceitante, sob pena de responder por perdas e danos. Se o ofertante (ou policitante) não estipulou qualquer prazo, a aceitação deverá ser manifestada dentro de tempo suficiente para chegar a resposta ao conhecimento do proponente.

14 aceitação fora do prazo, ou com adições, restrições, modificações, corresponde a nova proposta (contraproposta). a aceitação admite arrependimento se, antes da aceitação ou com ela, chegar ao proponente a retratação do aceitante.

15 MOMENTO DA CONCLUSÃO DO CONTRATO Entre presentes no momento da aceitação da proposta. Entre ausentes pela teoria da expedição, os contratos por correspondência epistolar. Tornam-se perfeitos, como regra, no momento em que a aceitação é expedida. Existem inúmeras teorias a respeito.

16 O Brasil adotou a Teoria da Expedição da Aceitação (ou seja, no momento em que a aceitação é colocada no correio real ou virtual ). Lembrem-se sempre disto: Teoria da Expedição da Aceitação. Lembrem-se, também, que não se considera concluído se a retratação chegar antes ou junto com a aceitação.

17 LOCAL DA CELEBRAÇÃO DO CONTRATO De acordo com o artigo 435 do CC o negócio jurídico reputa-se celebrado no lugar em que foi proposto (esta é uma regra dispositiva, isto é, as partes podem dispor de modo diverso; admite convenção em contrário estipulado no contrato).

18 3ª Fase: CONTRATO PRELIMINAR É aquele por via do qual as partes se comprometem a celebrar mais tarde outro contrato, denominado principal oudefinitivo. 4ª Fase: CONTRATO DEFINITIVO

Direito Civil. Da Formação dos Contratos. Professora Tatiana Marcello.

Direito Civil. Da Formação dos Contratos. Professora Tatiana Marcello. Direito Civil Da Formação dos Contratos Professora Tatiana Marcello www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Aula Civil XX LEI Nº 10.406, DE 10 DE JANEIRO DE 2002 Institui o Código Civil. O PRESIDENTE DA

Leia mais

AULA 10: NOÇÕES GERAIS DE CONTRATOS

AULA 10: NOÇÕES GERAIS DE CONTRATOS AULA 10: Prof. Thiago Gomes VOCÊ JÁ CONTRATOU HOJE? 1 O QUE É O CONTRATO? Para suprir suas necessidades o homem interage com seus semelhantes das mais variadas formas, entre elas, o contrato. CONCEITO

Leia mais

Direito Civil IV Aulas 04/05/06. Foed Saliba Smaka Jr. Curso de Direito ISEPE Guaratuba 2015/2

Direito Civil IV Aulas 04/05/06. Foed Saliba Smaka Jr. Curso de Direito ISEPE Guaratuba 2015/2 Direito Civil IV Aulas 04/05/06 Foed Saliba Smaka Jr. Curso de Direito ISEPE Guaratuba 2015/2 Características dos Contratos. Espécie de Negócio Jurídico; Bilateral ou plurilateral; Auto-regulamentação

Leia mais

Tópico do plano de ensino: Formação dos contratos: proposta e aceitação (teorias). FORMAÇÃO DOS CONTRATOS

Tópico do plano de ensino: Formação dos contratos: proposta e aceitação (teorias). FORMAÇÃO DOS CONTRATOS AULA 06 PONTO: 06 Objetivo da aula: Teoria geral dos contratos. Perfil e princípios. Formação defeito e extinção. Classificação e interpretação. Garantias legais específicas. Tópico do plano de ensino:

Leia mais

Tassia Teixeira de Freitas CONTRATOS PARTE GERAL

Tassia Teixeira de Freitas CONTRATOS PARTE GERAL Tassia Teixeira de Freitas CONTRATOS PARTE GERAL TÓPICOS AULA 01 INTRODUÇÃO CONCEITO FUNÇÃO SOCIAL E BOA-FÉ CONDIÇÕES DE VALIDADE CONTRATO DE ADESÃO CONTRATO: É a mais importante e mais comum FONTE DE

Leia mais

MAGISTRATURA TRABALHISTA TRT/4ª REGIÃO/RS

MAGISTRATURA TRABALHISTA TRT/4ª REGIÃO/RS TRT/4ª REGIÃO (RS) Magistratura Trabalhista COMENTÁRIOS DA PROVA DE DIREITO CIVIL PROFESSOR: LAURO ESCOBAR www.pontodosconcursos.com.br 1 (TRT/4ª Região/RS Magistratura do Trabalho 2016) Considere as assertivas

Leia mais

Conteúdo: Negócio Jurídico: Elementos; Planos; Teoria das Nulidades.

Conteúdo: Negócio Jurídico: Elementos; Planos; Teoria das Nulidades. Turma e Ano: Flex A (2014) Matéria / Aula: Civil (Parte Geral) / Aula 12 Professor: Rafael da Motta Mendonça Conteúdo: Negócio Jurídico: Elementos; Planos; Teoria das Nulidades. 3. NEGÓCIO JURÍDICO: 3.4

Leia mais

MATERIAL DE APOIO 06. Efeitos do contrato relativamente a terceiros. Estipulação em favor de terceiro (arts )

MATERIAL DE APOIO 06. Efeitos do contrato relativamente a terceiros. Estipulação em favor de terceiro (arts ) 1 MATERIAL DE APOIO 06 RELATIVIDADE E EFEITOS DOS CONTRATOS Principal efeito: criar obrigações, estabelecendo um vínculo jurídico entre as partes contratantes contrato = fonte de obrigações. Como REGRA

Leia mais

Direito Civil. Da Extinção do Contrato. Professora Tatiana Marcello.

