Reunião Matinal. Análise Análise XP. Índice. Abertura

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Reunião Matinal. Análise Análise XP. Índice. Abertura"

Transcrição

1 Análise Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercado espera que Dilma confirme esta semana os nomes para a equipe econômica que vazaram na sexta e levaram a um rali dos ativos brasileiros. Contas externas, arrecadação, pesquisa Focus e IPC-S são destaques na agenda do dia, que ainda traz PMI nos EUA. Bolsas chinesas sobem, ainda refletindo corte dos juros. Ações europeias sobem após IFO na Alemanha mostrar 1ª alta em 7 meses em novembro. Rendimentos dos títulos da Espanha e Itália recuam. Rublo, moeda mais volátil entre emergentes, sobe mais de 2%. Fechamento Ibovespa teve maior alta entre índices de ações do mundo, com mercado otimista sobre possíveis nomes da nova equipe econômica. +5%, ,04. Índice Resumo Cotações Macroeconomia Painel Corporativo Proventos Carteiras Recomendadas Disclaimer Painel Corporativo (+) BM&F Bovespa (BVMF3): Investimento estratégico em rivais. (=) Banco do Brasil e Bradesco criam empresa para atuar em microcrédito. (=) Crédito: Risco de crédito de empresa brasileira piora em (-) Petrobras (PETR4): A novela continua. (=) TIM (TIMP3): Venda de torres. (=) MSCI: Nova carteira já conhecida. (=) Porto: Codesa aprova regulamento de exploração do porto. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. segunda-feira, 24 de novembro de :00 GER Clima de negócios IFO Nov :00 BRA FGV Confiança do Consumidor Nov :00 BRA IPC-S IPC FGV nov/ % 0.50% 10:30 BRA Saldo em conta corrente Out -$7500M -$7907M 11:30 EUA Índice atividade nat Fed Chicago Out :45 EUA PMI Serviços EUA Markit Nov :45 EUA PMI Composto EUA Markit Nov :30 EUA Atividade manuf Fed Dallas Nov :00 BRA Balança comercial semanal nov/ $804M Fontes dos textos: AE, Bloomberg, InfoMoney e Reuters. Ricardo Kim Analista, CNPI

2 Cotações Mercado de Ações Bolsa Origem Pontos Mês P/L Mercado de Commodities Commodity Cotação Dia Mês Ano Ibovespa Brasil ,3 2,7 12,6x Soja ,4 1,6-1,0-9,4 Dow Jones EUA ,9 2,3 15,7x Milho 385 2,4-2,3 2,2-14,6 S&P 500 EUA ,9 2,0 17,1x Trigo 554 2,3-1,6 3,9-13,0 MEXBOL México ,2-0,6 22,5x Açucar 16 1,4 1,2 0,3-9,0 FTSE 100 Reino Unido ,4 3,1 14,2x Algodão 60 0,7-0,2-7,6-23,7 CAC 40 França ,4 2,7 15,1x Café 191-4,2-2,9-0,8 54,0 DAX Alemanha ,2 4,3 13,6x Petróleo (WTI) 76 2,6 0,8-5,1-17,9 IBEX Espanha ,7 0,4 17,2x RBOB Gasolina 205 0,5 0,6-4,4-21,6 NIKKEI 225 Japão ,8 5,7 19,1x Ouro ,4 1,1 2,3-0,7 SHASHR Shangai ,7-2,3 10,9x Prata 240 1,8-0,6-4,3-19,6 HANG SENG Hong Kong ,3 2,8 10,1x Cobre 205 0,5 0,6-4,4-21,6 Mercado de Ações - Índices Índice Pontos Dia Mês Ano Mercado de Câmbio Divisa Ratio Dia Mês Ano IBX ,8 7,9 2,6 8,4 Dólar/Real 2,51-2,3-3,4 1,4 6,5 SMLL ,3 4,5-0,9-10,7 Euro/Real 3,11-3,6-4,4 0,3-4,3 IMOB 621 5,0 9,6-2,1-8,0 Euro/Dolar 1,24-1,3-1,1-1,1-10,2 ICON ,7 5,9 3,6 19,4 Yuan/Dólar 0,16-0,1 0,1-0,2-1,0 INDX ,1 4,7 2,6 0,9 Yen/Dólar 0,01 0,2-1,2-4,6-10,7 Mercado de Ações - Maiores Altas Empresa Ticker Setor Mercado de Ações - Maiores Baixas Empresa Ticker Setor IGB ELETRONICA MILLS ESTRUTURAS CHIARELLI SA LUPATECH SA PETROBRAS-PREF PETROBRAS PDG REALTY VIVER INCORPORAD IGBR3-13,5 EXCELSIOR-PREF BAUH ,0 MILS3 Contrução Civil 13,5 CR2 EMPREENDIMEN CRDE3 Contrução Civil -10,7 CCHI3-12,5 TEKA-PREF TEKA4 - -9,4 LUPA3 Bens de Capital 11,1 BIOSEV SA BSEV3 - -8,9 PETR4 Petróleo & Gás 10,9 INEPAR-PREF INEP4 - -8,9 PETR3-10,5 PLASCAR PART PLAS3 Bens de Capital -5,6 PDGR3 Contrução Civil 10,0 TECNOSOLO TCNO3 - -5,4 VIVR3-9,9 ESTRELA SA-PREF ESTR4 - -5,3

3 Macroeconomia Brasil: a semana se inicia na expectativa da equipe econômica. Na sexta, a Bovespa fechou em forte alta com a expectativa de que Joaquim Levy, ex-secretário do Tesouro, viria para o Ministério da Fazenda. A expectativa é que a equipe seja anunciada até quinta-feira. O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) recuou 6,1% em novembro na comparação com outubro, ao passar para 95,3 pontos ante 101,5 pontos, menor nível desde dezembro de 2008 (94,8 pontos), informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta segunda-feira. Focus Principais destaques Expansão do PIB 2014 retorna para 0,20% de crescimento IPCA 2015 sobe de 6,40% para 6,45% IPCA 2014 sobe de 6,40% para 6,43% Câmbio para fim de 2014 sobe de R$ 2,53 para R$ 2,55 Câmbio para fim de 2015 sobe de R$ 2,61 para R$ 2,65 Ásia: a China surpreendeu os mercados com redução da taxa de juros na sexta-feira e início do ciclo de relaxamento monetário no país. Na sexta-feira, o Banco do Povo da China (PBOC) decidiu diminuir as taxas de juros de referência, algo que não ocorria desde julho de A taxa de juros de empréstimo de um ano foi reduzida em 0,4 p.p., para 5,6%. Além disso, houve um corte da taxa de juros de depósito de um ano em 0,25 p.p., para 2,75%. A autoridade monetária chinesa também deu mais flexibilidade para a taxas de depósito, ao permitir que bancos ofereçam até 1,2 vez o nível da taxa de referência, de 1,1 vez anteriormente. Europa: a Alemanha acabou surpreendendo positivamente com o índice alemão ifo, que contrariou a previsão e subiu. Aliado a isso, seguem as perspectivas por mais estímulos na zona do euro para estimular investimentos. Assim, as bolsas europeias apresentam altas na casa de +1%. EUA: A agenda econômica nos Estados Unidos está concentrada até quarta-feira, devido ao feriado pelo Dia de Ação de Graças, na quinta-feira, quando os mercados norte-americanos estarão fechados e funcionarão a meio mastro na sexta-feira, dia em que acontece a Black Friday.

