WORKSHOPS NOVOS DESAFIOS EM FARMACOVIGILÂNCIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "WORKSHOPS NOVOS DESAFIOS EM FARMACOVIGILÂNCIA"

Transcrição

1 NOVOS DESAFIOS EM FARMACOVIGILÂNCIA Data: 12 de Abril de 2012 Formadores: Inês Ilharco Ferreira / André Ilharco Ferreira (YABULU) s Dar a conhecer, de forma sumária, os requisitos da nova legislação; Salientar os principais desafios; Apresentar o que já se conhece e o que ainda está por divulgar, com principal ênfase nas normas (Good Vigilance Practice); Alertar para requisitos de implementação com prazos definidos e metas já estabelecidas; Promover o debate e partilha de ideias sobre os novos requisitos e estratégias de implementação. Departamentos médicos, clínicos e regulamentares Quadros Superiores com responsabilidades na área de Farmacovigilância; 3. Conteúdo Programático Introdução Objectivos da nova legislação O que se sabe e o que se desconhece sobre Normas e seu conteúdo: GVP Prazos a ter em consideração e medidas transitórias Novos requisitos e novos desafios: o Pharmacovigilance System Master File o PSURs o RMP o Detecção de sinal redefinida o Transparência e disponibilização de informação Abordagem dinâmica Promoção do debate e troca de ideias sobre a implementação dos novos requisitos

2 NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO Data: 17 de Abril de 2012 Formadores: Ana Paula Amaral (CEGOC) s Responder ao desafio: Ser capaz de colocar as regras do novo acordo ortográfico em prática; Propor a solução: Uma Viagem ao novo acordo ortográfico, de modo a apresentar e a contextualizar as mudanças provocadas na ortografia usada em Portugal pelo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa e dar a conhecer os recursos existentes para apoio à sua aplicação. Quadros com responsabilidades de comunicação oral e escrita 3. Conteúdo Programático Abordagem histórica O que muda com o acordo ortográfico Maiúsculas e minúsculas; Consoantes mudas; Hifenização; Acentuação gráfica

3 LEAN SIX SIGMA - SUPPLY CHAIN / SIX SIGMA Data: 23 de Abril de 2012 Horário: 09H00-13H00 Formadores: Bruno Inácio; Diogo Baptista (PROFITABILITY ENGINEERS) Ricardo Grilo (Atral Cipan) s Consolidar os conceitos do Lean e do Six Sigma, aplicados no contexto da Supply Chain Objectivos específicos o Aprender como identificar e eliminar as várias formas de desperdícios, para criar fluxo de processo e reduzir tempos de resposta o Compreender conceitos estatísticos para medir e reduzir a variação dos processos o Aplicar um modelo para realizar, de forma sistemática, a melhoria dos processos na organização Directores, Gestores de departamento, responsáveis por projectos de melhoria de todas as áreas da empresa 3. Conteúdo Programático O que é o Lean Six Sigma Os seus efeitos positivos nos balancetes mensais O ponto de partida para o Lean Six Sigma consiste em definir o que é Valor O próximo passo consiste em identificar o Fluxo de Valor A seguir, deve-se criar fluidez nos processos e actividades que restaram O passo seguinte dever ser a transformação dos princípios de produção a implementação da produção puxada Perfeição, quinto e último passo do Lean Six Sigma, deve ser o objectivo constante de todas as pessoas envolvidas nos fluxos de valor Aplicação prática O Projecto Lean Six Sigma Passos de projectos Maiores dificuldades e lições aprendidas Resultados da implementação in loco

4 Conceitos de AAA Agilidade crítica porque na maioria das empresas a oferta e a procura flutuam rapidamente e vastamente Adaptação quando a estratégia muda, a rede logística tem de mudar Alinhamento entre os diversos parceiros da cadeia logística

5 COMUNICAÇÃO E INTELIGÊNCIA EMOCIONAL Data: 10 de Maio de 2012 Formadores: Mónica Carvalho (CEGOC) s Responder ao desafio: As emoções são o elo que conecta os seres humanos com tudo aquilo que para eles tem significado. Sem emoções, teríamos dificuldade sem saber o que é realmente importante para nós e em decidir a quantidade de tempo e de esforço que vamos investir para o obter. As emoções estão, assim, no cerne da motivação, constituindo a verdadeira força motriz da mudança pessoal. Propor a solução: Sabendo que a captação e o envolvimento experimental de uma audiência são factores chave para o sucesso deste projecto, este workshop procura responder às exigências organizações no âmbito da comunicação interpessoal e inteligência emocional, através de uma metodologia pedagógica inovadora onde o fado e os respectivos conteúdos pedagógicos se combinam numa perfeita simbiose. Dirigido a todos os gestores que necessitam aprender a utilizar as emoções de uma forma inteligente. 3. Conteúdo Programático Desenhado de acordo com os princípios da pedagogia experimental e apropriativa, este workshop convida cada participante a envolver-se numa jornada de descoberta. O workshop servirá como mapa que familiarizará cada participante com o tipo de relacionamentos que necessita de estabelecer a sua inteligência emocional. A nossa expectativa é que, no final deste workshop, cada participante tenha uma clara compreensão do que é a inteligência emocional e do que é a eficácia na comunicação interpessoal.

6 APRESENTAÇÕES QUE FALAM POR SI Data: 16 de Maio de 2012 Horário: 10H00-13H00 Local: APIFARMA - Rua Gregório Lopes, lote º, Lisboa Formadores: João Aragão e Pina (ASTON Portugal) Analisar acontecimentos estruturados que pretendem ligar diferentes dimensões: o Realçar a apresentação e o conhecimento do orador; o Tornar cada apresentação numa experiência única para o orador e para os participantes; o Simultaneamente, promover a valorização de quem assiste. Objectivos específicos o Conhecer técnicas para efectuar Apresentações de Excelência o Analisar diapositivos o Partilhar experiências o Estabelecer compromissos Todos os quadros que pretendam efectuar apresentações de qualidade e obter retorno do investimento efectuado. 3. Conteúdo Programático Como valorizar a apresentação tornando-a desejada e emocionalmente inteligente. Planeamento e técnicas de gestão de stress.. ASTON Portugal está acreditada pela DGERT.

7 DEONTOLOGIA & COMPLIANCE Data: 29 de Maio de 2012 Local: APIFARMA - Rua Gregório Lopes, lote º, Lisboa Formadores: Pedro Caridade de Freitas (APIFARMA) Conteúdo Programático a divulgar oportunamente

8 MODELO DE GESTÃO BPM (BUSINESS PROCESS MANAGEMENT) Data: 5 de Junho de 2012 Horário: 10H00-13H00 Formadores: Helena Corrêa; Carlos Araújo (ASTON Portugal) Divulgar a importância da utilização do modelo de gestão BPM, cuja implementação permite à indústria optimizar o seu negócio através de uma maior eficiência na gestão dos recursos e uma maior eficácia nas relações com os clientes. Directores Gerais, Directores de Processos, Directores de Operações, Directores de Tecnologias de Informação, Directores Financeiros, Directores de Logística e outros colaboradores ligados à optimização de recursos. 3. Conteúdo Programático A optimização do negócio através da Gestão por Processos (BPM) A mensuração da performance através da Gestão por Processos (BPM) Testemunhos de implementação. ASTON Portugal está acreditada pela DGERT.