Direito Civil. Da Extinção do Contrato. Professora Tatiana Marcello. Direito Civil Da Extinção do Contrato Professora Tatiana Marcello www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Aula Civil XX LEI Nº 10.406, DE 10 DE JANEIRO DE 2002 Institui o Código Civil. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA

Leia mais

Direito Civil. Disposições Gerais Negócio Jurídico. Professora Tatiana Marcello.

Direito Civil. Disposições Gerais Negócio Jurídico. Professora Tatiana Marcello. Direito Civil Disposições Gerais Negócio Jurídico Professora Tatiana Marcello www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Aula Civil XX LEI Nº 10.406, DE 10 DE JANEIRO DE 2002 Institui o Código Civil. O PRESIDENTE

Leia mais

Quando um contrato é necessário?

Quando um contrato é necessário? Quando um contrato é necessário? Milhares de pessoas realizam acordos diariamente sem se preocuparem com as formalidades e exigências legais. É certo que, para ser válido, nem todo acordo precisa ser formalizado

Leia mais

TEMA 8: DIREITO DOS CONTRATOS: PARTE GERAL

TEMA 8: DIREITO DOS CONTRATOS: PARTE GERAL TEMA 8: DIREITO DOS CONTRATOS: PARTE GERAL EMENTÁRIO DE TEMAS: Parte Geral de Contratos: Formação dos Contratos. LEITURA OBRIGATÓRIA CHAVES, Cristiano. Contratos. Cristiano Chaves e Nelson Rosenvald. 3ª

Leia mais

Obrigações e contratos

Obrigações e contratos Obrigações e contratos Prof. Rafael Mafei Deveres e obrigações O O Direito subjetivo deveres de terceiros Obrigações: deveres de natureza patrimonial O Dois sujeitos: credor e devedor O Objeto: prestação

Leia mais

Direito Civil. Dos Contratos I. Prof. Marcio Pereira

Direito Civil. Dos Contratos I. Prof. Marcio Pereira Direito Civil Dos Contratos I Prof. Marcio Pereira Conceito É o acordo de duas ou mais vontades, na conformidade da ordem jurídica, destinado a estabelecer uma regulamentação de interesses entre as partes,

Leia mais

Capítulo 1 Histórico e Objetos do Direito Civil... 1 Capítulo 2 Introdução ao Direito Civil... 15

Capítulo 1 Histórico e Objetos do Direito Civil... 1 Capítulo 2 Introdução ao Direito Civil... 15 Sumário Capítulo 1 Histórico e Objetos do Direito Civil... 1 1. Aspectos históricos... 1 2. A formação do Direito Civil... 6 3. Novos paradigmas do Código Civil brasileiro...11 3.1. Sistema aberto...12

Leia mais

Formatos de Contratos

Formatos de Contratos Formatos de Contratos 1 Da Formação dos Contratos A proposta de contrato obriga o proponente, se o contrário não resultar dos termos dela, da natureza do negócio, ou das circunstâncias do caso. Deixa de

Leia mais

Prof. Me. Edson Guedes. Unidade II INSTITUIÇÕES DE DIREITO

Prof. Me. Edson Guedes. Unidade II INSTITUIÇÕES DE DIREITO Prof. Me. Edson Guedes Unidade II INSTITUIÇÕES DE DIREITO 5. Direito Civil Unidade II 5.1 Da validade dos negócios jurídicos; 5.2 Responsabilidade civil e ato ilícito; 5. Direito Civil 5.1 Da validade

Leia mais

Do momento da formação do contrato

Do momento da formação do contrato BuscaLegis.ccj.ufsc.br Do momento da formação do contrato Thiago Garcia de Menezes Santos Resumo: Objetiva explanar de forma prática e concisa qual vem a ser o real momento da formação do contrato, abordando

Leia mais

CURSO DE EXTENSÃO EM DIREITO IMOBILIÁRIO.

CURSO DE EXTENSÃO EM DIREITO IMOBILIÁRIO. CURSO DE EXTENSÃO EM DIREITO IMOBILIÁRIO. Aula Ministrada pelo Prof. Durval Salge Junior 1-) Proposta e Aceitação: a) Proposta: Previsão está no art. 427 do C.C. Art. 427. A proposta de contrato obriga

Leia mais

Direito e legislação. Tópico III Direito das obrigações Contratos

Direito e legislação. Tópico III Direito das obrigações Contratos Direito e legislação Tópico III Direito das obrigações Contratos Direito das Obrigações Credor Devedor Espécies das Obrigações Obrigação de dar (certa e incerta) Coisa Certa é aquela em que o devedor se

Leia mais

Universidade de Brasília UnB - Faculdade de Direito Disciplina: Teoria Geral do Direito Privado Professora: Ana Frazão REQUISITOS DO NEGÓCIO JURÍDICO

Universidade de Brasília UnB - Faculdade de Direito Disciplina: Teoria Geral do Direito Privado Professora: Ana Frazão REQUISITOS DO NEGÓCIO JURÍDICO Universidade de Brasília UnB - Faculdade de Direito Disciplina: Teoria Geral do Direito Privado Professora: Ana Frazão REQUISITOS DO NEGÓCIO JURÍDICO Classificação Os requisitos do negócio jurídico desdobram-se

Leia mais

Direito aplicado à logística

Direito aplicado à logística 5. DIREITO CONTRATUAL O contrato como instrumento de circulação de riquezas é o acordo de duas ou mais vontades, na conformidade da ordem jurídica, destinado a estabelecer uma regulamentação de interesses

Leia mais

Direito Civil. Invalidade do Negócio Jurídico. Professora Tatiana Marcello.

