REGISTRO. Código CETIP da contraparte na operação. CPF/CNPJ Cliente CPF ou CNPJ da contraparte quando for cliente 1.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGISTRO. Código CETIP da contraparte na operação. CPF/CNPJ Cliente CPF ou CNPJ da contraparte quando for cliente 1."

Transcrição

1 1

2 Swap SWAP Nome do Arquivo DPOSICAO (DPOSICAO-SWAP.TXT) REGISTRO Campo Tipo do contrato. Possíveis valores: 00 (CONSTANTE), 01 Tipo de Contrato (NÃO CONSTANTE) ou 02 (PAGAMENTO FINAL) Data Data Contrato Código identificador do contrato Participante Código CETIP da Instituição lançadora da operação. CPF/CNPJ Cliente Parte CPF ou CNPJ da parte quando for cliente 1. Cesta Garantias Parte Código identificador da Cesta de Garantias da Parte (caso haja) Comissão Parte Comissão da Parte Código CETIP da contraparte na operação. CPF/CNPJ Cliente CPF ou CNPJ da contraparte quando for cliente 1. Cesta Garantias Código identificador da Cesta de Garantias da (caso haja) Comissão Comissão da Data início Data de início do contrato. Formato: AAAAMMDD. Data vencimento Data de vencimento do contrato. Formato: AAAAMMDD. Adesão a Contrato Informação sobre o tipo de adesão do contrato. Possíveis valores: 00 - Sem adesão, 01 CGD, 02 CSA e 03 CGD/CSA. Valor base Valor base do contrato (2 casas decimais). Valor Base Valor base remanescente (2 casas decimais) Remanescente Valor Antecipado Valor Antecipado (2 casas decimais) Saldo Saldo (2 casas decimais) Sinal Saldo Sinal do Saldo. Possíveis valores: 00 ("+") e 01 ("-"). Data do Saldo Data do Saldo. Formato: AAAAMMDD Funcionalidade Funcionalidade do Contrato: 00 (SEM_FUNCIONALIDADE), 01 (KNOCK_IN), 02 (KNOCK_OUT), 03 (KNOCK_INOUT), 04 (SWAPTION), 05 (COMPOUND), 06 (OPCAO_ARREPEND), 07 (KNOCK_IN_COM_OPCAO), 08 (KNOCK_OUT_COM_OPCAO). Agenda de Prêmio Paga prêmio. Possíveis valores: 00 (sim) e 01 (não) Reset Com Reset. Possíveis valores: 00 (sim) e 01 (não) Observação Observações quanto às características do contrato. Contrato a termo Valor base inicial Valor base do contrato se operação a termo. (2 casas decimais) Data operação termo Data da operação quando a mesma for pactuada a termo, com cliente1 e registrada em D+1. Formato: AAAAMMDD. (Continua) 2

3 Campo Índice Termo Código do indexador de correção da operação a termo. Possíveis valores: 03 (DI), 01 (SELIC), 15 (DOLAR), 33 (EURO), 35 (IENE), 36 (LIBRA), 38 (FRANCO SUICO), 88 (PESO MEXICANO), 04 (OURO), 20 (TR), 23 (TJLP) e 00 (VCP). Percentual Termo Percentual a ser aplicado sobre o indexador que o Participante quer que corrija o Valor Base Inicial da operação a termo. Contém duas casas decimais Contrato a termo índice "VCP" PU Inicial Com 8 decimais. Tipo/Classe Consultar código no sistema Nome Tipo/Classe Nome tipo classe Denominação Denominação VCP Fluxo de Juros e Amortizações Juros a cada Número Expresso em Possíveis valores: 00 (Dias Úteis),01 (Dias Corridos), 02 (Meses) Data inicio pagamento Data de inicio de pagamento de juros. Formato: juros AAAAMMDD. Amortização a cada Número Expresso em Possíveis valores: 00 (Dias Úteis),01 (Dias Corridos), 02 (Meses) Data inicio pagamento Data de inicio de pagamento de amortizaçao. Formato: amortização AAAAMMDD. Tipo de amortização Possíveis valores: 00 (Sobre Valor Base Original), 01 (Sobre Valor Base Remanescente), 02 (Sem Troca de Amortização), 03 (Na Data de Vencimento) Curva para Atualização - Participante Percentual Percentual que incide sobre o índice/parâmetro de atualização do contrato (2 casas decimais). Código índice Índice que atualiza o valor base da Parte. Possíveis valores: 03 (DI), 15 (DOLAR), 00 (VCP), 29 (TJMI), 27 (LIBOR), 99 (Prefixado 252d), 60 (Prefixado 360d), 01 (SELIC), 04 (OURO), 09 (IGP-M), 10 (IGP-DI), 16 (INPC), 20 (TR), 23 (TJLP), 65 (DOLAR COM. EXP), 33 (EURO), 35 (IENE), 38 (FRANCO SUICO), 88 (PESO MEXICANO). TR Escolhida DataTR Sinal Taxa "+" ou "-" da. Possíveis valores: 00 ("+") e 01 ("-"). Taxa Taxa de juros atualizada (4 casas decimais). Lim. Inferior (Floor) Limite Inferior (8 casas decimais). Lim. Superior (Cap) Limite Superior (8 casas decimais). Valor Curva Atualizado Valor Curva Atualizado (2 decimais) Data Correção Data Correção Fator Original de Juros Fator (9 decimais) 3

4 Curva para Atualização - Campo Percentual Percentual que incide sobre o índice/parâmetro de atualização do contrato (2 casas decimais) Código índice Índice que atualiza o valor base da ContraParte. Possíveis valores: 03 (DI), 15 (DOLAR), 00 (VCP), 29 (TJMI), 27 (LIBOR), 99 (Prefixado 252d), 60 (Prefixado 360d), 01 (SELIC), 04 (OURO), 09 (IGP-M), 10 (IGP-DI), 16 (INPC), 20 (TR), 23 (TJLP), 65 (DOLAR COM. EXP), 33 (EURO), 35 (IENE), 38 (FRANCO SUICO), 88 (PESO MEXICANO). TR Escolhida DataTR Sinal Taxa "+" ou "-" da. Possíveis valores: 00 ("+") e 01 ("-"). Taxa Taxa de juros atualizada (4 casas decimais).. Lim. Inferior (Floor) Limite Inferior (8 casas decimais). Lim. Superior (Cap) Limite Superior (8 casas decimais). Valor Curva Atualizado Valor Curva Atualizado (2 decimais). Data Correção Data Correção. Formato AAAAMMDD. Fator Original de Juros Fator (9 decimais) Terceira Curva Parte/ Terceira Curva: 00 (PARTE), 01 (CONTRAPARTE) Cupom Limpo Cupom limpo Terceira Curva (7 decimais) Percentual Percentual Terceira Curva (2 decimais) Curva Tipo de Curva da Terceira Curva. Possíveis valores: 03 (DI), 15 (DOLAR), 01 (SELIC), 04 (OURO), 09 (IGP-M), 10 (IGP-DI), 16 (INPC), 20 (TR), 23 (TJLP), 65 (DOLAR COM. EXP), 33 (EURO), 35 (IENE), 38 (FRANCO) SUICO), 88 (PESO MEXICANO). Sinal Taxa Sinal da Terceira Curva: 00 ("+") e 01 ("-"). Taxa de Juros Taxa de Juros Terceira Curva (4 decimais) Limitador Tipo do Limitador Terceira Curva: 00 (LIM. INFERIOR) 01 (LIM. SUPERIOR) Para Curva "VCP" - Participante Pu inicial Preço unitário do índice na data de início, no caso de código =00 (8 decimais). Pu atual Preço unitário do índice na data atual, no caso de código =00 (8 decimais). Tipo/Classe Consultar Código no Sistema Nome Tipo/Classe Nome tipo classe Denominação Denominação VCP Para Curva "VCP" - Pu inicial Preço unitário do índice na data de início, no caso de código =00 (8 decimais). Pu atual Preço unitário do índice na data atual, no caso de código =00 (8 decimais). Tipo/Classe Consultar Código no Sistema Nome Tipo/Classe Nome tipo classe Denominação Denominação VCP 4