9 INVESTIGAÇÃO CLÍNICA NO FUTURO: TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO Data: 12 de Junho de 2012 Formadores: Ana Filipa Bernardo (EUROTRIALS) Debater as tendências e o impacto das tecnologias de informação nos estudos clínicos. Administração hospitalar, directores clínicos, investigadores clínicos, farmacêuticos, ou outros profissionais da área da saúde ou de ciências que trabalhem em investigação clínica ou, que pretendam investir nessa área de actividade 3. Conteúdo programático Definição de Investigação Clínica Recolha electrónica de dados clínicos: software e dispositivos de recolha de informação clínica Interlocutores Bases de dados

10 5 ESCOLHAS PARA A PRODUTIVIDADE EXTRAORDINÁRIA FranklinCovey Data: 21 de Junho de 2012 Formadores: Maria João Pantaleão (CEGOC) Responder ao desafio: A quantidade de informação que chega até nós de várias fontes (ex: textos, s, tweets, blogs e alertas), juntamente com as exigências das nossas carreiras, são esmagadora e são elementos de distracção. O volume de informação é uma ameaça à nossa capacidade de pensar claramente e tomar decisões sobre o que é importante. E reagirmos a estes estímulos sem discernimento claro, deixamos de cumprir as metas mais importantes em nossas vidas profissionais e pessoais. Propor a solução: O programa as 5 Escolhas para a Produtividade Extraordinária, da FranklinCovey, inspira os participantes a aplicar um processo que vai aumentar drasticamente a sua capacidade de alcançar resultados mais importantes das suas vidas. Apoiada pela ciência e anos de experiência, esta solução não só aumenta consideravelmente a sua produtividade, como também proporciona um sentido renovado de envolvimento e realização Dirigido a todos os profissionais e gestores que visam aumentar drasticamente a sua capacidade de alcançar resultados mais importantes das suas vidas profissionais. 3. Conteúdo Programático I) PERSIGA O EXTRAORDINÁRIO Não se fique pelo banal Todas as pessoas querem fazer a diferença, mas a quantidade e dispersão de prioridades, cria obstáculos à realização de resultados extraordinários. Os participantes das 5 Escolhas redefinem os seus papéis, no sentido de orientarem a sua acção para a concretização das suas principais prioridades. II) DÊ PRIORIDADE A SPEDRAS GRANDES Não se disperse em ninharias

11 A pressão crescente do quotidiano pede levar a que as pessoas se sintam desamparadas e fora de controlo. Os participantes das 5 escolhas recuperam o controlo da sua vida, através do planeamento e execução, que conduzem a resultados extraordinários. III) DOMINE A TECNOLOGIA Não se deixe dominar por ela Uma avalanche electrónica de s, textos e redes sociais são uma ameaça sem precedentes à produtividade. Os participantes das 5 escolhas optimizam o uso da tecnologia e de plataformas como Microsoft Outlook, para aumentar a sua produtividade. IV) AUMENTE A SUA CHAMA Não se deixe queimar A elevada pressão do ambiente de trabalho esgota as pessoas a um nível alarmante. Aplicando os 5 Drivers de Energia, os participantes beneficiam dos mais recentes estudos do cérebro, para renovar a sua energia mental e física de forma consistente. V) AJA SOBRE O IMPORTANTE Não reaja ao urgente Todos os dias, as pessoas submergem na quantidade de s que inundam as suas caixas de correio, fazem verdadeiras maratonas para responder às mais diversas solicitações, lutam pelo milagre de fazer mais com menos. Os participantes das 5 Escolhas protegem as suas prioridades mais vitais dos elementos distrativos, para que possam concentrar-se no seu contributo mais significativo. Nada é tão comum como o desejo de ser extraordinário William Sheakspear

12 SIX THINKING HATS DE BONO DESIGN THINKING Data: 3 de Julho de 2012 Horário: 09H00-13H00 Formadores: Filipa Gameiro (CEGOC) Responder ao desafio: Tipicamente estamos habituados a pensar segundo os métodos mais ortodoxos, aquilo que Edward de Bono designa por pensamento lógico ou vertical. Ao utilizarmos exclusivamente o pensamento lógico, corremos o risco de não inovar, de não analisarmos as situações em todos os seus ângulos, de nos afastarmos de soluções criativas e inovadoras para tomarmos as melhores decisões e não sermos capazes de nos adaptarmos às mudanças. Precisamos de gerir bem o nosso tempo e criar um ambiente adequado para sermos criativos. É preciso estarmos focalizados para gerir ideias. Propor a solução:o programa Sis Thinking Hats, de Edward de Bono, inspira os participantes a separar o pensamento em 6 categorias distintas, identificadas por cores e metaforicamente designadas por 6 chapéus de pensamento. Dirigido a todos os profissionais e gestores que necessitam de aumentar a sua capacidade de inovar, de analisar situações em todos os seus ângulos e criar soluções criativas e inovadoras, estimulando a capacidade de nos adaptarmos às mudanças. 3. Conteúdo Programático À medida que mentalmente vamos utilizando e alternando os 6 chapéus, vamos conseguindo focalizar ou redireccionar os nossos pensamentos e ideias para tomarmos as melhores decisões e sermos capazes de aumentar a nossa produtividade e alcançar os resultados pretendidos. Chapéu Branco O chapéu dos factos, da informação objectiva e comprovada. Devemos procurar a informação pertinente para alcançar os objectivos. Chapéu Vermelho O chapéu dos sentimentos, da intuição, da inteligência emocional. Devemos dizer o que sentimos, sem ter necessidade de justificar. Chapéu Amarelo O chapéu que simboliza as vantagens e benefícios. Representa o pensamento positivo, em que medida algo pode funcionar. Devemos pensar no que pode correr bem numa determinada situação.

13 Chapéu Preto O chapéu dos julgamentos, dos riscos, dos contras (em que medida algo não pode funcionar). Devemos observar o que pode correr mal numa determinada situação. Chapéu Verde O chapéu que se focaliza na criatividade: possibilidades, alternativas e novas ideias. Devemos dar espaço às ideias, sem ter de justificar. Chapéu Azul O chapéu que se utiliza para gerir o processo de gestão do pensamento. Representa o líder, o director da orquestra, o capitão do barco. Devemos manter a paz e a disciplina.

14 INVESTIGAÇÃO DE TRANSLAÇÃO EM NOVOS PRODUTOS E SERVIÇOS Data: 5 de Julho de 2012 Horário: 09H00-13H00 Formadores: Ana Filipa Bernardo (EUROTRIALS) Debater a investigação de translação e o seu papel na transferência de tecnologia e na colaboração com a Indústria. Administração hospitalar, directores clínicos, investigadores clínicos, farmacêuticos, ou outros profissionais da área da saúde ou de ciências que trabalhem em investigação clínica ou, que pretendam investir nessa área de actividade. 3. Conteúdo programático Investigação de translação Como é que a investigação de translação gera valor? Desenvolvimento de novos produtos Alteração da abordagem ao processo de I&D

15 INTRODUÇÃO À PNL LER PARA ALÉM DA PALAVRA Data: 20 de Setembro de 2012 Formadores: Adelina Rodrigues (LET S TALK GROUP) A Programação Neurolinguística é a arte e a ciência da excelência humana. A PNL é um conjunto de técnicas ou recomendações que visam a auto-ajuda ou a melhoria da performance de uma pessoa numa determinada acção. Esta acção visa potenciar o desenvolvimento de áreas como comunicação, influência, o entendimento do outro e uso de uma linguagem eficiente levando a melhores resultados individuais e de grupo. No final do curso os participantes deverão ser capazes de: o Gerir sentimentos de modo confiante e positivo; o Identificar as principais técnicas de programação neurolinguística; o Melhorar o processo de comunicação intra e interpessoal; o Promover o auto desenvolvimento; o Aplicar a PNL na vida pessoal e na actividade profissional conduzindo a melhores resultados. Este curso destina-se a Profissionais de diversas áreas, que necessitem ou desejem maximizar a sua eficácia pessoal, entendendo e influenciando ou moldando tanto o seu comportamento como o do outro 3. Conteúdo Programático PNL Programação Neurolinguística O que é a PNL? O Modelo PNL e os seus campos de aplicação Os pressupostos da PNL e a sua filosofia de base Enquadramento histórico da PNL Potencialidades da PNL