Direito Civil. Invalidade do Negócio Jurídico. Professora Tatiana Marcello. Direito Civil Invalidade do Negócio Jurídico Professora Tatiana Marcello www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Aula Civil XX LEI Nº 10.406, DE 10 DE JANEIRO DE 2002 Institui o Código Civil. O PRESIDENTE

Leia mais

Quanto NULO ANULÁVEL A quem diz respeito

Quanto NULO ANULÁVEL A quem diz respeito 1 DIREITO CIVIL PONTO 1: Nulidades PONTO 2: Diferença entre Nulo e Anulável PONTO 3: Análise do Art. 166 do CC PONTO 4: Defeitos do Negócio Jurídico 1.NULIDADES Nulidades, a princípio, podem ser questionadas

Leia mais

DOS NEGÓCIOS JURÍDICOS

DOS NEGÓCIOS JURÍDICOS DOS NEGÓCIOS JURÍDICOS CLASSIFICAÇÃO DOS NEGÓCIOS JURÍDICOS: (a) unilaterais bilaterais e plurilaterais; (b) gratuitos e onerosos neutros e bifrontes; (c) inter vivos e mortis causa ; (d) principais e

Leia mais

PONTO 1: FORMAÇÃO DE CONTRATOS. PONTO 3: b)vício REDIBITÓRIO. Ambos institutos acima tem responsabilidade civil aquiliana.

PONTO 1: FORMAÇÃO DE CONTRATOS. PONTO 3: b)vício REDIBITÓRIO. Ambos institutos acima tem responsabilidade civil aquiliana. 1 CONTRATOS PONTO 1: FORMAÇÃO DE CONTRATOS PONTO 2: a) FORMAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO PONTO 3: b)vício REDIBITÓRIO FORMAÇÃO TRATATIVAS -Proposta individual: Art. 427 CC 1 obriga o proponente. O descumprimento

Leia mais

Prof. MARCELO JESUS PARTE GERAL DOS CONTRATOS CONTRATOS EM ESPÉCIE

Prof. MARCELO JESUS PARTE GERAL DOS CONTRATOS CONTRATOS EM ESPÉCIE Prof. MARCELO JESUS PARTE GERAL DOS CONTRATOS CONTRATOS EM ESPÉCIE PARTE GERAL DOS CONTRATOS CONCEITO: acordo de duas ou mais vontades, na conformidade da ordem jurídica, com o escopo de adquirir, modificar

Leia mais

FATOS E NEGOCIOS JURIDICOS

FATOS E NEGOCIOS JURIDICOS FATOS E NEGOCIOS JURIDICOS (Questões extraídas da Disciplina Online) 1- Os fatos jurídicos "lato sensu" não dependem da vontade humana. 2- O ato ilícito gera a produção de direitos e deveres para ambas

Leia mais

Da Cláusula Penal. Da Cláusula Penal. Da Cláusula Penal. Da Cláusula Penal. Do Adimplemento e Extinção das Obrigações

Da Cláusula Penal. Da Cláusula Penal. Da Cláusula Penal. Da Cláusula Penal. Do Adimplemento e Extinção das Obrigações Do Adimplemento e Extinção das Obrigações TÍTULO IV Do Inadimplemento das Obrigações CAPÍTULO V 1 2 Conforme afirma Orlando Gomes, a cláusula penal, também chamada pena convencional, é o pacto acessório

Leia mais

9/26/17. Contratos. ! Conceito: Contrato. Fontes obrigacionais no direito civil brasileiro. - Direito obrigacional

9/26/17. Contratos. ! Conceito: Contrato. Fontes obrigacionais no direito civil brasileiro. - Direito obrigacional Fontes obrigacionais no direito civil brasileiro! Lei! *! Atos ilícitos e o abuso de direito! Atos unilaterais! Títulos de crédito! Conceito: Contrato - Direito obrigacional - Relação jurídica transitória:

Leia mais

DIREITO CIVIL IX FAMÍLIA I

DIREITO CIVIL IX FAMÍLIA I DIREITO CIVIL IX FAMÍLIA I CASAMENTO PUTATIVO EMBORA NULO OU ANULÁVEL FOI CONTRAÍDO EM BOA-FÉ, ART. 1.561 CC. REQUISITOS: SUBJETIVO (BOA-FÉ) E A CIRCUNSTÂNCIA DO CASAMENTO SER CONSIDERADO NULO OU ANULÁVEL

Leia mais

DIREITO DOS CONTRATOS 5º P. Prof. Victor Eduardo da S. Lucena 1º semestre de 2017.

DIREITO DOS CONTRATOS 5º P. Prof. Victor Eduardo da S. Lucena 1º semestre de 2017. DIREITO DOS CONTRATOS 5º P. Prof. Victor Eduardo da S. Lucena victorlucena84@gmail.com 1º semestre de 2017. AULA 4 Contrato preliminar; Noções gerais; Evolução do contrato preliminar; Aplicabilidade; O

Leia mais

Direito Civil IV Aula 22. Foed Saliba Smaka Jr. Curso de Direito ISEPE Guaratuba 2015/2

Direito Civil IV Aula 22. Foed Saliba Smaka Jr. Curso de Direito ISEPE Guaratuba 2015/2 Direito Civil IV Aula 22 Foed Saliba Smaka Jr. Curso de Direito ISEPE Guaratuba 2015/2 Aula 22 07/10/2015 Início 2º Bimestre. Atributos do Contrato: Existência, Validade e Eficácia complexidade nem todo

Leia mais

Ana Flávia Penido 2. Penido, Ana Flávia. P411c Contrato de transação / Ana Flávia Penido. Varginha, f.

