Economista/ Chief Economist: Fáusio Jafar Mussá Sumário Executivo:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Economista/ Chief Economist: 15-12-2014 Fáusio Jafar Mussá fausio.mussa@standardbank.co.mz Sumário Executivo:"

Transcrição

1 Economista/ Chief Economist: Fáusio Jafar Mussá Sumário Executivo: O IPC (Índice de Preços ao Consumidor) - Moçambique registou uma inflação mensal de.36%m/m (mês a mês) em Novembro, devido à subida de preços nas classes de alimentos, bebidas não alcoólicas e transportes, tipicamente sazonal, mas insuficiente para inverter a tendência decrescente das inflações anual e média que caíram.33pp (pontos percentuais) e.19pp, respectivamente para 1.79%a/a (ano a ano) e 2.69%. A estabilidade dos preços administrados, a par do bom desempenho da agricultura e da estabilidade cambial que se verificou ao longo dos 11 meses de 214, sobretudo a apreciação de 4.1%a/a do Metical face ao Rand, também contribuíram para que a inflação se mantivesse a um nível significativamente abaixo do objectivo de médio prazo do Governo de 5.6%. A recente descida do preço internacional do crude para níveis abaixo de U$7 por barril tem o potencial de reduzir o preço doméstico dos combustíveis mas coloca o Governo num dilema entre satisfazer o consumidor ou compensar as gasolineiras domésticas que têm o seu cash flow afectado pelos atrasos no pagamento dos subsídios aos combustíveis e olham para o actual diferencial de preços como uma forma de recuperar parte das perdas dos últimos anos, originada por uma política de subsídios controversa e que provavelmente será revista pelo novo Governo. A recente forte e rápida depreciação do Metical face ao Dólar, que eleva a depreciação anual de 4.3%a/a no final de Novembro para 16.6%a/a no final da segunda semana de Dezembro, com o câmbio a situa-se acima dos 35.5MT/USD nas transacções dos bancos comerciais com os seus clientes, constitui um dos principais riscos para a inflação a curto prazo, com o potencial de tornar os produtos importados mais caros e corroer o potencial benefício da descida do preço internacional do crude. A previsão de cheias na actual época chuvosa com potencial impacto negativo sobre a agricultura e sobre o preço dos alimentos traduz-se noutro risco considerável para a inflação. Ainda assim, o espaço para acomodar uma subida de preços mantém-se pelo facto de o país apresentar uma inflação historicamente baixa, prevendo-se que a média se fixe abaixo de 6% no final de 215. Na sua última reunião do ano realizada a 12 de Dezembro, o Comité de Política Monetária do Banco de Moçambique (CPMO) decidiu manter inalteradas as taxas de juro de referência do Banco Central no mercado primário em 1.5% na tomada de liquidez (FPD) e 7.5% na cedência de liquidez (FPC), após o corte na FPC de 75pb (pontos base) que surpreendeu o mercado em Novembro. Dados referentes ao mês de Outubro indicam que as restantes taxas de juro do mercado monetário mantiveram-se praticamente inalteradas, com as taxas de juro médias de depósito a prazo e de financiamento ao nível de 9.47% e 2.68%, respectivamente, e uma taxa de juro prime média de financiamento de 14.92%, com informação preliminar de Novembro a indicar descidas muito abaixo do esperado pelo Banco de Moçambique, o que revela que o custo marginal de fundos para os bancos financiarem o forte crescimento das suas carteiras de crédito manteve-se bastante superior à taxa de juro da FPC. Os agregados monetários continuaram a registar um forte crescimento este ano, mas espera-se uma expansão mais moderada no próximo ano, consistente com as expectativas de aumento da inflação. Dados de Outubro indicam uma expansão anual de 23.9% a/a no crédito à economia, contra 33% em igual período de 213, com o financiamento em moeda nacional a crescer 3.1% a/a e o denominado em moeda externa a expandir 4% a/a traduzindo-se num rácio de conversão de 82%, contra 8% em 213. A massa monetária (M3) cresceu 21.8% a/a, contra 17.2% em igual período de 213, devido essencialmente a uma forte expansão das notas e moedas em circulação de 26.5%a/a e dos depósitos em moeda nacional de 29%a/a, com os depósitos em moeda externa a crescerem apenas 3.5%a/a. Em

2 Novembro, a taxa de juro dos BT s (Bilhetes do Tesouro) a 3 meses caiu 2pb para 5.39%, com os títulos a 6 meses a registarem um aumento marginal de 1pb para 6.79% e os títulos a 12 meses sem variação mensal em 7.35%. Em Novembro, as Reservas Internacionais Líquidas (RILs) saldaram-se me U$2,852.4 milhões, o que representa uma descida mensal de 3% e anual de 2.7%, mantendo a tendência decrescente iniciada em Setembro e correspondendo a 4 meses de cobertura de importações em termos de reservas brutas. As vendas líquidas de divisas pelo Banco Central para suportarem a importação de combustíveis constituem a principal fonte de desgaste das reservas, num contexto em que se observou uma menor desembolso de fundos da ajuda externa, consistente com a tensão política pré e pós eleitoral e com a desilusão em relação à EMATUM. Ainda assim, o Metical manteve-se bastante estável até o fecho do mês de Novembro com um nível de MZM/USD o que representa uma depreciação mensal de 1% m/m e anual de 4.3% a/a, num contexto em que o Dólar se fortaleceu internacionalmente. O câmbio cruzado face ao Rand e o Euro indica depreciações mensais de.4% e.7%, respectivamente, mas ganhos anuais de 4.1% e 4.4%, para níveis MZM/ZAR 2.83 e MZM/EUR No entanto, tal como acima referido, Metical registou uma forte depreciação face ao Dólar na primeira quinzena de Dezembro, contrariando a estabilidade verificada ao longo do ano, chegando a transaccionar-se a níveis acima de MZM/USD35.5 nas operações dos bancos comerciais com os seus clientes, o que provavelmente reflecte que a moeda nacional pode ter perdido alguma da imunidade à tensão político social que se verifica nos últimos 2 anos, num contexto em que se antecipa atrasos no investimento directo estrangeiro e se formulam expectativas de fracos desembolsos da ajuda externa, situação similar ao observado após as eleições de 29, quando o Metical chegou a transaccionar-se a um nível próximo dos 4 face ao Dólar. Espera-se algum suporte do Banco Central para conter as perdas do Metical, mas limitado pela tendência decrescente das reservas. Apesar da economia moçambicana se manter ainda relativamente diversificada, o forte investimento nos recursos naturais tem o potencial de torna-la cada vez mais vulnerável às oscilações dos preços dos comodities no mercado internacional. No caso do carvão, a combinação de preços baixos no mercado mundial e o fraco desenvolvimento das infra-estruturas de escoamento tem-se traduzido num fraco ambiente de negócios, com os operadores a registarem prejuízos, tendo-se observado a saída da Rio Tinto, com a Vale a anunciar ter chegado a um acordo para venda de 15% da sua participação na mina de Moatize e metade dos 7% da sua participação no corredor logístico de Nacala que esta prestes a entrar em funcionamento. No que diz respeito ao gás natural, espera-se que seja concluído ainda este ano, o pacote regulamentar para permitir o avanço dos projectos da Bacia do Rovuma com investimentos iniciais estimados em U$23 biliões. O preço mundial do crude abaixo dos U$7/barril e as perspectivas de entrada dos EUA no mercado mundial de produção do LNG (gás natural liquefeito) constituem uma ameaça para o projecto, atenuada pela natureza de longo prazo do projecto relativamente ao break-even e por considerações geopolíticas que colocam Moçambique numa posição privilegiada para fornecer ao mercado mundial de LNG. Dados do PIB relativamente ao primeiro e segundo trimestres de 214 indicam um crescimento robusto do PIB em linha com a média de 7.4% da última década. Espera-se este mês a publicação de informação respeitante ao terceiro trimestre, perspectivando-se que o crescimento se mantenha robusto na generalidade dos sectores. Apesar da forte expansão do PIB dos últimos anos, dados sobre a pobreza e o desenvolvimento humano indicam que não se observaram melhorias significativas, o que constitui uma ameaça à estabilidade social. Executive Summary: Monthly inflation rose.36%m/m (month on month) during November, measured by Mozambique CPI (Consumer Price Index). This was mainly due to prices increases in the food non-alcoholic beverages and transport categories, typically seasonal, but was insufficient to increase the annual and average 2