5 Para Curva Moeda Parte Cupom Limpo Cupom limpo (7 decimais). Data de Cotação Possíveis valores: 01 (D-1), 02 (D-2), 03 (D-3). Para Curva Moeda Cupom Limpo Cupom limpo (7 decimais). Data de Cotação Possíveis valores: 01 (D-1), 02 (D-2), 03 (D-3). Para Curva Libor - Participante Tipo Libor - moeda Tipo Libor - moeda da Parte. Possíveis valores: 15 (DOLAR), 33 (EURO), 35 (IENE), 36 (LIBRA). Tipo Libor - periodo Tipo Libor - periodo da Parte. Possíveis valores: 00 (Mensal), 01 (Trimestral), 02(Semestral), 03 (Anual). Data de Cotação Possíveis valores da Parte: 00 (D), 01 (D-1), 02 (D-2), 03 (D-3). Variação Cambial Variação Cambial da Parte. Possíveis valores: 15 Para Curva Libor - Tipo Libor - moeda Tipo Libor - moeda da. Possíveis valores: 15 (DOLAR), 33 (EURO), 35 (IENE), 36 (LIBRA). Tipo Libor - periodo Tipo Libor - periodo da. Possíveis valores: 00 (Mensal), 01 (Trimestral), 02(Semestral), 03 (Anual). Data de Cotação Possíveis valores da : 00 (D), 01 (D-1), 02 (D-2), 03 (D-3). Variação Cambial Variação Cambial da. Possíveis valores: 15 Para curva TJMI - Participante Taxa Juros Taxa (4 decimais). Troca de Fluxo Troca de Fluxo Parte. Possíveis valores: 00 (Todas as Trocas de Fluxo), 01 (Só Para Primeira Troca de Fluxo). Variação Cambial Variação Cambial da Parte. Possíveis valores: 15 5

6 Para curva TJMI Taxa Juros Taxa (4 decimais). Troca de Fluxo Troca de Fluxo. Possíveis valores: 00 (Todas as Trocas de Fluxo), 01 (Só Para Primeira Troca de Fluxo). Variação Cambial Variação Cambial da. Possíveis valores: 15 Funcionalidade Parte/ Ponta do Trigger In: 00 (PARTE), 01 (CONTRAPARTE) Fator/Valor/Taxa Fator do Trigger In (8 decimais) Verificação Verificação do Trigger In: 00 (DIÁRIO), 01 (FINAL) Data Disparo Data do Disparo. Formato: AAAAMMDD. Parte/ Ponta do Trigger Out: 00 (PARTE), 01 (CONTRAPARTE) Fator/Valor/Taxa Fator do Trigger Out (8 decimais). Verificação Verificação do Trigger Out: 00 (DIÁRIO), 01 (FINAL) Data Disparo Data do Disparo. Formato: AAAAMMDD Titular Titular do Prêmio 1: 00 (PARTE), 01 (CONTRAPARTE) Prêmio 1 Valor do Prêmio 1 (2 decimais). Rebate Valor do Rebate (2 decimais ). Liquidação do Rebate Liquidação do Rebate: 00 (VENCIMENTO), 01 (TRIGGER OUT), 02(APÓS NUMERO DIAS UTEIS) Dias Úteis após o Dias úteis para liquidação do rebate após o trigger out. Trigger Out Prêmio 2 Valor do prêmio 2 (2 decimais). Data Exercício Prêmio Data do Prêmio 2. Formato: AAAAMMDD. 2 Estratégia Código da Estratégia (Fim) Observação: Os campos são separados por (;) Ponto e vírgula. 6

7 SWAP Nome do Arquivo DMOVIMENTO - Swap Tamanho do Registro REGISTRO Campo Data Data da operação. Formato: AAAAMMDD. Contrato Código identificador do contrato. Tipo do Contrato Possíveis valores: 00 (Constante), 01 (Não Constante) ou 02 (Pagamento Final). Meu Número Código de controle atribuído pelo Participante. Código operação Código identificador da operação. Participante Código CETIP da Instituição lançadora da operação. Código CETIP da contraparte na operação. Modalidade de Modalidade de Liquidação. Liquidação Código Tipo de Operação Código Tipo de Operação. Data início Data de início do contrato. Formato: AAAAMMDD. Data vencimento Data de vencimento do contrato. Formato: AAAAMMDD. Valor base Valor base do contrato. Adesão a Contrato Informação sobre o Tipo de Adesão do contrato. Possíveis valores: 0-SEM ADESAO 1-CGD 2-CSA 3- CGD/CSA. Observação: Os campos são separados por (;) Ponto e vírgula. (Fim) 7

Registro de Contrato Fluxo Constante Caracteres: 1771

Registro de Contrato Fluxo Constante Caracteres: 1771 Versão: 25/10/2010 SWAP Nome do Arquivo Tamanho do Registro Registro de Contrato Fluxo Constante Caracteres: 1771 Header Campo Formato Posição Descrição/conteúdo ID do Sistema X(05) 1-5 SWAP ID Tipo de

Leia mais

Descrição/conteúdo. Código CETIP que identifica o Participante, parte

Descrição/conteúdo. Código CETIP que identifica o Participante, parte Derivativos Realizados no Exterior Nome do Arquivo DPOSIÇÃO - DCE Campo Data de Registro Data de Registro do Contrato Código do IF Código do Contrato Conta Registradora Código CETIP que identifica o que

Leia mais

1 Receber Arquivos. Opções Flexíveis sobre Taxa de Câmbio Nome do Arquivo 1.1 DPOSICAO Estratégia de Renda Fixa e Opções Flexíveis

1 Receber Arquivos. Opções Flexíveis sobre Taxa de Câmbio Nome do Arquivo 1.1 DPOSICAO Estratégia de Renda Fixa e Opções Flexíveis 1 Sumário 1 Receber Arquivos... 3 1.1 DPOSICAO Estratégia de Renda Fixa e Opções Flexíveis... 3 1.2 DPOSICAO (AAAAMMDDPO.TER)... 9 2 Enviar Arquivos...17 2.1 Registro da Operação de Renda Fixa - Box de

Leia mais

Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 06/09/2013

Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 06/09/2013 Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 06/09/2013 i Conteúdo Conteúdo Introdução ao Swap... 1 Conhecendo o Produto... 2 Ações dos botões das telas... 5 Lançamento... 7 Registro de Contrato - Fluxo Constante...

Leia mais

Índice 1 Atualizações Enviar Arquivos Receber Arquivos... 18

Índice 1 Atualizações Enviar Arquivos Receber Arquivos... 18 Índice 1 Atualizações... 3 2 Enviar Arquivos... 4 2.1 Registro de CDB/CDBS/CDBV/DI/DII/DIM/DIR/DIRG/DIRP/DIRR/DIRC/DPGE/LC/ LF/LFS/LFSC/LFSN/LFV/RDB... 4 3 Receber Arquivos... 18 3.1 DRESUMOEMIS CDB...