Ana Flávia Penido 2. Penido, Ana Flávia. P411c Contrato de transação / Ana Flávia Penido. Varginha, f. 1 Penido, Ana Flávia. P411c Contrato de transação /. Varginha, 2015. 6 f. Sistema requerido: Adobe Acrobat Reader Modo de Acesso: World Wide Web 1. Contratos. 2. Transação (Direito). I. Título. II. Fundação

Leia mais

DIREITO CIVIL IV TEORIA GERAL DAS OBRIGAÇÕES CONTRATUAIS. Foed Saliba Smaka Jr. Aula 29 17/11/2015.

DIREITO CIVIL IV TEORIA GERAL DAS OBRIGAÇÕES CONTRATUAIS. Foed Saliba Smaka Jr. Aula 29 17/11/2015. DIREITO CIVIL IV TEORIA GERAL DAS OBRIGAÇÕES CONTRATUAIS. Foed Saliba Smaka Jr. Aula 29 17/11/2015. Espécies: Doação Pura: é aquela simples, de plena liberalidade / generosidade, sem nenhuma exigência,

Leia mais

Nulidade relativa: apenas as partes podem requerer, pois viola interesses privados.

Nulidade relativa: apenas as partes podem requerer, pois viola interesses privados. Turma e Ano: Turma Regular Master A Matéria / Aula: Direito Civil Aula 11 Professor: Rafael da Mota Mendonça Monitora: Fernanda Manso de Carvalho Silva DIFERENÇAS ENTRE NULIDADE ABSOLUTA E NULIDADE RELATIVA

Leia mais

TRE SÃO PAULO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREAS ADMINISTRATIVA E JUDICIÁRIA FCC 2017 = PROFESSOR: LAURO ESCOBAR =

TRE SÃO PAULO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREAS ADMINISTRATIVA E JUDICIÁRIA FCC 2017 = PROFESSOR: LAURO ESCOBAR = TRE SÃO PAULO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREAS ADMINISTRATIVA E JUDICIÁRIA FCC 2017 DAS PROVAS DE DIREITO CIVIL = PROFESSOR: LAURO ESCOBAR = www.pontodosconcursos.com.br 1 ANALISTA JUDICIÁRIO = ÁREA ADMINISTRATIVA

Leia mais

I DIR. PATRIMONIAIS E DIR. NÃO PATRIMONIAIS

I DIR. PATRIMONIAIS E DIR. NÃO PATRIMONIAIS I DIR. PATRIMONIAIS E DIR. NÃO PATRIMONIAIS NÃO PATRIMONIAIS DIREITO CIVI PATRIMONIAIS I DIR. PATRIMONIAIS E DIR. NÃO PATRIMONIAIS NÃO PATRIMONIAIS DIREITO CIVI OBRIGAÇÕES PATRIMONIAIS REAIS O conteúdo

Leia mais

Gratuito Só poderá ser chamado de gratuito quando uma pessoa entrega para outra e aquele que recebeu não terá ônus. Ex.

Gratuito Só poderá ser chamado de gratuito quando uma pessoa entrega para outra e aquele que recebeu não terá ônus. Ex. O que são negócios jurídicos unilaterais? Quais as modalidades de negócios jurídicos unilaterais? Unilateral - Quando as clausulas contratuais forem estabelecidas por apenas uma das partes. Ex. promessa

Leia mais

IV JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

IV JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA IV JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA Formação dos Contratos Jackson Galvão Estudante de Direito, 4º período, Faculdade Santa Cruz. Bruno Freitas Estudante de Direito, 4º período,

Leia mais

DOS CONTRATOS NO DIREITO CIVIL BRASILEIRO DE 2002: PRINCÍPIOS BASILARES

DOS CONTRATOS NO DIREITO CIVIL BRASILEIRO DE 2002: PRINCÍPIOS BASILARES 18 DOS CONTRATOS NO DIREITO CIVIL BRASILEIRO DE 2002: PRINCÍPIOS BASILARES RESUMO SILVEIRA, Susani Trovo¹ GRAUPPE, Stefanie Alessandra² LUCATELLI, Isabella³ O objetivo principal do trabalho é, de forma

Leia mais

Direito das Obrigações

Direito das Obrigações Direito das Obrigações Kauísa Carneiro ZANFOLIN RESUMO: Trata-se de obrigações das quais acarretam consequências jurídicas, são tratadas pela parte especial do Código Civil. Corresponde a uma relação de

Leia mais

Teoria Geral dos Contratos. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Teoria Geral dos Contratos. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Teoria Geral dos Contratos Objetivos A presente aula tem por objetivo apresentar a teoria geral dos contratos iniciando-se com a origem etimológica e conceito de contrato, seguindo-se para os princípios

Leia mais

INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS

INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS TÍTULO: DOLO BILATERAL E SUAS CONSEQÊNCIAS JURÍDICAS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: DIREITO INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS AUTOR(ES):

Leia mais

DELEGADO DE POLÍCIA DO ESTADO DE PERNAMBUCO

DELEGADO DE POLÍCIA DO ESTADO DE PERNAMBUCO COMENTÁRIOS DA PROVA DE DIREITO CIVIL PROFESSOR: LAURO ESCOBAR www.pontodosconcursos.com.br 1 (CESPE PC/PE Delegado de Polícia 2016) Com base nas disposições do Código Civil, assinale a opção correta a

Leia mais

1.1 Conceito de Contrato: Acordo de vontades que visa à criação, modificação ou extinção de relações jurídicas de natureza patrimonial.