4 Painel Corporativo (+) BM&F Bovespa (BVMF3): Investimento estratégico em rivais. Brazil s BM&FBovespa is planning to buy up to 15 per cent of every significant stock exchange operator in Latin America in its boldest move yet to assert its influence in the region. The São Paulo-based exchange operator hired two banks last month to acquire large enough stakes in the national exchanges of Mexico, Colombia, Chile, Peru and Argentina to ensure a seat on the board of each, BM&FBovespa s chief executive Edemir Pinto told the Financial Times. The aggressive move aims to position Brazil as the hub of Latin American trading, dealing a blow to the fledgling Mila bourse tie-up between Chile, Peru and Colombia that Mexico agreed to join this year. We spent three years trying to negotiate with all these exchanges in a friendlier manner... but there came a point when we had to take an institutional decision, Mr Pinto said. BM&FBovespa hopes that with a seat on the board of each exchange, its higher profile will encourage more investors in Latin America to trade in Brazilian companies shares and vice versa, helping to revive Brazil s own struggling stock index and increase liquidity in the region. Com as eventuais aquisições de participações significativas na região Latino Americana, a instituição se posiciona em locais que, atualmente, possuem melhores perspectivas crescimento que o mercado brasileiro. Apesar de não ser um movimento visto como amigável, a postura se mostra racional no esforço para alocar o caixa abundante gerado pela instituição com posição bem consolidada no Brasil. (=) Banco do Brasil e Bradesco criam empresa para atuar em microcrédito. O Banco do Brasil e o Bradesco deram mais um passo para ampliarem a parceria com a criação de uma nova empresa, desta vez focada em microcrédito. Batizada de Movera, foi desenvolvida para orientar, prospectar e acompanhar microempreendedores na tomada de linhas específicas de crédito. A companhia nasce com uma carteira de R$ 70 milhões e um projeto piloto de cerca de 60 mil contratos. O objetivo da Movera é alcançar 1,5 milhão de financiamentos nos próximos três anos a contar do final deste mês, quando inicia suas operações, afirma Osvaldo Cervi, atual presidente da Ibi Promotora, adquirida pelo Bradesco, e que vai comandá-la. A empresa já tem aval do Banco Central, do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e do Ministério do Emprego, aguardando apenas a conclusão do registro na Junta Comercial para atuar. O potencial em volume financeiro de microcrédito, de acordo com Cervi, vai além dos R$ 2 bilhões. Com tíquete médio entre R$ 1,2 mil e R$ 15 mil, os contratos são em sua maioria (85%) do BB. Os outros 15% vêm de negócios novos que já estão sendo prospectados pela Movera, conforme o executivo. (=) Crédito: Risco de crédito de empresa brasileira piora em A conta do baixo crescimento econômico nos últimos anos e da alta da taxa básica de juros (Selic) chegou para as empresas brasileiras. Mais endividadas e com geração de caixa abaixo do esperado, as companhias apresentaram deterioração na sua capacidade de honrar dívidas ao longo deste ano, o que se refletiu em um aumento do número de empresas rebaixadas pelas principais agências de classificação de risco de crédito. Com notas piores, sobe o custo das companhias na captação de recursos. Na agência Moody's, o placar é de "goleada" dos cortes nas notas de risco de empresas brasileiras. Até o começo de novembro, foram nove empresas rebaixadas e apenas uma que teve sua avaliação melhorada. Em 2013, foram sete rebaixamentos em comparação a cinco notas elevadas. Na lista de empresas rebaixadas pela Moody's, estão a construtora Brookfield, a operadora de logística Tegma e a BR Pharma, de varejo farmacêutico. O único upgrade foi o da nota da Lupatech, que está em recuperação extrajudicial e continua na escala de empresas consideradas de alto grau especulativo. Na agência Fitch, nove empresas brasileiras foram rebaixadas, com destaque para a operadora de telefonia Oi, que perdeu a condição de grau de investimento pelos critérios da agência. Do outro lado, quatro companhias conseguiram melhorar a avaliação, incluindo a produtora de papel e celulose Fibria, a única empresa nacional a entrar no "clube" de empresas consideradas mais seguras para se investir neste ano. (-) Petrobras (PETR4): A novela continua. Sobre as investigações na Petrobras, foi noticiado na sexta-feira que o empresário Fernando Antonio Falcão Soares, o Fernando Baiano, apontado como operador do PMDB no esquema de propinas e corrupção na Petrobras, afirmou à Polícia Federal que começou a fazer negócios com a Petrobras ainda no governo Fernando Henrique Cardoso, em A PF suspeita que o reduto de ação de Fernando Baiano na Petrobras era a Área Internacional, que foi comandada por Nestor Cerveró, personagem emblemático da compra da Refinaria de Pasadena, nos EUA. Fernando Baiano disse que conheceu Cerveró ainda no governo Fernando Henrique. Na ocasião, segundo ele, Cerveró era gerente da Petrobras. Em meio às denúncias, a dúvida do mercado sobre como a Petrobras irá financiar suas necessidades de investimento no ano que vem e, em última instância, em relação ao impacto de uma eventual ajuda do governo à petroleira, já elevou em pelo menos 1,5% o custo de captação das empresas brasileiras. Mas profissionais no exterior dizem que o mercado ainda não embutiu nos preços todo o potencial de prejuízos que os desdobramentos da crise na Petrobras podem causar ao risco Brasil porque estão esperando o nome do próximo ministro para fazer as contas. Seguimos céticos com o ativo, mesmo com a alta de sexta-feira, ocorrida devido à: (a) possível indicação de Joaquim Levy; e (b) elevada exposição short nos ativos, principalmente em PET.

5 Painel Corporativo (=) TIM (TIMP3): Venda de torres. As ações da TIM podem ser impactadas pela informação, divulgada na sexta-feira à noite, de que o conselho de administração da empresa aprovou a venda de até torres de telecomunicação, hoje de propriedade da TCEL, para American Tower do Brasil - Cessão de Infraestruturas (ATC), pelo valor de cerca de R$ 3 bilhões, assim como do contrato de locação desses ativos pelo prazo de 20 anos. Inicialmente a TCEL vai firmar com a ATC a venda de até torres. A TCEL vai notificar Claro, Americel e Embratel, devido ao contratos de compartilhamento anteriormente firmados, sobre os termos e condições oferecidos pela ATC para aquisição das torres de telecomunicação remanescentes daquele bloco total, de modo que aquelas empresas possam, querendo, exercer no prazo contratual seus direitos de aquisição sobre esses ativos. Após o prazo, a TCEL poderá firmar com a ATC o contrato para venda destas torres, somando as Também na sexta-feira, o conselho de administração da Telecom Italia autorizou sua diretoria a analisar de "forma aprofundada" as opções estratégicas no Brasil. Entre essas opções, estaria uma integração da TIM com a concorrente Oi. (=) MSCI: Nova carteira já conhecida. MSCI mudará a carteira, anunciada no início do mês, com a exclusão das ações da ALL, BR Properties e Copasa do índice global. Nenhuma empresa brasileira foi adicionada a esse índice. Os papeis da ALL, BR Properties, Copasa e Tupy foram incluídos no índice MSCI Small Caps. Por outro lado, as ações da BrasilAgro, Eucatex, Log-In Logística, Profarma, Rodobens, Rossi Residencial e Saraiva foram excluídas da nova carteira do índice MSCI Small Caps. As mudanças entrarão em vigor a partir desta terça-feira. (=) Porto: Codesa aprova regulamento de exploração do porto. A Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa) publicou no Diário Oficial da União de hoje a Resolução nº 60, que aprova o Regulamento de Exploração do Porto (REP), cujo conteúdo estará disponível no site da companhia. A resolução atende à Portaria 245, de 26 de novembro de 2013, da Secretaria de Portos da Presidência da República, que estabeleceu diretrizes, objetivos gerais e procedimentos mínimos para a elaboração e atualização do REP, pelas administrações dos portos.