Leia mais

Índice 1 Atualizações Enviar Arquivos... 4

Índice 1 Atualizações Enviar Arquivos... 4 Índice 1 Atualizações... 3 2 Enviar Arquivos... 4 2.1 Registro de Contrato do Participante... 4 2.2 ANTECIPACAOTER Antecipação TER... 10 2.3 TAXACAMBIOTER Taxa de Câmbio para Avaliação TER... 12 2 1 Atualizações

Leia mais

COMUNICADO SPR N.º 007/94

COMUNICADO SPR N.º 007/94 COMUNICADO SPR N.º 007/94 Aos Participantes do Sistema de Proteção Contra Riscos Financeiros SPR A Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos CETIP, comunica que, a partir do dia 22.09.94,

Leia mais

1 Atualizações. Acerto do formato do campo cotação para fixing sequência 46. Atualizado em. 25/10/2016 Capa Inclusão da data conforme o comunicado.

1 Atualizações. Acerto do formato do campo cotação para fixing sequência 46. Atualizado em. 25/10/2016 Capa Inclusão da data conforme o comunicado. Índice 1 Atualizações... 3 2 Enviar Arquivos... 4 2.1 Registro de Contrato do Participante... 4 3 Receber Arquivos... 10 3.1 DPOSICAO (AAAAMMDDPO.TER)... 10 3.2 DMOVIMENTO (AAAAMMDDPO.TER)... 17 1 Atualizações

Leia mais

Índice 1 Atualizações Enviar Arquivos Receber Arquivos... 18

Índice 1 Atualizações Enviar Arquivos Receber Arquivos... 18 Índice 1 Atualizações... 3 2 Enviar Arquivos... 4 2.1 Registro de CDB/CDBS/CDBV/DI/DII/DIM/DIR/DIRG/ DIRP/DIRR/DIRC/DPGE/LC/LF/LFS/LFSC/LFSN/LFV/RDB... 4 3 Receber Arquivos... 18 3.1 DCARACTPART-LF/LFS/LFV/LFSC/LFSN...

Leia mais

SISTEMA DE RISCO DO SEGMENTO BM&F SUBSISTEMA DE MARGEM PARA ATIVOS LÍQUIDOS ANEXO III FUTUROS DE MOEDAS E AGROPECUÁRIOS COM LIQUIDAÇÃO FINANCEIRA

SISTEMA DE RISCO DO SEGMENTO BM&F SUBSISTEMA DE MARGEM PARA ATIVOS LÍQUIDOS ANEXO III FUTUROS DE MOEDAS E AGROPECUÁRIOS COM LIQUIDAÇÃO FINANCEIRA 1/2011 Bolsa de Valores, Mercadorias & Futuros SISTEMA DE RISCO DO SEGMENTO BM&F SUBSISTEMA DE MARGEM PARA ATIVOS LÍQUIDOS ANEXO III FUTUROS DE MOEDAS E AGROPECUÁRIOS COM LIQUIDAÇÃO FINANCEIRA Neste anexo,

Leia mais

Índice. 1. Registro de CPR/CRP/NCR Alteração de Registro de CPR/CRP/NCR Registro de LCA/ CDCA/ CRA

Índice. 1. Registro de CPR/CRP/NCR Alteração de Registro de CPR/CRP/NCR Registro de LCA/ CDCA/ CRA Índice 1. Registro de CPR/CRP/NCR... 4 2. Alteração de Registro de CPR/CRP/NCR... 8 3. Registro de LCA/ CDCA/ CRA... 11 Participante 3 Títulos do Agronegócio Nome do Arquivo Tamanho do Registro 1. Registro

Leia mais

COMUNICADO SPR N.º 002/94

COMUNICADO SPR N.º 002/94 COMUNICADO SPR N.º 002/94 Aos Participantes do Sistema de Proteção Contra Riscos Financeiros SPR A Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos CETIP, informa os procedimentos a serem adotados

Leia mais

Paulo Roberto Mendonça Superintendente Geral

Paulo Roberto Mendonça Superintendente Geral COMUNICADO SPR Nº 007/02 Aos Participantes do Sistema de Proteção Contra Riscos Financeiros SPR A Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos CETIP comunica que, atendendo demanda de instituições

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CONTABILIDADE E ATUÁRIA DA FEA/USP. Aula 04 Contratos Futuro e a Termo

DEPARTAMENTO DE CONTABILIDADE E ATUÁRIA DA FEA/USP. Aula 04 Contratos Futuro e a Termo DEPARTAMENTO DE CONTABILIDADE E ATUÁRIA DA FEA/USP EAC 0466 Precificação de Derivativos e Outros Produtos Aula 04 Contratos Futuro e a Termo Ciências Atuariais 2017 Programa 2. Mercado a Termo Mercado

Leia mais

CONSELHO DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS DE NEGOCIAÇÃO DE INSTRUMENTOS FINANCEIROS DELIBERAÇÃO Nº 19

CONSELHO DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS DE NEGOCIAÇÃO DE INSTRUMENTOS FINANCEIROS DELIBERAÇÃO Nº 19 CONSELHO DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS DE NEGOCIAÇÃO DE INSTRUMENTOS FINANCEIROS DELIBERAÇÃO Nº 19 O Conselho de Regulação e Melhores Práticas de Negociação de Instrumentos Financeiros, no exercício

Leia mais

Carta Circular N.º 312. REF: Consulta de Índices de Preços, Taxas, Moedas e Valores no Menu de Funções.

Carta Circular N.º 312. REF: Consulta de Índices de Preços, Taxas, Moedas e Valores no Menu de Funções. Carta Circular N.º 312 Aos Participantes de Todos os Sistemas REF: Consulta de Índices de Preços, Taxas, Moedas e Valores no Menu de Funções. A Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos

Leia mais

INTRODUÇÃO 4 ELEGIBILIDADE 7 METODOLOGIA 9 CÁLCULOS DO DELTA ( ) 18 EXEMPLOS 19 I. TERMO DE MOEDAS 19 II. SWAP 23 III. OPÇÕES 25

INTRODUÇÃO 4 ELEGIBILIDADE 7 METODOLOGIA 9 CÁLCULOS DO DELTA ( ) 18 EXEMPLOS 19 I. TERMO DE MOEDAS 19 II. SWAP 23 III. OPÇÕES 25 05/03/2013 INTRODUÇÃO 4 DISPOSIÇÕES GERAIS SOBRE O IOF 4 RECOLHIMENTO DO TRIBUTO 5 RELATÓRIO ENVIADOS PELAS CÂMARAS 6 ELEGIBILIDADE 7 OPERAÇÕES ELEGÍVEIS À TRIBUTAÇÃO DO IOF 7 OPERAÇÕES INELEGÍVEIS À TRIBUTAÇÃO

Leia mais

Arquivos de Parâmetros, Cenários e Simulação de Risco Relatório de Definições de Arquivos

Arquivos de Parâmetros, Cenários e Simulação de Risco Relatório de Definições de Arquivos Arquivos de Parâmetros, Cenários e Simulação Relatório de Definições de Arquivos Este documento descreve um conjunto de definições de arquivos desenvolvidos pela BM&FBOVESPA, a serem utilizados no processo

Leia mais

COMUNICADO SISTEMA DE CONTRATOS A TERMO Nº001/01. Ref.: Contratos a Termo de Moeda Sem Entrega Física.