1.1 Conceito de Contrato: Acordo de vontades que visa à criação, modificação ou extinção de relações jurídicas de natureza patrimonial. 1. CONTRATOS Arts. 421 ao 839 CC 1.1 Conceito de Contrato: Acordo de vontades que visa à criação, modificação ou extinção de relações jurídicas de natureza patrimonial. No Código Civil de 2002 vinte espécies

Leia mais

ANALISTA DE CONTROLE (Área Jurídica)

ANALISTA DE CONTROLE (Área Jurídica) PROVA CESPE = TCE/PR = 2016 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PARANÁ ANALISTA DE CONTROLE (Área Jurídica) COMENTÁRIOS DA PROVA DE DIREITO CIVIL = PROFESSOR: LAURO ESCOBAR = www.pontodosconcursos.com.br 1

Leia mais

DIPu_08 - TRATADOS INTERNACIONAIS

DIPu_08 - TRATADOS INTERNACIONAIS DIPu_08 - TRATADOS INTERNACIONAIS 1 1. CONCEITO DE TRATADO: É um acordo formal concluído entre os sujeitos de Direito Internacional Público, destinado a produzir efeitos jurídicos na órbita internacional.

Leia mais

RESP. CIVIL OBJETIVA

RESP. CIVIL OBJETIVA 1 RESP. CIVIL PONTO 1: RESPONSABILIDADE CIVIL PONTO 2: a) RESP. CIVIL OBJETIVA E SUBJETIVA PONTO 3: b) ESPÉCIES DE DANO RESP. CIVIL SUBJETIVA RESP. CIVIL OBJETIVA ATO PRÓPR IO CULPA LATO RISCO SENSO TEORIA

Leia mais

SEMINÁRIO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS

SEMINÁRIO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS SEMINÁRIO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS CÂMARA DE INDÚSTRIA, COMÉRCIO E SERVIÇOS DE CAXIAS DO SUL Outubro de 2017 CONTRATOS INTERNACIONAIS O que são Contratos Internacionais No direito brasileiro, um contrato

Leia mais

Aula 0 Direito Civil I - (Disciplina: CCJ0006) Apresentação da Disciplina. Por Marcelo Câmara

Aula 0 Direito Civil I - (Disciplina: CCJ0006) Apresentação da Disciplina. Por Marcelo Câmara Aula 0 Direito Civil I - (Disciplina: CCJ0006) Apresentação da Disciplina Por Marcelo Câmara 1) Bibliografia Física: -GOMES, Orlando. Introdução ao Direito Civil, 19ª. Ed., RJ:Forense, 2007. -GONÇALVES,

Leia mais

Direito Civil. Dos Contratos II. Prof. Marcio Pereira

Direito Civil. Dos Contratos II. Prof. Marcio Pereira Direito Civil Dos Contratos II Prof. Marcio Pereira Efeitos O contrato como típico instituto de direito pessoal gera efeitos interpartes, em regra, o que é consagração da máxima res interalios (coisa entre

Leia mais

Faculdade de Direito de Lisboa Ano lectivo de 2017/2018 TEORIA GERAL DO DIREITO CIVIL II TURMA A

Faculdade de Direito de Lisboa Ano lectivo de 2017/2018 TEORIA GERAL DO DIREITO CIVIL II TURMA A Faculdade de Direito de Lisboa Ano lectivo de 2017/2018 TEORIA GERAL DO DIREITO CIVIL II TURMA A Coordenação e regência: Profª Doutora Maria do Rosário Palma Ramalho Colaboradores: PROGRAMA ABREVIADO PARTE

Leia mais

Aula 13 Da invalidade dos negócios jurídicos. Por Marcelo Câmara

Aula 13 Da invalidade dos negócios jurídicos. Por Marcelo Câmara Aula 13 Da invalidade dos negócios jurídicos. Por Marcelo Câmara Introdução: Sumário: Sumário: 1 Invalidade dos negócios jurídicos; 1.1 A teoria da inexistência jurídica. 1.2 Ineficácia e invalidade. 1.3

Leia mais

Direito Contratual Civil III Resumo para Provas

Direito Contratual Civil III Resumo para Provas Direito Contratual Civil III Resumo para Provas CONTRATOS: 1.- Teoria Geral: Entendido o fato jurídico lato sensu como sendo, genericamente, o fato do mundo dos fatos que sofreu um processo de jurisdicização,

Leia mais

Contrato de Casamento

Contrato de Casamento Contrato de Casamento Mariana Moura SHENEVIZ 1 RESUMO: São deveres de ambos os cônjuges a fidelidade recíproca; a vida em comum, no domicílio conjugal; mútua assistência; o sustento, guarda e educação

Leia mais

Diapositivo 3. U1 User;

Diapositivo 3. U1 User; A Empresa Societária (MDTF) Maria Miguel Carvalho 4 de novembro de 2011 Módulo II Estrutura organizatória das sociedades U1 Deliberações dos Sócios (Procedimento Deliberativo) 1 Diapositivo 3 U1 User;

Leia mais

Direito Civil: Notas de Aulas dos Curso de Gestão de Marketing:

Direito Civil: Notas de Aulas dos Curso de Gestão de Marketing: Direito Civil: Notas de Aulas dos Curso de Gestão de Marketing: Uso Interno e Exclusivo dos Alunos do Curso de Gestão de Marketing da UNIFAI. A leitura deste não isenta a da bibliografia indicada. Bibliografia:

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE FORMAÇÃO DE TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO CURSO DE FORMAÇÃO DE TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE LEGISLAÇÃO AULA 1 NOÇÕES BÁSICAS Profa.: Ivna Cavalcanti Feliciano Oficiala de Justiça do Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco TJPE. Mestranda

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO

CONTRATO DE TRABALHO CONTRATO DE TRABALHO CONCEITO Contrato é acordo tácito ou expresso mediante o qual ajustam as partes pactuantes direitos e obrigações recíprocas. Pode ser definido o contrato empregatício como o acordo

Leia mais

Sumário. Parte 1 Direito das Obrigações

Sumário. Parte 1 Direito das Obrigações Sumário Parte 1 Direito das Obrigações Capítulo 1 Obrigações em Geral...3 1. Conceito e elementos da obrigação... 3 1.1. Obrigação sem responsabilidade e responsabilidade sem obrigação... 6 1.2. Fontes