16 Como funciona a mente humana? Modelos de percepção e comunicação Técnicas de PNL para o dia-a-dia Fecho da acção e avaliação reactiva da formação

17 METODOLOGIAS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS Data: 27 de Setembro de 2012 Horário: 14H00-18H00 Formadores: Luís Fernandes; Bruno Inácio (PROFITABILITY ENGINEERS) Manuel Fonseca (ÁGUAS DO VIMEIRO) Abordar problemas de forma sistemática e estruturada e compreender os passos necessários para corrigir e prevenir (evitar) problemas Objectivos específicos o Aprender como identificar e eliminar as várias formas de f(f)ornecer os conhecimentos que permitem a resolução de problemas, de forma rápida e eficaz o Elabora relatórios e partilhar informação ao estilo Lean Directores, Gestores de departamento, responsáveis por projectos de melhoria de todas as áreas da empresa 4. Conteúdo Programático Resolução de Problemas abordagens simples e eficazes Introdução à Resolução de Problemas PDCA 8D Formato A3 de resolução de problemas e de reporting Aplicação prática - O método 8D Formação da Equipa Descrição do problema Definição e verificação de causas-raíz Implementação e verificação de acções temporárias de contenção Selecção e verificação de acções correctivas permanentes

18 Verificação da eficácia Prevenção da recorrência Felicitações da equipa O Método PDCA + A3 o Método da Toyota O ciclo PDCA Como Planear (P) Fazer (D) Controlar (C) Agir (A) O formato A3 e as suas diferentes aplicações Como seleccionar o relatório indicado a cada situação Utilizar o relatório A3 para uma comunicação eficaz

19 FALAR EM PÚBLICO COM IMPACTO Data: 11 de Outubro de 2012 Formador: Pedro Coelho dos Santos (ALTER EGO) Dotar os participantes com instrumentos e técnicas para realizarem apresentações eficazes; Desenvolver competências no relacionamento com audiências; Desenvolver competências de comunicação verbal e não-verbal. Directores de Comunicação, Directores de Relações Públicas, Porta-Vozes, Directores de Departamento, etc. 3. Conteúdos Programáticos A preparação da apresentação A gestão emocional: combater e enfrentar o medo Como preparar, planear e desenvolver uma exposição A audiência Técnicas de auto domínio e auto confiança A apresentação Comunicação verbal e comunicação não verbal Como iniciar a apresentação Captar e manter a atenção Responder às perguntas Estratégia para situações difíceis: objecção, agressividade ou indiferença O fecho da apresentação

20 TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA: COLABORAÇÃO ENTRE A ACADEMIA E A INDÚSTRIA Data: 18 de Outubro de 2012 Formadores: Ana Filipa Bernardo (EUROTRIALS) Debater as tendências de modelos de colaboração Administração hospitalar, directores clínicos, investigadores clínicos, farmacêuticos, ou outros profissionais da área da saúde ou de ciências que trabalhem em investigação clínica ou, que pretendam investir nessa área de actividade. 3. Conteúdo programático I&D - a integração do conhecimento focado nas necessidades clínicas O Papel do sector público no processo de investigação/descoberta Transferência de Tecnologia visão global Transferência de Tecnologia na Academia

21 LEGISLAÇÃO DO TRABALHO Data: 24 de Outubro de 2012 Formadores: Nuno Guedes Vaz / Cláudia Varela (PLMJ) Conteúdo Programático a divulgar oportunamente

22 PREPARAR A INDÚSTRIA FARMACÊUTICA PARA LIDAR COM OS MEDIA Data: 15 de Novembro de 2012 Formadores: Fernando Esteves / Jorge Correia / Miguel Mauritti Múrias / Pedro Coelho dos Santos (ALTER EGO) Saber como funcionam os media em Portugal: como nascem as notícias e quais as necessidades dos jornalistas que as produzem. Saber como lidar com os jornalistas e como passar a sua mensagem. Directores de Comunicação, Directores de Relações Públicas, Porta-Vozes, Directores de Departamento 3. Conteúdos Programáticos Comunicação Institucional O que é a comunicação Institucional Para que serve a comunicação institucional Os media Como funcionam os media Como corresponder às expectativas dos media Como corresponder às expectativas dos jornalistas A indústria farmacêutica e os media A ética da indústria farmacêutica e a ética dos media Informação versus publicidade Os media e as crises mediáticas Porque está a indústria farmacêutica exposta às crises mediáticas Como preparar a sua Instituição para uma crise mediática

23 VIVER MELHOR COM MINDFULLNESS Data: 20 de Novembro de 2012 Formadores: Ricardo Martins (CEGOC) Responder ao desafio: Perante as situações difíceis do dia a dia tendemos a reagir de forma automática, habitual. Se não interrompermos a tendência para operar em piloto automático e se não formos capazes de parar para refletir, vamo-nos sentir cada vez mais agitados, descentrados e reativos, o que raramente traz bons resultados. Propor a solução: O Programa Viver Melhor com Mindfullness, inspira os participantes a escolherem como responder ao que acontece e a terem uma vida mais rica, mesmo perante situações difíceis. Através do Mindfullness, ou Atenção Plena, os participantes serão capazes de estar mais atentos ao momento presente, no qual podem claramente notar pensamentos, sensações físicas e emoções quando estas ocorrem, ficando mais centrados e sentindo-se mais aptos às atividades em que estão envolvidos com uma perspetiva mais calma, enraizada e fresca. Directores de Departamentos, Quadros Superiores, Chefias Intermédias 3. Conteúdo Programático Aprender a parar Aprender a notar Viver com mais atenção

As ferramentas e metodologias seleccionadas têm como objectivo apoiar as organizações a adquirir conhecimentos que lhes permitam eliminar os

As ferramentas e metodologias seleccionadas têm como objectivo apoiar as organizações a adquirir conhecimentos que lhes permitam eliminar os Formação Interempresas 2016 11 Formação Interempresas 2016 As ferramentas e metodologias seleccionadas têm como objectivo apoiar as organizações a adquirir conhecimentos que lhes permitam eliminar os desperdícios,

Leia mais

Formação Interempresas 2015 2.º semestre

Formação Interempresas 2015 2.º semestre Formação Interempresas 2015 2.º semestre 1 1 Formação Interempresas 2015 As ferramentas e metodologias seleccionadas têm como objectivo apoiar as organizações a adquirir conhecimentos que lhes permitam

Leia mais

Formação Interempresas 2015

Formação Interempresas 2015 Formação Interempresas 2015 1 1 Formação Interempresas 2015 As ferramentas e metodologias seleccionadas têm como objectivo apoiar as organizações a adquirir conhecimentos que lhes permitam eliminar os

Leia mais

LISTA DE COMPETÊNCIAS TÉCNICO SUPERIOR E TÉCNICO

LISTA DE COMPETÊNCIAS TÉCNICO SUPERIOR E TÉCNICO LISTA DE COMPETÊNCIAS TÉCNICO SUPERIOR E TÉCNICO N.º ORIENTAÇÃO PARA RESULTADOS: Capacidade para concretizar eficiência os objectivos do serviço e as tarefas e que lhe são solicitadas. com eficácia e 1