COMUNICADO SISTEMA DE CONTRATOS A TERMO Nº001/01. Ref.: Contratos a Termo de Moeda Sem Entrega Física. COMUNICADO SISTEMA DE CONTRATOS A TERMO Nº001/01 Aos Participantes do Sistema de Contratos a Termo Ref.: Contratos a Termo de Moeda Sem Entrega Física. A Central de Custódia e de Liquidação Financeira

Leia mais

Critérios para a Apuração dos Preços de Ajuste e Prêmios das Opções de Compra e de Venda Setembro 2013

Critérios para a Apuração dos Preços de Ajuste e Prêmios das Opções de Compra e de Venda Setembro 2013 Critérios para a Apuração dos Preços de Ajuste e Prêmios das Opções de Compra e de Venda Setembro 2013 Informamos os procedimentos a serem aplicados durante o mês de setembro de 2013 para a apuração dos

Leia mais

MANUAL DE NORMAS SWAP ÍNDICE CAPÍTULO I DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO II DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO III DOS PARTICIPANTES 4 CAPÍTULO IV DO SWAP 4

MANUAL DE NORMAS SWAP ÍNDICE CAPÍTULO I DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO II DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO III DOS PARTICIPANTES 4 CAPÍTULO IV DO SWAP 4 2 / 10 MANUAL DE NORMAS SWAP ÍNDICE CAPÍTULO I DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO II DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO III DOS PARTICIPANTES 4 CAPÍTULO IV DO SWAP 4 CAPÍTULO V DOS PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS 6 SEÇÃO I DO PROCEDIMENTO

Leia mais

Índice. 1 Atualizações Receber Arquivos DPOSICAOATIVOSGRAVADOS DOPERACOESGRAVAME DREGISTROGRAVAME...

Índice. 1 Atualizações Receber Arquivos DPOSICAOATIVOSGRAVADOS DOPERACOESGRAVAME DREGISTROGRAVAME... Índice 1 Atualizações... 3 2 Receber Arquivos... 4 2.1 DPOSICAOATIVOSGRAVADOS... 4 2.2 DOPERACOESGRAVAME... 6 2.3 DREGISTROGRAVAME... 8 2 1 Atualizações Atualizado em Referência Atualização 30/08/2016-05/05/2016-26/02/2016

Leia mais

Atualização da Versão Introdução ao Termo... 4 Conhecendo o Produto... 5 Ações dos Botões das Telas... 6

Atualização da Versão Introdução ao Termo... 4 Conhecendo o Produto... 5 Ações dos Botões das Telas... 6 Conteúdo Atualização da Versão... 3 Introdução ao Termo... 4 Conhecendo o Produto... 5 Ações dos Botões das Telas... 6 Lançamentos... 7 Contrato a Termo de Moedas... 8 Antecipação... 19 Intermediação de

Leia mais

ANO XXVI ª SEMANA DE AGOSTO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 32/2015

ANO XXVI ª SEMANA DE AGOSTO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 32/2015 ANO XXVI - 2015-1ª SEMANA DE AGOSTO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 32/2015 IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA TAXAS DE CÂMBIO PARA ATUALIZAÇÃO DOS CRÉDITOS E OBRIGAÇÕES EM MOEDA ESTRANGEIRA ATUALIZAÇÃO EM

Leia mais

Atualizações da Versão... 3. Introdução às Opções Flexíveis... 5 Conhecendo o produto... 6 Ações dos botões das telas... 8. Lançamentos...

Atualizações da Versão... 3. Introdução às Opções Flexíveis... 5 Conhecendo o produto... 6 Ações dos botões das telas... 8. Lançamentos... Conteúdo Atualizações da Versão... 3 Introdução às Opções Flexíveis... 5 Conhecendo o produto... 6 Ações dos botões das telas... 8 Lançamentos... 9 Registro de Contrato... 10 Registro de Mercadoria...

Leia mais

3. Sistema Financeiro

3. Sistema Financeiro 3. Sistema Financeiro 3.1 Mercados e Instrumentos Financeiros Brasil Bibliografia BMFBOVESPA (2012) 1 Classificação dos títulos de renda fixa no Brasil Os títulos de renda fixa são documentos que comprovam

Leia mais

Introdução aos Derivativos de Crédito... 1. Conhecendo o produto... 2 Ações dos botões das telas... 5. Registro... 7

Introdução aos Derivativos de Crédito... 1. Conhecendo o produto... 2 Ações dos botões das telas... 5. Registro... 7 Versão: 28/12/2009 Conteúdo Introdução aos Derivativos de Crédito... 1 Conhecendo o produto... 2 Ações dos botões das telas... 5 Registro... 7 Registro de Contrato... 8 Atualização de PU/Fator... 20 Informação

Leia mais

Critérios para a Apuração dos Preços de Ajuste e Prêmios das Opções de Compra e de Venda Maio 2011

Critérios para a Apuração dos Preços de Ajuste e Prêmios das Opções de Compra e de Venda Maio 2011 Critérios para a Apuração dos Preços de Ajuste e Prêmios das Opções de Compra e de Venda Maio 2011 Informamos os procedimentos a serem aplicados durante o mês de maio de 2011 para a apuração dos preços

Leia mais

Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 01/07/2013

Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 01/07/2013 Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 01/07/2013 i Módulo de Informações de Derivativos Conteúdo Introdução... 1 Conhecendo o Produto... 2 Ações dos Botões das Telas... 4 Menu Lançamentos... 5 Registro de

Leia mais

Índice. 1 Atualizações Enviar Arquivos Lançamento de Operações COE... 4

Índice. 1 Atualizações Enviar Arquivos Lançamento de Operações COE... 4 Índice 1 Atualizações... 3 2 Enviar Arquivos... 4 2.1 Lançamento de Operações COE... 4 2 1 Atualizações Atualizado em Referência Atualização 16/10/2015 - Postergação da versão conforme comunicado 094/15.

Leia mais

Introdução às Opções Flexíveis... 5. Registro... 9. Operações... 69. Consultas... 89. Informações Adicionais... 98

Introdução às Opções Flexíveis... 5. Registro... 9. Operações... 69. Consultas... 89. Informações Adicionais... 98 Versão:10/12/2012 Atualizado em: 07/08/2013 i Opções Flexíveis sobre Taxa de Câmbio, Ações ou Índices Conteúdo Introdução às Opções Flexíveis... 5 Conhecendo o produto... 6 Ações dos botões das telas...