Leia mais

A extinção dos Contratos de Compra e Venda em tempos de Crise

A extinção dos Contratos de Compra e Venda em tempos de Crise Crise imobiliária e o Direito A extinção dos Contratos de Compra e Venda em tempos de Crise Rubens Leonardo Marin 27/04/2017 Plano de aula As extinções contratuais e suas formas Crise no mercado imobiliário

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2014/02 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. DISCIPLINA: DIREITO CIVIL III PROFESSORA: IVANA BONESI RODRIGUES LELLIS TURMA: 4º AM / BM

Leia mais

Plano de Ensino. 1º Semestre Curso: Direito Semestre: 5º Turno: noturno. Disciplina: Direito Civil V Contratos

Plano de Ensino. 1º Semestre Curso: Direito Semestre: 5º Turno: noturno. Disciplina: Direito Civil V Contratos Plano de Ensino 1º Semestre - 2017 Curso: Direito Semestre: 5º Turno: noturno Disciplina: Direito Civil V Contratos C/H Semanal Teórica: 80 C/H Semestral Teórica: 04 C/H Semanal Prática: C/H Semestral

Leia mais

IUS RESUMOS. Contrato de Trabalho. Organizado por: Samille Lima Alves

IUS RESUMOS. Contrato de Trabalho. Organizado por: Samille Lima Alves de Trabalho Organizado por: Samille Lima Alves SUMÁRIO I. CONTRATO DE TRABALHO... 3 1. Caracterizando o contrato de trabalho... 3 1.1 Conceito e características... 3 1.2 Elementos essenciais do contrato

Leia mais

FUTURO TENDÊNCIAS INOVAÇÃO PARA QUEM BUSCA SUCESSO NA CARREIRA JURÍDICA, PRATICAR É LEI. Uma instituição do grupo

FUTURO TENDÊNCIAS INOVAÇÃO PARA QUEM BUSCA SUCESSO NA CARREIRA JURÍDICA, PRATICAR É LEI. Uma instituição do grupo FUTURO TENDÊNCIAS INOVAÇÃO PARA QUEM BUSCA SUCESSO NA CARREIRA JURÍDICA, PRATICAR É LEI. Uma instituição do grupo PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO CONTRATUAL OBJETIVOS: O curso aprofunda a discussão de conhecimentos

Leia mais

Introdução ao Direito de Família Casamento e União Estável Formalidades Preliminares. Habilitação para o Casamento

Introdução ao Direito de Família Casamento e União Estável Formalidades Preliminares. Habilitação para o Casamento Sumário 1 Introdução ao Direito de Família 1.1 Compreensão 1.2 Lineamentos Históricos 1.3 Família Moderna. Novos Fenômenos Sociais 1.4 Natureza Jurídica da Família 1.5 Direito de família 1.5.1 Características

Leia mais

Condições Gerais do Programa PRAVALER CONDIÇÕES GERAIS DO PROGRAMA PRAVALER

Condições Gerais do Programa PRAVALER CONDIÇÕES GERAIS DO PROGRAMA PRAVALER CONDIÇÕES GERAIS DO PROGRAMA IDEAL INVEST S.A., pessoa jurídica de direito privado, estabelecida na cidade São Paulo, com sede na Rua dos Pinheiros, nº 870, 4º andar, CEP 05422-001, inscrita no CNPJ n.º

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO DIREITO PENAL : PARTE ESPECIAL. Prof. Joerberth Pinto Nunes. Crimes contra a Administração Pública

ROTEIRO DE ESTUDO DIREITO PENAL : PARTE ESPECIAL. Prof. Joerberth Pinto Nunes. Crimes contra a Administração Pública ROTEIRO DE ESTUDO DIREITO PENAL : PARTE ESPECIAL Prof. Joerberth Pinto Nunes Crimes contra a Administração Pública 01) art. 312, CP -Espécies : caput : peculato-apropriação e peculato-desvio -Parágrafo

Leia mais

Modular Direito de Família Invalidade do Casamento Fernando Viana Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Modular Direito de Família Invalidade do Casamento Fernando Viana Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Modular Direito de Família Invalidade do Casamento Fernando Viana 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Invalidade do Casamento Casamento Nulo Art. 1.548. É nulo

Leia mais

SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 15

SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 15 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 15 I Noções Introdutórias ao Direito Civil... 19 1.1 Conceito de Direito... 19 1.2 Direito Objetivo e Subjetivo...22 1.3 Situações Subjetivas...27 1.4 Relação Jurídica...28 1.5 Direito

Leia mais

CONTRATOS DE CRÉDITO AO CONSUMO

CONTRATOS DE CRÉDITO AO CONSUMO Informação n.º 16/2009 CONTRATOS DE CRÉDITO AO CONSUMO Decreto Lei n.º 133/2009, de 2 de Junho Transpõe para a ordem jurídica interna a Directiva n.º 2008/48/CE, de 23 de Abril, relativa a contratos de

Leia mais

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA CONTRATO DE FIANÇA

PROF. JOSEVAL MARTINS VIANA CONTRATO DE FIANÇA CONTRATO DE FIANÇA Disposições gerais: artigos 818 a 826 do CC Efeitos da fiança: artigos 827 a 836 do CC Extinção da fiança: artigos 837 a 839 do CC 1. Conceito Fiança ou caução fidejussória é a promessa

Leia mais

Direito Civil IV Aula 08. Foed Saliba Smaka Jr. Curso de Direito ISEPE Guaratuba 2015/2

Direito Civil IV Aula 08. Foed Saliba Smaka Jr. Curso de Direito ISEPE Guaratuba 2015/2 Direito Civil IV Aula 08 Foed Saliba Smaka Jr. Curso de Direito ISEPE Guaratuba 2015/2 Princípios dos Contratos. Autonomia da Vontade; Consensualismo; Obrigatoriedade da Convenção; Relatividade dos Efeitos

Leia mais

Elementos constitutivos dos negócios jurídicos. a) Gerais: capacidade, objeto lícito e possível e consentimento.