Leia mais

COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO

COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO DEFINIÇÕES OPERACIONAIS E INDICADORES COMPORTAMENTAIS Pag. 1 Elaborada por Central Business Abril 2006 para o ABRIL/2006 2 COMPETÊNCIAS CHAVE PARA O EMPREENDEDORISMO

Leia mais

Cegoc Moçambique O MAIOR GRUPO EUROPEU DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL AGORA EM MOÇAMBIQUE. cegoc.co.mz

Cegoc Moçambique O MAIOR GRUPO EUROPEU DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL AGORA EM MOÇAMBIQUE. cegoc.co.mz Cegoc Moçambique Formação e Consultoria em Capital Humano O MAIOR GRUPO EUROPEU DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL AGORA EM MOÇAMBIQUE cegoc.co.mz O maior grupo europeu de formação profissional agora em Moçambique

Leia mais

Strategic IT Manager +351 21 793 29 89. Gestão de Custos, Orçamentos e KPIs em IT. Como planificar, controlar e rentabilizar os investimentos

Strategic IT Manager +351 21 793 29 89. Gestão de Custos, Orçamentos e KPIs em IT. Como planificar, controlar e rentabilizar os investimentos www.iirangola.com MASTERCLASS IT Gestão de Custos, Orçamentos e KPIs em IT Strategic IT Manager Como planificar, controlar e rentabilizar os investimentos Variáveis no desenho do orçamento: objectivos,

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO 2014 WORKSHOPS

PLANO DE FORMAÇÃO 2014 WORKSHOPS CÓDIGO DEONTOLÓGICO: RECENTES ALTERAÇÕES Formadores: 11 de abril de 2014 9h30 13h00 APIFARMA Rua Gregório Lopes, lote 1513 1º, Restelo Pedro Caridade de Freitas Objectivos Promover o desenvolvimento da

Leia mais

Uma Questão de Atitude...

Uma Questão de Atitude... Uma Questão de Atitude... Catálogo de Formação 2014 1 Introdução 3 Soluções de Formação 3 Áreas de Formação 4 Desenvolvimento Pessoal 5 Comercial 12 Secretariado e Trabalho Administrativo 15 Indústrias

Leia mais

Health Management Future

Health Management Future 2012 Health Management Future COM O PATROCÍNIO DE O grupo BIAL tem como missão desenvolver, encontrar e fornecer novas soluções terapêuticas na área da Saúde. Fundado em 1924, ao longo dos anos BIAL conquistou

Leia mais

COACHING CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL Capacitação Profissional e Desenvolvimento Pessoal

COACHING CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL Capacitação Profissional e Desenvolvimento Pessoal COACHING CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL Capacitação Profissional e Desenvolvimento Pessoal Curso de Certificação Internacional reconhecido pela ICF* Programa completo de formação teórica e prática de desenvolvimento

Leia mais

Balanced Scorecard e a

Balanced Scorecard e a Sessões de Trabalho Balanced Scorecard e a Execução Estratégica Programa de 3 dias de Treino Inscrições até 31/Março = 375 + IVA Inscrições até 11/Abril = 750 + IVA Local: Armazém SYV (em Lisboa, na Junqueira)

Leia mais

Anexo VI (A que se refere o artigo 2.º) LISTA DE COMPETÊNCIAS DIRIGENTES INTERMÉDIOS

Anexo VI (A que se refere o artigo 2.º) LISTA DE COMPETÊNCIAS DIRIGENTES INTERMÉDIOS Anexo VI (A que se refere o artigo 2.º) LISTA DE COMPETÊNCIAS DIRIGENTES INTERMÉDIOS N.º ORIENTAÇÃO PARA RESULTADOS: Capacidade para se focalizar na concretização dos objectivos do serviço e garantir que

Leia mais

EMOTIONAL BUSINESS ACADEMY PROPOSTA FORMAÇÃO FORÇAS DE SEGURANÇA

EMOTIONAL BUSINESS ACADEMY PROPOSTA FORMAÇÃO FORÇAS DE SEGURANÇA EMOTIONAL BUSINESS ACADEMY PROPOSTA FORMAÇÃO FORÇAS DE SEGURANÇA EMOTIONAL BUSINESS ACADEMY MASTER NEGOCIAÇÃO & VENDAS DURAÇÃO: 8H HORÁRIOS: Laboral e Pós Laboral ESTRUTURA DA PROPOSTA 1. Designação das

Leia mais

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Participamos num processo acelerado de transformações sociais, políticas e tecnológicas que alteram radicalmente o contexto e as

Leia mais

Soluções de análise preditiva para optimizar os processos de negócio. João Pequito. Director Geral da PSE

Soluções de análise preditiva para optimizar os processos de negócio. João Pequito. Director Geral da PSE Soluções de análise preditiva para optimizar os processos de negócio João Pequito Director Geral da PSE Soluções de análise preditiva para optimizar os processos de negócio Qualquer instituição tem hoje

Leia mais

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS FACTOS A Internet mudou profundamente a forma como as pessoas encontram, descobrem, compartilham, compram e se conectam. INTRODUÇÃO Os meios digitais, fazendo hoje parte do quotidiano

Leia mais

CATÁLOGO DE FORMAÇÃO project management - management personal effectiveness

CATÁLOGO DE FORMAÇÃO project management - management personal effectiveness CATÁLOGO DE FORMAÇÃO project management - management personal effectiveness 2015 Rua Bombarda 58 Santa Joana 3810-013 Aveiro, Portugal emete@emete.com 1 ÍNDICE PREPARAÇÃO PARA A CERTIFICAÇÃO PMP...4 GESTÃO

Leia mais

PHC Recursos Humanos CS

PHC Recursos Humanos CS PHC Recursos Humanos CS A gestão total dos Recursos Humanos A solução que permite a optimização da selecção e recrutamento, a correcta descrição de funções, a execução das avaliações de desempenho e a

Leia mais

EDIÇÃO ESPECIAL 2009

EDIÇÃO ESPECIAL 2009 EDIÇÃO ESPECIAL 2009 LIFE COACHING Curso Profissional de Formação de Coach Certificação Internacional em Coaching MORE E ECA (Para Reconhecimento pela ICI contactar-nos.) Entidade: MORE Institut, Ltd Actualmente

Leia mais

ÁREA COMPORTAMENTAL E DESENVOLVIMENTO PESSOAL

ÁREA COMPORTAMENTAL E DESENVOLVIMENTO PESSOAL ÁREA COMPORTAMENTAL E DESENVOLVIMENTO PESSOAL COMUNICAÇÃO E IMAGEM COMO FACTORES COMPETITIVOS A sua empresa tem problemas ao nível da comunicação interna? Promover a Comunicação assertiva no relacionamento

Leia mais

Formação Interempresas 2014

Formação Interempresas 2014 Formação Interempresas 2014 Curso Métodos e Tempos Cronograma 2014 Formação Duração 1 Dia Preço/Participant e Contactar a APMI Data 19 de Setembro 2014 Six Sigma - ISO 31000:2009 - Gestão de Risco 1 Dia

Leia mais

CONSULTORIA POSITIVA

CONSULTORIA POSITIVA O consultor é uma pessoa que, pela sua habilidade, postura e posição, tem o poder de influenciar as pessoas, grupos e organizações, mas não tem o poder directo para produzir mudanças ou programas de implementação.