3 3 Boletim Económico Mensal / Monthly Economic Newsletter figures which declined.33pp (percentage points) and.19pp to respectively 1.79%y/y (year on year) and 2.69%. The stability of administered prices, the good performance of agriculture and the currency stability, specially the 4.1% y/y appreciation of the Metical to the Rand during the first 11 months of the year were the key to keep inflation well below the Government s medium-term target of 5.6%. The recent decline in world s crude oil prices to levels below the U$7/barrel has the potential of lowering domestic fuel prices but places the Government in a dilemma between satisfying the consumers or allowing the oil trading companies to be compensated for the negative impact on their cash flows due to the delays in subsidies payment. These companies look at the price differential as means to recover some of the losses incurred during the past few years with the implementation of a controversial subsidies policy that most probably will be revised by the new Government. The recent sharp and strong depreciation of the Metical to the USD, from 4.3%y/y at the end of November to 16.6%y/y at the end of second week of December with the currency trading above MZM/USD35.5 on the commercial banks transactions with their clients constitutes one of the main risks for inflation in the short term with the potential to increase the cost of imported goods and erode the potential gains from lower crude oil prices. The forecasted heavy rains with possible floods represent another risk for inflation with possible impact on agricultural output and food prices. The current low historical level provides a space to accommodate an increase in inflation to an average below 6% in 215, a trend which is likely to start January next year. At their last meeting of the year held on 12 th December, MPC (Monetary Policy Committee) decided to keep on hold Central Bank s reference interest rates at 1.5% for the deposit facility (FPD) and 7.5% for the lending facility (FPC) following the 75bps (basis points) cut on FPC that surprised the market in November. October data indicates that commercial banks deposit and lending interest rates remained almost unchanged at 9.47% and 2.68%, respectively, with prime lending rates also unchanged at an average of 14.92%. Preliminary data for November indicates a minor decline in interest rates, lower than the levels expected by Central Bank, indicating that commercial banks marginal cost of their funding to support the strong growth of their lending books remained far above the FPC interest rate. Monetary aggregates continued to grow stronger this year but are expected to grow at a slower pace next year, which is consistent with the expectations of an increase in inflation. October data indicates an expansion of private sector credit extension of 23.9%y/y against 33% y/y during the same period of 213, with 3.1% growth in local currency lending and 4% in foreign currency loans with conversion ratio increasing from 8% in 213 to 82%. Money supply (M3) grew 21.8% against 17.2% during the same period of 213, mainly due to a stronger expansion of notes and coins in circulation of 26.5%y/y and local currency deposits at 29%y/y with foreign currency deposits growing much slower at 3.5%y/y. During November, Treasury Bills (TB s) interest rates dropped 2bps for the 3 month tenor closing at 5.39%, with the 6 month tenor increasing marginally by 1pb to 6.79% with the 12 months tenor remaining unchanged at 7.35%. Net International Reserves closed November at U$2,852.4 million, 3% lower than previous month balance and 2.7% lower than the balance recorded during the same period of 213, maintaining a decreasing trend that started last September, corresponding to 4 months import cover in terms of gross reserves. Central Bank net sales of foreign currency to support fuel imports caused most of the decline in reserves in a period were donor aid disbursements came lower than expected, consistent with pre and post elections tension and the concerns over EMATUN. Despite this the Metical remained stable until the end of November closing at MZM/USD representing a monthly depreciation of 1%m/m and annual losses of 4.3% in a period were the Dollar remained stronger internationally. Crosses to the ZAR and EUR indicate monthly losses of.4%m/m and.7%m/m, respectively but annual gains for 4.1%y/y and 4.4%y/y to closing levels of MZM/USD 2.83 and MZM/EUR As reported above, this stability was broken during the first two weeks of December with commercial banks exchange rates to their clients reaching levels above MZM/USD This probably indicates that the Metical might have lost its immunity to the past 2 year political and social tension in a context were operators formulate expectations of delays in foreign direct investment inflows and weak disbursements for foreign aid, a situation that occurred following 29 elections with the Metical reaching levels near MZM/USD 4.. We expect

4 Central Bank to provide some support to contain the depreciation, but limited by the decreasing level of reserves. Despite remaining relatively diversified, the past few years strong investment into resources sector has the potential of making the Mozambican economy more exposed and vulnerable to the world commodity prices volatility. Global weak coal prices together with poor infrastructure development have resulted in a depressed business environment with the main players in the sector recoding losses. We have seen Rio Tinto exiting the country and Vale announcing the sale of 15% of their Moatize coal project and half of their 7% stake in the Nacala logistics corridor which is scheduled to start operations soon. As regard to natural gas, the regulatory framework is widely expected to be finalized this year, to enable the development of the LNG (liquefied natural gas) projects in Rovuma Basin with initial investments estimated in U$23 billion. Current low world crude oil prices below U$7/barrel together with the prospects of the USA entering the competition to supply LNG to world markets represents a threat to the Mozambican LNG, mitigated by the long term consideration of the project relative to its break-even and the privileged geopolitical situation that places the Mozambican projects in a good stance to supply the world LNG markets. GDP data reported to the first and second quarters of 214 indicates an economic growth aligned to the past decade average of 7.4%. Third quarter growth is expected to be published by National Statistics Institute (INE) during this December with strong growth across the sectors being expected. Despite strong GDP growth over the past years, poverty and human development data indicates that very low progress has being achieved which represents a risk to social stability. 4

5 Inflação Em Novembro, o IPC (Índice de Preços ao Consumidor) - Moçambique registou uma inflação mensal de.36%m/m (mês a mês) em Novembro, devido à subida de preços nas classes de alimentos, bebidas não alcoólicas e transportes, tipicamente sazonal, mas insuficiente para inverter a tendência decrescente das inflações anual e média que caíram.33pp (pontos percentuais) e.19pp, respectivamente para 1.79%a/a (ano a ano) e 2.69%. Em termos mensais, a cidade de Nampula apresentou a inflação mais baixa, de.12%, seguida de Maputo com.41% e Beira com.74%m/m. Em termos anuais, Maputo a registou a inflação mais baixa de 1.11%, seguida da Beira com 1.92% e Nampula com 2.7%a/a. Inflation November monthly inflation rose by.36%m/m (month on month), measured by Mozambique CPI (Consumer Price Index). This was mainly due to prices increases in the food non-alcoholic beverages and transport categories, typically seasonal, but was insufficient to increase the annual and average figures which declined.33pp (percentage points) and.19pp to respectively 1.79%y/y (year on year) and 2.69%. % Inflação Mensal Moç.(Moz M/M Inflation) 2 1 Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez -1 Inflação anual (Annual inflation) y/y % Moc. Maputo Beira Nam p. 5 % pesos medios (% average weightings) Alimentos e bebidas nao alcoolicas Food and non-alcoholic beverages 3,17 1,43 2,9 4,26 46,38 Bebidas alcoolicas e tabaco Alcoholic beverages and tobacco,63 -,1-1,78 3,57 1,19 Vestuario e calcado Clothing and footwear 1,15 2,28 2,39 -,7 9,26 Habit., agua, electric., gas e out. combustiveis Housing, water, electricity, gas and other fuels 1,2 1,87 1,4 -,49 11,95 Mobiliario, artigos de decoracao, equipamento Furniture, decoration and domestic equipment -,74 -,3-2,3,8 6,6 Saude Health 1,49 1,45 1,89 1,49 1,36 Transportes Transport,6 -,66,65,86 1,89 Comunicacoes Communication -1,3-1,97 -,12 -,41 3,14 Lazer, recreacao e cultura Leasure, recreation and culture -,19 -,89 1,43 -,3 3,49 Educacao Education 5,85 3,75 11,3 23,86 1,52 Restaurantes, hoteis, cafes e similares Restaurants, hotels, coffe shops and others 3,72 1,45 1,3 4,39 1,15 Bens e servicos diversos Other goods and services,62 1,45 -,24-1,5 3,5 Total (variação anual %/ % annual change) 1,79 1,11 1,92 2,7 Média anual (annual average) 2,69 2,44 1,68 3,55 Fonte(Source): Instituto Nacional de Estatistica (Nat. Statistics Institute) A estabilidade dos preços administrados, a par do bom desempenho da agricultura e da estabilidade cambial que se verificou ao longo dos 11 meses de 214, sobretudo a apreciação de 4.1%a/a do Metical face ao Rand, também contribuíram para que a inflação se mantivesse Nampula city recorded the lowest monthly inflation of.12%, followed by Maputo at.41% and Beira with.74%m/m. At an annual basis, Maputo was cheaper at 1.11%, followed by Beira with 1.92% and Nampula at 2.7% y/y. % Inflação - Maputo (Maputo Inflation) Anual (Y/Y) Média (Average) Previsão (Forecast) Sep/9 Dec/9 Mar/1 Jun/1 Sep/1 Dec/1 Mar/11 Jun/11 Sep/11 Dec/11 Mar/12 Jun/12 Sep/12 Dec/12 Mar/13 Jun/13 Sep/13 Dec/13 Mar/14 Jun/14 Sep/14 Dec/14 Mar/15 Jun/15 Sep/15 Dec/15 The stability of administered prices, the good performance of agriculture and the currency stability, specially the 4.1% y/y appreciation of the Metical to the Rand during the first 11 months of the year were the key to keep inflation well below the Government s medium-term target of 5.6%. The recent decline in world s crude oil prices to levels below the U$7/barrel has the potential of