Leia mais

LFT Letras Financeiras do Tesouro

LFT Letras Financeiras do Tesouro 1 Definição 2 Títulos 1 Definição A dívida pública é o conjunto de todas as necessidades geradas na administração do orçamento aprovado para o exercício vigente, a Secretária do Tesouro Nacional atua no

Leia mais

3. Sistema Financeiro

3. Sistema Financeiro 3. Sistema Financeiro 3.1 Mercados e Instrumentos Financeiros Brasil Títulos de Renda Fixa Bibliografia BMFBOVESPA (2012) 1 Mercado de Títulos Mercadode títulos - classificaçãosegundo retorno dos ativos

Leia mais

COMUNICADO SISTEMA DE CONTRATOS A TERMO Nº 003/03

COMUNICADO SISTEMA DE CONTRATOS A TERMO Nº 003/03 COMUNICADO SISTEMA DE CONTRATOS A TERMO Nº 003/03 Aos Participantes do Sistema de Contratos a Termo Ref.: Trata de alteração no layout dos arquivos de movimentação DMOVIMENTO e de posição DPOSICAO de contratos

Leia mais

Operação 1: Swap Pré x CDI

Operação 1: Swap Pré x CDI Operação 1: Swap Pré x CDI Dados da Operação: Situação após 70 dias Valor Contratado: 1.000.000 CDI decorrido: 3,77% Prazo: 180 dias Prazo a decorrer: 110 dias Taxa Ativa (Pré): 22,50% a.a. Taxa pré p/

Leia mais

O F Í C I O C I R C U L A R. Associados da BM&F e Participantes do Mercado de Títulos Públicos

O F Í C I O C I R C U L A R. Associados da BM&F e Participantes do Mercado de Títulos Públicos 04 de dezembro de 2006 135/2006-DG O F Í C I O C I R C U L A R Associados da BM&F e Participantes do Mercado de Títulos Públicos Ref: SISBEX Introdução do Contrato de Operações Compromissadas Genéricas

Leia mais

Versão: 22/08/2011 Atualizado em: 15/02/2012

Versão: 22/08/2011 Atualizado em: 15/02/2012 Versão: 22/08/2011 Atualizado em: 15/02/2012 Conteúdo Introdução... 1 Conhecendo o Produto... 2 Ações dos Botões das Telas... 3 Consultas... 5 Consultar Índices... 6 Diferença entre Datas... 9 Relação

Leia mais

Atualizações da Versão Introdução... 4 Conhecendo o Produto... 5 Ações dos Botões das Telas... 6

Atualizações da Versão Introdução... 4 Conhecendo o Produto... 5 Ações dos Botões das Telas... 6 Versão: 27/05/2016 Atualizado em: 31/05/2016 1 Conteúdo Atualizações da Versão... 3 Introdução... 4 Conhecendo o Produto... 5 Ações dos Botões das Telas... 6 Consultas... 7 Consulta de Cotações... 8 Consultar

Leia mais

Layout do Arquivo do imercado. Data: 31/07/2015

Layout do Arquivo do imercado. Data: 31/07/2015 Layout do Arquivo do imercado 1 Histórico de alterações Data de atualização Versão Informações 31/07/2015 1.0 Divulgação dos atributos do Arquivo do imercado que substituirá os arquivos CINF e CINFD; além

Leia mais

Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 01/07/2013

Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 01/07/2013 Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 01/07/2013 i Termo de Mercadorias Conteúdo Introdução ao Termo de Mercadorias... 1 Conhecendo o produto... 2 Ações dos botões das telas... 4 Registro... 5 Registro de

Leia mais

FEA RP USP. Principais taxas de juros do mercado (e taxa over) Prof. Dr. Daphnis Theodoro da Silva Jr. Daphnis Theodoro da Silva Jr 1

FEA RP USP. Principais taxas de juros do mercado (e taxa over) Prof. Dr. Daphnis Theodoro da Silva Jr. Daphnis Theodoro da Silva Jr 1 FEA RP USP Principais taxas de juros do mercado (e taxa over) Prof. Dr. Daphnis Theodoro da Silva Jr. Daphnis Theodoro da Silva Jr 1 Formas de apresentação das taxas de juros Taxa Efetiva Taxa Nominal

Leia mais

COMUNICADO SNA Nº 010/01. Ref.: Trata do registro de Cédulas de Crédito Bancário CCB e de Certificados de Cédulas de Crédito Bancário CCCB.

COMUNICADO SNA Nº 010/01. Ref.: Trata do registro de Cédulas de Crédito Bancário CCB e de Certificados de Cédulas de Crédito Bancário CCCB. COMUNICADO SNA Nº 010/01 Aos Participantes do Sistema Nacional de Ativos SNA Ref.: Trata do registro de Cédulas de Crédito Bancário CCB e de Certificados de Cédulas de Crédito Bancário CCCB. A Central

Leia mais

METODOLOGIA DE CÁLCULO DOS TÍTULOS PÚBLICOS OFERTADOS NO TESOURO DIRETO

METODOLOGIA DE CÁLCULO DOS TÍTULOS PÚBLICOS OFERTADOS NO TESOURO DIRETO METODOLOGIA DE CÁLCULO DOS TÍTULOS PÚBLICOS OFERTADOS NO TESOURO DIRETO Notas do Tesouro Nacional, série B NTN-B Notas do Tesouro Nacional, série B NTN-B Características Gerais: Cupom Semestral de Juros:

Leia mais

MANUAL DE NORMAS SWAP

MANUAL DE NORMAS SWAP MANUAL DE NORMAS SWAP VERSÃO: 01/7/2008 2/8 MANUAL DE NORMAS SWAP ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO TERCEIRO DOS PARTICIPANTES 5 CAPÍTULO QUARTO DO SWAP

Leia mais

Mercados e Instrumentos Financeiros II. Fundamentos de Opções. Mercados Futuros. Hedge com Futuros e Opções. Fundamentos de Opções

Mercados e Instrumentos Financeiros II. Fundamentos de Opções. Mercados Futuros. Hedge com Futuros e Opções. Fundamentos de Opções Mercados e Instrumentos Financeiros II 2 Carlos R. Godoy 22 Agenda da Aula - Aula ) Opções e Futuros comparativo 2) Termos usados 3) Tipos de opções 4) Representação de resultados com opções 5) Denominação

Leia mais

COMPORTAMENTO SEMANAL DE MERCADO

COMPORTAMENTO SEMANAL DE MERCADO Juros reais em baixa No período entre os dias 06 e 13 de maio, o IPCA projetado para os próximos 12 meses apresentou queda, da mesma forma a estimativa para o fechamento de 2017. A estrutura a termo da

Leia mais

1 Tipo de Produto X(05) 1 5 LCA/CDCA/CRA Tipo do Produto 2 Tipo de Registro X(01) 6 6 0 Registro Header 3 Ação X(04) 7 10 INCL Registro de STA

1 Tipo de Produto X(05) 1 5 LCA/CDCA/CRA Tipo do Produto 2 Tipo de Registro X(01) 6 6 0 Registro Header 3 Ação X(04) 7 10 INCL Registro de STA Versão: 25/10/2010 TÍTULOS DO AGRONEGÓCIO Nome do Arquivo Registro de LCA / CDCA Header Campo Formato Posição Conteúdo Descrição 1 Tipo de Produto X(05) 1 5 LCA/CDCA/CRA Tipo do Produto 2 Tipo de Registro

Leia mais

COMPORTAMENTO SEMANAL DE MERCADO

COMPORTAMENTO SEMANAL DE MERCADO Ancoragem das expectativas inflacionárias Por motivos internos e externos, na semana de 08 a 15 de abril, o prêmio de risco soberano brasileiro reduziu-se em 48 pontos básicos. A expectativa de um eventual

Leia mais

COMUNICADO SNA Nº 004/98

COMUNICADO SNA Nº 004/98 COMUNICADO SNA Nº 004/98 Aos Participantes do Sistema Nacional de Ativos - SNA A Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos - CETIP comunica que estará, a partir do dia 05/05/98, aceitando

Leia mais

Separador Ponto e vírgula (;). Código ISIN do Instrumento Financeiro. Separador Ponto e vírgula (;). Código Conta Cetip(Emissor) Código Cetip.