Leia mais

. evolução do conceito. Inspecção 3. Controlo da qualidade 4. Controlo da Qualidade Aula 05. Gestão da qualidade:

. evolução do conceito. Inspecção 3. Controlo da qualidade 4. Controlo da Qualidade Aula 05. Gestão da qualidade: Evolução do conceito 2 Controlo da Qualidade Aula 05 Gestão da :. evolução do conceito. gestão pela total (tqm). introdução às normas iso 9000. norma iso 9000:2000 gestão pela total garantia da controlo

Leia mais

1 REDACÇÃO CRIATIVA E EFICAZ ESCRITA EMPRESARIAL. - 7 horas 2 TREINE A ESCUTA ACTIVA PARA UMA COMUNICAÇÃO DE SUCESSO. - 7 horas

1 REDACÇÃO CRIATIVA E EFICAZ ESCRITA EMPRESARIAL. - 7 horas 2 TREINE A ESCUTA ACTIVA PARA UMA COMUNICAÇÃO DE SUCESSO. - 7 horas 5 Seminários // 35 horas formação 1 REDACÇÃO CRIATIVA E EFICAZ ESCRITA EMPRESARIAL 2 TREINE A ESCUTA ACTIVA PARA UMA COMUNICAÇÃO DE SUCESSO 3 PROTOCOLO EMPRESARIAL E RELAÇÕES PUBLICAS: COMPORTAMENTOS QUE

Leia mais

ANA obtém certificação em quatro áreas críticas com apoio da VP Consulting

ANA obtém certificação em quatro áreas críticas com apoio da VP Consulting ANA obtém certificação em quatro áreas críticas com apoio da VP Consulting Contactos: Isabel Fonseca Marketing VP Consulting Telefone: +351 22 605 37 10 Fax: +351 22 600 07 13 Email: info@vpconsulting.pt

Leia mais

5S (good housekeeping) PROPOSTA DE FORMAÇÃO E TREINO CLT SERVICES, 2014/16

5S (good housekeeping) PROPOSTA DE FORMAÇÃO E TREINO CLT SERVICES, 2014/16 5S (good housekeeping) GL5S PROPOSTA DE FORMAÇÃO E TREINO CLT SERVICES, 2014/16 A Comunidade Lean Thinking (CLT Services) é uma organização que se destaca pela sua actividade de criação e transferência

Leia mais

Projecto de Formação MINI MASTER EM GESTÃO PARA EXECUTIVOS

Projecto de Formação MINI MASTER EM GESTÃO PARA EXECUTIVOS Projecto de Formação MINI MASTER EM GESTÃO PARA EXECUTIVOS GRACIOSA Departamento de Formação Profissional CCAH 1º MÓDULO ORGANIZAÇÃO E ESTRATÉGICA DA EMPRESA Público-Alvo Profissionais que desempenhem

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO

PROGRAMA DE FORMAÇÃO PROGRAMA DE FORMAÇÃO 1. Identificação do Curso Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Recursos Humanos 2. Destinatários Profissionais em exercício de funções na área de especialização do curso ou novos

Leia mais

PHC Recursos Humanos CS

PHC Recursos Humanos CS PHCRecursos Humanos CS DESCRITIVO Optimize a selecção e recrutamento, proceda à correcta descrição de funções, execute as avaliações de desempenho e avalie as acções de formação. PHC Recursos Humanos CS

Leia mais

FORMAÇÃO INTERPRETAÇÃO ESTATÍSTICA DE PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS

FORMAÇÃO INTERPRETAÇÃO ESTATÍSTICA DE PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS INTERPRETAÇÃO ESTATÍSTICA DE PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS Data: 4 de Maio de 2012 Horário: 09H00-18H00 Local: Hotel Riviera, Carcavelos Sala Esmeralda A+B Formadores: Vera Vicente / Pedro Aguiar (EUROTRIALS)

Leia mais

A Nossa Oferta Formativa para a Administração Pública

A Nossa Oferta Formativa para a Administração Pública A Nossa Oferta Formativa para a Administração Pública 2011 DESIGNAÇÃO A inscrição poderá DO CURSO ser efectuada Nº através DE do PREÇO site POR www.significado.pt Para mais informações, por favor contacte

Leia mais

EDIÇÃO ESPECIAL 2009

EDIÇÃO ESPECIAL 2009 EDIÇÃO ESPECIAL 2009 BUSINESS COACHING Curso Profissional de Formação de Coach Certificação Internacional em Coaching MORE E ECA (Para Reconhecimento pela ICI contactar-nos.) Entidade: MORE Institut, Ltd

Leia mais

OFERTA. Diretores ou Responsáveis da Qualidade, Quadros Médios e Superiores; Responsáveis pela implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade.

OFERTA. Diretores ou Responsáveis da Qualidade, Quadros Médios e Superiores; Responsáveis pela implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade. QUALIDADE Transição para a NP ISO 9001:2015 Diretores ou Responsáveis da Qualidade, Quadros Médios e Superiores; Responsáveis pela implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade. Dar a conhecer as alterações

Leia mais

luanda 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development

luanda 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development luanda www.letstalkgroup.com 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE Gestão da Formação 14

Leia mais

CURSO GESTÃO DA MOBILIDADE E DESLOCAÇÕES

CURSO GESTÃO DA MOBILIDADE E DESLOCAÇÕES CURSO GESTÃO DA MOBILIDADE E DESLOCAÇÕES NAS EMPRESAS PLANEAR PARA A REDUÇÃO DE CUSTOS E OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES 19 e 20 Fevereiro 2013 Auditório dos CTT- Correios de Portugal Lisboa Horário Laboral: 09h30

Leia mais

Controlo da Qualidade Aula 05

Controlo da Qualidade Aula 05 Controlo da Qualidade Aula 05 Gestão da qualidade:. evolução do conceito. gestão pela qualidade total (tqm). introdução às normas iso 9000. norma iso 9001:2000 Evolução do conceito 2 gestão pela qualidade

Leia mais

CATÁLOGO DE FORMAÇÃO ACTIO 2015

CATÁLOGO DE FORMAÇÃO ACTIO 2015 Catálogo de Formação ACTIO 2015 Lean - Nível Executivo Lean Production Executivo Manutenção Lean Executivo Six Sigma - Champion Lean - Nível Master Lean Production Master Manutenção Lean Master Lean nos

Leia mais

Relatório de Avaliação. Curso: Liderança para Chefias Intermédias e Jovens Quadros

Relatório de Avaliação. Curso: Liderança para Chefias Intermédias e Jovens Quadros Relatório de Avaliação Curso: Liderança para Chefias Intermédias e Jovens Quadros Praia, 01 de Novembro de 2010 Índice 1. ENQUADRAMENTO 2. OBJECTIVOS DO DOCUMENTO PARTE I - ENQUADRAMENTO DO CURSO E METODOLOGIA

Leia mais

Brainnovation ciclo de workshops Formador: Pedro Paiva

Brainnovation ciclo de workshops Formador: Pedro Paiva Formador: Pedro Paiva Ciclo de Criatividade: A Inovação é fundamental no mundo empresarial e nas vidas de todos nós, pois está associada à resolução de problemas e desafios, criando valor para as organizações

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO ABERTURA A People & Skills foi criada para responder às necessidades de um mercado cada vez mais apostado em desenvolver e consolidar competências que garantem

Leia mais

MASTER GESTOR ESTRATÉGICO DE PRODUTO ALIMENTAR

MASTER GESTOR ESTRATÉGICO DE PRODUTO ALIMENTAR MASTER GESTOR ESTRATÉGICO DE PRODUTO ALIMENTAR MASTER ENQUADRAMENTO O master Gestor Estratégico de Produto Alimentar, da SGS Academy, visa proporcionar aos seus formandos conhecimentos específicos sobre

Leia mais

CONHEÇA-NOS MELHOR. 2015 ASIDE - Consultoria e Formação. Todos os direitos reservados.