6 a um nível significativamente abaixo do objectivo de médio prazo do Governo de 5.6%. A recente descida do preço internacional do crude para níveis abaixo de U$7 por barril tem o potencial de reduzir o preço doméstico dos combustíveis mas coloca o Governo num dilema entre satisfazer o consumidor ou compensar as gasolineiras domésticas que têm o seu cash flow afectado pelos atrasos no pagamento dos subsídios aos combustíveis e olham para o actual diferencial de preços como uma forma de recuperar parte das perdas dos últimos anos, originada por uma política de subsídios controversa e que provavelmente será revista pelo novo Governo. A recente forte e rápida depreciação do Metical face ao Dólar, que eleva a depreciação anual de 4.3%a/a no final de Novembro para 16.6%a/a no final da segunda semana de Dezembro, com o câmbio a situa-se acima dos 35.5MT/USD nas transacções dos bancos comerciais com os seus clientes, constitui um dos principais riscos para a inflação a curto prazo, com o potencial de tornar os produtos importados mais caros e corroer o potencial benefício da descida do preço internacional do crude. A previsão de cheias na actual época chuvosa com potencial impacto negativo sobre a agricultura e sobre o preço dos alimentos traduz-se noutro risco considerável para a inflação. Ainda assim, o espaço para acomodar uma subida de preços mantém-se pelo facto de o país apresentar uma inflação historicamente baixa, prevendo-se que a média se fixe abaixo de 6% no final de 215. Mercado Monetário Na sua última reunião do ano realizada a 12 de Dezembro, o Comité de Política Monetária do Banco de Moçambique (CPMO) decidiu manter inalteradas as taxas de juro de referência do Banco Central no mercado primário em 1.5% na tomada de liquidez (FPD) e 7.5% na cedência de liquidez (FPC), após o corte na FPC de 75pb (pontos base) que surpreendeu o mercado em Novembro. Dados referentes ao mês de Outubro indicam que as restantes taxas de juro do mercado monetário mantiveram-se praticamente inalteradas, com as taxas de juro médias de depósito a prazo e de financiamento ao nível de 9.47% e 2.68%, respectivamente, e uma taxa de juro prime média de financiamento de 6 lowering domestic fuel prices but places the Government in a dilemma between satisfying the consumers or allowing the oil trading companies to be compensated for the negative impact on their cash flows due to the delays in subsidies payment. These companies look at the price differential as means to recover some of the losses incurred during the past few years with the implementation of a controversial subsidies policy that most probably will be revised by the new Government. The recent sharp and strong depreciation of the Metical to the USD, from 4.3%y/y at the end of November to 16.6%y/y at the end of second week of December with the currency trading above MZM/USD35.5 on the commercial banks transactions with their clients constitutes one of the main risks for inflation in the short term with the potential to increase the cost of imported goods and erode the potential gains from lower crude oil prices. The forecasted heavy rains with possible floods represent another risk for inflation with possible impact on agricultural output and food prices. % Inflação - Moçambique (Moz Inflation) Anual (Year on Year) Média (Average) Jan/14 Feb/14 Mar/14 Apr/14 May/14 Jun/14 Jul/14 Aug/14 Sep/14 Oct/14 Nov/14 The current low historical level provides a space to accommodate an increase in inflation to an average below 6% in 215, a trend which is likely to start January next year. Money Market At their last meeting of the year held on 12 th December, MPC (Monetary Policy Committee) decided to keep on hold Central Bank s reference interest rates at 1.5% for the deposit facility (FPD) and 7.5% for the lending facility (FPC) following the 75bps (basis points) cut on FPC that surprised the market in November. October data indicates that commercial banks deposit and lending interest rates remained

7 14.92%, com informação preliminar de Novembro a indicar descidas muito abaixo do esperado pelo Banco de Moçambique, o que revela que o custo marginal de fundos para os bancos financiarem o forte crescimento das suas carteiras de crédito manteve-se bastante superior à taxa de juro da FPC Agregados Monetarios e Taxas de Juro (%) Monetary Agregates & Interest Rates (%) Jan-11 Mar-11 May-11 Jul-11 Sep-11 Nov-11 Jan-12 Mar-12 May-12 Jul-12 Sep-12 Nov-12 Jan-13 Mar-13 May-13 Jul-13 Sep-13 Nov-13 Jan-14 Mar-14 May-14 Aug-14 Oct-14 y/y change Credito a Economia (Credit to Economy) y/y change M3 Taxa de Juro Credito (Lending Interest Rates) Taxa de Juro Depositos (Deposit Interest Rates) Os agregados monetários continuaram a registar um forte crescimento este ano, mas espera-se uma expansão mais moderada no próximo ano, consistente com as expectativas de aumento da inflação. Dados de Outubro indicam uma expansão anual de 23.9% a/a no crédito à economia, contra 33% em igual período de 213, com o financiamento em moeda nacional a crescer 3.1% a/a e o denominado em moeda externa a expandir 4% a/a traduzindo-se num rácio de conversão de 82%, contra 8% em 213. A massa monetária (M3) cresceu 21.8% a/a, contra 17.2% em igual período de 213, devido essencialmente a uma forte expansão das notas e moedas em circulação de 26.5%a/a e dos depósitos em moeda nacional de 29%a/a, com os depósitos em moeda externa a crescerem apenas 3.5%a/a. Em Novembro, a taxa de juro dos BT s (Bilhetes do Tesouro) a 3 meses caiu 2pb para 5.39%, com os títulos a 6 meses a registarem um aumento marginal de 1pb para 6.79% e os títulos a 12 meses sem variação mensal em 7.35%. No mercado de capitais, as colocações de OT s (Obrigações do Tesouro) respeitantes a sexta e sétima série foram tomadas a taxas de juro de 1.75% e 1.25%, respectivamente, após terem almost unchanged at 9.47% and 2.68%, respectively, with prime lending rates also unchanged at an average of 14.92%. Preliminary data for November indicates a minor decline in interest rates, lower than the levels expected by Central Bank, indicating that commercial banks marginal cost of their funding to support the strong growth of their lending books remained far above the FPC interest rate. % Taxas de Juro (mercado primário) (Primary market interest rates) Dec-9 Jan-11 Mar-11 May-11 Jul-11 Sep-11 Nov-11 Jan-12 Mar-12 May-12 Jul-12 Sep-12 Nov-12 Jan-13 Mar-13 May-13 Jul-13 Sep Feb-14 Apr-14 Jun-14 Aug-14 Nov-14 FPC BT 91d (TB) FPD Monetary aggregates continued to grow stronger this year but are expected to grow at a slower pace next year, which is consistent with the expectations of an increase in inflation. October data indicates an expansion of private sector credit extension of 23.9%y/y against 33% y/y during the same period of 213, with 3.1% growth in local currency lending and 4% in foreign currency loans with conversion ratio increasing from 8% in 213 to 82%. Money supply (M3) grew 21.8% against 17.2% during the same period of 213, mainly due to a stronger expansion of notes and coins in circulation of 26.5%y/y and local currency deposits at 29%y/y with foreign currency deposits growing much slower at 3.5%y/y. During November, Treasury Bills (TB s) interest rates dropped 2bps for the 3 month tenor closing at 5.39%, with the 6 month tenor increasing marginally by 1pb to 6.79% with the 12 months tenor remaining unchanged at 7.35%. The Mozambican Stock Exchange has seen the listing of the 6 th and 7 th series of current issue of Government Bonds (OT214) at interest rates of respectively 1.75% and 1.25%, with the single digit psychological barer being broken last October contradicting the pressure for interest rates to decline in the money market. 7