Separador Ponto e vírgula (;). Código ISIN do Instrumento Financeiro. Separador Ponto e vírgula (;). Código Conta Cetip(Emissor) Código Cetip. Versão: 25/11/2011 Título e Valores Mobiliários Nome do Arquivo Direcionado ao: Participante e Cetip DALTERAÇÕES Este arquivo é gerado quando houver alterações no Instrumento Financeiro. Para os tipos

Leia mais

Universidade de São Paulo Mercado Financeiro I RCC 0407 Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Ribeirão Preto

Universidade de São Paulo Mercado Financeiro I RCC 0407 Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Ribeirão Preto Carlos R. Godoy Universidade de São Paulo Carlos R. Godoy 2 Mercado Financeiro I RCC 0407 Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Ribeirão Preto Mercado Financeiro I RCC 0407 Taxas de Juros

Leia mais

COMUNICADO SISTEMA DE CONTRATOS A TERMO Nº 004/03

COMUNICADO SISTEMA DE CONTRATOS A TERMO Nº 004/03 COMUNICADO SISTEMA DE CONTRATOS A TERMO Nº 004/03 Aos Participantes do Sistema de Contratos a Termo Ref.: Trata da inclusão do campo Data Emissão no layout do arquivo de posição de contratos de Termo de

Leia mais

Mercado de Capitais. Indicadores Econômicos. Professor: Roberto César

Mercado de Capitais. Indicadores Econômicos. Professor: Roberto César Mercado de Capitais Indicadores Econômicos Professor: Roberto César Indicadores Econômicos: Conceito Indicadores econômicos são um conjunto de dados que dão uma idéia da situação da economia de um país,

Leia mais

INDICADORES SETORIAIS E MACROECONÔMICOS

INDICADORES SETORIAIS E MACROECONÔMICOS INDICADORES SETORIAIS E MACROECONÔMICOS MAIO 2015 INCTF INCTL IGPM IPCA INPC ICV OUTROS ÍNDICE VARIAÇÃO MÊS (%) VARIAÇÃO ANO (%) VARIAÇÃO 12 MESES (%) Índice Nacional do Custos do Transporte de Carga Fracionada

Leia mais

COMPORTAMENTO SEMANAL DE MERCADO

COMPORTAMENTO SEMANAL DE MERCADO Seguindo os ventos externos A projeção do IPCA para os próximos 12 meses voltou a apresentar queda, contudo mesmo a estimativa para 2017 está ainda distante do centro da meta. Apesar das incertezas locais,

Leia mais

Arquivos de Parâmetros, Cenários e Simulação de Risco Relatório de Definições de Arquivos

Arquivos de Parâmetros, Cenários e Simulação de Risco Relatório de Definições de Arquivos Arquivos de Parâmetros, Cenários e Simulação Relatório de Definições de Arquivos Este documento descreve um conjunto de definições de arquivos desenvolvidos pela BM&FBOVESPA, a serem utilizados no processo

Leia mais

1.1.1 Registro de Cesta de Garantias Caracteres: 155. X(01) Registro Header Registro 3 Ação X(04) 7 10 INCL Inclusão de Cesta de Garantias

1.1.1 Registro de Cesta de Garantias Caracteres: 155. X(01) Registro Header Registro 3 Ação X(04) 7 10 INCL Inclusão de Cesta de Garantias Descrição do layout do arquivo de Manutenção de s Manutenção de s Nome do Arquivo Tamanho do 1.1.1 de Cesta de s Caracteres: 155 Header X(01) 6 6 0 Header 3 Ação X(04) 7 10 INCL Inclusão de Cesta de s

Leia mais

VOTORANTIM CIMENTOS S.A. 8ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016

VOTORANTIM CIMENTOS S.A. 8ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 VOTORANTIM CIMENTOS S.A. 8ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE VOTORANTIM CIMENTOS

Leia mais

Câmbio: Mecanismos de hedge. Reinaldo Gonçalves

Câmbio: Mecanismos de hedge. Reinaldo Gonçalves Câmbio: Mecanismos de hedge Reinaldo Gonçalves reinaldogoncalves1@gmail.com 1 Sumário 1. Swap 2. Swap cambial reverso 3. Swap inter-bancário de moedas 4. Mercado de futuros (futures) 5. Mercado a termo

Leia mais

Instruções para preenchimento dos Documentos 3020, 3026 e Para efeito da prestação de informações ao SCR, considera-se:

Instruções para preenchimento dos Documentos 3020, 3026 e Para efeito da prestação de informações ao SCR, considera-se: Instruções para preenchimento dos Documentos 3020, 3026 e 3030 Para fins de preenchimento dos arquivos correspondentes aos documentos referidos no inciso II do item 1 da Carta-Circular nº 3.404, de 30

Leia mais

Atualizações da Versão... 3. Introdução aos Derivativos Realizados no Exterior... 5 Conhecendo o Produto... 6 Ações dos Botões das Telas...

Atualizações da Versão... 3. Introdução aos Derivativos Realizados no Exterior... 5 Conhecendo o Produto... 6 Ações dos Botões das Telas... Versão: 18/08/2014 Atualizado em: 11/05/2016 Derivativos Realizados no Exterior Conteúdo Atualizações da Versão... 3 Introdução aos Derivativos Realizados no Exterior... 5 Conhecendo o Produto... 6 Ações

Leia mais

Parágrafo 1º Para a apuração do limite estabelecido no caput define-se como:

Parágrafo 1º Para a apuração do limite estabelecido no caput define-se como: CIRCULAR Nº 2894 Documento normativo revogado pela Circular 3.367, de 12/09/2007. Estabelece procedimentos para o cálculo do limite de exposição em ouro e em ativos e passivos referenciados em variação

Leia mais

02/11/2016. Instrumentos Financeiros Renda Fixa Títulos Públicos. Agenda da Aula - 9. Renda Fixa. Títulos Públicos. Imposto de Renda Renda Fixa

02/11/2016. Instrumentos Financeiros Renda Fixa Títulos Públicos. Agenda da Aula - 9. Renda Fixa. Títulos Públicos. Imposto de Renda Renda Fixa Carls R. Gdy 1 Mercad Financeir I RCC 0407 Agenda da Aula - 9 Carls R. Gdy 2 1. Instruments de Renda Fixa 2. T Públics - Históric 3. Tributaçã em T Públics Instruments Financeirs Renda Fixa Títuls Públics

Leia mais

BANCO CAIXA GERAL DE ANGOLA, SA

BANCO CAIXA GERAL DE ANGOLA, SA Preçário BANCO CAIXA GERAL DE ANGOLA, SA Taxas de Juro Anexo III Data de entrada em vigor: 15/07/2016 O Preçário completo do Banco Caixa Geral de Angola contém o Folheto de Comissões e Comissão (que incorpora

Leia mais

Banco de Tokyo-Mitsubishi UFJ Brasil S/A

Banco de Tokyo-Mitsubishi UFJ Brasil S/A Lâmina de informações essenciais sobre o Tokyo-Mitsubishi UFJ Jump FI Cambial Dólar CNPJ Nº 01.789.845/0001-70 Informações referentes à Janeiro de 2014 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

ANEXO 4 PREMISSAS GERAIS DA CENTRAL DE EXPOSIÇÃO A DERIVATIVOS - CED

ANEXO 4 PREMISSAS GERAIS DA CENTRAL DE EXPOSIÇÃO A DERIVATIVOS - CED ANEXO 4 PREMISSAS GERAIS DA CENTRAL DE EXPOSIÇÃO A DERIVATIVOS - CED Capítulo I Premissas Gerais 1. O relatório da CED é uma consolidação, conforme critérios abaixo definidos pela CED, das informações

Leia mais

TERMO DE MOEDAS SEM GARANTIA. Especificações. Paridade Objeto de negociação do contrato, quando a relação for estabelecida em:

TERMO DE MOEDAS SEM GARANTIA. Especificações. Paridade Objeto de negociação do contrato, quando a relação for estabelecida em: TERMO DE MOEDAS SEM GARANTIA Especificações 1. Definições Taxa de câmbio Objeto de negociação do contrato quando a relação for estabelecida em quantidade de reais por unidade de moeda estrangeira (Ex.:

Leia mais

Nome Simplificado do Participante que 4. gerou o arquivo 5 Data 9(08) Data da operação. Formato: AAAAMMDD.