CONHEÇA-NOS MELHOR. 2015 ASIDE - Consultoria e Formação. Todos os direitos reservados. CONHEÇA-NOS MELHOR 2015 ASIDE - Consultoria e Formação. Todos os direitos reservados. Saber Ser Saber Fazer Saber Saber Saber Partilhar Saber Comunicar 02 www.aside.pt Saber Ser Saber Ser Sobre Nós Com

Leia mais

ISO 9000:2000 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário. As Normas da família ISO 9000. As Normas da família ISO 9000

ISO 9000:2000 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário. As Normas da família ISO 9000. As Normas da família ISO 9000 ISO 9000:2000 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário Gestão da Qualidade 2005 1 As Normas da família ISO 9000 ISO 9000 descreve os fundamentos de sistemas de gestão da qualidade e especifica

Leia mais

Finanças para Não Financeiros

Finanças para Não Financeiros www.pwc.pt/academy Finanças para Não Financeiros Academia da PwC Este curso permite-lhe compreender melhor as demonstrações financeiras, os termos utilizados e interpretar os principais indicadores sobre

Leia mais

CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL EM COACHING 5 a 12 de Setembro, Belo Horizonte Brasil. www.criscarvalho.com

CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL EM COACHING 5 a 12 de Setembro, Belo Horizonte Brasil. www.criscarvalho.com CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL EM COACHING 5 a 12 de Setembro, Belo Horizonte Brasil O processo de Certificação tem como finalidade formar e preparar os participantes para serem capazes de compreender e atuar

Leia mais

Carteira. de formação. análise às nossas oportunidades e recursos. Missão, Visão e Objectivos. Desenvolver competências técnicas e transversais

Carteira. de formação. análise às nossas oportunidades e recursos. Missão, Visão e Objectivos. Desenvolver competências técnicas e transversais conteúdos: Programa de formação avançada centrado nas competências e necessidades dos profissionais. PÁGINA 2 Cinco motivos para prefirir a INOVE RH como o seu parceiro, numa ligação baseada na igualdade

Leia mais

1 Descrição sumária. Varajão, Trigo e Barroso, O Gestor de Sistemas de Informação nas grandes empresas portuguesas, Computerworld, 2011.

1 Descrição sumária. Varajão, Trigo e Barroso, O Gestor de Sistemas de Informação nas grandes empresas portuguesas, Computerworld, 2011. O Gestor de Sistemas de Informação nas grandes empresas portuguesas João Varajão 1, António Trigo 2, João Barroso 1 1 Escola de Ciências e Tecnologia, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro 2 Instituto

Leia mais

Business Intelligence & Performance Management

Business Intelligence & Performance Management Como medir a evolução do meu negócio? Tenho informação para esta decisão? A medição da performance é uma dimensão fundamental para qualquer actividade de gestão. Recorrentemente, qualquer gestor vê-se

Leia mais

EXECUTIVE MASTER OF FASHION BUSINESS (Pós-graduação)

EXECUTIVE MASTER OF FASHION BUSINESS (Pós-graduação) EXECUTIVE MASTER OF FASHION BUSINESS (Pós-graduação) Rua Castilho 90 2ºesq 1250-071 Lisboa, Portugal Rua José Gomes Ferreira nº219 - Aviz 4150-442 Porto, Portugal info@beill.pt / www.beill.pt Sobre A Beill

Leia mais

Consultoria de Gestão Sistemas Integrados de Gestão Contabilidade e Fiscalidade Recursos Humanos Marketing e Comunicação Consultoria Financeira JOPAC SOLUÇÕES GLOBAIS de GESTÃO jopac.pt «A mudança é a

Leia mais

ACE BUSINESS CLASS PLUS SEGURO DE VIAGEM CORPORATE INTERNACIONAL

ACE BUSINESS CLASS PLUS SEGURO DE VIAGEM CORPORATE INTERNACIONAL ACE BUSINESS CLASS PLUS SEGURO DE VIAGEM CORPORATE INTERNACIONAL Apesar das sequelas da crise financeira global e da ressaca de uma recessão em vários países, os analistas esperam que a procura de viagens

Leia mais

As pessoas primeiro. 10º Congresso da Manutenção Associação Portuguesa de Manutenção Industrial Figueira da Foz, 19 e 20 de Novembro de 2009

As pessoas primeiro. 10º Congresso da Manutenção Associação Portuguesa de Manutenção Industrial Figueira da Foz, 19 e 20 de Novembro de 2009 Profitability Engineers, 2009 10º Congresso da Manutenção Associação Portuguesa de Manutenção Industrial Figueira da Foz, 19 e 20 de Novembro de 2009 As pessoas primeiro A base para a eficiência Pontos

Leia mais

www.highskills.pt geral@highskills.pt Telf: Lisboa +351 217 931 365 Luanda: +244 94 112 60 90 Maputo: +258 82 019 0748

www.highskills.pt geral@highskills.pt Telf: Lisboa +351 217 931 365 Luanda: +244 94 112 60 90 Maputo: +258 82 019 0748 Índice Designação do Curso... 3 Apresentação do Curso... 3 Carga horária:... 3 Perfil de saída... 3 Pré-Requisitos... 3 Objetivos gerais... 4 Objetivos específicos... 4 Estrutura modular e respectiva carga

Leia mais

ORDEM DOS FARMACÊUTICOS - RESPOSTA A PEDIDO DE CREDITAÇÃO

ORDEM DOS FARMACÊUTICOS - RESPOSTA A PEDIDO DE CREDITAÇÃO Filipe Leonardo De: suporte@sensocomum.pt Enviado: sexta-feira, 16 de Novembro de 2012 17:40 Para: mguedes.silva@mjgs.pt ; joanaviveiro@ordemfarmaceuticos.pt; joaomartinho@ordemfarmaceuticos.pt Assunto:

Leia mais

SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006

SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006 SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VENTURE CAPITAL IT 2006 Jaime Andrez Presidente do CD do IAPMEI 10 de Maio de 2006 Minhas Senhoras e meus Senhores, 1. Em nome do Senhor Secretário de Estado Adjunto, da Indústria

Leia mais

Auditoria interna Especialização PwC

Auditoria interna Especialização PwC www.pwc.pt/academy Especialização PwC PwC s Academy Formação de profissionais para profissionais Especialização PwC Este curso com uma forte componente prática, procura dotar os recursos afetos à função

Leia mais

Plano de Prevenção de Riscos de Gestão. Incluindo os de Corrupção e Infracções Conexas

Plano de Prevenção de Riscos de Gestão. Incluindo os de Corrupção e Infracções Conexas Plano de Prevenção de Riscos de Gestão Incluindo os de Corrupção e Infracções Conexas Introdução No âmbito da sua actividade, o Conselho de Prevenção da Corrupção (CPC), aprovou a Recomendação n.º 1/2009,

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE PLANO CURRICULAR

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE PLANO CURRICULAR PLANO CURRICULAR UNIDADES CURRICULARES CARGA HORÁRIA ECTS Controlo Estatístico do Processo Doutora Florbela Correia 32 4 Gestão da Qualidade Mestre José Carlos Sá 24 4 Informática Aplicada a Qualidade

Leia mais

GESTÃO de PROJECTOS. Gestor de Projectos Informáticos. Luís Manuel Borges Gouveia 1

GESTÃO de PROJECTOS. Gestor de Projectos Informáticos. Luís Manuel Borges Gouveia 1 GESTÃO de PROJECTOS Gestor de Projectos Informáticos Luís Manuel Borges Gouveia 1 Iniciar o projecto estabelecer objectivos definir alvos estabelecer a estratégia conceber a estrutura de base do trabalho