6 Proventos Empresa Código Data Ex Próximos Proventos Data de PGTO Líquido Bruto Tipo Frequência Yield do Provento Dividend Yield (12m) AREZZO INDUSTRIA ARZZ3 17/12/ /12/2014 0,09 0,11 JCP Irregular 0,4% 2,3% BANESTES BEES3 01/12/ /01/2015 0,00 0,00 JCP Anual 0,4% 6,0% BRADESCO SA BBDC3 02/12/ /01/2015 0,02 0,02 JCP Irregular 0,0% 2,4% BRADESCO SA-PREF BBDC4 02/12/ /01/2015 0,02 0,02 JCP Irregular 0,0% 2,5% ITAUSA ITSA3 01/12/ /01/2015 0,02 0,02 Dividendo Trimestral 0,1% 3,5% ITAUSA-PREF ITSA4 01/12/ /01/2015 0,02 0,02 Dividendo Trimestral 0,1% 3,5% ITAU UNIBANCO ITUB3 01/12/ /01/2015 0,02 0,02 Dividendo Mensal 0,0% 3,3% ITAU UNIBAN-PREF ITUB4 01/12/ /01/2015 0,02 0,02 Dividendo Mensal 0,0% 2,9% RESTOQUE COM LLIS3 24/11/ /01/1900 0,22 0,22 Dividendo Irregular 2,1% MARCOPOLO POMO3 23/12/ /03/2015 0,02 0,02 JCP Anual 0,5% 3,4% MARCOPOLO-PREF POMO4 23/12/ /03/2015 0,02 0,02 JCP Anual 0,5% 3,4% TELEF BRASIL VIVT3 01/12/ /01/1900 0,33 0,39 JCP Irregular 0,8% 5,9% TELEF BRASI-PREF VIVT4 01/12/ /01/1900 0,36 0,43 JCP Irregular 0,7% 5,4% TRACTEBEL TBLE3 26/11/ /12/2014 0,29 0,34 JCP Irregular 0,8% 4,8% Fonte: Análise XP e Bloomberg 1 - Dividend Yield estimado da empresa no ano em questão, com base no consenso das previsões do Bloomberg. 2 - Yield do provento a ser distribuído (valor bruto do provento preço de fechamento) Atenção: A lista de empresa descrita acima tem caráter informativo, aconselhamos a verificação das informações junto a empresa (fato relevante) para a validação de qualquer informação.

7 Carteiras Recomendadas Performance: Carteiras XP Portfólio Últimos 12 m Últimos 24 m Inicial* Carteira XP 12,1-2,8 37,5-12,1 15,9 76,5 9,6 17,0 164,0 dif. p.p. 3,2 p.p. 12,7 p.p. 30,1 p.p. 6,0 p.p. 14,8 p.p. 31,5 p.p. 2,7 p.p. 19,5 p.p. 145,4 p.p. Carteira XP Dividendos 17,6 14,1 16,4 3,6 29,3 41,8 15,8 37,7 190,1 dif. p.p. 8,7 p.p. 29,6 p.p. 9,0 p.p. 21,7 p.p. 28,3 p.p. -32,7 p.p. 9,0 p.p. 40,1 p.p. 147,4 p.p. Carteira XP Small Caps -17,4-8,0 26,6-18, ,9-21,2-22,0 dif. p.p. -26,3 p.p. 7,5 p.p. 19,2 p.p. 0,0 p.p ,8 p.p. -18,8 p.p. -2,1 p.p. Carteira XP Alpha -10,1-3, ,0 dif. p.p. -19,0 p.p. -11,8 p.p ,2 p.p. Ibovespa 8,9-15,5 7,4-18,1 1,0 45,0 6,9-2,4 18,6 Portfólio jan/14 fev/14 mar/14 abr/14 mai/14 jun/14 jul/14 ago/14 set/14 out/14 nov/14 dez/14 Carteira XP -6,5 2,5 3,7 3,7-0,1 4,7 2,3 11,3-12,5 2,3 - - dif. p.p. 1,0 p.p. 3,7 p.p. -3,3 p.p. 1,3 p.p. 0,7 p.p. 0,9 p.p. -2,7 p.p. 1,5 p.p. -0,8 p.p. 1,4 p.p. - - Carteira XP Dividendos -4,1 0,0 6,0 2,8 2,7 5,6 0,9 8,6-12,4 3,3 - - dif. p.p. 3,4 p.p. 1,1 p.p. -1,1 p.p. 0,4 p.p. 3,5 p.p. 1,9 p.p. -4,1 p.p. -1,2 p.p. -0,7 p.p. 2,3 p.p. - - Carteira XP Small Caps -9,6-1,4-3,4 0,4 2,4 0,7-2,9 5,1-8,0 1,8 - - dif. p.p. -2,1 p.p. -0,2 p.p. -10,4 p.p. -2,0 p.p. 3,2 p.p. -3,1 p.p. -7,9 p.p. -4,7 p.p. 3,7 p.p. 0,9 p.p. - - Carteira XP Alpha -9,3 2,5 8,9-5,3-5,3 4,5-1,5 9,1-13,0-4,6 - - dif. p.p. -1,8 p.p. 3,6 p.p. 1,8 p.p. -7,7 p.p. -4,5 p.p. 0,8 p.p. -6,5 p.p. -0,7 p.p. -1,3 p.p. -5,6 p.p. - - Ibovespa -7,5-1,1 7,1 2,4-0,8 3,8 5,0 9,8-11,7 0,9 - - *Inicial: Carteira XP 30/4/2009, Carteira XP Dividendos 2/1/2009, Carteira XP Small Caps 30/12/2010, Carteira XP Alpha 28/6/ ,0 DESEMPENHO ANUAL 10,0 5,0 0,0 out-13 nov-13 dez-13 jan-14 fev-14 mar-14 abr-14 mai-14 jun-14 jul-14 ago-14 set-14 out-14-5,0-10,0-15,0 Carteira XP Carteira XP Divdendos Carteira XP Small Caps Carteira XP Alpha Ibovespa