8 ultrapassado a barreira psicológica de um dígito no mês anterior e contrariando a pressão para a descida das taxas de juro no mercado monetário. Mercado Cambial Em Novembro, as Reservas Internacionais Líquidas (RILs) saldaram-se me U$2,852.4 milhões, o que representa uma descida mensal de 3% e anual de 2.7%, mantendo a tendência decrescente iniciada em Setembro e correspondendo a 4 meses de cobertura de importações em termos de reservas brutas. mio USD (USD millions) Reservas Internacionais vs Cobertura Imp. (Net International Reserves vs Import Cover) Jan-11 Apr-11 Jul-11 Oct-11 Jan-12 Apr-12 Jul-12 Oct-12 Jan-13 Apr-13 Jul-13 Oct-13 Jan-14 Apr-14 Aug-14 Nov-14 RIL (NIR) USD Meses Cob.Import.(Import Cover Months) As vendas líquidas de divisas pelo Banco Central para suportarem a importação de combustíveis constituem a principal fonte de desgaste das reservas, num contexto em que se observou uma menor desembolso de fundos da ajuda externa, consistente com a tensão política pré e pós eleitoral e com a desilusão em relação à EMATUM. Ainda assim, o Metical manteve-se bastante estável até o fecho do mês de Novembro com um nível de MZM/USD o que representa uma depreciação mensal de 1% m/m e anual de 4.3% a/a, num contexto em que o Dólar se fortaleceu internacionalmente. O câmbio cruzado face ao Rand e o Euro indica depreciações mensais de.4% e.7%, respectivamente, mas ganhos anuais de 4.1% e 4.4%, para níveis MZM/ZAR 2.83 e MZM/EUR No entanto, tal como acima referido, Metical registou uma forte depreciação face ao Dólar na primeira quinzena de Dezembro, contrariando a estabilidade verificada ao longo do ano, chegando a transaccionar-se a níveis acima de MZM/USD35.5 nas operações dos bancos comerciais com os seus clientes, o que Meses (Months) Foreign Exchange Market Net International Reserves closed November at U$2,852.4 million, 3% lower than previous month balance and 2.7% lower than the balance recorded during the same period of 213, maintaining a decreasing trend that started last September, corresponding to 4 months import cover in terms of gross reserves. Central Bank net sales of foreign currency to support fuel imports caused most of the decline in reserves in a period were donor aid disbursements came lower than expected, consistent with pre and post elections tension and the concerns over EMATUN. Despite this the Metical remained stable until the end of November closing at MZM/USD representing a monthly depreciation of 1%m/m and annual losses of 4.3% in a period were the Dollar remained stronger internationally. Crosses to the ZAR and EUR indicate monthly losses of.4%m/m and.7%m/m, respectively but annual gains for 4.1%y/y and 4.4%y/y to closing levels of MZM/USD 2.83 and MZM/EUR MT/USD MT/EUR Taxas de Cambio (Foreign Exchange Rates) Feb-1 May-1 Aug-1 Nov-1 Feb-11 May-11 Aug-11 Nov-11 Feb-12 May-12 Aug-12 Nov-12 Feb-13 May-13 Aug-13 Nov-13 Feb-14 May-14 Aug-14 Nov-14 MT/USD MT/EUR MT/ZAR As reported above, this stability was broken during the first two weeks of December with commercial banks exchange rates to their clients reaching levels above MZM/USD This probably indicates that the Metical might have lost its immunity to the past 2 year political and social tension in a context were operators formulate expectations of delays in foreign direct investment inflows and weak disbursements for foreign aid, a situation that occurred following 29 elections with the Metical reaching levels near MZM/USD MT/ZAR 8

Mozambique & Brazil - A Case for Collaboration

Mozambique & Brazil - A Case for Collaboration Mozambique & Brazil - A Case for Collaboration Business Potential 31 st March, 215 Maputo, Mozambique 2 Agenda 13: 13:15 Welcome by Standard Bank Mozambique 13:15 14:3 Lunch and interactive Presentations

Leia mais

Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter

Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter Economia Moçambicana / Mozambican Economy Sumário Executivo: Economista/ Economist: Fáusio Jafar Mussá fausio.mussa@standardbank.co.mz A inflação continuou

Leia mais

Economista/ Economist: 24-06-2014 Fáusio Mussá fausio.mussa@standardbank.co.mz Sumário Executivo:

Economista/ Economist: 24-06-2014 Fáusio Mussá fausio.mussa@standardbank.co.mz Sumário Executivo: Economista/ Economist: Fáusio Mussá fausio.mussa@standardbank.co.mz Sumário Executivo: A inflação continuou benigna em Maio, com dados mensais a indicarem uma descida de preços medida pelo IPC (Índice

Leia mais

Economista/ Chief Economist: 25-08-2014 Fáusio Mussá fausio.mussa@standardbank.co.mz Sumário Executivo:

Economista/ Chief Economist: 25-08-2014 Fáusio Mussá fausio.mussa@standardbank.co.mz Sumário Executivo: Economista/ Chief Economist: Fáusio Mussá fausio.mussa@standardbank.co.mz Sumário Executivo: Seguindo um comportamento sazonal que tipicamente caracteriza o período entre Maio e Julho/Agosto, o IPC (Índice

Leia mais

Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter

Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter Economia Moçambicana / Mozambican Economy Sumário Executivo: Economista/ Economist: Fáusio Mussá fausio.mussa@standardbank.co.mz Tal como esperado,

Leia mais

Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter

Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter Economia Moçambicana / Mozambican Economy 14-10-2011 Sumário Executivo: Economista/ Economist: Fáusio Mussá fausio.mussa@standardbank.co.mz Após uma

Leia mais

International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica

International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica dossiers Economic Outlook Conjuntura Económica International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China Last Update Última Actualização: 10-02-2015 Prepared

Leia mais

Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter

Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter Economia Moçambicana / Mozambican Economy Sumário Executivo: Economista/ Economist: Fáusio Jafar Mussá fausio.mussa@standardbank.co.mz A inflação medida

Leia mais

Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter

Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter Economia Moçambicana / Mozambican Economy 19--1 Sumário Executivo: Economista/ Economist: Fáusio Jafar Mussá fausio.mussa@standardbank.co.mz No final

Leia mais

http://www.standardbank.co.mz/pt/boletim-economico

http://www.standardbank.co.mz/pt/boletim-economico Economista/ Chief Economist: 18-5-15 Fáusio Jafar Mussá fausio.mussa@standardbank.co.mz Sumário Executivo: O período de deflação veio um mês mais cedo do que o habitual este ano, com o INE (Instituto Nacional

Leia mais

Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter

Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter Economia Moçambicana / Mozambican Economy Sumário Executivo: Economista/ Economist: Fáusio Mussá fausio.mussa@standardbank.co.mz Em Novembro, a inflação

Leia mais

Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter

Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter Economia Moçambicana / Mozambican Economy Sumário Executivo: Economista/ Economist: Fáusio Jafar Mussá fausio.mussa@standardbank.co.mz Moçambique fechou

Leia mais

ADJUSTMENTS IN BRAZIL S ECONOMIC POLICY IN 2015 WILL LIKELY PRODUCE MORE SUSTAINABLE GDP GROWTH RATES GOING FORWARD

ADJUSTMENTS IN BRAZIL S ECONOMIC POLICY IN 2015 WILL LIKELY PRODUCE MORE SUSTAINABLE GDP GROWTH RATES GOING FORWARD PRESENTATION APIMEC BRASÍLIA ADJUSTMENTS IN BRAZIL S ECONOMIC POLICY IN 2015 WILL LIKELY PRODUCE MORE SUSTAINABLE GDP GROWTH RATES GOING FORWARD 1 1 Brasília, February, 5th 2015 Ellen Regina Steter WORLD

Leia mais

106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico

106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico 106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico B.7.1.1 Taxas de juro sobre novas operações de empréstimos (1) concedidos por instituições financeiras monetárias a residentes na área do euro (a) Interest rates

Leia mais

1. THE ANGOLAN ECONOMY

1. THE ANGOLAN ECONOMY BPC IN BRIEF ÍNDICE 1. THE ANGOLAN ECONOMY 2. EVOLUTION OF THE BANK SECTOR 3. SHAREHOLDERS 4. BPC MARKET RANKING 5. FINANCIAL INDICATORES 6. PROJECTS FINANCE 7. GERMAN CORRESPONDENTS 1. THE ANGOLAN ECONOMY

Leia mais

Brazil and Latin America Economic Outlook

Brazil and Latin America Economic Outlook Brazil and Latin America Economic Outlook Minister Paulo Bernardo Washington, 13 de maio de 2009 Apresentação Impactos da Crise Econômica Situação Econômica Brasileira Ações Contra-Cíclicas Previsões para

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014 TEXTO Brazil Leads Decline Among World's Biggest Companies THE losses OF São Paulo's stock market AND THE decline OF Brazil's real made Brazilian companies THE biggest losers among THE world's major companies,

Leia mais

Rating soberano do Brasil

Rating soberano do Brasil Rating soberano do Brasil Regina Nunes Presidente Standard & Poor s no Brasil Outubro 2014 Permission to reprint or distribute any content from this presentation requires the prior written approval of

Leia mais

Missão Empresarial a Moçambique. O financiamento para as empresas em Moçambique

Missão Empresarial a Moçambique. O financiamento para as empresas em Moçambique Missão Empresarial a Moçambique O financiamento para as empresas em Moçambique Maio de 2013 Enquadramento Macroeconómico Financiamento Bancário: - Tipos de Crédito; - Riscos de Crédito Água: Tipos de negócio

Leia mais

Em Agosto de 2014, o indicador de sentimento económico diminuiu na União Europeia (-1.2 pontos) e na Área Euro (-1.5 pontos).