Nome Simplificado do Participante que 4. gerou o arquivo 5 Data 9(08) Data da operação. Formato: AAAAMMDD. Conteúdo 1 Enviar Arquivos... 3 1.1 Cadastro de Cliente... 3 1.2 Confirmação de Dados do comitente... 8 2 Receber Arquivos... 9 2.1 DCADCOMITENTE... 9 2.2 DPOSCUSTCONSOLIDADO... 14 2.3 DMOVCUSTODIA...

Leia mais

Atualização: 14/02/17 Comunicado: 012/17 Homologação: Fevereiro/17 Versão: 15/05/17

Atualização: 14/02/17 Comunicado: 012/17 Homologação: Fevereiro/17 Versão: 15/05/17 Atualização: 14/02/17 Comunicado: 012/17 Homologação: Fevereiro/17 Versão: 15/05/17 1 Índice 1 Atualizações... 3 2 Receber Arquivos... 4 2.1 DREGISTROGRAVAME... 4 2.2 DREGISTROGRAVAMEACUM... 6 2 1 Atualizações

Leia mais

Certificação CPA20 V 9.8

Certificação CPA20 V 9.8 3.5 Derivativos... 2 3.5.1 Termo, Futuros, Swaps e Opções: Características Formais dos Derivativos... 2 3.5.1.1 Contratos a Termo... 2 3.5.1.2 Contratos Futuros... 4 3.5.1.3 Contrato de SWAP... 5 3.5.1.4

Leia mais

PREÇÁRIO BANCO VALOR S.A. Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO ANEXO II. Data de entrada em vigor: 01/12/2016

PREÇÁRIO BANCO VALOR S.A. Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO ANEXO II. Data de entrada em vigor: 01/12/2016 PREÇÁRIO BANCO VALOR S.A. Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO ANEXO II Data de entrada em vigor: 01/12/2016 O Preçário pode ser consultado nos balcões do Banco Valor S.A. e em www.bancovalor.ao

Leia mais

", em que: RWA CAM F EXP. Exp 1 CIRCULAR Nº 3.641, DE 4 DE MARÇO DE 2013

, em que: RWA CAM F EXP. Exp 1 CIRCULAR Nº 3.641, DE 4 DE MARÇO DE 2013 CIRCULAR Nº 3.641, DE 4 DE MARÇO DE 2013 Estabelece os procedimentos para o cálculo da parcela dos ativos ponderados pelo risco (RWA) referente às exposições em ouro, em moeda estrangeira e em ativos sujeitos

Leia mais

Comunicado CETIP n 102/05 15 de setembro de 2005

Comunicado CETIP n 102/05 15 de setembro de 2005 Comunicado CETIP n 102/05 15 de setembro de 2005 Assunto:Arquivo de Movimento do Termo de Moedas. A CETIP Câmara de Custódia e Liquidação comunica que, a partir de 14/10/2005, irá alterar o layout do arquivo

Leia mais

Mercados e Instrumentos Financeiros I

Mercados e Instrumentos Financeiros I UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto - FEA-RP Graduação em Ciências Contábeis Mercados e Instrumentos Financeiros I Prof. Dr. Marcelo Augusto

Leia mais

INTRODUÇÃO 4 ELEGIBILIDADE 7 METODOLOGIA 9 CÁLCULOS DO DELTA ( ) 17 EXEMPLOS 18 I. TERMO DE MOEDAS 18 II. SWAP 22 III. OPÇÕES 24

INTRODUÇÃO 4 ELEGIBILIDADE 7 METODOLOGIA 9 CÁLCULOS DO DELTA ( ) 17 EXEMPLOS 18 I. TERMO DE MOEDAS 18 II. SWAP 22 III. OPÇÕES 24 13/01/2012 INTRODUÇÃO 4 DISPOSIÇÕES GERAIS SOBRE O IOF 4 RECOLHIMENTO DO TRIBUTO 5 RELATÓRIO ENVIADOS PELAS CÂMARAS 6 ELEGIBILIDADE 7 OPERAÇÕES ELEGÍVEIS À TRIBUTAÇÃO DO IOF 7 OPERAÇÕES INELEGÍVEIS À TRIBUTAÇÃO

Leia mais

COMPORTAMENTO SEMANAL DE MERCADO

COMPORTAMENTO SEMANAL DE MERCADO Menor aversão ao risco, mesmo com incertezas domésticas A semana do dia 24 de março a primeiro de abril ficou marcada por movimentos favoráveis no mercado de câmbio e de juros, nas expectativas inflacionárias

Leia mais

Contrato de Opção Flexível de Compra sobre. ishares Ibovespa Fundo de Índice (BOVA11): - Especificações -

Contrato de Opção Flexível de Compra sobre. ishares Ibovespa Fundo de Índice (BOVA11): - Especificações - Contrato de Opção Flexível de Compra sobre ishares Ibovespa Fundo de Índice (BOVA11) - Especificações - 1. Definições Contrato (especificações): ishares Ibovespa Fundo de Índice (BOVA11): Contrato negociado:

Leia mais

Índices de preços base: ago. 94 = 100

Índices de preços base: ago. 94 = 100 Índices de preços base: ago. 94 = 100 ÍNDICE GERAL DE PREÇOS DISPONIBILIDADE INTERNA (IGP-DI) ÍNDICE GERAL DE PREÇOS DO MERCADO (IGP-M) ÍNDICE DE PREÇOS AO PRODUTOR AMPLO DISPONIBILIDADE INTERNA (IPA-DI)

Leia mais

Uma Corretora que tenha firmado um Contrato de Agente Autorizado com a Administradora.

Uma Corretora que tenha firmado um Contrato de Agente Autorizado com a Administradora. GLOSSÁRIO Administradora Citibank Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A. Agente Autorizado Uma Corretora que tenha firmado um Contrato de Agente Autorizado com a Administradora. Ativos do

Leia mais

LCI Letra de Crédito Imobiliário. Manual do Produto. Versão 1.3

LCI Letra de Crédito Imobiliário. Manual do Produto. Versão 1.3 LCI Letra de Crédito Imobiliário Manual do Produto Versão 1.3 Agosto/2016 .1. Histórico de Versões Data Versão Descrição Fevereiro / 2014 1.1 Versão inicial Inclusão do Escalonamento; Inclusão de Eventos;

Leia mais

VOTORANTIM CIMENTOS S.A. 6ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016

VOTORANTIM CIMENTOS S.A. 6ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 VOTORANTIM CIMENTOS S.A. 6ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE VOTORANTIM CIMENTOS

Leia mais

O F Í C I O C I R C U LA R

O F Í C I O C I R C U LA R 04 de novembro de 2008 077/2008-DP O F Í C I O C I R C U LA R do Mercado de Títulos Públicos Ref.: SISBEX: Introdução das modalidades Empréstimo de Títulos Públicos e Compromissada Específica com Liquidação

Leia mais

Leilões de títulos da DPMFi

Leilões de títulos da DPMFi Tesouro Nacional Leilões de títulos da DPMFi I Leilões Tradicionais A grande maioria das emissões de títulos da Dívida Pública Mobiliária Federal interna DPMFi ocorre sob a forma competitiva, por meio

Leia mais

Curvas Disponíveis para VCP (Consulta de Tipo Classe)... 3. Moedas... 4. Taxas... 6. Commodities... 8. Índices... 10. Ações... 16. Ativos...