8 Disclaimer 1. O atendimento de nossos clientes pessoas físicas e jurídicas (não institucionais) é realizado por agentes de investimento. Todos os agentes de investimento que atuam através da XP Investimentos CCTVM S/A ( XP Investimentos Corretora ) encontram-se devidamente registrados na Comissão de Valores Mobiliários. A relação completa de agentes de investimento da XP Investimentos Corretora pode ser consultada no site > Agentes Autônomos > Relação dos Agentes Autônomos contratados por uma Instituição Financeira > Corretoras > XP Investimentos e no site da XP Investimentos. Na forma da legislação da CVM, o agente autônomo de investimento não pode administrar ou gerir o patrimônio de investidores. O agente de investimento é um intermediário e depende da autorização prévia do cliente para realizar operações no mercado financeiro. 2. Este relatório foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A ( XP Investimentos Corretora ) e tem como único propósito fornecer informações que possam ajudar o investidor a tomar sua decisão de investimento. Este relatório não constitui oferta ou solicitação de compra ou venda de qualquer instrumento financeiro. As informações contidas neste relatório são consideradas confiáveis na data da divulgação deste relatório e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. 3. O analista de investimento responsável pela elaboração deste relatório, em conformidade ao artigo 17, I, da Instrução Normativa CVM n. 483/10, declara que as recomendações expressas neste relatório refletem única e exclusivamente suas opiniões pessoais e foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à pessoa ou a instituição à qual está vinculado. 4. O analista de investimento está indiretamente envolvido na intermediação dos valores mobiliários objeto deste relatório, em conformidade ao artigo 17, II, c, da Instrução Normativa CVM n. 483/ A remuneração do analista de investimento responsável por este relatório é indiretamente influenciada pelas receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela pessoa a que esteja vinculado, em conformidade ao artigo 17, II, e, da Instrução Normativa CVM n, 483/ Os instrumentos financeiros discutidos neste relatório podem não ser adequados para todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de cada investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. A rentabilidade de instrumentos financeiros pode apresentar variações, e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste relatório em relação a desempenhos futuros. A XP Investimentos Corretora se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. 7. Este relatório não pode ser reproduzido ou redistribuído para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento por escrito da XP Investimentos Corretora. Informações adicionais sobre os instrumentos financeiros discutidos neste relatório se encontram disponíveis quando solicitadas. 8. A Ouvidoria da XP Investimentos Corretora tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. Para contato, ligue O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da Corretora: 10. Inexistem situações de conflitos de interesses entre a XP Investimentos e a utilização desse produto. 11. Este relatório é baseado na avaliação dos fundamentos de determinadas empresas e dos diferentes setores da economia. A análise do ativo objeto do relatório utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento. 12. Este produto é indicado, sobretudo, a investidores cujo perfil haja sido definido como Moderado, Moderado-agressivo, Agressivo, de acordo com a Política de Suitability empregada pela XP Investimentos. 13. Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, dependendo das cotações nos mercados. O investimento em ações é um investimento de risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. O patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto.

A Hora do Gráfico. Análise Gráfica. Índice. Ibovespa - Diário. Ibovespa (gráfico de 15 minutos) Índice Ibovespa. Top 5. Fique de Olho.

A Hora do Gráfico. Análise Gráfica. Índice. Ibovespa - Diário. Ibovespa (gráfico de 15 minutos) Índice Ibovespa. Top 5. Fique de Olho. quinta-feira, 3 de outubro de 2013 Análise Gráfica A Hora do Gráfico Ibovespa - Diário Índice Índice Ibovespa Top 5 Fique de Olho Disclosure Hoje tivemos um dia de queda, no começo até testamos novamente

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Índice. Abertura

Reunião Matinal. Análise XP. Índice. Abertura Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados oscilam antes de decisão do BCE. Enquanto bolsas sobem e euro recua levemente com expectativa de QE trilionário, juros de títulos soberanos avançam com investidores

Leia mais

Reunião Matinal. Análise Análise XP. Índice. Abertura

Reunião Matinal. Análise Análise XP. Índice. Abertura Análise Análise XP Reunião Matinal Abertura Última semana antes do 2º turno começa com possível divulgação de 3 pesquisas. Na sexta, Sensus mostrou Aécio baixando liderança para 13 pontos. Candidatos em

Leia mais

Senior Solution (SNSL3) Conhecendo a empresa

Senior Solution (SNSL3) Conhecendo a empresa Análise XP Fundamentos Senior Solution (SNSL3) Conhecendo a empresa A Empresa A Senior Solution está presente, há mais de 17 anos, no segmento de Tecnologia da Informação no mercado brasileiro, sendo uma

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Índice. Abertura

Reunião Matinal. Análise XP. Índice. Abertura Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercado reage à troca do ortodoxo Hamilton por Awazu Pereira, que votou contra alta da Selic em outubro, e à ida para o BC de Volpon, que tem visão positiva sobre inflação

Leia mais

Trading Idea (BBRK3 Compra)

Trading Idea (BBRK3 Compra) Trading Idea (BBRK3 Compra) Destaques/ Operação Sob a ótica fundamentalista, recomendamos a compra das ações da Brasil Brokers vislumbrando um posicionamento de médio/longo prazo. Entrada: até R$ 6,60

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 21 de junho de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 21 de junho de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Novas pesquisas confirmam menor probabilidade de Brexit, o que faz bolsas avançarem pelo mundo. Mercados devem monitorar hoje as falas de Yellen e Draghi, em busca de

Leia mais

Bom Dia Commodities. Commodities. 12 de Agosto, 2013. Café

Bom Dia Commodities. Commodities. 12 de Agosto, 2013. Café Bom Dia Café Semana positiva para o café. Finalmente saiu a medida que os produtores estavam esperando. A presidente Dilma anunciou que enxugará do mercado 3 milhões de sacas em março/14 a R$346,00/saca

Leia mais

Spinelli Panorama Diário

Spinelli Panorama Diário Spinelli Panorama Diário 09 de fevereiro de 2010 Indicadores Variação - % Pontos dia semana mês Bolsas Ibovespa 63.153 0,62 0,62-3,44 IBX 19.989 0,47 0,47-3,70 S&P500 1.056-0,89-0,89-1,60 Dow Jones 9.908-1,04-1,04-1,58

Leia mais

Reunião Matinal. Análise Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Tom do dia: Indefinição é a tônica.