Em Agosto de 2014, o indicador de sentimento económico diminuiu na União Europeia (-1.2 pontos) e na Área Euro (-1.5 pontos). Ago-04 Ago-05 Ago-06 Ago-07 Ago-08 Ago-09 Ago-10 Ago-11 Ago-12 Ago-13 Ago-14 Análise de Conjuntura Setembro 2014 Indicador de Sentimento Económico Em Agosto de 2014, o indicador de sentimento económico

Leia mais

O Sistema Expectativas de Mercado: Ferramenta de Suporte à Política Monetária

O Sistema Expectativas de Mercado: Ferramenta de Suporte à Política Monetária O Sistema Expectativas de Mercado: Ferramenta de Suporte à Política Monetária André Marques Março de 2015 I. Histórico II. Características Principais III. Relatórios IV. Uso no Processo de Política Monetária

Leia mais

Fonte / Source: Banco Central Europeu / European Central Bank. Depósitos com pré-aviso até 3 meses. equiparados até 2 anos (1)

Fonte / Source: Banco Central Europeu / European Central Bank. Depósitos com pré-aviso até 3 meses. equiparados até 2 anos (1) B.0.1 AGREGADOS MONETÁRIOS DA ÁREA DO EURO (a) EURO AREA MONETARY AGGREGATES (a) Saldos em fim de mês End-of-month figures Fonte / Source: Banco Central Europeu / European Central Bank M3 Circulação monetária

Leia mais

BANCO CENTRAL DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

BANCO CENTRAL DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE Boletim Mensal Situação Monetária e Cambial Estudos Económicos Agosto 2015 Índice 1. Situação Monetária... 1 1.1. Base Monetária (BM)... 1 1.2. Massa Monetária (M3)... 1 1.2.1. Crédito à Economia... 2

Leia mais

Brasil: Crescimento Sustentável, Distribuição de Renda e Inclusão Social. Miami Ministro Paulo Bernardo 6 de Abril de 2008

Brasil: Crescimento Sustentável, Distribuição de Renda e Inclusão Social. Miami Ministro Paulo Bernardo 6 de Abril de 2008 Brasil: Crescimento Sustentável, Distribuição de Renda e Inclusão Social Miami Ministro Paulo Bernardo 6 de Abril de 2008 Brasil consolida um mercado de consumo de massa e promove o surgimento de uma nova

Leia mais

MZMERCADO. 7.5% 0.52% pelo segundo mês consecutivo. 2.37% em relação ao Rand Sul Africano. Inteligência do mercado financeiro Moçambicano

MZMERCADO. 7.5% 0.52% pelo segundo mês consecutivo. 2.37% em relação ao Rand Sul Africano. Inteligência do mercado financeiro Moçambicano MZMERCADO. Inteligência do mercado financeiro Moçambicano A economia cresceu 7.5% no primeiro trimestre de 2014 A inflação reduziu 0.52% pelo segundo mês consecutivo O Metical teve apreciação de 2.37%

Leia mais

Qualquer similaridade é mera coincidência? a. Venda doméstica de automóveis na Coréia (y-o-y, %)

Qualquer similaridade é mera coincidência? a. Venda doméstica de automóveis na Coréia (y-o-y, %) Brasil e Coréia: Qualquer similaridade é mera coincidência? a Faz algum tempo que argumentamos sobre as lições importantes que a Coréia oferece ao Brasil. O país possui grau de investimento há muitos anos,

Leia mais

Em maio de 2014, o indicador de sentimento económico aumentou quer na União Europeia (+0.2 pontos) quer na Área Euro (+0.7 pontos).

Em maio de 2014, o indicador de sentimento económico aumentou quer na União Europeia (+0.2 pontos) quer na Área Euro (+0.7 pontos). Mai-04 Mai-05 Mai-06 Mai-07 Mai-08 Mai-09 Mai-10 Mai-11 Mai-12 Análise de Conjuntura Junho 2014 Indicador de Sentimento Económico Em maio de 2014, o indicador de sentimento económico aumentou quer na União

Leia mais

Faturamento - 1966/2008 Revenue - 1966/2008

Faturamento - 1966/2008 Revenue - 1966/2008 1.6 Faturamento 1966/008 Revenue 1966/008 1966 1967 1968 1969 1970 1971 197 1973 1974 1975 1976 1977 1978 1979 198 AUTOVEÍCULOS VEHICLES 7.991 8.11 9.971 11.796 13.031 15.9 17.793 0.78 3.947 6.851 6.64

Leia mais

Em 2007, a economia local atingiu

Em 2007, a economia local atingiu 2. A ECONOMIA DE MACAU 2.1 Conjuntura macroeconómica e sectorial 2.1.1 Evolução global Em 2007, a economia local atingiu novamente um crescimento de dois dígitos, atribuível aos sectores prósperos do jogo

Leia mais

MZMERCADO. 2.24% 0.04% pelo terceiro mês consecutivo. 1.27% em relação ao Dólar. Inteligência do mercado financeiro Moçambicano

MZMERCADO. 2.24% 0.04% pelo terceiro mês consecutivo. 1.27% em relação ao Dólar. Inteligência do mercado financeiro Moçambicano MZMERCADO. Inteligência do mercado financeiro Moçambicano O Índice de Confiança empresarial cresceu 2.24% no mês de Junho A inflação reduziu 0.04% pelo terceiro mês consecutivo O Metical teve apreciação

Leia mais

III Fórum Banca Expansão. João Fonseca Luanda, 4 de Julho de 2013

III Fórum Banca Expansão. João Fonseca Luanda, 4 de Julho de 2013 Novo Regime Cambial para o Sector Petrolífero (NRCSP) Impacto na economia Desdolarização, desenvolvimento do mercado cambial e da economia não petrolífera. III Fórum Banca Expansão João Fonseca Luanda,

Leia mais

Em Abril de 2014, o indicador de sentimento económico aumentou 0.9 pontos na União Europeia e diminuiu, 0.5 pontos, na Área Euro.

Em Abril de 2014, o indicador de sentimento económico aumentou 0.9 pontos na União Europeia e diminuiu, 0.5 pontos, na Área Euro. Abr-04 Abr-05 Abr-06 Abr-07 Abr-08 Abr-09 Abr-10 Abr-11 Abr-12 Análise de Conjuntura Maio 2014 Indicador de Sentimento Económico Em Abril de 2014, o indicador de sentimento económico aumentou 0.9 pontos

Leia mais

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 A SAP continua a demonstrar um forte crescimento das suas margens, aumentando a previsão, para o ano de 2009, referente à sua margem operacional Non-GAAP

Leia mais

VII Encontro Empresarial Ibero-Americano

VII Encontro Empresarial Ibero-Americano VII Encontro Empresarial Ibero-Americano A gestão dos riscos: Os preços das matérias primas, a inflação e os movimentos de capital FIT FOR A NEW ERA 27 de Outubro de 2011 Estrutura da apresentação 1 Uma

Leia mais

Cenário Econômico de Curto Prazo O 2º Governo Lula

Cenário Econômico de Curto Prazo O 2º Governo Lula Cenário Econômico de Curto Prazo O 2º Governo Lula Esta apresentação foi preparada pelo Grupo Santander Banespa (GSB) e o seu conteúdo é estritamente confidencial. Essa apresentação não poderá ser reproduzida,

Leia mais

Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter

Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter Economia Moçambicana / Mozambican Economy Sumário Executivo: Economista/ Economist: Fáusio Jafar Mussá fausio.mussa@standardbank.co.mz Dados referentes

Leia mais

The Portuguese Economy in Angola

The Portuguese Economy in Angola Luanda via Lisbon Parcerias luso-alemãs para uma presença mais forte em Angola The Portuguese Economy in Angola João Luís Traça Member of the Executive Board WHO ARE WE? The Portugal-Angola Chamber of

Leia mais

PORTUGAL Economic Outlook. Carlos Almeida Andrade Chief Economist Julho 2008

PORTUGAL Economic Outlook. Carlos Almeida Andrade Chief Economist Julho 2008 PORTUGAL Economic Outlook Carlos Almeida Andrade Chief Economist Julho 2008 Portugal: Adaptação a um novo ambiente económico global A economia portuguesa enfrenta o impacto de um ambiente externo difícil,

Leia mais

O indicador de sentimento económico em Junho manteve-se inalterado na União Europeia e desceu 0.6 pontos na Área Euro.