Leia mais

Apresentação da Solução. Divisão Área Saúde. Solução: Gestão de Camas

Apresentação da Solução. Divisão Área Saúde. Solução: Gestão de Camas Apresentação da Solução Solução: Gestão de Camas Unidade de negócio da C3im: a) Consultoria e desenvolvimento de de Projectos b) Unidade de Desenvolvimento Área da Saúde Rua dos Arneiros, 82-A, 1500-060

Leia mais

Universidade do Algarve Escola Superior de Tecnologia Curso de Engenharia Eléctrica e Electrónica HUMANOS

Universidade do Algarve Escola Superior de Tecnologia Curso de Engenharia Eléctrica e Electrónica HUMANOS RECURSOS HUMANOS Disciplina: Gestão Docente responsável: Jaime Martins Autoras Ana Vieira, n.º 30367 Natacha Timóteo, n.º 30381 Faro, 20 de Novembro de 2007 ÍNDICE Introdução 3 Desenvolvimento 1. Recursos

Leia mais

www.highskills.pt geral@highskills.pt PT: 00351 217 931 365 AO: 00244 94 112 60 90 MZ: 00258 821 099 522

www.highskills.pt geral@highskills.pt PT: 00351 217 931 365 AO: 00244 94 112 60 90 MZ: 00258 821 099 522 Apresentação... 3 Como Empresa... 3 A nossa Visão... 3 A nossa Missão - A SUA VALORIZAÇÃO, A NOSSA MISSÃO!... 3 Os nossos Valores... 3 Porquê fazer um Curso de Especialização?... 4 Formação Certificada...

Leia mais

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS FACTOS A Internet mudou profundamente a forma como as pessoas encontram, descobrem, compartilham, compram e se conectam. INTRODUÇÃO Os meios digitais, fazendo hoje parte do quotidiano

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2008

PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2008 PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2008 ÁREA ALIMENTAR GESTÃO DE SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO Formador: Eng. João Bruno da Costa TRIVALOR, SGPS NUTRIÇÃO Formador: Dr. Lino Mendes - ESTeSL - Escola Superior de Tecnologia

Leia mais

Promoção de Experiências Positivas Crianças e Jovens PEP-CJ Apresentação geral dos módulos

Promoção de Experiências Positivas Crianças e Jovens PEP-CJ Apresentação geral dos módulos Positivas Crianças e Jovens PEP-CJ Apresentação geral dos módulos Universidade do Minho Escola de Psicologia rgomes@psi.uminho.pt www.psi.uminho.pt/ www.ardh-gi.com Esta apresentação não substitui a leitura

Leia mais

A Profitability Engineers organiza com a Heliflex, nas suas instalações em Aveiro, um conjunto de acções de formação com especial enfoque nas

A Profitability Engineers organiza com a Heliflex, nas suas instalações em Aveiro, um conjunto de acções de formação com especial enfoque nas Formação Interempresas Aveiro 2.º Semestre 2015 1 1 Formação Interempresas 2015 - Aveiro A Profitability Engineers organiza com a Heliflex, nas suas instalações em Aveiro, um conjunto de acções de formação

Leia mais

MÓDULO III HELP DESK PARA FORMAÇÃO ONLINE

MÓDULO III HELP DESK PARA FORMAÇÃO ONLINE MÓDULO III HELP DESK PARA FORMAÇÃO ONLINE Objectivos gerais do módulo No final do módulo, deverá estar apto a: Definir o conceito de Help Desk; Identificar os diferentes tipos de Help Desk; Diagnosticar

Leia mais

A gestão completa dos seus recursos humanos

A gestão completa dos seus recursos humanos PHC Recursos Humanos CS DESCRITIVO Optimize a selecção e recrutamento, proceda à correcta descrição de funções, execute as avaliações de desempenho e avalie as acções de formação. PHC Recursos Humanos

Leia mais

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio!

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio! Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP Otimize a Gestão do Seu Negócio! Universo da Solução de Gestão SENDYS ERP SENDYS - Copyright 2007 SENDYS é uma marca proprietária da Readsystem, Lda. 2 Universo

Leia mais

Implementação e Certificação de um Sistema I+D+I. Fev. 2008

Implementação e Certificação de um Sistema I+D+I. Fev. 2008 Implementação e Certificação de um Sistema I+D+I Fev. 2008 Medeiros genda 1. Áreas de negócio Martifer; 2. Martifer Energia Equipamentos para energia S.A.; 3. Certificações Obtidas 4. Porquê IDI? 5. Objectivo

Leia mais

A Importância dos Recursos Humanos (Gestão de

A Importância dos Recursos Humanos (Gestão de A Importância dos Recursos Humanos (Gestão de Pessoas) na Gestão Empresarial Marketing Interno Licenciatura de Comunicação Empresarial 3º Ano Docente: Dr. Jorge Remondes / Discente: Ana Teresa Cardoso

Leia mais

A gestão de processos de negócio: conceitos e ferramentas BPM

A gestão de processos de negócio: conceitos e ferramentas BPM FACULDADE DE LETRAS DA UNIVERSIDADE DO PORTO A gestão de processos de negócio: conceitos e ferramentas BPM Trabalho realizado por: Ana Luisa Veiga Filipa Ramalho Doutora Maria Manuela Pinto GSI 2007 AGENDA:

Leia mais

Coaching I Formação I Certificação

Coaching I Formação I Certificação Coaching I Formação I Certificação 2011 Business Consultants, Inc. Publicado por EHP, Elemento Humano Portugal. www.thehumanelement.com.pt 1 Uma solução integrada à problemática humana nas organizações

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DYNAMIC COACHING

CERTIFICAÇÃO DYNAMIC COACHING CERTIFICAÇÃO DYNAMIC COACHING INÍCIO JÁ A 12 DE MARÇO! CONHEÇA O NOSSO PROGRAMA DETALHADO! Público Alvo: Profissionais interessados em desenvolver a actividade de Dynamic Coaching. Inscrições: GO4 Consulting

Leia mais

Controlo Interno e Auditoria Interna Lisboa, 24 e 25 de Maio

Controlo Interno e Auditoria Interna Lisboa, 24 e 25 de Maio Formação Profissional Controlo Interno e Auditoria Interna Lisboa, 24 e 25 de Maio Assessoria de Gestão, Lda Controlo Interno e Auditoria Interna No actual contexto de crise, em que as organizações estão

Leia mais

PROGRAMA DE GESTÃO E LIDERANÇA LISBOA 2015-16

PROGRAMA DE GESTÃO E LIDERANÇA LISBOA 2015-16 O PGL foi desenhado para profissionais, com mais de 5 anos de experiência, dinâmicos, com grande capacidade de trabalho e ambição de aceder a novas responsabilidades. PROGRAMA DE GESTÃO E LIDERANÇA LISBOA

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Cooperação, Parcerias e Contratos Internacionais. Relatório de Avaliação Final. Suzete Lopes suzetelopes@leaderconsulting.info.