Reunião Matinal. Análise Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Tom do dia: Indefinição é a tônica. Análise Análise XP Reunião Matinal Tom do dia: Indefinição é a tônica. Abertura Mercado acompanha Tombini, que fala em Londres novamente, após dizer ontem que quer IPCA mais perto possível da meta, levando

Leia mais

Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e

Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e significa mercadoria. É usado para designar bens sem diferenciação (por não possuírem valor agregado), e são habitualmente extraídas

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 4 de janeiro de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 4 de janeiro de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura O ano começa com dados de PMI da China preocupantes, que impulsionaram uma liquidaça o de aço es nas bolsas chinesas, acionando o circuit breaker. As bolsas pelo mundo

Leia mais

Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e

Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e significa mercadoria. É usado para designar bens sem diferenciação (por não possuírem valor agregado), e são habitualmente extraídas

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 15 de junho de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 15 de junho de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Expectativa de estímulos na reunião do BoJ interrompem quedas nas bolsas globais, mesmo com MSCI adiando decisão de adicionar ações chinesas no índice, e com reunião

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa voltou a mostrar força ontem, suportada pelo mesmo motivo: a corrida eleitoral. Enquanto os mercados internacionais mostram espaço para a continuidade da realização de lucros a

Leia mais

Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e

Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e Commodities são produtos básicos padronizados. A palavra deriva do inglês e significa mercadoria. É usado para designar bens sem diferenciação (por não possuírem valor agregado), e são habitualmente extraídas

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A queda das bolsas internacionais não ajudou a pressionar o mercado doméstico em dia de indicadores fracos na China e nos Estados Unidos. A aversão ao risco aumentou nos últimos dias com

Leia mais

Sexta-feira, 06 de Maio de 2013. DESTAQUES

Sexta-feira, 06 de Maio de 2013. DESTAQUES DESTAQUES Bolsa encerra semana em alta Mercado aguarda IPCA para ajustar cenários Divisão Consumo da Hypermarcas cresce 10% M.Dias Branco tem lucro de R$108 mi Contax aprovou R$ 55,4 milhões em dividendos

Leia mais

Reunião Matinal. Análise Análise XP. Abertura. Índice

Reunião Matinal. Análise Análise XP. Abertura. Índice Análise Análise XP Reunião Matinal Abertura Dólar pode reagir à decisão do BC de fazer leilão de linha de US$ 3,5 bi no câmbio, ao mesmo tempo em que deixa US$ 1,31 bi em swaps sem rolagem. BC deve anunciar

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 28 de dezembro de 2015. Destaques na Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 28 de dezembro de 2015. Destaques na Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Top Picks Sem trocas para esta semana. Portfólio final: ITUB4 (25%), BBSE3 (23%), CIEL3 (20%), FIBR3 (12%), KROT3 (10%), SUZB5

Leia mais

Reunião Matinal. Análise Análise XP. Abertura. Índice

Reunião Matinal. Análise Análise XP. Abertura. Índice Análise Análise XP Reunião Matinal Abertura Dólar pode reagir ao início da rolagem de swaps pelo BC com 7.000 contratos, ante 10.000 na maior parte de junho. DI tende a refletir produção industrial, que

Leia mais

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento 12 de janeiro de 2015 Relatório Semanal de Estratégia de Investimento Destaques da Semana Economia internacional: Deflação na Europa reforça crença no QE (22/11); Pacote de U$1 trilhão em infraestrutura

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 4 de julho de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 4 de julho de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Feriado nos Estados Unidos deixa mercados com liquidez fraca, com Ásia reagindo bem as especulações de novos estímulos do BoJ em breve, e Europa tendo um forte resultado

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Bolsa. Índices, Câmbio e Commodities. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Bolsa. Índices, Câmbio e Commodities. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa Ontem a Bovespa não seguiu o ritmo dos mercados internacionais que tiveram dia de alta. A queda de Vale, Petrobras e dos principais bancos, contribuiu para o fechamento em baixa de 0,53%,

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa já iniciou o ano novo indicando que será mais um período de muita volatilidade para as ações. Diante de um cenário de grandes incertezas do lado doméstico e de olho nos acontecimentos

Leia mais

Sexta-feira 06 de Fevereiro de 2015. DESTAQUES

Sexta-feira 06 de Fevereiro de 2015. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa tem pregão volátil Poupança tem em janeiro maior saque em duas décadas IPCA tem maior alta para o mês em 12 anos, aponta IBGE Planalto quer nome do mercado na Petrobras Cade marca data

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa registrou, na sexta-feira, mais um pregão de baixo volume financeiro (R$ 5,5 bilhões) em dia de agenda fraca. O mercado já vem há vários dias operando com baixo volume e com predomínio

Leia mais

Reunião Matinal. Análise Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Tom do dia: Hora Local Indicador Data Exp. Ant.

Reunião Matinal. Análise Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Tom do dia: Hora Local Indicador Data Exp. Ant. Análise Análise XP Reunião Matinal Tom do dia: Abertura Iene se enfraquece com desaceleração das exportações no Japão. Dólar sobe contra maioria das principais moedas. Maioria das ações europeias avança.

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa O Ibovespa voltou a subir ontem refletindo os dados positivos da China que vieram na contramão da expectativa do mercado e também os indicadores dos Estados Unidos, que ajudaram a Bovespa

Leia mais

Relatório semanal de mercado internacional

Relatório semanal de mercado internacional Ações para ficar de olho Walt Disney (DIS): A Walt Disney Company, junto com suas subsidiárias, é uma empresa de entretenimento que opera em cinco segmentos de negócios: redes de mídia, Parks and Resorts,

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa O Ibovespa não conseguiu sustentar o movimento de alta do começo da tarde e terminou o dia em queda de 0,15% aos 53.100 pontos, com baixo volume financeiro de R$ 4,7 bilhões, acumulando

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa registrou o terceiro pregão em alta na terça-feira, (+1,53%) fechando aos 50.890 pontos, mais uma vez ajudada pelas ações de Petrobras e Vale. O volume financeiro fraco (R$ 4,56

Leia mais

EconoWeek Relatório Semanal. EconoWeek 18/05/2015

EconoWeek Relatório Semanal. EconoWeek 18/05/2015 18/05/2015 EconoWeek DESTAQUE INTERNACIONAL Semana bastante volátil de mercado, com uma agenda mais restrita em termos de indicadores macroeconômicos. Entre os principais destaques, os resultados de Produto

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) 17 de Julho de 2015 MERCADOS Bolsa A Bovespa fechou nesta quinta-feira em alta de 0,32% aos 53.070 pontos, após um pregão de volatilidade, com baixo volume financeiro de apenas R$ 3,9 bilhões. Como pano

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 4 de julho de 2016. Destaques na Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 4 de julho de 2016. Destaques na Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Nesta semana optamos por reduzir nossa exposição em Lojas Renner, pelo bom desempenho do ativo no mês de junho, onde o mesmo apresenta

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio: Semana de agenda macro e corporativa carregada

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio: Semana de agenda macro e corporativa carregada 28 Outubro, 2013 Análise XP Análise Fundamentalista Panorama Semanal Estratégia & Portfólio: Semana de agenda macro e corporativa carregada Racional das alterações: Optamos por retirar as ações da Cielo,

Leia mais

Parque Dom Pedro Shopping Center. Novembro de 2010. Retorno (Evolução da Cotação) sobre o CDI* Rendimento (Rend. Pago/Cota Inicial) Vs o CDI**

Parque Dom Pedro Shopping Center. Novembro de 2010. Retorno (Evolução da Cotação) sobre o CDI* Rendimento (Rend. Pago/Cota Inicial) Vs o CDI** Parque Dom Pedro Shopping Center Novembro de 2010 Informações sobre o Fundo O empreendimento Parque Dom Pedro Shopping Center foi inaugurado em 2002 e localiza-se na cidade de Campinas, interior de São