O indicador de sentimento económico em Junho manteve-se inalterado na União Europeia e desceu 0.6 pontos na Área Euro. Julho 2012 Jun-02 Jun-03 Jun-04 Jun-05 Jun-06 Jun-07 Jun-08 Jun-09 Jun-10 Jun-11 Jun-12 Indicador de Sentimento Económico O indicador de sentimento económico em Junho manteve-se inalterado na União Europeia

Leia mais

Será que as Taxas de Juro das Instituições de Microfinanças, em Moçambique, são muito elevadas?

Será que as Taxas de Juro das Instituições de Microfinanças, em Moçambique, são muito elevadas? Será que as Taxas de Juro das Instituições de Microfinanças, em Moçambique, são muito elevadas? Nota preparada por Sandra Bila e John Rand Direcção Nacional de Estudos e Análise de Políticas (DNEAP) De

Leia mais

Indicadores Económicos & Financeiros Julho 2013. Banco de Cabo Verde

Indicadores Económicos & Financeiros Julho 2013. Banco de Cabo Verde Indicadores Económicos & Financeiros Julho 2013 Banco de Cabo Verde BANCO DE CABO VERDE Departamento de Estudos Económicos e Estatísticas Avenida Amílcar Cabral, 27 CP 7600-101 - Praia - Cabo Verde Tel:

Leia mais

Mercado de Retalho no Brasil

Mercado de Retalho no Brasil Mercado de Retalho no Brasil 2011 1 DEFINIÇÕES ABL Área Bruta Locável é a medida do espaço disponível para arrendamento Arrendamento Mínimo Preço estabelecido sob contrato com o inquilino para a taxa de

Leia mais

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER 1ª SEMANA DE MARÇO O Press Release divulgado pela SD&PRESS Consultoria, que aborda os números do setor de distribuição de aços planos em fevereiro, recebeu destaque

Leia mais

MZMERCADO. 0.48% 8.25% para 7.5% em Novembro. 0.89% em relação ao Dólar Norte-Americano. Inteligência do mercado financeiro Moçambicano

MZMERCADO. 0.48% 8.25% para 7.5% em Novembro. 0.89% em relação ao Dólar Norte-Americano. Inteligência do mercado financeiro Moçambicano MZMERCADO. Inteligência do mercado financeiro Moçambicano A confiança empresarial deteriorou em 0.48% no mês de Outubro O Banco de Moçambique cortou a FPC de 8.25% para 7.5% em Novembro O Metical depreciou

Leia mais

EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2. Atividade global... 2. Atividade setorial... 3. - Produção... 3. - Volume de negócios... 5

EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2. Atividade global... 2. Atividade setorial... 3. - Produção... 3. - Volume de negócios... 5 SÍNTESE DE CONJUNTURA Mensal fevereiro 2015 - Newsletter ÍNDICE EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2 Atividade global... 2 Atividade setorial... 3 - Produção... 3 - Volume de negócios... 5 Comércio internacional...

Leia mais

Banco Central de S. Tomé e Príncipe

Banco Central de S. Tomé e Príncipe Banco Central de S. Tomé e Príncipe CONJUNTURA MACROECONÓMICA IIIº Trimestre 2015 Disponível em: www.bcstp.st/publicações 1 ÍNDICE 1. RESUMO EXECUTIVO... 5 2. CONJUNTURA ECONÓMICA INTERNACIONAL... 6 2.1

Leia mais

and Troika Troika dossiers Structural Reforms and Troika Reformas Troika Reformas Estruturais e Troika

and Troika Troika dossiers Structural Reforms and Troika Reformas Troika Reformas Estruturais e Troika dossiers Structural Reforms and /Reformas Structural Reforms and Reformas Structural Reforms and Reformas Last Update Última Actualização: 25/01/2016 Portugal Economy Probe (PE Probe) Prepared by PE Probe

Leia mais

As variáveis macroeconómicas importantes numa economia aberta incluem:

As variáveis macroeconómicas importantes numa economia aberta incluem: Aula Teórica nº 12 Sumário: Um modelo macroeconómico de economia aberta As variáveis macroeconómicas importantes numa economia aberta incluem: exportações líquidas investimento externo líquido taxas de

Leia mais

Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter

Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter Boletim Económico Mensal Monthly Economic Newsletter Economia Moçambicana / Mozambican Economy Sumário Executivo: Economista/ Economist: Fáusio Mussá fausio.mussa@standardbank.co.mz O ano 2012 iniciou

Leia mais

MZMERCADO. 1.65% 0.55% pelo quarto mês consecutivo. 2.11% em relação ao Dólar. Inteligência do mercado financeiro Moçambicano

MZMERCADO. 1.65% 0.55% pelo quarto mês consecutivo. 2.11% em relação ao Dólar. Inteligência do mercado financeiro Moçambicano MZMERCADO. Inteligência do mercado financeiro Moçambicano O Índice de Confiança empresarial cresceu 1.65% no mês de Julho A inflação reduziu 0.55% pelo quarto mês consecutivo O Metical teve apreciação

Leia mais

Exportações recordes do Brasil influenciam o mercado cafeeiro

Exportações recordes do Brasil influenciam o mercado cafeeiro Exportações recordes do Brasil influenciam o mercado cafeeiro As exportações de café do Brasil alcançaram um volume recorde de 36,8 milhões de sacas no ano-safra de 2014/15 (abril a março), alimentado

Leia mais

Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water

Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water Multicriteria Impact Assessment of the certified reference material for ethanol in water André Rauen Leonardo Ribeiro Rodnei Fagundes Dias Taiana Fortunato Araujo Taynah Lopes de Souza Inmetro / Brasil

Leia mais

Xai-Xai, 28 de Agosto de 2009 Rogério P. Ossemane (IESE)

Xai-Xai, 28 de Agosto de 2009 Rogério P. Ossemane (IESE) Xai-Xai, 28 de Agosto de 2009 Rogério P. Ossemane (IESE) Países em recessão oficial (dois trimestres consecutivos) Países em recessão não-oficial (um trimestre) Países com desaceleração econômica de mais

Leia mais

Análise de Conjuntura

Análise de Conjuntura Análise de Conjuntura Novembro 2006 Associação Industrial Portuguesa Confederação Empresarial Indicador de Sentimento Económico O indicador de sentimento económico de Outubro de 2006 apresenta uma melhoria

Leia mais

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL JOÃO CRESTANA President of Secovi SP and CBIC National Commission of Construction Industry SIZE OF BRAZIL Population distribution by gender, according to age group BRAZIL 2010

Leia mais

Preços se fixam em baixa e o foco passa a ser o próximo ano

Preços se fixam em baixa e o foco passa a ser o próximo ano Preços se fixam em baixa e o foco passa a ser o próximo ano Em novembro cresceram as especulações em relação ao tamanho da próxima safra brasileira de 2016/17 e seu impacto sobre o equilíbrio mundial entre

Leia mais

Graf. 1 - Índices de preços no consumidor e de inflação subjacente (taxa de variação homóloga e média dos últimos 12 meses) Jun-07. Mar-07.

Graf. 1 - Índices de preços no consumidor e de inflação subjacente (taxa de variação homóloga e média dos últimos 12 meses) Jun-07. Mar-07. ÍNDICE DE PREÇOS NO CONSUMIDOR Dezembro de 2009 13 de Janeiro 2010 Em 2009 a taxa de variação média diminuiu para -0,8 0,8% e em Dezembro a taxa t de variação homóloga situou-se se em -0, 0,1% Em 2009,

Leia mais

O indicador de sentimento económico melhorou em Novembro, quer na União Europeia (+2.0 pontos), quer na Área Euro (+1.4 pontos).