Elementos constitutivos dos negócios jurídicos. a) Gerais: capacidade, objeto lícito e possível e consentimento. 2 o. MÓDULO DE DIREITO CIVIL I I. Elementos essenciais: Elementos constitutivos dos negócios jurídicos a) Gerais: capacidade, objeto lícito e possível e consentimento. Capacidade do agente: para que um

Leia mais

NOÇÕES PRELIMINARES SOBRE A TEORIA GERAL DOS CONTRATOS.

NOÇÕES PRELIMINARES SOBRE A TEORIA GERAL DOS CONTRATOS. NOÇÕES PRELIMINARES SOBRE A TEORIA GERAL DOS CONTRATOS. ALIELE ANTONIETE MAO 1 RESUMO: O presente trabalho pretendeu discorrer sobre a teoria geral dos contratos a partir dos aspectos conceituais, bem

Leia mais

A INSEGURANÇA DO CONTRATO ELETRÔNICO

A INSEGURANÇA DO CONTRATO ELETRÔNICO A INSEGURANÇA DO CONTRATO ELETRÔNICO Luis Felipe CASAROTI RESUMO. O contrato eletrônico é uma espécie de contrato. Por falta de normas especificas, ele tem recebido críticas e questionamentos por parte

Leia mais

Formação do Contrato II. Termo inicial da proposta com prazo. Data da expedição ou da recepção da proposta?

Formação do Contrato II. Termo inicial da proposta com prazo. Data da expedição ou da recepção da proposta? Formação do Contrato II Termo inicial da proposta com prazo. Data da expedição ou da recepção da proposta? Se a proposta contratual for feita com prazo, a resposta deve ser expedida dentro do prazo concedido,

Leia mais

Professor Leandro Eustaquio Direito das obrigações Capítulo I Introdução ao Direito das obrigações

Professor Leandro Eustaquio  Direito das obrigações Capítulo I Introdução ao Direito das obrigações Professor Leandro Eustaquio www.leandroeustaquio.com.br Direito das obrigações 17-02 Capítulo I Introdução ao Direito das obrigações 1. Considerações iniciais 2. Conceito e importância das obrigações Trata-se

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL - TEORIA GERAL DOS CONTRATOS MERCANTIS

DIREITO EMPRESARIAL - TEORIA GERAL DOS CONTRATOS MERCANTIS DIREITO EMPRESARIAL - TEORIA GERAL DOS CONTRATOS MERCANTIS Prof. Mauro Fernando de Arruda Domingues 1. Regimes jurídicos e conceito: O contrato é o instrumento pelo qual as pessoas contraem obrigação umas

Leia mais

PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM SUPERINTENDÊNCIA ACADÊMICA DIRETORIA DE GRADUAÇÃO Área de Ciências Humanas, Sociais e Aplicadas DISCIPLINA: Dos Contratos CÓDIGO CRÉDITOS CARGA HORÁRIA H119749 04 80 PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM EMENTA

Leia mais

Aula 00. Contratação de Bens e Serviços p/transpetro. Cargo: Auditor Júnior. Teoria e Exercícios. Professor: Carlos Antônio Bandeira

Aula 00. Contratação de Bens e Serviços p/transpetro. Cargo: Auditor Júnior. Teoria e Exercícios. Professor: Carlos Antônio Bandeira s Aula 00 Contratação de Bens e Serviços p/transpetro Professor: Carlos Antônio Bandeira www.pontodosconcursos.com.br 1 AULA DEMONSTRATIVA MAPA DA AULA 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Cronograma do Curso... 3

Leia mais

Evolução do Direito das Obrigações

Evolução do Direito das Obrigações Evolução do Direito das Obrigações Até o apare i e to de Ro a como potência: Não havia entre os grupos tribais entendimento de direitos obrigacionais e individuais. Co o passar do te po, tor ou-se necessária

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina DIR311 Direito Civil II - Parte Geral II

Programa Analítico de Disciplina DIR311 Direito Civil II - Parte Geral II 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Direito - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 4 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal 4 0 4

Leia mais

Resultado final dos julgamentos dos recursos do Exin : 3ª. Série ESCOLA DE DIREITO

Resultado final dos julgamentos dos recursos do Exin : 3ª. Série ESCOLA DE DIREITO ESCOLA DE DIREITO CURSO DE DIREITO ROBERTO FREIRE CURSO DE DIREITO FLORIANO PEIXOTO Resultado final dos julgamentos dos recursos do Exin 2015.1: 3ª. Série (desnecessária quando o resultado for anulada

Leia mais

5 Celebração e Prova do Casamento, Ritos matrimoniais, Cerimônia do casamento, Suspensão da cerimônia, 85

5 Celebração e Prova do Casamento, Ritos matrimoniais, Cerimônia do casamento, Suspensão da cerimônia, 85 Sumário Nota do Autor à lfi edição, xiii 1 Introdução ao Direito de Família, 1 1.1 Compreensão, 1 1.2 Lineamentos históricos, 2 1.3 Família moderna. Novos fenômenos sociais, 5 1.4 Natureza jurídica da

Leia mais

Teoria Geral do Negócio Jurídico

Teoria Geral do Negócio Jurídico Teoria Geral do Negócio Jurídico Continuação da Teoria Geral do Negócio Jurídico Escada Ponteana: Fonte 1 Plano da Existência: não é um plano adotado pelo Código Civil de 2002. O legislador optou por não

Leia mais

1. INTERVENÇÃO DO ESTADO NA PROPRIEDADE. Art. 5ª da CF é considerado cláusula pétrea, assim, propriedade é cláusula pétrea.