Leia mais

Segunda-feira, 03 de Fevereiro de 2014. DESTAQUES

Segunda-feira, 03 de Fevereiro de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa perde 7,5% em janeiro Mercado eleva projeção para a Selic Petrobras terceiriza parte das refinarias BTG mira mercado de previdência Localiza tem lucro líquido de R$90 milhões Cade aprova

Leia mais

Reunião Matinal. Análise Análise XP. Abertura. Índice

Reunião Matinal. Análise Análise XP. Abertura. Índice Análise Análise XP Reunião Matinal Abertura Bolsas europeias caem com ações do BES renovando mínima histórica, já que vence hoje prazo para Rioforte, companhia do Grupo Espírito Santo, reembolsar empréstimo

Leia mais

Reunião Matinal. Análise Análise XP. Abertura. Índice

Reunião Matinal. Análise Análise XP. Abertura. Índice Análise Análise XP Reunião Matinal Abertura Rendimento dos treasuries e commodities sobem com expectativa de que o dado hoje mostre aumento do emprego nos EUA. Dólar se fortalece. Rublo recua com tensão

Leia mais

Kinea Rendimentos Imobiliários - FII. Relatório de Gestão

Kinea Rendimentos Imobiliários - FII. Relatório de Gestão Kinea Rendimentos Imobiliários - FII Relatório de Gestão Fevereiro de 2015 Palavra do Gestor Prezado investidor, O Kinea Rendimentos Imobiliários FII ( Fundo ) é dedicado ao investimento em Ativos de renda

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 14 de setembro de 2015

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 14 de setembro de 2015 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados seguem cautelosos com a decisão do Fed na quinta-feira. No exterior, dados de produção industrial surpreenderam positivamente na Europa, e desapontaram na China.

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 16 de junho de 2015

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 16 de junho de 2015 Análise XP Reunião Matinal Abertura DI pode reagir a dado que deve mostrar queda das vendas no varejo. Agenda ainda traz IGP-10, IPC-S, leilão de NTN-B e palestra de Awazu Pereira, do BC, na Suíça. EUA

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa encerrou ontem em queda de 0,34% aos 50.993 pontos com volume reduzido de R$ 4,2 bilhões. Os investidores estão fora do mercado aproveitando o noticiário fraco e agenda econômica

Leia mais

Segunda-feira 01 de Dezembro de 2014. DESTAQUES

Segunda-feira 01 de Dezembro de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa tem queda, mas encerra mês em alta Mercado vê inflação maior e PIB baixo em 2015 Casino vai acelerar expansão do Pão de Açúcar Minério de ferro cai 48% e tem pior cenário Brokers fecha

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 22 de setembro de 2015

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 22 de setembro de 2015 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mal humor no exterior após escândalo da Volkswagen, e maior temor com o Fed, derruba bolsas. Mercado preocupado com montadoras na Europa, e Futuros de NY apreensivos

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa Ontem, a Bovespa não conseguiu acompanhar os mercados internacionais, com o peso das principais ações do índice - OGX, Vale e Petrobras - além de bancos e siderúrgicas. O Ibovespa encerrou

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) a MERCADOS Bolsa O Ibovespa teve mais um dia de volatilidade nos negócios, influenciado pelo vencimento do Ibovespa futuro e das opções sobre o índice e também pelos dados divulgados nos Estados Unidos

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 10 de julho de 2015

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 10 de julho de 2015 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados locais retomam negociação após feriado, pressionados negativamente por uma nova derrota do governo com a aprovação do Senado à regra que estende o reajuste

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 11 de agosto de 2015

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 11 de agosto de 2015 Análise XP Reunião Matinal Abertura Surpreendendo o mercado, a China desvalorizou o yuan, em novo tentativa de evitar a desaceleração econômica. Como consequência do movimento, as bolsas ao redor do mundo

Leia mais

Wilson Sons WSON33 Informou que houve crescimento de 2% na movimentação de contêineres em fevereiro YoY

Wilson Sons WSON33 Informou que houve crescimento de 2% na movimentação de contêineres em fevereiro YoY Análise XP Reunião Matinal Abertura Congresso analisa vetos de Dilma ao reajuste da tabela do IR após acordo entre Levy e Renan ontem, que pode amenizar ligeiramente as perdas do governo com a medida,

Leia mais

Floripa Shopping. Dezembro de 2010. Retorno (Evolução da Cotação) sobre o CDI Rendimento (Rend. Pago/Cota Inicial) Vs o CDI

Floripa Shopping. Dezembro de 2010. Retorno (Evolução da Cotação) sobre o CDI Rendimento (Rend. Pago/Cota Inicial) Vs o CDI Dezembro de 2010 Informações sobre o Fundo O fundo é proprietário de 38% do empreendimento Florianópolis Shopping Center, que tem área construída total de 75.127,36 m². O direito de ocupação do terreno

Leia mais

Carteira Recomendada RENDA FIXA segunda-feira, 1 de junho de 2015

Carteira Recomendada RENDA FIXA segunda-feira, 1 de junho de 2015 1. Alocação recomendada para Junho de 2015 Classe de Ativo Carteira Conservadora* Carteira Moderada* Carteira Agressiva* Curto Prazo Longo Prazo Curto Prazo Longo Prazo Curto Prazo Longo Prazo Pós-Fixado

Leia mais

Carteira Top Pick Dezembro 01.12.13

Carteira Top Pick Dezembro 01.12.13 CARTEIRA COMENTÁRIO Carteira Top Pick Dezembro 01.12.13 A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções

Leia mais

Extrato de Fundos de Investimento

Extrato de Fundos de Investimento São Paulo, 04 de Maio de 2015 Prezado(a) FUNDO DE PENSAO MULTIPATR OAB 01/04/2015 a 30/04/2015 Panorama Mensal Abril 2015 No cenário internacional, o mês de abril foi marcado por surpresas negativas em

Leia mais

Petrobras, Poupança e Inflação. 16 de Abril de 2015

Petrobras, Poupança e Inflação. 16 de Abril de 2015 Petrobras, Poupança e Inflação 16 de Abril de 2015 Tópicos Poupança e Cenário Econômico Petrobras Fundos Poupança e Cenário Econômico Caderneta de Poupança 1990: Data do confisco:16 de março de 1990. Cenário

Leia mais

INFORME ECONÔMICO 24 de abril de 2015

INFORME ECONÔMICO 24 de abril de 2015 RESENHA SEMANAL E PERSPECTIVAS Economia global não dá sinais de retomada da atividade. No Brasil, o relatório de crédito apresentou leve melhora em março. Nos EUA, os dados de atividade seguem compatíveis

Leia mais

21/11/2013. Rentabilidade (1) (%) Perfil de Risco. Tax. Adm. a.a. Mínimo Aplicação

21/11/2013. Rentabilidade (1) (%) Perfil de Risco. Tax. Adm. a.a. Mínimo Aplicação Opções de Investimento Perfil de Risco Rentabilidade (1) (%) Tax. Adm. a.a. Performance Benchmark Mínimo Aplicação Mínimo Movimentação Mês Ano 12 meses Ações (2 ) GALT Fundo de Investimento em Ações Arrojado