O indicador de sentimento económico melhorou em Novembro, quer na União Europeia (+2.0 pontos), quer na Área Euro (+1.4 pontos). Nov-02 Nov-03 Nov-04 Nov-05 Nov-06 Nov-07 Nov-08 Nov-09 Nov-10 Nov-12 Análise de Conjuntura Dezembro 2012 Indicador de Sentimento Económico O indicador de sentimento económico melhorou em Novembro, quer

Leia mais

Reflexão depreciação do Metical em relação ao Dólar Norte- Americano, 2015.

Reflexão depreciação do Metical em relação ao Dólar Norte- Americano, 2015. CTA-CONFEDERAÇÃO DASASSOCIAÇÕES ECONÓMICAS DE MOÇAMBIQUE Reflexão depreciação do Metical em relação ao Dólar Norte- Americano, Eduardo Sengo Julho 2015 Uma depreciação do Metical, torna os bens e serviços

Leia mais

ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CCI/Câmara de Comércio e Indústria

ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CCI/Câmara de Comércio e Indústria ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CCI/Câmara de Comércio e Indústria Análise de Conjuntura Abril 2012 Indicador de Sentimento Económico Após uma melhoria em Janeiro e Fevereiro, o indicador de sentimento

Leia mais

FUNDO MONETÁRIO INTERNACIONAL

FUNDO MONETÁRIO INTERNACIONAL FUNDO MONETÁRIO INTERNACIONAL DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO Comunicado de Imprensa n.º 14/110 Fundo Monetário Internacional PARA DIVULGAÇÃO IMEDIATA 700 19 th Street, NW 19 de Março de 2014 Washington, D.C.

Leia mais

COSEC. Valorização do Real e Mercado Futuro de Câmbio

COSEC. Valorização do Real e Mercado Futuro de Câmbio COSEC 8 de Agosto de 2011 Valorização do Real e Mercado Futuro de Câmbio Roberto Giannetti da Fonseca Diretor Titular Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior Mitos e Mistérios do Mercado

Leia mais

ABDIB Associação Brasileira da Infra-estrutura e Indústrias de base

ABDIB Associação Brasileira da Infra-estrutura e Indústrias de base ABDIB Associação Brasileira da Infra-estrutura e Indústrias de base Cenário Econômico Internacional & Brasil Prof. Dr. Antonio Corrêa de Lacerda antonio.lacerda@siemens.com São Paulo, 14 de março de 2007

Leia mais

Câmbio e Competitividade. Eliana Cardoso Roda de Conversa 24/09/2013

Câmbio e Competitividade. Eliana Cardoso Roda de Conversa 24/09/2013 Câmbio e Competitividade Eliana Cardoso Roda de Conversa 24/09/2013 1. Conceitos básicos que informam essa conversa: Câmbio nominal e real 1. Experiência brasileira 1. O que determina a competitividade?

Leia mais

AVALIAÇÃO PROSPECTIVA DA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO MUNDO E NO BRASIL. Marcio Soares Dias

AVALIAÇÃO PROSPECTIVA DA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO MUNDO E NO BRASIL. Marcio Soares Dias AVALIAÇÃO PROSPECTIVA DA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO MUNDO E NO BRASIL Marcio Soares Dias Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear CDTN Comissão Nacional de Energia Nuclear- CNEN Tel. (031) 3499

Leia mais

Chuvas no Brasil esfriam o mercado, enquanto estimativas da produção para 2014/15 são mais baixas

Chuvas no Brasil esfriam o mercado, enquanto estimativas da produção para 2014/15 são mais baixas Chuvas no Brasil esfriam o mercado, enquanto estimativas da produção para 2014/15 são mais baixas Em novembro os preços do café recuaram e as chuvas contínuas no Brasil seguraram novos aumentos de preços.

Leia mais

Forex. 2013, Março. O Mercado Cambial

Forex. 2013, Março. O Mercado Cambial Forex 2013, Março O Mercado Cambial AVISO O presente documento foi preparado pelo Banco BEST com o objectivo de informar os leitores sobre as principais características dos produtos derivados aqui apresentados,

Leia mais

SAP fecha 2008 com Crescimento de Dois Dígitos

SAP fecha 2008 com Crescimento de Dois Dígitos SAP fecha 2008 com Crescimento de Dois Dígitos A SAP aumenta a um ritmo de 14% as receitas de software e de serviços relacionados com software em 2008 e apresenta um crescimento nas receitas totais de

Leia mais

Parte 1 Part 1. Mercado das Comunicações. na Economia Nacional (2006-2010)

Parte 1 Part 1. Mercado das Comunicações. na Economia Nacional (2006-2010) Parte 1 Part 1 Mercado das Comunicações na Economia Nacional (2006-2010) Communications Market in National Economy (2006/2010) Parte 1 Mercado das Comunicações na Economia Nacional (2006-2010) / Part 1

Leia mais

Ano cafeeiro de 2014/15 fecha com a maior baixa de 20 meses

Ano cafeeiro de 2014/15 fecha com a maior baixa de 20 meses Ano cafeeiro de 2014/15 fecha com a maior baixa de 20 meses Depois de uma pequena recuperação em agosto, os preços do café continuaram em declínio em setembro. Num cenário caracterizado pela tendência

Leia mais

ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CCI/Câmara de Comércio e Indústria

ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CCI/Câmara de Comércio e Indústria ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL PORTUGUESA CCI/Câmara de Comércio e Indústria Análise de Conjuntura Maio 2011 Indicador de Sentimento Económico Os indicadores de sentimento económico da União Europeia e da Área

Leia mais

Brazil: FX and Capital Markets Highlights of the Week

Brazil: FX and Capital Markets Highlights of the Week Brazil: FX and Capital Markets Highlights of the Week Central Bank Extends FX Swap Program Through Year-End The Brazilian real closed below 2.20 last week. The currency strengthened 1.6% from the previous

Leia mais

EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2. Atividade global... 2. Atividade setorial... 3. - Produção... 3. - Volume de negócios... 4

EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2. Atividade global... 2. Atividade setorial... 3. - Produção... 3. - Volume de negócios... 4 SÍNTESE DE CONJUNTURA Mensal janeiro 2015 - Newsletter ÍNDICE EVOLUÇÃO DA ATIVIDADE ECONÓMICA... 2 Atividade global... 2 Atividade setorial... 3 - Produção... 3 - Volume de negócios... 4 Comércio internacional...

Leia mais

Cenário Econômico para 2014

Cenário Econômico para 2014 Cenário Econômico para 2014 Silvia Matos 18 de Novembro de 2013 Novembro de 2013 Cenário Externo As incertezas com relação ao cenário externo em 2014 são muito elevadas Do ponto de vista de crescimento,

Leia mais

International Trade: Statistics and Top 10 Partners Comércio Internacional: Estatísticas e Top 10 Parceiros. Economic Outlook. Económica.

International Trade: Statistics and Top 10 Partners Comércio Internacional: Estatísticas e Top 10 Parceiros. Economic Outlook. Económica. dossiers Economic Outlook Conjuntura International Trade: Statistics and Top 10 Partners Comércio Internacional: Estatísticas e Top 10 Parceiros Last Update Última Actualização 15-07-2015 Prepared by PE

Leia mais

Perspectiva de um Emitente Soberano República de Portugal

Perspectiva de um Emitente Soberano República de Portugal Perspectiva de um Emitente Soberano República de Portugal 31 de Janeiro de 2011 Alberto Soares IDENTIDADE FUNDAMENTAL DA MACROECONOMIA ECONOMIA ABERTA Poupança Interna + Poupança Externa Captada = Investimento

Leia mais

A CRISE ACTUAL EXPÔS A VULNERABILIDADE DO FINANCIAMENTO DO TECIDO EMPRESARIAL NACIONAL. Encerramento de sociedades (consequente desemprego)

A CRISE ACTUAL EXPÔS A VULNERABILIDADE DO FINANCIAMENTO DO TECIDO EMPRESARIAL NACIONAL. Encerramento de sociedades (consequente desemprego) A CRISE ACTUAL EXPÔS A VULNERABILIDADE DO FINANCIAMENTO DO TECIDO EMPRESARIAL NACIONAL Encerramento de sociedades (consequente desemprego) Empresas com encomendas rentáveis que não podem satisfazer Linhas

Leia mais

FLUTUAÇÕES CAMBIAIS RECENTES EM MOÇAMBIQUE

FLUTUAÇÕES CAMBIAIS RECENTES EM MOÇAMBIQUE FLUTUAÇÕES CAMBIAIS RECENTES EM MOÇAMBIQUE D E T E R M I N A N T E S, I M PA C TOS E I M P L I C A Ç Õ E S D E P O L Í T I C A E D UARDO N E VES J OÃO Quais são os determinantes das taxas de câmbio? Os