1. INTERVENÇÃO DO ESTADO NA PROPRIEDADE. Art. 5ª da CF é considerado cláusula pétrea, assim, propriedade é cláusula pétrea. 1 DIREITO ADMINISTRATIVO PONTO 1: Intervenção do Estado na Propriedade PONTO 2: Servidão Administrativa PONTO 3: Requisição Administrativa PONTO 4: Ocupação Temporária PONTO 5: Limitações Administrativas

Leia mais

Noções Introdutórias Abertura da Sucessão. Transmissão da Herança. Aceitação e Renúncia da Herança. Cessão da Herança

Noções Introdutórias Abertura da Sucessão. Transmissão da Herança. Aceitação e Renúncia da Herança. Cessão da Herança Sumário 1. Noções Introdutórias 1.1 Sucessão. Compreensão do Vocábulo. O Direito das Sucessões 1.2 Direito das Sucessões no Direito Romano 1.3 Ideia Central do Direito das Sucessões 1.4 Noção de Herança

Leia mais

UNIDADE 5 NOTA PROMISSÓRIA

UNIDADE 5 NOTA PROMISSÓRIA UNIDADE 5 NOTA PROMISSÓRIA Profª Roberta C. de M. Siqueira Direito Empresarial III ATENÇÃO: Este material é meramente informativo e não exaure a matéria. Foi retirado da bibliografia do curso constante

Leia mais

Teoria Geral dos Contratos Empresariais

Teoria Geral dos Contratos Empresariais Teoria Geral dos Contratos Empresariais AULA 3. PRINCÍPIOS GERAIS DO DIREITO CONTRATUAL. INTERPRETAÇÃO DOS CONTRATOS EMPRESARIAIS. CONTRATOS TÍPICOS E ATÍPICOS, UNILATERAIS, BILATERAIS E PLURILATERAIS,

Leia mais

INSTITUIÇÕES DE DIREITO PUBLICO E PRIVADO MÓDULO 9 DOS BENS

INSTITUIÇÕES DE DIREITO PUBLICO E PRIVADO MÓDULO 9 DOS BENS INSTITUIÇÕES DE DIREITO PUBLICO E PRIVADO MÓDULO 9 DOS BENS Índice 1. Dos Bens...3 1.1. Dos Bens considerados em si mesmos... 3 1.1.2. Bens Imóveis e Bens Móveis:... 3 1.1.2.1. Bens Fungíveis e Consumíveis...

Leia mais

CURSO DE DIREITO DO TRABALHO 515

CURSO DE DIREITO DO TRABALHO 515 CURSO DE DIREITO DO TRABALHO 515 12. PRÉ-CONTRATO. RESPONSABILIDADE PRÉ-CONTRATUAL. CONCEITO. ELEMENTOS. NATUREZA JURÍDICA. FUNDAMENTOS. EFEITOS NO CONTRATO DE TRABALHO 12.7. Conceito. Elementos Impõe-se

Leia mais

Direito Empresarial. Aula 05. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Empresarial. Aula 05. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Empresarial Aula 05 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

PROCESSO CIVIL IV EXECUÇÃO introdução

PROCESSO CIVIL IV EXECUÇÃO introdução PROCESSO CIVIL IV EXECUÇÃO introdução Prof. Dra. Liana Cirne Lins Faculdade de Direito do Recife Universidade Federal de Pernambuco Programa Teoria geral da execução o Conceito, natureza e finalidade da

Leia mais

1. Modalidades das Obrigações. 1. Classificação das relações obrigacionais quanto ao vínculo:

1. Modalidades das Obrigações. 1. Classificação das relações obrigacionais quanto ao vínculo: 1 PONTO 1: Modalidades das Obrigações 1. Modalidades das Obrigações 1. Classificação das relações obrigacionais quanto ao vínculo: Quando se analisa a classificação quanto ao vínculo busca a observância

Leia mais

Tassia Teixeira de Freitas CONTRATOS PARTE GERAL

Tassia Teixeira de Freitas CONTRATOS PARTE GERAL Tassia Teixeira de Freitas CONTRATOS PARTE GERAL TÓPICOS AULA 02 CONTRATO ATÍPICO AUTOCONTRATO PRINCÍPIOS CONTRATUAIS INTERPRETAÇÃO DOS CONTRATOS CONTRATOS ATÍPICOS (425 CC/2002): AUTOCONTRATO (ou contrato

Leia mais

Código Civil Lei , 10 de Janeiro de 2002

Código Civil Lei , 10 de Janeiro de 2002 Código Civil Lei 10.406, 10 de Janeiro de 2002 DA PERSONALIDADE E DA CAPACIDADE Art. 1o Toda pessoa é capaz de direitos e deveres na ordem civil. Art. 2o A personalidade civil da pessoa começa do nascimento

Leia mais

Institutos de Direito Aula - Garantias

Institutos de Direito Aula - Garantias Institutos de Direito Aula - Garantias CAMILA VILLARD DURAN CAMILADURAN@USP.BR Garantias! Conceito e classificação! Garantias reais e pessoais 1% Garantias! Conceito! Direitos e obrigações acessórios (em

Leia mais

Direito Civil. Transação. Professora Tatiana Marcello.

Direito Civil. Transação. Professora Tatiana Marcello. Direito Civil Transação Professora Tatiana Marcello www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Civil LEI Nº 10.406, DE 10 DE JANEIRO DE 2002 Institui o Código Civil. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que

Leia mais