Leia mais

Quarta-feira, 25 de Setembro de 2013. DESTAQUES

Quarta-feira, 25 de Setembro de 2013. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa tem dia de correção Teto da dívida dos EUA agita mercado Vale negocia contratos nos EUA Embraer passa a deter ações da Atech TIM e Vivo tem forte alta Retomada a oferta de ações Tupy

Leia mais

Relatório Econômico Mensal JULHO/13

Relatório Econômico Mensal JULHO/13 Relatório Econômico Mensal JULHO/13 Índice INDICADORES FINANCEIROS 3 PROJEÇÕES 4 CENÁRIO EXTERNO 5 CENÁRIO DOMÉSTICO 7 RENDA FIXA 8 RENDA VARIÁVEL 9 Indicadores Financeiros BOLSA DE VALORES AMÉRICAS mês

Leia mais

Carteira de Dividendos Maio/15

Carteira de Dividendos Maio/15 A Carteira de Dividendos Planner encerra abril com valorização de 5,23% acumulando ganho de 4,53% no ano A Carteira de Dividendos leva em consideração os seguintes itens na escolha das ações: i) forte

Leia mais

Relatório Mensal Dezembro de 2015

Relatório Mensal Dezembro de 2015 Relatório Mensal Relatório Mensal Carta do Gestor O Ibovespa teve um desfecho melancólico no ultimo mês de 2015, fechando com queda de 3,92% e acumulando uma retração de 13,31% no ano. O cenário econômico

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) 07 de Junho de 2013 MERCADOS Bolsa A Bolsa segue influenciada pela fragilidade do cenário externo e somente conseguiu uma recuperação no final da tarde, com alta de 0,16%, aos 52.845 pontos. O giro financeiro

Leia mais

SOJA COMENTÁRIO. Médias no Profitchart utilizando o after market. SUPORTE 1 $ 22,60 MARGEM: R$ 2.473,00. MÉDIAS 16 Exp. e 51 Exp SUPORTE 2 $ 22,00

SOJA COMENTÁRIO. Médias no Profitchart utilizando o after market. SUPORTE 1 $ 22,60 MARGEM: R$ 2.473,00. MÉDIAS 16 Exp. e 51 Exp SUPORTE 2 $ 22,00 SOJA GRÁFICO SOJA MAIO BM&F (SOJK10) Análise Gráfica - SOJA Médias Móveis - SOJA MÉDIAS NOVAS!!! Tempo 60 minutos. Médias no Profitchart utilizando o after market. SUPORTE 1 $ 22,60 MÉDIAS 16 Exp. e 51

Leia mais

DESTAQUES. Ibovespa renova máxima no ano Eletrobrás capta r$ 6,5 bilhões com BB e Caixa Lucro da Embratel sobe 10%

DESTAQUES. Ibovespa renova máxima no ano Eletrobrás capta r$ 6,5 bilhões com BB e Caixa Lucro da Embratel sobe 10% DESTAQUES Ibovespa renova máxima no ano Eletrobrás capta r$ 6,5 bilhões com BB e Caixa Lucro da Embratel sobe 10% Receita bruta da JSL no 2º trimestre sobe 20,4% Aliansce tem alta de 8,6% nos aluguéis

Leia mais

Kinea Rendimentos Imobiliários - FII. Relatório de Gestão

Kinea Rendimentos Imobiliários - FII. Relatório de Gestão Kinea Rendimentos Imobiliários - FII Relatório de Gestão Maio de 2013 Palavra do Gestor Prezado investidor, O Kinea Rendimentos Imobiliários FII ( Fundo ) é dedicado ao investimento em Ativos de renda

Leia mais

INFORME ECONÔMICO 22 de maio de 2015

INFORME ECONÔMICO 22 de maio de 2015 RESENHA SEMANAL E PERSPECTIVAS Setor de construção surpreende positivamente nos EUA. Cenário de atividade fraca no Brasil impacta o mercado de trabalho. Nos EUA, os indicadores do setor de construção registraram

Leia mais

1 - BTG Pactual Corporate Office Fund BRCR11

1 - BTG Pactual Corporate Office Fund BRCR11 1 - BTG Pactual Corporate Office Fund BRCR11 O FII BTG Pactual Corporate Office Fund é um fundo de investimento imobiliário do tipo corporativo, ou seja, tem como objetivo investir em ativos imobiliários

Leia mais

INFORME ECONÔMICO 9 de outubro de 2015

INFORME ECONÔMICO 9 de outubro de 2015 Aug-10 Feb-11 Aug-11 Feb-12 Aug-12 Feb-13 Aug-13 Feb-14 Aug-14 Feb-15 Aug-15 INFORME ECONÔMICO RESENHA SEMANAL E PERSPECTIVAS Alta de juros nesse ano ainda é o cenário base do FED. No Brasil, a inflação

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 5 de julho de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 5 de julho de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercado volta a se preocupar com desdobramentos do brexit e fraqueza da economia global, aversão ao risco sobe, ações caem com papéis de bancos, e yields de treasuries

Leia mais

Produtos Estruturados

Produtos Estruturados Sales Sales Trading Produtos Estruturados Research & Best Ideas A equipe de Research, juntamente com a equipe de Sales Trading, vem trabalhando para criar grandes oportunidades, unindo macroeconomia e

Leia mais

Extrato de Fundos de Investimento

Extrato de Fundos de Investimento São Paulo, 01 de Abril de 2015 Prezado(a) FUNDO DE PENSAO MULTIPATR OAB 02/03/2015 a 31/03/2015 Panorama Mensal Março 2015 Os mercados financeiros seguiram voláteis ao longo do mês de março, em especial

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Índice. Top Picks. Estratégia & Portfólio. 26 de janeiro de 2015. Destaques na Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Índice. Top Picks. Estratégia & Portfólio. 26 de janeiro de 2015. Destaques na Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Nesta semana, a mudança mais significativa é a troca da posição de Estácio por Kroton. Apesar dos riscos para o setor serem inegáveis,

Leia mais

Terça-feira, 07 de Janeiro de 2014. DESTAQUES

Terça-feira, 07 de Janeiro de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Ibovespa encerra praticamente estável Janet Yellen é confirmada na presidência do Fed Aluguel de ações bate recorde em 2013 Telecom Italia aguarda possível proposta Cade aprova venda de blocos

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 22 de julho de 2015

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 22 de julho de 2015 Análise XP Reunião Matinal Abertura Governo deve reduzir oficialmente a meta fiscal para 2015, nova meta deve girar em torno de 0,2%, restando acompanhar a reação das agências de rating a esse movimento.