Leia mais

Workshop Internacionalização - Angola e Moçambique. Moçambique: Caracterização do Mercado e Oportunidades de Negócio

Workshop Internacionalização - Angola e Moçambique. Moçambique: Caracterização do Mercado e Oportunidades de Negócio Workshop Internacionalização - Angola e Moçambique Moçambique: Caracterização do Mercado e Oportunidades de Negócio 6 de Março de 2012 1 Agenda Dados Demográficos dados Sociais dados Políticos dados Económicos

Leia mais

ÍNDICE DE CONDIÇÕES MONETÁRIAS PARA PORTUGAL*

ÍNDICE DE CONDIÇÕES MONETÁRIAS PARA PORTUGAL* ÍNDICE DE CONDIÇÕES MONETÁRIAS PARA PORTUGAL* Paulo Soares Esteves** 1. INTRODUÇÃO Este artigo tem como objectivo calcular um Índice de Condições Monetárias (ICM) para a economia portuguesa, o qual constitui

Leia mais

Capítulo 3. Taxas de câmbio e mercados de divisas. Objectivos do capítulo

Capítulo 3. Taxas de câmbio e mercados de divisas. Objectivos do capítulo Capítulo 3 Taxas de câmbio e mercados de divisas Objectivos do capítulo A função das taxas de câmbio no comércio internacional; Como se determinam as taxas de câmbio? Preços e decisões dos agentes económicos

Leia mais

Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015

Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015 Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015 Apresentação da Teleconferência 06 de agosto de 2015 Para informações adicionais, favor ler cuidadosamente o aviso ao final desta apresentação. Divulgação

Leia mais

Preocupações com oferta diminuem e preços caem para seus níveis mais baixos de 18 meses

Preocupações com oferta diminuem e preços caem para seus níveis mais baixos de 18 meses Preocupações com oferta diminuem e preços caem para seus níveis mais baixos de 18 meses Em julho o mercado de café registrou novas baixas, com os preços reagindo à depreciação do real brasileiro, que caiu

Leia mais

PORTUGAL - INDICADORES ECONÓMICOS. Evolução 2005-2011 Actualizado em Setembro de 2011. Unid. Fonte 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Notas 2011

PORTUGAL - INDICADORES ECONÓMICOS. Evolução 2005-2011 Actualizado em Setembro de 2011. Unid. Fonte 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Notas 2011 Evolução 2005-2011 Actualizado em Setembro de 2011 Unid. Fonte 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Notas 2011 População a Milhares Hab. INE 10.563 10.586 10.604 10.623 10.638 10.636 10.643 2º Trimestre

Leia mais

A taxa de variação média do IPC foi -0,3% em 2014 e a taxa de variação homóloga situou-se em -0,4% em dezembro

A taxa de variação média do IPC foi -0,3% em 2014 e a taxa de variação homóloga situou-se em -0,4% em dezembro 13 de janeiro de 2015 ÍNDICE DE PREÇOS NO CONSUMIDOR Dezembro de 2014 A taxa de variação média do IPC foi -0,3% em 2014 e a taxa de variação homóloga situou-se em -0,4% em dezembro Em 2014, o Índice de

Leia mais

Em Janeiro de 2014, o indicador de sentimento económico aumentou +0.9 pontos na UE e +0.5 pontos na Área Euro 1.

Em Janeiro de 2014, o indicador de sentimento económico aumentou +0.9 pontos na UE e +0.5 pontos na Área Euro 1. Jan-04 Jan-05 Jan-06 Jan-07 Jan-08 Jan-09 Jan-10 Jan-11 Jan-12 Análise de Conjuntura Fevereiro 2014 Indicador de Sentimento Económico Em Janeiro de 2014, o indicador de sentimento económico aumentou +0.9

Leia mais

Políticas Públicas. Lélio de Lima Prado

Políticas Públicas. Lélio de Lima Prado Políticas Públicas Lélio de Lima Prado Política Cambial dez/03 abr/04 ago/04 dez/04 abr/05 ago/05 Evolução das Reservas internacionais (Em US$ bilhões) dez/05 abr/06 ago/06 dez/06 abr/07 ago/07 dez/07

Leia mais

Euro em valor mínimo dos últimos 12 anos face ao USD

Euro em valor mínimo dos últimos 12 anos face ao USD 1 16 de Março de 2015 Euro em valor mínimo dos últimos 12 anos face ao USD O Euro transaccionou a 1,0696 USD, o nível mais baixo dos últimos 12 anos, e só em 2015 acumula uma depreciação de cerca de 12.

Leia mais

Ministério da Fazenda. Crise Financeira. Impactos sobre o Brasil e Resposta do Governo. Nelson Barbosa. Novembro de 2008

Ministério da Fazenda. Crise Financeira. Impactos sobre o Brasil e Resposta do Governo. Nelson Barbosa. Novembro de 2008 1 Crise Financeira Impactos sobre o Brasil e Resposta do Governo Nelson Barbosa Novembro de 20 1 2 Impactos da Crise Financeira nas Economias Avançadas Primeiro impacto: grandes perdas patrimoniais, crise

Leia mais

Indicadores sociodemográficos e estruturais

Indicadores sociodemográficos e estruturais Cabo Verde Indicadores sociodemográficos e estruturais Valor Unidade Superficie 4 033 Km2 Dens. Populacional 124 Hab/KM2 Reservas Externas 0.413 10^9 $ Cabo Verde: previsões económicas (unidade: taxa de

Leia mais

Brazil: the good, the bad and the ugly. Economic Department

Brazil: the good, the bad and the ugly. Economic Department Brazil: the good, the bad and the ugly. Economic Department Scenario - International The Monetary War The Monetary War Total Assets of the Central Banks (US$ mi) $5.000 $4.500 $4.000 $3.500 $3.000 $2.500

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 67/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 67/2013 PASSO A PASSO DO DYNO Ao final desse passo a passo você terá o texto quase todo traduzido. Passo 1 Marque no texto as palavras abaixo. (decore essas palavras, pois elas aparecem com muita frequência nos

Leia mais

Panorama do mercado internacional

Panorama do mercado internacional Life & Health Panorama do mercado internacional A Global Perspective de seguros de vida e saúde Escola Nacional de Seguros Rio de Janeiro, Maio 2014 Escola Nacional de Seguros Rio de Janeiro Hernán Fatone

Leia mais

Tema quente da semana: Kwanza perde terreno face ao Dólar

Tema quente da semana: Kwanza perde terreno face ao Dólar 27 de Outubro de 214 Tema quente da semana: Kwanza perde terreno face ao Dólar Segundo dados do Banco Nacional de Angola ( BNA ), no dia 21 de Outubro a cotação de venda do Dólar Norte-Americano ( Dólar

Leia mais

UNIDADE DE GESTÃO DA DÍVIDA PÚBLICA

UNIDADE DE GESTÃO DA DÍVIDA PÚBLICA REPÚBLICA DE ANGOLA ---------- --------- MINISTÉRIO DAS FINANÇAS UNIDADE DE GESTÃO DA DÍVIDA PÚBLICA TÍTULOS DO TESOURO RELATÓRIO TRIMESTRAL 2014 Luanda, Novembro de 2014 Ficha Técnica Propriedade Ministério

Leia mais

Comunicado de Imprensa, que inclui uma declaração do Presidente do Conselho.

Comunicado de Imprensa, que inclui uma declaração do Presidente do Conselho. Agosto de 2015 Relatório do FMI nº 15/223 REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE QUARTA AVALIAÇÃO DO INSTRUMENTO DE APOIO À POLÍTICA ECONÓMICA E PEDIDO DE MODIFICAÇÃO DE CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO COMUNICADO DE IMPRENSA,

Leia mais

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO 4Q08 Results Conference Call Friday: March 13, 2008 Time: 12:00 p.m (Brazil) 11:00 a.m (US EDT) Phone: +1 (888) 700.0802 (USA) +1 (786) 924.6977 (other countries)

Leia mais

A Importância da Informação Contabilística e do Relato Financeiro

A Importância da Informação Contabilística e do Relato Financeiro A Importância da Informação Contabilística e do Relato Financeiro Pedro Silva Ferreira Diretor do Departamento de Contabilidade e Controlo do Banco de Portugal 7 outubro 0 Lisboa XIII Conferência sobre

Leia mais

1- Cenário Macroeconômico

1- Cenário Macroeconômico RELATÓRIO PREVI NOVARTIS 1 de Abril de 214 1- Cenário Macroeconômico No cenário global, o evento chave foi a reunião de política monetária do banco central americano, o FED, que sinalizou a continuidade

Leia mais