FICHA TÉCNICA. Cooperação, Parcerias e Contratos Internacionais. Relatório de Avaliação Final. Suzete Lopes suzetelopes@leaderconsulting.info. FICHA TÉCNICA Título Organização Curso Relatório de Avaliação Final Suzete Lopes suzetelopes@leaderconsulting.info Cooperação, Parcerias e Contratos Internacionais Entidade Leader Consulting, 08 de Dezembro

Leia mais

1 Serviços de Planeamento e Transformação Empresarial Os Serviços de Planeamento e Transformação Empresarial da SAP incluem:

1 Serviços de Planeamento e Transformação Empresarial Os Serviços de Planeamento e Transformação Empresarial da SAP incluem: Descrição de Serviços Serviços de Planeamento e Empresarial Os Serviços de Planeamento e Empresarial fornecem serviços de consultoria e prototipagem para facilitar a agenda do Licenciado relativa à inovação

Leia mais

Regulamento do Exercício Profissional dos Enfermeiros. Decreto-Lei n.º 161/96, de 4 de Setembro, alterado pelo Decreto-lei n.º 104/98, de 21 de Abril

Regulamento do Exercício Profissional dos Enfermeiros. Decreto-Lei n.º 161/96, de 4 de Setembro, alterado pelo Decreto-lei n.º 104/98, de 21 de Abril REPE Regulamento do Exercício Profissional dos Enfermeiros Decreto-Lei n.º 161/96, de 4 de Setembro, alterado pelo Decreto-lei n.º 104/98, de 21 de Abril 1 - A enfermagem registou entre nós, no decurso

Leia mais

GUIA INFORMATIVO PARA ORGANIZAÇÕES

GUIA INFORMATIVO PARA ORGANIZAÇÕES GUIA INFORMATIVO PARA ORGANIZAÇÕES FICHA TÉCNICA Organização: Câmara Municipal da Amadora, Gabinete de Acção Social Equipa Técnica: Ana Costa, Rute Gonçalves e Sandra Pereira Design/Paginação: Estrelas

Leia mais

DESCRIÇÃO DO TRABALHO. Directora Nacional, WWF Moçambique

DESCRIÇÃO DO TRABALHO. Directora Nacional, WWF Moçambique DESCRIÇÃO DO TRABALHO Título de posição: Responde a: Supervisiona: Localização: Gestor de Comunicação Directora Nacional, WWF Moçambique Todo pessoal de comunicações Maputo, Moçambique Data: 19 de Agosto

Leia mais

Coleção ajuda no sucesso profissional

Coleção ajuda no sucesso profissional COLEÇÃO Unic Josafá Vilarouca Renata Tomasetti (11) 5051-6639 josafa@unicbuilding.com.br renata@unicbuilding.com.br Coleção ajuda no sucesso profissional Série lançada pela Publifolha possui 36 títulos,

Leia mais

Master in Management for Human Resources Professionals

Master in Management for Human Resources Professionals Master in Management for Human Resources Professionals Em colaboração com: Master in Management for Human Resources Professionals Em colaboração com APG Um dos principais objectivos da Associação Portuguesa

Leia mais

Inteligência Emocional. A importância de ser emocionalmente inteligente

Inteligência Emocional. A importância de ser emocionalmente inteligente Inteligência Emocional A importância de ser emocionalmente inteligente Dulce Sabino, 2008 Conceito: Inteligência Emocional Capacidade de identificar os nossos próprios sentimentos e os dos outros, de nos

Leia mais

Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais. Edição 2009/2010. Cidade da Praia, Cabo Verde

Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais. Edição 2009/2010. Cidade da Praia, Cabo Verde Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais Edição 2009/2010 Cidade da Praia, Cabo Verde A ponte para o futuro Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais Edição 2009/2010

Leia mais

Edição 2010 Estágios Curriculares

Edição 2010 Estágios Curriculares Edição 2010 Estágios Curriculares Direcção de Auditoria Crédito Descrição Sumária do Projecto 01/24 Desenvolvimento de metodologias de análise dos critérios de validação técnica dos modelos de rating de

Leia mais

XI Mestrado em Gestão do Desporto

XI Mestrado em Gestão do Desporto 2 7 Recursos Humanos XI Mestrado em Gestão do Desporto Gestão das Organizações Desportivas Módulo de Gestão de Recursos Rui Claudino FEVEREIRO, 28 2 8 INDÍCE DOCUMENTO ORIENTADOR Âmbito Objectivos Organização

Leia mais

a escola e o mundo do trabalho XVII colóquio afirse secção portuguesa

a escola e o mundo do trabalho XVII colóquio afirse secção portuguesa . INÁCIO, Maria Joana SALEMA, Maria Helena Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa RESUMO Aprender a aprender constitui-se como uma das competências essenciais para a aprendizagem ao longo da vida,

Leia mais

Selling Tools. Dale Carnegie Training Portugal www.dalecarnegie.pt customerservice@dalecarnegie.pt

Selling Tools. Dale Carnegie Training Portugal www.dalecarnegie.pt customerservice@dalecarnegie.pt Dale Carnegie Training Portugal www.dalecarnegie.pt customerservice@dalecarnegie.pt Enquadramento As vendas têm um ambiente próprio; técnicas e processos específicos. A forma de estar, o networking, os

Leia mais

Premier. Quando os últimos são os Primeiros

Premier. Quando os últimos são os Primeiros Premier Quando os últimos são os Primeiros Fundada em 1997 Especializada no desenvolvimento de soluções informáticas de apoio à Gestão e consultoria em Tecnologias de Informação. C3im tem como principais

Leia mais

Uma plataforma estratégica

Uma plataforma estratégica Publicado: Fevereiro 2007 Autor: Rui Loureiro Sénior Partner Implementar o Help Desk Quando simplesmente pensamos em implementar um Help Desk, isso pode significar uma solução fácil de realizar ou algo

Leia mais

Business Intensive Program. Para uma Performance Empresarial mais Competitiva

Business Intensive Program. Para uma Performance Empresarial mais Competitiva Business Intensive Program Para uma Performance Empresarial mais Competitiva 02 BIP BUSINESS INTENSIVE PROGRAM Business Intensive Program Para uma Performance Empresarial mais Competitiva Em tempos de

Leia mais

Conceito O2. O futuro tem muitos nomes. Para a Conceito O2 é Coaching. Sinta uma lufada de ar fresco. :!:!: em foco

Conceito O2. O futuro tem muitos nomes. Para a Conceito O2 é Coaching. Sinta uma lufada de ar fresco. :!:!: em foco :!:!: em foco Conceito O2 Sinta uma lufada de ar fresco Executive Coaching Através do processo de Executive Coaching a Conceito O2 realiza um acompanhamento personalizado dos seus Clientes com objectivo

Leia mais

Neves & Freitas Consultores, Lda.

Neves & Freitas Consultores, Lda. A gerência: Cristian Paiva Índice 1. Introdução... 3 2. Apresentação... 4 2.2 Missão:... 4 2.3 Segmento Alvo... 4 2.4 Objectivos... 5 2.5 Parceiros... 5 2.6 Organização... 5 3. Organigrama da empresa...

Leia mais

A Profitability Engineers

A Profitability Engineers CATÁLOGO DE FORMAÇÃO A Profitability Engineers Em Portugal desde 1999, a ProfitAbility Engineers é uma empresa de consultoria e formação, especializada na melhoria qualidade e da produtividade; Somos

Leia mais

ÁREA A DESENVOLVER. Formação Comercial Gratuita para Desempregados

ÁREA A DESENVOLVER. Formação Comercial Gratuita para Desempregados ÁREA A DESENVOLVER Formação Comercial Gratuita para Desempregados Índice 8. Sobre nós 7. Como pode apoiar-nos 6. Datas de realização e inscrição 5. Conteúdos Programáticos 4. Objectivos 3. O Workshop de

Leia mais

Fulano de Tal. Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 FINXS 09.12.2014

Fulano de Tal. Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 FINXS 09.12.2014 Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 Este relatório baseia-se nas respostas apresentadas no Inventário de Análise Pessoal comportamentos observados através questionário

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 1. Comercial e Marketing 1.1 Neurovendas Objetivo: Entender

Leia mais