Leia mais

Câmbio e capitais estrangeiros Destaques da semana

Câmbio e capitais estrangeiros Destaques da semana Destaques da semana segunda-feira, 1 de agosto de 1 Real aprecia em semana de alta volatilidade Real fechou a semana em, A semana foi marcada por volatilidade nos mercados cambiais, que foram afetados

Leia mais

Extrato de Fundos de Investimento

Extrato de Fundos de Investimento Extrato de Fundos de Investimento São Paulo, 02 de Janeiro de 2015 Prezado(a) Período de Movimentação FUNDO DE PENSAO MULTIPATR OAB 01/12/2014 a 31/12/2014 Panorama Mensal Dezembro 2014 A volatilidade

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 13 de julho de 2015. Destaques na Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 13 de julho de 2015. Destaques na Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Nesta semana iremos retirar Qualicorp e Fibria (duas posições pequenas na carteira) para a entrada de Sulamérica e Embraer. Apesar

Leia mais

Kinea Rendimentos Imobiliários - FII. Relatório de Gestão

Kinea Rendimentos Imobiliários - FII. Relatório de Gestão Kinea Rendimentos Imobiliários - FII Relatório de Gestão Abril de Palavra do Gestor Prezado investidor, O Kinea Rendimentos Imobiliários FII ( Fundo ) é dedicado ao investimento em Ativos de renda fixa

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) 13 de Junho de 2013 MERCADOS Bolsa A Bovespa seguiu em queda ontem, desta vez influenciada pelo exercício de Ibovespa futuro e de opções sobre o Ibovespa e mau humor no mercado externo, com as bolsas norte-americanas

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa registrou mais um dia de recuperação, mesmo com as bolsas internacionais do lado negativo. O Ibovespa terminou a sessão em alta de 0,65%, aos 56.034 pontos. O giro financeiro totalizou

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Juros. Altas e Baixas do Ibovespa. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Juros. Altas e Baixas do Ibovespa. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa A Bovespa não conseguiu sustentar o movimento de alta dos últimos dias com movimento de realização de lucro em importantes empresas do Índice. O Ibovespa terminou o dia em baixa de 0,45%,

Leia mais

Panorama Diário Spinelli

Panorama Diário Spinelli Indicadores Variação -% Bolsas Pontos Dia Mês Ano Ibovespa 66.684 0,61% -2,77% -3,78% IBX 21.607 0,56% -3,48% -2,84% S&P500 1.320 0,93% -0,47% 4,93% Dow Jones 12.342 0,46% 0,18% 6,60% Câmbio 73.000 71.000

Leia mais

Cenário Econômico para 2014

Cenário Econômico para 2014 Cenário Econômico para 2014 Silvia Matos 18 de Novembro de 2013 Novembro de 2013 Cenário Externo As incertezas com relação ao cenário externo em 2014 são muito elevadas Do ponto de vista de crescimento,

Leia mais

Kinea Rendimentos Imobiliários - FII. Relatório de Gestão

Kinea Rendimentos Imobiliários - FII. Relatório de Gestão Kinea Rendimentos Imobiliários - FII Relatório de Gestão Janeiro de 2013 Palavra do Gestor Prezado investidor, O Kinea Rendimentos Imobiliário FII ( Fundo ) é dedicado ao investimento em Ativos de renda

Leia mais

Quinta-feira 12 de Março de 2015. DESTAQUES

Quinta-feira 12 de Março de 2015. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa se recupera com alta de bancos e Petrobras Efeito Lava Jato atingem seguradoras Dólar forte turbina resultados da JBS Cade multa Oi em R$ 26 mi CSN inverte prejuízo no 4º tri e lucra

Leia mais

Terça-feira, 25 de Agosto de 2015. DESTAQUES

Terça-feira, 25 de Agosto de 2015. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa cai ao nível de 2009 com tensão global CCR tem expectativa positiva de crescimento para o próximo ano Ações PNA da Vale fecham na menor cotação desde 2006 Corte de produção na China e

Leia mais

BICBANCO STOCK INDEX AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS

BICBANCO STOCK INDEX AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS BICBANCO STOCK INDEX AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS (Administrado pelo Banco Industrial e Comercial S.A.) DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS REFERENTES AO EXERCÍCIO FINDO EM 30 DE SETEMBRO

Leia mais

Carta de Gestão Agosto 2009

Carta de Gestão Agosto 2009 Carta de Gestão Agosto 2009 O mês de agosto foi marcado pela continuidade no processo de recuperação da economia global, com indicadores econômicos surpreendendo positivamente as expectativas dos agentes.

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa Depois da forte queda na segunda-feira a Bovespa conseguiu recuperar parte da perda e encerrou o pregão de ontem com valorização de 1,77% aos 46.964 pontos e com volume financeiro de R$

Leia mais

Spinelli Panorama Diário

Spinelli Panorama Diário Spinelli Panorama Diário 18 de setembro de 2009 Indicadores Análise Gráfica Ibovespa: Após o teste do suporte de 55.300 pontos, o Ibovespa registrou forte recuperação, superou a resistência de 57.300 pontos,

Leia mais

RENDA FIXA TESOURO DIRETO 09/10/2012

RENDA FIXA TESOURO DIRETO 09/10/2012 DESTAQUES DO RELATÓRIO: Carteira Recomendada A nossa carteira para este mês de Outubro continua estruturada considerando a expectativa de aumento da taxa de juros a partir do próximo ano. Acreditamos que

Leia mais

Kinea Rendimentos Imobiliários - FII. Relatório de Gestão

Kinea Rendimentos Imobiliários - FII. Relatório de Gestão Kinea Rendimentos Imobiliários - FII Relatório de Gestão Março de 2014 Palavra do Gestor Prezado investidor, O Kinea Rendimentos Imobiliários FII ( Fundo ) é dedicado ao investimento em Ativos de renda

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Altas e Baixas do Ibovespa. Câmbio. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa O dia foi de queda acentuada na Bovespa encerrando com queda de 1,82% aos 56.204 pontos, com volume financeiro de R$ 10,7 bilhões, sendo R$ 2,92 bilhões do exercício de opções sobre ações.

Leia mais

INFORME ECONÔMICO 29 de maio de 2015

INFORME ECONÔMICO 29 de maio de 2015 RESENHA SEMANAL E PERSPECTIVAS Atividade econômica mostra reação nos EUA. No Brasil, o PIB contraiu abaixo do esperado. Nos EUA, os dados econômicos mais recentes sinalizam que a retomada da atividade

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 16 de março de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 16 de março de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados asiáticos reagiram às falas de autoridades japonesas e chinesas sobre a economia dos países, mas também tiveram o tom apreensivo que ronda as bolsas europeias

Leia mais

Relatório Mensal - Fevereiro de 2015

Relatório Mensal - Fevereiro de 2015 Relatório Mensal - Relatório Mensal Carta do Gestor O Ibovespa encerrou o mês de fevereiro com alta de 9,97%, recuperando as perdas do início do ano. Mesmo com o cenário macroeconômico bastante nebuloso

Leia mais

(R $ 2 00 9 2 0 08 4 T0 9 4 T

(R $ 2 00 9 2 0 08 4 T0 9 4 T Spinelli Panorama Diário 04 de março de 2010 Indicadores Variação - % Pontos dia semana mês Bolsas Ibovespa 67.641-0,20 1,71 1,71 IBX 21.364-0,02 1,76 1,76 S&P500 1.119 0,04 1,29 1,29 Dow Jones 10.396-0,09

Leia mais

15 de Outubro de 2015

15 de Outubro de 2015 out-14 nov-14 nov-14 dez-14 jan-15 jan-15 fev-15 mar-15 mar-15 abr-15 abr-15 mai-15 jun-15 jun-15 jul-15 jul-15 ago-15 set-15 set-15 jun-07 set-07 dez-07 mar-08 jun-08 set-08 dez-08 mar-09 jun-09 set-09

Leia mais