Curvas Disponíveis para VCP (Consulta de Tipo Classe)... 3. Moedas... 4. Taxas... 6. Commodities... 8. Índices... 10. Ações... 16. Ativos... Versão: 24/10/2011 Conteúdo s Disponíveis para (Consulta de Tipo Classe)... 3 Moedas... 4 Taxas... 6 Commodities... 8 Índices... 10 Ações... 16 Ativos... 19 Estratégia... 21 Paridade de Moedas... 22 2

Leia mais

Opção de Metais. Especificações

Opção de Metais. Especificações Opção de Metais Especificações 1. Definições Preço do metal Preço do metal, objeto de negociação, expresso em dólares dos Estados Unidos da América por tonelada métrica, especificado pela BM&FBOVESPA dentre

Leia mais

Taxa Anual Nominal Bruta (TANB)

Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) 19.1. Depósitos à ordem Tipo de Conta Conta Cliente de Solicitador: O titular é o Solicitador; montante mínimo de abertura: n.a. Conta Cliente de Solicitador < 30.000 0,000% 30.000 a 50.000 0,0625% > 50.000

Leia mais

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor:

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 20-jul-16 O Preçário completo do Banco Privado Atlântico Europa, S.A., contém o Folheto

Leia mais

Contribuições ao Desenvolvimento do Mercado de Renda Fixa. Abril/2011

Contribuições ao Desenvolvimento do Mercado de Renda Fixa. Abril/2011 Contribuições ao Desenvolvimento do Mercado de Renda Fixa Abril/2011 Contribuições do BNDES Pacote de Medidas de Estímulo ao Financiamento de LP Iniciativas do BNDES Novo Programa de Aquisição de Debêntures

Leia mais

Contrato de Opção Flexível de Compra sobre Ibovespa Especificações

Contrato de Opção Flexível de Compra sobre Ibovespa Especificações Contrato de Opção Flexível de Compra sobre Ibovespa Especificações 1. Definições Contrato (especificações): termos e regras sob os quais as operações serão realizadas e liquidadas. Ibovespa: índice de

Leia mais

Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 01/07/2013

Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 01/07/2013 Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 01/07/2013 Conteúdo Introdução ao Termo de Moedas... 1 Conhecendo o Produto... 2 Ações dos Botões das Telas... 4 Registros... 5 Registro de Contrato a Termo Simples -

Leia mais

PRÓS E CONTRAS NA TROCA DE MOEDA. Edmilson Milan

PRÓS E CONTRAS NA TROCA DE MOEDA. Edmilson Milan PRÓS E CONTRAS NA TROCA DE MOEDA Edmilson Milan DÓLAR x REAL Eleições 2002 Crise 2008 Janeiro 1999 DÓLAR x YEN DÓLAR x EURO CENÁRIOS FINANCEIROS A construção de cenário pode contemplar, entre outros: Inflação;

Leia mais

ANEXO II. Da Instrução CVM Nº 404, de 13 de fevereiro de Rendimento pelo IGP-M + Juros

ANEXO II. Da Instrução CVM Nº 404, de 13 de fevereiro de Rendimento pelo IGP-M + Juros ANEXO II Da Instrução CVM Nº 404, de 13 de fevereiro de 2004 Rendimento pelo IGP-M + Juros TERMO DE ADITAMENTO À ESCRITURA DA [N.º de ordem da emissão] EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES DA [Nome da Companhia

Leia mais

REAG ADMINISTRADORA DE RECURSOS LTDA. MANUAL DE PRECIFICAÇÃO DE ATIVOS

REAG ADMINISTRADORA DE RECURSOS LTDA. MANUAL DE PRECIFICAÇÃO DE ATIVOS REAG ADMINISTRADORA DE RECURSOS LTDA. MANUAL DE PRECIFICAÇÃO DE ATIVOS SETEMBRO DE 2016 1 ÍNDICE Capítulo I... 4 Introdução... 4 Objetivo... 4 Princípios... 4 Capítulo II... 6 Definição de Processos de

Leia mais

COMUNICADO SPR N.º 001/97

COMUNICADO SPR N.º 001/97 COMUNICADO SPR N.º 001/97 Aos Participantes do Sistema de Proteção Contra Riscos Financeiros SPR A Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos CETIP comunica que, a partir do dia 02/5/97,

Leia mais

CONTRATOS DERIVATIVOS. Futuro de Cupom de IPCA

CONTRATOS DERIVATIVOS. Futuro de Cupom de IPCA CONTRATOS DERIVATIVOS Futuro de Cupom de IPCA Futuro de Cupom de IPCA Um instrumento de proteção contra variações na taxa de juro real brasileira O produto O Contrato Futuro de Cupom de IPCA oferece mais

Leia mais

EXEMPLOS DE CONTABILIZAÇÃO DE OPERAÇÕES A TERMO, SEM CONSIDERAR CORRETAGENS, EMOLUMENTOS, CUSTÓDIA E TRIBUTAÇÃO

EXEMPLOS DE CONTABILIZAÇÃO DE OPERAÇÕES A TERMO, SEM CONSIDERAR CORRETAGENS, EMOLUMENTOS, CUSTÓDIA E TRIBUTAÇÃO EXEMPLOS DE CONTABILIZAÇÃO DE OPERAÇÕES A TERMO, SEM CONSIDERAR CORRETAGENS, EMOLUMENTOS, CUSTÓDIA E TRIBUTAÇÃO Operação de hedge: Com o objetivo de proteção contra oscilações no preço do ouro, o Banco

Leia mais

Roteiro Derivativo Financeiros

Roteiro Derivativo Financeiros Roteiro Derivativo Financeiros PERFIL DOS CLIENTES Pessoa Física: Investidores Pessoa Jurídica: Agentes Financeiros (Fundos e Tesourarias); Não Financeiros (Exportadores, Tradings, Indústria); Não Residentes

Leia mais

Mecanica Operacional dos Mercados Futuros e a Termo. EAD Caderno 2 FEA / USP

Mecanica Operacional dos Mercados Futuros e a Termo. EAD Caderno 2 FEA / USP 2.1 Mecanica Operacional dos Mercados Futuros e a Termo EAD 733 - Caderno 2 FEA / USP 2.2 Contratos Futuros vs Contratos a Termo TERMO Contrato particular entre duas partes Contrato não padronizado Usualmente

Leia mais

NIRE n.º CNPJ n.º /

NIRE n.º CNPJ n.º / BR MALLS PARTICIPAÇÕES S.A. NIRE n.º 35.300.316.614 CNPJ n.º 06.977.745/0001-91 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 4 DE JULHO DE 2007 DATA E LOCAL: 4 de julho de 2007, às 10 horas,

Leia mais

COMPORTAMENTO SEMANAL DE MERCADO

COMPORTAMENTO SEMANAL DE MERCADO jan/15 jan/15 Acomodação com o cenário externo A semana de 19 a 26 de fevereiro apresentou movimentos moderados nas principais variáveis de mercado. A despeito do resultado negativo para o IPCA-15 de fevereiro,

Leia mais